Issuu on Google+

na rua 茅 n贸is.


UNIVERSIDADE Sテグ JUDAS TADEU Trabalho de Conclusテ」o de Curso

CAMPANHA

SOUL ART

Novembro/2013


UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU Trabalho de Conclusão de Curso

CAMPANHA

SOUL ART Trabalho apresentado para a banca examinadora da Universidade São Judas Tadeu, como condição parcial para aprovação dos alunos autores.

Banca Examinadora

Sergio Bairrada das Neves

Rogério dos Santos Ota

Raul Fonseca Silva

Sullivan Bernardo de Almeida


UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU 4ACSNPP USJT COMUNICAÇÃO SOCIAL - PROPA GANDA E PUBLICIDADE

Trabalho de Conclusão de Curso

CAMPANHA

SOUL ART

agência

camaleao

damaris de angelo

katlen rodrigues

guilherme campanha

marcos vinicius

guilherme pupo

raphael rinco

são paulo / sp / 2 0 13


one, two, tree, four!


Nós somos a Camaleao. Se você pensou no David Bowie com seu raio no rosto, você está certo. Somos publicitários com todas as pegadas que você pode imaginar. Nos adaptamos ao cliente sem dó nem piedade. Vamos do Rock’n Roll ao Rock assistente de Palco se você precisar. Nossos olhos são hábeis, inteligentes e independentes. Cada um funciona com sua percepção para se movimentarem juntos num todo. É um olho no gato e outro no peixe. O outro na frigideira e um outro espiando a vizinha. Porque o mercado esmaga na parede e esse é nosso maior predador. Que venham 20, nosso camaleão é criado em uma casa mas tem sangue selvagem. Essa é a camaleao.


símbolo

O logo multicolor tem a função de mostrar quão adaptável nosso camaleao pode ser. Além de ter a função de mostrar o quão diferente pode ser as soluções que a agência pode dar a cada cliente. Ele é criado em casa, mas tem espírito selvagem. rawn.


cores As cores representam a diversidade de adaptação do camaleão. São variações das cores primárias, todas com intensidade e tons sobre tons.

. C 070% M 000% Y 070% K 000% R 087% G 087% B 086%

C 000% M 065% Y 090% K 000% R 238% G 115% B038%

C 045% M 000% Y 053% K 000% R 157% G 204% B 148%

C 000% M 030% Y 090% K 000% R 251% G 187% B033%

C 025% M 000% Y 090% K 000% R 211% G 217% B043%

C 085% M 042% Y 020% K 005% R 015% G 118% B 162%

C 000% M 095% Y 040% K 000% R 231% G 032% B 095%

C 070% M 010% Y 010% K 000% R 052% G 174% B 214%

C 010% M 100% Y 090% K 000% R 213% G 018% B 036%

C 100% M 100% Y 100% K 100% R 000% G 000% B 000%


A dimensão do logo é igual a altura da letra A da palavra “Camaleao”, sendo da altura x largura de 6 mm.

10 x 6 mm

MALHA CONSTRUTIVA

6 mm

10 x 6 mm


VersĂľes O sĂ­mbolo Camaleao jamais varia, podendo apenas o nome ser variado dentro de todas as cores permitidas do logo.


AGRADECIMENTOS

COOL GUYS DON’T LOOK AT EXPLOSIONS. the lonely island


Primeiramente agradeço a Deus, que manteve a fé o amor presente diante das circunstâncias de trevas, a paciência de todos colegas de trabalho que diante da súbita psicopatia nervosa conseguiram manter os chakras em harmonia, a meus pais que me amam acima de qualquer coisa, ao Heli Brown que deu força ao nosso projeto doando um pouco do seu talento com as rimas improvisadas, a Paula Tonelotto com a filmagem e edição do vídeo, a namorada do Rapha que gastou litros de gasolina e paciência nos locomovendo em um dia de missão e a todos os professores pelo suporte. ANGELO, Damaris. Agradeço a minha família, namorada, a os parceiros do trabalho, e claro o grupo do tcc que mesmo com discussões conseguimos entregar um trabalho consistente. RINCO, Raphael. Agradeço Àquele que me deu condições de chegar até aqui, Deus. Aos meus pais, irmã e namorada que me suportam, nos dois sentidos. À mente criativa da Kat, a mente inventiva da Damaris, a mente léxica do Pupo, a mente 360º do Marcos e a mente musculosa e digital do Rapha. CAMPANHA, Guilherme. Agradeço aos meus pais que me ensinaram a importância de nunca desistir de nada, aos amigos que entendem a ausência, a namorada que aguenta as reclamações e por aos amigos do tcc, que tornaram esse trabalho possível. E por último, fica registrado aqui o meu “muito obrigado” por todos eles nunca terem saído do meu lado. VINÍCIUS, Marcos. Meu sentimento de gratidão fica com todos aqueles que me acompanharam e tornaram este projeto possível. Os professores com seu conhecimento, disposição e direcionamento. Todos eles foram verdadeiros mestres sanando dúvidas e dando os puxões de orelhas que definiriam minha carreira profissional. Aos amigos queridos que ao longo do ano mostraram como a força da amizade é capaz de mover montanhas e enfrentar tempestades. Todos eles provaram que nada é impossível se você tem alguém ao seu lado. PUPO, Guilherme. Agradeço a todo mundo que fez com que esse trabalho chegasse até aqui. A Deus brother, por ter dado força e principalmente com que tudo desse certo quando estava dando tudo errado. A família, pelo apoio. Aos amigos, pela paciência e compreensão e palavras de impulso. E principalmente, ao meus amigos do tcc. Que brigaram, zuaram, fizeram, zuaram, deram apoio e fizeram com que tudo desse certo, mesmo de frente a um cliente desafio, fazendo com que cada página desse tcc estivesse de um jeito que todos acreditam de coração. Agradeço também aos professores, que acreditaram em cada um de nós, que apoiaram o desafio de fazer esse trabalho acontecer com um cliente diferente e que ao mesmo tempo que seguraram nossas mãos, nos deixaram fluir e pirar, de algum modo em cada ideia que se encontra aqui. RODRIGUES, Katlen Lembra aquele tcc? Foi massa!”


su má

Introdução 1 Empresa 1.1 Razão Social 1.2 Identidade Visual 1.3 Análise Organizacional 1.3.4 Objetivos empresariais 1.3.5 Faturamento anual aproximado 1.3.6 Verba disponibilizada pelo cliente 1.4 Linha de Produtos

/16 /28 /28 /29 /29 /29 /29 /29 /29

2 Portal Soul Art 2.1 Linha de Produtos 2.2 Características e Componentes 2.3 Principais benefícios e diferenciais 2.4 Formas de uso, consumo 2.5 Promoção

/30 /31 /31 /32 /32 /32

3 Analise do macroambiente 3.1 Aspectos demográficos nacionais 3.2 Tendências econômicas 3.3 Mudanças Tecnológicas 3.4 Aspectos Éticos, Políticos e Legais 3.5 Tendências socioculturais

/34 /34 /34 /36 /36 /36

4 Analise do microambiente 4.1 Distribuição geográfica do mercado 4.2 Evolução do mercado 4.3 Tendências atuais do mercado 4.4 Target 4.5 Influenciadores de compra 4.6 Concorrência

/38 /39 /39 /39 /40 /40 /40

Concorrentes diretos Concorrentes indiretos

/41 /46


5 Pesquisa e Resultados 5.1 Objetivo de pesquisa 5.2 Questionário da pesquisa quantitativa 5.3 Gráficos

/48 /48 /49 /50

6 Serviços e target

/52

7 Diagnóstico (SWOT) 7.1 Pontos fortes 7.2 Pontos Fracos 7.3 Ameaças 7.4 Oportunidades 7.5 Leitura da Swot

/54 /55 /55 /55 /55 /55

8 Planejamento de Marketing Digital 8.1 Análise dos objetivos de marketing 8.2 Budget da campanha 8.3 Objetivos de marketing 8.4 Estratégias de Marketing Digital

/56 /56 /58 /58 /58

9. Planejamento de marketing da comunicação 9.1 Posicionamento a ser adotado 9.2 Conceito de campanha 9.3 Objetivos de comunicação 9.4 Temática da comunicação

/60

10 Plano de mídia 10.1 Target 10.2 Dados de pesquisa 10.3 Praça 10.4 Objetivo de mídia 10.5 Prioridade de Mídia 10.6 Meios Básicos 10.7 Alcance de Mídia

/62 /63 /63 /64 /64 /64 /64 /65

/61 /61 /61 /61

10.8 Frequência de Mídia 10.9 Veículos 10.10 Táticas de Veiculação

/65 /67 /73

Mapas de mídia Mapas de programação de mídia/internet Mapas de programação de mídia/outdoor Mapas de programação de mídia/revista Mapas de programação de mídia/resumo

/74 /75 /81 /82 /83

Cronograma Geral de mídia 11 Plano de criação 11.1 Briefing 11.1.1 Fato principal 11.1.2 Problema na mente do consumidor 11.1.3 Objetivo da Comunicação 11.1.4 Público Alvo 11.1.5 Concorrência Principal 11.1.6 Posicionamento 11.1.7 Polices 11.2.1 Plano de Comunicação 11.2.2 Principais diferenciais e benefícios do produto explorados na campanha 11.2.3 Justificativa de exploração do posicionamento 11.2.4 Conceito 11.2.5 Justificativa do conceito adotado 11.2.6 Temática 11.2.7 Linha Criativa 11.2.8 Apelos básicos 11.2.9 Fatores Motivacionais 11.2.10 Justificativa da temática adotada 11.2.11 Justificativa das peças 11.2.12 Defesa das peças

Inspiração Semântica

/92

12 Plano de promoção e vendas de merchandising 12.1 Ações 12.2 Mecânica 12.3 Molduras SoulArt 12.4 Investimento da Promoção

/94

Cronograma Geral de ações

/98

13 Planejamento de evento 13.1 Tipo do Evento 13.2 Justificativa do tipo de evento 13.3 Objetivo 13.4 Justificativa para o Evento 13.5 Público Alvo Primário 13.6 Organizador 13.7 Programação

/100 /101 /101 /101 /101 /101 /101 /101

Peças Anúncio Outdoor Banners digitais Evento Backdrops Ações

/106 /107 /110 /112 /122 /126 /134

Plano de investimento

/150

14 Roteiro e Story board

/152

Bibliografia

/154

/95 /95 /95 /97

/84 /86 /87 /87 /87 /87 /87 /87 /87 /88 /88 /88 /88 /88 /88 /88 /89 /89 /89 /89 /89 /89 /90


introdução


Este Trabalho de Conclusão de Curso foi realizado por alunos do curso de Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda e tem como objetivo realizar uma análise aprofundada sobre a SOUL ART, seu segmento de atuação e como podemos explorar as suas potencialidades em uma comunicação integrada. Bueno (2010), explica: (...) A Comunicação Integrada consiste no conjunto articulado de esforços, ações, estratégias e produtos de comunicação, planejados e desenvolvidos por uma empresa ou entidade, com o objetivo de agregar valor à sua marca ou de consolidar a sua imagem junto a públicos específicos ou à sociedade como um todo. O cliente é a produtora de conteúdo digital SOUL ART, que desde 2008 está inserida no segmento cultural com o intuito de transformar quaisquer formas de manifestações artísticas em informação que possa agregar conhecimento e valorização à arte dentro da sociedade. Conforme contextualiza o artigo 216 da Constituição do Brasil, citado por REIS: (...) a Constituição do Brasil define (art. 216) “Constituem patrimônio cultural brasileiro os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, portadores de referencia à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira, nos quais se incluem: 1. as formas de expressão; 2. os modos de criar, fazer e viver;

3. as criações científicas, artísticas e tecnológicas; 4. as obras, objetos, documentos, edificações e demais espaços destinados às manifestações artístico-culturais; 5. os conjuntos urbanos e sítios de valor históricos, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, ecológico e científico. (...) Vários significados somam-se a este, conforme o contexto e a formação de quem o esteja empregando até que, de forma mais ampla, cultura incorpora tudo o que homem cria. Assim, as estatísticas da cultura da Unesco compreendem categorias tão distintas como herança cultural: literatura e impressos, música, artes ao vivo; audiovisual, atividades socioculturais; esportes e jogos; ambiente e ate mesmo natureza. (p. 19) (...) Apesar de normalmente não atraírem grande atenção da mídia, as micro e pequenas empresas têm uma participação inestimável no setor cultural. À parte seu papel como “produtoras” de cultura (cooperativas ou fabricantes de produtos e serviços culturais em geral), seu envolvimento se dá de duas outras formas: incentivando projetos culturais ou atuando como produtoras culturais. (2006, p. 133) O coletivo cultural SOUL ART iniciou suas atividades como um blog despretensioso criado pelo designer Gabriel Alexandre. Naquele espaço eram reunidos diversos materiais sobre seus gostos pessoais (filmes, livros e músicas), porém graças a divulgação na internet, o número de acessos do blog aumentou, perdendo a características de diário virtual e se transformando em um 17


grande portal online sobre cultura e arte. Hoje, a SOUL ART conta com uma equipe de 25 colaboradores ativos que contribuem com publicações diárias sobre diversos assuntos. Esta evolução inseriu o cliente em um segmento que cresce exponencialmente e transforma-se a todo momento devido à tecnologia e à velocidade com que a informação chega até as pessoas. Reafirma REIS (2006, p. 59): (...) A tecnologia digital provocou uma revolução no setor cultural, sentida em diferentes graus no mundo. Nas regiões onde a tecnologia, sobretudo das comunicações, é mais difundida, superou obstáculos antes intransponíveis. As novas tecnologias contribuíram para romper os limites impostos pela distância, indisponibilidade de acesso ou inadequação de horários, que podem dificultar a participação em atividades culturais. Naquelas em que a tecnologia é restrita a poucos, traz a esperança de vir a preencher parte dos abismos entre classes sociais, níveis de educação formal e vivencias culturais. A tecnologia oferece fôlego a três processos do setor cultural: criação e reprodução; preservação e restauração; difusão e comunicação.

18

não depende mais da auto-suficiência dos textos, de uma fixação e de uma independência das significações. Ela se constrói e se estende por meio da interconexão das mensagens entre si, por meio de sua vinculação permanente com as comunidades virtuais em criação, que lhe dão sentidos variados em uma renovação permanente. Sua missão é a de encontrar, produzir e compartilhar as diversas formas de arte que fazem parte do cenário underground, que estão mais próximas das raízes do ambiente em que se manifestam. De acordo com Reis (2006, p.20) explica como a cultura funciona como um canal de relacionamento entre as pessoas, em que o artista utiliza sua criatividade para transmitir sua mensagem.

