Page 1

WANDERLEY GIL

KANÁ MANHÃES

POPULAÇÃO PODE AJUDAR PM ATRAVÉS DE DENÚNCIAS

FAETEC OFERECE MAIS DE DUAS MIL VAGAS

MACAÉ FECHA JANEIRO COM R$ 170 MILHÕES

POLÍCIA, PÁG.5

GERAL, PÁG.7

POLÍTICA, PÁG.3

R$ 1,50 Macaé (RJ), sábado, 10, a quintafeira, 15 de fevereiro de 2018 Ano XLII, Nº 9494 Fundador/Diretor: Oscar Pires

O DEBATE

facebook/odebate twiter/odebate issuu/odebateon

www.odebateon.com.br

DIÁRIO DE MACAÉ

Bônus de R$ 600 milhões para a Capital Nacional do Petróleo

WANDERLEY GIL

Previsão de investimentos da Petrobras e ExxonMobil reativam projeção de negócios para a cadeia produtiva offshore de Macaé A assinatura dos contratos de concessões de blocos de exploração, referente a 14ª rodada realizada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) no ano passado, consolida a injeção de mais de R$ 600 milhões em investimentos, projetados pela Petrobras e a ExxonMobil, com objetivo de alavancar a capacidade de produção de óleo bruto e gás natural na Bacia de Campos. E essa quantia

representa o recomeço para a cadeia produtiva offshore, instalada há quatro décadas em Macaé. Com a visão otimista sobre o futuro do mercado do offshore, a Associação Brasileira das Empresas de Serviços do Petróleo (Abespetro) aposta que o desenvolvimento dos projetos de exploração, com base nos novos contratos de concessão, desenha um futuro de prosperidade para a região. PÁG. 3

GERAL

Com desenvolvimento de projetos de exploração, Bacia de Campos projeta futuro de prosperidade

BAIRROS EM DEBATE

Desrespeito ainda gera transtornos SYLVIO SAVINO

Imburo: uma realidade longe da prosperidade de Macaé KANÁ MANHÃES

Caixa d'água comunitária não atende a demanda da população do bairro e buracos colocam em risco a segurança dos condutores

Avanço de semáforo é uma das infrações registradas na cidade

O desrespeito ao trânsito não tem limite em Macaé. Apesar de a Região Central ser uma das áreas onde o reforço na fiscalização é maior, motoristas ainda insistem em cometer infrações. Essa semana, o jornal O DEBATE voltou a fazer flagrantes pela cidade.

Um deles ocorreu no cruzamento entre as ruas Conde de Araruama com Visconde de Quissamã. Um veículo de passeio avançou o semáforo, colocando em risco a segurança de outros condutores e de pedestres. PÁG.97

Problemas antigos sem prazo de solução afetam a rotina dos moradores

GERAL

E

m um período de 10 meses nada foi feito. Esse é o relato dos moradores do Aterrado do Imburo, na área rural da cidade. Esse é o tempo desde a nossa última visita de Bairros em Debate, no entanto, a população conta que os problemas vêm se prolongando há anos. Somente entre 2016 e 2017, a nossa equipe esteve cinco vezes na loca-

GERAL

DIVULGAÇÃO

Casa dos Anjos pede doação de rações

Somente para o período até o dia 18, serão necessários 2.200kg de rações para cães e gatos

Grupo voluntário presta suporte a cerca de 600 animais de rua PÁG.97 POLÍCIA

PM ampliará frota de viaturas no Estado Investimento deve atender ações no 32º BPM PÁG. 5

lidade conversando com os moradores, que demonstravam total indignação com a realidade deles. O motivo é claro: a falta de atenção do poder público com os cerca de 1.500 habitantes que vivem no local. Mesmo com a população apontando inúmeras vezes as necessidades, a prefeitura pouco tem feito para mudar a realidade ali. PÁG. 6

KANÁ MANHÃES

Obra da escola da Ajuda é adiada De acordo com a prefeitura, projeto será retomado no próximo mês PÁG. 7

GERAL

Projeto amplia o número de escolas Apoio atende estudantes da rede pública estadual PÁG. 7

POLÍTICA

Câmara é reduto de pré-candidatos Vereadores preparam alianças para eleições PÁG. 3

CADERNO DOIS

Blocos de rua comandam a folia Confira na edição digital de O DEBATE CAPA

A obra deveria ter sido entregue desde 2014

TEMPO

ÍNDICE

Máxima 32º C Mínima 23º C

EDITORIAL

4 CRUZADINHA

C2

PAINEL

4 HORÓSCOPO

C2

GUIA DO LEITOR

4 CINEMA

C2

ESPAÇO ABERTO

4 AGENDA

C2

COTAÇÃO DO DÓLAR

Compra R$ 3,3125 Venda R$ 3,3138

Anuncie: (22) 2106-6060 (215)


2

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Cidade

NOTA

Detran divulga calendário de vistoria de veículos. Veículos com até cinco anos de fabricação estão isentos de realizar o procedimento.

SEMANA EM DEBATE

O DEBATE EM MEMÓRIA MÁRCIO SIQUEIRA

EDIÇÃO Nº 425 DE 15-01-1983

Turismo anuncia escolha de Rei Momo, Cidadão Samba e Rainha do Carnaval

Membros da IADC, Rede Petro, ACIM, CVB e da Comissão da Firjan em parceria com a Abespetro

Fase de exploração deve gerar 750 mil empregos em 4 anos Abespetro projeta recuperação de postos de trabalho fechados ao longo da crise do petróleo, e abertura de 200 mil novas vagas, a partir do desenvolvimento dos projetos focados em novas concessões e partilhas

A

fase de exploração de reservas do présal e do pós-sal, a partir da assinatura dos contratos de concessão e partilha, após a sequência de leilões programada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), deve recuperar os 550 mil empregos fechados ao longo da crise do setor nos últimos três anos, e ainda abrir novos 200 mil postos, gerando em quatro anos 750 mil postos de trabalho no setor de óleo e gás, com uma projeção de até 1 milhão de empregos em todos os setores influenciados pela dinâ-

mica do segmento de óleo de gás. Essa projeção é apresentada pela Associação das Empresas de Serviços do Petróleo (Abespetro) que assume uma nova missão dentro da “agenda da indústria offshore”: reduzir o espaço entre a assinatura dos contratos e o início da fase de exploração das novas reservas. Durante a reunião deste mês da Comissão Municipal da Firjan, a Abespetro recebeu uma nova missão, dentro das metas da “agenda da indústria offshore”. Uma carta-compromisso,

endereçada ao Congresso Nacional e ao governo federal, defendendo o fim dos entraves das obras de duplicação da BR 101, nos 40 km que cortam Macaé, e o início das obras de intervenção na pista do Aeroporto de Macaé, foi assinada pela IADC (Internacional Association of Drilling Contractors), Sociedade de Engenheiros do Petróleo (SPE), Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM), Rede Petro-Bacia de Campos, Convention and Visitors Bureau (CVB) e a Comissão Municipal da Firjan.

O Assessor de Turismo da Prefeitura de Macaé, Professor Rossine Medeiros, divulgou na tarde de segunda-feira as normas para o desfile de blocos durante o carnaval, estabelecendo o tempo de 45 minutos para cada agremiação se apresentar ao publico na Av. Rui Barbosa.

Os cem anos da Lira Em artigo assinado e inserido na página oito, Geraldo Jayme Coelho, membro da Associação dos Amigos de Macaé, diz que gostaria de ter estado presente nos festejos dos Cem Anos da Lira dos Conspiradores, ocorridos dia 25 de dezembro de 1982, lembrando alguns fatos ocorridos durante alguns anos.

Centro Regional de Educação e Cultura alerta contra documentos escolares falsos A Professora Maria Helena de Siqueira Salles, Diretora do Centro Regional de Educação e Cultura - Crec-Macaé, em alerta

às empresas, empregadores e a quem interessar possa, está comunicando o extravio de impressos, papéis, além de carimbo da diretoria da Escola Estadual Raquel Reid Pereira de Souza.

Praça de Carapebus terá nome de Salim Selem Bichara Na sessão extraordinária realizada pela Câmara Municipal, foi aprovado projeto de lei de nº 46/83, de autoria do Vereador Theodomiro Bittencourt Filho, denominando de Salim Selem Bichara a praça que está sendo construída em Carapebus, 3º Distrito.


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Política

NOTA

Macaé registrará ainda neste ano, a instalação do novo Terminal Portuário (Tepor)

CENÁRIO WANDERLEY GIL

PONTO DE VISTA Enfim, Carnaval... Bem, como os dias de folia durante o período carnavalesco devem ser animados, Macaé vem vivendo tempos de decadência até cultural.

Com desenvolvimento de projetos de produção para novas áreas de concessão, Bacia de Campos projeta futuro de prosperidade

Bônus de R$ 600 milhões para a Capital do Petróleo Previsão de investimentos da Petrobras e ExxonMobil reativam projeção de negócios para a cadeia produtiva offshore de Macaé Márcio Siqueira

marcio@odebateon.com.br

A

assinatura dos contratos de concessões de blocos de exploração, referente a 14ª rodada realizada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) no ano passado, consolida a injeção de mais de R$ 600 milhões em investimentos, projetados pela Petrobras e a ExxonMobil, com objetivo de alavancar a capacidade de produção de óleo bruto e gás natural na Bacia de Campos. E essa quantia representa o recomeço para a cadeia produtiva offshore, instalada há quatro décadas em Macaé. Com a visão otimista sobre o futuro do mercado do offshore, a Associação Brasileira das Empresas de Serviços do Petróleo (Abespetro) aposta que o desenvolvimento dos projetos de exploração, com base nos novos contratos de

concessão, desenha um futuro de prosperidade para as empresas, e consequentemente de geração de postos de trabalho para a mão de obra local. Reunindo a principal carteira internacional de companhias responsáveis por atender as demandas das grandes operadoras offshore, a Abespetro reforça também que Macaé terá uma posição fundamental nessa nova era offshore. "A assinatura desses contratos representa a consolidação de uma agenda bastante positiva para o mercado do petróleo nacional, consolidando o potencial de reservas da Bacia de Campos, e de outras áreas exploratórias do país. Seguimos hoje um novo caminho, onde Macaé segue como um porto seguro", disse o secretário executivo da Abespetro, Gilson Coelho. Muito além dos investimentos já registrados pela Petro-

bras e ExxonMobil, que juntas arremataram oito blocos para exploração da Bacia de Campos, na 14ª rodada da ANP, a criação de um novo planejamento de expansão das operações de óleo e gás na região, consolida também o principal objetivo de uma série de debates e ações promovidas por Macaé, em defesa de uma nova fase do petróleo. "Nós buscamos o resultado social dessas operações, que se traduz na geração de emprego. Sabemos o quanto foi difícil atingir esse novo patamar, que pode ser expandido através de outras ações como os investimentos em campos maduros. Mas a verdade é que a recuperação do setor de óleo e gás é real, que isso nos permitirá planejar um novo futuro para a cidade", avalia o prefeito Dr. Aluízio (PMDB). Com potencial de investimentos também na ex-

ELEIÇÕES

Câmara é reduto de précandidatos a deputados Vereadores preparam alianças políticas para fortalecer nomes em disputas Prestes a iniciar o segundo ano da atual legislatura, a Câmara de Vereadores passa a ser o reduto de nomes que pretendem disputar vagas de deputados, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e no Congresso Nacional. Na linha de oposição, dois nomes tentam consolidar projetos, um deles é Luiz Fernando (PT do B). Com o discurso mais eloquente do plenário, firme no propósito de enfrentar a imagem impenetrável do governo, Luiz Fernando reafirma a proposta de concorrer a uma vaga na Alerj, o que depende de alianças que estão sendo buscadas na região. "Macaé é polo e referência para diversas cidades da região, que também estão sem voz no Estado e por isso são vítimas de uma crise muito mais política

que financeira. Para enfrentar esse cenário que se instalou em Macaé há quatro anos, é que busco construir esse novo projeto", disse o parlamentar. Marcel Silvano, liderança do PT, também busca no apoio de membros do partido, e de exaliados, a oportunidade de lançar o nome a uma vaga na Alerj. No lado da base aliada do governo, Guto Garcia (PMDB) é o que possui a força capaz de transformar o projeto em realidade.

