Page 1

www.alo.com.br

2019

/alobrasilia

@alobrasilia

ALO JORNAL

ANO 12 - Nº 2800  QUINTA-FEIRA  DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

61 9147-5714

BRASÍLIA

10 OUT

@alobrasilia

O BANCO DO BRASIL APRESENTA O ANIMA MUNDI 2019 ATÉ DIA 13, NO CCBB

IBGE: INFLAÇÃO FICA NEGATIVA EM 0,04%, MENOR TAXA PARA SETEMBRO DESDE 1998 Página 06

STF: ESTADOS DEVEM REPASSAR A MUNICÍPIOS 25% DOS ROYALTIES DO PETRÓLEO Página 02

CONGRESSO APROVA LEI DAS DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA 2020 Texto prevê para o ano que vem salário mínimo de R$ 1.040

Página 02

Página 8

PROGRAMA QUE COMBATE VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES E MENINAS É LANÇADO NO PARANOÁ O GDF está unido para combater os números de feminicídio

Página 03

RACIONAMENTO DE ÁGUA NA REGIÃO DA SAÍDA NORTE PREOCUPA DISTRITAIS, NA CLDF

João Cardoso afirmou que o racionamento de água na saída norte preocupa e que o governo teve tempo sobra para planejar maneiras de evitar a recarga dos aquíferos

Página 04

DOCUMENTOS DE INDÍGENAS PODERÃO TER INDICAÇÃO DE ETNIA, APROVA CCJ O autor do projeto, senador Telmário Mota (Pros-RR), argumenta que o reconhecimento de tradições

Página 02


2

Q U I N TA - F E I R A , 1 0

DE OUTUBRO DE

2019

www.alo.com.br

acional N

Comissões podem votar projeto que libera compra de terras por estrangeiros As comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Agricultura (CRA) devem realizar, na próxima semana, reunião conjunta para votar o relatório do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) ao Projeto de Lei (PL) 2.963/2019. O texto cria um novo marco regulatório para a aquisição de terras e imóveis rurais por pessoas e empresas estrangeiras. O requerimento para a análise conjunta foi aprovado na última quarta-feira (9) pe-

la CRA e na semana passada pela CAE. A data da reunião ainda não foi definida. O autor da proposta, senador Irajá (PSD-TO), acredita que a aprovação da matéria deve atrair R$ 50 bilhões por ano em investimentos estrangeiros para o agronegócio brasileiro. “O projeto cria um novo ambiente de negócios, queremos os investidores estrangeiros como bons parceiros. A soberania na-

cional não correrá riscos. Restringimos por exemplo a compra ou o arrendamento nos 16 mil quilômetros da faixa de fronteira. Também haverá restrições no bioma amazônico, visando a preservação ambiental, e um teto de 25% de compras ou arrendamentos nas áreas rurais por estrangeiros em todas as cidades. Neste último caso, queremos preservar a concorrência justa com os produtores brasileiros e desconcentrar investimentos”, afirmou.

Congresso aprova LDO para 2020 Com intensa discussão sobre a valorização do salário mínimo, o Congresso Nacional aprovou ontem (9) o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO - PLN 5/2019) para 2020. A LDO aponta as prioridades do governo para o próximo ano e orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA - PLN 22/2019). O

texto segue para sanção do presidente da República. A LDO foi aprovada em agosto pela Comissão Mista do Orçamento (CMO) e mantém a proposta original do Poder Executivo de reajuste do salário mínimo para R$ 1.040 em 2020, sem ganhos reais com relação à inflação. Em relação ao valor atual (R$ 998),

BRASÍLIA

ALO JORNAL

o aumento nominal será de pouco mais que 4%, mesma variação prevista para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação, em 2019. Porém, o PLN 22/2019, encaminhado pelo governo no final de agosto, estabelece salário mínimo ligeiramente menor para 2020: R$ 1.039.

Estados devem repassar 25% dos royalties do petróleo O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem (9), por 8 a 1, manter a obrigatoriedade de estados produtores de petróleo repassarem 25% dos royalties a que têm direito para todos os municípios de seu território. A norma, prevista na Lei 7.990/1989, era questionada no Supremo desde

2012 pelo estado do Espírito Santo, que argumentava não caber a uma lei federal estabelecer os critérios para a distribuição dos royalties entre os municípios. Para o relator da matéria, ministro Edson Fachin, no entanto, a legislação pertinente à distribuição de royalties do petróleo é sim de competência federal,

motivo pelo qual “é constitucional a imposição por este instrumento legal [Lei 7.990/1989] de repasse de parcela das receitas transferidas aos estados para os municípios”. Fachin foi seguido por Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli.