A maneira como a informação sobre cultura e sobre produtos culturais se encontra disponível na Internet, assim como em outros campos do conhecimento, faz com que muitos autores considerem que as pessoas estão constantemente se readequando a uma realidade que é universal e individual ao mesmo tempo. Conforme Levy (1999, p. 15) comenta:

(...) A arte, por seu lado, é tomada como canal de comunicação da cultura e sua forma de expressão mais flagrante. O artista é considerado um vanguardista intuitivo, capaz de contextualizar no presente elaborações ainda flutuantes no inconsciente coletivo, Ele utiliza o vocabulário da estética para dar voz a nossos sentimentos e pensamentos, para pôr em contato fragmentos incomunicáveis de nós mesmos. A arte é considerada aqui sem julgamento estético e entendida de forma adimensional, tocando valores e emoções alheios a qualquer fronteira geográfica ou temporal, viajando com a mesma leveza entre o resgate do passado e concepções futuras; recuperando o conceito tão desgastado de ser humano universal.

(...) a hipótese que levanto é a de que a cibercultura leva a copresença das mensagens de volta a seu contexto como ocorria nas sociedades orais, mas em outras escala, em uma órbita completamente diferente. A nova universalidade

O site, que é seu principal meio de veiculação, abrange as diversas nuances da arte urbana, entre elas música, fotografia, ilustração e outras formas de expressão. Este espaço online dá preferência para o material de novos artistas que não possuem o espaço que


artistas reconhecidos têm na mídia convencional. Dessa forma estes novos criadores também têm a oportunidade de expor seu trabalho para um grande número de pessoas. Conforme completa Reis (2006, p. 3): (...) O sonho da maioria dos artistas iniciantes é expor na galeria X, representar no teatro Y ou ver seu livro disponível em todas as bibliotecas do país. O ideal da sociedade é sentir orgulho de ser o fruto e a produtora de determinada cultura, de sentir a apreciação de outras culturas por aquela que representa. Para poder manter e ampliar seus talentos, seu patrimônio, sua imagem, as instituições culturais precisam de recursos. Assim como Reis comenta, o reconhecimento do artista é o combustível para que o mesmo continue produzindo cada vez mais, por isso a SOUL ART acredita no espírito artístico que está em todas as pessoas, incentivando toda forma de expressão, com a ideologia de que só juntas elas podem ganhar força e ser algo de maior importância para a própria sociedade. Reis (2006, p.1) continua: (...) Os artistas e demais criadores culturais veem seu trabalho valorizado, estimulando-se com o eco produzido pelo que desenvolvem. As instituições culturais ganham evidência, consolidam-se junto a públicos antes inimagináveis e expandem seu alcance para novas parcelas da sociedade. (...) e a comunidade para deleite de todos, recebe a cada dia um leque maior de opções culturais, vê acrescido o orgulho de pertencer a determinado povo e responde em um círculo virtuoso ao resgate de sua própria identidade. (...)

É por isso que neste TCC vão ser apontadas diversas formas para que a SoulArt ganhe destaque na mídia e mostre sua força e qualidade como marca e produtora cultural. Durante o trabalho, realizamos estudos para compreender melhor o público-alvo da marca, abrangendo seu perfil As ações desenvolvidas para o cliente são crossmedia e visam atingir o público-alvo de forma direta e objetiva, convidando-o a participar do mundo que é a SoulArt, expondo seu interesse pela arte. Desenvolvemos um evento que será o carro chefe da campanha e engloba todos os elementos que o portal SouArt produz: musica, moda, literatura, arte e criatividade. Durante o evento vão acontecer shows e debates que trazem à tona o assunto de como a arte urbana ainda é marginalizada. Este evento será totalmente organizado pela agência Camaleao e tem como apoio a própria SoulArt. As estratégias de mídia foram baseadas por meio dos estudos do perfil do target, abrangendo principalmente o público que está na internet e ainda não conhece o cliente. Para anunciar o evento e principalmente a marca SoulArt, vamos trabalhar com publicações patrocinadas em grandes portais, banners e um vídeo no formato preroll para Youtube. Ainda contamos com um formato incomum de comunicação, que é o outdoor totalmente em branco que convida o grafiteiro a deixar sua arte naquele espaço, mostrando que a SoulArt aprova este tipo de arte, transformando a mídia em algo interativo. Todos estes detalhes foram planejados a fim de atingir o objetivo de marketing do nosso cliente, que é mostrar para o target que a SoulArt está no cenário cultural e tem potencial para oferecer, produzir, divulgar e influenciar uma fatia do mercado que não tem o merecido reconhecimento e espaço. 19


QUEM Sテグ


O QUE GOSTAM? O QUE PROCURAM?


ONDE Vテグ? O QUE BUSCAM?


1. EMPRESA 1.1 Nome e Razão Social O coletivo cultural SOUL ART iniciou suas atividades como um blog despretensioso criado pelo designer Gabriel Alexandre. Hoje, a SOUL ART conta com uma equipe de 25 colaboradores ativos que contribuem com publicações diárias sobre diversos assuntos. Esta evolução da internet inseriu o cliente em um segmento que cresce exponencialmente e transforma-se a todo momento devido a tecnologia e a velocidade com que a informação chega até as pessoas.

1.2 identidade visual A empresa utiliza toda a sua comunicação visual nas cores preto e branco [C0M0Y0K100 / C0M0Y0K0] sendo estas utilizadas somente em seu logo, com letras desformes e estilzadas no formato stencil.

1.3 Análise Organizacional Missão Sua missão é a de encontrar, produzir e compartilhar as diversas formas de arte que fazem parte do cenário underground, que estão mais próximas das raízes do ambiente em que se manifestam. Reis explica como a cultura funciona como um canal de relacionamento entre as pessoas, em que o artista utiliza sua criatividade para transmitir sua mensagem: 28

(...) A arte, por seu lado, é tomada como canal de comunicação da cultura e sua forma de expressão mais flagrante. O artista é considerado um vanguardista intuitivo, capaz de contextualizar no presente elaborações ainda flutuantes no inconsciente coletivo, Ele utiliza o vocabulário da estética para dar voz a nossos sentimentos e pensamentos, para pôr em contato fragmentos incomunicáveis de nós mesmos. A arte é considerada aqui sem julgamento estético e entendida de forma adimensional, tocando valores e emoções alheios a qualquer fronteira geográfica ou temporal, viajando com a mesma leveza entre o resgate do passado e concepções futuras; recuperando o conceito tão desgastado de ser humano universal. REIS, Ana Carla Fonseca. Marketing Cultural e financiamento da Cultura. São Paulo. Editora Thomson

Visão A SoulArt visa tornar-se a maior referência, enquanto produtora e disseminadora de cultura urbana, do Brasil. Deixando de atingir e atender somente a região de São Paulo, mas também captando novos conteúdos e produzindo material digital com artistas de outros estados.

Valores Compromisso / A SoulArt tem a preocupação de entregar para o seu público um material exclusivo e produzido com todo o cui-


dado e curadoria que uma equipe totalmente preparada pode oferecer. Este mesmo valor se reflete para a sua dedicação em divulgação da cultura urbana, a marca tem como dever não deixar que essa aba da cultura seja esquecida ou ofuscada por outros tipos de manifestações artísticas.

1.3.4 Objetivos empresariais Por ser uma produtora cultural independente, a SoulArt trabalha por meio de escambo de serviços, dessa forma não se computa um faturamento anual com base em lucros ou margem de capital, tornando a marca totalmente independente e alheia a esse tipo de objetivo.

1.3.5 Faturamento anual aproximado A SouArt não apresenta nenhum gráfico de faturamento anual por ainda não trabalhar com nenhuma maneira rentável que gere lucros para a marca. Todo e qualquer serviço prestado pela marca acontece devido aos colaboradores que também são voluntários.

1.3.6 Verba disponibilizada pelo cliente A SouArt tem a pretensão de capitalizar seus serviços, então com base em um estudo que visa gerar lucros no futuro para a marca, foi possível adquirir R$ 500.000,00 para a campanha de comunicação.

1.4 Linha de Produtos O site, que é seu principal meio de veiculação, abrange as diversas nuances que fazem parte da arte urbana, entre elas música, fotografia, ilustração e outras formas de expressão. Este espaço

online dá preferência para o material de novos artistas que não possuem o espaço que artistas reconhecidos têm na mídia convencional. Dessa forma estes novos criadores também têm a oportunidade de expor seu trabalho para um grande número de pessoas. Conforme completa Reis: (...) O sonho da maioria dos artistas iniciantes é expor na galeria X, representar no teatro Y ou ver seu livro disponível em todas as bibliotecas do país. O ideal da sociedade é sentir orgulho de ser o fruto e a produtora de determinada cultura, de sentir a apreciação de outras culturas por aquela que representa. Para poder manter e ampliar seus talentos, seu patrimônio, sua imagem, as instituições culturais precisam de recursos. Assim como Reis comenta, o reconhecimento do artista é o combustível para que o mesmo continue produzindo cada vez mais, por isso a SOUL ART acredita no potencial criativo que está em todas as pessoas, incentivando toda forma de expressão, com a ideologia de que só juntas elas podem ganhar força e ser algo maior para a própria sociedade. Reis continua: (...) Os artistas e demais criadores culturais veem seu trabalho valorizado, estimulando-se com o eco produzido pelo que desenvolvem. As instituições culturais ganham evidência, consolidam-se junto a públicos antes inimagináveis e expandem seu alcance para novas parcelas da sociedade. (...) e a comunidade para deleite de todos, recebe a cada dia um leque maior de opções culturais, vê acrescido o orgulho de pertencer a determinado povo e responde em um círculo virtuoso ao resgate de sua própria identidade. (...) 29


2. Portal Soul Art 2.1 Descrição da Caterogia do Produto O Portal Soul Art foi desenvolvido sob a plataforma Wordpress. Esta plataforma digital oferece fácil maleabilidade de customização, sendo assim, perfeita para quem deseja rapidamente ter um site no ar.

2.2 Características e Componentes O site é dividido em três parte: a primeira é topo, com um banner rotativo superior que traz as matérias mais importantes e relevantes. Seguindo a estrutura oferecida pela plataforma digital, abaixo estão as notícias que são publicadas no dia a dia, com banners menores e uma pequena descrição do texto jornalístico. No canto direito superior, abaixo do banner rotativo e ao lado das notícias, estão os vídeos produzidos pela Soul Art. O usuário tem duas formas de assísti-los: ele pode clicar diretamente no pequeno quadro ou acessar o canal no Youtube (publicador de vídeo online).

31


2.3 Principais benefícios e diferenciais Todo conteúdo do site da SoulArt, além de exclusivo, é disponível gratuitamente. O usuário que está na internet, não precisa assinar nenhum tipo de contrato ou prestar algum tipo de compromisso com a marca. basta acessar e ususfruir de todo material. O design do site foi preparado especialmente para que o usuário não se perca entre as informações, cada banner ou espaço está estratégicamente alocado para que ninguém se perca na leitura.

2.4 Formas de uso, consumo O leitor da SoulArt pode acessar o site de quaisquer dispositivos que tenham acesso à internet, seja tablet, mobile ou computador. Para acessá-lo, o usuário deve iniciar seu browser e digitar na aba a url: www.soulart.org

2.5 Promoção De forma simples e objetiva, a Soul Art utiliza adesivos com o logo da marca e os distribui em eventos que façam parte do cenário que o portal abrange: shows de rap, pistas de skate entre outros. Existem também outro detalhe importante nessa divulgação, como grande parte do seu conteúdo é produzido por colaboradores, que também são voluntários, muitos deles são viajantes ou residem em outros lugares fora do país, então os adesivos Soul Art estão espalhados por pontos ao redor do mundo, por exemplo França, São Francisco, Grécia, Itália entre outros

32


3. Análise do Macroambiente

3.2 Tendências econômicas PIB 2012: 1.0%, 4,4 trilhões

3.1 Aspectos demográficos nacionais

Renda per capta 2012: U$11.670 IPCA 2012: 5.7%

População 2013: 201.032.714 habitantes Número de domicílios Brasil 2010: 58,563

Cotação do dólar médio mensal 2012

População São Paulo: 43.663.669 População Capital: 10.886.518

Dados do IBGE. www.ibge.gov.br/paisesat/main.php Classificação econômica familiar Classes

Renda Média bruta familiar no mês em R$

Classe A

9.263

Classe B1

5.241

Classe B2

2.654

Classe C1

1.685

Classe C2

1.147

Classe CD

776

http://www.abep.org/novo/FileGenerate.ashx?id=297

Em Real ( R$ )

Meses

Janeiro

2012

Fevereiro

1,791

Março

1,718

Abril

1,795

Maio

1,855

Junho

1,986

Julho

2,049

Agosto

2,029

Setembro

2,029

Outubro

2,028

Novembro

2,029

Dezembro

2,067 35


Índice de inflação IPCA 2012 e 2013 Mês

2012

2013

JAN

6,22%

6,15%

3.3 Mudanças Tecnológicas

FEV

5,85%

6,31%

A tecnologia continua alterando os hábitos das pessoas, tornando

MAR

5,24%

6,5887%

ABR

5,10%

6,4933%

MAI

4,99%

6,5040%

tablets e câmeras portáteis, e assim também, podem gerar

JUN

4,92%

6,6955%

oportunidades para marcas melhorarem sua presença e posi-

JUL

5,20%

6,2706%

AGO

5,24%

6,0906%

SET

5,28%

5,8586%

OUT

5,45%

e sua opinião é de extrema importância para detectar falhas e

NOV

5,53%

melhorar o relacionamento entre Marca e consumidor.

DEZ

5,84%

As empresas para se manterem mais perto de seus consumidores

O ano de 2013 possui dois mundos, o do primeiro semestre foi marcado pelo receio dos investidores estrangeiros, já o cenário do segundo semestre foi realizado uma força tarefa para contenção da inflação e também há promessas de melhoria no cenário econômico atual, Segundo o economista Octavio de Barros, a soma total de lucros no Brasil em 2013 pode chegar até 25%. Sem considerar as infraestruturas que estão sendo construídas para suportar os megaeventos que o Brasil irá sediar (Copa do 36

Mundo e Olimpíadas). Com a chegada de turistas de todos os lugares do mundo é o momento de mostrar a cultura brasileira em todas as suas vertentes.

não somente o acesso a informação rápida, como a resposta àquela informação rápida, gerando repercussão imediata. Grande parte dos acontecimentos passam pelas lentes de smartphones,

cionamento perante o seu target. As redes sociais passam pelo fenômeno sac 2.0, onde o consumidor fala abertamente sobre o que pensa sobre determinadas marcas, cita o tratamento que recebeu por determinado canal

buscam desenvolver ferramentas tecnológicas, como aplicativos para celular, tablets e para redes sociais, jogos interativos, comunicação direta e às vezes informal e principalmente investimento em campanhas online, buscando sempre marcar sua presença.

