Issuu on Google+

[

[

Pagamento de precatórios para Construtora Andrade Gutierrez estão sendo questionados Matéria na próxima edição

Valério Fernandes faz SES quer gerenciar o hospital reivindicações ao Governador municipal ‘Dr. Kleide Coelho’

TROCA DE COMANDO

ANO III - NO 77 - 10 A 25/11/2011 - BARRA DO GARÇAS-MT - FUNDADO EM 01/01/2009 - R$ 2,50 - EMAIL: ASEMANA@ARAGUAIA.NET - WWW.SEMANA7.COM

Ponto de chegada da Rota da Integração à cidade de Querência foi palco para diversas discussões, envolvendo prefeito, vereadores e produtores rurais. A ação realizada pelo governador Silval Barbosa teve o objetivo de verificar a situação das estradas de Mato Grosso e interligar os municípios através de vias pavimentadas. Página 8

Um encontro no final da semana passada entre o promotor Marcos Brant e secretária de Saúde do município, Laura Beatriz, resultou numa visita do representante do Ministério Público ao Pronto Socorro no final da tarde do dia 10 de novembro, a convite da primeira-dama para verificar o funcionamento daquela unidade. Página 7

Transferência é uma demonstração da truculência de Wanderlei, diz Daltinho O coronel Eddie Metello assumiu na tarde de quinta-feira (24), o comando do Regional Leste em Barra do Garças, em substituição ao também coronel Valdemir Benedito Barbosa, que esteve à frente daquele comando por cerca de quatro anos e agora foi transferido a capital, Cuiabá. A solenidade de transmissão de comando foi presidida pelo comandante geral Coronel Farias. A transferência de Barbosa, segundo disse à reportagem, foi resultante de manobra política capitaneada pelo prefeito de Barra do Garças Wanderlei Farias Santos, depois de recusar uma proposta, a de transferir o abastecimento de combustível da frota policial que seria cerca de R$ 50.000,00/mês do Posto Medalha para o Posto Zampa, de sua irmã Lindomar Santos, e também pelo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Alencar Soares. PÁGINA 5

TORIXORÉU E GENERAL CARNEIRO

Governo do Estado rescinde Termos de Cessão de Uso de Maquinários

Miguelão é processado por fraude em licitação O vereador Miguel Moreira da Silva, o Miguelão (PSD), é parte integrante de um inquérito policial instaurado pela Delegacia Municipal de Polícia para apuração de irregularidades em licitação em 2008. A denúncia feita pela Procuradoria Jurídica da Prefeitura, nos primeiros dias da atual gestão, constatou que ônibus da frota escolar estavam em péssimo estado de conservação, sem condições de uso, porém, durante o processo licitatório comprou-se que peças foram adquiridas acima da quantidade necessária para reposição nos veículos.PÁGINA 4

Antônia Jacob terá que restituir R$ 13,907 mil aos cofres públicos PÁGINA 4

ESTRADAS PSICULTURA

Marcão visita segunda etapa da produção de peixes Página 9

Vereadores tentam impugnar edital de concurso público

O prefeito de Aragarças Marco Antonio de Oliveira - Marcão fez uma visita ao canteiro de obras da segunda etapa da construção de lagos do projeto de piscicultura que ora está sendo implantado no município. A segunda etapa alcança 39 produtores sendo que cada um deles receberá mil alevinos, mais a ração inicial que será suficiente para os três primeiros meses do projeto. PÁGINA 4

MT-326 Rodovia do Calcário poderá ser federalizada Railda disse ainda que na avenida central da cidade será construído um canteiro “que poderá transformar o aspecto urbano da cidade de Nova Nazaré”. Ela disse ainda que em sua recente visita a Brasília recebeu a promessa de que a MT-326 poderá ser federalizada, caso os técnicos verifiquem que não se trata apenas de uma estrada transitória. Ainda sobre sua visita a Brasília Railda de Fátima conseguiu junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a construção de duas escolas em aldeias indígenas da etnia xavante, no interior do município, que é uma reivindicação daquela comunidade. PÁGINA 8

MÁ VONTADE

Sem apoio de secretária, atletas não participam de competição Os vereadores Miguel Moreira Alves (Miguelão) e Odorico Ferreira Cardoso Neto - Kiko entregaram no final da tarde do dia (11) à Prefeitura de Barra do Garças, o pedido de impugnação do concurso público sob alegação de que a empresa contratada (ACPI) “não goza de idoneidade suficiente para a realização de tão importante certame, onde estão sendo oferecidas mais de 500 vagas (...) devendo portanto a administração rever critérios utilizados para contratar nova empresa para sua realização”. PÁGINA 7

Um percurso de 2600 km e combustível para cobrir apenas 590, até Cuiabá, deixou de fora dos Jogos Estudantis em Colider equipes campeãs de Barra do Garças, um gesto de descaso Firacam fora dos 34º Jogos Estudantis Mato-grossenses que tiveram início na segunda-feira (14) em Colíder as seleções de Barra do Garças. Na sexta-feira, (11), já no final do expediente, o presidente da Câmara de Vereadores Julio Cesar dos Santos recebeu uma delegação de jovens atletas barra-garcenses que bateram à porta de seu gabinete para pedir ajuda financeira para as equipes de basquete e futsal masculinos e handebol e futebol de campo femininos, equipes que sagraram-se campeãs nos jogos estudantis realizados em recente data em Canarana. PÁGINA 6

Página 3

SES quer gerenciar o hospital municipal ‘Dr. Kleide Coelho’ Em recente comunicado ao Ministério Público de Barra do Garças, endereçado ao promotor Marcos Brant, informa que aquele hospital está inserido no plano de ação 2012 do Governo Estadual. Segundo o secretário Pedro Henry, esse plano tem como propósito o gerenciamento, operacionalização e execução das ações e serviços de saúde daquela unidade. Em outras palavras, o Estado quer estadualizar aquele hospital. No começo da atual gestão ninguém escondia o interesse de repassá-lo ao Estado. PÁGINA 7


2

Opinião

Ano III - nº 77 - 10 a 25 de Novembro de 2011 Barra do Garças - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

Editorial

CONTRAPONTO - Como os leitores puderam observar ao longo desses últimos anos, nosso espaço para a enquete mudou de tamanho e aborda sempre um assunto que esteja em evidência. Neste final de ano e véspera de ano eleitoral o assunto dominante sempre é a política que desce dos gabinetes refrigerados e ganham os barzinhos da cidade, local de trabalho, feira livre, churrasquinho e outros. É conveniente lembra que a transparência faz bem à política e por isso saímos às ruas para indagar cidadãos e cidadãs se “você votaria em candidato que esteja respondendo a processo na Justiça?” Confira o resultado.

Manobras colocam contra a parede adversários de Wanderlei Farias “Aquele jogo em que se faz deslizar uma bola, buscando derrubar um conjunto de balizas” se chama boliche. As pessoas que se enveredam pela política local, muitas são balizas no jogo político que ainda não começou, que se encontra nas prévias para o próximo ano. Não seria nenhuma disparate dizer que existe em Barra do Garças um mestre de arremesso e que se chama Wanderlei Farias. Não precisa ser cientista político para rastrear sua passagem pelo campo minado da política barra-garcense. Outra coisa, ninguém adquire esse traquejo gratuitamente, é preciso ciência e paciência para percorrer as canaletas para o baque certeiro na, digamos, indefesa baliza, o alvo proposto. Apenas para situar o leitor daquilo de que estamos a falar, comecemos, então, pelos anos 80 quando WF foi eleito vereador em Barra do Garças, presidente da Câmara e, médico dedicado, arrebanhou seu carisma inicial. Tempos depois foi nomeado secretário de Saúde do município e sucessor natural de seu parente, (já falecido), Wilmar Peres de Farias. A oposição espinafrou por todos os lados e Wanderlei Farias foi eleito para o primeiro mandato e quatro anos depois, para o segundo. Ainda a bordo daquela segunda gestão Wanderlei Farias articulou um nome para sucedê-lo na prefeitura. O primeiro da fila foi o vereador Miguel Moreira Alves (Miguelão) que no primeiro momento tinha todos os ventos em seu favor antes da guinada que afundou seu barquinho de candidato a prefeito. WF afastou-se de seu aliado e o deixou entregue à própria sorte. Quem lucrou em tudo isso foi o candidato comunista Zózimo Chaparral, uma vez que WF não apoiou seu antigo tutor, Wilmar Peres. Eleições de 2008, Chaparral sai à reeleição com Beto Farias como vice. Perdem para Wanderlei Farias que assume seu terceiro mandato e até poucos dias não falava

na possibilidade de sair à reeleição. Somente agora ele começa a movimentar as pedras em seu indecifrável tabuleiro de modo impiedoso com seus adversários. Enquanto isso a oposição não calçou ainda as mesmas luvas para uma aliança que possa vencer as investidas de sua liderança. Esse seu gesto de preterir Wilmar Peres provocou um racha entre os Farias, dividiu a família e um dos lados, hoje

Esse seu gesto de preterir Wilmar Peres provocou um racha entre os Farias, dividiu a família e um dos lados, hoje capitaneado pelo empresário Roberto Farias, ficou enfraquecido e pode, inclusive, considerar-se, assim como muitos outros, uma das balizas do próximo jogo previsto para 2012, já que é pré-candidato a prefeito. Wanderlei Farias, por sua vez, permaneceu ‘mudo’ por todo este tempo sem responder os movimentos dos adversários. Nem precisa ser à sucessão, basta que seja seu inimigo político. capitaneado pelo empresário Roberto Farias, ficou enfraquecido e pode, inclusive, considerar-se, assim como muitos outros, uma das balizas do próximo jogo previsto para 2012, já que é pré-candidato a prefeito. Wanderlei Farias, por sua vez, permaneceu ‘mudo’ por todo esse tempo sem responder os movimentos dos adversários. Nem precisa ser à sucessão, basta que seja seu inimigo político. Se não é assim, vejamos. Há cerca de quatro anos o coronel Valdemir Barbosa assumiu o comando da Regional Leste da Polícia Militar em Barra do Garças. Homem popular e dado a ações de encontro às camadas mais

necessitadas da população começou a se destacar no cenário político. Não demorou muito para que seu nome fosse alçado à condição de pré-candidato a vereador. Mas havia um porém, Barbosa nunca rezou na cartilha de WF e por isso mesmo, segundo disse numa reportagem a este jornal, está sendo transferido para Cuiabá. A transferência do coronel deixou indignada a sociedade barra-garcense e vários políticos, entre os quais o suplente de deputado estadual e pré-candidato a prefeito Adalto de Freitas – Daltinho chamou essa manobra de truculenta, entre outros adjetivos. Mas, deixando palavreados à parte, dois vereadores de oposição, Kiko e Miguelão, tentam impugnar o edital de concurso público da prefeitura depois de detectar falhas em suas normas. O mesmo Miguelão é também pé protagonista de um processo que apontaria falhas em uma licitação no governo de Chaparral. E, por estarmos quase no final do ano, explicamos aos nossos leitores a significação da expressão ‘presente de grego’ que poderá chegar em sua casa em formato de IPTU. Enquanto isso as equipes que sagraram-se campeãs em recentes jogos em Canarana não participaram dos Jogos Estudantis em Colíder, por puro descaso da prefeitura, da Secretaria de Educação que é a responsável por este setor. Se mais, ainda, o Governo de Silval Barbosa quer de volta os maquinários cedidos aos municípios de Torixoréu e General Carneiro, já que foram flagrados prestando serviços em propriedades alheias aos interesses daqueles municípios. E, assim, concluímos com o alerta. Caso você seja pré-candidato o melhor a fazer é não se colocar na posição de baliza. Saia dessa rede de intrigas, vista sua camisa e exerça sua cidadania, sem nada temer. Se cair, levante, sacode a poeira e dá a volta por cima, como bem diz o sambista.

Você votaria em político com processo criminal na justiça?

Wanderson Vasconcelos 21 anos, motorista

Charles Belém 34 anos, gerente administrativo

Lorraine dos Santos 23 anos, do lar

“Não. Se ele já roubou uma vez pode acontecer novamente”.

"Não. Se ele já está com um processo, você não pode acreditar numa pessoa dessa de jeito nenhum".

"Não. Se um candidato já esta com um processo, alguma coisa errada ele fez, representante do povo tem que ter ficha limpa".

Vinício de Souza 23 anos, auxiliar técnico

Vilmar Nunes Jacó 38 anos, moto-taxista

Max Campos dos Santos 20 anos, bancário

"Votaria. Se o processo não agride a população tudo bem".

"Não. Se ele já tem problema vai trazer mais e não vai resolver os que já existem".

"Não. Será que o cara que tem processos na justiça é a pessoa certa para representar o povo".

Terezinha de Jesus 55 anos, aposentada

Sebastião Martins 68 anos, agricultor

Saulo José de Carvalho 25 anos, tratorista

"Não. Por que se ele está sujo não pode representar a população".

"Não. Vou votar em ladrão, só se eu for otário".

"Depende do processo que ele tem. Se não tiver nada com a politica né?".

Sebastião Alves da Rocha 59 anos, salgadeiro

Deyne Cavalcante Mota, 17 anos, estudante

Iago Becker 18 anos, estudante

"Não. Só se eu não souber. Se eu souber não voto porque já sei que o sujeito esta embananando as coisas".

"Não. Coisa boa ele não fez por que senão não estava respondendo processo"

"Não. Qual é o politico que não tem o nome na justiça? E quem garante que eles são bons políticos".

Sandra Pinheiro Franco 37 anos, téc. em enfermagem

Osmar Ferreira da Silva 65 anos, del.pol.aposentado

Josimara Aparecida Ramos 34 anos, comerciante

"Não. Política já é uma sujeira e se colocar um político com ficha suja piora a situação".

"Não. De jeito nenhum.Não compartilho com a corrupção do nosso país".

“Não. Porque se ele tem processo na justiça seria um mal administrador”.