Documentos de indígenas poderão ter indicação de etnia

Não há motivo para oposição ao acordo Mercosul-UE, diz portavoz O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, disse na última terça-feira (8) que não há motivo para que o acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia não seja aprovado pelos países integrantes dos dois blocos. “O governo do Brasil reconhece que, na negociação de acordos de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia (UE) foram cumpridos três pontos fun-

JORNAL

ALO

BRASÍLIA

Alô Brasília Comunicação Ltda. CNPJ: 09612937/0001-92 Matriz: Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 5, Bloco K, nº 17, Ed. Ok Office Tower, 13º andar. Asa Sul, Brasília, DF - CEP: 70.070-050 Telefone: 98565-6473 comercial@alo.com.br

damentais para a sua efetivação. O primeiro deles, o diálogo político. Segundo, a cooperação. E terceiro, o livre comércio. O presidente Bolsonaro, por consequência, não vê motivo para registro de oposição formal ao acordo Mercosul e União Europeia”, afirmou Rêgo Barros em coletiva de imprensa com jornalistas que cobrem o Palácio do Planalto. A declaração foi uma resposta à ministra do Meio

Ambiente da França, Elisabeth Borne, que afirmou, mais cedo, que as questões agrícolas relacionadas ao acordo de livre comércio não podem ser assinadas nas atuais condições. “Não podemos assinar um tratado comercial com um país que não respeita a Floresta Amazônica, que não respeita o tratado de Paris. A França não assinará o acordo do Mercosul nessas condições”, disse a ministra à emissora de televisão BFM.

DIREÇÃO

IMPRESSO Presidente: Guilherme Queiroz Diretor: Hélio Queiroz Editor Chefe: Reynaldo Rodrigues Comercial: Francis Leandro Circulação: Marco A. Queiroz Colunista social: Marlene Galeazzi

PORTAL Presidente: Guilherme Queiroz Diretor: Hélio Queiroz Comercial: Francis Leandro

Tel: 3223-3410

A população indígena do Brasil poderá conquistar o direito de ter o nome de sua etnia em seus documentos de identificação. A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou em decisão final, na última quarta-feira (9), o Projeto de Lei do Senado (PLS) 161/2015, que altera a Lei de Registros Públicos (Lei 6.015, de 1973) e a Lei 7.116/1983, para assegurar a qualquer indígena o direito à indicação da sua etnia expressa em certidão de nascimento, certidão de casamento e carteira de identidade. Para isso, bastará requerer a inclusão, sem necessidade de com-

provar a origem étnica. O autor do projeto, senador Telmário Mota (Pros-RR), argumenta que o reconhecimento e o prestígio aos costumes e tradições das comunidades indígenas são mandamentos constitucionais. Assim, a aprovação da proposta, segundo ele, viria a corrigir “um grande aborrecimento cotidiano” a essas pessoas. Atualmente, o índio precisa obter o Registro Administrativo de Nascimento Indígena, expedido pela Funai. O PLS 161/2015 recebeu parecer favorável do relator, senador Mecias de Jesus (PRB-RR).

Ele acatou três emendas aprovadas pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), para substituição da expressão “origem indígena”, que muitos não-índios também têm, pela “condição indígena”, mais adequada aos objetivos da norma; e a permissão de constar também a informação sobre a aldeia de origem, além da condição de indígena e a etnia. Se não houver recurso para votação pelo Plenário do Senado, o projeto segue para a Câmara dos Deputados.

Twittando Tag pedindo Impeachment de Bolsonaro fica nos assuntos mais comentados do Twitter. “1993 - Bolsonaro deixa o PDC 2003 - Bolsonaro deixa o PPB 2005 - Bolsonaro deixa o PTB 2005 - Bolsonaro deixa o PFL 2016 - Bolsonaro deixa o PP 2018 - Bolsonaro deixa o PSC 2019 - Bolsonaro deixa o PSL Jamais Bolsonaro deixará de ser oportunista #ImpeachmentdoBolsonaroURGENTE” @senadorhumberto


3

Q U I N TA - F E I R A , 1 0

DE OUTUBRO DE

2019

www.alo.com.br

istrito Federal D

BRASÍLIA

ALO JORNAL

Agência Brasília

Programa que combate violência contra mulheres e meninas é lançado no Paranoá A Secretaria da Mulher e diversos órgãos do Governo do Distrito Federal lançaram no Paranoá, o programa Jornada Zero Violência Contra Mulheres e Meninas. O evento reuniu mais de cem pessoas no auditório da administração regional. O administrador do Paranoá, Sérgio Damasceno, falou sobre a importância de levar esse debate para as regiões administrativas do Distrito Federal. “É chegada a hora de trabalhar pela vida das mulheres da nossa cidade”, pontuou. A secretária da Mulher e idealizadora do programa, Ericka Filippelli, foi a responsável por apresentar a estratégia. “Precisamos trilhar uma jornada juntos, para combatermos diariamente todos os tipos de violência contra a mulher”, afirmou. “O Jornada Zero é um percurso

com começo, meio e fim e não aceitaremos nada menos que uma cidade livre de violência doméstica como nossa meta mobilizadora”, enfatizou a secretária. O GDF está unido para combater os números de feminicídio e violência doméstica e está à disposição da comunidade para palestras, debates, dúvidas e sugestões neste enfrentamento, ressaltou Ericka Filippelli. De acordo com a secretária, os parceiros do projeto irão entregar materiais de apoio em locais públicos e privados, e percorrerão a cidade para falar sobre o programa e atrair multiplicadores. “É preciso que toda a comunidade conheça os equipamentos públicos que atendem vítimas de violência”, concluiu a secretária da Mulher.