3.4 Aspectos Éticos, Políticos e Legais Para o cenário de arte e cultura a perspectiva é ótima, há grande incentivo fiscal baseando na Lei 8.313, chamada de Lei Rouanet,


onde empresas que investem em cultura podem ter seus impostos abatidos. A arte e cultura num panorama geral vem crescendo no país, a exposições internacionais estão cada vez mais presente, a arte do grafite esta cada vez mais tomando conta de espaços vazios e sem vida. São Paulo, por exemplo, está fortemente associado à arte do grafite. A grade de considerações à problemas da cidade a serem analisados, e muitas vezes a falta de liberdade de expressão dos cidadãos, resultam uma militância artística interessante, que sabiamente citada por Gilberto Dimenstein, transforma este fato em uma característica da própria de São Paulo. Em participação ao projeto Color+City, que promove a expansão do grafite de forma colaborativa e legal, Gilberto diz: “São Paulo é um lugar que não tem nenhum marco. Não é como Sydney, Nova Iorque, ou Rio de Janeiro e o Cristo Redentor. Você olha para São Paulo e se pergunta: ‘qual é o marco de São Paulo?’. E pra mim o grande marco da cidade, é o grafite”. E o surgimento de alternativas para a repercussão deste tipo de distribuição cultural é de extrema valia para a imagem e evolução intelectual do país. Por isso, é muito importante o surgimento de leis como a Lei n° 12.761 que beneficiará o trabalhador que antes não tinha acesso a manifestações artísticas e culturais, através do vale-cultura, que consiste no benefício de 50,00 para que este trabalhador possa aproveitar em lazer cultural.

3.5 Tendências socioculturais A arte que antes era tida como cultura marginalizada, a exemplo o grafite e intervenções urbanas tem se mostrado para a sociedade nos dias de hoje como uma verdadeira expressão artística, tendo

espaço exposições em museus e aumentando sua presença no seu principal expositor, as ruas. Prédios que antes eram peças de tons cinza em meio à cidade, tem dado lugar ao colorido imaginativo dos grafites. Artistas são reconhecidos mundialmente pelo talento e obra. Sem contar com a grade nova de artistas no chamado novo cenário do rap, que surgem em grandes números e chamam atenção pela poesia e profundidade de letras e combinações de rimas. “O computador foi imprescindível para a expansão do hip-hop no Brasil. Os discos de base eram importados e a aparelhagem de um DJ custava caro. Hoje, qualquer um pode virar dono do processo de produção”, diz o jornalista Marcos Zibordi. Segundo pesquisas, jovens de todas as classes sociais buscam também sobre cultura na internet, isso demonstra que a tendência além de ser o digital, também é o cultural. Estamos formando um conjunto de jovens que irão possuir uma bagagem critica muito maior do que seus pais e avós tiveram no seu tempo de juventude. A chamada geração Y vem com toda uma nova forma de agir, pensar e construir a vida. Como os próprios estudos e pesquisas da agência comportamental BOX 1824 comprovam, na própria maneira de construir carreiras, algo maior que a ascensão financeira importa para estes jovens. A jornada deve ser de transformação e prazer: “No final, o comprometimento profissional não é apenas uma convenção. É algo que surge naturalmente de experiências engajadoras” Video All Work & Play, BOX 1824.

37


4. Análise Microambiente 4.1 Distribuição geográfica do mercado A site SoulArt, possui visitantes do mundo inteiro, pessoas que se identificam e até são colaboradores do site moram em outros continentes da América do Norte e Europa, mas o seu principal público está em São Paulo, na capital. Foram entrevistados 100 pessoas (homens e mulheres), grande parte delas tem de 21 a 25 anos e 15 a 20 anos. Estão concentrados em maior quantidade na zona leste de São Paulo. Em segundo lugar a zona sul. Muitos deram a pouco tempo início a carreira em áreas como: educação, comunicação, artes e administração. A maior parte deles vive com os pais e são frequentadores ocasionais de cinemas, shows, museus e exposições. Quanto a forma de obter informações culturais, a maioria das respostas frisa a participação da influência de amigos e a busca independente na internet, mostrando o papel fundamental do buzz no processo de divulgação.

país), isso é o principio para mais produções nacionais e leis de incentivo a cultura. E este crescimento é devido a própria mudança pela busca de informação, que é uma característica típica do estilo de vida e trabalho da geração Y. Hoje, a curiosidade e a capacitação criativa abriu um novo universo de possibilidades de negócio: “Em um tempo onde o prazer determina a realização profissional, a geração Y sabe como ninguém reconhecer oportunidades. A economia criativa, novas profissões, o empreendedorismo e a nova força coletiva estão pintando um cenário inédito. A impaciência da geração acelera a velocidade de que se conectam com o mundo dando ritmo as novas relações de trabalho” Video All Work & Play, BOX 1824.

4.3 Tendências atuais do mercado

4.2 Evolução do mercado

Segundo pesquisa feita pela consultoria PWC, os gastos em mídia e entretenimento no Brasil até 2016 será de até 65 bilhões, assim o mercado de cultura irá se aproveitar deste crescimento, que está atrelados aos grandes eventos esportivos que irám acontecer no Brasil, e atraindo investimentos e gerando oportunidades. E em meio a incerteza econômica global, indicadores de crescimento como este anima as expectativas para quem produz arte e entretenimento. Hoje o cenário nacional conta com os seguintes segmentos culturais (Registrados):

Do ponto de vista econômico registrado pelo governo, setores criativos voltados para cultura tiveram um crescimento médio anual de 6,13%, sendo superior ao aumento médio do PIB, de 4,3%. O Brasil possui cerca de 320 mil empresas voltadas para a produção cultural (6% do total de empresas no

Patrimônio (materiais e museus), expressões culturais (artesanato, artes visuais, culturas afro, indígena e popular), artes e espetáculos (dança, música, circo e teatro), audiovisual, livros, literatura (Cinema e publicações), Criações funcionais (moda, arquitetura, design e arte digital). 39


Em uma escala de tendências temos:

4.5 Influenciadores de compra

TENDÊNCIAS Criações Expressões

10 8

Patrimônio

AudiovisuaL

6 4

Artes

2 0 CRESCIMENTO

*Lembrando que a internet tem o papel de potencializar todas essas formas de cultura, inclusive, culturas diferenciadas que surgem na própria internet.

4.4 Target Jovens e adultos entre 17 e 35 anos interessados em manifestações culturais como fator expansivo intelectual. Não possuem classe social predominante e participam de eventos diversos com música e arte. São críticos ao que se refere à sociedade e seu consumo de cultura, normalmente possuem estilo de vida fora de padrões e uma grande rede de contatos e amigos. 40

O público SoulArt, está nas ruas, em shows, festas, bares, tudo que envolve rua, portanto as muitas experiências com o portal se dá através desse ambiente e assim os principais influenciadores são de Indicaçôes de amigos/familiares (por redes sociais, como exemplo o Facebook), pesquisas em buscadores direcionando ao site.

4.6 Concorrência Os concorrentes abrangem sites que tratem de assuntos similares, relacionados a curiosidades no mundo da criação, da arte, eventos, etc. (...) As empresas estão emprenhadas em uma verdadeira luta por uma melhor participação de mercado. É fundamental que se conheça as atividades da concorrência para planejar as ações de ataque ou de defesa. É conveniente que essa análise seja feita não só sobre o produto ou serviço, mas também com relação às empresas do mercado, ou seja, se soubermos com quem estamos competindo, se conhecermos seus recursos, sua agilidade, sua capacidade de reação, poderemos melhor nos preparar para a batalha. A análise da concorrência deve ser feita com olhos postos em todas as características já citadas para o produto com o qual se está trabalhando. Conhecer profundamente quem são os principais concorrentes diretos, produtos e fabricantes e quais são seus pontos positivos e negativos, suas vantagens e desvantagens proporcionará à agência um estudo de diferenciais, beneficiando assim os aspectos relevantes do produto. LUPETTI, Marcélia. Planejamento de Comunicação. 4a edição. São Paulo. Editora Futura


concorrentes diretos


Mistura Urbana / www.misturaurbana.com O site “Mistura Urbana” promove as mais diversas formas de expressão existentes no cenário urbano nacional (Design, música, moda e comportamento).

42


Ideia Fixa / www.ideafixa.com O site Ideia Fixa promovemos ideias, talentos, iniciativas e compartilhamos referências em ilustração, design, fotografia, moda, artes plásticas, animação, motion, cinema, assim como os melhores profissionais.

43


Colherada Cultural / www.colheradacultural.com.br O site contempla todas as frentes de cultura. Com reportagem e entrevistas, aborda temos como moda, gastronomia, artes, teatro, danรงa, literatura, cinema e Tv.

44


Zupi / www.www.zupi.com.br Há seis anos no mercado, a Revista Zupi é a primeira revista brasileira de arte, ilustração, fotografia e criatividade. Estimula estudantes e profissionais com idéias novas, contribuindo para o fomento da arte e do mercado.

45


Concorrentes indiretos

46

/ Soma www.soma.am

/ Uia www.uiadiariox.com.br

/ Coletivo Peso www.periferiasoberana.blogspot.com.br

/ Catraca Livre www.catracalzxfivre.com.br


47


5. Pesquisa e Resultados 5.1 Objetivo de pesquisa Elaboramos um questionário que defina melhor o público alvo do cliente. Onde reside, qual sua idade, quais meios usam para consumir conteúdo cultural e etc. Assim, teremos melhor mapeamento quanto a origem e o comportamento do mesmo. (...) a pesquisa quantitativa, como o próprio nome indica, revela quantos dos entrevistados gostam ou não do projeto, concordam ou não com determinada afirmação, lembram-se ou não do nome de uma empresa, aprovam ou não a associação da empresa com um projeto em participar. Através de perguntas normalmente fechadas, explora uma base estatística representativa do universo que quer estudar. Enquanto a essência das pesquisas qualitativas é o porquê, explorando um assunto, a linha diretriz das pesquisas quantitativas é o quanto, mensurando e quantificando esse tema. REIS, Ana Carla Fonseca. Marketing Cultural e financiamento da Cultura. São Paulo. Editora Thomson

48


5.2 Questionário da pesquisa quantitativa

Em qual setor você atua? [100 respostas computadas] 6% Educação

Qual a sua idade? [100 respostas computadas]

Comunicação 68%

14% 15 a 20

5% 31 a35

68% 21 a 25

0% 36 a 40 Mais que 50 1%

11% 26 a 30

41 a 45

46 a 50

1%

Artes (Música, Dança, 3% Atuação, Artes Plásticas)

9% Setor Administrativo Outros 12%

Qual seu nível profissional? [100 respostas computadas]

0%

Autônomo/Freelancer Estagiário 34% 13% Em que região você mora? [100 respostas computadas] Centro 2%

Zona Sul 34%

Zona Norte 8%

Zona Leste 44%

Zona Oeste 12%

Com quem você mora? [100 respostas computadas] 5% Sozinho

Com meu namorado/a 6%

83% Com meus pais Outros

5%

Com um amigo 1%

Qual sua renda mensal? [100 respostas computadas] 1 Salário Mínimo (R$ 678) 22% 2 Salários Mínimos 21% 30% 3 Salários Mínimos

4 ou + Salários Mínimos 27%

Quais meios você utiliza para consumir Cultura? [100 respostas computadas] Cursos e seminários 27% Amigos e outras pessoas 69% Internet 95%

[100 respostas computadas]

57% Livros 27%

Teatro

33%

Às vezes (Três ou mais por mês) 8%

Televisão 48%

Nunca

Você conhece a SOUL ART?

6%

12%

Revistas, jornais e outras publicações] 52%

Com qual frequência você participa de eventos culturais (cinema, teatro, museus, exposições, shows)? Frequentemente uma vez ou mais por semana)

Assistente Gerente 41%

89% Sim Não 14% 49


5.3 Gráficos COM QUEM MORA

SETOR

OUUTRO

OUTROS

COM NAMORADO/A

SETOR ADMINISTRATIVO

COM UM AMIGO

COMUNICAÇÃO

COM MEUS PAIS SOZINHO

ARTES 0%

20%

40%

60%

80%

100% EDUCAÇÃO 0%

NÍVEL PROFISSIONAL

10%

20%

30%

40%

50%

60%

70%

80%

LOCAL ONDE MORA

GERENTE

ZONA OESTE ZONA LESTE

ASSISTENTE

ZONA SUL

ESTATIÁRIO

ZONA NORTE AUTÔNOMO/FREELANCER 0%

50

CENTRO 5%

10%

15%

20%

25%

30%

35%

40%

45%

0%

10%

20%

30%

40%

50%


FREQUENCIA EM EVENTOS CULTURAIS

FREQUENTEMENTE ÀS VEZES

Conclusão

NUNCA

Nosso público está em ascensão, em sua maioria são estudantes que moram com os pais e que estão sempre antenados na internet na busca de novas fontes de referências, moram em bairros populosos da capital e a tendência é que no futuro melhorem suas condições, tanto na profissionalmente quando socialmente, pois buscam ascender.

IDADE

15 A 20 21 A 25 26 A 30 31 A 35

51


6. SERVIÇOS E TARGET

6. serviços e target 52

Para definir melhor os serviços prestados pela SOUL ART e aprofundar nossos estudos diante do cliente, a agência Camaleao dividiu cada serviço utilizando as categorias aplicadas dentro da matriz BCG. De acordo com os comentários de Kotler (2000, p.93): A BCG (Boston Consulting Group), é uma estratégia de análise vertical de crescimento, onde as características descrevem sua elevação, bem como, o seu estado relativo horizontal de demanda com os concorrentes em seu determinado segmento, apresentando um certo grau de volume de vendas comparativo ao mercado. A matriz opera com 4 (quatro) indicativos descritivos, os quais sejam o primeiro a interrogativa, se todo o investimento é adequado ao mercado pretendente, como será que ele se comportará, quando se dará o retorno e outros aspectos questionáveis de investimento. A estrela, a partir do momento em que vence as possibilidades interrogativas, e destas, apresenta


um cenário correspondente às expectativas, ela passa a investir mais para vencer os concorrentes em seu segmento. Depois da estrela, vencendo os obstáculos para se manter no mercado, a forma encontrada para entender a estabilização é descrita como vaca leiteira, é quando todo o processo de investimento, já venceram as resistências, o fluxo de caixa se torna contínuo. No entanto é preciso armar condições para se manter, não é nada sólido diante de ferozes concorrentes, é preciso se manter alerta, se não o fizer, sofre um sério risco de se tornar um mero animal de estimação, ou seja, sobreviver e não mais gerar lucros. A partir dos comentários de Kotler, separamos os serviços nas categorias abaixo:

Estrela: Os eventos seriam seu produto estrela, uma vez que eles aplicam renda quando produzem outros meios de divulgação, tal qual banners, folder e stickers. É a melhor forma de divulgação da marca e meio de prospectar novos expectadores. Não gera nenhuma renda, já que é uma atuação sem fins lucrativos.

