Issuu on Google+


Í N D I C E

Introdução Editorial

Entrevista com Dentista

Mundo (Política, tecnologia, ciência, internet etc.).

Relação de escola x alunos x pais Um assunto muito polêmico e que deveria ser discutido mais vezes.

Vícios na Internet Um dos maiores problemas do século XXI.

Passatempos Entrevista com Professor Acadêmico Professor Thiago fala como é sua rotina em uma faculdade.

Entrevista Personalidade da Escola Professora Vivian fala como é sua vida no NSL.

Debate: Cultura de Massa Agenda Cultural

Portal do Aluno Alunos falam seu ponto de vista sobre a escola.


Introdução Com isso se foi criado um grande e excelente projeto que todos vão poder desfrutar e aproveitar ao máximo da melhor forma possível. Teve como objetivo explorar como seria o desenvolvimento e a participação de cada um dos alunos. E acabou sendo uma ótima experiência, revelando a inteligência e a criatividade interior dos alunos. Aqui você vai poder aproveitar de tudo que se possa imaginar que uma revista possua desde política a incríveis debates e reportagens executadas e realizadas pelos próprios alunos. Conheça um novo mundo que nem nós mesmos sabíamos que seriamos capazes de criá-lo. Desfrute diversas matérias e reportagens nas páginas seguintes. Aproveite.

Alunos 2ºTC


Entrevista com profissional da saúde

Qual é a causa mais comum no dia-adia? A pessoa chega aqui com dor. Sempre a dor de dente. Normalmente é canal. O pessoal procura o dentista quando eles estão com dor, quando não procuram, eles vão levando como podem. Você atende somente serviço particular ou convênio? Só particular.

Dr. Marcos Luís Paulino Marques, cirurgião dentista.

Marcos, fala um pouco da sua vida, em geral, dentro e fora do serviço. A minha vida é mais no serviço. Trabalho de segunda à sexta, das sete da manhã às oito da noite. E de sábado até o meio dia. Quando eu não estou aqui, eu estou no clube ou estou viajando. Fale um pouco sobre sua vida profissional. Eu acordo de manhã às seis horas. Chego ao consultório por volta das sete e a partir daí eu começo a trabalhar até ás oito ou nove horas da noite. É uma rotina, o que é uma parte chata da profissão. É a mesma coisa todos os dias. Como é ser dentista? É legal, é a profissão que eu sempre quis ser e fazer. Hum... E da onde surgiu essa vontade? Desde pequeno, o clima e o pavor me chamou atenção. Eu gosto disso. Como você entrou nesse ramo? Eu tinha uma prima que era dentista, e ela me incentivou para caramba e eu já gostava do clima de consultório. Isso que me levou a ser dentista.

Você saberia me dizer qual o motivo dos médicos trabalharem com roupa branca? Isso está meio em desuso, porém é sinal de higiene. O branco é transparente. Se o rapaz for antihigênico todos vão perceber. Mas, por outro lado você não pode encostar-se a nada. Quais são os cuidados no caso de atendimento com risco de infecção? Para o dentista e para o médico, todo mundo têm uma doença contagiosa. Então, é aquela coisa que nós chamamos de Biossegurança. A Biossegurança tem que ter em todos os pacientes. O uso de luvas, máscaras e óculos de proteção têm que ser usado em todo paciente. Qual seu ponto de vista de acordo com a saúde no Brasil, em geral? É péssimo. A saúde privada, que a pessoa pode pagar, é muito boa. Agora a pública, deixa a desejar, os profissionais são mal remunerados e os produtos não estão de acordo com o que o profissional gosta e precisa utilizar. Eles não têm uma boa qualidade do serviço. Qual a média de atendimento por dia? 20 pessoas por dia.


Revista Nsl - 2012 Quanto tempo você estudou para chegar até aqui? Cinco anos. Cinco anos de faculdade e mais os cursos de pós-graduação. Eu estou fazendo um agora, que dura dois anos. Vou termina agora em novembro e já me inscrevi em outro para o ano que vem. Na verdade, você nunca para de estudar. É um constante aprendizado, você está sempre estudando para saber mais alguma coisa. O que foi preciso na sua especialização? Eu fiz uma graduação normal. Daí você escolhe o que gosta de fazer. Por exemplo, eu escolhi cirurgia e implante. Então você vai estudando cada vez mais para fazer essa especialização. Quais são os limites que você estabelece entre você e seu paciente? É o limite da meia hora de consulta. Quando acaba, não tem muito mais o que fazer. Só algumas exceções, que você acaba virando amigo, mas é o limite da consulta. Meia hora é o contato que eu tenho com o paciente.

Consultório Odontológico onde Marcos passa a maior parte do seu dia. Seus acessórios, equipamentos, etc.

Se você não fosse dentista, o que você seria? Olha, eu passei em medicina também. Acabei não fazendo porque primeiro eu fui fazer odontologia. Então, eu seria médico, se eu não fosse dentista. Você sempre gostou de profissão na área da saúde? Claro, é muito legal. O que chama mais atenção na área da saúde? O contato com as pessoas. Eu acho legal isso. Você poder cuidar, estar prestando um serviço que seja estar ajudando as pessoas.

Instrumentos de trabalho utilizados por Marcos.

Revista NSL - 2012 3


Revista Nsl - 2012

Eleição: Confiar ou não? Como confiar nos políticos, se eles não cumprem o que prometem? Em época de eleição, eles prometem várias coisas, mas quando entra no “poder” e vê o dinheiro correndo, eles sempre acabam em corrupção. Não existem políticos confiáveis, existem políticos menos corrupto, porque no Brasil, o que mais tem é corrupção e mensalão! ISSO É UMA TAPA NA CARA DO BRASILEIRO!!

Freddie Mercury: A voz mais incrível do mundo completaria 66 anos! De acordo com todos os fãs e especialistas do rock, Freddie Mercury é considerado um dos maiores vocalistas do rock e do mundo. Como está na revista Rolling Stones, Mercury é o número 1, entre vocalistas do rock. É a voz mais linda e mais impressionante na história do rock. No dia 05 de setembro desse ano seria comemorado seu aniversário de 66 anos, pena que ele não pôde ter e nos dar esse grande privilégio. ___________________________________________ Curiosidade: *Michael Balzary (mais conhecido como Flea), do Red Hot Chili Peppers, é considerado um dos melhores baixistas do mundo, de acordo com a revista Rolling Stones.

Revista NSL - 2012 4


Revista Nsl - 2012

Jantar de insetos à Ranking: moda do Chef! As 5 Melhores Baladas do Mundo

Venha deliciar-se em nossa cozinha, desde larvas até crocantes aracnídeos

Não é “No limite”, “Hipertensão” e nem nenhum outro reality show onde os participantes morrem de nojo ao comer insetos. Conheça alguns pratos que são servidos ao redor do mundo, lugares onde é comum comer bichos e, além de tudo, é considerado uma delícia:

1º) Casu Marzu Os moradores de Sardenha, Itália, têm o costume de comer um queijo feito de leite de ovelha, cheio de larvas. Para o queijo ficar macio como é, ele deve ser fermentado por tanto tempo que começa a se decompor. As larvinhas, parecidas com bigatos, aparecem na superfície do queijo. Alguns até retiram os bichos antes de comer, outros, nem ligam.

2º) Tarântulas Estes aracnídeos são uma iguaria em Camboja. As tarântulas eram consumidas apenas durante períodos de praga, mas depois viraram um prato comum. Elas já vêm pré-assadas, só precisa remover as presas e aproveitar.

3º) Larvas Crocantes Como os bigatos que crescem no Casu Marzu, alguns optam por fritar as larvas e comê-las. Tem sabor de churrasco, cheddar e tempero mexicano. Uma delícia!

4º) Besouros Gigantes Um prato comum na Tailândia são os besouros gigantes que têm sua “casca” retirada e depois são fritos ou assados. Dizem que o gosto é parecido com o de vieira (tipo de molusco).

5º) Formigas Gigantes Cobertas com Chocolate Será que combina? Estas formigas cortadeiras gigantes são cobertas com chocolate Belga. Seu gosto é descrito como parecido com noz. Acredita-se que elas melhoram o sistema imunológico e dão energia (mas a parte da energia pode ser mais pelo chocolate).

1º) Club Space Na insinuante ilha espanhola de Ibiza, a balada começa só depois da 1h. E o Club Space é considerado hoje o melhor pico de música eletrônica do mundo. Possui uma festa internacionalmente conhecida como "We Love Sundays". Existente desde os anos 1990, a casa ostenta decoração exuberante e atrai jovens em busca de paquera e dança!

2º) Fabrik Representando o melhor da vida noturna de Madri, a Fabrik tem capacidade para mais de cinco mil pessoas e, como o próprio nome sugere, fica em uma região industrial mais afastada do centro. Uma vez lá dentro, resta curtir o melhor som de rave em meio a uma parafernália de lasers, iluminação e efeitos especiais na megapista. É tradicional por lá uma festa que começa na tarde de domingo e termina na segunda de manhã.

3º) Green Valley Segundo a lista da revista DJ Mag, a danceteria n° 1 do Brasil fica em Camboriú, no litoral norte catarinense. Com lotação para até oito mil pessoas, a Green Valley une o melhor da música eletrônica com ambiente chique e descolado. A casa tem uma ampla arena que recebe os tops DJs internacionais, incluindo shows de pirotecnia na pista. Uma atração à parte está na localização, que faz jus ao nome do lugar, bem aos pés de um vale verde com floresta tropical.

4°) Amnesia Conforme o próprio nome diz eis o lugar ideal para o baladeiro se esquecer da vida sem lembrar nada no dia seguinte. O Amnesia é outra balada forte e premiada de Ibiza, com after-hour das 8h às 14h. A casa fica em imóvel construído no fim do século 18 e se gaba pela qualidade do som. Mulheres de biquíni dão uma esquentada no clima. No verão, mais de 500 mil pessoas frequentam a danceteria.

5°) Pacha Símbolo da night em Ibiza, a danceteria Pacha virou rede com franquias espalhadas pelo mundo, inclusive em São Paulo. Mas é na ilha espanhola que a casa, que tem como ícone duas cerejas, transborda "sex appeal" tanto no clima quanto na decoração. Tudo inspirado no erotismo, mas sem vulgaridade.

Revista NSL - 2012 5


Revista Nsl - 2012

Apple X Microsoft

As duas empresas correm lado a lado há mais de três décadas. Microsoft e Apple ajudaram a mudar o mundo e abriram caminho a uma série de novas tecnologias e modos de vida.

Apple Vantagens:     

Mais estável que o Windows; Melhor a nível Visual; Melhor em nível de Design; Mais fácil e intuito; Poucos vírus criados para o SO da Apple;  Indicado para designers, quem trabalha com fotografias, edição de vídeo, modelação, animação 2D/3D

Desvantagens:  Incompatível com muitos softwares. Especialmente jogos, embora seja já possível fazer dual boot (Dual Boot é um sistema no qual lhe permite, que na mesma máquina, você escolha qual sistema operacional deseja utilizar) com Windows;  Roda apenas nos PCs da Apple que ainda são um pouco caros. Sim, existe o Hackintosh (Hackintosh é o termo que se dá a um PC convencional que roda o sistema operacional da Apple, o Mac OS X. A palavra é origem da junção de Hack mais Macintosh), mas o desempenho não é o mesmo.

Microsoft Vantagens:  Requisitos mínimos de sistema: Um dos tiros no pé do Windows Vista, os requisitos mínimos exigidos para sua execução eram bem fortes perante aos computadores que as pessoas tinham em casa, ou seja, para ter o Windows Vista com bom desempenho, só em um PC novo e potente. O Windows 7 não sobrecarrega tanto o computador como o Vista, o que o torna uma opção para netbooks e computadores mais modestos. Claro que computadores antigos que tem 1GB ou menos de memória RAM e processadores de 1GHz ou inferiores não acomodam bem este sistema.

Desvantagens:  Segurança: A Microsoft é de longe o alvo preferido dos criminosos virtuais.  Falhas no Windows e na Internet Explorer são sempre descobertas e exploradas.