Empresas de limpeza urbana assumem novos contratos As empresas vencedoras do contrato de limpeza urbana do DF – Valor Ambiental, Sustentare Saneamento e Consita Tratamento de Resíduos –receberam ordem de serviço para iniciar os trabalhos. Dentre as novidades, estão a ampliação da coleta seletiva na capital e a alteração da frequência da coleta convencional de resíduos domésticos. Com contrato de cinco anos, as empresas selecionadas vão prestar serviços de coleta seletiva, coleta e transporte de resíduos domésticos, remoção manual e mecanizada e transporte de entulhos, varrição manual e mecanizada de vias e logradouros públicos, lavagem de vias e logradouros públicos, limpeza de equipamentos e bens públicos, catação, pintura mecanizada de meios-fios, frisagem, limpeza pós-eventos, coleta de resíduos de caixa de gordura e operação das unidades de transbordo de re-

jeitos e/ou resíduos. “O serviço de limpeza urbana em Brasília tem um significado especial”, destaca João Andrade Rezende, diretor-presidente da Consita, empresa pertencente a um grupo português. “É uma conquista que demandou muito suor e trabalho de todos. Tenho plena certeza que executaremos em Brasília, assim como em outras metrópoles e em outros três continentes, um serviço de excelência.” Para racionalizar os serviços, o SLU vai alterar a frequência das rotas da coleta convencional em cerca de 35% do DF, atingindo as regiões do Plano Piloto, Sobradinho I, Planaltina, São Sebastião, Sudoeste, Cruzeiro, Lago Norte, Park Way, Jardim Botânico, Lago Sul e Guará. Nas demais regiões administrativas, a coleta já era feita em dias alternados. Os setores comerciais em todas as cidades continuarão atendidos com coleta diária.

Agência Brasília

Eixo Monumental terá mais uma obra de Oscar Niemeyer Um espaço cultural com cinema, praça de alimentação, teatro, biblioteca, estacionamento interno e salas para palestras e exposições vai compor o conjunto arquitetônico e cultural do Eixo Monumental de Brasília. Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer e inspirado em modelo homônimo de Washington (Estados

Unidos), o Museu da Bíblia será construído próximo à Estrada Parque Indústrias de Abastecimento (Epia), entre o Cruzeiro e o Setor Militar Urbano (SMU), com capacidade para 50 mil pessoas. A expectativa é de que o museu receba cerca de 100 mil visitas ao ano e fomente o turismo em Brasília – uma das intenções de

maior relevância da gestão do governador Ibaneis Rocha. Foi assinada, no Palácio do Buriti uma Carta de Intenções e Compromissos que ajudará na captação de recursos para a construção do Museu da Bíblia. Os custos são estimados em R$ 63 milhões, sem ônus para o GDF. “Ideologia, cada um tem a sua; time de futebol,

cada um tem o seu e religião também; por isso nós temos a obrigação de respeitar as pessoas, a diversidade e as vontades delas que são feitas sob o manto de Cristo”, defendeu o governador, que é católico e tem como expectativa entregar a obra – que aponta como a maior de seu governo – até 2022.

Bíblia aberta Instalado em uma área de 15 mil metros quadrados, o espaço cultural e religioso, com o formato de uma Bíblia aberta, terá como objetivo a preservação da memória religiosa por meio da divulgação das Sagradas Escrituras, promovendo, de acordo com seus idealizadores, edu-

cação e cultura. Para o presidente da Sociedade Bíblica do Brasil, Assir Pereira, o ponto de instalação do museu, previsto no projeto da cidade, tem um significado. “Está onde seria o leme do corpo do avião [que simbolizaria o desenho do Plano Piloto de Brasília]”, explica.

Além do governador Ibaneis Rocha, participaram representantes da Unidade de Assuntos Religiosos do GDF e integrantes da Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional, bem como líderes de entidades evangélicas.

BRB faz acordo com a Fibra para dar mais crédito à indústria Agência Brasília

O BRB firmou termo de cooperação com a Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra) para oferecer acesso ao crédito e condições diferenciadas a todas empresas que compõem a base da entidade: um universo de 10 sindicatos industriais que juntos representam 4,7% do Produto Interno Bru-

to (PIB) do DF. A medida tem como objetivo impulsionar o desenvolvimento industrial. O acordo, assinado prevê uma série de benefícios como taxas de financiamento diferenciadas, a partir de 1,03%, prazo de até 120 meses e carência de até um ano para pagamento da primeira parce-

la.

Também estabelece taxa capital de giro a 0,92%; 100% de desconto na primeira anuidade do cartão empresarial; taxas de 1,08% para antecipação de contrato, além de facilidades para as empresas que optarem por trazer a folha de pagamento para o BRB.

Equipe de saúde no DVO Gama oferece preventivos de câncer Durante o Outubro Rosa, mês dedicado à prevenção e ao enfrentamento do câncer de mama, a equipe de saúde da família do DVO, no Gama, oferecerá exames de mamografia e citológico do câncer de colo uterino a todas as mulheres que

buscarem atendimento na unidade. Pelo menos 80 pacientes são esperadas. Poderão fazer a mamografia as mulheres com idade entre 50 e 69 anos ou aquelas com história de câncer de mama na família. Para fazer o exame citológico, é necessário

ter entre 25 e 64 anos. A ação faz parte da campanha do Outubro Rosa e terá palestras de conscientização sobre o câncer de mama e uterino, além de dinâmicas. “Não será necessário agendamento prévio.

