Page 1

Máx: 21°C / Mín: 13°C

R$ 1,00

EDIÇÃO - 8.753

VARGINHA , 04 DE JUNHO DE 2013

Acidentes com mortes marcam feriado em Varginha e região Pelo menos três pessoas morreram em acidentes em Varginha, Elói Mendes e Três Corações O feriado de Corpus Christi foi violento nas rodovias que cortam o Sul de Minas. Na BR-491, um acidente matou uma pessoa e feriu outras cinco. Em outro acidente, na Fernão Dias, em Três Co-

Sobe para 74 número de mortos pela dengue em MG, diz secretaria

rações, outra pessoa morreu e duas ficaram feridas. A terceira morte ocorreu na zona rural de Varginha, com um caminhão batendo de frente com uma árvore.

LOCAL/PÁGS 03 e 05

Situação da Guarda Municipal será discutida hoje na Câmara

Município com mais óbitos, até o momento, é Uberaba, com 16 mortes registradas.

REGIONAL/PÁGINA 07 www.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga gazetadevarginha@gmail.com twitter.com/gazetavarginha

Vende-se

Provas da Obmep serão aplicadas em Varginha e região nesta terça LOCAL/PÁGINA 06

Em noite de gols perdidos, Boa Esporte empata com o Atlético-GO no Melão

LOCAL/PÁGINA 05

PONTO DE VIST A VISTA

Romanos 11 O futuro de Israel Página 2

Casa no Bairro Cidade Nova Preço da Ocasião Tel. 3221-4845

Time volta a campo hoje contra o Asa, também no Melão.

ESPORTE/PÁGINA 16


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

02

PONTO DE VISTA

Palavras de Vida

Solte as Amarras!

O futuro de Israel

“A criatividade é um caminho que busca sair desta “panela de pressão” que é a vida”.

ROMANOS 11

1-Digo, pois: Porventura rejeitou Deus o seu povo? De modo nenhum; porque também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim. 2-Deus não rejeitou o seu povo, que antes conheceu. Ou não sabeis o que a Escritura diz de Elias, como fala a Deus contra Israel, dizendo: 3-Senhor, mataram os teus profetas, e derribaram os teus altares; e só eu fiquei, e buscam a minha alma? 4-Mas que lhe diz a resposta divina? Reservei para mim sete mil homens, que não dobraram os joelhos a Baal. 5-Assim, pois, também agora neste tempo ficou um remanescente, segundo a eleição da graça. 6-Mas se é por graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça. Se, porém, é pelas obras, já não é mais graça; de outra maneira a obra já não é obra. 7-Pois quê? O que Israel buscava não o alcançou; mas os eleitos o alcançaram, e os outros foram endurecidos. 8-Como está escrito: Deus lhes deu espírito de profundo sono, olhos para não verem, e ouvidos para não ouvirem, até ao dia de hoje. 9-E Davi diz: Torne-se-lhes a sua mesa em laço, e em armadilha, E em tropeço, por sua retribuição; 10-Escureçam-selhes os olhos para não verem, E encurvem-selhes continuamente as costas. 11-Digo, pois: Porventura tropeçaram, para que caíssem? De modo nenhum, mas pela sua queda veio a salvação aos gentios, para os incitar à emulação. 12-E se a sua queda é a riqueza do mun-

do, e a sua diminuição a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude! 13-Porque convosco falo, gentios, que, enquanto for apóstolo dos gentios, exalto o meu ministério; 14-Para ver se de alguma maneira posso incitar à emulação os da minha carne e salvar alguns deles. 15-Porque, se a sua rejeição é a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão, senão a vida dentre os mortos? 16-E, se as primícias são santas, também a massa o é; se a raiz é santa, também os ramos o são. 17-E se alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado em lugar deles, e feito participante da raiz e da seiva da oliveira, 18-Não te glories contra os ramos; e, se contra eles te gloriares, não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti. 19-Dirás, pois: Os ramos foram quebrados, para que eu fosse enxertado. 20-Está bem; pela sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé. Então não te ensoberbeças, mas teme. 21-Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, teme que não te poupe a ti também. 22-Considera, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas para contigo, benignidade, se permaneceres na sua benignidade; de outra maneira também tu serás cortado. 23-E também eles, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; porque poderoso é Deus para os tornar a enxertar. 24-Porque, se tu foste cortado do natural zambujeiro e, contra a natureza, enxertado na boa