DIVERSIDADE NATURAL

Mato Grosso, lindo por natureza O Brasil tem se superado a cada ano e o esforço de mostrar um país com toda sua diversidade natural, cultural, aliado a modernidade, tem conquistado maior espaço dentro e fora do país. O mercado turístico vem crescendo e com ele a competitividade dos serviços prestados. Desta forma, temos turistas mais exigentes e em busca de uma melhor estrutura. Nesta missão, os Estados brasileiros são os grandes protagonistas. Nossas belezas naturais e a receptividade do nosso povo são pontos positivos que contribuem para consolidar a imagem do Brasil no exterior. Sabemos que o nosso país é apontado como um mercado extremamente promissor visto sua notória riqueza natural. E, não se pode falar em belezas naturais brasileiras sem falar de um dos Estados mais contemplados no quesito: o Mato Grosso. Dono de um enorme patrimônio ecológico e cultural, Mato Grosso encanta por suas belas paisagens. O único Estado que possui três biomas (Floresta Amazônica, Pantanal e Cerrado), e desta forma é motivo de orgulho por sua elevada produtividade e pelo potencial turístico. Desta forma, quero registrar aqui a competência que o Estado de Mato Grosso tem mostrado ao se expor para um turista nacional e estrangeiro. Já existe uma total consciência da capacidade de exploração das potencialidades naturais do Estado. A preocupação de preservação da rica fauna e flora da região data do início deste século, quando o então vice-presidente de Mato Grosso, coronel Pedro Celestino Corrêa da Costa, motivado pela intensa devastação da vegetação nas cabeceiras dos rios Coxipó-açu, Manso e Cuiabá, declara a área da Chapada de utilidade pública, em 13 de setembro de 1910,

devido a grande importância que tal bacia hidrográfica tem para o Estado. A última pesquisa da Embratur com o Ministério do Turismo, divulgada no início de outubro, nossa bela natureza é cada vez mais um atrativo turístico: 26,9% dos estrangeiros que vieram ao Brasil por lazer estavam buscando os chamados ecoturismo ou turismo de aventura. Esse resultado representa um crescimento em relação aos últimos anos. Em 2005, eram 19,3% os interessados nesse segmento. Esses dados reforçam a imensa oportunidade para o turismo de Mato Grosso, que conta com diversos atrativos inseridos nesse segmento como, por exemplo, o Pantanal, conhecido mundialmente, e o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. Atualmente, recebemos pouco mais de 5 milhões de turistas/ano. Para o ano da Copa, são esperados 7,2 milhões. O Governo Federal pretende investir R$ 33 bilhões com obras de infraestrutura nas cidades-sede. Em Mato Grosso, para a bela capital, Cuiabá, os investimentos são de R$ 596,7 milhões para estádios, de R$

488,8 milhões para mobilidade urbana e R$ 88 milhões para aeroportos. O objetivo do governo e da Embratur é estruturar o destino com padrão de qualidade internacional, criando novos empregos, ocupações e gerando divisas, pois o Estado possui um grupo de destinos muito importantes para a atividade econômica do turismo no Brasil, fazendo parte dos 65 destinos indutores do desenvolvimento turístico regional. Além do potencial turístico pode-se observar também o crescimento na área do Agronegócio. Um estudo feito pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) com base em dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) mostra que o agronegócio é a atividade que mais gera emprego e paga melhor os trabalhadores do Estado. Número de empregos formais gerados pelo setor agropecuário no Estado cresceu 37,6% entre 2006 e 2010. O Estado já é o maior produtor de algodão, soja, milho e de gado de corte. Isto mostra o quanto Mato Grosso tem se estruturado e com isso, sai ganhando o Estado e todo o país. Além disso, é uma região que possui um subsolo rico em minerais, desde ouro, fosfato, minério de ferro e muitos outros. O Brasil, exaltado por suas belezas naturais, costa exuberante e rica cultura, tem muitos destinos de alto potencial no mercado, mas ainda pouco conhecidos internacionalmente. Com a aproximação de dois grandes eventos esportivos Copa do Mundo e Olimpíada do Rio de Janeiro - temos uma oportunidade única para posicionar nosso país entre os principais destinos do mundo. Flavio Dino é presidente da Embratur


Política

Ano III - nº 77 - 10 a 25 de Novembro de 2011 Barra do Garças - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

3

IMPOSTOS

IPTU, um presente de grego P

or mais que se queira nem mesmo os ‘santos’ podem ignorar as virtudes políticas de Nicolau Maquiavel (Florença - 14691527), principalmente se atitude de um dado gestor tenha rastro de perversidade contra aquele que contribui. Em setembro de 2009, ainda no nascedouro desse terceiro mandato do prefeito Wanderlei Farias a sociedade barra-garcense foi surpreendida pela imposição, via Câmara de Vereadores, com o aumento dos impostos de IPTU, ITR, ITB e ISSQN, que a oposição, naquele primeiro momento, o chamou de abusivo. A oposição, que desde aqueles dias já era representada na Câmara pelos vereadores Odorico Ferreira Cardoso Neto - Kiko e Miguel Moreira (Miguelão) recorreram à calculadora para apontar o reajuste do IPTU oscilando entre 428,68% a 2827,93%contra a inflação anual do mesmo período no patamar de 118%. Naqueles dias a popularidade do prefeito e de sua bancada de sustentação desceu para níveis insuportáveis. O projeto de lei complementar, responsável pela insatisfação daquele e deste momento chegou ao balcão da Câmara de Vereadores 20h30 de 8 de setembro sem o necessário parecer dos membros das comissões, sem analise dos membros da Casa, sem ouvir o povo. Apenas os dois vereadores citados acima disseram ‘não’ ao que chamaram de “abuso de poder”. O vocábulo ‘imposto’ se tomado como substantivo pode designar tributo, contribuição, mas se aceito como adjetivo ele passa ser aquilo que se faz aceitar ou realizar à força. Se se levantassem uma pesquisa para indagar ao cidadão barra-garcense sobre este quesito, acredita-se que a maioria deles diriam ‘não’ a este aumento ‘imposto’ de cima para baixo. No entanto, é conveniente dizer que antes que se baixasse esta norma que pegou a cidade e o interior do município de surpresa a Prefeitura nomeou uma comissão de avaliação formada por corretores e imobiliárias com apoio do Creci local para atualizar os valores de imóveis. Um corretor (que não quis que emitissem seu nome) disse que existia uma defasagem muito grande, “um percentual abaixo até cinco vezes menos. O ideal seria que essa correção fosse feita todos os anos”, sugere. Mesmo com sugestões à parte, é certo que o valor estipulado na época pela comissão de avaliação foi muito aquém da inflação daqueles que visavam determinar uma correção que coubesse no bolso do contribuinte. Nos dias de hoje a estimativa apontada pelo Banco Central ficará abaixo do teto da meta de 2011, caiu de 6,5% para 6,48%, enquanto que a previsão para o ano que vem foi reduzida de 5,57% para 5,56%.

Se alguém pensa que está tudo muito bem, se engana. Em recente data a Prefeitura de Barra do Garças lançou edital de um concurso repleto de falhas que levou vereadores de oposição a tentar impugná-las através da Justiça. Paralelo e esse concurso público a prefeitura de Colniza, no noroeste de Mato Grosso, publicou um edital para concurso de seu efetivo naquele município. Colniza tem apenas 26 mil habitantes, Barra tem mais que o dobro. Colniza está a 1065 km de Cuiabá e Barra a metade, apenas. A renda per capita daquele município é de R$ 6.635,30, já o de Barra é de R$ 15.105,65. O que se questiona é que temos mais benefícios que Colniza que oferece, de acordo com o edital de seu concurso, o salário de R$ 6.500 para médicos enquanto que em Barra o topo para esta categoria chega ao vergonhoso montante de R$ 2.529,93. Está faltando agulhadazinhas.

MEIA PISTA

Para quem gosta do malfeito basta dar uma passadinha sobre a ponte do Araguaia que foi reformada em 2007 pela Sanches Tripoloni e que custou ao bolso do contribuinte R$ 32 milhões, para logo depois apresentar rachaduras em seu piso. Em 2010 o TCU, após verificar irregularidades na obra ordenou reparo em vinte metros de seu piso. Há cerca de alguns meses a ponte voltou ao que era dantes com rachaduras de até 10 centímetros de profundidade. Os mais otimistas acham que o destino dos moradores de Barra, Aragarças e Pontal será o de utilizar para sempre meia pista. Afinal, tudo deixa transparecer que não há a quem reclamar. Caso seja feita outra reforma seria conveniente trocar de construtora, de chefes de Dnits, inverter esses valores, sem compaixão de agulhadazinhas neste tipo de gente que brinca com a paciência pública.

COMENTARISTA Outro ponto de questionamento sobre o aumento desses impostos diz respeito à avaliação dos imóveis. São muitos os proprietários que se queixam da supervalorização que está aquém do valor venal (que pode ser vendido). Há muito casos de que as pessoas recorreram à prefeitura para uma reavaliação tanto para a dedução de impostos quanto ao valor do imóvel propriamente dito. CENSURA

Mercado imobiliário de Barra na visão do CRECI para aluguel, a exemplo do que ora acontece no setor São João e arredores das faculdades da cidade, incluindo o Campus Araguaia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Não se pode assegurar, no entanto, que as obras estruturais que estão em curso, ou já finalizadas, dizem respeito às eleições de 2012, no sentido de influenciar eleitores. A voz corrente da cidade diz que ‘sim’, esta mesma voz que tanto reclama dos aviltados impostos que pesa sobre a cabeça de todos. Dias destes, 4 de novembro, foi inaugurado o serviço de urbanismo e paisagismo da Avenida Antonio Joaquim ao custo de R$ 1 milhão do bolso do contribuinte. Outros canteiros proliferam pela cidade onde seus moradores assistem esta evolução em detrimento à

Wanderley Wasconcelos e Ronan de Sá

O

delegado regional do Creci em Barra do Garças, Niceias Barros, com trinta anos de mercado imobiliário, disse que só na cidade existe em torno de 40 corretores de imóveis e 150 em sua regional. Segundo disse, ele colaborou com comissão de avaliação, “foram dois meses de trabalho criterioso” e diz que os valores não foram postos “acima da realidade”, embora admita que em relação ao valor venal e o valor atribuído haja diferença, respeitando o poder aquisitivo local. “Na realidade eu defendo uma revisão todos os anos para evitar esses impactos, o que é melhor para todo mundo”, disse ele. O censo de 1990 contou 43 mil habitantes em Barra do Garças. Em vinte anos subimos para 56 mil. Isto concluiu que tivemos um aumento populacional de 1, 51%. Pouco para uma cidade sem vagas de emprego e cercada de latifúndios que geram empregos descentralizados. A salvação, agora, será o pólo educacional e tentar investir no setor de turismo que nunca passou do grau incipiente. Outro fator que tem chamando atenção do setor de construção civil tem sido a frente de ex-proprietários rurais que lançam mão de suas propriedades no campo para investir em casas

falta de boa educação, saúde, falta de apoio ao esporte, ao emprego, à assistência social, entre outros. De acordo com o gráfico (acima) a comunidade de Barra do Garças tem sido benevolente no que diz respeito ao pagamento de impostos. Os números são basilares para se edificar uma administração sem que se maltrate o indefeso contribuinte. Administrar, deixando transparecer a prédica do florentino citado acima, que “os fins justificam os meios” é pura malvadeza. Por último, apenas para homenagear ainda mais esse modelo maquiavélico de impingir impostos citamos mais uma de suas frases lapidares: “Quando fizer o bem, faço-o aos poucos. Quando for praticar o mal, faça de uma só vez.

SEMANA7.COM

Wanderley Wasconcelos e Ronan de Sá

SEMANA7.COM

População vive o dilema de altos impostos, de aluguéis aviltados e casas à venda em toda a cidade

DESAFINADO

EVOLUÇÃO IMOBILIÁRIA NO BAIRRO SÃO JOÃO: PREÇOS NO TOPO

Na tarde de quarta-feira (9) a secretária de Finanças da Prefeitura de Barra do Garças, Lucely Sousa Cruz, recebeu a equipe de reportagem do jornal A SEMANA, mas impôs uma condição de somente responder as nossas questões por escrito. Apesar do modo educado como recebeu a equipe o Grupo Edição, (que abomina qualquer tipo de censura, incluindo a prévia, por achar que esse propósito não contribui com a democracia), deixou de saber da secretária se há aumentos à vista para anunciar em primeira mão aos seus leitores. O que se pode deduzir é que se virá por aí, neste final de ano, “um presente de grego” com a subscrição ‘impostos’ e se depender da bancada do prefeito na Câmara, não há como conter este tsunami. Enquanto isso Barra do Garças cresce de modo lento. As franjas da cidade, a sua distante periferia abriga a gente que aqui aporta sobre terrenos baldios e eventuais ocupações. Na região central constrói-se quitinetes para abrigar estudantes que recorrem ao pólo universitário. Outras centenas de placas dão conta de que há casas para alugueis, com preços superiores aos de Rondonópolis de 12%, conforme dados de um técnico do setor. Outros imóveis estão à venda. Os mais pessimistas dizem que estas últimas indicam que seus proprietários, pelo menos metade deles, estão de mudança e espera-se que não seja motivada pelos impostos aviltantes que inflacionou, inclusive, preços de aluguel a quem foi transferido os tributos.

Na manhã de segunda-feira (21) o jornalista Ronaldo Couto amanheceu inspirado. De posse do microfone da Band, Couto (ex-PFL, ex-PCdoB, ex-PP, ex-PMDB e agora PSD) etc.) fez um breve comentário sobre a sucessão municipal em Aragarças. No contexto de seu, digamos, raciocínio, ele disse que o secretário de Saúde daquele município seria o candidato predileto do prefeito Marco Antonio de Oliveira – Marcão e que os demais pré-candidatos, mas aliados do gestor, abandonariam o barco em busca de outras frentes políticas do município. Ora, ninguém entende mais de inconstância política na região que Ronaldo Couto. Mas até aí tudo bem e o nosso repórter resolveu ir mais longe e mergulhou profundo em seu mar de contradição e disse que o momento dos nomes envolvidos em seu comentário capenga seria de união, de firmeza, de fidelidade. Esses três itens (que faltam em Ronaldo Couto se o assunto é política) caracterizam o perfil de um grande político que difere desse repórter, carente de agulhadazinhas, de buquês de agulhadazinhas.

ILUMINAÇÃO

Uma agulhadazinha no responsável pela iluminação pública de Barra do Garças. Neste momento em que o centro comercial da cidade ganha toques de civilidade com iluminação de apelo natalino, uma lâmpada da Rua “E”, na altura da quadra 21, no Jardim Araguaia, faz seu primeiro aninho de vida em total escuridão. No mais, acredita-se que esteja tudo muito naquele conjunto habitacional. Nenhum morador se levantou para reclamar do problema, mesmo pagando ordinariamente a conta de iluminação pública no boleto da Cemat que transfere esses recursos para os cofres da prefeitura. Se a equipe responsável por este setor conferir todas as ruas daquele bairro vai encontrar outros pontos na mesma condição, a de petição de miséria, de desprezo ao zelo pela administração pública. Mil agulhadazinhas.

CAVIAR

Por falar em iluminação pública, não se pode esquecer que foi inaugurada com as devidas pompas a reforma de urbanismo e paisagismo da Avenida Antonio Joaquim. Segundo consta no empenho foram gastos a bagatela de R$ 22 mil na realização de show pirotécnico fornecido pela empresa Cometa Comércio Atacadista de Fogos Ltda. Por outro lado, em outubro, somente com serviços de buffet foram gastos R$ 51.980, que daria para consumir 1 milhão e 624 mil salgadinhos à média de R$ 32 o cento, deixando de lado, claro, o caviar. Haja boquinhas. Haja agulhadazinhas!

ALFINETÃO

Para quem gosta de desabafo o prefeito de Serra Nova Dourada, Valdivino Carmo Cândido (Nenenzão) (PMDB) não deixou por menos e desancou ao seu modo que anda decepcionado com as promessas de seu ex-aliado Baiano Filho, de quem foi cabo eleitoral nestas últimas eleições. Irritado com as promessas que não lhe foram cumpridas o prefeito Nenenzão desceu do salto e disse de entrada para Baiano, Bezerra e Silval ouvirem: “Hoje só quero cobrar”. O prefeito se referia às obras de abastecimento de água na cidade, a recuperação de estradas e construção de casas populares. “Eles não cumprem e a gente fica como mentiroso e não se reelege. Eu tenho 25 anos que voto no Bezerra e até hoje ele não deu um litro de combustível para o município. Para o Baiano eu pedi um monte de votos e hoje ele nem olha na minha cara, me cumprimenta de longe”. Esta coluna, Nenenzão, sugere a você oferecer aos seus desafetos um buque de alfinetes.