Todas as pacientes que vierem à unidade serão instruídas a fazer os exames. Essa ação é importante para a prevenção e a detecção precoce de câncer”, explica a enfermeira da equipe, Helane Santana Cruz.


4

Q U I N TA - F E I R A , 1 0

DE OUTUBRO DE

2019

www.alo.com.br

istrito Federal D

BRASÍLIA

ALO JORNAL

Racionamento de água na região da saída norte preocupa distritais

Reprodução

Agência Brasília

Comissão aprova multa em casos de trotes para serviços de emergência A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou a aplicação de multa, de até três salários mínimos, aos donos de linhas telefônicas em casos de trotes a atendimentos de emergência. A sanção abrange os números 192, do Serviço de Atendimento Móvel (SAMU), o 190, de emergência da Polícia Militar, o 193, do Corpo de Bombeiros, o 199, do Detran e o 112, da Defesa Civil. O PL nº 576/2019 estabelece a multa administrativa, como penalidade pelos custos

relativos a conduta ilícita, aos proprietários de linhas telefônicas cujos aparelhos tenham originado trotes aos serviços telefônicos de atendimento a emergência, combate a incêndios ou ocorrências policiais. O texto entende como trote o acionamento indevido originado de má-fé ou que não tenha como objetivo o atendimento ou situação real. O autor da matéria, deputado Eduardo Pedrosa (PTC), argumenta que o trote é conduta reprovável e traz duplo prejuízo à sociedade. “Por um lado, mobilizam-se desneces-

sariamente recursos que têm alto custo para a sociedade. Por outro, uma emergência real deixa de ser atendida, colocando, assim, patrimônio e vidas em risco”, alega. Pedrosa acrescenta que, embora o Código Penal preveja a prática de trotes como contravenção, as opções penais são restritas. Por isso, segundo ele, o poder público precisa adotar outras medidas para coibir essa “atitude negativa, que vem crescendo de maneira alarmante” no País.

Distritais aprovam criação do Fundo do Trabalho do DF Para tornar o GDF apto a receber recursos transferidos pela União por meio do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), foi aprovada pela Câmara Legislativa a criação do Fundo do Trabalho do Distrito

Federal (FTDF). O projeto de lei nº 655/2019, enviado pelo Executivo para apreciação dos deputados distritais, estabelece ainda um Conselho de Trabalho, Emprego e Renda do Distrito Federal, para

adaptar-se à legislação federal. A matéria, votada em segundo turno e redação final, segue para sanção do governador para virar lei.

Defensoria Na sessão ordinária deliberativa também foi aprovada proposição de autoria da Defensoria Pública do DF que renomeia os cargos da carreira. O PL nº 654/2019, aprovado em segundo turno e redação final,

estabelece 100 vagas para a classe especial, 100 para a intermediária e 40 para a inicial. A transformação, conforme a justificativa que acompanhou a matéria, estava prevista na legislação e facilitará as promo-

ções. “Na atual sistemática, há integrantes da carreira que estão aguardando há mais de 11 onze anos, o que tende a desestimular a permanência na instituição”, diz o texto.

Templos Os parlamentares ainda aprovaram, em segundo turno e redação final, o projeto de lei nº 198/2015, do deputado Delmasso (PRB), que institui

o Cadastro de Templos Religiosos (CTR). A ideia é facilitar às entidades que aderirem ao CTR, o reconhecimento da isenção de tributos como o IP-

TU, IPVA, ITBI, Contribuição de Iluminação Pública (CIP) e Taxa de Limpeza Pública (TLP).

Veto total O plenário da CLDF também derrubou o veto total do governador ao projeto de lei nº 370/2019, de autoria do deputado João Cardoso (Avante),

que cria o Programa Distrital de Incentivo ao Ciclismo nas Unidades de Conservação. Os 16 deputados presentes à sessão no momento da

votação da matéria posicionaram-se contra a manutenção do veto. O PL será promulgado e vai virar lei.

Um dos assuntos abordados pelos deputados distritais na sessão ordinária da Câmara Legislativa do Distrito Federal foi o possível racionamento de água na região da saída norte. Os deputados Leandro Grass (Rede) e João Cardoso (Avan-

te) manifestaram preocupação com a possibilidade da falta de água e criticaram o anúncio do governo de construção de um novo setor habitacional na região, a cidade Urbitá, que poderá abrigar até 120 mil pessoas.

Leandro Grass informou que a Caesb já apresentou à Adasa um plano de restrição de fornecimento de água para as áreas abastecidas pela bacia do Pipiripau, com previsão de cortes no abastecimento da região norte, próximo a Sobradinho. O possível racionamento afetará diversos condomínios e centenas de moradores ficarão sem água. Para Grass, a crise hídrica tem total relação com a falta de planejamento urbano, a ocupação desordenada e a grilagem de terras. “Apesar dos avisos, o descontrole continua”, lamentou condenando a criação da cidade Urbitá, anunciada pelo governador, apesar da crise hídrica.

constatou que pessoas sem a menor condição estão ocupando os postos de direção, gerando indignação no corpo técnico. “É normal que o governo consiga

emprego para seus aliados, mas tem que ser obedecido um mínimo de critério técnico. Tem que levar em consideração a capacidade técnica”, ponderou.

