Page 1

cultura & comportamento PILAR DO SUL | SÃO MIGUEL ARCANJO

Ano XI • Edição 157

Sábado, 30 de abril de 2011

“Tinha vontade de fazer ‘Amor e Revolução’desde 1995” Marcia Cristina da Silva/AE Aos 34 anos de carreira, o autor, roteirista e escritor Tiago Santiago vive um momento de realização. Desde 1995, quando ainda trabalhava na Globo, o novelista, que é formado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio, planejava lançar uma novela ambientada na época da ditadura militar no País. E agora, conseguiu. Após 16 anos de espera, acaba de estrear no SBT a novela “Amor e Revolução”, sua primeira produção original na emissora. “Esta é uma novela que eu tinha vontade de fazer desde 1995. É um assunto que nunca deixou de estar presente e que até hoje mobiliza a sociedade. E é muito bom poder trabalhar com um tema tão importante para o País”, afirmou. Na Globo, Santiago foi colaborador de Antônio Calmon em “Vamp” (1991) e “Olho no Olho” (1993), e de Carlos Lombardi em “Uga Uga” (2000) e Kubanacan (2003), além da temporada de 2001 de “Malhação”. Na Record, fez a adaptação do remake de “Escrava Isaura” (2004) e é o autor de “Prova de Amor” (2005), “Caminhos do Coração” (2007) e “Os Mutantes” (2008). “Além disto, eu fiz a supervisão de ‘Bicho do Mato’, que foi uma adaptação de uma novela que já havia passado na Globo em 70”. No SBT desde 2009, Santiago não teme a concorrência da “patroa” Iris Abrava-

nel, autora de “Revelação” (2008). “Não vejo a Íris como concorrente. Eu a vejo como aliada. Foi ela que, de alguma forma, impulsionou de novo a novela brasileira no SBT. É uma grande defensora da novela brasileira na emissora”. Confira a seguir a entrevista com o autor. - Sua tão sonhada novela “Amor e Revolução” estreia após 16 anos de espera. Qual sua expectativa com o folhetim? - É que realmente seja uma grande novela, uma novela que marque a memória de quem assistir. E que suba a audiência do horário, que realmente seja um grande sucesso e chegue à liderança. Mas isso só o tempo vai dizer... - Você tomou algum tipo de precaução contra possíveis reações à novela? - Eu sei que existe a preocupação de algumas pessoas da direita em relação à novela. Nós já convidamos alguns nomes para dar seus depoimentos. Estou preparado para isto. A minha precaução foi colocar gente do bem no Exército e no Deops. Então, fica difícil alguém acusar a novela de denegrir alguma categoria se meu herói é um militar. Esta é minha salvaguarda. Eu estou há 34 anos trabalhando neste mercado e me precavi para evitar qualquer tipo de processo.

- O Walcyr Carrasco, por exemplo, sempre coloca bichos na trama. Você tem algum talismã que não pode faltar? - Bichos e crianças sempre dão certo. Esta novela eu comecei com um cachorrinho que a protagonista salva no incêndio na UNE e leva para casa. É bom sempre ter crianças e animais. Eu tenho várias coisas que sempre coloco em todas as minhas novelas: grandes amores com muitos obstáculos, tensões curtas, suspenses e cenas engraçadas no meio de tudo isto. - Você colocou crianças em “Prova de Amor” e “Caminhos do Coração”. Qual o papel das crianças em “Amor e Revolução”? - Eu tenho uma trama muito forte em relação às crianças. São duas meninas, filhas de guerrilheiros. O pai é morto e a mãe fica desaparecida, interpretados por Marcos Breda e Gabriela Alves. Elas vão parar na casa de um general e ficam em uma situação de cárcere privado. Acho que é uma trama fortíssima em novela.

- Esta é sua segunda novela no SBT... - É a primeira novela original na emissora. Antes fiz “Uma Rosa com Amor”, remake do Vicente Sesso. É minha primeira novela original depois de “Os Mutantes” e a primeira novela original que eu faço no SBT. -Já se sente à vontade na emissora? - Totalmente à vontade. Ainda mais agora que eu tenho um diretor, o Reynaldo Boury, que eu trouxe e que é uma pessoa da minha extrema confiança e com quem eu tenho uma ótima comunicação. Estamos afinadíssimos em relação à escalação, realização, em tudo. Estou muito feliz com os rumos que a novela está tomando.

- Como você viu a entrada da dona Iris Abravanel como novelista?

- Em algum momento você teve receio da concorrência da “esposa do patrão”?

