Issuu on Google+

!"#2 DEZEMBRO DE 2010

A verdade sobre o

NATAL


!"#2

´ TIRAGEM MEDIA 38.451.000 PUBLICADA EM 84 IDIOMAS

3 5 8 12 20 22

25

26

29 30 31 32

´ Por que o espırito natalino ´ esta em alta? A verdade sobre o Natal ´ “A verdade vos libertara”! Deus me consolou em todas as minhas dificuldades Outros grandes terremotos ˜ estao por vir Os Jovens Perguntam Como posso explicar ´ o conceito da Bıblia sobre a homossexualidade? Teve um Projeto? O modo eficiente ˜ de o salmao nadar ´ Um Livro Confiavel ´ Parte 2 — A Assıria ´ ´ na historia bıblica Observando o Mundo ´ Indice de assuntos de Despertai! de 2010 ´ Para Considerar em Famılia Ela aprendia junto com eles

˜ Por que Deus nao ´ 10 destroi o Diabo?

´ A Bıblia nos garante que, ´ na hora´ certa, Deus destruira Satanas.˜ Veja por que Ele ainda nao fez isso.

Terremoto no Haiti ˜ 14 — fe´ e amor em ac¸ ao O terremoto que atingiu o Haiti em´ janeiro de 2010 destruiu predios e matou centenas de milhares de pessoas. Veja ´ como voluntarios dedicados ´ trouxeram alıvio, salvaram vidas e deram esperanca. ¸

A verdade sobre o Natal 3-9 Veja como conhecer a origem dos costumes natalinos teve um efeito ´ positivo em muitas famılias.


´ POR ´ QUE o espırito natalino esta em alta? ´ ˆ ´ NATAL esta chegando. Para voce, isso e motivo de alegria ˜ ˜ ou de preocupac¸ ao? Milhoes de pessoas se perguntam: ‘Para quem vou dar presentes? O que vou comprar? Tenho dinheiro ´ para isso? Quanto tempo vou levar para pagar as dıvidas?’ ˜ ´ Apesar dessas preocupac¸ oes, o Natal continua em alta. Ele ate ´ ˜ ˜ ˜ ´ chegou a paıses nao cristaos. No Japao, a maioria das famılias co˜ memora o Natal nao por causa de seu significado religioso, mas apenas como uma data festiva. Na China, “o rosto corado e alegre do Papai Noel aparece em todas as vitrines nas cidades grandes”, diz o The Wall Street Journal, acrescentando: “A febre do Na´ ´ tal esta contagiando a crescente classe media urbana da China, servindo como desculpa para fazer compras, comer e festejar.” Em muitas partes do mundo, o Natal tem dado um grande im` pulso a economia local. Isso aconteceu principalmente na China, ´ ˆ ˜ ´ que hoje e “uma grande potencia na exportac¸ ao de arvores de ´ plastico, fitas decorativas, luzes cintilantes e outros itens da para´ fernalia natalina”, diz o jornal. ´ ´ Paıses de maioria muculmana tambem promovem festividades ¸ ` ˜ parecidas as do Natal, embora nao sejam realizadas necessariamente no dia 25 de dezembro. Em Ancara, na Turquia, e em Bei´ ´ ´ rute, no Lıbano, e comum ver vitrines decoradas com arvores de ´ Natal e caixas embrulhadas com papel de presente. Na Indone´ sia, hoteis e shopping centers patrocinam eventos especiais, e as criancas ¸ podem tirar fotos ou comer com o Papai Noel. ˜ No Ocidente, o Natal praticamente perdeu a conotac¸ ao religio´ sa e e apenas uma data comercial, com muitas propagandas “des` caradamente direcionadas ´ as criancas”, diz o informativo Royal ¸ ´ Bank Letter, do Canada. E verdade que algumas pessoas ainda ˆ ˜ assistem a cerimonias natalinas na igreja. Mas sao os shopping ˜ centers, ao som de canc¸ oes natalinas, que se tornaram os novos ´ templos. Por que essa mudanca? Sera que ela tem a ver com a ori´ ¸ gem do Natal? Que origem e essa? ´ Antes de analisar essas perguntas, seria bom ler os relatos bıblicos que supostamente serviram de base para as cenas do nascimento de Jesus.

O

3


O QUE OS ESCRITORES DOS EVANGELHOS DIZEM ´ O apostolo Mateus: “Depois de Jesus ter ´ nascido em Belem da Judeia, nos dias de He´ rodes, o rei, eis que vieram astrologos das re˜ ´ gioes orientais a Jerusalem, dizendo: ‘Onde ´ esta aquele que nasceu rei dos judeus? Pois ´ vimos a sua estrela quando estavamos no Oriente e viemos prestar-lhe homenagem.’ O Rei Herodes, ouvindo isso, ficou agitado.” ˜ Entao, Herodes perguntou aos “principais sacerdotes . . . onde havia de nascer o Cristo”. ´ Ao saber que seria “em Belem”, Herodes disse ´ aos astrologos: “Ide e procurai cuidadosamente a criancinha, e quando a tiverdes achado, avisai-me.” “[Eles] partiram; e eis que a estrela que tinham visto quando estavam no Oriente ia ´ adiante deles, ate que se deteve por cima do lugar onde estava a criancinha. . . . Ao entrarem na casa, viram a criancinha com Maria, ˜ ´ sua mae.” Daı, deram presentes a Jesus. “No entanto, por terem recebido em sonho um avi˜ so divino para nao voltarem a Herodes, retira´ ram-se para o seu paıs por outro caminho.” “Depois de eles se terem retirado, eis que ´ ´ o anjo de Jeova apareceu a Jose num sonho, dizendo: ‘Levanta-te, toma a criancinha e sua ˜ mae, foge para o Egito . . .’ Levantou-se, pois, e ˜ tomou de noite a criancinha e sua mae, e reti˜ rou-se . . . Herodes, vendo entao que tinha sido ´ logrado pelos astrologos, foi tomado de gran´ de furia e mandou eliminar todos os meninos ´ em Belem e em todos os seus distritos,

6 !"#2 ´

de dois anos de idade para baixo.” — Mateus 2:1-16. ´ ´ O discıpulo Lucas: Jose subiu “da Galileia, ´ ` ` da cidade de Nazare, e foi a Judeia, a cidade ´ de Davi, que se chama Belem, . . . a fim de ser registrado com Maria . . . Enquanto estavam ` ˆ ali, . . . ela deu a luz o seu filho, o primogenito, e o enfaixou e deitou numa manjedoura, por˜ que nao havia lugar para eles no alojamento”. ´ ´ “Havia tambem no mesmo paıs pastores ´ vivendo ao ar livre e mantendo de noite vigılias sobre os seus rebanhos. E, repentinamente es´ tava parado ao lado deles o anjo de Jeova, . . . e ficaram muito temerosos. Mas o anjo disse˜ lhes: ‘Nao temais, pois, eis que vos declaro boas novas duma grande alegria que todo o ´ povo tera, porque hoje vos nasceu na cidade ´ de Davi um Salvador, que e Cristo, o Senhor.’ ” Com isso, os pastores “foram apressadamente ´ e acharam Maria, bem como Jose, e a crianca ¸ deitada na manjedoura”. — Lucas 2:4-16.

ESTA REVISTA E PUBLICADA visando o esclarecimento de toda a ´ famılia. Mostra-nos como enfrentar os problemas atuais. Veicula as ´ ˜ notıcias, fala sobre pessoas de muitas terras, examina a religiao e a ˆ ´ ciencia. Mas faz mais do que isso. Ela sonda abaixo da superfıcie e ´ aponta o verdadeiro significado por tras dos eventos correntes; todavia, ˜ permanece sempre politicamente neutra e nao exalta raca ¸ alguma como ´ ´ superior a outra. Importantıssimo e que esta revista gera confianca ¸ na ´ promessa do Criador de estabelecer um novo mundo pacıfico e seguro, ´ prestes a substituir o atual mundo perverso e anarquico. 4

Despertai! dezembro de 2010

˜ ˜ ´ Esta publicac¸ ao ´ nao e vendida. Ela faz parte de uma obra educativa b˜ıblica, mundial,´ mantida por donativos. Sal˜ vo˜ outra indicac¸ ao, os textos bıblicos citados sao da Traduˆ c¸ ao do Novo Mundo das Escrituras Sagradas com Referencias. ´ Despertai! e publicada e impressa mensalmente pela As˜ ´ ´ sociac¸ ao Torre de Vigia de Bıblias ´ e Tratados. Sede e grafica: Rodovia SP-141, km 43, Ces ario Lange SP, 18285-000. ´ Diretor responsavel: Augusto ´ dos Santos Machado Filho. Revista registrada sob o numero de ordem 511. 5 2010 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania. Todos os direitos reservados. Impressa no Brasil Vol. 91, No. 12 Monthly PORTUGUESE (Brazilian Edition)


A verdade sobre o Natal V

ˆ OCE acha importante saber a verdade so˜ bre celebrac¸ oes e ensinamentos religio˜ ´ sos? Entao, talvez ´ ja tenha feito as seguintes perguntas: (1) Sera que Jesus nasceu mesmo no dia 25 de dezembro? (2) Quem foram os ´ ˆ “reis magos”, e sera que eram realmente ´ tres? (3) Que tipo de “estrela” os guiou ate Jesus? (4) O que o Papai Noel tem a ver com Jesus ´ e seu nascimento? (5) Qual e o conceito de Deus sobre o costume de dar presentes, ou, para ser mais exato, o de trocar presentes no Natal? ´ ´ Com base na Bıblia e em fatos historicos, vejamos as respostas a essas perguntas.

nasceu no dia 25 de – Jesus dezembro?

¸ popular: Segundo a Grande Enciclo´ ˜ ´ Crenca pedia Barsa, o Natal e uma “festa crista celebrada no dia 25 de dezembro, em comemora˜ c¸ ao ao nascimento de Jesus Cristo”. Sua origem: “A escolha do dia 25 de dezem˜ ´ bro nao tem precedente bıblico”,´ diz a The Christmas Encyclopedia (Enciclopedia do Na˜ tal), “mas vem das festividades romanas pagas que eram´ realizadas no fim do ano”,´ por volta do solstıcio de inverno no ´ Hemisferio Norte. Essas festividades incluıam as saturnais (em homenagem a Saturno, deus da agricultura) “e´ as festividades combinadas de dois deusessois, o Sol romano ´ e o Mitra persa”, ´ comenta a mesma enciclopedia. O aniversario de amˆ ˆ ˜ ´ ´ ˆ Idiomas: africaner, albanes, alemao,67 amarico, arabe, armenio, ´ ˆ ˆ bislama, bulgaro, canares, cebuano, chicheva, chines (simplificado), chiˆ ´ nes (tradicional)7 (audio apenas em mandarim), chitonga, chona, cibemˆ ˆ ba, cingales, coreano,67 croata, dinamarques,7 eslovaco, esloveno, esˆ ˆ panhol,67 estoniano, eve, fijiano, finlandes,7 frances,67 georgiano, ˆ ´ grego, guzerate, hebraico, hiligaino, hindi, holandes,7 hungaro, ibo, ilo´ ˆ ˆ ˆ cano, indonesio, ingles,67 ioruba, islandes, italiano,67 japones,7 kirun˜ ˆ ˆ di, letao, lingala, lituano, luvale, macedonio, malaiala, malgaxe, maltes, ˆ ˆ ˆ mianmar, noruegues,7 polones,7 portugues,687 punjabi, quiniaruanda, ´ quirguiz, rarotongano, romeno, russo,7 samoano, sepedi, servio, sesoto, ˆ ˆ ´ silozi, suaıli, sueco,7 tagalo, tai, tamil, tcheco,7 tok pisin, tonganes, tsonga, tsuana, turco, ucraniano, urdu, vietnamita, xosa e zulu. ´ ´ 6 Tambem disponıvel em CD. ´ ´ 8 Tamb ıvel em MP3 CD-ROM. ´ em dispon ´ ´ 7 Audio tambem disponıvel no “site” www.jw.org.

bos era comemorado no dia 25 de dezembro, ´ ´ no solstıcio de inverno segundo o calendario juliano. ˜ Essas festividades pagas comecaram a ser ¸ “cristianizadas” no ano 350, quando o Papa ´ Julio I declarou 25 de dezembro como o dia do nascimento de Cristo. “Aos poucos, a natividade foi incorporando ou substituindo todos os outros rituais solsticiais”, diz a The Encyclo´ ˜ pedia of Religion (Enciclopedia da Religiao). “Imagens do Sol passaram a ser cada vez mais usadas para retratar o Cristo ressuscitado (que ´ tambem era chamado de Sol Invictus), e o an´ tigo disco solar . . . se tornou a aureola dos san˜ tos cristaos.” ´ ˜ ´ O que a Bıblia diz: A Bıblia nao revela a data do nascimento de Jesus. Mas podemos ter cer˜ teza de que nao foi em 25 de dezembro. Por ˆ ´ que? A Bıblia diz que, quando Jesus nasceu, havia pastores “vivendo ao ar livre”, cuidando ´ ` de seus rebanhos a noite perto de Belem. (Lu˜ cas 2:8) A estac¸ ao fria e chuvosa geralmente comecava em outubro, e os pastores — em es¸ ˜ pecial nas regioes frias das montanhas, como ´ nas redondezas de Belem — colocavam suas ˆ ` ovelhas em abrigos para protege-las a noite. ` O tempo mais frio, que as vezes era acompanhado de neve, ocorria em dezembro.1 ˆ 1 Pelo visto, Jesus nasceu durante o antigo mesˆ judaico de etanim (setembro-outubro). — Veja a ´ obra de referencia Estudo Perspicaz das Escrituras, ´ Volume 2, pagina 538, publicada pelas Testemunhas de Jeova. ˜

