Issuu on Google+

Forçada a doar cadeira de rodas Ação Social “ganha” prêmio na Bahia

O juiz Júlio César Molina Duarte Monteiro acatou a Ação Cominatória (sob ameaça de pena) para Cumprimento de Obrigação de Fazer (com Pedido de Tutela Antecipada) impetrada pela Defensora Pública Lindalva de Fátima Ramos que determinou que o município de Barra do Garças arque com o fornecimento de cadeira de rodas.

CIDADE 12

Oda anuncia obras em Pontal do Araguaia A prefeita Divina Oda, (PROS), tem dito nestes 10 meses de governo sobre seu propósito de transformar a condição econômica e visual de Pontal do Araguaia, cumprindo assim uma das promessas feitas em campanha. “E que não seja por falta de projetos, pois temos muitos para entrar em fase de execução. Acho que sou uma mulher de sorte”, brinca. POLÍTICA 4

ANO V - NO 96 - 20/SET A 4/NOV DE 2013 - BARRA DO GARÇAS-MT - FUNDADO EM 01/01/2009 - EMAIL: ASEMANA@ARAGUAIA.NET - WWW.SEMANA7.COM

SEMANA7.COM/SÉRGIO SANTANA

Miguelão encerra sessão sob protestos Em resposta ao corte de ponto dos servidores da rede municipal de ensino, em greve parcial desde agosto, um grupo de professores invadiram na noite de 4 de novembro, o plenário da Câmara de Vereadores de Barra do Garças para cobrar do líder do prefeito Roberto Farias (PSD), Odorico Ferreira Cardoso Neto Professor Kiko (PT) e do presidente da Casa, Miguel Moreira da Silva - Miguelão (PSD), uma posição em defesa do movimento que exige piso salarial de R$ 1.567,00 e reposição em moeda do corte efetuado na folha de pagamento em agosto e setembro. A sessão foi encerrada minutos depois. POLÍTICA 5

Ministério Público reage à poluição ambiental da Estância Bahia Leilões, de Maurício Tonhá (Maurição) ex-prefeito de Água Boa e cotado para o governo de MT JUSTIÇA 9

INTERESSANTENEWS.COM.BR

Pré-candidato ao governo é fisgado em crime ambiental Prefeitos participam de missão na Inglaterra A prefeita de General Carneiro, Magali Vilela, (PSD), viajou esta semana para a Inglaterra em missão cultural a convite do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Mato Grosso (Sebrae) e da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), para divulgar, entre outros, o potencial de cultura e turismo de seu município. Magali Vilela viajou ao lado de outros sete prefeitos

para uma estada de 12 dias no Reino Unido, ocasião em que cada gestor fará apresentação cultural e turística de seus municípios. A prefeita leva em sua bagagem folders dando conta do potencial turístico de General Carneiro e pequenas peças de cerâmica e de artesanato indígena das etnias bororos e xavante, que residem no interior do município. GERAL 8

José Riva critica logística com base em interesses privados

Assembleia de Deus inaugura templos neste final de ano A Assembleia de Deus, do Campo Barra do Garças, fez uma série de inaugurações neste último trimestre do ano como a abertura de um templo, dia 6, no Assentamento Brilhante, em Pontal do Araguaia, outro no Jardim Amazônia (BNH), reformou a igreja no setor Nova Esperança e abriu uma igreja no Jardim Novo Mundo, ambos em Aragarças (GO) e na primeira semana de dezembro deve concluir as obras da unidade do Jardim Nova Barra. CIDADE 13

1ª Copa A Semana de Futsal ESPORTE 15

Ao criticar a prática, o parlamentar justificou a necessidade de os investimentos serem feitos para garantir efetivamente a melhoria no escoamento da produção brasileira. Riva demonstrou preocupação com o estudo realizado pela Macrologística, consultoria contratada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que divulgou levantamento, na semana passada, sobre os 22 projetos prioritários para Mato Grosso, onde não foram incluídos a BR-158 e a ferrovia que interligará os estados de Mato Grosso e Pará.

POLÍTICA 8

Justiça analisa processo que pede afastamento de Roberto Farias

Silval Barbosa inaugura obras da copa em Cuiabá

Tramita na Justiça a Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa, movida pelo Ministério Público, de setembro deste ano contra o prefeito de Barra do Garças Roberto Farias (PSD), ao lado de outros envolvidos no escândalo dos maquinários da prefeitura que foram apreendidas em 23 de março na fazenda Tambori, propriedade do gestor barra-garcense.

O governador Silval Barbosa inaugurou dia 29 a ponte Benedito Figueiredo, sobre o rio Coxipó,no bairro Coophema, a primeira de 56 obras de mobilidade urbana para a Copa do Mundo de 2014. O trecho, de 2.551,67 metros, vai aumentar a capacidade de fluxo de veículos na região Sul, com a ligação da avenida Beira Rio à rua Antônio Dorileo.

JUSTIÇA 10

POLÍTICA 8


Opinião

2

A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

CONTRAPONTO

Em um ano da atual legislatura a Câmara de Barra do Garças bateu recorde de rejeição, caso dependesse da voz popular. Saímos às ruas com a indagação: “Como você avalia os trabalhos da Câmara de Vereadores em 2013?”. Quatro entre cinco abordados apontaram o dedo para a ‘ferida’ “greve dos professores” e para “subserviência” de seus pares ao Executivo local, malgrado àquela Casa ter sido destaque em pesquisa feita e publicada em um jornal de Cuiabá dando conta de que ela está entre as melhores do estado. Ufa!

A Semana no Araguaia é uma publicação de Edição Publicidade. Rua Presidente Vargas, 938 - Sala 1 - Centro - Barra do Garças - Mato Grosso - CEP: 78.600-000 - Fone: (66) 3407-2976 - CNPJ. 10.828.250/0001-78 - Email: asemana@araguaia.net WWW.SEMANA7.COM Diretor Geral: RONAN DE SÁ - (66) 9630-6605 Redação: WANDERLEY WASCONCELOS Conselho Editorial: Wanderley Wasconcelos, Ronan de Sá, Reginaldo Baracho, Adalberto Ferreira da Silva, Sérgio Santana Departamento Comercial: JERUSA HELENA - 9227-2740 SHEILA COSTA - 9292-7336 SÉRGIO SANTANA - 9988-3390 Diagramação e Arte: RONAN DE SÁ Fotos: SEMANA7.COM Infografia: RONAN DE SÁ/SERGIO SANTANA Circulação: Barra do Garças e Vale do Araguaia. Circulação Digirida: Cuiabá, Goiânia e Brasília Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião deste jornal. Os originais impressos recebidos, tenham ou não sido publicados, não serão devolvidos.

AURÉLIO MENDES EM SOLENIDADE DE SUA POSSE EM 01 DE JANEIRO DESSE ANO. POMPAS E CERCA DE 70% DOS VOTOS ARAGARCENSES. 10 MESES DEPOIS PRESO NA OPERAÇÃO TARJA PRETA E AFASTADO DO CARGO DE PREFEITO

Editorial

Claro Esperar mais o quê? Sopro N PAULO WAGNER (*)

De repente ele teve uma sensação que a muito não experimentava, sentia os pés tocar a areia da praia e a brisa do mar percorrer seus cabelos, como uma caricia leve e constante. Foi preciso quebrar a rotina dos dias cinzentos do escritório onde trabalhava, para descobrir que estava vivo, sim estava vivo. A surpresa maior dessa descoberta foi perceber que o ar entrava e saia dos pulmões num fluxo constante, percorrendo os túneis do corpo, um movimento que fazia seu tórax subir e descer como as ondas do mar, sentiu que o mar e a sua respiração faziam parte de um mesmo movimento, um movimento que se expandia para as pequenas e grande coisas ao seu redor. Sentiu que a consciência de sua respiração há muito passava despercebida na avalanche de compromissos e pensamentos que ocupavam sua mente, levando-o para longe do fluxo natural da vida. Descobriu que a simples atenção no ir e vir do ar em suas entranhas, era uma fonte profunda de calma a percorrer mansamente seu corpo e sua mente, dialogando de forma impressionante com o bater do tambor de seu coração. Viu que a respiração era o elo entre seu corpo e seu espirito, entre o mundo exterior e a natureza inominável que se mostrava furtivamente por trás das aparências daquilo que aprendera a chamar de realidade. Percebeu que o encher e o esvaziar de seus pulmões era um ciclo transitório, que por mais que se mostrasse persistente, trazia desde o primeiro suspiro de vida a certeza do fim. Começo e fim eram inseparáveis e faziam parte da mesma natureza, a natureza inexorável da impermanência unindo contração e expansão, vida e morte, passado, presente e futuro num tempo único e sem fim, um eterno agora que, até então, ele não havia sentido com tamanha intensidade, mas apenas como lampejos distantes clareando repentinamente a planície da consciência. Ali sozinho, frente ao mar sentiu a plenitude de sua respiração e pôde ouvir pela primeira vez a voz do silêncio, e pensou de súbito, se Deus tem voz, a sua voz é a voz do silêncio, uma voz que fala sem nada dizer, uma voz que é sem nada ser. E quando abriu por completo seus olhos semi-cerrados percebeu que já era noite, hora de voltar pra casa, levando consigo a certeza que em seu peito batia um coração e que o movimento do mar era o mesmo movimento do ar entrando e saindo do seu corpo, um corpo feito do pó das primeiras estrelas e da memória de todos os seus ancestrais correndo em seu sangue, pulsando em cada célula de seu corpo como uma verdade grandiosa e inexplicável, uma verdade sem qualquer conceito ou predicado que habitava silenciosamente cada grão de areia da praia onde caminhava. (*) Paulo Wagner é professor em Cuiabá, poeta e mestre pela Universidade Federal de Mato Grosso.

ão, os professores não são baderneiros. Este recado cairia bem ao presidente da Câmara de Vereadores de Barra do Garças, Miguel Moreira da Silva – Miguelão (PSD), que encerrou a sessão de 4 de novembro, negando-se ao diálogo com a categoria, parcialmente em greve desde o mês de agosto. A culpa não recai só a esse presidente, mas também a todos os que engrossam a bancada de sustentação do prefeito Roberto Farias (PSD), que naquela casa poderia muito bem atender pelo codinome de Rolo Compressor. A situação da Educação no município é crítica assim que o prefeito anti-greve lançou mão ao corte de pontos, mesmo transgredindo uma medida judicial que o proibia de fazê-lo. Do outro lado do rio, em Aragarças (GO), a situação da Câmara de Vereadores é outra, mas igualmente vergonhosa do ponto de vista social. Deflagrada a Operação Tarja Preta pelo Ministério Público de Goiás que deu um basta na falecida ‘Máfia dos Medicamentos’ e que resultou na prisão de vários prefeitos, entre ele, Aurélio Mendes (PSDB). Sua prisão deixou a população coberta pelo sentimento de derrota ao ver seu prefeito, eleito com 70% dos votos, ser preso, posto depois em liberdade e, por último, afastado do cargo. Seria dever da Câmara Municipal abrir uma CPI para investigar Aurélio Mendes e mostrar que é isenta e dar satisfações ao aragarcense. Não, ela preferiu, por oito votos contra dois, arquivar a ideia. É de gesto indigesto dessa natureza que surge a pergunta que não quer calar na boca do aragarcense: Por quê? Malgrado a esses infortúnios daqui e de acolá, deve haver uma luz no fim desse túnel para os professores de Barra do Garças e para o povo de Aragarças. O segredo para enfrentar esses embates é tocar em frente. Em relação à greve, situação idêntica vivia os professores da rede estadual, quando a Assembleia Legislativa, através do deputado José Riva, apresentou uma matéria suspendendo apreciação de projetos até que se achasse uma solução para dar cabo ao movimento que se estendia em vários municípios do estado. Em Barra o vereador Julio Cesar fez uma indicação idêntica à da AL, que foi aprovada, mas que não vigora diante da intransigência do prefeito local e da subserviência de vários vereadores àquele gestor. Voltando ao deputado José Riva, à frente do projeto de uma ferrovia para interligar Mato Grosso ao Pará, sabe-se que a empreitada corre o risco de

ser preterida, de não sair do papel, para o desespero de muitos que acreditam nesta possiblidade, ainda que remota. Em recentes estudos feitos sobre 22 projetos prioritários para o estado, não foram incluídos no contexto a BR 158 e a Femapa. Comentários dão contam de que existam interesses de corporações econômicas em deixar de lado essas obras que estão aquém da visão daqueles que não conhecem a realidade socioeconômica da região do Vale do Araguaia, cotada como última fronteira agrícola do estado. Por citar Mato Grosso o pré-candidato ao governo e ex-prefeito de Água Boa, Maurício Tonhá, viu sua empresa, a Estância Bahia Leilões, ser fisgada em crime ambiental. O procurador de Justiça, membro do Ministério Público Luiz Alberto Esteves Scaloppe votou no mês de agosto pelo não arquivamento do Inquérito Civil instaurado pela Promotoria local, a quem determina que entre com uma ação para fechar o confinamento de gado, através de uma ação penal e puni-la por danos ambientais. Ainda, na região, a prefeita Magali Vilela, de General Carneiro, Gaspar Lazari, de Confresa, Gilmar Wentz, de Querência e Osvaldo Diehl, de Canarana embarcaram a convite do Sebrae, em missão oficial, para uma visita à Inglaterra e regiões daquele país que são por sua vez exemplos de superação econômica e de empreendedorismo. Agora, voltando a Barra do Garças, reconhecemos que aqui também há novidades na administração municipal. A secretária de Ação Social, Mara Kisner, foi escolhida entre os 50 melhores do país, em sua categoria para recebe este mês o Prêmio Responsabilidade Social, na Costa do Sauipe, em Salvador, na Bahia. É muita distinção enquanto a cidade está minada de moradores de rua que vivem à mingua ou a explorar a caridade pública, dependentes químicos, pedintes em lojas, restaurantes que podem ser somados ao Termo de Ajuste de Conduta (TAC) para que a Prefeitura doe uma cadeira de rodas a um paciente, entre outros. Sintomas desta natureza apontam que nem tudo anda bem na cidade, mesmo que tentem maquiá-la. Para finalizar, no Planalto Central, em Brasília, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizou este ano mais de 60 eleições de prefeitos, muitos deles enquadrados na Lei da Ficha Limpa. A agenda daquela Corte parece prometer surpresas para o ano que vem. Que venha, então.

Moizeis Bernardes, 38 anos, comerciante. “Gostaria de falar bem da Câmara, mas é impossível. Dos 15 vereadores, 12 trabalham a favor do prefeito”.

Cláudio Oliveira, 22 anos, acadêmico de agronomia. “Infelizmente muitos vereadores trabalham em benefício próprio. É preciso mudar em relação à greve dos professores do município”.

Rodrigo Nascimento, 23 anos, auxiliar contábil. “Acho que os vereadores são incompetentes. Falta transparência. Até agora não vi um projeto de relevância. Veja a greve dos professores municipais.”

Jullianna Lacerda, 23 anos, acadêmica de direito. “Os vereadores trabalham para eles mesmos. Não vejo futuro algum nesta gestão”.

Danilo Martins, 23 anos, estudante de contabilidade. “Uma gestão regular, mas fico triste com os vereadores que foram oposição e hoje se omitem em defender a verdade”.


A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

Espinafre

Opinião É só uma agulhadazinha!

Professores O presidente da Câmara de Vereadores de Barra do Garças, Miguel Moreira da Silva – Miguelão, (PSD), preferiu encerrar a sessão de 3 de novembro a ceder à discussão sobre a greve da Educação que se estende desde agosto na rede municipal de ensino. Malgrado o corte de pontos e outros infortúnios, a categoria reivindica também piso salarial de R$ 1.567. Ao invés de chamá-los para um debate, Miguelão, ex-defensor estrênuo que na gestão passada saía em defesa dos interesses dos trabalhadores, agora renega aquele seu passado e salpicou ainda a pecha de “baderneiros” ao grupo que foi à sessão para mostrar de que lado está a bancada que dá sustentação ao prefeito Roberto Farias naquela Casa - que já teve dias melhores.