3

Licenciado do mandato de vereador para assumir o posto de secretário de Educação, Guto quer trilhar um novo caminho político, sem deixar de participar do dia a dia de Macaé. Líder do governo na Câmara, Márcio Bittencourt (PMDB) cumpre o seu primeiro mandato no Legislativo e na vida pública. E mesmo sem bagagem, buscará construir sua candidatura, defendendo a renovação da política na esfera estadual. WANDERLEY GIL

Plenário da Câmara se prepara para palanque eleitoral

ploração do pré-sal, a Bacia de Campos se prepara para promover a nova gêneses do mercado nacional do petróleo, proporcionando assim um novo futuro de investimentos, negócios, contratações e de serviços. "Agora o caminho é do desenvolvimento", avalia Gilson Coelho. Na avaliação da ANP, a sequência de todos os leilões programados para 2017-2019 indica a projeção de US$ 80 bilhões de investimentos no mercado offshore brasileiro. E grande parte desse dinheiro está focado nas operações da Bacia de Campos. Além disso, as rodadas previstas entre 2017-2019 projetam ainda a chegada de cerca de 20 sondas de perfuração operando simultaneamente, o que traz para a cadeia produtiva de óleo e gás local a garantia de novos contratos.

ARRECADAÇÃO

Macaé fecha janeiro com R$ 170 milhões Dados contabilizados pelo Impostômetro, que serão confirmados pelo Portal da Transparência da prefeitura, indicam que a arrecadação de Macaé em janeiro bateu a casa dos R$ 170 milhões, volume que segue a previsão da Lei Orçamentária Anual (LOA). No primeiro mês de 2018, Macaé já surpreende com o volume de receitas do petróleo. Através da primeira parcela dos royalties, o governo contabilizou mais de R$ 40 milhões, mantendo o crescimento de arrecadação registrado no ano passado. Com a projeção de novos investimentos nas operações do petróleo, a cidade também registrará crescimento na arrecadação com as receitas próprias. Para este ano, o governo prevê arrecadar R$ 2.081 bilhões, cerca de R$ 150 milhões a mais que o estimado para 2017. Além disso, Macaé adotou medidas tributárias que irão reforçar o caixa.

Não são poucas as reclamações do povão que, igual a tempos passados, se postava na avenida ou nas arquibancadas, de preferência próximo ao palanque oficial para estar perto das autoridades principais, para ver blocos e escolas de samba desfilarem, arrebatando aplausos e fazendo a alegria de todos. As pessoas se sentiam felizes. Sempre foi assim e durante algum tempo, no governo do ex-prefeito Claudio Moacyr, além da Rainha do Carnaval, tinha também o Rei Momo - quem dos mais antigos não lembra de Agenor Pinheiro com apelido de Pingo que ao passar nos corredores da prefeitura era ovacionado - desfilando alegre na abertura do Carnaval quando as agremiações se apresentavam para o povão na Avenida Rui Barbosa a partir da Praça Veríssimo de Mello até a Praça Washington Luiz? A disputa entre as três principais escolas - Acadêmicos da Aroeira que tinha o então vereador Malvino Orbílio de Lima à frente e Peron como Carnavalesco, a Princesinha do Atlântico liderada por Joel Cruz e seus diretores e Birinha ou Sérgio Cordeiro abrilhantando o enredo, a Império

da Barra... Gente, os ensaios nas quadras eram disputadíssimos e também as apresentações e os enredos eram maravilhosos. Pena que depois de Sylvio Lopes, a alegria do povo acabou. O sucessor Riverton preferia adiar a festa de Momo para se unir a Neguinho da Beija Flor e, depois, fazia uma festa para ele mesmo, mas fazia. Agora, “esquecer” de incentivar as escolas de samba e deixar o povo infeliz, em vez de alegre, é coisa mesmo de doutor. E nas discussões para debater a morte do carnaval macaense, não faltam críticas, principalmente de pessoas ligadas à Cultura que, também, anda à míngua na terra macaense. Bem, tem alguns tentando contar estórias que não estão lá muito corretas para “inventar o carnaval de rua em Macaé”. Pura balela. Ainda existe muita gente viva que não tem memória curta e, basta reunir um grupo para discutir e a história real flui numa naturalidade alegre, tão alegre, que não tem hora para acabar. Como o espaço é curto, vamos parafrasear um sambinha: “Quem não gosta de samba, bom sujeito não é. É ruim da cabeça, e doente do pé”...

E antes do Carnaval, surpresas Na semana que antecedeu o Carnaval, foram muitas as surpresas em todos os níveis. Na economia, o Banco Central diminuiu a taxa Selic para 6,75%. No judiciário, a presidente do Supremo Tribunal Federal disse que não vai pautar para mudar a decisão de prender o apenado após ser julgado em segunda instância, o que leva a crer que o ex-presidente Lula deve mesmo ir para o xilindró, tanto que Fernando Haddad deu entrevista a Roberto D´Avila na Globo News. O ministro Luiz Fux assumiu a presidência do Tribunal Superior Eleitoral e foi taxativo. Quem tiver ficha suja, ou seja, foi julgado por um colegiado e apenado, não poderá registrar a candidatura, tirando do PT a expectativa de Lula concorrer sub judice. A Procuradoria Regional Eleitoral, abriu outro processo contra o ex-governador Garotinho porque ele declarou no seu site e faceboock que vai ser candidato a governador e vai ter de comprar muitos candidatos ou, se eleito, os parlamentares para governar. Incurso em crime eleitoral por campanha extemporânea, também já virou ficha suja. Fernando Henrique Cardoso, “gentilmente” deixa Geraldo Alckmin de lado e embarca na canoa de

Luciano Huck. Alckmin dá o troco e afirma que se eleito vai privatizar a Petrobras. O presidente Michel Temer vai passar o Carnaval em Marambaia com uma comitiva de 60 pessoas que depois da grita geral diminuiu para 40. O ministro Gilmar Mendes concede liberdade para o ex-secretário de Saúde do Rio, Sérgio Cortes, e agora, igual aos Barata, Eike Batista e outros, vão passar o Carnaval em casa. Enfim, é tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo e em período tão curto que, aqueles que não acompanham o noticiário não entendem nada. Agora, falta o ex-governador Sérgio Cabral ser libertado ou mandado de volta ao presídio de Benfica para ficar comandando o grupo de Picciani, Paulo Melo e Albertassi e formar um bloco de Carnaval. Por aqui, já tem políticos antigos rodando para serem cabos eleitorais de candidatos a deputado federal apenas para “medir” a preferência dos eleitores que estão de “saco cheio”. Enfim, foi uma semana agitada e, quem disse que durante o plantão de Carnaval não poderão acontecer outras surpresas? Salve-se quem puder.

PONTADA Quarta-feira, durante a reunião da Comissão Municipal da Firjan, com a presença de mais de 20 empresários representando várias instituições, a surpresa ficou por conta de Gilson Coelho, que anunciou a retomada da economia na área de óleo e gás até o final do ano. Ele acredita que o desemprego vai cair para a casa de um dígito. Todos estão empenhados na retomada das negociações e a “pressão” está sento feita em Brasília. Gilson Coelho também vai ser o portador de manifesto das instituições - Firjan, IADC, Associação Comercial, Sindicatos, Rede Petro e outras, pedindo urgência nas obras de infraestrutura e conclusão das obras do Aeroporto de Macaé (na lista para ser privatizado), duplicação dos 46 quilômetros da BR-101, e construção do Porto, fundamentais para acabar com os gargalos que atrapalham o crescimento da cidade. Como a semana começa com o Carnaval e Macaé não vai ter muitas opções para os foliões, tem muita gente que já arrumou as malas e partiu para o bairro chic de Macaé - Armação de Búzios, onde grandes empresários, profissionais liberais, políticos e até o prefeito tem casa. Na pauta principal para os festejos de Momo, o desfile do Geriboi (ou Boi de Geribá), onde a turma se encontra e faz sucesso.

Até domingo.


4

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Opinião

Animais soltos se tornam ameaça no trânsito. Cavalos foram flagrados essa semana circulando em estrada no Aterrado do Imburo

FOTO LEGENDA KANÁ MANHÃES

EDITORIAL

NOTA

Ano novo A máxima de que o ano realmente só começa após o Carnaval vale diante de todas as expectativas de restruturação da economia da cidade, a partir dos desdobramentos da nova política energética nacional, focada em extrair o quanto antes, o potencial de reservas de petróleo e gás, já descobertas e registradas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). Com a assinatura dos contratos de concessão, de blocos de exploração do pré-sal, e dos modelos de partilhas para a prospecção do pré-sal, referentes as duas rodadas de leilões realizadas pela ANP ano passado, crescem as expectativas para o desenvolvimento de projetos que serão executados pela Petrobras, ExxonMobil e outras gigantes offshore que preparam mais de R$ 800 milhões em investimentos para impulsionar o setor de óleo e gás no país. E com a previsão de novos leilões para 2018, a previsão é que novos postos de trabalho sejam criados por empresas que serão envolvidas no planejamento de ativação das reservas em concessão, um dos primeiros passos para efetivar o potencial das Bacias de Santos e de Campos, como uma das principais reservas de petróleo do mundo. Em se tratando de investimentos, o Brasil surge como um dos grandes polos de geração de energia, a partir

da matriz do óleo bruto e do gás natural, dentre todas as nações petrolíferas, o que eleva a capacidade de Macaé em se tornar referência para novas operações. Com a expertise adquirida ao longo de quatro décadas de evolução na exploração e produção da Bacia de Campos, Macaé é, sem sombra de dúvidas, uma peça ideal para o novo jogo criado pelo mercado offshore nacional, voltado a vencer as barreiras da crise, retomar investimentos e recolocar, não só o país, mas a Petrobras em posição de destaque no cenário internacional de óleo e gás. Na visão de especialistas, a geração de oportunidades de trabalho seguirá a nova dinâmica de operações das grandes empresas de petróleo, um futuro bem próximo, que transformará a recessão em um novo momento de prosperidade. E é isso que todos os cidadãos macaenses aguardam nesse verdadeiro novo ano.

ESPAÇO ABERTO Na educação, como evitar o piloto automático? Quando considerada um ambiente frio e estressante, a escola desestimula o prazer de ensinar e aprender, a convivência e o sonhar. Automaticamente, os planos e os projetos são substituídos pela obrigação, pelo fardo e pelo tédio de cumprir as tarefas pertinentes aos professores. O desânimo por conta da rotina e a falta de entusiasmo podem interferir até mesmo no desempenho de educadores considerados excelentes profissionais. No momento em que a inércia toma conta, o “piloto automático da educação” é acionado. Além de prejudicar quem está ensinando, também interfere no processo de aprendizado dos alunos, os quais criam estereótipos e padrões que nem sempre se aplicam à realidade. Frente às evidências, podemos optar por duas alternativas: aceitar que a educação e a escola são instituições em decadência, que não há nada a fazer; ou resgatar o grande potencial existente em cada um de nós, atuar de forma consciente, competente e motivada, repensar as relações e torná-las mais solidárias e cooperativas - tudo em busca de criar ambientes mais saudáveis e propícios à aprendizagem e ao desenvolvimento das potencialidades humanas, mesmo diante das dificuldades e dos desafios que vão surgindo no percurso. O desenvolvimento das competências pessoais e produtivas é uma condição necessária para que o professor possa se conhecer melhor e, consequentemente, compreender o seu aluno. Assim, despertará o que há de melhor nele. Para isso, entender as competências abaixo se torna imprescindível: Pessoal: é a habilidade de aprender a ser, a se aceitar, a se valorizar e a ampliar os conhecimentos acerca de si mesmo, a fim de superar medos e limitações, favorecer o resgate da autoestima e do autoconhecimento para o alcance da autonomia; Autônoma: é a capacidade de pensar e decidir por si. É conhecer

o ponto de partida e definir qual é chegada, comprometer-se com suas escolhas e assumir a responsabilidade pelos resultados; Relacional: saber conviver é a habilidade de aprender a viver junto dos outros, com atitudes solidárias, cooperativas e construtivas; Cognitiva: é o exercício de aprender a aprender, como forma de beneficiar-se dos conhecimentos, de compreender o mundo que nos rodeia, de desenvolver capacidades críticas, reflexivas e de discernimento; Produtiva: é a arte do aprender a fazer, de pôr em prática os conhecimentos para saber fazer bem e eticamente um trabalho. Essas são as bases para a expansão das possibilidades de perceber, reconhecer e construir uma nova abordagem de educação solidária, fundamentadas no desenvolvimento humano para compreender e aplicar cada competência de forma integrada e sinérgica. Quando falamos em ambientes saudáveis, em alunos e professores motivados e felizes, em despertar o que há de melhor no outro e na escola que desejamos, discutimos coisas que consideramos importantes e valiosas para a vida - e, portanto, necessárias para a educação, a escola e a relação professor-aluno. Seja a pessoa que fará toda a diferença na vida de alguém! Eduardo Shinyashiki é presidente do Instituto Eduardo Shinyashiki, mestre em neuropsicologia,

Um dos pontos mais tradicionais da cidade, a orla da Praia de Imbetiba segue também como referência para o Carnaval de Rua do município.

