Issuu on Google+

pub.

pub

No caso em que obrigaria a mulher a participar em orgias sexuais

Homem de Lousado chama José Castelo Branco a depor

p. 3

ANO 20 • Nº 1012 DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO 2011 DIRECTOR: JOÃO FERNANDES

www.opiniaopublica.pt

opiniãoespecial

Primeira sessão do julgamento realizou-se sexta-feira no Tribunal de Famalicão

37 ARGUIDOS JULGADOS POR TRÁFICO DE DROGA

Carnes

Começou a ser julgada do Tribunal Famalicão, na passada sextafeira, uma rede de tráfico de droga, envolvendo 37 arguidos, a maior parte dos quais da zona de Oliveira S. Mateus e Delães. Inicialmente eram 40, mas o colectivo de juízes entendeu que três deles deveriam ser julgados num processo separado. Estão todos

acusados de pertencerem a uma rede de tráfico de droga que operava no Vale do Ave, desmantelada no ano passado numa mega operação do Núcleo de Investigação da GNR de Barcelos. Na altura foram apreendidas pelas autoridades centenas de doses de estupefaciente e armas. p.3

Utentes da extensão S. Cosme ameaçam endurecer a luta p. 1 1

Piscinas de Ribeirão apontadas como amigas do ambiente P. 8

Desemprego sobe em Famalicão e no distrito P. 7

Agostinho Lopes questiona governo sobre obras na secundária de Joane

Famalicão rendeu-se aos abraços p. 7

opiniãosport: Bruno Jesus e Catarina Ribeiro vencem Famalicão-Joane Futebol: equipas famalicenses empatam nos nacionais

P. 8 pub.


02

pública: 28 de Setembro de 2011

cidade

Citeve presente em mais um Modtíssimo

Secundária D. Sancho I participa em projecto europeu

Protecção individual em destaque no Fórum Têxteis do Futuro Reutilizar, reviver, renovar, reciclar, reinventar, recriar são as palavras-chave para a próxima edição do Modtíssimo, que se realiza hoje e amanhã, dias 28 e 29 de Setembro, na Alfândega do Porto, e que inclui o Fórum Têxteis do Futuro promovido pelo Citeve de Famalicão. Nesta edição, o Fórum Têxteis do Futuro é dedicado aos Equipamentos de Protecção Individual (EPI’s), onde estão em destaque alguns dos vencedores dos prémios de inovação atribuídos na feira Techtextil/Avantex, que decorreu em Maio em Frankfurt, assim como um fato para motociclistas com um original conceito de alta-visibilidade através da incorporação de LEDS. O espaço é ainda o palco para a tertúlia sobre EPI’s no dia 29, às 15 horas, que abordará as principais tendências de inovação deste mercado e os principais factores a ter em conta na certificação destes produtos com vista à Marcação CE. Pela primeira vez, o Modtissimo acolhe também o Fórum da Indústria Têxtil. Na sua 13ªedi-

ção, o tema desta assembleia-magna do sector é “Aumentar as Exportações. Exportar Valor. Ganhar Mundo” e conta com as presenças do ministro da Economia e Emprego, Álvaro Santos Pereira; de Daniel Bessa, director-geral da Cotec; do economista António Nogueira Leite, assim como com a intervenção de diversos empresários e administradores, num debate conduzido pelo jornalista Júlio Magalhães. O Modtíssimo, uma iniciativa da Associação Selectiva Moda, está já na sua 38.ª edição e reúne, num só espaço, toda a oferta da Indústria Têxtil e de Vestuário (ITV) para as próximas estações. Divididos entre o Clube dos Confeccionadores, a área de Tecidos e Acessórios, Mundo da Criança, Serviços e Fórum Têxteis do Futuro, estarão cerca de 300 expositores, para apresentarem aos mais de 4.000 visitantes esperados as últimas novidades em tecidos, acessórios e vestuário, assim como as inovações tecnológicas que estão a marcar o mundo da ITV.

Na Festa do Associativismo e Juventude

ACIF conquistou visitantes com gastronomia A Associação Comercial e Industrial de Famalicão (ACIF) marcou presença na Festa do Associativismo e Juventude que se realizou nos passados dias 16, 17 e 18 de Setembro. No stand da ACIF, os formandos da Turma EFA nível secundário de Técnico de Cozinha/Pastelaria realizaram demonstrações de várias iguarias, saboreadas depois pelos visitantes do certame. Os formandos apresentaram diversas sugestões gastronómicas, desde fondue de chocolate e frutas, fruta flamejada, batatas bravas, bruchetta de tomate, cocktail de salsichas, entre outras. A iniciativa permitiu a aplicação de alguns conhecimentos adquiridos, servindo como uma actividade integradora para o curso. A acompanhar a confecção das iguarias estiveram os formadores António Igreja, Rogério Ferreira, Couto Faria e José Miguel Ribeiro. Em termos de formação profissional, a cozinha e a restauração “é uma área que tem uma formação muito específica e ao nível de referenciais de formação este curso é o mais longo e completo”, adianta Eduardo Gonçalves, mediador do Curso. E continua: “Envolve duas vertentes diferenciadas, cozinha e pastelaria, atribuindo dupla

FICHA TÉCNICA CONSELHO EDITORIAL: Alexandrino Cosme, António Cândido Oliveira, António Jorge Pinto Couto, Artur Sá da Costa, Cristina Azevedo, Feliz Manuel Pereira, Joaquim Loureiro, João Fernandes, Manuel Afonso e Almeida Pinto.

DIRECTOR: João Fernandes (CIEJ TE-95) jfernandes@opiniaopublica.pt

CHEFE DE REDACÇÃO: Cristina Azevedo (CPJ 5611) cristina@opiniaopublica.pt

Decorreu a 12 e 13 de Setembro em Alicante, Espanha, o primeiro encontro do projecto europeu para adultos denominado “Lifestyles Revisited: Educational Experiments in IG Environments”, com a participação da Escola Secundária D. Sancho I, que esteve representada pela professora Ana Paula Silva, coordenadora do projecto, e pelo professor Artur Passos, responsável pelo ensino de adultos. Este projecto visa derrubar os preconceitos que se geram aquando da formação de pessoas que pertencem a gerações diferentes, melhorando o trabalho cooperativo entre essas pessoas e desenvolvendo novas práticas educativas que tenham em linha de conta o factor geracional. Da ordem de trabalhos do

encontro fizeram parte a apresentação de cada instituição participante, a análise aos resultados da avaliação feita pelos examinadores à candidatura do projecto, a criação na Internet de um canal de comunicação entre os parceiros, a elaboração de instrumentos de avaliação das actividades do projecto e a distribuição de tarefas tendo em vista a produção de um compêndio, assim como um estudo sobre a sua concretização. Finalmente, estabeleceu-se um calendário detalhado de encontros, eventos e actividades. Neste projecto a Escola Secundária D. Sancho I conta, como parceiros, com associações e instituições de ensino da Bélgica, Espanha, Itália, Polónia, Luxemburgo e Turquia.

Formandos da ACIF mostraram os seus dotes

carteira profissional e munindo os formandos de múltiplos conhecimentos e ferramentas que facilitam depois a entrada no mercado de trabalho”. O stand da ACIF disponibilizou ainda algumas informações sobre os serviços prestados aos

seus associados, dando a conhecer o trabalho desenvolvido pela associação em prol do comércio e da indústria no concelho de Famalicão. A iniciativa possibilitou também uma mostra das acções de formação previstas para 2011/2012. SEDE, REDACÇÃO E PUBLICIDADE:

Estrada Nacional, 14 - Maia

Feliz Manuel Pereira António Jorge Pinto Couto

Rua 8 de Dezembro, 214 Antas S. Tiago - Apartado 410 4760-016 VN de Famalicão

EMBALAGEM E ETIQUETAGEM:

EDITOR DE TURNO:

GRAFISMO:

Magda Ferreira (CPJ 4625) magda@opiniaopublica.pt

Carla Alexandra Soares, Pedro Silva.

DETENTORES DE MAIS DE 10% DO CAPITAL

APOIO À REDACÇÃO: REDACÇÃO: informacao@opiniaopublica.pt Carla Alexandra Soares (CICR-248), Cristina Azevedo (CPJ 5611), Magda Ferreira (CPJ 4625) e Sofia Abreu Silva (CPJ 10952).

SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS:

INTERNET

OPINIÃO: Adelino Mota, Barbosa da Silva,

Francisco Araújo

www.opiniaopublica.pt

Almeida Pereira - Operador de Marketing e Impressão Documental, Lda Parque Industrial do Mindelo Vila do Conde

Domingos Peixoto, Gouveia Ferreira, J. Mário Teixeira, Joaquim Loureiro, José Luís Araújo, Sílvio Sousa, Vítor Pereira.

TÉCNICOS DE VENDAS:

CONTACTOS Redacção:

TIRAGEM DESTE NÚMERO:

Tel.: 252 308145 • Fax: 252 308149

20.000 exemplares, nº 1012

Jorge Alexandre

DESPORTO: Jorge Humberto, José Clemente (CNID 297) e Pedro Silva (CICR220).

GERÊNCIA: João Fernandes CAPITAL SOCIAL: 350.000,00 Euros.

comercial@opiniaopublica.pt Agostinha Bairrinho, Maria Fernanda Costa e Sónia Alexandra

PROPRIEDADE E EDITOR: EDITAVE Multimédia, Lda. NIPC 502 575 387

Serviços Administrativos: Tel.: 252 308146 / 252 308147 • Fax: 252 308149

NÚMERO DE REGISTO: 115673

IMPRESSÃO:

DEPÓSITO LEGAL: 48925/91

Naveprinter - Indústria Gráfica do Norte, SA


pública: 28 de Setembro de 2011 3

cidade

No caso em que indivíduo obrigaria mulher a participar em orgias sexuais

Primeira sessão realizou-se sexta-feira no Tribunal de Famalicão

37 arguidos julgados por tráfico de droga Começou a ser julgada no Palácio da Justiça de Famalicão, na passada sexta-feira, uma rede de tráfico de droga, envolvendo 37 arguidos, a maior parte dos quais da zona de Oliveira S. Mateus e Delães. Inicialmente eram 40 arguidos, mas o colectivo de juízes, presidido por José Manuel Flores, entendeu que três deles deveriam ser julgados num processo separado, uma vez que estavam indiciados por delitos simples. Os arguidos concordaram e vão agora ser julgados noutro processo. Os 37 arguidos estão acusados de pertencerem a uma rede de tráfico de droga que operava no Vale do Ave, sobretudo no concelho de Famalicão, concretamente em Delães, que foi desmantelada no ano passado numa mega operação do Núcleo de Investigação da GNR de Barcelos que decorreu nos concelhos de Famalicão, Póvoa de Varzim, Guimarães, Santo Tirso e Porto, envolvendo 400 militares. Os suspeitos, entre os 21 e os 49 anos, dedicavam-se à venda de heroína e de cocaína a dezenas de consumidores e actuavam em várias localidades do Vale do Ave. Segundo a acusação, um

Tribunal de Famalicão julga rede que operava no Vale do Ave

operador de máquinas, de 37 anos, e um vendedor de automóveis, de 33, teriam um papel determinante, fornecendo estupefaciente a outros arguidos para posterior revenda. O operador de máquinas teria como ajudante um agente de seguros brasileiro, que, no entanto, na primeira sessão do julgamento, negou que tivesse essa profissão. O brasileiro fazia também as cobranças das vendas e guardaria a droga. Já um pintor, de 30 anos, guardava, prepara e revendia a droga em doses.

