Issuu on Google+

varejistas mercado

SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 1

PÁGINA 1

PUBLICAÇÃO DIRIGIDA AO MERCADO DE INFORMÁTICA / SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / www.latinmediapublishing.com

8a edição da Eletrolar Show recebeu mais de 28 mil visitantes e apresentou mais de 10 mil novidades durante os quatro dias de feira O evento que aconteceu em meados de julho foi um grande sucesso. Em nova data e com mais expositores, a feira também apresentou uma melhora no perfil dos visitantes. Gerando muito mais negócios e mais satisfação. A próxima edição do evento acontece em setembro de 2014.

O reflexo das mudanças econômicas no país podem ser vistos no comportamento do consumidor brasileiro

O primeiro semestre não foi dos melhores para a economia brasileira, muita inflação, recuo de consumo e uma desaceleração no crescimento. Depois de passarmos pelo menos dois anos em um ritmo acelerado, o Brasil chega agora a uma curva de estabilidade?

Estudo aponta que artigos eletrônicos e de informática estão presentes em 47% das primeiras compras online E-commerce brasileiro mantém o bom desempenho e é um dos caminhos mais procurados por empresas de tecnologia para ampliar vendas. As pesquisas mostram que para o mercado de informática as compras online estão em alta.


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 2

S UMÁRIO

Staff Diretora Editorial Natalia P. Meyer natalia@latinmediapublishing.com

p4 klip xtreme mobility

p4 Destaques do mês

p 10 AOC completa 15 anos no Brasil e divulga novo posicionamento Com slogan “Simplificando a Vida”, aposta é no conceito de tecnologia sem complicações.

Coordenação Geral Verónica Torres Falco sales@latinmediapublishing.com

p 16 Economia brasileira no primeiro semestre de 2013

Manager USA Jovanny Marte jovanny@latinmediapublishing.com T USA (786) 493 4222 Diretora de Arte Carla Carpossi carla@latinmediapublishing.com Redação

p6 Diego Utge é nomeado diretor geral da Ingram Micro Brasil Executivo substituirá Dominique Deklerck, que foi promovido a vice-presidente e diretor-gerente adjunto da Ingram Micro China.

p 10 Relatório analisa o potencial da comunicação M2M no Brasil

p 18 Porque é tão difícil uma empresa de Acessórios para celulares e tablets se consolidar Brasil?

Fernanda Beziaco / MTB 55756/SP redacao@distribuidoresemercado.com T BR +55 11 9 8091 5391 Colaboradores Jaqueline Cabral jaqueline@latinmediapublishing.com Jean Garnier Jean.p.garnier@gmail.com

varejistas mercado

Chegar em casa com o apartamento climatizado e com o sistema de iluminação de acordo com a ocasião é um dos desejos de consumo de muitos brasileiros.

p8 CRM é mais que tecnologia. É estratégia de negócio.

Tiago Amaral Rodrigo Almeida

p6 O momento da economia brasileira e os reflexos na cadeia de distribuição

p8 Apartamentos inteligentes em Miami, com instalações automatizadas, chamam a atenção dos brasileiros que querem investir no exterior

Rodrigo Jordy

p 20 Itens eletrônicos e de informática estão presentes em 47% das primeiras compras on-line, aponta estudo do Mundo do Marketing Pesquisa detalhou aspectos da primeira compra em lojas virtuais. p 12 Eletrolar Show recebe mais de 28 mil visitantes em sua 8ª edição Com mais de 10 mil novidades em eletrodomésticos, eletroeletrônicos, celulares e TI em quatro dias de feira, expositores contam como foi a experiência deste ano e o que podemos esperar até dezembro.

Ronildo Pimentel

não se responsabiliza por quaisquer opiniões aqui expressas, quer como artigo, notícia ou informe publicitário.

Distribuidores & Mercado e uma produção de:

Latinmedia GROUP, Inc., publicações para América Latina.

p 22 / Planet Mob – O Mundo da Mobilidade Digital

8424 NW 56th Street Suite MVD 039906 Miami, FL 33166, USA T USA (+1 305) 260 6436 www.latinmediapublishing.com


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 3


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 4

nova linha de mobilidade Klip xtreme

Klip Xtreme, a marca inovadora de aces-

suportes para livros eletrônicos e tablets,

de integrar o hardware de forma tão eficaz

nova era marcada pela utilização genera-

sórios, periféricos e soluções de tecnologia

canetas stylus e até mesmo minifones de

como o software, permitindo, assim, que

lizada de dispositivos digitais, permeando

avançada, tem o prazer de anunciar ofi-

ouvido Bluetooth com tecnologia de ponta.

a plena funcionalidade do dispositivo seja

praticamente todos os aspectos do nosso

cialmente a chegada de sua nova linha de

Enquanto a marca continua a liderar a indús-

prontamente acessível a qualquer hora e em

cotidiano e sendo mais uma fonte de receita

acessórios para celular, criada e inspirada no

tria com visão, inovação e valor, a empresa

qualquer lugar que a pessoa quiser usá-lo.

para os canais distribuidores."

estilo de vida ativo do consumidor moderno.

também ampliou seu portfólio premiado no

"Nossa abordagem se concentra em melhorar a experiência do consumidor, ajudando-os a utilizar os seus produtos digitais e portáteis de uma forma mais produtiva e gratificante"

Ana Paula Araujo, country manager da

Para mais informações sobre a Klip Xtreme

operação Brasil, observa: "Nós nos esfor-

e seus produtos,visite www.KlipXtreme.com

çamos para oferecer produtos originais, de qualidade, que são mais do que apenas acessórios para dispositivos móveis. Nossa abordagem se concentra em melhorar a

Impulsionada pela ideia de libertar todo o

setor, adicionando três novos reconhecimen-

experiência do consumidor, ajudando-os a

potencial de todos os tipos de dispositivos de

tos no final do ano passado, concedidos pela

utilizar os seus produtos digitais e portáteis

comunicação portáteis e digitais disponíveis

edição 2012 do Channel Awards.

de uma forma mais produtiva e gratificante. Temos certeza", acrescenta," de que esta

no mercado hoje, a marca tem a intenção Esta nova linha também leva em conta

linha móvel recém-introduzida traduz com

sórios, que vão desde os carregadores USB

que o acessório que o consumidor está pro-

precisão as tendências de mercado prevale-

funcionais, power banks portáteis, capa sob

curando agora não só deve ser inovador,

centes, e que por sua vez, irá garantir uma

medida para iPads, celulares e smartphones,

arrojado ou atraente, mas também ser capaz

transição contínua da empresa para esta

de oferecer uma linha completa de aces-

Destaque do mês Neste mês o destaque vai para a fase econômica no Brasil, este artigo do Bruno Coelho fala um pouco sobre isso, assim como outras matérias da edição de julho. Devemos isso a, principalmente, este cenário de inflação em alta no país. Há uma retração no mercado, uma fuga do consumo e uma curva no crescimento de muitas empresas. Após dois últimos anos de um país em máxima aceleração, estaríamos agora chegando ao ponto de equilíbrio e este recuo é natural e deve ser estabilizado nos próximos meses? Será que a Copa do Mundo aquecerá o mercado? Vamos acompanhar. Enquanto isso leia “a economia brasileira e os impactos nos canais de TI”, por Bruno Coelho *.

✱✱✱ IPI reduzido para carros, crédito imobiliário, inadimplência subindo e a forte concorrência das grandes redes varejistas, dentre outras coisas. A vida não anda fácil para os canais de TI, mas para quem está? Em meio a tempos onde economia e produção estagnaram, os impactos são diretos em todas as esferas e com TI não seria diferente. Vimos que, apesar da Copa das Confederações e das vindouras Copa do Mundo e Olimpíadas, não houve grande mudanças no cenário de infraestrutura em TI. Eu presenciei dois jogos no Maracanã e a rede de internet sem fio não suportou

a quantidade de pessoas conectadas. Também não tivemos aberturas de licitações para melhorias prometidas neste aspecto. O orçamento travou e, com isso, a parte tecnológica foi pelo mesmo caminho.

computadores, móveis, tv´s e outros eletrodomésticos.