´

Gostaria de ter mais informa c¸ oes ou um curso bıblico domiciliar gratuito? ` ´ Escreva as Testemunhas de Jeova, usando o endereco Para uma lista completa dos ¸ apropriado. ´ enderecos das sedes, veja www.watchtower.org/address. Africa do Sul: Private Bag X2067, Krugersdorp, ¸ 1740. Alemanha: 65617 Selters. Angola: Caixa Postal 6877, Luanda Sul. Argentina: Casilla 83 (Suc 27B), C1427WAB ´ ´ Cdad. Aut. de Buenos 60, B-1950 Kraainem. Bolıvia: Casilla 6397, Santa Cruz. ´ Aires. Belgica: rue d’Argile-Potaardestraat ´ Brasil: CP 92, Tatuı - SP, 18270-970. Canada: PO Box 4100, Georgetown, ON L7G 4Y4. Costa do Marfim: 06 BP 393, ´ ´ Abidjan 06. Espanha: Apartado 132, 28850 Torrejon de Ardoz (Madrid). Estados Unidos da America: 25 Colum˜ bia Heights, Brooklyn, NY 11201-2483. Franca: Louviers cedex. Gana: PO Box GP 760, Accra. Gra¸ BP 625, F-27406 ´ Bretanha: The Ridgeway, London NW7 Holanda: Noordbar´ 1RN. Guadalupe, I.O.F.: Montmain, 97180 Sainte-Anne. ˜ gerstraat 77, NL-7812 AA Emmen. Italia: Via della Bufalotta 1281, I-00138 Roma RM. Japao: 4-7-1 Nakashinden, Ebina City, Kanagawa-Pref, 243-0496. Malaui: PO Box 30749, Lilongwe 3. Martinica: BP 585, 97207 Fort de´ France Cedex. ´ Maurıcio: Rue Baissac, Petit Verger, Pointe aux PO Box 2600, 1100 Maputo. Nigeria: PMB 1090, ¸ ˆ Sables. Mocambique: Benin City 300001, Edo State. Nova Caledonia: BP 1741, 98874 Pont des Francais. Paraguai: Casilla 482, 1209 Asun´ ˆ ˜ cion. Portugal: Apartado 91, P-2766-955 Estoril. Quenia: PO Box 21290, Nairobi 00505. Reuniao: 76, Chemin Bœuf ´ Mort, 97419 La Possession. Senegal: BP 29896, 14523 Dakar. Su ı ca: PO Box 225, 3602 Thun. ¸ ´ ´ ˆ Timor Leste: Box 248, Dili. Uruguai: Casilla 17030, Cesar Mayo Gutierrez 2645 y Cno. Varzi, 12500 Montevideo. Zambia: PO Box 33459, ´ 10101 Lusaka. Zimbabue: Private Bag WG-5001, Westgate.

Despertai! dezembro de 2010

5


´ ˜ E interessante que os primeiros cristaos, muitos dos quais´ haviam acompanhado Jesus em seu ministerio, nunca comemoraram o nascimento deleˆ em nenhuma data. Na reali` dade, em obediencia a sua ordem, eles comemoravam apenas sua morte. (Lucas 22:17-20; ´ 1 Corıntios 11:23-26) Mesmo assim, alguns tal´ vez ˜digam: ‘Sera que o fato de a origem ser paga importa?’ Para Deus, importa sim. “Os ˜ verdadeiros adoradores adorarao o Pai com es´ ˜ pırito e verdade”, disse Jesus Cristo. — Joao 4:23.

foram os “reis magos”? ˆ — Quem Eram mesmo tres?

Crenca ¸ popular: Guiados por uma “estrela” ˆ do leste, tres “reis magos” levaram presentes a´ Jesus, que estava numa ´ manjedoura num estabulo. Pastores tamb em aparecem em algumas ˜ representac¸ oes dessa cena. ´ Sua origem: Alem do relato breve contido ´ ˜ na Bıblia, “todas as informac¸ oes sobre os reis magos se originam principalmente de lendas”, diz a The Christmas Encyclopedia. ´ ˜ ´ O que a Bıblia diz: A Bıblia nao diz quantos “reis magos” visitaram Jesus. Podem ter sido ˆ dois, tres, quatro ou mais. ´ A palavra´ “mago”, traduzida em ´ algumas Bıblias por “sabios”,´ refere-se a astrologos ou feiticeiros —˜ e a B´ ıblia diz que´ a astrologia e ´ a feiticaria sao ¸ ˆ praticas ‘detestaveis para Jeova’. (Deuteronomio 18:1012) Visto que˜ a viagem do Oriente foi longa, os ´ astrologos nao ´ chegaram a tempo para visitar ´ Jesus no estabulo. Na realidade, talvez apos meses de viagem, eles ‘entraram na casa’ onde Jesus estava morando. ˜ Ali, viram “a criancinha com Maria, sua mae”. — Mateus 2:11.

´tipo de estrela guiou os ˜ Que astrologos?

Considerar o que a estrela fez ˜ nos ajuda a responder essa pergunta. Ela n ao guiou os as´ ´ tr´ ologos diretamente a Belem, mas a Jerusalem. Ali, o Rei Herodes ficou sabendo que eles procuravam por Jesus. “Herodes convo˜ ´ cou, entao, secretamente os astrologos”, que 6

Despertai! dezembro de 2010

´ lhe falaram sobre o “rei dos judeus”. Daı, o rei disse: “Ide e procurai cuidadosamente a criancinha, e quando a tiverdes achado, avisai-me.” ´ ˜ O interesse de Herodes em Jesus, porem, nao era nada nobre. Na verdade, esse governante ´ orgulhoso e sem escrupulos estava decidido a matar 16. ´ Jesus. — Mateus 2:1-8, ´ E interessante que foi ´ so depois ´ disso que ´ a “estrela” levou os astrologos a Belem. Daı, ela “se deteve” acima da casa onde Jesus estava. — Mateus 2:9, 10. ˜ Fica claro que essa nao era uma estrela co´ mum. Alem disso, por que Deus, que havia usado anjos para informar pastores humildes sobre o nascimento de ´ Jesus, agora ˜ usaria uma estrela para guiar astrologos´ pagaos — primeiro ao disso a ela ¸ e s˜ o depois ´ inimigo´ da crianca ´ ´ propria? A unica conclusao logica e que a es´ ´ trela era um instrumento malefico de Satanas, que tem o poder para fazer coisas´ dessa natuˆ reza. (2 Tessalonicenses 2:9, 10) E ironico que o´ enfeite que costuma ser colocado no topo de ´ arvores de Natal e justamente a chamada es´ trela de Belem.

o Papai Noel tem a ver ™ OcomqueJesus e seu nascimento? ´

Crenca ¸ popular: Em muitos paıses, o Papai ´ Noel (tambem ´ chamado em alguns lugares de Pai Natal) e um personagem que traz presen` tes as criancas. Elas escrevem cartas para ele ¸ pedindo presentes, que, de acordo com a tra˜ ˜ dic¸ ao, sao feitos no Polo Norte com a ajuda de duendes. Sua origem: De acordo com o conceito po˜ pular, o mito do Papai Noel origina-se de Sao ´ Nicolau, Arcebispo de Mirra, na Asia Menor, hoje Turquia.˜ “Praticamente tudo o que foi escrito sobre Sao Nicolau se baseia em lendas”, ´ diz a The Christmas Encyclopedia. Historica e ˜ biblicamente, o Papai Noel nao tem nada a ver com Jesus Cristo. ´ O que a Bıblia diz: “Sendo que agora pusestes de lado a verdade, cada´ ´ a falsidade, falai ´ um de vos com o seu pr oximo.” Os mais pro-´ ´ ˜ ximos de nos sao os membros de nossa famı-


´ A epoca do Natal, como a antiga festividade ´ das saturnais, e marcada por festas, muita comida e bebida

o conceito de Deus sobre š Qual a troca de presentes e as festancas no Natal? ¸ ´ ´ pouco diferente: a pessoa que da um presente geralmente espera receber outro em troca. ´ ´ ´ Alem disso, a epoca do Natal e marcada por festas com muita comida e bebida. Sua origem: As antigas saturnais romanas iam de 17 a 24 de dezembro, quando havia troca de presentes. As casas e as ruas ficavam agitadas com o barulho de festancas, bebedeiras ¸ e comportamento descontrolado. As saturnais eram seguidas por um evento que celebrava o ˜ primeiro dia de janeiro. Essa celebrac¸ ao festiˆ va costumava durar cerca de tres dias. ProvaO costume: A generosidade natalina e um

velmente, as saturnais e o primeiro de janeiro ´ eram comemorados como se fossem uma so festividade. ´ O que a Bıblia diz: Alegria e generosidade ca˜ racterizam a adorac¸ ao verdadeira. “Sede jubi´ ´ ´ losos, o justos; e gritai de jubilo”, diz a Bıblia. ´ (Salmo 32:11) Essa alegria geralmente esta re` ´ lacionada a generosidade. (Proverbios 11:25) ´ ´ “Ha mais felicidade em dar do que ha em receber”, disse Jesus Cristo. (Atos 20:35) Ele tam´ bem disse: “Praticai o dar”, ou seja, tenha o ´ habito de ser generoso. — Lucas 6:38. Esse tipo de generosidade tem pouco a ver ´ com a troca de presentes que e praticada de ˆ ˜ forma mecanica, simplesmente por obrigac¸ ao ´ social. Descrevendo o verdadeiro espırito de ´ generosidade, a Bıblia declara: “Cada pessoa deve dar de acordo com o que resolveu no seu ˜ ˜ ˜ corac¸ ao, nao com tristeza ou por obrigac¸ ao, ´ pois Deus ama a pessoa que da com alegria.” ´ ´ ´ (2 Corıntios 9:7, Bıblia Facil de Ler) Quem ´ ´ ´ segue esses excelentes princıpios bıblicos da Despertai! dezembro de 2010

7

% 5 Mary Evans Picture Library

´ ´ ´ lia. (Efesios 4:25) A Bıblia tambem diz que devemos ‘amar a verdade’ e ‘falar a verdade no ˜ corac¸ ao’. (Zacarias 8:19; Salmo 15:2) Contar ` as criancas ¸ que o Papai Noel traz presentes´ no Natal pode parecer algo inocente, mas sera ´ ´ que e correto ou sabio enganar criancas ¸ pe-ˆ ˜ quenas mesmo que a intenc¸ ao seja boa? Voce ˜ ˆ ˜ nao acha ironico que uma ocasiao que supostamente seria para honrar Jesus seja usada para enganar criancas? ¸


‘CEIFA-SE O QUE SE SEMEIA’ ´ Houve uma epoca em que as autorida´ des eclesiasticas lutavam “com unhas e ´ dentes contra qualquer vestıgio do paganismo”, comenta o livro Christmas Customs and Traditions—Their History and ˜ Significance (Costumes e Tradic¸ oes do ´ ˆ Natal — Sua Historia e Importancia). Mas, ´ com o tempo, os lıderes religiosos ficaram mais preocupados em encher suas igrejas do que em ensinar a verdade. Assim, comecaram a “fazer vistas grossas” a essas ´ ¸ ˜ praticas pagas. E mais tarde as aceitaram de bracos ¸ abertos. ´ Nos ‘ceifamos o que semeamos’, diz ´ ´ a Bıblia. (Galatas 6:7) Depois de semear seus campos com as sementes do paga˜ nismo, as igrejas nao deveriam ficar admiradas da colheita resultante. Uma ˜ celebrac¸ ao que supostamente honra o nascimento de Jesus se torna uma desculpa para bebedeiras e festancas; os shop¸ ping centers ficam mais populares que as ´ ´ igrejas; famılias se afundam em dıvidas para comprar presentes; e criancas ¸ confundem mito com realidade — o Papai ˜ ´ ` Noel com Jesus Cristo. Nao e a toa que Deus disse: “Cessai de tocar em coisa ´ impura.” — 2 Corıntios 6:17.

˜ presentes porque seu corac¸ ao generoso o mo˜ ´ tiva a fazer isso — nao importa a epoca do ano. ´ ˆ ˜ Sem duvida, agir assim resulta em benc¸ aos da ´ parte de Deus e nunca sera um fardo. ˜ Uma invenc¸ ao enganosa

´ Quando comparados ao que a Bıblia diz, ˆ praticamente todos os aspectos do Natal tem ˜ ˜ ˜ origem paga ou sao uma distorc¸ ao dos rela´ ˜ tos bıblicos. Assim, os costumes natalinos sao ˜ ´ cristaos so no nome. Como isso aconteceu? ´ ´ Seculos apos a morte de Cristo surgiram mui´ tos falsos instrutores, assim como a Bıblia ha´ via predito. (2 Timoteo 4:3, 4) Esses homens ´ sem escrupulos estavam mais interessados em tornar o cristianismo atraente aos povos pa˜ gaos do que em ensinar a verdade. Incorpora˜ ˜ ram aos poucos celebrac¸ oes pagas populares e ˜ as rotularam de “cristas”. ´ A Bıblia adverte que esses falsos instrutores explorariam as pessoas, ‘contando-lhes coisas que eles mesmos inventaram. O julgamento ´ contra eles foi determinado muito tempo atras ˜ ˜ ´ e eles nao escaparao daquele que vai destruılos’. (2 Pedro 2:1-3, BFL) As Testemunhas de ´ ´ Jeova levam a serio essas palavras — e toda a ´ Bıblia, pois a encaram como a Palavra escrita ´ de Deus. (2 Timoteo 3:16) Por isso, elas rejei˜ tam celebrac¸ oes e costumes religiosos falsos. ´ ˜ Sera que sao infelizes por causa disso? Pelo ´ contrario! Como veremos a seguir, elas sabem ˆ ´ ´ por experiencia propria que a verdade bıblica liberta.

´ “A verdade vos libertara”! E SSAS palavras de Jesus Cristo, registradas ´ ˜ ˜ na Bıblia em Joao 8:32, sao uma verdade eterna. Essa verdade nos liberta de supersti˜ c¸ oes e costumes que desagradam a Deus e nos prejudicam. Veremos agora como a verdade ´ ´ ´ da Bıblia libertou pessoas em varios paıses do peso de alguns costumes natalinos.

8

Despertai! dezembro de 2010

´ A verdade bıblica os libertou ´ Argentina “Nossa famılia foi libertada dos

problemas relacionados ao excesso no comer e no beber e aos gastos com presentes que esta´ vam alem de nossos recursos”, disse Oscar. Mario se sentiu livre quando a “mentira do Natal”, como ele chama, foi desmascarada.