oliveira, quanto mais esses, que são naturais, serão enxertados na sua própria oliveira! 25-Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado. 26-E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades. 27-E esta será a minha aliança com eles, Quando eu tirar os seus pecados. 28-Assim que, quanto ao evangelho, são inimigos por causa de vós; mas, quanto à eleição, amados por causa dos pais. 29-Porque os dons e a vocação de Deus são sem arrependimento. 30-Porque assim como vós também antigamente fostes desobedientes a Deus, mas agora alcançastes misericórdia pela desobediência deles, 31-Assim também estes agora foram desobedientes, para também alcançarem misericórdia pela misericórdia a vós demonstrada. 32-Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia. 33-O profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! 34-Porque quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro? 35-Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? 36- Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.

Este depoimento, não sei se foi baseado em um fato real ou é mera ficção. Diz o personagem: “Certo dia quando voltava do trabalho, depois de um dia daqueles, notei que havia pessoas roubando minha casa. Imediatamente liguei para a polícia e me disseram que não havia nenhuma viatura por perto para ajudar naquele momento, e que iriam enviar assim que fosse possível. Desliguei o celular e um minuto depois liguei de novo, e disse: Olá! Eu liguei há pouco porque havia pessoas roubando minha casa. Não é preciso chegar tão depressa, porque eu matei todos eles. Em alguns minutos, chegavam à minha porta meia dúzia de carros da polícia, helicóptero e uma ambulância. Eles pegaram os ladrões em flagrante. Um dos policiais disse: Pensei que tivesse dito que tinha matado todos. Eu respondi: Pensei que tivessem dito que não havia ninguém disponível...”. São impressionantes os resultados que atingimos quando exercemos a criatividade com calma e a probabilidade de uma melhor solução é igualmente admirável. A solução de muitos problemas está dentro de nós mesmos e podemos fazer a diferença com essa atitude. É plantar em solo fértil! É preciso clareza de pensamentos para entender coisas simples como o presente que foi criado no pas-

sado enquanto ele era futuro. Parece meio louco, mas é assim mesmo! Talvez você não saiba, mas é de pelo menos 99% a possibilidade de que o seu cérebro tenha ficado confinado a uma prisão de “não criatividade” desde que você começou a frequentar a escola até o momento que ouve esta história. Soltar as amarras é o primeiro passo! Se você pertence aos mais de 99% da população mundial mencionada é assim que você toma nota das coisas: usa palavras que formaram sentenças e faz uma lista de coisas e talvez use números e letras para organizar pensamentos e daí anota a ordem de prioridade, depois escreve em linhas retas e usa caneta azul ou preta ou ainda lápis para registrar os conteúdos. Como o seu cérebro se sente com relação a isso? Para o cérebro, azul, preto ou cinza é uma única cor e isto se chama: mono chroma. Para o seu cérebro, portanto, uma única cor azul, preta ou cinza é um mono, isto é, único tom de informação. Que palavras obtêm ao reunir os conceitos de “mono” e de “tom”? A palavra é: monótona. E se uma coisa é monótona nós a descrevemos como algo tedioso, chato, sem luz, sem cor, sem brilho, enfim sem graça. E quando alguém é “sem graça”, não tem sabor, sai de sintonia, desliga, apaga, adormece...

