Issuu on Google+

Não jogue este impresso em vias públicas / Compartilhe com seus amigos

o uiv

Projeto Roda de Leitura

Um pioneiro no comércio de bicicletas

Conheça a história da jovem apaixonada pela leitura Página 09

Coral Caxu

Página 12

"Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida, removendo pedras e plantando flores" Cora Coralina

l

oa

ss

Pe

Gente que Faz

q

Ar

Raulino Cabral UM PIONEIRO NO COMÉRCIO DE BICICLETAS EM LORENA (SR RAULINO DA SILVA CABRAL) Um comerciante mais do que respeitado na cidade de Lorena e que marcou época; seu nome é Raulino da Silva Cabral. Quando se fala em bicicleta, fica impossível não se lembrar deste desbravador que,com sua família, colocou Lorena no mapa das bike (como conhecida na “linguagem jovem”). Pessoa gentil, proprietário de um comércio que atravessou o tempo (desde a década de 30 no ramo) servindo aos lorenenses com suas bikes diferenciadas e por felicidade do destino, seu filho Roberto Cabral e netos dão continuidade ao trabalho. Desde os anos 50, a “Bicicletaria do Cabral”, como é conhecida, está no mesmo local, no calçadão da cidade de Lorena, no centro do município. O senhor Raulino Cabral, antes de tudo, faz parte da história do comércio local e merece nossa sincera homenagem. Tem-se um homem visionário de sua época! José Nicodemos

Em breve, no Jornal Vale Vivo, a nova coluna...

...Entre o Céu e o Inferno

Uma visão imparcial dos acontecimentos na cidade de Lorena onde no final você leitor fará a avaliação do destino dos fatos.

Divisão de Saúde de Potim promove abaixo-assinado a favor do projeto da SABESP Página 04

Prefeitura realiza reunião de regularização de pousadas e hotéis de Cachoeira Paulista Página 04

SADS em Lorena divulga primeiro relatório de atividades da Casa da Acolhida Página 05

Programa de Coleta Seletiva é realidade em várias cidades do Brasil Página 09

Água de enchente pode causar Leptospirose

Página 11

Melhorias na ETEC de Cachoeira Paulista Em Janeiro de 2014 foram iniciadas as obras de melhorias da ETEC de Cachoeira Paulista (Prof. Marcos Uchôas), sendo esta uma demanda reivindicada há tempos pelo Diretor Márcio Mota de Campos e toda a comunidade escolar. Com investimento do Governo do Estado através do Centro Paula Souza, essas melhorias visam proporcionar aos alunos e a toda a comunidade uma escola mais inclusiva e ligada às necessidades da sociedade. Serão realizados reparos no telhado e calhas, alem da pintura, colocação de piso, melhorias nos laboratórios, concretagem do estacionamento

e acesso dos alunos. A previsão de entrega das obras é no final do mês de Abril. Essas obras são de extrema importância para que a ETEC continue oferecendo curso de reconhecida qualidade a toda a população de Cachoeira Paulista e demais cidades da região.

A escola esta passando por uma transformação estrutural com o objetivo de continuar transformando seus alunos em cidadãos cada vez mais ligados as realidades de sua comunidade. A ETEC esta sempre melhorando para atender a população cada vez melhor. Divulgação


Jornal Vale Vivo

02

Opinião

28 de fevereiro a 13 de Março de 2014

Cantinho da Reflexão

Editorial

Não se engane com a "sujeira" do mundo

Carnaval! Uma das maiores manifestações da cultura popular no Brasil, o Carnaval, tem início em muitas cidades nesta sexta-feira (28) com término na terça-feira, dia que antecede a quarta-feira de cinzas, período inicial da quaresma. O Rei Momo, figura conhecida como o dono do Carnaval, estará com sua rainha e princesas, animando os foliões Brasil afora, bem como os diversos blocos de animação, escolas de samba, trios elétricos e demais grupos existentes. A reflexão nesse momento de alegria é norteada pela ponderação no volume dos festejos. A velha frase "Se beber não dirija", ou "Bebida e volante não combinam", nesse momento se faz necessário frisar, por mais redundante que possa parecer, pois as estatísticas ao final das "Operações de Carnaval" dos órgãos de segurança pública, irão demonstrar o "grau" da diversão da população.

Nós somos de Deus! Infelizmente nossa sociedade nos fez acreditar que o homem foi feito para se corromper, para ser esperto e passar os outros para trás; para beber, se drogar, para entrar na prostituição... Mas Jesus quer entrar em sua casa, em seu coração, para governar sua vida, como Deus, como Rei, como Senhor. É por isso que hoje estamos recebendo a grande graça do derramamento do Espírito Santo. Vocês não foram criados para serem pisados, mas para amar e serem amados. Digam não ao pecado, à corrupção e entreguem-se a Deus. Não se deixem enganar por nada e ninguém. O Senhor conta com vocês para construir uma sociedade nova. Há algum tempo eu estava em Queluz , uma cidade montanhosa no interior de São Paulo, quando uma chuva violenta, que durou vários dias, inundou a região. A água descia em enxurrada pelos morros, o rio transbordou e muitas casas foram invadidas por uma água barrenta, que chegava a atingir quase dois metros de altura, obrigando as pessoas a sair abandonando tudo. Depois, tiveram de limpar o que restou e foi preciso até enxada para tirar a lama que havia se espalhado pelo chão, pelas paredes. Eu estava ali, ajudando e posso garantir que não foi fácil limpar tudo aquilo. Mas, por amor a sua casa, por amor a seus filhos, a limpeza foi necessária. O mundo está desse jeito, sujo! E é por amor aos seus filhos e de sua casa que o Senhor virá e fará uma limpeza. Então, tudo aquilo que for sujeira será jogado fora. Lembro-me de que, quando foi feita a limpeza naquelas casas, as fotografias, relíquias de família, foram misturadas ao barro. Joias, anéis, dinheiro, muita coisa preciosa perdeu-se no meio da lama. Quando o Senhor vier para limpar sua casa, tudo aquilo que estiver na lama se perderá. Não podemos mais brincar em serviço! Não deixe para depois. Se você já estava nos caminhos de Deus, é hora de reforçar essa aliança; se já tinha enfraquecido, retome a fé; e se estava longe de Deus, desanimado, aproxime-se. É hora de você se agarrar à corda que Jesus lhe joga e aceitar Sua salvação.