PAINEL Executivo

Riscos

Sessões

Folia

Praias

Transporte

Comércio

Segurança

Reforma

A Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo (Abespetro) será presidida pelo executivo da Siemens, Claudio Makarovsky. A posse acontecerá no próximo dia 22 de fevereiro, em solenidade que irá prestar homenagens ao presidente da República em exercício, Michel Temer (PMDB), ao diretor da ANP, Décio Oddone e ao prefeito de Macaé, Dr. Aluízio (PMDB). Uma comitiva macaense se prepara para prestigiar a festa.

Os bailes e blocos de rua agitam o Carnaval de Macaé, que vem ganhando força, entre moradores e turistas que buscam opções de lazer mais tranquilas e baratas, longe dos destinos mais badalados da Região dos Lagos. Deste domingo (11) até terçafeira (13) haverá apresentações de Bois Pintadinhos, Batalha de Confetes e Matinês na Imbetiba, Frade, Lagoa de Imboassica e no Mirante da Lagoa, além de Glicério e no Visconde. Vale a pena conferir!

Supermercados da cidade se surpreenderam com o volume de cervejas e outros itens para churrasco, vendidos durante o período de pré-Carnaval e também ao longo dos dias de folia na cidade. Até mesmo quem viajou, optou por comprar em Macaé, devido ao conforto e também aos preços. E moradores de cidades como Quissamã, Carapebus e Conceição de Macabu também migram para o município, com objetivo de reabastecer a geladeira durante os dias de folia.

É preciso alertar a quem pretende circular pelas estradas estaduais, que ligam Macaé a Conceição, Quissamã, Carapebus e a Serra, para evitar conduzir os veículos sob o efeito do álcool. Esse é o principal fator para o registro de graves acidentes, até com mortes, que sempre ocorrem nesses locais durante o período do Carnaval. A conscientização e o apoio da família, são fundamentais para evitar que a alegria seja substituida pela dor da tragédia.

E os dias de Carnaval em Macaé são marcados também por praias cheias por conta do calor intenso que marca o verão na região. Apesar do sol não se manter forte devido ao tempo nublado, muita gente garante espaço nas areias das Praias Campista, Cavaleiros e do Pecado, para aproveitar uma das tantas belezas naturais que só o município possui. E a festa na areia serve como prévia para quem ainda vai participar dos blocos e das matinês.

As equipes do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e da Guarda Municipal trabalham em conjunto para garantir a segurança dos foliões em Macaé. Como os eventos são familiares e de menor proporção, o Carnaval da cidade é considerado tranquilo. Porém, mesmo assim os agentes de segurança seguem com as ações de prevenção, monitorando especialmente áreas de maior conflito para o domínio do tráfico.

EXPEDIENTE EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e agências de Notícias 29699.626/0001-10 - Registrado na forma de lei. DIRETOR RESPONSÁVEL: Oscar Pires. SEDE PRÓPRIA: Rua Benedito Peixoto, 90 - Centro - Macaé - RJ. Confeccionado pelo Sistema de Editoração AICS e CTP (Computer to Plate).Impresso pelo Sistema Offset. CNPJ:

CIRCULAÇÃO: Macaé, Quissamã, Conceição de Macabu, Carapebus, Rio das Ostras, Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu.

A direção do O DEBATE não se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em ações ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. Filiado à ADJORI-RJ - Associação dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e à ADJORI-Brasil - Associação Brasileira de Jornais do Interior. ANJ Associação Nacional de Jornais. ADI Brasil - Associação dos Jornais Diários do Interior. ABI - Associação Brasileira de Imprensa. REPRESENTANTE:

Tráfego Publicidade e Marketing

Rio de Janeiro: Av. Rio Branco, 185 - Sala 1813 - Centro. Tel: (21) 2532-1329 Macaé - Tel/fax: (22) 2106-6060, acesse: http://www.odebateon.com.br, E-MAIL: odebate@odebateon.com.br, COMERCIAL: Ligue (22) 2106-6060 - Ramal: 215, E-MAIL: comercial@odebateon.com.br, classificados: E-mail: classificados@

odebateon.com.br

Depois da folia, a população volta a acompanhar os debates calorosos e a produção legislativa dos 17 vereadores que compõem a atual formação do plenário da Câmara. De acordo com o regimento interno da Casa, as sessões só retornam após o dia 15 de fevereiro. Com isso, o discurso de abertura dos trabalhos, que tradicionalmente conta com a presença do chefe do Executivo, acontecerá no próximo dia 20, quando encerrará o recesso.

Taxistas que possuem autarquias registradas pela prefeitura se mobilizam contra a operação do Uber na cidade. E o grupo tenta apoio da Câmara de Vereadores para barrar a atuação do aplicativo. Porém, casos semelhantes registrados em outras cidades do país, inclusive do Rio de Janeiro, não conseguiram suspender a circulação dos veículos do transporte executivo. E o impasse pode tomar proporções maiores se não houver diálogo.

E a população segue cobrando da prefeitura a recomposição do asfalto em diferentes pontos da cidade. Os problemas de infraestrutura afetam diretamente o trânsito, causando riscos até para pedestres. Os dias de folia, quando o movimento fica mais reduzido, permitem que as intervenções sejam realizadas, sem grandes impactos para a rotina da cidade. Fica a dica para a secretaria municipal de Serviços Públicos.

GUIA DO LEITOR

Telefones úteis

POLÍCIA MILITAR 190 POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL 191 SAMU 192 CORPO DE BOMBEIROS 193 DEFESA CIVIL 199 POLÍCIA CIVIL 123º DP 2791-4019 DISQUE-DENÚNCIA (POLÍCIA MILITAR) 2791-5379 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (24 HORAS) 2796-8330 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (OPERAÇÕES) 2796-8320 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (PASSAPORTE/VISTO) 2796-8320 CÂMARA DE MACAÉ 2772-2288 HPM 2773-0061 CEDAE: 2772-5090 AMPLA 0800-28-00-120 PREFEITURA MUNICIPAL 2791-9008 DELEGACIA DA MULHER 2772-0620 GUARDA MUNICIPAL 2773-0440 AEROPORTO DE MACAÉ 2763-5700 CARTÓRIO ELEITORAL 109º ZONA 2772-3520 CARTÓRIO ELEITORAL 254º ZONA 2772-2256 CORREIOS (SEDE) 2759-3390 CORREIOS CENTRO 2762-7527 CEG RIO 0800-28-20-205 RÁDIO TAXI MACAÉ 2772-6058 CONSELHO TUTELAR I 2762-0405/ 2796-1108 PLANTÃO: 8837-4314 CONSELHO TUTELAR II 2762-9971/ 2762-9179 PLANTÃO: 8837-3294 CONSELHO TUTELAR III (SERRA) 2793-4050/2793-4044 PLANTÃO: 8837-4441


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Polícia

NOTA

Mobilidade Urbana realiza blitz para conscientizar motoristas. Educação no Trânsito realizou "blitz" educativa na praça Veríssimo de Melo.

32º BPM

Foliões podem ajudar a Polícia Militar com denúncias durante o carnaval Aplicativos para smartphones facilitam o envio de informações e colaboram com a segurança

D

urante o Carnaval, a segurança está garantida com um maior efetivo policial nas ruas dos municípios abrangentes do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que recebeu apoio de 100 homens. Além de um maior efetivo humano, a população pode contribuir com a segurança durante os dias de folia, enviando informações. Para isso, a Polícia Militar disponibiliza canais de denúncias anônimas. Desde o final do ano de 2016, a unidade lançou um aplicativo (App) para smartphones, que tem como função o envio de denúncias pela população. O “Click Denúncia” está disponível para download nos sistemas Androids e IOS, sendo o anonimato dos usuários um dos pontos fortes do aplicativo, não exigindo do cidadão qualquer tipo de cadastro. De simples utilização, permite ao usuário o envio de imagens, facilitando ainda mais o trabalho de inteligência da Polícia Militar, equipe que realiza o atendimento do canal. O sistema é destinado exclusivamente ao envio de denúncias anônimas de atos ilícitos que estejam ocorrendo nos municípios abrangentes do 32º BPM, ou seja, Macaé, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu, Conceição de Macabu, Carapebus e Quissamã. Para instalar, o cidadão precisa apenas acessar do seu aparelho de celular o site do 32º BPM (www.32bpmrj.org ), rolar a página até encontrar o

REPRODUÇÃO

Canais de denúncias da Polícia Militar permitem aos usuários enviar informações sem se identificar

link de acesso, clicar na imagem e seguir as instruções. Para que o App funcione corretamente é necessário que o celular esteja conectado na internet. O 32º BPM ainda disponibiliza outros canais de denúncias, como o “Disque-Denúncia", através do número (22) 27657296. O telefone está à disposição da população 24 horas por dia para atender todos

os chamados. Além das ligações, os cidadãos também podem passar informações pelo WhatsApp, através do número (22) 98168-2344, por e-mail para: denuncie@32bpmrj. org e pelo site do 32º BPM: www.32bpmrj.org . Já na página institucional do batalhão, onde o principal objetivo é estreitar o relacionamento entre o órgão de segu-

rança pública e a população, o cidadão tem acesso às informações referentes à PM, as ocorrências registradas das quatro companhias; links úteis, como: “Fale com o comandante”, site da secretaria do Estado de Segurança do Rio de Janeiro; site do Conselho Comunitário de Segurança Pública de Macaé; eBrat para consulta e registro e outro canal de denúncias.

SEGURANÇA

Polícia Militar fecha a compra de mais 580 viaturas WANDERLEY GIL

O número de frota destinada para a área de cobertura do 6° CPA ainda não foi divulgada pelo Comando Geral da PM No mais importante passo para ampliar sua frota de veículos neste ano, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro formalizou a compra de 580 viaturas tipo sedan, sendo 530 rádios-patrulha e 50 descaracterizadas para serviço reservado. Resultado de pregão eletrônico realizado no dia 24 de janeiro, os novos veículos, da marca Ford Ka, custaram R$ 37,6 milhões, R$ 1,4 milhão a menos do que o valor previsto no edital de licitação aprovado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). A homologação da aquisição dos novos veículos foi publicada no Diário Oficial de quarta-feira (31/1). Até o Carnaval, a Diretoria de Logística da PM realizará um novo pregão eletrônico para compra de 170 viaturas do tipo patamo, avaliadas em R$ 25,2 milhões, conforme está previsto no edital de licitação aprovado pelo TCE. O processo de construção do edital para aquisição das viaturas, tanto as do tipo Sedan como as do tipo Patamo, seguiu critérios técnicos e legais. Para a obtenção dos preços,

Batalhões do interior do Estado do Rio aguardam novas viaturas para este ano

foi realizada uma pesquisa de mercado que consumiu muito trabalho da equipe encarregada. Na elaboração da pesquisa de mercado, foram recolhidas informações de sites especializados e de concessionárias, bancos de preços, compras públicas efetivadas nos últimos meses, consulta aos fornecedores através do envio do Termo de Referência e, por último, a tabela FIPE. Os veículos são oferecidos pela montadora interessada em participar do pregão, com base nas especificações estabelecidas no edital.

Outro passo importante para recompor a frota da Policia Militar foi dado no fim do ano passado com a assinatura de contrato com as primeiras oficinas credenciadas para recuperar as viaturas da corporação que deixaram de operar por problemas mecânicos ou de lanternagem. O edital de licitação para o credenciamento de mais de 50 oficinas em todo o estado foi aprovado pelo TCE. De acordo com o ComandoGeral da PM, nos próximos dois meses, a população fluminense começará a perceber a maior

5

presença de veículos em circulação nas ruas e estradas do estado. Em contato com a assessoria de comunicação do Comando Geral, perguntamos quantas viaturas serão disponibilizadas para a área do 6° Comando de Policiamento de Área (CPA) que abrange a cobertura de: Macaé, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Carapebus, Quissamã e Conceição de Macabu. A assessoria disse que ainda não existe a quantidade estipulada para fazer a divisão para os batalhões do interior.