RODApé

Presente de grego à moda barra-garcense

N

este final de ano, quando os ajustes domésticos são necessários para o equilíbrio econômico familiar, sempre há vazamentos por este ou aquele flanco, principalmente em si tratatando de famílias pobres, de baixo ou quase nenhum poder aqusitivo. Nesta época do ano a sociedade capitalista faz seu ajuste de contas com gestos de cristandade. É neste momento que entra a história de trocas de presentes, o que se dá com agrado ou como retribuição. Contudo, não há como deixar de lado a lembrança de certos presentes, como o de grego. Com o respeito devido à Magna Grécia, o nosso berço civilizatório, o ‘presente de grego’ seria o recebimento de um presente ou dádiva que traz em seu contexto prejuízos. Antes de entrarmos no mérito desta questão, esse termo deve ter surgido com a Guerra de Tróia quando um cavalo de madeira foi deixado junto aos muros daquela ci-

dade (Tróia) pelos gregos, supostamente como um presente. Inocentes, os troianos acreditaram si tratar de uma gentileza ou forma de rendição dos gregos. Caíram, pois, no conto do vigário. O cavalo, como sabemos, estava cheio de soldados gregos, que à noite, depois dos troianos bêbados, renderam a cidade. Aquele foi um presente de grego. A nossa moda, excluindo a rendição como fizeram os troianos, temos também nossos presentes de grego. E aqui nos botamos a falar sobre o mais notável deles, o aumento abusivo do IPTU oferecido à sociedade em setembro de 2009, no início da gestão Wanderlei Farias e, não se pode esquecer, com anuência da Câmara de Vereadores. Recorrendo aos cálculos a oposição disse na ocasião que o aumento daquele imposto oscilou entre 428,68% a 2827,93% contra a inflação anual do mesmo período no patamar de 118%. Naqueles dias a popularidade do prefeito e de sua bancada de sustentação na Câmara desceu para níveis insuportáveis.

Não se quer aqui colocar a população contra a cobrança de impostos, que é um dever social. No mínimo se insiste em cálculos que sejam mais humanitários, já que nem todo mundo é rico o suficiente para atender aos caprichos desta administração. Por outro lado, se questiona também o direcionamento desses impostos, já que as ruas da periferia da cidade estão um caos, bueiros entupidos, cidade suja, saúde pública com dores colaterais, a bola murcha do esporte entregue ao seu próprio destino, a educação em vias de desatino, o desemprego roendo as franjas da cidade, o caos no trânsito, falta de assistência aos doentes que precisam de atendimento na capital, entre outros. Diante deste exposto, nos sobra a decoração de Natal para nos lembrar o nascimento do Redentor dos Homens e nos deixar menos tristes. Até mesmo o mais simples dos leitores há de convir que aquele aumento ‘imposto’ aos cidadãos e cidadãs em 2009 foi um presente de grego. Um presente de grego à moda barra-garcense.


Política

Ano III - nº 77 - 10 a 25 de Novembro de 2011 Barra do Garças - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

LICITAÇÃO

SEMANA7.COM

VASGISLENE E A POSSIBILIDADE DE DISPUTAR A PREFEITURA DE ARAGARÇAS

com capacidade para 240 crianças a partir de um ano de idade. “Não se tem notícia de que exista crianças fora da sala de aula em Aragarças”. Para 2012 há previsão da inauguração de uma escola no assentamento ‘Pequena Vanessa’, a cerca de 60 quilômetros de Aragarças e que deverá artender algo em torno de 117 famílias. Vangislene, além de sua preocupação com a qualidade de ensino no município ainda lhe sobra tempo para monitorar os projetos Proletramento, Pró-infantil e Educação Continuada, entre outras ações que faz de sua pasta uma referência na administração de Aragarças. “Fiz a diferença no sentido de valorizar os nossos profissionais e com isso atingir as crianças, o coração das pessoas “. Sua dinâmica como secretária, segundo disse à reportagem do SEMANA “tem sido a de trabalhar mais o lado social da família, da educação, da humanização de todos os setores sociais. E vejo que essa preocupação é abrangente em todos os setores de nossa administração”. Com 19 mil habitantes e um colégio eleitoral em torno de 13 mil eleitores, Aragarças é um dos principais pontos turísticos do Araguaia nesta região e o município não tem medido esforços para alavancar essa indústria de geração de emprego e renda. Pelo menos é o que pensa a secretária Vangislene que durante sua gestão tem visitado suas bases, conhece os problemas do município e acredita na aceitação popular. “Sem falsa modéstia eu acho que meu nome poderá fazer a diferença nas eleições do ano que vem”. Sobre a aceitação de seu nome Vangislene diz que as visitas que faz às bases não são extemporâneas, “fazem parte de minha rotina, do meu trabalho diário, da minha aliança com os setores sociais e a minha mensagem positiva à sociedade, aos avanços do serviço público”. A secretária disse ainda que aposta na possibilidade da sociedade eleger uma mulher, “que é um espaço legítimo que tem que se buscar diariamente”, conversando com lideranças políticas, comunitárias, junto aos companheiros de seu partido, e com a regional do PT de Goiás. Indagada sobre as necessidades de que se ressente Aragarças a secretária Vangislene cita “o embelezamento e humanização da cidade nas prestações de serviços com políticas públicas de qualidade”. Vangislene é natural de Caiapônia (GO) e mãe de três filhos.

WANDERLEY WASCONCELOS asemana@araguaia.net

E

m Aragarças, asssim como em outros municípios, o momento político ainda é de definição. São muitos os candidatos a gestor para um único cargo. Mas é comum encontrar um pré-candidato pela frente, o que é um direito inquestionável. O atual prefeito, Marco Antonio de Oliveira - Marcão, ainda não se manifestou sobre seu eventual apoio. Como outros prefeitos, ele teme, por certo, ferir suscetibilidades, melindrar correligionários. Enquanto isso cresce o comitê de pré-candidatos. A nossa pré-candidata desta edição é uma militante de antiga data do Partido dos Trabalhadores em Aragarças e uma das fundadoras do partido no municípío no ano de 1986, época em que o país caminhava, ainda, para a democracia, depois de um jejum imposto pelo golpe militar estabelecido em abril de 1964. Apesar dos esforços da conhecida militância de seu partido o partido participou ativamente de todas as eleições, mas só chegou ao poder em 2005 com a vitória de Marcão que foi reeleito em 2008. Desde aquele início que a nossa personagem, Vangislene Moreira, formada em Letras e Literatura pela Universidade Federal de Mato Grosso, campus de Pontal do Araguaia, exerce as funções de secretária de Educação do município. Vagislene é pré-candidata a prefeita e diz que nesses anos todos como secretária tem valorizado o profissional da educação em termos salarial e de trabalho. Ela está à frente de cerca de 150 professores do total de um contigente em torno de 200 servidores de sua pasta. “Eu faço o possível para que eu e meus colegas estejamos sempre de bem com a vida”, diz. Com 25 anos de magistério, Vangislene diz que sua vida se confunde com a Educação. “Tento inovar todos os dias, acompanhar o que há de melhor e sempre com os pés no chão, com simpliscidade”. Nas escolas da rede municipald e ensino estão matriculadas cerca de 2.300 crianças do Ensino Fundamental “e todas as nossas salas são climatizadas”, diz com certo orgulho do dever cumprido. O município possui cinco escolas, duas delas, a “Professora Laurita Martins” e “Sebastião Granja” com tempo integral onde a criança chega às 7 horas e sai às 16. Uma outra creche deve ser inaugurada pelo prefeito Marcão neste final de ano

Inquérito aponta Miguelão como suspeito de fraude SEMANA7.COM asemana@araguaia.net

P

oucos sabem que tramita na Justiça um processo movido pelo atual prefeito de Barra do Garças contra o vereador Miguel Moreira da Silva (Miguelão) (PSD) para levantar suposto crime apontado pelo Inquérito Policial Nº 82/2009. A denúncia feita pela Procuradoria Jurídica da Prefeitura, nos primeiros dias da atual gestão, constatou que ônibus da frota escolar estavam em péssimo estado de conservação, sem condições de uso. Naquele momento, para não prejudicar o ano letivo das crianças da rede municipal de ensino, segundo consta o relatório do inquérito policial, foi preciso submeter à frota de ônibus ao conserto. Ao ser verificado o procedimento licitatório da gestão anterior constatou-se duas Cartas Convites (Nº 008/2008 no valor de R$ 49.152,00 e 065/2008 no valor de R$ 62 mil) constatou-se que muitas peças relacionadas para o conserto da frota era superior à quantidade necessária, a exemplo de dez kits de embreagem, 36 pneus, entre outros. Segundo o que foi apurado pelo delegado Adilson Gonçalves de Macedo foi

constatado o crime de fraude no processo licitatório tendo como um dos personagens o vereador Miguelão, através de sua empresa Freios e Tacógrafos Vale do Araguaia Ltda, cujas notas fiscais nº 12301, 02302, 02433, 02746, 0317, 03020, 03456, 03655 e 03694 especificam em detalhes a quantidade de peças adquiridas em questão. Outro fato que coloca em dúvida a seriedade do vereador em relação à denúncia do processo foi a emissão da nota fiscal nº 03694, datada de 29 de dezembro de 2008, que o Sr. Etmivaldo Pereira disse ao delegado não ter o produto constante da referida nota da empresa Freios e Tacógrafos Ltda. Pedro Vieira Valadão (Pedrinho Só Fiat) confirmou à polícia que participou apenas de uma licitação quando foram reparados dois veículos, (um Renalt e um Ducano). No que diz respeito à carta convite, no valor de R$ 62 mil, Pedrinho disse que, ao tomar conhecimento das peças relacionadas no pedido, afirmou que não trabalhava com aquela linha de produto. Pedrinho declarou ainda que não participou do processo licitatório, embora tenha prestado serviços para a prefeitura e alegou ter assinado um documento

SEMANA7.COM

Vangislene diz que quer disputar a prefeitura de Aragarças

SOB ACUSAÇÃO POR FRAUDE: MIGUELÃO É PROCESSADOS PELA JUSTIÇA

sem ter recebido carta convite. “Que na ocasião foi procurado por Miguelão, um dos sócios da empresa Freios e Tacógrafos e que Miguelão levou o documento já elaborado”. Wanderlei Aparecido Guerra declarou que participou da licitação simulada, disse ter assinado o documento, mas não participou da licitação e sequer pegou o edital. Ruiron Ferreira e Silva declarou que houve falsificação de assinatura pelo fato de não ter reconhecido sua rubrica constante da declaração que seria de seu próprio punho apara participar da licitação. Foram ouvidas pelo dele-

Jacob terá que restituir R$ 13,907 mil aos cofres públicos

EX-PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES TERÁ QUE DEVOLVER DINHEIRO

SEMANA7.COM asemana@araguaia.net

F

oram julgadas regulares com recomendações e determinações legais as contas anuais de gestão da Câmara Municipal de Barra do Garças, exercício de 2010. O julgamento foi realizado durante a sessão plenária desta terça-feira, dia 18 de setembro. As contas são de responsabilidade da gestora Antônia Jacob Barbosa. Pelo voto do relator, conselheiro Antônio Joaquim, a gestora recebeu subsídios

Vandeir admite sair à reeleição em Campinápolis

NO PSD VANDEIR DIZ QUE VAI DISPUTAR A PREFEITURA DE CAMPINÁPOLIS

SEMANA7.COM asemana@araguaia.net

O

prefeito de Campinápolis, Vandeir Luiz Ribeiro, participou na manhã de 30 de outubro da recepção ao governador Silval Barbosa em Nova Xavantina que foi àquela cidade para presidir a cerimônia de um casamento comunitário que uniu cerca de 400 casais de 11 municípios da região do Médio Araguaia. Numa entrevista que concedeu á equipe de reportagem do semana7.com Vandeir disse, de início, ser ainda cedo para um balanço de sua gestão que teve início em 24 de agosto com o afastamento de seu antecessor Altino Vieira Rezende, por decisão do Ministério Público, através de uma Ação Cível Cautelar do promotor Carlos Henrique Richter. Logo depois o prefeito afastado pediu licença por noventa dias alegando motivo de doença e segundo confirmou Vandeir Luiz ele deve

O

ASSESSORIA

Prefeito Marcão visita segunda etapa da produção de peixes prefeito de Aragarças Marco Antonio de Oliveira - Marcão fez uma visita ao canteiro de obras da segunda etapa da construção de lagos do projeto de piscicultura que ora está sendo implantado no município. A segunda etapa alcança 39 produtores sendo que cada um deles receberá mil alevinos, mais a ração inicial que será suficiente para os três primeiros meses do projeto. De acordo com a secretária Dulce Gomes, os 28 produtores beneficiados na primeira etapa do programa já estão comercializando seus

PREFEITO MARCÃO E SECRETÁRIA DULCE INSPECINAM SEGUNDA ETAPA DO PROGRAMA DE PRODUÇÃO DE PEIXES

peixes. “Já temos produtores vendendo em feiras, nos mercados ou diretamente ao consumidor”, disse ela.

fora do limite constitucional em 2010 e, por esse motivo, deve restituir com recursos próprios os cofres públicos no valor de R$ 13.907,58 (386 UPFs/MT). Também foi aplicada à gestora multa no valor de R$ 1.404,00 (39 UPFs/MT) por não ter planejado as despesas abrindo procedimento licitatório, por não ter realizado concurso público para a contratação de contador e controlador interno e pelo envio de informes ao APLIC referente ao mês de dezembro fora do prazo determinado.

SUCESSÃO MUNICIPAL

PSICULTURA

SEMANA7.COM asemana@araguaia.net

gado Adilson outras pessoas e juntadas no inquérito policial vários documentos e, diante das investigações o delegado concluiu o relatório apontando o ex-prefeito Chaparral, Miguelão e José Mazon em crimes de fraude de licitação. Logo após a conclusão do inquérito o delegado encaminhou à Primeira Vara Criminal em outubro de 2009, que foi repassado para o Ministério Público em 3 de fevereiro de 2011. A promotora Luciana Rocha Abrão David disse à reportagem do SEMANA que deve se manifestar a respeito desse processo até o final deste ano.

IRREGULARIDADE

SEMANA7.COM

ELEIÇÕES 2012

SEMANA7.COM

4

O projeto de piscicultura tem como objetivo, segundo disse o prefeito Marcão, o de gerar emprego e renda para o

homem do campo e viabilizar o consumo de peixe a um preço mais acessível. Ao visitar os produtores

rurais em suas residências e os novos tanques em construção o prefeito Marcão reafirmou seu compromisso de fortalecer a economia na zona rural assim como de todo o município de Aragarças. Segundo disse, a “nossa meta é a de criar condições para que o homem do campo tenha melhores condições de vida. Se estiver produzindo, ele vai fortalecer sua economia e fortalecer o município. Na cidade ele teria que disputar espaço e acabaria sendo mais um problema social, ao passo que a produção no campo gera uma situação completamente inversa”, disse o prefeito.

se submeter a duas cirurgias, uma de hérnia e outra de vesícula. “Ele me disse que não pretende retornar ao cargo” disse ele. Ligado à mais nova ‘onda’ de adesão política no Estado, a de se filiar ao PSD capitaneado pelo presidente da Assembléia Legislativa José Riva, o prefeito de Campinápolis alega que sua partida para o partido de Riva “foi porque tive dificuldades dentro do PMDB pelo fato de não ter apoiado Carlos Bezerra. Ele me tirou do partido como se tira um filho do útero. O PMDB era o partido do meu sonho”, lamenta. Ponderado naquilo que diz Vandeir assegura que pretende sair à reeleição. “Tenho conversado com muita gente, porque não quero impor minha vontade. Meu nome deve sair de um consenso, de uma consulta de bases. Com muito cuidado montei minha equipe de governo, estou consertando estradas, pontes, buracos, asfalto na cidade, concluindo uma creche, 192 kits sanitários em aldeias indígenas e levando água tratadas às aldeias no interior do município”. Quando fala em interior Vandeir se lembra de seu único distrito, São José do Couto, localizado a 150 quilômetros da sede, “onde estamos construindo pontes em parceria com o Governo do Estado e contrapartida da prefeitura e reparos em 40 quilômetros da MT-020. Na cidade a atual tarefa de sua equipe é a construção de um hospital e uma casa de apoio ao indígena (Sesai) com apoio do Ministério da Saúde”. Seu município possui algo em torno de 6.500 indígenas da etnia xavante distribuído em cerca de 100 aldeias. Para este final de ano Vandeir anuncia um Festival Gospel de 8 a 10 de dezembro, com a presença da cantora Mara Maravilha. Vandeir é mineiro de Bonfinópolis, tem 45 anos dos quais 32 vividos em Campinápolis: “Eu vim para ficar”, diz ele.