- Eu achei extremamente saudável porque foi a Íris quem, de alguma forma, impulsionou de novo a novela brasileira no SBT. Ela é uma grande defensora da novela brasileira, da teledramaturgia nacional na emissora. A Íris defende que o SBT seja uma grande produtora de novelas. Acho ótimo que ela tenha todo este interesse em novelas e desejo que ela se torne cada vez melhor como novelista e que consiga gente ao lado dela para que suas novelas possam fazer cada vez mais sucesso.

- Nunca vi e não vejo a Íris como concorrente. Em primeiro lugar, ela é minha patroa (risos) e em segundo é uma aliada. Eu a vejo o tempo todo como aliada.


Cultura&Comportamento

A2

Sábado, 30 de abril de 2011 - Edição 157

livros mais vendidos

Notas TV da

Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil

SBT vai exibir beijo gay? Por Adriana Del Ré e Aline Nunes A dramaturgia está assumidamente colorida. Hoje em dia, é difícil uma novela ou seriado que não tenha um personagem gay. Na Globo, por exemplo, a safra de papéis homossexuais está em alta. Na grade da emissora carioca, oito deles estão no ar. Só na novela das 9h, “Insensato Coração”, são seis. No folhetim que acabou de estrear no SBT, “Amor e Revolução”, há mais seis personagens homossexuais. No total, 16 gays estão na telinha brasileira atualmente. Tem executivo, advogado, jornalista. Agora, aliás, mais um representante da comunidade GLS chega à tela da Globo, com um seriado só dele: o cabeleireiro Nelson, vivido por Jorge Fernando em “Macho Man”. Mas ele não será um simples gay, e sim, um ex-gay. Impossível? Não para os escritores Fernanda Young e Alexandre Machado, que assinam o seriado “Macho Man”, que terá 14 episódios, que estreia hoje, às 23h25. “Nossa intenção é divertir. Se houver algum grupo gay que implique com isso, será uma tolice”, diz Fernanda. “Estamos dando um tratamento diferenciado para a temática. Afinal, não é mais inovador personagens gays em si”, completa Alexandre. É verdade, tendo em vista que o primeiro gay das novelas apareceu em “O Rebu” (1974), quando Marian Ziembinski interpretou o ricaço Conrad Mahler. No entanto, com o passar do tempo, os homossexuais ganharam outra cara na TV. Segundo o diretor do portal GLS Mix Brasil, André Fischer, os gays têm sido retratados de forma mais realista. “Antes, nas novelas, eles não tinham

SUDOKU

conflitos. Agora, eles têm, como qualquer outro personagem”, analisa. Foi assim na trama das 7 “Ti-ti-ti”, que desenvolveu nove papéis de homossexuais. Dois deles, com profundidade. Primeiro, Thales (Armando Babaioff), que se revelou gay após incentivo de amigos. Segundo, o cabeleireiro Julinho (André Arteche), que perdeu o parceiro Osmar (Gustavo Leão) nos primeiros capítulos. “Escrevi essas histórias com a mesma emoção das histórias de amor entre homens e mulheres”, diz a autora Maria Adelaide Amaral, que, apesar de apresentar um considerável número de homossexuais em seu folhetim, não fez o polêmico beijo gay ir ao ar. Segundo ela, a maior parte dos telespectadores ainda não quer ver essa cena. “No início da novela, sondamos o público sobre a possibilidade de um beijo. E a grande maioria não queria vê-lo entre pessoas do mesmo sexo”, diz a autora. Por outro lado, o Ministério da Justiça não põe empecilhos para que a polêmica cena vá ao ar. “Para a classificação indicativa, a orientação sexual não é critério para classificar programa de TV ou qualquer outra obra audiovisual”, diz Davi Ulisses Brasil, diretor do Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação do MJ. Tabu resistente - Mas, pelo visto, o beijo continuará sendo um tabu a não ser quebrado na Globo. Afinal, em “Insensato Coração” o time colorido Eduardo (Rodrigo Andrade), Nelson (Edson Fieschi), Hugo (Marcos Damigo), Xicão (Wendel Bendelack) e Araci (Cristiana Oliveira)- não tem relacionamentos. A não ser que surja um grande amor para Roni,