Agradecimento

Seu irmão, Monsenhor Jonas Abib Fundador da Comunidade Canção Nova e presidente de honra da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, em Cachoeira Paulista (SP). É um dos religiosos que mais se destacou utilizando os meios de comunicação na ação evangelizadora da Igreja Católica, na América Latina. Autor de 48 livros, Cd´s e DVD´s, além de várias palestras em áudio e vídeo.

Quero agradecer, elogiar e parabenizar a todos funcionários da ESF do bairro do Embaú, pelo trabalho tão zeloso, carinhoso, respeitoso e competente que aqui realizam. Seja para marcar consulta ou mesmo consultar, averiguar pressão arterial, glicose e etc. Obrigada a Técnica de Enfermagem Gisela, ACS Margarida, ACS Regina, ACS Rosa Maria, ACS Elisa, AD Elidiane e demais funcionários que tão bem cuidam de quem precisa desse atendimento tão importante para toda comunidade. Assim observando e também fazendo uso desse serviço quero agradecer e mais uma vez parabenizá-los. Obrigada!!! Maria Paula Chaves Moreira

Opinião

QUEM FISCALIZA O FISCAL? Regina Paula da Rocha Faria

Depois de 'levantada a lebre' sobre a gratuidade da passagem de ônibus para o acompanhante do deficiente físico, fiquei curiosa sobre o que mais constava na lei que estabeleceu as condições de contratação da empresa de ônibus que serve a população de Lorena. Trata-se da Lei Complementar no. 63, de 12 de fevereiro de 2009, portanto, atuando na cidade há completos 5 anos. O art. 25 trata dos casos de isenção do pagamento da passagem, que são os seguintes: 1. crianças de até 5 anos; 2. idosos com 65 anos ou mais, mediante a apresentação de carteira de identidade ou de trabalho; e 3. inválidos, portadores de deficiência em geral e respectivo acompanhante, mediante comprovação fornecida pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social. A lei estabelece também que todos os ônibus sejam adaptados para os portadores de deficiência e que a empresa está obrigada a conceder “passe escolar” com desconto de 50% aos estudantes. Isto está no art. 19. No art. 21 consta que a empresa de ônibus será obrigada a construir cobertura em pontos de ônibus e que estes passarão a fazer parte do patrimônio da cidade. E ainda prevê que a construção será de 10% do número de pontos por ano de concessão. Portanto, atualmente deveria haver 50% dos pontos já instalados, pois são 5 anos de contrato. O art. 24 traz uma obrigação interessante. Ela estabelece que a empresa de ônibus deverá pôr à disposição um micro-ônibus nas linhas em que houver muitos usuários com mais de 65 anos.

Expediente

Jornal Vale Vivo CNPJ: 13.463.982/0001-08 Lorena - SP

Jornalista Responsável: Maria A.F.B. Matias MTB:68.138

Departamento Comercial: Ricardo Mendes (12) 98895-1500

Diagramação: Rafael Gomes de Andrade (12) 99186-3127 / 98140-1119

No art. 9o. consta que a concessão será feita pelo prazo máximo de 10 anos, podendo ser prorrogada por mais 5 anos, se o serviço prestado for considerado satisfatório pela Prefeitura. Também há o art. 17 que prevê penalidade para a empresa de ônibus que não cumprir com o contrato. As penalidades são: advertência escrita, multa, apreensão do veículo, afastamento, suspensão e extinção do contrato. Existem muitas outras condições, ou cláusulas nesta Lei Complementar, e não posso citar todas, mas o que é importante frisar é que a empresa está há 5 anos atuando na cidade. Será que o contrato está sendo cumprido? Creio que a resposta é NÃO. Pelo menos nos artigos citados - os mais importantes - a população que precisa do transporte público não está sendo atendida. E a própria lei diz que o “... transporte coletivo de passageiros é serviço público essencial”, que não pode apresentar interrupção e deficiência que prejudique o usuário. Consta ainda que a “taxa mensal de gerenciamento”, ou seja, o repasse da concessionária para os cofres da Prefeitura será de 2% sobre a receita tarifária. Tudo isso serve para informar sobre as determinações constantes na lei, portanto são direitos que deveriam estar beneficiando a população. Serve também para que os vereadores e a Prefeitura atentem para o cumprimento do contrato. E não apenas para este contrato, mas para todos os que foram aprovados e que estão em vigor. Porque as leis não podem ficar apenas no papel. E o direito da população a um serviço público eficiente e de qualidade precisa ser respeitado. Estamos aguardando ...

Registro Civil de Pessoas Jurídicas. Comarca de Lorena, n° 25, página 028, Livro B-1

Distribuição quinzenal nas cidades: Lorena, Aparecida, Cachoeira Paulista, Canas, Guaratingetá, Piquete, Potim, Roseira e Silveiras.

Tiragem: 5.000 exemplare

www.jornalvalevivo.com.br contato@jornalvalevivo.com.br

As opiniões e conceitos emitidos nos artigos assinados, não representam a opinião do Jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores.


28 de fevereiro a 13 de Março de 2014

Jornal Vale Vivo

03

Política

Tribuna Livre

Eu tenho aqui duas perguntas para fazer para um amigo meu, o vereador Maximilio, eu vou te dar um minuto para responder. Eu queria olhar nos seus olhos para perguntar. O que o senhor fez com o vereador Max e quem é o senhor?

