Page 1

Edição No 356

Site: www.drogamata.com.br

SP Julho/2018 Distribuição Gratuita

Fundador: Mauro Borges

E-mail: jornalmb@terra.com.br

Rua Rio da Bagagem, 82 - Zona Leste: Mais de 4 Milhões de Habitantes - São Paulo - CEP 03531-060 - Tel: (11) 2653-1806

BRASIL: PIOR QUE ESTÁ PODE FICAR! O nosso voto é a nossa maior e mais poderosa arma para demitir, deletar da vida pública políticos condenados, presos, corruptos, ladrões, falso deus e pai dos pobres, aventureiros e falastrões.

No próximo dia 7 de outubro, vai acontecer o primeiro turno das eleições 2018, quando o povo brasileiro terá o poder de votar e escolher o novo presidente do Brasil, novos governadores, senadores, deputados estaduais e federais. Na política, assim como na segurança pública não basta apenas criticar tudo e todos, xingar, deixar de votar, votar em branco, ou anular o voto. Temos que participar. Mais do que nunca precisa-

mos usar a força do nosso voto para elegermos quem merece, ou para demitirmos os corruptos, ladrões do dinheiro público. Vamos juntos deixar de apoiar políticos condenados ou presos, tipo falso deus, pai dos pobres, aventureiros, vigaristas e falastrões, porque a maioria deles viraram as costas para o povo, mas agora estão de volta prometendo tudo e mais um pouco, para ganharem a eleição novamente, na base da mentira, enganação

e com um festival de papo mais furado do que ralador de queijo. Tá chegando a hora de mudarmos tudo de errado que está aí. É de suma importância a gente – antes de apoiar ou votar em quem quer que seja - pesquisar o passado e o presente de cada candidato. Exemplo: Se é um bom filho, bom marido, bom pai ou mãe, ou se ele ou ela respeita a Lei de Deus e dos homens, se curte à sua família e amigos(as), enfim,

se já foi preso ou condenado, dentre outras informações importantes. Hoje, mais de 14 milhões de trabalhadores estão jogados na rua da amargura, desempregados, completamente esquecidos e abandonados à sua própria sorte, por culpa de maus políticos e partidos vigaristas, que sempre exploraram os pobres e miseráveis, jogando-lhes migalhas, enquanto roubavam trilhões de reais dos cofres públicos e quase levaram a falência a Petro-

bras, que sempre foi uma das maiores e mais respeitadas empresas do mundo. O Brasil precisa urgentemente voltar a crescer, para gerar empregos e progresso. Só com a nossa importante e efetiva participação no processo eleitoral, usando a força do nosso voto, escolhendo pessoas comprovadamente sérias e honestas, poderemos recolocar o nosso país na rota do crescimento e do desenvolvimento nacional. Caso contrário, o Brasil

vai continuar mergulhado e abandonado na UTI. Importante alertar que embora seja um sagrado direito dos eleitores, não comparecer para votar, votar em branco ou anular o voto, o maior prejudicado será o próprio povo brasileiro, por jogarem no lixo uma grande oportunidade de ajudar a mudar o Brasil para melhor, porque, pior que está pode ficar sim, onde as vítimas seremos todos nós, pobres, ricos e miseráveis. Acorda Brasil!

VEJA NESTA EDIÇÃO

LULA É FICHA SUJA. NÃO PODE SER CANDIDATO Pág. 3

Conheça o CONSEG Vila Matilde Pág. 5

Horóscopo e Variedades Pág. 6

Guia de Compras e Serviços Pág. 8


Página 2

Jornal MB - A Voz Forte da Zona Leste/SP

SAÚDE

Acontece PESQUISA DATAFOLHA – SOGESP

Conjunto de resultados da pesquisa é estarrecedor: 6 em cada 10 médicos denunciam pressões de planos para restringir internações; 7 em 10 dizem que isso também ocorre para reduzir exames e outros procedimentos. No SUS, 97% apontam problemas para exercer a especialidade. Outro indicador gravíssimo: 8 em cada 10 já foram agredidos no ambiente de trabalho. A SOGESP (Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo), por meio do Datafolha, realizou pesquisa com ginecologistas e obstetras do Estado (entre associados, não associados e também que nunca foram associados), com o intuito de conhecer melhor como estes profissionais se relacionam com planos e operadoras de saúde, em que condições atuam no Sistema Único de Saúde (SUS), quais os principais obstáculos enfrentados no dia a dia da medicina e as queixas mais recorrentes de seus pacientes quanto às redes pública e suplementar. A amostra é de 604 ginecologistas e obstetras, sendo que a pesquisa quantitativa, com abordagem telefônica, ocorreu de 24 de maio a 14 de junho de 2018. O nível de confiança é de 95%. PERFIL Segundo o Datafolha, hoje as mulheres são maioria entre os ginecologistas e obstetras (60%). E a presença feminina é maior entre os especialistas mais jovens. Elas são 84% entre o grupo de 25 a 34 anos. A média etária dos profissionais, independentemente de gênero, é de 47 anos. Houve a constatação de que apenas 4% dos entrevistados atuam exclusivamente na Obstetrícia. Entre os que já atuaram nesta área e não o fazem mais (14%), os principais motivos para abandonarem-na são a obrigatoriedade de disponibilidade médica em período integral (25%), especialização em outro campo (25%), estresse/desgaste/desmotivação (24%) e baixos honorários (23%). Fica evidente também que os ginecologistas e obstetras trabalham acima da carga estabelecida de 40 horas semanais (57%) no Brasil. Em média, eles dedicam 50 horas da semana, sendo que 40% trabalham mais do que isso. São 18% os que trabalham mais de 60 horas. PLANOS DE SAÚDE 72% dos médicos consultados atendem planos ou seguros saúde. Indagados sobre quais, na opinião deles, são as piores empresas da área suplementar, destacaram entre as três primeiras a Amil (13%), Intermédica/NotreDame (13%), Greenline (5%). Considerando todos os planos, 94% indicaram que eles interferem na autonomia do médico. Entre os principais tipos de interferência há restrições à internação (61%), ao tempo da internação/antecipação de alta (57%), ao período de internação pré-operatório (53%) e quanto à solicitação de exames (73%). A maioria (60%) relata que, nos últimos cinco anos, atendeu pacientes que tiveram problemas com os planos de saúde a ponto de interferir no adequado exercício da medicina. REDE PÚBLICA A avaliação do serviço público no Estado de São Paulo teve 83% de péssimo/ruim/regular. Quase a totalidade dos médicos GOs (97%) citam problemas para exercer a profissão na rede. Os problemas mais ressaltados são falta de valorização dos recursos humanos (69%), falta de equipamentos e recursos técnicos (66%) e descompromisso dos gestores (63%). Segundo os ginecologistas e obstetras figuram entre queixas dos pacientes: a demora para marcar/realizar exames (64%); demora/não conseguir vaga para internação (36%); falta de médicos ou poucos (22%). 92% avaliam como péssimo/ruim/regular o acesso dos pacientes aos serviços especializados de nível ambulatorial. São 9 em cada dez os que fazem consideração igual sobre o acesso dos pacientes à atenção secundária ou terciária. VIOLÊNCIA 81% dos ginecologistas e obstetras entrevistados já sofreram algum tipo de agressão no ambiente de trabalho, enquanto 78% já presenciaram episódios de agressões a outros profissionais de saúde. Sobre a agressão aos médicos, eles enumeram como motivos principais a demora para atendimento (40%), casos isolados de destempero (24%) e insatisfação com o atendimento médico (15%). Praticamente 8 em cada 10 dizem que não há equipes de segurança nas unidades em que trabalham. #EUVALORIZO Uma intensa campanha de valorização do ginecologista e obstetra já está tomando conta das mais diversas mídias: rádios, emissoras de TV, jornais, revistas, portais de internet, outdoors etc. Assim, a SOGESP responde imediatamente aos alarmantes dados trazidos pela pesquisa DataFolha, além de prestar um serviço às pacientes e à sociedade em geral, destacando o insubstituível papel do tocoginecologistas nos cuidados à saúde da mulher. A campanha #Euvalorizo cria um ambiente para que a paciente pare e pense mais sobre seu corpo e sua vida. Também a leva a refletir sobre a atuação decisiva do seu médico em todos os momentos relevantes de sua existência, desde o nascimento, passando pela adolescência, gestação, o parto, o momento da maturidade.

