Page 1

jornalofoco.com.br [ESPORTES] Grêmio Mangaratibense: denúncias, paciência e esperança

Página 6

[ESPECIAL SHOPPING] Contamos tudo sobre o PátioMix Costa Verde. Cinemas ainda não funcionam

Página 12

[beleza] Itaguaiense é uma das 13 finalistas do Miss Baixada 2010

O FOCO [aumento?]

Câmara derruba veto do reajuste ao magistério

Página 12

Ano 5 | Edição 89 1ª Quinzena Novembro de 2010

[Caso Shamira]

[MASCOTE Olímpico] divulgação

Simpático, com aproximadamente 1,5 metros e 20 quilos, o Muriqui é uma espécie em extinção

DESCASO Roger falta. Convocados esquecidos

Sessão tumultuada levou dezenas de professores ao plenário com faixas e cartazes.

Vereadores acatam ausência de secretário. Demais envolvidos sequer são mencionados em sessão para tomar depoimentos.

[saúde]

[179 anos]

Página 3

Página 5

elizeu santos/pmm

Sessão solene homenageia cidadãos Anônimos e políticos importantes participam do evento que marcou a passagem do aniversário de Mangaratiba.

Samu começa a operar dia 24

Página 7

[personagem]

Vai empada ?

Serviço de atendimento de urgência contará com três ambulâncias.

Página 5

[seropédica]

Vereadores discutem orçamento Audiência pública foi marcada por confusão sobre Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e críticas à administração anterior (Darci dos Anjos). O vereador Valtinho (PSDB) esbravejou que o governo de Seropédica sempre foi “uma piada”.

Vereadora Maria José é esquecida dentro da Câmara Página 11

A autora dessas deliciosas empadas é muito conhecida e tem muita história para contar. Descubra quem é o personagem em foco dessa edição.

Página 12

[gastronomia]

Muriqui na briga pelo Ouro

Comida com amor

Primata que dá nome ao distrito de Mangaratiba entra na disputa para ser o mascote das Olímpiadas de 2016

Restaurante em Mangaratiba conquista quatro estrelas.

Página 3

Página 13


2

1ª quinzena de novembro de 2010

O FOCO

opinião [editorial]

[FOCO NO LEITOR] Participe desta seção: leitor@jornalofoco.com.br

Motivos para comemorar? A bela Mangaratiba é ainda jovem. São das à cidade. A matéria está na página 3. menos de 200 anos de história político-adO triste caso Shamira parece que está ministrativa, e, como todo jovem, é dada a mesmo fadado ao esquecimento das aurebeldias, indefinições. A adolescência de toridades. É o que denuncia a matéria da uma cidade existe? Bem, a julgar pelos úlpágina 5. A sessão da Câmara que ouvitimos acontecimentos, sim. Mangaratiba é ria os depoimentos dos envolvidos na verprova disso. A turbulência política demonsdade nada acrescentou à investigação. Tetra que os tempos de paz precisam chegar, memos que o caso seja abafado. assim como tempos de mais justiça social, Na parte de Cultura, entrevistamos a menos desigualdades, mais saneamento, jovem Miss Itaguaí, de apenas 16 anos. bom transporte, opções de Ela é a candidata da Cilazer etc. Se é costume cedade do Porto ao concurlebrar, que seja pela coraso Miss Baixada. Vale a Uma edição gem dos primeiros habitantorcida na página 12. recheada de tes, em guerra constante, Na Gastronomia, uma piratas, índios. Um passahistória de amor. Sim, elas matérias do de religiosidade com os ainda existem. Curioso? interessantes, jesuítas, a dependência em Corra até a página 13. dedicada a relação aos demais municíNa parte relativa ao Popios, que demorou a acader, confusão é o que não você, leitor bar. A festa do café, da bafalta. Confusão 1: na Cânana, tempos de desenvolmara de Mangaratiba muita vimento. Parte desta história emocionante é gente foi acompanhar a votação sobre o vecontada para você, leitor, em um infográfito ao aumento dos professores. Tumulto geco na página 7, junto com a cobertura da ral. Confusão 2: audiência pública em Serosessão solene da Câmara. pédica não resolve muita coisa sobre o orçaUm macaco olímpico pula nas nosmento da cidade para 2011. Diretrizes consas páginas. É que talvez o primata que já traditórias. Anotamos tudo e preparamos as foi abundante em Mangaratiba seja eleito matérias para você na página 11. símbolo das olimpíadas Rio 2016. É o que Só falta uma coisa: você ler. desejam cientistas, políticos e pessoas ligaAté a próxima!

[ ]

Parabéns Quero agradecer a publicação da matéria “O claro Emil” neste prestimoso e importante jornal “O Foco”, na edição de 24/09/2010. Ressalto que a matéria expressa corretamente o que conversei com vocês, e da forma como foi elaborada pelo jornalista Ju-

py Junior, demonstra que vocês praticam um jornalismo sério, isento, o que é muito importante para a comunicação. Matérias com o enfoque cultural é sempre enriquecedora para o leitor. Meus agradecimentos sinceros. Emil de Castro

Mande a sua contribuição para O FOCO. Ela pode inclusive dar origem a uma reportagem sobre o seu bairro. Mande cartas ou e-mail (endereços no expediente, no final dessa página).

[Foto Destaque] O sol por entre as nuvens na praia de Mangaratiba oferece uma inspiração a mais para quem pode apreciar os esplendores da natureza. Este registro, feito pelo jornalista Jupy Junior, dá a exata noção de como a natureza é exuberante no município, e não há quem deixe de admirar o fim de tarde quando o sol resolve romper as nuvens da primavera.

observatório [thiago melo]

thiagomelo@jornalofoco.com.br

Plano de Cargos e Carreiras é inconstitucional

[EM BUSCA DA FAMA] marco antônio gamboa

O órgão especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro reconheceu por unânimidade a inconstitucionalidade da lei complementar n.° 6/2008, o famoso Plano de Cargos e Carreiras da Prefeitura de Mangaratiba. O julgamento do processo n.° 0019722-69.2010.8.19.0000 aconteceu dia 22.

SEGUE...

Para quem não se lembra, a aprovação da bendita lei gerou muita discussão entre Legislativo e Executivo. Depois de aprovado pelos vereadores, o então prefeito de Mangaratiba, Aarão de Moura Brito Neto, decidiu vetar o plano, que segundo ele, teria sido alterado pelos vereadores. A Câmara então quebrou o veto e sancionou a lei complementar n. 6. A questão foi parar na Justiça.

PURA BALELA

O caso da morte da pequena Shamira comoveu Mangarati-ba. Os pais da menina suspeitam que a sua morte tenha sido causada por erro médico. Devido a repercursão o fato chegou às discussões da Câmara. Alguns vereadores muito preocupados com a situação, fizeram questão de convocar imediatamente o secretário de Saúde e os envolvidos. Eles queriam respostas imediatas, afinal a mídia, não parava de repercutir o assunto. Resultado: o secretário de Saúde, faltou por duas vezes a convocação; os demais envolvidos, também, e sequer foram lembradas. Tal descaso nos faz pensar que todos aqueles discursos, impregnados de idealismo e defesas ao menos favorecidos, de alguns vereadores, é realmente PURA BALELA ou então exercício de retórica, para não dizer outra coisa!

O FOCO

Pedro Gracindo e Hugo Leão são dois dos atores que se apresentam na peça “Clandestinos”, de João Falcão, em cartaz no Teatro Municipal de Itaguaí no próximo dia 3/12. O premiado espetáculo é uma comédia baseada nas histórias de jovens artistas em busca de uma grande chance. O sucesso foi tanto que a TV Globo convidou o diretor João Falcão para transformar a peça em seriado, ainda em exibição, às quintas-feiras. Imperdível. Informações: (21) 2688-2287.

VÁRIAS LÉGUAS SUBMARINAS Começa na sexta-feira (26) a instalação dos cabos submarinos que vão levar energia elétrica às Ilhas da Marambaia e Jaguanum. A notícia foi dada nesta terça-feira (23) pelo secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca de Mangaratiba. De acordo com Giovanni Kede, pelo menos quatro cabos, com 9.200 metros de extensão cada, serão lançados na Baía de Sepetiba. Eles serão armazenados numa espécie de duto. O primeiro cabo será instalado a partir de uma chata (tipo de embarcação), que conterá um carretel gigante. O lançamento será na sexta-feira, em Coroa Grande, Itaguaí.

acesse www.jornalofoco.com.br • telefone: (21) 2780-2520 e 8254-9275 • e-mail:redacao@jornalofoco.com.br

Diretor Geral/Editor-Chefe: Thiago Melo (MTB 25.806/RJ) thiagomelo@jornalofoco.com.br Diretora Comercial: Marina Melo marinamelo@jornalofoco.com.br Editor: Jupy Junior (MTB 28.085/RJ) Reportagens: Thiago Melo, Jupy Junior Colaboradora: Carla Araújo Diagramação e Projeto Gráfico: T.M. Comunicações Impressão: NewsTech

Circulação:Seropédica, Itaguaí e Mangaratiba Redação: Avenida Cândido Jorge, nº 167, Sobreloja, Muriqui - Mangaratiba, RJ, Cep.:23.870-000 Matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal O FOCO sendo as mesmas de inteira e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

DIREÇÃO [direcao@jornalofoco.com.br] FALE CONOSCO [leitor@jornalofoco.com.br] PUBLICIDADE [comercial@jornalofoco.com.br] ASSINATURA [assinaturas@jornalofoco.com.br]

