Page 1

www.alo.com.br

Ano 12 - nº 2758 n TerçA-feirA n DisTribuição GrATuiTA

Centro Cultural Banco do Brasil recebe mostra de anime com sessões ao ar livre Página 8

13 ago 2019

TERRACAP LANÇA EDITAL COM MAIS DE CEM TERRENOS ATLETAS DE BRASÍLIA BRILHAM NOS JOGOS PAN-AMERICANOS INTERESSADOS EM COMPRAR IMÓVEIS PARA INVESTIMENTO OU MORADIA TÊM QUE PAGAR CAUÇÃO ATÉ DIA 29 DE AGOSTO E PARTICIPAR DA LICITAÇÃO, QUE SERÁ REALIZADA NO DIA 30 DESTE MÊS. LOTES CUSTAM A PARTIR DE R$ 57 MIL

CINCO ESPORTISTAS BENEFICIADOS POR PROGRAMAS DA SECRETARIA DE ESPORTE E LAZER VOLTAM COM MEDALHAS DA PRINCIPAL COMPETIÇÃO ESPORTIVA DAS AMÉRICAS PÁGINA 3

PÁGINA 3

ESPAÇOS, QUE SE ENCONTRAVAM FECHADOS HÁ UM ANO POR FALTA DE PROFISSIONAIS, ESTÃO NOVAMENTE DISPONÍVEIS APÓS TRABALHO DO IGES/DF

ATENDIMENTO ONLINE DA OUVIDORIA DO DF TEM AUMENTO DE 32,3%

PÁGINA 3

PÁGINA 4

GDF REABRE CONSULTÓRIO E SALA AMARELA

GOVERNO QUER APROVAR PL SOBRE PREVIDÊNCIA DE MILITARES SEM ALTERAÇÕES PÁGINA 2


2

TERÇA-FEIRA, 13

DE AGOSTO DE

2019

www.alo.com.br

acional N

Governo quer aprovar PL sobre Previdência de militares sem alterações

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, disse ontem (12) que espera que o Projeto de Lei (PL) 1645/2019, que trata da nova Previdência dos militares, seja aprovado sem alterações. “Espero que passe da melhor maneira

possível, da maneira que está”, acrescentou. A expectativa do governo é de que seja instalada amanhã, no Congresso, a Comissão Especial que vai analisar o PL. “O Congresso é soberano. As discussões vão começar agora,

mas foi um caminho longo”, disse Silva destacando que o texto já foi acordado com as forças armadas, com a equipe econômica do governo federal e com o próprio presidente da República, Jair Bolsonaro. Questionado se não via como privilégio os termos do PL que incluem, por exemplo, a manutenção da integralidade do salário de servidores da ativa, o ministro discordou. “Não vejo privilégio algum. Se existe uma carreira dentre as carreiras de Estado, inclusive dentro do Executivo, que tem defasagem muito grande, é a carreira militar”, disse.

Álvaro Dias cobra urgência em repasses do programa Minha Casa Minha Vida O Brasil figura entre as nações que mais sofrem com a carência de moradia. Esse problema é mais grave entre famílias menos favorecidas e o programa Minha Casa Minha Vida foi criado com o objetivo de reduzir esse déficit habitacional. Entretanto, em tempos de crise econômica, o contingencia-

mento de recursos pelo governo federal tem atrasado o sonho da casa própria. Esse foi o quadro relatado, em Plenário, pelo senador Álvaro Dias (Podemos-PR), na tarde na última segunda-feira (12). Para ele, o governo federal não vem cumprindo com sua parte, ou seja, não vem

repassando recursos para o programa. E não existe, disse o senador, falta de recursos para isso, uma vez que o Congresso Nacional, por meio do Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN 4/2019), autorizou a abertura de crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões para o programa.

PGR prorroga força-tarefa da Lava Jato no Paraná por um ano A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, anunciou ontem (12) que prorrogou por mais um ano os trabalhos da força-tarefa de procuradores que atuam na Operação Lava Jato no Paraná. Segundo a PGR, a portaria que vai oficializar a

JORNAL

ALO

BRASÍLIA

Alô Brasília Comunicação Ltda. CNPJ: 09612937/0001-92 Matriz: Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 5, Bloco K, nº 17, Ed. Ok Office Tower, 13º andar. Asa Sul, Brasília, DF - CEP: 70.070-050 Telefone: 98565-6473 comercial@alo.com.br

medida será publicada nesta hoje (13) e manterá a estrutura do grupo, composto por 15 procuradores, entre eles, Deltan Dallagnol. De acordo com a procuradoria, é a quinta prorrogação dos trabalhos desde 2014, quando as investiga-

ções começaram. A equipe também continuará com orçamento de aproximadamente R$ 800 mil para gastos com pagamentos de diárias e passagens para procuradores e servidores que estiverem no trabalho de investigação.