SP Julho/2018

Um erro médico mudou minha vida Hoje, ciente de que a maior causa de mortes no Brasil deve-se a erro médico e não a nenhum tipo de doença, segundo pesquisa realizada pela UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais e pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), teria sido mais enérgica na minha decisão de não assinar a autorização da cirurgia, num dos melhores hospitais do mundo, declara Carina Palatink. A vida de Carina Palatinik mudou radicalmente há 2 anos, após ser levada às pressas para uma cirurgia, feita contra a sua vontade, em que virou mais uma vítima de erro médico. A gestora da área da saúde lutou por seus direitos e conseguiu que o centro médico rescindisse o contrato com o profissional, além de afastá-lo de todos os conselhos dos quais fazia parte naquela época. Ela relata que tinha comido em um restaurante japonês no dia anterior e teve uma gastroenterite bem séria. Procurei um hospital de primeira linha em São Paulo, por volta das 18h, com febre, diarreia e vômito. Fiz todos os exames possíveis e já havia sido medicada quando apareceu um médico e disse que eu precisaria retirar a vesícula, em uma cirurgia de emergência. Já passava das 4h da manhã, estava exausta sem me alimentar, com febre.... nunca tinha tido nenhum problema digestivo , nunca tinha tido dor alguma ou sintoma de problemas relacionados a vesícula e além disso , 2 meses antes havia feito um check up , inclusive com exames de imagem de abdomem total , indicando minha saúde perfeita... e obvio nada na vesícula!! Era uma loucura, e recusei a assinar o termo de autorização da cirurgia. Afinal, eu não sou médica, mas trabalho há muitos anos com gestão da saúde, então, tinha uma noção de que aquilo não fazia nenhum sentido. Além disso, já tinha co-

nhecido médicos que agem de má fé por ganancia, que tiram órgãos, fazem implantes que não precisam sem feitos , só para ganhar dinheiro. Mas esse médico agiu de muita má-fé e, ao perceber a minha reação, chamou minha familia para conversar a sós e disse que, se eu não operasse, eu morreria. Evidentemente que eles ficaram desesperados e, então, assinaram a autorização como responsável pela intervenção. Fui para o centro cirúrgico a contragosto. Fiz a operação na mesma hora e, claro, fiquei com muitas sequelas. Afinal, eu estava com uma infecção intestinal, não podiam jamais ter aberto o meu corpo naquelas condições. Tive uma septicemia, uma espécie de infecção generalizada, fiquei 15 dias internada, fui para a UTI, tomei vários antibióticos diferentes para tentar controlar o quadro, pois não parava de evacuar sangue. Depois, foram vários anti-inflamatórios. Por mais de um ano seguido eu recebi uma série de remédios que só tratavam os meus sintomas, sem conseguir me recuperar totalmente. Hoje, sofro de uma síndrome e que os médicos dizem que não tem cura, chamada Síndrome do Intestino Permeável. Hoje através da minhas pesquisas sei que consigo cura-la , mas essa área da medicina que reconhece a mi-

crobiota intestinal como um novo órgão é muito nova e os médicos que atuam hoje desconhecem o assunto. Hoje tenho alergia a praticamente tudo, glúten, derivados do leite, não posso beber álcool, café, refrigerante, nem comer frituras, açúcares ou adoçantes, comidas temperadas... Ou seja, tenho uma dieta muito, muito restrita. Vou a restaurantes e festas e as vezes janto antes, para ter uma ideia da dificuldade que tenho para me alimentar. E, antes, levava uma vida normal em relação a isso, sem problema algum. Também comecei a apresentar problemas nas articulações, provavelmente por conta do excesso de antibióticos e medicamentos ingeridos Fiquei um ano tentando me tratar passei pelos melhores médicos especialistas e nenhum resolvia minhas questões, apenas me medicavam para os sintomas com medicamentos com mais efeitos colaterais que pioravam mais ainda meu quadro. Só comecei a melhorar quando fazendo minhas pesquisas resolvi parar de tomar aquele monte de medicamentos receitados que só contribuíam com mais sintomas colaterais, e estou fazendo uma terapia holística que eu mesma fui elaborando aos poucos através das minhas pesquisas, com produtos na-