“Hoje, fico muito feliz de expressar meu carinho por outras´ pessoas por lhes dar presentes em qualquer epoca do ano, e quando minha ˜ condic¸ ao financeira permite.” ´ Canada “Eu gosto muito de dar e receber ˜ presentes”, escreveu Elfie. “Mas n ao gosto ´ ˜ quando ´ isso e feito por obriga ´ c¸ ao. Foi um grande alıvio quando nossa famılia parou de comemorar o Natal.” Ulli, uma das filhas de Elfie, recorda: “Depois que meus pais pararam de comemorar o Natal, eles nos surpreendiam com atividades ´ divertidas´ ou presentes em qualquer epoca do ´ ano, e nos amavamos isso! Quando nossos colegas de escola nos qual o motivo ´ perguntavam ´ das surpresas, nos respondıamos com muito orgulho: ‘Nada especial!’ Meus pais, ˜ ˜ por sua vez, enfrentaram pressao e oposic¸ ao dos parentes quando comecaram a viver segundo a verdade ¸˜ ´ ˜ bıblica. Mas nao cederam. A determinac¸ ao de´ les de adorar a Jeova Deus da forma correta me influenciou muito.” Para Silvia, deixar de comemorar o˜ Natal ´ “foi um alıvio”, disse ela. “Eu me senti´ tao bem! Sabia que estava agradando a Jeova Deus, e isso foi muito melhor que milhares de festas de Natal.” ´ ˆ Quenia Peter escreveu: “Na epoca do Na´ tal, eu fazia grandes emprestimos para comprar ˜ presentes e custear refeic¸ oes extravagantes. Por causa disso, eu tinha de fazer horas ´ extras no trabalho, o˜ que me afastava da famılia. Imagine a satisfac¸ ao que eu senti por me libertar de tudo isso!” “Eu dou e recebo presentes de parentes e ´ amigos em qualquer epoca”, disse Carolyne. ˜ ˜ “Em minha opiniao, os melhores presentes sao ˜ aqueles que ˜ recebemos sem esperar e sao dados de corac¸ ao.” ˜ Japao “Nossos filhos”, escreveram Hiroshi ˜ ˆ e Rie, “nao˜ acham que tem de receber presentes, mas dao muito valor quando os recebem. Como pais, ficamos felizes de ver que eles ´ sabem que o principal ao dar um presente e que ˜ seja de corac¸ ao”. ´ Keiko recorda: “Minha famılia comemorava o Natal. Depois de ter certeza que nosso filho

˜ O amor motiva os cristaos a ´dar presentes, e fazem isso em qualquer epoca do ano

´ estava dormindo, eu e meu marido colocavamos˜ um presente´ ao lado ´ de sua cama. Na manha seguinte, nos lhe dizıamos: ‘Oˆ Papai Noel lhe deu esse presente porque voce foi um bom menino.’ Quando aprendi a verdade sobre o Natal e contei isso a meu filho, ele ficou chocado e chorou. Nesse ˜ ´ momento, me dei conta de que o Natal nao e aquela coisa linda que aparenta ´ ser. Na verdade, e uma mentira´ e, por apoiar essa mentira, senti que tinha traıdo meu filho.” ˜ Filipinas Dave disse: “Nao consigo expres´ ´ sar em palavras a alegria que Jeova nos da por´ meio das verdades ´ puras encontradas na Bıblia. Na minha famılia, quando damos presen˜ tes nao esperamos nada em troca. E fazemos ˜ isso de corac¸ ao.” ˜ As˜ pessoas citadas sao apenas algumas dos´ ˆ milhoes que descobriram por experi encia pr o´ ´ pria que a verdade da B ıblia e libertadora. Mais ´ importante ainda e que, quando vivemos em harmonia com essa verdade, alegramos o co˜ ´ rac¸ ao de Deus. (Proverbios 27:11) Jesus Cristo ˜ disse: “Os verdadeiros adoradores adorarao o ´ Pai com espırito e verdade, pois, deveras, o Pai ´ ˜ esta procurando a tais para o adorarem.” (Joao ˜ 4:23) Quando Deus olha para o seu corac¸ ao, ´ ˆ ´ sera que ele ve alguem que deseja muito a verdade? Esperamos que a resposta seja um alto e claro “sim”! Despertai! dezembro de 2010

9


O CONCEITO ´ DA B IBLIA

ˆ E VOCE pudesse aliviar o sofrimento de ´ ´ alguem, faria isso? Voluntarios que pres´ tam ajuda humanitaria se apressam para aliviar o sofrimento e salvar a vida de pessoas toˆ talmente estranhas. Voce talvez se pergunte: ˜ ´ ‘Por que Deus nao destroi logo o Diabo, que ´ ´ e o responsavel por tanto sofrimento?’ Para responder essa pergunta, imagine um ˜ julgamento de grande repercussao. O assassino, desesperado para atrasar o processo, ale´ ga que o juiz e desonesto no modo como pre´ side seu tribunal e ate mesmo afirma que ele ´ esta subornando os jurados. Por isso, permi´ te-se que inumeras testemunhas deponham. O juiz sabe que o processo — demorado e ´ ˆ complexo — causara muita inconveniencia e gostaria de encerrar o caso sem atraso. Mas

S

˜ Por que ´ Deus nao destroi o Diabo? ˜ ele percebe que,´ para chegar a uma decisao´ que estabelecera um precedente para possıveis casos futuros, as duas partes envolvidas devem ter tempo suficiente para apresentar seus argumentos. ˜ Como essa situac¸ ao´ se aplica ao desafio que de “dra˜ o Diabo — tambem chamado ´ gao”, “serpente” e “Satan as” — lan cou con¸ ´ ´ tra Jeova, “o Altıssimo sobre toda a terra”? ˜ (Revela´c¸ ao [Apocalipse] 12:9; Salmo 83:18) ˜ Quem e realmente o Diabo? Que acusac¸ oes ´ ele fez contra Jeova Deus? E quando Deus vai acabar com ele? A necessidade de um precedente

´ No inıcio, aquele que se tornaria o Diabo era uma pessoa espiritual perfeita, um anjo ´ de Deus. (Jo 1:6, 7) Ele se tornou o Diabo

˜ Para chegar a uma decisao que estabeleca ¸ um precedente moral, as duas partes devem ter tempo suficiente para apresentar seus argumentos


˜ ´ quando ficou obcecado pela ambic¸ ao˜ egoısta de ser adorado pelos humanos. Entao, desafiou o direito de Deus governar, chegando a ˜ insinuar que Ele nao merecia ser obedecido. ´ Acusou os humanos de serviremˆ a Deus so ˜ quando eram subornados com benc¸ aos. Alegou que todas as pessoas ‘amaldicoariam’ o ¸ ´ Criador diante de dificuldades. — Jo 1:8-11; 2:4, 5. ˜ ´ Para responder essas acusac¸ oes de Satanas, seria preciso mais do que uma demons˜ trac¸ ao de forca. ¸ Na ´ verdade, destruir o Diabo no jardim do Eden talvez tivesse indicado para alguns˜ observadores que o Diabo estava certo. Entao Deus, que tem autoridade abso´ luta, deu inıcio a um processo legal para eli´ minar qualquer duvida na mente de todos os observadores. ´ Em harmonia ´com seus princıpios e justica ¸ perfeita, Jeova ´ Deus disse que cada lado produziria suas proprias testemunhas. O tempo concedido tem dado aos descendentes de ˜ Adao uma chance de viver e de testemunhar a favor de Deus por escolherem manter a integridade a Ele motivados por amor, apesar de quaisquer dificuldades. Quanto tempo falta?

´ Jeova Deus sabe muito bem que os huma˜ nos continuarao sofrendo enquanto esses procedimentos legais estiverem em andamen´ to. Mas ele esta decidido a encerrar o caso o ´ ´ mais breve poss ıvel. A B ıblia o descreve ´ como “o Pai de ternas miseric ´ ordias e o Deus de todo o consolo”. (2 Corıntios 1:3) Fica cla˜ ro que “o Deus de todo o consolo” nao vai permitir que o Diabo viva mais do que o ne´ ˆ cessario, nem que os efeitos de sua influencia ˜ continuem. Por outro lado, Deus nao vai eliminar o Diabo antes do tempo, sem que o tribunal universal tenha declarado o caso encerrado. ˜ Quando as questoes finalmente estiverem´ ´ resolvidas, o direito de Jeova governar tera sido vindicado por completo. O caso contra ´ ´ ´ Satanas servira para sempre como base jurı-

dica. Se surgir de novo um desafio similar, ´ ´ o julgamento envolvendo Satanas podera ser ˜ apontado como um exemplo que nao precisa´ ra ser repetido. ´ ´ No momento certo, Jeova Deus mandara seu Filho Jesus Cristo eliminar o Diabo e des´ fazer todas as suas obras. A Bıblia fala do tempo em que Cristo vai “entregar o reino ao seu Deus e Pai, tendo reduzido a nada todo governo, e toda autoridade e poder. Pois ele ´ tem de reinar ate que Deus lhe tenha posto to´ dos os inimigos debaixo dos seus pes. Como ´ ´ ultimo inimigo, a morte ha de ser reduzida a ´ nada”. — 1 Corıntios 15:24-26. ´ ´ Felizmente, a Bıblia promete que havera ˜ ´ condic¸ oes paradısicas na Terra inteira. As ´ ˜ pessoas viverao, como era o proposito origi´ ´ ´ nal de Deus, num paraıso pacıfico. “Os pro˜ prios mansos possuirao a terra e deveras se ˜ ˆ deleitarao na abundancia de paz.” Realmen´ ˜ te, “os proprios justos possuirao a terra e re˜ sidirao sobre ela para todo o sempre”. — Salmo 37:11, 29. Pense na perspectiva maravilhosa que a ´ Bıblia apresenta para os servos de Deus: “Eis ´ que a tenda de Deus esta com a humanidade, ´ ˜ e ele residira com eles e eles serao os seus po´ ´ vos. E o proprio Deus estara com eles. E en´ ´ ˜ xugara dos seus olhos toda lagrima, e nao ha´ ´ vera mais morte, nem havera mais pranto, ´ nem clamor, nem dor. As coisas anteriores ja ˜ passaram.” — Revelac¸ ao 21:3, 4. ´ JA SE PERGUNTOU?

˜ ˘ Que acusac¸ ao falsa o Diabo fez contra ´ Deus e os humanos? — Jo 1:8-11. ˘ Que qualidades de Deus nos garantem ´ que no tempo certo ele destruira o ´ Diabo? — 2 Corıntios 1:3. ´ ´ ˘ Que esperanca ¸ e apresentada na Bıblia? ˜ — Revelac¸ ao 21:3, 4.

Despertai! dezembro de 2010

11


Deus me consolou em todas as minhas dificuldades NARRADO POR VICTORIA COLLOY

´ ` ˜ ˜ O medico disse a minha mae: “Nao podemos fazer ´ mais nada por sua filha. Ela tera de usar muletas e aparelhos para as pernas pelo resto da vida.” Fiquei arrasada! O que seria de mim sem poder andar? ´ ASCI em 17 de novembro de 1949 em TaAntes de eu completar 15 anos de idade, ja ´ pachula, Chiapas, Mexico. Eu era a pri- havia passado por 25 cirurgias na coluna, perˆ ´ meira de quatro filhos. Embora fosse um bebe nas, joelhos, tornozelos e dedos dos pes. Cada ´ ´ alegre e saudavel, parei de engatinhar de re- cirurgia foi seguida de um perıodo de reabilita˜ ´ pente aos 6 meses, e meus movimentos fica- c¸ ao. Apos uma das cirurgias, minhas pernas ram limitados. Dois meses depois perdi todos foram engessadas. Quando o gesso foi removi´ ´ os movimentos. Os medicos locais ficaram per- do, tive de fazer exercıcios dolorosos. ˆ plexos, visto que outros bebes em Tapachula ˜ Recebi verdadeiro consolo tinham sintomas similares. Entao, um ortope´ Aos 11 anos, enquanto me recuperava de dista da Cidade do Mexico veio para nos exa˜ ´ minar. Diagnosticou-se que tınhamos poliomie- uma cirurgia, minha mae me fez uma visita. ´ lite, ou polio. Ela tinha lido na revista A Sentinela, publicada ´ de Jeova, que Jesus curou Aos 3 anos, passei por cirurgias no quadril, pelas Testemunhas ´ ´ joelhos e tornozelos. Mais tarde, meu ombro doentes e ate fez um paralıtico andar. Ela me ´ direito tambem ficou gravemente` deu uma revista. Eu a escondi afetado. Aos 6´ anos, fui levada a debaixo do meu travesseiro, mas Cidade do Mexico para continuar certo dia ela desapareceu. As eno tratamento num hospital infanfermeiras a tinham encontrado e ˜ til. Visto que minha mae trabalhasumiram com ela. Elas me critiva numa fazenda em caram por eu ler a revista. ´ Chiapas, fiquei ´ com minha avo na Cidade do Cerca de um ano depois, miMexico. Mas passava a maior par˜ nha mae foi me visitar de novo. te do tempo no hospital. ´ ´ Ela ja estava estudando a Bıblia Por volta dos 8 anos de ida´ com as Testemunhas de Jeova e de, senti uma leve melhora. Mas ´ me trouxe o livro Do Paraıso Perdepois voltei a piorar, perdendo ´ dido ao Paraıso Recuperado.1 Ela gradativamente os poucos movi˜ ´ disse: “Se quiser viver no promementos que tinha. Entao, os metido novo mundo onde Jesus a dicos disseram que eu teria de usar muletas e aparelhos nas per´ Aos 7 anos, com 1 Publicado pelas Testemunhas de Jeova nas pelo resto da vida. aparelho nas pernas em 1958, mas atualmente esgotado.