Treze dos 37 arguidos estão em prisão preventiva e dois deles respondem por outros processos. Entre os arguidos estão também cinco mulheres. No total, o processo envolve 60 testemunhas, contando com os militares do NIC e de outras forças que colaboraram na operação. Na altura em que a rede foi desmantelada, as autoridades apreenderam centenas de doses de haxixe, heroína e cocaína, e vários objectos, entre os quais cinco armas de fogo e 20 armas brancas.

Homem de Lousado chama Castelo Branco a depor O conhecido casal do mundo social, José Castelo Branco e Betty Grafstein, é, alegadamente, testemunha num caso em que um homem de Lousado terá obrigado a mulher, sob ameaças de armas, a participar em orgias de sexo violento. Segundo adiantou o Jornal de Notícias na edição de segunda-feira, Castelo Branco está a ser procurado pela Justiça para depor no âmbito da investigação desse caso, uma vez que terá, alegadamente, participado num dos encontros. A mulher, Betty Grafstein, também terá sido chamada como depoente pelo principal arguido do caso, pois terá testemunhado tais sessões de sexo em grupo, de características violentas, ocorridas em hotéis de luxo na zona de Lisboa. Ainda de acordo com o JN, o alegado envolvimento de Castelo Branco estará documentado em pelo menos um dos vários vídeos apreendidos pela Polícia Judiciária do Porto, numa busca efectuada no início deste ano na residência do homem de Lousado.

O homem de Lousado, de 47 anos, é acusado pelo Ministério Público de crimes de violência doméstica e detenção de armas proibidas. O indivíduo estava a ser investigado por suspeita de tráfico de armas e de substâncias ilícitas visando elevadas performances sexuais. Porém, quando em Janeiro a PJ efectuou uma busca à sua residência, deparou-se com um comportamento estranho da filha do casal, na sequência do qual suspeitaram de que algo de anormal se passaria com mãe. Depois de investigar, as autoridades descobriram vários vídeos de índole pornográfica e constaram que a mulher seria vítima de actos de violência sexual, suspeitando que era obrigada a praticar sexo com o próprio marido e com terceiros, com violência e sob ameaça de armas de fogo e facas. O homem nega as acusações de violência sobre a esposa e está actualmente em prisão domiciliária sob vigilância electrónica. pub


4

pública: 28 de Setembro de 2011

cidade

Evento será apresentado por Pedro Lima e Sara Prata

ArteModa 2011 no pavilhão municipal no sábado Sofifiaa Abreu Silva Está marcada para o próximo sábado, dia 1 de Outubro, a nona edição do ArteModa Famalicão. A iniciativa será promovida pela Associação Educate Clube e este ano realiza-se no pavilhão municipal de Famalicão. O Arte Moda Famalicão é um evento que pretende unir as artes e a moda, oferecendo um espectáculo, no qual as várias marcas convidadas mostram as suas colecções em passerelle. Este ano, a grande novidade passa pela mudança de espaço. Assim, ao contrário de anos anteriores, o ArteModa Famalicão não se realizará nos Paços do Concelho e ao ar livre, mas sim em recinto fechado, concretamente no pavilhão municipal. Carlos Marques, da organização do ArteModa Famalicão, explicou que a mudança de local deve-se particularmente a motivos financeiros. “O conceito muda um bocadinho, adapta-se à realidade. Contávamos com o máximo patrocínio da Câmara de Famalicão, que era o nosso garante do evento, mas a autarquia não tem a mesma estrutura de anos anteriores”, disse. Ou seja, a autarquia retira o apoio financeiro, mantendo apenas o apoio logístico. Assim, a edição deste ano teve de ser repensada e isso implica agora, segundo Carlos Marques, “a cobrança de entradas” e a realização do evento em recinto fechado. Carlos Marques considera que apesar da entrada ser paga, 10 euros, o ArteModa Famalicão continuará a

Várias empresas mostrarão em passerelle as suas colecções

ser um evento acarinhado pelos famalicenses: “Será bem sucedido garantidamente porque as pessoas gostam da iniciativa, da sua cidade, porque são elas que o fazem”. “É uma iniciativa de todos. É feito pelas lojas, pela população, porque são as pessoas de Famalicão que vão ao palco, desfilam e fazem toda a festa”, vinca. Apesar das boas perspectivas, a única preocupação para a organização tem a ver mesmo com o espaço. Aqui, Carlos Marques alega que o pavilhão pode ser “pequeno para receber todas as pessoas que queiram estar presentes”. Porém, tudo está garantido para que seja “um espectáculo de grande qualidade”. “Fazemos um trabalho sério e contamos que tudo corra dentro das expectativas”, acrescenta. Quanto ao evento, e como é ha-

bitual, o ArteModa promete trazer a Famalicão várias caras conhecidas, a nível nacional, da esfera das artes e do espectáculo. A apresentação estará a cargo de Pedro Lima e Sara Prata. Como manequins contratados estarão João Rodrigues, Francisco Côrte-Real, Ana Gonçalves e Tatiana Monteiro, além de muitos outros que serão uma surpresa para os convidados. Na verdade, este ano, o evento, além de contemplar o desfile de moda, vai ainda englobar uma festa no fim de noite no Tipografia Bar. “Este ano haverá uma dinâmica diferente antes e depois do desfile”, revela Carlos Marques. Entretanto, para o futuro, o ArteModa pretende continuar nos palcos famalicenses, mas o objectivo é expandir-se e procurar outros mercados.

Trabalhadores cristãos desafiados a serem presença activa na Igreja No passado sábado, Liga Operária Católica – Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC) celebrou 75 anos da sua presença em Famalicão, com um encontro que decorreu no Centro Pastoral e que contou com a presença de D. António Couto, bispo auxiliar de Braga; do arcipreste, padre Mário Martins, assim como de vários membros deste movimento de leigos, cuja missão principal é “evangelizar o mundo do trabalho". D. António Couto presidiu a uma conferência subordinada ao tema “Missão dos Cristãos no Associativismo”, na qual referiu-se à LOC/MTC como um “associativismo em toda a linha”, convidando os seus militantes a assumirem uma “presença activa” na Igreja e na sociedade, baseada no Evangelho. “Sem a presença activa dos leigos, o Evangelho não pode gravar-se no mundo e nas pessoas”, disse o prelado, advertindo que isso resultaria “numa Igreja distante, que não é testemunho de nada”. Recomendou, por isso, um “novo vigor missionário” aos trabalhadores cristãos, salientando que “um leigo que acredita e não se envergonha do Evangelho contagia outros”, pelo que o “testemunho pessoal é basilar”. Terminada a conferência, José Maria Costa, coordenador da LOC de Famalicão, orientou um segundo momento, cujo objectivo foi relembrar os momentos mais marcantes da história da LOC numa perspectiva futura, subordinando-se ao tema “com a audácia do passado, recria a humanização do trabalho”. Por último, foi celebrada uma eucaristia na Igreja

Nova Matriz, presidida pelo arcipreste Mário Martins que, na homília, referiu que “a igreja e o arciprestado congratulam-se pelo caminho percorrido ao longo destes 75 anos, quer por aqueles que se deixaram humanizar mais pelo trabalho e por este movimento de trabalhadores cristãos, quer por quem ajudou a que este movimento estivesse e esteja implementado entre nós, numa altura de tanto desemprego”. Já José Maria Costa terminou as comemorações com um apelo para que nas paróquias onde a LOC/MTC não existe ou já existiu, “apareçam pessoas corajosas dispostas a avançar com a nova evangelização de que nos falava o saudoso Papa João Paulo II”.

D. António Couto participou nas celebrações

Até ao próximo domingo

Feira de S. Miguel revive tradições em Famalicão A cidade de Famalicão é animada este fim-de-semana pela Feira Grande de S. Miguel promovida pela Câmara Municipal. A iniciativa, que foi relançada em 2002 pelo executivo municipal liderado por Armindo Costa, é considerada um dos eventos mais marcantes da história e da identidade do concelho. Foi em 1205, que o Rei D. Sancho I quando concedeu o Foral às terras de Vila Nova ordenou que aqui se fizesse uma feira, como forma de estimular a actividade comercial para desenvolver este seu reguengo. Hoje, a Feira continua a fazer-se, e para além da importância comercial, o evento ganhou uma importância cultural e turística. Assim, para além do Mercado de S. Miguel, que constitui uma oportunidade para os agricultores escoarem os seus produtos, a Feira contempla diversas iniciativas de animação, como o teatro de rua, o concurso de gado, as exibições equestres e a

garraiada (no sábado à noite) ou o desfile de charretes (no domingo à tarde). Destaque ainda para a desfolhada minhota, no domingo, a partir das 29h30, onde não faltarão os cantares ao desafio, as concertinas eos petiscos mais tradicionais. Para o presidente da Câmara, Armindo Costa “a Feira Grande de S. Miguel representa um importante legado histórico sobre as origens e o desenvolvimento de Famalicão”. “Se por um lado, estamos a proporcionar aos agricultores a possibilidade de escoarem os seus produtos, por outro, estamos a preservar e transmitir às novas gerações os costumes e tradições há vários séculos associados às nossas gentes”. As várias iniciativas decorrem no centro da cidade, entre a Praça D. Maria II e o antigo campo da Feira. O programa completo da Feira pode ser consultado na página oficial do município em www.vilanovadefamalicao.org.

Arciprestado promove abertura do Ano Pastoral O arciprestado de Famalicão abre, no próximo domingo, dia 2 de Outubro, o novo Ano Pastoral, subordinado ao tema “A Igreja alimenta-se da Palavra: um povo que produza os seus frutos”, com um encontro no Centro Pastoral da cidade. Para este encontro estão convocados todos os Conselhos Pastorais do Arciprestado, como o pároco, Conselho Económico, responsáveis dos movimentos ou grupos, delegados dos lugares, entre outros. O programa inicia-se às 18 horas, com um momento musical e cultural, seguindo-se a mensagem do arcebispo, D. Jorge Ortiga, assim como uma Leitura Bíblica e a apresentação do tema para este novo ano. Às 18h40 tomará a palavra o arcipreste de Famalicão, seguindo-se a distribuição do Programa e Envio em Missão, assim como um Momento de Prece e Invocação do Espírito. O encontro fecha com um novo momento musical e cultural.

Assembleia Municipal vota impostos para o próximo ano Os impostos municipais para 2012 são um dos temas em destaque na sessão da Assembleia Municipal de Famalicão, marcada para a próxima sexta-feira, dia 30, pelas 21horas, no auditório da Biblioteca Municipal. Os deputados municipais vão debater e votar as propostas do executivo nesta matéria, concretamente: a definição em 5% da participação do município no IRS, as taxas do Im-

posto Municipal sobre Imóveis (IMI), que variam entre os 0,4 e os 0,7%; e o lançamento da Derrama de 1,2%. Com uma ordem de trabalhos extensa, os deputados vão ainda votar uma proposta da Câmara de revisão orçamental, a segunda deste ano, bem como as propostas de geminação de Famalicão com os municípios de Lobata (S. Tomé e Príncipe) e de Mocuba (Moçambique).


publicidade

pĂşblica: 28 de Setembro de 2011 5


6

pública: 28 de Setembro de 2011

cidade pub

Famalicense intervém no debate de Proposta de Lei do Governo

Alexandra Mesquita Cabeleireiros comemora 1º aniversário

A Alexandra Mesquita Cabeleireiros comemorou, no passado sábado, o seu 1º aniversário. Durante este primeiro ano, a Alexandra Mesquita Cabeleireiros cresceu sempre com o objectivo de satisfazer as suas clientes, oferecendo um serviço de elevada qualidade no que diz respeito aos cuidados de beleza. É, por isso, uma equipa satisfeita com os resultados e que acredita ser

Jorge Paulo Oliveira saúda reforço de poderes do Banco de Portugal

possível chegar ainda mais longe. Visite a Alexandra Mesquita Cabeleireiros, no Centro Comercial Aro, loja 95, em Famalicão, ou ligue 965 676 442 para marcar uns momentos de beleza só para si. Na passagem deste 1º aniversário, a Alexandra Mesquita Cabeleireiros agradece a todas as clientes a confiança e a preferência pelos seus serviços. pub.