Dias Toffoli diz que Operação Lava Jato só existe graças ao STF O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, defendeu ontem (12) a atuação da Operação Lava Jato e disse que a operação só existe porque é fruto da institucionalidade, citando leis sobre o combate à corrupção. “A Lava Jato só existe graças ao STF, se não fosse o STF não haveria isso. O que não se pode permitir na República é que se apropriem das instituições.” Toffoli abordou o tema “O Papel do Judiciário no Novo Momento do Brasil” para mais de 500 pessoas no almoço-debate do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) que contou com a presença de CEOs, presidentes e demais lideranças corporativas, além de outras autoridades públicas em São Paulo. O ministro elogiou ainda a sugestão de inclusão do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Co-

af) no Banco Central, tirando o órgão da disputa entre Ministérios da Justiça e da Economia. “O que impede que um ministério apure, investigue ou fiscalize.” Dias Toffoli voltou a reforçar seu objetivo ao assumir a presidência do STF. “Fazer que o judiciário voltar a cuidar do passado e o executivo e legislativo cuidar do presente e do futuro. O judiciário julga o que aconteceu no passado, não é o judiciário que vai determinar o futuro da economia e da sociedade.” O ministro lamentou que “tudo vai parar no judiciário” porque “tem atores que estão legitimados a provocar o judiciário”. “Se tudo vai parar no judiciário é um fracasso dos outros setores da sociedade”, completou Toffoli. O presidente do STF destacou que o judiciário, “por conta da nossa Consti-

tuição extensa”, assumiu o protagonismo. Para ele, os entes e as pessoas tem que reassumir o seu papel.”É necessário que a sociedade assuma as suas responsabilidades nas soluções.” “O Judiciário tem que cuidar do passado, essa é a minha visão, que nada mais é do que a clássica visão da divisão do poder da sociedade e do estado, são funções que têm as suas respectivas competências.” O ministro disse que é preciso destravar o Brasil. “O que temos que fazer? Dar aquilo que o povo pediu, vamos destravar o Brasil. Esse processo se sintetiza no número de votantes na Reforma da Previdência, 375 votos favoráveis para a reforma.”

Twittando Senador Alessandro Vieira crítica Toffoli

DIREÇÃO

IMPRESSO Presidente: Guilherme Queiroz Diretor: Hélio Queiroz Editor Chefe: Reynaldo Rodrigues Comercial: Francis Leandro Circulação: Marco A. Queiroz Colunista social: Marlene Galeazzi

BRASÍLIA

ALO JORNAL

PORTAL Presidente: Guilherme Queiroz Diretor: Hélio Queiroz Comercial: Francis Leandro

Tel: 3223-3410

“Ministro Dias Toffoli está utilizando o momento político para assumir um papel que não cabe a um magistrado que respeite o mínimo decoro que o cargo exige. Ele não faz parte das soluções que o Brasil precisa. Faz parte dos problemas que afligem o país há décadas.” @Sen_Alessandro


3

TERÇA-FEIRA, 13

DE AGOSTO DE

2019

www.alo.com.br

istrito Federal D

Terracap lança edital de terrenos A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) lançou um novo edital de licitação de imóveis. Responsável por gerir grande parte do patrimônio imobiliário público da capital federal, a Terracap possui muitas opções de terrenos para quem planeja morar ou abrir um novo negócio no DF. São 105 oportunidades, em 12 regiões administrativas, com lotes a partir de R$ 57 mil. Os interessados devem ficar atentos aos prazos: caução até dia 29 de agosto e licitação em 30 de agosto. As condições de pagamento são: 5% de caução, entrada (com abatimento da caução) e o restante em até 180 meses, a depender do imóvel escolhido. Águas Claras tem um mercado potencial em ex-

pansão. A região administrativa soma mais de 160 mil moradores, segundo levantamento da Companhia de Planejament do Distrito Federal (Codeplan). A população jovem e de classe média alta garante ao investidor a possibilidade de desenvolver um mix de projetos, desde comércio à residência. O oitavo edital traz um lote de seis mil m², com alto potencial construtivo e localização privilegiada, na Avenida Jequitibá. Guará Com grande procura nos editais anteriores, outras oportunidades para investidores foram disponibilizadas no Guará. As unidades comerciais, com metragem de 625 m² a 1,6 mil m², estão localizadas nas adjacências de um mercado consumidor consolidado, com influência

direta da população residente no Guará II, Setor Habitacional Bernardo Sayão, Candangolândia e Park Way. A poucos quilômetros dali, no SIA Trecho 17, há um terreno de 2,8 mil m², com destinação para implantação de diversas atividades econômicas: indústria, prestação de serviços ou comércio. Lotes residenciais Lotes com destinação residencial unifamiliar também são ofertados. No Guará II, há mais de 20 oportunidades nas QEs 48, 50 e 52, com áreas de 162 m² a 298 m² e entradas de R$ 11,5 mil a R$ 18, 8 mil. Já no Jardim Botânico, são cinco imóveis disponíveis para a venda, de 782 m² a 948 m². Neste caso, as entradas são a partir de R$ 21,1 mil e R$ 23,6 mil.