Vaca leiteira:

Abacaxi: O serviço Abacaxi seria o perfil oficial da SOUL ART no Twitter, que além de estar desatualizada, praticamente não é mais utilizada, gerando assim uma imagem negativa para o serviço. Sob esta análise é necessário discutir com o cliente se o perfil será excluído ou se continuará atualizado.

Ponto de interrogação: Nosso cliente possui uma conta estagnada no site de vídeos Vimeo. Uma vez que a SOUL ART produz diversos vídeos sobre os eventos que participa, seu perfil no Vimeo seria um excelente canal que aumentaria a visibilidade e confiança ao site. Com os estudos feitos a partir dos produtos, é possível afirmar que a SOUL ART encontra-se em fase de crescimento no CVP (Ciclo de Vida do Produto). O cliente tem potencial para lançar novos produtos utilizando as inovações que sempre aparecem no meio digital, criando novas possibilidades de prospecção de leitores, seja um canal no Youtube oferecendo algum tipo de intervenção, como entrevistas e clipes ou uma nova coluna que aborde um tema pouco explorado pela mídia comum. Estas são algumas das características que posicionam a SOUL ART em fase de crescimento.

O site seria considerado o produto vaca leiteira, pois é um meio constantemente atualizado e sustentado por publicações. São as publicações que geram novos acessos e consequentemente atraem mais pessoas para a SOUL ART. 53


7. Diagnóstico / Análise SWOT 7.1 Pontos fortes / Hoje a SoulArt possuí um número consideravelmente grande para um site em pleno crescimento. São mais de 9 mil paginas visitadas mensalmente. / O site trás diariamente artigos sobre vários segmentos artísticos, agradando mais de um gosto. / Os artigos possuem uma identidade própria muito forte, escritos por pessoas com excelentes bagagens culturais, gerando credibilidade ao site. / A SoulArt possui recursos técnicos que possibilitam o acompanhamento e cobertura de pequenos eventos.

7.2 Pontos Fracos / Não investem em nenhuma forma de mídia para divulgar sua bandeira e seus serviços. / Até o momento, não disponibilizam espaço em seu site para banners e outras formas de patrocínio. / A taxa de rejeição do site, segundo aponta o Google Analytics, esta na casa dos 70%, revelando que o usuário acessa o site e em menos de 15 segundos abandona o portal. / O conteúdo da SoulArt não atinge todo o seu target.

7.3 Ameaças - Forte presença de outros coletivos estabelecidos há mais tempo que a SoulArt - Produtoras culturais que possuem contrato pré determinados com festivais de música - A todo momento, novos sites de conteúdo cultural surgem na internet, esses portais concorrem com o espaço da SoulArt. - A visão marginalizada que a cultura urbana ainda sofre por algumas pessoas.

7.4 Oportunidades / Disponibilizar os espaços vagos no portal para patrocinar produtos ou serviços que estejam no segmento da SoulArt. / Aproveitar os incentivos fiscais disponibilizados pelo governo como recursos extras na produção de eventos. / Crescimento do cenário cultural no Brasil entre os jovens.

7.5 Leitura da Swot Os ventos sopram a favor da SoulArt, pois grandes manifestações artísticas estão sendo apresentadas, como shows, exposições, pintura, grafite, expressões culturais, e etc. Podendo assim, aproveitar melhor espaços publicitários e ampliar a presença na web.

55


8. PLANEJAMENTO DE MARKETING DIGITAL 8.1 Análise dos objetivos de marketing Os objetivos de Marketing digital para a Soul Art são, para curto e médio prazo, se tornar um site sólido e de grande credibilidade, estando a altura de competir diretamente com seus concorrentes, e que como consequência traga lucros para seus realizadores. Pensando em longo prazo, iremos torna-la um grande ponto de apoio para manifestações culturais do cenário Underground e também em uma grande formadora de opinião. Por isso, podemos dividir o planejamento de marketing da SoulArt em 2 fases:

1º Fase Reestruturação Hoje a Soul Art traz artigos relevantes dentro do cenário cultural, de forma consistente e interessante. Porém, seu grande desafio é chegar ao target que busca por esse tipo de conteúdo e também construir uma base solida para que o portal seja visto como um site referência, prestigiando o seu conteúdo e seus colaboradores.

Pensando nisso, chegamos à conclusão de que o site não conseguiria isso sem estratégias digitais. Sites como IdeaFixa e Mistura urbana (nossos principais concorrentes), além de possuírem um layout mais atrativo utilizam banners em seus sites como meio de renda, e também outras ferramenta digitais para ampliar os pontos de contato com o público. Portanto, para a reestruturação do site, ofereceremos outras opções de layout e novos pilares que formaram a sua base rentável: / Banners no site.

/ Google Adwords.

/ Post Patrocinado.

/ Google +

Para a mensuração e análise de crescimento utilizaremos as ferramentas: / Google Analytics. / Facebook Insights.

2º Fase / Ascensão Após a reestruturação do portal, partiremos para a fase 2 do planejamento, é aqui onde adotaremos novas ferramentas, conteúdo e também novas ações promocionais, tanto no site quanto fora dele. Tudo isso com o intuito de conseguirmos mais visibilidade e firmarmos ainda mais a SoulArt na mente do consumidor e também, novos consumidores. / Novas ferramentas e conteúdo para elas / Novos conteúdos para o site / Promoções / Busca por patrocínio / Mais eventos produzidos pela SoulArt

57


8.2 Budget da campanha O site, atualmente, trabalha sem qualquer final financeiro. Todo material que envolve dinheiro é retirado da renda do responsável pelo site, Gabriel Alexandre. Esse é justamente um cenário que queremos mudar, traçando um planejamento que faça da Soul Art um site rentável, que se auto sustente.

8.3 Objetivos de marketing / Tornar o site rentável / Ampliar os pontos de contato com o público

derável de visualizações, ele pode ser monetizado, agregando publicidade para produtos que sejam coerentes com aquele público e gerando renda para os seus realizadores. / Post Patrocinado [Fonte de renda] Para posts patrocinados podemos abordar muito mais que produtos voltados para a cultura underground, podemos fazer também a divulgação de eventos culturais como exposições, apresentações, shows e etc, com o incentivo de outras marcas e nomes importantes. Ou também, no formato de post regular, porem, com a assinatura de uma marca que tenha relação com o público.

/ Fidelizar seu público / Alcançar novos seguidores

/ Google Adwords

/ Divulgações do site na mídia

[Alcança novos seguidores + Divulgação no site]

8.4 Estratégias de Marketing Digital Para alcançarmos os objetivos propostos, utilizaremos cada ferramenta como uma estratégia específica.

1º Fase / Banners no site [Fonte de renda] Os banners online são a forma mais fácil de gerar dinheiro para o portal, no momento em que o site possua um número consi58

O Google Adwords é uma maneira simples e rápida de fazer publicidade no Google. Os anúncios são mostrados on-line, ao lado dos resultados de pesquisa, quando um usuário procura por determinado produto ou serviço. Se o usuário clicar no anúncio, é levado ao seu site, ligando-se desta forma eficaz quem procura informação de quem oferece serviços ou produtos específicos. O fato deste sistema se basear apenas no pagamento de cliques efetivos faz com que seja chamado pay per click (ou pague por clique). Seus anúncios aparecem entre os primeiros listados nas pesquisas do Google dependendo do valor que você oferece por cada clique O anúncio só aparece associado a pesquisas por palavras selecionadas, que devem ser relevantes para o site.


/ Google + [Alcança novos seguidores + Divulgação do Site] Mesmo sendo uma rede social, o Google + funciona como uma forma de ampliar o potencial do Google Adwords. A rede social possui uma vasta lista de características que devem ser preenchidas no momento do cadastro, e por fazer parte do Google, o perfil no Google + fica muito mais fácil de ser encontrado nas buscas. Outra função interessante da rede social, é o botão “Plus”, que funciona como o “Like” do Facebook, porem, quanto mais “Plus” um perfil empresarial tiver, mais relevante ele se torna na pesquisa orgânica do Google. / Relatório de Métricas [Análise e mensuração de dados] Através dos dados mensurados pelo “Google Analytics” e “Facebook Insights”, montaremos um relatório mensal de Métricas para a SoulArt, através deles, poderemos qualificar e mensurar o desenvolvimento do site, e com esses resultados planejar novos passos e conhecer ainda mais o nosso público.

2º Fase / Canal no Youtube [Fonte de Renda + Ponto de contato + Fidelização] Fazendo o upload de conteúdo relevante e conseguindo um número alto de visualizações, o próprio YouTube oferece a possibilidade de inserir comerciais nos vídeos e pagam por esse espaço. / Perfil Instagram [Ponto de contato] Através de um perfil no Instagram, podemos conseguir maior visibilidade, além de transformar o perfil em uma grande galeria de Arte Underground. / Conteúdo para o site [Ponto de contato + Fidelização + Fonte de Renda]

mais visibilidade e consequentemente, mais anunciantes interessados. / Promoções [Alcança novos seguidores + Divulgação do Site] Para promover a SoulArt nessa segunda fase, iremos divulgar a marca em eventos, ações de publicidade no formato de guerrilha, concursos culturais, Facebook Ads e também campanhas no Google Adwords. Com essas formas de promoção iremos chegar até o nosso target, garantindo mais acessos para o site. /Eventos [Alcança novos seguidores + Divulgação do Site] Quanto mais eventos produzidos pela Soul Art, mais conhecida e relevante ela se torna. Procuraremos patrocinadores e ainda mais parceiros para a produção de eventos voltados para a cultura Underground.

Com o crescimento do portal, podemos criar novas colunas, gerando mais conteúdo, buscando sempre agradar o público que já acessa o site com frequência e também conseguindo novos visitantes. Lembrando que quanto mais acessos, 59


9. Planejamento de marketing da comunicação 9.1 Posicionamento a ser adotado / A SoulArt não deve ser vista apenas como um site ou produtora cultural, mas sim como ambas. Uma disseminadora de cultura em suas mais variadas formas, um lugar onde qualquer pessoa (artista ou não) possa apreciar e apoiar, a sua maneira, as mais belas formas de expressão que o ser humano pode criar. Um refúgio para peças que fujam dos padrões das galerias mais conservadoras, mas que ainda sim, proporciona uma bagagem tão rica quanto elas.

9.2 Conceito de campanha / A cada mundo uma extensão de nós

9.3 Objetivos de comunicação / Fortalecer o Share Of Mind do nome Soul Art, associando a marca a qualidade quando pensamos em conteúdo cultural.

9.4 Temática da comunicação / Inspirar para mudar 61


10. Plano de Mídia 10.1 Target Perfil psicográfico Jovens e adultos entre 18 e 30 anos/ Homens e mulheres/ Classe B e C, que procuram por novas fontes de informação sobre o mundo underground (música e arte urbana). Esses jovens também possuem o desejo (e até o ímpeto) de incentivar as pessoas ao seu redor a evoluirem de forma gradativa por meio de manifestações artísticas. Segmentação Demográfica Consumidor final, que absorve o conteúdo do portal.

/ Pertencem as classes B, C e D; / Possuem entre 25 e 35 anos; A forma mais comum de gerar visibilidade por meio dessas personalidades é a veiculação ou apoio do nome Soul Art para essas pessoas. / Pessoas que fazem parte do ciclo de amigos do nosso target / Pentencem as classes A, B e C; / Possuem entre 18 e 30 anos; Esse influenciador já faz parte ou conhece o trabalho da Soul Art, ele, como um “evangilizador” da marca, dissemina e espalha o nome para seus amigos e conhecidos, recomendando que acessem o portal.

/ Classe A, B e C; / As idades variam entre 18 e 30 anos. / O consumo do conteúdo postado no portal não sofre o mal do “consumo comparado”, mas vale destacar que quanto mais relevante o assunto e a forma como ele é disseminado, mais visibilidade ele tera, e assim, aparecendo à frente dos “sites concorrentes”.

10.2 Dados de pesquisa Consumidor final: / Mais de 51 millhões pessoas pesquisam sobre informações voltadas para entretenimento e cultura; / 50,37% desses pesquisadores são Homens e 49,61% Mulheres;

Influênciadores / Mc’s e Mestres do Grafite que são referência no meio underground

/ Idades variam entre 18-24 (22,77%) anos e 25-34 anos (48,68%). / Grande parte dos participantes apontaram “Cinema” e “Música” como o maior interesse. 63


10.3 Praça

Vale ressaltar que: (Fonte: Column Five):

/ Para a divulgação do site como um todo, iremos divulgar o portal por todo o território nacional, tanto com publicidade Online quanto Offline.

/ 102 milhões de pessoas tem acesso a internet e estão sujeitas a serem atingidas por publicidade online;

10.4 Objetivo de mídia Apresentar o portal Soul Art ao seu público de interesse e assim aumentar o numero de visualizações/fãs/leitores no Site e Facebook, para que ele atinja o patamar de referência no meio underground como produtora de conteúdo relevante e produtora de eventos. / Para a divulgação do evento, iremos anunciar apenas para os acessos e leitores de São Paulo.

10.5 Prioridade de Mídia Alavacar um número maior de leitores/seguidores dos portais para realização dos eventos e engajamento da marca para assim termos mais conhecimento da marca e torná-la algo rentável.

10.6 Meios Básicos Internet / Por tratar-se de uma empresa pequena e com um budget de baixo alcance, optamos por anunciar 80% da nossa verba na internet, que é o meio da qual o portal se originou e é onde, de fato, se concentra o seu público. 64

/ A estimativa até 2016, é que a internet supere a TV em investimentos publicitários, ou seja, mais pessoas estarão na internet do que focadas em TV; / Hoje, 79% da publicidade digital esta focada em Banners online e nas ferramentas de busca como resultado de links patrocinados. Revista / Escolhemos aplicar os nossos anúncios em revistas segmentadas que abordam conteúdos relacionados ao universo da Soul Art, além do que, as revistas selecionadas possuem um forte impacto no nosso público de interesse. / Público estimado de leitores ultrapassam 90 mil pessoas; / Estaremos presentes em mais de 1000 pontos de venda (apenas em São Paulo); / As revistas atingirão além do público de interesse, despertaremos a curiosidade de formadores de opinião e criativos disseminadores de tendências. Outdoors / Voltamos as nossas atenções para um grande público potencial em Santo André, no Grande ABC (São Paulo). Na cidade, ainda são autorizados a ultilização dos Outdoors, onde impactaremos cerca de 70% da população (de um total de 568.530 pessoas) que transitam pelo centro da cidade.