Saúde A deputada Arlete Sampaio (PT), do bloco Democracia e Resistência, disse que visitou algumas unidades que prestam serviços de saúde mental e


5

www.alo.com.br BRASÍLIA

ALO JORNAL

Q U I N TA - F E I R A , 1 0

DE OUTUBRO DE

2019

marlenegaleazzi@gmail.com

Marlene Galeazzi lash F

FESTEJANDO Amanhã, sexta-feira, o diplomata e pianista Antenor Bogéa vai reunir amigos em sua casa do Lago Sul para brindar idade nova. Noite de boa música, conversas inteligentes e delícias gastronômicas.

MUNDO DA ARTE “Caminhos 6 momentos”, é o nome da exposição coletiva de pintura que começa, próximo dia 23, no Galeria Arte em Pauta . Participaraõ da mostra os artistas Lourenço de Bem, Joana Limongi, Xico Oliveira, Eduardo Meendizabal, PJaraújo e Cristina Coriolano.

OUTUBRO COM SOLIDARIEDADE O Bingo Amigo, evento solidário alusivo ao “Outubro Rosa e já tradicional na CASACOR Brasília, acontece hoje, às 15h30, no Salão de Festas e Bar de Vinhos, ambiente, assinado pela Entrequadra Arquitetos. O evento tem como objetivo angariar recursos para tratamento e prevenção ao câncer de mama. A realização é da Rede Feminina de Combate ao Câncer em conjunto com a CASACOR. Patrícia Fiquene é decoradora e está a frente da Tree, empresa de decoração para todos os tipos de eventos. Logo mais, na Orla do Lago, ela vai marcar presença no Wine day, onde também será apresentado o Salão Amazônia e a revista impressa MG Gente Brasília.

SEM ARTRITE A Sociedade de Reumatologia de Brasília realiza no sábado, 12 de outubro, Dia de Conscientização da Artrite Reumatoide, às 9h, o CaminhAR. O evento, aberto à população, acontece no estacionamento 13 do Parque de Cidade, que será o ponto de partida da caminhada, com informações sobre artrite com médicos reumatologias e aulas esportivas com profissionais de educação física.

BELA ADORMECIDA Neste final de semana, a peça especial do Pátio Brasil será “A Bela Adormecida”, encenada pelos atores da Cia Teatral Fábula. As apresentações começam às 16h, no sábado e no domingo. Mas antes, às 15h, haverá show com alunos de diversas escolas de música do DF.

Cidália Varela com a amiga Isabel Almeida que hoje embarca para a Indonésia. Vai a convite do governo daquele país para participar em, Jacarta, do Tred Expo Indonésia. Um evento que unirá empresário locais e de outros países.

A Bancorbrás recebeu na noite de terça-feira seletos convidados para uma sessão exclusiva no Cinemark Pier 21. Na tela o premiado Coringa, filme do diretor Todd Phillips, que conta a história do maior inimigo do Batman. A ação de relacionamento com os clientes fez parte das comemorações do 36º aniversário da empresa. Na foto Júnior Lins, Diretor Executivo da Agência de Viagens Bancorbrás e Claudio Roberto Nogueira de Souza Filho, Diretor Geral de Negócios e Marketing da Bancorbrás.


6

Q U I N TA - F E I R A , 1 0

DE OUTUBRO DE

2019

www.alo.com.br

conomia E

Mercado financeiro espera que 2019 termine com inflação em 3,42% Instituições financeiras reduziram, pela nona vez seguida, a estimativa para a inflação este ano. Segundo pesquisa do Banco Central (BC) feita junto ao mercado financeiro,

divulgada todas as segundas-feiras pela internet, a previsão para a inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, passou de 3,43% para 3,42% em 2019.

BRASÍLIA

ALO JORNAL

Para 2020, a estimativa caiu de 3,79% para 3,78%, na segunda redução seguida. A previsão para os anos seguintes não teve alterações: 3,75% em 2021, e 3,50%, em 2022.

Reprodução

Presidente da Caixa defende manutenção do banco como gestor do FGTS

Arquivo

Produção de motocicletas aumenta 15,1% em setembro A produção de motocicletas em setembro chegou a 92.894 unidades, 15,1% maior na comparação com o mesmo mês do ano passado. De janeiro a setembro foram produzidas 836.450 unidades, o que corresponde a

uma alta de 7,5% na comparação com o mesmo período do ano passado, de 777.779 unidades. Em relação a agosto, houve recuo de 19%, com a produção de 114.738 unidades. Os dados forma di-

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, defendeu a manutenção do banco como gestor dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo ele, não partiu do presidente da Repú-

blica, Jair Bolsonaro, nem do ministro da Economia, Paulo Guedes, a ideia de retirar a gestão do fundo da Caixa. No início desta semana, o jornal O Globo publicou matéria informando que o governo federal pretendia

aproveitar a tramitação da Medida Provisória nº 889, que libera os saques do FGTS, para reformular o acesso aos recursos do fundo e quebrar o monopólio da Caixa Econômica Federal.