Revista NSL - 2012 6


Revista Nsl - 2012

O que é Internet 4G? A internet 3G começou a ser amplamente aceita no Brasil em 2009, graças à aparelhos como o iPhone e modem 3G, mas poucos meses após o triunfo das operadoras em finalmente impor essa tecnologia, a Anatel divulgou que deu início a criação das regras para a internet 4G. A internet 4G é uma nova tecnologia que irá integrar a quarta geração de dispositivos para acesso a internet móvel, que promete aumentar em 180 vezes a velocidade atual, tornando os aparelhos 3G ultrapassados. Para entender o que isso significa, a internet 3G atual leva em média seis horas para baixar um arquivo com um gigabyte (considerando o uso de apenas uma parcela da velocidade máxima). Os dispositivos 4G deverão levar aproximadamente 2 minutos para baixar o mesmo arquivo, mas esses cálculos levam em conta apenas a velocidade prometida de conexão, na prática a velocidade varia muito e depende da intensidade do tráfego, distância do aparelho em relação à antena e contrato com a operadora. . Especialistas preveem que as mudanças mais marcantes deverão ocorrer nos downloads, uma vez que com a internet 4G será possível assistir aos filmes de alta definição no momento em que eles estão sendo baixados, ou armazenar vídeos no computador no momento em que estão sendo captados pela câmera, dispensando assim a necessidade gravar e depois descarregar.

Outras mudanças importantes estarão ligadas ao uso dos próprios sites. Quantas vezes já escutamos reclamações sobre a internet 3G ser lenta ou funcionar mal nos veículos em movimento? Espera-se que a tecnologia 4G acabe também com essas reclamações, aliviando as centrais de 0800 das operadoras hoje. Sites desenvolvidos especialmente para dispositivos móveis também perderão parte da sua função, pois essa velocidade aliada aos sistemas de zoom como o existente no iPhone facilitarão a vida móvel. . A previsão é que os primeiros dispositivos com a tecnologia cheguem ao Brasil é antes da copa de 2014, já que grandes mudanças ainda precisam ser feitas na infraestrutura para que tudo correspondesse com a velocidade teórica prometida, mudanças essas que incluem o gasto de muito dinheiro com fibra óptica para evitar ondas de reclamações, como ainda ocorrem com relação ao 3G. . Outro problema que deverá levar um bom tempo para ser resolvido, é o desânimo das futuras provedoras do serviço, uma vez que existem grandes regiões no Brasil onde quase não existem consumidores para o produto ou a oferta de faixas de tráfego é pequena por estar sendo ocupada por transmissões televisivas analógicas. Sem falar no medo dessas empresas de investir em publicidade depois da crise de 2009. . Muitos obstáculos ainda precisam ser superados, e por isso não podemos esperar as vantagens da internet 4G tão cedo, mas fica a esperança de que a Anatel crie regras novas e aceitáveis para as faixas de tráfego e principalmente que as empresas se animem com essa possibilidade e parem de cobrar taxas abusivas por serviços de baixa.

Revista NSL - 2012 7


Revista Nsl - 2012

Carros elétricos: O que fazer para que se tornem viáveis?

Carros elétricos ainda não são os mais escolhidos no mercado, devido à sua demora no abastecimento, enquanto existe a possibilidade de enchermos um tanque de gasolina em menos de um minuto, os carros elétricos levam horas para serem recarregados. A maioria deixa seu carro carregando durante a madrugada, para utilizarem no dia seguinte, mas ainda é uma grande limitação. Tentando solucionar o problema, especialistas da Ecotailty (empresa americana) desenvolveu um motor de carro elétrico com capacidade de recarregar em menos de meia hora, um novo recorde. Além disso, eles melhoraram os estudos para uma bateria portátil, que evita que o motorista tenha sempre a necessidade de ter uma tomada elétrica para carregar. Com essa praticidade, isso deverá atrair mais compradores. O problema é que essa bateria oferece baixa capacidade. Eles até pensaram na possibilidade de carregar os carros elétricos de forma sincronizada, marcando um determinado horário para colocar o carro na corrente elétrica de suas residências e com um único impulso de energia de alta tensão, todos os carros serão abastecidos de uma só vez. E caso seu carro fique sem bateria no meio da rua, a ideia é que cada vez mais estabelecimentos tenham pontos de recarga de emergência pela rua. Em relação à segurança, pelo que parece, os riscos já foram solucionados. Eles já tentaram fazer recargas na alta tensão, no meio da chuva e nada ocorreu. Em postos de gasolina, o abastecimento pode ser por meio de um funcionário ou você mesmo pode efetuar a recarga. Optar por carros elétricos pode reduzir os gastos do motorista e também às emissões de gases que contribuem para o aquecimento global. Então, você optando pelos carros elétricos você além de reduzir seus gastos, você acaba “ajudando” o meio ambiente.

Revista NSL - 2012 8


Revista Nsl - 2012

O Mais Novo Ônibus Híbrido À Hidrogênio Do lado de fora, a impressão é de um veículo moderno, construído com a preocupação da acessibilidade e pintado de verde em referência em relação ao meio ambiente. Mas no momento em que o motorista liga o motor, qualquer pessoa percebe que há muito mais do que isso no ônibus H2+2, produzido pela Coppe/UFRJ – Instituto Alberto Luiz Coimbra De Pós-Graduação e pesquisa de engenharia da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

O ônibus híbrido à Hidrogênio com tração elétrica não faz barulho. O som mais marcante é o do ar-condicionado. Para quem está do lado de fora, praticamente não há ruído. E, o mais importante, a emissão de poluentes é zero, conforme informa os idealizadores. Do cano de descarga só sai vapor de água. Essa nova versão foi lançada no Parque dos Atletas. Segundo o idealizador do projeto, o professor titular do laboratório de Hidrogênio da Coppe, Paulo Emílio Valadão de Miranda, essa nova versão trouxe o aprimoramento da tecnologia e um resultado bem mais eficiente, além de ter havido redução em torno de 40% no valor do custo de fábrica. ”Modificarmos a tração e fizemos uma produtização dos equipamentos, que eram artesanais. Isso significa que esta pronta para ser industrializado e comercializado.” Outro ganho importante ocorreu em relação à autonomia. O primeiro podia trafegar até 300 km, o mais novo até 500 km. São três fontes de alimentação. A primeira com uma conexão prévia á rede elétrica, que recarrega a bateria. A segunda é a pilha a combustivo que utiliza hidrogênio armazenado a bordo e oxigênio do ar, produzindo eletricidade a bordo. E a terceira, conforme explica o pesquisador, é a regeneração da energia cinética em energia elétrica, em processos de desaceleração e freagem. Esse veículo hibrido a hidrogênio com tração elétrica não tem motor a combustão.

Revista NSL - 2012 9


Revista Nsl - 2012

Cientistas americanos descobrem um Sistema de Limpeza do Cérebro

Neurocientistas do Centro Médico da Universidade de Rochester (EUA) descobriram um sistema de drenagem, com o qual o cérebro elimina os resíduos, segundo um estudo publicado na Science Translational Medicine, que esperam que tenha aplicação na pesquisa dos males de Alzheimer e de Parkinson. O sistema recentemente descoberto circula por todos os cantos do cérebro de maneira mais eficiente, através do que os cientistas chamam de fluxo global. “É como se o cérebro tivesse dois coletores de lixo - um lento que já conhecíamos e um rápido que acabamos de conhecer", disse Maiken Nedergaard, autora principal do artigo e codiretora do Centro de Neuromedicina da Universidade de Rochester. "Dada a alta taxa de metabolismo no cérebro e sua grande sensibilidade, não é de se estranhar que seus mecanismos para se desfazer dos resíduos sejam mais especializados e amplos do que se pensava", acrescentou. . O sistema atua como se fossem encanamentos que aproveitam os vasos sanguíneos do cérebro e parece realizar a mesma função no cérebro que o sistema linfático no resto do corpo: drenar resíduos. Os cientistas apreenderam que o líquido cefalorraquidiano tem um papel importante na limpeza do tecido cerebral, encarregado de levar os produtos de resíduo e os nutrientes ao tecido cerebral através de um processo conhecido como difusão. "O trabalho demonstra que o cérebro está se limpando de uma maneira mais organizada e em uma escala muito maior do que se tinha pensado anteriormente", disse Nedergaard que expressou seu desejo de que a descoberta sirva para tratar doenças cerebrais. “Temos a esperança de que estes resultados tenham implicações para muitas condições que afetam o cérebro, como lesões cerebrais por traumatismo, o mal de Alzheimer, derrames cerebrais e o mal de Parkinson", acrescentou.

Imagem mostra uma artéria no cérebro de um rato; a parte verde é o líquido cefalorraquidiano. Revista NSL - 2012

10


Revista Nsl - 2012

ColĂŠgio Nossa Senhora da Lapa

Revista NSL - 2012 11


Revista Nsl - 2012

Como a Internet pode afetar sua vida real? Como na vida real, a internet possui várias tentações que podem afetar alguém negativamente, principalmente se tratando da população jovem: crianças, adolescentes e jovens adultos são as vítimas mais frequentes, vítimas dessa nova onda do mundo contemporâneo. Ela pode ter afetar de várias maneiras, como em você começar a ter dificuldade em fazer amigos, em ser comunicativo, ou seja, a internet acaba afetando sua vida pessoal e social. Geralmente, as pessoas ficam viciadas em blogs, redes sociais, sites de relacionamento, jogos online, e até mesmo em vídeos eróticos. Jogos online é uma febre entre esse público. Counter-Strike, Ragnarok, Ultima Online, Starcraft, Lineage II, Warcraft III são exemplos famosos de jogos que ocuparam boa parte da vida de muitos dos jovens dos dias de hoje. Por quê? A internet hoje em dia permite que você realize essa fantasia com milhares de outras pessoas ao mesmo tempo, em um enorme e profundo mundo virtual. Por exemplo, para os jogadores é como se eles estivessem descontando sua raiva, todos os seus sentimentos para dentro do jogo e isso faz com que a pessoa se sinta muito melhor. Ela acaba criando metas e estratégias, onde só existe uma regra: VENCER. Com isso, as pessoas ficam viciadas e usem o seu dia para f icar jogando. É muito legal mergulhar na sua fantasia dos sonhos, não é? E a vida real, como fica? E imagina só o que ela pensa da vida dos outros então?! Esse é o problema. É comum hoje em dia as pessoas dedicarem horas e mais horas jogando na internet, ignorando suas obrigações pessoais e esquecendo sua vida social, ao ponto de faltar aula e trabalho. Muitas pessoas, estressadas com sua vida agitadíssima ou com sérios problemas pessoas e familiares são alvos fáceis dessa nova onda, uma fuga à realidade. Na realidade é apenas sofrimento, no mundo virtual a história é diferente.

O mais comum, no entanto é comunidade de fãs de determinado assunto. Filmes, desenhos, música, até de sexo. Muitas pessoas veem ali a chance de encontrar o grupo de amigos perfeito que não têm na vida real e/ou encontrar a sua garota dos sonhos. Nesses casos, geralmente, se envolvem com pessoas desconhecidas e se afastam dos amigos reais e familiares para dedicar à vida aos recém-descobertos "novos amigos". Muitos deles, no entanto, mudam drasticamente seu estilo de vida e, muitas vezes, são influenciados negativamente pelos mesmos, passando a desvalorizar os verdadeiros amigos e pessoas próximas. As redes sociais conseguem suprir a vontade de se relacionar com alguém. Por exemplo, uma pessoa que tem vergonha na escola ou em qualquer outro lugar, expõe metade da sua vida nas redes sociais, perdendo a vergonha aos poucos. Muitas pessoas ficam tão empolgadas que não saem um minuto da frente do computador. Isso afeta bastante os jovens, principalmente, quando os pais querem ter uma conversa séria, o que eles ouvem é: "Espera, estou ocupado! Depois eu falo" ou "Não enche o saco". Tornando-o rebelde e saindo do controle dos pais. A troca de amigos reais por amigos virtuais é um problema Revista NSL - 2012 12


Revista Nsl - 2012 cada vez mais constante no dia-a-dia. Esse comportamento muitas vezes estimula a rebeldia, comportamento antissocial.