N

12

Despertai! dezembro de 2010


´ ˆ ´ curara, voce precisa estudar a Bıblia.” Assim, ˜ ´ apesar da oposic¸ ao de minha avo, comecei ´ a estudar com as Testemunhas de Jeova aos 14 anos. No ano seguinte, tive de sair do hos´ pital porque ele era so para criancas. ¸

´ Uso um carrinho eletrico adaptado para pregar

Como lidei com os desafios

Fiquei muito deprimida. Por causa da opo˜ ´ sic¸ ao de minha avo, precisei voltar a morar com meus pais em Chiapas. Mas havia proble´ mas em casa, porque meu pai era alcoolatra. ˜ Por um tempo, perdi a razao de viver. Pensei ´ em tomar veneno. Mas o estudo da Bıblia mudou aos poucos meu modo de pensar. Saber ´ ´ da promessa da Bıblia de um paraıso na Terra me deixou feliz. Comecei a falar a outros sobre a maravi´ ´ lhosa esperanca ¸ apresentada ˜na Bıblia. (Isaıas 2:4; 9:6, 7; 11:6-9; Revelac¸ ao [Apocalipse] 21:3, 4) Por fim, no dia 8 de maio de 1968, aos 18 anos, fui batizada como Testemunha de ´ Jeova. Desde 1974, gasto mais de 70 horas por ˆ mes falando a outros sobre a esperanca ¸ que me deu motivo para continuar vivendo. Uma vida produtiva e gratificante

˜ Com o tempo, eu e minha mae nos mudamos para a cidade de Tijuana, perto da fron´ teira entre o Mexico e os Estados Unidos. ` Moramos numa casa adequada as nossas necessidades. Eu ainda consigo me locomover pela casa com muletas e aparelhos, e uso uma cadeira de rodas para cozinhar, lavar e passar minhas roupas. Para participar no trabalho de ˜ ´ pregac¸ ao, uso um carrinho eletrico adaptado. ´ ´ Alem de pregar as verdades bıblicas nas ruas e nas casas, costumo visitar um hospital

´ na vizinhanca ¸ e ˜ conversar sobre a Bıblia com aqueles que estao aguardando ser atendidos. Depois dessas conversas, vou com meu carri´ nho eletrico ao mercado para comprar algu´ mas coisas e daı volto para casa para ajudar ˜ ˜ minha mae a preparar as refeic¸ oes e fazer ou´ tras tarefas domesticas. Vendo roupas usadas para nos sustentar. ˜ ˜ Minha mae tem 78 anos e nao pode fazer muiˆ ˜ to por causa de tres enfartes. Entao, cuido de ´ ˜ seus remedios e alimentac¸ ao. Apesar de nos´ sos problemas de saude, nos esforcamos para ¸ ` ˜ ˜ assistir as reunioes cristas. Mais de 30 pessoas ´ que ajudei a aprender a Bıblia ao longo dos ´ ˜ ˜ anos tambem sao ativas na pregac¸ ao. Tenho plena certeza do cumprimento da ´ promessa bıblica: “Naquele tempo [no novo ´ mundo de Deus] o coxo estar a escalando como o veado.” Enquanto isso, estas pa˜ lavras de Deus me consolam: “Nao tenhas ˜ medo, pois estou contigo. Nao olhes em volta, pois eu sou teu Deus. Vou fortificar-te. Vou realmente ajudar-te. Vou deveras segurarte firmemente com a minha direita de justi´ ca.” ¸ — Isaıas 35:6; 41:10.1 1 Victoria Colloy ˜ faleceu em 30 de novembro de 2009, aos 60 anos, e sua mae no dia 5 de julho de 2009.

Despertai! dezembro de 2010

13

˜ ´ ´ 1. Eles ficaram com medo e nao tiveram fe em Jeova. ´ — Numeros 14:3, 11. 2. Todos os homens de 20 anos ´ para cima, exceto Josue e Calebe, morreram no deserto. ´ ´ 3. Eles tinham fe de que Jeova estava com eles. ´ ˜ ˜ ˜ — Numeros 14:9. 4. Simao, Pedro, a combinac¸ ao Simao ˜ Pedro, Cefas e Simeao. 5. Sim. ´ RESPOSTAS DA PAGINA 31


´ ˜ fe e amor em ac¸ ao

HAITI ´ PORTO PRINCIPE

´ ˆ Leogane epicentro

´ R E P UBLI C A D O MI N I C AN A

Terremoto noHaiti

Jacmel

` ´ Na terca-feira, 12 de janeiro de 2010, as 16h53, Evelyn ouviu um ruıdo parecido ao som ¸ ˜ ˜ de um grande aviao, e o chao comecou ¸ a tremer. Ali perto, vigas de concreto racharam, ´ fazendo um barulho alto, e predios desabaram. Quando o tremor parou, Evelyn foi a um ˜ lugar mais alto e viu a dimensao dos estragos. Havia pessoas gritando de desespero em ´ todo lugar. Uma nuvem de poeira cobria a capital, Porto Prıncipe. ˜ ´ M QUESTAO de segundos, casas, predios do governo, bancos, hospitais e escolas desmoronaram. Mais de 220 mil pessoas morreram. Cerca de 300 mil ficaram feridas. Muitos sobreviventes ficaram sentados em ˆ silencio ao lado dos destrocos ¸ de suas casas, em estado de choque. Outros escavavam deses˜ peradamente com as maos os escombros para ´ salvar parentes e ˜ vizinhos. Sem energia eletrica, logo a escuridao tomou conta, obrigando as equipes de resgate a trabalhar usando lanternas e velas. Na cidade de Jacmel, um menino chamado Ralphendy, de 11´ anos, ficou preso sob os destrocos ¸ de um predio parcialmente desmoronado. Uma equipe de resgate da cidade trabalhou intensamente por horas a´ fio. Por causa de repetidos tremores secundarios, eles tiveram de abandonar as buscas, temendo o desabamento´ dos andares superiores. Philippe, um missiona´ rio das Testemunhas de Jeov a, recusou-se a de˜ sistir, explicando: “Eu nao podia nem pensar em abandonar Ralphendy para morrer ali.” ˆ Philippe e mais tres pessoas passaram ´ por ˜ um vao bem estreito nos escombros do predio ´ e com cuidado chegaram ate Ralphendy. Ele

E

14

Despertai! dezembro de 2010

` ´ ´ estava com os pes presos nas ruınas. A meianoite, comecaram a remover os destrocos ¸ ¸ com cautela. A cada tremor, ouvia-se o concreto aci` ma ˜ do teto se mexer e estalar. As 5 horas da ma´ nha, mais de 12 horas apos o terremoto, eles conseguiram tirar Ralphendy em seguranca. ¸ Infelizmente, nem todos os esfor cos deram ¸ ´ ˆ certo. Na cidade de Leogane, uma das mais atingidas, Roger e seu filho mais velho, Clid, conseguiram sair de casa antes de ela cair. O filho mais novo, Clarence, morreu. A esposa de Roger, Clana, estava viva e conseguia´ falar, mas sua cabeca ¸ estava presa sob o teto caıdo. Roger ´ e um amigo tentaram incansavelmente salva-la. ´ “Depressa!”, dizia ela sob as ruınas. “Estou perˆ dendo as forcas! Estou ficando sem ar!” Tres ¸ horas mais tarde, uma equipe de ´ resgate chegou. Mas quando a tiraram, ela ja estava morta.

Quarta-feira, 13 de janeiro, 2.° dia O amanhecer do dia seguinte revelou a di˜ ´ mensao dos estragos. Boa ` parte de Porto Pr ´ ´ ıncipe estava em ´ ruınas. A medida que as notıcias sobre a cat˜ astrofe se espalhavam ´ pelo mundo, organizac¸ oes de ajuda humanitaria e muitas pessoas prestativas de todas as partes se mo-


´ bilizavam para ajudar. Voluntarios da sede das ´ ´ Testemunhas de Jeova na Republica Dominicaˆ na, a cerca de 300 quilometros de carro, tam´ bem sentiram o terremoto. Quando souberam que o epicentro havia sido perto da superlota´ da cidade de Porto Prıncipe, habitada por qua˜ ´ se um terco da populac¸ ao do Haiti, que e de ˜ ¸ ´ 9 milhoes, as Testemunhas de Jeova dominica-

˜ “Eu nao podia nem pensar em abandonar Ralphendy para morrer ali” nas´ logo comecaram a planejar a ajuda huma¸ nitaria. ´ Fazia 150 anos desde o ultimo grande terre´ moto no Haiti. Por isso, esse paıs praticamen´ te tinha parado de construir predios resistentes ˆ ` a terremotos, dando preferencia a estruturas a ˜ prova de furacoes e enchentes. Assim, o tremor de magnitude 7,0 derrubou facilmente a maioria das paredes de alvenaria e dos pesados tetos de concreto. Mas a sede das Testemunhas ´ de Jeova no Haiti, finalizada em 1987, tinha ´ sido projetada segundo as normas aceitaveis de ˜ ´ construc¸ oes antissısmicas. Embora localizada

´ perto da extremidade leste de Porto Prıncipe, ela sofreu poucos danos. Da noite para o dia, a sede no Haiti se transformou num movimentado centro de ajuda hu´ ˜ manitaria. Visto que a comunicac¸ ao com o ex´ terior por telefone e e-mail era precaria, os ´ membros da sede foram duas vezes de carro ate ´ a fronteira com a Republica Dominicana para ´ enviar relatorios. Nesse meio-tempo, centenas ´ de vıtimas, muitas gravemente feridas, se dirigi` ram a sede no Haiti. Muitas outras foram leva˜ das aos hospitais em funcionamento na regiao, que eram poucos e logo ficaram superlotados. ´ ˜ Vıtimas, deitadas no chao sangrando e gritando, cercavam os hospitais. Entre elas estava Marla, que havia ficado 8 horas soterrada ´ ˜ nos escombros de um predio. Ela nao conse´ guia sentir as pernas nem movimenta-las. Os vizinhos a haviam resgatado e levado para um ´ hospital. Mas que hospital? Evan, um medico ´ ´ Testemunha de Jeova que chegara da Republica Dominicana, foi a sua procura sabendo apenas seu nome. ´ A essa altura, ja haviam se passado mais de 24 horas desde o terremoto, e anoitecia de novo. Andando por entre os corpos do lado Despertai! dezembro de 2010

15


de fora de um hospital, Evan ˆ orava em silencio enquanto chamava o nome de Marla. Fi´ nalmente, ele ouviu algu em responder: “Estou aqui!” Mar˜ la estava no ch ao, olhando para ele com um sorriso radiante. Surpreso, Evan perˆ ´ guntou: “Por que voc e est a sorrindo?” Ela respondeu: “Porque agora estou com meu ˜ ´ ˜ irmao de fe.” Evan nao conse´ guiu conter as lagrimas.

Quinta-feira, 14 de janeiro, 3.° dia

Sexta-feira, 15 de janeiro, 4.° dia

Marla

Perto do meio-dia, 19 profis´ sionais da saude Testemunhas ´ ´ de Jeova — incluindo medicos, enfermeiros e outros — chega´ ram da Republica Dominicana e de Guadalupe. Sem de´ mora montaram uma clınica de primeiros socorros. As pes´ soas atendidas ali inclu ıam dezenas de criancas ¸ de um orfanato. As Testemunhas de ´ ´ Jeova tambem forneceram ao orfanato alimentos e lonas para fazer abrigos. “Sou mui` to grato as Testemunhas de ´ ´ Jeova”, disse Etienne, diretor ˜ do orfanato. “Nao sei o que te´ rıamos feito sem a ajuda delas.”

Islande A Sede Mundial das Teste´ munhas de Jeova, nos Estados Unidos — com a ajuda das seguintes filiais: Alemanha, Ca´ nad a, Fran ca, ¸ ´ Guadalupe, Martinica, Republica DominiPerdida e depois achada cana e outras — coordenou a ´ ´ ajuda humanitaria para o meLogo apos o terremoto, Islhor aproveitamento dos malande, uma menina de 7 anos, Wideline teriais, transporte, comuniolhou pela janela de sua casa e ˜ ˜ ´ cac¸ ao, fundos e mao de obra viu os cabos eletricos da rua se ´ ´ ´ disponıveis. Ao todo, 78 profissionais da sau- rompendo e muitas faıscas saindo deles. Den´ ´ ´ de que eram Testemunhas de Jeov a chegariam tro de casa, varios tijolos caıram das paredes, ´ para ´ prestar` ajuda, alem de muitos outros ˜ ´ vo- quebrando sua perna e ferindo-a gravemenluntarios. As 2h30, o primeiro caminh ao ja ti- te. Depois de ter sido tirada dos escombros, ´ ´ nha saıdo da sede da Republica Dominicana Johnny, seu pai, a levou de carro a um hospital ´ para o Haiti, carregado ublica Dominicana, perto da fronteira. ´ com ´ quase 7 tonela- na Rep ´ das de alimentos, remedios, agua e outros supri- Daı, ela foi transferida para a capital, Santo Domentos. mingo. Mas, quando Johnny telefonou mais tar˜ ´ Quando o carregamento chegou mais tarde ˜ ´ de para o hospital, Islande nao estava la. naquela manha, a equipe de ajuda humanitaJohnny passou dois dias procurando Islanria da sede no Haiti comecou ¸ a organizar a dis- de em todo lugar, mas sem resultado. Ela ha˜ tribuic¸ ao dos suprimentos. Para evitar que os levada a outro hospital, onde uma funalimentos ´ fossem roubados e depois vendidos, via sido ´ ´ cion aria a ouviu orando a Jeova. (Salmo 83:18) os voluntarios camuflaram os materiais. Eles ˆ ´ “Amo”, trabalharam dia e noite colocando os alimen- “Voce ama a Jeova?”, perguntou ela. ˜ ˜ respondeu Islande chorando. “Ent ao, nao se tos e outros suprimentos em pequenas sacolas ´ ´ ´ preocupe”, disse a funcionaria. “Jeova vai ajupara famılias ou pessoas individuais. Nos ˆ ´ meses´ seguintes, as Testemunhas de Jeova distri- dar voce.” ` ´ Johnny pediu ajuda a sede na Republica Dobuıram ˜ gratuitamente mais de 450 toneladas˜ de doac¸ oes, incluindo mais de 400 mil refeic¸ oes. minicana para encontrar Islande. Melanie se 16

Despertai! dezembro de 2010


ofereceu para ajudar. Enquanto ela procurava ´ num hospital, a funcionaria que tinha ouvido Islande orando escutou a conversa de Melanie e apontou para a menina. Pouco tempo depois, ´ Islande estava de novo com sua famılia. ˜ Cirurgias e reabilitac¸ ao

Muitos feridos haviam recebido pouco ou ´ ` nenhum atendimento medico antes de chegar a ´ clınica montada na sede das Testemunhas de ´ Jeova no Haiti, e, por causa disso, o braco ¸ ou a perna de alguns deles havia gangrenado. Infeliz˜ mente, em muitos casos apenas a amputac¸ ao podia salvar a vida do paciente. Nos primeiros ´ dias apos o terremoto, havia falta de equipa´ ´ ´ ´ mentos cirurgicos, remedios e ate anestesicos.