vulgados, ontem (9), pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

Inflação fica negativa em 0,04%, menor taxa para setembro O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação oficial no país, variou -0,04% em setembro. A taxa registrada em agosto havia sido de 0,11% e em setembro de 2018, de 0,48%. Este é o menor resultado para um mês de setembro desde

1998, quando o IPCA ficou em -0,22%. A inflação fica negativa (a chamada deflação) quando os preços caem em vez de subir. Isso pode ser bom inicialmente para os consumidores, mas se persistir por muito tempo representa um sinal de fraqueza da economia. Mostra que

as pessoas não estão comprando, e isso deve ser causado por desemprego e crise “O que a gente nota é que pode estar havendo uma redução de preços por conta de uma demanda menor”, disse o gerente da pesquisa, Pedro Kislanov da Costa.

Confiança do comércio tem segunda alta seguida em outubro A confiança do empresário do comércio apresentou nova alta em outubro, de acordo com o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Com 121,4 pontos, o re-

sultado é 12,7% superior ao mesmo mês de 2018 e 0,1% maior do que o aferido em setembro de 2019. Os números também são os melhores desde maio deste ano. Na comparação anual, todos os subíndices obtiveram crescimento significativo. A satisfação quanto às

condições correntes foi um dos destaques. Mesmo permanecendo no patamar mais baixo entre os subíndices (96,4 pontos), o item apresentou aumento em ambas as bases comparativas: mensal (0,3%) e anual (23,2%).

Reprodução

Vendas para o Dia da Criança podem crescer 3% no DF Projeções do Sindicato do Comércio Varejista – Sindivarejista – indicam que as vendas para o Dia da Criança – 12 de outubro, sábado – podem crescer 3% na comparação com os 2% do ano passado.

Brinquedos, roupas, calçados e eletrônicos serão os produtos mais procurados como ocorre anualmente. “As lojas estão estocadas e preparadas para a data, que, em termos de faturamento, é a quinta me-

lhor, depois do Natal, Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia dos Pais” disse o presidente do Sindivarejista, Edson de Castro. O Sindivarejista reúne 30 mil lojas de entrequadras e de shoppings em todo o DF.


7

Q U I N TA - F E I R A , 1 0

DE OUTUBRO DE

www.alo.com.br

etor Produtivo S Dinheiro do PIS/Pasep e do FGTS pode estimular consumo mos quatro meses do ano. Se confirmada a estimativa do Ministério da Economia de saques de R$ 30 bilhões entre agosto e dezembro de 2019, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima que R$ 13,1 bilhões serão gastos no comércio (R$ 9,6 bi-

BRASÍLIA

ALO JORNAL

A liberação de recursos das contas do PIS/ Pasep (Programa de Integração Social e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) deve estimular o consumo e elevar o nível de atividade da economia nos últi-

2019

lhões) e nos serviços (R$ 3,5 bilhões), além de R$ 12,2 bilhões (40% do total) que serão utilizados pelos consumidores para a quitação ou abatimento de dívidas e R$ 4,7 bilhões (16% do total) que deverão ser poupados ou consumidos somente em 2020.

Reprodução

Custo de cesta de compras de famílias com renda mais baixa cai 0,05% O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a variação da cesta de compras de famílias com renda até cinco salários mínimos, teve deflação (queda de preços) de 0,05% em setembro. É a menor taxa

para o mês desde 1998 (0,31%). Em agosto, o INPC havia registrado inflação de 0,12%. Com o resultado de setembro, o índice acumula 2,63% no ano e 2,92% em 12 meses. Em setembro, o INPC

anotou queda de preços mais acentuada que o IPCA, que é o índice de preços oficial e que teve deflação de 0,04%. Apesar disso, em 12 meses, o INPC acumula inflação mais alta que o IPCA (2,89%).

Arquivo

Comércio abrirá no feriado do dia 12

Pesquisa mostra aumento das intenções de compra na Black Friday

O Sindicato do Comércio Varejista do Distrito Federal – Sindivarejista

A intenção de compras dos internautas durante a Black Friday deste ano aumentou 58% com relação ao ano passado, revela pesquisa divulgada pelo Google, na capital paulista. Pelo menos 69% dos consumidores já sabem o que vão comprar e só estão esperando a oportunidade

para isso. O gasto médio dos consumidores deve ser de R$ 1.330. A pesquisa mostra ainda que 99% dos brasileiros já conhecem a data. Data criada pelo comércio dos Estados Unidos, a Black Friday (sexta-feira negra) é uma megapromoção de vendas

– informou que no feriado próximo dia 12 de outubro, sábado, o comércio de en-

trequadras e de shoppings estará autorizado a funcionar normalmente.

realizada na quarta sexta-feira de novembro (logo após o feriado norte-americano de ação de graças), para liquidar os estoques, com oferta de mercadorias cujos descontos chegam a até 70% do valor normal. A promoção também se popularizou no Brasil.