Política

Ano III - nº 77 - 10 a 25 de Novembro de 2011 Barra do Garças - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

5

NOVA MANOBRA

POSTO ZAMPA, DE LIMDOMAR SANTOS (IRMÃ DO PREFEITO), QUE SERIA, SEGUNDO BARBOSA, O LOCAL PARA ABASTECIMENTO DA FROTA DA POLÍCIA MILITAR SEMANA7.COM

O

O coronel Eddie Metello assumiu na tarde de quinta-feira (24), o comando do Regional Leste em Barra do Garças, em substituição ao também coronel Valdemir Benedito Barbosa, que esteve à frente daquele comando por cerca de quatro anos e agora foi transferido a capital, Cuiabá. A solenidade de transmissão de comando foi presidida pelo comandante geral Coronel Farias. A transferência de Barbosa, segundo disse à reportagem, foi resultante de manobra política capitaneada pelo prefeito de Barra do Garças Wanderlei Farias Santos, depois de recusar uma proposta, a de transferir o abastecimento de combustível da frota policial que seria cerca de R$ 50.000,00/ mês do Posto Medalha para o Posto Zampa, de sua irmã Lindomar Santos, e também pelo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Alencar Soares. Corria o final de 2007 quando o coronel Valdemir Benedito Barbosa foi escolhido pelo então governador Blairo Maggi para o Comando Regional Leste. Nenhum dos dois, o hoje senador Maggi e o oficial PM pressentiam o que estava por vir quatro anos depois quando seria armada uma rede de intrigas, de golpes baixos e que resultaria na transferência do policial, apenas para “cumprir um capricho pessoal do prefeito”, mas que deixa de antemão a sociedade barra-garcense indignada e também a tropa sob seu comando, segundo disse numa entrevista ao SEMANA na tarde de sexta-feira (18), em seu gabinete. Na longa entrevista o coronel falou de seu perfil com tendência para uma polícia comunitária e que colocou em prática a partir de 8 de janeiro de 2008. Este seu perfil priorizou mais a cidade, as instituições, os movimentos comunitários, a construção de duas Bases Comunitárias (São José e Santo Antonio) e nunca interferiu em questões ligadas ao mundo rural como segurança de fazendas, reintegração de posse, entre outros. Essa sua discrição destoou, logo de início, de alguns incidentes como ele próprio relembra que eram ligadas à reintegração de posse na região, muitas das

SEMANA7.COM

SEMANA7.COM asemana@araguaia.net

SEMANA7.COM

Por não ceder a pressões comandante foi transferido

CORONEL PM BARBOSA SAI DA REDE DE INTRIGAS “DE CABEÇA ERGUIDA”

vezes feita pela Polícia Militar. Quando reconheceu que havia ingerência de policiais nestes movimentos coronel Barbosa não teve dúvidas e ordenou que seus homens não participassem de ações dessa natureza. Numa delas, na Bordolândia, que deveria ser feita pela PM, o coronel se recusou enviar sua tropa e diz que não se arrepende, uma vez que aquela operação resultou na morte de dois líderes do movimento, num conflito entre civis. Pouco tempo depois, através de investigação da

Polícia Federal que desencadeou na Operação Pluma, em 3 de julho de 2009, ficou compravada o uso da força da PM, uma delas na Gleba União, após denúncia do então prefeito de Alto Boa Vista, Mário César ao deputado Adalto de Freitas - Daltinho. O então deputado recorreu ao vice-governador Silval Barbosa e ao comando da PM, Coronel Adaildon Evaristo Costa. Logo depois bateu a porta da Ouvidoria Agrária Nacional, em Brasília, de onde se desencadeou a Operação Pluma que resultou na

PREFEITO WANDERLEI FARIAS, DESAFETO PÚBLICO DO CORONEL BARBOSA

prisão de ocificias da Polícia Militar, o próprio Adaildon, do coronel Elierson Metello, o tenente-coronel Santos, os majores Gama e Moraes e o capitão Curi. Ao falar sobre sua transferência o coronel Barbosa não poupa palavras ao prefeito Wanderlei Farias e sugere que “talvez ele quizesse que eu estivesse ligado a ele” e diz como começou a perseguição a sua pessoa. “No final do ano passado eu morava em um imóvel do coronel da reserva Wanderlei Alves que me pediu a casa. Saí em busca de

outra e encontrei um imóvel no Jardim das Mangueiras ao custo de 2.500 reais. Eu disse ao corretor que o máximo que poderia pagar seria 1.500”. Dias depois, o advogado Edmar Júnior, “me ligou e perguntou se eu estava procurando casa para alugar e pediu que eu fosse à Imobiliária Luza. Lá me disseram que o proprietário do imóvel do Mangeiras havia baixado o preço para 1.220. A casa quando eu fiu assinar o contrato vi que era de Wanderlei Farias, aluguei e me mudei pra lá. Dois meses depois Jú-

nior retorna o telefonema e sugere que eu transferissse o abastecimento das viaturas da PM no Posto Medalha para o Posto Zampa [da Lindomara, irmã do prefeito]. Eu dissse que não e Júnior retrucou que ‘Ele [Wanderlei] trabalha em via de mão dupla. Mano, [ambos são da maçonaria] com o ele não funciona desse jeito”. Sua recusa, segundo o coronel, foi a gota d’água e que o prefeito pedisse ao governador Silval Barbosa e ao comandante geral da PM, coronel Farias sua substituição em Barra do Garças. Anteriormente a este episódio Barbosa disse ter pedido para ir embora, “uma vez que pessoas ligadas ao prefeito alegavam que meus trabalhos junto à comunidade tinha cunho eleitoral. O prefeito gostou dessa ideia e o deputado Wellington Fagundes teria dito a Barbosa, em sua chácara nos arredores de Rondonópolis: “Você está indo embora, e vai ser substituído pelo coronel Ancelmo, de Alta Floresta”. A conversa ficou em especulção, apenas. “Eu pedi pra sair antes de ser mandado embora” diz o comandante. “Não acho justo fazer o trabalho que fiz nestes quatro anos com toda isenção e ser perseguido pelo capricho pessoal do prefeito. Mas eu levo comigo o que há de melhor, a amizade do povo barra-garcense, a certeza do dever cumprido. Saio de cabeça erguida”. O coronel Eddie Metello que assumirá o comando regional Leste, é irmão do coronel Elierson Metello {preso na Operação Pluma pela Polícia Federal} e genro Alencar Soares, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, O Ministério Público segundo disse Barbosa, enviou expediente ao comando da PM, expondo a situação sobre o grau de parentesco entre o novo comandante e o conselheiro Alencar Soares, que por sua vez é ligado a Wanderlei Farias, e que num processo eleitoral seria dificil tê-lo no comando já que o filho de Alencar Soares, Leandro Soares é pré-candidato a prefeito. Procurado pela reportagem do SEMANA Edmar Júnior disse que foi o fiador da casa que o coronel alugara. Sobre a questão de combustível envoldendo postos e abastecimento ele disse que não se lembra e recusou a falar a respeito com a reportagem.

ELEIÇÕES/2012

SEMANA7.COM asemana@araguaia.net

O

suplente de deputado e pré-candidato a prefeito de Barra do Garças, Adalto de Freitas Daltinho, recebeu com certa indignação a notícia de que o comandante do Regional Leste, coronel Valdemir Barbosa será transferido neste final de ano para Cuiabá. “Nunca tivemos um comandante que trabalhasse com tanta transparência e dedicação aos problemas da comunidade”, disse ele numa entrevista no final da tarde de sexta-feira, em sua residência no bairro São João. Segundo disse, a transferência do coronel vem de encontro ao desejo de uns poucos que substimam a sociedade barra-garcense. “Nunca tivemos um pequeno detalhe, sequer, que possa até a presente data macular a honra daquele policial estimado na cidade e na região do Araguaia. Considero isso uma decisão truculenta do prefeito, do deputado Wellington Fagundes, sabendo que ambos tentam por todos os meios uma aproximação com o governador Silval Barbosa”, disse. Para o suplente Daltinho “foi uma medida desnecessária de quem não conhece a realidade do nosso povo. Isso nos causa um prejuízo social enorme e penso que o governador deveria repen-

SEMANA7.COM

Transferência é uma demonstração da truculência de Wanderlei, diz Daltinho

DALTINHO SAI EM DEFESA DA PERMANÊNCIA DO CORONEL BARBOSA EM BARRA DO GARÇAS E NÃO ESCONDE A INDIGNAÇÃO DA POLITICALHA NA CIDADE

sar essa medida imposta por um grupinho”. Neste início de mês uma visita de Wanderlei Farias, acompanhado dos deputados Wellington Fagundes e Baiano Filho, o presidente da Câmara de Vereadores de Barra do Garças, Julio Cesar ao governador Silval Barbosa deixou transparecer à opinião pública local certa proximidade que segundo Daltinho “não existe, até porque o prefeito não apoiou o governador nas eleições, que segundo lembra Dalti-

nho, o secretariado do prefeito apoiava Mauro Mendes e lembra também que o deputado Baiano Filho teve tão somente 132 votos em Barra do Garças”. Daltinho disse ainda que Baiano Filho está fazendo política fora do partido, “que atende apenas seus interesses políticos. Ele esteve ao ponto de migrar para o PSD, e não cumpriu com o compromisso. Qualquer caminho serve para ele, enquanto que meu caminho é Barra do Garças e a toda região do Araguiaia.

Baiano não interfere em nada em nosso processo político”. No que diz respeito ao prefeito de Barra, Daltinho diz que Wanderlei tentou, em seu entender, “cooptar o governador para apoiá-lo numa eventual eleição. Não acredito que Silval venha se expor a uma atitude equivocada e que também seria de extrema ingratidão de sua parte, a menos que ele tenha motivos que eu desconheça. Essa tentativa se transformou numa total contradição política, incorreta e que não

foi bem vista pelo PMDB de Barra do Garças”. PRÉ-CANDIDATURA Ao falar sobre as eleições de 2012 Daltinho diz que tudo isso “são desafios que não nos preocupa, mas causa indignação e nos faz avançar, ir à luta junto com povo que saberá escolher o próximo prefeito de Barra do Garças”. Sobre as eventuais coligações Daltinho disse que tem buscado junto aos partidos a formação de aliança como é

o caso já concretizado com o PCdoB, disse que vai sentar à mesa com o PT, com o PRB e PSC e todas as siglas que venham a somar nesse projeto por Barra do Garças. Em relação a atual administração o suplente de deputado ironiza que ela não tem mais nada a apresentar à sociedade, “a não ser a prática costumeira de utilizar a política em proveito próprio de seus privilégios”. Até o momento sua equipe política, segundo disse, já faz estudos e planejamento de marketing para que sua eventual candidatura a prefeito chegue fortalecida às convenções “com apoio da regional de seu partido PMDB, incluindo do vicepresidente da república Michel Temer e do governador Silval Barbosa”. Segundo disse, uma administração à altura de Barra do Garças precisa envolver todos os setores organizados da sociedade com uma política municipal de desenvolvimento e atenção aos mais pobres. “Infelizmente os gestores ainda não conseguiram fazer, por falta de visão. Insisto em percorrer um caminho novo, marcado pela responsabilidade política, principalmente neste momento em que Barra do Garças vive um momento de estagnação. Mato Grosso cresce a dois dígitos, mas aqui há a falta de estímulo. Esta situação precisa ser invertida”.


6

Cidade

Ano III - nº 77 - 10 a 25 de Novembro de 2011 Barra do Garças - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

MÁ VONTADE

Sem apoio de secretária, atletas não participam de competição site Chocolate News, um dos técnicos da delegação barra-garcense, que não se identificou por temer represálias , afirmou que o descaso da prefeitura fez com que a cidade ficasse fora dos jogos, devendo inclusive ser punida pela SEEL(Secretaria Estadual de Esportes e Lazer), coordenadora da competição, por um período de 2 anos, conforme determina o regulamento quando uma cidade confirma participação e deixa de comparecer.Os atletas nascidos nos anos base 95/96 respectivamente, ficam prejudicados, já que não poderão disputar as edições 2012/2013. Esse treinador disse que foi, juntamente com outros colegas, convocados dia 11 para uma reunião na Secretaria de Educação onde foram informados que a prefeitura cederia apenas um ônibus escolar para o transporte dos atletas para Colíder (a 1300 km de Barra do Garças). Ele disse ainda que a prefeitura daria combustível para a viagem até Cuiabá e todo os resto do percurso por conta dos treinadores.

SEMANA7.COM asemana@araguaia.net

E

stão fora dos 34º Jogos Estudantis Mato-grossenses que tiveram início na segunda-feira (14) em Colíder as seleções de Barra do Garças. Na sexta-feira, (11), já no final do expediente, o presidente da Câmara de Vereadores Julio Cesar dos Santos recebeu uma delegação de jovens atletas barra-garcenses que bateram à porta de seu gabinete para pedir ajuda financeira para as equipes de basquete e futsal masculinos e handebol e futebol de campo femininos, equipes que sagraram-se campeãs nos jogos estudantis realizados em recente data em Canarana. Eles recorreram ao vereador em busca de ajuda, uma vez que a Secretaria de Educação, responsável por este setor ignorou a importância da participação dos jovens naqueles jogos. Nas várias entrevistas que concedeu à imprensa livre de Barra do Garças, incluindo o

O professor Ivan, treinador da seleção de basquetebol se recusou a viajar nestas condições, uma vez que passara, segundo disse, por constrangimentos nos jogos de Alta Floresta quando a delegação viajou sem recursos para as despesas necessárias. Com a desistência do técnico Ivan e com a negativa do técnico do Handebol, professor Paulo, que alegou ter outros compromissos, restou tentar convencer o técnico do Futsal, Uércules Jacomini, para que o mesmo assumisse também as equipes de basquete e handebol, mas não foi possível, conforme noticiou a página do Chocolate News. No afã de viajarem para os jogos os atletas além de baterem à porta do gabinete do vereador Julio Cesar, promoveram ainda um festival de pizza, visitaram o comércio e alguns políticos e conseguiram arrecadar algo em torno de R$ 2.500, uma quantia aquém dos R$ 7 mil necessários. Esta situação constrangedora não aconteceu com cidades como Nova Xavantina, Água Boa, Querência,

Canarana, Ribeirãozinho. Enquanto isso o governo de Barra do Garças, se depender do que diz a imprensa louvaminheira local investe em educação, em esporte, é praticamente um governo perfeito que repassou à Expoleste, não se pode esquecer, R$ 170, enquanto que, por outro lado não consegue manter uma delegação de jogos estudantis. Não se pode esquecer também que essas equipes sagraram-se campeãs nos jogos de Canarana. Na entrevista ao SEMANA7.COM nas escadarias internas da Câmara de Vereadores um jovem secundarista de 17 anos disse que ouviu da secretária Sílvia Cavalcanti, em um momento de irritação, que se caso não aceitássemos os microônibus “que fôssemos a pé”. Seria interessante que esta delegação tivesse sido recebida pelo prefeito da cidade. Mas Wanderlei Farias delega esses poderes à secretária Sílvia Cavalcanti que pouco tem se interessado pelo setor esportivo da cidade nesses últimos anos.

