Issuu on Google+

Título: Vendas de autos crescem 5,9% Autor: Coluna: NEGÓCIOS Nome do Veículo: DIÁRIO DO NORDESTE Cidade: FORTALEZA País: BRASIL Data de Capa: 03/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: JORNAL Página: 7 Estado: CE Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Fiat lidera em venda de veículos Autor: Coluna: ECONOMIA Nome do Veículo: A CIDADE Cidade: RIBEIRÃO PRETO País: BRASIL Data de Capa: 03/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: JORNAL Página: B1 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Para atingir meta, venda de carro tem de crescer 6% até dezembro Autor: Folhapress Coluna: NACIONAL Nome do Veículo: GAZETA DE LIMEIRA Cidade: LIMEIRA País: BRASIL Data de Capa: 03/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: JORNAL Página: 8 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Nordeste Auto Show Autor: Coluna: VEÍCULOS Nome do Veículo: O POVO Cidade: FORTALEZA País: BRASIL Data de Capa: 08/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: JORNAL Página: 22 Estado: CE Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: 16 mil desligamento neste ano Autor: Osvaldo Henrique Coluna: ECONOMIA Nome do Veículo: JORNAL DO COMMERCIO Cidade: MANAUS País: BRASIL Data de Capa: 08/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: JORNAL Página: A5 Estado: AM Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


1 de 1

http://vp.virtualpaper.com.br/jcam

9/10/2013 13:51


Título: Vendas de veículos novos em Minas têm redução de 2,89% Autor: Rafael Tomaz Coluna: ECONOMIA Nome do Veículo: DIÁRIO DO COMÉRCIO Cidade: BELO HORIZONTE País: BRASIL Data de Capa: 02/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: JORNAL Página: 3 Estado: MG Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Vendas de veículos reduzem, mas resultado será recorde este ano Autor: Coluna: VEÍCULOS Nome do Veículo: FOLHA DE PERNAMBUCO Cidade: RECIFE País: BRASIL Data de Capa: 07/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: JORNAL Página: 6 Estado: PE Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Ford cola na VW e está perto do 2º lugar no ranking global Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: EXAME Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 09/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Montadoras 09/10/2013 11:43

Ford cola na VW e está perto do 2º lugar no ranking global Montadora americana tem diminuído distância da rival alemã em número de unidades vendidas em todo mundo. Ela já roubou da GM a terceira posição

São Paulo – A Toyota segue como maior montadora do mundo. Segundo dados da Jato Dynamics do Brasil, em agosto, a companhia japonesa somou vendas de 517.125 unidades. A Volkswagen Daniela Barbosa, de permanece com a segunda posição, mas a Ford, que já roubou da General Motors o terceiro lugar, tem diminuído a distância agora da rival alemã e está cada vez mais próxima da segunda posição no ranking global de vendas. A diferença em vendas que separou as duas montadoras, em agosto, é de pouco mais de 27.000 unidades. A Volks vendeu 449.925 carros, já a Ford comercializou 422.583 automóveis em todo o mundo. Um ano atrás, a distância entre elas era de mais de 90.000 unidades. No período, as vendas da VW caíram 4,7% e as da Ford cresceram 10,9% na comparação com 2012. Diferente das conterrâneas General Motors e Chrysler, que precisaram pedir apoio do governo americano durante a crise de americana de 2008, a Ford, na época, rejeitou qualquer tipo de apoio e os números atuais de vendas confirmam o que a companhia já tinha afirmado no passado: de que tinha liquidez suficiente para financiar qualquer plano de reestruturação e se manter de pé no mercado. No Brasil, a montadora americana segue como quarta maior, com vendas de quase 28.500 unidades em setembro e participação de mercado de 9,6%, de acordo com dados da Fenabrave. As vendas da Ford cresceram 14,8% no mês passado em relação ao mesmo período do ano anterior por aqui. O ano da Ford No segundo trimestre do ano, a Ford registrou lucro 15% maior, atingindo 1,2 bilhão de dólares, e vendas quase 20% mais altas na comparação com o mesmo período de 2012. A receita da companhia totalizou 38,1 bilhões de dólares, montante que a aproximou de sua principal rival no mercado americano, a General Motors, que por somou vendas de 39,1 bilhões de dólares. A Ford atribuiu ao bom desempenho uma série de fatores, entre eles, o sucesso de modelos estratégicos, como o utilitário Escape. O crescimento das vendas na Ásia e América do Sul também ajudou a montadora no período, principalmente porque os números conquistados nessas regiões compensaram as perdas recorrentes no mercado europeu. Veja, a seguir, as 10 montadoras que mais venderam carros no mundo em agosto, segundo dados da Jato Dynamics: Montadoras Vendas agosto/13Vendas agosto/12VariaçãoAcumulado do ano Toyota 517.125 516.765 0,10% 4.243.696 Volkswagen449.925 472.209 -4,70% 3.867.816 Ford 422.583 381.210 10,9 3.522.812


Chevrolet Honda Nissan Hyundai Kia Fiat Wuling

394.477 335.119 314.440 301.510 177.731 120.625 113.533

395.624 296.747 297.783 261.194 167.054 148.501 101.440

-0,30% 2.955.953 12,90% 2.440.622 5,60% 2.595.811 15,40% 2.492.630 6,40% 1.459.713 -18,80% 1.149.899 11,90% 955.108