10.7 Alcance de Mídia Facebook / Alto Mais de 1 bilhão de usuários podendo segmentar para os menores nichos. Youtube / Alto Mais de 9 Milhões de usuários únicos podendo segmentar para os menores nichos. Twitter/Site Zupi / Alto 40.000 seguidores ja dentro do nosso nicho. Rede de sites / WebAlliance / Alto mais de 9.500.000 usuários podendo  segmentar para os menores nichos

10.8 Frequência de Mídia Facebook – Campanhas mensal / Alto Youtube – Campanha com duração de 2 meses /Alto Twitter/Site Zupi – Publi editorial (Semanal) / Alto Rede de sites (WebAlliance) Campanhas mensais / Alto

Continuidade Concentrada e Crescente

Seleção dos Meios Online e Offline Defesa e Justificativa A escolha da Mídia online foi feita por englobar 90% do nosso público e por ter um valor menor comparado a Televisão. Além de possuir uma mensuração precisa e exata. Baseado nos dados numéricos sobre a quantidade de pessoas que possuem um computador ou um smartphone ligado a internet conseguimos atingir até os menores nichos, sem perder a precisão da mensuração e em diversos sites/canais/páginas. Como segue o infográfico ao lado. Fizemos a escolha da mídia off line para que ela possa complementar nossa divulgação sobre o assunto, possibilitando que o usuário tenha contato com a marca de outras formas. Para isso fizemos pesquisas de valores e pleitiamos descontos junto aos veículos de mídia off line para que se fique dentro de nosso budget. 65


WebAlliance:

O acompanhamento é full time, garantindo otimização de resultados.

300x250px (Arroba Banner)

Mais do que um discurso, sua marca é exposta para a audiência correta, no momento ideal! Volume médio de mais de 3 bilhões de pageviews e mais de 492 milhões de usuários únicos.

728x90px (Super Banner)

Sobre a Web Alliance: A Realmedia planeja sua campanha para públicos granulados, de acordo com os objetivos da campanha. A Web Alliance possui mais de 600 Sites segmentados em 18 categorias e 50 subcategorias, com alta qualidade de conteúdo. 66

A veiculação será acompanhada diariamente através de nosso Adserver, pela equipe de otimização a fim de garantir uma boa performance nos quesitos impressões, cliques e/ou CTR de todas as campanhas e a comunicação é sempre feita com os sites sobre o andamento da campanha.


10.9 Veículos Facebook Até o presente momento, o Facebook é a rede social mais acessada na internet, atingindo em 2012 a marca de 1 bilhão de usuários. O Brasil encontra-se entre no top 3 países que mais acessam a página, demonstrando um grande potencial do site como expositor do portal “Soul Art”. No Facebook adotaremos os seguintes formatos de publicidade:

#1 / Page post (Texto): Por meio de uma chamada convincente e um breve texto descritivo, o Page Post (Texto) incentiva o usuário a curtir uma página ou o direciona para um site específico

67


#2 / Page Post (Video): Por meio de uma chamada convincente, um breve texto descritivo e um vídeo bem elaborado, o Page Post (Vídeo) incentiva o usuário a curtir uma página ou o direciona para um vídeo específico, gerando além de um acesso, uma visualização do seu vídeo:

68


#3 / Page Like Spronsored Story (perfil de usuรกrios que curtem): direciona o usuรกrio para o crescimetno de fรฃs na pรกgina:

69


#4 / Like Ad: Essencial para direcionar até a fãn page do anunciante:

TOTAL NEGOCIADO: R$ 0,50 o click (número total sugerido. 16.000 clicks) 70


Publieditorial blogs/sites/twitters: Faremos também os publieditorias nos sites Papo de homem/Zupi/onde teremos matérias e textos dentro do site falando sobre o cliente, apresentando ao público, para gerar um conhecimento maior sobre o assunto. direcionando ao site/ facebook.

iremos utilizar o Google analitycs do site da Soul Art para poder

Revistas de nicho: Dentro das revistas Zupi e Cult, onde teremos anúncios apresentando o cliente ao público e mostrando o evento e o que a Soul art pode proporcionar aos usuários sempre direcionando ao site/facebook.

Teremos também a inclusão de Outdoors, na região do ABC, pois como dito anteriormente é uma região onde o nosso público e a cultura street art/rap é muito forte.

Nos meses de Agosto e Setembro, iremos focar os anúncios em direcionar os usuários ao evento que a Soul art irá proporcionar. Teremos a inclusão de videos Pre roll (antes do video) no youtube, que terá a duração de 30 segundos. Conseguindo ter 74.000 interaçõess diretas com a marca via Youtube. Estes meses serão cruciais para alavancar a marca, pois com o acontecimento do evento da SoulArt teremos uma grande janela para gerar mais leitores/fãs por este motivo aumentamos os gastos em Facebook e WebAlliance. Para gerar o maior número de interações e promover o evento da marca. Os anúncios terão os mesmos formatos mas com criativos diferentes, com a intenção de direcionar o usuário a receber as informações necessárias do evento/marca, que estarão dentro do site e de seu Facebook.

observar de onde vem os cliques/ interações. Assim a otimização será mais inteligente. O mesmo ocorre com as revistas, que serão para a divulgação do evento da Soul Art onde usaremos anúncios de paginas inteiras.

Após o evento, iremos fazer mais 2 meses de campanha para a sustentação da marca e conseguir mais leitores/ fãns para a marca, agora anunciando apenas em Facebook e Rede de sites (WebAlliance), onde a otimização será maior e terá a verba reduzida. Com a otimização sendo feita e a mensuração ocorrendo, teremos uma base de dados maior e conseguiremos saber em qual plataforma conseguimos mais conversões, como fãs e novos leitores.

Todas as ferrametnas serão otimizadas para gerar uma visualização qualificada, tendo em vista que cada criativo pode performar melhor que o outro e gerar um engajamento maior, para isto 71


Fizemos a escolha da revista de nicho como mídia offline para que possamos abranger ainda mais o público alvo, pois como falamos de arte e música, muitos usuários ainda continuam utilizando este meio para a sua atualização dos aconteceimentos do meio, ou até para saber as novas tendências de música/exposições/shows e eventos. As revistas escolhidas não possuem um valor alto e se encaixa muito bem dentro da verba e atingem diretametne nosso público. Segue alguns textos sobre as revistas:

Revista Zupi: Desde 2006 (há oito anos no mercado impresso), a Revista Zupi é a primeira revista brasileira de arte, ilustração, fotografia e criatividade. Estimula estudantes e profissionais com novas ideias e tendências, contribuindo para o fomento da arte e do mercado. Os leitores são jovens criativos das classes A e B, estudantes e profissionais de diversas áreas da comunicação e artes visuais. Colecionadores de arte e interessados pelo tema formam mais de 12% de nosso público. Por serem geradores de conteúdo dissemina tendências, propagam atributos de marcas e formam opinião. 72

Revista Cult: CULTURA, termo tão preciso quanto abstrato, refere-se a conceitos em diversas disciplinas intelectuais e em sistemas de pensamentos distintos. A CULTURA existe na vida coletiva e está relacionada à produção e transmissão do conhecimento. A comunicação – tornar comum – ajuda a preservar e aprimorar a cultura, e esse é o objetivo da revista CULT. O jornalismo exercido pela revista CULT é uma forma de mediação e dinamiza o campo artístico e cultural, age na formação de públicos e fornece parâmetros de valor para a interpretação da cultura de nossa época. Segundo pesquisas feitas diretamente com os veículos segue algumas gráficos interessantes, que mostram novamente que estamos conversando diretamente com o o nosso target.

ESTADO EM QUE RESIDE SP RJ PR MG SC RS BA Outros

51% 9% 6% 6% 5% 5% 4% 5%

RELAÇÃO COM O DESIGN profissional estudante admirador amador

64% 21% 9% 7%

FAIXA ETÁRIA 21 a 25 26 a 30 15 a 20 31 a 35 36 a 40 Outros

43% 27% 11% 10% 5% 4%


Também escolhemos a Mídia Outdoor, pois como é uma mídia de alto alcance e grande visibilidade e tem um valor relativamente baixo, comparado a outras mídias de alto alcance e com grande visibilidade. O outdoor terá o intuíto de mostrar para este público o evento de nosso cliente que será realizado no ABC, região onde o a cultura do rap e hip hop é muito forte em São Paulo, por estes motivos o evento e a inclusão dos outdoors serão feitos nesta região como uma forma estratégica de atingir o target de uma maneira mais inteligente. Com o Outdoor podemos criar ilustrações/artes, em um tamanho bem maior comparado a revistas/televisões, assim possibilitando uma criatividade maior na criação das peças. O que é de grande importância para o target do cliente, pois estamos falando de Artes/Cultura de rua. Segue o textos sobre a empresa: A Look Outdoor é uma empresa de prestação de serviços em mídia exterior, com grande experiência no mercado publicitário, contamos com ampla rede de tabuletas em toda região do Grande ABC – SP, além de realizarmos campanhas em todo território nacional. São mais de 29 mil quadros para que as agências/anunciantes destaquem sua campanha com qualidade e tranqüilidade. Todos os nossos painéis estão em locais estratégicos de grande visibilidade para que sua marca ganhe um destaque especial. Somos uma empresa associada ao SEPEX-SP (Sindicato das Empresas de Publicidade de Mídia Exterior do Estado de São Paulo) e também à Central de Outdoor, principal associação do meio no país.

10.10 Táticas de Veiculação Baseado nos estudos feitos para entender as melhores formas de atingir o nosso público, vamos utilizar em sua totalidade 75% do meio online, por se tratar um dos meios que mais vem crescendo com o passar dos anos e pela facilidade de negociação dos valores requeridos para divulgações. Não podemos deixar de lado a parte off-line já que estamos tratando de um assunto gráfico e nesse quesito as revistas são importantíssimas. Nos 2 primeiros meses (Junho e Julho) iremos focar os anúncios em apresentar o cliente (Soul Art) ao nosso público, utilizando banners na rede de sites (WebAlliance) e Facebook, segmentando para usuários que tem o perfil e a navegação relacionada para Artes/Hip Hop/Design/StreetArt/Urbana para que os cliques sejam qualificados. Ambas as ferramentos iremos comprar por Clique CPC (Custo por clique) onde podemos ter uma otimização das entregas para ter um maior engajamento do hotsite e ter cliques qualificados para gerar mais conhecimento e fãs da marca em seu facebook e site. Na rede de sites e no Facebook iremos escolher os formatos que tem por histórico da ferramenta, um maior engajamento e direcionam para o nossos KPI’s de midia que são: Alavacar um numero maior de leitores/ seguidores dos portais para realização dos eventos e engajamento da marca para assim termos mais conhecimento da marca e tornala algo rentável. Os formatos serão: 73


MAPAS DE Mテ好IA


mapas de programação de mídia / internet Cliente: Agência: Campanha: Título: Duração MÍDIA

Soul Arte Camaleão Soul Art Online

FORMATO

TAMANHO

EXIBIÇÃO

Junho 2014 s

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

Page Post (Video)

90 caracteres + imagem de 128x72px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Post (Foto)

90 caracteres + imagem de 118x90px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

DSP (redes de sites) WebAlliace

Arroba/ Super/ Sky

300x250 728x90

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Publieditorial Papo de homen

Post no Site Papo de homen

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

0

0

0

0

0

0

Facebook

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

PV

CPC/ CPV/ CPM

TOTAL NEGOCIADO

(12.000 clicks)

BRL

0,50

BRL

6.000,00

(5.714 Cliques)

BRL

0,70

BRL

4.000,00

x

Post no Site Papo de homen

BRL

2.917,20

BRL

2.917,20

x

x

10 posts no facebook/ twitter da zupi

BRL

3.000,00

BRL

3.000,00

0

0

75 Textos Publieditorial Zupi

-

10 Posts no Facebook / Twitter (Zupi)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Total Geral:

15.917,20

Total Geral

15.917,20

Comissão agencia (20%)

3.183,44

Total Liquido

MÍDIA

Facebook

FORMATO

TAMANHO

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

Page Post (Video)

90 caracteres + imagem de 128x72px

EXIBIÇÃO

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

Julho 2014 s

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

PV

(16.000 clicks)

12.733,76

CPC/ CPV/ CPM

BRL

0,50

TOTAL NEGOCIADO

BRL

8.000,00

75


DSP (redes de sites) WebAlliace

Arroba/ Super/ Sky

Publieditorial Papo de homen

Post no Site Papo de homen

300x250 728x90

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x Textos

x

BRL

0,70

BRL

4.000,00

Post no Site Papo de homen

BRL

2.917,20

BRL

2.917,20

10 posts no facebook/ twitter da zupi

BRL

3.000,00

BRL

3.000,00

-

mapas de programação de mídia / internet Publieditorial Zupi

(5.714 Cliques)

10 Posts no Facebook / Twitter (Zupi)

x

0

0

0

0

x

x

0

0

0

0

0

0

x

x

0

0

0

0

0

0

0

x

x

0

0

x

0

0

0

0

0

0

x

x

0

0

0

0

0

Total Geral:

15.917,20

Total Geral

15.917,20

Comissão agencia (20%)

3.183,44

Total Liquido

MÍDIA

FORMATO

TAMANHO

EXIBIÇÃO

Julho 2014 s

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

Page Post (Video)

90 caracteres + imagem de 128x72px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Post (Foto)

90 caracteres + imagem de 118x90px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

DSP (redes de sites) WebAlliace

Arroba/ Super/ Sky

300x250 728x90

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Publieditorial Papo de homen

Post no Site Papo de homen

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Facebook

Textos Publieditorial Zupi

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

PV

12.733,76

CPC/ CPV/ CPM

TOTAL NEGOCIADO

(16.000 clicks)

BRL

0,50

BRL

8.000,00

(8.571 Cliques)

BRL

0,70

BRL

6.000,00

x

Post no Site Papo de homen

BRL

2.917,20

BRL

2.917,20

x

10 posts no facebook/ twitter da zupi

BRL

3.000,00

BRL

3.000,00

-

10 Posts no Facebook / Twitter (Zupi)

Total Geral:

19.917,20

Total Geral Comissão agencia (20%) Total Liquido

MÍDIA

Facebook

FORMATO

TAMANHO

EXIBIÇÃO

Agosto s

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

Page Post (Video)

90 caracteres + imagem de 128x72px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Post (Foto)

90 caracteres + imagem de 118x90px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

66

PV

(26.000 clicks)