˜ ´ ´ A situac¸ ao era traumatica mesmo para os medicos. Um deles disse: “Gostaria que Deus apa´ gasse de minha memoria algumas imagens e sons.” ´ Na segunda semana apos o terremoto, co´ mecaram a chegar da Europa m edicos Teste¸ ´ ˆ munhas de Jeova que tinham a experiencia e ´ os equipamentos necessarios para realizar ´ cirurgias complexas e urgentes. A equipe medica realizou 53 cirurgias e milhares de outros pro´ cedimentos m edicos. Wideline, uma Testemu´ nha de Jeov a de 23 anos, que tinha chegado a ´ Porto Prıncipe um dia antes do terremoto, teve´ seu braco ¸ direito esmagado e precisou amputalo num hospital local. Mais tarde, seus parentes a levaram a um hospital perto da casa deles

´ CASAS PARA AS VITIMAS ˆ ´ Menos de um mes apos o terremoto, engenheiros civis ´ Testemunhas de Jeova comecaram a avaliar quais casas ¸ ˜ estavam em condic¸ oes de ´ receber as famılias de volta. Muitas que perderam a casa precisaram ser acomodadas ´ ´ em moradias temporarias ate encontrar um lugar permanente. ˆ “Com base na experiencia ˜ de organizac¸ oes internacionais que prestam ajuda hu´ manitaria, projetamos mora´ dias baratas, faceis de

montar e de tamanho parecido ao das casas que muitos tinham”, explica John, membro da sede no Haiti. “Elas ˜ oferecem protec¸ ao contra chuva e vento, sem o risco de ´ cair sobre a famılia em caso de outros tremores.” Apenas ˆ ´ tres semanas apos o terremo´ to, uma equipe de voluntarios ´ haitianos e de outros paıses comecou mora¸ a construir ´ dias temporarias. As pessoas nas ruas vibravam quando viam passar ˜ caminhoes carregados com

´ as partes pre-fabricadas des´ sas casas. Um funcionario da ˆ alfandega haitiana, enquanto ˜ aprovava a importac¸ ao dos ˜ materiais de construc¸ ao, disse: “As Testemunhas de ´ Jeova estavam entre os primeiros a atravessar a fronteira para ajudar as pessoas. Elas fazem mais do que apenas falar; elas realmente ajudam.” Nos primeiros me´ ses apos o terremoto, as Tes´ ´ temunhas de Jeova construıram 1.500 casas para ´ famılias desalojadas.


+ Um grupo de Testemunhas de Jeova´ ´ haitianas indo consolar as vıtimas do desastre ´ % Um medico cuidando de um menino ´ na clınica ´ montada pelas Testemunhas de Jeova

em Port-de-Paix, que fica a sete horas dali. Mas ˜ a condic¸ ao de Wideline piorou, e a equipe do hospital a deu como morta. ˜ Ao ´ saber de sua triste situac¸ ao, ´ uma equipe medica ´ de Testemunhas de Jeova viajou ˆ de Porto Prıncipe para atender Wideline e traze-la de volta para receber mais cuidados. Os˜ outros pacientes aplaudiram quando os irm´ aos cris˜ taos de Wideline chegaram para busca-la. Com ´ ˜ a ajuda ´ de sua famılia e da congrega c ao, Wide¸ ` ˆ line esta se adaptando bem as novas circunstancias. ´ Na Rep ´ ublica Dominicana, as Testemunhas de Jeova alugaram casas para funcionar como ˜ ´ centros de reabilitac¸ ao. Equipes de voluntarios ´ ´ Testemunhas de Jeova — medicos, enfermeiros, 18

Despertai! dezembro de 2010

fisioterapeutas e outros — se revezavam nesses centros. Eles tinham prazer de˜ cuidar dos pacientes durante sua recuperac¸ ao. ´ Uma mensagem de fe, esperanca ¸ e amor

˜ ´ Apenas 6 dos 56 Saloes do Reino na area atingida pelo terremoto sofreram danos signifi-´ cativos. A maioria das Testemunhas de Jeova ˜ ˜ desalojadas ´ficou em saloes nao danificados ou em outras ´ areas ao ar livre. As Testemunhas de Jeova, acostumadas a se reunir, se organizaram do mesmo modo como fariam para uma de suas assembleias. ˜ “Nao mudamos a ˜rotina das atividades espirituais da congregac¸ ao”, explicou Jean-Claude, um superintendente local das Testemunhas de ´ Jeova. “Isso foi um fator vital para dar estabilidade aos jovens e idosos.”´ Qual foi o resultado? Certo homem disse: “E muito bom ver que


´ ˜ as Testemunhas de Jeova ainda estao pregando. ´ ´ ˜ Do contrario, acharıamos que as coisas estao muito piores do que parecem.” ´ As Testemunhas de Jeova levaram consolo ` as pessoas. “Praticamente todos os que encon˜ tramos acham que o terremoto foi uma punic¸ ao ´ de Deus”, explicou uma Testemunha de Jeova. “Garantimos a elas que o terremoto foi um ˜ desastre natural, nao algo causado por Deus. ˆ ˜ Mostramos Genesis 18:25. Ali, Abraao diz que ´ ´ e inconcebıvel que Deus destrua pessoas boas ´ ´ junto com as mas. Tambem lemos Lucas 21:11, onde Jesus predisse grandes terremotos para os nossos tempos, e explicamos que em breve ele ´ ressuscitara parentes e amigos que morreram e ´ eliminara todo o sofrimento. Muitas pessoas ex˜ pressam profunda gratidao por saber disso.”1 ´ Mas ainda ha desafios. “O primeiro desastre foi o terremoto. Agora precisamos lidar com ˆ as consequencias”, comentou Jean-Emmanuel,

de errado em chorar. Jesus chorou quando seu ´ amigo Lazaro morreu.” Em seguida, o homem aflito caiu em prantos. ´ Das mais de 10 mil Testemunhas de Jeova na ˜ ˆ regiao, 154 morreram em consequencia do terremoto. Calcula-se que mais de 92% dos habi´ tantes de Porto Prıncipe perderam um ou mais parentes e amigos no desastre. Para ajudar es´ sas pessoas enlutadas, que sofreram traumas fı´ sicos e emocionais, as Testemunhas de Jeova as ˆ tem visitado repetidas vezes, dando-lhes a opor´ tunidade de se abrir com alguem de confian´ ´ ca. ¸ As Testemunhas de´ Jeova enlutadas ja˜ conheciam a promessa bıblica da ressurreic¸ ao e ´ ´ de uma Terra paradısica, mas tambem sentiram a necessidade de expressar seus sentimentos a ˜ cristaos compassivos e ouvir palavras consoladoras. Presente e futuro

´ O apostolo Paulo escreveu: “Permanecem a ´ ˆ ´ fe, a esperanca, tres; mas o maior ¸ o amor, estes ´ ´ “E muito bom ver que as destes e o amor.” (1 Corıntios 13:13) Essas qua´ ˜ Testemunhas de Jeov a ainda lidades estao ajudando as muitas Testemunhas ˜ ´ ˜ estao pregando” de Jeova haitianas a suportar a situac¸ ao atual, a encorajar outros e a olhar para o futuro sem ´ ˜ ´ ´ ´ que a verdadeira fe, uniao um medico Testemunha de Jeova. “Alem da medo. Fica evidente ˜ ´ ´ ´ estao por tras da contınua ajuda huameaca ¸ de surtos de varias doencas ¸ em cam- e carinho ´ ´ paıses. “Nunca prepos lotados, alagados por causa da chuva e com manitaria vinda de outros ˜ ˜ ˜ ´ ´ condic¸ oes precarias de higiene, ha o trauma senciei uma express´ ao tao grande de amor”,´ ˜ emocional, que foi reprimido, mas nao supera- disse Petra, uma medica Testemunha de Jeova que veio da Alemanha para ajudar. “Eu chorei do.” ´ ´ Semanas apos o terremoto, um homem Tes- muito, so que mais de alegria do que de triste´ ` ´ temunha de Jeova chegou a clınica reclamando za.” ˆ O The Wall Street Journal diz que o terremode constantes dores de cabeca ¸ e insonia, sin´ tomas comuns apos um desastre. “Algo atin- to no Haiti em 2010 foi, “em certos sentidos, o giu sua cabeca?”, perguntou uma enfermeira. desastre natural mais destrutivo a atingir um ¸ ˜ ˜ ´ ´ “Nao”, respondeu ele sem expressar emoc¸ ao. unico paıs”. Mas, depois dele, o mundo viu ou´ ´ “Minha esposa morreu, estavamos casados fa- tras catastrofes causadas pela natureza e pelo ´ ´ ˜ zia 17 anos. Mas nos esperavamos esse tipo de homem. Sera´ que elas acabarao algum dia? As ´ coisa acontecer. Jesus predisse isso.” Testemunhas de Jeova no Haiti e no mundo ˜ ´ ´ de que chegara o dia em Percebendo o provavel motivo dos sintomas, todo estao convictas ´ ´ ˆ bıblica: “Enxua enfermeira disse: “Mas voce acabou de perder que ´ Deus cumprira a promessa ´ ˜ ´ ´ ˜ ´ a dos seus olhos toda lagrima, e nao havesua companheira. Isso e horrıvel! Nao ha nada gar ´ ´ ra mais morte, nem havera mais pranto, nem ´ 1 Veja o capıtulo´ 11, “Por que Deus permite o sofrimento?”, clamor, nem dor. As coisas anteriores ja´ passado livro O Que a B´ıblia Realmente Ensina?, publicado pelas Tes˜ ram.” — Revelac¸ ao (Apocalipse) 21:4. temunhas de Jeova. Despertai! dezembro de 2010

19


Outros grandes terremotos

˜ estao por vir ˜ ESDE a invenc¸ ao de instrumentos que medemˆ a intensidade de terremotos, os cientistas tem registrado centenas de tremo˜ res de grandes propor˜ c¸ oes. Os que˜ ocorrem bem longe da populac¸ ao humana nao causam ˜ muita preocupac¸ ao e recebem pouca ou ne´ nhuma cobertura da mıdia. Por outro lado, os estragos podem ser enormes quando um terremoto atinge grandes centros urbanos. Assim, ´ a perda de vidas e propriedades e proporcio˜ nal ao tamanho da populac¸ ao e ao quanto a ci-

D

3 de janeiro:˜ magnitude 7,1 Ilhas Salomao Esse grande terremoto — inicialmente classificado de magnitude superior a 7,1 — causou um tsunami “de 2 a 3˜ metros de altura”. Loti Yates, da administrac¸ ao de desastres, explicou ˜ que “a inundac¸˜ ao total de um povoado” foi vista de um aviao. Segundo Yates, 16 casas fo´ ram destruıdas e outras dezenas danificadas no povoado de Bainara, na ilha de Rendova. Esse terremoto foi precedido por um tremor de magnitude 6,6. Muitas pessoas ficaram assustadas com esse terremoto mais fraco e fugiram para as montanhas. Isso as protegeu quando o litoral foi atingido pelo tsunami causado pelo terremoto maior duas horas depois.

20

Despertai! dezembro de 2010

´ dade esta preparada para enfrentar um desastre natural. Em 12 de janeiro de 2010, o Haiti foi atingi´ do por um dos piores terremotos da historia em termos de ˜ fatalidades e perda de proprie´ dades. Mas nao foi o primeiro nem o unico ˜ grande terremoto deste ano. As informac¸ oes a seguir descrevem alguns terremotos que ocorreram durante os primeiros meses de 2010 que tiveram a mesma ou maior intensidade que aquele que devastou a capital do Haiti.

Alguns dos terremotos de magnitude 7,0 ou maior de janeiro a maio

Haiti ´ Mexico

Chile


soas ficaram feridas e perderam propriedades 26 de fevereiro: magnitude 7,0 ˜ e outros bens. Acredita-se que cerca de 500 Ilhas Ryukyu, Japao ` Esse terremoto ocorreu as 5h31, hora local, ˆ e seu epicentro foi a 80 quilometros da cidade de Naha, Okinawa, uma das ilhas Ryukyu, no ˜ Japao. Alertas de tsunami foram dados, mas depois cancelados. Uma mulher que vivia em Okinawa por mais de 90 anos disse que aquele foi o terremoto mais forte que ela havia visto.

morreram e quase metade dessas mortes foi causada ´ por um tsunami que atingiu a costa do paıs.

4 de abril: magnitude ´ ´ 7,2 Baixa Calif ornia, M exico

ˆ O epicentro desse terremoto foi a´ 18 quilometros ea ˆ de Guadalupe Victoria, M˜ exico, ´ 47 quil ometros de Mexicali. A regi ao e afasta27 de fevereiro: magnitude 8,8 da e tem poucos habitantes. Mas o forte´ treChile mor foi sentido em muitas cidades no Mexico Esse terremoto foi o quinto mais forte des- e no sul dos Estados Unidos. ´ de 1900. O de maior intensidade ja registrado 9 de maio: magnitude 7,2 ´ ´ tambem foi no Chile, em 1960 — com magni´ Indonesia tude 9,4. Esse terremoto, alem do de 7,7 que Sumatra, devastou a capital chilena em 1985, fez com Esse maremoto ocorreu ao meio-dia, a ´ ˆ que o governo chileno impusesse leis rıgidas 217 quilometros de Banda ˜ ´ Aceh, cidade no de construc¸ ao. extremo norte da Indon esia. Muitas pessoas ´ ´ ` Por isso, os predios em Santiago e em ou- saıram as pressas de suas casas e por˜ algum tras cidades afetadas pelo terremoto deste ano tempo tiveram medo de voltar. Mas nao foi re˜ nao foram derrubados. Mas milhares de pes- gistrada nenhuma fatalidade.