Com o crédito tomado para outros fins, fica difícil para o brasileiro se modernizar tecnologicamente, acionando os canais. Mesmo para empresas, em meio a tantas mudanças, mudar parques de impressão, computação ou qualquer outro ligado a TI. se torna um desafio.

Começou o segundo semestre de 2013, hora da melhoria para os canais de TI; é o momento para repensar o modelo de negócios, agregar novos serviços e produtos, além de se aproximar mais dos clientes. Deixe de lado os paradigmas e corra para melhorar os negócios. Já vimos em diversas ocasiões (pois somos brasileiros) que em meio aos problemas, temos sempre oportunidades para crescer.

Se o governo não investe, as empresas travam pela falta de infra, o que impacta no consumidor final.

É hora de repensar e agir, mas de forma correta e com objetivos bem definidos. É disto que precisamos: o alvo e a ação.

O crédito foi para a casa e para automóveis. Agora o governa tenta, através de programa como o Minha Casa Melhor gerar melhorias às residências, levando para aqueles que têm acesso ao Minha Casa, Minha Vida,

✱✱✱ * Bruno Coelho é gerente de Marketing da AGIS, uma das principais distribuidoras de TI do país.


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 5

EL-M6

Android 4.1 Jelly Bean Dual SIM Touchscreen / Dual Core 1GHz GSM Quad-Band / DUAL CAMERA 8MP 3G Dual-Band / 5" LCD IPS FWVGA Wi-Fi / GPS / Bluetooth 3.0

EL-PB78

Batería Universal para iPhone . iPad . Samsung Galaxy BlackBerry . Nokia . Celulares . Tablets Câmeras . Filmadoras - Capacidade : 7800mAh

EL-5S

EL-M3


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 6

Diego Utge é nomeado diretor geral da Ingram Micro Brasil Executivo substituirá Dominique Deklerck, que foi promovido a vice-presidente e diretorgerente adjunto da Ingram Micro China. Diego e Dominique trabalharam em con-

região da América Latina. Estou certo de que

marketing exclusivos, logística e soluções

de tecnologia, anuncia o nome do novo dire-

junto e de maneira bem próxima nos últimos

seu passado de excelentes resultados, aliado

móveis, suporte técnico, soluções financei-

tor geral da subsidiária brasileira: Diego Utge,

dois anos. Em 2011, Diego mudou-se de

às suas características de grande líder, darão a

ras e de distribuição do produto, como um

que, atualmente ocupa o cargo de diretor de

Miami para São Paulo com o objetivo de

ele a estrutura necessária para alavancar um

elo vital na cadeia de valor de tecnologia.

Vendas de Volume da Ingram Micro Brasil. O

melhorar os negócios e liderar a área de Vo-

crescimento lucrativo às atividades centrais e

A empresa é a única distribuidora de TI que

novo diretor geral assume a partir de 1º de

lume da subsidiária do Brasil, onde construiu

periféricas dos nossos negócios”, completou.

atende 145 países em seis continentes, com

agosto, quando seu antecessor, Dominique

um excelente e sólido time e obteve grande

Deklerck, se muda para a China a fim de

sucesso. A partir de agora, dará continuidade

A Ingram Micro Brasil anunciará em breve

produtos de TI e serviços. No Brasil desde

assumir sua nova posição de vice-presidente

ao trabalho, consolidando as relações com as-

a pessoa que assumirá a função de diretor de

1997, a Ingram Micro oferece produtos e

e diretor-gerente adjunto da subsidiária local.

sociados, clientes e fabricantes, e expandindo

Vendas de Volume, que será desempenhada

soluções de 50 fabricantes para pronta entre-

“Após quase três anos à frente dos negócios

sua experiência, competências e habilidades

até 1º de agosto por Diego Utge.

ga e importação exclusiva. Com sede admi-

no Brasil, meu balanço é de uma operação

para todos os setores da companhia no Brasil.

A Ingram Micro, maior distribuidora global

nistrativa e centro de distribuição em Barue-

Sobre a Ingram Micro Inc.

bem estruturada, com um time alinhado às estratégias da corporação e comprometido

o portfólio mais abrangente do mundo de

ri- SP e em Vitória – ES, escritório comercial e centro de treinamento em Belo Horizonte

“Fizemos progressos significantes nos ne-

– MG e plataforma de e-commerce, conta

com as metas de 2013”, declara Dominique

gócios no Brasil e muitos deles em função

Deklerck. “O Diego é uma forte liderança,

do importante trabalho em conjunto do Do-

mundial de tecnologia e líder global da

com mais de 220 associados, que garantem

com experiência de mais de 11 anos na

minique e Diego”, disse John Soumbasakis,

cadeia de suprimentos de TI, serviços para

análise de crédito e aprovação ágeis para

Ingram Micro e que me recebeu e me acom-

vice-presidente executivo e presidente para

dispositivos móveis e soluções de logística.

apoiar os negócios dos canais em todo o

panhou ao longo destes anos no desenho da

a América Latina. “Nesse momento, o Diego

As vendas da Ingram Micro e a rentabilida-

Brasil. Para mais informações, visite o site

estrutura atual. A transição não poderia ser

assume a direção de uma organização res-

de criam oportunidades para fabricantes e

www.ingrammicro.com.br ou ligue para

mais natural do que esta”, complementa.

peitada, que ocupa posição de vanguarda na

revendedores por meio de programas de

(11) 2078.4300.

A Ingram Micro é o maior distribuidor

O momento da economia brasileira e os reflexos na cadeia de distribuição Por Marcos Coimbra *

e serviços produzidos no país - passou de

importado, e com a instabilidade da econo-

2,46% para 2,40%. Para 2014, também

mia, o impacto no setor é imediato.

houve redução, pela segunda semana consecutiva, de 3,1% para 3%. E, para completar, O Banco Central (BC) reduziu de 3,1% para 2,7% a previsão para o crescimento da

depois no bolso do consumidor, que passa

do há mais de dois meses no sentido de

então a sofrer com a inflação dos preços. Já

elevação.

as empresas começam a adiar os investimentos na espera de que a situação econômica

economia neste ano e elevou de 5,7% para 6% a projeção para a inflação em 2013,

Essa subida dos preços também reflete

o dólar passa da casa dos R$ 2,20, oscilan-

A soma desses fatores traz imensas dificul-

melhore e que o dólar recue,. Ou seja, toda

conforme o Relatório Trimestral de Inflação

dades para todas as cadeias produtivas do

essa movimentação atrapalha o processo de

divulgado no último dia 27 de junho.

Brasil, e para o setor de Tecnologia da Infor-

decisão de compra, seja do consumidor final

mação (TI) não é diferente.

ou das empresas.

Além disso, pela sétima semana consecutiva, a estimativa do mercado financeiro para o

A alta da moeda norte-americana coloca

Por isso, é preciso sempre estar atento ao

crescimento da economia brasileira também

pressão sobre os preços dos produtos impor-

comportamento da economia, esperar a re-

caiu. De acordo com o Boletim Focus, divul-

tados, e, aqueles que têm produção interna,

cuperação do PIB brasileiro e a estabilização

gado neste 1º de julho pelo Banco Central

mas utilizam componentes estrangeiros, tam-

da taxa cambial. Com todos esses fatores, o

* Marcos Coimbra é vice-presidente

(BC), a projeção de expansão do Produto

bém sofrem elevação. A100% dos produtos

mercado de distribuição de TI poderá voltar

da Abradisti - Associação Brasileira de

Interno Bruto (PIB) - soma de todos os bens

de TI possuem algum item ou componente

a sorrir.

Distribuidores de TI.


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 7


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 8

Apartamentos inteligentes em Miami, com instalações automatizadas, chamam a atenção dos brasileiros que querem investir no exterior Chegar em casa com o apartamento climatizado e com o sistema de iluminação de acordo com a ocasião é um dos desejos de consumo de muitos brasileiros. O valor do imóvel, já com a automação pa-

A tecnologia realmente veio para facilitar

um toque em seu iPad e tudo est�� resolvido.

