Page 1

MACAPÁ-AP, SEXTA-FEIRA, 01 DE NOVEMBRO DE 2013 - ANO XXVI

* FUNDADO EM 04 DE FEVEREIRO DE 1987

•DOMINGO E SEGUNDA R$ 2,50 •TERÇA A SÁBADO R$ 1,50 EM MACAPÁ

Lei inibe criação de partidos Legislação foi sancionada ontem, pela presidenta Dilma

nC1

NOVOS PARTIDOS Favorecem barganhas, diz especialista

nC1

Mulheres são violentadas e denunciam agressores nA4

Blocos leiloados podem estar em terras indígenas DECISÃO JUDICIAL

Acidentados da Família Paes vão receber pensão de R$ 6 mil

ca, a sobreposição de blocos para leilão de petróleo pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) sobre terras indígenas, quilombolas e uni-

JORNAL DO DIA

MINISTRO chegou a suspender matéria

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara aprovou o requerimento para debater, em audiência públi-

dades de conservação. Os povos indígenas afetados não teriam conhecimento sobre os blocos ofertados pela Agência. nB2

Portos do Amapá não têm condições de operar com passageiros, diz Antaq

A decisão é inédita no Amapá e foi concedida pelo juiz Marconi Pimenta. O pedido determina imediata restituição das despesas gastas com médico e uma pensão de R$ 6 mil por mês para custear despesas futuras. nB3

NO GARDEN

Amapaenses conhecem estilo de Ronaldo Fraga Parceria entre o Grupo Tenco e o estilista contempla ações em 12 cidades onde há shoppings da marca estão, entre elas Macapá, com o Amapá Garden Shopping. nC3

DIVULGAÇÃO

A MAIORIA das linhas da Amazônia ainda é servida por embarcações de tecnologias ultrapassadas e em muitos casos construídas com idades superiores a dezenas de anos nB1

ALÔ?! ALÔ?!

Baixa qualidade da telefonia no Amapá é discutida no Senado Uma das maiores apostas para resolver os problemas da telefonia da região é a entrada em operação do

cabo de fibra ótica que segue pelo Linhão de Tucuruí, linha de transmissão de energia elétrica para o local.

De acordo com André Gustavo, diretor da Tim, o cabo deve entrar em operação até fim de novembro.nA3 DIVULGAÇÃO

JUSTIÇA

Escola ganha ponto de mediação de conflitos Foi inaugurada na quarta-feira (30), na Escola Estadual Coelho Neto, um Núcleo de Pacificação e Mediação do Ministério Público (MP). nB1

EM DEBATE

ESTILISTA Ronaldo Fraga

Profissionais debatem violência na imprensa

AMAPATEC

Revista busca fomentar setor científico e tecnológico

Coordenação disse que o evento não tem restrições. “Serão bem-vindos profissionais da imprensa, acadêmicos e autoridades”. nB2

A Revista AmapaTec promovida pela Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia tem a finalidade apresentar trabalhos científicos realizados no estado. nB3

JORNAL DO DIA

NESTA EDIÇÃO CADERNO A............................4Pag. CADERNO B............................4Pag. CADERNO C............................4Pag. CLASSIDIA..............................8Pag.

PROMESSAS foram feitas pelos representantes das principais telefônicas do país, durante audiência pública

JOSÉ MARIA: violência na imprensa

NA INTERNET: www.jdia.com.br - REDAÇÃO: 3217.1117 - COMERCIAL: jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO: 3217.1111 - ATENDIMENTO: 3217.1110


A2

Opinião

Macapá-AP, sexta-feira, 01 de novembro de 2013 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

A última sessão de cinema Gaudêncio Torquato

Por que queríamos chegar ao governo? Não para agir como os outros, mas para atuar de maneira diferente”. A pergunta foi feita, há poucos dias, por Luiz Inácio Lula da Silva. Trata-se da mais emblemática peroração do fundador do Partido dos Trabalhadores sobre os rumos que a entidade tomou em seus 33 anos de vida. Mesmo guardando considerações mais largas sobre os desvios de companheiros, Lula dá um puxão de orelhas em uns que dão muito valor ao parlamento e em outros, interessados em cargos públicos. E lembra os tempos heróicos d’outrora, quando “parecia bonito carregar pedra”, diferentes dos dias atuais, em que a pessoa “vai fazer uma campanha e todo mundo cobra”. A evocação saudosa do guia do PT, mesmo que não tenha sido essa sua intenção, sinaliza o fim de um sonho, o mesmo que acolhe a intenção da ex-senadora do Acre, Marina Silva, de inaugurar, ao lado do parceiro Eduardo Campos, governador de Pernambuco e presidente do PSB, uma nova era na política. Os visionários de ontem e os sonháticos de hoje imaginam plantar em todas as searas da República sementes imunes aos vírus da velha política – patrimonialismo, fisiologismo, mandonismo, grupismo, nepotismo -, capazes de gerar árvores frondosas e frutos saudáveis, todas irrigadas pelas limpas fontes da ética. Os campos pragmáticos dariam lugar às roças programáticas. Diante da impossi-

bilidade de substituir uma cultura política por outra da noite para o dia, principalmente quando não há movimentos capazes de redirecionar práticas, costumes e processos, torna-se evidente que a emblemática Marina se assemelha, em sua peregrinação, à imagem de

lescência, embrutecimento das estruturas e passividade dos gestores públicos. A imagem se assemelha às árvores que chegam à velhice vegetal: o crescimento diminui, os processos de regeneração são lentos, as raízes não conseguem mais retirar água do solo e sais minerais em quantidade necessária; os vasos que conduzem nutrientes param de funcionar;

Os visionários de ontem e os sonháticos de hoje imaginam plantar em todas as searas da República sementes imunes aos vírus da velha política. “carregadora de pedra” do mesmo molde do empreendimento que o velho PT tentou construir, em 33 anos, e não conseguiu. Por que uma “nova política” tem se tornado abstração em nossas plagas, não adentrando o território da práxis? Por ser complexa a tarefa de promover mudanças rápidas na fisionomia política, principalmente quando se vê nela a estampa dos valores do passado. Os agentes políticos em atuação no Parlamento, a quem cabe dar o primeiro passo na direção das mudanças, não se motivam a avançar em qualquer vereda reformista, considerando que a equação custo-benefício não lhes rende. Se os avanços não ocorrem por falta de suficiente motivação dos agentes partidários, o que a estática na política acarreta ao tecido institucional? Um agregado paralisante: acomodação, mesmice, burocracia, obso-

as folhas caem, os galhos perdem o viço, o tronco ameaça tombar a qualquer momento. Não é o que ocorre com os partidos? Em saudável Nação democrática, 20 anos no centro do poder amarram qualquer partido numa sequóia cheia de cupins. A deterioração se instala, um ambiente acomodatício invade as cercanias do poder, a criatividade emperra a máquina. No passado, cada ciclo tinha sua vitamina. A era FHC exibia a charmosa bandeira social-democrata, a mesma que, em certo momento, enfeitou as cores dos governos europeus. Tinha, de um lado, a força dos capitais privados e, de outro, os braços do Estado do bem-estar, que exigia domínio sobre os serviços públicos. O ciclo Lula, aproveitando a derrocada do choque liberal dos anos 90, revigorou o capitalismo de Estado, inaugurando o mais abrangente programa de

distribuição de renda da comunidade mundial. Hoje, esse modelo parece exaurido. Na era Dilma, a presença do Estado na economia se faz mais forte, causando certo desconforto junto aos investidores internacionais. O PT, por seu lado, passou a ser membro atuante no palco da velha política, disputando com apetite fatias de poder e usando métodos combatidos de cooptação política. Na floresta dos tucanos, as árvores, com cascas cada vez mais despregadas, envergam de velhice. O PSDB não se renovou. A sigla vive de lembranças de quando os governadores Franco Montoro e Mário Covas brandiam seus escopos, envergando o estandarte da modernidade. O tom lamuriento de Lula e o desespero tucano para unir suas alas e amenizar querelas internas constituem inequívoca sinalização de que, em 2014, assistiremos à última sessão de cinema, encenada pelos dois maiores competidores eleitorais. PSDB e PT poderão, até, voltar a resplandecer no futuro, voltando a se espichar para cima e para baixo como uma árvore adolescente, mas esse renascimento implica profundo reencontro com ideários e valores. Não significa que outros deverão, a seguir, tomar seu lugar. Não há indicação disso. O cenário é o de difusa disputa entre grandes e médios partidos, com foco em indivíduos e não das ideias, sob a égide de uma modelagem eleitoral muito permissiva quanto a uso de recursos financeiros e centrada na exuberância mercadológica.

Como potencializar as vendas durante as ações de fim de ano? Por Marcelo Murin

E

stamos na reta final do ano e sempre me interesso em visitar o varejo neste período para entender a dinâmica que as empresas estão trabalhando o ponto de venda (PDV) na busca de persuadir o shopper (que é o consumidor que decide a compra no PDV) no momento da compra. Nos últimos dois meses do ano é sabido que ocorre um natural aumento do consumo em decorrência de maior disponibilidade de recursos nos bolsos dos consumidores. A conquista desses “reais” a mais no varejo é o que todas as empresas buscam incansavelmente. Mas, o que sua empresa, seja ela um grande ou pequeno varejista ou ainda uma grande ou pequena indústria, tem planejado para este final de ano? Normalmente vemos materiais de PDV inovadores,

CONSELHO EDITORIAL Presidente:

Aldenor Benjamim dos Santos

CONSELHEIROS Haroldo Pinto Pereira Danieli Amanajás Scapin Carlos Augusto Tork de Oliveira José Arcângelo Pinto Pereira Janderson Carlos Nogueira Cantanhede Heloisa Figueiredo Pereira

ações de abordagem nas lojas, lançamentos, packs promocionais, mas mesmo com uma enxurrada de ações ainda há muitas oportunidades não aproveitadas neste “campo de batalha” para capturar o shopper. Investe-se milhares ou milhões em campanhas, produtos, mar-

A conquista desses “reais” a mais no varejo é o que todas as empresas buscam incansavelmente.. cas, embalagens, ações promocionais, mas tenho realmente muitas dúvidas se o investimento na base - os promotores - tem sido realizado de forma correta. Uma estratégia eficiente é garantir a adequada cobertura de atendimento de promotores à demanda, com

desta mão de obra é tão ou até mais importante do que todo o processo que compõe uma ação no PDV. Sendo assim, recomendo sempre muita atenção a estes profissionais, uma vez que a atuação deles pode ser decisiva para o sucesso da ação. Incentivar a equipe de promotores para

Editado por Omega Publicidade Ltda. Rua Mato Grosso, 296 A - Bairro Pacoval CEP. 68.908-350 - Macapá-AP CNPJ 03.926.197/0001-82 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(*1917 +2006) e Irene Pereira(*1923 +2011) 1º Presidente: Júlio Maria Pinto Pereira 1987 a 1991 - (*1954 +1994) 2º Presidente: José Arcangelo Pinto Pereira 1991 a 2003

conquistar a venda no momento da decisão de compra é uma tática indispensável para o sucesso no PDV, e certamente trará grandes benefícios na conquista do shopper. Além disso, é preciso criar estratégias de diferenciação nas lojas, deixando o ambiente agradável ao shopper. Defina um calendário de atividades por categoria para não “poluir” demais as lojas com diversas comunicações. Lembre-se, muitas vezes “menos é mais”... O importante é ser efetivo! Não podemos deixar de falar sobre o “P” de “Preço”, pois aí reside um grande mito das estratégias implementadas no PDV. Claro, o preço é fundamental para a realização de uma boa venda, pois deve estar sempre competitivo. No entanto, o shopper procura muito mais do que um preço competitivo, ele busca valor no seu processo de decisão de compra.

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296 A Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68.908-350 E-mails Pautas e contatos com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br Departamento Comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA - Tel.: (91) 3244.4722

3º Presidente: Maria Inerine Pinto Pereira 2003 a 2005 Vacância do Cargo 2005 a 2012 4º Presidente: Haroldo Pinto Pereira 2013 Presidente Executivo: Haroldo Pinto Pereira haroldopereira@jdia.com.br Vice-Presidente e Diretora Comercial Juliane Pereira juliane.pereira@jdia.com.br Gerente Comercial: Edson Coelho edson.coelho@jdia.com.br Consultoria Jurídica : Juliane Pereira (OAB/AP 1320) Jakeline Morato Pereira de Souza (OAB/AP 1381) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede cantanhede@jdia.com.br

ÍNDICE Opinião .....................A2, A3 Geral ..........................A4 Geral ..........................B1,B2,B3 Polícia ........................B4

profissionais qualificados e bem treinados sobre os produtos com os quais trabalha. Esses promotores, sejam eles repositores ou de ação promocional, fazem o primeiro contato das marcas junto ao shopper, portanto são o verdadeiro “cartão de visitas” das empresas diante de quem toma a decisão de compra no PDV. A meu ver, a qualificação

Contatos: Fale com a redação (96) 3217-1117 (96) 3217-1108 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Acompanha o

caderno de ClasssiDia 8pág. Geral ...........................C1 Esporte ......................C2 Cultura .......................C3 Social ..........................C4

Aos domingos Veículos ....................D1,D2,D3 Informe .....................D4

Edição número

8344

ESPLANADA POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

MINISTRO: ‘NO AEROPORTO, SUA VIDA É ENTREGUE A DEUS’

D

o ministro Moreira Franco, da Aviação Civil: ‘Não há previsão de novas concessões após Confins (BH) e Galeão (Rio)’, porque deve-se se caminhar a ‘passos de jegue’, ‘devagar e pisando firme’, testando o caminho. ‘Não se preocupem com a Copa,’ garantiu, sobre a eficiência dos aeroportos, porque ‘as obras são para atender bem ao brasileiro’. O ministro foi duro na autocrítica – mas em relação às aéreas e Infraero: ‘Hoje você entra no aeroporto e sua vida é entregue a Deus’. Em especial, ele se referiu aos serviços de informação desencontrados, tanto do aeroporto quanto das companhias.

Vida de gado

O ministro complementou: ‘O passageiro deve ser tratado como cliente e não é’, na crítica às aéreas, com bilhetes caros. À tarde, houve reunião no Palácio do Planalto.

Novas rotas

Para aliviar o bolso do turista e baixar as tarifas, o governo criará rotas exclusivas para cidades-sedes, revelara Moreira no evento, depois confirmado pelo ministro da Justiça.