“Não importa o que os outros fazem da

gente, mas o que a gente faz do que os outros fazem da gente.” Jean-Paul Sartre NÚMEROS

O Brasil possui “11.149 moradias fincadas em aterros sanitários, lixões e áreas contaminadas, 27.478 casas erigidas nas imediações de linhas de alta tensão, 4.198 domicílios perto de oleodutos e gasodutos, 618.955 construções penduradas em encostas. Sinais de precariedade, informalidade, improvisação e até perigo, em graus variados, ajudam a formar o retrato do Brasil desenhado pela pesquisa Aglomerados Subnormais - Informações Territoriais, divulgados nesta quarta-feira, 6, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)”. [Jornal O Estado de S. Paulo]

3

ÁGUA BOA

O prefeito Mauro Rosa (PPS) inova sua gestão ao solicitar à Câmara de Vereadores remanejamento de verba de uma rubrica para outra sem indicar motivos ou finalidade. A bancada de oposição já levantou a voz pedindo explicações. Durma com este barulho que está por vir.

Mirindiba O prefeito Emival Gomes Freitas, (PSD), de Porto Alegre do Norte, não perde tempo e chega, se a situação aperta, a improvisos que chamam atenção dos moradores locais. Em data recente sua Secretaria de Obras lançou mão de um tronco oco de mirindiba (também conhecida por Cuiarana e muirapixi) e não teve dúvida em utilizá-lo feito manilha em um bueiro numa vicinal do município, Estrada do Mineirinho, que liga a cidade à MT 430, que demanda à região do Xingu. Em tempo, segundo informou a assessoria de Emival, “a árvore estava caída”.

PASSAPORTE

BASTIDORES

O senador Pedro Taques já articula comandos para sua campanha de 2014 no Vale do Araguaia. Nenhum nome citado até agora. Trabalho de bastidores daqueles que sabem e fazem agora.

ORÇAMENTO

Foi sucesso de público a festa do peão de Pontal do Araguaia. Cerca de 10 mil pessoas prestigiaram o evento, mas se queixaram dos preços da entrada avulsa, R$ 30, estacionamento R$ 10, água mineral R$ 5, cerveja R$ 5. Preços altos para dias bicudos.

CAPUZ

Quem apareceu a valer na Operação Tarja Preta, até mesmo no Jornal Nacional, foi o prefeito afastado de Aragarças, Aurélio Mendes, pelo fato de fazer da camisa Capuz para resguardar a cabeça. Melhor tivesse encarado as câmeras.

Para quem acompanha os relevantes trabalhos da Câmara de Vereadores de Barra do Garças atentem para seu orçamento anual: R$ 300 mil.

CANDIDATOS

São muitos os que pretendem disputar ano que vem a presidência da Câmara de Barra do Garças. Por enquanto anote estes: Julio Cesar, Paulo Raye, Celso Souza, Coronel Barbosa, João Rodrigues.

POSIÇÃO

Apesar dos embates, continua firme o líder sindical Omar Cirino de Souza, presidente da subsede do Sintep em Barra do Garças. À frente do movimento de greve da rede municipal de ensino, que já ultrapassa oitenta dias, Omar reclama da indiferença do prefeito Roberto Farias (PSD) e da secretária de Educação Fátima Resende (PT).

CANDIDATOS

PROFESSOR

Para quem não sabe, o ex-prefeito de Aragarças, Marcão (PT), voltou à lousa e giz em grande estilo. Ao que parece o poder não contaminou sua vida econômica.

ARREMATE

Contra O vereador João Rodrigues de Souza (PSB) disse que não acredita na honestidade de seu ex-companheiro de partido Valtenir Pereira, que deixou o PSB e migrou para a bancada do PROS.

Pediu para sair o secretário de Finanças de Aragarças, Arthur Mendes, irmão do prefeito Aurélio Mendes. Este último foi afastado do cargo por determinação da Justiça, depois de ter sido preso dia 15 e posto em liberdade dia 22, no miolo da Operação Tarja Preta do Ministério Público de Goiás.

O jornal O Popular, de Goiânia, estampou em sua capa a manchete com a proporção de candidatos por vaga no vestibular da Universidade Federal de Goiás (UFG). Pelo andar da corruagem o inscrito no curso de medicina terá que disputar a vaga com outros 99 aspirantes a médicos. Para licenciatura as coisas não andam assim tão pesadas, apenas um candidato por vaga.

ORÇAMENTO

Em torno de 68% do orçamento da Prefeitura de Barra, de um total de R$ 90 milhões, é engessado, ou seja, com aplicação pré-determinada por Lei.

BUEIROS

A chuva de domingo à tarde (27/10) serviu para mostrar a eficiência dos bueiros em vários setores da cidade. Uma lástima.

incompentente é o senhor aprova tudo em ‘broco’. Uma professora grevista se referindo à dicção do presidente da Câmara de Barra do Garças - Miguel Moreira da Silva - Miguelão

Vexame O gabinete do prefeito de Vila Rica, Luciano Alencar, (DEM), foi palco de socos e safanões numa reunião realizada dia 31 para discutir plano de cargos e salários de educadores da rede municipal de ensino que ora se encontram em greve. O vereador Jeovan Rios, (PSD), na tentativa de acertar seu colega de parlamento Lázaro Gonçalves (PTB), terminou por desferir um soco na secretária de Educação, Guiomar Rita. Passado o vexame Jeovan disse que tudo não passou de uma discussão, embora o caso tenha se transformado em boletim na Polícia Civil. Se a moda pega, a de se resolver problemas na base do soco, o brilho de certos parlamentos vão se transformar em quadrilátero, octógono, e passa a vencer então aquele que tiver mais força física em substituição ao diálogo. Óbvio retorno à Idade Média. Glória Ultrajada Quem te viu e quem te vê, Miguelão. Ex-defensor das causas populares, presente em todos os embates quando pertencia as fileiras do PTB. Qualquer escorregão, de quem quer que fosse lá estava o vereador em defesa dos humilhados e dos ofendidos. Só de uma coisa, Miguelão, o povo de Barra do Garças reconhece em você, o de ser um homem capaz de trair a si próprio. Com as eleições do ano passado e sua guinada para o PSD, sua ascensão à presidência da Câmara, todo o mundo ficou diminuído ao seu derredor. Você alcançou os píncaros da glória, mesmo sem conseguir ser prefeito de Barra, coisa que não influencia em nada o caráter de um verdadeiro político e, muito menos ser presidente do Legislativo sem voz própria, que não se caracteriza diante da grita popular. Foi ridículo vê-lo suspender a sessão em que os professores, em greve, ocuparam esta sua Casa e o senhor, sem possiblidade de diálogo, suspendeu a sessão. Seu futuro político está bichado, porque são poucos os que se esquecem de presepadas dessa envergadura, a de chamar os professores de ‘Baderneiros’. O Sintep repudiou seu gesto. Pena que a Secretaria Municipal de Educação não tenha feito o mesmo. É só uma agulhadazinha. Ouvido Público Não se sabe de onde saiu a permissão para que sons automotivos, principalmente Baiano Doido, grite por toda a cidade, à força de seus pulmões, os reclames de seus clientes que se acentuam mais, para o desespero de muitos, neste final e ano. Ninguém é contra som automotivo, desde que se respeite os decibéis estabelecidos em Lei. Enquanto nenhuma autoridade se manifesta a este respeito, a campanha de Natal se aproxima e o aquecimento de vendas termina por anunciar aos quatro ventos da cidade as promoções convencionais a este período de boas festas e de consumo desmedido. Em tempo, propaganda nãos e faz no grito, mas com estratégias. É só uma agulhadazinha. Sal no Baé Os preços estão salgados em bares do complexo turístico do Porto do Baé, em Barra do Garças. Àquele que seria o local para acolher a comunidade, o povo pobre, o trabalhador, se transformou em local para a elite, caso exista esta classe em Barra. Os preços ali praticados afastam são insuportáveis ao bolso do assalariado. Apenas para citar um exemplo, no Caribe (um bar daquele setor) uma cerveja original custa R$ 8 e mais oitenta centavos de reais para recebê-la à mesa, (a taxa do garçom), que não é prevista em lei no município. Sem contar tudo isso, paga-se ainda R$ 4 a título de couvert artístico. Noite destas um grupo de jovens sentaram-se à mesa caribenha, tomaram oito cerveja e um deles tomou dois cozumel. A conta: R$ 150. Muito para os padrões da cidade. É só uma agulhadazinha.


4

A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

EQUIPAMENTOS

Oda anuncia obras em Pontal do Araguaia SEMANA7.COM/SÉRGIO SANTANA

ODA: À FRENTE DE NOVOS PROJETOS EM PONTAL DO ARAGUAIA SEMANA7.COM Wanderley Wasconcelos

SEMANA7.COM/SÉRGIO SANTANA

A prefeita Divina Oda, (PROS), tem dito nestes 10 meses de governo sobre seu propósito de transformar a condição econômica e visual de Pontal do Araguaia, cumprindo assim uma das promessas feitas em campanha. “E que não seja por falta de projetos, pois temos muitos para entrar em fase de execução. Acho que sou uma mulher de sorte”, brinca. Segundo disse, todos os setores de sua gestão são prioritários. “Não estamos focado em um só objetivo, mas em todos que venham de encontro à realização, ao bem comum da população da cidade e também do interior do município” que ela diz conhecer como poucos. Neste final de outubro, junto com sua equipe de trabalho realizou a Festa do Peão de Boiadeiro que foi sucesso de público com média de 2.500 pessoas em cada uma das quatro noites. Bem articulada nos meios políticos de Cuiabá e Brasília, Divina Oda conseguiu R$ 80 mil do governo estadual para aquela festa. De seus projetos ela cita inicialmente a rotatória onde era o pátio do Posto Fiscal da Sefaz que foi retirado provisoriamente para a Avenida Valdon Varjão, próximo ao terminal rodoviário, em Barra do Garças, até que se estabeleça, em definitivo, na altura do Distrito Industrial. O projeto arquitetônico está sendo feito pelo escritório do arquiteto Dionísio Carlos e consta de um obelisco e pórtico de entrada à cidade que segundo disse, “precisa ser vista por quem faz a travessia entre os estados de Mato Grosso a Goiás. Por mais curiosa que seja a pessoa ela avista apenas uma avenida, mas sem nenhuma indicação de que seja uma cidade”, avalia. O terreno do antigo Posto Fiscal pertencia à Fundação Brasil Central (FBC) que foi cedido ao município pela Sudeco, do Ministério

da Integração, através de intervenção do deputado federal Valtenir Pereira (PROS), de Baiano Filho (PMDB) e Wellington Fagundes (PR). Divina Oda diz que vai duplicar a Avenida Universitária, desde o entroncamento com a BR 070 ao campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com iluminação central e orçada em R$ 2 milhões, com recursos da Secretaria de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu). O projeto deve ser protocolado até o final deste ano, conforme assinalam “os parceiros do município”, no dizer da prefeita ao citar os deputados Fagundes e Baiano Filho. Com a Secretaria de Estado de Turismo a Prefeitura de Pontal conseguiu recursos da ordem e R$ 2,2 milhões que servirão para asfaltar o trecho de 15 quilômetrosque liga a cidade à Praia das Araras, na altura da Volta Grande, no rio Garças. Outro projeto com a Secretaria de Obras, no valor de R$ 1,5 milhão será para a construção de um Parque Turístico, de 29 mil metros quadrados, com direito a quiosques, quadras de areia, entre outros. Ao lado desse Parque Turístico será construído um Centro de Referência e Assistência Social (Cras) com orçamento de R$ 297 mil pela Secretaria de Assistência Social. “Conseguimos fazer este ano calçadas, reforma de escolas, postos de saúde, drenagem, pavimentação e ruas no Araguaia Center. No interior serão construídas cinco pontes pelo governo do estado e 10 em estradas vicinais do município”, diz a prefeita. Assim como outros políticos que engrossavam as fileiras do PSB na região, Divina Oda migrou para o Partido Republicano da Ordem Social (PROS), que abriga o deputado federal da bancada mato-grossense Valtenir Pereira. “Mudei de partido, mas minha posição e convicção política são as mesmas. O que tiver que ser feito independe de partido, eu farei”, diz.

TRÂNSITO AFOGADO NA TRAVESSIA DE GOIÁS PARA MATO GROSSO COM SOLUÇÃO À VISTA, DEPOIS DA CONSTRUÇÃO DA ROTATÓRIA

General recebe reforço no maquinário SEMANA7.COM/SÉRGIO SANTANA

SEMANA7.COM Wanderley Wasconcelos

A prefeita de General Carneiro, Magali Vilela, (PSD), anunciou para este final de ano a construção de 22 casas populares do programa do governo federal Minha Casa Minha Vida, destinada a pessoas de baixa renda, previamente inscritas na Secretaria de Ação Social do município. Por telefone a prefeita Magali Vilela disse à reportagem que General Carneiro foi contemplado por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) na lista de 72 municípios do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e recebeu neste final de mês uma retroescavadeira que será destinada para atender pequenos produtores em comunidades do interior. Na solenidade de entrega estavam presentes o governador Silval Barbosa e seu secretário de Agricultura, Meraldo de Sá, entre outras autoridades do setor. Magali deixou o local com a promessa de que

ASSSESSORIA

TRABALHO

AO CENTRO MAGALI VILELA EM FRENTE MÁQUINAS DOADOS A MUNICÍPIOS: UMA PARA GENERAL CARNEIRO

receberá nos próximos dias um caminhão e uma patrola (niveladora). Voltando a sua cidade a prefeita disse que já foi aprovada pelo Dnit a duplicação

da avenida central de General Carneiro e do distrito de Paredão Grande. Em General será construída uma passarela de cruzamento da avenida e lombadas eletrônicas.

A Prefeitura de General Carneiro encerrou as atividades do mês com uma festa para o servidor público do município que se comemora em 29 de outubro.

EDUCAÇÃO

Julio Cesar pede à Câmara que vote projetos do executivo somente depois que prefeito resolver impasse da Educação SEMANA7.COM Wanderley Wasconcelos

Um grupo de professores do município que se encontra em greve fez na noite de quinta-feira (7) uma manifestação pacífica no Teatro Fernando Peres por ocasião de um evento organizado pela Secretaria Municipal de Educação (Pacto pela Educação), para protestar contra a indiferença do prefeito Roberto Farias (PSD) e de sua secretária Fátima Resende (PT), mas sem êxito algum no que diz respeito ao diálogo entre as partes. Em data recente o vereador Julio Cesar, (PSDB), apresentou uma indicação que foi aprovada pela Câmara de Barra do Garças, onde solicitou à Mesa Diretora que não tramitasse matérias do Executivo enquanto não fosse resolvida a situação dos servidores da rede municipal de ensino que se encontram em greve desde o mês de agosto. Uma medida semelhante ocorreu na Assembleia Legislativa quando o ex-presidente José Riva (PSD) aprovou uma matéria que tirava de pauta os projetos do governo estadual que viu-se forçado a sentar-se com os professores da rede estadual para um acordo e a consequente suspensão da greve que se estendia por vários municípios do estado. Em Barra do Garças a situação é diferente. O prefeito Roberto Farias, até o fecha-

SEMANA7.COM/SÉRGIO SANTANA

Política

TENTA DE PROFESSORES PARA COLETAR DOAÇÕES EM DIAS BICUDOS DA GREVE DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

mento desta edição, mostrava-se irredutível a qualquer diálogo com os professores, ou mesmo com a diretoria do Sintep que estendeu, inclusive, uma Moção de Repúdio a sua administração, pela indiferença ao movimento da categoria. O presidente da subsede do Sintep em Barra do Garças, Omar Cirino de Souza, disse numa entrevista por te-

lefone ao jornal A Semana que a esperança da categoria “está no julgamento de uma Ação Civil Pública”, apresentada pelo Ministério Público, para fazer valer o piso salarial de R$ 1.567. “Do prefeito, de parte dos vereadores e da Secretaria de Educação do município temos recebido apenas indiferença”, ressalta. Com mais de 80 dias de paralisação o movimento tem

sofrido retaliações “a começar pelo corte de pontos”, conforme frisou Julio Cesar, e que levou muitos da categoria à porta do Banco do Brasil, na região central de Barra do Garças, a baixarem acampamento numa barraca para recolher alimentos às famílias de educadores mais afetadas pela falta de dinheiro e a indiferença do prefeito Roberto Farias.