turais, homeopatias, algo que trate as causas e não mais os sintomas das minhas complicações. Já evolui bastante e sem nenhum remédio. Em paralelo, está correndo o processo criminal contra o médico que foi o responsável por tudo isso, uma ação criminal. Por ter conhecimento da área médica, a primeira coisa que eu fiz, após sair da cirurgia, foi pedir para ficar com o meu órgão, pois é um direito do paciente. Mandei para dois laboratórios diferentes que já havia trabalhado e confiava, fazerem a anatomopatologia e, realmente, não encontraram nada, nenhum indício de que precisava retirar. Essa evidência já foi o suficiente para o hospital rescindir o contrato com o médico imediatamente e afastá-lo de todos os conselhos dos quais fazia parte naquela época, há cerca de dois anos. Por conta da minha intervenção, fiz várias reuniões com a alta direção do hospital e mudaram o procedimento operacional padrão, passando a não mais aceitar a assinatura de familiares dos pacientes para a realização de nenhum procedimento, sem o consentimento formal do doente, caso esteja consciente. “Mas ainda não atingi o meu principal objetivo: quero que esse médico nunca mais exerça a medicina e que não prejudique outras pessoas como prejudicou a mim e a outras pessoas que conheço e que me deram seus relatos e, se necessário, serão minhas testemunhas no processo. “ Hoje mantenho um blog e um canal no Youtube, ambos com o meu nome. Lá, ajudo outras pessoas que passaram pelas mesmas situações que eu, como erros médicos, e dou dicas para quem tem sequelas como as que eu tive. Hoje, eu defendo que as pessoas precisam se informar muito bem antes de autorizar qualquer tipo de cirurgia e, além disso, denunciar quando ocorre qualquer erro. É um direito delas. Quando isso acontecer essa estatística de que torna o erro medico o maior numero de óbitos no Brasil , ficara ainda mais aterrorizante.

EXPEDIENTE Jornal MB Zona Leste

MB Mais Brasil Editora e Promoções Ltda.

Sempre informando com seriedade e imparcialidade os fatos que são notícia. Diretor Editorial: Mauro Borges Malta Filho Diretor Administrativo: Marcos Borges Malta Jornalista Responsável: Mauro Borges (MTB 40.680/SP) Relações Públicas: Lúcia de Fátima Santos Malta Repórter: Márcio Borges Malta Redação: Lúcia Borges Bueno Revisão: Júlia Borges Bueno

Rua Rio da Bagagem, 82 Vila Matilde - São Paulo CEP 03531-060

 (11) 2653-1806

APOIO

Este Jornal não se responsabiliza por matérias assinadas ou por publicidade paga

Filiado à Associação dos Jornais da Zona Leste/SP _ AJORLESTE Impressão:

COLUNA SAÚDE ACONTECE Perguntas e sugestões podem ser enviadas para acontece@acontecenoticias.com.br ou para a Avenida Pompeia, 634, conj. 401 - São Paulo, SP - CEP 05022-000

S/A O Estado de S. Paulo

a


SP Julho/2018

Jornal MB - A Voz Forte da Zona Leste/SP

Página 3

Juíza diz que Lula está “inelegível” e nega pedido de entrevista

A juíza Carolina Moura Lebbos, responsável pela execução da pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), negou pedido feito pelo UOL, Folha de S. Paulo e SBT para entrevistar o pré-candidato do PT à Presidência na sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde o petista está preso desde o dia 7 de abril. A defesa do ex-presidente disse que vai recorrer da decisão, que teria violado direitos “fundamentais”. Lula foi condenado em segunda instância a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Sua defesa afirma que ele é inocente e que não há provas dos crimes atribuídos a ele. Segundo o último Datafolha, Lula lidera a corrida presidencial com 30% das intenções de voto. Na decisão, publicada no último dia 11/07, a juíza justifica a sua decisão afirmando que a condição de “pré-candidato” não possui validade jurídica e que as entrevistas não se justificariam porque o petista está “inelegível”. Ela cita artigo da Lei da Ficha Limpa para afirmar que entrevistar alguém já condenando em segunda instância não teria nenhuma utilidade. “Embora se declare ser o executado pré-candidato ao cargo de presidente da República, sua situação se identifica com o status de inelegível. Em tal contexto, não se pode extrair utilidade da realização de sabatinas ou entrevistas com fins eleitorais. Nesse quadro, sob a ótica da execução penal, sequer se mostra juridicamen-

Lula foi condenado a 12 anos de cadeia e não pode ser candidato. É ficha suja te razoável a autorização pretendida”, diz. Em maio, os advogados do UOL, Folha e SBT encaminharam à juíza o pedido para sabatinar o petista . Os três veículos realizaram uma série de sabatinas com os pré-candidatos mais bem colocados na pesquisa Datafolha divulgada em abril. As entrevistas tiveram início do dia 7 de maio, com o senador Alvaro Dias, pré-candidato do Podemos. Depois dele, foram ouvidos Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB). O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) foi convidado, mas recusou a participação, alegando problemas na agenda. Sobre a solicitação, o

MPF (Ministério Público Federal) se manifestou contrário e a defesa de Lula, favorável. Carolina Moura Lebbos diz no documento que não há previsão constitucional ou legal que dê ao preso o direito de dar entrevistas. “O contato do preso com o mundo exterior se dá ‘por meio de correspondência escrita, da leitura e de outros meios de informação que não comprometam a moral e os bons costumes’. [...] Não há nessa disciplina legal inconstitucionalidade sob a ótica do direito à liberdade de expressão, invocado pela defesa. A limitação se justifica”, escreveu, citando artigo da Lei de Execução Penal.