RESPOSTA

Petrobras afirma que P-32 passou por manutenção Estatal rebate acusões do Sindipetro sobre condições de unidade A Petrobras refuta denúncias de sucateamento sobre as condições de segurança da Plataforma P-32, localizada no campo de Marlim, na Bacia de Campos. Segundo a estatal, a unidade passou por parada programada para manutenção no mês de junho de 2017, durante 30 dias. A Petrobras reforça que investe regularmente em ações relacionadas à Segurança de Processo para

prevenir a ocorrência de acidentes e garantir a integridade das pessoas e das instalações. Essas ações envolvem, por exemplo, a análise de riscos das atividades, gestão de mudanças, contínua capacitação das pessoas e cumprimento de planos de manutenção e inspeção. As ações de resposta à emergência registrada na unidade na última quinta-feira (8) foram executadas, seguindo o padrão de segurança da companhia. As atividades da plataforma estão normalizadas e a Petrobras está tomando todas as medidas necessárias para apuração dos fatos e prevenção de novas ocorrências.


6

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

BAIRROS EM DEBATE Aterrado do Imburo

Problemas antigos sem prazo de solução no Aterrado do Imburo Moradores voltaram a cobrar essa semana do poder público melhorias na infraestrutura prometidas há anos Marianna Fontes

FOTOS: KANÁ MANHÃES

marifontes@odebateon.com.br

E

m um período de 10 meses nada foi feito. Esse é o relato dos moradores do Aterrado do Imburo, na área rural da cidade. Esse é o tempo desde a nossa última visita de Bairros em Debate, no entanto, a população conta que os problemas vêm se prolongando há anos. Somente entre 2016 e 2017, a nossa equipe esteve cinco vezes na localidade conversando com os moradores, que demonstravam total indignação com a realidade deles. O motivo é claro: a falta de atenção do poder público com os cerca de 1.500 habitantes que vivem no local. Mesmo com a população apontando inúmeras vezes as necessidades, a prefeitura pouco tem feito para mudar

Moradores do Aterrado do Imburo cobram a atuação do poder público em área rural, que está abandonada

Caixa d'água comunitária não atende a demanda da população do bairro

Abastecimento de água precário O bairro, que até hoje aguarda a chegada da rede de abastecimento, conta com caixas comunitárias que são abastecidas semanalmente pela prefeitura. Do total, apenas 10 delas estão em funcionamento, o que não supre a demanda. “Elas são abastecidas duas vezes na semana com um caminhão-pipa de 15 mil litros. Isso

dá menos de dois mil litros por cada uma, que tem capacidade de 5 mil litros cada. É muito pouco”, diz Carlos. “O ideal seria, no mínimo, 45 mil litros para amenizar o nosso sofrimento aqui”, completa. Se levar em consideração que a Organização das Nações Unidas (ONU) diz que 110 litros é a quantidade suficiente para

atender a necessidade básica de uma pessoa por dia, no Aterrado do Imburo seriam necessários 165 mil litros para suprir a demanda de uma média de 1.500 moradores. Ou seja, os 30 mil litros, divididos pela população em sete dias, resultaria numa média de 2,85 litros por habitante, número que corresponde a 2,59% da meta estabelecida.

Área de lazer apresenta problemas de infraestrutura

Praça precisa de manutenção Desde o último Bairros em Debate, a lista de reclamações tem um item: a manutenção da praça. Ela é hoje a única opção de lazer para os moradores, principalmente as crianças. E são elas que estão correndo o maior risco na hora da diversão.

O presidente fala que é preciso concluir as obras da estrutura onde ficam os banheiros e as salas, onde, até então, funcionava o projeto Educa Mais. “A praça do bairro continua em grande abandono. Os banheiros estão sem vaso sanitário e instalações

Manutenção nas vias “A via principal do bairro está precisando de manutenção”, dizem os moradores. Segundo o presidente da associação, a situação ali só tem piorado. “Vocês podem perceber que os buracos só aumentaram. Tem trechos que nem dá para acreditar, mas eles são asfaltados. Antes eles ainda faziam o serviço de tapa-buraco, mas hoje nem isso tem sido feito. Já é uma estrada perigosa, agora com o asfalto nessas condições, a tendência é que o índice de acidentes só aumente”, alerta Carlos. Mas se está ruim onde o asfalto existe, onde não há pavimentação é ainda pior. “No local onde fica o ponto final do ônibus forma uma bacia de lama quando chove”, conta.

a realidade ali. “Nada mudou aqui nos últimos anos. Nem mesmo os serviços básicos estão sendo feitos. Estamos abandonados pelo poder público”, lamenta o presidente da Associação de Moradores, Carlos José de Araújo Toledo. Na lista de reclamações estão a precariedade no abastecimento de água, a falta de manutenção na estrada principal e na área de lazer e a segurança pública. O bairro foi criado há pouco mais de 20 anos. Por estar situado a poucos minutos da Linha Azul, essa região vem crescendo ao longo desse tempo. “Precisamos de infraestrutura. Não é porque estamos distantes do Centro que não merecemos atenção. Pagamos impostos como qualquer outro cidadão”, desabafa uma moradora, que não quis se identificar.

em geral, os brinquedos todos quebrados”, relata o presidente. Do outro lado da rua, um campinho de terra também é outra promessa do governo. “Falaram que havia um projeto para cá, mas nunca mais tocaram no assunto”, relata.

O que diz a prefeitura

Os investimentos feitos nessa área não representam apenas melhorias na questão da acessibilidade no bairro, mas também redução nos riscos à saúde pública, promovendo, consequentemente, a melhoria na qualidade de vida dos moradores. Além disso, a manutenção das vias está prevista dentro do Código Brasileiro de Trânsito (CBT), que garante que é dever das autoridades promover um trânsito seguro e de qualidade. De acordo com o Art. 1º "O trânsito, em condições seguras, é um direito de todos e dever dos órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito, a estes cabendo, no âmbito das respectivas competências, adotar as medidas destinadas a assegurar esse direito".

Procurada, a secretaria de Infraestrutura informou que, com relação aos buracos, o serviço não foi realizado em função das chuvas nos últimos dias. A ação será realizada depois do Carnaval, assim como a capina nas ruas do bairro. Ela explica que solicitações e reclamações devem ser realizadas pelo telefone (22) 2796-1235. Em tempo, não há nenhuma solicitação registrada para o local. No que se refere a área de lazer, foi realizado o levantamento das necessidades de todas as praças do município, dando origem a um processo para a realização destes. Este, encontra-se em fase de orçamento, segundo a prefeitura. Sobre o abastecimento das caixas d`água, o setor responsável informou que enviará uma equipe para avaliar a real necessidade, para tomar as devidas providências. Buracos colocam em risco a segurança dos condutores que passam pela via principal


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

EDUCAÇÃO

7

EDUCAÇÃO

Retomada de obra da escola Inscrição para o Fies da Ajuda é adiada para março começa na próxima semana Recentemente o secretário de Educação havia dito que as obras seriam retomadas neste mês de fevereiro Juliane Reis

KANÁ MANHÃES

juliane@odebateon.com.br

M

ais uma vez o prazo para término da obra da Escola Municipal que está sendo construída na Ajuda é adiado. Recentemente o Secretário de Educação, Guto Garcia havia informado ao Jornal O Debate que as obras que estão paradas há alguns meses seriam retomadas neste mês de fevereiro com data prevista para conclusão para agosto. No entanto, o mês de fevereiro chegou e as obras não foram retomadas. Procurada pela redação do Jornal, a Prefeitura disse que as obras serão retomadas no próximo mês. O órgão informou que a empresa licitada não atendeu aos dispositivos contratuais, sendo desclassificada. Já foi feito o chamamento da segunda colocada para o retorno dos serviços. A Prefeitura disse também que “Em tempo, o Complexo da Ajuda já conta com as seguintes escolas: Elza Ibrahim, Laura Suely, Renato Martins e Sônia Regina. Ainda neste primeiro semestre, a Ajuda de Cima ganhará mais uma unidade de Educação Infantil que funcionará na Igreja Batista da Ajuda de Cima”, informou.

A obra deveria ter sido entregue desde 2014, mas os serviços no local estão parados mais uma vez

Vale lembrar que a obra que era para ter sido finalizada em 2014 já ficou abandonada por vários anos e havia sido retomada em junho de 2017. No final do ano passado, os serviços foram parados mais uma vez. Na época, Guto disse que a empresa que estava executando os serviços faliu e que, chamada a segunda colocada, ela também enrolou com a obra e foi desclassificada. Com isso, foi feita mais uma licitação. Ainda no final de 2017, uma placa instalada no local apontava que as obras foram retomadas no dia 26 de junho com prazo de conclusão para 26 de fevereiro de 2018. O valor da construção atual era de R$ 1.716.333,40.

Ainda segundo informações contidas na placa, estavam participando dessa nova etapa da construção o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Ministério da Educação (MEC), Banco do Brasil e Prefeitura de Macaé. Vale lembrar que a unidade que deveria já estar em funcionamento desde 2014, antes estava orçada em R$ 1.303.424,96. Além disso, essa não é a única escola que segue com obras abandonadas. No município são aguardadas a conclusão das unidades que estão inacabadas no Novo Horizonte e Parque da Cidade, por exemplo.

Interessados poderão se inscrever entre os dias 19 e 23 pelo <http:// fiesselecao.mec.gov.br> O Ministério da Educação (MEC) vai abrir na próxima semana as inscrições para Programa de Financiamento Estudantil (Fies). Os interessados poderão se inscrever entre os dias 19 e 23 pelo <http://fiesselecao.mec.gov.br>. Poderão se inscrever quem fez uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos, e tirou nota superior a zero na redação, podendo concorrer a uma das vagas para o primeiro semestre. Serão ofertadas vagas a juro zero para estudantes que tiverem renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Nela, o aluno começará a pagar as prestações após se formar, com parcelas de, no máximo, 10% de sua renda mensal. No total serão 100 mil vagas nessa modalidade. Ainda segundo informações, nesta modalidade, o programa vai oferecer vagas exclusivas para alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos e que morem nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e o financiamento será realizado com recursos do BNDES e atenderá estudantes de todo o País. O MEC informa que essas novidades fazem parte do Novo Fies, lançado no fim do ano passado pelo Governo do Brasil. As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet,

no site do Fies Seleção. Ainda segundo o órgão, entre as alterações sancionadas pelo presidente, está a que cria 310 mil novas vagas em 2018, sendo 100 mil a juro zero. As novas regras também preveem mais atenção à qualidade dos cursos financiados e permitem maior flexibilização no prazo de carência. De acordo com o MEC, a principal razão para as mudanças foi a sustentabilidade do programa a médio e longo prazos, pois o modelo antigo gerava um percentual de inadimplência muito elevado. Essas novidades fazem parte do Novo Fies, lançado no fim do ano passado pelo Governo do Brasil. O novo modelo é composto por três faixas: Fies 1, 2 e 3. A primeira modalidade corresponde ao financiamento ofertado diretamente pelo governo para o estudante, representando a parcela de vagas a juro zero. Elas são reservadas a estudantes com renda familiar per capita mensal de até três salários mínimos. Esta modalidade terá o

Fundo Garantidor composto de recursos da União e aportes das instituições de ensino. Já as modalidades 2 e 3 estão destinadas aos estudantes com renda per capita mensal de até cinco salários mínimos. O Fies 2 vai ofertar 150 mil vagas e visa atender estudantes do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, tendo como fonte de financiamento recursos de fundos constitucionais dessas regiões. Dentro do Fies 3, serão oferecidas 60 mil vagas para todo o Brasil, sendo os recursos oriundos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Em ambos os casos, a taxa de juros vai variar de acordo com a instituição financeira onde foi fechado o financiamento. Mesmo mais caras que a modalidade 1, uma vez que naquela os juros são zero, nas modalidades 2 e 3, as instituições contam com recursos públicos e por isso são capazes de ofertar um financiamento mais barato que o mercado. Atualmente, a taxa de juros é fixa, de 6,5% ao ano. KANÁ MANHÃES

Pode se inscrever pessoas que participaram do Enem a partir de 2010 com média igual ou superior a 450 pontos

OPORTUNIDADE

Faetec oferece mais de duas mil vagas São vagas para o Ensino Fundamental, Curso Técnico de Nível Médio e Especialização Oportunidade para quem deseja estudar. A Fundação de Apoio à Escola Técnica está com inscrição aberta para vagas ociosas para a Educação Básica e Ensino Técnico. De acordo com informações, são 2.045 oportunidades destinadas aos Ensinos Fundamental e Técnico e à Especialização em Enfermagem do Trabalho. Os interessados podem se inscrever até o dia 23 de fevereiro, pelo www. faetec.rj.gov.br ou diretamente na página da Selecon, organizadora do processo seletivo. A seleção dos candidatos será feita por meio de sorteio. Já as inscrições são gratuitas e o candidato deverá ter CPF próprio para concorrer às vagas. A listagem com o resultado do sorteio estará disponível na página da