Título: MT registra queda de 6% na venda de veículos em setembro Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: SÓ NOTÍCIAS Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 09/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


09:05:07

Quinta-feira, 10 de Outubro de 2013

ECONOMIA 09 de Outubro de 2013 - 08:49

MT registra queda de 6% na venda de veículos em setembro Fonte: Só Notícias com assessoria

Mato Grosso contabilizou 9.875 veículos emplacados em setembro. O número registra queda de 6,1% comparado ao mês anterior, quando foram comercializados 10.522 veículos. Se comparado com o mesmo período do ano passado, houve um crescimento significativo de 17,5% nas vendas, que registraram apenas 8.398 emplacamentos em 2012. Para o presidente da Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores de Mato Grosso (Fenabrave-MT), Manoel Guedes, a queda nas vendas em relação a agosto teve a influência de recentes acontecimentos, como é o caso da greve bancária. "O consumidor está encontrando dificuldades nos financiamentos em razão da greve dos bancários, e também porque os próprios bancos estão mais seletivos na análise de cadastros. Outro ponto que é importante destacar é que esse mesmo consumidor também tem agido com mais moderação, evitando assim o endividamento". O balanço mensal da Fenabrave-MT revelou que no acumulado do ano, o Estado ainda segue positivo 5,9% em relação ao ano anterior. Até o momento, 90.048 emplacamentos foram registrados, contra 84.998 do ano de 2012. O segmento que apresentou aumento nas vendas foi o de comercial leve (caminhonetes), com 1.829 veículos vendidos em setembro, contra 1.783 em agosto. A alta registrada foi de 2,5%. Para Guedes, o agronegócio é o grande responsável pelo crescimento. "Os números refletem a demanda das fazendas e de todo o setor de agronegócio que impulsiona o país e principalmente Mato Grosso". Apesar dos números negativos que registraram retração de 9,8%, os automóveis ainda continuam sendo o segmento com maior número de vendas, totalizando 3.538 unidades emplacadas em setembro contra 3.926 do mês anterior. "O automóvel ainda é o grande sonho do brasileiro, tanto em relação à compra do primeiro carro, quanto a troca do veículo usado pelo novo", pontuou Guedes. Em contrapartida, as motos continuam apresentando baixos números de vendas. Em setembro 3.986 motocicletas foram vendidas contra 4.380 em agosto, fechando o mês com retração de 9%. Cuiabá segue na liderança das cidades mato-grossenses que mais comercializaram veículos em setembro. Ao todo, 2.815 unidades foram emplacadas, número considerado baixo 3,6% em relação a agosto, que contabilizou 2.921 vendas. A média nacional também registrou queda de 5,8%. Ao todo 309.879 veículos foram emplacados em todo o país no mês de setembro. Já em agosto, 329.202 unidades foram comercializadas. O acumulado do ano soma 2.780.330 de veículos vendidos.

Compartilhe:

Pesquisar


Título: Venda de veículos em MT registra queda de 6,1% Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: MATO GROSSO NOTÍCIAS Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 09/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Quarta, 09 de outubro de 2013, 16h59 EM SETEMBRO

Venda de veículos em MT registra queda de 6,1% Se comparado com o mesmo período do ano passado, houve um crescimento significativo de 17,5%

Assessoria Mato Grosso contabilizou 9.875 veículos emplacados no mês de setembro. O número registra queda de 6,1% comparado ao mês anterior, quando foram comercializados 10.522 veículos. Se comparado com o mesmo período do ano passado, houve um crescimento significativo de 17,5% nas vendas, que registraram apenas 8.398 emplacamentos em 2012. Para o presidente da Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores de Mato Grosso (Fenabrave-MT), Manoel Guedes, a queda nas vendas em relação ao mês de agosto teve a influência de recentes acontecimentos, como é o caso da greve bancária. “O consumidor está encontrando dificuldades nos financiamentos em razão da greve dos bancários, e também porque os próprios bancos estão mais seletivos na análise de cadastros. Outro ponto que é importante destacar é que esse mesmo consumidor também tem agido com mais moderação, evitando assim o endividamento”, pontuou o presidente. O balanço mensal da Fenabrave-MT revelou que no acumulado do ano, o Estado ainda segue positivo 5,9% em relação ao ano anterior. Até o momento, 90.048 emplacamentos foram registrados, contra 84.998 do ano de 2012. O segmento que apresentou aumento nas vendas foi o de comercial leve (caminhonetes), com 1.829 veículos vendidos em setembro, contra 1.783 em agosto. A alta registrada foi de 2,5%. Para Guedes, o agronegócio é o grande responsável pelo crescimento. “Os números refletem a demanda das fazendas e de todo o setor de agronegócio que impulsiona o país e principalmente Mato Grosso”. Apesar dos números negativos que registraram retração de 9,8%, os automóveis ainda continuam sendo o segmento com maior número de vendas, totalizando 3.538 unidades emplacadas em setembro contra 3.926 do mês anterior. “O automóvel ainda é o grande sonho do brasileiro, tanto em relação à compra do primeiro carro, quanto a troca do veículo usado pelo novo”, pontuou Guedes. Em contrapartida, as motos continuam apresentando baixos números de vendas. Em setembro 3.986 motocicletas foram vendidas contra 4.380 em agosto, fechando o mês com retração de 9%.