Vereador e Presidente do Legislativo Cachoeirense Claudio Gaspar em Sessão do dia 18 de fevereiro

Não é só o preço que está dobrado, as quilometragens também estão dobradas...tem rota que está rodando 110 km, 115 km e estão se pagando 300 (km) e vai ser provado tudo isso, vai ser, e eu quero ver a cara e o bufar de alguns aqui... Secretária em vez de você se preocupar comigo você deveria se preocupar com essas rotas aqui que a senhora está assinando cheque e pagando...como já foi na merenda que nós falamos antes aqui senão era outro problema, igualzinho esse daqui, só que desta vez nós não avisamos, deixamos pagar, já pagaram cinco dias e o crime já foi feito, já está pago... Fique de olho secretária, estão gastando o dinheiro da senhora com reforma aí, olha, eu vou pegar secretária Vereador Aurélio da Farmácia durante Sessão do dia 25 de fevereiro, fazendo referência ao polêmico Contrato de Transporte Escolar no município de Cachoeira Paulista

Deputada Aline Corrêa incentiva adesão ao programa Atleta na Escola Teve início em fevereiro o período de adesão de escolas da educação básica, públicas e particulares, ao programa Atleta na Escola. Ação de difusão e formação esportiva escolar de iniciativa conjunta dos ministérios da Educação, do Esporte e da Defesa, o programa será ampliado em 2014 tanto no número de municípios, como de escolas, estudantes e modalidades esportivas. Membro da Comissão de Educação da Câmara Federal, a deputada Aline Corrêa (PP-SP) ressalta que o objetivo do Governo Federal é levar o programa a 100% dos municípios e 40 mil escolas que tenham registrado no censo escolar de 2013 alunos na faixa de 12 a 17 anos. "Para aderir ao Programa, as escolas devem acessar o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE interativo) e informar as modalidades esportivas que vão desenvolver e o número de alunos. O período de adesão das secretarias estaduais e municipais de educação está aberto. As redes fazem a adesão no Plano de Ações Articuladas (PAR)", destaca a parlamentar progressista. Arremesso de peso, judô e voleibol são as

Trabalho do vereador Bello Vereador Bello acompanha de perto os problemas do Jardim Primavera, Ipê, Comerciários, Santo Antonio, Industrial, Novo Horizonte, Santa Rita, Olaria do Simão, Vila Fabiana, Horto Florestal, Parque das Rodovias e cobra providências do prefeito municipal sobre a falta de médicos no Parque das Rodovias e melhorias nos bairros citados acima.

Um dos locais visitados pelo edil Bello, foi a Escola Municipal "Elizabeth Aparecida Pinto", no bairro Santa Rita, onde foram constatados vários problemas

João Luiz nomeia novo Secretário Adjunto de Segurança e Trânsito Na tarde de quarta-feira, 19 de fevereiro, o Prefeito Municipal de Cachoeira Paulista nomeou o Sr. Wendel Sabará, como novo Secretário Adjunto de Segurança e Trânsito. Wendel estava à frente novas modalidades que começam este ano, que se somam às praticadas em 2013 - corrida de velocidade, com provas de 75 metros e de 100 metros; corrida de resistência, de mil metros e de 3 mil metros, e provas de salto em distância. Lançado em maio de 2013, o Atleta na Escola teve a adesão, no ano passado, das secretarias de educação dos 26 estados e do Distrito Federal,

de 4.554 municípios e de 22,9 mil escolas. O Ministério da Educação estima que 2 milhões de estudantes da educação básica participaram da fase escolar do programa. Dados do censo escolar de 2013 mostram que o país tem 194.577 escolas, entre públicas e privadas, das quais 147.307 unidades registraram estudantes na faixa de 12 a 17 anos de idade, que constitui o público do programa.

Conheça a página eletrônica do programa Atleta na Escola - www.atletanaescola.mec.gov.br, e no link: http://goo.gl/tE5rjl , confira as informações sobre o valor transferido/previsto pelo PDDE e suas respectivas ações/destinações, separadas por categoria econômica de custeio e capital e sobre os dados bancários (Banco, Agência e Conta Corrente), das escolas de seu município.

Procon de Guaratinguetá em novo endereço O PROCON (Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor) de Guaratinguetá está atendendo em novo endereço: - Rua Prudente de Moraes, n° 45 - Centro. Mais informações: PROCON: 3122-5218

Novo Secretário Adjunto de Segurança e Trânsito Wendel Sabará

da Defesa Civil há quatro anos, onde sempre fez um trabalho atuante. "Agora tenho um novo desafio na Secretaria de Segurança e Trânsito. Assumi o compromisso de trabalhar com transparência e dedicação para o bem estar dos munícipes e uma cidade melhor", falou o novo Secretário.


Jornal Vale Vivo

04

28 de fevereiro a 13 de Março de 2014

Cidades

Alivinex

CHEGOU A POMADA QUE VOCÊ ESTAVA PRECISANDO! SEBO DE CARNEIRO (lanolina) Em Extratos Vegetais de: Arnica, Copaíba, Mastruz, Andiroba, Arruda, Salsa Parrilha e Confrei

Você encontra nas melhores

USADA CONTRA: DORES MUSCULARES, DORES LOMBARES, ARTRITE, ARTROSE, ETC.

Tel. Contato: (12) 99625-9624

farmácias da região.

Divisão de Saúde de Potim promove abaixoassinado a favor do projeto da SABESP

A

Prefeitura, por meio da Divisão de Saúde está realizando um abaixo-assinado a favor

do projeto da SABESP. A equipe da saúde irá percorrer todos os bairros da cidade recolhendo assinaturas da popu-

lação para enviar junto ao projeto do executivo à Câmara Municipal. Este será o quinto projeto enviado pelo chefe Divulgação

do executivo à Câmara Municipal, que busca a autorização para passar os serviços de tratam e nto de água para a SABESP. Segundo o Prefeito Benito Thomaz, a SABESP é a única capaz de solucionar o problema com rapidez e eficiência. “A Prefeitura não possui recursos para montar uma estação de tratamento de água”, afirmou. Cerca de 60 pessoas estão fazendo o trabalho, entre elas a equipe da Vigilância Sanitária, PSF’s, Diretoria de Saú-

de e de Obras. A equipe de Vigilância Sanitária está orientando a população e fazendo análises da água para mostrar sua má qualidade. “Temos que solucionar com rapidez esse problema, pois se trata da saúde da população”, disse a Diretora de Saúde, Vera Lúcia Santos. Relatórios da SUCEM e CETESB mostram a má de qualidade da água e o alto índice de uma substância denominada “nitrogênio amoniacal”, presente na água do

município que contribui para a proliferação da dengue, entre outras substâncias prejudiciais a saúde. “A população de Potim está crescendo, a cidade se desenvolvendo rapidamente, não podemos mais abastecer a cidade por meio de poços artesianos. Além disso, as pessoas merecem água de qualidade”, disse o prefeito Benito Thomaz. Atualmente o município é abastecido por meio de seis poços artesianos.