Equipados com a tecnologia Apple, os

a vida. Prova disso é que não é mais preciso

Apartamentos automatizados, chamados de

apartamentos inteligentes começam a inco-

drão, pode sair em torno de US$ 1.300.000

estar em casa para ligar as luzes, climatizar o

apartamentos inteligentes, estão fazendo mui-

modar os tradicionais da região. Um exemplo

dólares. Caso o morador queira incluir mais

ar condicionado ou colocar uma música, basta

to sucesso nos EUA, mais precisamente em

interessante é o Echo Aventura, um projeto

alguns itens, o investimento extra com todos

Miami, local que é reconhecido como cidade

de apartamento completamente inovador que

os upgrades disponíveis é de US$ 125.000

turística e muito badalada e bem frequentada

reúne luxo, modernidade e elegância. O imó-

dólares.

por diversas nacionalidades.

vel ainda conta com outras vantagens, como a amplidão - tem 500 m² -, vista privilegiada, terraços com piscina e elevador privativo.

O investimento tem atraído os olhares dos brasileiros que estão em busca de imóveis mais sofisticados.

Nesse tipo de imóvel, que já é entregue com piso e closet, o proprietário pode esco-

“Com o atual valor dos imóveis no Brasil,

lher alguns upgrades extras que podem ser

é mais interessante para os brasileiros adqui-

adicionados ao apartamento. Segundo Sylvia

rirem um imóvel de alto padrão no exterior,

Dilsen, associada internacional do empreendi-

completo com toda a tecnologia necessária

mento Echo Aventura, “o pacote já engloba

para a vida prática e familiar, do que optar

os principais itens: iluminação, ar condicio-

por um apartamento tradicional no Brasil”,

nado, áudio e vídeo. Porém, de acordo com

revela Leo Ickowicz, diretor da Elite Interna-

a necessidade de cada morador, outros itens

tional Realty, empresa que colabora com a

podem ser incluídos na automação por um

construtora na venda dos apartamentos no

valor extra”.

Brasil.

CRM é mais que tecnologia. É estratégia de negócio Por Lincoln Morato, coordenador de marketing da ZipCode, empresa especializada em prover informações para diversos segmentos do mercado. mais as empresas de seus clientes, oferecen-

e, ao tratá-lo de forma particular, cria-se

o primeiro lugar na lista de prioridades de

empresa é o seu cliente. Conquistá-lo e

do uma gama de canais de comunicação. A

vínculo e aumenta o ciclo de vida da relação

investimentos para este e o próximo ano.

mantê-lo são metas que todo empreendedor

Internet sem dúvida estrutura essa dinâmica,

comercial.

O estudo envolveu 1,5 mil executivos em

deve ter, por isso, as organizações não me-

ampliando a interação entre o consumidor,

dem esforços para desenvolver estratégias

as empresas e seus produtos.

Um dos valores mais preciosos de uma

voltadas para esse foco. O conceito em voga

13 países, incluindo Austrália, Brasil, China, A troca de informações entre os colabo-

Colômbia, Alemanha, Índia, Indonésia, Mé-

radores da empresa e os clientes, por meio

xico, Rússia, Cingapura, Coreia do Sul, Reino

dos sistemas de CRM, permite a criação de

Unido e organizações norte-americanas. No

Management, que nada mais é do que a ges-

racional a gestão de uma enorme base de

seu histórico (dados cadastrais, compras,

entanto, o conceito de CRM como estratégia

tão do relacionamento com o cliente. Trata-

dados. Para ser eficiente, esta base deve se

eventuais reclamações, comentários), o que

de negócio não deve ser entendido apenas

se de algo mais abrangente do que uma

manter organizada, higienizada e validada,

baliza as estratégias a serem estabelecidas

como uma evolução tecnológica.

solução tecnológica de gestão de dados, é

pois é ela quem vai auxiliar nas ações para

em todas as áreas da empresa: comunicação,

uma estratégia de negócio que tem por ob-

reconhecer, atender e dar a devida atenção

marketing, vendas, produção etc. Por meio

Em um mundo marcado pela economia

jetivo antever as necessidades dos clientes já

ao cliente. Assim, é fundamental que a

de relatórios gerenciais do CRM é possível

livre e competitividade agressiva, o consumi-

conquistados, com o objetivo de fidelizá-los,

empresa crie mecanismos específicos e pa-

empreender ações, cujo lema é atender ao

dor, há um bom tempo, deixou de ser passi-

e de gerar oportunidades para a conquista

dronizados para colher informações sobre os

cliente certo, na hora certa, com o produto

vo para tornar-se exigente e seletivo. Assim,

dos novos.

clientes para alimentar sua base de dados. E

adequado, pelo canal de comunicação mais

é preciso conhecer para poder conquistar. O

o mais importante deste processo de gestão:

eficaz.

aspecto relacional entre a empresa e o cliente

hoje é o CRM, ou Customer Relationship

Aspectos como bom atendimento, satisfa-

Os sistemas de CRM têm como pilar ope-

pressupõe a compreensão de valores, de de-

a forma personalizada de gerenciar as inforNão por acaso, segundo pesquisa da Gart-

sejos, enfim, de pessoas, e as empresas de-

ção e valor do cliente, retenção e lealdade à

mações dos clientes. Daí a importância da

marca entram em cena, muito em função das

qualidade a da atualização de informações,

ner, os softwares de CRM estão na mira dos

vem usar a tecnologia como ferramenta para

novas tecnologias que aproximam cada vez

pois cada cliente tem suas especificidades

empresários ao redor do mundo, ocupando

este objetivo, não como um fim em si.


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 9


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 10

AOC completa 15 anos no Brasil e divulga novo posicionamento Com slogan “Simplificando a Vida”, aposta é no conceito de tecnologia sem complicações. uma experiência cada vez mais amigável,

Essa campanha, que será veiculada nas

A AOC inicia uma nova campanha de posi-

Com o tema ‘Simplificando a Vida’, fru-

cionamento da marca no Brasil, com o objeti-

to de pesquisa realizada com usuários dos

confortável e positiva com seus produtos. A

mídias off, online e out-of-home, até dezem-

vo de unificar a comunicação e a mensagem

produtos AOC e consumidores em geral,

ideia foi estabelecer um conceito que trans-

bro, além de construir a aproximação dese-

para o mercado. A companhia é uma das

a campanha busca aproximar ainda mais

mita os valores da empresa. “Em um mundo

jada, busca projetar o novo posicionamento

maiores fabricantes mundiais de monitores e

a marca do seu público, destacando, além

cada vez mais complexo e cheio de complica-

de um modo direto e simples, alinhado com

TVs, e líder no Brasil na categoria de compu-

das reconhecidas qualidade e tecnologia, a

ções, queremos nos diferenciar ao transmitir

o próprio DNA da marca e sem os artifícios

tadores All In One.

essência do seu compromisso, que é garantir

ao usuário que possuímos uma tecnologia de

clássicos que o segmento consagrou, diz

qualidade, que facilita o uso dos produtos e,

Álvaro Maestri, diretor de criação da Flag

por consequência, a vida das pessoas”, diz

Comunicação, empresa do Grupo ECI (Em-

Christian K. Haak, gerente de marketing da

presas de Comunicação Integrada) e agência

AOC. Além disso, foi projetada uma nova

de publicidade da AOC no Brasil.

estrutura de suporte para o logotipo, de visualização rápida e simples. “Esses elementos

“Não há efeitos pirotécnicos. Aqui, toda

gráficos permitem que a valorização da mar-

a tecnologia é usada em favor das pessoas,

ca conviva em harmonia com as comunica-

de forma inteligente, amigável e sem com-

ções individuais de cada produto, mantendo

plicação. Essa é a própria personalidade da

integração, unidade e força. Implementada

marca, síntese do valor que ela oferece aos

de forma consistente, a identidade visual da

usuários dos seus produtos e aos seus parcei-

nova campanha dá sustentação ao posiciona-

ros comerciais e é isso que a nossa campanha

mento, assegurando valor ao slogan ‘Simpli-

quer refletir”, completa Maestri. Para saber

ficando a vida’”, completa Haak.

mais, visite: www.aoc.com/br.

