Page 1


cial o S o ç i v r e S

ucação ases da Ed B e es iz cia tr e Dir a competên m te Pela Lei de a l o c es LDB) a l vimento Nacional ( e o desenvo o ã ç a c u a ed os asde garantir reendendo p m o c , o n u al tual e integral do gicos, intelec a o ó l o c si p s, o ção par pectos físic sua forma o d n a sc oo u b social , , preparand ia n a d a id c a do exercício d so no mun es r g in o a r na aluno pa rticipação a p e o lh a b do tra sociedade.


Reitonrdré da Silva Barreto Prof. A

o Curso d r o d a n e Coord é da Silva Barreto r

Prof. And

ico m ê d a c A Diretorré da Silva Barreto Prof. And

des Autorida

Solenida de Colação de Grau 19 de ma

rço Reitoria d de 2011 às 18h a UFBA Canela


Paraninfo da Silva B arreto Patronesse

Prof. André Prof. André

da Silva B

Orador

Prof. André

ns e g a n e Hom

arreto

da Silva B

arreto

tista to Juramdaen Silva Barre ré d n A f. Pro ônia m i r e C e d e r t Mes Barreto ré da Silva Prof. And

Professores d

Prof. André

a Silva Barre

Funcionário Prof. A ndré da Silv

to

a Barreto


Pela Le i de Di retrizes Nacion eB al garanti (LDB) a esco ases da Edu ca r a edu l cação a tem a com ção integra p e l do al etência o desen un de físicos, v psicoló o, compreend ol vimento gic en sua for mação os, intelectua do os aspectos l para o prepara e socia l, nd ex do trab o o aluno pa ercício da cid buscando alho e r adania particip a o ingresso no mu , ação n ndo a socie dade.


Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito


Pela Lei d e Diretriz es e Bases Nacional da Educa (LDB) a ção e scol garantir a educação a tem a competên cia de integral d e o desen o aluno, vol vimen to c ompreend físicos, psi endo os a cológicos, spectos intelectua l.


Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito


Pela Lei de Dir etrizes e Bases da Educação Nacional (LDB ) a escola tem a competência garantir a educa de ção e o desenvo l vimento integral do alu no, compreenden do os aspectos físicos, psicológ icos, intelectual .


Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito


Pela Lei de Diret rizes e Bases da E ducação Nacional (LDB) a escola tem a co mpetência de garantir a educa ção e o desenvol vi mento integral do aluno, compreendendo os aspectos físicos, psicológicos , intelectual .


Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito


ão ases da Educaç B e s ze ri et ir D de Pela Lei de a competência m te la co es a ) Nacional (LDB l vimento ção e o desenvo ca u ed a r ti n aspectos gara mpreendendo os co o, n u al do integral . icos, intelectual físicos, psicológ


Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito

Carolina Menezes Brito Luiz Menezes Brito Naiara Oliveira Brito


A Deus

“ Muitos são os planos do homem, mas é o propósito do senhor que permanecerá”. Provérbios 19:21. Agradecemos a Deus, a importante tarefa que nos foi conferida, em transformar os nossos sonhos em realidade e permitir a nossa caminhada, sem ele não conseguiríamos superar os nossos momentos difíceis. A sua presença nos guiou desde o princípio, és a razão da nossa fé. Ao senhor oferecemos esta vitória.

(Daniela Guerra)

Aos Pais “ Muitos são os planos do homem, mas é o propósito do senhor que permanecerá”. Provérbios 19:21. Agradecemos a Deus, a importante tarefa que nos foi conferida, em transformar os nossos sonhos em realidade e permitir a nossa caminhada, sem ele não conseguiríamos superar os nossos momrazão da nossa fé. Ao senhor oferecemos esta vitória.