T.M. Comunicações LTDA. CNPJ: 07.600.975/0001-08 Inscrição Municipal: 6077


1ª quinzena de novembro de 2010

3

O FOCO

cotidiano [HOLOFOTE] [MEIO AMBIENTE] Papai Noel sequestrado A peça A grande oficina do Papai Noel será apresentada no próximo domingo, (28/11), no Santa Cruz Shopping. A entrada é franca, e a sessão é às 16h. A encenação conta as aventuras do Papai Noel sequestrado na noite de Natal, e dos brinquedos que tentam resgatá-lo. O Santa Cruz Shopping fica na Rua Felipe Cardoso, 540 – Santa Cruz - Tel: (21) 2418-9400. Réptil em S. Cruz Aconteceu em Santa Cruz: um jacaré estava almoçando e jantando os patos e galinhas de um morador. Cansado do prejuízo, ele chamou o Corpo de Bombeiros e o ani-mal foi capturado: o jacaré tem aproximada-mente 1,5m e cerca de 50kg. Seu novo endereço será em Seropédica, no Centro de Triagem de Animais Silvestres, do Ibama. Proteção ao pré-sal Seis submarinos nucleares e mais 20 convencionais nos próximos anos. A meta é da Marinha do Brasil, que já constroi o primeiro deles, ao custo de 2 bilhões de euros. As demais unidades custarão em torno de 550 milhões (euros também). A frota terá como função principal proteger o pré-sal. Minério bom, mais terra O site Portos e Navios (www.portosenavios.com.br) noticiou que a LLX, de Eike Batista, sonda terrenos em Itaguaí para aumentar a área de depósito de minério de ferro. As possíveis aquisições dependem ainda da avaliação do minério prospectado em Serra Azul (MG). Se o minério for bom, as terras ficarão valorizadas. A conferir.

Macaco olímpico

divulgação

Muriqui, que dá nome ao distrito de Mangaratiba, pode se tornar mascote da Rio 2016 [Jupy Junior]

jupyjunior@jornalofoco.com.br

O Muriqui, maior primata das Américas, tem o hábito de abraçar e é um bicho calmo, dócil. São essas qualidades que o tornam o mascote perfeito para as Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro. Pelo menos é assim que pensam o vereador e presidente de honra da ONG Viva

[ ] O primata corre risco de extinção, e a escolha como mascote pode mudar isso

Terra, Gilmar Abrahão da Silva (“Kabeça”), o gerente de Unidades de Conservação de Uso Sustentável do Instituto Estadual do Meio Ambiente (Inea), Daniel Toffoli, e a pesquisadora Paula Breves, também do Inea. PERIGO DE EXTINÇÃO Toffoli e Breves estão envolvidos com a execução do projeto “História do Brachyteles arachnoides” (nome científico do animal),

que tem por objetivo catalogar os animais ainda existentes no Rio de Janeiro. O Muriqui, de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN), é um primata em perigo crítico de extinção, e o projeto é a primeira atitude para tentar elaborar ações que o retirem dessa condição. Paula conta que os pesquisadores acreditam que há 40 muriquis em Teresópolis, porém não se sabe exatamente se esses exemplares são de muriquis do norte ou do sul (há duas espécies desse tipo de primata). Ela diz não saber se há exemplares em Muriqui, distrito de Mangaratiba: “acho bem provável que exista no Parque Cunhambebe [em Mangaratiba]” - diz ela, que é uma das entusiastas para a escolha do macaco como símbolo das Olimpíadas do Rio. A ideia de sugerir o macaco como mascote surgiu dentro do projeto, e é uma iniciativa para divulgar a triste realidade do primata, que é muito arisco e cujas áreas onde vive vêm sendo invadidas pelo homem, o que dificulta sua reprodução. MICO E FELINO NA “DISPUTA” “O Muriqui vive muito isolado, ele foge do ser humano, então o avanço humano na mata torna ele mais vulnerável” – explica Daniel. Em relação à campanha para a eleição do mascote, a secretária estadual de meio ambiente, Marilene Ramos, aprovou a ideia de ver o macaco como mascote do maior evento espor-

Este é o animal que pesquisadores querem como símbolo do Rio 2016 tivo mundial. Toffoli conta também que há uma disputa entre o mico-leão dourado e a jaguatirica, e que o

[ ] “Acho bem provável que existam Muriquis no Cunhambebe” Paula Breves, pesquisadora do Inea

Muriqui é o único animal legitimamente carioca. “Ele é pacífico, tem a ver com a hospitalidade carioca” – elo-

gia o gerente do Inea. A prefeitura do Rio de Janeiro não se pronunciou a respeito e o Comitê Organizador dos Jogos Olimpicos afirmou, por meio da sua assessoria, que a eleição do mascote só começará a ser pensada a partir de 2012. Mas Gilmar Abrahão, o “Kabeça”, conta que não é de hoje que o Muriqui distrito e o Muriqui macaco tentam uma aproximação. CAMPANHA Há algum tempo, ele conseguiu aprovar uma

moção para o uso do macaco como símbolo oficial da Prefeitura de Mangaratiba. Porém até hoje a prefeitura não colocou em prática a adoção do símbolo. Kabeça conta que vai alavancar a campanha pela eleição do Muriqui como mascote da Rio 2016, e acredita que isso vai impulsionar o turismo na região. “Vamos fazer uma reunião para convidar empresas e órgãos dos governos estadual e municipal para nos engajarmos nessa campanha” – garante ele.

Muriqui é um macaco “gente boa” O macaco Muriqui é esguio, chega a medir 1,5 metro da ponta de suas mãos até os pés. É uma das 35 espécies mais ameaçadas do planeta: estimase que sua população tenha sido reduzida de 400 mil para apenas 3 mil exemplares. Os muriquis se reúnem em grandes grupos de machos e fêmeas, e podem passar de 50 indivíduos. Vivem nas copas da árvores e são muito “sociáveis” (exceto com o ser

humano, de quem tem medo e foge). Encontros entre bandos distintos não provocam brigas, como costuma acontecer com outros primatas. Os indivíduos mais velhos, inclusive, fazem uma espécie de “ponte” com o corpo para os mais jovens passarem de uma árvore para outra. O muriqui adora abraçar, e não há conflitos por fêmeas, os machos combinam tudo entre si. Ou seja, o muriqui é um cara “gente boa”.


O FOCO

4 cotidiano

falando de saúde [ruy quintanilha]

drruy@uol.com.br

Enxaqueca com qualidade de vida: é possível!

T

rata-se de um desequilíbrio químico no cérebro, decorrentes do estilo de vida e hábitos do portador da doença. Predisposição genética também é um dos fatores. Em alguns casos, além da dor de cabeça, a enxaqueca também provoca enjôos, vômitos, aversão à claridade, ao barulho, aos cheiros, hipersensibilidade do couro cabeludo, visão embaraçada, irritabilidade, ansiedade e olhos lacrimejantes. Além disso, a dor de cabeça não é igual para todos e dificilmente é sempre no mesmo lugar. O incômodo pode acontecer em qualquer lugar da cabeça, inclusive na região dos dentes, do rosto e da nuca. A duração das crises varia muito e pode durar de três horas a três dias, seguida de um período variável sem nenhuma dor. O primeiro passo é consultar um médico, pois só ele pode fazer um diagnóstico, avaliar questões da idade à época da primeira crise, a existência de um padrão de cefaléia, a natureza e a localização da dor e desencadeantes. O médico pode ainda realizar exame físico, avaliação neurológica e solicitar exames complementares. Que fatores externos causam enxaqueca? Os fatores externos mais conhecidos são: luz forte, permanência longa em ambientes com excesso de barulho, mudança repentina de hábitos (como alteração nas horas de sono e dieta), nível elevado de estresse e consumo exagerado de alguns alimentos (chocolate, queijos gordurosos, glutamato monossódico, cafeína, bebidas alcoólicas, nozes e amendoim) são os principais. E a TPM? A TPM pode provocar enxaqueca. É comum algumas mulheres sentirem fortes dores de cabeça no período que antecede a menstruação (por volta de dois a três dias). Existe tratamento? Sim. Ele é dividido em tratamento preventivo, para evitar que a dor chegue, e o tratamento agudo, para a crise de cefaléia na hora em que ela aparece. Prevenção Evitar os fatores desencadeadores de enxaqueca, levantar da cama na mesma hora todos os dias, ter uma alimentação saudável, não pular refeições, praticar atividade física, limitar a ingestão de álcool e cafeína e aprender formas de lidar com o estresse. E lembre-se: por mais forte que seja a dor, nunca se sobrecarregue de remédios ou tome medicações indicadas por um conhecido! Procure sempre um médico.

1ª quinzena de novembro de 2010

[VIADUTO EM ITAGUAÍ]

Tem um poste no meio do caminho Prefeitura e Light fazem ‘jogo de empurra’ Jupy Junior

[Carla Araújo]

redacao@jornalofoco.com.br

Ninguém sabe de quem é a responsabilidade sobre os postes que atravessam a pista do viaduto perto do Morro do Corte, em Itaguaí. Enquanto isso, o motorista enfrenta um mistério diário: o tráfego no viaduto está liberado ou não? O FOCO tentou, sem sucesso, elucidar o enigma. A Secretaria de Obras do município declarou a O FOCO que a Light prometeu retirar os postes do meio da pista do viaduto sobre a linha férrea até a primeira quinzena de novembro.

