Page 1

EB1/PE da Ribeira Brava___________________________ Ano Lectivo 2009/2010

Plano de Contingência para a gripe A (H1N1)

1) Designação do coordenador e respectiva equipa operativa. O coordenador do Plano de Contingência é a directora da escola, a professora Maria Emília Pereira.

A respectiva equipa operativa é constituída por: •

2 professores: Manuel Rodrigues Fernandes Maria Fátima Abreu Nascimento

2 educadores: Elza Maria da Silva Pereira Susana Gabriela Cardoso Almeida

2 auxiliares da acção educativa: Lúcia Maria Pereira de Gouveia Pestana José Soares da Silva Lobo

2) Definição da cadeia de comando e controlo. A cadeira de comando e controlo, após a identificação da suspeita de um caso de gripe A está definida da seguinte forma: 1) 2) 3) 4)

Isolamento do sujeito por um elemento da equipa operativa; Contacto com o encarregado de educação; Referenciar com quem o suspeito manteve contacto no contexto escolar. Contactar os serviços de saúde competentes.

3) Identificações das actividades essenciais e prioritárias são: → Criação de uma sala de isolamento (sala do pessoal auxiliar do piso -1, com arejamento e com acesso directo ao exterior através do estacionamento da escola ou do portão principal).

Plano de Contingência para a Gripe A da EB1/PE da Ribeira Brava

Página

1


→ Divulgação e afixação dos critérios que definem o isolamento do sujeito com suspeita de infecção; → Acção de esclarecimento aos professores, auxiliares da acção educativa e encarregados de educação pelo coordenador do plano de contingência para os cuidados essenciais à prevenção do contágio da gripe A; → Apresentação do plano de contingência ao corpo docente e não docente; → Instrução aos alunos dos cuidados básicos para a prevenção do contágio: lavagem das mãos e outros procedimentos de prevenção; → Garantir a desinfecção/limpeza das várias superfícies e áreas possíveis de contágio; → Garantir o fornecimento de equipamento, materiais e produtos de limpeza e desinfecção e alimentação. → Garantir a substituição dos docentes que possam ser contagiados.

4) Previsão do impacte que os diferentes níveis de absentismo terão nas actividades escolares. Se o grau de absentismo dos alunos for elevado, as turmas serão agrupadas, de preferência, por ano de escolaridade. No caso do grau de absentismo ser elevado no corpo docente e da escola não conseguir autonomamente responder à cobertura da falta dos mesmos será solicitado à delegação escolar ou à secretaria de educação a colocação de professores da bolsa, a fim de garantirem o normal funcionamento das aulas. O mesmo procedimento será colocado em prática caso se verifique um elevado grau de absentismo no corpo não docente.

5) Definição dos recursos humanos mínimos para cada uma das áreas prioritárias e assegurar a sua substituição, por profissionais formados para o desempenho dessas funções. A escola dispõe de recursos humanos com formação adequada (três professores de apoio e substituição) para assegurar as funções docentes das áreas curriculares prioritárias. Na eventualidade dos mesmos não poderem desempenhar as funções de substituição será solicitado um professor da bolsa.

Plano de Contingência para a Gripe A da EB1/PE da Ribeira Brava

Página

2


6) Estabelecimento do plano de acompanhamento dos profissionais, incluindo actualização de todos os contactos telefónicos.

Atribuição de responsabilidades - Verificar se todas as medidas estão a ser cumpridas e respeitadas; Director / - Em caso de suspeita de contágio de alguma criança Coordenador Subdirector (apresentação de algum sintoma), providenciar o respectivo isolamento cumprindo todas as regras e entrar em contacto com o encarregado de educação. - Incentivar os alunos no cumprimento de todas as regras; - Assegurar que os alunos cumpram as regras de lavagem das mãos (antes de entrarem nas salas de aula, antes das refeições, depois de tocarem em materiais que são comuns); Equipa Todos os - Avisar imediatamente o coordenador ou o seu substituto se Operativa Docentes houver suspeita de contágio (se alguma criança apresentar (Docentes) sintomas); - Proceder ao encaminhamento da criança até à sala de isolamento de forma correcta (cumprindo todas as regras definidas); - Realizar a limpeza e desinfecção de todos os espaços comuns Todas as assim como objectos comuns (Jogos, brinquedos, …); Equipa assistentes - Verificar e assegurar o arejamento de todos os espaços da Operativa que escola (salas de aula, corredores, cantina, …); (assistentes trabalhem - Assegurar que os alunos cumpram as regras de lavagem das Operacionais) na escola mãos (antes de entrarem nas salas de aula, antes das refeições, depois de tocarem em materiais que são comuns);

Contactos ENTIDADE Linha de Apoio à gripe A Secretaria Regional de Educação Secretaria Regional dos Assuntos Sociais Delegação Escolar da Ribeira Brava Câmara Municipal da Ribeira Brava Centro de Saúde da Ribeira Brava Linha Saúde Madeira

RESPONSÁVEL

Dr.ª Ana Nunes Enf. Laurinda Silva Delegado Escolar Sérgio Sr. Marcelino Dr. João Araújo Enf. Marta Rodrigues

Junta de Freguesia da Ribeira Brava

Plano de Contingência para a Gripe A da EB1/PE da Ribeira Brava

CONTACTO 800 24 24 291 202 600 964139194 966472908 291 952 461 291 952 548 291 950 200 968014435 962568177 291 952 111

Página

3


7) Recomendação aos profissionais para que sigam as orientações do Ministério da Saúde, nomeadamente as difundidas através do portal www.dgs.pt ou microsite do IASAÚDE, IPRAM http://iasaude.sras-gov-madeira.pt/gripea. Serão disponibilizados os contactos (telefone e endereços electrónicos) das entidades parceiras a todos os profissionais para que os mesmos sigam as orientações do Ministério da Saúde.