ORÇAMENTO

Prefeito pede a Câmara autorizar remanejamento de verbas FOTO: ÁGUABOANEWS

SEMANA7.COM Wanderley Wasconcelos/Ronan de Sá

O prefeito de Água Boa, Mauro Rosa da Silva, em mensagem à Câmara Municipal em outubro submete à apreciação dos vereadores o Projeto de Lei 1234, desse ano pedido de autorização ao Poder Executivo para abrir crédito adicional suplementar, bem como transpor e remanejar recursos orçamentários de uma categoria econômica para outra e de um órgão para outro. Em caráter de ‘urgência urgentíssima’, conforme frisa o documento assinado pelo prefeito e pelos secretários de Planejamento e Finanças, Fábio Tadeu Weiler e de Administração, Luiz Omar Pichetti, reconhece ser vedado o estorno de verbas, remanejamento, transposição ou transferência de recursos de uma categoria de programação para outra ou de um órgão para outro sem prévia autorização da Câmara de Vereadores. Como tem maioria na Câmara a mensagem ao Projeto de Lei foi aprovada, embora uma emenda da bancada de

PREFEITO DE ÁGUA BOA, MAURO ROSA: EM PAUTA REMANEJAMENTO DE VERBAS SEM PRÉVIA DESTINAÇÃO

oposição determine que qualquer remanejamento de recursos seja mandado com antecedência para ser analisado pelos vereadores, conforme disse o relator da Comissão Geral, Erik Rodrigo Jesus da Silva.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) permite que 20% do orçamento do município sejam remanejados, mas através de decreto. O crédito adicional a que pede a mensagem do prefeito Mauro Rosa

da Silva são de outros 20% que nos cálculos do vereador Erik ultrapassa a casa dos R$ 12 milhões se considerado o orçamento anual do município, em torno de R$ 60 milhões.


A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

5

Política

EDUCAÇÃO

Miguelão encerra sessão sob protesto de professores SEMANA7.COM/SÉRGIO SANTANA

PROFESSORA DO MUNICÍPIO, EM GREVE, DISCUTE DURANTE SESSÃO COM O LÍDER DO PREFEITO, PROFESSOR KIKO (PT), POR SUA VEZ EX-LÍDER SINDICAL DO SINTEP, MAS AGORA EM DEFESA DE OUTRA BANDEIRA

Em resposta ao corte de ponto dos servidores da rede municipal de ensino, em greve parcial desde agosto, um grupo de professores invadiram na noite do dia 4, o plenário da Câmara de Vereadores de Barra do Garças para cobrar do líder do prefeito Roberto Farias (PSD), Odorico Ferreira Cardoso Neto – Professor Kiko (PT) e do presidente da Casa, Miguel Moreira da Silva – Miguelão (PSD), uma posição em defesa do movimento que exige piso salarial de R$ 1.567,00 e reposição em moeda do corte efetuado na folha de pagamento em agosto e setembro. A sessão foi encerrada minutos depois. Os professores em greve, segundo o presidente da subsede do Sintep em Barra do Garças, Omar Cirino de Souza, conseguiu reunir-se uma só vez com o prefeito Roberto Farias que tem se mostrado irredutível ao diálogo com os grevistas. Sem êxito junto ao Executivo o movimento ancora suas reivindicações junto à Câmara de Vereadores que, salvo algumas exceções, faz o que determina a bancada de sustentação do prefeito,

também conhecida como rolo compressor. A manifestação dos professores, precedida de apitaço, terminou em bate-boca que favorece a unificação da classe e que poderá levar todos os professores do município à greve a que o prefeito Roberto Farias tanto abomina. As farpas maiores ficaram para o Professor Kiko, a quem os educadores tinham na conta de líder sindical e do presidente Miguelão, que na gestão passada foi arguto defensor dos interesses dos trabalhadores no município. No auge da discussão o presidente Miguelão terminou por chamar os professores de baderneiros e pediu a um cinegrafista da TV Serra Azul, em gesto intimidatório, que filmasse “a cara” de cada professor para depois ser avaliado pela Secretaria Municipal de Educação. Ao rebater os manifestantes o presidente cometeu o desvario de lembrar que a Câmara a que preside foi apontada em pesquisa como uma das melhores de Mato Grosso, não sem antes ouvir de seu colega de parlamento, o ex-prefeito Paulo César Raye de Aguiar: “O presidente não pode ignorar o que está acontecendo”.

Oposição na Câmara ao lado dos professores em greve SEMANA7.COM/SÉRGIO SANTANA

SEMANA7.COM Da Redação

VEREADOR DOUTOR JOÃOZINHO: CONTRA MERITÓCRACIA SEMANA7.COM Da Redação

O vereador João Rodrigues de Souza (PSB) disse que apoia a greve dos professores da rede municipal de ensino de Barra do Garças e assinala ser preciso “romper

os sistemas preestabelecidos para se chagar a um diálogo favorável para ambas as partes, este é o princípio da eficiência da administração pública”. Doutor Joãozinho, como é conhecido, faz parte da bancada de oposição da Câmara de Vereadores ao lado

de Reinaldo Silva (Chocolate) (PMDB) e Julio Cesar (PSDB), quase únicos a levantar a voz contra o rolo compressor da bancada de sustentação do prefeito Roberto Farias (PSD). Na sessão de 28 de outubro, um grupo de professores que encabeçam a greve parcial da classe no município fez uma visita ao plenário quando jogaram seus desafetos contra o professor Kiko, ex-líder sindical, agora líder do prefeito que se mostra irredutível ao diálogo, a sentar-se com os professores para se chagar a um denominador que possa aliviar a aflição social diante do impasse causado de um lado pelo movimento paredista e, de outro, pela insensibilidade do prefeito que teve como aliado de peso nas eleições do ano passado o Partido dos Trabalhadores (PT). Dependesse de Joãozinho ou de sua bancada ideologia governativa, a meritocracia da atual gestão seria trocada pelo princípio da eficiência que por sua vez, segundo disse, afugenta a má qualidade dos

serviços prestados. “O que pedem os professores, o piso salarial, causaria um impacto ínfimo na folha de pagamento do município. Esse governo precisa ter gestão e estipular prioridades”, diz. O vazio provocado pela ausência de um representante dos professores na Câmara de Vereadores está sendo preenchido pelos que ousam defender o movimento como é o caso da bancada de oposição. O jornal A Gazeta do Vale do Araguaia disse em editorial que “as greves na educação tornaram-se um patrimônio da anarquia petista”. Esqueceu-se o editorialista que o PT no município é contra qualquer greve que afete em um dígito que for a administração municipal. Cobertos pela razão os professores recorrem ao seu ex-líder Kiko, mas sem êxito até aqui. Joãozinho defende a tese de que o espaço “não pode ficar vazio e, muito menos, achar que ninguém pode ocupá-lo, já que na crítica faz bem à democracia, não é uma questão pessoal”, analisa.

Professores em greve tentam impedir corte de pontos SEMANA7.COM Da Redação

Uma comissão de professores da rede municipal de ensino de Barra do Garças bateram à porta do Ministério Público no meio da tarde de 29 de outubro para pedir a intervenção da Justiça para que o prefeito Roberto Farias,

segundo disse o presidente da subsede do Sintep local, Omar Souza, “cumpra a liminar que impede que ele faça o corte de pontos da categoria que insiste permanecer em greve”. Já são contados mais de 80 dias de greve “e só nos sentamos uma vez com o prefeito que se retirou antes de terminarmos a reunião; desconver-

sou e fez promessas vazias” disse o líder sindical Omar Souza que não esconde a decepção de tê-lo apoiado nas eleições municipais do ano passado, assim como o Partido dos Trabalhadores (PT). Ele diz que a liminar que garante o salário integral dos professores em greve “é de setembro, o que não impediu o

prefeito de cortar à revelia o ponto desses servidores na folha de pagamento de outubro. É por isso que estamos aqui, para pedir que ele cumpra a medida judicial”. Omar disse ainda que o grupo em greve (cerca de 70 professores) articula não repor as aulas e, segundo ele, pensam até em renunciar o ano

Sintep endereça Moção de Repúdio a Roberto Farias SEMANA7.COM Da Redação

Os trabalhadores da rede estadual de ensino, reunidos em assembleia em setembro, em Cuiabá, aprovaram Moção de Repúdio ao prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias (PSD) e à secretária de educação do município, professora Fátima Resende, sob alegação de que os professores da rede municipal não recebem ainda o piso salarial deR$ 1.567, disposto em Lei desde 2008. A direção do Sintep ressalta no documento que há repressão ao movimento em greve no município e cita como exemplo o “corte de ponto dos salários da categoria no exercício de seus direitos, na luta

pela valorização profissional e educação de qualidade social para os alunos”. Irredutível, o prefeito (até o fechamento desta edição) insistia em não ceder aos reclames dos professores, cujo apoio do Sintep a sua eleição em 2012 foi incondicional. Muitos, entre eles, se queixam de tê-lo apoiado na campanha em que venceu por W.O. A indignação generalizada entre os grevistas ao prefeito Roberto Farias se estende também em direção à secretária Fátima Resende, que antes deste governo se unia a movimentos desta natureza, mas agora se mostra, pelo decorrer desta greve que se estende desde agosto, irredutível à grita geral de seus colegas de lousa

e giz, na subordinação clara do trabalho ao capital. O vereador Julio Cesar que espera pelo desfecho da greve que seja favorável aos professores diz lamentar que o prefeito não se lembre mais do que prometera em campanha à categoria. Sobre a secretária Fátima Resende, que Julio Cesar recorda ter sido uma líder do Sintep, vereadora por dois mandatos com apoio de seus companheiros “hoje parece indiferente a esses reclames”, diz. O vereador disse também de sua preocupação em relação ao ano letivo de muitas crianças. “Espero que ocorra tudo bem”. Em data recente ele apresentou uma indicação pedin-

do que a Câmara de Vereadores, a exemplo da Assembleia Legislativa do estado só voltasse do recesso depois de resolvido o problema dos professores. “Foi aprovado meu pedido, mas ninguém fala mais nisso”. A subsede do Sintep que representa os professores em greve entrou com um pedido à Justiça para que os profissionais em greve não fossem punidos com o corte de ponto patrocinado pelo prefeito Roberto Farias. O juiz acatou, mas os pontos foram cortados. “O que tenho notado em tudo isso é a boa vontade dos professores de sentarem à mesa para um diálogo franco com o prefeito. É uma tarefa difícil”, avalia o vereador.

letivo. “O prefeito que encontre profissionais para fazer a reposição. Nós pretendemos propor esta medida”, disse ele em tom indignado. O sindicalista reconheceu também que é “preciso muito fôlego para tocar uma greve de mais de 80 dias”. No Ministério Público de Barra do Garças a reclamação dos professores

foi peticionada e uma cópia será encaminha à Procuradoria Geral, em Cuiabá. Entre as reivindicações dos professores, além e reaver o que foi subtraído em seus ordenados através do corte de ponto feito pelo prefeito Roberto Farias a categoria pede ainda o piso salarial e R$ 1.175 para 30 horas semanais e R$ 1.567 para 40 horas. INTERNET

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: FÁTIMA RESENDE (PT)


Política

6

A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

EX-PRESIDENTE

TORIXORÉU

Odoni viabiliza ônibus para transporte escolar O prefeito de Torixoréu Odoni Mesquita Coelho recebeu em Cuiabá dois ônibus escolares do Programa Caminho da Escola, do FNDE. Cada veículo tem capacidade para 48 lugares. “O governador Silval Barbosa prometeu que vai renovar em 100% da frota escolar”, disse Odoni que reconhece os esforços da Secretaria Municipal de Educação, Lenir Neves Nunes Viana, empreendidos nesta conquista. Com recebimento desses ônibus, Torixoréu terá 50% da frota renovada para o transporte de estudantes da zona rural. “Estamos satisfeitos por ser mais um passo para assegurar uma educação de qualidade aos estudantes e, além disso, ônibus novos dão mais segurança aos alunos”, disse Lenir Neves. Essa conquista, segundo a assessoria da prefeitura, pertence também ao vice-prefeito Rafael Sá e dos vereadores, Neucy Pimentel, Marlon Bengala, Preguinho, Robson-Ney, Robson Bizerra, Lúcia Rocha, Osvaldo Cotraço, Deon Nunes e Juca do PV. AGRICULTURA

ASSESSORIA/TCE Andréia Medeiros

O então presidente da Câmara dos Vereadores de Barra do Garças, Rodrigo Ragiotto, foi condenado por ato de improbidade administrativa a pagar quase R$ 40 mil de multa. Ele também teve os seus direitos políticos suspensos por cinco anos e ainda está proibido de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios pelo mesmo período. A sentença foi proferida em ação civil pública proposta pela 2ª Promotoria de Justiça Cível de Barra do Garças. A ação foi proposta em novembro de 2009 com base no acórdão 3.049/2007 proferido pelo Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE) – o qual constatou que os empenhos emitidos pela Câmara no período de janeiro a julho de 2007 – referentes ao consumo de água mineral nas dependências do Poder Legislativo, ultrapassava a média em relação ao número de servidores. De acordo com o MPE, a média de consumo de água pelos 39 servidores, já incluso os vereadores, foi de pouco mais de R$ 44 mil. Cada servidor teria gasto um montante de R$ 1.129,55 em sete meses, considerando que o valor do garrafão de água seja R$ 7. Após essa análise, ficou constatado que cada servidor consumiu mensalmente 27 garrafões de água, um consumo mensal de 540 litros de água. Em razão do cálculo, e diante da ausência de licitação para escolha do menor preço, a irregularidade foi constatada no TCE. Levando em consideração, que cada pessoa toma em média 2 litros de água diariamente, o que por mês – média de 22 dias – toma-se 44 litros. Diante disso, concluiu-se que por mês, cada servidor tomou 496 litros de água acima do consumo diário. Além da questão da água,

SÁGUAS MORAES E O PREFEITO DE TORIXORÉU ODONI (NO CENTRO): TUDO PELO TRANSPORTE ESCOLAR

fase do programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). O prefeito Odoni Mesquita Coelho esteve presente à solenidade onde recebeu das mãos do governador Silval Barbosa as chaves de uma retroescavadeira que, segundo disse, será para “atender produtores rurais do município e abertura e reformas de estradas vicinais”. A concorrida entrega de máquinas agrícolas aos prefeitos contou com a participação ASSESSORIA

A administração de Torixoréu foi incluída entre os municípios mato-grossenses que receberam maquinários do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) pela segunda

ASSESSORIA

A SEMANA NO ARAGUAIA com ASSESSORIA asemana@araguaia.net

Ragiotto é condenado por prática de improbidade

AO FUNDO GOVERNADOR SILVAL BARBOSA: CONSÓRCIO DE MAQUINÁRIOS

do secretário de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar, Meraldo Sá. O prefeito Odoni Mesquita, que estava acompanhado pela primeira-dama Inês Moraes Mesquita Coelho, disse ao secretário vai trabalhar muito para recuperar estradas em seu município. PLANO SAFRA O governo federal lançou neste início de mês o Plano Safra para a Agricultura Familiar em Mato Grosso. No total, foram destinados R$ 800 milhões para o Estado. O recurso vai ser usado no fortalecimento do setor, por meio de crédito, Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) e compras públicas, entre outras ações. Na cerimônia de lançamento do Plano realizada na Central de Abastecimento da Agricultura Familiar, em Várzea Grande, foram entregues 30 retroescavadeiras e 33 moto niveladoras. O diretor do Departamento de Geração de Renda e Agregação de Valor do Ministério do Desenvolvimento

Agrário, Nilton Pinho de Bem disse: “Estamos apoiando o desenvolvimento da agricultura familiar no estado. O PAC 2 atenderá aproximadamente 140 cidades de Mato Grosso com até 50 mil habitantes. O governador Silval Barbosa salientou na ocasião que um dos principais problemas de Mato Grosso é a logística e que com a entrega dos maquinários é possível arrumar as estradas, consolidar a infraestrutura e fortalecer a agricultura familiar. Os municípios beneficiados com maquinários são: Alto Garças, Alto Paraguai, Aripuanã, Barra do Bugres, Canarana, Cocalinho, Colniza, Cotriguaçu, Feliz Natal, Guirantinga, Ipiranga do Norte, Jaciara, Jauru, Nortelândia, Nova Nazaré, Nova Olímpia, Nova Santa Helena, Nova Ubiratã, Nova Xavantina, Planalto da Serra, Pontal do Araguaia, Pontes e Lacerda, Porto dos Gaúchos, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, Rondolândia, São José do Rio Claro, Serra Nova Dourada, Tapurah, Terra Nova do Norte, Tesouro, Vale do São Domingos e Vila Bela da Santíssima Trindade.