ELEIÇÕES/2012

na cidade “porque o povo precisa mesmo é de emprego e renda, de qualidade de vida e de participação ativa na administração pública do município”. Neste seu início de pré-candidatura Aurélio Mendes já conta com apoio de oito partidos, incluindo os de centro e descarta que já tenha um nome para ser seu vice. Esta sua advertência vem de encontro a um comentário do repórter atemporal Ronaldo couto que indicou nomes para sua chapa sem consultá-lo, na base de ilações fora do contexto. Aurélio Mendes criticou ainda a falta de medicamentos no município e disse que o atendimento fora do município (em Goiânia) não tem participação da prefeitura. Na saúde Aurélio diz ainda que são investidos 23%, “o que não é suficiente”. No setor de esporte ele diz que os atletas muitas vezes têm que recorrer ao comércio local para as excursões que representam o município em competições. De suas críticas estão a salvo a Secretaria de Educação “que está sendo bem cuidada”. No setor de obras, que seriam, segundo disse “oitocentas casas estão sendo feitas 55, o que não atende a demanda por habitação na cidade”. Quanto a sua pré-candidatura Aurélio Mendes lembra que nas pesquisas, encomendadas pelos seus adversários “saio ganhando de 3 por 1 do candidato oficial que não quis declinar

DA REDAÇÃO asemana@araguaia.net

Vereador por três mandatos e três vezes secretário da prefeitura de Aragarças, o técnico em edificações Aurélio Mendes (PSDB) começa articular suas bases para consolidar seu nome como pré- candidato a prefeito do município onde disse contar com apoio de seu colega de partido e amigo pessoal, o governador Marconi Perillo. Além do apoio do governo em sua eventual candidatura à prefeitura de Aragarças, Aurélio Mendes disse contar ainda com a bancada de sustentação de Perillo na Assembleia Legislativa de Goiás, da bancada tucana no Congresso e formação de uma aliança na cidade que deve, segundo seus cálculos, envolver cerca de 15 partidos que o querem como prefeito. Sua pré-candidatura já começa a fazer barulho nos quadrantes da cidade, uma vez que Aurélio Mendes não tem papa na língua para qualificar seus adversários políticos, a começar pelo prefeito Marco Antonio de Oliveira – Marcão, cuja administração, segundo disse na entrevista que concedeu ao SEMANA, “não valoriza o comércio local e usa o de Barra do Garças como referência que vai do supermercado ao posto de gasolina”. Aurélio disse ainda que pretende, caso seja eleito prefeito, buscar junto ao Governo do Estado recursos para investir em suporte para o aporte de empresas

SEMANA7.COM

A

PREFEITO GERCINO CAETANO ROSA

dos em seu gabinete. Este Casamento Comunitário é uma prova de seu carinho pelo nosso povo”, disse ele. Segundo disse, sua cidade está repleta de canteiros de obras e cita em primeiro lugar os três conjuntos habitacionais que somam 240 moradias que devem ser entregues a famílias carentes até o ano que vem, além de construção de praças, asfalto e reforma no Ginásio de Esportes,que sediou o cerimonial do Casamento Comunitá-

Equipes brilham nos 12º Jogos Abertos de Goiás As quatro equipes participantes conquistaram o primeiro lugar, ficando a cidade como campeã geral da competição ASSESSORIA

REDAÇÃO c/ ASSESSORIA asemana@araguaia.net

A

AURÉLIO MENDES PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO COM APOIO DE MARCONI

o nome para a reportagem. Finalizando, Aurélio retoma sua parceria com Marconi Perillo e cita obras do governador na cidade como construção de escolas, reforma de

Obras estruturais transformam Nova Xavantina realização do Casamento Comunitário, promovido pela Secretaria de Trabalho e Assistência Social, no pólo Nova Xavantina, vinha sendo pleiteado pelo prefeito Gersino Caetano Rosa e pela primeira dama Mirian Abreu da Silva Caetano desde o governo de Blairo Maggi. “Somente agora conseguimos”, disse o prefeito minutos antes de cumprimentar o governador Silval Barbosa no campo de pouso de sua cidade, na manhã do dia 30 de outubro. Na entrevista à equipe do semana7.com Gersino Rosa admitiu que o grande mérito desta conquista foi da primeira dama do Estado, Roseli Barbosa (que não compareceu por ter sido vítima de uma crise de labirintite na manhã de 29 de outubro) que no cerimonial foi representado por sua filha Carla Barbosa. Sobre as demandas políticas de apoio aos municípios Gersino Rosa disse que Nova Xavantina está bem afinada com o governo de Silval Barbosa. “Ele tem sido um parceiro e somos bem recebi-

ARAGARÇAS

UMA DAS EQUIPES CAMPEÃS DE ARAGARÇAS DOS JOGOS ABERTOS DE GOIÁS

INFRAESTRUTURA

REDAÇÃO asemana@araguaia.net

SECRETÁRIA SILVIA CAVALVANTE E O DESCASO COM O SETOR DE ESPORTES

SEMANA7.COM

Aurélio vai disputar prefeitura com apoio de Marconi

SEMANA7.COM

Um percurso de 2600 km e combustível para cobrir apenas 590, até Cuiabá, deixou de fora dos Jogos Estudantis em Colider equipes campeãs de Barra do Garças, um gesto de descaso

rio, entre outros. Sobre sua eventual candidatura à reeleição Gersino Rosa diz que “não vou impor nada, somente o tempo dirá alguma coisa a este respeito. Candidatura é coisa do futuro, eu estou vivendo o presente com intensidade”. A passarela para pedestres sobre o rio das Mortes, iniciada há cerca de cinco meses, deverá, segundo os cálculos do prefeito, ser entregue em abril de 2012. A obra de R$ 2, 3 milhões é uma parceria entre prefeitura do município com o Governo Federal através da Ministério do Turismo. Ao citar o termo educação Gersino fala de início da Universidade Aberta do Brasil (UAB) que já tem em seu campus na cidade cerca de 350 acadêmicos de Nova Xavantina e de outros municípios, uma escola ‘Deus é Amor’ o FNDE (Fundo de Desenvolvimento da Educação), já em fase de construção, mais duas escolas na área urbana, duas salas na ‘Monteiro Lobato’. No setor de saúde estão sendo construídos dois postos, um deles com duas unidades de atendimento.

hospital, “e a maior de todas que foi a Avenida Beira-Rio”, diz ele que é natural de Baliza (GO), casado e pai de dois filhos que são acadêmicos de engenharia.

ragarças foi campeã geral nos Jogos Abertos de Goiás, etapa micro-regional, disputada no final de semana na cidade de Mineiros. O município foi representado na competição em quatro modalidades: futsal feminino, futsal masculino, vôlei masculino e futebol soçaite masculino. Além de campeã geral na somatória de pontos, todas as equipes conquistaram o primeiro lugar. “Isso é o reflexo do apoio do prefeito Marco Antonio de Oliveira - Marcão ao nosso trabalho e ao esporte em Aragarças. Há muito que o esporte de Aragarças vem se destacando. Desde 2005 que Marcão e a secretária Vangislene apoiam incondicionalmente o esporte, principalmente as escolinhas esportivas, das quais saíram maior parte dos atletas que foram as equipes campeãs dos Jogos Abertos”, explica o coordenador de Esportes de Aragarças, Neguinho do Esporte. Segundo dados de negui-

nho dos Esportes a equipe de vôlei masculino foi treinada pelo professor Fábio, a futsal feminino, pelo professor Neton Brício e a de futsal masculino, professor Aldenir (Índio). Neguinho do Esporte treina a equipe de futebol de campo soçaite. A Coordenadoria de Esportes parabeniza todos os atletas e treinadores pelo brilhante trabalho. Com certeza, muitas outras vitórias virão para o esporte de Aragarças”. Nesta etapa Aragarças competiu com Amorinópolis, Aporé, Baliza, Caiapônia, Chapadão do Céu, Doverlândia, Jataí, Lagoa Santa, Mineiros, Montevidiu, Palestina de Goiás, Perolândia, Portelândia, Rio Verde, Santa Rita do Araguaia e Serranópolis. Os jogos foram disputados em Mineiros nos dias 11, 12 e 13 de novembro. A próxima etapa nos dias 2,3 e 4 de dezembro em Rio Verde. Na próxima etapa Aragarças terá ainda a participação das equipes Capoeira, Atletismo e Xadrez. Após os jogos de Rio Verde acontecerá a etapa final em Goiânia nos dias 17,18 e 19 de dezembro.


Cidade

Ano III - nº 77 - 10 a 25 de Novembro de 2011 Barra do Garças - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

7

POLO JUDICIÁRIO

SEMANA7.COM asemana@araguaia.net

O

s vereadores Miguel Moreira Alves (Miguelão) e Odorico Ferreira Cardoso Neto - Kiko entregaram no final da tarde do dia (11) à Prefeitura de Barra do Garças, o pedido de impugnação do concurso público sob alegação de que a empresa contratada (ACPI) “não goza de idoneidade suficiente para a realização de tão importante certame, onde estão sendo oferecidas mais de 500 vagas (...) devendo portanto a administração rever critérios utilizados para contratar nova empresa para sua realização”. Segundo dados da representação, o edital é dúbio, vago e possui diversas irregularidades. “Primeiramente, cumpre salientar que o plano de cargos, carreiras e salários de cada profissão não são respeitados, nem mesmo citados no edital,” publicado em 9 de novembro no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso. Minucioso o texto da representação diz ainda em seu item 3, em que trata da descrição dos cargos, “os de nível superior serão avaliados por provas e títulos, entretanto, somente a pontuação para as provas são mencionadas no edital, omitindo, para tanto, qual será a valoração dos títulos exigidos e em qual momento estes serão avaliados”. Os vereadores dizem ainda que um concurso dessa magnitude deve ser pormenorizado e não deixar nada a critério da administração pública, sob pena de ocorrer na prática de arbítrio. Para se formular um exemplo a

SEMANA7.COM

Falhas em edital obriga vereadores a pedir impugnação de concurso

KIKO E MIGUELÃO AO LADO DA ADVOGADA ANA PAULA MONÇÃO ANTES DO PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO DE EDITAL

representação diz que para os cargos de nível superior como gestor de saúde ou controlador interno, não diz qual deve ser a formação acadêmica do candidato. Outros exemplos são largamente citados na representação como no caso de psicólogos, assistente social, nutricionista em que constam dois tipos de remuneração. Assim como não há previsão legal da profissão de técnico em tomografia. Outro ponto citado pelos vereadores na representação é sobre a carga horária para o técnico de radiologia, de 40 horas semanais, sem respeitar as 24 horas impostas por lei. Por úl-

timo, para os cargos de nível médio, os salários oferecidos encontram-se abaixo do salário mínimo estipulado em todo o país. Os vereadores alegam também a falta de publicidade ao concurso que, embora tenha sido publicado no Diário Oficial do Estado, não contava até a tarde do dia (11, até às 15h15) nas galerias do site do site da ACPI ou da Prefeitura de Barra do Garças, conforme foi verificado numa reunião com representantes de funcionários públicos no gabinete do vereador Kiko e de seu colega Miguelão. Aquele seria o último prazo para a impugnação do

edital, “que não havia sido disponibilizado em nenhum sítio (site), dificultando a fiscalização do edital e ainda sua impugnação por qualquer interessado, ferindo de morte um principio basilar da administração pública que é a publicidade”. PRÉVIAS Numa reunião realizada na tarde de hoje no gabinete do vereador Kiko, com a presença de seu colega Miguelão, da advogada Ana Paula Monção, da vice-presidente do Sintesbre (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde

de Barra do Garças e Região), Marta de Lima Castro, do representante do Sindicato dos Farmacêuticos e do Conselho Regional de Farmácia, entre outros, discutiram por mais de uma hora a validade desse edital que resultou, na já nos últimos minutos em seu pedido de impugnação. O que os funcionários públicos municipais questionam neste concurso é o desrespeito velado ao plano de carreira da categoria, posto em prática no governo comunista de Zózimo Chaparral. Desde 2006, segundo disseram na citada reunião, não há reajuste, enquanto o clima de indignação, em todas as áreas da prefeitura, é de plena insatisfação. Promover um concurso oferecendo ordenado “menor que o salário vigente no país é no mínimo um insulto às pessoas que trabalham e precisam de um emprego. Ninguém aqui é contra o concurso, somos contra as irregularidades que desde o início já afronta a inteligência das pessoas”. Caso a Justiça acate o pedido de impugnação, a empresa ACPI terá que se desdobrar para normalizar os itens exigidos por lei, sem tropeço e sem entrelinhas que possam gerar dubiedade em um setor que deve, antes de tudo ser claro, evidente, limpo e correto em defesa da verdade que deve prevalecer em circunstâncias dessa natureza. O certo mesmo seria ceder a vaga para outra instituição para não acontecer algo similar ao ocorrido em General Carneiro quando esta empresa administrou um concurso público naquele município.

SAÚDE PÚBLICA

REDAÇÃO asemana@araguaia.net

U

m encontro no final da semana passada entre o promotor Marcos Brant e secretária de Saúde do município, Laura Beatriz, resultou numa visita do representante do Ministério Público ao Pronto Socorro no final da tarde do dia 10 de novembro, a convite da primeira-dama para verificar o funcionamento daquela unidade e constatou, segundo disse, que houve mudanças significativas, embora várias exigências do MP ainda estavam por ser atendidas. Na entrevista ao jornal A SEMANA Marcos Brant ressaltou que comentou com a secretária que o Ministério Público poderá acionar o município caso não seja instalado um gerador naquele hospital, reforma na lavanderia e adequação na nutrição enteral (NE), (ingestão controlada de nutrientes para uso por sondas ou via oral, para substituir ou complementar a alimentação oral em pacientes em estado grave). Na ocasião da visita do Ministério Público ao pron-

to socorro a secretária Laura Beatriz, segundo disse Marcos Brant, pediu um tempo para adequar às exigências do MP, sob alegação de que assumira o cargo em recente data e que estava se inteirando ainda dos problemas existentes naquele setor. O que os usuários daquele hospital reclamam, pelo menos os que falaram com a reportagem deste jornal, diz respeito à preocupação do prefeito Wanderlei Farias só acontece em véspera de eleições, em tentar resgatar uma série de erros enfrentados pela ex-secretária Daniela Sallum, sem nenhum poder de decisão diante daquela pasta. Vários fatos chegaram a indignar setores da opinião pública local, mas que passaram incólumes diante da ‘sensibilidade’ do prefeito como foi o caso da demissão do médico Osvaldo Gonçalves Ramos Júnior pelo fato de ter denunciado ao MP as falhas no procedimento de nutrição enteral (NE), sem contar a premiação imoral à Secretaria de Saúde no município de Camburiu, entre outros, arranhões, naquele momento em que a saúde

SEMANA7.COM

SES quer gerenciar o hospital municipal ‘Dr. Kleide Coelho’

N

a visita que fez no final de outubro (28) a Barra do Garças, o secretário Pedro Henry conheceu de perto a realidade em que se encontra a saúde no município. Recepcionado pela secretária Laura Beatriz, Pedro Henry visitou o complexo hospitalar do Pronto Socorro Municipal, ouviu médicos, técnicos e pacientes. Sua visita teve o propósito de sondar um local para instituir no município uma farmácia de

Este sinal para o trânsitosignifica transição entre o vermelho e o verde. Por certo o trânsito da cidade não será para sempre este caos. Para a limpeza pública de Barra do Garças e para as ‘borras’ de enxurradas que grassam na periferia da cidade, cujo centro comercial se enfeita para o Natal. À largada dos pré-candidatos a prefeito de Barra do Garças, Aragarças e Pontal do Araguaia. Por enquanto, muitos deles se divertem à larga, mas com a certeza de que as convenções estabeleça ordem em tudo. Para a empresa ACPI que organiza o concurso público da Prefeitura de Barra. As falhas das normas do concurso terão que ser revistas. “Verde que te quero verde”, diria o poeta espanhol Garcia Lorca. Sinal verde também para o novo aspecto urbano da Avenida Antonio Joaquim, inaugurada recentemente. Para o Ministério Público de Barra do Garças que não vacila, está a postos em defesa da sociedade. Pobre cidade, não fosse esta instituição para zelar pelos direitos dos cidadãos e cidadãs. Ao prefeito Máximo Barriga por ter cedido as máquinas da prefeitura a particulares no interior de seu município, Torixoréu. Ao prefeito Buchudo por ter cedido as máquinas da prefeitura de seu município para obras particulares no interior do município de Barra do Garças. A esses dois municípios, uma vez que o Governo do Estado pretende rescindir os contratos e levar de volta as máquinas do Projeto “Mato Grosso 100% Equipado”.