Faetec no dia 7 de março e a convocação dos candidatos respeitará, rigorosamente, a ordem de classificação dos sorteados. Ainda segundo informações, as oportunidades são oferecidas no formato Subsequente, para quem concluiu o Ensino Médio e deseja somente o Técnico; Integrado, destinado a quem se formou no Ensino Fundamental e fará o Técnico junto com o Ensino Médio em três anos; Concomitância Externa, para quem deseja fazer somente o Técnico na Faetec e o Ensino Médio em outra instituição; além de Especialização, para quem escolheu a área de Enfermagem. O maior número de vagas é para quem possui o certificado de Ensino Médio. São 1.668 oportunidades distribuídas nos cursos de Edificações, Informática, Modelagem do Vestuário, Administração, Logística, Cozinha, Automação Industrial, Plásticos, Manutenção e

suporte a Informática, Meio Ambiente, Eletrônica, Eletrotécnica, Construção Naval, Manutenção de Máquinas Navais, Análises Clínicas, Imobilizações Ortopédicas, Prótese Dentária, Manutenção Metroferroviária, Telecomunicações, Mecânica, Segurança do Trabalho, Produção do Trabalho, Informática par Internet, Gerência em Saúde, Secretaria Escolar. Para Macaé estão sendo oferecidas 23 vagas. Vale lembrar que para concorrer a uma das vagas, os interessados devem ficar atentos aos requisitos, tais como: somente será matriculado o candidato sorteado e classificado dentro das respectivas vagas, devendo comprovar a escolaridade apresentando. Além disso, perde o direito à vaga, o candidato que estiver em dependência. O aluno contemplado deverá realizar a matrícula, entre 12 e 16 de março, no período das 9 às 17 horas, na unidade de ensino para qual foi sorteado. KANÁ MANHÃES

A seleção dos candidatos será feita por meio de sorteio


8

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

MOBILIDADE

9

CÃES E GATOS

Desrespeito continua gerando Casa dos Anjos pede transtornos no trânsito doação de rações Apesar de fiscalização ser feita, novos flagrantes foram feitos essa semana nas ruas do Centro

O

desrespeito ao trânsito não tem limite em Macaé. Apesar de a Região Central ser uma das áreas onde o reforço na fiscalização é maior, motoristas ainda insistem em cometer infrações. Essa semana, o jornal O DEBATE voltou a fazer flagrantes pela cidade. Um deles ocorreu no cruzamento entre as ruas Conde de Araruama com Visconde de Quissamã. Um veículo de passeio avançou o semáforo, colocando em risco a segurança de outros condutores e de pedestres. E esse, infelizmente, é apenas um exemplo de vários que podemos presenciar pela cidade. A poucos quilômetros dali, no cruzamento da Avenida Rui Barbosa com a Rua Tiradentes, próximo a um posto de gasolina, onde o trecho é de mão dupla, outro tipo de infração ocorre. É só abrir o sinal para o desrespeito começar. É comum flagrar pessoas cortando ou-

tros motoristas pela contramão diariamente. As fotos feitas constantemente pelo jornal O DEBATE mostram os veículos em alta velocidade cortando os outros pela contramão, em um trecho sinalizado com placas informando a proibição. Apesar de parecer um ato inofensivo, muitos motoristas devem ter esquecido que isso é uma infração de trânsito gravíssima. De acordo com o Art. 186 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o motorista que “transitar pela contramão de direção em vias com sinalização de regulamentação de sentido único de circulação” está sujeito à penalidade de multa de R$ 195,23 e perda de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Já ultrapassar pela contramão outro veículo parado em fila junto ao sinal luminoso é infração gravíssima, punida com multa de R$ 1.467,35 e perda de sete pontos na CNH.

Divulgação

Atualmente, o grupo voluntário presta suporte a cerca de 600 Por fim, avançar o semáfo- animais de rua

ro vermelho pode resultar em multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na CNH. Tais infrações mostradas revelam que existe uma forte questão cultural, pois todos os condutores, quando habilitados, tomam ciência de suas responsabilidades de acordo com o CTB, mas ainda assim muitos destes teimam em cometer irregularidades. As autoridades têm como obrigação implantar medidas para coibir e punir essas infrações, mas cabe sempre lembrar à população que o problema de mobilidade e o respeito no trânsito é um dever de cada cidadão. De acordo com a prefeitura, esse trecho faz parte de um perímetro que é atendido diariamente por agentes de trânsito. Os condutores que são flagrados cometendo este tipo de infração estão sujeitos às penalidades previstas no CTB.

Enquanto o número de cães e gatos abandonados pelas ruas da cidade só aumenta, esse sofrimento tem sido amenizado através da boa ação de alguns cidadãos, que dedicam seu tempo, amor e dinheiro a esses animais. Um exemplo disso é a Casa dos Anjos que, em meio às dificuldades, tem feito o seu melhor para mudar essa triste realidade em Macaé. Ela hoje presta suporte a mais de 600 animais. Sem contar com apoio do poder público, sobrevive graças a doações. No entanto, a Casa vem enfrentando dificuldades para conseguir manter o trabalho. Um dos pontos de coleta de doações e bazar solidário, onde também funciona uma feira de adoção diariamente, fica na Imbetiba. O local fica na Avenida Elias Agostinho, nº 616- na orla. O horário de funcionamento é das 10h às 17h. “Temos cães e gatos que estão esperando por um lar, além de um

Somente para o período até o dia 18, serão necessários 2.200kg de rações para cães e gatos

bazar com peças novas e seminovas com um preço bastante acessível. São mais de 400 itens, entre eles, roupas, sapatos. Toda renda é revertida em prol dos animais resgatados. Aceitamos cartão de crédito”, diz os responsáveis. Além disso, um dos apelos é para que as pessoas doem rações e pastinhas (adulto e filhote, cães e gatos). Segundo a Casa dos Anjos, somente para o período do Carnaval, entre os dias 6 e 18 de fevereiro, são necessários 2.200kg de alimentos para os animais abrigados. Outros itens bastante solicitados são cloro, sacos de lixo, areia para gatos, medicamentos e produtos de limpeza, além de panos e cobertas velhas para aquecer os animais durante os dias mais frios.

Quem não puder fazer a doação dos itens, pode ajudar com dinheiro. Os depósitos podem ser feitos em uma das seguintes contas: Banco do Brasil - Conta Corrente: 69055-4/ Agência: 0051-5 (Thaís Fagundes); Bradesco - Conta Corrente: 0136646-7/ Agência: 0232 (Itana Sobral); Itaú- Conta Corrente: 16943-9/ Agência: 7926 (Thaís Fagundes); Caixa Econômica - Conta Corrente: 00030575-8/ Agência: 0184 (Marcos Paulo Paixão). Criada em 2012, a Casa dos Anjos é uma iniciativa voluntária, sem fins lucrativos. Para maiores informações, a pessoa pode entrar em contato através do e-mail: casadosanjosmacae@ gmail.com ou nas redes sociais (Instagram e Facebook).


12

CADERNO DOIS

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

VIP'S por ISIS MARIA

“Tenho dito estas palavras para que a minha alegria esteja em vocês e a alegria de vocês seja completa.” (JOÃO 15:11)

isismaria@odebateon.com.br

Empório Norte Sul abre suas portas e marca sucesso Numa noite repleta de beleza e simpatia, o Empório Norte Sul foi oficialmente inaugurado terça-feira (6). Tudo aconteceu

em meio a delicioso coquetel e ao som de música ao vivo comandada pela cantora Tininha Herlander e o pianista Mauri-

cio Fazz. Na oportunidade, os empresários Danielle Salgado e Verner Macedo recepcionaram os convidados e o público em ge-

ral, apresentando o novo empreendimento, que traz modernidade a Macaé e à região, ao colocar à disposição do consumidor

o que há de mais avançado no mercado de alimentos e bebidas. Realmente, merece destaque o Empório Norte Sul, justamente por

reunir em um só lugar tudo que o consumidor necessita, como mercearia, hortifruti, padaria, adega, delicatessen, açougue, entre outros. FOTOS AZUL LIMÃO RENATO MARTINS

Os empresários Danielle Salgado e Verner Macedo, super entusiasmados com o sucesso do Empório Norte Sul

Os convidados foram recepcionados com delicioso coquetel

Verner e Danielle sendo abraçados por Ruan Barreto, Juliana Lyra e Samuel

Verner recebendo Aloísio e esposa

A empresária Danielle junto à funcionária Priscila e à sogra Lidia, que dá o seu super apoio à empresa

A mãe de Danielle, Sabrina Salgado, e os avós Sonia Rocha e Adelmeyres Matos, levando muito carinho ao casal de empresários

Daniele e Gustavo marcaram presença na inauguração

Danielle junto aos músicos Mauricio Fazz e Tininha Herlander

Os irmãos do empresário Verner, Eric e Suen, com a amiga Raquel marcaram presença no evento

O DEBATINHO por KÁTIA GOLOSOV CURE katiacure@bol.com.br

Dona de um encanto e beleza que chamam atenção por onde passa!!! É a Livea Cabral Gomes, o amor incondicional da médica Laila Cabral e do ortodontista Rafael Borges Gomes. Um esplendor de mocinha!!!

Essa linda neném é como a flor, irradia alegria e faz florescer todas as manhãs, o amor !!! É a Helena Maria Cerqueira Nunes, o perfume mais saboroso de seus papais: Barbara Franco Cerqueira Nunes e Hugo Nunes. Um presentinho de Deus mesmo!!! Eles são talentosos e lindos!!! São eles: Pietro, Luiza, Julia e Pedro, a paixão da família Fernandes. Incrível a turminha!!!

Essa é a bela Antonella Fernandes, a graciosa mocinha de sua mamãe, a engenheira Ivanessa Fernandes. Uma Inspiração de todos os dias a pequerrucha!!!

Ela soma a alegria e multiplica felicidade!!! É a Flora dos Santos Meireles, a oração, de seus papais Danuza dos Santos e Juliano Meireles. Um amor de pequena!!! Esse carinha gato é o Matheus Silva de Moraes, a paz e a esperança de seus papais: Fernanda e Tiago Moraes. Apaixonante o garotão!!!


www.odebateon.com.br

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018, Ano XLII, Nº 9494

Fundador/Diretor: Oscar Pires

7

CADERNO DOIS O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Blocos de rua comandam a folia do carnaval macaense O agito deste sábado fica por conta dos Bloco do Pecado e Blobo das Danadas, que vão rolar, respectivamente, na Praia do Pecado e na Orla da Praia dos Cavaleiros Isis Maria Borges Gomes

PROJETO CARNAVAL DE RUA MACAÉ

isismaria@odebateon.com.br

P

rossegue hoje em clima de grande animação a folia do Carnaval de Rua Macaé, prestando expressiva homenagem neste ano ao grande músico macaense, Benedicto Lacerda. Assim, o carnaval 2018 garante incentivo às pessoas a tomarem as ruas de Macaé no maior resgate da festa popular brasileira. O agito deste sábado (10) fica por conta do Bloco do Pecado (ao lado do Hotel Blue Tree), das 16h às 22h. Na Orla da Praia dos Cavaleiros (posto 2), a animação vai rolar sob o comando do Blobo das Danadas. No distrito do Frade, o samba estará a cargo do Bloco do Urubu e em Glicério o carnaval Viva Glicério vai tomar conta da Praça Principal. Já o domingo de carnaval (11) terá diversas folias, a primeira é o Bloco dos Pentenhinhos, baile infantil, que vai rolar a partir das 15h na Orla da Imbetiba. No mesmo dia, o Bloco do Bené vai desfilar nos Quiosques da Lagoa de Imbo-

Folia de segunda A segunda-feira (12) de folia vai contar com a animação do Bloco Galo da Meia Noite, sob o comando da sambista Amanda Amado, às 17h também na Orla de Imbetiba. A noite de segunda terá ainda a animação do Bloco do Urubu e Bloco do Frade, no Frade; o carnaval Viva Glicério, na Praça Principal de Glicério; B at a l h a d e C o nfe te , na Praça do Visconde; Baile Mirafolia, no Mirante da Lagoa.