CELULAR

Usuários de Barra do Garças comparecem à CPI da Telefonia

RIBEIRÃOZINHO

PROFESSOR MARCOS OTIMISTA EM RELAÇÃO AO MT INTEGRADO

O prefeito de Ribeirãozinho, Aparecido Marques Moreira, mais conhecido como Professor Marcos, é um entre os otimistas em relação a pavimentação da MT 100 e cuida de avisar que seu entusiasmo não é ocasional porque surgiu antes das audiências públicas e articulações políticas para questionar possibilidades dessa obra se tornar realidade. A previsão e entrega da obra é para 2014, “o que não nos impede de já começarmos nossos contatos com empreendedores, seja no setor de agricultura, de comércio ou pecuária. Nosso município é bem situado, próximos às capitais Cuiabá e Goiânia, o que facilita muito na visão das pessoas que já investem aqui”, diz o professor Marcos. Não se tem dúvida de que o MT Integrado seja o maior programa de governo realizado até aqui e abarca uma região, o Vale do Araguaia, que há quatro décadas ficou

Vereador Neto cria projeto de coleta seletiva Foi sancionado o Projeto de Lei do vereador Geralmino Alves Neto (PSD) que dispõe sobre a implantação da coleta seletiva de óleo vegetal usado, em creches, escolas públicas e particulares, restaurantes, lanchonetes e bares da cidade. A Prefeitura de Barra do Garças

terá prazo de seis meses para firmar convênio com empresas ou cooperativas interessadas em participar dessa ação ecológica para depois regulamentar a coleta. O objetivo do projeto, segundo o vereador, “é canalizar de forma positiva o descarte de óleo vegetal, depois de sua utilização em frituras”, diz doutor Neto, conforme é conhecido pela

comunidade local. Esse óleo, se lançado no meio ambiente, por ser menos denso que a água, forma uma película sobre ela, provoca a retenção de sólidos, problemas de drenagem quando despejados em pias, vasos sanitários ou tubulações de esgotos. Em córregos e rios a película formada pelo óleo de cozinha dificulta a troca de

A CPI da telefonia móvel, presidida pelo deputado Nininho (PR) teve durante o dia 30 de outubro na Praça dos Garimpeiros em Barra do Garças para ouvir os consumidores locais quanto à qualidade ou não dos serviços prestados pelas operadoras de telefonia. Na cidade o recorde de reclamação ficou para o pagamento indevido por serviços que não funcionam. Barra foi a 12ª cidade visitada pela CPI e encerrou o ciclo junto à comunidade usuária. Agora, nos próximos 15 dias os membros da comissão vão compilar as informações e devem iniciar as oitivas com os representantes das operadoras Oi, Tim, Claro e Vivo. Foram ouvidos cerca de 2,5 mil usuários em todas as regiões de Mato Grosso. Além de Barra do Garças a CPI ouviu usuários nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Primavera do Leste, Tangará da Serra, Juína, Cáceres, Pontes e Lacerda, Sorriso, Sinop, Alta Floresta. O trabalho da CPI acon-

praticamente entregue à própria sorte e de suas estradas que em período de chuvas respondiam pelo codinome ‘atoleiros’, desvios, paciência e resignação diante do caos que se estabelecia como regra inevitável. A ligação por asfalto Ribeirãozinho - Pontal do Araguaia, de 104,8 Km vai facilitar a vida de muitos, principalmente produtores de um lado e de outro da MT 100. “Com a chegada desse asfalto nossa logística de transporte e locomoção está perfeita e vai viabilizar economicamente nosso município com geração e novos empregos e inserção no mercado competitivo”, diz. Na última safra de grãos no município de Ribeirãozinho foram plantados 18 mil hectares. Com a chegada do MT Integrado esse número, segundo expectativa local, deve subir para mais de 30 mil hectares. A demanda por novas áreas de plantio coincide com o asfalto da MT 100 e a consequente facilidade de escoamento da próxima safra.

AMBIENTE

SEMANA7.COM Da Redação

ASSESSORIA COM REDAÇÃO asemana@araguaia.net

gases entre água e atmosfera, causando a morte de peixes e outros seres vivos. Um litro de óleo tem possiblidade de contaminar 40 mil litros. O óleo saturado serve, entre outros, para fabricação de esmalte sintético, detergente e sabão. As residências não serão obrigadas a participarem do projeto, contudo, serão bem-vindas se aderirem a esse programa de resgate ambiental.

tece simultaneamente em 18 estados brasileiros e deve culminar com um novo marco regulatório da telefonia no país. Entre os problemas a serem solucionados, além das reclamações diretas dos consumidores, segundo o presidente da CPI, deputado Nininho, está alto índice de sonegação praticada pelas empresas que operam a telefonia, cerca de R$ 800 milhões em ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) que deixam de entrar nos cofres públicos só em nosso Estado. O Procon de Barra do Garças informou que a cobrança indevida é o principal motivo de queixas na cidade, seguida por serviços não concluídos, alteração contratual de forma unilateral, serviços não fornecidos, deficiência de atendimento no SAC, não envio de fatura, serviços em desacordo com as normas da lei , demora no desbloqueio de aparelho e o último no ranking, a venda casada. Nos próximos dias, a CPI da telefonia vai divulgar o resultado relativo as reclamações reclamadas. [Vilson Jesus]

SEMANA7.COM/SÉRGIO SANTANA

SEMANA7.COM/SÉRGIO SANTANA

Prefeito está otimista com o MT Integrado SEMANA7.COM Wanderley Wasconcelos/Ronan de Sá

o MPE destacou outros pontos verificados pelos auditores externos do TCE, que apontaram gastos elevados com fotocópias e combustível, sem processo licitatório. Ao dividir o valor gasto na aquisição de fotocópia de documentos no valor de pouco mais de R$ 89 mil pelo custo de cada fotocópia, no valor de R$ 0,20 ; constatou-se que no período de janeiro a julho de 2007 foram tiradas quase 447 mil cópias. Na decisão, o juiz da 2ª Vara Cível Júlio César Molina Duarte Monteiro, destaca que o Tribunal de Contas do Estado é o órgão de controle responsável para fiscalizar as contas dos administradores e responsáveis pelo dinheiro, bens e valores públicos e verificar a legalidade da dispensa da licitação. “Assim, tendo o TCE-MT constatado a irregularidade nas contas da Câmara no período em que o réu era presidente, que ocasionou o dano ao erário, restou evidente a configuração da improbidade”. A fiscalização realizada pelos auditores externos comprovou cabalmente o excesso de gastos com água, combustível e extração de cópias, bem como como a ausência de licitação ”, frisa o magistrado. “Ainda que o ex-presidente afirme que a Câmara permitia a realização de vários eventos no local, constato que o consumo dos produtos na Câmara foi exagerado, não havendo prova de que recebia quantidade suficiente de pessoas para usufruir dos produtos”, traz a sentença. De janeiro a julho de 2007, a Câmara liberou R$ 36.340,98 para água mineral, R$ 58.868,68 para fotocópias e R$ 20.124,16 para combustível. “Está claro que houve o excesso de gastos com a aquisição dos produtos, pois depois da realização da auditoria pelo TCE, o réu passou a gastar menos com água, fotocópias e combustível”, diz outro trecho da decisão.

VEREADOR GERALMINO (DOUTOR NETO) EM DEFESA DO AMBIENTE


A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

7

Política

LOGÍSTICA

Riva critica logística com base em interesses privados Estudo excluiu BR-158 e Ferrovia MT/PA como projetos prioritários para região Ao criticar a prática, o parlamentar justificou a necessidade de os investimentos serem feitos para garantir efetivamente a melhoria no escoamento da produção brasileira. Riva demonstrou preocupação com o estudo realizado pela Macrologística, consultoria contratada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que divulgou levantamento, na semana passada, sobre os 22 projetos prioritários para Mato Grosso, onde não foram incluídos a BR-158 e a ferrovia que interligará os estados de Mato Grosso e Pará. No levantamento, foi apontado que a região Centro-Oeste precisa de investimentos de R$ 34,6 bilhões, nos próximos sete anos, para melhorar o escoamento da produção. “Vejo com preocupação os estudos feitos pela Macrologística, pois não contemplam Mato Grosso efetivamente. Existe o apontamento de que deve-se investir R$ 34,6 bilhões, pensando no incremento da produção em 10 milhões de toneladas, e observo a BR158 e a ferrovia MT/PA de fora. É lamentável, pois apenas esses dois investimentos podem aumentar a produção do Estado em 30 milhões de toneladas. Então, alguma coisa está errada. Fico preocupado quando vejo que grande parte da logística desenvolvida nesse país é em cima de inte-

de integração fundamentais, compostos por dois ou mais modelos de transporte.

Maurício Barbant/ALMT

Midianews.com.br Da Redação

FERROVIA

O DEPUTADO ESTADUAL JOSÉ RIVA (PSD) AFIRMOU QUE GRANDE PARTE DA LOGÍSTICA DESENVOLVIDA NO PAÍS É COM BASE EM INTERESSES PRIVADOS

resses privados, de grandes empresas”, disse Riva. O deputado pretende solicitar, por meio de requerimento, o estudo completo da Macrologística para a avaliação da Comissão de Infraestrutura e Transporte da Assembleia

Legislativa. “O montante apontado no estudo resolve o problema de logística de Mato Grosso, mas quem tem que saber o que é melhor é o próprio Estado. Vou propor reunião com os demais colegas, Governo do

Estado, Pro-logística, Famato, Fiemt, para debater esse assunto, pois, no mínimo, a BR-158 e a ferrovia MT-PA devem estar entre as prioridades”, completou O ESTUDO

Denominado “Centro-Oeste Competitivo”, o estudo foi concluído em abril e apontou 308 projetos importantes, mas 106 são prioritários para a região. Destes, 22 em Mato Grosso, divididos em dez eixos

O projeto de ferrovia MT/ PA foi elaborado no gabinete do deputado Riva, inicialmente com traçado partindo de Água Boa (MT) até Barcarena, no Pará. Também é analisada a possibilidade da ferrovia em uma primeira etapa seguir do município mato-grossense até Marabá, no leste do Pará. A ligação com o os portos do norte e nordeste seriam viabilizadas com a construção de dois ramais, um até o porto de Vila do Conde (Barcarena), obra já prevista no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, através do ramal de Açailandia até Vila do Conde, e outro até o porto de Espadarte que está em projeto de implantação (em Curuçá/PA). De imediato, esse projeto da Ferrovia MT/PA já poderia usar a ferrovia da VALE, levando a produção até o porto de Itaqui, em São Liz do Maranhão. Lideranças políticas e empresariais de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá) solicitaram a inclusão do município no trajeto da ferrovia por meio de um ramal. No total, mais de 30 municípios de Mato Grosso e Pará seriam beneficiados, direta ou indiretamente, com o traçado ferroviário.

MUNDIAL

Silval Barbosa inaugura obras da copa em Cuiabá SEMANA7.COM Da Redação com Assessoria

a tensão no trânsito de Cuiabá, sendo a primeira de uma sequência de obras que vão transformar o cenário da capital”. CRÍTICAS Silval Barbosa rebateu as criticas de políticos da oposição sobre possível rombo que sua gestão deixaria nas contas do estado. Em seu discurso durante a inauguração da primeira obra visando a Copa de 2014, ele frisou que todos os empreendimentos serão concluídos antes do Mundial, não sem antes chamar de pessimistas aqueles que o criticam. O governador contestou as afirmações sobre a má situação financeira do estado e lembrou que seu antecessor Blairo Maggi (PR) assumiu o governo quando a dívida com a União representava o dobro da Receita Corrente Líquida (RCL) de Mato Grosso.Segundo disse, hoje a situação é bem diferente e garante que a dívida atual corresponde a 50% (RCL). A possibilidade de quitação é maior. Conforme dados da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), a dívida atual do estado com a União é de R$ 4,54 bilhões, valor que deve atingir a marca dos R$ 7 bilhões quando Silval deixar o governo.