Esplanadão 2013

As revelações foram no I Encontro Nacional de Editores da Coluna Esplanada, que reuniu jornais de 21 capitais que a reproduzem, num debate com cinco ministros.

Quero o meu!

A intervenção nas linhas de ônibus de Valmir Amaral há meses deu pontos para a gestão de Agnelo (PT) mas o deixou na mira. Ex-senador, Amaral colocou o broche de parlamentar bate ponto desde Terça no Cafezinho da Casa Alta. Convenceu cinco líderes a assinarem a CPI do DFTrans e CTB, a estatal de transporte coletivo.

Tá explicado Valmir Amaral tem seus motivos. Enquanto o GDF alegou descumprimento de contratos da Via Amaral – como de fato houve – o empresário diz que quer honrar o pai e a família. É que o governo hoje embolsa até... R$ 600 mil por dia com as linhas.

Entendeu?

O presidente do PPS, deputado Roberto Freire, acusa o prefeito de SP Fernando Haddad: Depois do abuso cometido com aumento do IPTU, quer se passar por combatente da corrupção no intuito diversionista de que o aumento seja esquecido.

Turma da pauta

De Flávio Dino, presidente da Embratur: nada menos que 20 mil jornalistas estrangeiros são esperados para credenciamento para cobrir a Copa.

Águas de 2033

Mês que vem Ministério das Cidades lança o Plano Nacional de Saneamento, e apresenta dados de avanço. O plano prevê 100% de água encanada até 2033 no País.

Descarrilou

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, não descarta um VLT em São Luís (MA), depois da lambança do ex-prefeito João Castelo (PSDB). Ele instalou um vagão na praça e prometeu a obra, mas não combinou com ninguém – só com o bobo do eleitor.

Bobo da rede

O governador Cid Gomes, que vive na lua, precisa de um consultor de imagem para redes sociais. Sua estreia no Facebook foi com foto de criança no seu colo, dirigindo, sem cinto. No Twitter, postou de Israel

foto de banquete de rei, para cearenses babarem.

Carteira na impressora

Vem aí a carteira de trabalho virtual, diz o ministro do Trabalho, Manoel Dias. O cidadão ou empregador registram pedido no site do MTE e recebem por Correios. Outro serviço na linha, literalmente, será o 0800 por telefone para tirar dúvidas sobre direitos.

Nada andou

Foi tensa a reunião entre representantes do alto escalão da União e do governo do Paraná. Dilma quer construir o metrô de Curitiba, mas Beto Richa pediu uma ferrovia para o Porto de Paranaguá para escoar a produção agrícola do Estado, celeiro do País.

Aliás...

A construtora de olhos, dedos e mãos na licitação do metrô de Curitiba, com verba da União e Paraná, é a Triunfo, bem conhecida das prefeituras do PT sulista.

Nas redes

Siga a coluna no Twitter @colunaesplanada e no Facebook: Coluna. Esplanada.

Ponto Final

‘Não podemos fazer Copa organizada por Marinha, Exército e Aeronáutica’ De Flávio Dino, presidente da Embratur, sobre a possibilidade de os Black blocs ocuparem as ruas em 2014.

Com Marcos Seabra, Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos

www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada contato@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF


Macapá-AP, sexta-feira, 01 de novembro de 2013

Multada - O Tribunal de Contas do Estado do Amapá (TCE/AP) aplicou multa de 30% dos vencimentos anuais da prefeita Maria Lucimar da Silva Lima, de Calçoene, por exceder o limite máximo permitido para contratação de pessoal. Os relatórios de gestão do 1º e 2º semestre de 2012 foram considerados irregulares pela Corte de Contas. Além - De acordo com o relator, conselheiro substituto Pedro Aurélio Penha Tavares, foi gasto 58,67%, quando o limite máximo era de 54%, ultrapassando em 4,67 esse limite, o que significa R$ 574.597,66 na folha de pagamento da Prefeitura no ano de 2012. As contas estão sendo analisadas em vários municípios. Modinha - Uma modinha

Entre Aspas JANDERSON CANTANHEDE Jornalista

virtual vem gerando muitas interrogações na cabeça dos internautas. Afinal de contas, o que significa aquela foto de girafa que muitos estão utilizando? Explico - Isso é culpa do neozeolandês Andrew Strugnell, que após criar um desafio por meio de um vídeo no YouTube, a ação se transformou em moda na internet, com adesões de pessoas de vários países. Desafio - Publicado por meio de vídeo, o desafio diz: "É 03h00, toca a campainha de sua casa e você acorda. Visita inesperada. São seus pais e eles vieram para o café da manhã. Você tem geleia de morango, mel, vinho, pão e queijo. O que você abre primeiro?". Quem errou teve que usar a tal foto. Sem nexo assim!

Tarifas aéreas - Quem mora no Amapá sabe muito bem das dificuldades que são encontradas na hora de comprar uma passagem aérea, principalmente quando o assunto é preço. Deixar para viajar em alta temporada, com dinheiro curto, nem pensar. O pior é que esse tipo de tarifação não pode ser controlada por qualquer órgão. Vai entender! Tá na hora de mudar... Alô Randolfe - Quero aqui deixar uma ideia para o senador Randolfe Rodrigues (PSOL) que tem levantado a bandeira da viação aérea no Amapá. Ele como senador poderia acompanhar de perto a legislação que impede tabelação tanto para baixa ou alta temporada. Afinal de contas, porque o consumidor precisa pagar mil

Opinião

Copa - Quanto à preocupação com possível aumento da demanda de passageiros na Copa do Mundo, ele destacou, com base nos dois últimos torneios de futebol (Alemanha, em 2006, e África do Sul, em 2010) que durante a Copa o tráfego aéreo diminui. O cenário não é, portanto, para correr e se antecipar na compra de passagens na época da competição. Até amanhã

Siga: @cantanhede_AP Email: cantanhede@hotmail.com / cantanhede@jdia.com.br Blog: jandersoncantanhede.wordpress.com

Baixa qualidade da telefonia no Amapá é discutida no Senado Investimentos vão garantir melhorias na telefonia da região norte

UMA das maiores apostas para resolver os problemas da telefonia da região Amazônica é a entrada em operação do cabo de fibra ótica

O

peradoras de telefonia já fizeram e ainda vão fazer investimentos elevados nos próximos anos para melhorar a qualidade dos serviços e atender às metas impostas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Construção de torres, instalação de quilômetros de fibra ótica e até a utilização de cabos submarinos são instrumentos para garantir aos usuários telefonia e internet banda larga de qualidade já nos próximos meses especialmente da região Norte. Estas foram as promessas dos representantes das principais telefônicas do país feitas durante audiência pública da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), ontem (31). Uma das maiores apostas para resolver os problemas da telefonia da região Amazônica é a entrada em operação do cabo de fibra ótica que segue pelo Linhão de Tucuruí, linha de transmissão de energia elétrica para o local. De acordo com André Gustavo, diretor de Relações Institucionais da Tim, o cabo deve ser “iluminado” – ou entrar em operação – até o fim de novembro, quando já será possível notar uma melhora significativa no serviço. Ele atenderá 27 municípios do Pará, Amapá e Amazonas. Essa é uma operação conjunta da Vivo e da Tim. Além disso, está em andamento o processo para a construção de backbones (conjunto de equipamentos que faz a conexão da internet entre o Brasil e o resto do mundo) para permitir a conexão por meio de um cabo submarino chamado Américas II, que “ligará o Amapá ao mundo”, segundo informou Marcos Mesquita, diretor de Relações Institucionais da Oi. O Linhão vai garantir os serviços

pelo sul, e o cabo pelo norte, via Cayenne (Guiana Francesa), explicou ainda, mas o processo está parado no Instituto de Meio Ambiente (Ibama), por exigências ligadas à questão indígena. De acordo com as metas fixadas pela Anatel, até dezembro de 2019, todos os municípios brasileiros deverão ser atendidos pelo sistema 3G, lembrou Christian Wickert, diretor de Assuntos Regulatórios da Claro. Os esforços estão sendo feitos para alcançar essa meta, disseram os participantes. Melhoria dos serviços Apesar de louvar o empenho das empresas, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) lamentou que os montantes citados sejam expressivos, mas o resultado prático ainda deixe a desejar. Segundo afirmou, “os números são bonitos demais, mas a realidade não é essa”, e os usuários ainda padecem com apagões telefônicos, ligações interrompidas e filas nas lojas para resolver pendências e problemas. Já o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), autor do requerimento para a realização da audiência, se disse esperançoso: - Quero acreditar na palavra empenhada dos presidentes e quero crer que teremos melhora dos serviços na Amazônia. Burocracia Todos os convidados reclamaram do conflito entre a legislação nacional para o setor e as interferências de estados e municípios, que impedem, por exemplo, a instalação de torres para transmissão do sinal de celular. Sem torres, não há como promover melhorias, explicaram. - O binômio qualidade e legislação não está se fechando – afirmou Enylson

Camolesi, diretor de Relações Institucionais da Vivo. A burocracia impede a obtenção de licenças ambientais, por exemplo. Eles foram unânimes em pedir que a Câmara acelere a aprovação da Lei de Antenas (PLS 293/2012), para que a legislação seja unificada, porque as telecomunicações são um serviço federativo, mas a interferência dos estados e municípios está afetando a qualidade. - O setor de telecomunicações reconhece as dificuldades, que o serviço pode e precisa melhorar bastante, mas essa melhora só vai acontecer se tivermos uma coordenação, pensar a infraestrutura como um todo, e para isso contamos com a colaboração da Casa – disse André Gustavo, da Tim. Ele afirmou ainda que, para assegurar mais rapidamente essa qualidade, seria necessária uma ação coordenada com o setor de energia elétrica e de estradas e rodagem. Os apagões dos celulares, em sua imensa maioria, estão ligados à falta de energia elétrica, a problemas físicos com as baterias de grande capacidade instaladas para tentar amenizar o problema e com os próprios cabos de fibra ótica, que são constantemente alvos de vandalismo e furto. Além disso, especialmente na região Norte, as distâncias e as poucas estradas interferem no deslocamento rápido para o conserto do rompimento desses cabos. Tributos Também foi unânime o pedido para que haja redução da carga tributária incidente sobre o setor, afinal, telefonia e internet hoje em dia são essenciais para a inclusão e o avanço econômico da sociedade, conforme lembrou Enylson, da Vivo. Por esse motivo, o imposto

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

vezes mais caro para viajar no período de férias? Não basta - Falando em fiscalização das tarifas, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) prometeu intensificar o monitoramento nos preços do transporte aéreo a partir de agora, e os representantes das companhias Gol, TAM, Azul e Avianca se comprometeram a usar absoluta clareza nas informações de preços, rotas e demais informações para o usuário. Boa iniciativa, mas só isso não basta!

cobrado, notadamente o ICMS, estadual, não deveria ser o mesmo incidente sobre as bebidas, exemplificou. Assim como o representante da Vivo, Marcos Mesquita, da Oi, ressaltou o peso dos tributos sobre o custo dos serviços para o consumidor. Segundo ele, se por um lado isso revela o viés social da atividade, por outro explica porque parte da população não pode ter acesso aos serviços de telefonia, cara demais. - Não é brincadeira numa conta de 100 reais, 50 reais ser de tributos - lamentou. Mesquita comparou ainda a diferença gritante do Brasil com outros países, onde muitas vezes a cesta de tributos incidentes sobre a telefonia não ultrapassa 10%. E disse ser uma falácia a telefonia brasileira ser uma das mais caras do mundo. Ao contrário de dados errados e teóricos que circularam informando que os brasileiros gastam 7% de sua renda média com telefonia, dados da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (Pnad) diz que esse gasto não supera 1,2%, assegurou. Anatel O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) demonstrou sua total indignação com a ausência do presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Batista Rezende, ao debate. Rezende enviou como representante o superintendente de Controle de Obrigações, Roberto Martins, alegando que seria a pessoa mais indicada para tratar do assunto por seu conhecimento mais técnico, e também por precisar comparecer a compromissos do Conselho Diretor da agência O senador, entretanto, negou-se a dar a palavra a Martins.

A3

Dia-Dia

U

A corrupção da República

m jornalista resolveu nos últimos seis meses, fazer um acompanhamento precário e empírico dos casos de corrupção no Brasil, nas esferas federal, estadual e municipal. Chegou, assim, a uma vaga noção do montante que é desviado do erário: R$20 bilhões. Em apenas seis meses, e a partir de um acompanhamento e mapeamento (precário) sem qualquer metodologia científica. Podemos notar que são apenas casos que foram flagrados pela PF, pelo MP ou Tribunais de Contas e que tiveram repercussão na mídia. Não considera, por óbvio, os que não foram detectados, denunciados e/ ou divulgados na imprensa – que não tiveram, portanto, a devida publicidade e que continuam nas sombras do anonimato criminoso que acoberta todo tipo de malfeito. Para aqueles que acham o número “chutado” ou “absurdo”, enumerou apenas três desses casos que encabeçam minha lista, pois foram os últimos. Amanhã certamente já teremos mais um outro caso, outro último [mau] exemplo. Vamos aos três casos. Escândalo do mensalão; a sonegação fiscal de um órgão de comunicação Qual seria ene o caso mais recente, o tão um núda gestão na Secretaria mero mais próximo de Finanças de SP. Só aí já soma algo em da realidade? Qual torno de R$1,6 bi. Não seria o montante devemos perder de vista, porém, que esses de recursos públimontantes desviados cos que são desviaapurados se deram, de dos no ralo? modo cumulativo, ao longo de anos. Qual seria então um número mais próximo da realidade? Qual seria o montante de recursos públicos que são desviados no ralo da corrupção anualmente, seja para supostamente financiar o caixa 2 de partidos políticos ou para enriquecimento pessoal, pura e simplesmente? Um por cento do PIB? Esse seria um bom número? Considerando um PIB de R$4,4 trilhões (valores de 2012), se aplicarmos o percentual de 1%, teríamos um desvio de R$44 bilhões/ano. Esse não lhe parece um número bastante modesto e razoável para trabalharmos? Para efeito de comparação e compreensão façamos um contraponto: qual o orçamento da União destinado, por exemplo, ao Bolsa Família? O orçamento do Bolsa Família, que integra o plano Brasil Sem Miséria do governo federal, era de R$20 bilhões – ou, algo como 0,5 % do PIB. Quantas famílias poderiam ser atendidas com esses, não R$20 bi, mas com os R$44 bilhões que se perdem no esgoto da corrupção (os tais 1% do PIB desviados da nossa premissa subestimada)? Em quanto se poderia aumentar o valor pago a cada família que recebe esse benefício? Quantas creches, hospitais, escolas, postos de saúde poderiam ser construídos? Em quanto os governos poderiam aumentar os salários dos servidores públicos? – como professores e policiais, que ganham muito pouco, apenas para citar dois exemplos. Se considerarmos que aproximadamente 5% do PIB são desviados em corrupção, seriam mais de R$ 200 bilhões desviados anualmente. Recursos que deveriam ir para a saúde, educação, seguridade social e segurança pública! Números que poderiam ser traduzidos em serviços públicos de melhor qualidade: mais ônibus, metrôs e trens; menos filas e falta de assistência nos hospitais públicos. Mas esses números e essas digressões são apenas para que retomemos a discussão em torno desse tema importantíssimo; para que possamos nos armar, devidamente, para o combate dessa praga que parasita a República: a corrupção. Como fazer esse combate?

