Issuu on Google+

Eles começaram por aqui A galera da A4 - Agência Experimental de Comunicação Social recebeu de portas abertas, no início deste ano, vários alunos que se dispuseram a experimentar, de forma voluntária, a realidade jornalística. A atual equipe e o professor Hélio Etges mostraram que, na Agência, Jornalismo é coisa séria, mas feito com muitas risadas e bom humor. O pessoal chegou com toda a vontade de aprender, se disponibilizando e participando da cobertura de eventos, inclusive do maior Congresso de Comunicação Social, o Intercom Sul, além de palestras, produção de matérias para o site e, é claro, na realização do jornal

Da minha experiência na Agência, destaco a troca de conhecimento entre os colegas. Acredito que isso ajuda no teu crescimento e o espaço permite uma vida acadêmica mais completa.

Trabalhar na Agência nos permite estar em contato com a rotina e tudo aquilo que vamos vivenciar na profissão. É uma experiência única, onde podemos testar os conhecimentos adquiridos nas aulas e, principalmente, no dia a dia, na rotina de criar matérias e cobrir eventos.

Mônica da Cruz, 2ºsemestre

Caroline Fagundes, 6ºsemestre Ser voluntária na Agência é de grande importância pra quem quer seguir na carreira jornalística, pois começamos a vivenciar o que um profissional da área faz, e certamente isso fará muita diferença no futuro.

Eduarda Silveira, 1ºsemestre

Trabalhar na Agência é legal e divertido. É uma grande experiência pra quem está começando, pois, no inicio, a teoria não te aproxima da realidade do profissional, e a Agência faz isso. Sem contar que acompanhando o trabalho dos veteranos, é possível aprender muito.

Nicole Rigger, 2ºsemestre

Creio que seja uma ótima oportunidade para os estudantes começarem a entender o Jornalismo e despenhar na prática, aquilo que aprenderam em sala de aula.

Eduardo Folleto Finkler, 5ºsemestre Trabalhar na Agência é ótimo pra quem ainda está em dúvida sobre o Curso ou pra quem está começando. Tu consegue ter uma ideia mais ampla da profissão e te dá experiência em escrever matérias e cobrir eventos. Sem contar que o pessoal deixa tudo sempre divertido.

Ingrid Janck, 2ºsemestre

Essa experiência está sendo um grande aprendizado para mim, pois cada dia que passa tenho mais certeza que fiz a escolha certa na hora de prestar vestibular.

Pâmela Caporalli, 2ºsemestre Poder fazer parte da Agência A4 foi uma experiência de enorme aprendizado. Ela proporciona a chance de colocar em prática tarefas da profissão de jornalista e ter a certeza de estar no caminho certo.

Patricia Andréa Kolberg, 2ºsemestre

Trabalhar na Agência A4 de Jornalismo é uma experiência fantástica para a formação de um bom jornalista.

Ter de entrando para a equipe da Agência A4 foi maravilhoso, único. Uma experiência inesquecível, um aprendizado que cada dia aumenta mais. Estar no mesmo ambiente com colegas e o professor Hélio só cresce a certeza de estar no caminho que tanto sonhei.

Paula Turcatto, 2ºsemestre

João Pedro Kist, 2ºsemestre É muito bom estar nesse espaço, pois colocamos em prática um pouco do que aprendemos em sala de aula, compartilhamos experiências e acredito que teremos um melhor desempenho profissional.

Saber quais as atividades exercidas por um jornalista é diferente de realizá-las. Então, está sendo esclarecedor. Participar da Agência me incentiva e dá a sensação de estar no caminho certo.

Stephanie Severo, 2ºsemestre

Júlia Beling, 2ºsemestre Achei a experiência muito importante e divertida. Interagimos muito com veteranos de todos os semestres e aprendemos com eles. A Agência não tem explicação, só quem vive lá sabe como é.

Karine Naue, 2ºsemestre

mural do Curso. E o resultado deste trabalho, você confere agora, a partir da fala dos voluntários, em mais uma edição do DizAí. Ah, e que venha muito mais produção neste novo semestre!

Está sendo uma grande oportunidade de adquirir experiências e também de ver como é o mercado de trabalho da nossa profissão.

Thiene Hermes, 2ºsemestre Expediente: Mônica Cruz e Paula Turcatto. Fotos: Acervos pessoais. Ilustração: Frederico de Barros Silva. Coordenação: Hélio Etges. Projeto Gráfico: Martina Scherer.


Dizaí eles começaram por aqui