que se destaca neste grupo. O coautor Ricardo Linhares diz que o personagem tem dado um bom retorno. “Ele não é um gay caricato de humorístico. Vai além do clichê da pintosa”, diz Linhares. Entretanto, em carta endereçada à Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, B i s s e x u a i s , Tr a v e s t i s e Transexuais - e divulgada na imprensa em fevereiro deste ano, o diretor da Central Globo de Comunicação, Luís Erlanger, explicou que não é de interesse da emissora mostrar o beijo gay. “A teledramaturgia diferentemente das questões éticas e sociais - não é o ambiente adequado para levantar bandeiras de comportamento moral no campo da sexualidade, baseada na individualidade. Televisão é o espaço do coletivo”, afirmou o executivo, na carta. Tudo indica que a missão de derrubar esse tabu caberá ao SBT - já que a Record não tem nenhum personagem gay no ar. Em “Amor e Revolução”, e que há seis personagens gays, em plena época da ditadura. E será, possivelmente, entre a advogada Marcela e a jornalista Marina que acontecerá uma grande cena de romance. “Já gravamos uma cena de beijo. Mas o diretor falou para nos prepararmos para uma grande cena de amor”, disse Luciana Vendramini à reportagem. Parece que agora vai. Resta esperar para ver se a cena será exibida. Afinal, segundo o sociólogo da USP Laurindo Leal Filho, todo mundo já descobriu que esse tipo de personagem rende audiência. “Só que isso não vai durar muito tempo, pois já não é mais algo inusitado”. Com tantos personagens homossexuais em cena, agora só falta o beijo gay. Até quando?

www.recreativa.com.br

Regras do Jogo

O jogador deve preencher o quadro maior, que está dividido em nove grades, com nove lacunas de cada uma, de forma que todos os espaços em branco contenham números de 1 a 9. Os algarismos não podem se repetir na mesma coluna, linha ou grade.

Solução

É hora de jogar tomates na historiografia politicamente correta. Este guia reúne histórias que vão diretamente contra ela. Só erros das vítimas e dos heróis da bondade, só virtudes dos considerados vilões. Alguém poderá dizer que se trata do mesmo esforço dos historiadores militantes, só que na direção oposta. É verdade. Quer dizer, mais ou menos. Este livro não quer ser um falso estudo acadêmico, como o daqueles estudiosos, e sim uma provocação. Uma pequena coletânea de pesquisas históricas sérias, irritantes e desagradáveis, escolhidas com o objetivo de enfurecer um bom número de cidadãos.

FICÇÃO

NÃO FICÇÃO

AUTO AJUDA E ESOTERISMO

1

O Pequeno Príncipe Antoine de Saint-Exupéry

1

2

Querido John Nicholas Sparks

2

Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil Leandro Narloch 1822 Laurentino Gomes

3

Diário de uma Paixão Nicholas Sparks

3

1808 Laurentino Gomes

3

4

A Última Música Nicholas Sparks

4

Cleópatra - Uma Biografia Stacy Schiff

4

Deixe os Homens aos seus Pés Marie Forleo Por que os Homens Amam as Mulheres Poderosas? Sherry Argov O Monge e o Executivo James Hunter

5

A Cabana William Young

5

Comer, Rezar, Amar Elizabeth Gilbert

5

20 Passos para Paz Interior Pe. Reginaldo Manzotti

6

Água para Elefantes Sara Gruen

6

50 Anos a Mil Lobão e Claudio Tognolli

6

7

O Semeador de Ideias Augusto Cury

7

Histórias Íntimas Mary del Priore

7

8

Tormenta Lauren Kate

8

O Discurso do Rei Mark Logue e Peter Conradi

9

Eu Sou o Número Quatro Pittacus Lore

9

Mentes Perigosas Ana Beatriz Barbosa Silva

A Batalha do Apocalipse 10 Eduardo Spohr

cruzadas

Comprometida 10 Elizabeth Gilbert

1 2

Ágape Padre Marcelo Rossi

Os Segredos da Mente Milionária T. Harv Eker Encontre Deus na Cabana Randal Rauser

Por que os Homens Se Casam com Algumas Mulheres e Não com Outras? John T. Molloy Casais Inteligentes 9 Enriquecem Juntos Gustavo Cerbasi Desvendando os Segredos 10 da Linguagem Corporal Allan e Barbara Pease 8

www.recreativa.com.br


Cultura&Comportamento

Português

A3

Sábado, 30 de abril de 2011 - Edição 157

Escreva e fale corretamente

O Português no mapa-mundi

Feijoada Vegetariana Ingredientes 250g de feijão preto 250g de feijão azuki ¼ de xícara de chá de azeite de oliva 1 cebola grande em pétalas 150g de mandioquinha em cubos 1 talo de salsão em fatias 1 berinjela c/casca em cubos 1 cenoura grande em rodelas 1 xícara de chá de brócolis picado 200g de ricota defumada Sal e pimenta vermelha (moído) a gosto Proteína de soja Modo de preparo Selecione e lave o feijão, coloque de molho por 2 horas, leve ao fogo com 2 litros de água até ficar macio, mas sem desmanchar. Em outra panela refogue no azeite os legumes rapidamente, junte os feijões, o sal e a pimenta e deixe ferver. Junte a ricota 10 minutos antes de finalizar o cozimento e sirva bem quente. Rendimento: 12 porções.