Relatório analisa o potencial da comunicação M2M no Brasil A comunicação M2M (Machine-to-Machine)

Esse relatório, que, na verdade, inaugura

Um dos aspectos que a TechPolis vai apro-

22,23%, enquanto o crescimento da base

promete ser um dos segmentos de maior

uma série de análises trimestrais sobre o mer-

fundar, em próximo relatório, é a expressiva

móvel foi de apenas 3,67% no mesmo perío-

crescimento no mercado móvel brasileiro até

cado brasileiro de conexões M2M, tem dois

participação da cidade paulista de Campinas,

do. E a expectativa de crescimento apoia-se,

2016, puxada principalmente pelo uso em

objetivos principais, segundo explica Ricardo

que concentra isoladamente cerca de 21% do

basicamente, em legislação recentemente pro-

monitoramento de veículos. Assim, embora a

Tavares, presidente da TechPolis.

total de 7,5 milhões de chips M2M ativos no

mulgada – e que deve ser implementada no

país. O outro é o caso da Claro, que conquis-

final deste ano – que reduz em cerca de 80%

tou a liderança inconteste nesse segmento,

a taxa para o Fistel incidente sobre o chip.

base total de conexões M2M não tenha passado dos 7,5 milhões, ou apenas 2,84% do

“Um dos objetivos é avaliar os dados divul-

total da base móvel até maio passado, a previ-

gados mensalmente pela Anatel, para orien-

com quase metade de todas as conexões

são é de quadruplicar esse total até o final de

tar a decisão dos players internacionais inte-

M2M do país. O crescimento do M2M entre

2016, chegando a 36 milhões de subscrições. Essas informações foram extraídas do relatório “The take-off of M2M in Brazil”, que está sendo lançado pela TechPolis, Inc, consultoria internacional especializada em

“A simples perspectiva de um novo regime fiscal para M2M já fez com que as operado-

A comunicação M2M (Machine-to-Machine) promete ser um dos segmentos de maior crescimento no mercado móvel brasileiro até 2016, puxada principalmente pelo uso em monitoramento de veículos

comunicações móveis que já desenvolveu

ras móveis e seus clientes potenciais pensassem outra vez em criar planos de negócios que não existiriam sob o atual regime fiscal devido ao ARPU muito baixo”, avalia Tavares, lembrando que o próprio Ministro Paulo Bernardo está trabalhando firme para fazer a

estratégias políticas e regulatórias para ope-

ressados em explorar esse mercado no Brasil.

junho de 2012 – quando a Anatel começou

radoras móveis e empresas de tecnologia

E o outro é de realizar pesquisas junto ao

a divulgar os dados sobre essas conexões – e

wireless na América Latina, Oriente Médio,

mercado brasileiro para enriquecer a base de

maio de 2013 – quando a base de dados

Rússia, África e Ásia.

informações sobre M2M no país”, observa.

completou os primeiros 12 meses – foi de

lei vingar neste ano. Para ter acesso à íntegra do relatório, acesse www.techpolis.com.


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 11


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 12

Eletrolar Show recebe mais de 28 mil visitantes em sua 8ª edição

Por Fernanda Beziaco

Com mais de 10 mil novidades em eletrodomésticos, eletroeletrônicos, celulares e TI em quatro dias de feira, expositores contam como foi a experiência deste ano e o que podemos esperar até dezembro. inserção no mercado. O controle remoto

batendo muito nesta tecla, principalmente

lizou a sua 8ª edição e recebeu mais de 28

universal Infinity Black/White, é o único com

esses dois migrados”, explica. A distribuidora

visitantes no Transamérica Expo Center, em

tela smart e que mostra apenas as teclas do

também apresenta uma atenção especial

São Paulo. A feira, que já é a maior na Amé-

aparelho que você deseja controlar. Ele pode

para softwares como Windows 8, Norton,

rica Latina para o setor, investiu R$9 mi nesta

controlar até seis aparelhos: TV, DVD/Blu-ray,

“são muitos produtos e para diversos ni-

edição. Segundo informações do Grupo

Tv por assinatura (cabo ou satelite), Video

chos”, complementa Coelho, “tem tablet

Eletrolar mais da metade destes recursos foi

Game, Amplificadores, Receivers, Home The-

para todos os gostos, tamanhos e valores”.

direcionado para o grande objetivo da feira,

ater, Docking Station, Projetor, etc. O apare-

De 15 a 18 de julho a Eletrolar Show rea-

lho possui Ícones fluorescentes que facilita o

que é o de garantir a presença dos maiores

Bruno confirma que os modelos de no-

necessário compor mais dois itens de hard-

uso no escuro, também é possível combinar

tebook que viram tablets estão chegando,

ware, que é a memória pra notebook de

as teclas para o controle simultâneo de vários

“acredito que do dia das crianças até o

até 8GB, com frequência de 1.66 e mais o

aparelhos, é a prova de choque e não dei-

natal devem estar à venda, mas acredito

ceu nove vezes em quatro anos, fato atribu-

Msata. O Nuc é o único no mercado que usa

xa as marcas de digitais, tem configuração

que o produto vai decolar mesmo só ano

ído a qualificação dos visitantes. A organiza-

o SSD msata, que é como um pendrive de

simples e pode ser atualizado via internet e

que vem”.

ção da Eletrolar é responsável por custear a

memória. Ele é muito bom para integração,

ainda desliga todos os aparelhos em apenas

presença de pelo menos 150 redes de varejos

pra ônibus, mídia veiculares, metro, bom

um comando.

que não possuem sede em São Paulo. “O

para esse tipo de sinalização, tudo é ligado

público presente responde por 25.000 pon-

no Nuc, e essa é a solução para pequenos

tos de venda de todo o Brasil”, afirma Carlos

escritórios também, pois pode ser acoplado

One For All, o primeiro semestre superou ex-

que as pessoas realmente entendem e a

Clur, presidente do Grupo Eletrolar.

direto ao monitor, e já está sendo distribuí-

pectativas, apesar de algumas oscilações do

aceitação do produto é bem menor do que

do ao custo de 899 para revenda e grande

mercado e da retração. Porém em relação ao

o potencial”. Ainda segundo o executivo, “o

varejo. O principal foco do produto são os

produto e a marca a empresa pode perceber

resultado do primeiro semestre foi dentro do

integradores.

que a reação do varejo tem sido positiva.

esperado, mas estamos nos esforçando mais

varejistas nacionais. Também foi divulgado que o evento cres-

O evento tem se tornado cada vez mais o ponto de encontro do B2B, indústria e varejo

fabricantes de All In One, porém Bruno exSegundo Andrea Sabino, diretora geral da

plica que “no Brasil ainda não é um produto

para obter o resultado. O mercado recuou,

de todos os portes puderam se reunir, fortalecer parcerias, abrir novos canais de venda,

A Agis também trabalha com os principais

Em uma avaliação geral, Marcos Coimbra,

Saiba mais sobre a linha de produtos One for All no site: www.oneforall.com.br.

e houve muito crédito liberado para carros, pouca coisa para o consumo dentro de casa.

ampliar portfolio, conhecer novidades e fe-

diretor da All Nations, explica que no ano

char negócios estimados em R$2,5 bi. Para o

anterior o stand da empresa tinha sido me-

próximo ano devido a realização da Copa do

nor e em um posicionamento dentro da feira

Mundo, a Eletrolar Show será realizada de 15

com acesso reduzido, isto porque a decisão

a 18 de setembro, também no Transamerica

da empresa em participar do evento foi feito

No stand da Agis também tinha muita no-

Expo Center, e “com o mesmo compromisso

na última hora, porém, a localização e espa-

vidade e toda a linha de produtos distribuída

fechou muitas parcerias, muitos produtos e

de fazer a feira melhor a cada ano”, afirma

ço do stand este ano foi muito melhor apro-

pela empresa atualmente, segundo Bruno

devem seguir sem novos lançamentos até o

Clur.

veitados. Segundo ele o fato da mudança de

Coelho, gerente de marketing da Agis, “o

final do ano, focando em roadshow e ações

segunda a quinta, em vez de terça a sexta

foco são ultrabooks e tablets, estamos

específicas”.

Durante os quatro dias de evento conver-

como nos outros anos, foi extremamente

samos com distribuidores e fabricantes do

positivo. E, Coimbra contou também que

setor de TI e celulares, para conhecer as no-

“no primeiro semestre deste ano, comparado

vidades trazidas para a feira, o desempenho

com 2012 a All Nations teve um aumento de

da empresa no primeiro semestre do ano e

22% no faturamento. Para o segundo se-

as expectativas para o segundo. Além disso,

mestre a expectativa é manter o crescimento

perguntamos também a opinião dos execu-

e chegar a 30%”.

tivos sobre a “saúde econômica” do país no momento e como isto tem ou não influenciado nos resultados corporativos.