Postes no meio da via representam perigo iminente Jacques Fernandes, secretário de Obras, diz que a remoção é função da Light, e que a secretaria está aguardando a empresa estatal finalizar sua parte para po-

der concluir as obras e liberar definitivamente o trânsito. Porém a assessoria da Light desmente o secretário, e diz que postes de iluminação pública não são responsabi-

[LUZ NA ILHA]

[holofote]

Luz para os quilombolas Casas na Marambaia ainda esperam reformas Em Brasília, dia 19, foi definido que será formada uma comissão para recadastrar as residências dos quilombolas da Ilha de Marambaia e suas necessidades de receber a rede elétrica do Projeto Luz Para Todos. O secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca de Mangaratiba, Giovanni Kede, reuniu-se com representantes do projeto e consultores jurídicos do Ministério da Integração Racial (MIR) para discutir a viabilização de recursos

lidade da companhia. Na segunda-feira (25), uma das pistas do viaduto foi interditada, a princípio para a remoção dos postes e finalização da pavimentação. Não é a primeira vez: durante várias semanas, desde 2009 - quando foi aberto para os veículos - o viaduto foi interditado e liberado, sem motivo aparente. A situação continua indefinida e parece que o cidadão de Itaguaí ainda terá mais alguns meses de transtorno e riscos pela frente. Mistérios diários de uma cidade em desenvolvimento, como preferem alguns.

para reformar as casas. Para que as obras sejam implantadas, representantes da Secretaria de Meio Ambiente acreditam que a comissão deve ser composta pela Secretaria Especial Política de Igualdade Racial (Sepir), vinculada ao MIR, o Projeto Luz Para Todos, Marinha, quilombolas, a concessionária de energia Ampla e a própria secretaria de Meio Ambiente. URGÊNCIA Segundo Giovanni Kede, as reformas têm que ser encaradas com urgên-

cia. “A situação das casas está precária para receber luz elétrica. Tem algumas que correm o risco de serem incendiadas” – denuncia o secretário. “É desumano ver cinco famílias vivendo sobre o mesmo teto em construção de estuque e sapê e em três cômodos” - concluiu. Resta esperar que a comissão recadastre rapidamente as casas dos quilombolas da Ilha de Marambaia e comece logo as obras, pois, segundo o secretário, a situação dos moradores piora a cada dia.

Campanha de prevenção e combate ao diabetes A 13ª Campanha Nacional Gratuita em Diabetes foi realizada quarta-feira (17), no centro de Mangaratiba. Em uma tenda montada na Praça Robert Simões, cerca de 400 pessoas aproveitaram para verificar a pressão arterial e níveis de glicose, além de receberem orientações sobre o diabetes e suas complicações e dicas sobre alimentação. A campanha esteve presente também nas unidades de Estratégia e Saúde da Família espalhadas pelos distritos.


1ª quinzena de novembro de 2010

O FOCO

[Saúde]

cotidiano 5

[CASO SHAMIRA] elizeu santos/pmm

Silêncio e mistério Convocados pela Câmara para esclarecer caso Shamira faltam a duas sessões consecutivas

Viaturas para prestação de socorro estarão disponíveis a partir do dia 24

Mangaratiba ganha Samu Base no município atenderá toda Baía da I. Grande No próximo dia 24, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) começará a funcionar em Mangaratiba. A base ficará na Praia do Saco, ao lado do Corpo de Bombeiros e próximo à Defesa Civil. O serviço será formado por três ambulâncias e 34 profissionais, sendo sete médicos, sete enfermeiros, oito técnicos de enfermagem e 12 condutores. Todos já prontos para possíveis socorros na cidade. Na quarta-feira (4), enfermeiros, motoristas e técnicos de enfermagem receberam a penúltima etapa da capacitação. No Centro Cultural Cary Cavalcanti, o primeiro-tenente do Corpo de Bombeiros e coordenador operacional do Samu-BIG (Baía da Ilha Grande), Luciano Silva, deu as instruções finais

para a equipe da base mangaratibense. EQUIPAMENTOS Antes de realizar alguma parceria do Samu com os municípios, a União realiza um estudo para detalhar as necessidades e o número de habitantes. O estudo sugere que cidades com menos de 100 mil habitantes recebam uma ambulância. Mangaratiba, com cerca de 32 mil habitantes, fugiu à regra devido ao consórcio com outros municípios da Costa Verde. Como parte do acordo, o Samu atende também os municípios de Angra e Paraty. Por fazer parte do consórcio Baía da Ilha Grande, Mangaratiba recebeu duas ambulâncias básicas e uma Unidade de Suporte Avançado. O diferencial são os equipamentos de

Tomógrafo móvel atenderá pacientes até dezembro A boa notícia: um tomógrafo móvel ficará em Mangaratiba, em frente à Praça Robert Simões (centro), para que a população consiga de graça seus exames sem ter que ir a outra cidade. A má notícia: dois dias foram perdidos para que a população usufruísse do serviço. Mesmo com o atraso o tomógrafo só ficará na cidade até o dia quatro de dezembro. O equipamento ainda estava sendo instalado na tarde desta quarta-feira (17). Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura problemas na infraestrutura causaram o atraso.

Para conseguir o seu exame, o paciente deve levar o pedido original (feito há menos de seis meses) com assinatura e carimbo do médico e os documentos de identidade, comprovante de residência e CPF para fazer seu exame. O tomógrafo, conforme divulgado pela prefeitura, atenderá aproximadamente 70 pacientes por dia, de segunda a sexta, das 7:30h às 18:30h; e aos sábados, das 7:30h às 15h. RAPIDEZ O governo do estado investiu cerca de R$ 3 milhões para a criação

urgência como desfibrilador e monitor multiparâmetro e a equipe formada por médico socorrista, enfermeiro e motorista. As ambulâncias básicas contam com socorrista e condutor. LOCALIDADE A posição geográfica da base do Samu de Mangaratiba é destacada pelo superintendente de Controle e Avaliação da Secretaria de Saúde, Luiz Vieira: “A população ganhará muito com o Samu, que está numa posição estratégica, a poucos metros da Rodovia Rio-Santos, no meio do município” – afirma. O projeto, fruto de uma parceria da Secretaria de Saúde de Mangaratiba com o governo federal, recebeu um investimento de R$ 213 mil. do novo serviço, que tem como objetivo levá-lo às cidades em que não há esse tipo de exame na rede pública de Saúde, ou que o serviço já existente não é capaz de suprir a demanda. O equipamento pode realizar um exame de corpo inteiro em 30 segundos, enquanto os aparelhos convencionais levam entre 20 e 40 minutos. O resultado dos exames sai em aproximadamente 15 dias e é enviado para a Secretaria de Saúde da cidade onde mora o paciente. O equipamento será útil, é o que acreditam as autoridades. E será melhor ainda quando estiver funcionando, é o que espera a população.

O estudante Matheus Barbosa Leite, os médicos Lucas Bartholomeu Barra e Rodrigo Barreto de Azevedo, o secretário de saúde Roger Campos e o dono de funerária José Antônio não compareceram às duas sessões de convocação da Câmara de Mangaratiba (3 e 8 de novembro, respectivamente) para esclarecimentos sobre o caso Shamira. Eles foram convocados pelos

[ ] Não há data marcada para novo depoimento do secretário de saúde

vereadores desde o dia 20 do mês passado, por meio do requerimento 11/2010. Permanece o mistério sobre a morte do bebê de apenas três meses no hospital Victor de Souza Breves, no dia 17 de outubro, e o silêncio dos envolvidos colabora ainda mais para manter as desconfianças da família em relação ao atendimento médico prestado.

JUSTIFICATIVA DE AUSÊNCIA Na sessão do dia 3 de outubro estava previsto que os convocados pudessem esclarecer alguns fatos sobre a morte de Shamira. Contudo, um ofício enviado à Câmara pelo prefeito interino, Edison Ramos (PMDB), justificou a ausência do secretário de Saúde. Segundo o documento, Roger Campos estava em reunião na capital. A Secretaria de Saúde do estado informou que ele de fato esteve em reunião com a assessora parlamentar Fabiani Gil, que desde a última semana não atende o celular. Silvana Caminiti, assessora de imprensa da Sesdec, informou que não sabe dizer qual foi o tema da reunião. CONVOCADOS esquecidos Alguns vereadores manifestaram-se contra a ausência do secretário, e o presidente José Carlos Costa remarcou o depoimento de Campos para o dia 8 de novembro (depois de protestos com a sugestão dada por Costa para dia 17). Na ocasião, porém, os vereadores esqueceram-se dos escla-

recimentos do estudante Barbosa Leite, dos médicos Bartholomeu Barra e Barreto de Azevedo, e José Antônio (dono da funerária) cujas ausências não foram justificadas. Os depoimentos destes envolvidos não foram remarcados pelos vereadores. NOVA AUSÊNCIA No dia 8 de novembro, dia do depoimento do secretário de saúde Roger Campos, nova ausência. O vereador Gilmar Abrahão da Silva (PMDB), o Kabeça, entregou a uma senhora da plateia um bilhete que foi entendido por ela como uma justificativa pela ausência de Campos. No bilhete estava escrito o nome de um médico, dois números de telefone e uma menção a Santa Casa de Cachoeiro de Itapemirim, e, entre parênteses, a expressão “lesão na coluna”. Procurado depois pela reportagem, o médico em questão disse desconhecer Roger Campos e Kabeça minimizou o bilhete. Ele acrescentou ainda que a Câmara não marcou nova data para o depoimento de Roger Campos. thiago melo

Alexandre (ao centro de branco), pai de Shamira, observa consternado o adiamento

[ENTENDA O CASO] Shamira morreu em circunstâncias suspeitas, segundo a família. O pai, Alexandre Gomes da Silva, acredita que a filha recebeu uma dose excessiva de remédios. Shamira foi atendida por um acadêmico de medicina, Matheus Barbosa Leite. Segundo o Conselho Regional de Medicina, ele só poderia atender sob supervisão, e

não poderia assinar a receita, fato que ocorreu conforme xerox apresentada pela família. O corpo do bebê, ainda segundo a família, foi levado do hospital para o cemitério sem autorização de qualquer parente. O secretário de saúde, Roger Campos, negou tudo em entrevista concedida a O FOCO publicada na edição 88.


