Issuu on Google+

FICHA TÉCNICA

N.º: 20 Pág.: 1/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006 DESCRIÇÃO / COMENTÁRIOS: Esta empreitada teve como objectivo primordial a construção de uma célula em betão armado (33,32 x 16,35 x 7,50 m) com cerca de 2500 m3 de capacidade e câmara de manobras associada a esta, para ampliação do reservatório dos Condados. Fica no entanto a estrutura preparada para a ligação de uma outra célula para substituir o reservatório existente de 500 m3. Este novo reservatório irá ter como área de influência toda a rede que actualmente é servida pelo já existente reservatório de condados e pelo reservatório elevado do alto do forno, que será colocado fora de serviço. Este reservatório servirá também de passagem do caudal destinado ao reservatório de caceira. Esta empreitada assumiu particular importância para a firma GIL DIAS, Lda, porque foi o primeiro reservatório de água potável construído com esta envergadura e complexidade. Pelo referido anteriormente tornou-se mais um desafio extremamente interessante para esta firma, pois “ sentimos que estava-mos a subir mais um degrau de uma escada que é comprida e difícil, mas que pensamos que efectivamente que sentimos capacidade de percorrer e subir mais alto pouco a pouco “. Revelou-se mais uma vez que esta firma soube assimilar a responsabilidade que lhe foi entregue e respondeu a este desafio com uma enorme dinâmica e também capacidade técnica. Desta forma resultou uma obra de enorme mais valia em termos qualitativos, cumprindo os reduzidos os prazos de execução contratualizados no sentido colocar a referida célula em funcionamento o mais rápido possível, e assegurando também elevados níveis de segurança no trabalho, não se verificando qualquer acidente de trabalho. Pensamos também que o objectivo primordial, que é a satisfação global do cliente foi atingido, conforme pode ser atestado pelo mesmo, e presentemente estamos a concluir uma empreitada idêntica a esta que é “ Reservatórios dos Armazéns e Bairro Alto “, mas de maior complexidade em termos técnicos para o mesmo cliente. Esta foi uma obra bastante abrangente, com algumas vicissitudes e características especiais, entre as quais se destacam as seguintes:

Rev. 01 08-03-2013

1. MOVIMENTO DE TERRAS Ao efectuar as escavações para implantação da célula e da respectiva casa de manobras e até dos muros exteriores deparámo-nos com a existência de rocha com elevada dureza e com alguma expressão em termos volumétricos, pelo que tivemos de recorrer também a giratória com martelo para ultrapassar esse obstáculo. Na zona da fundação da casa de manobras a cerca de a cerca de 3,5m de profundidade era mesmo só pedra. G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20 Pág.: 2/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006 2.. BETÃO ARMADO O trabalho relativo ao betão armado foi a actividade que teve maior amplitude em termos de volume de trabalho na empreitada. Esta actividade corresponde cerca 50% do valor total da empreitada e na qual contempla o consumo de cerca 950 m3 de betão e cerca de 140 toneladas de aço A 400 NR. Na execução destes trabalhos tivemos o apoio de uma firma da especialidade da nossa região e devidamente preparada e equipada para este tipo de trabalhos. Houve uma coordenação extremamente eficaz entre a nossa equipe técnica e pessoal deste sub-empreiteiro, resultando um trabalho de elevada qualidade, pelo que na generalidade dos paramentos de betão armado, o cliente optou por não rebocar estas superfícies. Ou seja, dono de obra preferiu ver as paredes exteriores conforme foram betonadas, aplicando uma tinta apropriada para betão aparente do que rebocar as mesmas paredes e aplicar uma tinta plástica, conforme previsto no projecto. Na execução destes trabalhos foi utilizada uma grua fixa com cerca de 40m de lança e recorrendo também a manitou telescópico, entre outros equipamentos. Na execução da cofragem foi predominante o uso de painéis metálicos de maior ou menor dimensão consoante as zonas, utilizando tijes metálicas estanques para fazer a amarração dos painéis entre si nas paredes, assegurando a estanquicidade de água nessas zonas. A betonagem da laje de cobertura a cerca de 7,0m de altura foi assegurada por execução de estrutura de andaime em toda a área das células. A execução destes trabalhos também contemplou a colocação de juntas de betonagem em PVC da “ Sika “ devidamente colocadas e soldadas nas zonas das juntas, evitando a possível infiltração de água nessas zonas. O projectista previu também a colocação de juntas de dilatação em PVC da “ Sika “ devido à dimensão das células. O tratamento de ambas as juntas foram alvo de especial atenção posteriormente no decurso dos trabalhos de impermeabilização. Tendo em conta a existência das juntas de dilatação e o próprio projecto, a célula do reservatório foi construído em oito ( 8 ) betonagens, tendo que se programar todos os materiais e equipamentos nesse sentido, tendo particular incidência a cofragem. 3. IMPERMEABILIZAÇÕES