Prefeitura realiza reunião de regularização de pousadas e hotéis de Cachoeira Paulista Abaixo-assinado a favor do projeto da SABESP

Os Serviços: Serviços de terraplanagem; Aterros e desaterros; Escavação em geral; Execução de taludes; Demolição; Raspagem e regularização de terrenos; Transporte de terra; Remoção de entulho; Limpeza de terrenos; Serviços de drenagem (galerias de águas pluviais); Locação de máquinas e caminhões.

A Prefeitura Municipal de Cachoeira Paulista, através das Secretárias Municipais de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Administração e Finanças, Trânsito e setor de fiscalização em parceria com o Corpo de Bombeiros e SEBRAE ( S e rvi ç o Bras i l e i ro d e Apoio às Micro e Pequenas Empresas), realizou na noite de 20 de fevereiro, na Câmara Municipal de Cachoeira Paulista, reunião para regulariza-

ção das pousadas, casa de hospedagem e hotéis, contando com a presença de vários empreendedores do município no ramo da hotelaria. A reunião aconteceu pela necessidade da regularização, em virtude de uma notificação do Ministério Público que exige que todos os estabelecimentos funcionem de forma adequada as normas da lei. Os representantes do Corpo de Bombeiros, Te-

nente Merize da cidade de Cruzeiro e Tenente Reis da cidade de Aparecida, informaram aos presentes os meios de como tornar o estabelecimento seguro e a forma de solicitar a regularização através do site de modo simplificado, e o SEBRAE se prontificou a dar assistência e orientação de forma gratuita a todas as empresas, visto que é necessário estar regularizado para se beneficiar do suporte oferecido por eles. Os Funcionários da Prefeitura Municipal cientificaram as formas de regularização das empresas, valores com tributos e a necessidade de possuir um CNPJ que é essencial para o desenvolvimento e crescimento do município trazendo melhorias a todos. Ficando todos cientes da necessidade de adequação, a Prefeitura se dispõe a colaborar com a regulamentação de todos. Fonte: Comunicação PMCP


28 de fevereiro a 13 de Março de 2014

Jornal Vale Vivo

05

Cidades

SADS divulga primeiro relatório de atividades da Casa da Acolhida Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Lorena (SADS) recebeu o primeiro relatório de atividades da Casa da Acolhida, referente ao mês de janeiro. Os dados quantitati-

A

vos do documento, que é uma exigência prevista no convênio firmado entre a Casa da Acolhida e a SADS, foram satisfatórios, segundo informou a secretária da pasta, Zeila Pozzatti. Ela destacou que os resultados dos primeiDivulgação

ros 31 dias dos trabalhos representam avanços nos trabalhos voltados à população de rua. Foram realizados 12 encaminhamentos (aconselhamentos), 80 banhos, 11 corte de cabelo e corte de unha, além de servidos 80 lanches. O relatório aponta também que 52 pessoas receberam roupas e 73 puderam desfrutar do espaço para repousos. Todas as pessoas atendidas são cadastradas. Os interessados em indicar a Casa da Acolhida a alguém, ou ajudar de al g u m a f o rm a, p o d e m entrar em contato pelos telefones 12-3157-1233 ou 12-99719-7720.

Falecimentos

Plano de Assistência Familiar Rua São Sebastião, 169 Centro - Cachoeira Paulista - SP (12) 3101-1755 / (12) 3103-2271 (12) 3157-1673 / (12) 3156-1638 www.funerarianovavida.com.br Cachoeira Paulista 13/02/2014 - Bernardino Guimarães Neto 14/02/2014 - Ana Luiza Capucho Ramos Lopes 15/02/2014 - Rita Alves dos Santos 16/02/2014 - Benedito Ribeiro 16/02/2014 - Joel Norberto de Abreu 18/02/2014 - Cinira Martins Alves 19/02/2014 - Mariana de Almeida Barros 20/02/2014 - Benedito Ambrozio dos Santos 22/02/2014 - Luiz Eduardo B. Fortes 22/02/2014 - Benedito Egídio de Faria 23/02/2014 - Laura Soares de Amorim 25/02/2014 - Januário Afonso de Oliveira 25/02/2014 - Geraldo Ribeiro da Silva 25/02/2014 - Claudio da Silva Barros Piquete 14/02/2014 - Sergio Felipe Arantes Lorena 12/02/2014 - Alice Ventura de Oliveira 17/02/2014 - Kanio Kanno Silveiras 15/02/2014 - Rita Alves dos Santos 19/02/2014 - Benedito Maria da Silva 21/02/2014 - Jovino Raymundo Filho

Breve histórico: Desde o início de 2014, os moradores de rua de Lorena contam com maior apoio por meio da Casa da Acolhida, que, como o próprio nome sugere, acolhe pessoas em situação de vulnerabilidade social. Integrantes do Programa SIS - RUA (Sistema de Rua), no Centro Social ADBPAR, na Vila Cida, vinham realizando o trabalho de abordagem dessa população. Agora, de maneira sistematizada, o programa assiste pessoas durante dia e noite e, além do acolhimento inicial oferecido pelo abrigo, o CREAS realiza um acompanhamento

das pessoas que, por falta de opção ou problemas pessoais, vivem nas ruas. A Casa da Acolhida fica

na Av. Eugênio Borges, 799, na Vila Cida. Fonte: Secretaria Comunicação Social


06

Jornal Vale Vivo

28 de fevereiro a 13 de Março de 2014

Silve COMPLETANDO 172 ANOS

A pia batismal de minha terra A implantada aqui em Silveiras há vários séculos merece este registro. Penso sempre, penso mais do que você leitor esteja avaliando, por curiosidade ou não. Nesta Pia, ao aspergir a água - benta, simbólica, centenas ou milhares de conterrâneos receberam as bênçãos da religiosidade cristã, chorosos nos colos dos padrinhos, dos avós presentes, das mães iniciantes ou não, e aquele reverendo calejado e abençoando com falas outrora em Latim e hoje em português numa geradora Fotos: Alberto Gorou Yamamoto