6

1ª quinzena de novembro de 2010

O FOCO

polícia [na festa]

[ENGAVETAMENTO]

Cabo e Acidente na Rio-Santos mulher deixa seis feridos e um morto mortos a tiros Crime foi no P. Bela Vista Cinco homens encapuzados invadiram uma festa no Parque Bela Vista, em Mangaratiba, e mataram a tiros um cabo da Polícia Militar. Os criminosos conseguiram fugir. De acordo com informações do 33º BPM (Angra dos Reis), uma mulher de 21 anos também foi morta no local. O cabo estava lotado no 14º BPM (Bangu). O caso foi encaminhado para a 165ª Delegacia de Polícia (Mangaratiba).

Uma pessoa morreu e seis ficaram feridas em um acidente na noite de domingo (21) na Rio-Santos, próximo ao shopping PátioMix Costa Verde, em Itaguaí. Três carros se envolveram na batida: um Vectra, um Golf e uma Savero. No Vectra, quatro pessoas se feriram e uma mulher de 40 anos mor-

reu. No Golf, dois homens (62 e 68 anos) se feriram levemente. Os ocupantes da Savero nada sofreram. Agentes da Polícia Federal informaram que o acidente ocorreu no sentido Rio e que o congestionamento que se criou em seguida tinha três quilômetros. Ainda de acordo com a polícia, Neuza Maria

Faria dos Santos, que dirigia o Vectra, bateu na cabeceira de uma ponte. O Golf, conduzido por Thiago Viana da Costa, bateu na traseira do Vectra e o Savero (guiado por André Nogueira de Oliveira) atingiu o último carro em seguida. Os feridos foram encaminhados ao Hospital São Francisco Xavier.

[INVASÃO]

[tráfico]

Dupla fugitiva da polícia invade quintal

Menores apreendidos

Não foi boa a ideia de assaltar uma loja. Ou talvez a hora não fosse muito propícia. O certo é que dois criminosos – um deles já havia sido autuado por tráfico de drogas – ao fugir da polícia invadiram o quintal de uma casa no

Seis adolescentes (idades entre 14 e 15 anos) foram apreendidos pela polícia com dois revólveres, 43 pedras de crack, 105 trouxinhas de maconha e munição e R$ 56. Eles estavam vendendo drogas na Rua Joaquim Ferreira, na Vila Margarida, em Itaguaí.

centro de Itaguaí. Os PMs observaram o comportamento suspeito dos bandidos e decidiram persegui-los. Os ladrões correram, entraram em uma casa mas acabaram sendo pegos. Com eles, a polícia apreendeu uma pistola.

[holofote] O perigo mora ao lado: vizinho em fúria Douglas de Oliveira Ramos, 38 anos, usou um canivete para tentar matar seu vizinho, Fábios dos Reis, de 29 anos, em Fazenda Caxias (Seropédica), durante uma briga. A vítima recebeu golpes do pescoço e no rosto, e foi levada por parentes para um posto de saúde na localidade. Policiais do 24º do Batalhão da Polícia Militar de Queimados prenderam o agressor na noite de sábado (20) depois que ele tentou fugir. Douglas foi autuado por tentativa de homicídio na 50ª Delegacia Policial de Itaguaí.

Menores abrem fogo contra viatura policial Dois adolescentes de 17 anos atiraram contra uma viatura da polícia na madrugada de sábado para domingo (20) na BR-101, em Itaguaí. Ninguém ficou feriado. Os infratores portavam uma pistola, dois carregadores e munição. Um deles é foragido do Criam (Centro de Recuperação Integrado ao Atendimento do Menor). A polícia ainda não sabe o que teria motivado o ataque.

esporte [FUTEBOL] [Carla Araújo]

redacao@jornalofoco.com.br

Fundado em 21 de janeiro de 2009, o Grêmio Mangaratibense é uma tentativa de revitalização do Grêmio Olímpico Mangaratiba. O clube declarou falência em 1991 por causa de dívidas trabalhistas que, somadas, chegam a mais de R$ 60 mil. A equipe que jogou a série C do Campeonato Carioca de 2010 foi desmontada. O clube, no momento, não possui nenhum jogador contratado. Além disso, o Mangaratibense está sem sede e a diretoria se reúne na Secretaria de Esportes de Mangaratiba. Este ano, o Mangaratibense foi o único clube da terceira divisão carioca liberado para “mandar” jogos no próprio campo. O Estádio Municipal José Maria de Brito Barros, com capacidade para cerca de 800 pessoas, foi aprovado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janei-

Um sonho...

divulgação

O fracasso na série C do Cariocão deu fim a este time

distante

Grêmio Mangaratibense, em dificuldades, luta para ser um time ro (FFERJ). Até clubes que disputam a série B do campeonato e têm uma estrutura melhor utilizaram o estádio. Porém, isso não modifica a situação difícil pela qual passa o clube da cidade.

DENÚNCIAS e OTIMISMO O FOCO recebeu informações que jogadores e funcionários que trabalharam para o Grêmio Mangaratibense na temporada 2010 não receberam todos os

seus salários. Segundo a mesma fonte, o convênio com a prefeitura não foi renovado e o clube não tem mais permissão para utilizar o Zé Maria. O presidente e fundador do clube, Alexandre Garcia, não

atendeu a reportagem. Mas Bruce MacLaren, coordenador técnico que chegou ao clube há três meses, é um entusiasta, e está de olho no futuro. “Quero criar um clube para formar atletas” – plane-

ja – “trabalhar com as categorias de base, com crianças da região”. Para alcançar essa meta, ele cita o fator humano como elemento primordial: “precisamos de pessoas com comprometimento e vontade de encarar desafios”. E pede paciência à população: “nosso trabalho é de longo prazo”. 2011, PACIÊNCIA E ESPERANÇA MacLaren enxerga dificuldades para a temporada de 2011, mas ainda tem planos para o Mangaratibense. Ele pretende montar um plantel composto, em sua maioria, por atletas formados na cidade. O desafio é imenso: ainda sem tradição nos campeonatos, patrocínio, estrutura e principalmente, dinheiro, o clube da cidade vive de sonhos e expectativas. A paixão pelo futebol, que em Mangaratiba não é diferente de qualquer lugar do mundo, precisa de muito empenho, paciência e esperança.


1ª quinzena de novembro de 2010

7

O FOCO

poder [aniversário mangaratiba] fotos thiago melo

Busatto, Busse e Sidinho sorriem no evento [Jupy Junior]

jupyjunior@jornalofoco.com.br

A sessão solene da Câmara de Mangaratiba, evento que faz parte das comemorações pelo aniversário da cidade, foi marcada pelas homenagens que concederam o título de cidadão mangaratibense a vários munícipes e personalidades. O centro cultural Cary Cavalcanti, que não é muito espaçoso, rapidamente ficou lotado de autoridades, homenageados e imprensa. Estiveram presentes, dentre outros, o prefeito em exercício, Edison Ramos (PMDB); o delegado da 165ª DP (Mangaratiba), Anderson Ribeiro; a deputada estadual eleita e primeira-dama de Itaguaí, Andréia Busatto (PDT); o presidente da Câmara José Carlos Costa (PSDB), os vereadores José Luiz do Posto (PMDB), Sidinho (PHS), Gustavo Busse (PSDB) e Gilmar Abrahão, o Kabeça (PMDB). Os deputados eleitos Rodrigo Bethlem (PMDB), André Lazaroni (PMDB) e Marcelo Matos (PDT) também participaram da solenidade como homenageados, assim como a vereadora Patrícia Amorim (PSDB), presidente do clube Regatas Flamengo (ler entrevista no box). Os vereadores Ruy Quintanilha (PV), Marquinho da Ilha (PV),

Matos (C) recebe título de cidadão mangaratibense

Bethlem, José Luiz do Posto e André Lazaroni

Festa de homenagens Sessão solene pelo aniversário da cidade confere títulos

Costa, com assessoras, filha e agraciado As primeiras-damas Nelson Bertino (PMDB) e Dr. Simões (PSDB) não compareceram. SESSÃO LONGA As homenagens começaram às 10h e se estenderam até aproximadamente o meio-dia e meia. Longos discursos e muitos homenageados tornaram o evento cansativo e demorado. Um coquetel foi oferecido aos presentes no final e os agraciados exibiam orgulhosos seus quadros com o diploma de cidadão mangaratibense. A deputada eleita Andréia Busatto discursou, e mais uma vez agradeceu os votos que recebeu da população de Mangaratiba. Busatto, que foi homenageada pelo irmão, o vereador Sidinho, declarou também que “leva para onde vai” o diploma com

o título de cidadã, recebida anos antes. “Eu aprendi a andar aqui, ainda criança. Foi aqui que tudo começou. Tenho uma ligação afetiva muito forte com a cidade. Foi aqui que conheci meu atual marido, por exemplo. Pretendo honrar cada voto com projetos que beneficiem o povo mangaratibense” – disse ela. CONFRATERNIZAÇÃO A sessão também foi uma oportunidade para os vereadores se confraternizarem com os cidadãos. O vereador José Luiz do Posto (PMDB) considerou o evento muito importante: “Tivemos aqui várias pessoas que realmente contribuem para Mangaratiba, tudo foi muito válido” – declarou. O presidente da Câmara, José Carlos Costa, ava-

Margareth Dias: homenagem e família

Sidinho entre Thais e Patrícia Amorim

Edinho posa junto aos seus agraciados liou que a sessão “foi boa, tranquila, fizemos um trabalho junto com os servidores; quando há união as coisas transcorrem da melhor forma, e foi o que aconteceu hoje”. Edinho, prefeito em exercício desde que o TRE-RJ assim determinou, usou um adjetivo

para definir a sessão: “maravilhosa”. E avisou que em breve a população terá novidades da sua administração. Embora não quisesse adiantar as novidades, esclareceu que se tratam de obras, a serem anunciadas na próxima semana.