Mais de 80% dos falantes de português no mundo moram no Brasil. Além de Portugal, o idioma está no continente africano, em Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe. Na Ásia, está em Goa e Timor Leste. Em Macau, há variedades de crioulo que mantêm palavras portuguesas, mas com uma gramática diferente. Língua é um conjunto de sinais (palavras) e de leis combinatórias que permitem a interação verbal entre as pessoas. A língua, juntamente com outros elementos como a dança, a música, as crenças, a culinária faz parte da cultura de cada povo. No Brasil a língua portuguesa ganhou características muito diferentes das observadas na língua portuguesa falada em Portugal, em virtude da história do nosso povo e da influência que ela recebeu das línguas indígenas e africanas durante a colonização e, mais tarde, no século XX, da influência das línguas trazidas pelos imigrantes europeus e asiáticos. A língua nos dá a liberdade de falar e escrever o que quisermos, mas, por outro lado, ela é uma convenção social e, por isso, se não respeitarmos algumas de suas regras, podemos ter problemas de comunicação. Veja esses dois enunciados: “Se a gente inventar uma língua só nossa” e “Se a língua inventar uma gente só nossa”. Os dois enunciados, apesar de usarem as mesmas palavras, apresentam sentidos diferentes, porque a posição das palavras na frase mudou. Enunciado é tudo o que o locutor enuncia, isto é, tudo o que ele diz ao locutário, numa situação concreta de interação pela linguagem. O conjunto dos enunciados constitui o texto, que pode ser oral ou escrito. Enunciados não verbais, como uma fotografia, uma pintura, uma escultura também são chamados de textos. Quando consideramos no enunciado não apenas o que é dito, mas também os diversos elementos da situação – quem fala, com quem fala, com que finalidade, em que momento, o que o locutor pensa do locutário e vice-versa – temos o discurso.

Parceiros ANUNCIE AQUI! (15)3278-1413

There Valio

CacoSales Jayme Tadeu dos Santos Médico Psiquiatra - CRM-SP:43395

Fone: (15) 3279-3512 e-mail: jts.itp@hotmail.com

Rua Fernando Costa, nº1077 Centro - São Miguel Arcanjo - SP

Geleia de frutas Ingredientes 1 ½ kg de frutas variadas (abacaxi, maçã, pêra, pêssego, manga, goiaba) 500g de açúcar demerara 1 suco de limão Casca de 1 laranja corta em tirinhas finas Modo de preparo Corte as frutas em cubos pequenos, coloque em uma panela com o açúcar, deixe descansar por 10 minutos, junte o limão e a casca de laranja, leve ao fogo médio por 15 minutos, quando começar a engrossar mexa sem parar para evitar grudar no fundo da panela. Desligue o fogo, deixe esfriar um pouco e coloque em vidros. Sirva à temperatura ambiente. Rendimento: 800g de geleia

Culturais

Dr. Eduardo de F. Santos

Marcia Virginia P. de Oliveira

Amanda dos Santos

Telefone: (15) 3278-4547

Fone (15) 3278-2894

Email: dra_amanda@oabsp.org.br

Quitanda Yasuda

Escola Hilda Holtz de Carvalho

Advogado

ANUNCIE AQUI! (15)3278-1413

OAB/SP 151.984-B

(15)3278-1002

HORÓSCOPO Áries 21/03 - 20/04

Advogada Fone (15) 3278-1498

(15)3278-1419

ANUNCIE AQUI! (15)3278-1413

Horóscopo semanal atualizado no site: www.ojornal.info Touro 21/04 - 20/05

Gêmeos 21/05 - 20/06

Câncer 21/06 - 21/07

Leão 22/07 - 22/08 O Sol em contato

Nesta semana, o planeta Vênus, que está se movimentando em seu signo, faz um contato astrológico desafiador com Plutão, representando a necessidade de você transformar os seus padrões de conduta afetiva e nos relacionamentos. Muito cuidado com a tendência ao controle, à manipulação e à coerção. Deverá repensar os seus valores essenciais e mudar de atitude, ariano.

O Sol em movimento no signo de Touro está nesta semana em contato com Plutão, representando a possibilidade de mudanças positivas e de reavaliações do que é realmente importante em sua vida. Mas o planeta Vênus, regente taurino, também está em contato com Plutão, sinalizando a necessidade de acabar em definitivo com velhos padrões emocionais e não mais resistir às mudanças.