O famalicense Jorge Paulo Oliveira saudou o reforço dos poderes de supervisão do Banco de Portugal, considerando que a Proposta de Lei do Governo é “um passo de gigante face à legislação em vigor”. A Assembleia da República debateu, na quarta-feira da semana passada, a Proposta de Lei do Governo que visa autorizar o Governo a proceder à revisão do regime legal aplicável ao saneamento e liquidação das instituições sujeitas à supervisão do Banco de Portugal. O famalicense Jorge Paulo Oliveira foi o social-democrata que interveio na discussão e lembrou que a investigação em torno do BPN revelou as falhas graves do Governador do Banco de Portugal e as debilidades e insuficiências do modelo de supervisão com as consequências que todos conhecemos. Segundo o parlamentar, por força do que se passou no BPN e da crise financeira internacional, tornou-se evidente a necessidade de introduzir profundas alterações no sentido de reforçar os poderes de supervisão do Banco de Portugal, promover a estabilidade do sector financeiro, aumentar as responsabilidades das instituições de crédito e conferir uma maior e melhor protecção dos depositantes, tudo objectivos, que na opinião do deputado, estão incluídos na Proposta de Lei. Jorge Paulo Oliveira realçou ainda que com esta proposta o

Jorge Paulo Oliveira a intervir no Parlamento

Banco de Portugal adquire novos meios de intervenção que lhe permite “agir antecipadamente e reagir atempadamente” e, consequentemente, recuperar instituições de crédito com graves desequilíbrios

financeiros ou pelo menos programar a sua liquidação ordenada. “Um passo de gigante face à legislação em vigor”, enfatizou o social-democrata, eleito por Braga.

Jovem é natural de Fradelos

Carlos Silva candidata-se à liderança da JS A concelhia de Famalicão da Juventude Socialista (JS) vai a votos no próximo sábado, dia 1 de Outubro, com Carlos Silva a candidatar-se à liderança. O jovem de Fradelos, de 25 anos, compromete-se a imprimir “uma nova energia e dinâmica” à JS e, para isso, diz contar com “um apoio alargado de núcleos”. A acompanhá-lo na lista estão Hugo Sampaio, candidato à presidência da Comissão Política, e Marisa Cunha, candidata a secretária coordenadora adjunta. A candidatura de

Carlos Silva

Carlos Silva tem como lema “novos desafios, a certeza de vencer” e o trabalho a desenvolver assenta em três pilares: motivar os jovens à participação cívica e política, fo-

mentar o empreendorismo criador de emprego e consciencializar para a importância da educação como alavanca da qualificação. Em nota à imprensa, Carlos Silva mostra-se convicto de que “os jovens têm que ser o estandarte para a saída das dificuldades”, pois entende que “são a geração mais bem preparada e formada de sempre”. “Para isso, é necessário que cada vez mais motivemos os mesmos para uma participação mais activa na sociedade”, con-

clui. O candidato promete uma jota “forte, independente e com a irreverência necessária para defender os interesses e as políticas da juventude”. Promete, também, “transformar a JS num parceiro activo do Partido Socialista nos grandes desafios que se avizinham, como a preparação das próximas eleições autárquicas”, entendendo que “a qualidade dos novos quadros da JS vai enriquecer as candidaturas do partido aos vários órgãos autárquicos”.


pública: 28 de Setembro de 2011 7

cidade

Promovido pelo Citeve, decorre dia 11 de Outubro

Aprendizagem digital é tema de encontro internacional O Citeve (Centro Tecnológico da Indústria Têxtil e do Vestuário) promove, no próximo dia 11 de Outubro, um workshop internacional subordinado ao tema “Aprendizagem Digital no Horizonte 2020 – Digital Learning 2020”, que contará com a presença de 24 organizações de 12 países diferentes, entre os quais Reino Unido, Alemanha, Turquia e Suécia. Essas organizações integram quatro projectos europeus – o TC4Me:Competence Raising for Textile Competitiveness in Multicultural Environment; oLabTV :e-Learning WebTV for Textile Testing Laboratory; o e-Tex-Lab: Internet Based Textile Education Laboratory; e o EMUVE:Entrepreneur Multi-User Virtual Environment – que serão apresentados no decorrer do workshop. Com um painel de especialistas nacionais e internacionais, o encontro será, segundo o Citeve, “uma excelente oportunidade de reflexão, partilha de conhecimentos e experiências no âmbito da aprendizagem digital.” O workshop terá tradução simultânea e integra quatro painéis, envolvendo mais de 10 intervenções que abrangem experiências e testemunhos

de especialistas na área. Aprendizagem ao Longo da Vida e Mobilidade; Qualidade e Eficiência na Aprendizagem e Formação; Inovação e Criatividade na Aprendizagem e Formação; e a Estratégia 2020 são os temas dos quatro painéis. A iniciativa contará com a presença de cinco moderadores com renome (Ana Cunha, da Agência PROALV; Elsa Caramujo, da Agência Nacional para a Qualificação; Inês Berlenga, do IAPMEI; Etelberto Costa , do Creative Learning; e Gonçalo Xavier, da Rede de Centros Tecnológicos) que irão incentivar à reflexão em mesa redonda, onde terão uma intervenção activa e direccionada para as principais prioridades e objectivos da Estratégia Europa 2020. A inscrição é gratuita, mas sujeita a confirmação pois a participação é limitada ao número de lugares do auditório. Será ainda facultada a possibilidade de acompanhar o workshop via Web TV e second life. Os trabalhos iniciam, pelas 10 horas, com a sessão de abertura por Braz Costa, do Citeve, e Armindo Costa, presidente da Câmara Municipal de Famalicão, prolongando-se por todo o dia.

Famalicão assinala Dia do Animal A Câmara de Famalicão vai assinalar o Dia do Animal, com um conjunto de iniciativas, a decorrer na Praça Cupertino de Miranda e abertas a toda a população. O programa tem início no dia 4 de Outubro, pelas 9h30, com uma Campanha de Adopção de Cães que se encontram no Canil Municipal, onde será possível uma interacção dos animais com as crianças visitantes, nomeadamente dar coli-

nho, miminho ou ver a mamã cadela a amamentar. Ao longo de todo o dia também estarão patentes um atelier de Pinturas Faciais e um Atelier de Desenho, cujo melhor trabalho será a imagem do cartaz da próxima campanha de adopção. De forma a sensibilizar miúdos e graúdos para a problemática dos dejectos dos canídeos na via pública, irá decorrer o concurso “À caça do

Campanha foi bem acolhida nas ruas da cidade

Famalicão entrou no espírito dos “abraços grátis” Cristina Azevedo Tal como o prometido, um grupo de jovens famalicenses distribuiu, na tarde de quarta-feira da semana passada, dia 21, abraços grátis pelas ruas de Famalicão… e fizeram sucesso. Da feira semanal à Praça D. Maria II, foram distribuindo abraços por quem passava, como forma de assinalar o Dia Internacional da Paz e de fomentar o gesto do cumprimento e a solidariedade. “Havia de ser sempre assim, as pessoas umas com as outras. Serem humanas, dar algo de bom”, comentou ao OP Amélia Alves, uma transeunte que se encontrava na Praça D. Maria II e que tinha acabado de receber um abraço, de que disse ter gostado imenso. Já Adelaide, que a acompanhava e que recebeu também o abraço com entusiasmo, saudava a iniciativa dos jovens, reco-

nhecendo que o hábito de as pessoas se cumprimentarem “perdeu-se um pouco nos dias de hoje”. Mais à frente, Miguel Esteves retribuía “com muito gosto” o abraço oferecido e comentava que este gesto “deveria acontecer todos os dias”, incentivando os promotores a continuarem. À pergunta “posso darlhe um abraço”, os jovens, envergando T-shirts e cartazes a dizerem “abraços grátis” ou “free hugs” (tradução em inglês), recebiam quase sempre um sim e uma palavra de estímulo. Mas também havia quem se esquivasse, sobretudo, e curiosamente, os mais novos. Este projecto partiu de dois jovens estudantes de Famalicão, o Duarte Pinho e o Diogo Rodrigues, que no último ano têm vindo a promover estas campanhas em algumas cidades e junto de instituições de solidariedade, tendo já

realizado uma acção do género em Famalicão, enquanto estudantes do 12º ano. Desta vez, Duarte Pinho considera que a campanha correu melhor. “Na feira fomos muito bem recebidos e as pessoas foram mais receptivas do que da primeira vez que estivemos cá”, disse o jovem, reforçando que o objectivo é, precisamente, reavivar o “espírito de as pessoas se cumprimentarem, de olharem para quem passa por elas, porque assim serão mais solidárias”. De resto, a distribuição de abraços grátis não decorreu apenas em Famalicão, mas um pouco por todo o mundo. Isto porque a iniciativa do passado dia 21 foi publicitada no Facebook e rapidamente atingiu dimensão mundial, sendo seguida por outros jovens. No total, aderiram ao espírito do “free hugs” 130 cidades, 22 das quais portuguesas.

cocó”, onde ganha quem apanhar mais “cocós”. No dia 5, pelas 10 horas, haverá uma demonstração do Grupo de Cães de Busca e Salvamento dos Bombeiros de Famalicão, seguindo-se a exposição canina “O meu melhor amigo”, concurso destinado às crianças e jovens do concelho. Os interessados em participar deverão fazer a sua inscrição em ceab@cm-vnfamalicão.pt ou 252301740, até ao dia 3 de Outubro.

A Câmara de Famalicão vai homenagear, no dia 4 de Outubro, a primeira vereação republicana do município. Presidida por Joaquim José Sousa Fernandes, que tomou posse no dia 8 de Outubro de 1910 – três dias após a vitória da República – a primeira vereação republicana manteve-se à frente do município até 1913, ou seja, até à realização das eleições autárquicas. A cerimónia está agendada para as 11 horas, na Escola Básica nº 3 de Famalicão, sendo presidida por Armindo Costa. A homenagem consiste na colocação de uma placa na casa onde residiu o presidente da Comissão Administrativa, Joaquim José

Sousa Fernandes, actual EB 3, e na afixação de placas idênticas nas casas dos vereadores que integraram aquela comissão municipal, assinalando que ali viveram. Serão também colocadas placas nas casas do ex-Presidente da República, Bernardino Machado, e na casa de Nuno Simões, que exerceu o cargo de ministro por duas vezes na 1ª República. A autarquia pretende, desta forma, homenagear os republicanos famalicenses que se destacaram neste período histórico. A iniciativa marca também o encerramento do programa comemorativo do Centenário da República que se iniciou em 2009.