[entrevista] Três perguntas para Patrícia Amorim Acessível, elegante e esbanjando simpatia, Patrícia Amorim, presidente do Flamengo e vereadora pelo PSDB, foi alvo de tietagem explícita de várias pessoas que foram acompanhar as homenagens prestadas pela Câmara. Depois de tirar muitas fotos e conceder entrevista para uma equipe de TV, Amorim respondeu as seguintes perguntas a O FOCO: Que tal receber a homenagem de cidadã mangaratibense? Fiquei bastante emocionada, sensibilizada. Não é todo dia que se recebe uma homenagem. Eu recebo com o compromisso de retribuir. Quero dizer à cidade: “contem comigo”, quer seja como presidente do Flamengo ou vereadora. O vereador Sidinho, no discurso de homenagem, mencionou um “momento especial, no Brasil, referente às mulheres”. Você concorda que os méritos de uma pessoa não estão necessariamente ligados ao gênero? Concordo. Eu, inclusive, não me vali disso na eleição que me tornou presidente do Flamengo. O momento talvez seja adequado para falar sobre isso porque vamos ter a primeira mulher na Presidência da República. Mas a trajetória de alguém só pode ser consolidada com muito trabalho, não adianta. O fato de ser mulher tem um charme, mas não é a causa, é um simbolismo. O vereador também mencionou a possibilidade de desenvolvimento de projetos do Flamengo na cidade. Há algo concreto em relação a isso? Bem, estamos iniciando esse tipo de conversa. As nossas equipes precisam sair um pouco do ambiente do dia a dia. Cria unidade, conjunto. Como aqui é próximo da capital, podemos pensar num elo, num centro de treinamento. Primeiro fazer um intercâmbio, uma pré-temporada, talvez. Também poderíamos organizar campeonatos em parceria com a prefeitura.


8

1ª quinzena de novembro de 2010

O FOCO

espe [INAUGURAÇÃO PÁTIOMIX COSTA VERDE]

U

ma linda criança de vestido estampado - acompanhada de mais outras duas, loiras e também lindas - cortou uma faixa e oficialmente abriu ao público o Shopping Costa Verde, empreendimento da empresa PátioMix em Itaguaí. Construído em tempo recorde – pouco mais de dois anos – o Shopping Costa Verde conta com três lojas-âncora (C&A, Lojas Americanas e Marisa), três megalojas (Ponto Frio, Ricardo Eletro e Di Santini), restaurantes e fast-foods, lojas de esporte, roupas, calçados, acessórios etc. Algumas dessas lojas instalam-se na cidade pela primeira vez. DISCURSOS DE GRATIDÃO A inauguração resumiu-se a um evento simples. O sociofundador Marcelo Kingston (ler entrevista neste especial) agradeceu aos lojistas, funcionários da PátioMix, Prefeitura de Itaguaí e à Funcef (Fundação dos Fundos de Pensão dos Funcionários da Caixa Econômica Federal), uma das investidoras no projeto. Rogério Pedrinha, Discursos de representante da instituição, também agraagradecimento e deceu a todos e declaênfase na criação rou que é “uma honra de empregos estarmos na cidade”. para a região O prefeito de Itaguaí, Carlos Busatto Junior (o Charlinho), não compareceu por estar viajando, mas enviou o vice-prefeito Genildo Gandra para representá-lo. Outro membro do poder executivo que compareceu foi o secretário de planejamento, Maurício Vieira. Ambos discursaram enfatizando a importância do empreendimento para a dinamização de negócios na região e criação de empregos para os itaguaienses.

Consumo à vista Shopping abre suas portas na Rio-Santos com promessas de boas compras e diversão

[ ]

LOJAS FECHADAS, ENTULHO E SUJEIRA A inauguração, para o observador mais atento, pareceu precipitada. O FOCO contou que aproximadamente 20 lojas/estabelecimentos não conseguiram se preparar a tempo para a inauguração. Algumas delas nem retiraram os papéis que recobrem as vitrines. Perto das 11h ainda havia funcionários vestindo manequins e organizando produtos nas prateleiras. Apenas as maiores lojas estavam prontas para receber clientes. Havia também muita sujeira no chão do interior do shopping. Funcionárias tentavam minimizar o problema com esfregões. Do lado de fora, no estacionamento, lama misturada com poeira e entulho acumulado com a construção também estavam aparentes, principalmente ao lado da loja do McDonald´s. A área reservada para os quatro cinemas ainda está em fase inicial de construção. A maioria das lojas destinadas à alimentação ainda recebia suprimentos durante o evento de inauguração. Marcelo Kingston, da PátioMix, disse que eles receberão uma multa por não terem se preparado a tempo. O secretário Mauricio Vieira disse que a multa é em torno de R$ 700, porém Kingston não confirmou. DECORAÇÃO DE NATAL O shopping já foi inaugurado com decoração de Natal: uma grande árvore natalina ocupava uma das praças centrais, com um trenzinho – que não funcionou, pelo menos na parte da manhã - para divertir as crianças. Papai Noel não apareA inauguração ceu na inauguração. pareceu Porém o clima geral precipitada. é de novidade, pois Várias lojas não o empreendimento é estava prontas inédito em Itaguaí.

[ ]

[entrevista - marcelo kingston, sócio fundador da Pátiomix]

A realidade de um sonho

Empresário que construiu o shopping acredita no sucesso [Jupy Junior]

jupyjunior@jornalofoco.com.br

Formado em Finanças pela Universidade de Louisiana e MBA pela Escola de Negócios de Stanford (ambas nos EUA), Marcelo Kingston era só sorrisos na inauguração do shopping de Itaguaí, o PátioMix Costa Verde. Acompanhado de mulher, filhos, e do sócio Leonardo Matheson, o jovem empresário (36 anos) delegou à filha mais velha a tarefa de cortar a faixa simbólica que abriu o shopping à comunidade. Kingston e Matheson atuaram na BRMalls (responsável por mais de 30 shoppings), de onde saíram há apenas dois anos para fundar a PátioMix, que já toca outros projetos semelhantes em Resende e Linhares. Nesta entrevista ele fala sobre sua satisfação pessoal com o empreendimento, expectativas de negócios e explica que em breve a estrutura estará completa para a população de Itaguaí e cidades próximas. Qual é a sua sensação ao ver o shopping Costa Verde aberto e funcionando? Como empreendedor, a coisa começa como um sonho, você vai trabalhando para ver a coisa acontecer. Cada etapa tem seu mérito, mas inaugurar, ver em operação, é a realização de um sonho, é muito gratificante. Como tem sido esta experiência de construir shoppings? É uma vivência única. Eu e Leonardo estamos no mercado há muito tempo, viemos de uma grande empresa, a BRMalls. É um setor maduro, mas este é o primeiro projeto da PátioMix, que é uma empresa que já nasce com muita ambição. Nosso projeto é para 10 shoppings em cinco anos, temos dois projetos em andamento, Resende e Linhares. Itaguaí é o projeto piloto, este modelo voltado para cidades médias é o que pretendemos implantar em todo o Brasil. Então para vocês não há crise... Pelo contrário, onde alguns vêem crise, nós vemos oportunidade. O shopping inaugurou hoje [28/10], porém

há 20 lojas ainda fechadas. Isso aconteceu porque houve uma obrigação contratual relativa à data de inauguração? Nós tínhamos um compromisso com quem se estruturou para abrir hoje. Há 120 dias as âncoras [lojas maiores do shopping] receberam as lojas para fazerem suas obras, assim como os demais, há 90 dias. A data de hoje era um compromisso assumido com as grandes corporações. Honrar a data mostra a credibilidade da empresa. Mas o público não vai se decepcionar? Os cinemas, por exemplo, ainda não abriram... Acho que não, é bom porque sempre que a pessoa voltar vai ter uma novidade, cria outros momentos para o consumidor. As salas de cinema ficarão prontas em dezembro. Qual é a sua expectativa de retorno financeiro com este empreendimento? Shopping é um retorno a longo prazo. Trabalhamos com expectativa de cinco a sete anos. Nossa posição não é de incorporar e vender, nós vamos operar o shopping, então vamos estar aqui a médio e longo prazo para fazer isso aqui virar um sucesso.


1ª quinzena de novembro de 2010

O FOCO

poder 9

ecial

fotos thiago melo e carla araújo

[ficha técnica] Área do terreno: 55 mil m² Vagas no estacionamento: 650 Lojas-âncora: 3 Mega-lojas: 2 Lojas-satélite: 80 Ocupação de lojas: 100% FUNCIONAMENTO De 2ª a sábado: Lojas e quiosques: das 10h às 22h Praça de Alimentação: das 10h às 23h Domingo: Lojas e quiosques: das 15h às 21h Praça de Alimentação: das 11h às 22h

Kingston discursa no evento

Improviso e corre-corre na inauguração

[PRIMEIRAS IMPRESSÕES]

Negócios, opiniões e expectativas Funcionários, empresários e público aprovam o shopping [Carla Araújo] redacao@jornalofoco.com.br

O FOCO conversou com os funcionários de algumas lojas já abertas, com os primeiros clientes e curiosos, e com alguns empresários lojistas. O clima geral era de festa, apesar de um certo improviso e atraso na preparação das lojas para a inauguração. O público aprovou a construção e as marcas representadas, e os empresários estão confiantes no sucesso das vendas. FUNCIONÁRIOS DA REGIÃO Os funcionários de várias lojas são, na sua maioria, jovens com pouca experiência de Itaguaí ou bairros da zona oeste da capital. Na equipe da Di Santini, por exemplo, muitos deles experimentam seu primeiro emprego. Iara Silva, 19 anos, deixou o currículo na loja e ficou surpresa quando foi chamada: “Aconteceu muito rápido, em menos de uma semana me chamaram pra trabalhar” – conta. Na C&A a política da empresa é contratar funcionários que residam na região. Ana

Carlos Baere, ) (Abalou Modas

Paula Resende, atendente do Rei do Mate e moradora de Teixeira, precisou vencer cerca de três quilômetros para chegar ao trabalho: “Não tem ônibus da minha casa para cá, tive que saltar na UPA e andar o resto do caminho” – reclama. BOAS IMPRESSÕES Homens, senhoras, crianças, estudantes e jovens circulavam pelo novo shopping com olhares curiosos. Os alunos do Ciep João Martinho Carrasco, Hebert da Silva (18 anos) e Douglas Moraes (17), ambos moradores de Itaguaí, esperavam por uma atração em especial: as salas de cinema. “O que eu mais queria ver era o cinema, mas ainda não abriu” – lamentou Douglas. “Mas está aí, já é um começo” – completou Hebert. Os dois torcem para que a inauguração do cinema aconteça ainda esse ano. Lúcia Gomes, moradora de Campo Grande, pegou o carro e foi conhecer o PátioMix. “Minha primeira impressão foi boa” – conta – “o acesso é bem prático. Quando vou pro shopping de Campo Grande pego muito trânsito, para cá é mais tranquilo” - conclui.