19.917,20 3.983,44 15.933,76

CPC/ CPV/ CPM

BRL

0,50

TOTAL NEGOCIADO

BRL

13.000,00


DSP (redes de sites) WebAlliace

Page Post (Foto)

90 caracteres + imagem de 118x90px

Arroba/ Super/ Sky

300x250 728x90

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

mapas de programação de mídia / internet Publieditorial Papo de homen

Post no Site Papo de homen

Textos

Publieditorial Zupi

(8.571 Cliques)

BRL

0,70

BRL

6.000,00

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Post no Site Papo de homen

BRL

2.917,20

BRL

2.917,20

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

10 posts no facebook/ twitter da zupi

BRL

3.000,00

BRL

3.000,00

-

10 Posts no Facebook / Twitter (Zupi)

Total Geral:

19.917,20

Total Geral Comissão agencia (20%) Total Liquido

MÍDIA

FORMATO

TAMANHO

EXIBIÇÃO

Agosto s

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

Page Post (Video)

90 caracteres + imagem de 128x72px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Post (Foto)

90 caracteres + imagem de 118x90px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

DSP (redes de sites) WebAlliace

Arroba/ Super/ Sky

300x250 728x90 120x600

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Youtube

First Watch Video Ad

Publieditorial Papo de homen

Post no Site Papo de homen

Facebook

480x361

Textos Publieditorial Zupi

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

Compra feita CPV custo por visualização de video

PV

19.917,20 3.983,44 15.933,76

CPC/ CPV/ CPM

TOTAL NEGOCIADO

(26.000 clicks)

BRL

0,50

BRL

13.000,00

(10.000 Cliques)

BRL

0,70

BRL

7.000,00

(31.666 views)

BRL

0,60

BRL

19.000,00

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Post no Site Papo de homen

BRL

2.917,20

BRL

2.917,20

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

10 posts no facebook/ twitter da zupi

BRL

3.000,00

BRL

3.000,00

0

0

0

0

0

0

0

0

-

10 Posts no Facebook / Twitter (Zupi)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Total Geral:

44.917,20

Total Geral

44.917,20

Comissão agencia (20%)

8.983,44

Total Liquido

MÍDIA

Facebook

FORMATO

TAMANHO

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

Page Post (Video)

90 caracteres + imagem de

EXIBIÇÃO

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

Setembro s

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

PV

(26.000 clicks)

35.933,76

CPC/ CPV/ CPM

BRL

0,50

TOTAL NEGOCIADO

BRL

13.000,00

67


DSP (redes de sites) WebAlliace

Arroba/ Super/ Sky

Youtube

First Watch Video Ad

300x250 728x90 120x600

480x361

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Compra feita CPV custo por visualização de video

mapas de programação de mídia / internet Publieditorial Papo de homen

Post no Site Papo de homen

Textos

Publieditorial Zupi

(10.000 Cliques)

BRL

0,70

BRL

7.000,00

(31.666 views)

BRL

0,60

BRL

19.000,00

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Post no Site Papo de homen

BRL

2.917,20

BRL

2.917,20

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

10 posts no facebook/ twitter da zupi

BRL

3.000,00

BRL

3.000,00

0

0

0

0

0

0

0

0

-

10 Posts no Facebook / Twitter (Zupi)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Total Geral:

44.917,20

Total Geral

44.917,20

Comissão agencia (20%)

8.983,44

Total Liquido

MÍDIA

FORMATO

TAMANHO

EXIBIÇÃO

Setembro s

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

Page Post (Video)

90 caracteres + imagem de 128x72px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Post (Foto)

90 caracteres + imagem de 118x90px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

DSP (redes de sites) WebAlliace

Arroba/ Super/ Sky

300x250 728x90 120x600

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Youtube

First Watch Video Ad

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Publieditorial Papo de homen

Post no Site Papo de homen

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

0

0

0

0

0

0

Facebook

480x361

Textos Publieditorial Zupi

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

Compra feita CPV custo por visualização de video

PV

35.933,76

CPC/ CPV/ CPM

TOTAL NEGOCIADO

(26.000 clicks)

BRL

0,50

BRL

13.000,00

(10.000

BRL

0,70

BRL

7.000,00

(31.666 views)

BRL

0,60

BRL

19.000,00

x

Post no Site Papo de homen

BRL

2.917,20

BRL

2.917,20

x

x

10 posts no facebook/ twitter da zupi

BRL

3.000,00

BRL

3.000,00

0

0

-

10 Posts no Facebook / Twitter (Zupi)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Total Geral:

44.917,20

Total Geral

44.917,20

Comissão agencia (20%)

8.983,44

Total Liquido

MÍDIA

68 Facebook

FORMATO

TAMANHO

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

EXIBIÇÃO

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

Outubro s

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

PV

(18.000 clicks)

35.933,76

CPC/ CPV/ CPM

BRL

0,50

TOTAL NEGOCIADO

BRL

9.000,00


DSP (redes de sites) WebAlliace

Arroba/ Super/ Sky

Youtube

First Watch Video Ad

300x250 728x90 120x600

480x361

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

Compra feita CPV custo por visualização de video

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

mapas de programação de mídia / internet Publieditorial Papo de homen

Post no Site Papo de homen

Textos

Publieditorial Zupi

(10.000

BRL

0,70

BRL

7.000,00

(31.666 views)

BRL

0,60

BRL

19.000,00

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Post no Site Papo de homen

BRL

2.917,20

BRL

2.917,20

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

10 posts no facebook/ twitter da zupi

BRL

3.000,00

BRL

3.000,00

0

0

0

0

0

0

0

0

-

10 Posts no Facebook / Twitter (Zupi)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Total Geral:

44.917,20

Total Geral

44.917,20

Comissão agencia (20%)

8.983,44

Total Liquido

MÍDIA

Facebook

DSP (redes de sites) WebAlliace

FORMATO

TAMANHO

EXIBIÇÃO

Outubro s

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

Page Post (Video)

90 caracteres + imagem de 128x72px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Post (Foto)

90 caracteres + imagem de 118x90px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Arroba/ Super/ Sky

300x250 728x90 120x600

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

PV

35.933,76

CPC/ CPV/ CPM

TOTAL NEGOCIADO

(18.000 clicks)

BRL

0,50

BRL

9.000,00

(10.000 Cliques)

BRL

0,70

BRL

7.000,00

Total Geral:

16.000,00

Total Geral

16.000,00

Comissão agencia (20%)

3.200,00

Total Liquido

MÍDIA

Facebook

DSP (redes de sites) WebAlliace

FORMATO

TAMANHO

EXIBIÇÃO

Novembro s

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

Page Post (Video)

90 caracteres + imagem de 128x72px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Post (Foto)

90 caracteres + imagem de 118x90px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Arroba/ Super/ Sky

300x250 728x90 120x600

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

PV

12.800,00

CPC/ CPV/ CPM

TOTAL NEGOCIADO

(18.000 clicks)

BRL

0,50

BRL

9.000,00

(10.000 Cliques)

BRL

0,70

BRL

7.000,00

69 Total Geral:

16.000,00


Facebook

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

(18.000 clicks)

BRL

0,50

BRL

9.000,00

(10.000 Cliques)

BRL

0,70

BRL

7.000,00

mapas de programação de mídia / internet DSP (redes de sites) WebAlliace

Page Post (Video)

90 caracteres + imagem de 128x72px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Post (Foto)

90 caracteres + imagem de 118x90px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Arroba/ Super/ Sky

300x250 728x90 120x600

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

Total Geral:

16.000,00

Total Geral

16.000,00

Comissão agencia (20%)

3.200,00

Total Liquido

MÍDIA

Facebook

DSP (redes de sites) WebAlliace

FORMATO

TAMANHO

EXIBIÇÃO

Novembro s

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Like Spronsored Story

botão like (logo)

Like Ad

35 caracteres + imagem de 99x72px

Page Post (Texto)

120 caracteres

Page Post (Video)

90 caracteres + imagem de 128x72px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Page Post (Foto)

90 caracteres + imagem de 118x90px

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Arroba/ Super/ Sky

300x250 728x90 120x600

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Compra por clicks, portando a mensuração será em cima de clciks e não de impressões(Exibições)

Compra feita CPC em verticais de sites do segmento

PV

CPC/ CPV/ CPM

TOTAL NEGOCIADO

(18.000 clicks)

BRL

0,50

BRL

9.000,00

(10.000 Cliques)

BRL

0,70

BRL

7.000,00

Total Geral:

16.000,00

Total Geral

16.000,00

Comissão agencia (20%) Total Liquido

70

12.800,00

3.200,00 12.800,00


mapas de programação de mídia / outdoor

71


mapas de programação de mídia / revista

Cliente: Agência: Campanha: Título:

Soul Arte Camaleão Zupi 2013 Divulgação Bimestral

Colocação: VEÍCULO

Colocação

Formato

junho 2014 S

T

Q

Q

Q

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

Q

Q

S

S

D

S

T

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

UNITÁRIO TABELA

% Desc. Estimado

TOTAL NEGOCIADO

Revista Zupi

2ª capa ou 3ª capa

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

BRL

6.150,00

45%

BRL

3.690,00

Revista Cult

Pagina

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

BRL

32.021,00

45%

BRL

19.212,60

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Total Geral:

72

Tt. Ins.

22.902,60

Comissão de Agência (20%)

4.580,52

Total Líquido

18.322,08


mapas de programação de mídia / resumo

Cliente:Soul Art Agência: Camaleão Campanha: Soul Art Título:Soul Art

MEIO

jan

fev

mar

abr

mai

PERÍODO jun jul

ago

set

out

nov

Verba R$

dez

Participação %

Revista

x

x

x

x

x

x

BRL

126.345,60

42%

Internet

x

x

x

x

x

x

BRL

157.668,80

52%

x

x

BRL

16.500,00

5%

0,00

0,00

Outdoor

TOTAL GERAL

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

300.514,40

100%

73


cronograma geral de mĂ­dia 74


JANEIRO

FEVEREIRO

MARÇO

ABRIL

MAIO

JUNHO

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

OUTUBRO

X

X

X

X

X

NOVEMBRO DEZEMBRO

PRAÇA/MEIOS X

X

FACEBOOK WEBALLIANCE PUBLIEDITORIAL YOUTUBE REVISTA OUTDOOR

75


11. PLANO DE CRIAÇÃO 11.1 briefing 11.1.1 Fato principal A SoulArt está a mais de um ano na internet produzindo conteúdo exclusivo totalmente voltado para a cultura de rua em seus diversos aspectos: música, moda, arte, literatura entre outros. Mesmo com uma equipe fortemente capacitada que conta com designers, roteiristas, videomakers, escritores, jornalistas e cineastas, com potencial para criar além do que eles são capazes, ainda assim, o conteúdo do site não chega até o público-alvo de forma efetiva. Por isso há uma necessidade de divulgar a marca e mostrar que ela tem a força e qualidade necessária para ficar lado a lado com grandes veículos da mídia que já trabalham com esse tipo de material.

11.1.2 Problema na mente do consumidor O problema principal que deve ser resolvido é a falta de divulgação da marca e o seu conteúdo, que não trabalha com esse tipo de prática em outros veículos. Também há o outro problema de que o próprio público-alvo da SoulArt não conhecer o site. Muitos artistas de rua, rappers, pintores ou apenas entusiastas não sabem da existência do portal e perdem a oportunidade de, além de se informar, ter um espaço para divulgar sua própria arte.

11.1.3 Objetivo da Comunicação Tornar a marca reconhecida por seu conteúdo e autenticidade na produção de diversos materiais (vídeos, cobertura de eventos, produção de matérias jornalísticas) voltados especificamente para a cultura underground.

11.1.4 Público Alvo É considerado público-alvo todas as pessoas que estão à procura de informações pertinentes ao mundo da arte, a partir de 21 anos, de ambos os sexos, pertencentes das classes B, C e D, que utilizam a internet como principal meio de pesquisa e são residentes da capital de São Paulo. Para nós, as pessoas que frequentam pistas de skate, que se aglomeram em pontos de encontro noturnos no centro da cidade ou em locais de festas alternativas também fazem parte do nosso público-alvo, pois utilizam redes sociais para se expressar e consequentemente consumir informação.

11.1.5 Concorrência Principal O principal concorrente da Soul Art é a revista Zupi, lançada em 2001, hoje a publicação se autodenomina como a primeira revista voltada para arte e criatividade no Brasil, além de ter expandido seu formato para além das revistas, hoje seu portal reúne e divulga projetos de artistas brasileiros e do mundo inteiro. A Zupi também conta com um evento chamado Pixel Show que é organizado totalmente por sua equipe e aborda tendências, arte e design com diversas exposições. Hoje o evento é considerado o terceiro maior do mundo no segmento artístico.

11.1.6 Posicionamento A SoulArt deve ser conhecida como a maior disseminadora e influenciadora de arte no Brasil. Oferecendo conteúdo e material exclusivo para o seu público, destacando-se por sua autenticidade e objetivo de levar a arte para todos, independente de quaisquer condições. 67


11.1.7 Polices Logo

11.2.2 Principais diferenciais e benefícios do produto explorados na campanha Durante a campanha vamos explorar os principais diferenciais da marca, que é divulgar os novos e potenciais nomes da cultura de rua, o material que é produzido de forma autêntica e como a cultura de rua tem sua importância e merece a devida atenção

11.2.3 Justificativa de exploração do posicionamento Quando o público está em interação com o que o cliente produz, por saber da importância do trabalho, e por se sentir parte do mesmo, contribui para a divulgação e preservação da identidade do cliente, construindo fidelidade e credibilidade para o mesmo. Padrão de Cores

11.2.4 Conceito A cada mundo uma extensão de nós.

11.2.5 Justificativa do conceito adotado. Consideramos um raciocínio lógico sobre o trabalho de nosso cliente: Nosso cliente inspira seus seguidores para que desperte, nos mesmos, a vontade de fazer por si. A Soul Art, com seu material, compartilha “mundos”. Ou seja, reflexos individuais do trabalho dos mais variados artistas. Trabalhos estes que são extensões de mundos particulares que traduzem realidades universais. Sentimentos expressos em músicas, grafias, ilustrações, entre outros meios, que permitem evoluir pontos de vista. A evolução, de forma geral, deve partir do que se tem internamente. Evoluir significa transformar para permanecer vivo. E estar vivo nada mais é que continuar evoluindo. 68


Quando adotamos o conceito “A cada mundo, uma extensão de nós”, reafirmamos o ideal de nosso cliente, que é iniciar um movimento de mudança social, partilhando antigos e novos “mundos” da música, arte e história, para que estas extensões de mundos e ideias possam ser exemplos e inspirações.

