7 minute read

Mudar de vida

/ Rita Sambado

Human Potential Activator, Founder of EUS School of Being

Mudar de vida é um projeto de desenvolvimento pessoal profundo

Changing your life is a project of deep personal development

Quando decidimos mudar de vida, ou construir um projecto de vida alternativo, a nossa tendência é fazer planos e projeções. Oferecer o quê, a que preço e a quantos clientes; são as perguntas para as quais treinamos as respostas. Mas mudar de vida, muitas vezes falha, não pelo erro nas projeções que fizemos, mas pelos aspectos mais subtis que descurámos. Não podes nunca esquecer que, ao longo deste processo, mais importante que os teus planos, é a preparação que fazes de ti. Vais entrar num campeonato novo, para o qual tens de te treinar. Mudar de vida significa em primeiro lugar mudares a tua forma de estar.

When we decide to change our lives or build an alternative life project, our tendency is to make plans and projections. Offer what, at what price, and to how many customers; are the questions for which we train the answers. But changing your life often fails, not because of the error in the projections we made, but because of the more subtle aspects that we neglected. You can never forget that, throughout this process, more important than your plans, is the preparation you make of yourself. You will enter a new championship, which you have to train for. Changing your life means first of all changing the way you are.

De uma presença passiva para uma presença activa

Quando decides fazer esta mudança, precisas de perceber que vais dar um enorme salto na vida. Não porque vais construir o teu próprio negócio, ou ganhar o teu próprio dinheiro, mas porque vais passar de uma existência mais passiva, para uma presença mais pro-activa e participativa. Não só vais decidir o que queres fazer, como a forma como o vais fazer. De repente todas as decisões da tua vida estão na tua mão. Não para ficares exclusivamente a beneficiar da liberdade que isso te dá, mas sim para decidires de que forma és mais produtivo, e entregas melhor ao mundo.

De um lugar de protecção, para um lugar de curiosidade

Se neste momento estás a trabalhar por conta de outrém, é bom que tenhas consciência que esta mudança, é a verdadeira saída de casa dos pais. Porque quando trabalhamos por conta de outrem, não é só o ordenado que está garantido no final do mês. Há toda uma cultura protecionista, desde a lei do trabalho, às regalias que temos - seguros e afins, que coloca como que um escudo por cima da nossa existência. Quando decides construir o teu próprio projecto, garanto-te que não é tanto a falta de ordenado que te vai gerar insegurança. É toda esta envolvência para a qual a tua consciência não está ainda tão desperta.

De um lugar de crítica para um lugar de construção

Quando temos tudo garantido, tornamo-nos pessoas mais insatisfeitas; que tendem a desvalorizar, em vez de valorizar. É a nossa forma de expressar a frustração interior que muitas vezes sentimos. Nesta vivência aprendemos a arte da crítica. E aprendemos o que é actuar a partir deste papel. Num projecto próprio, é bom que actives a componente da construção e amenizes um pouco essa atitude interior de crítica.

From a passive presence to an active presence

When you decide to make this change, you need to realize that you are going to take a huge leap in life. Not because you are going to build your own business, or earn your own money, but because you are going to move from a more passive existence to a more proactive and participatory presence. Not only will you decide what you want to do, but how you will do it. Suddenly all the decisions of your life are in your hand. Not just to benefit from the freedom it gives you, but to decide how you are more productive, and deliver better to the world.

From a place of protection to a place of curiosity

If you are currently working for someone else, it is good that you are aware that this change is the real departure from your parents’ home. Because when we work for others, it is not only the salary that is guaranteed at the end of the month. There is a whole protectionist culture, from the labor law, to the perks we have - insurance and the like, which puts a shield over our existence. When you decide to build your own project, I assure you that it is not so much the lack of salary that will create insecurity. It is all this environment for which your consciousness is not yet so awake.

From a place of criticism to a place of construction

When we have everything guaranteed, we become more dissatisfied people; that tend to devalue, instead of valuing. It is our way of expressing the inner frustration that we often feel. In this experience, we learned the art of criticism. And we learn what it is like to act from this role. In your own project, it is good that you activate the construction component and soften that inner attitude of criticism.

De um lugar de vítima dos acontecimentos para criador de eventos

Habituamo-nos a funcionar numa posição mais reactiva. A receber ordens e indicações dos passos a tomar. Neste lugar tendemos a ver a vida como um conjunto de circunstâncias que vêm ter connosco. Perdemos a proactividade, e passamo-nos a ver como receptáculo de eventos. Uma espécie de íman ao qual vão parar uma série de coisas. Quando decides ter um papel mais activo na tua contribuição, tu percebes que tudo na vida é criado por ti. E que as coisas que te acontecem, não só não são um acaso, como fazem parte de uma cadência de aprendizagens que será de alguma forma benéfica à tua evolução.

From a place of a victim of events to the creator of events

We get used to operating in a more reactive position. Receiving orders and indicating the steps to take. In this place, we tend to see life as a set of circumstances that come to us. We lost proactivity and started to see ourselves as a receptacle for events. A kind of magnet to which a series of things will stop. When you decide to take a more active role in your contribution, you realize that everything in life is created by yourself. And that the things that happen to you, not only are not a fluke, but are part of a cadence of learning that will be in some way beneficial to your evolution.

De um lugar de destaque, para um lugar de destacado

Agora já não é tanto acerca de ti, mas do que precisas de fazer acontecer. No lugar onde estás a expressar os teus dons e os teus talentos, jogas com toda uma nova série de regras, onde os atributos da tua personalidade se vão desvanecendo. Vais gradualmente deixando de te importar com a imagem que passas, ou com a perfeição do teu trabalho. Tudo isso passa a ser um acto mais espontâneo de uma expressão integrada. Já não é tanto acerca de ti, mas da mensagem que necessita de ser passada através de ti. Que este percurso possa também te levar a um lugar melhor de ti. No final do dia, não te esqueças, é sempre esse o grande objectivo.

From a prominent place to a place of prominence

Now it’s not so much about you, but what you need to make it happen. In the place where you are expressing your gifts and talents, you play with a whole new set of rules, where the attributes of your personality fade away. You gradually stop caring about the image that you have, or the perfection of your work. All of this becomes a more spontaneous act of integrated expression. It is no longer so much about you, but the message that needs to be passed through you. May this journey also take you to a better place. At the end of the day, don’t forget, that is always the big goal.