Além dos três veículos já citados, outros três pedidos foram feitos a ela com a mesma finalidade. Lebbos diz que permitir a realização de entrevistas e sabatinas, “sequer previstas em legislação”, alteraria a estabilidade do ambiente carcerário em que se encontra Lula. “Obviamente autorização de tal natureza alteraria a rotina do local de cumprimento da pena, exigindo a alocação de agentes e recursos para preservação da segurança e fiscalização da regularidade da execução”, justifica. A juíza rebate ainda a ideia defendida pela defesa de que Lula estaria tendo seu direito de igualdade e isonomia em relação aos de-

mais pré-candidatos ferido. Ela afirma que os critérios de isonomia a serem adotados não devem ser os mesmos de cidadãos em liberdade. “Deve-se considerar, sim, os demais cidadãos em situação de cumprimento de pena em regime fechado. Nesse contexto se enquadra o custodiado”, enfatiza, acrescentando ser inviável aos sistemas de segurança deixar que presos sejam entrevistados. “Não se trata de obstar a liberdade de imprensa. Cuida-se sim, como já observado, de questão afeta à segurança pública e do estabelecimento de custódia e à disciplina no cumprimento da pena”, diz. Juíza também proíbe atividades de campanha Na mesma decisão, a juíza negou uma série de pedidos feitos pelo PT para que Lula pudesse participar da campanha eleitoral. Veja o que o ex-presidente foi proibido de fazer: • Participação em entrevistas e debates • Participação na convenção nacional do PT, quando será definido o candidato do partido • Participação em eventos de campanha e pré-campanha por meio de videoconferência a partir da prisão • Participação em eventos de campanha e pré-campanha por meio de vídeos gravados na prisão De acordo com Lebbos, o partido solicitou, por exemplo, que Lula pudesse deixar a prisão temporariamente participar da convenção nacional da legenda.

Além disso, o PT queria que Lula fosse autorizado a participar de entrevistas e direitos políticos e que seu direito de ter uma agenda como a dos outros pré candidatos está sendo restrito, gerando “falta de isonomia” na disputa. Para Lebbos, a situação “se identifica com o status de inelegível” de acordo com a Lei da Ficha Limpa – que torna inelegíveis pessoas condenadas por determinados crimes em segunda instância. A legalidade da candidatura de Lula ainda dependerá de uma análise pela Justiça Eleitoral. Além disso, a juíza afirma que a Lei de Execução Penal só permite a saída provisória em casos de morte de parentes ou tratamento médico. “A participação em entrevistas e debates não se encontra entre elas. Tampouco a participação em convenção partidária”, escreveu a magistrada. Outro lado Em nota, a defesa de Lula informou que vai recorrer da decisão. Segundo o advogado Cristiano Zanin Martins, o despacho da juíza “reforça violações a direitos e garantias fundamentais do ex-presidente Lula.” Ainda de acordo com Zanin Martins, a decisão também afirma uma situação de inelegibilidade que ainda terá que ser analisada pelo STJ e pelo STF nos recursos contra a condenação no processo do tríplex. “Lula não praticou nenhum crime e por isso a defesa espera que um julgamento justo, imparcial independente irá reconhecer sua inocência”, disse o advogado.

A VOZ FORTE DA ZONA LESTE

A OPERAÇÃO BAIXAS TEMPERATURAS JÁ COMEÇOU.

35 ANOS PROMOVENDO AS MAIORES FESTAS E SHOWS POPULARES AO AR-LIVRE E DE GRAÇA PARA O POVO www.drogamata.com.br

Com a chegada do frio, a Prefeitura de São Paulo já iniciou a Operação Baixas Temperaturas. Ajude as pessoas em situação de rua solicitando pelo 156 uma abordagem social no endereço onde elas se encontram.

SEU DIREITO DE SABER É NOSSO DEVER. www.prefeitura.sp.gov.br


Página 4

Jornal MB - A Voz Forte da Zona Leste/SP

SP Julho/2018

Adesão obrigatória ao eSocial para empresas do Simples e MEIs agora em Julho A partir de 16 de julho, começa a vigorar o eSocial obrigatório para micro e pequenas empresas em todo o Brasil, incluindo os Microempreendedores Individuais (MEIs) com empregados e segurados especiais. A medida segue o cronograma da Receita Federal iniciado em 2017. O governo espera a adesão de 155 mil MEIs com empregados e 2,7 milhões de empresas do Simples Nacional. A partir de 16 de julho, começa a vigorar o eSocial obrigatório para micro e pequenas empresas em todo o Brasil, incluindo os Microempreendedores Individuais (MEIs) com empregados e segurados especiais. A medida segue o cronograma da Receita Federal iniciado em 2017. O governo espera a adesão de 155 mil MEIs com empregados e 2,7 milhões de empresas do Simples Nacional O Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo (Sescon-SP) em conjunto com o Fórum Permanente em Defesa do Empreendedor enviaram recentemente à Receita Federal do Brasil um ofício solicitando especial atenção para um faseamento diferenciado do prazo de exigência do eSocial para empresas com limite de faturamento até R$ 4,8 milhões. Para o presidente da entidade, Marcio Massao Shimomoto, trata-se de um grupo que possui constitucionalmente tratamento di-

ferenciado. “Acreditamos que o maior entrave para essas empresas será a falta de suporte técnico, resultando em dificuldades no cumprimento e possíveis penalidades para as empresas, não por negligência ou omissão, mas por suporte técnico para adequação à sistemática do eSocial”, argumenta Shimomoto. Para o presidente do Sescon/SP, também motivou o pedido junto à Receita Federal a falta de um plano de contingenciamento para o cumprimento de obrigações principais no caso de empresas que não conseguirem implantar adequadamente o sistema no prazo determinado. “Se a empresa estiver no rol de obrigadas e não estiver em ordem com o eSocial, não conseguirá gerar as guias e os respectivos pagamentos do IR, INSS e FGTS. A forma mais segura seria o aceite das guias geradas pelos próprios contribuintes com objetivo de não comprometer o cumprimento das obrigações principais inerentes à folha de salários como impostos, contribuições e encargos sociais”. No documento entregue à Receita Federal, o Sescon/ SP e demais entidades do Fórum Permanente em Defesa do Empreendedor pedem que o faseamento diferenciado se inicie em janeiro de 2019. O que muda para as empresas? • Fase inicial julho de 2018. Em princípio, os empregadores devem enviar eventos cadastrais e tabelas da empresa. • Em setembro tem

início a fase de povoamento do eSocial com a informações cadastrais dos trabalhadores vinculados aos mais de quatro milhões de empregadores. • A partir de novembro, o programa terá as remunerações cadastradas e o fechamento das folhas de pagamento no ambiente nacional. MEI Também no dia 16 de julho deve entrar em operação para os Microempreendedores Individuais um portal específico do eSocial. Será um ambiente simplificado para o qual não será necessário