Hora-Hora

Pontos polêmicos O tempo de mandato e o direito à reeleição de parlamentares não chegaram a ser definidos ontem (31) como queriam os deputados que integram o grupo de trabalho da Câmara que tenta consolidar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Reforma Política. Esta seria a última reunião do colegiado antes de consolidar o texto. Outros pontos Até o momento, já foram acertados outros pontos polêmicos. Os deputados incluíram no texto, por exemplo, o voto facultativo, estabeleceram um teto para o financiamento de campanha, independentemente da origem do dinheiro, e aprovaram a inclusão do sistema distrital proporcional de eleição como o

regime que deve valer durante os pleitos. Custódia proibida A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 1594/11 que proíbe a custódia de preso, ainda que provisoriamente, em dependências de prédios das polícias federal e civil. A proposta altera a Lei de Execução Penal (Lei 7.210/84). Para o Iapen Pelo projeto, em caso de prisão em flagrante, a permanência do preso na delegacia será permitida somente até a lavratura do auto de prisão e a entrega da nota de culpa pelo delegado, e pelo tempo máximo de 72 horas. Em seguida, o preso deverá ser conduzido à penitenciária.

MINUTOS Reforço - O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, apresentou um pacote de medidas para fortalecer a atuação dos hospitais filantrópicos e Santas Casas na assistência a pacientes atendidos no Sistema Único de Saúde (SUS). A Santa Casa no Amapá, por enquanto, é uma expectativa vivida pelos amapaenses a longo prazo.


A4

Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 01 de novembro de 2013 Editor: Janderson Cantanhede - cantanhede@jdia.com.br

Mulheres sofrem violência dentro de casa e denunciam agressores Duas chamadas foram feitas para o Ciodes pelas próprias vítimas em busca de socorro Alyne Kaiser Da Reportagem

N

a última quarta-feira (30) duas mulheres foram agredidas dentro de suas casas, por familiares. O primeiro caso aconteceu por volta das 7h15 da manhã numa casa localizada na Rua Roberto Ferreira da Silva, esquina com a Av. Primeiro de Maio, no bairro Novo Buritizal. De acordo com informações da polícia, duas chamadas foram realizadas ao Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes). A primeira informava que o irmão estava muito agressivo e usava faca naquele local. A mulher ainda informou que o irmão tinha um mandado de prisão em aberto.

Policiais militares se dirigiram até o local e conseguiram prender Anderson Correia dos Santos, de 23 anos. Ele estava às proximidades da casa onde acontecia o delito. Após uma pesquisa no Sistema CNJ/CIODES e IAPEN/AP, a policia constatou que o infrator tinha Mandado de Prisão em aberto. A vítima, JCS, de 24 anos e o infrator foram levados para a sede da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (Deccm). O segundo caso aconteceu numa casa na Rua Francisco Cassiano dos Santos, bairro Novo Horizonte por volta das 9h28. A vítima ligou para o Ciodes informando que acabara de ser agredida pelo ex-marido. Jean Almeida Picanço, de 19 anos, teria batido na ex, uma jovem de 17 anos e logo depois, fugiu para se esconder na casa de familiares. Militares se dirigiram para o local do ocorrido e após contato com a vítima e realizada uma pesquisa no Sistema CNJ/CIODES e IAPEN/AP, foi constatado que o acusado tinha man-

dado de prisão em aberto. A polícia chegou até o esconderijo e conseguiu prender Jean, quando ele tentava se esconder dentro do forro da casa. Os dois foram levados para a DCCM, para as providências necessárias. Pesquisa de opinião inédita, realizada pelo, Data Popular e Instituto Patrícia Galvão, revelou que 7 em cada 10 entrevistados consideram que as brasileiras sofrem mais violência dentro de casa do que em espaços públicos, sendo que metade avalia ainda que as mulheres se sentem de fato mais inseguras dentro da própria casa. Os dados revelam que o problema está presente no cotidiano da maior parte dos brasileiros: entre os entrevistados, de ambos os sexos e todas as classes sociais, 54% conhecem uma mulher que já foi agredida por um parceiro e 56% conhecem um homem que já agrediu uma parceira. E 69% afirmaram acreditar que a violência contra a mulher não ocorre apenas em famílias pobres. Das mulheres ouvidas

DIVULGAÇÃO

DADOS revelam que o problema está presente no cotidiano da maior parte dos brasileiros

pelo DataSenado, 30% dizem acreditar que as leis do país não são capazes de protegê-las da violência doméstica. Do total de entrevistadas 18,6% afir-

maram já ter sido vítimas de violência doméstica. Em resposta à última agressão, uma parcela expressiva delas (20,7%) nunca procurou ajuda

Greve no serviço público: sindicatos deverão avisar 15 dias antes

nem denunciou o agressor. O DataSenado ouviu, por telefone, 1.248 mulheres de todos os Estados entre 18 de fevereiro e 4 de março de 2013. DIVULGAÇÃO

JORNAL DO DIA

OS ALUNOS apresentaram as principais propostas abordadas na conferência e falaram sobre sustentabilidade

PELO PROJETO, os sindicatos deverão definir as reivindicações as quais serão levadas ao poder público em 30 dias

A

diado para ser votado na próxima semana, na Comissão de Consolidação da Legislação Federal, o projeto que regulamenta a greve no serviço público prevê que a população será avisada, com quinze dias de antecedência, sobre esse tipo de paralisação, que só ocorrerá após esgotadas todas as negociações. Segundo seu relator, Rome-

ro Jucá (PMDB-RR), prevê também multas diárias para os sindicatos que descumprirem decisões judiciais concernentes à greve. Pelo projeto, os sindicatos deverão convocar uma assembleia para definir as reivindicações, as quais serão levadas ao poder público para, em 30 dias, se manifestar. Se não houver acordo, será

PROJETO proíbe greve nas Forças Armadas e Polícia Militar

tentada uma negociação alternativa, que inclui mediação, conciliação ou arbitragem. Persistindo o desentendimento, os sindicalistas terão de comunicar a greve para a população, com 15 dias de antecedência, os motivos e o atendimento alternativo que será oferecido. Para o senador Aloysio Nunes Ferreira (PMDB-SP), autor do projeto, o mais importante é a rodada de negociações para evitar a greve. - O mais importante de tudo são os mecanismos prévios de negociação com soluções alternativas para evitar a deflagração da greve. A sociedade, que é quem paga os impostos e sustenta o serviço público, tem direito a ter um serviço público contínuo. No caso de conflito, há um patamar mínimo aceitável de continuidade do serviço público prestado - afirmou Nunes. O projeto proíbe greve nas Forças Armadas, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, exigindo que os demais profissionais de segurança pública atuem com 80% do efetivo. Outras 22 categorias de serviços essenciais,

como médicos, distribuição de medicamentos, defensoria pública e concessionárias de água, esgoto e luz deverão manter 60% dos servidores trabalhando. As demais serão obrigadas a dispor de metade do efetivo. O senador Romero Jucá afirmou que a proposta beneficia os servidores, o poder público e a população. - É um projeto que procura defender o servidor no seu direito de fazer greve. Procura dar o parâmetro de como deve se comportar o serviço público, mas principalmente, protege o direito da sociedade, que paga esse servidor público. Queremos que a greve seja legítima, mas que a sociedade fique protegida nos seus direitos essenciais disse Jucá. Os sindicatos pagarão multas diárias e os servidores responderão a processos administrativos se descumprirem com a decisão judicial relativa à greve. Depois de aprovada pela Comissão Especial, a proposta será analisada pela Câmara dos Deputados e depois pelo Senado.

Estudantes entregam Tratado Infanto-juvenil para a construção de escolas sustentáveis

U

m grupo de estudantes e professores que participou da II Conferência Estadual Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente, elaborou um pergaminho contendo o Tratado Infanto-juvenil para Construção de Escolas Sustentáveis, e foi justamente o tema sustentabilidade abordado durante a reunião, que durou mais de uma hora. Representando várias escolas públicas do Estado, os alunos apresentaram as principais propostas abordadas na conferência, falaram sobre sustentabilidade nos espaços físicos das escolas, bem como gestão e grade curricular, tudo com foco no meio ambiente. Conscientização Nelson Rafael Araújo da Gama, 12 anos, da 6ª série da Escola Estadual Lucimar Amoras Del Castilo, comentou sobre a importância de conscientizar alunos e professores, bem como as pessoas que vivem no entorno da escola. “O simples gesto de apagar a luz da sala de aula ao sair já é uma prova de conscientização ambiental. Evita o desper-

dício de energia elétrica e reduz a despesa no final do mês. Isso é só um exemplo de pequenas ações do nosso dia a dia, mas que tem grande influência no planeta”, ensinou. O assunto também girou em torno da gestão compartilhada, conselho escolar, entre outros temas. “Fiquei surpreso com essas crianças e adolescentes. Mostraram que é possível construir um Amapá sustentável com a participação de todos. E eles reforçaram ainda mais o compromisso com a preservação do nosso Estado. Disse-lhes que cada um pode fazer a sua parte, transformando primeiramente o lugar onde se vive e, depois, quem sabe, o mundo”, comentou o governador Camilo Capiberibe. Representantes Parte dos estudantes que o governador recebeu vai representar o Amapá na etapa nacional, que será realizada em Brasília, no final de novembro, no evento denominado Conferência Nacional Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA).


MACAPÁ-AP, SEXTA-FEIRA, 01 de novembro de 2013

Geral

CRIMINALIDADE

Blocos de petróleo leiloados podem estar em terras indígenas B2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Decisão é inédita

Pais do menor que causou acidente terá que pagar pensão de R$ 6 mil às vítimas B3

Saidinha de banco: vítima perde 7 mil em assalto

B4

Portos do Amapá não têm condições de operar com passageiros, diz Antaq FOTO DIVULGAÇÃO

Terminal que apresentou melhor atendimento foi o porto do Grego em Santana (AP), mesmo assim com índice abaixo do esperado Da Redação

P

ara debater e apresentar estudo sobre o transporte fluvial de passageiros na Amazônia, a Assembleia Legislativa do Amapá (AL), realizou ontem (31) de outubro uma audiência pública, proposta pelo deputado estadual Jorge Salomão (PROS) em parceria com a Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq), onde juntos com várias autoridades e representantes do setor, foi discutido questões relativas ao transporte fluvial do Amapá e região amazônica. “Nessa audiência podemos sugerir a formulação de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento e ao fomento da navegação fluvial em nosso Estado”,

A MAIORIA das linhas da Amazônia ainda é servida por embarcações de tecnologias ultrapassadas e em muitos casos construídas em madeira ou em aço com idades superiores a dezenas de anos

frisou Jorge Salomão, afirmando que a maior dificuldade para a movimentação de passageiros é um transporte regular e rápido que atenda a padrões de serviço adequado. As viagens, em algumas linhas, são estabelecidas conforme o interesse do armador, pois ele só realiza viagens se houver carga que torne a viagem rentável. A maioria das linhas da Amazônia ainda é servida por embarcações de tecnologias ultrapassadas e em

muitos casos construídas em madeira ou em aço com idades superiores a dezenas de anos. A Antaq realizou um estudo na Região Amazônica onde apontou que o Amazonas é o único estado da Região Norte que não possui transporte fluvial regulamentado. O resultado deste levantamento foi apresentado e discutido durante a audiência, pelo superintendente de navegação interior da Antaq, Walneon

Antônio de Oliveira. O estudo mostra a demanda e a oferta de passageiros e cargas, os portos e terminais, linhas e embarcações, assim como, o perfil socioeconômico dos passageiros que circulam na região norte. A área de abrangência dos estudos compreendeu a região Amazônica, com foco nas principais Unidades da Federação geradoras de fluxo fluvial, quais sejam: Pará, Amapá, Amazonas e Rondônia; tais estados se-