Cuiabá segue na liderança das cidades mato-grossenses que mais comercializaram veículos em setembro. Ao todo, 2.815 unidades foram emplacadas, número considerado baixo 3,6% em relação a agosto, que contabilizou 2.921 vendas. A Cidade Industrial também não tem registrado bons números. Em setembro apenas 851 veículos foram emplacados, contra 931 em agosto. Mas a maior queda foi apontada na cidade de Sorriso, com retração de 21,8%. Em setembro o município emplacou 265 veículos, contra 339 unidades em agosto. “Várzea Grande está passando por diversas interdições geradas pelas obras do VLT na principal via da cidade, onde se concentram quase que 100 % dos concessionários de veículos. Já em Sorriso, as preparações para o plantio da nova safra estão fazendo vendas recuarem”, concluiu o presidente da Fenabrave-MT. NACIONAL A média nacional também registrou queda de 5,8%. Ao todo 309.879 veículos foram emplacados em todo o país no mês de setembro. Já em agosto, 329.202 unidades foram comercializadas. O acumulado do ano soma 2.780.330 de veículos vendidos.

Fonte: Mato Grosso Notícias Visite o website: http://www.matogrossonoticias.com.br/


Título: Teste: Chevrolet Trailblazer leva sete pessoas com conforto e disposição de sobra Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: CARSALE Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 09/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Assine 0800 703 3000 SAC Bate-papo

E-mail Notícias Esporte Entretenimento Mulher Shopping

Siga @carsale_brasil

+55 Recommend this on Google

09/10/2013 | 15:17

Canal de Avaliação

Teste: Chevrolet Trailblazer leva sete pessoas com conforto e disposição de sobra SUV derivado da picape S10 teve o motor reconfigurado paradesenvolver 20 cv a mais e ganhou sistema MyLink; preço parte de R$ 162.690

Busca de Notícias

BUSCAR

Palavras Chave

Central de Atendimento Carsale - (11) 3274 5900 O que é o Carsale Publicidade Expediente Fale conosco Classificados Explorador Mega Ofertas Ford

Autor: Guilherme Silva/Foto: Giovanna Consentini

Tweet

Fotos

Fórum

A Chevrolet Trailblazer foi lançada no mercado brasileiro em novembro de 2012 com a dura missão de substituir a bem-sucedida e polivalente Blazer. O modelo foi desenvolvido no Brasil, com a parceria de engenheiros da General Motors da Tailândia, dentro do projeto global da atual geração da picape S10. Diferentemente da Blazer – famosa pela imagem de veículo destinado ao trabalho, especialmente por ainda fazer parte da frota de diversas forças policiais do País – o Trailblazer foi criado para atender especificamente à exigência de um novo tipo de consumidor: famílias grandes, endinheiradas e fãs de utilitários fartos em espaço interno e equipamentos. Por isso a Chevrolet aposta na oferta de sete lugares e uma generosa lista de itens de série. O novo jipão da Chevrolet disputa espaço no segmento de utilitários esportivos médios, atualmente dominado pelo Toyota Hilux SW4, fabricado na Argentina. A Mitsubishi concorre na categoria com o Pajero Dakar, montado em Catalão-GO. Disponível em configuração única e completa, a LTZ, o Trailblazer é oferecido em duas motorizações: 3.6 V6 a gasolina (R$ 136.100) e 2.8 turbodiesel (parte de R$ 162.690), esta última testada pelo Carsale. Ambas são equipadas com o câmbio automático de seis velocidades e sistema de tração nas quatro rodas com reduzida.

Editorial Notícias Blog Segredos Testes Lançamentos Mercado Saiba Mais Interativo Enquete Fórum Opinião do Dono Papel de parede Multimídia Galerias de fotos Vídeos Saiba Mais Guia do Motorista Explorador Opinião do Dono Carsale Corretora Dicas e Serviços Calendários Licenciamento Recall

Av do Estado, 5200, CEP: 01516-000, São Paulo - SP --- Copyright 2000-2013 Carsale.com.br Todos os direitos reservados


Canais Últimas Notícias

Lançamentos

Testes e Avaliações

Alta Rodagem

Segredos

Carros Verdes

Mais equipamentos e mais cavalos Embora seja um novato no mercado, o Trailblazer recebeu no final de agosto as suas primeiras modificações, deixando a linha 2014 mais competitiva frente à concorrência. Do lado de dentro, o SUV recebeu como novidade o sistema multimídia MyLink – que estreou no compacto Onix e agora está presente nas linhas Cobalt, Prisma e Spin – com novas funções, como leitorde CD e DVD e GPS integrado. Mas a principal novidade ficou por conta de um “upgrade” no motor movido a diesel, que recebeu um coletor de admissão de plástico (antes era de alumínio), nova injeção de combustível, pistões redesenhados e um novo sistema de recirculação de gases. O trabalho da engenharia da GM surtiu efeito: agora o propulsor passa a entregar 20 cv e 3,1 kgfm de torque a mais. A unidadede força reconfigurada rende 200 cv e 50,1 kgfm a 2 mil rpm. Mercado De acordo com o relatório da Federação Nacional da Distribuiçãode Veículos Automotores (Fenabrave), o Trailblazer teve 263 unidades comercializadas no mês passado, totalizando 2.219 emplacamentos entre janeiro e setembro. Os números ficaram bem abaixo do principal rival, o Toyota SW4: 756 vendas em setembro e 8.612 no acumulado dos primeiros nove meses de 2013.