Até sua vida financeira pode ser afetada por causa dela. Crimes online são fatos que aterrorizam muitas pessoas. São cada vez mais frequentes as mensagens com vírus nos e-mails, que podem afetar perigosamente o seu computador. É possível desviar dinheiro, pegar senhas de cartões de crédito, acessar informações sigilosas, tudo através da internet. Também pode prejudicar a mentalidade. Vamos dizer como se ela ficasse “louca”, pois é como se a internet fosse um pedaço do corpo dela, como se não conseguisse mais viver sem ela. Isso vem acontecendo muito nos dias de hoje. Mas isso tem solução, com tratamento médico, psiquiátrico, grupos de apoio, etc. E aos poucos você consegue retorna a sua vida cotidiana e sua rotina. Todo mundo precisa da Internet nos dias de hoje, pois ela é muito importante de fato e pode melhorar muito a vida de todos, porém ela traz consigo suas vulnerabilidades, instabilidades, e usuários mal intencionados, entre outros diversos malefícios. Mas use-a sem exagero, para que você continue com uma vida saudável e feliz.

Revista NSL - 2012 13


Revista Nsl - 2012

Internet: Vicio ou Necessidade?

Ao passar dos anos, a internet vem evoluindo cada vez mais. Antes ela era utilizada apenas como uma maneira empresarial, mas ultimamente todos usam para chat em redes sociais, jogos online ou com um meio de pesquisa. A tecnologia influência muito no avanço da internet. Hoje em dia se encontra internet até em celulares. Quase 98% das empresas usam e/ou necessitam da internet. Crianças, adolescentes e adultos, diariamente usam internet para diversas coisas, ficando horas e horas. Alguns usando para boas coisas, outros nem tanto. Com esse avanço tecnológico, os pais estão deixando as crianças entrar no mundo virtual muito cedo, fazendo com que isso torne um dos principais fatores desse vício incontrolável. Os pais acabam fazendo deixando as crianças por muito tempo na internet diariamente, por causa de sua ausência, e mal sabem o que elas podem estar fazendo. O índice maior é dos adolescentes. Nenhum deles hoje em dia consegue ficar nem sequer um dia sem usá-la e ficam por diversas horas, correndo o risco de pegar algumas doenças físicas ou psicológicas. Na ausência dos pais, eles podem estar fazendo coisas que podem afetar seu psicológico sem ao menos saber como, por exemplo, os jogos violentos, como os jogos de tiros, guerras, lutas e etc. Esses jogos podem estar fazendo com que a pessoa queira algum dia fazer aquelas coisas a alguém ou poderá querer imitar aquilo que se vê. Outro risco é a pornografia. Os sites de pornografia não são bloqueados e não necessitam de cadastro, facilitando o acesso de muitos adolescentes ou crianças, que acabam ficando viciados por necessidade. Os sites pornográficos deviam ser restritos, somente com cadastros ou pagamentos, tornando um acesso mais difícil para os jovens de hoje. A internet é também um fator que prejudica os famosos da música de hoje, pois as pessoas deixam de comprar o CD do artista ou de sua banda predileta para baixar as músicas da internet e colocar em seus celulares ou CDs piratas. A internet contribui muito para a cinemática. Tem sites que além de distribuir arquivos de filmes, contribui armazenando em seu próprio site, fazendo com que as pessoas não tenham que baixar. Houve um caso em que o dono da Megaupload, Kim Schmitz, foi processado por pirataria e por direitos autorais. Megaupload era o maior site de armazenamento de arquivos, o mais acessado por todos os tipos de pessoas do mundo inteiro. Revista NSL - 2012 14


Revista Nsl - 2012 A internet não afeta só as pessoas de classe média alta. Muitas crianças e adolescentes de classe baixa têm internet em casa ou pagam para usar em Lan-house. Muitas delas costumam ficar abertas até altas horas ou ficam 24 horas abertas, facilitando o uso da internet pelos adolescentes e aumentando os vícios deles. São poucos, muitos poucos, os que vão à lan-house para pesquisa, trabalhos escolares ou chats. Eles costumam ir para poder entrar em jogos violentos e extremamente viciantes. As lan-houses deviam ser proibidas de serem abertas após as dez horas da noite.

O avanço tecnológico fez com que muitas coisas perdessem o valor com o tempo. Antes, para saber as notícias, as pessoas buscavam-nas em revistas ou jornais hoje, a maioria prefere ver pela internet porque se torna mais fácil. E também, antes todos pesquisavam em livros, revistas escolares ou enciclopédias, agora todas pesquisam em sites de buscas, que talvez possam ser informações modificadas. Em muitos sites, as pessoas podem estar mentindo sobre o tal tema, que os internautas acabam entendendo erroneamente e aprendendo a informação errada. Sites como exemplo é o Wikipédia, onde os internatas podem alterar o conteúdo dos sites. Mas tem um lado bom. Muitas pessoas usam internet para trocar e-mails ou conversar com parentes que moram longe, ou até mesmo, acabam usando como forma de sustento, ou seja, eles ganham dinheiro em cima da internet. Muitos ícones da internet e tecnologia, como Steve Jobs, Bill Gates, Mark Zuckerberg e Tim Berners-Lee, o próprio criador da internet, servem de inspirações em gênios da tecnologia, que um dia pretendem fazer algo tão genial e bem sucedido igual a eles, e talvez se tornarem bilionários iguais a eles. Existem pessoas que acabam sendo viciadas em internet e outras que apenas necessitam para meio de comunicação ou de trabalho. Pais de adolescentes de hoje em dia, teriam que controlar o tempo que seus filhos ficam ligados na internet, e bloqueando sites pornográficos e outros sites que podem fazer mal as pessoas.

Revista NSL - 2012 15


Revista Nsl - 2012

Como o vício na internet pode ser controlado? Quando falamos em vício as pessoas logo pensam em drogas. Mas o que as pessoas não sabem é que o vício não é só baseado em drogas. A internet é um ponto forte também. Esse vício é conhecido como compulsão à internet ou internet-dependência. É diagnosticado como internet-dependência, quando as pessoas têm a sua vida afetada pelo exagero de permanência na internet. Hoje em dia os casos vão aumentando cada vez mais. Isso está relacionado ao fato de que a todo o momento mais pessoas estão se conectando a internet, apresentando vários atrativos novos que fazem com que os novos internautas queiram permanecer conectados sempre.

Existem vários casos de cyber viciados que morreram ou ficavam doentes por permanecer tempo demais na frente do computador. Dados de uma pesquisa realizada nos Estados Unidos revelam que de que 6% de 10% dos aproximadamente 189 milhões de internautas americanos sofrem de um mal chamado Trombose Venal profunda, que evolui para uma Embolia Pulmonar causada justamente pelo uso excessivo do computador. Os jogos de computador, baixados ou online, fazem vários jovens ou até mesmo adultos se viciarem, isso faz eles se tornarem agressivos e revoltados, dependendo do jogo. Esse vício faz as pessoas se afastarem do mundo real ou até mesmo vê-lo com outros olhos. A pornografia na internet é um vício também. Geralmente por pessoas que sofrem bullying, ou não conseguem ou não querem se relacionar com as pessoas à sua volta. Esse vício faz com que a pessoa busque outra pessoa, se mostrando nua, fazendo sexo em vídeos ou ao vivo, algumas sem ao menos ter idade para isso. Essas pessoas geralmente entram em sites de relacionamento ou vão às boates, procurando e fazendo com que essa ilusão se torne real. Esses vícios podem ser controlados pelos pais que podem bloquear sites, redes sociais e jogos, com programas criados especialmente para isso. Pode ser também por ajuda de médicos. Um método legal, mas muito difícil de ser usado é pela vontade própria do viciado, ajudando a si mesmo, combatendo e lutando sozinho contra esse vício que te afasta da vida social e do mundo lá fora.

Revista NSL - 2012 16


Revista Nsl - 2012

Viciados do mundo real x virtual Ao comparar os viciados do mundo real e do virtual, vemos que vícios são e não são considerados vícios de verdade. Tudo na vida tem seu limite, e quando algo se torna um vicio é porque passou dos limites, e como diz aquele ditado, ���tudo que é demais é ruim de alguma forma”. Todos os vícios, sem exceção alguma, trazem problemas, exemplos têm vários: todos nós temos algum amigo "gordinho" que é viciado em vídeo game, não querendo dizer que essa pratica engorda, mas ficar sentado em frente a uma tela mais do que se passa em pé, traz sim problemas a saúde, a pessoa engorda e acaba virando o que chamamos de "sedentários"; pessoas que não fazem atividades físicas e assim acabam perdendo menos calorias, ou seja, engordam; ou então você já teve aquele amigo que passa horas no computador em redes sociais, vendo pornografias, tendo romances pela internet com pessoas muitas das vezes desconhecidas, que os problemas vão além de saúde só, mas às vezes essas pessoas que estão tendo um romance com seu amigo, pode ser um pedófilo ou até mesmo estupradores; já teve também aquele amigo "nóia", que sempre chega à escola e nas festas com o olho pequeno e vermelho de tanto consumir drogas, ou chegar a uma festa super animado, e às vezes chega a ser agressivo porque tinha acabado de ingerir alguma coisa, como a cocaína, que sabemos bem que o fim é sempre a morte.

Na nossa vida, sempre conhecemos alguns viciados, sem ao menos saber que são. Existem, por exemplo, várias pessoas, principalmente adolescentes, viciados em rede social, vários já até perderam a senha, mas como sempre precisam se manter atualizados sobre o que está acontecendo, com os seus amigos, família, e os "amores" que todos temos, fazem de tudo para recuperar. Um viciado pode ser seu colega do lado, aquele que senta do seu lado na sala, ou aquele que fica te olhando dentro do ônibus, talvez até a pessoa que esteve com você minutos atrás. O vicio ele não está mais relacionado só as drogas, essa ideia está definitivamente errada. Todos têm vícios! Aquilo que você chama de mania, pode não só ser como é teu vício: chocolate sempre pra não estressar; café porque se você não toma dá dor de cabeça; internet para saber de tudo e todos; cigarro para ficar calmo; outras drogas para esquecer os problemas; vídeo game porque se você não conseguiu atingir alguma meta no mundo real, então tentam atingi-las em algo que não existe. A todo o momento, em todos os lugares, tem alguma pessoa fazendo aquilo que lhe agrada, que lhe traz a paz inalcançável no mundo real, seja no mundo real ou no mundo virtual. A todo o momento existe alguém matando as suas vontades, seus vício Revista NSL - 2012 17


Revista Nsl - 2012

Como a escola deveria se relacionar com os pais e os alunos? Bem, a escola foi criada para servir à sociedade, por isso é obrigação dela fazer seu trabalho. A escola poderia orientar os pais e passar informações sobre o aprendizado do filho, os objetivos de ensino e aprendizado, entre outras coisas, criar momentos em que a colaboração e a presença dos pais sejam obrigatórias. Muitos pais não comparecem às reuniões de pais, pois a nota do filho (a) está boa. Mas será que a reunião só é baseada nas notas? Não, mas é claro que não! Só que parece que muitos pais acham isso. O professor tem a obrigação de falar sobre o comportamento do aluno, sobre a convivência com seus colegas, professores e diretores, desenvolvimento do aluno, tudo em geral. E tem aqueles pais que nem da nota do filho estão cientes, e não comparecem às reuniões. Geralmente, são os filhos desses pais que atrapalham a aula, dão mais problemas ou não estão nem ai para nada, porque sabem que o pai não é presente. A obrigação da escola é marcar uma reunião à parte com a presença do aluno e colocar todos os problemas diante os pais! Sempre que possível, a escola deve ser uma referência para às famílias, ajudando-as a compreender melhor os filhos e a realidade. Mas os pais não devem deixar de fazer sua parte também. É como se fosse um triângulo – tem o aluno, a família e a escola. Se um deixar de fazer sua parte, o triângulo cai.