Dia Mundial da Filosofia terá programação especial em Macapá Marta Bezerra

Da Redação

A

Nova Acrópole é uma organização filosófica internacional. Ela tem 57 anos de existência e está em Macapá a mais ou menos uns cinco anos. Segundo o diretor da instituição Cleverson Barata, “desde o início nós trabalhamos com a filosofia a maneira clássica, ou seja, significa resgatar o sentido prático da filosofia”, disse o diretor que nos relatou ainda o sentido de voluntariado que é predominante da entidade, desde os professores até os funcionários da

limpeza. Os cursos que são oferecidos aqui na capital são os mesmos que são ofertados em todo Brasil, sem distinção de regiões, é a mesma formatação que é proporcionada aos alunos que estudam aqui. “Há adaptações, pois por hábito nós procuramos valorizar o que tem de melhor no folclore na cultura da região”. Este ano as entidades de todo o Brasil realizaram programação especial em comemoração ao dia da Filosofia que é comemorado sempre na penúltima quinta-feira do mês de novembro, pois segundo Cleverson Barata, é a data

aproximada da morte do grande filósofo Platão. E este ano eles comemorarão no dia 09 de novembro. De acordo com Cleverson, o curso oferecido pela entidade passa por dois níveis. No primeiro nível, que tem a duração de seis meses ela passa estudar três eixos temáticos: ética, sociopolítica e filosofia da história, caso o candidato goste do curso, ela passa para o segundo nível e se torna um membro da escola. A entidade funciona com doações dos próprios alunos que contribuem com uma pequena mensalidade que é utilizada para os

diam uma parcela representativa de empresas que atuam no setor. De acordo com o estudo da Antaq no Estado do Amapá foram levantados onze terminais, neste universo verificaram-se percentuais de ocorrências de itens de atendimento muito baixos. “Teoricamente não existem condições desses portos operarem com passageiros, mas essa é uma realidade de atendimento à população”, comentou Walneon de Oliveira. O terminal que apresentou melhor atendimento foi o porto do Grego em Santana (AP) que atende a linha Macapá-Belém, apresentando um índice abaixo do esperado, indicando que medidas corretivas e adaptativas precisam ser implementadas para adotar a linha de um terminal adequado às funções de embarque e desembarque de passageiros. A localidade de Laranjal do Jari, no Estado do Amapá, apresentou a maior carência em equipamentos destinados à operação com passageiros. A maior dificuldade para a movimentação de passageiros da Amazônia é um transporte regular e rápido que atenda a padrões de serviço adequados, revela

estudo. A pesquisa revela movimentação de 8,8 milhões de passageiros por ano. De acordo com o levantamento, a estimativa para 2022 é que a movimentação da demanda de passageiros aumente em cerca de 12%, em relação a 2012, chegando a 9,9 milhões de passageiros por ano, na região. Grande parte dos habitantes do interior da Amazônia utiliza a modalidade de transporte por rios e afluentes. Para a deputada estadual Roseli Matos (DEM), a audiência publica serviu de ponto de partida para uma sensibilização e trabalhar em conjunto na busca da mudança quanto a realidade do setor no Estado. Participaram o evento o deputado federal Bala Rocha (PDT), o vereador de Macapá João Henrique (PR), o secretario estadual de Transporte (SETRAP), Bruno Mineiro e o secretario municipal de Santana, Eduardo Seabra que representou o prefeito Robson Rocha. A Antaq lança hoje (1º), em Macapá (AP), o estudo Caracterização da Oferta e da Demanda do Transporte Fluvial de Passageiros na Amazônia. A apresentação será às 9h, no Museu Sacaca (Av. Feliciano Coelho, nº 1.509 – Bairro do Trem). CELIANE FREITAS

gastos com aluguel, luz e água da escola. Sobre a programação No dia 09 de novembro às 15h haverá exposição da linha do tempo, mostrando toda a trajetória da Filosofia no mundo. Às 16h, haverá palestra com o tema: “A Filosofia na construção da sociedade”. Às 18h, haverá palestra com o tema: “A Filosofia escrevendo a história”. Às 20h finalizará com a palestra “A Filosofia na construção de si mesmo”. A Nova Acrópole fica localizada na Rua Odilardo Silva, nº 1300, próximo ao curso Madeira.

SEGUNDO o diretor da instituição Cleverson Barata, “desde o início nós trabalhamos com a filosofia a maneira clássica, ou seja, significa resgatar o sentido prático da filosofia”

Escola vira ganha ponto de mediação de pequenos conflitos Da Redação

F

oi inaugurada na quarta-feira (30), na Escola Estadual Coelho Neto, um Núcleo de Pacificação e Mediação do Ministério Público (MP). O espaço tem por objetivo atender a população na resolução de pequenos conflitos por meio da mediação entre as partes. O Núcleo de Mediação será o segundo no foco específico a intermediar a conciliação escolar no Estado do Amapá. Com esta medida, pretende-se elevar a qualidade do ensino e das relações entre pais, professores, gestores e alunos da Escola. O Núcleo estará vincula-

do ao programa MP Comunitário, cujo objetivo será passar adiante o método de mediar para os alunos, professores e coordenação pedagógica da Escola Estadual Coelho Neto. Segundo o coordenador do MP Comunitário, promotor, André Luiz Dias, a parceria entre Ministério Público e a escola é muito importante, porque buscará por meio da utilização de novos paradigmas, a resolução de pequenos conflitos entre a classe escolar, família e comunidade, no que tange ao problema da evasão escolar e a qualidade do ensino. “ Recentemente tivemos em uma escola, um caso de agressão dentro da instituição. Isso in-

felizmente tem se tornado comum. Esperamos que com o Núcleo possamos diminuir esses casos e, em conjunto com a Secretaria de Educação, levar esse projeto para outras escolas”, enfatizou. O diretor da Escola Estadual Coelho Neto, Edvan Luiz, conta que o índice de violência na escola era muito grande. Muitas vezes, teve de recolher canivetes, facas e outros objetos cortantes. “Esse projeto só foi possível pelo fato dos alunos e professores terem abraçado esta causa. Por isso, eu acredito que a maioria dos conflitos será bem solucionado”, conta. A secretária adjunta de Apoio à Gestão, Lúcia Furlan, destacou que esco-

la e família têm que caminhar juntas, e será nesse sentido que o MP desenvolverá o projeto na Escola. “Um bom exemplo é a escola Estadual Maria Ivone de Menezes, que tinha um índice muito grande de violência e conseguimos reduzir significativamente os índices. Com ações, inclusive com o apoio do Ministério Público”, pontuou. No dia 08 de novembro será lançado pela Seed, o Programa Pacto pela Paz na Escola, o qual visa implantar a cultura da paz nas instituições de ensino do Estado. O programa iniciará pela Escola Estadual Maria Ivone de Menezes, no bairro Cidade Nova.


B2

Dia-Dia

Macapá-AP, sexta-feira, 01 de novembro de 2013 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Blocos de petróleo leiloados podem estar em terras indígenas e de conservação CELIANE FREITAS

Denúncia foi feita pelo Centro de Trabalho Indigenista na primeira quinzena do mês passado

va de criar fatos consumados, que obriguem alterar a legislação para atender aos interesses econômicos de extração mineral em terras indígenas, quilombolas e unidades de conservação depois que eles já estiverem acontecendo ilegalmente, em prejuízo aos direitos dessas populações e ao meio ambiente”.

Da Reportagem

A

Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados aprovou o requerimento da deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) para debater em audiência pública a sobreposição de blocos para leilão de petróleo pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) sobre terras indígenas, quilombolas e unidades de conservação. A denúncia foi feita pelo Centro de Trabalho Indigenista

A DENÚNCIA foi feita pelo Centro de Trabalho Indigenista em notícia publicada dia 14 de Outubro

em notícia publicada dia 14 de Outubro. O requerimento foi subscrito pelo deputado Alfredo Sirkis (PSB/RJ). A audiência ainda não tem data e será realizada conjuntamente com a Subcomissão para

tratar de Política Indígena da Comissão de Legislação Participativa – CLP. A deputada Janete requereu que sejam convidados para a audiência representantes da FUNAI, da ANP, do Centro de Trabalho In-

digenista, do Grupo de Trabalho Interinstitucional de Atividades de Exploração e Produção de Óleo e Gás e do Ministério do Meio Ambiente. Para a deputada, “o descuido da ANP transparece a tentati-

Profissionais de imprensa debatem violência na profissão

CELIANE FREITAS

Marta Bezerra

Da Reportagem

D

ados da ABRAJI (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) mostram que a violência sofrida por esses profissionais sejam eles de rádio, fotógrafos, cinegrafistas têm aumentado desde o ano passado até agora. O relatório emitido pela ABRAJI apontou 6 jornalista/radialista que foram mortos ano passado e até o último dia 18 desse mês, que foi quando saiu o resultado, 5 jornalista/radialista já tinha perdido a vida em pleno exercício da profissão. O estado de Mato Grosso é considerado o campeão em mortes de profissionais de imprensa, seguido pelo Pará. No Amapá nunca houve registro de morte contra esse profissional em pleno exercício da profissão, mas em contra partida o índice de violência física, ameaça ou até mesmo o assédio moral, que é considerado crime, vem aumentando consideravelmente o número desses casos no Estado. O impedimento da entrada da equipe de reportagem para cobrir um acidente ou um evento, impedir que seja tirado uma foto, ou de qualquer forma evitar a apuração do fato, ou até mesmo falar com as vítimas, dependen-

Mônica Costa

N

a última quinta-feira, 31, Dia das Bruxas, a Polícia Federal paralisou suas atividades no Estado do Amapá. A greve ocorreu durante 24 horas em todo o país, com objetivo de protestar sobre as péssimas condições que a Instituição se encontra. Diversas reclamações foram abordadas e a principal delas é a restruturação da carreira. Em Macapá todos servidores ficaram sentados em frente à sede da PF, no bairro do Laguinho, eles estavam rodeados de faixas descrevendo as reivindicações e com desejos de melhorias na organização. De acordo com o presidente do Sindicado dos Policiais Federais no Amapá, Augusto Almei-

Kit equipagem propiciará ação efetiva contra prostituição em Macapá Fábio Gomes

N

O REPRESENTANTE da FITERT aqui no Amapá, José Maria, disse que o evento não tem restrições

do do caso, é considerado violência ao profissional de imprensa. Diversos relatos desses profissionais de imprensa, já foram de alguma forma, coagidos, ameaçados ou impedidos de fazer o seu trabalho. Serão ouvidos no seminário, organizada pela Federação Interestadual dos Trabalhadores em Radiodifusão e Televisão (FITERT), que ocorrerá na terça-feira, dia 05 de novembro de 2013, às 8h30 no auditório da Biblioteca pública, Elcy La-

cerda. Foram convidados para compor a mesa de debates neste seminário, entidades como a OAB, a Polícia Militar, Guarda Municipal, entre outros órgãos de segurança pública. O objetivo do seminário é discutir providências junto às autoridades competentes quanto ao direito do pleno exercício do profissional jornalista. A FENAJ (Federação Nacional dos Jornalistas) orientou aos Sindicatos de todo Brasil, a promover es-

ses seminários para conscientizar a classe sobre seus direitos e como proceder em caso de tentativa ou dificuldade em exercer seu trabalho. O representante da FITERT aqui no Amapá, José Maria, disse que o evento não tem restrições. “Serão bem-vindos profissionais da imprensa, acadêmicos do curso de Jornalismo, autoridades e o público em geral”, na oportunidade será emitido certificado de participação para estudantes. A entrada é gratuita.

Halloween da Federal com reivindicações chama atenção da população amapaense Da Reportagem

Omissão Janete Capiberibe alega que “os povos indígenas afetados, com raras exceções, não têm conhecimento sobre os blocos ofertados pela ANP e, consequentemente, não têm oportunidade de discutir e se manifestar a respeito dos impactos das atividades de exploração e produção sobre seus territórios ou em áreas contíguas a eles”. A socialista prossegue afirmando que “os mapas constantes no pré-edital [divulgado pela ANP] não

da, é grande o descaso do Governo Federal com os Policiais Federais dos cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista. Segundo Augusto Almeida, a manifestação teve a finalidade de levar à conscientização da sociedade. Já as atividades consideradas urgentes do setor de atendimento ao público serão preservadas, ou seja, a população não será prejudicada. “A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), propôs em todo Brasil a paralização para chamar a atenção da população com as mazelas da PF. Hoje a evasão de efetivo é muito grande, desmotivação dos servidores também, e sem falar da falta de estrutura nas fronteiras que têm prejudicado bastante o nosso trabalho. O que nós queremos

pautar urgentemente é a restruturação da carreira, isto é, que a nossa carreira tenha começo, meio e fim. Infelizmente, acontece que algumas classes chegam até uma parte, e outras classes conseguem chegar ao fim. Isso mostra a falta de estrutura na PF. E por isso que estamos lutando também no Amapá. Reivindicando planos de cargos e salários.”, recamou o presidente do sindicato. No Brasil A Fenapef afirmou que em vários aeroportos das capitais cidadãos se vestiram de monstros, simbolizando o Dia das Bruxas da Polícia Federal e distribuíram panfletos. Em outras cidades, a concentração e panfletagem ocorreram em frente às unidades da PF. A pesquisa atu-

alizada com 1.732 agentes revelou que 94% dos policiais federais acreditam que a atual falta de investimentos na PF é um castigo pelas investigações sobre corrupção. “No último dia 19, no seminário “Terrorismo e os Grandes Eventos”, da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados e da Comissão Mista de Controle de Inteligência do Congresso Nacional, vários especialistas de diversas agências de segurança pública foram unânimes ao afirmar que o Brasil tem risco efetivo de atentados terroristas. O Brasil tem sido foco de assistência do Departamento de Estado Norte-Americano, por conta da Copa do Mundo e das Olimpíadas.”, informou a Fenapef.

apresentam a localização de TIs e Unidades de Conservação (UCs) afetadas, e omitem que os blocos incidem sobre áreas definidas pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) como de prioridade extremamente alta para a conservação; sobre demandas de criação de UCs em curso (como a UC Campinaranas do Rio Ipixuna, afetada pelos blocos AC-T-08 E AC-T09 na Bacia Sedimentar do Acre-Madre de Dios, que tramita em fase de análise no ICMBio e já tem inclusive área proposta de 307.763 ha); e sobre UCs já estabelecidas”. A deputada completa afirmando que “além disso, a delimitação dos blocos apresentada demonstra que a ANP desconsiderou algumas das recomendações feitas pela FUNAI em resposta à consulta quanto à incidência e afetação dos blocos sobre territórios indígenas”.