Atletas de Brasília participam dos Jogos Pan-Americanos Reprodução

Cinco atletas do Distrito Federal conquistaram medalhas em provas individuais e coletivas nos recém-encerrados Jogos Pan-Americanos, disputados em Lima, capital do Peru, e que terminaram no último domingo (11). Os atletas brasilienses fizeram bonito em suas modalidades e voltam para casa, também, com recordes pessoais e satisfeitos com os resultados conquistados no mais importante evento esportivo das Américas. Para alcançar

o pódio, o caminho dos atletas, porém, foi longo. Além de treino, dedicação e esforço, eles contaram com o apoio dos programas da Secretaria de Esporte e Lazer, como o Compete Brasília e o Bolsa Atleta. Três desses atletas são bem conhecidos por moradores do DF: Caio Bonfim, que conquistou a medalha de prata nos 20 km da Marcha Atlética; Ângela Lavalle, que levou o bronze no vôlei de praia; e Kawan Figueiredo, que também con-

Caco Terapêutico melhora vida de pacientes

cerâmica, mãos e mentes estão voltadas à criação não somente de peças decorativas, mas também de uma nova realidade. A proposta do Caco Terapêutico, projeto desenvolvido dentro do Instituto de Saúde Mental (ISM), me-

Em meio a tecidos, pastilhas de vidro e pedaços de

BRASÍLIA

ALO JORNAL

Agencia Brasilia

Alunos da Fábrica Social terão experiência em confecções locais Os alunos do curso de confecção de vestuário, acessórios e materiais esportivos da Fábrica Social estão entrando numa nova fase. A partir deste semestre, além das aulas teóricas e práticas, eles vão aperfeiçoar o aprendizado, por meio de um processo de vivência na rotina de uma empresa privada. A iniciativa é parte de uma parceria entre a Secretaria do Trabalho (Setrab), o Sindicato das Indústrias do Vestuário do DF (Sindiveste-DF) e o Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico do DF (Codese-DF). “Vamos dar ao aluno a oportunidade de vivenciar a rotina em uma fábrica pe-

lo período de três meses, uma espécie de estágio; assim, ele adquire a experiência profissional e pode até ser efetivado”, afirma o subsecretário de Integração de Ações Sociais, Gerson Vicente. Os cursos da Fábrica Social, ele explica, passaram por uma reformulação pedagógica. Agora, os alunos serão capacitados para uma profissão.

processo, o aluno poderá ser capacitado para cinco profissões: costureiro de malha; costureiro em tecido plano; talhador industrial de tecidos; costureiro de assessórios e materiais esportivos; e ainda serigrafista e modelista. “Como nossos cursos são oferecidos para pessoas de baixa renda, nosso objetivo principal é oferecer uma profissão para que elas possam ser inseridas no mercado, ou até mesmo para que possam empreender com seus próprios negócios”, destaca o subsecretário. A meta é formar, anualmente, pelo menos 1,2 mil pessoas apenas nessa modalidade.

quistou a medalha de bronze nos saltos ornamentais, na categoria plataforma 10m. Os três são esportistas que treinam e moram em Brasília. Os outros dois são a nadadora brasiliense Manuella Lyrio, atleta do Esporte Clube Pinheiros (SP), que ganhou a prata no revezamento 4x100m e o bronze, no revezamento 4x200m; e Aboubacar Drame, que faturou o bronze no vôlei masculino. Marcha atlética Principal nome da marcha atlética brasileira, Caio Bonfim, que treina em Sobradinho, subiu ao pódio no Pan-Americano de Lima, em 4 de agosto, na prova em que é especialista. Os 20 km de marcha já havia rendido ao esportista a quarta posição nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. No Pan-Americano deste ano, após um percurso longo e desgastante, Caio encerrou sua participação no evento, domingo (11), com o quarto lugar na prova dos 50 km com o tempo de 3h57min54.

GDF reabre consultório e Sala Amarela em Sobradinho Após um ano sem funcionar, um consultório e a Sala Amarela com dez leitos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sobradinho foram reabertos ontem (12). A solenidade de reativação contou com a participação do governador Ibaneis Rocha, do secretário de Saúde, Osnei Okumoto, e do presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges/ DF), Francisco Araújo. “Com a reforma das

UPAs e das UBS, vamos ter condições de dar um atendimento melhor à população”, destacou Ibaneis Rocha. “Aqui nós temos uma população muito grande e durante muito tempo desassistida, com grandes problemas de infraestrutura. Estamos renovando e abrindo alas que estavam fechadas e abrindo também, daqui a 15 dias, uma ala que nunca havia sido aberta. Estamos abastecendo com insumos também.”

O Iges/DF providenciou a reforma e o reabastecimento de medicamentos e insumos hospitalares, além de novos profissionais para o atendimento. Até agora, foram encaminhados à unidade 16 médicos – entre emergencistas e clínicos –, 26 enfermeiros, oito técnicos de enfermagem e quatro técnicos de laboratório. Mais profissionais devem ser contratados chegar até o próximo mês.

lhora o estado de saúde dos pacientes e ainda ajuda a garantir retorno financeiro, já que muitas das criações são vendidas em feiras e eventos. A comercialização, porém, é apenas uma consequência. “O que mostramos

aqui é que o lixo, como restos de tecido, tampinhas de garrafas, pedaços de cerâmica, representam o transtorno mental; e quando esses materiais são transformados em arte, passam a ter mais valor. É mais ou menos isso que

acontece aqui com as pessoas”, explica a técnica de enfermagem e responsável pelo projeto, Cássia Maria. Segundo ela, é fácil perceber essa transformação nas próprias peças desenvolvidas por eles. “Muitos

chegam aqui cabisbaixos. Preferem usar preto e branco ou fazem uma mistura exagerada de cores, mostrando esse desequilíbrio. Mas, em pouco tempo, já trabalham de forma mais organizada, com as cabeças levantadas.