Cristina Azevedo

Câmara recorda primeira vereação republicana Jovens distribuíram abraços na cidade

Famalicão com mais de 8.500 desempregados O desemprego voltou a subir no mês de Agosto em Famalicão e no distrito de Braga, acompanhando a tendência já verificada em Julho. Segundo dos números divulgados, a semana passada, pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), no distrito, o mês de Agosto terminou com 51.729 desempregados, mais 1.331 do que no mês de Julho, com Famalicão a ocupar o terceiro lugar dos concelhos com mais pessoas inscritas no Centro de Emprego. Após seis meses consecutivos a descer, o número de desempregados aumentou em Julho, e em Agosto deu ainda um salto mais significativo, sendo esta subida sentida pratica-

mente em todos os concelhos do distrito. Apenas Terras de Bouro não registou mais desempregados. Guimarães continua a ser o concelho mais flagelado, com 12.113 de pessoas sem emprego. Segue-se o concelho de Braga, com 10.736, e Famalicão aparece em terceiro lugar, com 8.594 desempregados inscritos, mais 330 do que em Julho. Apesar deste aumento nos últimos dois meses, os números continuam a ser inferiores aos registados no mesmo período do ano passado. Em Agosto de 2010, o distrito registava 54.598 desempregados, mais 2.869 do que este ano.


8

pública: 28 de Setembro de 2011

Agostinho Lopes questiona obras na Secundária de Joane O deputado do PCP questionou o Governo sobre as obras na Secundária de Joane. Eleito por Braga, Agostinho Lopes dirigiu uma pergunta ao Ministério da Educação e Ciência, acerca das obras de modernização da Escola Secundária Padre Benjamim Salgado, em Joane. O parlamentar recorda que as referidas obras, orçadas em 12 milhões de euros, faziam parte do Programa de Modernização do Parque Escolar, sob a responsabilidade da empresa Parque Escolar, e que deveriam iniciar-se em 2012, “não existindo ainda, que se saiba, o respectivo projecto”. Apontando que, quer o presidente do órgão de gestão da escola, quer o presidente da Associação de Pais, vieram recentemente a público dar conta da urgência das obras e das suas preocupações por possíveis atrasos na concretização das mesmas, o deputado comunista endereçou ao governo algumas questões. Agostinho Lopes quer saber, concretamente, o que está previsto relativamente às obras referidas e se vão iniciar-se em 2012, perguntando ainda qual o estado da elaboração do projecto.

freguesias

Centro Pinus diz que é exemplo na redução das emissões de carbono

Piscinas de Ribeirão apontadas como obra amiga do ambiente

JS de Delães promove caminhada No próximo dia 5 de Outubro, a Juventude Socialista (JS) de Delães vai organizar uma caminhada por Delães, que terminará com uma aula de fitness. A caminhada terá início às 9 horas na Rotunda de Delães, passando por alguns pontos estratégicos, tais como o gimnodesportivo e pela zona de Vila Verde, terminando no Campo de Futebol do CRPD, onde será feita a aula de fitness. O objectivo da actividade é incentivar a prática de exercício físico como forma de combater o sedentarismo e promover um estilo de vida mais saudável. A participação implica uma inscrição no próprio dia, no valor simbólico de 1 euro (oferta de 2 garrafas de água), e os participantes devem usar roupa e calçados adequados e levar o seu colete reflector vestido.

Flores para Cupertino de Miranda no seu aniversário

Incorporação de madeira foi muito elogiada

O Centro Pinus – Associação para a Valorização da Floresta de Pinho apontou as Piscinas Municipais de Ribeirão como um exemplo de uma obra amiga do ambiente, nomeadamente por ter registado uma maior incorporação de madeira no processo de construção. As Piscinas Municipais de Ribeirão, inauguradas em 2008, representaram um investimento municipal de 3,5 milhões de euros, ocupando um terreno que agora é contíguo ao novo Centro Escolar de Ribeirão, que entrou em funcionamento este ano lectivo. O Centro Pinus, organismo com sede no Porto, alerta para a importância de Portugal começar a incorporar mais madeira na construção civil, um material que pode ajudar a alcançar os objectivos de Quioto. Neste sentido, o Centro Pinus aponta as piscinas de Ribeirão como um exemplo de uma construção

amiga do ambiente. Esta associação lembra que um estudo realizado pela Confederação Europeia das Indústrias da Madeira conclui que "com o aumento da utilização da madeira na construção é possível reduzir duplamente as emissões de carbono e do aumento do seu armazenamento". "Esta medida é tão mais importante quando se considera que, actualmente, para conter a concentração de carbono na atmosfera nos níveis actuais é necessário uma redução das emissões globais em mais de 40 por cento", salienta a Pinus, acrescentando que "cada metro cúbico de madeira consegue uma poupança acumulada de duas toneladas de emissões". Refira-se ainda que o Centro Pinus co-organiza, em parceria com a Ordem dos Arquitectos e Autoridade Florestal Nacional, o Prémio Nacional de Arquitectura em Madeira, lançado este ano no âmbito do Ano Internacional das Florestas.

Na unidade pastoral de Cabeçudos e Esmeriz

Mais de 100 jovens receberam o Crisma

Um "jardim" de agradecimento a Arthur Cupertino de Miranda. Foi isso mesmo que as crianças da Creche e Jardim Infantil D. Elzira Cupertino de Miranda "plantaram", na passada quinta-feira, frente à estátua do fundador da instituição, Arthur Cupertino de Miranda. A iniciativa ocorreu no dia que se assinalou mais um aniversário do comendador e benemérito famalicense, sobre o qual passam 119 anos. Dezenas de crianças chegaram de flor em punho ao largo da igreja paroquial (onde se encontra o busto de Cupertino de Miranda), prontas a agradecer a obra social que actualmente as acolhe, e que foi herança do comendador. Uma a uma, foram

"plantando" a flor de papel inscrita com o seu nome, no jardim que se encontra aos pés da estátua do benemérito. A iniciativa foi a primeira de muitas que foram preparadas pela instituição no âmbito do tema escolhido para o projecto educativo dos dois próximos anos lectivos: os valores sociais, aproveitando para dar a conhecer melhor quem foi Arthur Cupertino de Miranda, para o interior da instituição e para a comunidade envolvente. Nesse sentido, ao longo do presente e próximo ano lectivo, irão seguir-se outras actividades, sempre com tónica de homenagem a Cupertino de Miranda, nascido a 15 de Setembro de 1892, no Louro.

“O Crisma é a oferta da vida a Cristo”. Esta interpelação foi o mote para a celebração onde mais de 100 jovens, provenientes das paróquias de Cabeçudos, Esmeriz, Palmeira, Lousado, Vilarinho, Fradelos e Ribeirão, receberam o Sacramento da Confirmação. A celebração realizou-se no passado sábado, na Igreja Paroquial de Ribeirão, e foi presidida pelo arcebispo primaz de Braga, D. Jorge Ortiga. Durante a sua partilha, D. Jorge desafiou os jovens a “alimentarem-se da Palavra de Deus, colocando-a em prática no dia-adia”. “Se vos alimentardes da Palavra de Deus estais a ter uma vida cristã em autenticidade e em verdade”, enfatizou. O arcebispo foi ainda mais longe no desafio lançado, acrescentando que cada um daqueles jovens “tem de assumir a sua responsabilidade na Igreja, a vinha amada e estimada, onde Jesus Cristo precisa de trabalhadores”, referindo ainda que o Crisma é “o momento de cada um assumir um compromisso na Igreja e redes-

A cerimónia decorreu na igreja de Ribeirão

cobrir o seu lugar dentro da respectiva comunidade paroquial”. As palavras desafiadoras de D. Jorge, assim como o Espírito Santo, presente nos seus sete dons, que os crismados receberam no momento da crismação, encontraram concordância no momento de acção de graças. Assim, alguns jovens crismados (representando todos aqueles que

tinham recebido os santos óleos), através de uma pequena encenação, assumiram visivelmente o desafio lançado pelo bispo, comprometendo-se a ir “para a vinha do Senhor, produzindo os frutos do anúncio, da alegria, da comunhão e da vida próprios de quem, cheio do Espírito Santo, sente e vive agora no fogo do Seu amor”.


freguesias

Novo pároco foi recebido com igreja cheia

Padre João Evangelista tomou posse em Oliveira S. Mateus A paróquia de Oliveira S. Mateus recebeu, no passado domingo, o seu novo pároco, o padre João Evangelista Barros, que tomou posse na eucaristia das 9h45. Recorde-se que, em virtude do falecimento do padre Eduardo Abreu, até então pároco de Oliveira S. Mateus, o arcebispo de Braga nomeou o padre João Evangelista como novo pároco desta comunidade, em acumulação com a paróquia de Delães. Na celebração de tomada de posse esteve também presente o arcipreste Mário Martins que dirigiu palavras de acolhimento e boas-vindas ao novo pároco, realçando a colaboração manifestada pelo mesmo desde o primeiro momento, ao longo das últimas semanas, substituindo desde logo o padre Eduardo quando este se ausentou por motivos de saúde. Nas palavras dirigidas aos seus novos paroquianos, que encheram a igreja, o sacerdote empossado de-

Novo pároco de Oliveira S. Mateus tomou posse no domingo

monstrou a alegria que sentia ao abraçar esta nova missão, disponibilizando-se para continuar a “trabalhar na vinha do Senhor”, tal como sugeria a liturgia do dia. No final da celebração, a comunidade paroquial quis felicitar o arcipreste “pela brevidade, empenho, acompanhamento e ajuda perante os problemas vividos pela paróquia”. A comunidade quis também dar as boasvindas ao novo pároco, dirigindo-lhe estas palavras de acolhimento: “Saudamos

com alegria o senhor padre João Evangelista. Tudo faremos para que seja entre nós um mensageiro do Evangelho, guiando-nos sempre pelo melhor caminho, aquele que conduz a Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida”. Por último, o Instituto de S. José, uma instituição paroquial de cariz social, quis também dar as boas-vindas ao seu novo presidente, entoando o hino do Instituto redigido há 10 anos pelo anterior presidente, o padre Eduardo Abreu.

Dia do doente e idoso em Esmeriz A Conferência Vicentina da paróquia de Esmeriz organizou, na tarde do passado dia 18 de Setembro e como vem sendo habitual ano após ano, o dia do doente e idoso nesta comunidade. Do programa deste dia de festa constou uma eucaristia e um lanche convívio entre todos. Na missa, presidida pelo pároco de Esmeriz, o padre Mário Martins, e animada pelo Grupo de Jovens da paróquia, deramse graças a Deus pela firmeza da sabedoria de todos os idosos, pelo conhecimento que transmitem e pelo testemunho e exemplo que são na sociedade. No convívio que se seguiu, os idosos e doentes foram presenteados com a actuação de um rancho folclórico convidado que

se deslocou de S. Paio de Oleiros, assim como com a actuação da Tuna de Cavaquinhos da Escola de Música de Esmeriz.