Ednilson Aguiar/Secom-MT

O governador Silval Barbosa inaugurou dia 29 a ponte Benedito Figueiredo, sobre o rio Coxipó,no bairro Coophema, a primeira de 56 obras de mobilidade urbana para a Copa do Mundo de 2014. O trecho, de 2.551,67 metros, vai aumentar a capacidade de fluxo de veículos na região Sul, com a ligação da avenida Beira Rio à rua Antônio Dorileo. Com investimento de R$ 15,5 milhões nas três obras, o governador frisa que a empreitada porque “houve um trabalho juntamente com a Prefeitura de Cuiabá, deputados estaduais, é um conjunto de esforços. Disse ao prefeito [Mauro Mendes] que capital alguma teve o volume proporcional de obras em relação ao número de habitantes que Cuiabá teve”. Silval Barbosa frisouainda que a equipe do estado não aceita obras sem aferir a qualidade. “Temos uma equipe de engenheiros para averiguar isso. Só recebemos quando está à altura do que foi contratado. Se precisar fazer correção, nós não aceitaremos enquanto não estiver dentro da qualidade exigida”, diz. Ele falou das di-

ficuldades enfrentadas em seu governo. “Na iniciativa pública, primeiro tem que idealizar a obra, depois ver se é recurso público estadual, federal ou estadual, ai tem que licitar a obra. Em seguida, alguém entra na justiça para contestar, o que atrasa o processo. Mas vencemos tudo isso”. Silval reafirmou a entrega de todas as empreitadas previstas até a Copa do Mundo de 2014. Ele adiantou que outros trabalhos ainda podem ser lançados, fora o previsto no pacote já anunciado. “De uma coisa temos certeza, vamos entregar todas as obras. Certamente vamos inaugurar muitas e deixaremos outras para o próximo gestor concluir e cortar a fita”. O secretário da Secopa, Maurício Guimarães, destaca que o principal benefício da ligação da avenida Beira Rio à rua Antônio Dorileo, que passa pelos bairros Cophema e Parque Geórgia, é o desafogamento e o aumento da capacidade do tráfego de veículos na região. “Atualmente, são mais de 20 mil veículos transitando por hora neste trecho”.Para o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, este é o início de um ciclo de melhorias na cidade. “Esta obra começa a diminuir

Edson Rodrigues/Secopa

Secopa prevê inaugurações de obras de mobilidade urbana até o final do ano

GOVERNADOR SILVAL BARBOSA INAUGURA PRIMEIRA OBRA DA COPA: CUIABÁ VAI SEDIAR QUATRO JOGOS EM 2014

NOVO ASPECTO URBANO DO COOPHEMA À BEIRA RIO QUE TEM PROPÓSITO DE DESAFOGAR O TRÂNSITO NA CAPITAL


Geral

8

A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

SEBRAE

Prefeitos participam de missão na Inglaterra SEMANA7.COM Da Redação

A prefeita de General Carneiro, Magali Vilela, (PSD), viajou esta semana para a Inglaterra em missão cultural a convite do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Mato Grosso (Sebrae) e da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), para divulgar, entre outros, o potencial de cultura e turismo de seu município. Magali Vilela viajou ao lado de outros sete prefeitos para uma estada de 12 dias no Reino Unido, ocasião em que cada gestor fará apresentação cultural e turística de seus municípios. A prefeita leva em sua bagagem folders dando conta do potencial econômico de General Carneiro e pequenas peças de cerâmica e de artesanato indígena das etnias bororos e xavante, que residem no interior do município. Na Inglaterra a comitiva do Sebrae visita cidades de várias regiões do país que segundo a instituição são exemplos de superação econômica através de pequenas e médias inciativas de empreendedorismo, bem como as melhores práticas de administração pública municipal. A gestão de Magali Vilela tem feito o possível para divulgar o turismo ecológico em todos os quadrantes do município, incluindo o distrito de Paredão Grande, aldeias, rios e florestas. O artesanato em cerâmica vem sendo exportado para a Itália, entre outras regiões da Europa, assim como o artesanato indígena. A missão tem o objetivo de ampliar a visão estratégica, desde a concepção até a execução em locais de refe-

PREFEITA DE GENERAL CARNEIRO, MAGALI VILELA (PSD)

PREFEITO DE CONFRESA, GASPAR LAZARI (PSD)

PREFEITO DE CANARANA, OSVALDO DIEHL (PSD)

PREFEITO DE QUERÊNCIA, GILMAR WENTZ (PMDB)

rência internacional, possibilitando a melhoria da qualidade de vida às cidades pela execução de projetos com eficiência e eficácia na aplicação, nas áreas de acessibilidade, programas urbanos e sociais, cidadania, habitação, transporte e mobilidade, saneamento e sustentabilidade. “Estamos felizes em participar juntamente com os demais prefeitos e a equipe do Sebrae dessa Missão Internacional, viagem como esta sempre rendem bons aprendizados e é importante conhecermos lugares como a Inglaterra e Escócia. Temos certeza que poderemos trazer grandes e pequenas ideias que poderão ser utilizadas pela nossa gestão”, disse o prefeito de Confresa, Gaspar Domingos Lazari. Foram convidados os prefeitos de Nova Andradina Roberto Hashioka, Leonel Lemos de Souza Brito (Bonito), Adão Unirio Rolim (São Gabriel do Oeste) e Aluizio São José (Coxim). De Mato Grosso irão os representante de Sorriso, Sinop, Tabaporã, Lucas do Rio Verde, General Carneiro, Querência, Canarana, Itaúba, Guarantã do Norte e o presidente da Associação dos Municípios do Norte Araguaia (AMNA) e prefeito de Confresa, Gaspar Domingos Lazari . A Missão Internacional promovida pelo Sebrae teve início dia 10 de novembro, em Londres. A delegação de gestores brasileiros permanecerá na Inglaterra até o dia 13. Em seguida, os representantes viajam para Edimburgo, na Escócia, onde também irão participar das ações inseridas na programação. A volta para o Brasil está prevista para o dia 18. [Com Agência da Notícia- Camila Nalevaiko].


A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

9

Justiça

AMBIENTE

Pré-candidato ao governo é fisgado em crime ambiental INTERESSANTENEWS.COM.BR

Ministério Público reage à poluição ambiental da Estância Bahia Leilões, de Maurício Tonhá (Maurição) ex-prefeito de Água Boa e cotado para o governo de MT

EX-PREFEITO DE ÁGUA BOA, MAURÍCIO TONHÁ: PROBLEMAS AMBIENTAIS ENVOLVENDO SUA EMPRESA

SEMANA7.COM Wanderley Wasconcelos/Ronan de Sá

O procurador de Justiça e membro do Mistério Público Luiz Alberto Esteves Scaloppe, votou em agosto passado pela não homologação do arquivamento do Inquérito Civil instaurado pela Promotoria de Justiça de Água Boa a quem determina que entre com uma ação para fechar o confinamento de gado bovino da empresa Estância Bahia Leilões e, através de uma ação penal, puni-la por danos ao meio ambiente. Segundo o parecer do procurador Scaloppe, o confinamento da empresa, por se tratar de uma atividade “potencialmente poluidora” tem provocado reclamações da população que reside próximo ao local onde anualmente se realiza o maior leilão de gado do país, mas dentro do perímetro urbano de Água Boa e que tem em sua vizinhança o setor Universitário onde residem cerca de 300 famílias. Em 2008 um grupo de 16 pessoas fez um requerimento pedindo providências ao Ministério Público para dirigir uma investigação no sentido de dar melhor qualidade de vida as pessoas que residem nas proximidades. A Vigilância Sanitária de Água Boa, à época em que o empresário Maurício Tonhá era prefeito da cidade, levantou laudos técnicos, sem abordar a gravidade do problema agora apontados pelo procurador Scaloppe. A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), todavia, não concedeu licença ambiental para atividade de confinamento naquele local. O promotor Leandro Volochko, através de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) deu prazo para cessar as atividades em dois anos após a obtenção da licença ambiental, não podendo, no entanto, ultrapassar a sete anos, apesar de muito esterco e poluição. O Ministério Público havia arquivado o processo, mas para este procedimento é necessário submetê-lo ao

crivo do superior, no caso o procurador Scaloppe que por sua vez não concordou com o arquivamento e solicitou ao MP a não conceder a licença ambiental e votou por uma Ação Cívil Pública contra o dono da Estância Bahia Leilões, Maurício Tonhá, e Ação Criminal conforme Lei Federal 9.605 de 1998 que impede, entre outros, “construir, reformar, ampliar, instalar ou fazer funcionar, em qualquer parte do território nacional, estabelecimentos, obras ou serviços potencialmente poluidores, sem licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes, ou contrariando as normas legais e regulamentares pertinentes”. ‘LAMENTÁVEIS PARECERES’ Na época, o Ministério Público chegou a requisitar informações da Câmara de Vereadores sobre a Lei Municipal que regulamenta o uso e ocupação do solo para atividades de criação e confinamento de gado. Em resposta o presidente da Casa, através de ofício acompanhado, entre outros, de cópia da Lei Complementar Municipal que institui o Código de Meio Ambiente. Somados os esforços a peça jurídica do Ministério Público exige que a compensação dos prejuízos causados ao meio ambiente sejam compensados, entre outros, através do financiamento de um projeto de pesquisa da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e financiamento de projetos de jardinagem em quatro rotatórias de Água Boa. “Primeiro, porque Maurício Tonhá, na condição de prefeito, na época dos fatos, não poderia, de modo algum, esquivar-se do dever de cumprimento às leis, valendo-se da condição de proeminência que seu poder político e econômico lhe conferia”, ressalta um trecho da peça jurídica. O procurador Scaloppe sugere ainda que na condição de prefeito Maurício Tonhá tenha constrangido, “ainda

que diretamente ou por temor reverencial os servidores da Vigilância Sanitária a emitirem lamentáveis pareceres, que insistiram em eufemizar os graves danos ambientais por ele praticados”. “Além disso - prossegue o documento - há reiteradas manifestações da Sema inclusive parecer técnico assinado por oito analistas ambientais, asseverando que a atividade deve ser interrompida imediatamente, não havendo qualquer possibilidade de sua permanência no local”. “Mas não é só. Da análise do documento elaborado pela perita ministerial, engenheira Dinalva Lima de Souza, se conclui com mais razão ainda, que o empreendimento está em evidente descompasso com as normas ambientais, pois permanece em atividade há vários anos sem nunca ter obtido licença ambiental, tampouco outorga do direito de uso do curso d’água para lançamento de seus afluentes”. O fato de o empreendimento funcionar por longos anos sem licença ambiental não lhe exime da obrigação de providenciá-la, de realizar estudos de impacto ambiental. A Sema já se manifestou no sentido de que “não irá conceder a licença ambiental à atividade” onde não existe condições mínimas de se desenvolver o confinamento de gado no local, “de modo que o empreendedor deverá retirar imediatamente os animais ali confinados para outra área mais afastada e devidamente licenciada”. Apesar de Maurício Tonhá, segundo avaliações feitas no município e região ter sido um bom prefeito, ele se esqueceu de um pequeno detalhe, o de olhar para os danos ambientais causados por sua empresa. A redação procurou ouvir a Assessoria Jurídica da Estância Bahia. Por telefone um assessor, Tiago, referiu-se ao TAC e que falaria logo depois. Ao retornar a chamada telefônica uma atendente disse que o doutor estava saindo de viagem, que não poderia atender.

INVESTIGAÇÃO

SEMANA7.COM Da Redação

O vereador Erik Rodrigo Jesus da Silva (PSD) apresentou em data recente um requerimento na Câmara Municipal de Água Boa, assinado por seus colegas de parlamento José Eugênio de Paiva(PSB) , Eva da Silva Pereira (PSDB), Fernando Augusto Lowe (PDT) e Mauri Alberto Moresco (PDT) quando solicitam abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a compra de 103 climatizadores instalados em escolas públicas do município, na gestão do ex-prefeito Maurício Tonhá (Maurição). O requerimento foi colocado em votação pelo presidente José Ari Zandoná (DEM) e aprovado por unanimidade dos 11 vereadores. A licitação, segundo Erik, ocorreu em abril do ano passado através do processo licitatório com abertura dos envelopes em 17 de abril de 2012. A vencedora foi a empresa Climar (LM Souza Rodrigues & Sousa Junior LTDA/ME).

A suspeita a que levanta os vereadores é a de que os aparelhos de ar condicionado não cumpram o que foi exigido no edital, o de 7 mil centímetros cúbicos por hora, acarretando prejuízo aos cofres do município, sem contar “o barulho ensurdecedor”, conforme frisou o vereador José Eugênio de Paiva. Antes do requerimento apresentado pelo vereador Erik, um pai de aluno havia levado ao conhecimento do Ministério Público de Água Boa a queixa do barulho dos climatizadores em sala de aula. A presidência deve nomear nos próximos dias os vereadores componentes da comissão formada por cinco membros para conduzir os trabalhos de investigação. Por telefone o secretário de Educação do Município, Agnaldo Lanfoni, disse que tem conhecimento de que o Ministério Público está investigando o caso “ocorrido na gestão passada”, enfatizou. Nenhum documento chegou à Secretaria versando sobre esta questão. “Eu não entendo de climatizadores, logo não posso formular uma tese a este respeito”, concluiu.

SEMANA7.COM/SÉRGIO SANTANA

Câmara aprova CPI para investigar compra climatizadores


Justiça

10

A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

MAQUINÁRIOS

Justiça analisa processo que pede afastamento de Beto SEMANA7.COM/RONAN DE SÁ

Tramita na Justiça a Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa, movida pelo Ministério Público, de setembro deste ano contra o prefeito de Barra do Garças Roberto Farias (PSD), ao lado de outros envolvidos no escândalo dos maquinários da prefeitura que foram apreendidas em 23 de março na fazenda Tambori, propriedade do gestor barra-garcense. O Ministério Público solicitou à Justiça que seja decretado, por força de liminar, o afastamento do prefeito Roberto Ângelo Farias, o chefe de Gabinete Agenor Bezerra Maia e Washington Luiz Ambrozio, coordenador geral de Urbanismo e Paisagismo. Também estão arrolados ao processo o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Antonio Joaquim Rodrigues de Moraes Neto, o tio de Beto, Nivaldo Peres de Farias, Rubinaldo Maia Abreu e Sandra Mara Batista da Silva, sujeitos às penas do artigo 12 da lei 8.429/1992.

PROMOTOR DE JUSTIÇA MARCOS BRANT: AÇÕES EM DEFESA DA COMUNIDADE

JUIZ MICHEL LOFT, ATENÇÃO A TODOS OS PROCESSOS, SEM PRETERIR NENHUM DELES

SEMANA7.COM/RONAN DE SÁ

SEMANA7.COM Da Redação

SEMANA7.COM/SÉRGIO SANTANA

Ministério Público fez a apreensão máquinas na Tombori e processo corre normalmente na Justiça

ENTENDA O CASO Recebida a Ação do Ministério Público o juiz notifica as pessoas citadas para que apresentem defesa preliminar. O MP contrapõe os argumentos lançados para análise. Em tese, começa então a Ação Civil propriamente dita. A decisão interlocutória (sem dar uma solução final para o caso) cabe agravo de instrumento quando se tratar de decisão susceptível que cause à parte lesão grave e de difícil reparação. O processo sobe, então, para o Tribunal de Justiça onde deve tramitar por cerca de cinco meses. Se o agravo não for recebido no efeito suspensivo, após a juntada das contestações o juiz vai sanear o processo e designar, se houver necessidade, audiência de instrução (provas testemunhais). Se achar que não há necessidade, ele julga o processo, dá a sentença que pode ser contestada em instâncias superiores como ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Assim que o Ministério Público ofereceu a denúncia o jornalista Ronaldo Couto publicou na galeria do portal cuiabano Olhar Direto, informações de que o juiz havia negado o pedido de liminar pedindo o afastamento do prefeito Roberto Farias. Horas depois, no Olhar Jurídico (do próprio Olhar Direto), hospedou outro texto, desta vez escrito pelo jornalista Walmir Santana, em 27 de setembro, fez severos reparos na matéria de Couto que não condizia com a verdade dos fatos. O texto original do jornalista barra-garcense foi retirado da galeria do site. Fundado por Marcos Coutinho, o Olhar Direto continua sendo expressão da conduta daquele jornalista falecido em junho desse ano. Fosse vivo, Coutinho seria o primeiro a enxergar tamanho disparate cometido por Couto.