A criatividade é como a motivação do ser humano, precisa de cor, de vida. Uma vida sem cor é como um dia sem sol. Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus! *Gilclér Regina, palestrante de sucesso, escritor com vários livros, CDs e DVDs motivaciona ayer, SEBRAE, Caixa, Banco do Brasil compram suas palestras. Mais de 2000 palestras realizadas no país e exterior.

Gilclér Regina

Telefones (35)3221-4668 (35)3221-4845 CNPJ: 21.535.075/0001-47

Diário de Circulação Regional - Diretora Administrativa: Ana Maria Silva Piva Jornalista Responsável: Lanamara Silva MTB -8304 JP - Editor: Rodrigo S. Fernandes Sindjori - MG 312/99 Administração/Revisão: Lanamara Silva - Paulo Ribeiro da Silva Fernandes (Jornalista e superintendente de redaçãoTB.16.851) - Horário de funcionamento das 08:00hs às 18:00hs ENDEREÇO: Redação e Departamento de Publicidade Av. dos Imigrantes, 445 - Santa Maria CEP 37022-560 VARGINHA/MG E-mail: gazetadevarginha @gmail.com gaz e ta c o m e r c i a l 2 @ y a h o o . c o m . b r Endereço eletrônico: www.gazetavarginha.com.br

ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior SINDJORI - Sind. Prop. de Jornais e Revistas do Interior ADJORI - Associação dos Jornais do Interior ADI - Associação dos Jornais do interior de Minas Gerais A redação não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados, mesmo sob pseudônimos, que são de inteira responsabilidade de seus autores.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

LOCAL

03

Acidente entre Varginha e Elói Mendes mata uma pessoa e fere outras cinco Em outro acidente na Fernão Dias, em Três Corações, uma pessoa morreu e duas ficaram feridas Morreu na madrugada de sábado (1º) uma das vítimas do acidente que envolveu quatro veículos no início da noite da última sexta-feira (31) na BR-491, entre Varginha e Elói Mendes. José Vitor Eleutério, de 41 anos, estava internado no Hospital Bom Pastor e não resistiu aos ferimentos. Outros cinco feridos no acidente continuam internados no local. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, um Voyage com placas de Varginha que fazia uma ultrapassagem proibida teria provocado o acidente. O veículo bateu de frente com um Gol, também de Varginha, e outros dois carros que transitavam pelo local também se chocaram. Um casal que estava no Voyage foi retirado pelo Corpo de Bombeiros das ferragens em estado grave. Outras quatro pessoas foram socorridas com ferimentos leves. O acidente deixou o trânsito parcialmente interrompido na BR-491. No início, as informações eram de cinco pessoas envolvidas no acidente, mas o Corpo de Bombeiros confir-

mou que seis pessoas foram socorridas. A vítima fatal era de Varginha. Fernão Dias Uma pessoa morreu e duas ficaram feri-

das em um acidente na madrugada do último sábado (1º) na Rodovia Fernão Dias, próximo a Três Corações. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o carro ocupado por Carlos Alberto

Teixeira, de 53 anos, e Zilda dos Reis Martins, de 35 anos, entrou na contramão no trevo de Três Corações e bateu de frente com outro automóvel que seguia sentido Belo Horizonte.

Seu consultório dispõe de equipamentos modernos de diagnósticos, cabine para audiometria e realização de exames por vídeo, para melhor atender os pacientes em suas consultas e exames especializados, com horário previamente agendado. - Audiometria - Impedânciometria - Videonasofibroscopia - Tratamento com vacina Intra Nasal

- Cirurgia ORL - Videotoscopia - Videolaringoscopia Adm. para professores

Estacionamento exclusivo para clientes na Rua Santa Cruz, 757 Subsolo, Centro - Varginha. Peça a secretaria!

Avenida São José, 317 - Sala 05 - (35) 3221-5366

Dr. Nelson Rodrigues do Prado Junior, médico otorrinolaringologista em Varginha esteve no 42º Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia e cirurgia cérvico-facial em Recife-PE nos dias 13 a 17 de novembro, atualizando e trazendo novos meios de diagnósticos e tratamentos.