Para saber mais sobre a All Nations e os produtos distribuídos, acesse: www.allnations.com.br.

.....................................................................

One for All All Nations A fabricante One for All apresentou toda A All Nations apresentou na feira diversos

sua linha de controles remotos, além da

produtos de seu portfólio, entre eles o Nuc

linha de headphones e suportes para TVs. A

da Intel, que é um mini PC bem compacto,

grande atração no stand foram os controles

o Nuc tem dois formatos pentium dual core,

touch, em LCD, um produto High End e que

outro com processador i3, e para utilizar é

está sendo estudado pela empresa para a

Agora o governo lançou o Minha Casa Me-

Agis

lhor, que é pra TVs e notebooks para quem utiliza o minha casa minha vida, mas os valores são muito baixos”, por outro lado, a Agis


varejistas mercado

SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 13

Para concluir Bruno ressalta que apesar da

centro de design em Paris. Durante o evento

SND

Gradiente

feira ser um sucesso, vê a necessidade de um

a marca apresentou quatro famílias de pro-

levantamento mais eficaz dos dados coleta-

dutos, uma delas é o carro chefe da empresa,

dos no evento, como a inclusão do CNPJ dos

que são as maletas, mochilas e luvas para

SND como distribuidora da Microsoft XBOX.

reconhecida, esteve presente na Eletrolar

varejos visitantes, que é uma maneira mais

notebooks. A Port também desenvolve uma

Uma outra linha é a parte de telefonia e

através de dois grandes parceiros, a Allied e a

assertiva para verificação, “dessa forma faci-

nova linha para produtos mobile, ampliando

tablet da Samsung.

MediaTek. Durante a feira apresentaram sua

litaria a medição do retorno real que a feira

seu leque de opções, que atualmente oferece

oferece aos expositores, apenas com a razão

acessórios para tablets, estojos para câmeras

social dá margens para erros. A coleta de

digitais, proteção para HDs, acessórios como

com foram os focos do stand na feira e que

ting da Gradiente, a recepção da marca no

dados é insatisfatória e é o ponto negativo

protetores de tela e mais uma variedade.

a empresa acredita que ganhe força muito

evento foi excelente. “O evento foi uma óti-

rápido na estrutura da distribuidora.

ma oportunidade de fazermos contato com o

do evento, como expositor”, comenta. Por outro lado “a mudança de data de segunda

A grande novidade pra feira esse ano é a

A Gradiente, fabricante já mundialmente

principal linha de celulares e smartphones. Ou seja, a parte de game e a parte de tele-

Segundo Mônica Urbani, gerente de marke-

Segundo Mariano Munoz, diretor comer-

a quinta foi um ponto positivo, nas outras

cial da Port para a América Latina, “a ideia

edições que aconteceram de terça a sexta,

Port é trabalhar com cores, oferecendo ca-

normalmente a sexta era muito vazia e com

racterísticas mais jovens para os produtos,

pouca qualidade de visitantes”, finaliza.

materiais inovadores e modelos que chamam a atenção nos pontos de venda”, explica.

Para saber mais sobre a Agis Distribuidora, visite: www.agis.com.br.

Munoz comenta também que “a Port iniciou os trabalhos no Brasil no começo do ano e devem comercializar no mercado brasileiro

Port Design

ainda este semestre. A expectativa é que o Brasil represente de 25% a 30% do fatura-

A fabricante Port Design marcou presença

mento da região”, conclui.

na feira através de um de seus distribuidores. A empresa que já está há mais de 22 anos no mercado, foi fundada na França e tem seu

Conheça mais sobre a marca em: www.portdesigns.com.

Segundo Fabio Baltazar, gerente de

mercado, tanto com clientes e distribuidores,

marketing da SND, “o primeiro semestre

quanto com fornecedores e concorrentes”,

foi muito bom, mesmo com aumento de

explicou a executiva. Para 2014, a empresa

dólar e conseguimos manter o crescimento

planeja reforçar as parcerias, mas também

na faixa de 20%.

estar presente na 9ª edição da Eletrolar com um espaço exclusivo da Gradiente, apresen-

Os últimos dois anos para nós tem sido

tando o line-up completo de produtos.

bons. Para o segundo semestre acreditamos que vamos conseguir manter o crescimento.

Concluindo, Mônica contou que “histo-

Estamos seguindo o planejamento”, explica.

ricamente o segundo semestre tende a ser melhor em vendas, com datas importantes

Para ter mais informações sobre a SND, visite: www.snd.com.br.

como Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal, e este ano não deve ser diferente.


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 14

são muito importantes. Monitoramento,

Officer, Alcatéia, Mazer e Agis, todo o por-

como para os expositores, então para nós

que teremos lançamentos importantes no

sinalização digital, displays. Saindo do con-

tfólio de HDs externos que incluem a linha de

foi muito positivo”, explicou.

último trimestre que, temos certeza, surpre-

vencional PC, desktop e notebook”, comenta

discos rígidos portáteis My Passport, o HD My

enderão o mercado”, finaliza.

Sérgio. Segundo o executivo a empresa não

Book Live, com opção de armazenamento em

Sobre a inflação, Salera comenta que a

sentiu a retração que está acontecendo no

nuvem pessoal, a central de mídia WD TV Live

empresa tem sentindo um recuo. “Desde

mercado brasileiro, “é mais uma percepção

e a gama de discos rígidos internos para PCs,

junho o varejo está fazendo reposições me-

As expectativas estão ainda melhores por-

Western Digital

do que uma realidade, as empresas não es-

Mac e notebooks compostos por WD Blue,

nos agressivas e evitando cadastrar novos

A WD iniciou a manufatura de produtos

tão crescendo muito, mas não estão caindo.

WD Green, WD Black e WD Red.

produtos, aparentemente estão com esto-

no Brasil em 2010, em Manaus, com alguns

Não cresce a expectativa, mas entra em um

modelos de HD. A operação foi iniciada com

crescimento estável, a longo prazo. Houve

a parceria com a Digitron. A subsidiaria só

um frenesi sobre o Brasil dois anos atrás, mas

HDs internos e externos da WD, acesse:

veio em abril de 2012, a WDBrasil e a ideia

é bom para verificarmos como o mercado se

www.wd.com.

agora é expandir. “Não estamos expandindo

comporta”, analisa e completa dizendo que

só o tamanho da operação, mas também as

“o mercado brasileiro vai continuar crescen-

áreas que atuamos. Quando começamos era

do, mas o que vemos é uma transformação”.

só HDs internos, em fevereiro de 2012 nós começamos os HDs externos, que possibilitou

ques altos e também evitando repor produPara conhecer a linha completa de

o Mouse Scanner da IRIS, luvas para note-

que “o SSD não vai matar o HD. O SSD vai

book e tablets em formato de camisetas,

cou Sergio Santos, country manager da WD

crescer, mas o HD também está evoluindo e

dispositivo de captura e compartilhamento

no Brasil.

as pessoas esquecem disso. Acham que uma

para gamers, entre outros.

coisa vai engolir a outra, mas na verdade as outros segmentos, como monitoramento de

coisas vão se transformando. Soluções inovadoras estão aparecendo”, conclui.

segurança. “Existe um HD especifico para segurança. Com suas características próprias. HD linha AV. Linha enterprise. Nichos que

A WD apresentou na feira, através dos seus

comparado com 2012 e nossa meta é crescer 20% no ano”, finaliza Levi. A Superkit iniciou a distribuição dos fones de ouvido da empresa Waldman com licenciamento oficial da CBF e dos 12 maiores

Segundo Levi Salera, diretor da Superkit,

clubes de futebol brasileiros.

este ano foi mais proveitoso na feira. “Tivemos um número maior de visitantes, talvez

parceiros distribuidores como All Nations,

empresa teve um bom resultado, “tivemos um crescimento de 15% neste semestre

nossa entrada no mercado de varejo”, expli-

Agora a fabricante está expandindo para

lorização cambial”, comentou o executivo. Apesar da retração sentida no mercado a

Superkit No stand da Superkit os destaques foram

Para Sérgio também é importante ressaltar

tos com preço corrigido por conta da desva-

Para saber mais sobre estes e outros

pela localização melhor e, a mudança na

produtos distribuídos pela empresa, acesse:

data foi muito melhor tanto ao público

www.superkit.com.br.


varejistas mercado

SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 15

K-MEX

cartões), webcam de 2Mp (com microfone) e alto-falantes integrados.