23 DE MARÇO: DATA FATÍDICA PARA POPULAÇÃO DE BARRA DO GARÇAS: MÁQUINAS DA PREFEITURA APREENDIDAS NA FAZENDA TAMBORI, DE PROPRIEDADE DE ROBERTO FARIAS ARQUIVO

EQUÍVOCO

LEI 8.429/1992 Art. 1° Os atos de improbidade praticados por qualquer agente público, servidor ou não, contra a administração direta, indireta ou fundacional de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Municípios, de Território, de empresa incorporada ao patrimônio público ou de entidade para cuja criação ou custeio o erário haja concorrido ou concorra com mais de cinquenta por cento do patrimônio ou da receita anual, serão punidos na forma desta lei. Parágrafo único. Estão também sujeitos às penalidades desta lei os atos de improbidade praticados contra o patrimônio de entidade que

JORNALISTA RONALDO COUTO, EX-COORDENADOR DE COMÉRCIO, EM FOTO PRETÉRITA DE SUA TRAJETÓRIA POLÍTICA: EQUÍVOCOS

receba subvenção, benefício ou incentivo, fiscal ou creditício, de órgão público bem como daquelas para cuja criação ou custeio o erário haja

concorrido ou concorra com menos de cinquenta por cento do patrimônio ou da receita anual, limitando-se, nestes casos, a sanção patrimonial à

repercussão do ilícito sobre a contribuição dos cofres públicos. Art. 2° Reputa-se agente público, para os efeitos desta

lei, todo aquele que exerce, ainda que transitoriamente ou sem remuneração, por eleição, nomeação, designação, contratação ou qualquer

outra forma de investidura ou vínculo, mandato, cargo, emprego ou função nas entidades mencionadas no artigo anterior. Art. 3° As disposições desta lei são aplicáveis, no que couber, àquele que, mesmo não sendo agente público, induza ou concorra para a prática do ato de improbidade ou dele se beneficie sob qualquer forma direta ou indireta. Art. 4° Os agentes públicos de qualquer nível ou hierarquia são obrigados a velar pela estrita observância dos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade no trato dos assuntos que lhe são afetos. Art. 5° Ocorrendo lesão ao patrimônio público por ação ou omissão, dolosa ou culposa, do agente ou de terceiro, dar-se-á o integral ressarcimento do dano. Art. 6° No caso de enriquecimento ilícito, perderá o agente público ou terceiro beneficiário os bens ou valores acrescidos ao seu patrimônio. Art. 7° Quando o ato de improbidade causar lesão ao patrimônio público ou ensejar enriquecimento ilícito, caberá a autoridade administrativa responsável pelo inquérito representar ao Ministério Público, para a indisponibilidade dos bens do indiciado. Parágrafo único. A indisponibilidade a que se refere o caput deste artigo recairá sobre bens que assegurem o integral ressarcimento do dano, ou sobre o acréscimo patrimonial resultante do enriquecimento ilícito. Art. 8° O sucessor daquele que causar lesão ao patrimônio público ou se enriquecer ilicitamente está sujeito às cominações desta lei até o limite do valor da herança.


A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

11

Justiça

Operação Tarja Preta pôs Aurélio Mendes na cadeia O prefeito de Aragarças (GO), Aurélio Mendes (PSDB) foi afasto do cargo por determinação da Justiça, depois de ter sido preso em 15 de outubro em Goiânia, grampeado pela Operação Tarja PretA que investigava há 10 meses a venda ilegal de medicamentos a municípios goianos e que Aurélio estaria supostamente envolvido. Ao todo foram cumpridos 123 mandados em 20 municípios de Goiás, 38 deles mandados de prisão temporária, 37 mandados de condução coercitiva e 48 de busca e apreensão. Entre os alvos estão prefeitos, secretários de saúde, empresários e advogados. Os órgãos do Ministério Público de Goiás que coordenam a operação são a Procuradoria-Geral de Justiça, Procuradoria de Justiça Especia-

lizada na Promoção de Ação Penal contra Prefeito Municipal, Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Centro de Segurança Institucional e Inteligência (CSI). Participam da operação 70 promotores de Justiça e 386 policiais militares da PM de Goiás e do Mato Grosso. A investigação do Ministério Público, até o momento, apontou indícios da prática dos seguintes crimes pela organização criminosa: a) formação de quadrilha; b) formação de cartel; c) peculato; d) corrupção ativa e passiva; e) indevida dispensa e inexigibilidade de licitação; f) fraude à licitação; g) delito do inciso “V” do Decreto-lei nº 201/1967; h) falsificação de documentos públicos e privados; i) lavagem de dinheiro. DA REDAÇÃO

MP oferece primeira denúncia contra 59 envolvidos O Ministério Público de Goiás protocolou na Justiça a primeira denúncia contra 59 investigados na Operação Tarja Preta. Eles são suspeitos de fraudar licitações para a compra de medicamentos e equipamentos hospitalares em prefeituras goianas. Entre os denunciados, estão 11 prefeitos e um ex-prefeito, 17 secretários municipais, servidores público, empresários e advogados. No total, 37 pessoas foram presas na operação, desencadeada em 19 municípios goianos e nas cidades de Barra dos Garças e Pontal do Araguaia, em Mato Grosso. As demais 22 pessoas denunciadas não chegaram a ser detidas, mas são investigadas por participação no esquema. Tendo em vista a complexidade do caso e o vasto número de crimes praticados pelos integrantes da organização criminosa, o MP-GO optou por desmembrar a denúncia, fa-

zendo inicialmente somente em relação ao crime de organização criminosa. Segundo os promotores, novas denúncias serão feitas nos próximos dias, referentes aos crimes específicos cometidos em cada município. A maioria dos agentes públicos denunciados já está afastada dos cargos pela Justiça devido a ações civis movidas pelos promotores das comarcas ligadas aos municípios envolvidos. Durante as investigações, apurações e depoimentos, os promotores de Justiça cerca de 70 - apuraram que a associação era estruturalmente ordenada e caracterizada pela divisão de tarefas, com objetivo de obter, direta ou indiretamente, vantagem econômica, mediante a prática de infrações penais. Consta, ainda, que os denunciados concorreram para a frustração e fraude, mediante combinação, do caráter competitivo da licitação, com o intuito de obter vantagens para si e para outros.

Aurélio Mendes é afastado do cargo O prefeito de Aragarças (GO), Aurélio Mendes (PSDB) foi afasto do cargo por determinação da Justiça, depois de ter sido preso em 15 de outubro em Goiânia, fisgado pela Operação Tarja Preta que investigava há 10 meses a venda ilegal de medicamentos a municípios goianos e que Aurélio estaria supostamente envolvido. Aurélio foi solto dia 22 e seu afastamento da prefeitura deve dura até o final das investigações do MP de Goiás. Ao todo foram cumpridos 123 mandados em 20 municípios de Goiás, 38 deles mandados de prisão temporária, 37 mandados de condução coercitiva e 48 de busca e apreensão. Entre os alvos estão prefeitos, secretários de saúde, empresários e advogados. A investigação do Ministério Público, até o momento, apontou indícios da prática dos seguintes crimes pela organização criminosa: a) formação de quadrilha; b) formação de cartel; c) peculato; d) corrupção ativa e

passiva; e) indevida dispensa e inexigibilidade de licitação; f) fraude à licitação; g) delito do inciso “V” do Decreto-lei nº 201/1967; h) falsificação de documentos públicos e privados; i) lavagem de dinheiro. Os prefeitos envolvidos são: Aurélio Mendes (PSDB) de Aragarças, Delson José Santos (PSDB) de Carmo do Rio Verde, Zilmar Alcantâra (PTB) de Inaciolândia, Janduhy Diniz (PSDB) de Rialma, Glimar do Prado (PP) de Uruana, Romário Vieira da Rocha (PR) de Corumbaíba, Marcos Roger Garcia Reis (PMDB) de Cromínia, Neldes Beraldo Costa (PT) de Perolândia, Sinomar José do Carmo (PMDB) de Aloândia, Fausto Brito Luciano (PSDB) de Araguapaz e Otair Teodoro Leite (PSDB) de Piranhas. Já em Pires do Rio foi efetuada a prisão do ex-prefeito Luiz Eduardo Pitaluga da Cunha (PSD), que foi cassado em 17 de setembro deste ano. [Texto: Ricardo Santana, Cristina Rosa, Ana Cristina Arruda/ Assessoria de Comunicação Social do MP-GO].

Vereadores dizem ‘não’ a requerimento para investigar AuréVereadores dizem ‘não’ a requerimento lio Mendes DA REDAÇÃO para investigar prefeito Aurélio Mendes A Câmara de Vereadores de Aragarças (GO) rejeitou por oito A Câmara de da Vereadores Aragarças(29) (GO)arejeitou votos, na sessão noite de de quarta-feira aberturapor de oito comissão votos, na sessão da noite de quarta-feira (29) a Mendes, abertuuma processante contra o prefeito Aurélio ra de uma processante contra prefeito Aurélio (PSDB), quecomissão na Operação Tarja Preta do o Ministério Público Mendes, (PSDB), Operação Preta Ministério de Goiás foi presoque dia na 15 de outubroTarja e posto emdo liberdade dia Público foiafastado preso dia de pela outubro e posto em 22 depoisde deGoiás ter sido do 15 cargo Justiça, através de liberdade diacautelar. 22 depois de ter sido afastado do cargo pela uma medida Justiça, atravésaragarcenses de uma medida Os vereadores nãocautelar. se deixaram intimidar pela vereadores aragarcenses não se deixaram intimidar forteOs pressão popular e pelo plenário lotado a pedir investipela forte pressão popularque e pelo plenárioeleições lotado foi a pedir gação rigorosa do prefeito nas últimas eleito investigação rigorosa do prefeito que nasAúltimas com cerca de 70% dos votos do município. recusa eleições da maiofoiem eleito com cerca de dos votos docerta município. A reria sustar a criação da70% comissão causou perplexidade cusarelação da maioria em sustar a criação que da comissão causou em à Câmara de Vereadores se nega investigar certadenúncia perplexidade em relação à CâmaraPúblico. de Vereadores que uma levantada pelo Ministério se nega investigara uma denúncia levantada Ministério Foram favoráveis comissão processante, os pelo vereadores DulPúblico. cindo Figueiredo dos Santos, Duda, (PSDC) e Bruna JackliForam favoráveis comissão os vereadores ne de Souza (PT). “Oaque houve processante, foi uma atitude vergonhosa Dulcindo Figueiredo dosEles Santos, (PSDC) e Bruna Ja-a para proteger o prefeito. estãoDuda, fechando os olhos para ckline de Souza “O que houve foi uma atitude população e para(PT). a verdade”, disse Duda depois da vergosessão. nhosa paraBruna proteger o prefeito. estão fechando os olhos Sua colega disse ter ficadaEles indignada e que “o povo arapara a população e para a verdade”, Duda depois que da garcense não merece tamanho descasodisse desses vereadores sessão. Sua colega demonstrando Bruna disse teroficada indignada e que protegem o prefeito, desespero dos tucanos”. “o povo aragarcense não merece tamanho descaso desses vereadores queaprotegem o prefeito, demonstrando o deVotaram contra investigação os vereadores: Eduardo Pachesespero dos tucanos”. co (Dudu) (PSDB), Regina Célia (PSC), Wilson Ferreira de Votaram contra a investigação os vereadores: Eduardo Oliveira (PT do B), Walter Poeira (PRB), Osmar Resende (PC Pacheco (Dudu) (PSDB),(PMDB), Regina Célia (PSC),(PPS) Wilsone CleybioFerreira do B), Afanoil Parreira Marcivon de Oliveira (PT dos do Santos B), Walter Poeira (PRB), Osmar Resende mar Gonçalves (PSDC). do B),daAfanoil Parreira (PMDB), Marcivon (PPS) eoCleybioA(PC versão Câmara de Vereadores para amenizar escândamar Santos (PSDC).não impede que o prefeito lo queGonçalves se abateudos sobre Aragarças A versão da Câmara Vereadores para amenizar o esafastado Aurélio Mendesdeseja punido por seus atos. Ele encândalo quede se15 abateu sobre não impede o grossa a lista prefeitos queAragarças foram apanhados pelaque malha prefeito afastado Aurélio punidoOperação por seus atos. do Ministério Público de Mendes Goiás naseja já citada Tarja Ele engrossa lista de 15pelas prefeitos que foram apanhados Preta. A fraudea levantada investigações foi de R$ 15 mipela malha do Ministério Público lhões. Em Aragarças, R$ 646 mil. de Goiás na já citada Operação Tarja Preta. A fraude levantada pelas investigações foi de R$ 15 milhões. Em Aragarças, R$ 646 mil.

Vladimir Marcelo analisa situação SEMANA7.COM Wanderley Wasconcelos

Procurador da prefeitura de Barra do Garças é preso na Operação do MP O Ministério Público de Goiás liberou escuta telefônica que revela conversa entre líderes da organização criminosa “ajeitando” propina para o prefeito Aurélio Mendes, preso em 15 de outubro e posto em liberdade dia 22, mas já afastado do cargo por determinação da Justiça enquanto durar as investigações. A Operação Tarja Preta, como era de se esperar, foi inclemente com a máfia dos remédios como também ficou conhecida pela população e que resultou na prisão, entre outros, de 11 prefeitos, 17 secretários. Em trecho de conversa entre Milton Machado Maia, um dos líderes da organização criminosa com o procurador Jurídico da Prefeitura de Aragarças (na gestão Aurélio Mendes), Emerson Ferreira Coelho Souza, diz ao seu interlocutor: “É pra faturar cento e vinte, entendeu?”, numa prova cabal de ladroagem que foi estancada a tempo pelo Ministério Público de Goiás. O esquema, segundo deixa transparecer na conversa descontraída e amistosa entre Milton e Emerson aparece, salpicando feito salsa em salada o nome do prefeito Aurélio Mendes que por certo conhecia o esquema e dele se fartava em favor de seu próprio bolso. No que toca uma gravação entre o líder da organização, Edilberto César Borges com Aurélio Mendes, o prefeito aragarcense reclama do valor de medicamentos enviados ao município e deixa claro que tem estoque sem necessidade, incluindo de UTI que inexiste no município. Escutas telefônicas de lado, é conveniente espantar-se diante tanta polivalência. Até o fechamento desta edição figurava na galeria da página da Prefeitura de Barra do Garças, na internet, a estampa de Emerson Ferreira Coelho Souza como procurador Geral Municipal. Antes, segundo o Diário Oficial de 25 de fevereiro de 2013 era o Pregoeiro daquela mesma prefeitura. Tempo depois seu nome aparece nas páginas dos jornais, apanhado que foi pelas investigações do Ministério Público goiano. Em tempo.

Segundo colocado nas eleições de outubro do ano passado, o radialista Vladimir Marcelo (PT) assistiu as cenas da Operação Tarja Preta, desencadeada pelo Ministério Público de Goiás e que teve como um dos protagonistas o prefeito de Aragarças, Aurélio Mendes (PSDB), preso em 15 de outubro, posto em liberdade dia 22 e já afastado do cargo por determinação da Justiça. Ao contrário do que pensam alguns, Vladimir Marcelo disse que se sente “triste e envergonhado” e que a Operação Tarja Preta para debelar a Máfia dos Remédios atingiu de forma acintosa a cidade e que seu povo não merece afrontas causadas por conta de meia-dúzia “que se sentem no direito de macular a imagem de Aragarças”. Nos cálculos de Vladimir Marcelo, contados exatos 10 meses, a Prefeitura de Aragarças já contraiu uma dívida interna de cerca de R$ 1 milhão “que somada com a externa ultrapassa a casa de 2 milhões. Acho que o prefeito não estava dando conta de ser um gestor ao ponto de ser apanhado na escuta telefônica pedindo propina”, alfineta. No contexto da Operação Tarja Preta do Ministério Público de Goiás, o que se está investigando em Aragarças é o rombo de R$ 646 mil desviados com citações que se estende aos nomes do procurador Emerson Coelho, de Suelen Freire de Almeida, Daiane Cristina de Oliveira Rohden e do prefeito Aurélio Mendes. “Uma covardia feita contra o povo que votou em Aurélio e também com a cidade que está parada, a Justiça suspendeu o fornecimento de medicamentos”, diz Vladimir. ELEIÇÕES À bordo de sua terceira eleição para prefeito, Aurélio Mendes foi eleito em outubro do ano passado com 70% dos votos dos aragarcenses para 10 meses depois ser preso em

Goiânia ocasião em que fez da camisa um capuz para esconder-se da curiosidade pública e, sobretudo, de seus desafetos. Sua cadeira na Prefeitura de Aragarças serve agora ao seu vice, Leo Leão que semana passada percorria gabinetes do governo estadual, em Goiânia, em busca de soluções que pudessem amenizar a situação em que se encontra a cidade que foi pega de surpresa pela malha do Ministério Público de Goiás. Por ter alcançado mais de 50% dos votos e caso a Justiça casse em definitivo o mandato, Aurélio Mendes, deve assumir aquele que estiver na presidência da Câmara de Vereadores enquanto a Justiça Eleitoral convoca em cerca de dois meses novas eleições municipais onde qualquer cidadão ou cidadã em dia com as obrigações eleitorais pode sair candidato, incluindo aqueles que concorreram ao cargo nas eleições passadas. Vladimir Marcelo, 51 anos, foi vereador por dois mandatos (1989-1996). Seu ingresso na política foi pelo PDT de Leonel Brizola de onde voltou para seu partido de origem, o PMDB. Anos depois, a convite do ex-prefeito Marco Antonio (Marcão) ingressou nas fileiras do Partido dos Trabalhadores (PT) com apoio do deputado federal Rubens Otoni e do estadual Mauro Rubem, ambos do PT goiano. Ao lado do ex-prefeito Marcão, Vladimir Marcelo foi secretário de Saúde por três anos. Sobre a possibilidade de uma nova eleição ele diz que toca sua vida normal, mora na mesma casa, tem o mesmo telefone e avisa que seu nome sempre esteve à disposição do partido, da análise de seus companheiros. Política à parte e, por falar em companheiros, Aurélio Mendes ingressou no PSDB a convite de Vladimir Marcelo, em sua brevíssima passagem pelo ninho tucano.