Da Reportagem esta última quarta-feira, 30, o Prefeito de Macapá Clécio Luís, esteve realizando uma cerimônia nas dependências da prefeitura de Macapá, onde fez a entrega do kit equipagem, composto por veículos, computadores, impressoras, frigobar. Diante disso, foi realizada também, a entrega de celulares para o melhor desempenho dos servidores. Muitos são os casos de abandono de crianças, marginalização da infância, seja por não estarem ligadas aos pais ou por não possuir uma educação de qualidade, sobretudo familiar, estão se tornando alvos fáceis para que se dissemine a violência e a intolerância-prostituição infantil. Com isso, o envolvimento com vícios de todo o tipo, para evitar tamanho abuso contra a criança e o adolescente, é que existe a atuação do conselho tutelar, atuação esta, que estava precária por não haver estrutura física, e possuir veículos sucateados, e a falta de material básico para desempenhar o trabalho, dificultando que o serviço seja efetuado com qualidade. Será construída uma sede para o conselho tutelar da zona norte, segundo o prefeito, a proposta é fazer com que seja construída ainda uma sede modelo e futuramente será criada uma sede do conselho na zona oeste. A entrega contou com a presença do coordenador nacional para o Fortalecimento de Direitos Tutelares e Direitos Humanos da Presidência da República, Marcelo Nascimento, que visitou o local onde será construído o Conselho Tutelar Modelo, no bairro Infraero II na Zona Norte de Macapá, que será entregue em quatro meses. Nascimento falou que Macapá pode se tornar uma rota de prostituição infantil, e que por isso o conselho precisa estar fortalecido. O prefeito de Macapá enfatizou que os conselheiros são escolhidos

por votação direta da própria população. “Não são funcionários quem os elegem e sim os populares, eles são eleitos pela própria população que os conhece”. Muita matéria tem sido veiculada pela imprensa nacional mostrando o quanto a prostituição tem crescido dentro do estado do Amapá, sobretudo, a prostituição infantil que tem destruído a inocência de muitas crianças e adolescente. Comentando a respeito do conselho tutelar de Macapá, o Prefeito Clécio Luís informa a importância do mesmo para reduzir os índices de jovens e crianças na rua fora de período considerado aceitável, “eles [conselheiros] tem o papel de fazer essa intermediação entre a família, a criança que está com problema e a rede de atendimento”. Mas o crescimento de adolescentes desaparecendo dentro do estado, sobretudo do município tem crescido, sendo noticiados toda semana, casos novos nos veículos de comunicação local. O gestor municipal falou à reportagem do Jornal do Dia sobre uma atuação conjunta, envolvendo o Conselho Tutelar, Centro de Treinamento Psicossocial, Centro de Referência em Assistência Social (Cras), junto com os conselhos e a atuação do fundo municipal de direitos da criança e do adolescente. Todos constituem um sistema de proteção e que tem como um dos focos erradicar a prostituição infantil. O presidente do conselho tutelar da zona norte, relata o forte desempenho no combate à prostituição, abusos sexuais, enfatizando a eficiência da atuação nas proximidades do terminal rodoviário de Macapá. “Nós atuamos no combate à pedofilia, a prostituição, fazendo blitz, recolhendo os menores que se prostituem e conduzindo-os para suas famílias, sobretudo, os que estão no terminal rodoviário, com os novos veículos nosso trabalho se tornará mais eficiente”, afirma o presidente.


Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 01 de novembro de 2013

B3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Pais do menor que causou acidente terá que pagar pensão de R$ 6 mil às vítimas FOTO: MARTHA BEZERRA

A decisão é inédita e considera a família o pagamento de R$ 13 mil em ressarcimento com gastos médicos e pensão mensal às vítimas Jéssica Alves Da Reportagem

O

Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) concedeu na tarde de quinta-feira (30), o pedido de antecipação de tutela feito pelo advogado da família Paes, vítima de acidente ocasionado por jovem de 17 anos, após uma batalha judicial com a família Medeiros. A decisão é inédita no Amapá e foi con-

O ADVOGADO Auriney Brito considera a decisão uma vitória para a sociedade amapaense

cedida pelo juiz Marconi Pimenta. O pedido determina imediata restituição

das despesas gastas com médico e uma pensão de R$ 6 mil por mês para cus-

tear as despesas futuras, até que os pais de Yuli e Igor possam voltar ao tra-

balho. Segundo o advogado, apenas coma cirurgia de Igor Marcello Paes, que já está em alta, foram gastos R$ 13 mil, fora outros gastos com medicação e internação. “No total R$ 37 mil foram gastos, mas algumas coisas não foram possíveis conseguir recibo, então a Justiça determinou o pagamento do que já tem comprovado e o pagamento da pensão até que o seu Cláudio e Maria José possam voltar ao trabalho. Isso vai demorar bastante, porque ela esta bem debilitada. Ela esta na UTI do hospital de emergências, aguardando viagem para uma cirurgia da coluna. Essa decisão é importante, pois vai garantir que eles possam sobreviver até que voltem a trabalhar, já que eles não podem se manter devido ao acidente”, explica. O acidente A família Paes havia saído de um culto na igreja Betel, na zona Norte, por volta de

21h. Eles seguiam para outra célula, na zona sul, quando o carro da família foi atingido por um veículo conduzido pelo menor, e que estava em alta velocidade, segundo testemunhas. A esposa, Maria José, estava no banco do carona. Igor, no lado direito do bando traseiro. Yuli estava sentada, ao lado esquerdo. A menina sofreu traumatismo craniano, teve o baço retirado, pulmão e fígado lesionados. O menor chegou a ser detido e levado à Deiai, onde foi ouvido em depoimento e depois liberado. O advogado considera a decisão uma vitória para a sociedade amapaense, pois “diariamente há uma luta contra o trânsito violento e é uma medida que possa orientar as famílias, pois podem sofrer consequências com as irresponsabilidades no trânsito”. Ele conclui que brevemente a ação principal, que busca ressarcir os danos materiais e morais será protocolada na Justiça.

Revista AmapaTec busca fomentar o setor científico e tecnológico FOTO: CELIANE FREITAS

A REVISTA AmapaTec que foi promovida pelo Governo do Amapá, através da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia

Mônica Costa Da Reportagem

N

a tarde da última quinta-feira, 31, durante a Feira do Livro do Amapá – Flap Ciência aconteceu o lançamento da primeira edição da revista de Ciência, Tecnolo-

gia e Inovação no Auditório Waldemiro Gomes do Museu Sacaca. A Revista AmapaTec que foi promovida pelo Governo do Amapá, através da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia - Setec tem a finalidade apresentar à sociedade amapaense os tra-

balhos científicos, tecnológico e inovadores realizados no estado. De acordo com o Secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Antônio Cláudio Almeida de Carvalho, a AmapaTec visa expandir a produção científica e tecnológica em todo

território local. “A revista científica é de suma importância para a comunidade amapaense, por objetivar a apresentação dos trabalhos científicos com assuntos de interesses à população visando o desenvolvimento econômico e social sempre em busca de inovação.”, disse. Segundo ele, além de mostrar à sociedade o que se faz em ciência e tecnologia, a revista também tem a intenção de promover as instituições. “Levar conhecimento aos órgãos públicos e não governamentais, para que eles possam saber onde recorrer em prol de garantir recursos como ter apoio político em pesquisa e projetos. E também abordar os trabalhos dessas instituições como a Embrapa, Universidade Estadual do Amapá – UEAP, Fundação de Amparo e Pesquisa do Amapá – FAPEAP, Instituto de Pesquisa Científica e Tec-

nológica do Amapá – IEPA, prefeituras de diversos municípios entre outras organizações do Amapá.”, ressaltou. O secretário também destacou que a revista enaltece os trabalhos dos profissionais que se dedicam, reconhecendo o valor real dos especialistas. “O outro ponto fundamental da revista é fomentar os trabalhos dos pesquisadores, pois eles são cidadãos que se dedicam e têm pouco espaço no mercado. E devemos mostrar a todos como é relevante trabalhar nessa área. Reconhecendo e valorizando o profissional, e apoiando aos seus projetos e pesquisas.”, destacou Antônio. A Setec disponibilizou mil exemplares na primeira edição. O lançamento aconteceu durante a mesa-redonda “Literatura Científica e Políticas Públicas: fomento à produção de livros”. Pesquisadores,

acadêmicos e demais segmentos da sociedade para assuntos voltados à Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) do Amapá participaram da programação incluída na da Flap Ciência. Além de debates, palestras, oficinas e declamação de poesia. Conteúdo A revista está recheada de matérias, entrevistas, fotografias e pesquisas que informam ao leitor temas voltados ao setor agroindustrial, como por exemplo, o melhoramento da genética do açaí, sistemas de produção no Vale do Araguari, o Amapá na rota cafeeira do Brasil, a realidade enfrentada pelos imigrantes brasileiros que se dirigem à Guiana Francesa, a reserva do Rio Cajari como fonte de renda de conservação ambiental, pesquisa com usos de insetos em investigações criminais, nanotecnologia, biotecnologia.

Estudantes do programa Conexão Mundo aprenderão inglês de forma intensiva Mônica Costa Da Reportagem

E

studantes previamente selecionados da rede Sesi/Senai, da Escola Municipal Roraima e da Escola Estadual Maria Ivone de Menezes poderão, a partir de agora, atravessar fronteiras, conhecer nova cultura e aprender inglês de forma intensiva. Acontecerá, nessa sexta-feira (1), reunião sobre o Projeto Conexão Mundo, no Teatro Leonor Barreto Franco

– Sesi, às 15h. Cerca de 150 alunos dos ensinos Fundamental e Médio dessas escolas, na faixa etária de 13 a 21 anos, serão contemplados. O programa foi implementado pelos departamentos nacionais do Sesi/Senai, em parceria com a Organização Não Governamental ‘US-Brazil Connect’, e tem como objetivo oportunizar e aprofundar os conhecimentos de línguas, por meio da vivência diária dos alunos com o inglês e com o

acompanhamento contínuo de monitores norte americanos. Os selecionados para participar do projeto terão aulas, no período de 3 a 20 de dezembro, com os monitores que virão dos Estados Unidos. Macapá é o segundo Estado da Região Norte a ser contemplado pelo Conexão Mundo. Ele foi criado como um projeto piloto, pelos alunos do Sesi e Senai da Bahia, em 2012. Neste ano, o Conexão Mundo foi am-

pliado para 800 estudantes, sendo 200 de Minas Gerais, 100 de Santa Catarina, 50 do Rio de Janeiro, 50 de Alagoas, 100 de Pernambuco, 100 de Rondônia e outros 200 da Bahia. Em 2014, com a expansão do projeto, os alunos do Amapá com os melhores desempenho terão a oportunidade de serem contemplados com o intercâmbio cultural, viajando aos Estados Unidos ao final do programa.

MISSA CONVITE Convidamos para participar na missa de sétimo dia daquele que em vida se chamou José Castro Barreto da Penha. Na oportunidade convidamos os amigos do curso de Jornalismo na Unifap que tiveram o privilégio de conhecer e aprender com sua experiência. Dia: 02/11/13 Hora: 18h. Local: Igreja Nossa Senhora da Conceição no bairro do trem


B4

Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 01 de novembro de 2013 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Saidinha de banco: vítima perde R$ 7 mil em assalto

FOTO: DIVULGAÇÃO

O bandido conseguiu roubar uma bolsa onde a vítima levava cerca de R$ 7,2mil

Projetos da Seinf contemplam climatização de todas as escolas estaduais do Amapá Agência Amapá

Alyne Kaiser Da redação

O

P

assava das 11h44 da manhã de ontem quarta-feira (30), quando mais um assalto, tipo “saidinha de banco”, aconteceu. De acordo com a polícia, um condutor de um mototáxi clandestino da marca Honda, de cor vermelha, placa final 8033, assaltou uma senhora que transitava na calçada, às proximidades do Banco do Bradesco. O bandido conseguiu roubar uma bolsa onde continha cerca de R$ 7.200. A vítima, ISA, não reagiu e contactou a polícia. Não muito longe dali, um homem com as mesmas características e que estava numa moto de placa NEO 8033, tinha realizado outro roubo nas proximidades da Rua Eliezer

FOTO: AGÊNCIA AMAPÁ

Levy, no mesmo bairro. A vítima do segundo roubo informou à polícia que o bandido estava segurando uma bolsa de mulher. A polícia conseguiu a placa da moto, fez uma pesquisa no Sistema GETRAN/AP – CIODES e conseguiu encontrar o endereço do proprietário do veículo. A polícia se dirigiu até vila de Kitnetes situada no bairro Universidade e chegou à motocicleta de cor vermelha, placa NEO 8033, possivelmente utilizada nos dois crimes. A vítima e os objetos fo-

ram levados para a sede do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública do bairro Congós. O proprietário da moto também foi levado à delegacia para esclarecer os fatos. Saidinha de banco A expressão saidinha de banco refere-se a uma modalidade de crime que consiste no assalto ou furto realizado logo após a vítima sacar uma quantia, na maior parte das vezes elevada, dos bancos e/ou caixas eletrônicos. Em Macapá, há alta incidência desse tipo de crime.

Dentre as medidas adotadas a fim de evitar a ocorrência das “saidinhas de banco”, está à proibição do uso de celulares no interior de algumas agências bancárias. Esta medida já está sendo adotada em diversas agências do estado de São Paulo. Em cidades brasileiras como Contagem, em Minas Gerais, as saidinhas de banco fizeram com que fosse sancionada uma lei sobre o tema, multando estabelecimentos como bancos de casas lotéricas que não instalarem câmeras de vigilância em sua área externa.

s novos projetos de construção, adequação, reforma e ampliação das escolas estaduais elaborados pelo Governo do Amapá, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf), já contemplam a climatização das salas de aula e demais setores para evitar o desconforto provocado pelo calor. A iniciativa visa atender todas as escolas que ainda não estão climatizadas, como é caso da Escola Estadual Nanci Nina da Costa, localizada na 7ª Avenida dos Congós, que recebeu climatização e adequação na rede elétrica; mesmo processo realizado na Escola Jacinta Rodrigues de Carvalho, em Fazendinha, Afonso Arinos e Escola Protótipo do Elesbão, em

Santana. Assim como as mais de 40 escolas que estão sendo construídas, reformadas e ampliadas pelo atual governo, em todo o Estado, o processo também se estende às que não possuem climatização. Além da climatização, a nova proposta do Governo do Amapá para as obras das escolas estaduais contempla ainda equipamentos de combate a incêndio, elevadores, laboratórios de informática e salas para alunos especiais. A determinação para climatizar todas as escolas estaduais partiu do próprio governador Camilo Capiberibe, preocupado com o clima equatorial da região que dificulta o ensino-aprendizagem dos milhares de alunos das escolas públicas de Norte a Sul do Estado.