A K-MEX anunciou o lançamento de produtos para o mercado gamer e kits para

Para completar a lista o HS-018G, kit de

montagem de All In Ones e Nano PCs nos

montagem para Nano PC que, entre diversas

estandes das distribuidoras Agis, Ilha Service

aplicações, pode ser usado para a plataforma

e SND.

Thin Client ou uma completa central de entretenimento com tamanho reduzido.

Para os entusiastas o destaque foi para o Gaming Mouse Laser ML-G235, que possui

Eduardo Silva, gerente de marketing da

clientes maneiras de se contornar o impacto

conexões wi-fi e 3G; leituras de vídeo, áudio,

nos resultados e evitar a desaceleração das

imagens e e-book; memória RAM de 512M e

vendas”, pontuou.

memória flash de 4GB.

design exclusivo, formato ergonômico, que

K-MEX comenta que esta edição da feira teve

oferece mais conforto durante as horas de

uma visitação mais eficaz. “Ao compararmos

gameplay, botão seletor de resolução que

esta nova edição da Eletrolar 2013 com as

De qualquer forma, a empresa apresenta

alterna entre 800, 1600, 2400 e 3200 DPIs,

demais, podemos perceber um amadureci-

um resultado bom se comparado ao mesmo

para a empresa, que está crescendo dois

dois botões programáveis e ajuste de peso.

mento maior por parte dos participantes e

perído em 2012, com um crescimento de

dígitos. E para o segundo semestre a expec-

Além dele, o modelo MO-D835 chegará com

que o evento está mais consolidado entre

cerca de 10%. E a previsão é de que a com-

tativa da empresa é ainda melhor. Segundo

sete botões e modo multimídia. Ainda no

os setores abrangidos. Sobre a visitação do

panhia possa aumentar o volume das vendas

Emerson Fiore, gestor de linha de produto da

segmento de jogos, o teclado gaming KM-

evento, maior interesse do público com rela-

com novos produtos que entrarão em linha

Phaser, “baseado na receptividade que temos

E228 teve apresentação durante a programa-

ção a busca de parcerias e desenvolvimento

no segundo semestre. “Diversificaremos o

recebido por parte dos nossos clientes, par-

ção. O dispositivo tem design ergonômico,

de negócios para o segundo semestre”, ex-

portfólio e continuaremos a suprir a deman-

ceiros. Nós sentimos um pouco de retração

letras gravadas a laser e seis teclas com fun-

plicou. Silva também comentou que a mu-

da de nossos clientes”, finaliza Eduardo.

de abril e maio, e maio e junho, cresceu com

ções especiais para maior interatividade na

dança de data foi um ponto positivo, “este

hora de ouvir músicas e navegar na internet.

foi o diferencial para esse ano, os expositores aproveitaram mais a feira e ‘ganharam’ mais

Outro item apresentado foi o kit de monpossibilita o desenvolvimento da própria con-

estabilidade, mas é um crescimento racional Para ver o portfólio completo da K-MEX,

e o que é bom”, explica.

visite: www.k-mex.com.br.

um dia para prospecção de negócios”.

Veja mais detalhes destes e de outros produ-

Phaser

tagem para All In Ones, o HP-A2E7, que

O primeiro semestre tem sido muito bom

tos da fabricante em: www.phaser.com.br.

Sobre a situação atual do Brasil e da eco-

figuração do produto e traz base para tela

nomia, o executivo conta que é importante

de 21,5″ Full HD, suporte para processadores

estar atento. “Não podemos ficar alheio as

Eletrolar, o lançamento específico para o

Intel Core I3/I5/I7, chipset Intel H61 Express,

mudanças do cenário econômico, o primeiro

mercado de game. O Funtab possui o sis-

adaptador gráfico Intel HD, dois slots para

semestre terminou com o dólar em alta e

tema operacional Android 4.0, tela de 5”

de 15 a 18 de setembro de 2014, no

memória RAM, disco rígido SATA de 2,5″ ou

algumas incertezas de mercado geradas pela

touch screen capacitiva; câmera de 0.3 MP;

Transamerica Expo Center, na capital de

3,5″ e DVD R/RW Slim 8x. Dispõem de placa

movimentação das massas por todo país.

entradas USB, cartão de memória, fone de

São Paulo. Para saber mais, acesse:

de rede wireless, entradas USB 2.0, leitor de

Entretanto, devemos avaliar e oferecer aos

ouvido, TV-out e HDMI; microfone embutido;

www.eletrolarshow.com.br.

A Phaser apresentou o tablete Funtab na

..................................................................... A 9ª edição da Eletrolar Show acontece


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 16

Economia brasileira no primeiro semestre de 2013 Por Fernanda Beziaco

Um destroncamento do relatório do Banco Central e o reflexo da inflação no consumidor. No último mês o Banco Central do Brasil

O varejo oscilou de -0,4 a 0,5 de janeiro a

A Fecomercio SP divulgou que o município

O que concluímos é que o Brasil foi foco

divulgou o relatório trimestral de inflação,

abril de 2013, percentual sobre o volume de

decresceu 6,3% em maio, a maior retração

nos últimos dois anos, com um grande ca-

que já ultrapassa a marca dos 6%. Parte do

vendas. Apesar dessa oscilação, o segmento

mensal desde agosto de 2008 e “a inflação

pital sendo investido no país, e houve um

problema inflacionário se dá ao baixo de-

de equipamentos, materiais de escritório

medida pela variação do IPCA em 12 meses

aumento exponencial, principalmente para

semprego, hoje temos cerca de 5% de de-

e comunicação tiveram um leve aumento.

alcançou 6,50% em maio, 1,51 p.p. acima

pequenas e médias empresas. Agora, o

semprego no país. Este número tende a subir

Porém, de acordo com o Índice de Confiança

da registrada em maio de 2012”. Ainda

mercado começa a fazer uma curva natural,

como medida de equilíbrio econômico. Para

do Consumidor, dados da FGV indicam um

segundo o relatório “o recente arrefecimento

e deve encontrar um ponto de equilíbrio e

o consumidor a maior percepção da inflação

recuo mensal de 0,4% em maio, sendo a

com certeza é na compra de alimentos, mas

oitava retração consecutiva.

todos os setores acabam por ter um reflexo e há uma retração geral no mercado, ainda que moderada.

Já o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) divulgado mensalmente a partir de março de 2010, pela CNI, tem

Em uma análise global, o relatório indica

apresentado volátil nos últimos meses.

que o mundo deve ter um crescimento mo-

“Nesse contexto, o indicador registrou varia-

derado, mesmo nos maiores polos econô-

ção mensal de 1,8% em maio, ante -1,9%

Em uma análise global, o relatório indica que o mundo deve ter um crescimento moderado, mesmo nos maiores polos econômicos do mundo. Como o próprio relatório explica, o objetivo é “avaliar o cenário prospectivo sobre o comportamento dos preços, explicitando as condições das economias nacional e internacional que orientaram as decisões do Copom em relação à condução da política monetária”

Ainda segundo o relatório “o recente arrefecimento dos preços ao consumidor refletiu, em parte, o esgotamento de pressões sazonais relacionadas ao grupo educação e a desaceleração dos preço livres, em especial, nos grupos alimentação e transportes. A inflação acumulada nos últimos doze meses apresenta tendência de elevação no curto prazo”

dos preços ao consumidor refletiu, em parte,

manter um crescimento saudável. De qual-

o esgotamento de pressões sazonais relacio-

quer forma, o governo federal deverá apre-

nadas ao grupo educação e a desaceleração

sentar medidas para controlar a inflação. Em

dos preço livres, em especial, nos grupos

contrapartida, as empresas devem observar

alimentação e transportes. A inflação acu-

mais cuidadosamente o comportamento do

mulada nos últimos doze meses apresenta

consumidor ante a inflação, uma vez que os

tendência de elevação no curto prazo”.

consumidores começam a migrar suas compras e intenções conforme os preços sobem.