Últimas Notícias Meriva ganha tapa no visual e novo motor EUA lideram as vendas de veículos em agosto Próxima geração do Volkswagen Up! será maior Ford Mustang inspira mesa de bilhar nos EUA Vazam as primeiras imagens oficiais do BMW Série 4 conversível Ford comemora os 100 anos da primeira linha de montagem Hyundai lança nos EUA a última renovação da atual geração do Sonata + Notícias

Conforto e robustez de sobra Produzido na cidade paulista de São José dos Campos, o Chevrolet Trailblazer tem estrutura desenvolvida para suportar com maior robustez as torções estruturais impostas por situações críticas de terrenos acidentados (dificilmente enfrentados por quem paga mais de R$ 160 mil por um automóvel). A carroceria é montada sobre chassi e as suspensões, independentes na dianteira e traseira, garantem uma altura em relação ao solo de bons 23,2 centímetros, além de conforto mesmo em pisos mais castigados. Medindo 4,87 metros de comprimento, 1,84 m de altura, 1,90 mde largura (sem contar os espelhos externos), o SUV oferece ótimo espaço interno por conta dos seus 2,84 m de distância entre-eixos. O modelo não lembra em nada a antiquada Blazer, que castigava os passageiros do banco traseiro, que quase se espremiam para acomodar as pernas no exíguo vão atrás dos assentos dianteiros.

href=http%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fp


Publicidade

No banco traseiro do Trailblazer três pessoas de até 1,80 mde altura viajam com conforto, sem precisar dobrar demais os joelhos. Já a terceira fileira, localizada no compartimento de bagagens, ao contrário do que muita gente acredita, pode acomodar dois passageiros de até 1,70 m com conforto igual ou superior ao da maioria das classes econômicas das principais empresas aéreas que operam no País. O porta-malas acomoda apenas 205 litros de bagagem se todos os bancos estiverem sendo utilizados, mas a capacidade sobe para 878 litros s ea última fileira for rebatida.

Veja Também:

Testes e Avaliações Teste: Mercedes-Benz B200 Turbo Sport leva a família com conforto de minivan e jeito de hatch 25/09/2013

Apesar de sair de fábrica bem equipado -- direção hidráulica, ar-condicionado digital, sistema MyLink, interior revestido em couro, banco do motorista com regulagem elétrica, retrovisor interno fotocrômico, sensor de estacionamento traseiro, faróis de neblina, freios com ABS (antitravamento) e EBD (distribuidor de frenagem), airbags frontais, laterais e cortina, controles de estabilidade, tração e de velocidade em descidas, sistemas de partida em aclives e anticapotamento, entre outros --, o Trailblazer decepciona um pouco pelo fato de o acabamento interno (predominado por plástico duro) não condizer com a proposta e o preço do utilitário.

Versão topo de linha do monovolume alemão vai para a pista de testes; modelo compartilha a plataforma e o motor 1.6 turbo com o hatch Classe A

Teste: BMW 125i M Sport é Série 1 com visual agressivo e comportamento refinado 19/09/2013

Cavalaria dócil O primeiro contato com o SUV foi no complicado trânsito de São Paulo, deixando claro que o ambiente urbano não é o seu habitat (apesar de muitos donos de utilitários utilizarem os seus veículos majoritariamente em cidades). Embora o motor entregue toda a sua força logo a 2 mil rpm, o Trailblazer parece um peixe fora d’água ao tentar mover os seus quase 5 metros de comprimento em meio ao mar de automóveis. No entanto, o conforto interno e o sistema MyLink ajudam a amenizar o anda e para dos congestionamentos.

Equipado com motor 2.0 turbo de 218 cv e pacote da divisão M, hatch de R$ 169.950 apela à esportividade para conquistar público mais jovem e endinheirado

Teste: Com motor 2.0, líder Honda Civic LXR cobra caro pelo conjunto 17/09/2013

Sedã médio retomou a liderança do segmento após receber a nova motorização no começo do ano; versão intermediária custa salgados R$ 74.490

Teste: JAC renova visual e acabamento do J3, mas deixa de dar atenção ao motor 03/09/2013

Melhorias estéticas deixam o hatch de R$ 35.990 mais atraente, mas fabricante esquece de dar um tapa no conjunto mecânico


16/08/2013

Teste: Kia Cerato renovado foge da caretice do segmento dos sedãs e vai bem com motor 1.6 Levamos a versão topo de linha equipada com câmbio automático para a pista de testes; avaliação traz números de desempenho dos concorrentes

Toyota RAV4 4x2 vai para a pista de testes

16/07/2013

Teste: VW cobra caro pela roupa do Gol Rallye

Quando há espaço para deslanchar, o Trailblazer não decepciona e embala com facilidade. Na estrada, retomadas são feitas quase sempre sem a necessidade de reduzir as marchas. As trocas são feitas com suavidade pela caixa que opera em sintonia com o motor. Rodando a 100 km/h o jipão tem rodar suave graças ao sistema de suspensão bem acertado e pneus de uso misto de medidas 265/60 R18, que calçam rodas de liga leve de 18 polegadas.O consumo registrado pelo computador de bordo não superou os 7 km/l, com o ar-condicionado ligado a maior parte do tempo.