Alcimar Trindade (Ricardo Eletro)

OTIMISMO DE SOBRA Carlos Baere, da Abalou (roupas femininas), espera recuperar o investimento em 10 meses. Na sua loja vão trabalhar sete pessoas, idades entre 24 e 32 anos. Ele vê com bons olhos as estimativas de público que deve freqüentar o Shopping Costa Verde. “A Abalou é uma vertente da Hipinose [outra loja dele], para um público menos sofisticado, com preços acessíveis” – explica, e acrescenta – “está dando certo, esta é a primeira em Itaguaí, mas há outras duas em Bangu. Baere diz que é necessário de R$ 120 a R$ 150 mil reais para adquirir uma loja em empreendimentos do tipo. Alcimar Trindade era só animação na Ricardo Eletro, uma das mega-lojas do shopping: “quero convocar a população de Itaguaí porque a gente vai cobrir qualquer preço da concorrência”. A super oferta do dia na loja, na ocasião, era o fogão Atlas, a R$ 279 à vista. O ar-condicionado da Consul, 7.500 BTUs, também é uma oferta imperdível, segundo Trindade: R$ 699. Além de animado, o gerente da Ricardo Eletro é também um

Ana Carla (Óticas Carol)

otimista: esperava vender R$ 80 mil. Ana Carla, a gerente das Óticas Carol, estimou que 400 óculos já estão à venda na loja e sua expectativa é a melhor possível: “o fato de ser um shopping novo e único na região faz com que a gente fique animado com as vendas”. Os cinco funcionários moram próximo ao shopping, mas a falta de ponto de ônibus é uma preocupação. “Eles vão ter que fazer um ponto, né?” – calcula. Dona da loja Aromas (especializada em materiais para banho, presentes, incensos importados, dentre outros produtos), Miriam Máximo emprega sete funcionários. Ela avalia que as lojas fechadas não comprometeram a inauguração, mas ressalta que a culpa foi da administração do shopping: “entregaram as lojas tarde demais, cobraram muita coisa, não teve retorno, está tudo sujo, tivemos que sair daqui às cinco da manhã para colocar a loja em condições de receber os clientes” – reclamou Miriam, porém completou, otimista: “a expectativa que o shopping criou é boa para a cidade de Itaguaí”.

Miriam Máximo (Aromas)


10

O FOCO

1ÂŞ quinzena de novembro de 2010


1ª quinzena de novembro de 2010

11

O FOCO

poder [MANGARATIBA]

A novela do reajuste Vereadores quebram veto, mas aumento pode não ocorrer Carla Araújo [redacao@jornalofoco.com.br]

O veto do reajuste salarial dos professores de Mangaratiba foi quebrado na sessão da Câmara, quarta-feira (17). A decisão foi unânime. O veto de Edison Ramos (PMDB), prefeito em exercício, foi relativo ao aumento de 48,70% no salário dos educadores, aprovado pelos vereadores da cidade ainda na gestão de Aarão de Moura Brito Neto (PMDB). Agora que o veto foi quebrado pelos vereadores, Edinho tem 48 horas para sancionar a lei que concederá o reajuste aos professores. Caso o prefeito em exercício não assi-

carla araújo

ne, José Carlos Costa (PSDB), presidente da Câmara, pode sancionar a lei também no mesmo prazo. O vereador Nelson Bertino (PMDB) apresentou um parecer

[ ]

PRESSÃO POPULAR O plenário estava repleto de professores e cidadãos dispostos a pressionar os vereadores. Os manifestantes usavam camisetas de apoio, adesivos com a frase “Operação reajuste já. Eu apoio”, levantavam faixas, cartazes e bandeiras.

Os vereadores Nelsinho, Sidney Marcello (PHS), Dr. Simões (PSDB), Gustavo Busse (PSDB), José Luiz do Posto (PMDB) e Dr. Ruy (PV) manifestaram apoio aos servidores. Com voto aberto e nominal, obteve-se a unanimidade. A plateia comemorou com o grito “O povo unido jamais será vencido!”

[dIFICULDADES DE ACESSO]

Os manifestantes usavam camisetas e adesivos com a frase: “operação reajuste já, eu apoio”. Faixas e cartazes também engrossavam o coro

durante a sessão. O documento apoiava-se no artigo 74 da Constituição Federal, que determina os crimes de responsabilidade dos prefeitos municipais. E ameaçou a pre-

mente para que cumpra!” – ameaçou.

Tumulto, empurra-empurra e confusão pelo reajuste feitura. Afirmou que, caso o Executivo não cumpra a lei do reajuste, a Câmara toma-

rá providências: “Ou ele [Edinho] cumpre por bem ou nós vamos interpelá-lo judicial-

De acordo com a Lei Orgânica Municipal, as sessões da Câmara são públicas, logo o acesso não pode ser restrito. Porém não foi bem isso que ocorreu na quarta-feira (17) em Mangaratiba. Devido ao grande número de pessoas aglomeradas para o início da sessão, funcionários não identificados negavam o acesso da imprensa e de outros munícipes.

A alegação: somente com a autorização de algum vereador é que o acesso ao plenário era concedido. Sem bases legais. O artigo 46 da Lei Orgânica prevê a possibilidade de uma sessão fechada. Diz o texto: “salvo deliberação em contrário, de dois terços (2/3) dos Vereadores, adotada [a sessão fechada] em razão de motivo relevante”.

[LEGISLATIVO SEROPÉDICA] [2011]

Presa com Maria Audiência do orçamento-bagunça “Esqueceram de mim”: Autoridades e população discutiram investimentos para 2011 vereadora fica presa na Câmara [Carla Araújo] redacao@jornalofoco.com

Na quarta-feira (27), não houve sessão na Câmara de Seropédica por falta de quorum. O primeiro secretário, Fábio Alves (PSDB), abriu a sessão e a fechou dois minutos depois (18:43h). Oficialmente, as sessões ocorrem entre 18h e 20h. Porém, um incidente inusitado ocorreu momentos depois, tendo como protagonista a vereadora Maria José (PT). PORTAS TRANCADAS E DEBOCHE Depois que Alves encerrou a sessão, Maria José seguiu para seu gabinete, onde concedeu entrevista à colaboradora de O FOCO. Porém, às 19h, quando saiu do gabinete, as portas do prédio da Câmara estavam trancadas. Os funcionários, ansiosos pelo fim do expediente, fecharam tudo e deixaram o prédio sem verificar a presença de outras pessoas.

Enquanto a colaboradora batia na porta de saída, os funcionários que ainda estavam na calçada da Câmara corriam pra buscar a chave. Outros, parados na praça do Km 49, começaram a rir e debochar: “Prenderam a vereadora do povo!” – gritou um deles, entre risos. INDIGNAÇÃO Maria José ficou sabendo do ocorrido ainda em seu gabinete. Indignada, a vereadora gesticulou demonstrando desaprovação, porém voltou à sua mesa para continuar o trabalho. Ao passar por um quiosque de flores, já do lado de fora, a colaboradora ainda ouviu da vendedora: “menina, já pensou passar a noite aí dentro?”. Maria José informou a O FOCO, por e-mail, que uma funcionária a esperou sair do prédio para depois apagar e trancar tudo “da maneira que deve ser” – declarou.

Na quarta-feira (10) ocorreu uma audiência pública sobre o orçamento municipal na Câmara de Seropédica. Secretários, vereadores e população discutiriam onde aplicar os R$ 106 milhões destinados ao município em 2011. Muito foi falado, porém pouca coisa efetivamente decidida. Na reunião os participantes discordaram sobre qual lista de diretrizes seguir, cidadãos denunciaram irregularidades, muitos criticaram a administração do ex-prefeito – Darci dos Anjos (sem partido) – e promessas foram feitas. CONFUSÃO O secretário de Finanças, Dr. Sérgio Argolo e o secretário de Governo, Luiz Guedes, apresentaram uma lei de diretrizes orçamentárias (LDO) diferente da aprovada anteriormente pelos vereadores de Seropédica. Os secretários chegaram à Câmara para apresen-

[ ] “Seropédica necessita aumentar sua arrecadação própria, pois ainda é muito dependente de programas da União”

tar a LDO referente ao projeto de lei 031/2010, porém já havia sido votado pela casa o projeto de lei 017/2010. De acordo com Guedes e Argolo, a prefeitura não tinha conhecimento da LDO anterior. Eles afirmam que desde a posse do atual prefeito, Alcir Martinazzo (PSB), em 23 de agosto, montar o orçamento para 2011 foi prioridade. O vereador Maximiliano Oliveira de Souza (PCdoB) apontou a diferença entre os documentos. Max insistiu que o PL 031/2010 seja arquivado ou corrigido, e submetido à nova votação. DENÚNCIAS E CRÍTICAS Houve pouca adesão

popular e alguns munícipes aproveitaram para fazer queixas ao invés de apontar quais áreas da cidade estão mais carentes de investimentos. Reclamaram de irregularidades no IPTU e dos agentes comunitários de saúde sem formação profissional. Críticas à administração anterior choveram de todos os lados. Argolo, secretário de Finanças, citou a diminuição das despesas da prefeitura desde o início da administração atual. O vereador Valter da Silva - o Valtinho (PSDB) - esbravejou que o governo de Seropédica sempre foi “uma piada” e completou: “aquele lá” – referindo-se a Darci – “nunca respeitou esta casa de leis”.