Serra do Navio deve ganhar mais policiamento ostensivo Agência Amapá

U

ma audiência pública na Câmara Municipal de Serra do Navio discutiu a segurança no município. Durante a audiência, foi apresentada a realidade do município em relação ao setor e discutidas propostas para avançar e garantir mais tranquilidade à população daquele município. Para o vice-prefeito, Luiz Carlos, a segurança pública já foi tema de audiência em anos anteriores. E com o advento de novos empreendimentos na região e a imigração gerada com

isso, a discussão precisou ser retomada. “Hoje nós percebemos que a segurança pública precisa acompanhar esse crescimento”, adverte. O vice-prefeito disse que a comunidade também precisa ajudar e denunciar, principalmente, as ocorrências do tráfico de drogas no município. “Discutimos sobre efetivo, parcerias entre a PM e a Guarda Municipal, drogas e projetos sociais que deverão ser implantados no município. Esse debate foi, sem dúvida, de grande valia para Serra do Navio”, concluiu. O secretário de Seguran-

ça Pública, Marcos Roberto, falou da política de implantação das Unidades de Policiamento Comunitário (UPCs), a renovação das viaturas, dos investimentos em capacitação para os agentes da segurança pública e comunidade, entre outros assuntos. Ele adiantou que para o município de Serra do Navio, a proposta é aumentar o número de efetivo, através do novo concurso público da Polícia Militar e Civil que será lançado em breve pelo Governo do Estado. “Um dos gargalos da nossa segurança pública ainda é o efetivo das Polícias Militar e

Procon fiscaliza bancos e empresas autorizadas em financiamentos Agência Amapá

A

pedido da Promotoria de Justiça do Estado, o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) realiza, até hoje 1º de novembro, uma ampla fiscalização em bancos e empresas autorizadas do Banco Central (financeiras e correspondentes bancários) com a finalidade de exigir que os mesmos divulguem para o consumidor, de forma clara, as cobranças de tarifas

bancárias, taxas, juros, produtos e serviços. A diretora do Procon, Nilza Amaral, diz que atualmente não há tabelamento das taxas ou tarifas bancárias, de modo que os bancos têm liberdade para cobrar pelos seus serviços, desde que não seja de forma abusiva e que comuniquem seus clientes com antecedência. A chefe de Fiscalização do Procon, Marcela Queiros, explica que os fiscais estão utilizando como referência, no momento da aborda-

AV: Feliciano Coelho, 659 - Trem Tel: (96) 3242-9264 - CEP 68901-025 Site: www.notecomp.com.br Em frete ao Colégio Alexandre Vaz Tavares

gem, o Código de Defesa do Consumidor (CDC), Lei n° 4595/64, Resolução do Conselho Monetário Nacional n° 2303/96 e 3518/07. “Nosso objetivo é garantir que o consumidor saiba quais taxas irá pagar antes de qualquer negociação. A recomendação é de que as empresas mantenham, em local visível, todos os valores de taxas cobradas para que o consumidor não tenha dúvidas”, conclui Marcela.

Civil”, reconhece. Marcos disse ainda que a proposta é disponibilizar mais viaturas para fazer o trabalho ostensivo nas localidades mais longínquas. “Estive no município de Itaubal semana passada. Lá, decidimos em levar o curso de policiamento

comunitário e montar o conselho de segurança comunitária com as igrejas e escolas. E aqui em Serra do Navio iremos implantar a mesma política. Queremos envolver as crianças, adolescentes, jovens e as famílias nesse projeto”, comentou.

Ronda Policial JOÃO BOLERO Da 99,1 FM

BLOG DO BOLERO

MICRO EMPRESÁRIA PERDE SETE MIL REAIS EM SAIDINHA DE BANCO Dois maus elementos, que montavam uma moto vermelha, de placa NEO8030, por volta das 11h45min da manhã desta quarta-feira (30), renderam a empresária de prenome Inêz, logo após ela sair de uma Agência do BRADESCO, na zona Comercial da Cidade e, sob ameaça de morte, tomaram dela sete mil reais que ela havia acabado de sacar. Após o assalto, eles abandonaram a moto no local do crime e fugiram, num carro Gol vermelho. PADRASTO ACUSADO DE ABUSAR SEXUALMENTE DA ENTEADA FOI PARA O IAPEN Foi encaminhado na noite desta quarta-feira (30), para o IAPEN, o JOSÉ FRANCISCO RODRIGUES DA SILVA, por crime de estupro de vulnerável, que ele praticou com a enteada de 10 anos de idade. A prisão foi em flagrante, e executada pela Guarnição da PM do 4º Batalhão, comandada pelo Ten. Pompeu, cujo flagrante foi presidido pelo delegado Antônio Uberlândio, na 1º DP de Santana. MULHER MORRE VÍTIMA DE ACIDENTE DE TRÂNSITO Um grave acidente de

trânsito aconteceu por volta das 04h550min da tarde desta quarta-feira (30),na Rodovia Duca Serra, próximo a entrada do bairro Marabaixo, quando a MARIA ROSENILDA FERREIRA DA SILVA (34), pilotava uma moto Biz, e tentou ultrapassar uma carreta dirigida por ALAN CARLOS TAVARES. Acontece, que a moto dela bateu na roda da carreta ocasionando a queda da vítima para debaixo do veículo, que passou por cima dela que morreu na hora. O Alan Carlos ficou no local e depois foi apresentado o CIOSP do Pacoval e, logo em seguida liberado. Na bolsa da vítima foi encontrada pela PM 4.214,00 reais em espécie, que foi entregue na POLITEC. QUADRILHA É ACUSADA DE FAZER ARRASTÃO NA PRAÇA BEIRA RIO EM PLENA LUZ DO DIA Pelo menos quatro elementos armados com armas de fogo, por volta das 05h30min da tarde de terça-feira (29), renderam seis pessoas que transitavam na praça Beira Rio, e sob ameaça de morte, tomaram delas 4 celulares, 3 mochilas e uma bolsa feminina, em seguida fugiram pela orla. Uma Guarnição do BRPM, comandada pelo SGT M. Braga, com a ajuda de

Além dos cursos para a PM, também será implantado no município o Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd), que oferece atividades educativas, voltadas à prevenção das drogas e à violência nas instituições de ensino.

outra Guarnição, tiveram êxito meia hora depois na prisão dos 4 elementos, sendo 3 maiores e 1 menor de 16 anos que foi entregue na DEIAI. Já os outros foram presos. Com eles, foram encontradas as mochilas e a bolsa, os celulares eles disseram que trocaram com drogas numa boca de fumo. Os que foram presos e flagranciado no CIOSP do Pacoval são: JONH KENEDY TORRINHA (18), IRIVALDO CHAGAS FREITAS (21) e FABIANO DE SÁ VIEIRA (18). As vítimas da quadrilha são a Izaniele (20), Suelem (23), Paulo (25), Romeniki (19), Mara (18) e Beatriz (18). MORRE A SEGUNDA VÍTIMA DA EXPLOSÃO DO BARCO ANJO GABRIEL NO DELTA DO MATAPI Morreu por volta das 10h22min da noite desta terça-feira no H.E de Macapá, o IVALDO PAULO DA SILVA (27). Ele foi vítima de queimaduras de 1º, 2º e 3º graus, cujo acidente aconteceu no dia 13 deste mês, no Delta do Matapí, quando barco em que ele trabalhava, explodiu, sendo que cinco dias depois, morreu um dos tripulantes no H.E, com 90% do corpo queimado, no caso o FABIANO DOS SANTOS MACHADO (17). Mais três tripulantes também foram internados, porém, na semana passada eles tiveram alta daquela Casa de Saúde.


MACAPÁ-AP, SEXTA-FEIRA, 01 de novembro de 2013

Geral

SOCIEDADE

Projeto de incentivo ao esporte será debatido em audiência C2 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Procuradoria do Estado

Ronaldo Fraga

Amapaenses conhecem de perto trabalho do estilista C3

O governador Camilo Capiberibe encaminhou na ultima, quarta-feira, 30, à AL, projeto da categoria. C4

Sancionada lei que inibe criação de partidos FOTO: DIVULGAÇÃO

Novos partidos são inexpressivos e favorecem barganha política, dizem especialistas

A

A MATÉRIA gerou polêmica quando teve a tramitação suspensa por liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes, do STF

Regra atinge PROS e Solidariedade e pretensão de Marina Silva em criar Rede Sustentabilidade Da redação

F

oi sancionada ontem (31) a Lei 12.875, que inibe a criação de partidos políticos. A lei restringe o acesso de novas legendas a recursos financeiros do Fundo Partidário e ao tempo de propaganda na TV e no rádio. A medida foi publicada no Diário Oficial da União. Pela lei, serão destinados 5% do total do Fundo Partidário, em partes iguais, a todos os partidos. Os 95% restantes serão distribuídos conforme a proporção de votos obtidos pela legenda na última eleição para o cargo de deputado federal. Para o cálculo, serão desconsideradas as mudanças de filiação partidária, ou seja, deputados que mudarem de partido durante o mandato não poderão levar os votos para a nova sigla, para contagem de tempo de propaganda e no fundo. Os horários da propaganda eleitoral serão divididos seguindo o critério de distribuição de de dois

A PROPOSTA que teve autoria do deputado Edinho Araújo (PMDB-SP) também atinge as pretensões eleitorais da ex-senadora Marina Silva

terços proporcionalmente ao número de representantes do partido na Câmara dos Deputados. No caso de coligação, será considerada a soma dos representantes de todos os partidos que compõem a chapa. Em relação à fusão e incorporação de partidos, serão contabilizados os votos das legendas obtidas na eleição anterior para a Câmara dos Deputados no cálculo do tempo na TV e no rádio e verba do Fundo Partidário. Nas últimas semanas, 55 deputados e dois senadores trocaram de partido. Hoje, o País tem 32 partidos; dois foram criados recentemente - o Pros e o Solidariedade. Os novos partidos terão que concorrer nas eleições seguintes à sua cria-

ção com o tempo mínimo de TV reservado para cada legenda e com um pequeno percentual do fundo partidário, e que não serão beneficiados por eventuais parlamentares que a eles aderirem. A matéria gerou polêmica quando teve a tramitação suspensa por liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal). Posteriormente, o plenário da Corte considerou que não deveria fazer a análise prévia da constitucionalidade do projeto e determinou o prosseguimento da tramitação no Congresso. A mudança atinge diretamente os dois novos partidos recém-criados no Brasil — PROS (Partido Republicano da Ordem Social) e o Solidariedade.

Ambas as siglas atraíram diversos deputados de outras siglas, que estavam interessados em disputar as eleições de 2014. O PROS, por exemplo, recebeu recentemente o reforço dos irmãos Cid e Ciro Gomes, cujo reduto eleitoral é o Ceará. Já o Solidariedade,, que é comandado pelo deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, e atraiu diversos parlamentares do PDT, principalmente. A proposta que teve autoria do deputado Edinho Araújo (PMDB-SP) também atinge as pretensões eleitorais da ex-senadora Marina Silva, agora filiada no PSB, mas que ainda luta para criar a Rede Sustentabilidade. De acordo com a lei aprovada por Dilma, 5% do fundo partidário será dividido em partes iguais e distribuído às legendas. Os outros 95% serão distribuídos aos partidos por proporção dos votos obtidos para deputado na Câmara Federal. Quanto à propaganda eleitoral, a lei prevê a distribuição de dois terços do tempo proporcionalmente ao número de deputados federais eleitos pela sigla na eleição imediatamente anterior. No caso de coligação, será respeitada a soma de representantes de todos os partidos que a integram. O outro terço restante será distribuído igualitariamente.

criação de dois novos partidos políticos no Brasil não significa exatamente uma novidade ao eleitor, tampouco o fim da barganha por cargos ou por tempo na propaganda eleitoral em rádio e TV que já são características no atual sistema partidário nacional. A avaliação é de analistas políticos ouvidos pela reportagem, um dia depois de o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aprovar o registro eleitoral do Solidariedade e do Pros (Partido Republicano da Ordem Social) –já aptos, com isso, à disputa eleitoral de 2014. Para o professor do departamento de Política da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) Pedro Fassoni Arruda, as novas siglas são, na realidade, “novos partidos com velhas figuras; com os mesmos de sempre, sem renovação”. “Vai ser muito difícil que um candidato dessas novas siglas encabece chapa nas próximas eleições; a tendência é que formem coligações com partidos maiores. Novo partido não significa ideias novas”, disse Arruda, para quem, dependendo do número inicial de parlamentares que as novas legendas arregimentarem, os objetivos delas podem também se tornar mais claros. “Dependendo do número de deputados (se for razoável, por exemplo), isso pode ser uma moeda de troca em uma relação de aliança, à medida em que significa tempo de exposição na propaganda eleitoral de rádio e TV”, disse. O analista citou alianças do fundador do Solidariedade, o deputado federal Paulinho da Força, e do também novato PSD (Partido Social Democrata), fundado pelo ex-DEM Gilberto Kassab, ao argumentar que novatos representam modelos já existentes. “O partido ligado ao Paulinho da Força é bastante identificado ao PSDB, por exemplo, pois apoiou José Serra na eleição paulistana [de 2012]. E representa um sindicalis-

mo de resultados que vem já desde o governo [do presidente Fernando] Collor de Mello”, afirmou, para completar: “Já o PSD tem Kassab, (este, por si, um egresso do malufismo), que se aliou ao PSDB e agora busca um lugar ao sol na constelação do governo petista, e a senadora Kátia Abreu, que representa interesses de latifundiários”, disse. Por outro lado, Arruda ressalvou: não é o número de partidos (hoje, são 32) que dirão se a democracia brasileira melhorou ou piorou. “É a qualidade dos partidos que diz isso, não a quantidade. Temos partidos que são claramente fisiológicos ou legendas de aluguel, mas outros que são ideológicos e com linha de atuação bem definida, não se vendem em troca de horário. Mas os recém criados têm muito pouca expressão politica, é fato”, lamentou. A falta de representatividade e de “expressão de um movimento social ou de um anseio popular” das novas siglas também foi apontada pelo professor do departamento de Ciência Política da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) Benedito Tadeu César como fator que as condiciona a participantes do famigerado “balcão de negócios” com que o cidadão comum acaba classificando o sistema partidário brasileiro. “Hoje, no Brasil, basta que um partido consiga cumprir a exigência do coeficiente eleitoral em um Estado para que tenha essa representação no Congresso –ou seja: ele precisa estar implantado para existir, mas não precisa ter representação nacional. Isso estimula a baixa representatividade e gera uma instabilidade política, pois faz com que a maioria das legendas, para se valer das benesses do fundo partidário e para negociar tempo, faça da política um grande balcão de negócios – no qual, depois, barganharão apoios ou votos por cargos e verbas”, definiu César.