Cidade

12

A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

BARRA DO GARÇAS

feccionado pela fisioterapeuta Daniela de Campos Barbetta. "Buscando uma solução, diante da carência econômica do autor, e objetivando o resgate de sua possibilidade de locomoção “independente”, sem o agravamento de sua saúde, a mãe do paciente vem desde meados do ano de 2011, solicitando à Secretaria de Saúde de Barra do Garças a doação dessa cadeira de rodas. Foram mantidos inúmeros contatos e entregues os orçamentos solicitados por aquele órgão municipal. Entretanto, aquela Secretaria, até a presente data, não apresentou qualquer resposta concreta no sentido da aquisição e do fornecimento da cadeira de rodas", explica a defensora Lindalva. Conforme o magistrado, o requerido apresentou a contestação arguindo, em preliminar, a ausência de legitimidade passiva, imputando ao Estado de Mato Grosso o dever de arcar com os custos da aquisição da cadeira de roda. "Por entender que é dever do Município, foi dada procedência à ação”.

SEMANA7.COM Da Redação com Assessoria

O juiz Júlio César Molina Duarte Monteiro acatou a Ação Cominatória (sob ameaça de pena) para Cumprimento de Obrigação de Fazer (com Pedido de Tutela Antecipada) impetrada pela Defensora Pública Lindalva de Fátima Ramos que determinou que o município de Barra do Garças arque com o fornecimento de cadeira de rodas motorizadas conforme prescrita pela fisioterapeuta e de acordo com as especificações indicadas no laudo, no prazo de 30 dias, ao paciente G.A.S. com sequela de mielomemingocele (paralisia de membros inferiores, distúrbios da sensibilidade cutânea, úlceras de pele por pressão, ausência de controle urinário e fecal e deformidades musculoesqueléticas). A cadeira de rodas motorizada recomendada pelos médicos custa cerca de R$ 10 mil. Lindalva explica que a cadeira de rodas motorizada é indispensável também para a adequação postural, conforme relatório médico con-

INTERNET

Justiça determina que Ação Social forneça cadeira de rodas

50 MELHORES

SEMANA7.COM Da Redação

PREFEITO DE BARRA DO GARÇAS, ROBERTO FARIAS E SUA SECRETÁRIA MARA KISNER: SINTONIA

ríamos de saber qual o critério utilizado para incluir um secretário entre os 50 melhores do país” e até o fechamento desta edição nenhuma resposta a respeito do assunto foi dada. O Brasil tem 5.570 municípios. A proporção de escolha, neste caso, é de em cada

111,4 municípios escolhe-se um secretário. Logo, conclui-se ser necessário eivada competência para estar entre os ´prêmiados´. Para se ter uma idéia, o vestibular de medicina da UFG, terá este ano a proporção de 100 candidatos por vaga. É quase uma loteria.

Os leitores deste jornal gostariam de saber também se as despesas da secretária Mara Kisner serão custeadas por seu próprio bolso, ou pela Prefeitura de Barra do Garças e se há pagamento pela ‘oportuna’ honraria que a distingue entre as 50 melhores do país. sempretops.iporto.netdna-cdn.com/

Enquanto isso, a titular da Ação Social Mara Kisner, está entre os 50 secretários municipais que vão receber o prêmio Responsabilidade Social por ocasião do 5º Encontro da categoria, entre os dias 18 e 19 de novembro, na Costa do Sauipe, em Salvador, na Bahia, segundo noticiou o portal da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Barra do Garças. “Fico muito feliz por receber este prêmio, pois é o reconhecimento do trabalho de toda a nossa equipe e da administração do prefeito, Roberto Farias que valoriza e apoia o trabalho da Secretaria Municipal de Ação Social”, avalia Mara. O texto da Secom de Barra do Garças acrescenta ainda que “a Secretaria Municipal de Ação Social tem por finalidade coordenar o conjunto de serviços assistenciais de combate a pobreza, visando o aumento da autoestima e dignidade do cidadão, através de diversas ações. Em tempo a redação do Jornal A Semana entrou em contato (por e-mail) com os organizadores do evento e fez a seguinte indagação: “Gosta-

ASSESSORIA

Prêmio à Ação Social de Barra do Garças

VISTA PARCIAL COSTA DO SAUIPE, LITORAL NORTE DA BAHIA, ONDE A SECRETÁRIA MARA KISNER RECEBERÁ O PRÊMIO RESPONSABILIDADE SOCIAL


A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

13

Cidade

DESIGNER

do púlpito, antes de madeira e que passa a ser de blindex e inox, a reforma do tanque batismal, enquanto o piso será de porcelanato, troca do forro, sistema de sonoplastia e substituição de 900 poltronas. O custo da obra foi orçado em cerca de R$ 500 mil. Inaugurada em novembro de 1997 pelo pastor João Feitosa, a Catedral Assembleia de Deus é o maior templo de denominação evangélica na cidade e possui ao redor de 3 mil fieis. O Campo de Barra do Garças é composto por 45 igrejas e tem ao redor de 3 mil fieis. Em Mato Grosso o Ministério Madureira tem 46 mil membros e está presente em 107 municípios. Em julho de 2001, quando o pastor José Fernandes assumiu a presidência das Assembleias de Deus em Mato Grosso esse Ministério estava presente em apenas 27 cidades. A reportagem falou na tarde de quarta-feira (6) com o segundo vice-presidente da Assembleia de Deus em Barra

A SEMANA NO ARAGUAIA Da Redação

A Assembleia de Deus, do Campo Barra do Garças, fez uma série de inaugurações neste último trimestre do ano como a abertura de um templo, dia 6, no Assentamento Brilhante, em Pontal do Araguaia, outro no Jardim Amazônia (BNH), reformou a igreja no setor Nova Esperança e abriu uma igreja no Jardim Novo Mundo, ambos em Aragarças (GO) e na primeira semana de dezembro deve concluir as obras da unidade do Jardim Nova Barra. Somando a essas obras estruturais a catedral Assembleia de Deus, na Pires de Campos, região central de Barra do Garças, passa por ampla reforma desde outubro, cujo término está previsto para este final de ano. A reforma em si, segundo o pastor Amarildo José de Oliveira, “não terá aumento em metros quadrados, mas reformas e substituições” e cita exemplo

do Garças, pastor Marosam Dias, que não quis se estender sobre as pesadas críticas direcionadas ao pastor José Fernandes, acusando-o de dar apoio político a eventuais candidatos. “José Fernandes não veio de Goiás para Mato Grosso com pretensões políticas, mas com fidelidade à Igreja e ao bispo Manoel Ferreira, nosso presidente da Convenção Nacional do Ministério Madureira”, disse ele. Para concluir o pastor Marosam citou o trabalho de campo realizado por José Fernandes no estado e que resulta em contatos com pessoas de todos os segmentos sociais. “Não é justo dizer que ele tire proveito disso. Desde quando foi designado para esta função ele tem respondido as ofensas com trabalho, com oração que nada tem a ver com barganha política. Não se tem culpa de ele ser um homem público e que dele as pessoas se aproximem. Agora dizer que ele tire vantagens não passa de ilações, e mais nada”.

SÉRGIO SANTANA/SEMANA7.COM

Assembleia de Deus inaugura templos neste final de ano

EM OBRAS A FACHADA DA CATEDRAL DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NA PIRES DE CAMPOS, EM BARRA DO GARÇAS

ACEAB atenta aos problemas de Água Boa

Cultura investe em General Carneiro

SEMANA7.COM Da Redação

A Câmara de Vereadores de Água Boa aprovou em recente sessão um Projeto de Lei para que a Prefeitura do município passe a informar à Associação Comercial e Empresarial (Aceab) sobre concorrências públicas, licitações, leilões, entre outros, para que a instituição que representa o comércio local possa informar em primeira mão a seus associados que, segundo o presidente Marcio Vicente de Paula Ceretti, “demonstram interesse em participar de ações dessa natureza”. A Associação Comercial e Empresarial de Água Boa possui em seu quadro mais de 90 associados e mantém um cadastro de adesão mensal em torno de 3 novos membros numa cidade que possui ao redor de 400 empresas entre micros, médias e de grande porte, conforme dados da Aceab, levantados pela equipe de Marcio Vicente, eleito para o biênio 2013/14. “Nossa Associação defende os interesses dos empresários do município e não somos apenas um ‘balcão de informações’ conforme pensam alguns”, diz o Marcio Vicente e cita cursos que oferece aos associados, promoções em datas festivas, convênios com o MT Fomento, com a Junta Comercial de Mato Grosso, médicos, odontológico com a

de setembro), e datas festivas como Dia das Mães, dos Pais, Dia das Crianças. Outra data que marcou o calendário de sua gestão foi o Baile dos Empresários em 1º de junho que destacou 152 categorias de profissionais do município, apontados que foram por uma pesquisa de opinião feita pela Aceab.

MÁRCIO VICENTE, PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE ÁGUA BOA

Facmat, Sebrae e o Banco de Currículos. Este último“ajuda nossos empresários contratar a pessoa certa à vaga de empregos”, garante. Ao citar datas festivas Marcio Vicente diz que já trabalha para o Natal Premiado

previsto para 24 de dezembro, ocasião em que a Aceab vai sortear uma moto Factor entre empresas associados. Desde sua posse em janeiro deste ano, Marcio Vicente já realizou, entre outros eventos, a Feira Comercial (de 11 a 14

RESPONSABILIDADE SOCIAL “De modo involuntário terminamos por nos envolver com problemas alheios ao comércio”, diz o presidente Marcio Vicente, referindo-se aos egressos da penitenciária local, que cumprem regime semiaberto e que, por questões lógicas, procuram a cidade. Neste final de mês a diretoria da Aceab reuniu-se com o comando policial, representantes do Ministério Público e Prefeitura Municipal para debateremsobre as pessoas que cumprem o semiaberto. Há casos, segundo Marcio Vicente, de “envolvimento com furtos e uso de drogas. Estamos cansados desses problemas”, diz. Outro ‘problema’ apresentado pela presidência da Aceab “é a do som automotivo que acaba perturbando a vida de muita gente, assim como o tráfego de carros pesados no centro comercial da cidade e que provocam acidentes. Vamos nos reunir e debater uma saída que seja boa para todos”.

SÉRGIO SANTANA/SEMANA7.COM

TOMBAMENTO

SÉRGIO SANTANA/SEMANA7.COM

COMÉRCIO

FINA CERÂMICA DE GENERAL CARNEIRO: TRADUÇÃO DE BOM GOSTO SEMANA7.COM Da Redação

A Secretaria de Estado da Cultura designou em data recente três técnicos para levantamento de dados de tombamento em 2014 de parte da Avenida Padre Bruno Mariano, em General Carneiro. A expectativa é a de que sejam tombadas por volta de 25 casas que devem voltar à originalidade dos anos 60, época de sua emancipação política (dezembro de 1963). Segundo informou o secretário de Cultura Valdeli Forte, “portas, janelas, beirais, fachadas, telhados e bloquetes de rua devem obedecer ao estilo daquela época em que General Carneiro era apenas uma vila de garimpos dos rios Barreiro e Garças e que atraiam seus pioneiros moradores”. O projeto articulado pela prefeita Magali Vilela (PSD) deve custar em torno de R$ 280 mil, incluindo tombamento am-

biental do morro do distrito de Paredão Grande, que faz parte do interesse da administração, o de zelar pela preservação do meio ambiente no município. MUSEU Segundo informações da prefeitura está prevista para 2014 a construção de um museu em General Carneiro para abrigar os acervos culturais das aldeias indígenas de Merure e Sangradouro. O Centro Cultural Padre Rodolfo Lunkben, em Merure, ganhou em 2007 o Prêmio Cultura Viva, do Ministério da Cultura. Concorreram àquela distinção 1.537 projetos de 517 municípios. Merure venceu em 1º lugar pelo resgate da cultura bororo. O projeto foi apresentado pela etnóloga Ivone Carvalho Brandão, professora da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campo Grande (MS).

COCALINHO

A SEMANA NO ARAGUAIA Assessoria

Seis meses. Esse foi o prazo estabelecido em um Termo de Ajustamento de Conduta firmado entre o Ministério Público do Estado de Mato Grosso e o município de Cocalinho, para disponibilização de nova sede ou reforma do prédio onde funciona o Conselho Tutelar da cidade. O novo espaço terá que ser adequado para acolhimento digno da população. Consta no TAC, que a sede deverá conter, no mínimo, quatro salas, sendo uma para recepção ao público, e as outras três para os conselheiros tutelares, atendimento aos casos que exigem sigilo e serviços administrativos, de modo a atender os parâmetros da Resolução n.º 139 do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. O município também se comprometeu, no prazo de 60 dias, a promover a instalação de ar condicionado na sala de recepção, conferindo maior comodidade ao atendimen-

to da população, bem como realizar disponibilização de equipamentos, como aparelho de fax, máquina fotográfica digital e aparelho telefônico celular, que potencializarão o desempenho dos trabalhos realizados pelos conselheiros tutelares. “O Conselho Tutelar constitui num órgão essencial do Sistema de Garantia dos Direitos, já que se caracteriza como um órgão público municipal, sendo sua estruturação e manutenção de responsabilidade do município, que para tanto deve prever no seu orçamento recursos necessários para assegurar o seu pleno funcionamento, de modo a primar pela consolidação da proteção integral infanto-juvenil”, destacou o promotor de Justiça Francisco Gomes de Souza Júnior. Segundo ele, o não cumprimento do TAC sujeitará o município ao pagamento de multa diária de R$ 200,00, cujos valores serão revertidos para o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente de Cocalinho. O acordo foi assinado no dia 04 de outubro deste ano.[Clênia Goretth]

NOTÍCIA DOS MUNICÍPIOS

MPE firma TAC que prevê reestruturação do Conselho Tutelar

PREFEITO DE COCALINHO, LUIZ HENRIQUE AMARAL (PT) E UM TERMO DE AJUSTE DE CONDUTA PARA RESGUARDA DIREITO DE MENORES


Polícia

14

A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

BARRA DO GARÇAS

SEMANA7.COM/RONAN DE SÁ

Menores rendem agentes policiais na Socioeducativa OCORRÊNCIAS

Mulher é morta à pauladas por ex-companheiro SEMANA7.COM Da Redação

Está sendo procurado pela polícia o foragido Adão Dias Marques que na noite de sexta-feira (18/10) matou a pauladas sua ex-mulher Carla Marques, em Baliza (GO), depois de espancá-la em uma festa em local denominado Couro Velho, (entrada da ponte de Torixoréu). Segundo testemunhas a vítima teria corrido para sua casa em Baliza quando foi seguida pelo ex-companheiro que invadiu sua residência e que depois de estuprá-la arrancou uma ripa do estrado da cama com

que quebrou várias costelas e perfurou seu pulmão. Socorrida no hospital de Torixoréu (MT)a vítima foi encaminhada em seguida para Goiânia onde faleceu ao chegar àquela capital.A partir da morte de Carla começou uma campanha nas redes sociais para capturar o suposto criminoso. O sargento Walison, da Polícia Militar de Goiás, disse que não há mando de prisão contra Adão Dias Marques e que o inquérito deve ser instaurado pela delegada Azuen Abarello, de Aragarças, mas que se encontra em licença médica.

