Page 1

ALERTA JORNAL

JORNAL INFORMATIVO DO SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMÉRCIO DE MARÍLIA

Maio de 2018 - ano XXVIII - Número 320

Motta e Mário Herrera lançam o Residencial Firenze 2

05 pag.

Lojas Tanger é autuada por abertura em horário irregular Pais comerciários tem direito a falta para cuidar da saúde dos filhos 06 pag.

Banco de Horas deve ter autorização do Sindicato

04 pag.

O voto é sua arma para mudar o Brasil esse ano

03 pag.

06 pag.


PISOS E SALÁRIOS

Confira seu piso salarial... Comércio em geral, lojas e supermercados CARGOS OU FUNÇÃO Piso de ingresso Empregados em geral Faxineiro / Copeiro Caixa Office boy / Empacotador Garantia do Comissionista Quebra de Caixa

EMPRESA EM GERAL

R$ não possui R$ 1.352,00 R$ 1.190,00 R$ 1.450,00 R$ 994,00 R$ 1.583,00 R$ 66,00

EMP. PEQUENO PORTE

R$ 1.163,00 R$ 1.295,00 R$ 1,139,00 R$ 1.393,00 R$ 994,00 R$ 1.522,00 R$ 66,00

MICROEMPRESAS R$ 1.102,00 R$ 1.239,00 R$ 1.108,00 R$ 1.347,00 R$ 994,00 R$ 1.451,00 R$ 66,00

Farmácias e Drogarias CARGOS OU FUNÇÃO Empacotador, Office boy, aux. de reposição e faxineiro Empregados em geral Entregadores Motorizados Função de auxiliar de farmácia com manipulação Atendente de pescrição médica magistral com manipulação Balconistas, comissionistas ou não Técnicos de Farmácia CARGOS OU FUNÇÃO Empregados em Geral Faxineiro / Copeiro Office boy / Empacotador Garantia do Comissionista Caixa Quebra de Caixa CARGOS OU FUNÇÃO

PISO SALARIAL R$ 1.022,00 R$ 1.262,00 R$ 1.386,00 R$ 1.413,00 R$ 1.452,00 R$ 1.771,00

Supermercados e Hipermercados -Atacado

Concessionários e Distribuidores de Veículos

Jovens apreendizes (18 à 24 anos) na função de Enxugador de Veículos - 12/2017

Enxugador de Veículos, Office boy, Mensageiro e Aux. de Serv. Adm

Jardineiro, Copeiro, Faxineiro, Lavador de Veículo, aux./assist. outra função exercida fora da oficina

Outras funções dentro dos concessionários de motocicletas Comissionistas Puros Concessionárias de Motos Comissionistas Puros Concessionárias de Carros, Tratores e outros Manobrista/Entregador Motorizado (Conc. de outros tipos de veículos, máquinas e implementos e agrícolas) Demais Funções (Conc. de outros tipos de veículos, máquinas e implementos e agrícolas) Ajudante, Auxiliar e Assist. de Oficina (Conc. de outros tipos de veículos, máquinas e implementos e agrícolas)

PISO SALARIAL R$ 1.345,00 R$ 1.186,00 R$ 987,00 R$ 1.578,00 R$ 1.445,00 R$ 66,00 PISO SALARIAL R$ 989,00 R$ 1.087,00 R$ 1.398,00 R$ 1.470,00 R$ 1.732,00 R$ 1.863,00 R$ 1.494,00 R$1.568,00 R$1.263,00

Sindicato dos Empregado no Comércio de Marília - Catanduva nº 140 - Centro - CEP:17500-240 - Marília/SP - (14)3413-1059 - www.secmarilia.org.br - imprensa@ secmarilia.org.br - Presidente Mario Herrera - Utilidade Pública Nº5096 - 05/11/2001 - Os artigos publicados são de inteira responsabilidade do Sindicato e traduzem a defesa dos interesses da categoria. - Jornalista Responsável/Designer Gráfico/Fotografias: Anderson Andreozi - Mtb 38050-JP / Revisão - Marcelo Dias

02

ALERTA


ABERTURA IRREGULAR

Lojas Tanger é autuada por abertura em horário irregular A

pós denúncia do Sindicato dos empregados no Comércio de Marília ao Setor de Fiscalização da Prefeitura de Marília, a Loja Tanger foi autuada no dia 19 de maio por abrir dois sábados a mais até as 17 horas no mês de maio, além dos dois primeiros sábados permitidos, descumprindo assim, o Código de Posturas do Município que rege sobre os horários de abertura do comércio local. Segundo Evandro Marins advogado do Sindicato, a entidade notificou a empresa sobre o descumprimento da Lei. “Notificamos a Tanger e a Prefeitura sobre sua abertura irregular da loja. Após a solicitação a mesma descumpriu Código de Postura do Município e foi notificada e