Diácono Rafael estagia em Esmeriz, Cabeçudos e Palmeira No passado dia 18 de Setembro, foi apresentado e acolhido na Unidade Pastoral de Esmeriz, Cabeçudos e Palmeira, o diácono Rafael Poças, que ali vai realizar o seu estágio pastoral. Este jovem, natural do concelho de Esposende, trilhará mais uma etapa da sua vocação rumo ao sacerdócio, nesta Unidade Pastoral. Assim, as eucaristias dominicais do dia 18 em Cabeçudos, Esmeriz e Palmeira, foram de festa e louvor a Deus pela vocação do diácono Rafael e de acolhimento sentido e familiar. “Nesta nova pegada no caminho vocacional a Unidade Pastoral felicita o diácono Rafael pelo audaz desafio de dizer sim ao chamamento sacerdotal, desejando-lhe que este estágio pastoral seja frutífero nos ensinamentos e na vivência da Palavra de Deus”, afirma aquela unidade em comunicado.

pública: 28 de Setembro de 2011 9


10

pública:28 de Setembro de 2011

freguesias

Colégio de Riba d’Ave recebe alunos em ambiente mágico

Feira de aves em Arnoso Santa Eulália É já no próximo fim-de-semana, 1 e 2 de Outubro, que as aves voltam à freguesia de Arnoso Santa Eulália. Trata-se da 6ª Grande Feira Mostra de Aves que decorrerá nas instalações da Associação Desportiva e Cultural de Arnoso Santa Eulália, no sábado, das 14h30 às 20h00, e no domingo, das 10h00 às 17h30. A entrada é gratuita, sendo que o evento é organizado pela referida associação e pelo Clube Ornitológico de Famalicão, com os apoios da Junta de Freguesia local e da Câmara Municipal de Famalicão.

PS promove oficina de reflexão em Lousado O Partido Socialista promove, no próximo sábado, dia 1 de Outubro, em Lousado, a sua terceira “Oficina de Reflexão Política”, no âmbito da iniciativa “Encontros de Freguesia”. A actividade decorre na escola Forave, a partir das 16 horas, e inclui o

O externato Delfim Ferreira, de Riba d’Ave, promoveu a recepção aos alunos do pré-escolar e do 1º ciclo, transformando o colégio num “Reino Encantado”, onde não faltou o castelo, o rei e a rainha. À sua espera, os alunos tinham uma longa passadeira vermelha que os conduzia até às muralhas do castelo, à porta do qual não faltavam os pajens e os animadores da corte. Depois de passar pela porta, chegavam ao Reino Encantado.

Após uma conversa entre alunos, professoras e encarregados de educação, todos foram convidados a conhecer o rei Saber e a rainha Alegria que os esperavam no “trono”. Um a um, todos os alunos receberam um certificado de entrada no “Reino Encantado”. Neste reino, que no fundo representava a escola, os mais pequenos ficaram a saber que são convidados a crescer, a brincar, a aprender com a ajuda das professoras, e a cumprir as “leis” que o regem.

Alunos do Externato e do INA visitaram Parlamento Europeu Após um período conturbado de exames, notas a serem afixadas, cálculo de médias e um curto período de férias, os alunos da turma 12.2 do Externato Delfim Ferreira, que se empenharam na organização e na função de chairs da 2ª Sessão do PEJ –Inter-escolas, juntamente com os alunos do INA, vencedores desta sessão, viram o seu sonho tornar-se realidade: visitaram o Parlamento Europeu, em Bruxelas, nos dias 6 e 7 de Setembro. A estada curta, mas suficiente para os alunos poderem perceber a importância destas iniciativas para a sua formação presente e futura. Os alunos foram recebidos pelo eurodeputado do CDS/PP, o famalicense

lançamento do número três do jornal “Lousado (t)em Notícia” e a análise da situação política da freguesia e a sua inserção no contexto municipal. O encontro encerra com um espaço de reflexão sobre o tema “Liderar/Gerir Reuniões”.

Aulas de Hip-Hop na Junta de Ruivães A Junta de Freguesia de Ruivães informa que serão ministradas, nas suas instalações, aulas de Hip-Hop, um estilo cada vez mais procurado pelos jovens. No próximo sábado, terá lugar, pelas 11h30, uma aula de experimentação grátis, na qual poderão ser feitas as inscrições.

Procura de emprego é tema de acção em Riba d’Ave A empresa Emergir e os Bombeiros Voluntários de Riba d’Ave assinaram, recentemente, um protocolo tendo em vista a promoção de acções de formação sobre temas actuais e de interesse para população de Riba d’Ave e concelhos limítrofes. A primeira acção rea-

liza-se no próximo dia 30 de Setembro, no auditório dos Bombeiros, com o tema “Técnicas de Procura Activa de Emprego”. O valor da inscrição é simbólico, sendo que parte do valor reverterá a favor da construção do novo quartel dos Bombeiros.

Escuteiros do Louro inauguram sede O Agrupamento de Escuteiros do Louro inaugura, no próximo domingo, 2 de Outubro, a sua nova sede, localizada na Rua Baden Powell. O programa inicia-se com uma missa às 10 horas, na igreja paroquial. Às 11h30 tem lugar a cerimónia de inauguração, seguida de uma visita à sede. Nuno Melo, que apoiou a ini-

ADC na Festa do Associativismo A Associação Desportiva e Cultural de Arnoso Santa Eulália (ADC) participou, de16 a 18 de Setembro, na Festa do Associativismo e Juventude. Esta colectividade famalicense levou até àquela mostra um pouco da sua história, tendo apresentado no seu stand alguns dos troféus conquistados ao longo dos anos, fotografias e “slides” evocativos de várias actividades realizadas. Em exposição estiveram ainda um arco e um “manequim” alusivos às prestações que a ADC já teve nas Marchas Antoninas.

ciativa desde a primeira hora.

Famalicão celebra Festas de Santo Adrião Decorrem no próximo fim-desemana as Festas de Santo Adrião, na freguesia de Famalicão. O programa arranca na sexta-feira, dia 30, com a actuação, pelas 21h30, da Banda “The Upgrade”, seguida de um espectáculo de malabarismo de fogo. No sábado, há oração do terço na capela, pelas 21h30, seguindo-se a actuação do con-

junto Novo Império. No final há fogo-de-artifício. O programa de domingo começa com a procissão em honra de Santo Adrião, pelas 9h30, desde a Igreja Matriz Nova até à capela, seguida da eucaristia solene. À tarde actua o Grupo Folclórico de S. Tiago da Cruz, encerrando as festas com um leilão.


pública: 28 de Setembro de 2011 11

freguesias

Cerimónia de inauguração acontece no sábado

Hotel Rural da Azenha inaugura adega e restaurante

Inauguração do edifício de restauração e eventos do Hotel Rural da Azenha será no sábado

O Hotel Rural da Azenha, em Bairro, inaugura no próximo sábado, 1 de Outubro, o seu edifício de restauração e eventos. É aguardada, ao fim do dia, a presença de cerca de uma centena de convidados, entre os quais o Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga; a secretária de Estado do Turismo, Cecília Meireles; o administrador da Delta Cafés, Rui Nabeiro; e o presidente da Câmara de Famalicão, Armindo Costa. O Restaurante d’Azenha, onde todos os pormenores foram pensados para oferecer aos seus clientes os melhores momentos de lazer e degustação, pretende afirmar-se como o restaurante de referência do concelho, com uma área de 1.100 m2 e capacidade para 500 pessoas. O espaço inclui um salão nobre de eventos, uma adega regional e nacional, um parque infantil e parque de estacionamento privativo. Além disso, usufrui de um serviço de take-away, com destaque para a variada oferta em leitão e churrascaria.

Segundo João Monteiro, empresário responsável pelo Hotel Rural da Azenha, na adega serão realizadas provas de vinho para dar dimensão ao enoturismo. “Vamos privilegiar o vinho verde da nossa região, mas mostraremos outros de distintos pontos do país. As pessoas vão poder sentar-se e usufruir de bons petiscos e vinhos de qualidade”, explica. Aliás, na própria quinta do empreendimento são produzidos os vinhos “Quinta da Azenha” que serão, naturalmente, dados a conhecer aos visitantes. O take-away é, igualmente, “importante” para o empresário, que quer, assim, melhor servir as famílias, que estão cada vez mais ocupadas actualmente. “As pessoas podem vir cá buscar as refeições para levar para casa, é essencial ter boa gastronomia à mesa”, defende. Já o salão de eventos, com capacidade até 500 pessoas, possui “excelentes condições” para receber diferentes realizações.

João Monteiro transformou uma quinta de família num espaço de sonho

Hotel abre no próximo ano Recorde-se que o Hotel Rural da Azenha abrirá só no início do próximo ano, mas é já considerado uma alavanca para o Vale do Ave, pois associa as respostas de alojamento a um conjunto de outras valências, como cultura, gastronomia, divertimento, relaxamento, entre outras. Esta unidade de cinco estrelas vai, com efeito, dispor de 23 quartos, entre os quais duas suites, e oferecer um conjunto de serviços que marcarão a diferença. Em causa estão uma área de SPA com piscina interior aquecida, ginásio, sauna, banho turco e zona de massagens, enquanto no exterior haverá uma piscina, um circuito de manutenção e uma zona para desportos radicais. As obras arrancaram em Abril de 2010, num investimento superior a 3 milhões de euros, comparticipadas em 75% pelo QREN, estimandose a criação de cerca de 20 a 25 postos de trabalho efectivos. O responsável João Monteiro sublinha que o Hotel Rural da Azenha não é “um hotel de cidade, nem serve só para dormir”. O objectivo é mesmo dar mais a quem passa pela unidade hoteleira de Bairro, designadamente “a nossa gastronomia, o folclore, as tradições, o Norte, os nossos artistas, os escritores, como Camilo Castelo Branco e José Régio”. Refira-se que o Hotel Rural da Azenha nasce num espaço rural da família de João Monteiro. O sonhou começou há, justamente, 20 anos. “Eu não sou filho de pais ricos, estudei e trabalhei muito, prepareime para este investimento. Evidentemente que para ter capitais tive de vender a minha casa de praia para responder às exigências deste investimento. É a transformação de uma vida num sonho”, confessa.

Caso a extensão de Saúde encerre total ou parcialmente

Utentes de S. Cosme prometem endurecer a luta A Comissão de Utentes da Extensão de Saúde de Vale S. Cosme promete endurecer a luta, caso a direcção do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) de Famalicão mantenha a intenção de encerrar a referida extensão e criar uma Unidade de Cuidados de Saúde Permanente (UCSP) em Requião. A posição foi tomada na última assembleia geral de utentes da extensão de S. Cosme, realizada na passada sexta-feira. Em nota à imprensa, a Comissão de Utentes dá conta que foi aprovado pela assembleia que “serão encetadas todas e quaisquer acções de rua (se necessário forem), bloqueio físico ao encerramento do centro ou outras acções que se entendam necessárias, até que sejam cumpridos os pressupostos subscritos por mais de 4.500 utentes desta extensão de Saúde e constantes da petição apresentada em Dezembro passado na Assembleia da República”. Em concreto, os representantes dos utentes dizem que o ACES voltou a “insistir no encerramento

da extensão de Saúde de S. Cosme duas ou três tardes por semana por via da criação de uma UCSP em Requião”, algo que dizem não aceitar. Os argumentos já são conhecidos: a Comissão de Utentes considera Requião uma freguesia limítrofe do conjunto das freguesia do Vale do Pelhe e sem “acessos directos de transportes públicos”. Ao contrário, dizem, a extensão de Saúde de S. Cosme “situa-se em área de centralidade demográfica e geográfica daquele vale, com facilitados acesso e transportes públicos de apoio à deslocação de utentes”. Entretanto, na assembleia da passada sexta-feira foi também eleita uma nova direcção de representação e coordenação da Comissão de Utentes, cuja presidente é agora Ana Sofia Borges. Para vice-presidente foi eleito José Carlos Guimarães, que se mantém da anterior direcção, sendo este órgão agora reforçado com um elemento de apoio exclusivo à presidência, concretamente, Isabel Carvalho.

pub

Equipamentos a biomassa em destaque no novo Show Room Vimasol

A Vimasol Energias Renováveis abriu no passado sábado, dia 24 de Setembro, as portas do seu Show Room, criado nas suas instalações. A partir de agora, o público pode encontrar todas as soluções de aquecimento a lenha e pellets num espaço reservado a equipamentos a biomassa. A aposta neste novo espaço permite aos seus visitantes conhecerem as últimas novidades do mercado no que respeita a um aquecimento económico e ecológico. Entre as várias soluções poderão encontrar caldeiras, recuperadores e estufas a lenha e pellets. Todas as soluções, a ar e a água, estão garantidas, incluindo cozinhas e barbecues. O enfoque deste local único encontra-se obviamente na funcionalidade dos equipamentos, mas também num design cuidado das marcas expostas. Neste sentido, os visitantes encontrarão o equipamento perfeito para a sua casa. O Show Room Vimasol foi desenvolvido nas actuais instalações da empresa, em Selho S. Jorge, Guimarães. Está aberto de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 13h00 e das 14 horas às 18h30, e aos sábados de manhã, das 9h30 às 13h00.