A passagem do Sol pelo signo anterior ao seu caracteriza esse momento de reflexão e de instrospeção. Como o Sol está no signo de Touro, a reflexão se dá no sentido dos valores mais importantes, das questões materiais e afetivas. Nesta semana tenha muito cuidado com a tendência a atitudes controladoras e manipuladoras, nativo de Gêmeos.

Desafios envolvendo a carreira e os relacionamentos cancerianos caracterizam esta semana. É um momento muito importante para você se dar conta das mudanças necessárias, que levarão a relacionamentos mais profundos. Mas não deve ter medo de se entregar, de perdoar o passado e de se transformar não cobrando dos outros o que você não faz por si, canceriano.

com Plutão sinaliza um momento importante para mudanças no trabalho e nas condições associadas à saúde e à qualidade de vida. É o momento de você pensar a melhor forma de você expressar os seus talentos e o que é realmente importante em sua vida. Atenção com a tendência a se considerar o dono da verdade, leonino.

Libra 23/09 - 22/10

Escorpião 23/10 - 21/11

Sargitário 22/11 - 21/12

Capricórnio 22/12 - 21/01

Aquário 22/01 - 19/02

Vênus, o regente libriano, está nesta semana em contato astrológico desafiador com Plutão, representando os conflitos nos relacionamentos decorrentes de apego, de resistência às mudanças e de tentativa de controle sobre as situações. O melhor que você tem a fazer é fluir com os novos propósitos de desenvolvimento, dando as suas relações uma nova possibilidade, libriano.

Letícia Moraes Carvalho

O regente escorpiano, Plutão, está nesta semana envolvido em dois aspectos astrológicos muito importantes, com o Sol e Vênus, sinalizando as transformações necessárias nos relacionamentos e também no trabalho e nas questões que envolvem a saúde. É um período muito importante para reconhecer o que deve ser mudado, transmutado, escorpiano.

Atitudes coercitivas e manipuladoras poderão causar conflitos na vida afetiva, nos relacionamentos, ou talvez nas finanças, sagitariano. Esta é uma semana importante para repensar os seus valores fundamentais e para compreender as necessárias mudanças para que você evolua, nativo de Sagitário.

O céu astrológico está sinalizando neste momento a importância de se conscientizar das mudanças necessárias. Este é um propósito individual e também coletivo, onde observamos que as tentativas de poder, de controle e de manipulação surtirão graves conflitos. É o momento de repensar os seus valores essenciais, capricorniano.

Confrontos podem ocorrer se você insistir em seus pontos de vista e padrões, aquariano. Esta semana chama à mudança de atitude, ao reconhecimento do que deve ser transformado e à percepção do perdão necessário, para que você possa se desapegar e evoluir, nativo de Aquário.

Virgem 23/08 - 22/09

Esta semana pode evidenciar conflitos emocionais e materiais aos virginianos, que decorre da tentativa de ter o controle sobre tudo e sobre todos. É o momento de se transformar, de deixar para trás os velhos padrões de atitude e assim renascer nos relacionamentos e também nos valores pessoais, nativo de Virgem.

Peixes 20/02 - 20/03

Possibilidade de conflitos envolvendo questões materiais e emocionais é o que aponta o céu astrológico desta semana, que retrata um momento importante para você se conscientizar das mudanças necessárias de atitude e de rever os seus valores e prioridades, nativo de Peixes.


Social

A4

Sábado, 30 de abril de 2011 - Edição 157

www.smaonline.com.br

Guia Comercial de Empresas e Serviços

Duda Correa/smaonline.com

Sua Balada é certa no Sami Choperia, toda sexta e sábado Duda Correa/smaonline.com

Duda Correa/smaonline.com Jaca / Girou.com.br

Tá na balada, tá no girou.com.br Jaca / Girou.com.br

Jaca / Girou.com.br

Presenças marcantes na Copa TV TEM do jogo de Pilar do Sul x Laranjal, de Valcyr Bertaglia (Grupo Coesa) e seus familiares. Jaca / Girou.com.br

Jaca / Girou.com.br

Jaca / Girou.com.br

Quem esteve no Rancho Cabeceira Club animando a festa desta véspera de feriado foi gurpo Cavaco de Lenha, e os pilarenses estiveram prestigiando

R.Dr. Júlio Prestes,283 - Centro São Miguel Arcanjo Tel.: 3279-4169 Geni A. Santos/ OJ

Momentos descontraídos na Pizzaria e Choperia Pilar

Rogic Ferreira reside desde 2003 na Associação Beneficente Bom Jesus – Lar dos Velhinhos, em Pilar do Sul

cultura_comport_157  

cultura, comportamento, passa tempo