Rev. 01 08-03-2013

No âmbito destes trabalhos recorremos a uma empresa especializada e bastante conceituada neste tipo de trabalhos. No decurso destes trabalhos foi efectuada a impermeabilização das paredes enterradas das células e da respectiva casa de manobras. Foi concebida a impermeabilização reforçada da cobertura da casa de manobras na qual foi projectada um acesso de viaturas que dá apoio logístico G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20 Pág.: 3/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006 às células. Foi também executada a impermeabilização da cobertura das células com telas asfálticas duplas sobrepostas, sob isolamento térmico constituído “ Roofmate PT “ e manta geotextil e protegida mecanicamente por brita nº1 lavada. Não foram descurados os rufos em chapa de alumínio anodizado nos muretes da cobertura, entre outros remates para o bom funcionamento do sistema de impermeabilização. Dentro dos trabalhos de impermeabilizações houve um outro assunto que mereceu a nossa maior atenção que foi o tratamento das juntas de betonagem e dilatação, bem como a impermeabilização interior ( tectos, paredes, pavimentos ) da célula que já está em funcionamento. Coube à nossa firma a execução dos trabalhos preparatórios que contemplaram a execução da limpeza geral das superfícies do interior da célula com jacto de água. Houve ainda a necessidade de rematar as paredes nas zonas das tijes metálicas e outros pequenos remates com argamassas apropriadas da “ Sika “. Embora a área total fosse relativamente grande ( cerca de 2600 m2 ) este trabalho não teve grande expressão, porque as superfícies de betão não apresentavam grandes irregularidades, estando mesmo por vezes até demasiado lisas para aplicar a argamassa de impermeabilização. Nestes casos teve-se que se aumentar a rugosidade dessas superfícies com maior incidência do jacto de pressão de água para melhorar a aderência da argamassa. Foram ainda “ avivadas “ as juntas de betonagem e de dilatação para o seu tratamento posterior ser mais eficaz e melhorar a aderência dos materiais. Os trabalhos de selagem das juntas de betonagem e de dilatação e a própria aplicação da argamassa de impermeabilização foram efectuados por técnicos do subempreiteiro.

Rev. 01 08-03-2013

As juntas de betonagem foram primeiramente barradas com própria argamassa de impermeabilização ( “ sikatop 209 Reservoir “) ou argamassa ainda mais elástica quando necessário, e devidamente armadas com rede apropriada para esse efeito. As juntas de dilatação foram efectuadas no interior ( Pavimento, paredes e tecto ) com o sistema Sikadur – Combiflex com membrana de Hypalon de 2mm de espessura e 20 cm de largura. Trata-se de um sistema de enorme capacidade de estanquicidade e extremamente eficaz para trabalhos com esta responsabilidade. Não sendo este o processo previsto, pois era um processo mais ligeiro e simples, o cliente optou por não “ arriscar “ até porque a pressão hidrostática já é relativamente elevada com a célula no seu nível de água máximo e além disso constatou-se durante a execução dos trabalhos de betão armado que na zona da junta existia deslocamentos com alguma amplitude que poderia por em causa o sistema de impermeabilização. No exterior da célula esta junta foi também executada com o sistema Sikadur – Combiflex nas zonas enterradas e pelo processo tradicional nas zonas não enterradas. O processo de tratamento desta junta na cobertura e pelo exterior já foi um pouco diferente, porque teve que ser aplicada a telas referidas anteriormente.