Triângulo: representa a conexão entre: Família: azul Escola: Laranja Aluno: Verde

Seria bom ter um incentivo: uma participação no conselho escolar; apresentar a escola e os funcionários para a família; entrevistar os pais e alunos; fazer uma reunião de pais focada no ensino; marcar encontros em horários convenientes aos pais; expor a produção dos alunos; promover festas, festivais e comemorações para que haja certa convivência entre os pais, os alunos e a escola; etc. Tudo isso visando um melhoramento entre a relação de família com escola. Revista NSL - 2012 18


Revista Nsl - 2012

Como os pais deveriam se relacionar com a escola? A relação entre pais e escola normalmente não é nada boa. É difícil apontar um “culpado”, mas percebemos que uma das coisas mais importantes para o desenvolvimento dos alunos na escola não está sendo feita. Essa relação entre pais e escola foi muito abalada pelo montante de artifícios oferecidos pela própria escola. A partir do momento em que a escola pode fornecer segurança e conforto ao aluno, o pai e a mãe deixam de fazer a própria parte e obrigação, até porque se uma escola fornece o que o aluno precisa, por que os pais ficariam preocupados?! Geralmente, pais que alfabetizam os filhos em casa, depositam uma grande confiança em seus trabalhos, que é suficiente para fazer com que o pai se desinteresse no decorrer do tempo. A confiança cega e a quantidade de trabalhos realizados pelo(s) filhos tornam (na visão dos próprios pais) o acompanhamento e a cobrança insignificantes, desdém. Introduzir outro professor na mesma sala serviria para um melhor atendimento aos pais. Uma sala com quarenta alunos, como é na maioria das escolas, acaba não tornando o trabalho dos professores eficiente. Mas a resolução para esse problema é outra coisa. A participação dos pais na vida escolar dos alunos é essencial, não apenas em reuniões escolares que podemos perceber que não são muito frequentadas. Olhar o caderno dos filhos ao fim do dia é uma ótima forma de se envolver e mostrar que se interessa pelo desenvolvimento escolar. Também é difícil cobrar dos pais que normalmente trabalham muito e acabam não olhando os cadernos ou indo a reuniões. Por mais que seja difícil sempre olhar os cadernos dos filhos ou ir a reuniões, é importante olhar sempre que possível ou mandar alguém para as reuniões para ficar sabendo como vai o desenvolvimento dos alunos. As diretorias das escolas propõem palestras e reuniões cinco vezes ao ano, mas nunca resulta em progresso algum. Fazer essas reuniões é uma maneira fácil de iludir os pais com um projeto simples e de fácil execução. Qualquer um sabe fazer isso. Só que essa conexão não deveria ser só por parte da escola. Os pais também deveriam fazem uma participação maior. O que custaria tirar pelo menos uma hora do seu dia para comparecer à escola?! Não custaria nada. Porém muitos deles não percebem isso. A diferença da quantidade de projetos e estratégias feitas entre uma escola particular e uma escola pública são grandes e diversificadas. Pode até ser presunçoso, mas os pais de classe baixa não se unem para conseguir algo para com a escola, e são os mesmos que não se importam com o desenvolvimento dos filhos. Se fosse possível introduzir temáticas pedagógicas de pais e filhos, para dar um novo perfil às reuniões, seria ótimo. Os filhos, assim como os pais, teriam motivos para estarem mais presentes. E essa tática já é utilizada em algumas escolas. Outro motivo é que alguns pais possuem a inteligência e se importam mais, estando mais presentes e dando suas opiniões de como melhorar o aprendizado de seus filhos, e algumas escolas ouvem e acolhem essas sugestões e aplicam na escola, resultando no melhoramento e funcionamento da escola e dos alunos. É muito mais comum presenciar uma briga nas reuniões de pais na maioria das escolas do que uma discussão cordial (em que formalidades nem são necessárias). Uma mudança radical deveria ser feita. Resumindo, A COMUNICAÇÃO É A BASE DE TUDO. Revista NSL - 2012 19


Revista Nsl - 2012

Como os alunos deveriam se relacionar com a escola? O que é a escola? Há muito tempo esta instituição deixou de ser um local onde permaneceram por algum tempo diariamente e que através de informações, o conhecimento era transmitido e explicado por professores e educadores, e na maioria das vezes sem o “retorno” daqueles que são o motivo de sua existência, os alunos. E, o que são os alunos? São seres que dão vida, que dão razão ao ensino, que são o início, o meio e a existência da escola. Tanto um como outro são fundamentais para o crescimento da sociedade e o desenvolvimento do intelecto e da moral. Entretanto o “retorno” já fixado anteriormente, também passou por transformações, incentivando a melhora constante do relacionamento do aluno com a escola. O questionamento deve fazer parte do dia-a-dia desta convivência, não só em relação às duvidas sobre as disciplinas, mas também sobre as condutas e as diretrizes a serem seguidas. Não basta apenas ouvir e tentar aprender, é necessário assimilar e desenvolver os conhecimentos e com isso cobrar de forma coerente que a escola também se desenvolva e possa aperfeiçoar sempre o seus métodos de trabalho e ensino.

O relacionamento deve ser aberto e franco, para que não haja dúvidas, pois quem não se lembra daquela famosa frase dita, se não por todos, mas pela quase vitalidade dos professores: “Alguém tem alguma dúvida?”. Pois então, se não devemos levar a dúvida para casa, também não podemos deixar a escola com dúvida, sobre nossos objetivos e planos. E para tanto a relação do aluno com o mesmo deve ser plena em todos os sentidos: questionando, opinando, dividindo os problemas e as vitórias, ou seja, desenvolvendo sempre a moral e o intelectual de todos. Revista NSL - 2012 20


Revista Nsl - 2012

Como a escola deveria se relacionar com os pais e alunos? A relação entre pais e escola de um tempo pra cá vem se esgotando pela comodidade dos pais e da escola Os pais hoje em dia não se preocupam com a educação que o filho está tendo dentro da escola, e os que raramente se preocupam são somente na parte da alfabetização de seus filhos, eles ajudam com toda sua força os seus filhos a aprender ler e escrever, depois dessa fase os pais deixam para que a escola eduque a criança/adolescente da maneira que a escola achar melhor. Mas sabemos que a educação é algo que não vem só da escola, algo tem que vir de casa, pois o filho é seu, você é a pessoa em que ele se baseia, o professor da escola dele não é o exemplo que ele deve seguir, e sim você. Enfim, os pais deixaram para escola o que seria o dever deles. E imagina se uma pessoa que não consegue ter uma relação decente com o seu próprio filho, algum dia vai ter uma relação com a escola?! Para! Isso está fora de cogitação. O pai não vai à escola nos dias de reunião entre pais e mestres que é para que não precise ter essa relação de pai ajudando o filho enquanto estuda, e quebrando já nisso a relação entre pais e escola. "Queremos nossos filhos formados, ganhando bem e sendo independente.". Isso é geralmente o que escutamos dos pais, os pais normais que querem a felicidade de seu filho, a independência e que quer o melhor para eles. Mas onde e em que momento eles fizeram algo para que isso acontecesse?! Pagar escola e faculdade não significa ajudar teu filho no que ele realmente precisa. A atenção do pai é essencial na vida de qualquer ser humano, e os pais só saberão que tipo de atenção é essa quando entrar dentro da escola de seus filhos para saber o que acontece lá dentro, para sabe o desempenho do seu filho na sala de aula, sentar na mesa de casa onde teu filho faz lição e ajuda-lo no que ele precisa!

A escola, o colégio, não são lugares onde você deixa seu filho enquanto trabalha, pois não tem com quem deixar, e depois do seu expediente de trabalho vai lá para busca-lo. A escola, o colégio, está formando o caráter do seu filho, quem ele vai se e se tornar futuramente e você como pai tem que fazer parte disso! Revista NSL - 2012 21


Revista Nsl - 2012

Saúde no Brasil Nos últimos anos a saúde no Brasil não está sendo muito valorizada. É muito dinheiro investido em Copa do Mundo e futebol, e nada em educação e saúde. Você vai a hospitais públicos, e vê gente sofrendo na fila, pois está lotado e não há vagas para essas pessoas. Cidadãos internados nos corredores, correndo risco de morte ou infecção. Os mais afetados com a saúde pública no Brasil, são os povos de classe média baixa. A saúde está precária, está faltando verba nos hospitais públicos, para que consigam cuidar de todos os doentes do jeito certo. Muitas pessoas no Brasil, não têm condições de pagar um convênio ou médicos particulares, então são obrigados a optarem por postinhos ou hospitais públicos. Os hospitais públicos estão também sem estruturas, faltam reformas e expansões, pois além de parecer grandes, não são o suficiente para atender o grande numero de pacientes. E várias vezes ao ano, ter uma reforma básica, para ter menos riscos de contaminação, por causa da higiene do lugar. Por conta do governo não pagar bem os profissionais que atuam na saúde publica, os mesmos acabam indo para clínicas particulares ou outras áreas, fazendo com que tenham poucos para atender a grande quantidade de pessoas. Nas regiões Norte e Nordeste, são onde tem os maiores índices de falta de profissionais atuando na saúde publica. Na cidade de São Paulo, também contém falta de profissionais, pois para uma metrópole com milhões de habitantes, são poucos médicos para atendê-los. Além de falta de médicos, há falta de equipamentos novos e modernos, ou pelo menos renovado, para que tudo ocorra bem. Espera-se que daqui alguns anos, o Brasil esteja com a economia maior, para que possa investir em mais verbas em hospitais públicos e em profissionais para atuarem lá. Espera-se também que invista em equipamentos mais recentes e tecnológicos, para que tenha um local de trabalho melhor. Um dos fatores é a escolha de deputados incompetentes, que prometem investir e ajudar na saúde, mas quando são eleitos não fazem nada, nem em saúde e nem em educação. O problema no Brasil, é que é muito dinheiro investido em futebol do que em algo necessário. Um país como esse, deveria deixar um pouco o futebol de lado e acreditar e investir mais em educação, saúde e moradia.

Revista NSL - 2012 22


Revista Nsl - 2012

L O T A C A O B Q L K V O S F

J H Q R A R U T U R T S E O A

P U K X T E X A I J H T N T H

M E D I C O S P O W J U P N N

S E O C A N I M A T N O C E G

E H T E H C X F I V A N H M M

B Q A U C X W E S C P H V A N

P R O F I S S I O N A I S P L

C B U I C L A A I M C Z T I V

X W E R S T C Y J M I V Z U Z

B Y Y A I C X C J Y E O H Q O

F I E P E V V D L T N D K E V

L Q S F F W B M S P T A U E Q

S O N Z C P Z F K G E O L A A

H I K S B Q G C F X S A V A S

SAÚDE – HOSPITAIS – LOTAÇÃO – INFECÇÃO – MÉDICOS PROFISSIONAIS – CONTAMINAÇÕES – EQUIPAMENTOS – ESTRUTURA PACIENTES

Revista NSL - 2012 23


Revista Nsl - 2012

Situação Saúde

Revista NSL - 2012 24


Revista Nsl - 2012 Horizontal 2. Conjunto de testes realizados a pedido do médico, em laboratórios de análise clínica. 4. Conjunto de coisas necessárias a certos usos. 6. Força capaz de transformar os sonhos mais loucos em realidade é a determinação, também conhecida vulgarmente por "força de vontade". 7. Manifestações patológicas que surgem no nosso corpo físico. 9. Qualquer atividade que mantém ou aumenta a aptidão física em geral e tem o objetivo de alcançar a saúde e também a recreação. 11. O elemento de maior importância para a vida. 12. Colonização de um organismo hospedeiro por uma espécie estranha. 13. Ação enérgica do corpo ou do espírito. 14. Substância produzida para combater toxinas bacterianas ou venenos. Vertical 1. Que é bom para a saúde; salutar. 3. Produto farmacêutico, tecnicamente obtido ou elaborado, com finalidade curativa ou para fins de diagnóstico. 4. Ato de satisfazer as necessidades, anseios, e desejos de alguém. Fazer tudo o que estiver ao alcance. 5. Local destinado ao atendimento de doentes; 8. Ser humano no início de seu desenvolvimento. 10. Estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doenças;

1 – Saúde; 2 – Hospital; 3 – Medicamentos; 4 – Aparelhos; 5 – Crianças; 6 – Teste; 7 – Água; 8 – Exercícios; 9 – Doenças; 10 – Infecções; 11 – Esforço; 12 – Determinação; 13 – Saudável; 14 – Soro;

Revista NSL - 2012 25


Revista Nsl - 2012 Entrevista com o Profissional Acadêmico: Fale um pouco sobre você. Bom, Sou casado, tenho 33 anos, tenho um filho de 4 anos, moro em Guarulhos, mas nasci em São Paulo. Sou biomédico. Formei-me na universidade de Mogi das Cruzes (UMC) em 2002. Fiz especialização em citologia oncótica que trabalha com microscopia. Fiz mestrado em biotecnologia, também na UMC – Universidade de Mogi das Cruzes. Thiago Souza Cruz, 33 anos, formado e mestrado em biotecnologia na Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Hoje é biomédico e leciona no Campus UMC - Villa-Lobos.