Operadoras podem fixar validade para crédito de celular pré-pago

O

Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que as operadoras de telefonia celular podem fixar prazos para a utilização de créditos inseridos em planos pré-pagos. A decisão,

do presidente do STJ, ministro Félix Fischer, suspende a liminar concedida anteriormente pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), que proibia o estabelecimento de prazos para o uso dos créditos. O pedido de

suspensão da liminar foi feito pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), sob alegação de que os créditos devem ter prazos de validade para evitar aumento de preços ao consumidor e para preservar o modelo de negócio pré-pago, “cujo sucesso permitiu a massificação desse serviço de telecomunicações em benefício de milhões de brasileiros”. Atualmente, existem mais de 200 milhões de acessos móveis pré-pagos. Segundo a Anatel, se os créditos fossem “eternos”, conforme

determinavam as decisões anteriores, haveria risco de aumento de preços aos usuários em geral, porque as prestadoras teriam que repassar a todos os clientes os gastos necessários para manter as linhas ativas deficitárias. A agência argumenta também que a manutenção eterna das linhas reduziria a quantidade de números disponíveis para o serviço. A agência explica que, com a decisão anterior, se um consumidor adquirisse uma linha telefônica pré-paga (chip) com R$ 10 de crédito, por exemplo, poderia, consumir R$ 9 e permanecer com saldo de

R$ 1 eternamente, com sua linha ativa e passível de receber chamadas para sempre, provocando prejuízos operacionais à prestadora, que tenderia a repassá-los integralmente aos consumidores. “A manutenção de créditos eternos colocaria, portanto, em risco a existência do modelo de negócio pré-pago, o mais popular do Brasil, utilizado por 80% dos usuários de telefonia móvel”, argumenta a Anatel. O ministro reconhece a sistemática da agência sobre os créditos de telefone celular pré-pagos. “O serviço pré-pago é remunerado apenas pelos cré-

ditos adquiridos pelos usuários. Eles são usados para que se façam ligações, e não para recebê-las. A indefinição de prazo de validade dos créditos pode significar o uso, ainda que parcial, de serviço gratuito”, disse Fischer em sua decisão. Pela regulamentação da Anatel, as operadoras podem oferecer créditos com prazos de validade de 90 dias e 180 dias, de forma que o usuário não se veja obrigado a inserir créditos mensalmente. As prestadoras são obrigadas a revalidar créditos suspensos no momento da inclusão de novos créditos.


C2

Esporte

Macapá-AP, sexta-feira, 01 de novembro de 2013 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Projeto de incentivo ao esporte será debatido em audiência pública A audiência pública que irá fazer um levantamento da condição dos desportistas e do apoio ao esporte em Macapá

Karina Rodrigues Da Reportagem

S

erá debatido hoje, 1º, em audiência pública na câmera de vereadores de Macapá o projeto que tem como objetivo valorizar e incentivar o esporte no município, assim

como também será exposta a lei que criará o fundo municipal de apoio ao esporte (Fumae). A audiência pública que irá fazer um levantamento da condição dos desportistas e do apoio ao esporte em Macapá. Nela estarão presentes os presidentes das federações esportivas amadoras e profissionais que irão relatar a atual situação do esporte no município e apontar as principais carências dos esportistas. Segundo o vereador Marcelo Dias, muitos atletas perdem oportunidade de disputar uma competição nacional por falta de patrocínio. “Sabemos que muitos atletas tiram o dinheiro do próprio bolso para pagar sua passagem e hospedagem, com a aprova-

ção do projeto, será destinada uma verba específica para ajudar os atletas locais”, afirma. O vereador destaca que se aprovada à lei, o orçamento de 1% ligado a coordenadoria municipal de esporte será garantido para o município. Para ter acesso ao benefício o atleta terá que passar por uma triagem para se constatar aqueles que realmente precisam do auxílio. Dessa forma, ele poderá treinar e representar o estado em competições de alto nível. “Também sabemos que as escolhinhas de futebol que promoviam a inclusão social para pessoas de baixa renda não existem mais, então, com projeto pretendemos retomar as atividades dessas escolinhas”, informa.

Formigueiro vence São José pelo Estadual de Basquetebol Feminino

FOTO: DIVULGAÇÃO

MUITOS atletas perdem oportunidade de disputar uma competição nacional por falta de patrocínio

A iniciativa da audiência é dos vereadores Marcelo Dias (PSDB) e do Jaime Pe-

rez (DEM). O projeto está sendo analisado pela comissão de finanças da câ-

Com Robinho, Felipão mantém testes com “veteranos” após título FOTO: DIVULGAÇÃO

FOTO: DIVULGAÇÃO

ROBINHO é principal novidade na lista de Luiz Felipe Scolari para os amistosos

UOL/Esporte

P OS LANCES de arremessos livres fizeram a diferença na partida

Elcio Barbosa

Da Reportagem

O

Esporte Clube Formigueiro venceu a sociedade Esportiva e Recreativa São José por 40 a 29, pelo Campeonato Estadual Adulto Feminino de Basquetebol. O Formigueiro lidera a competição, pois, soma três pontos na tabela de classificação, enquanto que, o São José permanece com dois pontos. A partida foi realizada no Centro Poliesportivo Júlio Pereira no Bairro do Laguinho. O São José retorna a quadra às 19 horas nesta sexta-feira, 01 contra a AABB.

À noite, típica para a prática do basquetebol, as atletas do São José jogavam na casa delas. O Formigueiro não se intimidou e impôs um ritmo de jogo de velocidade. O 1º período encerrou com vantagem do time visitante. No 2º período, houve um equilíbrio do time tricolor na partida. Amanda tentava fazer jogadas de alto estilo, mas, esbarrava na defesa adversária. O tempo passava e o tricolor não conseguiu impor o estilo de jogo. Mais uma vez o Formigueiro encerrou o quarto com vantagem no marcador.

Toque de Primeira ANTONIO LUIZ

Colunista alpcampos@hotmail.com Positivo Elenco Sub-20 do São José se apresenta esta segunda-feira e dá largada ao projeto Copa São Paulo Jr. Ocorre avaliação clínica e preparação física e técnica. Boa sorte! Negativo Diego Costa recusa chamado brasileiro e justifica ‘O correto seria jogar na Espanha. Foi onde consegui tudo’. Tal constrangimento se deve à teimosia de Luis Felipe Scolari!

Amadorismo I Dia 05 de novembro a bola rola pelo Campeonato Não Profissional reunindo 10 clubes. Amadorismo II Será evento curto no Glicerão e Augusto Antunes. Fecha o calendário da FAF de 2013. Novo Astro Neymar está encontrando o seu espaço no Barcelona. Com equilíbrio e personalidade!

No 3º quarto do jogo, as atletas do São José cassaram e o time adversário aproveitou da ocasião para fechar o resultado. Pois, uma vitória frente ao arquirrival e o Formigueiro assumiria a ponta na tabela de classificação. Placar final, Formigueiro 40 a 29, e o certame estadual só está começando para os amantes da bola ao cesto. “Fizemos um bom jogo, as atletas conseguiram assimilar o que havíamos treinado e agora é partir para o próximo adversário”, comentou o treinador do Formigueiro.

Intermunicipal I Cutias ergue a taça e prefeita Eliane Pimentel fala para Soriano Dias, na Rádio Difusora. Intermunicipal II Atribui o título a um trabalho planejado, realista e humilde. Mas acreditando sempre! Intermunicipal III Entrega de faixa rola em 09 Nov, possivelmente com o Santos, campeão do Amapazão. “Recordar é Viver” I Promoção da Guerreiro Tricolor em 16 Nov e 15% é para Casa Hospitalidade Santana. “Recordar é Viver” II Estarão presentes a Musa

mara e estima-se que até o final deste mês, seja levado ao plenário para votação.

rincipal novidade na lista de Luiz Felipe Scolari para os amistosos contra Chile e Honduras, Robinho mostra uma tendência nas últimas convocações de Luiz Felipe Scolari. Após vencer a Copa das Confederações com a maioria de jogadores jovens, mas com exceções como Fred, 30 anos, e Júlio César, 34, o técnico fez trocas nas últimas quatro convocações para amistosos e apostou em jogadores mais velhos para posições como as laterais, o meio-campo e agora o ataque. Nos chamados após a conquista do título da Copa das Confederações, Felipão manteve a base do time campeão. Titulares só não foram convocados quando tiveram problemas físicos, caso de Fred, por exemplo, lesionado desde setembro. Em algumas posições, o

do Fluzão, Bruna Barreto, e embaixador tricolor Aldo Silva. Jogos Indígenas I GEA/SEDEL realiza no mês de novembro, em Oiapoque, a importante competição. Jogos Indígenas II Presença confirmada de Maurício Paiva, renomado jornalista da National Geographic. Brasileirão Sábado tem rodada São Paulo x Portuguesa, Vasco x Coritiba e Atlético-MG x Náutico. Basquete Adulto I Campeonato Feminino e Masculino oferece bons jogos e desperta a atenção

técnico vem testando mudanças nas vagas de reserva. Na lateral direita, Jean, de 27 anos, perdeu a vaga para o mais experiente Maicon, de 32. Na esquerda, Marcelo segue como titular absoluto, mas Filipe Luis, de 28 anos, perdeu o lugar nos amistosos para Maxwell. O jogador do PSG foi titular na vitória sobre Portugal e agradou Felipão. Em outra mudança em relação à lista da Copa das Confederações, Fernando, de 21, deixou de ser chamado. Lucas Leiva, 26, que já tinha experiência na seleção com Dunga e Mano Menezes, ganhou a vaga nos amistosos. Robinho parece ser a nova aposta de Scolari para deixar o time mais maduro. O atacante acumula mais de 80 partida com a camisa da seleção. Ele não era convocado há mais de dois anos, quando o técnico ainda era Mano Menezes. da torcida. Basquete Adulto II São José x AAMB (f) e CD Paulo Conrado x AABB duelam hoje no Ginásio São José. Papão da Amazônia Paysandu vence América-MG e respira na Segundona. Hoje enfrenta o Joinville-SC. Academia de Cronistas I Imprensa esportiva reúne e funda uma entidade voltada a fortalecer e valorizar a classe. Academia de Cronistas II Presidida por Fran Tavares, a instituição visa compartilhar objetivos com a ACLEAP.

“Ele já jogou duas Copas, tem experiência. Não esqueçam que em 2002 alguns jogadores nas últimas convocações foram chamados e foram espetaculares”, explicou o técnico. “Eu tenho bons amigos fora do Brasil e há muitos dias que a gente vem mantendo alguns contatos e observando os jogos do Milan. O Robinho praticamente sabia que ia ser convocado e o que eu espero dele é aquilo que ele tem: qualidade técnica e alegria em campo”, completou. GOLEIROS Júlio Cesar (Queens Park Rangers) Victor (Atlético-MG) ZAGUEIROS David Luiz (Chelsea) Dante (Bayern de Munique) Thiago Silva (PSG) Marquinhos (PSG) LATERAIS Daniel Alves (Barcelona) Maicon (Roma) Marcelo (Real Madrid) Maxwell (PSG) MEIAS Hernanes (Lazio) Luiz Gustavo (Wolfsburg) Paulinho (Tottenham) Ramires (Chelsea) Lucas Leiva (Liverpool) Oscar (Chelsea) Willian (Chelsea) ATACANTES Hulk (Zenit) Bernard (Shakhtar netsk) Neymar (Barcelona) Robinho (Milan) Jô (Atlético-MG).

Do-

Novidades Robinho, Wiliam e Marquinhos são caras novas na seleção convocada por Luis Felipão. Beach Soccer Esta sexta-feira encerram inscrições ao Curso de Técnico Beach Soccer. Fique ligado! Mazagão Campeonato de futebol feminino foi um sucesso total. Reuniu 21 clubes e 500 atletas. Você Sabia? 1ª Copa Kids rola sábado e domingo com eventos de boxe, muay thai, judô e jiu jitsu. Inscrição e entrada exige alimento, roupa e brinquedo para vítimas do recente incêndio.


Diversão&Cultura

Macapá-AP, sexta-feira, 01 de novembro de 2013

C3

Editora: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Amapaenses conhecem de perto trabalho do estilista Ronaldo Fraga FOTO DIVULGAÇÃO

Parceria contempla ainda ações nas 12 cidades onde há shoppings da Tenco. Entre elas na cidade de Macapá, no Amapá Garden Shopping Da redação

C

om expertise em identificar novos mercados, desenvolver e administrar grandes shoppings em todo o país, a Tenco Shopping Centers anuncia parceria exclusiva com o ícone da moda nacional e um dos principais estilistas brasileiros: o mineiro Ronaldo Fraga, cujo foco desta coleção é o sertão do semiárido nordestino. O Grupo, que acaba de completar 25 anos, vai patrocinar o desfile de Fraga

O MINEIRO Ronaldo Fraga, cujo foco desta coleção é o sertão do semiárido nordestin

durante o São Paulo Fashion Week Outono/Inverno 2014, o mais importante evento de moda do Brasil e da America Latina, na próxima quinta-feira, 31 de outubro, e fechou ainda outras ações. Entre elas, o direito de uso de sua imagem e de suas ilustrações nos shoppings administrados pela Cia, além de eventos e palestras com a presença do estilista nas cidades onde a Tenco está presente. A par-

ceria com Ronaldo Fraga não é recente, no ano passado o estilista criou estampas para nécessaires entregues aos clientes do Via Vale Garden Shopping, em Taubaté-SP, para a campanha de Natal. Seus desenhos também foram utilizados em tapumes nos shoppings de Arapiraca, interior de Alagoas, Taubaté e Macapá, capital do Amapá. Para Eduardo Gribel, presidente da Tenco Shopping

Centers, Ronaldo Fraga é um dos nomes mais importantes na construção da identidade da moda brasileira, e revela o Brasil aos brasileiros, utilizando suas coleções para contar histórias relevantes de nossa cultura. “Nossa empresa se identifica com o estilista que sempre valoriza em suas coleções a cultura do nosso país”. O presidente conta ainda que a Companhia também nasceu em

Minas Gerais, assim como o estilista e hoje desbrava o Brasil desenvolvendo shoppings em novos mercados. “Nosso foco é pesquisar oportunidades e desenvolver grandes shoppings pelo Brasil, especialmente em cidades que nunca tiveram um empreendimento ou nas que crescem cada vez mais, levando emprego e renda e para estas regiões, além de cultura, moda, gastronomia e lazer”, explica. Segundo Gribel para desenvolver shoppings nestas cidades é preciso conhecê-la, descobrindo sua identidade. “Ronaldo é ávido por tradições locais e produtos artesanais, gosta de contar histórias do Brasil, descobrir lugares e colocar holofote sobre elas. Assim como ele fez com Rio São Francisco ou ainda em Passira, em Pernambuco, junto a bordadeiras da cidade, que criaram peças trabalhadas manualmente que faziam referências ao maracatu, levando a cultura do agreste pernambucano à passarela do São Paulo Fashion Week. Ronaldo faz desfiles emocionantes, cria exposições incríveis, lança livros e

sempre está envolvido em projetos fantásticos. Com este e outros exemplos como não admirar o estilista? O trabalho do Ronaldo Fraga está em sintonia com a missão e valores da nossa empresa”, conta. Eduardo reforça ainda que o patrocina ao desfile no São Paulo Fashion Week pretende trazer ainda grande visibilidade a marca já que é o mais importante evento de moda do Brasil e da América Latina e é também o 5º maior entre as semanas de moda internacionais, atrás somente do Paris Fashion Week, Milão, Londres e Nova York. Além do desfile e de uso da imagem, Eduardo não antecipa as ações que serão feitas nas cidades onde a Tenco possui shopping, mas adianta que há possibilidade de realizar workshops ou palestras do estilista com lojistas e população das cidades. “Acho que seria uma grande alegria para as cidades, principalmente, do interior do Brasil, conhecer de perto o trabalho do Ronaldo Fraga, um trabalho que vai muito mais além de um criador de moda”.