12

pĂşblica:28 de Setembro de 2011

publicidade


16

pública:28 de Setembro de 2011

publicidade

Falecimentos Orebe António Carneiro Vila Boas, no dia 25 de Setembro, com 70 anos, solteiro, da freguesia de Palmeira (Santo Tirso). Maria da Conceição de Azevedo Campos, no dia 24 de Setembro, com 69 anos, casada com António Machado de Araújo, da freguesia de Castelões. Augusto de Azevedo, no dia 24 de Setembro, com 86 anos, casado com Rosa Vieira Rodrigues, da freguesia de Seide S. Miguel.

PROFESSORA IVONE DE OLIVEIRA XARÁ FERNANDES VIANA

Agência Funerária da Lagoa Lagoa – Telf. 252 321 594

Missa de 2º Aniversário Seu marido, filhos, netos e demais família vêm por este meio participar a missa de 2º Aniversário do seu falecimento, será celebrada Quinta-Feira dia 29 de Setembro pelas 19:00 horas na Igreja Paroquial de Antas - V. N. de Famalicão. Desde já seu profundo reconhecimento a quantos se dignarem assistir a este piedoso acto.

Laurentina Alves Ferreira, no dia 17 de Setembro, com 91 anos, viúva de Joaquim Alves Ferreira Carvalho, da freguesia de Outiz. Henrique Correia da Costa Reis, no dia 19 de Setembro, com 79 anos, viúvo de Ana da Costa Araújo, da freguesia de Gondifelos.

A Família Antas, 28 de Setembro 2011

Alexandrina Ferreira Miranda, no dia 24 de Setembro, com 83 anos, viúva de Fernando Martins de Azevedo, da freguesia de Fradelos.

Armindo José Martins do Sacramento, no dia 23 de Setembro, com 66 anos, casado com Balbina da Silva Azevedo, da freguesia de Sequeirô (Santo Tirso). Ana Pinheiro de Sampaio, no dia 25 de Setembro, com 91 anos, solteira, da freguesia de Rebordões (Santo Tirso). Jerónimo Ferreira da Silva, no dia 25 de Setembro, com 93 anos, viúvo de Joaquina Alves Ribeiro, da freguesia de Bairro. Agência Funerária de Burgães Sede: Burgães / Filial.: Delães Telf. 252 852 325

Joaquim Barbosa Marques, no dia 26 de Setembro, com 68 anos, viúvo de Maria Dias de Araújo, da freguesia de Telhado. Ag. Funerária Arnoso - José Daniel Pereira Arnoso Santa Eulália - Telf. 91 724 67 03

Amadeu da Cunha Pedrosa, no dia 26 de Setembro, com 63 anos, casado com Maria de Azevedo Moreira, da freguesia de S. Martinho de Bougado (Trofa). Agência Funerária Trofense, Lda (S. Martinho de Bougado) Trofa – Tel.: 252 412 727

Clara da Silva Correia, no dia 25 de Setembro, com 84 anos, casada com David Dias dos Santos, da freguesia de Gondifelos. Agência Funerária Palhares Balazar– Tel.: 252 951 147

Joaquim Barbosa Marques (Morador na travessa da Raposeira Nº 67 – Telhado)

Seus filhos, netos e demais familiares participam com profundo pesar o falecimento do seu ente querido e comunicam que o corpo do saudoso falecido encontra-se em câmara ardente, na Igreja Paroquial de Arnoso Stª Maria, onde (hoje) quarta-feira, dia 28 de Setembro, pelas 17:30 horas será celebrada missa de corpo presente, finda a qual irá a sepultar. A família muito sensibilizada antecipadamente agradece a todos que se unirem à sua dor. A Família Arnoso Santa Maria, 28 de Setembro 2011

Maria da Conceição, no dia 20 de Setembro, com 91 anos, viúva de Simão da Rocha, da freguesia de Pévidem (Guimarães). Eduardo de Oliveira, no dia 25 de Setembro, com 81 anos, casado com Maria da Conceição da Silva, da freguesia de Brito (Guimarães). Maria Aurora da Silva Pimenta, no dia 25 de Setembro, com 71 anos, viúva de António Machado, da freguesia de Candoso S. Martinho (Guimarães). Agência Funerária S. Jorge Pevidém– Tel.: 253 533 396

Bernardina Olívia Gonçalves Dias da Costa Santos, no dia 13 de Setembro, com 87 anos, viúva de Humberto da Silva Santos, da freguesia de Ribeirão. Manuel dos Santos Azevedo, no dia 18 de Setembro, com 57 anos, casado com Maria Cecília da Silva Dias, da freguesia de Ribeirão. Almerinda da Silva Maia Moreira, no dia 19 de Setembro, com 52 anos, casada com José da Silva Moreira, da freguesia de S. Romão do Coronado (Trofa). Maria da Conceição Fonseca, no dia 25 de Setembro, com 80 anos, casada com José da Silva Marques, da freguesia de Santiago de Bougado (Trofa). Funerária Ribeirense Paiva & Irmão Lda Ribeirão – Telf. 252 491 433

Funerária de Arnoso, Telemóvel. 917246703 / 919375800 Maria Olinda Ferreira Areias, no dia 21 de Setembro, com 89 anos, solteira, da freguesia de Vermoim. Teresa Barbosa, no dia 21 de Setembro, com 98 anos, viúva de António Ferreira de Campos, da freguesia de Gavião. Agência Funerária Rodrigo Silva, Lda Vila Nova de Famalicão – Tel.: 252 323 176

António Moreira Borges, no dia 24 de Setembro, com 85 anos, solteiro, da freguesia de Vale S. Cosme. Ana Ferreira da Silva, no dia 22 de Setembro, com 86 anos, viúva de António Moreira da Silva, da freguesia de S. Tiago da Cruz. Agência Funerária das Quintães Vale S. Cosme – Tel.: 252 911 290


pública: 28 de Setembro de 2011 17

cultura

Cidade foi palco da Maratona Fotográfica

Programação marca rentrée depois das férias

Pedro Tochas e Mão Morta na Casa das Artes

Manuel Lima

Fotógrafos retratam Famalicão durante 12 horas

Meia centena de participantes fotografaram 12 temas em Famalicão

Realizou-se, no passado sábado, a primeira Maratona Fotográfica de Famalicão, que decorreu ao longo de doze horas, dividida por três etapas de quatro horas cada. A iniciativa foi promovida pela Associação Artes de Movimento de Famalicão e contou com a presença de meia centena de participantes de Famalicão, Braga, Guimarães, Porto e Santo Tirso. O início do evento teve lugar no átrio dos Paços do Concelho de Famalicão pela manhã, onde foi distribuído o primeiro mapa do percurso com os quatro temas que os concorrentes teriam de fotografar. As primeiras fotografias da etapa foram tiradas no local da partida, subordinado ao tema “Uma viagem pela história do automóvel”. Para o efeito, foram colocados em exposição vários automóveis de colecção que retratavam uma época. De seguida, os participantes partiram em direcção ao Mercado Municipal, apanhando de surpresa e admiração quantos se encontravam no local. De seguida, o alvo das objectivas dos concorrentes foram as lojas do comércio tradicional, que se encontram espalhadas pelo centro da cidade de Famalicão. Para fi-

nalizar a primeira etapa, os concorrentes tiveram que convencer as pessoas que circulavam pela cidade a serem fotografadas, o que, segundo a organização, não foi tarefa fácil. A segunda etapa teve início no Parque da Juventude. Aqui foram entregues os mapas com os quatro temas a serem fotografados e que iam permitir aos concorrentes conhecer a vida rural, nas proximidades do centro da cidade entrando em contacto com a natureza, passando pelo Parque do Vinhal com destino à Casa do Vinhal. Datada do século XVIII, a Casa do Vinhal conserva os traços originais, destacando-se as escadarias harmoniosas em pedra, uma capela, as criações de animais aí existentes assim como as actividades agrícolas típicas da época. Posteriormente, os concorrentes dirigiram-se à estação dos caminhos-de-ferro para registarem alguns momentos que o local tem para oferecer. De seguida, os concorrentes focaram as suas objectivas na arquitectura da cidade destacando-se as ruas típicas e edificações diversas. A entrega do último mapa realizou-se, por volta das 18 horas, no Parque da Juventude, sendo que no local foi

feita uma demonstração de defesa pessoal, uma das actividades desenvolvida pela Associação Artes de Movimento e que permitiu aos concorrentes responderem ao tema Desporto. Com o cair da noite, os concorrentes procuraram a vida nocturna na cidade, indo em busca de hábitos saudáveis, retratados nas caminhadas individuais ou em grupo pelas ruas, praças e parques da cidade, bem como as esplanadas que se encontram espalhadas um pouco pela cidade. O evento encerrou com um concerto no Parque de Sinçães com a presença dos sUBMARINe, uma banda que “entusiasmou todos os que se encontravam no local, uma vez que existiu uma grande interacção no palco entre os elementos da banda e os participantes da Maratona Fotográfica”, revela a organização. No final do evento, os participantes mostraram-se muitos satisfeitos com a iniciativa, elogiando a organização e a qualidade do mesmo. Agora, os trabalhos serão avaliados por um júri para apurar o vencedor. A entrega de prémios decorrerá numa cerimónia a marcar.