Qual a sua rotina profissional? Varia muito do dia da semana, mas neste semestre de segunda e de sexta-feira eu acordo às seis da manhã, vou para a faculdade, me desloco de carro por mais ou menos uns quarenta minutos. Chego à faculdade e começo a dar aula às oito horas e termino às onze e meia. Depois eu vou para o laboratório, e gasto uns trinta minutos da faculdade até lá. Daí eu saio daqui e vou para o laboratório e fico lá pela tarde. E só volto à noite na segunda e na sexta. Eu ocupo três turnos nesses dois dias. De terça, quarta e quinta eu só trabalho à tarde e à noite. Conte para nós quando e por que você resolveu ser professor? Quando? Eu sempre quis ser professor, porque eu gosto de passar conhecimento às pessoas. Fora lecionar nessa faculdade você possui algum outro emprego? Não, só nessa faculdade.

Quais os cursos e/ou especificações que você fez para ser professor voltado à medicina? O mestrado que é um tipo de especialização e faço cursos na FOSP – Fundação Oncocentro de São Paulo e em diversas entidades na área da saúde. E em São Paulo eu costumo fazer alguns cursos e vou à congressos também. O que você diz a respeito dos limites entre os professores com alunos dentro da faculdade? Eu acho que depende muito da turma e do período, mas na maioria dos casos é boa a relação e o limite. Algumas turmas sentem dificuldades em obedecer a regras. Acho que isso está relacionado com a fase da vida e da juventude. Como é o corpo docente? A visão que ele tem dentro e fora da faculdade em relação à qualidade, formação, etc.? Acho que a visão que os professores têm é boa. Nós temos uma relação boa na sala dos professores. Os alunos têm noção que o corpo decente é unido, esforçado e bom.

Revista NSL - 2012 26


Quais são as matérias mais importantes? Eu acredito que não existem as matérias mais importantes e sim que elas se complementam. Uma depende da outra, são interrelacionadas. Não existe matéria mais ou menos importante. O que é melhor: dar aula ou trabalhar na área da saúde? Olha, eu não sei, por que são duas coisas que adoro fazer. O melhor é você conseguir dar aula no que você trabalha, na matéria na qual você se especializou e na qual você exerce função do seu serviço. Acho que o melhor é isso. Em relação à saúde pública do Brasil, o que você acha que precisa melhorar e quais fatores impedem isso? Nós temos que deixar de ser um país curativo para ser um país preventivo. Nós temos que parar de se preocupar em curar doenças e sim prevenir a doença. Quando isso acontecer, vai melhorar bastante. E o que faz com que isso não aconteça é a má vontade política. Esse sistema político que vemos quando as pessoas organizam palestras, tem algum peso na hora de concretizar essa ideia de melhorar a saúde pública? Sim, tem peso sim. Por exemplo, se você dá uma palestra mostrando as intercorrências de uma determinada doença e se você explica de uma maneira fácil como prevenir essa doença, acho que é um método viável e bom para se passar uma ideia. Atualmente, um trabalhador da área da saúde bem graduado corre o risco de não conseguir um bom emprego? E depende de fase do mercado de trabalho?

Revista Nsl - 2012 Sim, corre. Qualquer profissional que não se dedique não consegue. Hoje para você conseguir um bom emprego você precisa ser competente e também ter sorte, pois você vai ter que estar no lugar certo e na hora certa. Depende também das fases do mercado de trabalho. São vários fatores: fases; como está o mercado de trabalho; se você é competente; e às vezes se você é tímido, você pode ter dificuldade, mesmo você sendo o melhor aluno da faculdade, se você for tímido às vezes você não consegue emprego por causa da sua timidez. Você acha que cada vez mais que um indivíduo ganha um maior nível acadêmico no ramo da medicina, ele pode entrar em confronto com seus próprios valores, sejam eles sociais, espirituais etc. Sim, claro que pode. O que você deduz da vacina contra grandes males como a AIDS e o câncer? E você acha que o Brasil tem condições Eu acho que nós estamos avançando. E o Brasil tem condições sim, nós temos ótimos pesquisadores, mas o que falta mesmo é incentivo e dinheiro. A faculdade de Mogi das Cruzes têm vários pesquisadores que já contribuíram com várias drogas e tecnologias para desenvolver diversas metodologias para a cura do câncer. Quantos médicos se formam por ano na maioria das faculdades? Mais ou menos em torno de duzentos médicos por ano. O que é a vida pra você? A vida é uma oportunidade dada para você.

Revista NSL - 2012 27


Revista Nsl - 2012 Entrevista com um professor do Nsl: Fale um pouco sobre sua vida pessoal. Eu sou recém-casada, não tenho filhos. Minha família é constituída por eu e meus dois irmãos mais novos. Meus pais ambos trabalham. Tenho um ótimo relacionamento familiar, gosto muito dessas reuniões familiares. Sou muito preocupada com a minha família e sempre fiz de tudo para colaborar com a casa e com a manutenção da casa, desde pequena. Pelo fato de minha família ser de uma origem simples, eu comecei a trabalhar e também tive que assumir grandes responsabilidades, principalmente com meus irmãos que também me consideram como mãe deles, porque meus pais, infelizmente, foram muito ausentes. Eu sempre fiz questão de estar presente, de acompanhar o crescimento e o desenvolvimento deles, dando o melhor de mim.

Vivian Moura Massari, professora de Biologia, recém-casada.

Fale sobre sua rotina profissional. Atualmente, eu exerço magistério em duas escolas. Pela parte da manhã eu exerço aqui no NSL todos os dias e a noite eu tenho outra escola, que é um colégio parecido com NSL. Na parte da tarde eu me dedico a uma parte acadêmica minha, eu me envolvi em uns projetos de pesquisa lá na USP e estou tentando fazer publicação. Então eu me ocupo com as atividades da minha casa também e outras responsabilidades que eu tenho na minha casa. O que te influenciou na escolha da sua formação? Revista NSL - 2012

É engraçado, mas eu acho que um pouco a religião. Eu sou católica e não tem nada a ver, mas eu sempre fui muito curiosa e eu ficava tão encantada que olhava e me perguntava de forma intensa para as coisas da natureza e da ciência como é que as coisas funcionavam biologicamente e quimicamente. Eu achava as coisas tão perfeitas e tão lindas que eu ficava encantada para entender melhor com é que tudo funcionava, como que era a inteligência daquilo. Acho que não existe nada mais inteligente e sofisticado do que foi criado por Deus, pelas coisas que tem vida. Para mim não existe uma máquina mais moderna e tecnológica do que o corpo humano. Seus pais te ajudaram na sua escolha profissional? Não, isso foi totalmente ao meu critério. Claro que me aconselharam, mas a opção foi totalmente minha. Não tive nenhuma resistência de nenhuma parte. Como é a convivência entre alunos e professores? Entre professores, é uma das escolas em que eu tenho mais afinidade com os professores. Acho que têm ótimas pessoas, eu adoro a sala dos professores, as conversas que existem entre a gente. São pessoas culturalmente e politicamente conscientes, são pessoas que tem opiniões embasadas e tem pessoas que são argumentativas, inteligentes. Eu adoro esse momento em que a gente fica juntos, porque a gente sempre troca informações. Eu acho que é excelente minha relação com eles, o que é muito bacana. E entre os alunos eu acho que é uma relação de troca. O ato de ensinar é um ato de aprender também. A gente vem com informações e vocês vêm com dúvidas, e às vezes uma pergunta nos faz repensar. Ensinar também nos gera conhecimento. Quando você se formou na faculdade, você tinha a intenção de dar aula? Eu sempre gostei de dar aula. Isso eu observei nos meus primeiros seminários na faculdade. Desde o meu primeiro seminário

28


Revista Nsl - 2012 eu adorei essa ideia de explicar alguma coisa para as pessoas. Eu adorava os seminários porque eu sabia que ia tirar uma nota boa, meus seminários ficavam muito bons. Então eu percebi que eu poderia atuar nessa área com facilidade. Como você trata os seus alunos que respondem quando estão com raiva? E existem outros problemas no seu trabalho? Como você os soluciona? Depende da situação. Eu acho que existe esse problema de indisciplina, que ele deve ser corrigido. Dependendo do grau de indisciplina você resolve dentro da sala de aula. Dentro da sala de aula você tem uma série de obrigações e o professor está ali para que exija que você cumpra essas obrigações. Geralmente, uma coisa é negociada entre professor e alunos, se for uma coisa frequente, a gente tem que falar com o coordenador, daí solicita a presença dos pais. Agora se é uma coisa de falta de respeito, dependendo de como é feito o aluno merece uma advertência ou uma expulsão, esse alunos tem que ser advertido de alguma forma, porque o rege em qualquer relação é o respeito. Você não precisa ter afinidade entre aluno e professor, só precisa ter respeito. E claro, o respeito tem que ser uma mão dupla: professor e aluno; aluno professor. Vocês possuem um papel e esse papel deve ser executado e a gente é o mentor disso, fazendo com que tudo seja feito, que seja cumprido. Há quanto tempo você é professor? Desde 2006, então tem uns seis anos. Tive experiência em umas nove escolas durante esses seis anos. O que te motivou a vir trabalhar aqui no NSL? Fiquei bastante motivada por observar que o colégio tem bastante estrutura, as turmas são pequenas daí você consegue trabalhar melhor. Apesar de ter seus problemas, tem recursos de multimídia, se preocupa em oferecer o melhor para o aluno, é uma escola próxima da família dos estudantes, justamente como uma escola deve ser.

O que te motiva a passar seu conhecimento para os seus alunos? É o prazer de lecionar. Lecionar é um ato generosidade.

Você pensa em mudar de profissão futuramente? Eu não vejo isso acontecendo agora, em curto prazo. Em longo prazo, talvez, mas por enquanto não. Quando que você acha que o Brasil deixará de ser um país que trata e se transformará em um país que previne? Acho que isso se resolve com administração séria e planejamento. Acho que tem que ter educação de qualidade em nível superior para todos. Então, uma coisa gera outra. Tem que ter planejamento na educação, na saúde etc. Qual foi sua melhor experiência adquirida até hoje? Minha melhor experiência foi durante minha pós-graduação que eu tive a oportunidade de fazer três viagens internacionais. Eu levei os trabalhos que eu desenvolvi no Hospital das Clínicas para fora do país. E na minha última viagem eu fui para os Estados Unidos, onde eu fui premiada. De três mil trabalhos, eles só premiaram cinquenta, e o meu era um desses cinquenta. Foi a melhor fase da minha vida, porque foi onde eu tive a oportunidade de desempenhar um projeto de pesquisa e acabou sendo um projeto valorizado lá fora. Foi formidável.