Mulher agredida atravessa pontes coberta de sangue ANDRÉ LUIS/TV SERRA AZUL

TRÁFICO

Porto do Baé a jovem recusou atendimento dos Bombeiros e voltou novamente a pé ao Travessia onde foi agredida de novo com golpes mais profundo. Natália foi internada no Pronto-Socorro Municipal depois de ser levada pelos bombeiros que a socorreram em frente à Escola Cristino Cortês. A vítima não corre risco de morrer.

SEMANA7.COM Da Redação

Uma mulher de 29 anos, residente no bairro Morado do Sol, em Barra do Garças, foi vista andando ontem pela manhã andando pelas ruas coberta de sangue depois de ser atingida na cabeça após uma briga entre moradores de rua no Travessia, em Aragarças (GO). No complexo turístico do

Começa a piracema no Araguaia SEMANA7.COM/RONAN DE SÁ

Três traficantes de drogas foram presos em flagrante pela Polícia judiciária Civil, em Barra do Garças. Os acusados Fleury Alves de Oliveira, 47, conhecido como “Castanho”, Willian Ferreira Bastos, 23, o “Pica Pau”, e Denubes Rodrigues de Souza, 37, o “Cabeção, foram autuados pelos crimes de tráfico de entorpecentes, associação para o tráfico, receptação e posse irregular de munições. A ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) teve início após denúncia de que em um bar, próximo a feira coberta, funcionava um ponto de venda de drogas e que vários objetos furtados eram receptados no local. Após monitoramento do comércio, policiais da Derf realizaram a abordagem e surpreenderam os suspeitos em posse de 2 pedras grandes de

alizar buscas pela cidade onde diante de uma situação suspeita em uma residência realizaram um cerco onde encontraram os suspeitos Adriano Teles de Souza e Junior Lopes dos Santos, ambos de 18 anos, que deram abrigo aos menores fugitivos. Os fugitivos foram rendidos pela Polícia Militar que apreendeu o veículo, os H.T.’s furtados, a quantia de R$ 39,00 e um chucho. Os dois suspeitos, os seis menores infratores e materiais apreendidos foram entregues na Delegacia de Polícia de Barra do Garças.

PESCA

Polícia desarticula traficantes e prende três em Barra do Garças

JORNAL DA NOTÍCIA Da Redação

fugiu dali em seguida juntamente com outros cinco menores: N.A.R. (17anos), J.T.C. (14), T.A.C. (16), J.M.G. (17) e R.M.S. (16), detidos na Socioeducativa. Todas as viaturas foram informadas, assim como os núcleos de Polícia Militar mais próximos que realizaram barreiras para conter a fuga. Na madrugada de segunda-feira o Núcleo da PM de General Carneiro informou que um dos menores infratores fugitivos havia tentado contato com um morador local e, a partir de então passaram a re-

pasta-base de cocaína, no momento em que a droga estava sendo comercializada. Em continuidade as buscas, a equipe de investigadores localizou 19 esmeraldas lapidas, avaliadas em R$ 8 mil, que foram furtadas de um escritório de advocacia, além de 14 aparelhos celulares, R$ 3,5 mil em dinheiro, 3 munições calibre 38 e diversos objetos furtados, provavelmente trazidos por usuários e trocados por drogas. No momento em que foram abordados, os três traficantes usavam um lenço com os mesmo dizeres religiosos, o que, de acordo com o delegado Wilyney Santana Borges, pode representar um código de venda de entorpecente. Participaram da operação, policiais da DERF, com apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Barra do Garças, coordenado pelo delegado regional Adilson Gonçalves de Macedo.

SEMANA7.COM/RONAN DE SÁ

Neste início de mês, numa noite de domingo (03) uma escolta que transportaria um menor infrator da Sócioeducativo de Barra do Garças para Cuiabá chegou ao prédio daquela unidade e apesar de acionar a sirene da viatura, nenhum agente foi recebê-la. Ao descerem, os agentes escutaram gritos pedindo socorro do interior do prédio. Os policiais não tiveram dúvida, arrombaram a porta de entrada e encontraram três agentes

locais presas nas celas. Ao ser confirmada a fuga de seis menores infratores, a Polícia Militar foi acionada. As agentes relataram que após ronda noturna pelo local constatarem que tudo estava em perfeita ordem e voltaram para um dos cômodos da unidade penal onde minutos depois foram surpreendidas pelo menor infrator R.S.A., 17 anos, portando uma barra de ferro, fez a rendição e levou a chave do Fiat Uno da unidade, bem como dois rádios “H.T.”. O menor deixou as policiais trancadas numa cela e

G1 COM REDAÇÃO asemana@araguaia.net

A partir de1º de novembro começou a piracema em Mato Grosso para os rios da bacia hidrográfica do Araguaia. Até fevereiro do ano que vem ficará proibida a pesca a fim de comercialização nos rios do estado. Dia 5 as restrições para a pesca se estendeu aos rios das bacias do Paraguai e Amazonas. Durante o período proibitivo, de acordo com o comandante do Batalhão da Polícia Ambiental do estado, Rhaygino Setúbal, será intensificado o policiamento nos rios visando coibir a pesca predatória. “Temos guarnições compostas de três policiais que vão fazer a fiscalização nos rios”, afirmou. Ele disse que o pescador flagrado pescando nesse período será detido e autuado em flagrante. A pena para esse crime ambiental varia de um a três anos de prisão e multa, de R$ 700 a R$ 100 mil, mais R$ 20 por quilo de pescado apreendido. Está autorizada somente a pesca pelas comunidades ribeirinhas, porém, para o consumo próprio. Os moradores dessas comunidades devem cumprir uma cota diária de 3 quilos ou uma peça de pescado de qualquer peso. Não é só a pesca que fica proibida durante a piracema. Quem for flagrado transportando pescado também pode ser penalizado, conforme o comandante. “É permitida somente a pesca de subsistência, das pessoas que vivem na beira do rio e dependem da pesca para a sua manutenção

DIRETOR DA REGIONAL DA SEMA CLEBER FABIANO: PIRACEMA

diária”, afirmou Rhaygino. A legislação estabelece ainda que no segundo dia útil após o início do período da piracema, os pescadores e comerciantes são obrigados a informar à Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) os estoques de pescado resfriados ou congelados. A medida também vale para frigoríficos, peixarias, postos de venda, restaurantes, hotéis e similares.

do de restrição de pesca serve para garantir ciclo de vida dos peixes e assegurar a renovação dos estoques pesqueiros para os anos seguintes.

A regional e Barra do Garças tem sob seus cuidados 11 rios e vários córregos. Duas equipes com a participação da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF) devem percorrer os 17 municípios, de Ribeirãozinho a Gaúcha do Norte, na bacia do rio Xingu, durante o período de piracema. Na primeira etapa, segundo disse o diretor do escritório da Sema em Barra do Garças, Cleber Fabiano Ferreira, as equipes fazem trechos dos rios Garças e Araguaia, para depois efetuarem diligências nos rios Pindaíba e Mortes. Uma terceira escala será nos rios da bacia do Xingu: Culuene, Sete de Setembro e Couto Magalhães. Além de fiscalizações nos rios a Sema, a exemplo de anos anteriores, a Sema fará barreiras em pontos estratégicos nas rodovias 070 e 150 e na MT 100 com ajuda da PM e PRF. Ano passado foram apreendidos mais de 3 mil quilos de peixe. No Vale do Araguaia há duas regionais: Barra do Garças e de Vila Rica.

ARQUIVO

SEMANA7.COM Da Redação com Assessoria

PIRACEMA A piracema é um período natural de reprodução dos peixes de água doce, que ocorre em ciclos anuais no período de chuvas. O perío-

APREENSÃO DE MATERIAL DE PESCA EM RIOS DE MATO GROSSO


A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

15

Esporte

INCENTIVO

SEMANA7.COM Da Redação

Será realizado nos dias 15 e 16 a Primeira Copa Jornal A Semana de Futsal no Ginásio de Esportes Arnaldo Martins, com participação de cerca de 19 equipes e apoio da Secretaria Municipal de Esportes da Prefeitura de Barra do Garças. Na quarta-feira, (6), aconteceu às 9 horas da manhã um congresso técnico no ‘Arnaldo Martins’, que segundo o organizador da Copa amistosa, Uércule Souza Jacomini “serviu para discutir o número de equipes entre outros pormenores necessários ao certame”. Se inscreveram à Copa Jornal A Semana de Futsal mais de 200 atletas incluindo, além de Barra do Garças, equipes das cidades de Pontal do Araguaia e Aragarças (GO). “Podem ser inscritos até 12 jogadores em cada time”, adianta Jacomini. Para a manhã do dia 15 a equipe da AABB enfrenta o Peixinho, São João Batista a Novo Lar, DVD Madre Martha a Ulbra e Escola Cristino Cortês a Coopema, nas categorias 2001/2002. Jacomini diz que este ano foi realizado apenas os Jogos Escolares. Na avaliação de desportistas que conversaram com a redação, há falta de incentivo ao esporte. “Depois se queixam de que os jovens

SEMANA7.COM/SÉGIO SANTANA

Jornal A Semana vai patrocinar Copa de Futsal ATLETISMO

Dois ouros para Barra do Garças

SEMANA7.COM Da Redação

PROFESSOR UERCULE JACOMINI À FRENTE DA COPA JORNAL A SEMANA DE FUTSAL EM BARRA DO GARÇAS

estão no álcool e nas drogas”, disse um deles que pediu para não ser identificado. O próprio Jacomini disse que projetos para certames como este da Copa Jornal A

Semana de Futsal, são apresentados às empresas em busca de patrocínio, mas ainda é pouca a receptividade, segundo ele. À equipe campeã e outras

que liderarem a tabela superior do certame receberão troféus e medalhas, além da esperada confraternização entre atletas, patrocinador e organizadores do certame.

A Seleção Brasileira de Atletismo dominou as disputas do 40º Campeonato Sul-americano de Juvenis, encerrado à noite de 20 de outubro no Estádio Poliesportivo Jaime Zapata, na cidade argentina de Resistência. A equipe somou 476 pontos nos três dias de competição, destinada a atletas de até 19 anos e, assim, manteve a hegemonia no continente. Argentina foi a segunda colocada com 196 pontos e, Equador, o terceiro com 182. Cerca de 510 atletas participaram da competição em diversas provas de atletismo. A delegação brasileira foi composta por 72 pessoas, a maior equipe da competição entre 11 países da América do Sul. Do município de Barra do Garças foram convocados dois atletas, Victor Vinícius (Unimed) recordista na prova dos 10 mil metros rasos e Ana Karolyne (Coopema), nos 80 metros, ambos medalha de ouro em suas modalidades. O professor Sivirino Souza Santos foi convocado para

a delegação brasileira naquele Sul-americano como treinador de provas de meio-fundo (de 800 a 1.500 metros), fundo (provas largas acima de 1.500 metros rasos) e marcha atlética (10 mil metros). OLIMPÍADAS Belém do Pará sedia de 8 a 10 de novembro as Olimpíadas Escolares Brasileira da Juventude que deve reunir em torno de 4 mil jovens de 15 a 17 anos. Barra do Garças, de acordo com a planilha do professor Sivirino, participa com três atletas: Irailton Xavante (Escola Norberto Schwantes), Jonathan Moreira (Dom José Selva) e Ana Karolyne (Coopema), incorporados à delegação de Mato Grosso. De 26 a 29 de novembro será a vez do Campeonato Sul-americano de Atletismo sub 15, em Mar del Plata, na Argentina. Barra do Garças marca presença com Áurea de Brito (Coopema), recordista dos 1000 metros rasos nas Olimpíadas Escolares realizadas em setembro no Rio Grande do Norte. [Com dados da Internet].

FUTEBOL

Peneirão da Ponte Preta descobre dois talentos em Aragarças SEMANA7.COM Da Redação com Assessoria

Dois novos talentos foram descobertos pelo peneirão da Associação Atlética Ponte Preta, realizado no final de outubro no estádio Franciscão, em Aragarças. O evento foi promovido pela Prefeitura Municipal por meio da Secretaria Municipal de Esportes. Durante dois dias, cerca de 150 atletas participaram dos testes realizados pela Comissão Técnica das Divisões de Bases da Ponte Preta. Os atacantes Gleidson e Moisés conseguiram avaliação acima da média e passarão agora por uma nova bateria de testes em Campinas (SP), para serem

integrados ao clube. Segundo o coordenador de esportes, Ney Vânio, esse é o segundo peneirão realizado pela Prefeitura de Aragarças neste ano de 2013. O primeiro foi promovido pelo Cruzeiro Esporte Clube, com o aproveitamento de três atletas. “Graças ao apoio da administração municipal, Aragarças vai se transformando em um celeiro de talentos”, disse. Para 2014, está sendo agendada para a segunda quinzena do mês de janeiro, a realização do peneirão do Grêmio Porto-alegrense. “Já estamos trabalhando para a realização de novos testes e descoberta de novos talentos”, disse Ney Vânio.


16

A SEMANA NO ARAGUAIA - Ano V - nº 96 - 20 de setembro a 4 de novembro/2013 - BARRA DO GARÇAS - Municípios do Araguaia - Capital Matogrossense - Brasília

DEFENSORIA Lindalva de Fátima Ramos, da Defensoria Pública de Barra do Garças, sempre atenta aos interesses sociais.

EM REVISTA

O editor Ronan de Sá, jornalista Wanderley Wasconcelos e diretor de Marketing Sérgio Santana. Juntos eles desenvolvem um projeto de comunicação que resulta neste momento no quarto número da Revista GENTE Centro-Oeste, (ao lado). Nesta edição destaca-se, entre outros, o Programa MT Integrado do governo estadual e o agronegócio. Em pauta, ampla cobertura no Vale do Araguaia.

ARTICULAÇÃO

A vereadora Maria do Mercado (PP) quando recebeu o deputado Baiano Filho (PMDB) em almoço festivo em sua residência, em Barra do Garças.

ESTILO

Agência de marketing em Barra do Garças é a expressão do talento de Marcos Aurélio (25 anos) e Afarés Nattan (23). Com soluções modernas e tecnológicas de acordo com a evolução publicitária nacional a DuMato Marketing e Multimídia é sinônimo de bom gosto.

FESTIVAL

Raynan Luiz Braga (à esquerda), vencedor do Primeiro Festival Canta Água Boa, ao lado do vereador Fernando Augusto Lowe e do médico Mariano Filho. Raynan é filho de Barra do Garças.

SIM!

A advogada Cassia Farias ao braço do médico veterinário Wilson Almeida, momentos após do “Sim” da concorrida cerimônia ocorrida em outubro, no Spasso Bufet. Cássia é filha do ex-prefeito Wanderlei Farias. Felicidade ao simpático casal.

TALENTO

O jovem engenheiro João Ricardo, egresso da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus de Sinop. Em tempo o profissional trabalha na Secopa de Cuiabá. Na foto ele aparece ao lado de seu pai, Carlos Ney.

MARKETING

O homem de marketing, Getúlio Costa, dobrou a página de seu calendário dia 8 de novembro. Aqui ele aprece ao lado de sua esposa Kárita Kristina, felizes em comemoração à data.

CAMPEÃ

A campeão mundial de jiu-jitsu, Kira Gracie, entre o secretário de Esportes de Barra do Garças, Rafael Farias e de seu irmão, o dentista Rogério Farias por ocasião do UFC realizado na noite de sexta-feira (8) em Goiânia.


A semana 96