A maioria dos distribuidores e fabricantes mencionaram sentir a retração no primei-

Em 2014 a grande aposta do país é a Copa

micos do mundo. Como o próprio relatório

em abril e 0,6% em março. O resultado de

ro trimestre, mas mesmo assim, a maioria

do Mundo, que gera uma expectativa boa no

explica, o objetivo é “avaliar o cenário pros-

maio refletiu, principalmente, o impacto das

aponta um crescimento. Segundo Bruno

comércio de forma geral. Vamos aguardar os

pectivo sobre o comportamento dos preços,

melhoras nos componentes relacionados

Coelho, gerente de marketing da Agis Dis-

próximos relatórios de inflação e as medidas

explicitando as condições das economias

às expectativas de compras bens de maior

tribuidora, houve crescimento, porém o

tomadas pelo governo brasileiro.

nacional e internacional que orientaram as

valor e à inflação, atenuado, em parte, pela

esforço para atingir a meta de crescimento

decisões do Copom em relação à condução

elevação no pessimismo relacionado ao

da empresa foi muito maior do que a do ano

da política monetária”.

desemprego”.

passado.

Para ver o relatório na integra, acesse: www.bcb.gov.br.


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 17


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 18

Porque é tão difícil uma empresa de Acessórios para celulares e tablets se consolidar Brasil? Por Luciana Correia *

os consumidores merecem? Pois bem, muitas

Brasil não consigam um Distribuidor, porque

problemáticos: o primeiro ponto é o foco de

lulares no mundo. Isso explica por que o

pessoas me procuram para saber o porque

eles precisam colocar suas margens para

venda nos produtos de maior valor agregado

mundo acredita que o Brasil é um mercado

é tão difícil entrar no Brasil para fornecer

chegar no varejo que também necessitam

e o acessório fica em segundo plano, quando

muito fácil de se trabalhar com acessórios; o

acessórios:

ter uma margem saudável para vender ao

se trata de um Distribuidor com várias cate-

consumidor.

gorias/linhas de vendas; e o segundo ponto é

O Brasil está em 4º lugar em uso de ce-

mercado é imenso: As revendas autorizadas ou multimarcas das operadoras, os e-com-

Alta taxas de impostos,

merces, os grandes magazines e o mercado

consequentemente alto custo

corporativo (B2B). Se pensarmos que a cada

do produto

aparelho vendido o consumidor também irá comprar os acessórios, está afirmação está

As taxas de importação no Brasil são muito

a capilaridade no Brasil, normalmente todos Esse é o ponto forte para que o mercado

querem o mesmo mercado: Sul e Sudeste; o

negro e cinza (paralelo) cresçam e com isso

Norte, Nordeste e Centro Oeste ainda tem

virem o maior concorrente do mercado oficial

uma carência muito grande de atendimento

de qualquer tipo de produto.

em acessórios; Já o Varejo/Lojistas, a maior dificuldade é a falta de vendedores qualifica-

altas, chegando quase a 100% do custo do

as dificuldades de entrar no país e começar

produto, fora frete e armazenagem, verbas

As empresas que são fabricantes tem

dos para efetivar uma venda de qualidade e

a trabalhar o negócio a fundo, percebemos

de marketing, etc. Isto faz com que os for-

certas vantagens, porque fornecendo dire-

garantir que seu cliente não saia da sua loja

que não é tão simples assim.

necedores que tem interesse em entrar no

tamente conseguem atender essas pontas

para comprar um produto do seu concorren-

do varejo-consumidor no que se refere aos

te. Imagine que com esse número de linhas

custos até chegar na ponta(consumidor), por

ativadas no Brasil cada consumidor adquirisse

outro lado tem que ter uma estrutura co-

no momento em que comprou seu celular, a

mercial e logística para atender o seu próprio

compra pelo menos 3 itens básicos de aces-

negócio e isso não é tão simples assim.

sórios para seu aparelho: Capa, Carregador

Luciana Correia

correta. Porém, quando nos deparamos com

Veicular e uma película? Esse número de

Falta de Foco! Operadoras,

10% de venda de acessórios em relação aos

Fabricantes, Distribuidores

aparelhos seria muito maior.

e Varejo Acredito ainda que a ponta do Iceberg é O problema mais gritante é a falta de foco

a Operadora que precisa dar a devida impor-

das operadoras, fabricantes, distribuidores e

tância para os acessórios. É sabido por todos

do próprio varejista/lojista. Para a Operadora,

a importância da venda de serviços e do uso

o mais importante que a venda de aparelhos

dos dados para cada Operadora Móvel, falta

é a venda de serviços, já o fabricante o negó-

perceberem que se um consumidor que fica

cio “acessórios” é muito pequeno em relação

um tempo sem usar o seu aparelho porque

aos aparelhos e não tem a atenção devida; Já

ficou sem bateria, esta operadora não seria

para os Distribuidores temos alguns pontos

prejudicada com a falta do uso de dados, por exemplo.

Acessórios mais vendidos no Brasil No Brasil a porcentagem de acessórios vendidos por aparelhos não chega a 10% na

Capas, películas, carregadores veiculares,

média geral, isto é: muito abaixo do que real-

carregadores de parede, fones de ouvido

mente se imagina. O conceito é se um fabri-

Bluetooth (abaixo de R$ 90,00).

cante de qualidade entra no mercado, com produtos de primeira linha compatível para

Enfim, os lojistas/varejo tem mais facilidade

todas as marcas, mesmo assim este produto

para vender produtos com o ticket médio de

é considerado genérico, ele vai ter uma certa

R$ 89,00 (sugerido na ponta). Produtos aci-

resistência no mercado.

ma de R$ 100,00 não giram tão rápido.

Hoje em dia todos os fabricantes de apa-

O ideal no Brasil seria que o acessórios

relhos no Brasil possuem acessórios com a

tenha seu valor no máximo 10% do custo do

própria marca, o grande X da questão é qual

aparelho que ele adquiriu. Não que não te-

realmente desenvolve um trabalho para que

nham vendas os produtos de maior valor, mas

se faça vender acessórios juntamente com o

certamente não terão o volume desejado.

aparelho? Qual realmente está preocupado não somente em bater metas para sua área

* Luciana Correia é consultora e presta ser-

e sim, atender a demanda do mercado como

viço para empresas estrangeiras que querem

todo o respeito e consideração que o varejo e

abrir mercado no Brasil.


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 19


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 20

Itens eletrônicos e de informática estão presentes em 47% das primeiras compras on-line, aponta estudo do Mundo do Marketing Pesquisa detalhou aspectos da primeira compra em lojas virtuais. Em 37% dos casos, preço foi determinante para o surgimento do e-consumidor e 97% vão voltar a comprar online. encontrassem suas lojas virtuais foram Busca

de questionário aplicado no mês de março

no Google (26%) e e-mail marketing (23%).

de 2013. Todos os entrevistados realizaram

As grandes lojas são preferidas por 74% dos

a sua primeira compra online nos 6 meses

entrevistados.

anteriores à pesquisa.

Classe B prevalece

Sobre o Mundo do Marketing

A amostra do perfil dos entrevistados

O Mundo do Marketing é a única revista

apontou que a Classe B, com 62%, é onde

eletrônica na Internet especializada em

está a maioria dos novos e-consumidores,

Marketing com conteúdo proprietário sobre

57% dos compradores consideraram sa-

seguidos das Classes C/D com 27% e Classe

o setor com cases, reportagens, entrevistas,

quistou 10,3 milhões de novos consumi-

tisfatória a primeira compra e 35% ficaram

A com 12%. Em localização o Sudeste lidera

artigos e blogs exclusivos acessada por 190

dores, alcançando assim o número de 42,2

muito satisfeitos. Aqueles que não gostaram

com 58%, o Nordeste possui 20% e o Sul

mil profissionais da área. Pesquisa realizada

milhões de pessoas que fizeram ao menos

da primeira experiência somaram apenas

10%. Na divisão de gênero, há empate entre

com os usuários (Gerentes, Diretores e VPs

uma compra no ambiente on-line, segundo

6%. Além disso, 97% disseram que voltarão

masculino e feminino. A faixa etária, pre-

de Marketing) qualifica o portal como um

dados do e-bit.

a comprar on-line.

dominante é de pessoas com 40 a 49 anos,

veículo de comunicação de credibilidade

seguidas pelas de 50 a 58 anos, com 28%.

e importância. Para 39% o Mundo do

As pessoas com idade entre 20 a 29 anos e

Marketing é altamente confiável e para

35 a 39 anos estão empatados com 17%.