Profissionalização “Estamos seguindo as regras do Ministério do Trabalho para que a certificação na profissão seja emitida”, adianta Gerson Vicente. Quem optar pelo curso de confecção terá de participar, durante 12 meses, das aulas e do estágio. Findo esse


4

TERÇA-FEIRA, 13

DE AGOSTO DE

2019

www.alo.com.br

istrito Federal D

BRASÍLIA

ALO JORNAL

JEFTÉ FAUSTINO Um jornalista apaixonado por novidades tecnológicas e culturais

Agencia Brasilia

Saúde investe mais de R$ 166 milhões em insumos

WhatsApp no computador O aplicativo de mensagens instantâneas, WhatsApp, pode ser utilizado no computador com auxílio do celular. Entretanto, diversos portais de tecnologia estão falando rumores da próxima atualização que promete inovar o serviço. Aparentemente, com a nova versão do aplicativo será possível utilizar o WhatsApp em computadores mesmo que o telefone celular esteja offline. Não existe prazo para chegar a novidade. Lembrando que o modo escuro do app deve chegar no final do ano junto com o iOS 13 e Android Q.

Varal do futuro A marca chinesa Xaomi anunciou o varal inteligente que promete secar roupas em duas horas. O Xiaomi M1X Pro tem conexão com a internet e suas configurações podem ser ajustadas pelo aplicativo Mi Home. A ferramentA pode secar até 30kg de roupas por vez, utilizando um painel de LED. O M1X Pro não tem previsão de chegada no Brasil, devendo custar cerca R$ 1,6 mil, em conversão direta, sem contar com a taxa de importação. O conteúdo do artigo é responsabilidade de seu autor e não representa a opinião deste jornal.

RA do Sol Nascente/ Pôr do Sol será criada em sessão do Câmara

Agencia Brasilia

Atendimento online da Ouvidoria do DF tem aumento de 32,3% Com o objetivo de levar a voz da população da capital para dentro da administração pública, a Ouvidoria-Geral do Distrito Federal (OGDF) recebe reclamações, solicitações de serviço, denúncias, elogios, informações e sugestões por meio de alguns canais. A internet é um deles e neste primeiro semestre houve um crescimento de 32,3% em comparação ao mesmo período do ano passado. Segundo o ouvidor-geral do DF, José de Oliveira, a manifestação registrada pela internet dá mais celeridade ao processo. “Por

telefone, um atendimento rápido demora cerca de dez minutos. Pelo computador ou celular não chega a cinco minutos”, explica. Além disso, Oliveira destaca que o usuário pode acompanhar o registro no sistema. “É parecido com uma conta de e-mail. Se a pessoa esqueceu algum detalhe, basta acessar novamente para fazer a complementação”. Pela internet, o cidadão também pode avaliar se a demanda foi ou não resolvida, além de responder uma pesquisa de satisfação. “A Ouvidoria é uma forma de

controle social. Levamos os anseios da população para que os gestores possam fazer políticas públicas e medirmos a qualidade dos serviços prestados”, pontua. Como registrar Além do 162, as manifestações podem ser registrada pelo site, basta fazer o cadastro. Para acompanhar a demanda é preciso ter a senha de acesso ao sistema recebida no ato do registro da manifestação e o número do protocolo. Também é possível fazer o registro presencialmente.

No primeiro semestre deste ano, a Secretaria de Saúde investiu R$ 166,3 milhões na aquisição de materiais médico-hospitalares e medicamentos. No período, ocorreram 2.527 recebimentos, na Farmácia Central, de medicamentos, materiais de laboratório, médico-hospitalares, de Odontologia, órteses, próteses e materiais especiais; e 2.360 recebimentos, no Almoxarifado Central, de materiais de expediente, fraldas, cadeiras de rodas, entre outros produtos. “Entre as aquisições realizadas pela Secretaria de Saúde, destacam-se os materiais para atendimento odontológico, que não eram

comprados pela Secretaria. Há, ainda, as luvas cirúrgicas e de procedimento, cujo estoque estava desabastecido devido a problemas com a matéria prima”, ressalta o diretor de Programação de Medicamentos e Insumos para Saúde, Pedro Henrique Côrtes de Sousa. Além dessas, Pedro Henrique destaca a aquisição de 10,5 milhões fitas reagentes para teste de glicemia capilar, destinadas à Atenção Básica, bem como a aquisição de avental e capote cirúrgico estéril e de compressas cirúrgicas. O investimento total em aquisição de materiais médico-hospitalares foi de R$ 47,2 milhões.