(Daniela Guerra)


Aos Mestres

É difícil encontrar palavras para agradecer àqueles que perpassaram para nós o bem mais valioso e incomensurável que possuímos: o conhecimento. Neste momento, que marca o fim e o início de mais uma etapa de nossas vidas, gostaríamos de enfatizar que vocês fazem parte da nossa história profissional , despertam em nós os valores éticos que deverão ser seguidos em nossa trajetória profissional , indicando a intrínseca e polêmica relação entre a teoria e a prática do Serviço Social . Muitos percalços e desafios foram encontrados no caminho, a cada semestre que passava a dificuldade aumentava, levando-nos muitas vezes a acreditar que não conseguiríamos. Mas, enfim estamos aqui para agradecer a compreensão de alguns, os obstáculos e exigências impostas por outros... Por isso, em nome da turma de formando de Serviço Social de 2012.2, da Universidade Católica do Sal vador, nossos sinceros agradecimentos por sempre terem prezado pela qualidade da nossa formação profissional , por serem nossa ponte para chegarmos à fonte do conhecimento. Muito obrigada! (Maiana Araújo)

Aos Ausentes “ Muitos são os planos do homem, mas é o propósito do senhor que permanecerá”. Provérbios 19:21. Agradecemos a Deus, a importante tarefa que nos foi conferida, em transformar os nossos sonhos em realidade e permitir.

(Daniela Guerra)


Ipsustrud duipit adiam, commy nulla faciduip eu feu faci et, vel ip exeril ut adipsustis aci tat ver si bla commod ea core delit velendre eu feugiam dipit venibh eum ad el ullam, quis dolut velisi. Henim dionsecte dolor il ea at. Ut praesen dipsuscilis niamet atum vulput autat wis nis nim zzriure velessed duisit la alismod eugiam zzrilis nonsequis etumsan dionse faccum vulput ad eaIdui exero odolesed tis num quip elit nonumsandre enisi.

Men sage Tur m da ma


Ipsustrud duipit adiam, commy nulla faciduip eu feu faci et, vel ip exeril ut adipsustis aci tat ver si bla commod ea core delit velendre eu feugiam dipit venibh eum ad el ullam, quis dolut velisi. Henim dionsecte dolor il ea at. Ut praesen dipsuscilis niamet atum vulput autat wis nis nim zzriure velessed duisit la alismod eugiam zzrilis nonsequis etumsan dionse faccum vulput ad eaIdui exero odolesed tis num quip elit nonumsandre enisi. Duisi. Em quat. Acin veleniat et wis alisis dipsusto odo odit, core dit nulputpatum iure velesto dolor iusci tinisl utpatie facin hendre feugiametue deleseq uamconsequat praestrud eum dol

ra u t a rm o F e 達o d s s i Com

Car o Car lina M o Car lina M enezes olin a M enezes ene zes


JURO no exercício da minha profissão ter compromisso ético e profissional com a sociedade para ampliação e fortalecimento da cidadania. Contribuir para a defesa e garantia dos direitos sociais. Buscar a emancipação dos cidadãos, a eliminação de todas as formas de preconceito e incentivar a discussão ampliada das diferenças e da diversidade. Lutar pela construção de uma nova ordem societária, mais justa e igualitária.

Juram ento


Caroli na Me Ipsust nezes rud d uipit a faci et Furtad diam , ve mod e l ip exeril u , commy n o ulla f a core t adip

acidu su delit v ad el ip eu elendr stis aci tat ullam feu v e e , quis r e u Henim s i feugia bla co dolut dionse m mvelisi . dipit v cte do niame enibh lor il t atum e um ea at. vulput sed du Ut pra isit la autat e sen di wis n ali dionse psuscil is nim faccum smod eugia is z z m riure quip e vulput zzrilis v lit no e lesad ea nums Idui e nonsequis e Duisi . a n x t d u e Em qu re eni ro odo msan si . at. Ac lesed odit, c in vel tis nu ore di eniat m tn utpati et wis e facin ulputpatum a l i sis dip iure v hendr quat p susto o elesto e feug raestr do d i ametu olor i ud eu duisci usci ti e dele m dol l ulla nisl seq ua Nim z feugai mcon zrilisi t velis s t e adigna i. facip e cte


SERVICO SOCIAL  

Convite da turma de SS

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you