Versão de entrada da nova geração do utilitário da Toyota tem mecânica equilibrada, mas cobra R$ 96.900 por pacote de equipamentos modesto para a faixa de preços

11/07/2013

Versão aventureira equipada com a transmissão automatizada I-Motion encara a pista de testes; modelo é o mais caro da linha Gol e parte de R$ 48.800

Fiat 500 Cabrio cobra menos para mostrar o céu 28/06/2013

Simpático italiano feito no México é o conversível mais barato à venda no Brasil; preço parte de R$ 60.200

Teste: Compactos, turbinados e descolados

26/06/2013

Punto T-Jet, DS3 e A1 vão para a pista de testes mostrar o que hatches compactos com motores pequenos, sobrealimentados e potentes são capazes de fazer

BMW X1 sDrive20i é um autêntico crossover

17/06/2013

Nissan March SR: foguete por menos de R$ 40 mil

Publicidade

Dos Criadores de Corolla Toyota Etios 2014. Em breve na sua garagem. EtiosToyota.​ c om.​ br

Encontre seu Carro na OLX Fiat,Volks,Chevrolet,Ford e mais Ótimos preços! Contate o vendedor w w w .​ OLX.​ c om.​ br

E-book é no iba Grandes títulos a partir de R$1,99. Descubra uma nova maneira de ler. iba.​ c om.​ br

Veja abaixo a galeria de fotos:

Ver todas as fotos

Entre ser perua, utilitário ou hatch, modelo da marca alemã fica com todas as opções disponíveis

28/05/2013

Versão topo de linha do compacto mexicano oferece bom desempenho graças ao motor 1.6 de 111 cavalos de potência


Título: Venda de veículos em Mato Grosso registra queda de 6,1% em setembro Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: PLANTÃO NEWS Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 09/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Economia Quarta, 09 de outubro de 2013, 19h45

Venda de veículos em Mato Grosso registra queda de 6,1% em setembro Mato Grosso contabilizou 9.875 veículos emplacados no mês de setembro. O número registra queda de 6,1% comparado ao mês anterior, quando foram comercializados 10.522 veículos. Se comparado com o mesmo período do ano passado, houve um crescimento significativo de 17,5% nas vendas, que registraram apenas 8.398 emplacamentos em 2012. Para o presidente da Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores de Mato Grosso (Fenabrave-MT), Manoel Guedes, a queda nas vendas em relação ao mês de agosto teve a influência de recentes acontecimentos, como é o caso da greve bancária. “O consumidor está encontrando dificuldades nos financiamentos em razão da greve dos bancários, e também porque os próprios bancos estão mais seletivos na análise de cadastros. Outro ponto que é importante destacar é que esse mesmo consumidor também tem agido com mais moderação, evitando assim o endividamento”, pontuou o presidente. O balanço mensal da Fenabrave-MT revelou que no acumulado do ano, o Estado ainda segue positivo 5,9% em relação ao ano anterior. Até o momento, 90.048 emplacamentos foram registrados, contra 84.998 do ano de 2012. O segmento que apresentou aumento nas vendas foi o de comercial leve (caminhonetes), com 1.829 veículos vendidos em setembro, contra 1.783 em agosto. A alta registrada foi de 2,5%. Para Guedes, o agronegócio é o grande responsável pelo crescimento. “Os números refletem a demanda das fazendas e de todo o setor de agronegócio que impulsiona o país e principalmente Mato Grosso”. Apesar dos números negativos que registraram retração de 9,8%, os automóveis ainda continuam sendo o segmento com maior número de vendas, totalizando 3.538 unidades emplacadas em setembro contra 3.926 do mês anterior. “O automóvel ainda é o grande sonho do brasileiro, tanto em relação à compra do primeiro carro, quanto a troca do veículo usado pelo novo”, pontuou Guedes. Em contrapartida, as motos continuam apresentando baixos números de vendas. Em setembro 3.986 motocicletas foram vendidas contra 4.380 em agosto, fechando o mês com retração de 9%. Cuiabá segue na liderança das cidades mato-grossenses que mais comercializaram veículos em setembro. Ao todo, 2.815 unidades foram emplacadas, número considerado baixo 3,6% em relação a agosto, que contabilizou 2.921 vendas. A Cidade Industrial também não tem registrado bons números. Em setembro apenas 851 veículos foram emplacados, contra 931 em agosto. Mas a maior queda foi apontada na cidade de Sorriso, com retração de 21,8%. Em setembro o município emplacou 265 veículos, contra 339 unidades em agosto. “Várzea Grande está passando por diversas interdições geradas pelas obras do VLT na principal via da cidade, onde se concentram quase que 100 % dos concessionários de veículos. Já em Sorriso, as preparações para o plantio da nova safra estão fazendo vendas recuarem”, concluiu o presidente da Fenabrave-MT. NACIONAL A média nacional também registrou queda de 5,8%. Ao todo 309.879 veículos foram emplacados em todo o país no mês de setembro. Já em agosto, 329.202 unidades foram comercializadas. O acumulado do ano soma 2.780.330 de veículos vendidos.