Para a censura prévia estabelecida na Prefeitura de Barra do Garças. Sensível às eventuais críticas que são comuns aos gestores, informações somente para os meios de comunicação que louvaminha esta gestão. Para Teia Fava. Incansável, sua equipe ataca o visual da Avenida Ana Lira, a perimetral que dá acesso aos bairros Pitaluga e Jardim Araguaia. ALBERTO QUE PEDRO HENRY EM VISITA A BARRA DO GARÇAS PRIMEIRA-DAMA LAURA BEATRIZ RECEPCIONA O PADRE SECRETÁRIO DE SAÚDE

pública, de acordo com os comentários locais, estava na UTI. Que não sejam esses fatos causados pela falta de verbas. No que se refere a repasses, a Secretaria de Estado de Saúde, somente em

2010 liberou R$ 2,7 milhão, para atendimento de urgência e emergência e UTI neonatal, no ano seguinte, R$ 1,3 milhão, além de equipamentos que perfazem um investimento no setor da ordem de R$ 3.303.365,59, mas

Farmácia com medicamento de alta complexidade será implantada em Barra medicamentos de alta complexidade, também conhecida como “Farmácia Cidadã”. Dado o estado falimentar da saúde no município a Vigilância Sanitária entrou em contato em fevereiro desse ano com o Ministério Público de Barra do Garças no sentido de fechar um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) sob alegação de que o Hospital ‘Kleide Coelho Lima’, mais conhecido como Pronto Socorro não pertence ao município, mas ao Estado. O secretário anunciou que estará implantando nos próximos dias, em sete cidades pólos além de Cuiabá, Barra

À empresa Claro que não consegue fazer a cobertura em Barra do Garças. Seus usuários estão por aqui.

Para a discrição do coronel Valdemir Barbosa que, mesmo perseguido mantém sua postura dígna de um oficial que faz por merecer a patente que carrega sobre seus ombros.

MEDICAMENTOS

REDAÇÃO asemana@araguaia.net

SEMÁFORO

do Garças, Água Boa, Rondonópolis, Cáceres, Tangará da Serra e Sinop), o programa, que terá a finalidade de não só atender, como também agilizar a assistência farmacêutica para o cidadão.O secretário disse ainda que o governo mantém a responsabilidade de dotar a população com medicamentos de atenção básica em todos os municípios do Estado. Henry frisou ainda que uma farmácia do gênero em Barra do Garças, “que é um grande pólo, vem de encontro à reivindicação da população que tem se submetido a um calvário prolongado. Nós

vamos interiorizar a saúde ao invés de manter núcleos em Cuiabá para atender o interior.” Sem a presença de uma farmácia desse nível, proposto por Henry, o usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) nunca encontra um estoque satisfatório, aquele prescrito pelo seu médico. “A sociedade sempre recorre ao Poder Judiciário para garantir seu direito constitucional. Para se formular uma ideia recebemos, ainda hoje, cerca de 500 reclamações mensais dando conta da insatisfação com a assistência farmacêutica”, disse ele.

que não teve dinheiro para comprar, em 2011, um dreno infantil para uma criança, Lara Vitória, de 1 ano e três meses, com pneumonia aguda e que foi transferida para Cuiabá usando um dreno para adulto e que morreu um dia depois, em 4 de abril, conforme denunciou sua mãe, Uanna Paula. Em recente comunicado ao Ministério Público de Barra do Garças, endereçado ao promotor Marcos Brant, informa que aquele hospital está inserido no plano de ação 2012 do Governo Estadual. Segundo o secretário Pedro Henry, esse plano tem como propósito o gerenciamento, operacionalização e execução das ações e serviços de saúde daquela unidade. Em outras palavras, o Estado quer estadualizar aquele hospital. No começo da atual gestão ninguém escondia o interesse de repassar ao Estado o Hospital ‘Kleide Lima’. Agora, nesta véspera de eleições municipais a administração poderá fazer seus esforços para mantê-lo sob sua guarda, mesmo em situação convalescente.

Para o PSF do Pitaluga. O médico Domingos Leão (é o que dizem) entrou de licença e o posto ficou sem os serviços daquele profissional. Um cartaz dando conta desse fato ficou dezenas de dias pregado numa de suas paredes. Para a saúde pública de Barra do Garças, para quem faz crochê na portaria de PSFs, para o calundu de muitos dos profissionais de saúde. Seria mais decente que deixassem o cargo. O contribuinte não está pedindo, ele exige direitos constitucionais. Para as obras estruturais da gestão de Wanderlei Farias, agora está virando moda ele não informar o valor da obra. Cadê a transparência? Para o setor responsável pelos esportes em Barra do Garças que deixou equipes locais fora dos jogos estudantis realizados em Colíder. O setor desportivo da cidade ficou indignado. Para a plena liberdade de expressão.


8

Geral

Ano III - nº 77 - 10 a 25 de Novembro de 2011 Barra do Garças - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

MORADIA

ROTA DA INTEGRAÇÃO

ASSESSORIA

Valério faz reivindicações a Silval

O PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE QUERÊNCIA, VALÉRIO FERNANDES, FAZ REIVINDIÇÕES PARA SUA CIDADE

P

SEMANA7.COM

CONJUNTO HABITACIONAL ‘DAURY RIVA’ ENTREGUE SEM INFRAESTRUTURA REDAÇÃO asemana@araguaia.net

O

prefeito de General Carneiro, Juracy Rezende, (Buchudo) entregou na manhã do dia (10), as chaves de 100 casas populares do conjunto habitacional ‘Daury Riva’, resultante de uma parceria entre aquele município e o Governo Federal, através de financiamento da Caixa, do programa “To Feliz”. As 100 casas de dois e três cômodos, há mais de um ano fechadas, só foram entregues em função dos boatos que corriam pela cidade de que as casas seriam invadidas caso o prefeito Juracy Buchudo não tomasse uma decisão a este respeito. A reportagem deste portal falou com pessoas que articulavam o movimento de invadir as casas, mas que pediram para que seus nomes fossem resguardados por temerem represálias políticas por parte do gestor do município. “Já tinha gente que estava organizando a mudança do pessoal”, disse uma dona de casa contemplada com uma das casas. A realização dessa obra foi uma conquista da administração da ex-prefeita Magali

Vilela que por dois anos esteve á frente da prefeitura daquela cidade por determinação da Justiça, uma vez que o atual prefeito estava sendo, à época, processado por falta de lisura na administração de recursos de sua campanha, em 2008. Na entrevista naquela tarde a ex-prefeita Magali Vilela acentuou o tom de sua crítica ao que ela chama de morosidade do atual prefeito. “Eu deixei quase tudo pronto, só faltava a cobertura e o reboco e ele demorou esse tempo todo, parecendo brincar com a necessidade daqueles que não tinham casa para morar”. Magali disse ainda que o projeto custou R$ 1,7 milhão e que agora “só está faltando a contrapartida da prefeitura. Nós vamos cobrar uma posição do prefeito a este respeito. As casas precisam ser rebocadas, pintadas, ligadas à energia e à rede de água. Isso é o mínimo que aquelas famílias esperam”. O projeto “To Feliz” foi implantado em General Carneiro em 2009 com entrega das casas prevista para o ano passado. Com a ascensão de Juracy Rezende ao cargo o projeto ficou por mais de um ano parado e, não fossem as ameaças de invasão talvez ficasse por mais tempo, já que são poucos os que sabem o que se passa pela cabeça do prefeito.

POLO JUDICIÁRIO

SILVAL BARBOSA SOBE A RAMPA DA CÂMARA DE VEREADORES DE QUERÊNCIA

Justiça Federal chega a Barra do Garças e atenderá cerca 298 mil na região SEMANA7.COM

onto de chegada da Rota da Integração à cidade de Querência foi palco para diversas discussões, envolvendo prefeito, vereadores e produtores rurais. A ação realizada pelo governador Silval Barbosa teve o objetivo de verificar a situação das estradas de Mato Grosso e interligar os municípios através de vias pavimentadas. Na ocasião o presidente da Câmara de Vereadores de Querência, Valério Fernandes, reivindicou algumas ações do governador para seu município. Dentre elas, a necessidade do reforço policial, uma vez que a cidade conta com uma companhia da Polícia Militar, mas com efetivo reduzido. “Isto facilita ações criminosas” disse ele e lembrou o assalto no Banco do Brasil no início deste ano. Valério lembrou que o governo realizou concurso público para a polícia e cobrou homens para reforçar a segurança na cidade. Segundo disse, Querência terá mais seis policiais à disposição, aumentando o efetivo

Valério disse ainda que existem várias fazendas na região denominada Mata Linda cortada pela MT-110, um percurso de 180 km, que por Querência não ter cascalho para a manutenção, é necessário a pavimentação. Os produtores já sinalizaram que se o governo tiver interesse na parceria eles entram com 50% do custo das obras. Assim em pouco tempo esse problema estaria resolvido, possibilidade a interliASSESSORIA

da companhia que hoje conta apenas dez policiais. “Se vir mais 50% não será ideal, mas já melhora a segurança e também o trânsito na cidade”, disse ele. Outro ponto que foi discutido na reunião ocorrida na Câmara de Vereadores, foi a construção o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC), em parceria com a iniciativa privada que construiria o prédio que seria locado para o Estado. CISC é programa do Governo que permite ação conjunta da Polícia Civil, Polícia Militar, a Perícia, Conselho Tutelar e o Corpo de Bombeiros. Valério lembrou ainda que seu município é a 18ª economia do Estado, contribuindo com o FETHAB - Fundo Estadual de Transporte e Habitação, com cerca de R$ 10 milhões/ano e que não tem recebido ajuda para conservação das rodovias estaduais (109 e 110). A forte tendência agrícola do município exige manutenção quase permanente das estradas. “Esta manutenção tem sido feita com parceria entre prefeitura e produtores rurais que já pagam pelo FETHAB”.

DO SEMANA7.COM asemana@araguaia.com

gação também do MT-110 com 080, na região denominada Baianos. O governador Silval disse que o Estado em o poder de endividamento 1 bilhão e meio com o Governo Federal, mas que vai o fazer possível para atender não só essa reivindicação como interligar todos os municípios de Mato Grosso com a pavimentação asfáltica. Para o produtor Rafael Brando, da Fazenda Gabriela, “essa obra significa muito para o desenvolvimento da região” e diz esperar que o governador adiante o quanto antes os estudos técnicos, para que seja feita a licitação para o início da pavimentação. O Governo do Estado de Mato Grosso realizou a Terceira Rota da Integração na região do Araguaia. O governador Silval Barbosa comandou a Rota, que partiu do município de Vila Rica rumo a Querência entre os dias 10, 11 e 12 de novembro. Em Vila Rica ele inaugurou o Sistema de Abastecimento de Água da cidade. No segundo dia, pela manhã, a comitiva se deslocou para visitação da BR-158, na divisa com o Pará. Logo em seguida foram para o município de Confresa para vistoria da MT-437 e depois deslocaram para Porto Alegre do Norte onde foi inaugurado uma unidade da Agência Municipal de Trânsito e o aeroporto da cidade. O governador passou ainda pelo município de Canabrava do Norte e Alto Boa Vista.

Sob pressão Buchudo entrega casas populares em General Carneiro

NOVA NAZARÉ

REDAÇÃO asemana@araguaia.net

A prefeita de Nova Nazaré, Railda de Fátima, deve entregar no início do ano as obras de asfaltamento da cidade, a travessia urbana na Avenida Jorge Amado e inauguração de uma creche com capacidade para cerca de 300 crianças. Numa entrevista por telefone à reportagem do SEMANA a prefeita de Nova Nazaré disse que 70% das obras da travessia urbana que mede cerca de 10 quilômetros já está concluída e lamenta que o período chuvoso possa paralisar as obras por alguns dias. Railda disse ainda que na avenida central da cidade será construído um canteiro “que poderá transformar o aspecto urbano da cidade de Nova Nazaré”. Ela disse ainda que em sua recente visita a Brasília recebeu a promessa de que a MT-326

ASSESSORIA

Rodovia do Calcário poderá ser federalizada

JUIZ FERNANDO CLEBER DE A. GOMES, DA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE BG REDAÇÃO asemana@araguaia.net

F OBRAS DA TRAVESSIA URBANA, NA AVENIDA JORGE AMADO, EM NOVA NAZARÉ, EM FASE DE CONCLUSÃO

poderá ser federalizada, caso os técnicos verifiquem que não se trata apenas de uma estrada transitória. Ainda sobre sua visita

ASFALTO E ASSENTAMENTO DE MEIO-FIOS EM RUAS CENTRAIS DA CIDADE

a Brasília Railda de Fátima conseguiu junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a construção de duas escolas em aldeias indígenas da etnia xavante, no interior do município, que é uma reivindicação daquela comunidade. A OBRA O termo de cooperação entre Secretaria de Estado de Infraestrutura de Mato Grosso (Sinfra) e a prefeitura de Nova Nazaré foi firmado em 30 de junho desse ano e que ora resulta na quase conclusão da travessia asfáltica de cerca de 10 quilômetros que corta a cidade de um extremo ao outro pela a Avenida Jorge Amado, ao custo de R$ 7,5 milhão. Nova Nazaré é cortada pela MT-326. Esta estrada é também conhecida como Rodovia do Calcário, em função de duas usinas localizadas no município vizinho de Cocalinho. Nos cálculos da prefeita passam pelo centro da cidade cerca de 600 carretas diárias. Esse fluxo de carga pesada

fez com que a rodovia entrasse para o processo de federalização. Para asfaltar outras ruas da cidade a administração de Nova Nazaré recorreu a uma cooperação técnica com a Sinfra para a pavimentação de 24 mil metros quadrados de asfalto de 15 ruas (Rua 32, 17, 19, 30, 28, 21, 26, 07, 05, 03, 18, 20, 20-A, 18-A e 28 de Dezembro) e as travessas 03, 04 e 01, todas no centro comercial da cidade, ao custo de R$ 23.986,48. A contrapartida da prefeitura de Nova Nazaré para o asfalto do centro comercial será a de oferecer apara a demanda das obras três caminhões basculante, uma pá carregadeira, uma moto niveladora, uma retro escavadeira e um rolo compactador. No que diz respeito a materiais a prefeitura vai fornecer cascalho para aterramento, 170 toneladas de brita (nº 0), 312 toneladas de brita (nº 2), 28,80 toneladas de CM-30; 67,20 toneladas de RR-2C e 300 mil litros de diesel.