ALERTA

posteriormente autuada pela Prefeitura” O Código de Postura estabelece no parágrafo 5º do artigo 51 que a Prefeitura poderá permitir o funcionamento em horário especial de estabelecimentos, desde que exista Acordo Coletivo de Trabalho entre o Sindicato profissional da categoria com uma ou várias empresas, ou até mesmo, quando o trabalho estiver amparado pelo Convenção Coletiva de Trabalho. “Buscamos efetivar um Acordo Coletivo com a empresa e infelizmente não houve a

compreensão da gerência para que houvesse a regularização do trabalho, explicou Mário Herrera. Herrera explicou ainda, que as grandes empresa do comércio possuem acordo com o Sindicato. “Nosso comércio possui outras empresas que quando desejam realizar abertura aos sábados não permitidos pela Lei, fazem acordos e remuneram seus trabalhadores comerciários. Porque a Tanger quer ser diferente?”, indagou Herrera. “Vamos agora, buscar na Justiça do Trabalho que os direitos dos trabalhadores sejam garantidos”, disse o advogado.

03


SAÚDE

OMS alerta para impacto do cigarro na saúde cardiovascular

A

Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta para a ligação entre o cigarro e as doenças cardiovasculares, principal causa de morte em todo o mundo. Segundo a entidade, o uso do tabaco é um importante fator de risco para o desenvolvimento de doença arterial coronariana, derrame e doença vascular periférica. Dados da organização mostram que as doenças cardiovasculares matam mais pessoas do que qualquer outra enfermidade no mundo, sendo que fumantes passivos respondem por aproximadamente 12% do total de mortes por doenças do coração. O uso do tabaco figura como a segunda principal causa de doenças cardiovasculares, atrás apenas da pressão arterial alta. “A epidemia global de tabaco mata mais de 7 milhões de pessoas todos os anos, das quais quase 900 mil são não fumantes que morrem por inalar fumaça emitida por fumantes”, destacou a OMS, ao citar que cerca de 80% dos mais de 1 bilhão de fumantes em todo mundo vivem em países de baixa e média rendas. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), 428 pessoas morrem por dia no Brasil por causa do tabagismo. Conforme dados do Inca, 12,6% de todas as mortes registradas no país são atribuíveis ao tabaco. Ao todo, 156.216 mortes poderiam ser evitadas todos os anos caso o uso do tabaco fosse eliminado. Os números mostram ainda que, no ano passado, 73.500 pessoas foram diagnosticadas com câncer provocado pelo tabagismo. Segundo o Inca, R$ 56,9 bilhões são perdidos a cada ano em função de despesas médicas e perda de produtividade. Leia mais; http://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2018-05/oms-alerta-para-impacto-do-cigarro-na-saudecardiovascular

FIQUE ATENTO

Comissionista tem direito

N

o caso do trabalhador comerciário comissionista puro o mesmo tem direito a uma remuneração mínima definida na cláusula 8 da CCT. GARANTIA DO COMISSIONISTA - Aos empregados remunerados exclusivamente à base de comissões percentuais préajustadas sobre as vendas (comissionistas puros), fica assegurada uma garantia de remuneração mínima, nela já incluída o descanso semanal remunerado, e que somente prevalecerá no caso das comissões auferidas em cada mês, quando não atingirem o valor da garantia e se cumprida integralmente à jornada legal de trabalho de 44 (quarenta e quatro) horas semanais. Parágrafo 1° – À garantia de remuneração mínima não serão incorporados abonos ou antecipações decorrentes de eventual legislação superveniente. Parágrafo 2° – Para efeito de apuração serão consideradas as comissões sobre as vendas realizadas até o dia 23 (vinte e três) do mês em curso, que deverão ser pagas até o 5° dia útil do mês subsequente.

04

Banco de Horas deve ser autorizado

P

ara que as empresas possam ultilizar o Banco de Horas se faz necessário a autorização dos SIndicato patronal e dos empregados. Essa autorização para implementação do Banco de Horas, deve ser solicitada até 31 de maio de 2018. Após a solicitação e avaliação das duas entidades sindicais é expedido o CERTIFICADO DE ADESÃO AO REGIME ESPECIAL DE COMPENSAÇÃO DE HORAS 2017/2018. O Certificado é individual para cada estabelecimento interessado e solicitando via Sistema Digital, pelo site www.repismarilia.com.br. Consulte se sua empresa possuI CERTIFICADO DE ADESÃO AO REGIME ESPECIAL DE COMPENSAÇÃO DE HORAS 2017/2018 no telefone (14)3413-1059 ou no rua Catanduva nº140 - centro.