Folia de terça E encerrando o Carnaval, o tradicional Boi Capeta vai comandar a folia de terça-feira (13), às 17h, na Imbetiba. Haverá ainda a animação do Bloco do Urubu e Bloco do Frade, no Frade; o carnaval Viva Glicério, na Praça Principal de Glicério; Batalha de Confete, na Praça do Visconde; Baile Mirafolia, no Mirante da Lagoa.

SERVIÇO

Carnaval de Rua Macaé 2018 De 9 a 13 de fevereiro ● LOCAL: na esquina do Comfort Hotel, no Cavaleiros e na Orla de Imbetiba ● HORÁRIO: às 17 todos os dias ● DATA:

assica. E a Orla da Imbetiba entra na avenida do samba com o Bloco Chaplin’s, tendo

como convidada especial a cantora Flavia Duboc. Outras folias vão acontecer ainda, co-

Bloco Chaplin’s Bar

Tendo como responsáveis Samuel Marques, Andrea Vidal, Andrey Marques, Bruno Marques, Maria Alice Marques, o Bloco Chaplin’s Bar foi formado para homenagear Samuel Marques, o criador do Chaplin’s Bar, uma casa de shows que nasceu do

sonho de criar um espaço de lazer e cultura para a sociedade macaense. Este sonho começou a ser construído no ano de 1984, na Rua Silva Jardim, centro da cidade, através da ousadia e determinação de um macaense apaixonado pela música, conhe-

mo o Bloco do Urubu no Frade; o carnaval Viva Glicério, na Praça Principal de Glicério;

cido como Samuel Marques, falecido há 20 anos. Foi o “Boom” na época, da música ao vivo em bares, motivo pelo qual o espaço se firmou pela qualidade da música, do som e suas instalações. Uma casa velha que começou com andar térreo e mesas de ferro emprestadas se transformou num espaço à altura de um público amante da boa música; um público eclético e seleto. A casa de shows Chaplin’s cresceu, porque atendeu as expectativas do público e dos músicos que foram se identificando com a proposta da casa, como espaço alternativo cultural, já que alguns músicos mantinham certa resistência em se apresentar em bares. O público da casa ganhou prestígio entre grandes nomes da música como Nana Caymmi e Eduardo Dussek, de plateia exigente e muito calorosa, pois aplaudiam de pé as apresentações merecidas. O Bar ficou conhecido na sociedade macaense e passou a fazer parte do circuito cultural carioca, merecendo destaque na Revista de Domingo do Jornal do Brasil de 12 de fevereiro de 1995. Não mais uma casa velha, mas o Chaplin’s Bar ganhou mesas de madeira com cadeiras acolchoadas, ar condicionado, som importado, estrutura de dois andares com palco suspenso bem próximo ao público, que dava a sensação de aconchego e proximidade com o artista. Através de muito trabalho e desempenho, principalmente, para conquistar os patrocinadores, Samuel e seus discípulos, tornaram o Chaplin’s um espaço ativo e sólido que existiu até o ano 2000. Com o falecimento do empresário em 1997, a família resistiu mantendo o espaço mais três anos, chegando a lançar o grupo de forró Raiz do Sana, e produzindo mais uma apresentação de Celso Blues Boy, figura constante no Chaplin’s.

Batalha de Confete na Praça do Visconde; Baile Mirafolia, no Mirante da Lagoa.

A proposta Carnaval de Rua Macaé é de promover o resgate da tradição da cultura carnavalesca macaense, através da união de um grupo de pessoas, levando às ruas e avenidas o grande movimento cultural dos blocos que não desfilam há mais de 10 anos, e ainda novas agremiações carnavalescas, colocando Macaé em evidência no roteiro cultural e turístico da região e do Brasil. “Estamos homenageando outro grande macaense, Benedicto Lacerda, e incentivando as pessoas a tomarem as ruas de Macaé na maior festa popular do Brasil”, declarou um dos organizadores, Samuel Ferraz Marques, lembrando que ano passado o grande homenageado foi o seu pai, Samuel Marques. Assim, estarão na avenida os antigos Blocos como dos Boi Capeta, As Danadas, e novos como Chaplin’s, sacudindo a animação dos cinco dias de carnaval, rolando em dois pontos da cidade, esquina do Comfort Hotel, no Cavaleiros e na Orla de Imbetiba.

Bloco das Danadas Os responsáveis pela agremiação, Elder Vieira e Bruno Amaral, lembram que tudo aconteceu no verão de 2004, quando todos os macaenses (de nascimento ou por opção) e apaixonados por nos sa cidade ouviam muitas histórias a respeito dos carnavais antigos, despertando a vontade de viver algo parecido. Surge então a idéia de fundar o Bloco das Danad a s . Do s entimento de quem ama Macaé e quer valorizar a cultura, p r e s e r v a r n o s s a s r a ízes e retomar o orgulho de ser daqui que muitos estavam perdendo e até esquecendo. No primeiro ano, de maneira despretensiosa, a ideia daqueles 20 ou 30 amigos era apenas de se divertir na orla da praia dos Cavaleiros, vestidos de mulher para “abrir ” oficialmente o carnaval, uma vez que os desfiles já eram desde então sempre um sábado antes do carnaval. A surpresa foi que no primeiro ano e em curto espaço de tempo já eram 80 “Danadas”, muito bem ve stida s e paramentadas, com

pequena bateria composta por instrumentos emprestados por outras agremiações, tocados por nós mesmos; “enfeitadas” pelas mãe s, irmãs, primas e namoradas e acompanhadas no trajeto pelas mesmas e pelos pais mais saudosistas que em sua época também se vestiam de mulher no carnaval. Era o início de nosso sonho, repetir o que nos sos pais sempre contaram. A p a r ti r d o s e g u n d o a n o , 2 0 0 5 , f o i i n c o rp or ado ofici alme nte a ala feminina do bloco. Mães, irmãs, primas, namoradas, esposas e amigas reclamavam que não queriam ficar apenas no calçadão. Estava formada a Ala das Kadarças, que a partir de então passaram a desfilar com camisas que as identificavam como as Seguranças das Danadas. Banda tocando marchinhas de carnaval ao vivo, confete e serpentina, Dj´s to c a n d o o s s u c e s s o s mais atuais. Sensacional! Desfiles esses sempre com samba-enredo próprio do bloco, com temas, letras e melodias novas a cada ano.


2

CADERNO DOIS

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

FOLIA INFANTIL

Imbetiba terá matinê com marchinhas de Carnaval neste sábado O baile infantil acontece a partir das 18h, no Anfiteatro da Imbetiba

M

uita animação e alegria. Este é o clima que promete rolar, neste sábado (3), na matinê com marchinhas de Carnaval, a partir das 18h, no Anfiteatro da Imbetiba. Já às 22h, também no sábado, será a vez do Concurso de Boi Pintadinho reunir uma galera animada no bairro Botafogo. O evento contará com trio elétrico, participação do locutor Mussum e micaretas nos intervalos. Os bois pintadinhos fazem parte da tradição do Carnaval macaense e costu-

mam atrair um grande público. No domingo (4), o Concurso de Boi Pintadinho, que segue até o dia 12, será na quadra do Império da Barra, às 22h. O Carnaval movimentará a cidade de modo significativo. É isso que afirmam os empresários da rede hoteleira, que registram um aumento de 30% a 40% de visitação turística para essa época. De acordo com a secretaria Adjunta de Turismo, o município vem trabalhando nos últimos anos divulgando a cidade, especialmente nas redes

sociais, como destino, despertando o interesse das pessoas em conhecer o município, que tem atrativos na cidade e na região serrana. O Carnaval 2018 conta com uma programação variada trazendo iniciativas privadas e públicas, sempre com apoio logístico da Prefeitura de Macaé. Além do Concurso de Boi Pintadinho, que vai até o dia 12, o Carnaval de Rua promete repetir o sucesso do ano passado, com participação de vários blocos, em diversos locais, co-

mo Atura Bebê, Bloco do Pecado, Bloco do Benê, Bloco do Chaplin's, entre outros. Na terça-feira (6), às 9h30, na Praça Veríssimo de Melo, será realizado o Baile de Máscaras da Saúde Mental e, às 14h, a 1° Tarde de Integração de 2018, no Centro de Convivência do Idoso (CCI). Na quinta-feira (8), o Baile de Carnaval da Guarda Sênior vai acontecer, também na praça Veríssimo de Melo, a partir das 15h. O Carnaval Macaé 2018 conta com apoio institucional do go-

verno municipal, pelas secretarias de Mobilidade Urbana, Ordem Pública, Saúde, Turismo, Serviços Públicos e Coordenadoria de Posturas. CALENDÁRIO TURÍSTICO

Gastronomia, esporte, cultura e cervejas incrementam a vida social e turística da cidade, que reúne seus eventos no calendário turístico divulgado em todo o país. Lançado no mês de janeiro, apresenta programação em

todos os meses do ano, com eventos gastronômicos, esportivos, culturais, cervejeiros, entre outros. "A iniciativa privada na área turística, a exemplo de outras cidades, consolida-se como de extrema importância, pelo fomento que possibilita a realização de eventos e iniciativas que garantem a ocupação na rede hoteleira não só para o turismo de negócios, mas também para o de lazer", ressalta o secretário de Turismo, Leonardo Anderson.

AFETOLOGIA - A CIÊNCIA DOS AFETOS por PAULO DE TARSO PEIXOTO

Paulo-de-Tarso de Castro Peixoto Compositor, pianista e arranjador / Graduado em Musicoterapia - CBM - RJ / Graduado em Filosofia - Unimes - Santos - SP / Pós-graduado em Educação, Currículo e Práticas Educativas - PUC - RJ / Pós-graduado em Psicopedagogia - UCAM - RJ / Especialista na Abordagem Gestáltica - Teresinha Mello da Silveira (RJ) Mestre e Doutor em Psicologia - UFF - Niterói - RJ / Pós-Doutorado em Filosofia - UFRJ e Université Paris-Est Créteil Val de Marne - Paris XII / Professor do Curso de Especialização em Saúde Mental e Atenção Psicossocial - LAPS-ENSP-FIOCRUZ / Professor do Curso de Pós-graduação em Humanidades na Contemporaneidade - UFRJ Macaé (RJ) / Professor do Curso de Pós-graduação em Psicologia Clínica na Abordagem Gestáltica - IPGL [sob a coordenação da PF. Dra. Teresinha Mello da Silveira].

SENTIR O INSTANTE Não ter tempo de sentir... E ela não tinha tempo de sentir... Atendendo uma pessoa após a outra, ela atendia seus pacientes a cada dez minutos. A sua chefia dizia: “é preciso produzir mais e mais...”. Ela percebeu que a cada dez minutos se deparava com vidas tão complexas, com tantas situações... Mas o tempo destinado a cada pessoa era tão pequeno. Seu coração começava a palpitar quando percebia que só faltavam dois minutos e era preciso ir se despedindo da pessoa à sua frente. Uma fila enorme esperava do lado de fora. Ela percebia que a pessoa diante dela queria falar mais. Mas o tempo destinado era o de dez minutos para cada pessoa. E assim ela se viciou em atender a cada dez

minutos. Ela nem precisava mais de relógio para marcar o tempo do atendimento. O tempo não era para sentir, mas, sim, era o tempo de produzir. Do seu vício de atender cada pessoa a cada dez minutos ela percebeu que o tempo em casa também tinha mudado. A atenção que antes era maior para os filhos já não era tanta... O tempo da produção começara a ser deslocado para outras situações da sua vida. Ela percebeu que desaprendera a sentir... O contato com as pessoas tornara-se frio e sem emoção. Um dia seu filho lhe pediu atenção, mas ela estava fazendo seus relatórios do trabalho. Ela leva sempre o trabalho para casa... De forma ríspida responde ao filho: “agora eu não tenho tempo... depois eu

vejo isso com você”. O marido de longe percebe a cena e acolhe o filho. A relação com seu marido já foi tão boa, mas trabalhar fora, dar conta de casa e ainda ter que atender uma fila imensa de pacientes no trabalho foi desgastando a relação. A paixão que antes era imensa se transformou numa outra coisa qualquer e ela nem mesmo sabe explicar. “Já nem sei o que sinto por meu marido...”. Sentir já não era mais uma qualidade tão dela. O vício em marcar a vida num tempo tão cronometrado passou a ser a sua forma tão natural de ser. Outro dia de trabalho. Em meio aos seus prontuários ela solicita uma outra paciente para entrar. A pessoa senta na cadeira a frente dela. Ela olha para o computador