oi inaugurada no início da noite de sexta-feira (4), a Vara Federal de Barra do Garças que deve atender cerca de trinta municípios do Vale do Araguaia mato-grossense. Inicialmente, a Subseção Judiciária, composta de vara única, mas que terá competência geral e vai funcionar no antigo prédio da Unicem, na Avenida Jaime campos 3494. Esta é a quinta cidade do Estado a receber uma unidade da Justiça Federal. Atualmente há unidades em Cáceres, Rondonópolis, Sinop e Diamantino. À concorrida solenidade compareceram cerca de 200 pessoas, entre as quais o presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, desembargador Olindo Menezes, o diretor do foro da seção Judiciária de Mato Grosso, juiz federal José Pires da Cunha e o diretor da Subseção Judiciária de Barra do Garças , juiz federal Fernando Cleber de Araújo Gomes, o prefeito do município, Wanderlei Farias Santos, seu vice Irineu Pirani, o deputado Baiano Filho, o suplente de deputado e empresário Adalto de Freitas - Daltinho, o prefeito de São Félix do Araguaia Filemon Limoeiro, o presidente da subseção da OAB local Sandro Saggin, vereadores, advogados, entre outros. A expectativa da Justiça Federal em Barra do Gar-

ças é a de que mais de 298 mil,pessoas sejam beneficiadas nos municípios de Barra do Garças, Água Boa, Alto Boa Vista, Araguaiana, Bom Jesus do Araguaia, Campinápolis, Canarana, Cocalinho, Confresa, General Carneiro, Nova Nazaré, Nova Xavantina, Novo Santo Antonio, Novo São Joaquim, Pontal do Araguaia, Porto Alegre do Norte, Querência, Ribeirão Cascalheira, Santa Cruz do Xingu, Santa Terezinha, São Félix do Araguaia, São José do Xingu, Serra Nova Dourada, Vila Rica, Luciara, Santo Antonio do Leste, Canabrava do Norte, Ribeirãozinho, Torixoréu, Ponte Branca e Tesouro. Segundo nota da Assessoria de Comunicação da Vara Federal de Barra do Garças, a inauguração faz parte do cronograma de instalações de novas varas em 2011, aprovado pelo TRFda 1ª Região, por meio da Resolução Presidencial 24, do dia 18 de novembro de 2010. O texto segue orientação do Conselho de Justiça Federal (CJF), que destinou ao Tribunal 94 novas varas, de um total de 230 criadas em 2009. Mato Grosso está sob a jurisdição do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com sede em Brasília, assim como o Distrito Federal e os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins. Com cerca de 80% de cobertura territorial, a a Primeira é a maior das cinco regiões da Justiça Federal brasileira.


Geral

Ano III - nº 77 - 10 a 25 de Novembro de 2011 Barra do Garças - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

9

Governo quer máquinas de volta

REDAÇÃO/ASSESSORIA MP asemana@araguaia.net

O

promotor de Justiça Marcos Brant disse à equipe de reportagem do jornal A SEMANA que vai realizar no Auditório do Ministério Público de Barra do Garças, na tarde de quinta-feira (24) uma reunião com prefeitos para tratar sobre o uso de maquinários do programa “Mato Grosso 100% Equipado” para evitar que incidentes como os ocorridos em Torixoréu e General Carneiro (emprego de máquinas em propriedade de particulares) voltem a ocorrer. O Ministério Público deve oferecer aos gestores uma espécie de Termo de Ajuste de Conduta (TAC) para manutenção do projeto daqui pra frente. O processo sobre o flagrante nos municípios citados prossegue e os prefeitos devem responder à Justiça, naturalmente. Com base na ação de fiscalização levada a efeito pelo Ministério Público que constatou a utilização de maquinários do programa ‘MT 100% Equipado’ em propriedades privadas no interior do município de Torixoréu, no final de setembro e em General Carneiro, no início de outubro para atender interesses de particulares, o governador Silval Barbosa decidiu rescindir os termos de cessão de uso firmados com esses municípios. A decisão administrativa foi publicada no Diário Oficial do Estado e circulou nos dias 27 de outubro e 07 de novembro deste ano. De acordo com o Ministério Público, a decisão do Poder Executivo Estadual reforça a perspectiva de responsabilização dos prefeitos e secretários envolvidos por crime de peculato e por ato de improbidade administrativa. Os fatos estão sendo investigados pelo Núcleo de Ações de Competência Originária da Procuradoria Geral de Justiça e perante a 2ª e 3ª Promotorias de Justiça Cíveis da Comarca de Barra do Garças. Conforme os extratos dos Termos de Rescisão publicados no Diário Oficial, os municípios de Torixoréu e General Carneiro terão que devolver ao Estado, entre outros, duas motoniveladoras, quatro pás-carregaderias e caminhões basculantes usados indevidamente para interesse de particulares. As duas apreensões de maquinários do programa “MT 100% Equipado” em propriedades particulares nos municípios de Torixoréu e

General Carneiro foram realizadas pelo Ministério Público Estadual, no mês passado. Os maquinários estavam sendo utilizados em favor de particulares para a construção de pista de pouso e decolagem de

aviões, represas, patrolamento de estradas que dão acesso à sede de fazenda, curral, embarcador de gado e terraplanagem em córrego. Além da utilização de maquinários públicos, foi consta-

SEMANA7.COM

QUEBRA DE CONTRATO

tado ainda que os motoristas que estavam realizando os serviços também pertenciam ao quadro de funcionários da prefeitura, configurando utilização indevida de mão de obra pública no interesse particular.

REFLEXO

Quem perde é a população, diz vereador A denúncia feita em outubro ao Ministério Público de Barra do Garças pelo vereador Vanney Neves (PCdoB) de que máquinas da prefeitura de Torixoréu abriam uma pista de pouso numa fazenda na barra do rio Diamantino, resultou no rompimento do contrato de cessão daquele maquinário entre o município e o Estado. Numa entrevista no início da noite de sábado (19) ao SEMANA Vanney Neves disse que a denúncia abalou a estrutura política do município, sem contudo afetar sua imagem diante da opinião pública. “Eu tenho minha consciência limpa, tranqüila de que sou um legislador e que fiscalizo os atos da admi-

nistração”, disse ele. No que diz respeito ao rompimento do contrato entre a prefeitura de Torixoréu e o Estado, através do Projeto ‘MT 100% Equipado’ o vereador comunista ressaltou que isso significa um “prejuízo para o município, mas que foi uma consequência de irresponsabilidade do prefeito Máximo Barriga, a de emprestar algo que não lhe pertence, nem do município, mas cedido pelo Estado através de contrato de comodato”. Ao ser chamado de ‘denuncista’ pelo prefeito torixorino Vanney Neves disse à reportagem que essa pecha “não me atinge como vereador. Aqueles que não concordaram com a minha denúncia foi uma pequena elite local que não en-

xerga que há muito que ser feito na cidade como asfalto de ruas que estão esburacadas enquanto o prefeito manda máquinas para acudir fazendeiro rico”. Vanney disse ainda que essa história de ceder máquinas para trabalho em fazendas do interior “não é costume, mas corrupção que precisa ser combatida com a lei” e adiantou que tem informações que máquinas continuam fazendo serviços dessa natureza em seu município. Em um encontro de Barriga com repórter do SEMANA, na ante sala do MP, em Barra, na tarde de segunda, (21), não quis falar com reportagem e diz vai provar o contrário.

ENTENDA O CASO O promotor de Justiça Marcos Brant Gambier Costa flagrou e apreendeu na manhã de 29 de setembro, na Fazenda Agro Nova (próximo à barra do rio Diamantino), no interior do município de Torixoréu, maquinários do programa “MT 100% Equipado”. Tão logo terminou a operação realizada em Torixoréu o promotor de Justiça Marcos Brant Gambier Costa flagrou e apreendeu na manhã de 7 de outubro, numa fazenda localizada a 54 quilômetros de Barra do Garças, homens trabalhando numa motoniveladora, um caminhão basculante e uma pá carregadeira da prefeitura de General Carneiro, em propriedade particular. Na entrevista que concedeu à reportagem deste site Marcos Brant ao se referir ao crime de peculato praticado pelos gestores de General Carneiro e Torixoréu ele acentuou que os maquinários pertencem ao Estado, que foram cedidos ao município e que não podem prestar serviços a particulares. “As

máquinas estavam trabalhando em estradas que não são vicinais, mas de uma propriedade particular”, disse ele. Em 2010 o ‘MT 100% Equipado’, através de financiamento feito ao BNDS comprou 705 equipamentos e distribuiu aos 145 municípios do Estado. Nessa frota estavam 376 caminhões basculantes, 145 motoniveladoras, 79 pás carregadeiras, 24 cavalos mecânicos, quatro melosas lubrificantes e quatro semi-reboque. O município de General Carneiro recebeu naquele ano duas máquinas e três caminhões. A região do Araguaia recebeu 39 veículos. Marcos Brant, que atuou em substituição legal seu colega Mauro Poderoso, da Promotoria de Justiça de defesa da Probidade Administrativa contesta a alegação de que o uso de máquinas em fazendas particulares seja um costume da região. “A corrupção pode ser costume, mas será combatida a todo custo”, disse ele.

SILVAL BARBOSA QUANDO DA ENTREGA DE MÁQUINAS DO ‘MT 100% EQUIPADO’

INFRAESTRUTURA

DA ASSESSORIA/ JOSIANE SIMON josianesimon_querencia@hotmail.com

F

ASSESSORIA

oi realizada quinta-feira dia 17, reunião no Ministério dos Transportes em Brasília, com o Ministro Paulo Sérgio Passos, o Diretor Geral do DNIT Jorge Ernesto Fraxe, Deputados de Mato Grosso, Senador Blairo Maggi, e 17 prefeitos da Região Norte Araguaia. Durante o encontro, os prefeitos cobraram maior agilidade na conclusão da pavimentação da BR 158 assim como o da 242 que liga os municípios de Sorriso à Querência. Segundo o Ministro Paulo Sergio Passos, está confirmado o traçado da BR 158 que passará pelos municípios de Bom Jesus do Araguaia, Serra Nova Dou-

rada e Alto Boa Vista. “Estamos felizes com esse traçado, pois assim os municípios de Luciara, Novo Santo Antônio e São Félix do Araguaia, serão diretamente beneficiados”, Afirmou o Prefeito de São Félix do Araguaia, Filemon Limoeiro. Para Fernando Gorgen, Prefeito de Querência e Presidente da Associação dos Municípios do Norte do Araguaia (AMNA) a reunião foi muito proveitosa e o fato do Ministro conhecer bem a região e suas estradas facilitou o bom andamento do assunto abordado. “O comprometimento do Ministro com a Região Norte Araguaia, era a alavanca que precisávamos para melhorar as estradas locais e consequentemente a logística de todos os municípios envolvidos”, declarou Gorgen.

ASSESSORIA

Fernando Gorgen reúne com Ministro dos Transportes

PREFEITO FERNANDO GORGEM, DE QUERÊNCIA, COM MINISTRO DOS TRANSPORTE, PAULO SÉRGIO PASSOS, EM RECENTE AUDIÊNCIA EM BRASÍLIA

PREFEITO FERNANDO GORGEM MOSTRA AO SENADOR O NOVO TRAÇADO

Paulo Sérgio Passos garantiu também atenção especial para os estudos de viabilidade da federalização da BR-080 interligando os municípios de Ribeirão Cascalheira a Luiz Alves em Goiás. O prefeito de Cocalinho, Luiz Henrique mostrou a necessidade de maior atenção em relação à federalização da MT-326, que liga o município à BR-158 e que é o principal acesso para escoação da produção local.

A audiência com o Ministro dos Transportes Paulo Sérgio Passos, foi um esforço do Senador Blairo Maggi, para que juntos com os Gestores Municipais pudessem mostrar suas necessidades e obterem respostas aos seus pleitos. “Avaliamos a reunião como positiva e temos a certeza que a partir de agora, as atenções serão voltadas para a Região Norte Araguaia, destacando o compromisso

do Ministro em viabilizar o término da BR 158 e as federalizações necessárias para o desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida dos cidadãos que ali residem”, declarou Naftaly Calisto, prefeito de Vila Rica. Participaram da reunião Prefeitos Fernando Gorgen Querência, Wanderley Perin Alto Boa Vista, Gaspar Lazzari - Confresa, Naftaly Calisto - Vila Rica, Domingos Neto - Santa Terezinha, Railda Al-

ves - Nova Nazaré, Mauricio Tonhá - Água Boa, Edi Escorsin - Porto Alegre do Norte, Aloísio Jakobi - Bom Jesus do Araguaia, Filemon Limoeiro - São Félix do Araguaia, Adário Carneiro e o Vice Jair Ribeirão Cascalheira, Lorival Martin - Canabrava do Norte, Gersino Rosa - Nova Xavantina, Parassu de Souza Freitas - Luciara, Geraldo Vitor - Novo Santo Antônio, Walter Farias - Canarana e Luiz Henrique de Cocalinho.


10

Ano III - nº 77 - 10 a 25 de Novembro de 2011 Barra do Garças - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

Classificado ÁRIES Suas boas qualidades e habilidades influenciarão de maneira benéfica pessoas importantes para você, principalmente se estas pessoas forem suas conhecidas. O trabalho, as empresas e o amor estão em bom aspecto.

CARROS

COROLA XLI, preto, 2009/2009, Nova Veículos, fone: 3401-9437 UNO WAY 4 portas, 2009, completo, Nova Veículos, fone: 34019437 CELTA 2 portas, 2001, básico, Nova Veículos, fone: 3401-9437 UNO 2003, 4 portas, básico. Nova Veículos, fone: 3401-9437 UNO 1999, 2 portas, 1.0 com ar, R$ 9.900,00. Nova Veículos, fone: 3401-9437 UNO 09/10, com ar, 4 portas, prata. R$ 24.900,00. Nova Veículos, fone: 3401-9437 PÁLIO Celebration, 09/10, completo, R$ 27.000,00. Nova Veículos, fone: 3401-9437 UNO 94/95, 4 portas, vinho, completo. R$ 10.500,00. Nova Veículos, fone: 3401-9437 CORSA 95/95, azul 02 portas R$ 10.000,00. Tratar Nova Veículo, Fone: 3401-9437 WOLKSVAGEN CROSSFOX preto completo R$36.000,00. Tratar Paraná Veiculo, Fone: 3401-1665 CHEVROLET S-10 flex 2009/2010 executive R$ 58.000,00 preta. Tratar Paraná Veiculo, Fone: 3401-1665 UNO 2002/03 Verde 2 portas ar trava e alarme. R$ 14.500,00. Tratar M3 Veículos, Fone: 3407-1258 FORD F-350 diesel 2004/2004 completa prata R$ 65.000,00. Tratar Paraná Veiculo, Fone: 3401-1665 GOL 07/08, branco 04 portas completo R$ 26.000,00. Tratar Nova Veículo, Fone: 3401-9437 AUDI 98/99, azul completo R$ 23.000.00. Tratar Paraná Veiculo, Fone: 3401-1665

TOURO Sucesso profissional é o que prenuncia este período para você. Poderá ter, por outro lado, algum aborrecimento passageiro provocado pelos filhos ou pais. Deverá impor sua personalidade ao tratar com terceiros. GÊMEOS A influência astral lhe é propicia. Bom contato com os pais, filhos, parentes e com pessoas de sua alta estima. Procure também, levar a paz aos mais necessitados lhes transmitindo otimismo e confiança. CÂNCER Não faça modificações repentinas, antes de uma análise prévia. Por outro lado, o fluxo é dos melhores para trabalhar em prol de sua ascensão profissional, material e social. Será correspondido plenamente na vida familiar. LEÃO Procure manter seu estado de ânimo mais calmo e otimista, nos próximos dias para que não venha a sofrer prejuízos e embaraços. Êxito nos estudos, pesquisas e exaltação psicológica. VIRGEM Com inteligência, seu êxito será total, neste período, principalmente no trabalho e na vida social. Período feliz ao casamento e ao noivado e para tratar de seus interesses financeiros. Viagens bem sucedidas.