Brasão do Município

força, para mim, de rara e difícil compreensão. Daquela pia, tal qual ventre sagrado, saíram e saem artistas dos mais originais. Semeiam manifestações incríveis que fizeram e fazem da minha terra um marco único aos que nos conhecem e avaliam, mesmo à distância. Poetas, escritores, intérpretes, compositores, violinistas e violonistas, dançarinos, escultores, pintores, decoradores, modistas, artesãos, cantores, improvisando situações incríveis, numa multiplicação especial, formando a marca cultural dos silveirenses através dos tempos ... Caminhar, ver com o olhar de VER, ouvir para ESCUTAR, perceber de FATO que comunidade é esta dominada por uma Alma Cultural, com a presença da arte em cada esquina, nos botecos, nos quintais (magníficos, onde se misturam artesanato, horta-pomar e galinhada criando original galeria de arte) , que repito , precisamos

Casarão, atual sede da Prefeitura Municipal

Mercado Bo

Disk: (12) 3 Cel.: (11) 99863-3778

Av. Ciro Moreira d Silveir


28 de fevereiro a 13 de Março de 2014

Jornal Vale Vivo

eiras NO DIA 28 DE FEVEREIRO ter o Olhar para Ver e o coração para Sentir ...ignorando a crítica preconceituosa , porém a soma inacreditável desta comunidade única, guerreira que atravessou os séculos com sangrentas revoluções, frustrações terríveis na economia, mas que a arte nos mantem unidos e atentos .....e todos passamos pela Pia Batismal ....de Silveiras. Risos de adultos naquele momento, abraços e saudações e os chorinhos dos pequenos tal qual gritassem: dentro em breve estarei mostrando e somando a alma artística de minha terra Silveiras. Quando festejamos os cento e setenta e dois anos do nosso município, caminho pelas ruas, montanhas, cenários, bairros afastados, visualizo grotas, cachoeiras, as Trincheiras, os artesãos, artífices, o canto da passarada, os bosques circundando o berço destes artistas fantásticos. Saber que temos intérpretes radicados fora da América, outros com seus textos em vários idiomas, telas

Cruzeiro marca a revolução de 1942

om Ventura

3106-1417

de Andrade - 1519 ras - SP

expostas em museus internacionais ou em discretas paredes domésticas, cantorias nas praças, violeiros nos quintais, nas encruzilhadas e caminhadas em torno de outrora ranchos, hoje adequados à recepção dos turistas. Todos merecemos este presente do berço natal, um ventre capaz de gerar alegria e paz social através da arte, indestrutível e que haverá de ficar conosco, através dos tempos.... E aos setenta e cinco anos, faço uma mensagem de gratidão aos tropeiros e ao seu abrangente ciclo, contribuição digna nesta formação de artistas indestrutíveis... Todos temos a mesma origem em torno dos ranchos, das tropas e dos seus responsáveis. Em tempo, e na culinária ocorre a partilha tal qual a hóstia de nossas vidas . Bendita seja a nossa Pia Batismal...

07


08

Jornal Vale Vivo

28 de fevereiro a 13 de Marรงo de 2014


28 de fevereiro a 13 de Março de 2014

Jornal Vale Vivo

09

Cotidiano Jovem apaixonada pela literatura implanta Projeto no bairro Embaú em Cachoeira Paulista Roda de Leitura na Praça - Contação de Histórias, foi o nome escolhido para o Projeto Tatiane Inocêncio

A

Redação do Jornal Vale Vivo conheceu de perto a paixão pela literatura da jovem Camila Rodrigues, de 24 anos, moradora do bairro Embaú em Cachoeira Paulista. Estudante do curso de Letras pela Faculdades Integradas Teresa D’Ávila - FATEA, Camila conta que o amor pela literatura invadiu a sua alma, desde o início do curso. “Havia uma sede de conhecimento que não se esgotou com o tempo, mas que me impeliu a continuar de alguma forma ‘’matando

Roda de Leitura a sede da minha alma pela literatura’’. A jovem relata que,

em um domingo de fevereiro (02), passeando pelo bairro, ao passar

pela praça “Luiz Carlos Fleming”, sua mente começou a divagar algo muito mais do que simplesmente estava vendo e a possibilidade de implantar naquele local (Praça) um projeto cultural veio à mente. “Fiquei escrevendo, reescrevendo e detalhando como gostaria que fosse realizado este projeto e lancei-me de corpo e alma com a única esperança de transformar o meu bairro em um lugar de espaço cultural para que nossas crianças, adolescentes, jovens e idosos tivessem um lazer a nível cultural, assim reuni um

grupo de crianças e adolescentes e disse a eles do que sentia e do que queria e prontamente aceitaram a me ajudar, sendo voluntários e divulgadores deste projeto”, disse Rodrigues. Diante do sinal positivo, a idealizadora, relata ainda, que após a primeira reunião sobre o Projeto, todos se mobilizaram para divulgar pelas redes sociais, no bairro, pelas escolas, passando de sala em sala convidando todos a participarem. “Estava apreensiva mais deu tudo muito certo naquele dia, estavam

presente todas as faixas etárias da qual meu objetivo era atingir, foi como u ma b a l sa mo, poi s de fato estava no caminho certo”, relata Camila. “Meu objetivo não é outro a não ser este, incentivar a leitura, fazer do meu bairro um lugar diferente, fazer a diferença usando os livros, exercitando a cultura que exercita a imaginação e expande-se o vocabulário”, ressalta Rodrigues e finaliza: “Tenho muitos sonhos para este projeto e ao longo deste ano muitas gratas surpresas virão. Basta sonhar e acreditar!”