11.2.6 Temática As principais características do cliente vão ser demonstradas a partir da identificação do público, que a arte está na rua para quem está na rua e não somente em museus e mostras fechadas, abordando a criatividade e a liberdade de interação com a marca.

11.2.7 Linha Criativa As peças criadas devem gerar o sentimento de inclusão do público ao trabalho de nosso cliente. Assim como a Soul Art inspira seus seguidores com seu trabalho, o target terá noção de que faz parte deste ciclo de produção de novas idéias e conceitos, e que por consequência, também é responsável pela mudança. Para conquistar as mudanças que espera, ele deve produzir e participar como um grande ciclo criativo.

11.2.8 Apelos básicos Realização, reconhecimento, crescimento e aprendizado são os apelos escolhidos para a comunicação do nosso cliente. Escolhemos tais sentimentos para ressaltar a importância que o cliente deseja atingir no mercado, que vai além da produção de material cultural, mas também com a responsabilidade de influenciar a vida das pessoas, oferecendo conhecimento.

11.2.9 Fatores Motivacionais É importante que o consumidor saiba que a cultura de rua é livre, não se prende a qualquer amarra da sociedade e acontece e evolui de forma natural, feita de pessoas para pessoas. Então o consumidor deve se sentir como parte desse mundo e junto com a SoulArt ele pode ver além do que está nas ruas. Essa identificação é primordial para que o target entenda além de consumir esse tipo de informação, ele também possui potencial criativo para criar e fazer parte da cultura underground. A arte da rua para todos.

11.2.10 Justificativa da temática adotada O consumidor tem sede de informação e utiliza a internet como ferramenta em suas pesquisas, esse público procura estar sempre informado e atualizado com todas as tendências sobre moda, arte, música, literatura e outros elementos que fazem parte da cultura. É por isso que a composição da campanha reflete o que o target procura: estar informado sobre tudo o que está acontecendo dentro da cultura underground e, principalmente, se sentir confortável o suficiente para fazer parte dela.

11.2.11 Justificativa das peças A campanha se faz presente tanto no ambiente digital como offline, assim como as peças deverão seguir o conceito de “cada mundo uma extensão de nós”. Vamos utilizar diversas plataformas para reforçar a mensagem do nosso cliente e atingir o público-alvo de maneira criativa e autêntica Principalmente, as peças vão reforçar que a arte é para todos e deve causar o sentimento de identificação em todos aqueles que pretendemos atingir.

69


11.2.12 Defesa das peças Revista: a peça desenvolvida para revista traz elementos preparados especialmente para o público avo do cliente, com grafismos e linguagem especifica. Utilizamos elementos como o grafite e gírias para divulgar a Soul Art e o evento que em breve deve lançar a marca para todos. Dessa forma o leitor é impactado por um molde que não é comum entre os outros anúncios, causando impacto, aceitação e principalmente a identificação por algo das ruas ter seu merecido destaque. Internet e Mídias Sociais: a maior parcela do target do nosso cliente está na internet, os números da nossa pesquisa provaram isso. Vamos abordar o público com banners, posts patrocinados e um vídeo no Youtube (em formato preroll) que vai, além de expor a marca Soul Art, também divulgar o evento que compõe as nossas ações. A divulgação por meios digitais será a maior e mais incisiva do nosso plano de comunicação. Mídia Out of Home: o anúncio em outdoor que vamos utilizar também faz parte de uma de nossas ações como ofmr a de se aproximar do público-alvo. Vamos utilizar o outdoor em branco, apenas com o logo da SoulArt que será posicionado no canto inferior da grande estrutura. O espaço em branco servirá para que grafiteiros deixem sua arte no próprio espaço, tornando o anúncio interativo e, principalmente, aproximando-se de forma inovadora e autência do target do nosso cliente.

90


INSPIRAÇÃO SEMÂNTICA


ART IS A VISUALIZED ORGASM.


PROMOÇÃO


12. Plano de Promoção e Vendas de Merchandising

tamanho diante dos edifícios. Na projeção será reproduzido um vídeo onde um grafiteiro produz sua arte nos prédios que servem como “tela” para o vídeo. Ao final da projeção, será exibido o logo Soul Art junt ao endereço do portal, causando expectativa e surpresa em todos os expectadores.

12.1 Ações

12.2 Mecânica

Retroprojeção SoulArt

A participação do target acontecerá de forma natural, o principal objetivo da ação é causar expectativa e surpresa em todos os transeuntes da rua no exato momento em que estiverem passando pelo local. O público-alvo impactado pela ação faz parte de uma geração que utiliza smarphones para se comunicar e principalmente, dividir com todos que conhece por meio de redes sociais, tudo o que vê e acha interessante. É nesse momento que a SoulArt ganha destaque e mídia expontânea, causando no target esse sentimento de ter a necessidade de registrar e compartilhar aquele momento.

Estratégia: Esta ação tem como objetivo atingir e impressionar um grande número de transeuntes que frequentam os pontos mais movimentados da vida noturna de São Paulo. Foi por isso que escolhemos a Rua Augusta em São Paulo (Centro) como epícentro da ação. Durante a noite diversos edíficios vão se transformar em grandes muro onde as pessoas poderão ver um graffiteiro fazendo a sua arte ao vivo. Praça: Prédios da região do Baixo Augusta da Capital de São Paulo Período: 1 dia Ação: No período norturno, entre às vinte e vinte e uma horas, durante as quintas, sextas-feira e sábado, a Rua Augusta torna-se palco e ponto de encontro de pessoas de diversas tribos. São pessoas que estão à procura de diversão, baladas, encontrar amigos, ouvir música e viver experiências que somente o local pode proporcionar. Ao cair da noite, os projetores vão ser posicionados de forma que as projeções luminosas ganhem

12.3 Molduras SoulArt Estratégia: A ação de emolduramento de obras feitas em gráfite espalhadas pela cidade de São Paulo, tem como objetivo chamar a atenção do nosso público que executa e aprecia esta prática artística. Ao destacarmos as pinturas nas paredes como “obra de arte”, estaremos dando o devido valor e prestígio para os artistas que a executaram, e ao mesmo tempo, direcionamos os curiosos para conhecerem o portal da Soul Art, trazendo acessos para a página. 95


Praça: Estado de São Paulo Período: 21/07/2014 a 04/08/2014 Ação: Como se trata de uma ação de guerrilha, a intenção é que ela toma grandes proporções afim de atingir a massa crítica (ponto em que a ação ganha destaque por meio do boca a boca) e se espalhe no meio do nosso público de interesse e nas redes sociais sem grandes investimentos em mídia. A camapnha terá uma pequena divulgação nos seguintes veículos: • Um post detalhando a ação no portal da Soul Art; / Um post na fan page do Facebook da Soul Art; • Um post patrocinado no portal Hypness.

Outdoor Soul Art Estratégia: Esta ação segue duas linhas lógicas: interação e divulgação. O outdoor será todo em branco deve estar localizado nas regiões mais afastadas da capital de São Paulo, mais precisamente no ABC Paulista, regiões que abrangem Santo André, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Diadema. Nestes locais existe uma grande concentração de grafteiros, rappers e outros entusiastas da cultura urbana que, nem sempre, estão na capital de São Paulo. Essas pessoas também fazem parte do público-alvo do nosso cliente e devem ser impactadas de forma inusitada à conhecer o a força e qualidade da marca Soul Art Praça: Grande ABC: Santo André, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Diadema

Mecânica: Molduras de madeira maciça que são vistas somente em museus vão ser posicionadas sobre os grafites de diversos artistas, criando a alusão de que não são somente grandes obras que merecem estar em grandes museus de arte. Quando o público de interesse vê o trabalho emoldurado, movide pela curiosidade, ele pode acessar tanto o site da Soul Art quanto o portal para obter mais informações e atualizar-se com conteúdo relevante sobre as diversas formas de arte urbana.

Ação: Utilizar outdoors como meio de ferramenta e divulgação. O outdoor em branco carrega somente o logo e o endereço do portal SoulArt, convidando a todos os grafiteiros a registrarem sua arte naquele espaço em branco. Mecânica: O Outdoor é dedicado especialmente para grafiteiros. No grafite, quanto maior ou mais alto o lugar que eles registrarem sua arte, maior é o ibope. O ibope é a maneira de ser reconhecido. A SoulArt apoia a prática do grafite e disponibiliza o o outdoor para que qualquer artista deixe alí a sua marca. Com essa interação o grafiteiro registra sua arte e, principalmente, conhece e reconhece a SoulArt como uma parceira nesse meio que ainda é considerado marginal.

96


Envelopamento de Muros Soul Art Estratégia: Divulgar a marca Soul Art de maneira inovadora e interessante para duas frentes ao mesmo tempo, a do target que se alimenta do conteúdo e também do próprio artista que produz arte expõe suas obras nas ruas da cidade Praça: Cidade de São Paulo Periodo: Ação: Adesivar muros que contenham grafites espalhados pela cidade de São Paulo, em forma de layout do site com espaço vazado para mostrar a obra.

Mecânica Em ruas onde há grande concentração de obras de artes em muros como grafites, será feita a adesivação medindo 2,5 metros altura por 1. 5 de comprimento, de modo que manterá o conteúdo da obra e também promoverá o site Soul Art. O adesivo é em formato da home do site, com espaço quadrangular vazado, para manter-se àquela obra e na junção dos dois chamar a atenção do artista e também do público-alvo que passeia pelas ruas em que acontece a ação. A adesivação com o layout do site Soul Art, consiste em chamar atenção de quem vê a obra e principalmente de quem fez aquela obra, para que sua arte possa também ser divulgada no site. Assim ação atingirá dois importantes pilares para o portal, o público que gosta de apreciar esse tipo de arte e também à quem produz a arte, e quer que sua obra seja mais conhecida.

12.4 Investimento da promoção Adesivação

Custo unitário

Quantidade

Custo total

Personalização de adesivo 2,5 x 1,5 m

1

1

500

Impressão

100

50

5000

total

5500

projeção

DIAS

Custo total

Proposta I Shopping Center 3

1 DIA [Agosto]

R$ 160.000,00 (Cento e sessenta mil reais).

1 DIA [Agosto]

R$ 60.000,00 (Sessenta mil reais).

Proposta II Predio residencial na Rua Augusta

97


cronograma geral de açþes 98


JANEIRO

FEVEREIRO

MARÇO

ABRIL

MAIO

JUNHO

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

OUTUBRO

X

X

X

X

X

NOVEMBRO DEZEMBRO

PRAÇA/MEIOS X

X

AÇÕES PROJEÇÃO BACKDROP MOLDURA SITE/PAREDE EVENTO

99


EVENTO


13. Planejamento do Evento 13.1 Tipo do Evento: Oficina (Reunião de pessoas com o objetivo de aprender a fazer algum produto ou tema)

13.4 Justificativa para o Evento O evento considerado e desenvolvido, leva diretamente ao público alvo todas as ações, que esclarecem o objetivo de propagação da arte e cultura, imposto pelo cliente, na programação desenvolvida, assim como todas suas temática.

13.2 Justificativa do tipo de evento

13.5 Público Alvo Primário

[...] com o objetivo de aprender a fazer algum produto, ou tema[...]

Jovens e adultos, homens e mulheres, de 18 a 30 anos, classes B, C.

O produto, inserido na disposição do cliente, é o resultado da transação artística e cultural, em promoção, comemoração e reprodução de conteúdo de mesma significância. O evento, portanto, é a peça de concretização do objetivo imposto pelo cliente, que nada mais é que a motivação, inspiração, produção e desenvolvimento do ciclo criativo em prol de reestrutura social.

Data 07/09/2014

13.6 Organizador Agência Camaleão Equipe: Damaris de Angelo - Coordenador em Planejamento, Guilherme Campanha - Pesquisa em Prestação de Serviços, Guilherme Pupo - Relações Públicas, Katlen Rodrigues - Arte e Decoração, Marcos Vinicius - Coordenador em Cronogramas e Produção e Raphael Rinco - Divulgação.

13.7 Programação

Tema / Denominação

Palestra

Inspirar pra mudar

COM O Convidado: Ferréz Escritor Tema: Ostentação x Libertação.

13.3 Objetivo Inserir o cliente ao ambiente propício à interação direta com o público alvo, divulgando todos os pontos de contato de nome SOUL ART, sendo eles online ou não.

Justificativa do tema: A análise do cenário que contrasta o conflito entre RAP Libertação x Funk Ostentação. Tema de grande potencial inspirador e participativo que ajuda a envolver indivíduos em questões sociais, culturais, artísticas e políticas, dando 101


estrutura ao objetivo do cliente de forma inovadora e polêmica. A seguir, uma citação, retirada da Revista Trip, escrita por Paulo Lima, resume o valor da temática inserida: “[...] De um lado ídolos da música nascida nas periferias expressam nas letras a dureza e a indignação dos que vivem das sobras no país. Do outro, shows de figuras que batem no peito e gritam com toda a força o fato de terem conseguido não só o conforto de um teto ou uma televisão de tela plana, mas que celebram a conquista daquilo que aprenderam desde cedo a entender como a melhor expressão da vitória, da aceitação e da boa vida.Lamborghinis, cordas de ouro puro, maços de dinheiro, roupas grifadas e mulheres exuberantes também cobertas de joias. Em comum entre as duas faces dessa medalha (de ouro), além dos bonés e de uma situação econômica melhor resolvida por conta do sucesso, a revolta contra governantes, políticos e a gestão cafajeste que eles impingem. Também a revolta contra os símbolos e as instituições deste Estado, muito especialmente a polícia. Nesse aspecto, variam os símbolos, mas o recado não. Mensagens, diga-se, que fazem eco com aqueles ouvidos nas ruas em junho, vindos da classe média que arrumou vaga nessa faixa da pirâmide há mais tempo. Milhares de movimentos, iniciativas e ideias, mais e menos sérias, são lançadas todos os dias, alertando para a necessidade de se rever a lógica do consumo enlouquecido e do ter como solução para as angústias da geral. Compartilhar mais e acumular menos seria uma das chaves para um ponto de equilíbrio. Na contramão, milhões de pessoas celebram o 102

fato de “estarem podendo” finalmente entender que graça tem ter (e ostentar) alguma coisa. Para aumentar a pressão, um Estado inábil, corrompido e incapaz. Um encontro de águas invocado. Ondas tão violentas que têm produzido uma energia difícil de conter e que incluem, em seu rastro, inveja, ódio, conflitos e mortes.[...]” Workshop Grafite e Caligrafia O grafite e o picho, além de grandes marcos da cidade de São Paulo, são reconhecidas atualmente como aspectos culturais urbanos, de papel fundamental à estruturar a voz de partes abandonadas da sociedade. O Workshop tem como objetivo expandir noções estéticas do público e o interesse pelo assunto, visando novas formas de embelezar a cidade dando voz criativa à militância artistica. Convidados: Grafite: Dingos, Crânio, Alex Hornest, Hope e Mundano. Caligrafia: Andrea Branco

Shows

Criolo, Emicida, Dexter, Kamau, Arnaldo Tifu, Ogi.