8) Reforço do plano de higiene da instituição escolar, de forma a tornar exequíveis as medidas aconselhadas (lavagem das mãos, toalhetes descartáveis, etc). Planear vistorias frequentes na escola a fim de inventariar e providenciar, em caso de falta e com antecedência, todo o material necessário ao bom funcionamento do plano de higiene de forma a tornar exequíveis as medidas aconselhadas.

9) Identificação dos parceiros com quem deve ser estabelecida uma adequada articulação e manter uma listagem de contactos actualizados.

ENTIDADE Linha de Apoio à gripe A Secretaria Regional de Educação Secretaria Regional dos Assuntos Sociais Delegação Escolar da Ribeira Brava Câmara Municipal da Ribeira Brava Centro de Saúde da Ribeira Brava Linha Saúde Madeira

RESPONSÁVEL

Dr.ª Ana Nunes Enf. Laurinda Silva Delegado Escolar Sérgio Sr. Marcelino Dr. João Araújo Enf. Marta Rodrigues

CONTACTO 800 24 24 291 202 600 964139194 966472908 291 952 461 291 952 548 291 950 200 968014435 962568177

10) Identificação dos fornecedores de bens ou serviços essenciais para o fornecimento da instituição. ENTIDADE Câmara Municipal da Ribeira Brava Centro de Saúde da Ribeira Brava Junta de freguesia da Ribeira Brava

Plano de Contingência para a Gripe A da EB1/PE da Ribeira Brava

RESPONSÁVEL Sr. Marcelino

CONTACTO 291 952 548 291 950 200 291 952 111

Página

4


11) Verificar se os fornecedores de bens ou serviços considerados essenciais garantem os fornecimentos previstos. Equacionar soluções alternativas. A escola contactará periodicamente os fornecedores de bens ou serviços considerados essenciais que garantam os fornecimentos previstos. Na impossibilidade dos mesmos não garantirem os seus serviços, outras entidades, previamente alertadas para o efeito, serão contactadas a fim de substituírem as primeiras nas suas responsabilidades. Porém, o fornecimento de bens está garantido pelo plano de contingência da DRPRE.

BENS E SERVIÇOS Material de desinfecção Alimentação Máscaras Baldes de lixo com pedal e tampa Lenços de papel

ENTIDADE FORNECEDORA

ALTERNATIVAS

Câmara Municipal da Ribeira Brava

Junta de Freguesia ou Paroquia

UNIsELF Centro de Saúde

Junta de Freguesia ou farmácia

Câmara Municipal da Ribeira Brava

Junta de Freguesia

Encarregados de Educação

12) Assegurar a existência de uma “reserva estratégica” de bens ou produtos cuja falta possa comprometer o exercício das actividades mínimas ou consideradas prioritárias (durante o período crítico da pandemia). Com o possível apoio da Câmara Municipal da Ribeira Brava, da Junta de Freguesia e Centro de Saúde, a escola manterá uma reserva de bens e produtos com a finalidade de assegurar os serviços mínimos durante o período crítico da pandemia.

13) Envolvimento dos profissionais na execução do plano. Todos os profissionais da escola, desde o início do ano lectivo, serão envolvidos na execução do plano de contingência através da divulgação do mesmo a fim de se garantir uma correcta execução de todas as medidas por qualquer um dos profissionais.

Plano de Contingência para a Gripe A da EB1/PE da Ribeira Brava

Página

5


Os professores, auxiliares da acção educativa ou qualquer outro profissional da escola que inicie as suas funções na mesma no decorrer do ano lectivo será posto a par do plano de contingência através de uma reunião.

14) Divulgação do plano de contingência a nível interno e junto da comunidade educativa. O plano de contingência será divulgado tanto a nível interno bem como junto de toda a comunidade educativa através de reuniões, sessões de esclarecimento, afixação de informação e distribuição de folhetos informativos.

15) Elaboração de uma estratégia de comunicação interna e externa. A comunicação interna e externa será feita através de reuniões com prévia convocatória. Se o assunto a expor não for extenso os profissionais da escola e os elementos da comunidade escolar podem ser contactados telefonicamente e através da consulta do plano de contingência no blog da escola.

16) Avaliação e actualização do plano de contingência. O plano de contingência será revisto mensalmente em conselho escolar ou sempre que ocorra alguma situação pontual que o exija mantendo-o, desta forma, actualizado e adaptado à realidade da escola (http://eb1perbrava.blogspot.com).

Plano de Contingência para a Gripe A da EB1/PE da Ribeira Brava

Página

6

Plano de Contigência  

plano de acção contra a gripe