Título: Venda de veículos em Mato Grosso registra queda de 6,1% em setembro Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: CIRCUITO MATO GROSSO Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 09/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Venda de veículos em Mato Grosso registra queda de 6,1% em setembro Detalhes Categoria: Economia Publicado em quarta, 09 outubro 2013 10:10

Mato Grosso contabilizou 9.875 veículos emplacados no mês de setembro. O número registra queda de 6,1% comparado ao mês anterior, quando foram comercializados 10.522 veículos. Se comparado com o mesmo período do ano passado, houve um crescimento significativo de 17,5% nas vendas, que registraram apenas 8.398 emplacamentos em 2012. Para o presidente da Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores de Mato Grosso (Fenabrave-MT), Manoel Guedes, a queda nas vendas em relação ao mês de agosto teve a influência de recentes acontecimentos, como é o caso da greve bancária. “O consumidor está encontrando dificuldades nos financiamentos em razão da greve dos bancários, e também porque os próprios bancos estão mais seletivos na análise de cadastros. Outro ponto que é importante destacar é que esse mesmo consumidor também tem agido com mais moderação, evitando assim o endividamento”, pontuou o presidente. O balanço mensal da Fenabrave-MT revelou que no acumulado do ano, o Estado ainda segue positivo 5,9% em relação ao ano anterior. Até o momento, 90.048 emplacamentos foram registrados, contra 84.998 do ano de 2012. O segmento que apresentou aumento nas vendas foi o de comercial leve (caminhonetes), com 1.829 veículos vendidos em setembro, contra 1.783 em agosto. A alta registrada foi de 2,5%. Para Guedes, o agronegócio é o grande responsável pelo crescimento. “Os números refletem a demanda das fazendas e de todo o setor de agronegócio que impulsiona o país e principalmente Mato Grosso”. Apesar dos números negativos que registraram retração de 9,8%, os automóveis ainda continuam sendo o segmento com maior número de vendas, totalizando 3.538 unidades emplacadas em setembro contra 3.926 do mês anterior. “O automóvel ainda é o grande sonho do brasileiro, tanto em relação à compra do primeiro carro, quanto a troca do veículo usado pelo novo”, pontuou Guedes. Em contrapartida, as motos continuam apresentando baixos números de vendas. Em setembro 3.986 motocicletas foram vendidas contra 4.380 em agosto, fechando o mês com retração de 9%. Cuiabá segue na liderança das cidades mato-grossenses que mais comercializaram veículos em setembro. Ao todo, 2.815 unidades foram emplacadas, número considerado baixo 3,6% em relação a agosto, que contabilizou 2.921 vendas. A Cidade Industrial também não tem registrado bons números. Em setembro apenas 851 veículos foram emplacados, contra 931 em agosto. Mas a maior queda foi apontada na cidade de Sorriso, com retração de 21,8%. Em setembro o município emplacou 265 veículos, contra 339 unidades em agosto. “Várzea Grande está passando por diversas interdições geradas pelas obras do VLT na principal via da cidade, onde se concentram quase que 100 % dos concessionários de veículos. Já em Sorriso, as preparações para o


plantio da nova safra estão fazendo vendas recuarem”, concluiu o presidente da Fenabrave-MT. NACIONAL A média nacional também registrou queda de 5,8%. Ao todo 309.879 veículos foram emplacados em todo o país no mês de setembro. Já em agosto, 329.202 unidades foram comercializadas. O acumulado do ano soma 2.780.330 de veículos vendidos.

Veja também:

09/10/2013

Inflação acumulada fica em menos de 6% pela primeira vez em 2013

09/10/2013

Greve em Sinop tem adesão em todos bancos e segue por tempo indeterminado

09/10/2013 da Câmara

Constituição criou condições históricas para transição democrática, destaca presidente

09/10/2013 próximo ano

Mantega prevê que o Fed vai manter estímulos à economia norte-americana até o

09/10/2013

Inflação para famílias com até cinco salários mínimos sobe em setembro


Título: Venda de veículos em Mato Grosso registra queda de 6,1% em setembro Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: 24 HORAS NEWS Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 09/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