Revista NSL - 2012 29


Revista Nsl - 2012

Debate: Cultura Erudita X Cultura Popular Falaremos, agora, uma questão que continua em discussão nas ciências sociais, que é a existência de duas formas específicas de cultura em nossa sociedade: a cultura popular e a cultura erudita.O que seria erudito? O que seria popular? O que distinguiria o popular do erudito? A cultura popular pode ser definida como qualquer manifestação cultural (dança, música, festas, literatura, folclore, arte, etc.) em que o povo produz e participa de forma ativa. É a expressão mais genuína de um grupo de pessoas, é a representação simbólica de seu modo de vida, de suas RAÍZES e de suas CRENÇAS. Foi ela que deu origem a todos os tipos de cultura, ela é que inspira as pessoas a ser e a criar novos costumes e tradições. Esse tipo de cultura é produzido, veiculado e consumido em espaços alternativos de fruição cultural, como as feiras populares, as praças, as festas típicas, os cordéis. Por conta da riqueza de manifestações populares, cada espaço regional oferece certas características de dança, musicalidade, culinária, religiosidade, e por isso o estudo desse tipo de fenômeno é altamente complexo. Ao contrário da cultura de elite, a erudita, a cultura popular surge das tradições e costumes e é transmitida de geração para geração, principalmente, de forma ora, ela seria aquela que é produto de um saber não institucionalizado, que não se aprende em colégios ou academias. A cultura popular é uma manifestação mais espontânea, mais simples, com fortes características regionais, muitas vezes transmitida de geração em geração, mais acessível, etc. A maior beleza da cultura popular está justamente em se aproximar do modo de vida de um povo, como é o caso do samba, do carnaval, danças e festas folclóricas, literatura de cordel, provérbios, frevo, capoeira, artesanato, cantigas de roda, contos e fábulas, lendas urbanas, superstições,

etc. são grandes exemplos de cultura popular. Por muitos anos, a cultura popular foi considerada inferior à erudita; e erudito mesmo era aquilo que era europeu, de preferência francês, inglês ou alemão. Os brasileiros eram os primos pobres, que tinham que beber naquelas fontes para se curar de seu incurável atraso. Esse pensamento foi se transformando ao longo dos anos, graças às contribuições de autores que, dominando o saber erudito, reconheciam o valor imenso da cultura popular (Gilberto Freire, Mário de Andrade e Guimarães Rosa são alguns desses autores). A cultura erudita, por outro lado, pressupõe uma elaboração maior e por isso uma institucionalização do saber. Isto é: o domínio da cultura erudita passa não pela tradição familiar, mas por academias, bibliotecas, conservatórios musicais, etc., que selecionam o material e impõem regras rígidas e complexas elaborações. Bach, na música, e Ingres, na pintura, são exemplos disso. A cultura erudita, diferente da popular, conta com grandes e famosos representantes entre a classe alta (por ser a mais estudiosa), como representantes talentosos e perpétuos. Johann Sebastian Bach, Ludwig van Beethoven, Isaak Karabitchevisk, Robert Plant são exemplos de grandes eruditas, cujo trabalho foram eternizados pela própria qualidade. Artistas como esses, estudaram e melhoraram suas técnicas durante suas vidas inteiras, o que com certeza merece destaque e idolatria, diferente da grande massa popular, que acha que arte é simplesmente ver um cantor [despreparado na maioria das vezes] em cima de um palco rimando palavras. A partir do momento em que um artista assume tal obra, essa, deveria no mínimo, representar o fruto de seu investimento árduo, porém, acarretando a garantia de que se torne algo de qualidade.

Revista NSL - 2012 30


A Cultura Erudita, muitas vezes criticada por estar disponível a quem pode pagar, é mal interpretada por ignorantes que não levam em consideração a opinião do artista, que muitas vezes, não permite que se contentem com o pouco elaborado. Diferente da ralé popular, um erudito não vende seus valores artísticos. Ele vende o que é fruto de uma vida inteira de estudo e aperfeiçoamento de sua própria arte, o que, é claro que não sai barato. A falta de conteúdo de artistas populares (na visão dos eruditas, cuja vida de estudo elimina palavras chulas de seu vocabulário próprio, como palavrões), é algo que deveria ser encorajado e mais seleto, porém, os desafortunados de cultura, apontam características, tais como homossexualidade (mesmo que não exista) e preços altos, como elementos que desvalorizam a própria arte, mesmo que não as entendam. Consequentemente, a cultura erudita acaba sendo mais elaborada por causa de tudo isso. Após uma diferenciação das duas formas de expressão simbólica, é interessante analisar um pouco, nesse momento, a relação entre ambas. Será que essas culturas existem paralelamente uma à outra, sem manter entre si contato algum? Em algum momento de sua produção ou fruição pode-se pensar em algum tipo de contato? A cultura popular estabelece contato com a chamada cultura erudita, ou, melhor dizendo, é praticamente um produto de uma incorporação dos padrões da cultura letrada à realidade do povo. Assim sendo, a cultura popular seria uma mistura de restos da cultura erudita, assimilados pelas camadas menos letradas às tradições existentes em seu meio. E se um estudioso quiser fazer uma arqueologia de uma sociedade deve buscar elementos para isso no povo, porque aí se encontram como que fossilizadas

Revista Nsl - 2012 todas as manifestações relevantes do passado.

A partir de agora leitor, você está convidado a “participar” de um debate entre alunos do primeiro ano do Ensino Médio, onde um grupo de alunos tem que defender a Cultura Popular e outro grupo tem que defender a Cultura Erudita. Confira:

Alunos 2ºTC

Revista NSL - 2012 31


Revista Nsl - 2012 1º Round Eruditos Perguntam: Por que defender tanto uma cultura tão pouco utilizada por vocês mesma? Porque vocês não trocam o seu carro e seu celular, com as suas músicas clássicas antigas ou até mesmo o pop, por um jegue ou um cavalo e seu celular cheio de música pela sua própria voz, cantando Tião Carreiro e Pardinho, e assim então fazer jus ao que vocês defendem? Populares Respondem: Vocês pensam que só vocês podem desfrutar do uso da tecnologia. Vocês acham que a gente tem que manter o que a gente criou, mas não quer dizer que vocês não avancem que a gente também não possa avançar. A cultura erudita ela é tradicional, ela mantém um esquema. Mas a cultura ela é dinâmica, ela muda toda hora, e o legal da cultura popular é que ela está mudando toda hora. E como a gente já falou a tecnologia avança para se popularizar. Antes a gente podia estar em alta, hoje vocês estão, mas quem garante que amanhã vai estar a mesma coisa? Nos vemos na mesma situação, pois quem garante que vocês são frequentadores de clássicos e óperas, quem garante que vocês seguem a risca sua própria cultura? Eruditos Réplica: Como você mesmo disse que a cultura popular ela está se inovando a todo momento, mas você não acha que com a perda da raiz de vocês ela não vai acabar se tornando ou fazendo parte da cultura erudita também? Afinal, as pesquisas, as dissertações, tudo o que vocês estão falando são feito também pelos intelectuais da elite, os agentes da cultura erudita. E vocês também falaram que nós não vamos ao teatro e coisas assim, se nós temos a nossa tecnologia de hoje, pois nós não precisamos ir ao teatro, o teatro vem a nós por causa da nossa tecnologia. Populares Tréplica: Bom, vocês falaram que com a tecnologia, vocês não precisam seguir a risca a cultura erudita, mas como falaram, podem gravar e assistir na televisão. Mas como vocês disseram em qualquer casa se encontra uma televisão, então porque fizeram a erudita se precisam da popular?!! 2º Round Populares Perguntam: A Inclusão e exclusão de culturas como nos povo de alta e baixa sociedade, agora porem exclusivamente da alta sociedade, podemos conviver com um cultura popular se a erudita supri todas as nossas necessidades ? Eruditos Respondem: Para o povo de alta sociedade, a cultura erudita supri totalmente suas necessidades, a não ser se for para basear e fazer com que a erudita supri total a popular. Populares Réplica: A cultura erudita supre todas as necessidade e não precisa da cultura popular, mais se você diz que não precisa da cultura popular, sendo que a cultura erudita se baseia totalmente na popular para ser criada? Eruditos Tréplica: A cultura erudita se baseia na popular, mas temos vocês só como base, não é de extremamente importância ter vocês no meio, é simplesmente uma base. Revista NSL - 2012 32


Revista Nsl - 2012

Cultura Popular

A cultura popular é o resultado de uma interação contínua entre pessoas de determinadas regiões e recobre um complexo de padrões de comportamento e crenças de um povo. Nasceu da adaptação do homem ao ambiente onde vive e abrange inúmeras áreas de conhecimento: crenças, artes, moral, linguagem, ideias, hábitos, tradições, usos e costumes, artesanatos, folclore, etc. .

É o que diferencia e classifica um povo. É o que dá o tom e a cor dada a uma sociedade e é o que abrange um modo de vida. Uma opinião amplamente sustentada é a de que a cultura popular tende a ser superficial. Os itens culturais que requerem grande experiência, treino ou reflexão para serem apreciados, dificilmente se tornam itens da cultura popular.

Revista NSL - 2012 33


Revista Nsl - 2012

Cultura Erudita Durante as aulas foi feito um debate onde se discutia a cultura popular ou erudita. Parte da sala defendia uma e parte defendia a outra. Mas o importante do debate foi a argumentação, que por mais que fosse contra os seus ideais pessoais, demonstrava o poder de argumentação. Falar sobre a cultura popular é muito fácil, pois normalmente atinge a maior parte da população, tornando-se uma cultura apoiada por muitas. Mas a cultura erudita foi feita a partir da cultura popular. Diferente da cultura popular direcionada a qualquer um, a cultura erudita é mais sofisticada, importante pra quem tem apreço à cultura de qualidade. Para produzir uma obra, são necessários anos, ou mesmo um trabalho de uma vida inteira, é gasto muito dinheiro em sua produção; o que justifica seus preços normalmente mais altos. A visão não é que apenas as pessoas que tenham poder aquisitivo superior possam desfrutar deste tipo de arte, mas como há gastos há altos preços para usufruir, porém há também réplicas destinadas aos eruditos de poder aquisitivo mais baixo, para perpetuar a essência da arte que é a expressão sem custos. Ao apreciar a arte erudita você pode sentir tanto a ideia que o artista quis passar, quanto o esforço que ele teve ao tentar passar esta ideia. O interessante é que nem sempre há um padrão do que se deve achar, cada um pode ter uma perspectiva diferente de um mesmo tipo de arte, o que mantém a característica em especial de cada um.

Alunos 2ºTC

Revista NSL - 2012 34


Revista Nsl - 2012 Museus

O museu é um ótimo organismo de informação em relação ao Brasil, tendo inclusive uma biblioteca completa. Por somente seis reais (estudante paga meia), você pode experimentar um ótimo tour pelo museu.

Museu do Ipiranga

Dentre as obras permanentes, é importante salientar:  Os quadros: “Anhanguera”, “Os Bandeirantes”, “Desembarque de Pedro Álvares Cabral em Porto Seguro em 1500”, “Fundação da cidade de São Paulo”, entre outros quadros que retratam as lavouras de café;  Pratarias Imperiais;  Armas e armaduras dos guerrilheiros da época;  Maquete do edifício “Monumento do Ipiranga”;  Vestimentas da família Prado Guimarães.

Desembarque de Pedro Álvares Cabral em Porto Seguro : 1500

O acesso ao museu é oferecido pela Av. Nazaré e pela Rua Xavier de Almeida. Contato pelo tel.: (11) 2056-8000 ou pelo site: www.mp.usp.br

Parque da Independência no Ipiranga

Revista NSL - 2012 35


Revista Nsl - 2012

Memorial da América Latina

O Memorial da América Latina é um convite às manifestações artísticas e científicas latino-americanas, um apelo para que elas façam do conjunto arquitetônico projetado por Oscar Niemeyer, a sua casa em São Paulo.

Ele nasceu com a missão de estreitar as relações culturais, políticas, econômicas e sociais do Brasil com os demais países da América Latina; é uma forma de mostrarmos a nós mesmos quem somos.

Ele pode ser considerado uma publicidade, não apenas para os outros países de outras culturas, mas para nós mesmos conhecermos tanto as nossas culturas quanto as culturas dos países de toda a América Latina. É um lugar que dá o direito à expressão, o que se torna o ponto mais importante do memorial.