Programa de Coleta Seletiva é realidade em várias cidades do Brasil Atualmente várias cidades do Brasil estão implantando o programa de coleta seletiva. Os municípios tem adotado dois tipos de coleta seletiva, o sistema porta-a-porta e o de entrega voluntária. Essa prática começou a ganhar força no país em 1999 com o surgimento do "Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR)". Porém, muitas pessoas confundem a coleta seletiva com a reciclagem, sendo que cada uma tem a sua função especifica: A coleta seletiva é o ato de separar o lixo, para que o mesmo seja enviado para a reciclagem. De acordo com o Instituto GEA a coleta seletiva pode ser realizada por uma pessoa ou por um grupo, que se interessam pelo futuro do meio ambiente, porém, alertam que para realizar este tipo de trabalho é necessário que haja um planejamento.

Já a reciclagem tem como objetivo transformar os materiais usados em outros produtos, que possam ser comercializados. De acordo com o Doutor em Ciências Sociais, Paulo Sena, numa perspectiva sociológica, antropológica e educacional, a coleta seletiva é uma atividade que dá à sociedade do consumo um elemento temporal para retardar o colapso do ambiente. Nesse espaço temporal, essa sociedade precisa discutir os níveis de consumo e descarte, pois chegará o tempo que a Coleta Seletiva não mais será suficiente para a manutenção do status de consumo humano. Como implantar o programa de coleta seletiva Segundo o biólogo, Mauro Sérgio de Souza, para se ter um programa de coleta seletiva eficiente é necessário seguir alguma regras, como: • Separar os materiais por tipos (plásticos, pa-

pel, vidro, metais, orgânico, etc), pois, sem esse processo não é possível reciclar; • Todo esse procedimento envolve uma economia, indústrias e colaboradores são beneficiados com geração de lucro e postos de trabalho; • Os processos de reciclagem, de modo geral, geram novamente uma matéria - prima de qualidade para ser reutilizada e exige menos desperdício de água e energia; • A coleta seletiva ajuda a aumentar a conscientização da população em relação ao consumo sustentável e a preservação do meio ambiente; • Com a coleta seletiva todos os resíduos são devidamente descartados e evitam a poluição do solo e lençóis freáticos, além de evitar a poluição das ruas e esgotos que podem causar enchentes e, consequentemente, grandes prejuízos aos cofres pú-

blicos e aos moradores das cidades. Vantagens e desvantagensda coleta seletiva De acordo com o Paulo Sena, a coleta seletiva apresenta as seguintes vantagens e desvantagens. Vantagens: Diminui o uso de recursos naturais in natura; exercício do saber humano para a conservação dos recursos naturais; Retarda o colapso ambiental de suprimentos naturais; Gera novos modos de usabilidade para os produtos e recursos e justifica a importância da produção. Desvantagens:De acordo com o biólogo, a questão da empregabilidade é a maior desvantagem, pois o tipo de consumo que adotamos sugere que consumamos muito e descartamos muito. Para os dois movimentos adotados há a necessidade de se empregar mais para produzir, distribuir,

consumir e recolher os descartes e até criar novos tipos de empregos os catadores de recicláveis. Mas, estamos criando um problema social, visto que se um dia quisermos adotar um novo modo de consumo e descarte, menores, isso gerará um desemprego em massa e um colapso econômico mundial. Assim, minha tese é que estas técnicas e pro-

cessos não resolvem o problema, mas o projeta para as gerações futuras não é possível acreditar em um saber gerador de respostas que esteja atrelado ao um sistema que não quer se pensar di f eren te u m “Ca pi ta lismo com menor consumo, menor produção, menor empregabilidade, isso não é inerente ao conceito de Capitalismo Ocidental”.

Projeto Recicla da Unimed de Lorena Com o intuito de preservar o meio ambiente e dar uma destinação ecologicamente correta para os cartões inutilizados de seus associados, a Unimed Lorena

conta com um aparelho para triturar os cartões inservíveis, que caem em um reservatório e posteriormente é dada a destinação correta aos resíduos.

Coleta Seletiva no Vale do Paraíba No Vale do Paraíba várias cidades já adotaram o sistema da coleta seletiva, muitas delas através de cooperativas como é o caso da cidade de Guaratinguetá, que a 12 anos conta com o trabalho da cooperativa "Amigos do Lixo" para realizar este trabalho. De acordo com o Assessor Técnico Especializado, José Henrique Caldeira Soares, atualmente a cooperativa conta trinta cooperados. "A SAEG fornece os caminhões, motoristas e coletores para o recolhimento dos resíduos recicláveis, que são entregues na Cooperativa pra que eles façam a separação e o devido acondicionamento", disse José Henrique. A Cooperativa "Amigos do Lixo", está localizada na Es-

trada Rafeal Americo Ranieri, 999, segunda a sexta - feria, das 8h ás 17h. Os munícipes também tem a opção de levar o seu material reciclável diretamente na cooperativa. Segundo Paulo Sene, o trabalho de coleta seletiva

no Vale do Paraíba ainda é muito limitado, apesar de importante. A limitação fica por conta dos tipos de produtos que são trabalhados no Vale, que consomem uma pequena diversidade de matéria prima. Um exemplo é em Lorena, Suellen Manzaneti de Oliveira

que apesar do sucesso da experiência de coleta seletiva, ainda há um descarte de vários tipos de materiais, entre eles o vidro, que ainda não está na esteira de produção regional, como o papel e o plástico. Outro fator importante no programa da coleta seletiva são os estudos para o aprimoramento deste trabalho. “Sempre há reestruturações a fazer, pois os meios produtivos vão se desenhando e o redesign exige novas estruturas, não é diferente com a coleta seletiva, que avança para a diversidade de desprodutos e que está a reboque das linhas de produção com ciclos de vida de produtos mais sustentáveis”, afirmou Paulo Sena.