61% confiável.

Em 2012, o e-commerce brasileiro con-

E, para levantar um perfil desses novos

Outros destaques

consumidores, o Mundo do Marketing, revista eletrônica na Internet especializada em Mar-

A pesquisa ainda revelou outros pon-

keting, em parceria com a Consumoteca, em-

tos importantes da experiência do novo

presa de pesquisa e inteligência de mercado,

e-consumidor: O cartão de crédito foi a

realizou a pesquisa “Novos E-consumidores”.

principal forma de pagamento para 61%;

Foram entrevistados 674 novos e-con-

As principais portas de entrada para que

sumidores com 20 anos ou mais por meio

A categoria de entrada nas compras online apontada foi “eletroeletrônicos/informática”, com 47% dos primeiros pedidos, seguida por eletrodomésticos com 42%, roupas/acessórios/calçados com 20%, e livros/revistas com 19%, e o que motivou o brasileiro a realizar a compra virtual foi o preço, em 37% das respostas. Ao serem perguntados sobre os motivos pelos quais não compravam pela internet antes e resolveram comprar agora, 28% tinham medo do produto não chegar e agora confiam, 23% tinham medo de roubo dos dados pessoais e de cartão de crédito e passaram a ter segurança. O estoque exclusivo nas lojas virtuais também apareceu como uma das razões, com 10%. Já a falta de tempo de ir à loja física também foi indicada com 7%, enquanto 1% indicou que o ato de ir até a loja física era um passeio. Já no quesito “pontos que te surpreenderam positivamente”, o preço mais uma vez lidera na experiência positiva de compra pela internet com 54%, seguido por frete grátis com 43%. O fato do produto chegar em perfeito estado e a entrega rápida com 37% e 35%, respectivamente, também foram citados.

Metodologia

Com cinco anos no ar, o conteúdo do Mundo do Marketing também é publicado nos portais das revistas Exame e HSM Management.


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 21


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 22

O Mundo da Mobilidade Digital

Por Márcio Vidal *

Prezados leitores, nesta edição vamos dar continuidade ao projeto Planet Mob, trazendo para vocês as mais importantes notícias sobre tecnologia móvel. Nesta coluna vamos mostrar os principais números do mercado no primeiro semestre deste ano e os destaques da EletrolarShow 2013, que aconteceu em São Paulo entre os dias 15 e 18 de Julho. Também comentaremos os produtos que são destaques no momento e as tendências de mobilidade digital. Mercado Como já informado nas colunas passadas, a venda de Tablets, Notebooks e Ultrabooks já

e desktops. Agora, a participação saltou para

notebook e desaparece quando não está em

mostram impulso na base nacional. Em maio,

28%. Em dois anos, as vendas de tablets

uso, transformando-o em um tablet, ou seja

eram 105,25 mil e em Junho cresceram qua-

cresceram 1.540%, o que deixa o Brasil no

Fechado, ele é tablet. Aberto, é notebook

se 70% e passaram para 174,1 mil.

mesmo nível de outros países, como Alema-

touch.

A tendência tem sido os celulares 4G que

nha (27%) e Japão (25%).

superaram a venda de PCs, e esta tendência não para de crescer, assim como as vendas de

Os smartphones responderam por 40% do

celulares e smartphones vêm crescendo muito

total de vendas de telefones móveis no Brasil

no canal de TI, ganhando cada vez mais im-

entre janeiro e maio deste ano, segundo da-

portância no mix de produtos. O que confir-

dos apresentados pela GfK na EletrolarShow.

Windows 8, com uma nova interface totalmente pensada para uso em dispositivos

A tecnologia móvel marcou presença na

touchscreen.

feira, vamos conferir alguns destaques.

ma que a tecnologia Móvel continua crescendo e dominando os segmentos do mercado

O LG SlidePad vem equipado com

Na Eletrolar

E como ele é compatível com o pacote

No mesmo período do ano passado, a par-

Microsoft Office, permite a produtividade

de tecnologia, representando a maior parte

ticipação era de apenas 21%, enquanto em

do faturamento de muitas revendas.

2011 o índice era ainda menor, 14%. Com

modelos de smartphones e tablets. O Dual-

além da portabilidade, ou seja, se pode trabalhar muito bem.

A CCE, com stand próprio, trouxe novos

esse crescimento, o país atingiu um patamar

Sim Motion.Plus SK504 será o modelo top

Os principais números

próximo ao que a Alemanha e o Japão alcan-

de Smartphone com tela de 5 polegadas HD,

do primeiro semestre

çaram há dois anos.

com processador Snapdragon Quad-Core

Na próxima edição traremos entrevistas

de 1.4 GHz da Qualcomm, câmera de 8MP,

com profissionais de mercado e também uma

memória interna de 4GB e 1GB de RAM. O

matéria especial com acessórios e periféricos

milhões de linhas ativas na telefonia móvel

tphones aumentaram 197% no território

novo lançamento chega com preço de R$

que estão em alta nas vendas pegando ca-

e teledensidade de 134,26 acessos por 100

nacional, acompanhadas pela queda de 29%

899 para o consumidor final.

rona no fascinante e crescente mercado da

habitantes, de acordo com os números de

dos celulares comuns.

O Brasil fechou junho com mais de 265,7

Entre 2011 e 2013, as vendas de smar-

Confirmando que a grande tendência da

mercado divulgados pela Anatel, na terçafeira, 16/07. Segundo a agência, em junho, foram registradas mais de 215,3 mil novas habilitações,

mobilidade digital.

O crescimento dos tablets é ainda mais

tecnologia móvel são os dispositivos híbridos,

expressivo. Há dois anos, a categoria repre-

hoje chamados “Convertible”, que fazem

sentou 2% das vendas, considerando o

função de tablet / ultrabook, as grandes

segmento formado também por notebooks

estrelas da feira foram o SLIDEPAD da LG e

o que significa uma forte queda em relação a

o YOGA da LENOVO, que trabalham com

maio quando foram registradas 984 mil.

teclado e na forma Touch. Embora utilizem duas tecnologias completamente distintas, são muito eficientes e atraíram a atenção dos visitantes.

LG SLIDEPAD H160 – G

A LENOVO encantou anunciando a produção local do modelo YOGA. O Lenovo Yoga é um Ultrabook conversível bastante versátil, capaz de ser usado como tablet e notebook de diversas formas graças ao amplo movimento da tela, capaz de girar em até 360º. Com acabamento fosco, o aparelho vem equipado com CPU Intel e diversas das tecnologias presentes em Ultrabooks. A LG impressionou com seu modelo SLIDEPAD H160-G. Com teclado basculante Lenovo YOGA

que permite o uso do aparelho como um

Smartphone Plus SK504 da CCE

* Márcio Vidal é fundador e diretor da empresa Planet Mob. Especialista em gestão de canal de vendas B2B, B2C. Com experiência de mais de 15 anos à frente da área

Ap oio

comercial de empresas como LG, Lexmark e Xerox. MBA em Marketing pela ESPM, também é palestrante em “Crescimento Rentável” e colunista de negócios e tecnologia. E-mail: marcio.vidal@planetmob.com.br.


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 23


SÃO PAULO - BRASIL / JULHO-AGOSTO 2013 / ANO 5 / NÚMERO 45 / PÁGINA 24

Participe da Eletrolar Show, a maior feira de eletrodomésticos, eletroeletrônicos, celulares e TI da América Latina. Estabeleça relacionamentos e mostre seus produtos para os compradores responsáveis por mais de 25.000 pontos de venda do País.

DATA

15 A 18 DE SETEMBRO DE 2014 Transamerica Expo Center São Paulo - SP


Distribuidores e Mercado - #45 - Julho & Agosto 2013 - Latinmedia Publishing