o uso de certificado digital, apenas um código de acesso. Também não exigirá nenhum sistema do empregador, pois os dados serão informados diretamente no site do sistema. Somente MEIs que possuem empregados estão obrigados ao eSocial. Empresas do Simples Empresas do Simples Nacional também terão a opção de utilizar o portal do eSocial na internet para inserção de dados dos trabalhadores, sem necessidade de um sistema próprio. Para empregadores deste grupo que tenham somente um trabalhador,

o acesso será via código de acesso. Tendo mais de um empregado, o uso do certificado digital será obrigatório. Empresas sem empregados Empresas do Simples Nacional que não possuem empregados devem acessar anualmente o portal do eSocial para informar a inexistência de atividade que as obriguem a escrituração. Grandes empresas Desde janeiro de 2018 o eSocial é obrigatório para empresas no Brasil cujo faturamento anual ultrapassa R$ 78 milhões. Atualmente, 97%

das empresas desse grupo já integram o eSocial, segundo o governo federal. Órgãos públicos Estarão obrigados a partir de janeiro de 2019, de acordo com o cronograma. Sobre o eSocial O sistema é uma iniciativa do governo federal envolvendo Receita Federal, Ministério do Trabalho, Caixa Econômica, Secretaria de Previdência e INSS com o objetivo de unificar obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, reduzindo assim a burocracia e redundância nas informações.


Jornal MB - A Voz Forte da Zona Leste/SP

SP Julho/2018

Página 5

Costa Cruzeiros lança projeto para estimular a alimentação saudável nas crianças Companhia marítima propõe um programa educativo para crianças baseado em um cardápio nutritivo em parceria com a Universidade de Parma, Barilla e a Madegus Master of Taste São Paulo, julho de 2018 – A Costa Cruzeiros anuncia um programa de alimentação saudável para crianças. Por meio de um jogo de cartas educativo e divertido, a companhia marítima lança um novo menu direcionado às crianças em viagem a bordo de seus navios. O projeto, em parceria com a Barilla, Universidade de Parma, e a Madegus, empresa focada em educação nutricional, visa conscientizar os pequenos hóspedes sobre a importância da alimentação e da ingestão de uma dieta saudável. A oferta gastronômica para as crianças a bordo foi totalmente modificada, seguindo os princípios da dieta mediterrânea e da variedade alimentar. Massas, frutas

e legumes são os principais itens dos novos pratos. Essa inciativa permitirá aos pais que incluam na dieta de seus filhos alimentos que estimulem o crescimento do corpo e da mente, propagando assim hábitos saudáveis, mesmo durante as férias. As crianças terão sete opções de pratos disponíveis, cada uma delas identificadas por nomes diferentes: Planeta Vermelho, Planeta Amarelo, Planeta Branco, Planeta Roxo, Planeta Verde, Tesouro Escondido e Arco-Íris. Entre as delícias oferecidas para as crianças: tomate, queijo fresco e pizza; mini-penne com natas, ervilhas e presunto; queijo crescenza com fatias de cenoura amassadas; massa legumotti ao molho de tomate com atum, azeitonas e muçarela, além de macarrão fusilli 5 grãos a carbonara com vegetais. Sempre que as crianças a bordo escolherem uma das sete opções de pratos, seja

no restaurante principal ou durante o almoço com os monitores no espaço infantil Squok Club, elas receberão

um pacote contendo 10 cartas. O baralho, ilustrado pelo famoso cartunista italiano Fogliazza, tem, no total, 85

cartas de personagens que representam as 5 cores das frutas e legumes. Durante o cruzeiro, as crianças são convidadas a colecionar e trocar as cartas entre elas. Com essa iniciativa, a Costa se torna porta-voz da conduta responsável, de princípios saudáveis e de um estilo de vida que envolve diretamente os hóspedes e a tripulação. A proposta é que os navios da Costa sejam vistos como verdadeiros lares, onde é possível compartilhar experiências empolgantes e, principalmente, pensar o futuro juntamente com as novas gerações. Sobre a Costa Crociere A Costa Crociere é a companhia marítima italiana integrante da Carnival Corporation & plc, a maior empresa de cruzeiros do mundo. Há 70 anos a frota da Costa Crociere navega pelo mundo e oferece o melhor do estilo italiano, da hospitalidade a alta gastronomia, fazendo das férias uma

experiência única a bordo. As embarcações incluem o que há de mais moderno em diversão, além de oferecer opções para aqueles que desejam relaxar. Possui 14 navios em serviço, a maior frota da Europa. Além disso, dois navios de última geração serão entregues em 2019 e 2021: eles apresentam um “projeto verde” revolucionário e será conduzido por gás natural liquefeito (GNL), combustível fóssil mais limpo do mundo, o que representa um grande avanço ambiental. A Costa reflete a excelência italiana surpreendendo seus clientes todos os dias com experiências de férias únicas e inesquecíveis graças aos 19.000 associados de Costa em todo o mundo que, por sua vez, trabalham todos os dias para oferecer o melhor da Itália em férias de cruzeiro por meio de 140 itinerários diferentes, 261 destinos e 60 portos de embarque.

Ajude a Polícia a ajudar você Você pode confiar Este é um alerta da Policia Militar, que no atual momento, serve para todos, de qualquer localidade brasileira. Estamos num tempo omplicado e aí vão algumas medidas cautelares: 1- Evite bares noturnos ou lanchonetes em locais abertos. 2- Evite sair de casa após dez da noite. 3- Transite somente por vias movimentadas. Evite atalhos. 4- Não demorem no embarque e no desembarque do veiculo!

DICAS DE SEGURANÇA:

Combine com familiares. 5- No desembarque cada um bate sua porta e o motorista tranca as portas no controle remoto ao mesmo tempo que se afasta rapidamente do veículo! 6- Se despeça dentro de casa, embarque rápido e saia com o veículo, evite ficar parado dando bobeira, ao embarcar devagar ou se despedindo na rua. 7- Passeios de preferência em Shoppings. 8- Ao parar em um sinal, mantenha distância do veículo da frente, para que você possa ver os pneus traseiros.