GDF quer aumentar em 50% o número de internos em GDF Presente: agora é a vez de Águas Claras postos de trabalhos

Reproducao

A notícia é boa para a comunidade de Águas Claras. O GDF Presente chegou à região administrativa na última quinta-feira (8) e tem realizado diversas atividades que vão atender às demandas inadiáveis da população, entre elas a poda de árvores, retirada de entulhos, recuperação asfáltica,

limpeza de bocas de lobo, reposição das tampas de bocas de lobo e recuperação de meio-fio, entre outras. O administrador de Águas Claras, Ney Robsthon, destaca o caráter de desburocratização das ações do programa. “O mais importante é que o GDF Presente atua com um grupo

O Câmara Mais Perto de Você, programa da Câmara Legislativa do Distrito Federal, realiza sessões legislativas itinerantes e sessões temáticas nas regiões administrativas do DF. Por criar

oportunidades reais de aproximação entre o Poder Legislativo e a população, o programa foi batizado de Câmara Mais Perto de Você, com a intenção de ampliar o alcance e a efetividade dos

de máquinas e profissionais a que a administração não tem acesso com toda essa facilidade. E agora a gente tem eles aqui. Isso ajuda muito no trabalho”, comemora. A equipe selecionada para trabalhar em Águas Claras é composta por cerca de 60 trabalhadores e reúne profissionais do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), da Secretaria das Cidades, do Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival), da Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe) e do Detran-DF. Funcionários na administração de Águas Claras também estão envolvidos no trabalho. mandatos parlamentares. A próxima cidade a ser contemplada, a partir de hoje (13), será Sol Nascente/Pôr do Sol. De acordo com o presidente da CLDF, Rafael Prudente, a sessão vai marcar a conso-

Para que internos do Distrito Federal tenham a oportunidade de recomeçar a vida, o Plano Estratégico 2019-2060 foca em ações para aumentar 50% o número de presos em postos de trabalhos ou em oficinas profissionalizantes. Entre as iniciativas do governo estão a implantação de lavanderias nas instalações da Penitenciária Feminina do DF e uma oficina de panificação no Centro de Internamento e Reeducação e na Penitenciária do DF. O Poder Executivo local também estuda ampliar convênios com empresas públicas e privadas para oferta de trabalho fora do sistema, em especial para aqueles que estão nos relidação da localidade como 32ª Região Administrativa do Distrito Federal, com a a aprovação e sanção do PL 350/2019, de autoria do Executivo.

gimes aberto e semiaberto. “A ideia é promover uma sociedades pacífica e inclusiva para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à Justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e integradas em todos os níveis”, explica a secretária-adjunta de Planejamento da Secretaria de Fazenda, Orçamento e Gestão (SEF), Adriana Lorentino. Eduarda (nome fictício), 39 anos, cumpre pena em regime semiaberto há oito meses e trabalha como auxiliar-administrativa em um órgão do GDF desde novembro de 2018, por meio da Fundação Nacional de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap). Nesta edição, os moradores, além da sessão plenária, vão poder usufruir de diversos serviços, como atendimento à saúde da mulher, cortes de cabelo e curso de educação nutricional.


5

www.alo.com.br

Dizer adeus a uma pessoa tão especial como o médico ortopedista Antônio Rezende é missão quase impossível, porque ele viverá para sempre na memória de todos os que o conheceram. Alma solidária, sempre disposto a ajudar quem precisava. Amigos de todos os momentos, marido exemplar de sua amada Ana Lucia, pai e avô carinhoso, já está no caminho da luz pela estrada evolutiva do Universo. E de lá, sem dúvida, vai zelar por todos que fizeram parte de sua vida,

CHÁ DAS CINCO A querida Kátia Kouzak é a aniversariante do dia 15, próxima quinta-feira. Para festejar a data, ela receberá amigas em sua aconchegante residência no Lago Sul, a partir das 17 horas.

LAGOM O estilo de vida sueco sem excessos, inspira o nome do mais novo endereço de Brasília dedicado ao design de interiores. O espaço, localizado na comercial da QI 21 do Lago Sul, reúne arte, mobiliário, objetos e adornos assinados. A abertura acontece no dia 14 de agosto, para convidados.

ARTE E CONHECIMENTO No próximo dia 18, ocorrerá o 2º Encontro Juntos pela Arte e Conhecimento, promovido pelo Dakila Pesquisas. A programação contará com palestra sobre “Os quatros pilares da mudança pessoal”, com o psicólogo e psicoterapeuta Charles Ferreira; explanação de estudos sobre saúde, atividade física e alimentação realizados pela associação e apresentações musicais e culturais. Com início às 17h, o evento será realizado na Quadra 301, Rua C, Conjunto 01, Lote 04 Edifício Orquídeas, Águas Claras Norte, e tem taxa de inscrição.

BRASÍLIA

ADEUS

TERÇA-FEIRA, 13

DE AGOSTO DE

2019

Marlene Galeazzi marlenegaleazzi@gmail.com

ALO JORNAL

lash F

Fernanda Bressan, linda e competente chef, com especialização na Itália, depois de brilhar no Rio de janeiro retornou a Brasília. Ao lado da mãe, Alda Bressan, com quem aparece na foto, comandará as caçarolas e os deliciosos temperos da Cantina da Massa.