˜ Outros est ao por vir

˜ Japao Ilhas ˜ Salomao ´ Indonesia

´ Com base no longo historico de grandes terremotos que aba´ ´ ´ laram a Terra, e razoavel concluir que havera outros nos anos ´ por vir. O Centro de Pesquisa Geologica ˜ dos EUA diz sem rodeios: “Grandes terremotos continuarao a ocorrer, assim como no passado.” Um editorial de certo ˜ ´ jornal comentou: “Os ˜ recentes terremotos . . . estao todos alem de qualquer soluc¸ ao humana e apenas ˜ ˜ nos lembram das nossas limitac¸ oes. Isso nao quer dizer que devemos ficar parados quando podemos fazer algo . . . , mas que devemos continuar esperando grandes desas˜ ´ tres naturais que estao muito alem de nosso controle.” ´ ´ Pessoas que levam a ´ serio o estudo da Bıblia logo pensam nas profecias bıblicas que mencionam especificamente terremotos como parte do sinal composto ´ dos ultimos dias deste sistema. — Mateus 24:3, 7; Marcos 13:8; Lucas 21:11.


OS JOVENS PERGUNTAM

Como posso explicar o ´ conceito da Bıblia sobre a homossexualidade? ˆ ˜ Numa cerimonia de premiac¸ ao, a ´ plateia foi ao delırio quando duas atrizes famosas se cumprimentaram com um beijo apaixonado! Os observadores inicialmente ficaram chocados, mas depois aplaudiram em apoio. Os gays consideraram isso ´ uma vitoria. Para outras pessoas, ˜ ´ nao passou de um golpe publicitario. De qualquer forma, nos dias seguintes, a cena do beijo apareceu repetidas vezes nos telejornais e foi vista ˜ por milhoes de pessoas na internet.

´ ONFORME mostra o episodio acima, uma ´ das coisas que mais causa alvoroco ¸ na mı´ dia e quando celebridades dizem abertamente ˜ ´ que sao gays, lesbicas ou bissexuais. Algumas pessoas as elogiam por sua coragem; outras as condenam por sua vida imoral. Entre os dois ˜ extremos, estao aquelas que consideram a homossexualidade como apenas um estilo alternativo de vida. “Quando eu estava na escola”, ˆ ˜ disse Daniel, de 21 anos, “se voce nao fosse a favor da homossexualidade, era chamado ˜ de preconceituoso mesmo por alunos que nao eram gays”.1 Conceitos sobre a homossexualidade variam ˜ ´ de uma gerac¸ ao para outra e de um paıs para ˜ ˜ ˜ ´ outro. Mas os cristaos nao sao “levados para ca ´ ´ e para la por todo vento de ensino”. (Efesios ´ 4:14) O conceito deles se baseia na Bıblia. ´ ˆ ´ Mas qual e o conceito da Bıblia? Se voce se´ ´ gue os princıpios de moral da Bıblia, o que vai

C

1 Os nomes neste artigo foram mudados.

22

Despertai! dezembro de 2010

ˆ ´ dizer aos que ´ acham que voce e preconceituoso ou ate mesmo odeia os homossexuais? ´ Analise as seguintes perguntas e as possıveis respostas.

´ O que a Bıblia diz sobre a homossexualidade? Ela deixa claro que Deus criou o sexo

para ser feito apenas entre um homem eˆ uma mulher, e apenas se forem casados. (Genesis ´ ´ 1:27, 28; Lev ıtico 18:22; Prov erbios 5:18, 19) A ´ ˜ Bıblia condena a fornicac¸ ao, quer entre pessoas do mesmo sexo ´quer entre pessoas de sexos diferentes.1 — Galatas 5:19-21. ˆ ´ Se alguem perguntar: “O que voce acha da homossexualidade?” ˜ ˆ Voce pode responder: “Eu nao odeio os ˜ homossexuais, mas nao apoio o que eles fazem.” ˆ ´ O Lembre-se: ´ Se voc˜ e segue ´os princıpios de moral da Bıblia, entao esse e seu estilo de ´ ˜ ˜ ` 1˜ O termo bıblico “fornicac¸ ao” nao se refere apenas a re´ lac¸ ao sexual propriamente dita, mas tambem a atos como masturbar outra pessoa ou fazer sexo oral ou anal.


´ ´ ˆ vida, e voce tem o direito de segui-lo. (Josue pessoas do mesmo sexo, a Bıblia diz que os ˜ ˜ 24:15) Nao tenha vergonha do seu conceito. cristaos devem rejeitar atos homossexuais.” ˜ — Salmo 119:46. O Sugestao: Em vez de se envolver num de˜ ´ ˜ Nao e dever dos cristaos tratar todas as bate sobre as causas dos desejos homossexuais, ´ ´ ˜ pessoas com respeito, nao importa a orien- enfatize que a Bıblia proıbe a conduta homos´ sexual. Voceˆ poderia fazer a seguinte compa˜ tac¸ ao sexual delas? Claro que sim. A Bı˜ blia diz: “Honrai a homens de toda sorte”, ou, rac¸ ao: “Muitos alegam que um comportamen´ ´ ´ causa genetica e, por como diz a Bıblia Facil de Ler: “Respeitem to- to violento pode ter uma ˜ ` ˆ pessoas sao predispostas a violendas as pessoas.” (1 Pedro 2:17) Assim, os cris- isso, algumas ´ ˜ ˜ ˜ ´ ˜ erbios 29:22) E se isso for verdade? taos nao sao homofobicos, ou seja, nao odeiam os cia. (Prov ˆ ´ ˜ homossexuais. Eles sao bondosos com todas as Voce talvez saiba que a B´ ıblia condena acessos ˜ ´ de ira. (Salmo 37:8; Efesios 4:31) Entao, sera pessoas, incluindo os gays. — Mateus 7:12. ´ ´ ˆ ˆ ˜ ´ Se alguem perguntar: “Voce nao acha que que ela˜ esta errada so porque alguns tem a in˜ sua opiniao sobre a homossexualidade incenti- clinac¸ ao de ser violentos?” ´ Como Deus pode exigir que alguem que va o preconceito contra os gays?” ˜ ˆ Voce pode responder: “De forma alguma. sente atrac¸ ao por pessoas do mesmo sexo ˜ Isso parece Eu rejeito a conduta homossexual, nao as pes- evite a homossexualidade? ´ Esse racioc ınio se baseia na ideia equicruel. soas homossexuais.” ˆ ´ vocada de que os humanos devem agir de acorO Voce pode dizer tambem: “Por exemplo, ´ ˜ ´ do com seus impulsos sexuais. A Bıblia dignieu decidi nao fumar. Na verdade, tenho nojo so fica os humanos por garantir que eles podem de pensar em fazer isso. Mas suponhamos que ˜ ˆ ˜ nao agir segundo seus desejos sexuais voce fume e pense diferente de mim. Eu nao te- escolher ´ ˆ ria nenhum preconceito contra voce por causa improprios, se realmente quiserem. — Colos˜ ˆ ˜ senses 3:5. da sua opiniao, e tenho certeza que voce nao te˜ ´ Se alguem disser: “Mesmo nao sendo gay, ria nenhum preconceito contra mim por causa ˆ ˜ ˜ ´ da minha opiniao — nao e verdade? O mesmo voce deveria mudar seu conceito sobre a ho` ˜ se aplica a nossa diferenca ¸ de opiniao sobre a mossexualidade.” ˜ ˆ Voce pode responder: “Imagine que eu nao homossexualidade.” ˆ ˜ ˆ ˜ Jesus nao pregava a tolerancia? Entao aprovo apostar dinheiro, mas voc e aprova. ˆ ˜ ˜ voce nao acha que os cristaos deveriam to˜ lerar a homossexualidade? Jesus nao incen-

tivou seus seguidores a aceitar todo e qualquer estilo de vida. Na realidade, ele ensinou que ˜ ´ o caminho para a salvac¸ ao esta aberto para ˜ ´ “todo aquele que nele exercer fe”. (Joao 3:16) ´ ´ Um modo de exercer fe em Jesus e seguir os ´ ´ princıpios de moral de Deus, que proıbem certos tipos de conduta — incluindo a homossexualidade. — Romanos 1:26, 27. ˜ ´ Se alguem disser: “Os homossexuais nao conseguem mudar; eles nasceram assim.” ´ ˜ ˆ Voce pode responder: “A Bıblia nao fala ´ dos fatores biologicos envolvidos na homossexualidade, embora reconheca ¸ que´ algumas tenˆ dencias sejam bem fortes. (2 Corıntios 10:4, 5) ˜ Mesmo que alguns sintam certa atrac¸ ao por

˜ Quando se ˜ trataˆ da opiniao da maioria, ˜ os cristaos tem a coragem ˜ de nao seguir a multidao


O QUE DIZER DA BISSEXUALIDADE? Embora existam rapazes e mocas ¸ bissexuais, ˆ ´ parece que essa tendencia esta se tornando cada vez mais comum entre as mocas. Veja al¸ ˜ gumas razoes. ˜ ˘ Atenc¸ ao “Os rapazes admitem abertamente que ´ acham as lesbicas atraentes. Mocas ¸ com pouca autoconfianca ¸ fazem de tudo para chamar a ˜ ´ atenc¸ ao de um rapaz.” — Jessica, 16 anos. ˘ Curiosidade “Quando um filme, um programa de TV ou ´ uma musica promovem a ideia de garotas beijando outras garotas, as adolescentes se sentem ˜ tentadas a imitar — principalmente quando nao veem nada de errado nisso.” — Lisa, 26 anos. ˜ ˘ Atrac¸ ao “Conheci duas garotas bissexuais numa festa, e depois uma amiga me disse que elas gostaram de mim. Com o tempo, comecei a enviar mensagens de texto para uma delas e acabei ˜ sentindo atrac¸ ao por ela.” — Vicky, 13 anos.

ˆ Faria sentido ˜ voc ´ e insistir que˜ eu mudasse minha opiniao, so porque milhoes de pessoas fazem apostas?” O Lembre-se: A maioria das pessoas (incluindo os homossexuais) segue algum tipo de ´ ´ codigo de etica. Isso as faz odiar certas coisas ´ — como fraude, injustica A Bıblia ¸ ou guerras. ´ ´ proıbe essas coisas, mas tambem condena alguns tipos de conduta sexual, incluindo a ho´ mossexualidade. — 1 Corıntios 6:9-11. ´ ˜ ´ ˜ A Bıblia nao exige demais de nos e nao promove o preconceito. Ela apenas orienta aque˜ les que sentem atrac¸ ao pelo ´ mesmo sexo que facam a mesma coisa que e exigida dos que sen¸ ˜ tem atra c ao pelo sexo oposto: ‘fugir da fornica¸ ˜ ´ c¸ ao’. — 1 Corıntios 6:18. ´ ˜ A verdade e que milhoes˜ de heterossexuais ´ que querem seguir os padroes da Bıblia exer´ cem ˜ autodomınio apesar de quaisquer tentac¸ oes que talvez enfrentem. Isso inclui muitos 24

Despertai! dezembro de 2010

ˆ ˜ Se voce quer agradar a Deus, nao deve experi´ ´ mentar praticas que a Bıblia descreve como im´ ˆ puras. (Efesios 4:19; 5:11) Mas e se voce real˜ mente sente atrac¸ ao pelos dois sexos? Muitas pessoas o aconselhariam a aceitar sua sexuali´ dade e assumir que e bissexual. No entanto, ˆ ˜ voce deve se lembrar de que a atrac¸ ao pelo ´ mesmo sexo geralmente e apenas uma fase passageira. Foi isso que Lisette, de 16 anos, descobriu. Ela conta: “Conversar com meus pais sobre meus sentimentos me ajudou a me sentir ´ melhor. Tambem aprendi na aula de biologia ´ ˆ que os nıveis de hormonio podem variar muito ˆ durante a adolescencia. Acho que se mais jovens entendessem melhor o que acontece com ˜ seus corpos, eles veriam que a atrac¸ ao pelo ´ ˜ mesmo sexo pode ser temporaria e nao se sentiriam pressionados a ser gays.” Mesmo se seus sentimentos forem mais proˆ fundos do que uma curta fase da adolescencia, ´ lembre-se de que a Bıblia lhe oferece um objeti´ ˆ ˜ vo realıstico: Voce pode escolher nao se deixar levar pelos desejos errados.1 ˜ ´ 1 Para mais informac¸ oes, veja o capıtulo 28, “Como posso evitar o ´ homossexualismo?”, do livro Os Jovens Perguntam — Respostas Pra´ ticas, Volume 2, publicado pelas Testemunhas de Jeova.

˜ que sao solteiros com poucas chances de se ˜ ´ casar e muitos que sao casados com alguem deficiente impossibilitado de realizar suas fun˜ c¸ oes sexuais. Eles levam uma vida feliz mesmo sem satisfazer seus desejos sexuais. Aqueˆ ˜ les que tem inclinac¸ oes homossexuais podem fazer o mesmo se quiserem realmente agradar ˆ a Deus. — Deuteronomio 30:19. ´ Outros ˜ artigos´ da serie “Os Jovens Perguntam” estao disponıveis no site www.watchtower.org/ypt ˆ PARA VOC E PENSAR

˜ ˘ Por que Deus impoe leis morais aos humanos? ˆ ˘ Como voce se beneficia de seguir as ´ leis morais da Bıblia?


TEVE UM PROJETO?

O modo eficiente ˜

de o salmao nadar

´ ˜ ˘ A fim de procriar, muitas especies de salmao ´ nadam contra a correnteza, enfrentando aguas turbulentas ao subir os rios. Como conseguem ´ aguentar uma viagem difıcil sem ser vencidos pelo cansaco? ¸ Em vez de serem derrotados pe´ las aguas agitadas, esses peixes na realidade se aproveitam delas. Como? ˜ ˜ Analise o seguinte: O salmao nao se des´ gasta ao enfrentar aguas agitadas. Na verdade, ao subir corredeiras, ele poupa energia por usar ´ vortices, ou pequenos redemoinhos, que se for´ ´ mam onde o fluxo de agua ` encontra obstaculos, ´ como pedras e galhos. A medida que os vortices se formam em lados alternados de um objeto, o peixe curva seu corpo de um lado para o outro e desliza ˆ ˆ entre camaras de turbulencia. (Veja a figura.) Alguns cardumes ´ aproveitam os vortices criados ` pelos peixes que nadam a sua ˆ frente, usando com eficiencia ´ seu rastro. O peixe pode ate se ˆ aproveitar da turbulencia gerada ´ pelo proprio corpo.