PROMESSAS Argolo aproveitou para ressaltar que Seropédica necessita aumentar sua arrecadação, pois muitos recursos do

município são ligados a programas do Governo Federal como o SUS e o FUNDEB e, por isso, não podem ser desvinculados da saúde e da educação. Ficaram as promessas de transparência e de boa vontade da prefeitura para mostrar, nas palavras do secretário Guedes, “eficácia não vista há 13 anos”. Guedes ainda prometeu uma modificação total do portal da prefeitura na internet para facilitar a troca de informações entre administração e munícipes. Com uma história curta e muito conturbada, o município de Seropédica começa a ver o próximo ano com otimismo. A vontade de mudar é percebida na fala dos atuais membros do poder executivo e legislativo, mas os problemas são numerosos e não são fáceis de ser resolvidos. Será que dessa vez a vida do cidadão seropedicense vai melhorar?


12

1ª quinzena de novembro de 2010

O FOCO

cultura [BELEZA – ITAGUAÍ]

Miss também é cultura

thiago melo

Conversamos com a Miss Itaguaí, candidata a Miss Baixada 2010 [Jupy Junior] jupyjunior@jornalofoco.com.br

Ela tem apenas 16 anos, é bastante tímida, mas sorri bastante ao tirar fotos. Estuda no colégio Teotônio Vilella (oitava série), pensa em ser engenheira, advogada ou profissional de moda (ainda não se decidiu). Ela usa uma pulseira rosa espi-

[ ] “É uma iniciativa cultural, não é só beleza”

Leandro Akira coordenador do Miss Baixada

ralada, semelhante a um pedaço de fio de telefone. Vaidosa, óculos de sol também rosa no alto da cabeça, os cabelos cacheados estavam um pouco molhados quando ela chegou. Usava uma blusa branca com grandes botões dourados, abertura atrás, e calça rosa (sim,

ela gosta dessa cor). Seu nome é Thayná Cristyn, e ela é a garota mais bonita de Itaguaí, segundo os jurados da etapa da Cidade do Porto do concurso de beleza Miss Baixada 2010. CONTRA O PRECONCEITO Leandro Akira, promotor de eventos em Itaguaí e um dos coordenadores, conta que o Miss Baixada surgiu com a proposta de promover os municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaguaí, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, São João de Meriti e Seropédica. O site do concurso explica: “A região que sofre com constantes divulgações negativas na mídia, não contava com projetos que conseguissem reverter essa situação”. Um dos objetivos, segundo Akira, é aumentar a autoestima da população

da Baixada ao eleger a mais bela munícipe. “É uma iniciativa cultural, não é só beleza” – avalia Akira, que, apesar dos problemas com falta de patrocínio e lugares para abrigar os eventos, comemora o sucesso do evento da escolha da Miss Itaguaí. Ele credita esse sucesso ao empenho das meninas e ao fator de união entre os diversos bairros integrantes do Conselho Comunitário, instituição que tem ajudado muito o Miss Baixada na Cidade do Porto. PERGUNTAS E RESPOSTAS As 13 misses escolhidas nos diversos eventos representam as cidades da Baixada, exceto Itaguaí (região metropolitana do Rio), que é incluída no concurso devido à proximidade com região e à sua importância econômica. As candidatas têm entre 14 e 21 anos, aprendem com instrutores

a caminhar na passarela, recebem tratamentos de beleza (cabelo, maquiagem) e precisam estudar um roteiro com 28 perguntas e respostas para, ao serem questionadas no dia da escolha da miss, não fazerem feio. As perguntas são relativas às cidades que as meninas representam. É desta maneira, segundo os organizadores do concurso, que elas confirmam o seu amor e dedicação pelo município que representam. Porém a jovem Miss Itaguaí não sabe quantos habitantes tem a cidade que representa, não sabe o ano da sua fundação nem qual era a população (índios) que viviam no que hoje é Itaguaí. Segundo ela, a pergunta feita foi sobre o maior evento anual da cidade [Expo]. Porém Thayná sabe o motivo da festa: comemoração do aniversário da cidade.

[PERSONAGEM EM FOCO – SONINHA DA EMPADA] [Jupy Junior] jupyjunior@jornalofoco.com.br

Ela fala bastante. É vaidosa. Cabelos encaracolados, idade não revelada. Mas não existe imagem mais forte do que a de uma mulher que superou desafios e alcançou fama graças ao capricho com que faz aquilo que se propôs. Sônia Suzano – ou Soninha da empada, como é conhecida – não se envergonha em nenhum momento de ser ambulante. Pelo contrário: para ela, isso é motivo de orgulho. DESEMPREGO E AUTOCONFIANÇA Há 20 anos Soninha estava separada e desempregada. Tinha trabalhado no cartório Olímpio Santiago (em Muriqui) e no Rio atuou no departamento pessoal da extinta Sloper. Voltou para Mangaratiba com um filho para criar (Tarso, hoje com 23 anos), mas sem di-

thiago melo

As delícias preparadas por ela lhe rendem amizades, sucesso e orgulho

Empadas com sabor de vitória Soninha é exemplo de determinação

Thayná Cristyn, miss Itaguaí, está confiante

[MISSES ESCOLHIDAS VÃO À FINAL] A escolha da Miss Baixada 2010 ainda não tem local nem data definidos. Leandro Akira conta que as negociações ainda acontecem com duas datas e dois estabelecimentos: 21 ou 22 de novembro, no Via Show ou no Rio Sampa. A Miss Baixada 2009 foi Adriana Marquesine, de Se-

[ ] Ela pegou a receita do pai e se jogou na praia vendendo empadas

nheiro. Inspirada no pai, que sustentou três filhos com a renda obtida com a venda de sonhos pelas ruas, resolveu que ia dar a volta por cima. Pegou a receita do pai e se jogou na praia vendendo empadas. Por que empadas? “Sonho é doce, as pessoas comem um e pronto. Empada, não. Empada não dá para comer só uma” – explica a vendedora. De fato, em visita à redação de O FOCO, Sônia trouxe 25 empadas quentinhas devidamente comidas em meia hora. Detalhe: estavam o editor-chefe, o editor e uma colaboradora. Com uma garrafa de Coca-cola comese várias sem sentir. Fama justificada: as empa-

ropédica. A Miss Itaguaí está confiante, mas não sabe se vai ter torcida como na final da etapa da sua cidade. Ela sorri, tímida, quando pensa na possibilidade de vencer o concurso. É ainda uma menina, mas a vaidade e a expectativa com o evento ficam bem nítidas no seu olhar juvenil.

das de Sônia são fantásticas. Só provando para entender. SUCESSO Ela começou na praia, carregando duas cestas, uma em cada braço. Saía da rua João Bondim sem hora para voltar. Segundo ela, é sua a ideia de vender empada na praia. Em pouco tempo foi ficando conhecida. Um ano depois, comprou uma Brasília, passou a circular motorizada pela cidade. O filho foi criado com a renda das empadas: bons colégios e roupas, conta ela. Algum tempo depois, uma Saveiro substituiu o primeiro veículo. “Nunca quis me acomodar ou aceitar a derrota, sou muito decidida, não sou de ficar me lamentando” – comenta sobre sua trajetória. Para conhecer esse personagem, é fácil: esteja preparado para comer muitas empadas (R$ 1,50 cada) e ligue para 8106-2130. Ela chega rapidinho.


1ª quinzena de novembro de 2010 COTAÇÃO:      - Excelente     - Muito bom    - Bom   - Razoável  - Ruim

13

O FOCO

gastronomia

[RESTAURANTE comida mineira] Avenida Mangaratiba, n.° 61 | Centro | Mangaratiba | (21) 3789-1448

Amor à primeira

garfada

Comida Mineira, em Mangaratiba, foge do óbvio e faz bonito

Sabor caseiro é característica do restaurante que em janeiro completa seu primeiro ano

 [Jupy Junior] jupyjunior@jornalofoco.com.br

Ah, o amor!... O caro leitor sabe das coisas de que o amor é capaz. O restaurante Comida Mineira é uma prova disso. O arquiteto americano John Jacob Becker, nascido em Chicago (EUA) há 56 anos, resolveu aceitar em 2008 o convite de um conterrâneo para passar o Natal em Ipanema. Foi nesta ocasião que ele conheceu, nas areias quentes do chique bairro da zona sul carioca, Andreia Miranda (hoje com 32 ou 31 anos, ela ficou confusa ao revelar a idade). A bela e alta morena (1.79m) morava no Leblon, trabalhava “em casa de família”, e fazia quentinhas junto com a patroa. Pois bem, aconteceu o que hoje não acontece mais: amor à primeira vista. E como o amor é lindo! Ele largou tudo por ela, e desde janeiro deste ano comandam o restaurante Comida Mineira, que fica em frente à belíssima praia do centro de Mangaratiba. Andreia conta que passava sempre férias na casa da irmã, e foi mais ou menos isso que trouxe o casal até ali.