Nova pesquisa da CNC indica crescimento do turismo A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgou pesquisa inédita sobre o setor de turismo que mostra recuperação do segmento no Brasil. O estudo traz amplo panora-

ma do Turismo no País, em um recorte que vai até julho de 2019, e aponta crescimento de faturamento e geração de empregos. O Índice Cielo de Vendas do Turismo da CNC (ICV-Tur) tem como parâ-

metros a Pesquisa Anual de Serviços (PAS), o Índice de Atividades Turísticas (Iatur) e a Pesquisa do Turismo, ambas do IBGE, e as taxas de variação da pesquisa Cielo/CNC (ICV-Tur).

Brasvendas capacita vendedores atacadistas em sua 12º edição Em torno de mil pessoas acompanharam a 12ª edição do Brasvendas, realizada no auditório master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães. O evento, promovido pelo Sindicato do Comércio Atacadista do DF (Sindiatacadista), com apoio

do Sebrae, do Senac e da Fecomércio, é realizado anualmente e já se tornou tradicional na capital da República. O presidente do sindicato, Júlio César Itacaramby, explicou que o encontro tem o objetivo de capacitar profissionais do atacado com a realiza-

ção de palestras motivacionais e educativas sobre o atual cenário do segmento. Este ano, o público acompanhou as palestras de Cláudio Luvissoti, com o tema Vendendo até Pensamento, e de Léo Chaves, que falou sobre superar, inspirar e transformar.

Agência Brasil

Desinvestimento visa fortalecer estatal, diz presidente da Petrobras O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, declarou nesta terça-feira (8) que a venda de ativos da estatal petrolífera não representa o “desmonte” da empresa, conforme críticos da decisão apontam. Segundo o executivo, o “processo de desinvestimento” visa fortalecer a estatal, con-

centrando os recursos humanos e financeiros de que a empresa dispõe em atividades mais rentáveis e sustentáveis a longo prazo. Em audiência pública da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, Castello Branco confirmou que parte dos ativos da Petro-

bras no Nordeste estão à venda, como refinarias e prédios – entre eles, o edifício conhecido como Torre Pituba, um prédio de 22 andares erguido em Salvador, em 2010, por R$ 2.087 bilhões. Parte deste dinheiro saiu do fundo de pensão dos funcionários da empresa, o Petros.


8

Q U I N TA - F E I R A , 1 0

DE OUTUBRO DE

2019

www.alo.com.br

ida & Lazer V

Divulgação

BRASÍLIA

ALO JORNAL

O Banco do Brasil apresenta Anima Mundi 2019 – Mostra Especial Brasília

O Centro Cultural Ban-

co do Brasil Brasília apresenta entre os dias 10 e 13 de outubro o Anima Mundi 2019 - Mostra Especial Brasília com uma seleção exclusiva de filmes da 27ª edição do Anima Mundi. A programação apresenta um panorama com o que há de melhor no mercado da animação mundial e contempla obras de diversos países, entre eles, Brasil, EUA, Portugal, França, Reino Unido, Espa-

Festival de Microcervejarias

Centro de Tradições Populares oferece oficina Werbert Cruz

Expressão cultural de matriz afro-brasileira, encontrada em diversos estados do país, o Tambor de Crioula será tema de oficina, composta por cinco aulas, que acontecem entre 12 de outubro e 9 de novembro, das 17h às 19h,

no Centro de Tradições Populares. O espaço é um dos territórios culturais mais importantes e tradicionais do DF e sede do Bumba Meu Boi de Seu Teodoro, grupo declarado Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do estado, em

2004. Além do toque dos tambores e da matraca, os alunos também aprendem, com as coreiras, a dança de roda e a compor toadas. É um verdadeiro mergulho na cultura popular. Para participar, basta comparecer à sede nas datas e horário das aulas. A atividade está sujeita a lotação, não há inscrições antecipadas e a capacidade das turmas vai de 100 a 150 pessoas. A entrada é gratuita e a classificação livre. Para Tamatatiua Freire, brincante e filha de Seu Teodoro, a atividade é uma forma aproximar a comunidade do grupo e das manifestações culturais do Centro.

Aos sábados, W3 Sul será apenas para lazer e comércio A proposta do governador Ibaneis Rocha de fechar o trânsito na Avenida W3 Sul, a exemplo do Eixão do Lazer, deve sair do papel em breve. Foi publicado no Diário Oficial o Decreto nº40.155, que cria grupo de trabalho para num prazo de 60 dias apresentar estudos da viabilidade técnica de implantação do projeto W3 Comércio e Lazer. “Sempre imaginei a Avenida W3, desde criança, como uma grande rua de comércio, encontro e lazer. Coloquei na minha cabeça de fechá-la aos sábados, como fechamos aos domin-

gos o Eixão”, afirmou o governador Ibaneis Rocha, em reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico (Codese-DF) realizada em agosto no Palácio do Buriti. O secretário de Governo, José Humberto Pires, deslocado para comandar o grupo de estudos, acredita que até o final do ano seja possível apresentar os primeiros resultados já apontando para a implementação em 2020. “Nosso objetivo é estudar a viabilidade da rua de lazer primeiramente na W3 Sul. A ideia é humanizar a avenida e transformá-la num

Adriana Calcanhotto apresenta show “Margem”, no Centro de convenções Ulysses Guimarães

ponto de encontro das famílias do DF”. Contribuir com a ativação do comércio no local também é parte do projeto. Para o secretário de Governo, o novo projeto tem um significado ainda mais profundo do que simplesmente fechar o trânsito. “Queremos dar um abraço na W3. Afinal, ela foi a estrela do comércio de Brasília durante muito tempo e precisa voltar ao seu lugar de destaque”. Pires informa que as obras de revitalização da avenida, que se iniciaram pelas quadras 511 e 512.