Funcionária Elaine demonstra utilização do aparelho


10

Jornal Vale Vivo

28 de fevereiro a 13 de Marรงo de 2014


28 de fevereiro a 13 de Março de 2014

Jornal Vale Vivo

Classificados

Anuncie aqui!!

comercial@jornalvalevivo.com.br EXTRATO DE CONTRATO Nº005/2014 Contratante: Prefeitura Municipal de Roseira Contratado: TB DALFRÉ EPP - CNPJ Nº10.928.193/0001-07 Valor: R$ 53.277,00 (CINQUENTA E TRÊS MIL, DUZENTOS E SETENTA E SETE REAIS) Objeto: AQUISIÇÃO DE CORTINA E CONDICIONADORES DE AR Data da assinatura: 19/02/2014 Vigência do Contrato: 11(onze) meses Fundamentação legal: FUNDA-SE NOS PRECEITOS DE DIREITO PÚBLICO, PELO QUE DETERMINA A LEI FEDERAL N°. 8.666/93, APLICANDO OS PRINCÍPIOS DA TEORIA GERAL DOS CONTRATOS E AS DISPOSIÇÕES DE DIREITO PRIVADO. PRC nº007/2014 - Pregão nº 006/2014 Prefeito Municipal:Jonas Polydoro Pregoeiro:Luís Henrique Caltabiano

11

Vendo um Jazigo com 2 gavetas no Parque Memorial

de Lorena Ótimo preço. Tratar pelo telefone 31534780 EXTRATO DE HOMOLOGAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE ROSEIRA Pregão 006/2014 - Processo - n°007/2014 Objeto: CORTINA E CONDICIONADORES DE AR Empresa vencedora: TB DALFRÉ EPP Valor Total: R$ 53.277,00 (CINQUENTA E TRÊS MIL, DUZENTOS E SETENTA E SETE REAIS) Data da assinatura da homologação: 18/02/2014

AV. Papa João XXIII, 211 - Jd. Margarida - Lorena/SP - CEP: 12604-090 Tel.: (12) 3152-4812 - smv@sandravitorinoimoveis.com.br

www.sandravitorinoimoveis.com.br Casa - Vila Geny - cód.: 0194 - 4 quartos (1ste), sala de estar, sala de jantar, cozinha modulada, banheiro social, área de serviço, piscina, área de churrasqueira c/quarto e banheiro e garagem coberta p/2 carros R$ 420.000,00 Casa - R ua Jair Januzelli - Vila Nunes - cód.: 0210 - 2 quartos (1ste), sala de estar, sala de jantar, cozinha americana, banheiro social, área de serviço, quintal e garagem p/2 carros (Término da obra - abril/2014) Casa - Rua Alagoas - Industrial - Cód.: 0211 -2 quartos (1ste), sala, cozinha, banheiro social, área de serviço, quintal e garagem p/2 carros (Término da obra - abril/2014) Casa - Rua 7 de setembro - Cód.: 0207 - 3 quartos (1 ste), sala c/2 ambientes,sala de jantar, cozinha modulada, banheiro social, área de serviço c/banheiro e quarto, garagem coberta p/1 carro. Sobrados (novos) - Vila Nunes (Rua 12) - cód.: 0198 - 3 quartos (1ste), sala de estar, sala de jantar, cozinha, banheiro social, área de serviço, quintal e garagem coberta p/2 carros. - R$ 320.000,00 Apartamento de 170m², em Ubatuba - cód.: 0200 - Hall de entrada, 4 salas (estar, jantar, jogos e T.V.), cozinha americana (planejada), lavabo, 3 dormitórios (1 ste c/ closet - todos os dormitórios têm armários embutidos), garagem coberta p/2 carros . - R$ 450.000,00

Água de enchente pode causar Leptospirose Se não tratada corretamente a leptospirose pode levar a morte

Carla Moura Freelancer Depois de um longo tempo de seca na maioria das cidades do Brasil, teve inicio nos últimos dias o período das chuvas fortes, que além de causar danos materiais, mortes, também é responsável por diversas doenças que

são adquiridas através das águas sujas. Entre as doenças ocasionadas pelas enchentes está a leptospirose. Em época de enchentes esta doença fica mais evidente devido vários casos da doença, pois nessas águas encontra-se a urina do rato que é o principal transmissor da

leptospirose. A leptospirose é uma doença infecciosa causada por uma bactéria chamada Leptospira. Além, dos ratos a leptospirose também é encontrada em animais bovinos, suínos e caninos. A bactéria da leptospirose penetra no organismo por meio das mucosas e da pele íntegra ou com pequenos ferimentos, disseminando na corrente sanguínea. Sintomas • Dor de cabeça; • Febre; • Dores pelo corpo principalmente nas panturrilhas; • Icterícia (amarelão) • Dor no tórax; • Olhos vermelhos. • Tosse; • Cansaço; • Diarréia; • Náuseas; • Desitratação; • Meningite; • Manhas vermelhas pelo corpo. Os sintomas desta doença geralmente aparecem de 1 a 30 dias depois do contato com a água contaminada. E desaparece depois de três ou quatro dias. Diagnóstico As pessoas que tiverem contato com água de enchente e apresentar algum

O acúmulo de lixo nos bueiros pode causar enchente o que aumenta a possibilidade de contrair a leptospirose dos sintomas citados, deve fazer exames sorológicos para diagnosticar a doença, porque muitas vezes, devido os sintomas serem parecidos com outras enfermidades a leptospirose é tratada como uma simples gripe, hepatite, dengue. Tratamento A leptospirose é tratada com remédios antibióticos e outras medidas de suporte, e deve ser sempre acompanhada por um médico. Os casos mais leves podem ser tratados em ambulatórios, e em

casos graves o paciente deve ser internado. Prevenção As regras para evitar contrair a leptospirose é simples e eficiente quando são colocadas em prática: • Evite contato com água ou lama de enchente; • Não deixe criança brincar em água contaminada; • Lave bem os alimentos, especialmente frutas e verduras que serão consumidas cruas; • Vacine seu animal e mantenha rigorosamente limpas as vasilhas em que

são servidos alimentos e água; • Não deixe as caixas d’água destampadas; • Use luvas e botas de borracha se trabalhar em ambientes que possam ser reservatórios da Leptospira; • Medidas que envolvam o meio-ambiente como, por exemplo, obras de saneamento básico; • Melhorias de habitação; • Não se automedique se suspeitar de infecção pela bactéria da leptospirose;