09/10/2013 10:56:00 Venda de veículos em Mato Grosso registra queda de 6,1% em setembro Redação 24 Horas News A- A A+ Mato Grosso contabilizou 9.875 veículos emplacados no mês de setembro. O número registra queda de 6,1% comparado ao mês anterior, quando foram comercializados 10.522 veículos. Se comparado com o mesmo período do ano passado, houve um crescimento significativo de 17,5% nas vendas, que registraram apenas 8.398 emplacamentos em 2012. Para o presidente da Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores de Mato Grosso (Fenabrave-MT), Manoel Guedes, a queda nas vendas em relação ao mês de agosto teve a influência de recentes acontecimentos, como é o caso da greve bancária. “O consumidor está encontrando dificuldades nos financiamentos em razão da greve dos bancários, e também porque os próprios bancos estão mais seletivos na análise de cadastros. Outro ponto que é importante destacar é que esse mesmo consumidor também tem agido com mais moderação, evitando assim o endividamento”, pontuou o presidente. O balanço mensal da Fenabrave-MT revelou que no acumulado do ano, o Estado ainda segue positivo 5,9% em relação ao ano anterior. Até o momento, 90.048 emplacamentos foram registrados, contra 84.998 do ano de 2012. O segmento que apresentou aumento nas vendas foi o de comercial leve (caminhonetes), com 1.829 veículos vendidos em setembro, contra 1.783 em agosto. A alta registrada foi de 2,5%. Para Guedes, o agronegócio é o grande responsável pelo crescimento. “Os números refletem a demanda das fazendas e de todo o setor de agronegócio que impulsiona o país e principalmente Mato Grosso”. Apesar dos números negativos que registraram retração de 9,8%, os automóveis ainda continuam sendo o segmento com maior número de vendas, totalizando 3.538 unidades emplacadas em setembro contra 3.926 do mês anterior. “O automóvel ainda é o grande sonho do brasileiro, tanto em relação à compra do primeiro carro, quanto a troca do veículo usado pelo novo”, pontuou Guedes. Em contrapartida, as motos continuam apresentando baixos números de vendas. Em setembro 3.986 motocicletas foram vendidas contra 4.380 em agosto, fechando o mês com retração de 9%. Cuiabá segue na liderança das cidades mato-grossenses que mais comercializaram veículos em setembro. Ao todo, 2.815 unidades foram emplacadas, número considerado baixo 3,6% em relação a agosto, que contabilizou 2.921 vendas. A Cidade Industrial também não tem registrado bons números. Em setembro apenas 851 veículos foram emplacados, contra 931 em agosto. Mas a maior queda foi apontada na cidade de Sorriso, com retração de 21,8%. Em setembro o município emplacou 265 veículos, contra 339 unidades em agosto. “Várzea Grande está passando por diversas interdições geradas pelas obras do VLT na principal via da cidade, onde se concentram quase que 100 % dos concessionários de veículos. Já em Sorriso, as preparações para o plantio da nova safra estão fazendo vendas recuarem”, concluiu o presidente da Fenabrave-MT. NACIONAL A média nacional também registrou queda de 5,8%. Ao todo 309.879 veículos foram emplacados em todo o país no mês de setembro. Já em agosto, 329.202 unidades foram comercializadas. O acumulado do ano soma 2.780.330 de veículos vendido


Título: Venda de veículos em Mato Grosso registra queda de 6,1% em setembro Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: EXPRESSOMT Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 09/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Siga @expressomt

Mato Grosso, 10 de outubro de 2013 economia

Venda de veículos em Mato Grosso registra queda de 6,1% em setembro EM 09 DE OUTUBRO DE 2013 AS 09H57

Se comparado com o mesmo período do ano passado, houve um crescimento significativo de 17,5% nas vendas, que registraram apenas 8.398 emplacamentos em 2012. — Fonte: Assessoria

http://www.expressomt.com.br/economia-agronegocio/venda-de-veiculos-em-mato-grosso-registra-queda-de-6-1-em-setembro-80658.html Mato Grosso contabilizou 9.875 veículos emplacados no mês de setembro. O número registra queda de 6,1% comparado ao mês anterior, quando foram comercializados

C ré dito: Marce llo C asal Jr./Abr

10.522 veículos. Se comparado com o mesmo período do ano passado, houve um crescimento significativo de 17,5% nas vendas, que registraram apenas 8.398 emplacamentos em 2012. Para o presidente da Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores de Mato Grosso (Fenabrave-MT), Manoel Guedes, a queda nas vendas em relação ao mês de agosto teve a influência de recentes acontecimentos, como é o caso da greve bancária. “O consumidor está encontrando dificuldades nos financiamentos em razão da greve dos bancários, e também porque os próprios bancos estão mais seletivos na análise de cadastros. Outro ponto que é importante destacar é que esse mesmo consumidor também tem agido com mais moderação, evitando assim o endividamento”, pontuou o presidente. O balanço mensal da Fenabrave-MT revelou que no acumulado do ano, o Estado ainda segue positivo 5,9% em relação ao ano anterior. Até o momento, 90.048 emplacamentos foram registrados, contra 84.998 do ano de 2012. O segmento que apresentou aumento nas vendas foi o de comercial leve (caminhonetes), com 1.829 veículos vendidos em setembro, contra 1.783 em agosto. A alta registrada foi de 2,5%. Para Guedes, o agronegócio é o grande responsável pelo crescimento. “Os números refletem a demanda das fazendas e de todo o setor de agronegócio que impulsiona o país e principalmente Mato Grosso”. Apesar dos números negativos que registraram retração de 9,8%, os automóveis ainda continuam sendo o segmento com maior número de vendas, totalizando 3.538 unidades emplacadas em setembro contra 3.926 do mês anterior. “O automóvel ainda é o grande sonho do brasileiro, tanto em relação à compra do primeiro carro, quanto a troca do veículo usado pelo novo”, pontuou Guedes. Em contrapartida, as motos continuam apresentando baixos números de vendas. Em setembro 3.986 motocicletas foram vendidas contra 4.380 em agosto, fechando o mês com retração de 9%. Cuiabá segue na liderança das cidades mato-grossenses que mais comercializaram veículos em setembro. Ao todo, 2.815 unidades foram emplacadas, número considerado baixo 3,6% em relação a agosto, que contabilizou 2.921 vendas. A Cidade Industrial também não tem registrado bons números. Em setembro apenas 851 veículos foram emplacados, contra 931 em agosto. Mas a maior queda foi apontada na cidade de Sorriso, com retração de 21,8%. Em setembro o município emplacou 265 veículos, contra 339 unidades em agosto. “Várzea Grande está passando por diversas interdições geradas pelas obras do VLT na principal via da cidade, onde se concentram quase que 100 % dos concessionários de veículos. Já em Sorriso, as preparações para o plantio da nova safra estão fazendo vendas recuarem”, concluiu o presidente da Fenabrave-MT. Nacional A média nacional também registrou queda de 5,8%. Ao todo 309.879 veículos foram emplacados em todo o país no mês de setembro. Já em agosto, 329.202 unidades foram comercializadas. O acumulado do ano soma 2.780.330 de veículos vendidos.