Depois do habitual período de férias, a Casa das Artes de Famalicão reabre as portas ao público no próximo mês de Outubro. Música, teatro, cinema, stand-up comedy, arte contemporânea e espectáculos para bebés são algumas das propostas da programação. Dos vários nomes presentes, destaque para Pedro Tochas que vai apresentar o espectáculo “Coisas”. O comediante sobe ao palco, no dia 21, pelas 21h30, para partilhar as suas coisas. “Coisas que nos acontecem em grupo ou em privado, coisas que guardámos para nós ou partilhamos com o mundo. São estas coisas que, quando encaradas com sentido de humor, são o ponto de partida para as histórias que tanto gostamos de contar aos amigos.” No dia 29, a música toma conta da Casa das Artes, com o grupo “Mão Morta” a apresentar o espectáculo “Pelux in Motion”, um sugestivo título, que define um alinhamento especial, um cenário novo e um momento irrepetível. Ainda no que respeita à música, no dia 15 de Outubro, o palco pertence aos UTTER, a banda bracarense de música electrónica que apresenta o novo álbum”Empty Space”. Mas Outubro arranca com o projecto de arte contemporânea IMAN,

através da exposição “Tempo Emprestado Tempo Modificado #2”, cuja inauguração decorre dia 1, pelas 22 horas, no Foyer. Segue-se a realização de um conjunto de oito espectáculos, promovidos nos vários espaços da Casa das Artes. Intitulados “O Som dos Artistas”, o espectáculo conta com perfomances, vídeos, poesia, dança, concerto e ritual. Refira-se que o projecto IMAN realiza-se em rede envolvendo também as cidades de Braga, Guimarães e Porto. Já no dia 7, “Vincent, Van e Gogh” é o título da peça de teatro que será apresentada pela “Peripécia Teatro”, pelas 21h30. A criação é uma homenagem ao pintor holandês que se tornou o paradigma do “artista maldito”. Referência ainda para o espectáculo para pais e bebés “Alibabach”, nos dias 15 e 16 de Outubro, que explora o universo de Bach. Os espectáculos dividem-se em bebés até os 24 meses e crianças até aos 4 anos. Para além dos espectáculos, a Casa das Artes tem vindo a apostar também na promoção de workshops artísticos. Assim, no dia 19, pelas 10 horas, haverá um workshop dedicado à experimentação plástica, com o orientador Augusto Costa. No dia 6, a companhia de música teatral “Patrulha” promove o workshop “Brincar à Música”, para crianças.

Alexandre Quintanilha apresenta cinema na Casa de Camilo O drama norte-americano “Na Sombra e no Silêncio”, de Horton Foote, baseado no romance homónimo de Harper Lee, é a película escolhida pelo físico Alexandre Quintanilha para apresentar na próxima sessão de “Um Livro, Um Filme”, que se realiza sexta-feira, dia 30, pelas 21h30, na Casa de Camilo, em Seide S. Miguel. A iniciativa, com entrada livre, decorre todas as últimas sextas-feiras de cada mês e conta sempre com a presença de uma figura pública que escolhe um filme para apresentar e comentar. Este mês o convidado é Alexandre Quintanilha, físico reconhecido internacionalmente e professor no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, no Porto. Quanto ao filme, “Na Sombra e no Silêncio” (1962) é uma obra de tribunal. Em plena depressão, numa pequena cidade do Sul dos EUA, uma mulher

branca acusa um negro, inocente, de a ter violado. O resultado do julgamento parece tão evidente que torna a defesa do acusado muito pouco apetecível. Excepto para Atticus Finch (Gregory Peck), um advogado viúvo e com dois filhos, que é muito respeitado, porque visto como um homem íntegro. pub.

Famalicão

Barbosa: Rua Santo António, Tel. 252 302 120 Calendário: Rua da Liberdade, Tel. 252 378 400/1 Cameira: C. Mouzinho Albuquerque, Tel. 252 323 819 Central: Praça D. Maria II, Tel. 252 323 214 Nogueira: Av. Marechal H. Delgado, Tel. 252 310 607 Valongo: Rua Adriano Pinto Basto, Tel. 252 323 294 Gavião - Av. Eng. Pinheiro Braga, 72 - Telef. 252 317 301 Marinho: Edif. S. José - Estalagem - Telf. 252 921 182 Martins Ventura: R. C. Cerejeira - Lousado - Telf. 252 493 142 Estação: Largo da Estação - Nine - Telf. 252 961 118 Ribeirão: Largo de Bragadela - Ribeirão - Telf. 252 416 482 Joane: Rua S. Bento, nº 217 - Telf. 252 996 300

Famalicão

Serviço

Reforço

Vale do Ave

Ser viço

Q u ar t a, 2 8

Gavião Central

Marinho-Vermoim Calendário

Q ui nta, 29

Barbosa Cameira

Marinho-Vermoim Calendário

S e x t a, 3 0

Central Valongo

Marinho-Vermoim Calendário

Q u ar t a, 2 8 Q ui nta, 29 S e x t a, 3 0 S áb ad o , 1 Do m i ngo , 2 S e g u n d a, 3 Terç a , 4

Faria Almeida e Sousa Bairro Delães Riba de Ave Faria Almeida e Sousa

S á ba d o , 1

Calendário

Do m i ngo , 2

Nogueira

S e g u n d a, 3

Valongo Barbosa

Calendário

Terç a , 4

Gavião Calendário

Calendário

Vale do Ave

Almeida e Sousa: Covas - Oliv. Stª Maria - Telf. 252 931 365 Bairro: Av. Silva Pereira, Telf. 252 932 678 Delães: Portela - Delães - Telf. 252 931 216 Riba de Ave: Av. Narciso Ferreira, Telf. 252 982 124 Faria: Estrada Nacional 310 - Serzedelo - Telf. 252 532 346

Serviço de disponibilidade

Paula Reis: R. José Elisio Gonçalves Cerejeira, nº 629 Calendário - Tel. 252 378 057 Maceiras: Louro - Telf. 252 310 425 Marques: Largo da Igreja - Fradelos - Telf. 252 458 440 Oliveira Monteiro: Largo Igreja - Cabeçudos - Telf. 252 331 885 Pedome: Av. S. Pedro, 1139 - Pedome - Telf. 252 900 930 Pratinha: Largo do Cruzeiro - Cavalões - Telf. 252 375 423 Santiago da Cruz: Vale S. Cosme - Telf. 252 911 123 Arnoso: Av. Joaq. Azevedo - Arnoso Sta. Maria - Telf. 252 916 612


18

pública:28 de Setembro de 2011

EMPREGO Trabalhadores Homens/Mulheres com experiência de Teares circulares, Máquina seamless ou Peúgas Contacto: 252 990 380 (10h - 17h)

Serviço de Finanças de VILA N.FAMALICAO-1.-0450

EDITAL Venda e Convocação de Credores

N.º da Venda: 0450.2011.202 - Fracção autónoma designada pela letra E, destinada a habitação, no 1.º andar direito e garagem designada pelo n.º 4, situada na cave, sito no lugar de Bouças, na Rua Estrada Nacional n.º 23, Landim, com a área bruta privativa de 196,60m2 e área bruta dependente de 25,00m2. Inscrito na matriz predial urbana sob o artigo 1439, fracção E da freguesia de Landim, concelho de Vila Nova de Famalicão e descrito na Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Famalicão sob a descrição n.º 405/19960701-E. Processo Executivo 0450200401029088 e aps. TEOR DO EDITAL Gabriel Torres Bezerra, Chefe de Finanças do Serviço de Finanças VILA N.FAMALICAO-1.-0450, sito em R. ERNESTO CARVALHO EDIF. MILAO R/C, VILA N. FAMALICAO, faz saber que irá proceder à venda por meio de leilão electrónico, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), e da portaria n.º 219/2011 de 1 de Junho, do bem acima melhor identificado, penhorado ao executado infra indicado, para pagamento de divida constante em processo(s) de execução fiscal. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) JOSE CARLOS DA CUNHA OLIVEIRA, residente em LANDIM, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado (249.º/6 CPPT), entre as 10:00 horas do dia 2011-10-03 e as 18:00 horas do dia 2011-11-10 O valor base da venda (250.º CPPT) é de € 66.836,00. As propostas deverão ser apresentadas via Internet, mediante acesso ao “Portal das Finanças”, e autenticação enquanto utilizador registado, em www.portaldasfinancas.gov.pt na opção “Venda de bens penhorados”, ou seguindo consecutivamente as opções “Cidadãos”, “Outros Serviços”, “Venda Electrónica de Bens” e “Leilão Electrónico”. A licitação a apresentar deve ser de valor igual ou superior ao valor base da venda e superior a qualquer das licitações anteriormente apresentadas para essa venda. O prazo para licitação tem início no dia 2011-10-27, pelas 10:00 horas, e termina no dia 2011-11-11 às 10:00. As propostas, uma vez submetidas, não podem ser retiradas, salvo disposição legal em contrário. No dia e hora designados para o termo do leilão, o Chefe do Serviço de Finanças decide sobre a adjudicação do bem (artigo 6.º da portaria n.º 219/2011). A totalidade do preço deverá ser depositada, à ordem do órgão de execução fiscal, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, mediante guia a solicitar junto do órgão de execução fiscal, sob pena das sanções previstas (256.º/1/e) CPPT). No caso de montante superior a 500 unidades de conta, e mediante requerimento fundamentado, entregue no prazo de 5 dias, contados do termo do prazo de entrega de propostas, poderá ser autorizado o depósito, no prazo mencionado no parágrafo anterior, de apenas uma parte do preço, não inferior a um terço, e o restante em até 8 meses (256.º/1/f) CPPT). A venda pode ainda estar sujeita ao pagamento dos impostos que se mostrem devidos, nomeadamente o Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis, o Imposto de Selo, o Imposto Sobre o Valor Acrescentado ou outros. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239.º/2 e 242.º/1 CPPT), contados da 2.ª publicação (242.º/2), citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado (240º/CPPT). IDENTIFICAÇÃO DO EXECUTADO N.º de Processo de Execução Fiscal: 0450200401029088 (e apensos) NIF/NIPC: 178896217 Nome: JOSE CARLOS DA CUNHA OLIVEIRA Morada: EST NAC 204-5 LT 23 1º DTO - LANDIM - LANDIM

O Chefe de Finanças Gabriel Torres Bezerra 1ª Publicação - Jornal Opinião Pública, 28 de Setembro 2011

praça pública

Modus Vivendi J. Mário Teixeira

Cuidado com as poupanças São cerca de 30 milhões de Euros, a dívida do Ministério da Justiça aos advogados que prestam apoio judiciário a quem não tem dinheiro para pagar custas judiciais ou honorários. Além da questão da dívida em si – que só reforça a mentalidade caloteira enraizada no nosso país, da qual o Estado é o maior responsável pelo exemplo que dá – , está em causa saber qual o modelo que o presente Governo quer implementar? Qual o sistema de protecção jurídica para salvaguardar os mais desfavorecidos, num país onde as custas judicias são próprias de um serviço de luxo? A criação da figura de Defen-

sor Público em detrimento do pagamento dos serviços prestados por advogado, representaria um perigoso retrocesso em sede de cidadania: o cidadão mais desfavorecido deixaria de poder contar com os serviços de um profissional liberal, independente, sujeito a disciplina ética e deontológica, para passar a ser servido numa lógica de funcionalismo público, com os clássicos horários de atendimento e sem quaisquer garantias de totais independência e responsabilidade. Até da perspectiva financeira, tal iria significar custos acrescidos de criação de uma máquina funcional, estrutura de meios, instalações e estatutos de carreira

que iriam sair mais caro do que o actual regime. Além do evidente perigo de não haver dotação de meios suficientes – porque nunca há, pelo menos para o que é mesmo importante – para dar resposta digna às legítimas pretensões dos cidadãos, transferindose para os serviços de protecção jurídica a mesma lógica das listas de espera que já temos na Saúde e na Justiça. A eventual criação da figura de Defensor Público será a consagração da lógica de que o Estado tudo faz: acusa (Ministério Público), defende (Defensor Público) e julga (juízes). A mesma lógica que só se encontra em ditaduras.