Revista NSL - 2012 36


Revista Nsl - 2012 Mostra Temporária

"O artista existe porque o mundo não é perfeito. Arte seria inútil se o mundo fosse perfeito, como o homem não iria procurar harmonia, mas simplesmente viver nela. Arte nasce de um mundo mal concebido". - Tarkóvski

Assinatura de Tarkóvski

Andrei Tarkóvski, Russo, gênio da história do cinema, e isso tudo devido ao seu grande dom na arte. Desde jovem aprendeu a tocar piano e frequentava a escola de arte. Sofreu de tuberculose, mas isso não o parou. Matriculou-se na VGIK (Universidade Estatal Russo de Cinematografia Sergei Gerasimov) para estudar cinema. Dirigiu o primeiro filme em 1956, uma adaptação de um conto de Ernest Hemingawt chamado The Killers. Morreu em 29 de dezembro de 1986 em Paris, devido a um câncer pulmonar.

A mostra “O espelho de memórias” é o que nos da a oportunidade de conhecer melhor sobre, Andrei Tarkóvski. A exposição em sua homenagem é composta por 30 obras, entre elas: fotografias; trechos de poemas e projeções em vídeo.

O espelho de memórias – Exposição Internacional de Tarkóvski, foi exposto no espaço Cinesesc, onde foi exibido também os clássicos Stalker (1979) e O Espelho (1974).

Revista NSL - 2012 37


Revista Nsl - 2012 Mostra Permanente

O MASP tem o acervo mais completo do hemisfério Sul e faz jus a essa qualidade. Possui cerca de 8.000 peças, sendo assim também uma das maiores mostras fixas.

Masp

Entre elas temos diversos tipos de artes como:        

Brasileira Francesa Italiana Das Américas Da Península Ibérica Da Europa Central Da Europa Setentrional Da Europa Oriental

Apresenta obras tanto em pintura como em esculturas, gravuras, desenhos e fotografias. Algumas obras Maiólicas, arqueologias, arte africana, arte asiática, entre outros!

Revista NSL - 2012 38


Show Alternativo

Revista Nsl - 2012 Show Massificado

Rashid com participação de Flora Matos, Projota & Ogi

Lady Gaga no Brasil: Lady Gaga se apresenta no estádio do Morumbi, em São Paulo

Michel Dias Costa (Rashid) e José Tiago Sabino Pereira (Projota)

Lady Gaga durante apresentação no Estádio do Morumbi, em São Paulo, neste domingo (11/11)

Quinta feira, dia 15 de Novembro (feriado), o MC Michel Dias Costa (Rashid), que estreou em carreira autoral em 2010, se apresentará no SESC Pompéia às 19h, para o lançamento do seu novo álbum: “Que assim seja”. Com o evento o rapper apresenta o resultado do fruto das batalhas de MC’s de São Paulo. Ingressos a venda pela rede IngressoSESC a partir das 14h do dia 01/11. O valor do ingresso é de R$ 12,00 reais. Os associados do SESC e seus dependentes, aposentados, pessoas com mais de 60 anos, pessoas com deficiência, estudante e professores da rede pública, pagam meia entrada. Já os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e matriculado no SESC e dependentes pagam R$ 3,00.

Começou, por volta das 21h deste domingo (11), o show da cantora Lady Gaga em São Paulo. Ela se apresentou no Estádio do Morumbi, neste que é seu segundo show no país – na última sexta-feira (9), ela tocou no Rio. Depois de um grande show no Rio de Janeiro, a expectativa do público paulistano era grande. Com o estádio (Morumbi) não muito lotado, com 50 mil pessoas, a plateia pode aproveitar melhor a apresentação. . O ambiente era quase o de uma festa à fantasia, pois havia pessoas vestidas das mais diversas formas. . Ao longo do show, Gaga demonstrou diversas vezes seu carinho pelo Brasil, chegando a dizer que não sabia o que encontraria no país quando viesse para cá, já que nunca fez turnê pela América Latina. . A ocasião também ficou marcada por um momento desagradável, quando um fã acertou a americana no rosto com um objeto, gerando vaias do público e deixando-a assustada por um instante. Este foi o segundo show de Lady Gaga no Brasil em 2012, que apesar das intempéries foi bonito, o cenário estava fabuloso e o figurino muito criativo.

Neste dia não haverá venda de bebidas alcoólicas. Não recomendada à entrada para de menores de 12 anos.

Revista NSL - 2012 39


Revista Nsl - 2012 Cinema Alternativo

Cinema Massificado

Filme: Dom

Filme: Possessão

Baseado em fatos reais, a história decorre sobre Clyde (Jeffrey Dean Morgan), um pai de duas filhas recém-separado, que faz de tudo para deixá-las felizes. Então não dá muita importância quando sua filha mais nova, Em (Natasha Calis), fica obcecada por uma velha caixa de madeira encontrada em um brechó. Entretanto, aos poucos a menina se torna agressiva e quieta, levando seus pais a desconfiarem que seu comportamento tenha alguma relação com seu objeto precioso. Gênero: Suspense, Terror Duração: 92 min. Origem: Estados Unidos Estreia: 02/11/2012 Direção: Ole Bornedal Roteiro: Kevin Mannis, Stephen Susco Distribuidora: Paris Filmes Censura: 14 anos Ano: 2012

Dom conta a história de Bento (Marcos Palmeira), um menino, cujos pais, apreciadores de Machado de Assis, resolveram batizá-lo assim em homenagem ao célebre personagem Dom Casmurro. Tantas vezes foi justificada a razão da homenagem que Bento (Dom) cresceu com a ideia fixa que seria o próprio Bentinho, destinado a viver exatamente aquela história. A vida imita a arte e para Dom, o triângulo amoroso se forma entre sua esposa Ana (Maria Fernanda Cândido) e seu melhor amigo Miguel (Bruno Garcia). O destino irá fazer com que Bento viva o resto de seus dias com a eterna dúvida à qual Machado condenou seu personagem. Título Original: Dom Duração: 91 minutos (1 hora e 31 minutos) Origem: Brasil Gênero: Drama Direção: Moacyr Góes Ano: 2003

Bourbon Shopping

Revista NSL - 2012 40


Revista Nsl - 2012 Teatro alternativo

Camille e Rodin

Camille & Rodin, conta a história de dois grandes escultores que se imortalizaram na história da arte. Camille Claudel (Melissa Vettore), uma jovem de apenas 17 anos, que acabara de chegar a Paris com o intuito de se tornar aprendiz de Auguste Rodin (Leopoldo Pacheco), e após algum tempo ao lado de seu professor acaba se apaixonando. Rodin com seus 45 anos, admira Camille e a convida para além de aluna, ser também uma de suas modelos, e com o passar do tempo sua amante.

Uma história de amor realmente linda, onde sentíamos presente, pitadas de drama, ação, paixão, ilusão e muito mais coisas. Bom, a peça foi ótima, mas acabou em Dez/2012; a sua classificação: 12 anos, sábados e sextas ás 21h00min e domingo ás 19h30min. Uma pena de verdade, ver que uma peça tão boa saiu de cartaz!

Revista NSL - 2012 41


Revista Nsl - 2012 Teatro Massificado

Cirque Du Soleil Tudo começou com uma ideia, no inicio dos anos 80, em Baie-Saint-Paul. Jovens artistas conhecidos como Les Échassiers de Baie-Saint-Paul, foram os fundadores do que é o grande Cirque du Soleil. Les Échassiers de Baie-SaintPaul (“Os Equilibristas de Pernas-DePau de Baie-Saint-Paul”), praticavam coisas como: andar sobre pernas-depau, cuspir fogo, dançar e, além disso, tocar algumas músicas. A jornada inesperada do “Cirque du Soleil” começou em 1984 quando Guy Laliberté (fundador de Les Échassiers de Baie-Saint-Paul) conseguiu convencer os organizadores da comemoração do 450° aniversário da descoberta do Canadá de que a melhor escolha de evento seria uma turnê dos artistas pela província, desde esse dia então o “Cirque du Soleil” não parou mais de se apresentar.

Suas apresentações são compostas de forças criativas multifacetadas, entre elas 8 características chave que ajudam a definir aquilo que o “Cirque du Soleil” realmente é: Performance acrobática; Atuação; Formas de artes pelo mundo; Mundos imaginários; Dança; Ousadia; Destreza e Graça.

Revista NSL - 2012 42


Revista Nsl - 2012

Esses espetáculos são os que percorrem quase que o mundo todo. Aqui estão alguns deles:   

Alegria; La Nouba; Íris;

Alegria

  

Mystére; Ovo; Quidam

Quidam

   

Saltimbanco; Totem; Varekai; Zumanity.

Varekai

Revista NSL - 2012 43


Revista Nsl - 2012 Restaurantes

Rincão Gaúcho Grill Situada da Avenida dos Autonomistas, 1821 Tradição no Churrasco Gaúcho, no Coração de Osasco, Rincão Gaúcho servindo a mais de cinco anos o melhor churrasco da região. Tendo uma equipe totalmente treinada e com experiência para ter o melhor atendimento com toda educação, higiene e dedicação por seus clientes. . Estacionamento

Possuindo todos os tipos de bebidas:        

Sucos Vinhos Vodka Conhaques Whiskeis Aperitivos Licores Cervejas Bar com 40 lugares

Um grupo com mais de doze churrascarias no Brasil, com profissionais altamente qualificados para um ótimo atendimento

Salão com 270 lugares

Com as melhores carnes do mercado, uma variedade de tipos saladas, molhos, pratos quentes e sobremesas

Buffet de Salada

Revista NSL - 2012 44


Revista Nsl - 2012

Divino Fogão Em um ambiente que remete ao aconchego da fazenda, o Divino Fogão oferece um cardápio variado e balanceado, sempre preparado com produtos fresquinhos e de alta qualidade. Proporciona ao cliente uma infinidade de combinações de saladas, pratos quentes e sobremesas típicas, feitas artesanalmente no próprio restaurante.

O restaurante divino fogão é nacionalmente reconhecido por seus produtos de excelente qualidade e com seu sabor de Brasil. Com os principais pratos brasileiros, demonstra o bom da culinária brasileira, com os temperos que lembram a região nordeste.

Podemos dizer que falamos de um restaurante com experiência na área, pois com recitas próprias e mais de 25 anos de estrada, esta rede espalhada em todo o Brasil oferece excelência para nossos paladares. Tel.: (41) 30782729 Revista NSL - 2012 45


Revista Nsl - 2012 Feiras

CAMPUS PARTY BRASIL 2012 Campus Party Brasil é um evento tecnológico realizado anualmente. No Brasil, começou em 2008 na cidade de São Paulo e é ocorrido até hoje. Neste ano, o evento ocorreu na Arena Anhembi, com diversas áreas da inovação, ciência, cultura e entretenimento digital, para cerca de 7.500 pessoas. Foram 500 horas de conteúdos relevantes e atualizados, através da realização de palestras, mesas, oficinas e debates. Muitas personalidades estavam no evento, entre os brasileiros, o comediante Rafinha Bastos, o vlogueiro da internet PC Siqueira e o blogueiro Mauricio Cid, do Não Salvo.

Rafinha Bastos, PC Siqueira, Rodrigo Fernandes (Jacaré Banguela), Mauricio Cid (Não Salvo) e Rosana Hermann (Querido Leitor) no palco principal do Campus Party Brasil 2012.

O destaque da CP12 ficou por conta da realização do Intel Extreme Masters, a maior competição de games do mundo, que teve, pela primeira vez na sua história, uma etapa na América do Sul.

Campus Party 2012, Arena Anhembi, cerca de 7.500 pessoas estiveram no evento.

Revista NSL - 2012 46


Revista Nsl - 2012

SALÃO DO AUTOMÓVEL 2012 O Salão Internacional do Automóvel de São Paulo é o maior e mais importante evento automotivo da América Latina. Todos os apaixonados por automóveis podem desfrutar das grandes tendências do setor e o que há de mais moderno no mundo dos automóveis, sem sair do Brasil.