Matérias Relacionadas Leitão intermedeia diálogo sobre criação de reserva em Luciara, no Mato Grosso Greve em Mato Grosso é mantida mesmo depois de ameaças do governo Tangerina e passagem aérea lideram inflação em setembro; veja ranking Telecom Italia busca US$ 12 bi em venda da TIM no Brasil, diz agência


Título: Vendas seguem positivas Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: DIÁRIO DE CUIABÁ Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 10/10/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 10/10/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


VEÍCULOS

Anterior | Índice | Próxima

Vendas seguem positivas Apesar de alguns percalços em setembro, variação anual mostra crescimento de 17,59% no emplacamento MA RIA NNA PERES Da Editoria

Mato Grosso registrou em setembro alta de 17,59% na comercialização de veículos zero quilômetro na comparação com igual mês do ano passado. Foram 9.875 unidades emplacadas no mês passado ante 8.398 unidades em setembro de 2012. O saldo poderia ter sido mais positivo, mas como outros segmentos do varejo, os concessionários e revendedores sentiram os impactos da greve dos bancários que já dura quatro semanas. O segmento fecha os nove primeiros meses do ano com saldo de 90.048 emplacamentos, volume 5,94% acima do acumulado de 84.998 unidades de igual período do ano passado. Conforme balanço da Fenabrav e/MT, o segmento

Em função da paralisação do atendimento nos bancos, a comparação de caminhonetes foi o que se destacou em mensal, setembro ante agosto, é negativa apontando retração de v olume de v endas 6,1%. Conforme dados divulgados ontem pela Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores de Mato Grosso (Fenabrave/MT), em agosto foram emplacados 10.522 veículos. O recuo mensal supera a queda registrada na média nacional. Conforme dados apurado pela Fenabrave/MT, no país a retração foi de 5,8%. Ao todo 309.879 veículos foram emplacados em todo o país no mês de setembro. Já em agosto, 329.202 unidades foram comercializadas. O acumulado do ano soma 2.780.330 de veículos vendidos. Para o presidente da Fenabrave/MT, Manoel Guedes, a queda nas vendas em relação ao mês de agosto teve a influência de recentes acontecimentos, como é o caso dos bancos. “O consumidor está encontrando dificuldades nos financiamentos em razão da greve dos bancários e também porque os próprios bancos estão mais seletivos na análise de cadastros. Outro ponto importante a se destacar é que esse mesmo consumidor também tem agido com mais moderação, evitando assim o endividamento”, pontuou o presidente. CAMINHONETES - O segmento que apresentou aumento nas vendas foi o de comercial leve (caminhonetes), com 1.829 veículos vendidos em setembro, contra 1.783 em agosto. A alta registrada foi de 2,5%. Para Guedes, o agronegócio é o grande responsável pelo crescimento. “Os números refletem a demanda das fazendas e de todo o setor de agronegócio que impulsiona o país e principalmente Mato Grosso”. Apesar dos números negativos que registraram retração de 9,8%, os automóveis ainda continuam sendo o segmento com maior número de vendas, totalizando 3.538 unidades emplacadas em setembro contra 3.926 do mês anterior. “O automóvel ainda é o grande sonho de consumo do brasileiro, tanto em relação à compra do primeiro carro, quanto a troca do veículo usado pelo novo”, pontuou Guedes. Em contrapartida, as motos continuam apresentando baixo desempenho em relação às vendas. Em setembro 3.986 motocicletas foram vendidas contra 4.380 em agosto, fechando o mês com retração de 9%. MERCADO - Cuiabá segue na liderança das cidades mato-grossenses que mais comercializaram veículos em setembro, mas também apresenta retração na comparação mensal. Em setembro foram comercializados 2.815 unidades, expansão de 19,94% sobre o saldo de 2.347 veículos em igual mês do ano passado. Na comparação setembro ante agosto, há retração de 3,6%, já que os emplacamentos passaram de 2.921 para 2.815. Várzea Grande registrou em setembro venda de 851, volume 19,69% maior que os 711 de igual mês do ano passado. Em relação a agosto o resultado também é negativo, -8,59%. “Várzea Grande está passando por diversas interdições geradas pelas obras do VLT na principal via da cidade, onde se concentram quase que 100% dos concessionários de veículos”, avalia o presidente da Fenabrave/MT. (Com assessoria)


Clipping Fenabrave 10.10.2013