Na última sexta-feira o Dudu Bar Lago recebeu convidados para o lançamento oficial do aplicativo Vesper Club, que proporciona aos apreciadores de drinques novas experiências. Os assinantes ganham direito de usufruir de um welcome drink, de forma gratuita, sempre que visitar uma casa que faça parte do mesmo. Em Brasília, 15 casas são participantes. Na foto Raisa Leitão, Sabel Alves,Nádia Yussuf e Tatá Canhedo.

A empresária Janina Miotto foi escolhida pela empresária top, Janine Brito, entre 30 mulheres que se destacam em seus negócios no Distrito Federal, para integrar o livro “ Empreendedoras de tal Performance do DF”. A obra falará sobre a história destas mulheres e como elas conquistaram seus sucessos. O livro será lançado nacionalmente e terá noite de autógrafos na livraria Cultura, em São Paulo, quando novembro chegar.


6

TERÇA-FEIRA, 13

DE AGOSTO DE

2019

www.alo.com.br

conomia E

Brasil cai 6 pontos no Indicador de Clima Econômico da América Latina O Brasil registrou queda de 6 pontos no Indicador de Clima Econômico (ICE) da América Latina, passando de 56,5 para 50 pontos entre abril e julho de 2019. O levantamento é feito pelo Instituto Brasileiro de Eco-

nomia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) em parceria com o instituto alemão Ifo. O Indicador da Situação Atual (ISA) continuou negativo em 75 pontos. Para

BRASÍLIA

ALO JORNAL

mudar este quadro, segundo a pesquisadora associada da FGV, Lia Valls, o governo deveria se dedicar mais a medidas que deem impulso direto ao crescimento econômico do país, que ainda tem desemprego elevado.

Reprodução

Expectativa do mercado para Selic cai para 5% ao ano no fim de 2019

Arquivo

Atividade econômica registra retração de 0,13% no segundo trimestre A economia apresentou retração no segundo trimestre deste ano. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) apresentou queda de 0,13% no segundo tri-

mestre, comparado com o período de janeiro a março deste ano. As informações foram divulgadas ontem (12), pelo Banco Central. Esse é o segundo trimestre seguido com retração da

atividade econômica. De acordo com dados revisados, o IBC-Br apresentou retração de 0,52% no primeiro trimestre, comparado ao período de outubro a dezembro de 2018.

Cenário econômico pede juros O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, disse, em Brasília, que a situação econômica do Brasil pede a manutenção dos juros em um patamar baixo. “Nós achamos que a conjuntura econô-

mica prescreve uma política monetária estimulativa. Ou seja, juros com baixa taxa estrutural. A evolução do cenário básico e balanço de riscos prescrevem um ajuste no estímulo monetário”, ressaltou. Como fator positivo,

Campos Neto, apontou para o fato de que a maior parte dos países estão com taxas básicas de juros estimulando a circulação dos recursos. “Países que fizeram mais ou menos o dever de casa estão com os juros baixos”. Disse.

O mercado financeiro continua reduzindo a projeção para a taxa básica de juros, a Selic, ao final deste ano. Segundo o boletim Focus, pesquisa divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), a previsão é que a taxa Selic encerre 2019 em 5% ao ano. Na semana passada, a expectativa tinha caído de 5,5% ao ano para 5,25% ao ano. As revisões das expectativas ocorreram após o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduzir a Selic em 0,5 ponto percentual para 6% ao ano, no dia 31 de julho. Crescimento da economia A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi ajustada de 0,82% para 0,81% neste ano. Segundo a pesquisa, não

houve alteração nas estimativas para os anos seguintes: 2,1% em 2020, 2,5% em 2021 e 2022. Hoje, o BC informou que a atividade econômica apresentou retração pelo segundo trimestre seguido. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) registrou queda de 0,13% no segundo trimestre, comparado com o período de janeiro a março deste ano. Inflação A estimativa de inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), caiu de 3,80% para 3,76%. Não houve alteração nas estimativas para os anos seguintes: 3,90%, em 2020, 3,75%, em 2021, 3,5%, em 2022. A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), é 4,25%, em 2019, 4% em

Pesquisa diz que empreendedores contribuem para a Previdência Reprodução

caminham praticamente juntas.

Brasil deve retomar grau de investimento em breve, diz ministro O Brasil deverá, em breve, retomar o grau de investimento, classificação concedida por agências especializadas que garante o aporte de mais recursos estrangeiros no país. A previsão é do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

“A chave já virou, nós estamos tendo recuperação em todos os indicadores e já merecemos uma reclassificação de nota de risco pelas agências de rating [risco]. Eu não tenho dúvida de que nós estamos caminhando na direção do grau de in-

vestimento”, destacou o ministro, para uma plateia formada por oficiais superiores, na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, entidade responsável por formar os futuros generais e comandantes militares.