John confessou que já andava estressado há muito tempo com os projetos de arquitetura para centros médicos, mas que do Brasil só sabia das coisas óbvias e midiáticas. Até hoje se surpreende com muita coisa típica do nosso país (de corrupção a comida muita gordurosa). Mas não nos deixemos levar pelas histórias românticas, afinal, esta é uma página de gastronomia. O Comida Mineira tem a grande qualidade de oferecer comida a quilo variada, com a devida atenção a quem se esforça para não brigar com a balança. O balcão de saladas é caprichado, legumes e verduras cortados com cuidado. Vê-se que é trabalho de gente que quer agradar (no caso, a saladeira Cleonice). Andreia, que é quem comanda a cozinha (John fica com a administração), elabora cardápios variadíssimos, é curiosa em relação a novos pratos, detesta mesmice. Sua concepção gastronômica é criar diferenciais, fugir da abundância de frutos do mar oferecidos por quase todos os restaurantes da região. O resultado? Se você ama esta página, leitor (já que é de amor que voltamos a falar), leia o box a seguir.

John e Andreia à frente do restaurante.

[O CAPRICHO DE QUEM SABE FAZER] Sem preconceitos em relação à comida a quilo - que no Comida Mineira custa 19,00 - começamos com as saladas agridoce (maçã, passas e aipo, com creme de leite) e manga com hortelã. Bom começo. Andreia diz que se esmera nas saladas, e estava tudo tão correto que partimos logo para o carré com farofa e banana da terra levemente frita. A carne estava muito bem temperada, macia. A farofa molhadinha, e a banana no ponto. Poderíamos até parar por aí, mas acontece que na

sexta (dia de apuração desta matéria) tem feijoada. Não deu para resistir, e não nos arrependemos: sal na medida, feijão grosso e carnes abundantes à parte, couve apenas passada na panela (como tem que ser), laranja, torresmo, pimenta. Tudo arrumado em tigelas muito bonitas. Andreia disse que cada dia da semana tem uma atração: a elogiada rabada, carne seca com abóbora, língua ao molho madeira etc. Quem sabe um dia teremos uma página de gastronomia por dia. Ah, o amor...


14

O FOCO

1ª quinzena de novembro de 2010

classificados CHAVEIRO AMÉRICA

Cópias de chaves , troca de segredo e conserto de fechadura Estrada RJ-14 - Muriqui - Tel.: (21) 8871-8179 Cláudio

ESTE ESPAÇO É SEU. ligue: (21) 2780-2520 O FOCO Entregas somente em Muriqui

SELF SERVICE SEM BALANÇA Apenas

R$ 6,00

Atenção empresários: ►Aberto diariamente Traga sua equipe em horário comercial para almoçar e jantar conosco com preços especiais

2780-2565

Ofertas válidas para os dois mercados condicionadas à duração do estoque. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Rua Santana, n. 887, Muriqui (Próximo À igreja batista)


1ª quinzena de novembro de 2010

O FOCO

classificados 15

ESTE ESPAÇO É SEU. ligue: (21) 2780-2520 ESTADO DO RIO DE JANEIRO | MUNICÍPIO DE MANGARATIBA REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS DO 1º DISTRITO RUA DOMINGOS JANNUZZI, N.º 58, CENTRO RESP. PELO EXPEDIENTE: FÁBIO HENRIQUE V. DE ALMEIDA REGO PUBLICAÇÃO

JORNAL SELECIONA COM URGÊNCIA CONTATO PUBLICITÁRIO/VENDEDOR

*Jornal seleciona Contato Publicitário/Vendedor para atuar em Itaguaí, Mangaratiba, Seropédica e bairros adjacentes. *A publicação já desfruta de notoriedade na região, tem projetos visual e editorial inovadores e busca profissionais para dinamizar sua ação comercial. OFERECEMOS: - Ajuda de custo e comissão vantajosa; - Oportunidade de rápida ascensão; - Ótimo ambiente de trabalho; EXIGIMOS: - Alguma experiência como contato publicitário/vendedor - Disposição para enfrentar desafios; - Boa apresentação, poder de convencimento e capacidade de lidar com público.

Envie currículo no corpo do e-mail para direcao@jornalofoco.com.br, mencionando no campo “assunto” a expressão “contato publicitário/vendedor”.

Anuncie aqui! 2780- 2520 O FOCO

Processo n° 1660/2010 – Casamento: PAULO RODRIGUES & DIONEA DA CONCEIÇÃO Processo nº 1661/2010 – Casamento: JALRI RODRIGUES MOREIRA & RUTE HORTENCIO DOS SANTOS Processo n° 1662/2010 – Casamento: WAGNER DIAS DE OLIVEIRA & SILVIA GALONETE RODRIGUES Processo nº 1663/2010 – Casamento: WELLINGTON SILVA DE LIMA & ANDREA REGINA DA SILVA Processo n° 1664/2010 – Casamento: PEDRO PAULO LUZIA FONSECA & CAMILA LOPES SABINO Processo nº 1665/2010 – Casamento: BRUNO PEÇANHA MARINHO & DAIANE NUNES QUINELATO. Processo nº 1666/2010 – Casamento: FRANKLIN JUNIO PEREIRA ALVES & BRUNA APARECIDA ROSA DA SILVA Processo nº 1667/2010 – Casamento: FLAVIO LUIZ NOGUEIRA CEIA & RAQUEL ALVES DA SILVA Processo nº 1668/2010 – Casamento: ANTONIO DONIZETE BATISTA DE SOUZA & CRISTINA MARIA DA CONCEIÇÃO GOUVEIA. Processo nº 1669/2010 – Casamento: JORGE ALEXANDRE DRUMMOND PEREIRA & PAULA REGINA RAMOS DE SOUZA. Processo n° 1671/2010 – Casamento: WENDEL ROCHA DO NASCIMENTO & ADRIANA GOMES SANTA ANA Processo n° 1672/2010 – Casamento: LUAN GUERRA DA SILVA & GILMARA RIBEIRO CORREA Processo n° 16732010 – Casamento: VILHEM DO NASCIMENTO FERRO JUNIOR & NATALIA NUNES DOS SANTOS Processo nº 1674/2010 – Casamento: EZEQUIEL DA SILVA & ALCIONE DE JESUS SILVA PINTO Processo n° 1675/2010 – Casamento: ELIEZER ESTERQUE GORDO & HELLID HASHIMOTO. Processo n° 1676/2010 – Casamento: PAULO ROBERTO PINTO DOS SANTOS & ROSANGELA GOMES DO NASCIMENTO Processo n° 1677/2010 – Casamento: RAFAEL DE AZEVEDO CRUZ & LETICIA FREIRE DE OLIVEIRA Processo n° 1678/2010 – Casamento: JOSE DE ARIMATHEA FILHO & CRISTIANA DA SILVA ARAUJO Processo n° 1679/2010 – Casamento: ROBSON LUIS DE OLIVEIRA MARTINS & BRUNA CAROLINA VIEIRA LIRA Processo n° 1680/2010 – Casamento: LINS CESAR DIAS & VANESSA DA SILVA CARVALHO Processo n° 1681/2010 – Casamento: ADINAEL BARRETO DA SILVA & JOSIANE RAMO DOS SANTOS Processo n° 1682/2010 – Casamento: GILSON CARVALHO DOS SANTOS & MICHELE DA SILVA TRINDADE Processo n° 1683/2010 – Casamento: SERGIO RICARDO DOS SANTOS FERREIRA & ELIANE PEREIRA DA SILVA Processo n° 1684/2010 – Casamento: JOÃO LUIZ VILACHÃ DE ALMEIDA REGO & SIMONE MENDES MIRANDA Processo n° 1685/2010 – EDSON PEREIRA DA SILVA & FABIANA APARECIDA FELIPE DE AGUIAR Processo n° 1686/2010 – Casamento: ROBERTO CARNEIRO MACEDO & LAISE FATIMA CORREA PITA Processo n° 1687/2010 – Casamento: EDJALMA MARCIANO DA SILVA & SIMONE BATISTA DUARTE Processo n° 1688/2010 – Casamento: FRANCESCO MANES FILHO & LUCIANA LOPES COSTA Processo n° 1689/2010 – Casamento: FABIO FELIX DA SILVA & JULIANA PIERROUT CASSIANO Processo n° 1690/2010 – Casamento: ANTONIO ALVES DA SILVA & MARIA ELIZABETH PEREIRA Processo n° 1691/2010 – GERALDO DE BARROS FERREIRA & MARIA DE FATIMA PEREIRA Processo n° 1692/2010 – LAURO TENORIO PINHEIRO & RENATA ROSA PEREIRA Processo n° 1693/2010 – JOSE FRANCISCO MARCOS & ANGELA CRISTINA CARDOSO Processo n° 1694/2010 – Casamento: VALDIR DOS SANTOS & DURVALINA GUIMARÃES Processo n° 1695/2010 – Casamento: PAULO FRANCISCO DE JESUS DOURADO & MARIA AMELIA SILVA MACEDO Processo n° 1696/2010 – Casamento: PAULO NOGUEIRA DA SILVA & CLAUDIA JULIA DA SILVA Processo n° 1697/2010 – Casamento: GUSTAVO MACHADO CAPRI & ANDREA CATARINO DA COSTA Se alguém souber de algum impedimento, acuse-o, na forma da lei. Mangaratiba, 10 de novembro de 2010.


16

O FOCO

1ÂŞ quinzena de novembro de 2010

O FOCO - Edição 89 - Notícias com Nitidez  

Notícias de Seropédica, Itaguaí, Mangaratiba, Gastronomia, Cotidiano, Poder, Esportes, Polícia, Política, Cultura