com todas as anotações da paciente, olhando também para o prontuário. A paciente pergunta: “você é feliz trabalhando da maneira que você trabalha?”. Ela meio atônita com a pergunta fica em silêncio, meio sem saber o que falar. A paciente c o n t i n u a : “ vo c ê s e m pre atende olhando para papéis, para a tela do computador... você não olha pra mim...”. Ela pede desculpas, dando uma série de justificativas, fala sobre o tempo de atendimento que é limitado e outras coisas burocráticas. A paciente lhe diz: “que bom... pela primeira vez você olha pra mim e tenta sentir o que estou falando...”. Elas se despedem e uma outra pessoa é chamada a entrar na sala. Ela rapidamente fecha o seu computador e tenta

criar um outro caminho para receber a próxima pessoa. “Bom dia”, ela diz de forma expansiva. A paciente olhou meio estranho para ela e pergunta: “está tudo bem com a senhora doutora?!”. Ela pergunta porque e a paciente responde: “sei lá... a senhora está diferente de antes...”. Ela percebe que é possível fazer diferente com tão pouco... É possível transformar uma paisagem, um ambiente com tão pouco... O dia de trabalho chega ao fim. Ela chega em casa e a primeira coisa que faz é dar tempo ao tempo. Ela vai tomar um banho demorado e sentir a água descer pela nuca. Coisa que ela não faz há tanto tempo. Fazer as coisas de forma mecânica foi a forma encontrada para dar conta de tantas coi-

sas. Desaprender a sentir é o método que precisou aprender para estar neste mundo da produção, da competitividade, do reconhecimento pelas metas cumpridas. No entanto, o prejuízo afetivo vai se acumulando de pouco a pouco. Filho, marido, pessoas que ela atendia de forma padronizada, tudo isso fazendo da sua vida uma vida de isopor. Ela descobriu que a vida pode ser vivida de outras maneiras. Ela já sabia disso... mas esquecera. Agora é uma questão de sentir mais uma vez os encontros, se sentir parte deles e não deixar de viver o tempo de sentir as coisas, as pessoas, o mundo à sua volta, as coisas simples da vida. Abraços, Paulo-de-Tarso


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

VIP'S por ISIS MARIA

CADERNO DOIS

3

“Tenho dito estas palavras para que a minha alegria esteja em vocês e a alegria de vocês seja completa.” (JOÃO 15:11)

isismaria@odebateon.com.br

Empório Norte Sul abre suas portas e marca sucesso Numa noite repleta de beleza e simpatia, o Empório Norte Sul foi oficialmente inaugurado terça-feira (6). Tudo aconteceu

em meio a delicioso coquetel e ao som de música ao vivo comandada pela cantora Tininha Herlander e o pianista Mauri-

cio Fazz. Na oportunidade, os empresários Danielle Salgado e Verner Macedo recepcionaram os convidados e o público em ge-

ral, apresentando o novo empreendimento, que traz modernidade a Macaé e à região, ao colocar à disposição do consumidor

o que há de mais avançado no mercado de alimentos e bebidas. Realmente, merece destaque o Empório Norte Sul, justamente por

reunir em um só lugar tudo que o consumidor necessita, como mercearia, hortifruti, padaria, adega, delicatessen, açougue, entre outros. FOTOS AZUL LIMÃO RENATO MARTINS

Os empresários Danielle Salgado e Verner Macedo, super entusiasmados com o sucesso do Empório Norte Sul

Os convidados foram recepcionados com delicioso coquetel

Verner e Danielle sendo abraçados por Ruan Barreto, Juliana Lyra e Samuel

Verner recebendo Aloísio e esposa

A empresária Danielle junto à funcionária Priscila e à sogra Lidia, que dá o seu super apoio à empresa

A mãe de Danielle, Sabrina Salgado, e os avós Sonia Rocha e Adelmeyres Matos, levando muito carinho ao casal de empresários

Daniele e Gustavo marcaram presença na inauguração

Danielle junto aos músicos Mauricio Fazz e Tininha Herlander

CIGARRAS DE MACAÉ por AURORA RIBEIRO

Os irmãos do empresário Verner, Eric e Suen, com a amiga Raquel marcaram presença no evento

MENSAGEM DE FÉ por ROBSON OLIVEIRA

cigarrasmacae@gmail.com

CIGARRAS DAS MACAÉ - Neste sábado , 10 de fevereiro, quando nos aproximamos da maio festa popular, o Carnaval, apresentamos poesia de nossa saudosa e querida poetisa a mentora de nosso Coro das Cigarras, Laurita de Souza Santos Moreira:

Lenços Brancos

Era um rapaz muito trabalhador, mas os proLaurita de Souza Santos Moreira blemas com o seu pai eram muito grandes, e Dar asas a fantasia Carnaval, quanta euforia!... ele reclamava: Nos três dias de ilusão. É loucura, animação, - Meu pai, não deixa eu Abandonando a tristeza, Esquecer o dia a dia crescer, só permite que eu Mascarei -me de alegria Pra viver só de ilusão. trabalhe na operação e na Embriaguei-me de beleza Como é bom o Carnaval, execução, e não deixa eu Lança perfume e poesia. Andando com meu netinho, participar dos planejaVou repetir os refrões Nesta festa sem igual Das nossas velhas modinhas mentos e das estratégias Seguindo o Boi Pintadinho! Saídas aos borbotões Tem confete e serpentinas, da empresa. Quando o raDesta saudade só minha. Como os guizos da folia. paz estava mais velho, em Tira esta máscara agora, O riso da Colombina uma discussão com seu Outro dia vai raiar Mantém mais viva a magia... pai, resolveu sair de casa. Mostra seu rosto, Senhora, Vamos a roupa trocando, A sua mãe pediu: Carnaval vai acabar. Veste sua fantasia, - Meu filho, não vá. VoAcabou-se o Carnaval, O samba está esquentando... cês vão esquecer essa disFez-se em cinzas a folia, Vamos cair na folia! cussão, isso é passageiro. Desses dias sem igual Pirata e odalisca, O rapaz virou-se para a Foi-se embora a fantasia. Querem entrar no meu cordão mãe e disse: Carnaval chegou ao fim, Dele vai sair faísca - Vocês não me amam, Colombina, muito louca, De tamanha animação. ele não permite que eu Diz adeus ao Arlequim - Serei princesa ou varina? cresça, vou embora daBeijando o Pierrot na boca. - Eu serei o arlequim. qui. O rapaz montou seu Dos três dias de ilusão - Então serei colombina, próprio negócio e muitos O brilho... A luz se apagou. Pra você gostar de mim. anos se passaram. O rapaz De ressaca o folião Carnaval é rebeldia, se casou e teve seu primeiA quarta-feira chegou... Folia, libertação, ro filho. Um ano mais tarde, o rapaz teve mais um As Cigarras de Macaé, desejam a todos os macaenses um Carnaval alegre, onde a festa seja filho. Um dia, quando as sorrir, sorrir e só rir!!! crianças estavam brincigarrasmacae@gmail.com <mailto:cigarrasmacae@gmail.com> cando, o mais velho lhe fez Aurora Ribeiro Pacheco uma pergunta:

Carnaval Cinzas

- Papai, nós só conhecemos o vovô e a vovó, os pais da mamãe. Você não tem papai nem mamãe como nós? Naquele instante, o rapaz resolveu rever seus ideais. Foi tentar uma reaproximação com os pais. Então, escreveu uma carta: - Oi, papai, oi mamãe, aqui é o seu filho, eu me casei, tenho dois filhos, e eles querem conhecer vocês, não sei se depois desses longos anos vocês ainda têm vontade de me ver e também não sei se querem conhecer os seus netos. De qualquer forma, estou indo visitar vocês com minha família. Se quiserem me ver e conhecer os seus netos, coloquem um lençol branco na cerca ou no muro da sua casa, onde eu possa ver, porque estarei indo de trem, aquele que passa bem em frente da casa de vocês, assim eu saberei se posso chegar ou não. O rapaz fez todos os preparativos, arrumou as malas e

as crianças, pegou o trem, mas estava muito ansioso para rever seus pais. - Será que eles receberam a carta? Será que querem me ver? Será que querem conhecer os netos? Será que estão vivos? Quando chegaram numa estação anterior a de seu destino, o rapaz não conseguia mais se conter. Algumas lágrimas já teimavam em rolar pela face. A ansiedade aumentava. O trem partiu e o rapaz se pendurou na janela como fazia quando era criança. Estava louco para chegar. Com a voz trêmula e embargada falou para os filhos: - Após esta curva conseguiremos ver a casa do vovô e da vovó. O trem terminou a curva e eles conseguiram ver a casa. Estava cheia de lençóis brancos, nas cercas, nos muros e nas janelas. E o mais comovente, um casal de velhinhos acenando com lenços brancos para o trem. Foi uma imensa alegria!!!


4

CADERNO DOIS

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, a quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

FOLIA

Carnaval de Rua terá diversão para toda a família em Macaé A festa de Carnaval contará com concursos de Boi Pintadinho, Batalha de Confetes e blocos em diversos pontos da cidade

P

ensando na diversão com segurança e tranquilidade dos foliões que irão curtir os dias de Momo em Macaé, o secretário Adjunto de Turismo, Leonardo Anderson, se reuniu com representantes de órgãos municipais e do Estado para traçar os últimos detalhes da festa, que começa na quinta-feira (8) e segue até terça-feira (13) com apoio logístico da prefeitura. A festa de Carnaval contará com concursos de Boi Pintadinho, Batalha de Confetes e blocos em diversos pontos da cidade, incluindo a região serrana. O secretário destaca que o apoio logístico da prefeitura será para os organizadores que cumpriram o processo de legalização junto à Coordenadoria Especial de Posturas. - Queremos repetir o sucesso do Carnaval do ano passado, uma festa tranquila voltada para as famílias -, disse, contando que a rede hoteleira está com cerca de 90% de ocupação. Na área de segurança, um destacamento da Polícia Militar ficará instalado na praia do Cavaleiros, na esquina da rua Franklin Roosevelt e avenida Atlântica. Nos outros pontos, viaturas da PM e da Guarda Municipal (Grupamento de Apoio Operacional, Grupamento de Operações com Cães e Patrulha Comunitária) e Defesa Civil estarão atuando. A Guarda Municipal também dará apoio às ações de fiscalização de ambulantes.

Agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana vão garantir a fluidez do trânsito, com orientações aos motoristas, que deverão estar atentos à sinalização e ao estacionamento somente em locais permitidos. Equipes da Coordenadoria de Iluminação Pública da Secretaria de Infraestrutura estão fazendo a revisão da rede de iluminação nos locais onde haverá programação. Nos dias de festa, os profissionais estarão de plantão para atender qualquer eventualidade relacionada a programação carnavalesca. As unidades de emergência do município estão preparadas com todo seu efetivo de plantão. O Hospital Público Municipal (HPM), referência no atendimento de urgência, conta com 33 especialidades médicas e irá receber os casos mais graves. O Serviço Móvel de Emergência (192) também estará de plantão e poderá ser acionado para qualquer intercorrência, inclusive na região serrana. Além da área central, o serviço 192 funciona em quatro localidades da serra: Bicuda, Sana, Glicério e Trapiche, sendo esta última modelo intermediário/avançado, com suporte para pacientes graves. A prefeitura também irá instalar banheiros químicos nas orlas da Imbetiba, Cavaleiros e Pecado. Diariamente, a Secretaria de Infraestrutura fará a limpeza dos mesmos, bem como a coleta do lixo.

A programação do Carnaval de Rua promete agradar pessoas de todas as idades. Serão vários blocos, em diversos locais, como Atura Bebê, Bloco do Pecado, Bloco do

Benê, Bloco do Chaplin's, Bloco Galo da Meia Noite, Bloco Mirafolia, entre outros. O Carnaval Macaé 2018 conta com apoio institucional do gover-

no municipal, pelas secretarias de Mobilidade Urbana, Ordem Pública, Saúde, Infraestrutura; as Adjuntas de Turismo, Segurança, Defesa Civil, Serviços Públicos,

CINEMA Paddington 2 Animação, Comédia ● CLASSIFICAÇÃO: Livre ● HORÁRIOS (2D DUB): 14h, 15h20, 17h30 ● SINOPSE: Após ser adotado pela família Brown, Paddington ganhou muita popularidade na comunidade de Windsor Gardens. No aniversario de 100 anos de sua tia Lucy, esse simpático ursinho sai em busca do presente perfeito e acaba encontrando um livro único na loja de antiguidades do senhor Gruber. Paddington se submete a uma série de trabalhos bizarros para poder comprá-lo, e quando o livro é roubado, ele e sua família farão de tudo para encontrar o ladrão. ● GÊNEROS

Todo Dinheiro do Mundo Suspense, Drama 16 anos ● HORÁRIOS (2D DUB): 17h (2D LEG): 19h30, 21h55 ● SINOPSE: Itália, 1973. John Paul Getty III (Charlie Plummer) é o neto favorito do magnata do petróleo J. Paul Getty (Christopher Plummer), um dos primeiros bilionários da história da humanidade. O sequestro do rapaz coloca a sua mãe, Gail Harris (Michelle Williams), em uma corrida desesperada para convencer o ex-sogro a pagar o resgate milionário do filho. Frio, manipulador e mesquinho, Getty irá encarregar o ex-espião ● GÊNEROS

● CLASSIFICAÇÃO:

Comunicação, Alta e Média Complexidade, Coordenadoria de Posturas e do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através do 32° Batalhão de Polícia Militar.