´ Pesquisadores querem aprender da perıcia do ˜ ´ salmao na agua para gerar energia a partir de ´ ´ aguas calmas. Os equipamentos hidreletricos tradicionais costumam gerar eletricidade usan´ do agua que flui a uma velocidade de quase ´ ˆ cinco nos (9,3 quilometros por hora) ou mais. ´ ˜ Agora, um prototipo que usa vibrac¸ oes induzidas ´ por vortices pode gerar eletricidade a partir de ´ ´ aguas calmas que correm apenas a dois nos ´ por hora.1 Mas essa tecnologia esta muito longe ´ ˜ do nıvel de sofisticac¸ ao encontrado em peixes ˜ como o salmao. Michael Bernitsas, professor da Universidade de Michigan, EUA, admite: “Nesse ˜ respeito, os peixes sao mais inteligentes ´ que nos.” ˆ ´ O que voce acha? Sera que a ˜ habilidade do salmao de extrair ˆ ´ energia de turbulencias na agua surgiu por acaso? Ou teve um projeto? 1 Essa tecnologia parece promissora, visto que a maior parte das correntezas de ˆ ´ nosso planeta se move a menos de tres nos. Acima: 5 photolibrary. Todos os direitos reservados.


´ UM LIVRO CONFIAVEL

Parte 2

´ ´ ´ A Assıria na historia bıblica

´ E

´ ´ ´ Este e o segundo de uma serie de sete artigos em numeros consecutivos de ˆ ´ ´ Despertai! que trata das sete potencias mundiais da historia bıblica. O objetivo ´ ´ ´ ´ ´ e mostrar que a Bıblia e confiavel e inspirada por Deus e contem uma mensagem ´ de esperanca ¸ — de que um dia o sofrimento causado pelo domınio cruel do ´ homem acabara.

´ ˜ PROVAVEL que a simples menc¸ ao do ´ nome Ass ıria deixasse as pessoas no ´ Oriente Medio antigo apavoradas. Segundo o ´ livro bıblico de Jonas, quando esse profeta re˜ cebeu uma designac¸ ao de Deus para pregar ´ uma mensagem de julgamento na capital assı´ ˜ ria, Nınive, ele fugiu na direc¸ ao oposta. (Jonas 1:1-3) Ele talvez tenha agido assim por causa ´ ˜ ´ da terrıvel reputac¸ ao que os assırios tinham.

´ ´ Historia confiavel

´ ´ O profeta bıblico Naum descreveu N ınive ˜ como “guarida dos leoes” e “cidade de derramamento de sangue”. ˜ ´ Ele acrescentou: “A presa n ao se afasta! H a o som do chicote e o ´ ruıdo do sacolejo da roda, e o cavalo galopante e o carro saltante. O cavaleiro montado, e a chama da espada, e o raio da lanca, ¸ e ˜ a multidao dos que foram mortos, e a massa

´ ´ IMPERIO ASSIRIO N

´ ASSIRIA

Euf ra

Corsabade ´ Cala Assur

tes

T

e igr

ˆ Mar Mediterraneo (Grande Mar)

ˆ Babilonia

Samaria ´ Jerusalem

EGITO % Enormes touros alados com cabeca ¸ ´ humana ´ protegiam os palacios dos reis assırios

´ DI A E M

´ Nınive


´ ´ ˆ Pagina 26, acima, linha do tempo: Relevo em pedra eg ıpcio e busto de Nero: Foto tirada por cortesia do Museu Britanico; relevo em pedra ´ ˆ persa: Museu do Louvre, Paris; abaixo, touro alado e pagina 27, ambas as imagens: Fotos tiradas por cortesia do Museu Britanico

´ ˜ ´ pesada de cad ˜ averes; e nao ha fim de corpos mortos. Estao tropecando entre os seus cor¸ ´ pos mortos.” ´ (Naum 2:11; 3:1-3) Sera˜ que´ os registros hist ´ oricos apoiam a descric¸ ao bıblica da Assıria antiga? O livro Light From the Ancient ´ Past (Luz do Passado ´ ´ Remoto) chama a Assıria de “im˜ placavel maquina de guerra cuja intimidac¸ ao proposital era o ˜ terror de seus inimigos”. O´ trecho a seguir sao as palavras de um rei assırio, Asurnasirpal II, se vangloriando do tratamento que dava aos que se opunham a ele: ´ ˜ “Construı um pilar em frente do portao de sua cidade e esfolei todos os chefes que se haviam revoltado, e recobri o pilar com sua pele; a alguns emparedei dentro do pilar, a alguns empalei em estacas sobre o pilar, . . . e cortei os membros dos oficiais, dos oficiais reais que se haviam rebelado. . . . A muitos cativos dentre eles queimei no fogo, e a muitos ´ levei como cativos´ vivos.” Quando ar-´ queologos escavaram palacios reais da Assıria, encontraram ´ as paredes decoradas com cenas do horrıvel tratamento que era infligido aos cativos. ´ No ano 740 AEC, a Assıria conquistou Samaria, capital do reino ´ de Israel, ao norte, e levou seu povo ao exılio. Oito anos depois, a

Prisma contendo ˜ expressoes soberbas de Senaqueribe ˜ ( sobre sua ´ invasao de Juda Relevo em pedra que mostra prisioneiros sendo esfolados vivos .

´ ´ Assıria invadiu Juda.1 (2 Reis 18:13) O rei ´ assırio Senaqueribe exigiu do rei judeu Ezequias um tributo de 30 talentos de ouro e 300 ´ talentos de prata. A Bıblia diz que esse tributo foi pago. Mesmo assim, Senaqueribe in´ ´ sistiu que a capital de Juda, Jerusalem, tam´ bem se rendesse incondicionalmente a ele. — 2 Reis 18:9-17, 28-31. ´ ´ Em Nınive, arqueologos encontraram um prisma hexagonal de argila descrevendo os mesmos eventos narrados nos anais de Sena´ queribe. Nesse texto, o rei assırio se vanglo˜ riou: “Quanto a Ezequias, o judeu, ele nao se submeteu ao meu jugo, eu sitiei 46 de suas ˜ ´ cidades fortes, fortificac¸ oes muradas e inumeras aldeias pequenas na sua vizinhanca, ¸ e conquistei(-as) . . . A ele mesmo [Ezequias] ´ ˆ fiz prisioneiro em Jerusalem, sua residencia ´ ´ real, como a um passaro numa gaiola.” Daı, Senaqueribe afirma que Ezequias lhe enviou “30 talentos de ouro, 800 talentos de prata, ´ pedras preciosas, . . . (e) todas as especies de ´ tesouros valiosos”, exagerando o numero de talentos de prata que ele de fato recebeu. ˜ Mas note que Senaqueribe nao afirma ter ´ conquistado Jerusalem. Na realidade, ele ˜ nao diz nada sobre a derrota esmagadora que ´ ˜ seu exercito sofreu por causa da intervenc¸ ao ´ de Deus. Segundo a Bıblia, o anjo de Deus ´ matou 185 mil soldados assırios numa noite. (2 Reis 19:35, 36) No entanto, comentando sobre isso, o erudito Jack Finegan disse: ˆ “Em vista do tom geral de jactancia que per˜ ´ meia as inscric¸ oes dos reis assırios, . . . dificilmente se esperaria que Senaqueribe registrasse tal derrota.” ´ Profecias confiaveis

Cerca de cem anos antes da queda do Im´ ´ ´ ´ perio Assırio, Isaıas disse que Jeova Deus chamaria esses conquistadores orgulhosos para prestar contas pelo modo insolente ´ ˜ ˜ 1 Apos o reinado do Rei ´ Salomao, a nac¸ ao de Israel de 12 tribos foi dividida — Juda e´ Benjamim formaram o reino do sul, com sua capital Jerusalem; e as outras dez tribos, o reino do norte, com sua capital Samaria.

Despertai! dezembro de 2010

27


como haviam tratado seu povo. “Ajustarei ˆ contas pelos frutos da insolencia do cora˜ ´ ´ c¸ ao do rei da Assıria e pela vangloria do seu ´ ´ enaltecimento de olhos”, disse Jeova. (Isaıas ´ 10:12) Alem disso, Naum, profeta de Deus, ´ predisse que Nınive seria saqueada, seus por˜ toes ficariam abertos para os inimigos e seus guardas fugiriam. (Naum 2:8, 9; 3:7, 13, 17, ´ 19) O profeta bıblico Sofonias escreveu que a cidade se tornaria “um baldio desolado”. — Sofonias 2:13-15. ˜ Essas profecias de destruic¸ ao se cumpri´ ram em 632 AEC. Foi nesse ano que Nınive foi derrotada pelas forcas ¸ combinadas dos ˆ babilonios e dos medos, trazendo um fim hu´ ´ ˆ milhante ao Imperio Assırio. Uma cronica ˆ babilonica sobre esse acontecimento diz que os conquistadores “levaram o grande despojo da cidade e do templo” e transforma´ ˜ ´ ram Nınive “num montao de ruınas”. Hoje, ´ ´ o lugar desolado onde ficava Nınive e marca´ do por pilhas de ruınas na margem leste do rio Tigre, do outro lado da cidade de Mossul, no Iraque. ˜ ´ ´ A destruic¸ ao da Assıria tambem contribuiu para o cumprimento de outra profe´ ´ cia bıblica. Antes, no ano 740 AEC, a Assı´ ria levou o reino de dez tribos ao exılio. Por ´ ´ volta dessa mesma epoca, Isaıas, profeta de ´ Deus, predisse que Jeova iria “destrocar ¸ o as´ ´ ` sırio”, “calca-lo” e trazer Israel de volta a sua ´ terra natal. Isaıas escreveu: “O restante do ´ ´ seu povo, que remanescera da Assıria . . . , ´ [Deus] reunira.” Foi exatamente isso o que aconteceu — cerca de 200 anos mais tarde! ´ — Isaıas 11:11, 12; 14:25. ´ Uma promessa confiavel

´ Muito antes da queda da cidade de Nınive, enquanto seus reis ainda aterrorizavam ´ seus inimigos, Isaıas predisse o aparecimento de um tipo de governante que seria totalmente diferente. Ele escreveu: “Um menino ´ nos nasceu, um filho se nos deu; e o domı28

Despertai! dezembro de 2010

´ nio principesco vira a estar sobre o seu om´ ´ bro. E sera chamado . . . Prıncipe da Paz. Da ˆ ´ abundancia do domınio principesco e da paz ˜ ´ nao havera fim, sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, para o estabelecer firmemente e ´ para o amparar por meio do juızo e por meio da justica, agora e por tempo indefi¸ desde ´ ´ ´ nido. O proprio zelo de Jeova dos exercitos ´ ´ fara isso.” — Isaıas 9:6, 7. ´ O governo do “Prıncipe da Paz”, Jesus ´ Cristo, abrangera a Terra inteira. O Salmo ´ 72:7, 8 promete: “Nos seus dias florescera o ˆ ´ ˜ justo e a abundancia de paz ate que nao haja ´ ´ mais lua. E tera suditos de mar a mar e des´ de o Rio [Eufrates] ate os confins da terra.” ´ Por meio desse poderoso “Prıncipe da ´ Paz”, Jeova Deus vai cumprir a promessa registrada no Salmo 46:8, 9: “Vinde, observai ´ as atividades de Jeova, como ele tem posto eventos assombrosos na terra. Ele faz cessar ´ as guerras ate a extremidade da terra. Destroca ¸ o arco e retalha a lanca; ¸ as carrocas ¸ ele queima no fogo.” Mesmo antes do cumprimento dessa pro´ ´ fecia bıblica, as Testemunhas de Jeova reali˜ ´ zam um programa de educac¸ ao bıblica que ´ ensina as pessoas a serem pacıficas, como Je´ ˜ sus fez. Mas sera Deus, nao esforcos huma´ ´ ¸ nos, quem cumprira a profecia bıblica regis´ ˜ trada em Isaıas 2:4: “Terao de forjar das suas espadas relhas de arado, e das suas lancas, ˜ ´ ˜ ¸ podadeiras. Nao levantara espada nac¸ ao con˜ ˜ tra nac¸ ao, nem aprenderao mais a guerra.” Em contraste com isso, hoje, o mundo e seus ˜ ´ governantes gastam 1 trilhao de dolares por ano em empreendimentos militares. ˜ ´ Por causa da exatidao de sua historia e de ´ ´ ´ suas profecias, a Bıblia e um livro incomparavel. Isso mostra aos que procuram sincera´ ´ mente a verdade que a Bıblia e mesmo um ´ livro que merece a nossa confianca. ¸ No pro´ ximo artigo desta serie, consideraremos a Baˆ bilonia antiga, capital do terceiro grande im´ ´ ´ perio da historia bıblica.


OBSERVANDO O MUNDO

Terremotos´ — “os desastres mais mortıferos” “Os terremotos foram os desastres mais ´ ´ mort a Estra´ ıferos da decada passada”, disse ˜ tegia Internacional para a Reduc¸ ao de Desas-´ tres, da ONU, com sede em Genebra, Suıca. ¸ Dos que ´ morreram por causa de ´desastres nesse perıodo, quase 60% foram vıtimas de terremotos. Esse ´“perigo natural” continua a representar um serio risco, visto˜ que oito das dez cidades com maior populac¸ ao do mundo ˜ ´ estao localizadas sobre falhas ´ geologicas propensas a terremotos. Nos ultimos dez anos, mais de 780 mil pessoas morreram em 3.852 eventos classificados como desastres. ˜ Profissao perigosa “Um total de 110 jornalistas morreram por causa de seu trabalho em 2009, tornando-o o ´ ´ ano mais mort ˜ ıfero da decada passada” para essa profissao, disse o Instituto Internacio´ nal de Imprensa, com sede em Viena, Aus´ ˜ tria. Em areas de conflito, como Afeganistao, ˜ ´ Iraque, Paquistao e Somalia, “os jornalis-

´ O Ministerio de Assuntos Religio´ sos na Servia aceitou o pedido de registro da entidade legal que representa as Testemunhas de ´ Jeova. De acordo com os registros do go´ ˜ verno, as Testemunhas de Jeova estao ati˜ vas na regiao pelo menos desde 1930.