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20 Pág.: 4/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006 4. EQUIPAMENTOS HIDROMECÂNICOS E ELECTROMECÃNICOS; INSTALAÇÔES ELÉCTRICAS E INTRUMENTAÇÃO Estes trabalhos consistiram na montagem de um sistema de condutas e outros diversos equipamentos que permitem efectuar adução e distribuição da água potável a partir do reservatório dos condados ( célula nova e a existente ) em boas condições de funcionalidade e de modo eficaz e seguro. Estes trabalhos foram também executados com interligação de uma empresa especializada nestes trabalhos, também da zona da Figueira da Foz, sendo desta forma mais fácil a preparação e programação dos trabalhos. Numa 1ª fase houve necessidade de efectuar um desvio provisório, porque a conduta de adução/distribuição passava na zona de implantação da casa de manobras e célula nova, sendo este trabalho efectuado com tubo PVC DN 250, válvula de cunha, curvas entre outros acessórios. Na fase final foram montadas as tubagens exteriores em PEAD ( Ø 500 e 350 mm ) no exterior da casa de manobras, sendo o processo de soldaduras das juntas e curvas que as juntas soldadas por pessoal especializado para o efeito. Relacionado com estas tubagens foi ainda efectuado a purga de ar nos pontos mais elevados junto à casa de manobras e direccionados para pontos mais elevados e seguros, e ligação às outras tubagens com recurso a Stub-End´s, cones de redução e outros acessórios. No interior da casa de manobras foram aplicadas tubagens em Aço Fe 360B ( St 37.2 ), válvulas em Ferro Fundido Dúctil manuais e eléctricas, medidores de caudal, passa-muros, entre outros acessórios. No âmbito dos trabalhos de Instalações Eléctricas e Instrumentação foi instalado o quadro eléctrico, sistema de alimentação em corrente continua, iluminação interior e normal e de emergência, iluminação exterior, aparelhos de medição continua de nível, rádio modem, equipamento de detecção de intrusão e UPS trifásica com uma autonomia de 2 horas. 5. SERRALHARIAS As serralharias exteriores foram executadas em aço inox AISI 316: Varandins na cobertura da casa de manobras, escadas interiores e exteriores de acesso às coberturas das células, grelhas das ventiladores das células, porta e grelhas de ventilação da casa de manobras. As tampas metálicas com protecção anti-corrosivo de galvanização por imersão a quente: Tampas na cobertura das células, poço da descarga de superfície e outras tampas no exterior.

Rev. 01 08-03-2013

Grelhas de aço distendido galvanizadas a quente nas caleiras interiores da casa de manobras.

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20 Pág.: 5/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006 6. ARRANJOS EXTERIORES Estes trabalhos consistiram na execução dos pavimentos exteriores, pequenas escadas, lancis e outros muretes. Estes trabalhos desenvolveram-se após a construção dos muros exteriores em betão armado e respectivos aterros. Foi previsto um acesso de viaturas às células com pavimento em betão betuminoso, sendo alguns dos passeios em pavê. Os espaços destinados aos espaços verdes no contorno das células ( relva ) foi executado um sistema diferente que consistiu na colocação de uma camada de brita por cima de uma tela drenante que efectua o escoamento das águas pluviais para o exterior dos diversos muros e para pontos estratégicos. Este sistema é extremamente funcional, económico e esteticamente interessante, substituindo o sistema previsto em relva que requer uma enorme manutenção. 7. PINTURAS FINAIS Nas pinturas dos paramentos exteriores constituídos pelas paredes das células, casa de manobras e muros exteriores foram aplicadas tintas elevada qualidade ( Hidro-armadura da Robbialac e primário fixador). Tendo em conta a localização e a sua exposição do reservatório a estereotomia das pinturas exteriores e as próprias cores utilizadas foram estrategicamente escolhidas. Desta forma, em termos gerais procurou-se representar a ondulação do mar ( cor azul mais escura ) e a envolvente do céu ( cor azul clara ) espelhadas nas paredes das células e muros exteriores envolventes.