Programação de Cinema de 1 a 7 de fevereiro Fletcher Chase (Mark Wahlberg), seu homem de confiança, de descobrir quem e o que está por trás do crime, solucionando o problema sem o desperdício de nenhum centavo de sua fortuna.

Maze Runner - A Cura Mortal ● GÊNEROS Ficção científica, Aven-

tura anos (3D DUB): 16h30, 22h (2D DUB): 19h20 (3D LEG): 21h30 ● SINOPSE: No terceiro filme da saga, Thomas (Dylan O' Brien) embarca em uma missão para encontrar a cura para uma doença mortal e descobre que os planos da C.R.U.E.L podem trazer consequências catastróficas para a humanidade. Agora, ele tem que decidir se vai se entregar para a C.R.U.E.L e confiar na promessa da organização de que esse será seu último experimento. ● CLASSIFICAÇÃO:12 ● HORÁRIOS

The Post - A Guerra Secreta Drama, Suspense ● CLASSIFICAÇÃO; 12 anos ● HORARIOS (2D LEG): 18h, 22h10 ● SINOPSE: Kat Graham (Meryl Streep) é a dona do The Washington Post, um jornal local que está prestes a lançar suas ações na Bolsa de Valores de forma a se capitalizar e, consequentemente, ganhar fôlego financeiro. Ben Bradlee (Tom Hanks) é o editor● GÊNEROS

chefe do jornal, ávido por alguma grande notícia que possa fazer com que o jornal suba de patamar no sempre acirrado mercado jornalístico. Quando o New York Times inicia uma série de matérias denunciando que vários governos norte-americanos mentiram acerca da atuação do país na Guerra do Vietnã, com base em documentos sigilosos do Pentágono, o presidente Richard Nixon decide processar o jornal com base na Lei de Espionagem, de forma que nada mais seja divulgado.

Sem Fôlego 10 anos (2D LEG): 21h50 ● SINOPSE: Gunlint, Minnesota, 1977. Ao atender um telefonema, o garoto Ben (Oakes Fegley) é atingido pelo reflexo de um raio, que caiu bem em sua casa. Esta situação faz com que seja levado a um hospital em Nova York, onde descobre que não consegue mais ouvir um som sequer. Em 1927, a jovem surda Rose (Millicent Simonds) foge de sua casa em Nova York para encontrar sua mãe, a consagrada atriz Lillian Mayhew (Julianne Moore). A vida destes dois garotos que não conseguem mais ouvir está interligada a partir de um livro de curiosidades, que os leva ao Museu de História Natural. ● CLASSIFICAÇÃO: ● HORÁRIOS

Sobrenatural A Última Chave ● GÊNERO

Terror

gerando uma extraordinária reunião familiar.

● CLASSIFICAÇÃO:

O Touro Ferdinando

● HORÁRIO

● GÊNEROS

14 anos (2D DUB): 20h15 ● SINOPSE: Elise Rainier (Lin Shaye) é chamada para resolver o caso de uma assombração no Novo México. O que seria apenas mais um caso ganha ares especiais quando Elise descobre que a atividade sobrenatural está acontecendo justamente na casa em que ela passou a infância. Enquanto tenta resolver o caso do morador de sua antiga casa, ela será obrigada a confrontar vários fantasmas e demônios de sua infância, alguns literais. Ao lado de Specs (Leigh Whannell) e Tucker (Angus Sampson), Elise se depara com seu caso mais pessoal.

Viva - A Vida é uma Festa ● GÊNEROS

Animação, Aventura,

Fantasia Livre (2D DUB): 14h40 ● SINOPSE: Miguel é um menino de 12 anos que quer muito ser um músico famoso, mas ele precisa lidar com sua família que desaprova seu sonho. Determinado a virar o jogo, ele acaba desencadeando uma série de eventos ligados a um mistério de 100 anos. A aventura, com inspiração no feriado mexicano do Dia dos Mortos, acaba ● CLASSIFICAÇÃO: ● HORÁRIOS

Animação, Comédia,

Aventura Livre ● HORÁRIOS (3D DUB): 14h10 (2D DUB): 16h, 19h40 ● SINOPSE: Ferdinando é um touro com um temperamento calmo e tranquilo, que prefere sentar-se embaixo de uma árvore e relaxar ao invés de correr por aí bufando e batendo cabeça com os outros. A medida que vai crescendo, ele se torna forte e grande, mas com o mesmo pensamento. Quando cinco homens vão até sua fazenda para escolher o melhor animal para touradas em Madri, Ferdinando é selecionado acidentalmente.

para dentro do universo fictício, transformando-se nos avatars escolhidos.

Fala Sério Mãe Comédia Nacional 10 anos ● HORÁRIO (2D): 15h ● SINOPSE: Ângela Cristina (Ingrid Guimarães), mãe da adolescente Maria de Lourdes (Larissa Manoela), está tendo a experiência de guiar sua filha durante uma das fases mais complicadas da vida. Ela vive uma montanha-russa de emoções, com medos, frustrações e um caminhão de queixas para descarregar. Por outro lado, Malu, como prefere ser chamada, também tem suas insatisfações. Embora teimosa, sofre com os cuidados excessivos e com o jeito conservador da mãe. ● GÊNERO

● CLASSIFICAÇÃO:

● CLASSIFICAÇÃO:

Jumanji - Bem-vindo a Selva

● GÊNEROS

Extraordinário Drama, Família 10 anos ● HORÁRIOS (2D DUB): 19h40 ● SINOPSE: Auggie Pullman (Jacob Tremblay) é um garoto que nasceu com uma deformação facial, o que fez com que passasse por 27 cirurgias plásticas. Aos 10 anos, ele pela primeira vez frequentará uma escola regular, como qualquer outra criança. Lá, precisa lidar com a sensação constante de ser sempre observado e avaliado por todos à sua volta.

● GÊNEROS

Fantasia, Ação ● CLASSIFICAÇÃO: 12 anos ● HORÁRIOS (2D DUB): 16h50 (3D DUB): 19h10 ● SINOPSE: Quatro adolescentes estão jogando um videogame cuja ação se passa numa floresta. Eles escolhem avatars para a aventura (intepretados por Dwayne Johnson, Karen Gillan, Jack Black e Kevin Hart). Mas um evento inesperado faz com que os jogadores sejam transportados

● CLASSIFICAÇÃO:

tas fritas, pizzas, caldos, tortas, bolos, doces, acarajé, churrasco, empadas e outros. A feira vem atraindo a presença de um público crescente a cada semana, recebendo moradores e convidados, sendo considerada uma excelente opção para famílias e amigos. ● SERVIÇO: Feira Gastronômica Artesanal do Mirante da Lagoa ● LOCAL: Mirante da Lagoa ● DATA: todas as quintas-feiras ● HORÁRIO: a partir das 19h

Anônimos tem por base os 12 passos, que propõem um programa de vida plena de amor e felicidade e as 12 tradições, que propõem uma convivência harmoniosa com todas as outras pessoas. ● SERVIÇO: Programa de Recuperação de Neuróticos Anônimos ● DATA: Aos domingos ● HORÁRIO: das 17h às 19h ● LOCAL: Paróquia São João Batista - Rua Prefeito Moreira Neto, 72 - 3º Andar ● INFORMAÇÕES: telefone (22) 99229-1945 (Claro) / 997995649 (Vivo) / e-mail podersuperior12@gmail.com

AGENDA CULTURAL Festa para a criançada nova atração do Shopping Plaza Macaé é a folia carnavalesca infantil, que vai rolar no final de semana de 10 e 11 de fevereiro. O Bailinho Carnavalesco acontece das 16h às 20h, na entrada lateral dos bancos, sendo animado por uma banda de marchinhas carnavalescas, e transcorrendo em meio a distribuição de brindes e outras brincadeiras. Os pequenos foliões devem participar da festa fantasiados, já que haverá um concurso de fantasias. A grande novidade deste ano é a presença da Cia Chirulico e da animação da Mari Faz de Conta. Os pets também serão bem-vindos, por isso não deixe de caprichar na fantasia do bichano de quatro patas! A entrada é gratuita. ● SERVIÇO: Bailinho de Carnaval no Shopping Plaza Macaé ● DATA: no final de semana de 10 e 11 de fevereiro ● LOCAL: na entrada lateral dos ●A

bancos do Shopping Plaza Macaé ● HORÁRIO: das 16h às 20h ● ENTRADA franca

Curso de Teatro ● ESTÃO abertas as inscrições para

o Curso de Teatro para Crianças e Adolescentes na Sociedade Musical Lyra dos Conspiradores - Rua do Sacramento, 63 - Imbetiba. O evento é uma realização do Organogruteatral, com a proposta de descobrir o artista que existe em cada participante. As vagas são limitadas. ● SERVIÇO: Curso de Teatro para Crianças e Adolescentes ● LOCAL: Sociedade Musical Lyra dos Conspiradores - Rua do Sacramento, 63 - Imbetiba ● INFORMAÇÕES: 99943-1552

Feira de Agricultura Familiar ● VISANDO beneficiar tanto os pro-

dutores quanto a comunidade com os produtos de qualidade,

acontece a 1ª Feira de Agricultura Familiar e Economia Solidária do Município de Macaé. O evento abre uma nova oportunidade de bons negócios na cidade. A Feirinha é realizada semanalçmente, toda quarta-feira das 6h às 13h na Praça do Bairro da Glória, reunindo agricultores da cidade e região, e oferecendo seus excelentes produtos do município e região, numa promoção da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Município de Macaé, Coopmac. A Diretora Financeira e de Administração, Miria Marins, esclarece que a proposta deste evento é proporcionar maior renda aos produtores, e promover o escoamento de suas mercadorias, oferecendo melhor qualidade aos consumidores. ● SERVIÇO: Feira de Agricultura Familiar ● LOCAL: Praça do Bairro da Glória ● DATA: toda quarta-feira ● HORÁRIO: das 6h às 13h

Feirinha do Horto terceiro ano consecutivo acontece a Feirinha do Horto, que se tornou um local de boa música, comidas gostosas e encontro de amigos. O evento é realizado toda quinta-feira, a partir das 18h30, oferecendo yakisoba, vatapá, churrasquinhos, batata frita, cachorro quente, caldos, pastéis, doces, bebidas e artesanato. ● SERVIÇO: Feirinha do Horto ● DATA: toda quinta-feira ● HORÁRIO: a partir das 18h30 ● LOCAL: Village do Horto ● OUTRAS informações: (22) 99957-5299 ● PELO

Feira do Mirante acontece a Feira Gastronômica Artesanal do Mirante da Lagoa marcando pleno sucesso. O evento é realizado às quintas-feiras, a partir das 19h, com talentos locais, transcorrendo em meio a diversas barracas com pastéis, bata-

● SEMANALMENTE,

Neuróticos Anônimos com depressão, solidão, raiva, ansiedade, timidez, insônia, ciúmes, pânico e estresse? Procure o Neuróticos Anônimos, através do Grupo Conviver e Reviver, que funciona na Rua Prefeito Moreira Neto, 72 - 3º Andar - Paróquia São João Batista. As reuniões acontecem aos domingos, de 17h às 19h. O Programa de Recuperação de Neuróticos

● PROBLEMAS

Aion Ville aos bons momentos, quem não conhece deve conhecer o espaço Aion Ville, no Mar do Norte, para agradáveis horas de lazer e de festas, além de treinamentos especiais para funcionários de empresas. Informações tel. 2762-1037.

● ALIADO

Edição 9494 10 11 12 13 14 15 02 2018  
Edição 9494 10 11 12 13 14 15 02 2018  
Advertisement