Assim dá para sair rapidamente sem manobrar, se for preciso. 9- Evite parar na faixa da esquerda do semáforo. De preferência a faixa do meio. 10- Mantenha distância de duplas, em motocicletas. 11- Nunca parem para falar no WhatsApp dentro dos veículos. 12- Se forem aguardar alguém em algum lugar, observe antes ao redor, estacione o veículo com segurança, apague todas as lâmpadas, puxe o freio de mão e retire o pé do freio(para apagar a luz de freio!(veículo sempre com

todos vidros fechados e filmados) 13- Se perceber suspeitos, dê várias voltas antes de entrar com o carro na garagem. Ao sair de casa, olhe atentamente se não tem ninguém na rua. De preferência, pelas câmeras de TV ou no celular. 14- Quem tiver condições de comprar um carro blindado, compre! 15- Sempre suspeitar de tudo e de todos. Ter uma postura defensiva é estar sempre atento. 16- A pé ao ouvir disparos, diminua a silhueta, deite-se ou abaixe-se imediatamente,

de preferência ao lado de algo rígido que sirva de proteção. Ex.: meio fio, mureta, roda dianteira(ao lado do motor) de carros estacionados. 17- Ao se dirigir ao veículo estacionado, nunca vá diretamente à ele. Observar todo ambiente em volta e se estiver tudo tranquilo, embarcar e sair rapidamente. 18- Quando for a algum ambiente público como padarias, restaurantes ou bares, dê preferência aos que têm câmeras e segurança armada. 19- Nunca ir a caixas eletrônicos à noite, nem no fim de semana e nem em lu-

gares desertos. Dê preferência aos shoppings. 20- Antes de entrar em algum estabelecimento sempre observe se as pessoas estão agindo com naturalidade, pessoas muito paradas sem se mexer podem estar sendo assaltadas. 21- Nada de conversas, no portão e em frente de casa na calçada. Esse tempo já passou! 22- O mais Importante: *Se for surpreendido não faça movimentos bruscos. ORIENTE SEUS FAMILIARES, SEUS AMIGOS, E SE QUISER COMPARTILHE.

CONSEG *DESCUBRA O PRAZER DE SER ÚTIL A VOCÊ MESMO, À SUA FAMÍLIA, À SUA COMUNIDADE E AO BRASIL. SEJA UM VOLUNTÁRIO DO CONSEG: CONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA. LEMBRE-SE: NA QUESTÃO DA SEGURANÇA PÚBLICA, NÃO BASTA CRITICAR. TEM QUE PARTICIPAR. MAIS DE 500 CONSEGs NO ESTADO DE SÃO PAULO. INFORME-SE NA DELEGACIA MAIS PRÓXIMA E PARTICIPE !

CONHEÇA, APOIE, DIVULGUE, PARTICIPE!

Os CONSEGs foram criados através do Decreto Estadual nº 23.455, de 10 de maio de 1985, e regulamentado pela Resolução SSP-37, de 10 de maio de 1985, e aperfeiçoada, criada a função de Coordenador Estadual dos CONSEGs, para Assuntos dos Conselhos Comunitários de Segurança. Pelo Decreto Estadual nº 25.366, em 11 de junho de 1986. Atualmente, coordenado por Evaldo Roberto Coratto, desde setembro de 2011. Cada Conselho é uma entidade de apoio à Polícia Estadual nas relações comunitárias, e se vinculam, por adesão, às diretrizes

emanadas da Secretaria de Segurança Pública, por intermédio do Coordenador Estadual dos Conselhos Comunitários de Segurança Evaldo Roberto Coratto. Os CONSEGs, em sua fundação, foram implantados em 522 municípios (municípios populosos admitem mais de um con-

selho). São 84 CONSEGs na capital, 55 na região metropolitana e 337 no interior e litoral, totalizando 476 conselhos. Novos CONSEGs têm sido homologados pela Segurança Pública. Os Líderes comunitários interessados em participar do CONSEG, devem procurar o Conselho

de seu bairro ou município. A participação da comunidade como um todo é essencial para que a parceria entre a Polícia Civil e a Polícia Militar tenham êxito na prevenção ao combate a criminalidade. E os CONSEGs exercem papel importante nesta política de governo.

25/07/2018 às 20h00

ReuniÃO do Conseg Vila Matilde

Local: Sociedade Amigos da Vila Matilde, Rua Dona Matilde, 829 - com portas abertas ao público. *Mauro Borges - Presidente do CONSEG Vila Matilde


Jornal MB - A Voz Forte da Zona Leste/SP HORÓSCOPO MB

ÁRIES

TOURO (21/04 a 20/05)

Atritos podem rolar com colegas de trabalho, mas se apostar em seu jeito prático, tudo ficará mais fácil de resolver. Pense melhor antes de gastar seu dinheiro. Semana propícia para fortalecer a sua fé.

A semana será favorável para quem estiver procurando emprego. Quem tem emprego, a comunicação será a sua arma para se dar bem em reuniões ou ao expor suas ideias. A relação amorosa precisará de tolerância de ambos os lados.

GÊMEOS (21/05 a 20/06)

CÂNCER (21/06 a 21/07)

Pode assumir novas responsabilidades no serviço. Confie em seu taco. Nas finanças, faça contas e veja no que dá para economizar. Se está só, poderá conhecer alguém em reunião familiar. Romance cheio de cumplicidade.

Seu tino comercial estará forte, facilitando as negociações e lucros. No trabalho, preste atenção nos detalhes. Seu lar deverá ser seu refúgio nesta semana. Vai se divertir ao lado do seu par. Momentos especiais na paquera.

(22/07 a 22/08)

LEÃO

VIRGEM (23/08 a 22/09)

Boas energias para quem quiser mexer com reforma em casa ou decoração. Pessoa com mais experiência poderá dar conselho e apoio no setor profissional. Amigos podem dar uma força na paquera. União precisará de diálogo.

Pode ter problemas com grana. Use sua intuição e criatividade para resolver pendências financeiras. Aproxime-se mais dos amigos e coloque o papo em dia. Se está pensando em conquistar alguém, evite fazer exigências.

LIBRA

ESCORPIÃO

Seu sucesso no trabalho pode depender das parcerias que estabelecer agora. Se sentir algum sintoma de estresse, procure relaxar e se distrair. Reforce os laços com a pessoa amada. Seu magnetismo vai atrair pretendentes.