O Salão do Automóvel é um dos eventos mais visitados, com diversas marca e estilos de carros, e muita tecnologia e carros do futuro. As atrações do Salão são as grandes marcas automotivas como Ferrari, Porshe, Peugeot, Volvo e Audi. O Salão conta com muitos apaixonados da área de automobilísticos e tecnologia, e conta também com famílias e crianças fãs dessas naves.

Revista NSL - 2012 47


Revista Nsl - 2012 Passeios

Parque Ecológico Tietê

Parque Ecológico do Tietê

O Parque Ecológico Tietê, foi inaugurado em 1982, atendendo aos moradores da Zona Leste, com 4,5 milhões de habitantes. Tem uma grande área de ocupação, que vai desde a Barragem da Penha e São Miguel Paulista ao município de Guarulhos. Esse Parque serve de bacia de acumulação de água do Rio Tietê para que não haja enchentes na Marginal. O Parque conta também com o Centro de Educação Ambiental, o Centro Cultural, o Museu do Tietê, Biblioteca, e o Centro de Recepção de Animais Silvestres, que abriga dois mil animais (apreendidos pelo IBAMA, Polícia Florestal ou doados pela população). O governo do Estado iniciou, em 2004, obras de revitalização do Parque Ecológico do Tietê. Dentro do programa de revitalização já foram concluídos: a recuperação da trilha de caminhada e dos campos de futebol; a ampliação do Museu do Tietê; a construção de novos quiosques com churrasqueiras, coreto, mesas c/ tabuleiro de xadrez, sanitários, playgrounds, áreas de ginástica etc.

Pedalinho no lago do Parque Ecológico doTietê – SP

Revista NSL - 2012 48


Revista Nsl - 2012

Parque Anhanguera Localizado no bairro Perus, Avenida Fortuna Tadiello Natucci, nº 1000, o Parque Anhanguera possui uma área de aproximadamente nove milhões de metros quadrados de Mata Atlântica. Instalado em uma área remanescente do Sítio Santa-Fé, próxima ao Pico do Jaraguá, o local possui trilhas, ciclovias, quadras, pista de Cooper, orquidário, playgrounds e área com cabanas para festas com churrasqueiras públicas. Parque Anhanguera

O espaço possui matas ciliares, campos secos, brejos, capoeiras e uma grande quantidade de cursos d´água. Os brejos e as várzeas constituem o principal abrigo para répteis e anfíbios. O parque possui a seguinte fauna: preás, gambás, veados catingueiros, tatus, pacas, capivaras, cotias, quatis, cachorros do mato, ouriços, insetos, peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos, em poucos exemplares devido a atropelamentos por causa da rodovia que corta o parque e causa a morte de muitos animais.

Sua flora consiste em eucaliptos que faz parte de uma grande área do parque que não favorece a existência de muitos animais, pois o eucalipto não é usado por animais brasileiros porque ele é nativo da Oceania e um pouco de matas ciliares e mata nativa. O parque Anhangüera é originário de uma área remanescente do Sítio SantaFé, uma antiga fazenda de reflorestamento adquirida pela prefeitura em 1978.

Revista NSL - 2012 49


Revista Nsl - 2012

Portal do Aluno: Texto Introdutório Em quase todo o mundo, uma das palavras mais usadas é a democracia. Sua origem vem da Grécia antiga, onde demo significa povo e kratos, governo. Algumas nações usam-na para impor seu poder e outras lutam por ela, como um objetivo a ser alcançado. Outras, porém, olham a democracia como um sonho distante e impossível de ser realizado.

Em nosso país, a democracia é usada como a maioria das nações a usam: de maneira representativa. Ou seja, através de um processo democrático (que é o voto), escolhemos nosso representante que falará por nós no governo. Os alunos do NSL, porém, resolveram quebrar este protocolo. Os discentes viram na revista produzida por eles mesmos uma oportunidade de mostrar suas opiniões e sugestões sobre a escola de uma maneira diferenciada, a la democracia pura, ou se preferirem, pela democracia direta. Neste processo, assim como ocorria na Grécia, cada indivíduo expressou sua opinião e sentimentos sobre um determinado fato de seu interesse. No caso do NSL, os alunos resolveram se expressar sobre o cotidiano da escola. Com o objetivo de propor melhorias à instituição, ressaltar os pontos positivos e acima de tudo, demonstrar a maturidade ganha em todo o processo de manufatura da revista, esta matéria visa, de maneira puramente democrática, expor os pensamentos do cerne da nossa escola: o pensamento dos alunos.

Revista NSL - 2012 50


Revista Nsl - 2012

Portal do Aluno: Corpo docente O corpo docente é nada mais nada menos, que o corpo de professores de uma instituição. Bom, o trabalho dos professores é simples, mas não é fácil. Alunos mal-educados, problemas pessoais, que às vezes afetam seu desempenho em sala de aula, conversas paralelas, discussões, dispersão etc., tudo isso dificulta o trabalho de um professor. O colégio NSL tem um corpo docente maravilhoso, porém como nada nesse mundo é perfeito, há alguns problemas como a falta de voz ativa do aluno em relação à aula, e falha de cobrança do professor em relação a isso. O conteúdo passado às vezes é meio confuso e nem sempre nossas dúvidas são tiradas. Isso talvez se resolveria com uma mudança nos métodos de ensino, pois não há muita clareza e essa mudança seria ótima. Todos eles têm competência e grandes habilidades, mas se aprimorassem mais essas coisas seria melhor para a aprendizagem dos alunos. Talvez fosse até bom para escola a melhora dos professores, assim atrairia novos alunos, gerando mais lucro para que a escola invista em um futuro melhor para seus alunos e para si própria.

Portal do Aluno: Dependências O Colégio NSL é muito bom. Todos procuram sempre atender e até mesmo ajudar os alunos no que eles precisarem. A escola conta com o trabalho de ótimos professores que transmitem ensinamentos espetaculares. O que poderia mudar seriam as salas de aula. Elas poderiam ser mais ventiladas e as lousas e os lixos poderiam ser maiores; a biblioteca do colégio é ótima, há bastante espaço para se fazer trabalho, mas o ruim é abrir só depois do meio dia, pois várias pessoas questionam de querer imprimir trabalhos e não há onde imprimir, e sair da escola para imprimir é complicado; a sala de vídeo é bem arejada e é de um espaço bom para uma apresentação de trabalho, para aula e tudo mais; o laboratório de informática alguns não utilizam, mas seria muito bom que utilizassem, pelo menos uma vez na semana; a quadra da escola poderia ser mais perto, ou também uns 15min mais tarde, pois as meninas mal comem e sobem correndo para se trocar e entrar na quadra para que a aula comece; se os vestiários possuem chuveiro, então porque os alunos não podem tomar um banho? Pois eles saem todas (os) suadas (os) e com mau cheiro, um banho rápido, não interferia em nada; o pátio da escola tem um bom espaço e é bem arejado, mas um pouco pequeno para os tantos alunos que a escola contém, pois o mesmo é um local em que as pessoas se alimentam, por isso, poderia conter mais mesas e cadeiras; já a cantina é boa, o atendimento é ótimo e os preços são de acordo com o mercado, mas o único problema é que, se possível, seria bom que ela fosse aberta por mais tempo, como por exemplo, em dia de educação física, pois as (os) meninas (os) têm que sair rapidamente da escola, para dar tempo de comer e chegar no horário; os banheiros da escola são limpos, contém papel higiênico, mas falta papel para secar a mão. O feminino é muito apertado. Já o masculino é espaçoso. E frequentemente há falta de sabonete em ambos os banheiros. E outra coisa, por que colocar o banheiro dos meninos tão longe? Seria muito mais fácil se fosse um banheiro próximo ao outro. De resto não há do que reclamar!

Revista NSL - 2012 51


Revista Nsl - 2012

Portal do Aluno: Estrutura A estrutura do NSL realmente não está boa, não tão boa quanto devia ser. Começando pela pintura. A pintura está até boa, em ótimas condições, mas poderiam pintar tudo de uma cor que combine e que chame a atenção de quem é de fora, para que a escola consiga novos alunos; as carteiras já estão antigas, muitas até estão quebradas ou quase quebrando. Elas não têm espaço suficiente para colocar os materiais e isso acaba gerando certo desconforto para os alunos. E outra por que algumas salas têm carteiras melhores e outras não? Seria melhor se fosse todas iguais e confortáveis a todos. A solução mais cabível seria trocar a maioria das carteiras, nas férias, que é quando não vai haver aula, não gerando problemas para ninguém; Agora tem a questão dos ventiladores. A maioria das salas são muito abafadas e algumas não têm sequer uma janela. Os ventiladores até que estão funcionando, mas poderiam trocar por ventiladores mais novos e até mais modernos ou acrescentar mais algum, pois tem sala que a quantidade que tem não é suficiente para “desabafar” a sala. Poderiam também utilizar o período de férias para realizar esse serviço; os bebedouros estão legais, mas poderiam espalhar mais alguns pela escola, como por exemplo, no pátio para que possa facilitar a passagem no corredor em frente a tesouraria e a recepção; os computadores estão velhos e com os softwares desatualizados. Como sairia muito caro trocar todos os computadores, poderiam pelo menos deixá-los mais atualizados; e também seria necessário a instalação de câmeras de segurança, para que pudesse evitar qualquer tipo de confusão para e entre os alunos, ajudando também os professores em relação ao comportamento. Aqui estão algumas sugestões de como ajudá-los a resolver alguns problemas e melhorar o funcionamento da escola, mas todas as maneiras que vocês acharem melhor para um melhor desempenho educacional seria bem-vindo.

Portal do Aluno: Administração Dentro do contexto que envolve as boas práticas de administração, um elemento em especial chama a atenção em função à importância da sua estrutura como um todo: “O ser humano”. Se observarmos a atividade de administrar e reconhecer que a mesma, nada mais é que um conjunto de ações de planejamento, organização, direção e controle de meios com a meta de se alcançar objetivos pré-definidos, podendo assim perceber o quanto é importante à participação das pessoas dentro de um processo. Numa escola comum existem poucas pessoas que realmente tem o poder da administração nas mãos. Para uma pessoa cuja responsabilidade fora depositada uma confiança absoluta em uma sala tão grande. O diretor deveria agir mais, de um modo que traga mais resultado e que beneficiem não só os alunos, mas também os funcionários e a escola. Administrar setores da escola, como tesouraria e secretaria com práticas mais acessíveis aos alunos, divulgando mais as informações, anúncios e que haja de um modo mais interativo com os alunos. Colocar grandes quantidades de alunos em salas pequenas é falta de produção administrativa, pois não há cabimento fazer isso. É como se tivesse pedindo para que uma bagunça fosse produzida. Claro que a falta dessas coisas e esses pequenos erros não fazem dessa escola uma instituição ruim, só que precisa ser melhorada para que ela continue crescendo cada vez mais. Somos alunos de uma ótima escola, que pode ser melhorada com a ajuda de todos. Revista NSL - 2012 52


Revista Nsl - 2012 Solução para o caça palavras da pág. 20

L O T A C A O B Q L K V O S F

J H Q R A R U T U R T S E O A

P U K X T E X A I J H T N T H

M E D I C O S P O W J U P N N

S E O C A N I M A T N O C E G

E H T E H C X F I V A N H M M

B Q A U C X W E S C P H V A N

P R O F I S S I O N A I S P L

C B U I C L A A I M C Z T I V

X W E R S T C Y J M I V Z U Z

B Y Y A I C X C J Y E O H Q O

F I E P E V V D L T N D K E V

L Q S F F W B M S P T A U E Q

S O N Z C P Z F K G E O L A A

H I K S B Q G C F X S A V A S

Respostas da Cruzada da pág. 22: 1 – Saúde; 2 – Hospital; 3 – Medicamentos; 4 – Aparelhos; 5 – Crianças; 6 – Teste; 7 – Água; 8 – Exercícios; 9 – Doenças; 10 – Infecções; 11 – Esforço; 12 – Determinação; 13 – Saudável; 14 – Soro;

Revista NSL - 2012 53



Revista NSL TC