2020, 3,75% em 2021 e 3,5%, em 2022 com tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros. Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Dólar A previsão para a cotação do dólar ao fim deste ano permanece em R$ 3,75 e, para 2020, em R$ 3,80.

No Brasil, a formalização dos negócios e a

preocupação com a contribuição previdenciária

Segundo estudo feito pelo Sebrae, com base em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (PNAD), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), em cada 10 empreendedores, quatro contribuem com a Previdência.


7

TERÇA-FEIRA, 13

DE AGOSTO DE

www.alo.com.br

etor Produtivo S

TAC prevê que Petrobras invista R$ 815 milhões na região do Comperj

Bolsa Família reduziu 25% da taxa de extrema pobreza, aponta Ipea ram 3,4 milhões de pessoas da pobreza extrema e 3,2 milhões da pobreza”, descreve estudo publicado esta semana e disponível na internet. Os dados sobre a renda dos mais pobres foram obtidos nas Pesquisas Nacionais por Amostra de Domicilios (Pnad/IBGE), que eram bianuais e a partir de 2016 passaram a ser contínuas.

Agencia Brasil

Mapeamento mostra que Brasil tem 363 incubadoras e 57 aceleradoras

Marcelo Camargo Agencia Brasil

“Tenham um pouco de paciência”, diz Guedes sobre recuperação econômica O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu ontem (12) políticas de liberalização econômica e pediu paciência para que as reformas comecem a mostrar resultado na recuperação do país. “Dê um ano ou dois, dê um governo, dê uma chance de um governo de quatro

Editais

anos para a liberal-democracia. Não trabalhem contra o Brasil, tenham um pouco de paciência”, disse Guedes durante um seminário sobre a Medida Provisória da Liberdade Econômica (MP 811/2019) no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.

BRASÍLIA

ALO JORNAL

O Programa Bolsa Família reduziu as taxas de extrema pobreza em um quarto (25%) e de pobreza em 15%. A conta é do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que analisou a evolução das condições de vida dos mais pobres entre os anos de 2001 e 2017. “Em 2017, as transferências do programa retira-

2019

Estudo divulgado ontem (12) no evento Innovation Summit mostra que o Brasil conta com 363 incubadoras de negócios inovadores e 57 aceleradoras. O Mapeamento dos Mecanismos de Geração de Empreendimentos Inovadores, também estima que, em 2017, as 3.694

empresas incubadas no Brasil foram responsáveis pela geração de 14.457 postos de trabalho e faturaram conjuntamente R$ 551 milhões. Incubadoras são instituições que auxiliam as empresas que tenham como principal característica a oferta de produtos e serviços

no mercado com significativo grau de inovação. Elas geralmente ofertam espaço físico ou infraestrutura e suporte adaptados para alojar os empreendedores, promovendo acesso a serviços ou orientações que as empresas dificilmente teriam encontrado sozinhas.

O governo do estado do Rio de Janeiro, a Petrobras e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro assinaram um termo de ajustamento de conduta (TAC) para reparar prejuízos ambientais, sociais e econômicos causados pelo atraso nas obras do Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj) na região de Itaboraí, São Gonçalo e Cachoeiras de Macacu. Com o TAC, a Petrobras se compromete a investir R$ 814,5 milhões na recuperação da região, incluindo ações de saneamento básico e meio ambiente. R$ 300 milhões devem ser destinados exclusivamente a ações ambientais, incluindo o reflorestamento de uma área equivalente a 660 campos de futebol.

Brasil cai 6 pontos no Indicador de Clima Econômico da América Latina O Brasil registrou queda de 6 pontos no Indicador de Clima Econômico (ICE) da América Latina, passando de 56,5 para 50 pontos entre abril e julho de 2019.

O levantamento é feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) em parceria com o instituto alemão Ifo.

O Indicador da Situação Atual (ISA) continuou negativo em 75 pontos. Para mudar este quadro, segundo a pesquisadora associada da FGV, Lia Valls, o gover-

no deveria se dedicar mais a medidas que deem impulso direto ao crescimento econômico do país, que ainda tem desemprego elevado.

Pesquisa indica que 87% das pessoas acham conta de luz cara no país Um levantamento feito pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel) em parceria com o Ibope, mostrou que 79% dos entrevistados gostaria de ter um mercado livre para escolher a sua fornecedora de energia. O percentual é 10% maior do que o obtido na avaliação de 2018. Se-

gundo a Pesquisa de Opinião Pública 2019 sobre o que pensa e quer o brasileiro do setor elétrico, lançada ontem (12) na capital paulista, 68% dos entrevistados trocariam hoje a sua fornecedora de energia. Os dados revelam que 87% das pessoas consideram sua conta de energia cara, número que subiu 4% em relação ao ano passado.