Novas experiências podem abrir novos horizontes. Semana indicada para reuniões ou fazer contato com outras empresas. Energias positivas na vida amorosa. Não recuse convites para sair com a turma ou com o par.

(21s/03 a 20/04)

(23/09 a 22/10)

SAGITÁRIO (22/11 a 21/12)

(23/10 a 21/11)

CAPRICÓRNIO (22/12 a 20/01)

No trabalho, saberá defender suas ideias com bons argumentos. No relacionamento familiar e de amigos, terá que controlar a impulsividade. Se seu coração está sem ninguém, pode pintar interesse por alguém da turma. Novidades a dois.

Bons momentos em família: diversão e cumplicidade entre parentes mais chegados. Vai ter que se empenhar para manter o foco, principalmente na profissão. A conquista e a sua vida a dois estarão protegidas pelos astros.

AQUÁRIO (21/01 a 19/02)

PEIXES (20/02 a 20/03)

Terá que trabalhar duro para atingir suas metas profissionais e financeiras. Boa semana para começar estudos ou fazer cursos. Uma paixão deve rolar em viagem ou passeio. Curta os bons momentos que terá com seu par.

Se está buscando uma nova colocação no mercado de trabalho, esse é um bom momento. Já se está trabalhando, poderá assumir novas responsabilidades. Festas, reuniões, passeios e viagens vão tirar o romance da rotina.

SP Julho/2018

“Enganei o país inteiro”, diz Fernanda Souza sobre cantar A atriz e apresentadora Fernanda Souza revelou uma curiosidade durante sua entrevista no Conversa com Bial na quarta-feira, 11, que muitos fãs da primeira versão da novela Chiquititas, sucesso do SBT nos anos 1990, não sabiam: as atrizes não cantavam na produção, apenas dublavam as músicas. “Eu nunca cantei. [Dublava] muito bem. Enganei o país inteiro”, se divertiu a apresentadora. “Toda vez que eu falo isso sempre tem que faz um ‘ahhhh’ e eu respondo ‘aí, miga, se você pegasse o encarte do CD ia ler lá quem faziam os vocais e via que não éramos nós’”, continuou. “Era muito difícil achar 20 crianças que cantassem, dançassem e atuassem, então eles escolheram só os dois primeiros e a gente dublou mesmo”, disse Fernanda.

“Era muito difícil achar 20 crianças que cantassem, dançassem e atuassem”, disse a apresentadora em entrevista sobre ‘Chiquititas’

Ela também contou de um episódio logo após o fim da novela em que foi contratada para gravar um disco, mesmo com sua mãe avisando a gravadora que

ela não cantava nada. “Me chamaram para gravar um CD e eu gravei, não podia recusar aquela graninha. Mobiliei um apartamento inteiro com o dinheiro

daquele CD”, lembra. “Fui na gravadora e cantei mal. Minha mãe disse: ‘avisei [há] três meses que essa menina não canta nada’”, brincou.

Sociais

Karina Fernandes comemora mais um ano de vida com festa muito animada No último dia 09 de julho, Karina Fernandes, filha do casal Ione e Fernandes (recentemente facelido), festejou seus 39 anos de vida, bem vividos, na presença de seus amigos e familiares. O clima animado foi regado a muitos drinks, especialmente desenvolvidos para a grande festa, por seu cunhado e especialista, Elvio. Além disso, uma mesa farta e muito churrasco para completar. O videokê foi um dos atrativos que motivou cantores enrustidos a soltarem a voz e fazer valer o ditado “quem canta, seus males espanta”. E por falar em descontração, teve a seleção de música foi bastante eclética, indo do bom e velho rock’n roll até lambada! Este úl-

Fotos: Mauro Borges Filho

Página 6

timo ritmo que embalou os anos 80, fez sucesso na festa, fazendo todo mundo sacudir o esqueleto como se ninguém estivesse observando.

A equipe do Jornal MB parabeniza a aniversariante pelo ótimo evento, fazendo votos que seu novo ano de vida seja muito feliz e cheio de conquistas!

BOMBEIROS DA PM NUMA BOA AÇÃO A moradora de Guaianases, Edir Brum, teve a iniciativa de enviar uma carta para o Corpo de Bombeiros da Polícia Militar da região relatando que o seu querido netinho Yuri Brum de Araújo, que adora o Corpo de Bombeiros, iria completar no dia 22 de junho, 4 aninhos de vida e gostaria muito de ver a possibilidade de contar com a visita de um Bombeiro da PM na sua festinha de aniversário. A criança que sofre de problemas cardíacos, queria que o tema da sua festa fosse dedicada aos heróis do fogo. Para alegria do aniversariante, familiares e vizinhos, a unidade do Corpo de Bombei-

ros de Guainases, sob o comando do 3º Sargento CB Novaes, acompanhado do Cabo Fernandes, Cabo Rodrigo, Cabo Flávio, Soldado Turossi, dentre outros, vieram realizar o sonho da criança, comparecendo com o caminhão da corporação, emocionando o aniversariante, familiares e vizinhos. Fatos como este mostram porque o valente e guerreiro Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Pauloe são tão queridos, admirados e respeitados pela população. Parabéns Yuri e vovó Edir. Missão dada para os Bombeiros da PM é Missão cumprida, neste caso com louvor e tantas emoções.

HUMOR

Piada de Joãozinho A professora chega para o Joãozinho e diz: - Joãozinho qual é o tempo da frase: Eu procuro um homem fiel? E então Joãozinho

responde: - É tempo perdido!