Jornal Vale Vivo

12

28 de fevereiro a 13 de Março de 2014

Cultura

Coral Caxu canta e encanta no Restaurante do Ocílio Ferraz Roberto Mendes

Da Redação

Segunda-feira, 10 de março - Praça Dr. Benedito Meirelles 9h às 17h - Serão realizadas atividades como aferição de pressão arterial, taxa de glicose e

Sábado - 01/03 Matinê e Blocos de Embalo

Segunda-feira - 03/03 Matinê, Grupo de Axé e Blocos de Embalo Terça-feira - 04/03 Matinê, Escola de Samba BONECOS COBIÇADOS e Bloco de Embalo Aparecida: Quinta-feira - 27 de fevereiro Bloco da Fiel Local: Centro de Eventos da Praça Keneddy. Horário: das 16h às 0h

Coral Caxu senta, SUCESSO. Com um público estimado em mais de 150 pessoas, todos os presentes se divertiram, embalandos ao som das marchinhas entoadas pelos integrantes do Coral. Em um ambiente agra-

dável com uma culinária excepcional preparada pelo mestre-cuca Ocílio Ferraz, a emoção foi inevitável. Parabéns pela apresentação. Para fazer parte do Coral Caxu é necessário apenas ter VONTADE de cantar e

ter idade mínima de 6 anos (saber ler). As inscrições podem ser feitas pelo telefone (12) 3101-3083 (Farmácia Substrato, com Heloísa) ou pelo e-mail coralcaxu @gmail.com (com Thamy).

Confira a programação da Semana da Mulher 2014 em Aparecida: Sábado, 8 de março Santuário nacional 9h - Missa no Santuário Nacional de Aparecida com transmissão ao vivo pela TV Aparecida 20h - Forra na Praça Dr. Benedito Meirelles

Potim Folia: Sexta-feira - 28/02 Escolha da Rainha e Rainha Gay

Domingo - 02/03 Matinê e Grupo de Axé

N

o dia 23 de fevereiro, o Coral Caxu de Cachoeira Paulista, fez apresentações “Pré-Carnaval”, cantando marchinhas e sambas dos tempos antigos _ resgatando músicas de uma das maiores festas típicas do nosso país !!! O espetáculo “Cordão do Coral Caxu 2014”, ocorreu no “Restaurante-Fazenda” do Ocílio Ferraz em Silveiras e não podia ser diferente dos demais eventos onde este belíssimo Coral, (sob a regência de Thamy Quintanilha, que atua também em Campinas e São Paulo, onde é cantora integrante do Coral Lírico Jovem do Theatro Municipal e da Cia Jovem de Ópera do mesmo teatro) se apre-

Carnaval 2014

agendamento de exame papanicolau. Haverá distribuição de cartilhas informativas sobre violência contra a mulher, peças teatrais, barracas de artesanatos, e brinquedos infantis. Terça-feira, 11 de março - Praça Dr. Benedito Meirelles 9h às 11h - Em parceria com a academia Happy Day. Serão realizadas avaliação física, cálculo de IMC e flexibilidade.

Haverá brinquedos infantis, barraca de artesanato e participação do Conselho Tutelar de Aparecida. Quarta-feira, 12 de março - Praça Dr. Benedito Meirelles 9h às 11h - Atendimento Social 9h às 17h - Exames de taxa de glicose, aferimento de pressão e agendamento de exame papanicolau. Atendimento de cabeleireiras incluindo corte de cabelo, escova

e maquiagem. Também haverá artesanato e atendimento do CEMEP Artesanal a respeito de cursos profissionalizantes. 13h às 17h - Avaliação Postural com Fisioterapeutas e orientações nutricionais. Também haverá brinquedos, barracas de artesanato e participação do Albergue de Aparecida. 18h - Apresentação da Banda Municipal Quinta-feira, 13 de março - Praça Dr. Benedito Meirelles 9h às 17h - atendimento de cabeleireiras, incluindo corte de cabelo, escova, maquiagem, artesanato e pintura, atendimento com o CEMEP Artesanal na prestação de informações sobre Cursos Profissionalizantes. Brinquedos infantis, exposição de artesanato “Obra do Berço” e participação do Conselho Tutelar. Sexta-feira, 14 de março - Câmara Municipal de Aparecida 19h - Homenagem às mulheres que prestam serviço em diversas áreas do município. Apresentação da Banda Municipal de Aparecida

Sexta-feira - 28 de fevereiro Bloco Pé na Cova Local: Quadra da Rua 1º de maio - Bairro Santa Rita Horário: das 16h às 0h Sábado - 1º de março Bloco Pé de Cana Local: Praça Santa Rita Horário: das 16h às 0h Domingo - 2 de março Bloco Caldeirão Local: Centro de Eventos da Praça Keneddy. Horário: das 18h às 0h Terça-feira - 4 de março Bloco da Ressaca Local: Centro de Eventos da Praça Keneddy. Horário: das 18h às 0h Guaratinguetá: Local da folia: Av. Presidente Vargas Dia 28/02 - sexta Blocos de Embalo, com início às 18h Dia 01/03 - sábado Banda Mole Dia 02/03 - domingo Blocos de Embalo, com início às 17h Dia 03 e 04/03 - segunda e terça-feira Desfile das Escolas de Samba, com início às 20h30 Lorena: Local dos desfiles: Av. Targino Vilela Nunes Dia 01/03 - sábado Bloco Arco-Íris Bloco 100% Dia 02/03 - domingo Bloco Vai querer Dia 03/03 - segunda Desfile das escolas do 2º Grupo Gavião Imperial (21h) União São João (22h) Império do Vinagre (23h) Dia 04/03 - terça Desfile das escolas do 1º Grupo (21h) Portela (21h) Nova Lorena (22h) Acadêmicos (23h) Estrela Dalva (00h) Vila Nunes (1h) Cachoeira Paulista: A Festa popular vai ocorrer na Praça Prado Filho no centro Dia 28/02 - sexta Batuque Geral Dia 01/03 - sábado Blocos e animação com a BANDABALA Dia 02/03 - domingo Escolas de Samba e animação com Toke Folia Dia 03/03 - segunda O tradicional Bloco da Raia e a Banda Wixer (que também fará apresentação no dia 04/03 - terça-feira)


Edicao76