Adriana Calcanhotto desembarca em Brasília para única apresentação do show “Margem”, mais um sucesso nos palcos do Brasil, em 18 de outubro. Os Ingressos estão à venda na bilheteria do local, no Brasília Shopping e site ou App da Ingresso Rápido. Adriana Calcanhotto assina a direção do

O festival mais esperado pelos microcervejeiros do país está de volta. Começou a 4ª edição do Festival de Microcervejarias Pão de Açúcar, uma referência no grande varejo para incentivar e abrir as portas de uma das maiores redes de supermercados do Brasil a pequenos produtores de cervejas nacionais. A cerveja mais votada e a mais vendida nas lojas terão seus rótulos integrados ao portfólio de cervejas especiais do Pão de Açúcar durante todo o ano de 2020.

Pontão celebra Dia das Crianças Mágico, divertido, delicioso e inesquecível. O Pontão celebra o Dia das Crianças, neste sábado, 12 de outubro, com o “Reino Incrível”, uma programação criada especialmente para elas. Às 11h, com saída do Parquinho em frente ao Mormaii Surf Bar, acontece uma parada (acesso gratuito) comandada por 30 personagens de contos de fadas e filmes de super-heróis que percorrerão, embalados por muita música e animação, as vias do complexo de gastronomia e entretenimento do Lago Sul. A concentração será às 10h30, com distribuição de balões e doces.

espetáculo de seu novo álbum, Margem, lançado em junho de 2019. O cenário é feito por Gigi Barreto e desenho de luz por Ivan Marques e Gabriel Santucci. A banda que a acompanha é formada pelos mesmos músicos que tocaram e coproduziram com ela o seu mais recente trabalho de estúdio. Rafael Rocha

nha, China, Japão, Letônia, Argentina, Canadá, Polônia, Austrália, República Tcheca e Eslováquia. Os ingressos custam R$10 (inteira) e R$5 (meia-entrada). Considerado um dos mais importantes do mundo e realizado pioneiramente no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, o Anima Mundi revolucionou o mercado nacional de animação, antes restrito à produção de alguns curtas-metragens, à publicidade e à exibição de

filmes internacionais na televisão e no cinema. Em outubro, o Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília realiza uma programação especial com uma seleção de filmes nacionais e internacionais de autores consagrados em diversas técnicas de animação, com animações para todos os gostos e idades. O Centro Cultural Banco do Brasil reforça a sua longa parceria com o projeto, reafirma o seu compromisso com a formação de novos públicos.

Show de Sandy & Junior vai para o Globoplay Após ter sido anunciado que o derradeiro show da turnê “Nossa História” seria gravado, mais detalhes a respeito da produção tem ganhado a luz do dia. Na tarde de ontem (9) foi publicado em veículos uma matéria em que diz que a apresentação, a ser realizada no Parque

Olímpico, no Rio de Janeiro, será transformada em um especial do Globoplay. Esta não é a primeira vez que a plataforma investe no formato. Recentemente, a turnê “Todos os Cantos”, de Marília Mendonça, se tornou uma série.

DJ Snake divulga teaser de parceria com Anitta Já temos uma prévia do clipe de “Fuego”, parceria de DJ Snake com Anitta, Sean Paul e Tainy. A prévia foi liberada pelo produtor em suas redes sociais e podemos ver a brasileira e o francês no vídeo. O registro visual chega completinho hoje (10), às 13h (horário de

Brasília). Em setembro, a cantora brasileira já havia divulgado um dos looks que deve ser exibido na produção. De chapéu, botas acima do joelho e um look todo Dior, ela posou para foto em seu Instagram.

Hayley Kiyoko vai receber prêmio de Inovação Segundo informações da revista Variety ontem, Hayley Kiyoko vai receber um prêmio do The Trevor Project, é uma organização sem fins lucrativos norte-americana com o objetivo de informar e prevenir o suicídio entre jovens LGBT.

(mpc, bateria, percussão, handsonic, assovio), Bruno Di Lullo (baixo e synth) e Bem Gil (guitarra e synth), os dois últimos estiveram com Calcanhotto na turnê A Mulher do Pau Brasil que rodou o Brasil no segundo semestre de 2018. “Eles são compositores, são parceiros, são amigos, tocam na

Kiyoko receberá o prêmio de “Inovador da Juventude” no evento TrevorLIVE, por seu compromisso em apoiar lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, queer e questionar a juventude.

mesma banda, me ajudaram a produzir o disco, são gatos, como não os levaria pela estrada a fora?”, derrete-se a artista. O repertório do novo show tem como esqueleto as canções do álbum Margem, e resgata músicas de Maritmo e Maré, os outros dois discos da trilogia marinha.

Profile for Alô Brasília Comunicações Ltda

Qui, 10/10/2019  

Qui, 10/10/2019

Qui, 10/10/2019  

Qui, 10/10/2019