1ª Rodada Literária de Negócios começa com apresentação de 12 projetos

D

ando continuidade à programação da Feira do Livro do Amapá (Flap), realizada em torno do tema “Leitura e Sustentabilidade”, aconteceu nesta quarta-feira, 30, a “1ª Rodada Literária de Negócios”, que contou com a inscrição de doze autores, dez livreiros e três editoras nacionais. O evento ocorreu na Sala dos Autores Amapaenses na Biblioteca Pública Elcy Lacerda, com o objetivo de formular e fechar negócios literários para publicação de autores amapaenses, ou que vivem no Amapá, nos vários gêneros literários e não literários. A abertura foi marcada por uma rodada de poesias com declamação de poemas de diversos autores pelo escritor amapaense Pedro Stolks. A Rodada Literária de Negócios é uma novidade na programação da Flap deste ano e conta com a participação de autores e livreiros amapaenses e editoras convidadas como a Pimenta Malagueta, da Bahia, Selo OffFlip, do Rio Janeiro, e Cromos, do Pará. Para o secretário de Estado da Cultura, Luiz Pingarilho, o Governo do Amapá tem investido, com priori-

dade, na produção literária local e no incentivo à leitura e ao conhecimento. “Pretendemos continuar com esse incentivo, pois, dessa forma, nós vamos conseguir criar uma nova realidade para o nosso Estado, onde as pessoas podem colaborar com o desenvolvimento, já que não existe desenvolvimento sem conhecimento”, declarou. Dos projetos apresentados, oito foram selecionados: Livraria Public com o projeto do escritor Manoel Bispo; Encontro das Letras com a coletânea do Grupo Pena e Pergaminho; Livraria Machado com a obra de Aline Monteiro; Livraria Didática com Annie Carvalho; Paulinas Livraria com Romualdo Palhano; Livraria Clássica com o escritor Zé Miguel, Livraria Kiora Café com Marvin Cross e Livraria Acadêmica com Lara Utzig. A obras serão publicadas até julho de 2014. “Essa reunião é inovadora e muito importante para apresentação de nós, novos escritores, que buscamos novos leitores com a publicação de nossos livros”, afirmou a escritora Aline Monteiro. Custeio dos projetos Cada projeto será custea-

Resumo das Novelas Malhação Anita deixa Martin e vai atrás de Ben. Caetano dispensa Zelândia, que se revolta com seus motivos. Anita e Ben discutem. Micaela tenta falar sério com Martin, mas se irrita com a falta de atenção do menino. Serguei e Flaviana ficam juntos. Luana beija Vitor e Clara vê. A casa e os pertences de Maura começam a ser destruídos pelos jovens durante a festa. Vitor lamenta que Clara tenha visto seu beijo em Luana. Luciana agarra Sidney. Sidney, Martin e Luciana comemoram o sucesso do evento. Sidney e Junior tentam beijar Sofia e Flaviana novamente. A polícia chega ao local da festa e João Luiz se surpreende ao ver a festa. Tuninho avisa que os convidados saíram do controle e estão invadindo o casarão.

Sangue Bom Maurício chega bem na hora e, pela porta entreaberta, vê os dois com olhos no olhos. “A gente ainda tem um lance muito forte, não adianta negar… Se não tivesse, cê ainda estaria namorando o Maurício”, continua Bento. Arrasado, Mauríco sai apressado e sem ser notado. Apesar da insistência de Bento, Malu fica receosa. “Tudo tem hora certa pra acontecer! Quando não acontece, é porque não era pra ser!”, ela analisa, dizendo em seguida que Amora sempre será a mocinha em perigo e ele o príncipe no cavalo branco que aparece para salvá-la. O florista contesta: “Cê acha que eu gosto ou pretendo fazer disso o objetivo da minha vida, Malu?”. Mas a gata garante que ele sempre vai se sentir responsável pela ex-it-girl.

Joia Rara Sonan diz a Pérola que os meninos não brincam com ela porque a respeitam. Pressionada pelo marido, Iolanda pede que Mundo se afaste dela. Venceslau entrega a joia para Ernest. Pérola confessa a Amélia que pediu ajuda a Viktor para impedir a viagem de Silvia. Manfred tenta convencer Ernest a não demitir Venceslau. Aurora gosta de ouvir Odilon cantar. Lola discute com Aurora. Pérola fica feliz quando os meninos aceitam jogar bola com ela. Franz e Amélia se beijam. Sonan diz que está na hora de Pérola ser apresentada como o novo Rinpoche. Franz se declara para Amélia.

Amor à Vida Denizard afirma a Herbert que ele é o pai de Gina. Paloma ajuda a cunhada, que se desespera. Bruno e Denizard mandam Herbert embora. Ordália afirma a Gina que Herbert não é seu pai e lhe conta sua história. Denizard fica furioso com o que descobre de sua esposa e decide se separar. Michel vê Herbert chegar ao bar e tenta consolá-lo. Valentim e Vivian se beijam. Félix sonda Edith para tentar descobrir algo sobre os imóveis adquiridos de seu pai. Pilar consola Herbert. Gina decide abrir a Bíblia que ganhou de Maristela para se confortar. Herbert relembra o passado com Pilar. Joana manda Luciano embora de sua casa.

do da seguinte forma: os projetos no valor de R$ 500 serão custeados pelas livrarias participantes da Flap 2013; os de R$ 1 mil serão custeados pela Afap e pela

Flap, através da moeda literária “Palavra”, e de R$ 3.500 serão custeados por iniciativas de captação definidas entre o autor e a livraria.

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Feche o mês com esperança e calma, cuidando especialmente da área financeira. Evite ceder a impulsos de consumo nos próximos dias, e fique atento a cobranças de taxas e impostos do passado, que não foram pagos. Zere o quanto antes. Sensualidade alta.

Libra (23 set. a 22 out.) Concentração planetária em signos de água e terra pedem ligação afetiva e senso prático pra lidar com pessoas e assuntos de trabalho. Controle seus gastos nestes dias e reflita antes de aceitar um trabalho mal remunerado. No amor, amparo e atenção.

Touro (21 abr. a 20 mai.) Observe um cliente que anda chateado, tenso ou exigente demais. Encerrar o mês com uma boa conversa pode trazer alivio à relação. Respeite o sócio que está com duvidas e problemas e dê tempo ao cônjuge. Generosidade tem de ser sua meta hoje.

Escorpião (23 out. a 21 nov.) Você pode sentir coisas estranhas nestes dias - um limite mais curto, temor, cansaço, desinteresse. É tempo de parar com a correria e fazer apenas o que couber numa agenda tranquila. Depois dos feriados você retoma o pique intenso. Amor segue bem.

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Sob um clima astral um tanto tenso, outubro termina e leva embora projetos que não vingaram. Deixe-os ir! Limpe a mente, o espaço e os armários. Invista numa rotina mais leve, boa alimentação e hábitos saudáveis. Até o relacionamento vai melhorar...

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Com o fim do mês também chega o tempo de arrumar as coisas em casa - é a fase minguante da Lua vibrando em prol de mais alegria e bem estar, e menos apego ao que já não tem mais vibração e energia de vida. Pessoas partem, apenas observe. Amor em baixa.

Câncer (21 jun. a 21 jul.) Você, que faz parte da tribo dos sensitivos e donos de um coração bem informado, já sente o clima. Finalize pendências em casa, agende pequenos consertos e reuniões com a equipe. Fertilidade e amor em alta - é preciso tomar um rumo em breve

Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Vibrações poderosas confrontam a sua força com de organizações e pessoas que sabem o que querem. Melhor ir com elas, para não ser posto de lado agora. Sua intuição existe e está forte - respeite as dicas recebidas! Clima amoroso e acolhedor.

Leão (22 jul. a 22 ago.) Já que o mês está acabando, que tal rever os gastos? A fase minguante da Lua dá o ritmo de fechamento, bom pra manter o olhar critico. Preste atenção às amizades - seu distanciamento faz alguém sofrer. Distribua poder, não o concentre em suas mãos.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Encerrando o mês cheio de dúvidas você segue junto com um grupo, um sócio, ou vai arriscar a carreira solo? É o momento certo pra repensar suas associações e parcerias. Em família, escute mais. Fique atento a alterações no ambiente; preserve-se.

Virgem (23 ago. a 22 set.) Leitura, estudo, compreensão e comunicação - tudo gira em torno disto de hoje até o fim dos feriados. Programe seu cotidiano reservando tempo para viajar, aprender, investigar e ter conversas honestas com seu amor. Muito será revelado e resolvido!

Peixes (20 fev. a 20 mar.) Qual é sua disposição atual para aventuras e riscos? Quase zero, a contar pelos astros. Por isto não estranhe certo apego a rotinas. Descanse a mente e o coração. Certas banalidades existem para isto: são um refrigério em momentos de exigências maiores!


Sociedade

LÚCIA THEREZA @luciathereza lucia.ghammachi@jdia.com.br

Macapá-AP, sexta-feira, 01 de novembro de 2013

Diagramadora: Maraina Melo - maramiranda@jdia.com.br

Outubro Rosa

Curtas pra curtir

Procuradoria do Estado

A OAB Amapá reuniu Mulheres advogadas para um café da manhã em sua sede, para promover a campanha Outubro Rosa e estiveram presentes as advogadas, Mara Christian, Walquiria Gama, Adrianna Ramos, Patricia Mendonça, Jakeline Morato e a juiza Stella Ramos.

N

a manhã do dia (30), penúltimo dia da Campanha Outubro Rosa, movimento internacional de alerta ao câncer de mama, a juíza Elayne Koressawa, titular da 2ª Vara de Família de Macapá, em companhia da promotora de Justiça, Maricélia Campelo e da serventuária Andreza Naifes, recebeu com alegria e emoção a juíza Aline Conceição Cardoso de Almeida, da 2ª Vara Criminal de Macapá, que curou-se de um câncer.

Nenhuma Preocupação

O

governador Camilo Capiberibe encaminha na última, quarta-feira, 30, à Assembleia Legislativa do Amapá, o Projeto de Lei Complementar que organiza a Procuradoriageral do Estado (Prog/AP), cria a Central de Licitação e estabelece o Estatuto dos Procuradores. De acordo com o governador, o Projeto de Lei vai possibilitar à Procuradoria readequar sua estrutura organizacional, implantar novos procedimentos e carreira, permitindo a realização de concurso público.

Congresso

D

iretor da Sala de Imprensa da Santa Sé sobre presumíveis interceptações da NSA: “não nos consta e não nos preocupa” “Não nos consta nada a esse respeito e, em todo caso, não temos nenhuma preocupação em relação a isso”: foi o que afirmou o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Pe. Federico Lombardi, a propósito de um artigo de uma revista italiana sobre presumíveis interceptações perpetradas pela NSA, a National Security Agency, entre 10 de dezembro de 2012 e 8 de janeiro de 2013, incluindo ligações telefônicas recebidas e feitas no Vaticano. A revista lança a suspeita de que entre os 46 milhões de telefonemas interceptados pelos EUA na Itália naquele período, estariam também os que dizem respeito ao Vaticano e ao então Cardeal Jorge Mario Bergoglio quando se encontrava na Domus Internationalis Paulo VI em Roma. Daí, a declaração do Pe. Lombardi em resposta às perguntas dos jornalistas. (RL)

A Procuradora Geral de Justiça Ivana Lucia Franco Cei está participando do Congresso Nacional do Ministério Público, que irá até amanhã, em Natal- RN

Moda Verão e Inverno

S

andália rasteirinha em couro, imitando tecido é a mais nova tendência para o verão, já de 2014. Com pedras, muito brilho e o dourado para realçar os pés, continua o esmalte azul escuro. O Rosa e branco também vai ser a tendência das bolsas, com laços e brilhos. Tudo para deixar a mulher mais feminina e romântica. Na Europa a tendência para o inverno, são casacos de pele sintética com orelhas de gatos no capuz. O branco também é a tendência.

O

Papa ganha prêmio de comunicação

Instituto Europeu Terceiro Milênio atribuiu ao Papa Francisco o prêmio “Comunicação simples”, indicando o Pontífice como o comunicador do ano. A premiação foi entregue no inicio da semana, ao diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, padre Federico Lombardi, que o recebeu em nome do Santo Padre. De acordo com o diretor do Instituto, Andrea Pizzicaroli, “a comunicação simples é aquela que é clara e que busca chegar o quanto possível a mais pessoas transmitindo uma mensagem autêntica, justamente como se sente no coração”. Para o diretor, o segredo é a

sinceridade: “quando alguém é sincero consigo mesmo e com os outros, a comunicação flui de modo coerente; ninguém pode colocar em discussão aquilo que é dito com sinceridade porque se tem a profunda convicção do que expressa. Se há convicção, então se comunica de modo simples e as pessoas entendem isso.” Andrea Pizzicaroli explica que há dez anos o Instituto Europeu ‘Terceiro Milênio’ foi fundado com o objetivo de fazer formação e consultoria em comunicação. Com a eleição do Papa Francisco, Andrea conta que ninguém imaginava que pudesse ser uma figura tão “expressiva e comunicativa”.

“Nós mesmos ficamos positivamente surpresos com isso. Daí, de nossa parte, com muita humildade, a ideia de atribuir-lhe o prêmio ‘Comunicação simples’”, afirma. A sinceridade, a autenticidade nas palavras do Pontífice; o seu “boa tarde”, sua saudação e despedida são formas de comunicação simples, segundo Andrea. “O Papa Francisco habitualmente cumprimenta as pessoas em pé de igualdade, de modo direto como se fosse um amigo, um parente, uma pessoa querida como efetivamente ele é”, explicou. “Esse tipo de comunicação revolucionou tudo porque é um Papa ‘acessível’”, completou.

Jornaldodia01112013