A escolha das atrações está relacionada à multiplicidade das vértices da música repente. Antes, a falta de recursos disponibilizava um estilo musical de conteúdo rico, porém bruto. Hoje, lapidado de forma construtiva, com meios viáveis de produção, o estilo se desenvolveu entre os acordes da MPB e mega produções digitais.


Grande parte do público destas três principais atrações ainda sofrem dificuldades de socialização devido à influencia da intolerância cultural. Isso porque o público de Criolo e Emicida, de grande parte, são jovens de classe media, que conflitam-se muitas vezes com o público de periferias, e vice versa. As atrações, em um mesmo local, com um mesmo propósito, foram escolhidas para sintonizar este público em uma causa comum, e aproximá-los à realidade de anulação de convívio que enfrentam pela separação social. As atrações, juntas no palco, simbolizam o aprendizado e convivência.Enquanto Criolo e Emicida exploram raízes da MPB e samba, introduzindo partes abandonadas da cultura brasileira, introduzindo-as aos ouvidos jovens, Kamau, Ogi e Arnaldo Tifu modernizam na sincronização de voz e beats produzidos com vinil na produção digital. Já o rapper Dexter, entre Criolo e Emicida, surge representando a voz da periferia tomando espaço em dimensão nacional, mostrando a realidade de vida que ainda é de grande número no Brasil.

Parceiros (abertura para exposição de iniciativas) Participando da decoração do evento com a exposição de intervenções artísticas, como por exemplo, a distribuição de posters, adesivos e lambs durante o evento: Coletivo Muda Participando da disponibilização e exposições de intervenções artísticas, como playground com balanças, pela reutilização de dejetos: Coletivo Basurama Participando da composição Público-participativa na programação: Batalha do Santa Cruz - Reunião e batalha de rimas entre Mcs (rinha de Mcs) / Estimulativa de Público [transitório mediante aos horários] 10 mil pessoas / Orçamento de Catering, Segurança e Promoters PRODUTOR R$ 7.000,00 Catering: R$ 30.000,00

Local

/ Orçamento de Estrutura (palcos, luz, som)

Praça Roosevelt

/ Orçamento Atrações

A escolha do local público como palco deste evento se deu como alternativa à excluir as barreiras de interação social, unindo vertentes diversas da cultura dentro da cidade. O evento vêm para celebrar também a apropriação do espaço público, que ainda hoje é desvalorizado, usado

Dexter: R$8.000

muitas vezes como trecho de passagem apenas, excluindo a possibilidade de uma ordem de convivência horizontal entre os moradores.

Ogi: R$ 2.000

R$ 50.000

Criolo(com banda): R$25.000 Emicida: R$ 8.000 Kamau: R$ 3.000 Arnaldo Tifu: R$1.000

Total: R$ 47.000 103


/ Orçamento Programação / Workshop Grafite Dingos: R$1.000,00 Crânio: R$ 2.000,00 Alex Hornest: R$ 2.000,00 Hope: R$1.000,00 Mundano: R$ 2.000

Total: R$ 8.000

/ Workshop Caligrafia Andrea Branco: R$ 2.000,00 Total: R$2.000,00

Total: R$ 2.000

/ Palestra Ferréz: R$2.000 Total: R$2.000,00

Gasto Total Evento:

Total: R$ 2.000

R$ 153.000,00 104


peÇas


Anúncio / Página de Revista Simples 107


Anúncio APLICADO / Página de Revista Simples / FORmato ZUPI [18x24,5 cm]


Anúncio APLICADO / Página de Revista Simples (21x28 cm)


outdoor aplicado / Primeiro momento


outdoor aplicado / segundo momento / expectativa de intervenção


banners

Banner animado Formato: ARROBA (300x200 plx)

112


113


banners aplicados

114


115


116


117


banners Banner animado Formato: FULL (728x90 plx)

118


119


banners aplicados

120


121


EVENTO


PALESTRA

WORKSHOPS

BACKDROPS BANHEIROS TOTENS/CADASTRO

mapa do evento

PALCO ENTRADAS

BA QU NH ÍM EIR IC OS OS

BASTIDORES

BATALHA DE MC’S


Photobooth + compartilhar foto + curtir soul art

124


125


126

backdrops


backdrop aplicado


backdrop aplicado


backdrop aplicado


backdrop aplicado


backdrop aplicado


evento de facebook / aplicado

132


post de divulgação / aplicado

133


açÕES


backdrop em branco local: rua augusta / são paulo expectativa de intervenção 135


97


Ação #1

molduras nos graffitis de sp.

138


moldura aplicada


moldura aplicada


moldura aplicada


moldura aplicada


moldura aplicada


moldura aplicada


moldura aplicada


Ação #2

post soul art com fotos “ao vivo”

147


post aplicado


post aplicado


plano de investimento ações

Peça

Preço Unitário

Quantidade

Período

Preço Total

Projeções

R$ 60.000,00

1

Diária

R$ 60.000,00

Back Drops

R$ 4.689,52

4

1 Mês

R$ 18.758,08

Moldura

R$ 70,00

20

1 Mês

R$ 1.400,00

Envelopamento

R$ 110,00

10

1 Mês

R$ 5.500,00

TOTAL

R$ 85.658,08

mídia meio

150

formato

inserções

investimento

%

Online

Padões IAB

170 mil cliques 10 milhões de impressões 70 mil views de Video em média

BRL 157,668.80

52%

Revista

Página/Meia  Página

50,000 tiragens

BRL 126,345.60

42%

Outddor

x9 m

20 outdoors

BRL 16,500.00

5%


evento Peça

Período Locação

Custo Unitário

Quantidade

Custo Total

Back Drop Cabine Fotográfica Totem

Diária 5 horas Diária

R$ 4.689,52 R$ 12.450,00 R$ 300,00

5 1 3 TOTAL Atrações Dexter Criolo(com banda) Emicida Kamau Ogi Arnaldo Tifu TOTAL Programação Dingos Crânio Alex Hornest Hope Mundano Andrea Branco Ferréz TOTAL Contrato/ Serviço Catering/Segurança Produtor Palco/Luz/Som TOTAL TOTAL

R$ 23.447,60 R$ 12.450,00 R$ 900,00 R$ 37.797,60 Cachê R$ 8.000 R$ 25.000 R$ 8.000 R$ 3.000 R$ 2.000 R$ 1.000 R$ 47.000,00 Cachê R$ 1.000,00 R$ 2.000,00 R$ 2.000,00 R$ 1.000,00 R$ 2.000 R$ 2.000,00 R$ 2.000 R$ 12.000,00 Custo R$ 30.000,00 R$ 7.000,00 R$ 19.791,72 R$ 56.791, 72 R$ 153589,32 151


14. roteiro e story board Filme Soul Art

[ROTEIRO]

Freestyle e beatbox com Helio.

Primeiro plano

Mídia: Youtube Formato: Pre-Roll Duração: 30” Sinopse: Para divulgar o festival SOUL ART, o filme traz Helibrown, que combina o freestyle com beatbox para divulgar todas as informações do evento, desde as atrações, artistas, data e local. Casting. Ator: Helibrown Produção: roupas largas e boné. Equipamento: Camera GoPro/Microfone

152

Enquadramento: plongeé Cenário: O vídeo começa com o close no rosto do personagem que o acompanha por toda a sequência, como se o próprio ator estivesse segurando a câmera. A narração do vídeo é totalmente feita em Freestyle (improviso) e beatbox. Nos primeiros cinco segundos Helibrown pede para que o expectador espere, pois ele vai contar uma novidade. Ao decorrer do vídeo com rimas e beatbox, o ator fala sobre o festival SOUL ART, anunciando as atrações principais, como o rapper Crioulo, workshops e debates. Com rimas e beatbox, Helibrown anuncia a data, o local do evento e a realização que é exclusiva da marca SOUL ART.

a rima: Oh,oh,oh, oh Não muda não irmão Vou falar de uma importante programação. É um evento que rolará no dia 19/09 Das 10 às 10 Vai ter palestra do escritor Ferrez. E Djow vai ter uns show de uns mano dahora que tão ai na corrida Dexter, Arnaldo Tifu, Ogi e também o Emicida. E pra fechar esse bolo, vai ter também show do Criolo, que vem do Grajauex, e ta ritmicando praticamente todos os cortéx Ah, e só pra constar, o tema é: inspirar pra mudar. Corte seco Entra o logo SOUL ART e site. Fim.


153


bibliografia

KOT LER, Philip. Administração de Marketing. São Paulo. Atlas. 1998 BUENO, Wilson da Costa. Comunicação e gestão empresarial: cenários contemporâneos. São Paulo: Faculdade Cásper Líbero / Editora Paulus, 2002. REIS, Ana Carla Fonseca. Marketing Cultural e financiamento da Cultura. São Paulo. Editora Thomson KOT LER, Philip – Administração de Marketing – 10ª Edição, 7ª reimpressão – Tradução Bazán. SANTINI, Rose Marie ; LIMA, Clóvis Ricardo Montenegro de . Código aberto e produção colaborativa nos pontos de Cultura. Contemporânea - Revista de Comunicação e Cultura (Salvador). LÉVY, Pierre. Cibercultura; tradução de Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Ed.34,1999.

154


AMBROSIO, Aluisio e AMBROSIO, Vicente. Revista da ESPM, São Paulo, Julho de 2005. CARVALHO, José Crespo de e FILIPE, José Cruz. 2008. Manual de Estratégia: Conceitos, Prática e Roteiro. 2ª Edição. Lisboa :Edições Sílabo, 2008. SPYER, Juliano. Para entender a internet, São Paulo. Não Zero, 2009. BARRETO , Alexandre. Aprenda a organizar um show. Coleção Produtor Cultural independente, São Paulo,2009. COLARRO, Antonio Celso. Projeto Gráfico: teoria e prática da diagramação.4ªed. rev e amp. São Paulo:Summus, 2000. 181 p. (Novas buscas em comunicação:v.20 GABRIEL, Martha. SEM E SEO.Dominando o Marketing de busca.2ºEd.248 p. Brochura. Novatec, São Paulo, 2012 CONRADO, Adolfo Vaz. Google Marketing: O guia definitivo do Marketing Digital. 3ºEd.480 p. Novatec. São Paulo, 2010.

Lei de incentivo, prefeitura de São Paulo. Disponível em:<http:// www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/lei_de_incentivo/index.php?p=6> Acesso em: 10 de maio de 2013. Expressiva.Disponível em: <http://www.expressiva.web10.net.br/index.php/noticias-sobre-panfletagem-funciona-dentro-da-lei-e-da-retorno-resultado-diferente-inteligente/nt3/156-o-que-as-pessoas-mais-procuram-na-internet-google-para-comprar-20122013. html> Acesso em:10 de maio de 2013. Regulamentação de Incentivo, Disponível em:<http://www.brasil. gov.br/sobre/cultura/Regulamentacao-e-incentivo/economia-da-cultura> Acesso em: 12 de maio de 2013. Métricas Digitais. Diponível em <http://www.espm.br/Candidato/Cursos/SP/Pages/metricas-digitais-e-web-analytics. aspx?IdCurso=1554>Acesso em:13 de junho de 2013. Blog Mídia, Dsponível em <http://blogmidia8.com/2013/10/crescimento-usuarios-internet-impulsiona-varejo-online-estimativa-r-28-bi-2013.html>. Acesso em 23 de setembro de 2013.

155


156

Blog escola de Marketing, Diponível em <http://blog.escoladomarketingdigital.com.br/tag/crescimento-midia-digital/>. Acesso em 25 de setembro de 2013.

Empresas e Finanças. Disponível em <http://empresasefinancas. hsw.uol.com.br/publicidade-na-internet.Htm>Acesso em: 15 de julho de 2013

Convergecom, Disponível em: <http://convergecom.com.br/ tiinside/26/08/2013/o-consumo-global-de-midia-digital-ira-

Folha Mercado. Disponível em:<http://www1.folha.uol.com.br/ mercado/2013/06/1290150-publicidade-na-internet-deve-cres-

-crescer-118-em-2013-puxado-pelos-brics/#.UmE9i6zpo24>. Acesso em 25 de setembro de 2013.

cer-mas-tv-mantera-lideranca--ate-2017-diz-pwc.shtml>Acesso em 20 de julho de 2013

PASSO, Eduardo, Novos Circuitos Culturais na Internet e a Produção de Conteúdo na Rede, <http://www.bocc.ubi.pt/pag/bocc-passos-novos.pdf>Acesso em: 11 de julho de 2013

Administradores. Diponível em: <http://www.administradores.com. br/artigos/entretenimento/o--crescimento-da-publicidade-na-internet/54942/>Acesso em 17 de julho de 2013.

Acervo Digital, disponível em:<http://acervo-digital.espm.br/revista_da_espm/2005/jul_ago/a_matriz_bcg.pdf>. Acesso em: 11 de junho de 2013

Informa Mídia<http://www.informamidia.com.br/2011/02/artigo-publicidade-na-internet-a-importancia-de-conhecer-o-consumidor/>Acesso em 18 de junho de 2013.

Publicidade na internet. Disponível em<http://mentavideos. com/como-fazer-publicidade-na-internet-e-divulgar-seu-site. html>Acesso em 16 de junho de 2013

Implantando Marketing. Disponível em <http://www.implantandomarketing.com/crescimento-e-tendencia-para-o-marketing-cultural-brasileiro/>Acesso em: 21 de junho de 2013.


Marketing Cultural. Disponível em<http://www.aedb.br/seget/artigos08/204_204_Artigo_Mkt_Cultural_Seget_17_jul.pdf>Acesso em: 24 de julho de 2013. Ponto Eletrônico. Disponível em:<http://www.pontoeletronico.com. br>Acesso em 15 de setembro de 2013. Ted. Disponível em: <http://www.ted.com> Acesso em: 12 de maio de 2013. This isn`t Happiness. Disponível em: <http://www.thisisnthappiness.com>Acesso em 14 de agosto de 2013. The Cool Hunter. Disponível em: <http://www.thecoolhunter. com>Acesso em: 17 de agosto de 2013 Pinterest. Disponível em: <https://www.pinterest.com/> Acesso em: 10 de setembro de 2013.

157


bibliografia


As pessoas não compram

o que você faz. elas compram

porquê você faz.

VOLTE AO TOPO

SIMON SINEK


NÓS SOMOS A CAMALEAO.

OBRIGADO!


Monografia | Soul Art