Estima-se que 95% dos downloads ´ de musicas feitos no mundo inteiro em 2009 foram ilegais. — TIME, EUA.

tas foram alvos propositais” em anos´ recen´ tes, comentou o relatorio. Por isso ha menos cobertura da imprensa e uma “preocupante ˜ falta de informac¸ oes sobre os . . . acontecimentos complexos” nesses lugares. O Iraque ´ foi o paıs mais perigoso para os jornalistas na ´ ´ ˆ ultima decada, seguido por Filipinas, Colom´ ´ bia, Mexico e Russia, nessa ordem.

Importados baratos, menos roubos ˜ ˆ “A invasao de produtos eletr pode ˜ onicos baratos” ˆ tirar˜ o “emprego” dos ladroes de residencias na Gra-Bretanha, disse uma reportagem da Reuters de Londres, citando James Treadwell, professor de criminologia da Universidade de Leicester, Inglaterra. Por causa do baixo preco ¸ de aparelhos de DVD novos, por exemplo, a revenda desses aparelhos tem praticamen˜ te rentabilidade zero. ´ “Simplesmente nao vale a pena ˜ rouba-los”, disse Treadwell. ˜ Mas a reduc¸ ao de precos com ¸ nao acabou ˜ os crimes. Na realidade, os ladroes agora preferem ´produtos mais caros e mais comercializaveis, ‘como celulares e iPods’. Ex˜ ˜ ladroes de casas estao praticando outros tipos de crime, como assaltos nas ruas.


´ INDICE DE ASSUNTOS DE DESPERTAI! DE 2010 !"#2

!"#2

!"#2

!"#2

!"#2

!"#2 Como aliviar o estresse?

ˆ ´ VOCE ESTA TRABALHANDO

´ ´ O divorcio ˜ e a soluc¸ ao?

DEMAIS?

ANIMAIS E PLANTAS ´

´ JA EXISTIA NA

NATUREZA

ˆ VOCE PRECISA DE

MAIS TEMPO?

Teve um Projeto? 1/10, 2/10, 4/10, 6/10, 7/10, 8/10, 9/10, 10/10, 11/10, 12/10 ´ ˜ Trabalhador incansavel (corac¸ ao), 5/10

Arvore imponente (carvalho), 9/10 ´ Asa da libelula, 8/10 Bico do martim-pescador, 4/10 ´ Chimpanzes, 4/10 ´ Cultivo de orquıdeas, 1/10 “Homem da floresta” (orangotango), 7/10 ´ Ibis-calvo, 6/10 “Lanchonetes” para insetos, 3/10 ´ Lıngua do beija-flor, 10/10 ˜ Longueirao, 9/10 ´ “Maquina voadora viva” (albatroz), 7/10 Marmota, 10/10 ´ Martim-pescador (passaro), 2/10 Menor morcego do mundo, 2/10 ˜ Modo de o salmao nadar, 12/10 ˆ Noz-macadamia, 11/10 Olho da mariposa, 7/10 ˜ Olho do camarao mantis, 11/10 ˜ Pele do tubarao, 2/10 ˆ Ponei shetland, 8/10 “Rei da selva” (onca-pintada), 9/10 ¸ Vaga-lume, 6/10

Administrar bem o dinheiro, 5/10 Cobrar por servicos ¸ religiosos? 6/10 ´ Deus e uma pessoa real? 10/10 Dia do Julgamento, 1/10 Mulheres ministras? 7/10 Namorar com o objetivo de casar, 2/10 Oferecer a outra face, 9/10 O que nos torna bons ou maus? 4/10 ˜ ´ Por que Deus nao destroi o Diabo? 12/10 ˜ ˆ Quem sao os demonios? 8/10 Rezar aos “santos”? 11/10 ´ ˆ Todas as partes da Bıblia ainda tem ˆ importancia? 3/10

ASSUNTOS DIVERSOS

OS JOVENS PERGUNTAM

Gagueira, 5/10 ´ Gas natural — energia para o lar, 11/10 “Mayday! Mayday! Mayday!” 10/10 Osso — exemplo de forca, ¸ 1/10 Outros grandes terremotos por vir, 12/10 Precisa de mais tempo? 4/10

BIOGRAFIAS

´ Advogado analisa Testemunhas de Jeova (L. Civin), 8/10 A melhor corrida de minha vida (K. Bergman), 9/10 ˇ “Criado como ateu” (F. Vyskocil), 11/10 De oficial da SS a servo de Deus (G. Bernhardt), 2/10 ´ Desisti de carreira lucrativa (M. Marquez), 6/10 Deus me consolou (V. Colloy), 12/10 Escolhi uma carreira melhor (P. Kostadinov), 4/10 ˆ ´ Feliz apesar da deficiencia ( J. Varguez), 5/10 ˜ Nao vejo a hora de dizer: “Estamos todos aqui!” (A. Austin), 8/10 O que me atraiu (T. Orosco), 3/10

ˆ CIENCIA Acabou com Deus? 11/10 ´ Ja existia na natureza, 3/10 ´ Molecula de hemoglobina, 9/10 “Problema da longitude”, 5/10

!"#2

!"#2

ECONOMIA E EMPREGO Desempregado? Como viver com menos, 7/10 Entregadores de marmita, 11/10 ´ Esta trabalhando demais? 1/10

´ O CONCEITO DA BIBLIA

Como alcancar ¸ objetivos? 10/10 Como aumentar a autoestima? 5/10 ˜ Como me dar bem com meus irmaos? 8/10 ´ Conceito da Bıblia sobre homossexualidade? 12/10 Errado querer privacidade? 3/10 Largar a escola? 11/10 ˜ ˜ O que fazer para nao ficar tao triste? 9/10 ˜ Por que eles nao gostam de mim? 1/10 Por que estamos sempre discutindo? 2/10 ´ Por que me preocupar com a saude? 6/10 Pronto para sair de casa? 7/10 Sexo melhora o namoro? 4/10

˜ RELAC¸ OES HUMANAS

´ Divorcio, 2/10 Em quem se pode confiar? 10/10 ´ “Pode ser uma simples musica”, 9/10 ˜ ´ Refeic¸ oes em famılia, 1/10 ˜ Solidao, 9/10 ´ Usar a lıngua com sabedoria, 11/10

˜ RELIGIAO

´ Ateısmo, 11/10 ˜ Cobras na adorac¸ ao, 3/10 Faz sentido acreditar em Deus? 2/10 ´ ´ Livro Confiavel (Bıblia), 11/10, 12/10 Verdade sobre o Natal, 12/10

!"#2

!"#2

COMO

PARAR DE FUMAR ´ SAUDE E MEDICINA

´ Atendimento medico sobre rodas, 3/10 ´ Bataques (Indonesia), 8/10 Como aliviar o estresse, 6/10 Como parar de fumar, 5/10 ´ Doenca ¸ mais temida (colera), 10/10 Feliz com a cor da pele, 5/10 Gripe, 6/10 Hepatite B, 8/10 Mal agudo das montanhas, 7/10 Osteoporose, 6/10

TERRAS E POVOS

ˆ Alta Amazonia, 4/10 ´ Canoas (Canada), 5/10 ˆ Catacumbas de Odessa (Ucrania), 3/10 ´ ´ Delıcia nativa da Australia, ´ 11/10 Entregadores de marmita (India), 11/10 Feira africana, 1/10 ´ Ferrovia de costa a costa (Canada), 6/10 ´ “Homem da floresta” da Indonesia, 7/10 ´ Ilhas Feroe, 3/10 ´ Iurta (Asia Central), 9/10 Monte Branco, 4/10 ´ Nome de Deus (igreja no Canada), 7/10 ˆ Quando o Sol ficou vermelho (Islandia), 2/10 Rainha Elizabeth I (Inglaterra), 1/10 ´ ˜ “Rei dos relogios” (Gra-Bretanha), 10/10 Rotas no topo do mundo, 10/10 Terremoto no Haiti, 12/10 ˆ Tribos das montanhas da Tailandia, 5/10

´ TESTEMUNHAS DE JEOVA

ˆ ´ ‘Combater a tendencia ao egoısmo’ (Gibraltar), 1/10 ´ Congressos “Continue Achegado a Jeova”, 5/10, 6/10 ˜ “Continua otimista” (mae de menina deficiente), 11/10 Despertai! ajuda a salvar uma vida, 2/10 ´ Diferenca ¸ que professores percebem (Bulgaria), 9/10 ˜ Direitos de uma mae (Espanha), 7/10 ´ ‘Estudo da Bıblia beneficia surdos’, 7/10 Nome de Deus divulgado, 7/10 ´ “Parai de estar ansiosos” (India), 1/10 “Preciso que o Senhor ´ me console” (brochura Quando Morre Alguem), 2/10 ˜ Quem sao? 8/10 ´ Quer ser amigo de Deus? (Mexico), 1/10 Terremoto no Haiti, 12/10 ˜ ´ ‘Tesouro de lic¸ oes praticas’ (livro Instrutor), 7/10 ´ Tesouro para quem estuda a Bıblia (brochura ‘Boa Terra’), 10/10

!"#2

!"#2

O MOVIMENTO ´ ATE´ ISTA ESTA AVANCANDO? ¸

˜ QUEM SAO AS

´ Esta desempregado? Saiba como viver com menos

Testemunhas ´ de Jeova?

˜ solidao?

Como lidar com a EM QUEM SE PODE

CONFIAR?

A verdade sobre o

NATAL


´ PARA CONSIDERAR EM FAM ILIA

ˆ O QUE VOCE SABE ´ SOBRE O APOSTOLO

PEDRO? 4. De que cinco nomes Pedro ´ ´ e chamado na Bıblia? PISTA: Leia Mateus 10:2; 16:16; ˜ Joao 1:42; Atos 15:14. ˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝ ˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝ ˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝

˜ Foi´ uma boa decisao?

˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝

Leia Numeros 13:1, 2, 25-33; 14:3, 6-12. Agora olhe para a figura e escreva as respostas nas linhas abaixo.

´ 1. Por que a maioria dos espias trouxe um relatorio ruim? ˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝

˜ 2. O que aconteceu por causa das informac¸ oes negativas dos ´ dez espias? PISTA: Leia Numeros 14:26-38.

˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝

´ ˜ ´ 3. Por que Josue e Calebe estavam tao confiantes na vitoria?

˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝

PARA CONVERSAR: ´

Quando sua famılia passa por dificuldades, como ˆ ´ voce pode imitar Josue e Calebe, em vez de agir igual aos dez espias?

˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝

5. Pedro era casado? ´

PISTA: Leia 1 Corıntios 9:5. ˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝

PARA CONVERSAR:

ˆ Descreva um relato que voce gosta, envolvendo Pedro. Que qualidades demonstradas por ˆ ele voce gostaria de imitar, e como pode fazer isso? ´ ˘ Respostas na pagina 13

ASSUNTOS DESTA REVISTA

´ Responda a estas perguntas e escreva os versıculos ´ ˜ bıblicos que estao faltando.

´ PAGINA 6 O que devemos sempre falar ao ´ ´ nosso proximo? Efesios 4: ´ ´ ˆ PAGINA 8 O que a verdade fara para voce?

PARA AS

CRIANCAS ¸

Consegue encontrar estas figuras nesta revista? Descreva em ´ suas proprias palavras ´ o que esta acontecendo em cada figura.

˜ Joao 8:

´ ´ ´ PAGINA 11 O que acontecera com o ultimo ´ inimigo? 1 Corıntios 15: ´ ˆ PAGINA 24 Do que voce deve fugir? ´ 1 Corıntios 6: Despertai! dezembro de 2010

31


Ela aprendia junto com eles ˜ ˘ Uma mae de 30 e poucos anos que mora ˆ com o marido e tres filhos em Kentucky, EUA, ´ escreveu: “Eu e minha famılia tiramos muito ˜ proveito de todas as publicac¸ oes das Testemu´ ´ nhas de Jeova que possuımos.” Ela explicou: “O livro que sempre gostei de ler para meus ´ ´ filhos foi o Meu Livro de Historias Bıblicas.” E acrescentou: “Eu aprendia junto com eles.”

Q Sem compromisso, solicito o livro mostrado aqui. ˜ Q Peco ¸ informac¸ oes´ sobre seus cursos bıblicos ´ gratuitos, em domicılio.

Meu Livro de ´ HIST ORIAS

´ BIBLICAS

´ ˜ Esse livro contem belas ilustrac¸ oes e abran´ ge os acontecimentos bıblicos em ordem cro´ nologica. Por exemplo: a Parte 2 inclui as his´ torias “Um rei mau reina no Egito”, “Salvo o ´ ´ menino Moises”, “Por que Moises fugiu”, “Moi´ ˜ ´ ses e Arao com Farao”, “As 10 pragas” e “Travessia do mar Vermelho”. A Parte 6 do livro, intitulada “Desde o ´ ´ nascimento de Jesus ate a sua morte”, tem va´ rias historias sobre a vida de Jesus. Elas in´ cluem “Jesus nasce num estabulo” e “Homens ´ ´ guiados por uma estrela”. Essa ultima historia mostra que esses “reis magos” — que na ver´ dade eram astrologos — ‘entraram na casa’ ˜ ´ para visitar Jesus, nao no estabulo onde ele havia nascido. Na casa, eles “acharam ˜ o menino com Maria, sua mae”. Deus or˜ denou que esses homens nao voltassem a Herodes, que procurava matar Jesus. ˜ Com base nessas informac¸ oes, a que ˜ conclusao devemos chegar sobre quem providenciou aquela suposta estrela? — Mateus 2:1, 11, 12, Almeida, revista e corrigida. ˆ ´ ´ Voce tambem aprendera muitas coisas junto com seus filhos ao ler Meu ´ ´ ´ Livro de Historias Bıblicas. Ele contem ´ ´ 116 historias sobre pessoas e eventos bıblicos. Para pedir esse livro, preencha o cupom abaixo e o envie pelo correio, usando o endereco ¸ ´nele ou um dos enderecos ¸ alistados na pagina 5 desta revista.

Nome

Endereco ¸

´ (Rua, numero e bairro)

Cidade

Estado

CEP

´ ´ Testemunhas de Jeova, CP 92, Tatuı - SP, 18270-970

www.watchtower.org

g10 12-T


G t 201012