SP Julho/2018

Jornal MB - A Voz Forte da Zona Leste/SP

Página 7

Educação básica

Prêmio Professores do Brasil tem 690 inscritos do estado de São Paulo

A 11ª edição do Prêmio Professores do Brasil (PPB) registrou a inscrição de 690 professores da educação básica da rede pública do estado de São Paulo. Em todo o país, foram 4.040 inscritos. O concurso pretende reconhecer e premiar o trabalho de docentes que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula. Os vencedores nacionais serão conhecidos em 29 de novembro, no Rio de Janeiro. “O prêmio passou a ser mais conhecido pelos professores e foi feita uma divulgação forte pelos participantes da edição passada”, explicou o coordenador-geral de Apoio a Certames e Programas Especiais, da Secretaria de Educação Básica (SEB) do Ministério da Educação, Joselino Goulart Júnior. “Isso nos ajudou a termos esse número de 4.040 inscritos, mesmo em um curto período para as inscrições”. O prêmio é uma iniciativa do MEC com instituições parceiras, e tem como objetivo estimular a participação dos professores como sujeitos ativos na implementação do Plano Nacional de Educação e da

Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A premiação dá visibilidade às boas experiências pedagógicas conduzidas pelos professores, além de oferecer uma reflexão sobre a prática pedagógica e orientar a sistematização de experiências educacionais. “Para os professores que têm essa coragem de compartilhar suas experiências e os seus resultados, a ideia

do prêmio é divulgar isso nacionalmente para que esses exemplos possam ser utilizados por outros professores, em realidades bem próximas das que eles encontram em suas escolas e dar essa valorização desses trabalhos realizados nas escolas públicas”, reforçou o coordenador-geral da SEB. Do total de professores inscritos nacionalmente, 2.949

são mulheres e 1.091, homens, sendo 2.249 funcionários de escolas municipais, 1.644 de estaduais, 97 de federais e 50 de instituições privadas conveniadas. “Isso é um reflexo do percentual de professoras e professores que nós temos no país”, pontuou Joselino. “A maioria de professores são mulheres, e isso se reflete também na participação no prêmio.” Para participar do concur-

so, os professores enviaram um relato da prática pedagógica desenvolvida com seus alunos. Neste ano, a premiação vai distribuir R$ 305 mil aos vencedores, bem como viagens educativas pelo Brasil e pelo exterior e placas para as escolas dos candidatos que tiverem experiências selecionadas. Etapas – O PPB é dividido em três etapas: estadual, regional e nacional. Os participantes vão concorrer nas categorias Educação infantil/ creche, Educação infantil/ pré-escola, Anos iniciais do ensino fundamental/1º, 2º e 3º anos, Anos iniciais do ensino fundamental/4º e 5º anos, Anos finais do ensino fundamental/6º ao 9º ano e Ensino médio. Na etapa estadual, os três primeiros colocados em cada categoria recebem certificado que ficará disponível no próprio sistema de inscrição, e o vencedor, um troféu. Na regional, são R$ 7 mil, mais troféu e viagem oferecida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), autarquia vinculada ao MEC. Na categoria nacional, são mais R$ 5 mil

e troféu. Além dessas etapas, os professores podem concorrer em uma das cinco temáticas especiais: O esporte como estratégia de aprendizagem, Uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional, Boas práticas no uso de linguagens de mídia para as diferentes áreas do conhecimento no ensino fundamental e médio, Práticas inovadoras de educação científica e Educação empreendedora. A premiação para as temáticas especiais inclui R$ 5 mil para os professores vencedores ou as escolas, viagens e participação na programação da TV Escola. A divulgação dos vencedores na etapa estadual será em 21 de agosto. Os selecionados para a etapa regional serão conhecidos em 11 de outubro. Os 30 selecionados para a etapa nacional e os selecionados para a premiação especial serão anunciados em 11 de outubro. “A avaliação estadual está acontecendo e a equipe de avaliadores e coordenadores está trabalhando nessa seleção”, finalizou Joselino Goulart.

Como diminuir o tempo nas redes sociais Por: *Christian Barbosa Nos últimos anos, as redes sociais se transformaram em nosso padrão de existência no mundo. Isso significa que praticamente todas as pessoas utilizam alguma rede social, seja para trabalhar ou para interagir com os amigos. Ao mesmo tempo, o crescimento

desse novo modelo de comunicação trouxe um problema: consumimos grande parte do nosso tempo na internet. Uma pesquisa recente do Global Web Index mostrou que as pessoas gastam, em média, duas horas por dia com redes sociais e mensagens. Em muitos casos, esse tempo pode ser ainda maior.

Não estou dizendo que é errado utilizar as redes sociais – elas podem facilitar - e muito - nossas atividades. O problema surge quando há um excesso de uso, o que pode trazer prejuízos para a nossa vida. O primeiro passo para entender se a vida digital está atrapalhando nossa rotina é

questionar: o que é importante e estou deixando de fazer para ficar em redes sociais? Essa conscientização te ajudará a começar a mudar o seu comportamento e a perceber o quanto de tempo você está desperdiçando com coisas que não são úteis. Uma segunda dica, apesar de óbvia, é evitar um número muito grande de redes sociais. Esse acúmulo faz com que as pessoas gastem muito mais tempo do seu dia para

checar todas elas e responder mensagens em diferentes plataformas. Portanto, em vez de criar uma página em todas as opções disponíveis na internet, escolha uma ou duas redes que serão mais úteis para você. Fazer uma boa seleção das pessoas que você segue também é algo que pode ajudar a evitar conteúdos desnecessários. Ao seguir um número restrito de pessoas que você considera interessantes, você

terá informações muito mais relevantes e com maior profundidade. Outra sugestão é desativar as notificações do seu celular, o que evitará que você perca muitas horas do seu dia olhando para a tela do aparelho. Também é importante não deixar o celular ao lado da sua cama – checar as redes sociais antes de dormir pode prejudicar o seu sono e a sua produtividade no dia seguinte. Por fim, escolha sempre o pior horário do dia para entrar nas redes – quando estiver mais cansado e menos produtivo. Assim, você evitar que o uso da internet prejudique e tome o seu tempo nos momentos em que estiver mais disposto. Caso você sinta que está muito viciado na internet, o ideal é fazer uma “dieta de redes sociais”. Comece escolhendo um dia da semana para não entrar nas redes e, nas semanas seguintes, aumente esse número para dois ou três. Com o tempo, você sentirá a diferença na sua disposição, conseguirá controlar melhor o seu tempo e, consequentemente, aumentará a sua produtividade. *Christian Barbosa é o maior especialista no Brasil em administração de tempo e produtividade e CEO da Triad PS, empresa multinacional especializada em programas e consultoria na área de produtividade, colaboração e administração do tempo.


Pรกgina 8

Jornal MB - A Voz Forte da Zona Leste/SP

SP Julho/2018

Jornal MB Zona Leste  

Julho/2018

Jornal MB Zona Leste  

Julho/2018

Advertisement