MOTOS

C 100 Biz 2003/2003, azul. Tratar Estacionamento São Paulo, Fone: 3401-2133 C100 Biz ES 2000/2001, verde. Tratar Estacionamento São Paulo, Fone: 3401-2133

LIBRA Evite que seus problemas pessoais possam causar dificuldades para a sua família. Procure passar os dias em paz que tudo deverá rumar para um bom caminho. Felicidade sentimental e amorosa. Cuidado com estranhos.

DIVERSOS

VENDE-SE UMA CASA no Jardim Ouro Fino, em frente ao clube da PRF, casa de esquina. Tratar no Fone: 9281-0144. CONTRATE UM ESCRITOR para escrever seus textos. Jornalista, texto limpo, oferece-se como GOST WRTER. Contato pelo telefone: (66) 9244-1948.

ESCORPIÃO O excesso de prazer, estimulantes e de trabalho que requerem grande concentração e capacidade mental, não serão de todo favoráveis neste período. Bom fluxo, todavia, aos negócios iniciados anteriormente. Pessoas estranhas poderão ser úteis. SAGITÁRIO Oposição de pessoas conhecidas não lhe afetarão neste período, pois tudo indica que terá muito sucesso no trabalho, na vida social e elevará suas finanças através de negócios bem entabulados. Boa saúde e êxito amoroso. CAPRICÓRNIO Saiba o momento certo para expressar sua opinião e tenha especial cuidado para não ofender ninguém. A fase se apresentará tranquilo ao trabalho e aos negócios e no trato com o sexo oposto. AQUÁRIO Fase em que poderá obter os resultados pretendidos em seu campo profissional, devido ao bom fluxo da lua. Pode, também, iniciar negócios e tratar de assuntos pessoais que será bem sucedido. Boas notícias. PEIXES Este é um ótimo período para tratar com pessoas de alta posição, personalidades governamentais e administrativas. Lucrará nos negócios relacionados com navegação, no comércio de atacado ou em grande escala.

LENTES QUE FAZEM O BEM Conta que certo prefeito duma cidade polo no Vale do Araguaia andava triste, recluso, longe de seu povo e este mais longe dele. Como em política tudo é mutável o prefeito resolveu dar a volta por cima e abriu a porta de seu gabinete para receber a peble e mostrar seu lado popular. Entrou o primeiro homem, um sessentão e já foi dizendo de lá: “Ô, meu prefeito, já votei tanto no senhor e nunca recebi nem uma lembrancinha, sequer”. “Não seja por isso”, retrucou o prefeito e arassastou de debaixo de sua mesa uma saco cheio de pares de óculos. “Escolha o seu e leve um para a patroa”. Isto feito o homem deixou o gabinete refrigerado e ganhou o mundo da rua e já na esquina encontrou seu compadre verdureiro e olhando a um feixe de maxixes sapecou: “Quanto custa uma jaca dessas?”

A Semana no Araguaia é uma publicação de Edição Publicidade. Rua Maria da Glória Lopes, 1.872 - Bairro São João - Barra do Garças - Mato Grosso - CEP: 78.600-000 - Fone: (66) 3407-2976 - CNPJ. 10.828.250/0001-78 - Email: asemana@araguaia.net - WWW.SEMANA7.COM Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião deste Jornal. Os originais impressos recebidos, tenham ou não sido publicados, não serão devolvidos.

Diretor Geral Ronan de Sá - (66) 9979-4726 Redação Wanderley Wasconcelos Diagramação e Arte Reginaldo Baracho Fotos Semana7.com

Departamento Comercial Jerusa Helena - (66) 9227-2740 Ademilia Rezende - (66) 9224-4238 Impressão e Acabamento: Gráfica Millenium: (65) 3612-6241 Circulação: Barra do Garças, Vale do Araguaia, Cuiabá e Brasília


Variedade

Ano III - nº 77 - 10 a 25 de Novembro de 2011 Barra do Garças - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

MENORES

WANDERLEY WASCONCELOS e RONAN DE SÁ asemana@araguaia.net

O Ministério Público de Mato Grosso, Procuradoria Geral de Justiça, Prefeitura Municipal, Secretaria de Ação Social e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), entre outros, organizam para a primeira quinzena de dezembro, (em data a ser confirmada), um ciclo de palestra com a temática ‘Drogas, Pedofilia, Abuso, Violência e Exploração Sexual’ com a participação do palestrante e senador paranaense Magno Malta, uma das mais significativas vozes em defesa do direito da criança no país. Para anunciar a realização deste ciclo de palestra e promover ações de enfrentamentos que sejam eficazes contra o uso da droga, combate à pedofilia e abuso sexual, foi realizada na manhã de quinta-feira (27), no auditório do Ministério Público de Barra do Garças, uma reunião com o promotor de Justiça Mauro Poderoso de Souza, a vereadora Mirian Lacerda, que na ocasião representou a Câmara de Vereadores, representantes de associações de bairros, do Conselho Tutelar, da Defensoria Pública, da Polícia Militar, da Prefeitura, da imprensa, igreja Assembleia

SEMANA7.COM

Ciclo de palestra sobre drogas, pedofilia e abuso sexual contra menores

PROMOTOR DE JUSTIÇA MAURO PODEROSO VAI COORDENAR CICLO DE PALESTRA

fessores, profissionais liberais, representantes políticos e jurídicos, empresários, instituições religiosas, culturais, fundações, sindicatos, federações, entre outros. Um dos palestrantes é o deputado federal Wellington Fagundes (Coordenador da Comissão Especial Anti-drogas na Câmara dos Deputados que estará ao lado de seu colega de Congresso, o senador Magno Malta (pre-

de Deus e outros. Entre os assuntos que serão temas das discussões daquele simpósio constam o enfrentamento e responsabilidade social contra a exploração sexual do menor e do adolescente e o perigo das drogas. O engajamento contra esse tipo de crime deve envolver toda a sociedade e por isso terá como público alvo além da criança e o adolescente, pais de alunos, pro-

sidente da CPI da pedofilia o Senado). Por ocasião das palestras serão distribuídos folhetos e cartilhas de alerta contra o abuso e a exploração sexual de menores. Por outro lado deve mostrar também os direitos e deveres dos menores. A sociedade, de um modo geral, tem formalizado um conceito de que não há punição para menores. Há sim, eles são punidos, detidos, algemados, presos, de acordo com o que estipula a lei. Por outro lado, o Ministério Público pretende entrar com uma ação civil pública para exigir que o governo disponha de 1% do montante em reais que serão investidos em infraestrutura para sediar jogos da Copa do Mundo em 2014, em Cuiabá, para políticas sociais destinadas a menores em Mato Grosso. A vereadora Mirian Lacerda disse por ocasião da reunião, na condição de odontóloga, já atendeu em seu gabinete menores considerados de alta periculosidade. “Eu trabalho com objetos cortantes, de perfuração, e sinto certo receio em situações dessa natureza. O promotor achou pertinente a observação da vereadora dentista e talvez leve essa discussão para o ciclo de palestra.

TRÂNSITO

REDAÇÃO C/ CHOCOLATE NEWS asemana@araguaia.net

Dom Eugênio Rixen é nomeado administrador apostólico de São Félix do Araguaia

BISPO DOM EUGÊNIO RIXEN DA PRELAZIA DE SÃO FELIX DO ARAGUAIA REDAÇÃO asemana@araguaia.net

O bispo da diocese de Goiás (GO), dom Eugênio Rixen, foi nomeado dia 21, pelo papa Bento 16, administrador apostólico da prelazia de São Felix do Araguaia (MT). A prelazia ficou vacante com a transferência de dom Leonardo Ulrich Steiner como bispo auxiliar da arquidiocese de Brasília (DF). O núncio apostólico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri, fez o comunicado

destas mudanças, na manhã de 21 de outubro, ao Conselho Episcopal Pastoral da CNBB, reunido dia 20 na sede da instituição. Dom Eugênio nasceu em La Calamine, na Bélgica, em 3 de julho de 1944. Foi ordenado bispo auxiliar de Assis (SP) em 1996 e, em 1998, foi transferido para a diocese de Goiás (1996-1998). Foi também presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética durante dois mandatos consecutivos, de 2003 a 2011.

PROMOTOR DE JUSTIÇA MARCOS BRANT ENTREGA CERTIFICADO DE PILOTAGEM A MOTOTAXISTA EM BARRA DO GARÇAS

replicar os instrutores para atingir o maior número possível de motociclistas até se atingir a meta dos 18 mil. Segundo o gestor de Marketing da Honda Motogarças e instrutor de pilotagem, Leonardo Gonçalves Cardoso, o curso teve carga horária de 8h e abordou conhecimenSEMANA7.COM

O Ministério Público Estadual, em parceria com a Polícia Militar e a empresa Motogarças (concessionária da Honda em Barra do Garças) entregaram em solenidade no Auditório do MP na manhã de sexta-feira (18) 210 certificados do Curso de Pilotagem Honda. Entre os participantes do curso constavam moto taxistas, soldados do exército, militares, funcionários públicos e de empresas privadas, entre outros. De acordo com o promotor de Justiça Marcos Brant Gambier Costa esse curso, que já formou 420 pessoas na cidade, faz parte do projeto ‘Trânsito Solidário’, que foi lançado em agosto deste ano. “A medida visa mobilizar a população para a ‘Década de Segurança no Trânsito’, conforme preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O promotor afirmou que os motos taxistas como profissionais de trânsito têm que ter uma qualificação diferenciada. Ele gostou da idéia de

IGREJA

SEMANA7.COM

Mototaxistas recebem curso de pilotagem e segurança

11

EMPRESÁRIO DALTINHO ENTREGA CERTIFICADO DE PILOTAGEM A MOTOTAXISTA

tos teóricos e práticos. “Com a participação da PM repassamos conhecimentos teóricos sobre o Código e as leis de Trânsito, técnicas de pilotagem, uso correto da motocicleta e os índices de acidentes com motos. Na prática, abordamos questões como utilização do freio, equilíbrio, comportamento na pista e pilotagem defensiva. A técnica desenvolvida é a mesma utilizada pelo Centro de Pilotagem de Indaiatuba (SP) da Honda”, explicou. O promotor de Justiça informou que a meta é atingir 2 mil participantes no curso até o final de 2012. “Desde o lançamento do projeto ‘Trânsito Solidário’ já foram realizadas inúmeras ações com diferentes públicos, desde crianças até profissionais do trânsito. Para 2012, pretendemos ampliar a participação da população, seja no curso de pilotagem ou junto à ‘Escolinha de Trânsito’, que visa conscientizar os condutores que vão tirar a primeira habilitação, trabalho que vem sendo rea-

lizado junto as autoescolas”, ressaltou. A entrega dos Certificados foi promovida pelo promotor de Justiça, Marcos Brant, pelo diretor presidente da Motogarças, Adauto de Freitas Filho, e pelo Comandante da Polícia Militar da Região do Araguaia, coronel Valdemir Barbosa. Além do curso de pilotagem, o projeto ‘Trânsito Solidário’ prevê uma série medidas para reduzir o índice de acidentes no trânsito em Barra do Garças. Entre elas estão o desenvolvimento de programas de educação continuada em diversos níveis; estabelecimento de parcerias com responsabilidades nas ações de prevenção e de promoção da redução de mortes por acidentes; sincronização das ações dos órgãos signatários de segurança pública e fiscalização na prevenção e repressão de infrações; e mobilização e capacitação da sociedade e dos sujeitos envolvidos na dinâmica do trânsito.

IGREJA

Assembleia de Deus inaugura tempo em Aragarças

PASTORES PAULO GALVÃO E MAURÍCIO COSTA: TEMPLO DE FÉ CRISTÃ

DA ASSESSORIA Ademilia Rezende

Em concorrida solenidade foi inaugurada na manhã de 23 de outubro o mais novo Templo Assembléia de Deus (Ministério Madureira),que fica na Avenida Getúlio Vargas, Setor Administrativo em Aragarças. Estiveram presente à inauguração o pastor Maurício Costa que veio transferido em recente data de Cuiabá para o campo de Barra do Garças. Assim que chegou à cidade filiou-se

ao PSD e voltou para fazer a diferença no trabalho social que já realizava antes e agora mais forte, pois conta com apoio do deputado Luiz do Carmo. O anfitrião do Templo Antônio de Paula Galvão Barros recebeu com alegria ao pastor José Fernandes e comitiva que iniciou com um delicioso café da manhã e a abertura do templo com louvores e saudações dos pastores presente, e aproximadamente 200 pessoas que registraram com alegria esse momento especial.


12

Ano III - nº 77 - 10 a 25 de Novembro de 2011 Barra do Garças - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

Um NOME para Xavantina

As eleições municipais de 2012 em Nova Xavantina prometem. São muitos, neste início de corrida, os pré-candidatos e aqui destacamos a presença do advogado João Batista Vaz, popularmente conhecido como Cebola e um dos principais nomes de seu partido PMDB naquele município. Ex-assessor parlamentar, Cebola tem livre trânsito nos meios políticos de Cuiabá e Brasília e promete resistência assim que chegar a campanha.

Comunistas na Luta

O pré-candidato a prefeito de Aragarças, Padre Alberto esteve entre os dias 12 a 15 de novembro, ao ladod e outros camaradas do PCB, da Conferência Nacional do Partido. O objetivo, segundo Alberto, “foi o de estabelecer estratégias e táticas da Revolução Socialista no Brasil e avançar na luta contra o capitalismo, neste momento de crise internacional do processo neoliberal que deixa como lucro um rastro de desemprego, perda de direitos sociais e desesperança para a imensa maioria dos trabalhadores”.

ARTE DE VIVER

Professor de marketing, na Univar e proprietário da criativa Oficina da Propoganda que mantém vasta pasta de clientes no Araguaia, Aristóteles Cupolillo dobra a folha de seu calendário em 28 de novembro. Um toque de mídia do Semana.

Boulevard Casamento Comunitário

O simpático casal Iris e Ivone no momento do ‘sim’ do casamento comunitário realizado em Nova Xavantina, em 30 de outubro com a presença do governador Silval Barbosa e de outras autoridades que compareceram para prestigiar aquele significativo evento.

Barra do Garças passa a contar com mais uma casa de nível social situada no requirentado bairro São João. Estamos falando do Buffet que promete despertar interesse na concorrência e quem ganha com isso é a sociedade.


Jornal A Semana 77