ALERTA


FIRENZE 2

Motta e Mário Herrera lançam o Residencial Firenze 2

Cidadão Mariliense, Luis Carlos Motta é parceiro do Sindicalista Mário Herrera na construção e entrega de 6 mil casas na cidade de Marília

A

Cooperativa Habitacional dos Comerciários do Estado de São Paulo presidida por Luiz Carlos Motta em parceria com o Sindicato dos Empregados no Comércio de Marília, Prefeitura Municipal de Marília e Caixa Econômica Federal e Cosntrutora Menin lançam o Residencial Firenze 2 com 358 casas na Zona Oeste de Marília. O residencial atende, pelo programa Minha Casa Minha Vida, famílias com renda mensal comprovada a partir de R$ 1.600,00. Há um desconto de até R$ 31 mil no valor total da casa e possibilidade de financiamento do pagamento em até 360 meses. Os imóveis terão unidades padrão de aproximadamente 42,57 metros quadrados, além de algumas unidades com possibilidade de adaptação a pessoas com necessidades especiais. As casas possuem

ALERTA

dois quartos, um banheiro, uma sala e uma cozinha com laje e piso cerâmico, mais área de serviço coberta. As casas são preparadas para receber aquecedor solar além de isenção para pagamento do IPTU a partir da assinatura do contrato e também isenção de ITBI para registro dos imóveis. O Firenze 2 conta com ruas asfaltadas, rede de abastecimento de água, coleta de esgoto, arborização, iluminação pública e sistema de lazer. “Estamos realizando um sindicalismo cidadão, partindo para o social. É gratificante estar aqui hoje e ver a satisfação das pessoas em receber esse projeto. Os conjuntos são realmente diferenciados com toda infraestrutura necessária para os moradores. Trata-se de um investimento que aquece a economia local. Fazemos parte da história e do crescimento de toda a região”,

ressaltou Motta. O Residencial Firenze 2 fica próximo a Vila dos Comerciários 1 e 2, Jardim Veneza e Residencial Firenze 1. “São casas de qualidade e construídas com completa infraestrutura.Nunca tivemos problemas em nossas obras, gerando assim, credibilidade à Federação e ao Sindicato. Queremos que o trabalhador nos procure. Por ser Cidadão Mariliense, Motta está honrando nossa cidade com essa construção”, disse Mário Herrera presidente do Sindicato. “Estive presente na entrega das casas do Firenze 1 e foi emocionante ver a satisfação das pessoas quando recebem as chaves da sua casa. O Sindicato é parceiro”, frisou Tato vice prefeito de Marília. As incrições do Firenze 2 podem ser realizadas na Rua paraíba nº31 - centro e maiores informações no telefone (14)34131528

05


PALAVRA DO PRESIDENTE

O voto é sua arma para mudar o Brasil E m 2018, mais exatos daqui 4 meses teremos as eleições para definirmos quem serão nossos representantes políticos nas esferas do Governo estadual e Federal. Nesse pleito eleitoral elegeremos no dia 07 de outubro de 2018, presidente, senador, deputado federal, governador e deputado estadual. Tudo isso em um único dia. A única forma de mudarmos o nosso Brasil é lutando por melhorias, se manifestando

nas ruas e principalmente escolhendo bem os políticos que irão nos representar nos próximos 4 anos. Nosso voto é como uma arma contra os corruptos e os “sangues sugas”, que acabam com o nosso Brasil, administrando em benefício próprio e sem pensar em uma sociedade digna e justa. Para escolher nossos candidatos, faça uma pesquisa no google.com e investigue a vida política desse candidato. Caso o mesmo já

tenha ocupado cargo público, verifique seu trabalho e sua vida política. Não adianta nada protestarmos e depois elegermos mais do mesmo para nos representar durante 4 anos. Seu voto é uma arma que deve ser usada para o bem social do nosso Barsil e não para atender seus interesses individuais, ou de qualquer outra pessoa. MÁRIO HERRERA (MH)

SAÚDE

Pais comerciários tem direito a falta para cuidar da saúde dos filhos

O

s trabalhadores comerciários, sejam pai ou mãe tem direitos garantidos pela Convenção Coletiva de Trabalho para cuidar da saúde de seus filhos. Conheça a sua Covenção Coletiva de trabalho e exija seus direitos. Maiores informações no telefone (14)3413-1059 ou na rua Catnduva nº140 - Centro. Cláusula 36 - Abono a Mãe e ao Pai comerciários A mãe comerciária ou o pai comerciário, se o mesmo comprovar sua condição de único responsável, que deixarem de comparecer ao serviço para acompanhamento médico

06

de seus filhos menores de 14 (quatorze) anos, inválidos ou incapazes, terá suas faltas abonadas nas seguintes condições: Parágrafo 1°– Para acompanhamento em consulta, até 2 (dois) dias por mês, limitado a 12 (doze) dias durante o período de vigência da presente Convenção. Parágrafo 2° – Para acompanhamento em casos de internações, devidamente comprovadas nos termos da cláusula “ATESTADOS MÉDICOS E ODONTOLÓGICOS”, até o limite máximo de 15 (quinze) dias, durante o período de vigência da presente Convenção.

ALERTA


FIRENZE 2

ALERTA

07


HABITAÇÃO

08

ALERTA

MAIO DE 2018  
MAIO DE 2018  
Advertisement