Pelos quatro cantos da ca(u)sa Domingos Peixoto

Altas cavalarias de Jardim O homem andou mais de 30 anos em galopes. Pelos vistos deu mau resultado e já confessa: Não nos vamos meter em altas cavalarias; agora vamos acabar as obras que não estão prontas e fazer outras pequenas que ainda façam falta! Quer dizer que pôde fazer as grandes e não as pequenas obras? Não. Umas e outras foram possíveis, mas é destes homens (políticos) que o povo gosta; o povo masoquista; que gosta de “levar” na cabeça; sendo pobre tem orgulho em passar por rico; que trabalha de sol a sol, passando por enormes dificuldades e carências enquanto ao seu lado – e à sua custa – se instalou a sumptuosidade! A propósito, será que já estão resolvidos todos os problemas causados pelas últimas catástrofes, cuja ajuda o Senhor Sócrates, (de Lisboa; do Continente; do Governo Português do Partido Socialista) patriótica e solidariamente, não regateou? E, para além da resolução dos problemas causados então, como grande obra que “era”, já foram tomadas medidas para obstar à sua repetição ou ficaram para as pequenas obras que ainda falta

fazer? Sabendo-se agora, escandalosamente, a gravidade da situação das contas públicas da Madeira, pergunta-se: - A carta a pedir ajuda ao Primeiro-ministro, “comentada” pelo Ministro das Finanças, já dava algumas luzes para a “descoberta” da sua real situação? Se sim, o que fez o Governo? Se não, por que insiste Jardim em dizer que não estava a esconder nada? - Tendo em conta a acutilância das críticas dos partidos da direita – justas – para com o Banco de Portugal sobre os casos do BPN e BPP, o que devemos, proporcionalmente, esperar dos mesmos agora que são governo? - E, atentas as deliberações do Governo acerca da “Parque Escolar”, o que esperar quanto ao Governo Regional da Madeira? Mas Jardim não desarma e pede meças, argumentando (cito de memória): “Salazar não fez obra mas deixou os cofres cheios de dinheiro; outros, a seguir ao 25 de Abril, também não fizeram obra mas gastaram o dinheiro todo; nós, fizemos obra mas o dinheiro não chegou, porque o governo não nos deu o que pre-

cisava-mos, de maneira que...” Foi, exactamente, por tudo isto mas com algumas correcções, que se fez o 25 de Abril. Ei-las: - Com Salazar democracia, liberdade e igualdade não existiam; era uma ditadura; - Com o 25 de Abril adquiriram-se as prerrogativas citadas mais todos os direitos sociais inerentes; fizeram-se muitas obras; modernizou-se Portugal; passamos a ser parte activa e respeitada da comunidade internacional; - À Madeira o Estado garantiu a Autonomia Regional dando muito dinheiro; a ver vamos se foi todo aplicado em benefício dos madeirenses; a lei é igual para todos (?) mas a gestão orçamental insular madeirense assimila-se à de uma coutada. Não fora os defeitos do 25 de Abril e da democracia e o masoquismo do povo, as “altas cavalarias” que por aí pululam tinham, como destino para os seus fautores, ver o sol aos quadradinhos. Assim continuamos a ter a arrogância, a demagogia, o populismo, enfim a impunidade, como regra.

PRECISA-SE URGENTE

DÁ-SE À EXPLORAÇÃO

TÉCNICO OFICIAL DE CONTAS

CABELEIREIRA COM EXPERIÊNCIA PARA ENTRADA IMEDIATA. CENTRO DEFAMALICÃO CONTACTO: 912 213 997

GABINETE DE ESTÉTICA CENTRO DE FAMALICÃO CONTACTO: 912 213 997

ARRENDA-SE T1 COM LUGAR DE GARAGEM JUNTO AO CENTRO DE EMPREGO CONTACTO: 916 355 179

INSCRITO NA ORDEM DOS TÉCNICOS OFICIAIS DE CONTAS

ACEITA TODO O TIPO DE CONTABILIDADES, EM PART-TIME 

SERVIÇOS DE CONTABILIDADE E CONSULTORIA FISCAL INCLUINDO TODO O TIPO DE OBRIGAÇÕES FISCAIS

OFEREÇO SERVIÇO



SEGURANÇA SOCIAL, GESTÃO PESSOAL

PARA DISTRIBUIR



PROJECTOS DE INVESTIMENTO

PUBLICIDADE Contacto: 962 430 508

30 ANOS DE IA EXPERIÊNC

CONTACTO 96 000 27 51


pública: 28 de Setembro de 2011 19

publicidade

PASSA-SE CARRO TAXI

ANÚNCIO

TORNE-SE MILIONÁRIO SEMANALMENTE AQUI...

Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 5º Juízo Cível Nº do Processo: 1032/09.9TJVNF

AO REGISTAR O SEU BOLETIM NESTE QUIOSQUE, FICA HABILITADO DUAS VEZES A GANHAR O 1º, 2º OU 3º PRÉMIO NO EUROMILHÕES DE 6ª FEIRA INFORME-SE 252 323 093

CENTRO DE FAMALICÃO POR MOTIVOS VÁRIOS Contactos: 252 921 285 - 919 784 883

Pretende Ganhar mais DINHEIRO??? Então venha conhecer um projecto sobre Tecnologias e Energias Ligue: 91 322 2750

LANDIM “SOUTO” VILAS URBANIZAÇÃO PRIVADA 5 VILAS - LOTES 1050 A 1200 M2

969 575 400

QUIOSQUE EUROFAMA Av. de França - frente ao BES em Calendário

Maria José Araújo Agente de Execução Cédula Profissional nº 3348

VENDA EM PROCESSO EXECUTIVO PRÉDIO URBANO

Exequente: Fpf – Comércio de Bricolage, Lda. Executado: Manuel Moreira Gonçalves e Outros Informa-se os eventuais interessados que são aceites propostas de aquisição do seguinte bem imóvel penhorado:

VALOR A ANUNCIAR: 37.800.00 Euros

PODER E FORÇA ESPIRITUAL

Trata de qualquer que seja o seu Problema: Amor, Saúde, Impotência Sexual, Financeiro, Negócios, Depressão e outros mais. Uma das maiores Mães de Santo e muito respeitada em vários Países pelos seus resultados verdadeiramente comprovados com os seus longos anos de experiência e seriedade, pois é uma Mãe de Santo de Santo de Grande Poder e Força comprovado por Todos. Atende todos os dias, também Sábados e Domingos.

Telf.: 910 350 596

Transportes de Mercadorias

APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS As propostas são apresentadas em carta fechada até às 12:30 horas (doze horas e trinta minutos) do dia 20/10/2011 na Secretaria do Tribunal supra mencionado devendo os proponentes, nos termos do nº1 do artigo 897º do Código Processo Civil, juntar à sua proposta, como caução, um cheque visado, à ordem do Agente de Execução no montante correspondente 20% do valor base dos bens, ou garantia bancária no mesmo valor e cópia do bilhete de identidade do proponente (ou seu legal representante). As propostas serão abertas no dia indicado, às 14:00 Horas, não sendo obrigatória a presença do proponente. O Solicitador (Maria José Araújo) Av. Dr. Carlos Bacelar, Edf. Saza 968, 1º sala 9 A, 4760-103 Vila Nova de Famalicão Telf.252316428/252323391 Fax. 252323392 OPINIÃO PÚBLICA, 28/09/2011, 1ª PUBLICAÇÃO

Assembleia de Freguesia de Gondifelos CONVOCATÓRIA José António Alves Campos, Presidente da Assembleia de Freguesia, vem nos termos da Lei e do Regimento convocar V. Exª a participar na Sessão Ordinária, a realizar no dia 29 de Setembro de 2011, pelas 21 horas, no Salão Nobre da Sede da Junta de Freguesia, com a seguinte ordem de trabalhos: Período antes da Ordem do dia 1. Tomar conhecimento da renúncia do mandato de Armindo António da Costa Oliveira; 2. Leitura e aprovação da Acta da reunião ordinária do dia 30 de Junho de 2011; 3. Assuntos de interesse para a Freguesia; 4. Informação do Sr. Presidente da Junta sobre a actividade da mesma. Período da Ordem do dia

Distr. de Publicidade ALVARÁ N.º 14030/2007 Tlm. 968 380 719 - 916 938 215 E-mail: franciscopinto_@hotmail.com









 ESPERAMOS POR SI...  2ª A SÁBADO DAS 8H/ 13H30 E DAS 14H30/19H30 | SEXTA-FEIRA DAS 8H/19H30

VERBA ÚNICA Prédio Urbano, constituído no regime de propriedade horizontal, designado pela letra “T”, fracção autónoma destinada a habitação tipo T1, localizado no 5º Andar Direito-Traseiras, sito na Avenida de França, nº 46, freguesia de Antas, concelho de Vila Nova de Famalicão, descrito na Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Famalicão, sob o nº 162/19901010 Fracção “T” da Freguesia de Antas e inscrito na matriz predial urbana nº 1080 Fracção “T” da já referida freguesia e concelho. VALOR BASE: 54.000.00 Euros São aceites propostas superiores a 70% do valor base

MÃE NATÁLIA COM SEU DOM,



1. Eleição do 1º Secretário da Mesa da Assembleia. 2. Constituição de uma comissão para acompanhamento das Obras do Saneamento Básico, por proposta apresentada pela bancada do Partido Socialista. 3. Constituição de uma comissão para elaborar um Regulamento da Feira Anual das Cebolas, por proposta apresentada pela bancada do Partido Socialista. Período depois da Ordem do Dia 1. Intervenção do público para tratar de assuntos de ordem local ou particular. Gondifelos, 20 de Setembro de 2011 O Presidente da Assembleia de Freguesia

CAFÉ EM VERMOIM

FAMALICÃO JOANE

V.N. FAMALICÃO

AS GULOSAS, MEIGAS PELUDINHAS , 69 ARDENTE

PASSA-SE

Contacto: 932 798 806

PRECISA-SE OPERÁRIO DE CONSTRUÇÃO CIVIL PARA ANGOLA Contacto: 252 301 160

912 917 094 - 965 887 210 Das 9 horas às 23 horas

Snack-bar ADMITE AJUDANTE DE COZINHA EMPREGADO DE MESA CONTACTO: 919 119 160

1ª CAMINHADA SOLIDÁRIA 5 OUTUBRO DE 2011 Venha fazer a sua caminhada e seja solidário com a loja social da carreira Seja solidário e nos ajudamos na sua saúde Valor da inscrição: Um género Alimentar Ex: 1 Pacote Açúcar / Arroz / Leite / Etc… Inscrição: 9 h ás 10 horas No dia da caminhada Partida: Às 10 Horas

Loja sita perto do cemitério da Carreira Contacto: Joaquim Carvalho Telf. 252 933 495 / Telm. 917 815 297

FREGUESIA DE ESMERIZ EDITAL A Assembleia de Freguesia de Esmeriz, irá reunir em Sessão ordinária, no próximo dia 29 de Setembro (Quinta-Feira), pelas 21 Horas, na sede da Junta de Freguesia, com a seguinte ordem de trabalho: 1. Antes da ordem do dia: 2. Outros assuntos do interesse da freguesia: 3. Depois da ordem do dia. Esmeriz, 21 de Setembro de 2011 O Presidente da Assembleia da Freguesia de Esmeriz (Artur Jorge Sampaio Fernandes da Silva)


20

pĂşblica: 28 de Setembro de 2011

publicidade


OP1012