Rev. 01 08-03-2013

Em jeito de conclusão, trata-se de uma das obras de referência e que marcam pela positiva a firma Gil Dias, Lda. A responsabilidade do êxito nesta empreitada deve-se aos técnicos e todos os colaboradores, incluindo os próprios subempreiteiros seleccionados. Mas deve-se também ao projectista e ao próprio cliente que conceberam uma obra com uma visão num futuro longínquo empregando materiais e técnicas de qualidade superior, que também ajudaram ao sucesso geral da empreitada.

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20 Pág.: 6/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006 FOTOS:

Rev. 01 08-03-2013

→ INICIO DOS TRABALHOS

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20 Pág.: 7/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006

Rev. 01 08-03-2013

→ DEMOLIÇÕES

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20 Pág.: 8/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006

Rev. 01 08-03-2013

→ BETÃO ARMADO E JUNTAS

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20 Pág.: 9/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3

Rev. 01 08-03-2013

DATA/ANO: 2006

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 10/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3

Rev. 01 08-03-2013

DATA/ANO: 2006

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 11/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006

Rev. 01 08-03-2013

→ IMPERMEABILIZAÇÃO E TRATAMENTO DE JUNTAS

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 12/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006

Rev. 01 08-03-2013

- Junta de dilatação na parede do reservatório antes de ser tratada

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 13/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006

Rev. 01 08-03-2013

- Junta de dilatação na parede do reservatório já tratada. Nesta altura estava-se na fase do teste das cores a aplicar nas paredes do reservatório.

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 14/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006 → EQUIPAMENTOS HIDROMECÂNICOS E ELECTROMECÂNICOS; INSTALAÇÔES ELÉTRICAS E INSTRUMENTAÇÃO

Rev. 01 08-03-2013

1 - Execução de rede de condutas no exterior da casa de manobras.

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 15/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3

Rev. 01 08-03-2013

DATA/ANO: 2006

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 16/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006

Rev. 01 08-03-2013

2 – Rede de tubagens e equipamentos no interior da casa de manobras.

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 17/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3

Rev. 01 08-03-2013

DATA/ANO: 2006

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 18/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006

Rev. 01 08-03-2013

→ SERRALHARIAS

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 19/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3 DATA/ANO: 2006

Rev. 01 08-03-2013

→ ARRANJOS EXTERIORES E PINTURAS

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 20/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3

Rev. 01 08-03-2013

DATA/ANO: 2006

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 21/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3

Rev. 01 08-03-2013

DATA/ANO: 2006

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 22/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3

Rev. 01 08-03-2013

DATA/ANO: 2006

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 23/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3

Rev. 01 08-03-2013

DATA/ANO: 2006

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


FICHA TÉCNICA

N.º: 20

Pág.: 24/24

CLIENTE: ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A OBRA: Remodelação e Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água á Zona Tavarede, Carritos, Casal da Areia e Caceira – Construção do Reservatório dos Condados com cerca de 2500m3

Rev. 01 08-03-2013

DATA/ANO: 2006

G il Dia s S o c ie d a d e d e Co n s tr u çã o Civ il, Ld a | R u a Do lm é n d as Ca r n iç o s a s , 4 3 S e rr a d a s A lh a da s 3 0 9 0 –4 27 F ig ue ir a d a F oz T. +3 5 1 2 3 3 9 30 3 7 9 | F . +3 5 1 23 3 9 3 9 1 81 | E . g e r al@g ild ias . pt | w w w .g ild ias . p t| Cap ital S oc ial 1 5 0 . 0 0 0 ,0 0 | A lv ar á 1 2 1 40


20_AGUAS_FIGUEIRA_2006_Const_Reservatorio_Condados