Reprodução


8

TERÇA-FEIRA, 13

DE AGOSTO DE

2019

www.alo.com.br

ida & Lazer V

BRASÍLIA

ALO JORNAL

Divulgação

CCBB recebe mostra de anime Adriana Calcanhotto apresenta o com apresentação de clássicos da show “margem” cinematografia japonesa Brasília recebe uma mostra que condensa a riquíssima cultura audiovisual japonesa, em uma imersão para otaku nenhum colocar defeito. É a Mostra “Anime: O fantástico mundo das animações japonesas”, que chega ao Centro Cultural Banco do Brasil - Brasília entre os dias 20 de agosto e 01 de setembro, com exibição de filmes, concurso de cosplay, debates e workshops. Como ponto alto, a mostra conta com sessões ao ar livre no CCBB Brasília, apresentando os filmes Pokémon O Filme 2000 e Pokémon 3: O feitiço dos Unown. Clássicos da cultura oriental, os animes representam uma das expressões mais fortes da cultura japonesa, sendo responsáveis pelo reconhecimento do país a nível mundial, com estúdios renomados e produções premiadas. No CCBB, não somente os animes estarão em foco, como também outros braços da cultura japonesa, com apresentações de cosplay, jogos e atividades populares entre adeptos da cultura geek, como os jogos de RPG e tabuleiro, exposição de quadrinhos, mangás, etc.

Entre grandes clássicos, obras raras e filmes baseados em franquias populares, a mostra, realizada com recursos da Lei de Incentivo à Cultura, apresentada pelo Ministério da Cidadania e pelo Centro Cultural Banco do Brasil e com patrocínio do Banco do Brasil, vai celebrar a cultura japonesa e o legado dos animes na história da animação mundial. Serão exibidos 17 filmes, obras distribuídas entre os gêneros de ação, aventura, ficção científica e comédia. Além dos títulos Pokémon, clássicos que despertam até hoje memórias afetivas de toda uma geração que acompanhou a série nos anos 1990/2000, serão exibidos também 5 centímetros por segundo, de Makoto Shinkai, Akira, de Katsuhiro Ôtomo, As Memórias de Marnie, de Hiromasa Yonebayashi, A Tartaruga vermelha, de Michael Dudok de Wit, Bayonetta: Destino Sangrento, de Fuminori Kizaki, Páprika, de Satoshi Kon, entre vários outros títulos. Os dias 31 de agosto e 01 de setembro ganham destaque no evento as exibições ao ar livre dos filmes Poké-

mon O Filme 2000 e Pokémon 3: O feitiço dos Unown, dias da mostra que prometem reunir entusiastas da cultura nipônica. As exibições contarão com dublagem ao vivo, realizada ao lado da tela, por Fernanda Bullara e Glauco Marques. Os dias das exibições ao ar livre contarão também com concurso de cosplay – realizado abaixo da tela de projeção, feira de quadrinhos, mangás e fantasias. Nos dias 24 e 25 de agosto, a mostra receberá alunos para o Workshop de Animação Básico, ministrado por Washington Rayk e Gyancarlo Lacerda Francischeto, profissionais reconhecidos da animação que darão noções iniciais de análise e produção de animes. Na ocasião, serão ensinados os princípios da animação, primeiros passos da preparação de layout para se animar uma cena, além de uma oficina rápida de Krita (software livre de animação). São 15 vagas disponíveis e as inscrições podem ser feitas entre os dias 18 e 23 de agosto, pelo email workshop.animemostra@gmail.com.

Néia e Nando abre temporada de teatro infantil no Liberty Mall A Cia Teatral Néia e Nando atuará em mais um palco, em Brasília. Todos os sábados, às 15 horas, a turminha poderá curtir as produções da trupe brasiliense, no shopping Liberty Mall. O melhor de tudo, de graça. A cada semana, a partir do dia 17, uma adaptação diferente. Para a abertura da temporada “Uma Aventura do Mar”. O espetá-

culo é inspirado na animação musical que fez sucesso na grande tela, em 2016. É a famosa história da adolescente polinésia Moana, filha do chefe da tribo Motunui, que se aventura pelo Oceano Pacífico para desvendar o mistério que envolve seus ancestrais. No caminho, ela encontra o espirituoso semideus Maui e, juntos, embar-

cam em uma viagem cheia de ação, enfrentando criaturas inusitadas para salvar a tribo. “Fizemos questão de adaptar esse sucesso da Disney, porque fala sobre a determinação e valoriza a amizade e o amor fraternal. Mensagens de grande valia aos nossos espectadores mirins”, explica diretor Nando Villardo.

Adriana Calcanhotto desembarca em Brasília para única apresentação do show “Margem”, mais um sucesso nos palcos do Brasil, em 18 de outubro. Os Ingressos estarão à venda a partir das 10h de hoje, 13 de agosto, simultaneamente na bilheteria do

local, no Brasília Shopping e site ou App da Ingresso Rápido. Marítmo. Maré. Margem. Adriana Calcanhotto, mais uma vez, vem se dar ao mar como imagem. Em seu novo show, a cantora combina as canções praieiras que

compõem essa trilogia de álbuns lançados no espaço de dez anos entre cada um, confirmando sua doce obsessão pelo tema. Revisando sonoridades, atualizando sucessos e confirmando seu magnetismo no palco.

Profile for Alô Brasília Comunicações Ltda

Ter, 13/08/2019  

Ter, 13/08/2019

Ter, 13/08/2019  

Ter, 13/08/2019

Advertisement