Ainda de acordo com a PRF, Teixeira morreu no local. A pas-

sageira teve ferimentos leves e foi socorrida para o Hospital São Sebastião, em Três Corações, e liberada em seguida. O motorista do outro carro, Gustavo de Castro Castanheira, de 20 anos, teve ferimentos graves e também foi socorrido para o mesmo hospital onde permanece internado, mas não corre risco de morte. O corpo de Teixeira foi levado para o IML de Três Corações.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

04

LOCAL

Projeto do Unis premia melhor reportagem feita por alunos da rede pública

O troféu de melhor reportagem foi entregue aos alunos da Escola Estadual Prof. Antônio Domingos Chaves

Alunos do Ensino Médio da Rede Pública de Varginha apresentaram as reportagens feitas durante o projeto “Jovem Repórter”. O evento reuniu jornalistas e professores do Unis MG. O “Jovem Repórter” é um projeto do curso de Publicidade e Propaganda do Grupo Unis e tem como intuito despertar o interes-

se dos adolescentes pelo jornalismo, apresentando aos estudantes a profissão e o trabalho que existe por trás das câmeras de televisão antes da notícia ser veiculada. Setenta e seis alunos participaram do projeto. Eles foram indicados pelas escolas convidadas, levando em consideração o desempenho em discipli-

nas como Português e Literatura. O projeto teve início no mês de abril. Durante cerca de dois meses os alunos participaram de oficinas de telejornalismo ministradas por professores monitores da Instituição e tiveram a tarefa de fazer uma reportagem sobre temas livres dentro da escola onde estudam. Na última sextafeira aconteceu a premiação. A comissão de jurados contou com a participação de profissionais da área e exalunos do Unis MG, como a jornalista Jaiane Rodrigues, que é se formou na Instituição, Paola Tavares, que trabalha como produtora na EPTV, e que também é formada pelo Unis MG e Gui-

lherme Garcia, editor chefe da TV Alterosa. As reportagens apresentadas abordaram temas como inclusão e processo de aprendizagem nas escolas. Durante o evento os jurados ressaltaram a qualidade dos trabalhos apresentados e os temas escolhidos. A coordenadora do “Jovem Repórter”, Profª Gisele Nishiyama, ressaltou a importância do projeto para o currículo dos estudantes, contribuindo para formação profissional. O troféu de melhor reportagem foi entregue aos alunos da Escola Estadual Prof. Antônio Domingos Chaves. Todos os participantes receberam certificado de extensão do Grupo Unis.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

LOCAL

05

Situação da Guarda Municipal será discutida hoje na Câmara Audiência pública será realizada no Plenário da Câmara, a partir das 18h30 A pedido dos vereadores Carlos Costa e Pastor Fausto, a Câmara Municipal de Varginha sedia, hoje, terça-feira (4), uma Audiência Pública para discutir a atual situação da Guarda Civil Municipal. O evento será no Plenário da Câmara, às 18h30. Foram convidados para participar desta audiência o prefeito de Varginha, Antônio Silva, o diretor administrativo e o comandante da Guarda, representantes da Polícia Civil, do Ministério Público, demais autoridades competentes e, inclusive, representantes de Guardas Municipais de outras localidades do Brasil.

O objetivo dessa audiência é tentar esclarecer dúvidas, de maneira eficaz, em relação à questão da atuação da Guarda no Município. Os vereadores querem obter respostas sobre as atribuições que estão sendo desempenhadas pelos servidores e qual é a intenção da Administração Municipal quanto ao futuro da entidade. Ainda deverão ser discutidas, a norma de criação, a Lei n. 2.250, de 30 de setembro de 1992, a Lei n. 4.003, de 18 de dezembro de 2003, que a organiza em entidade autárquica do Município e suas posteriores alterações, a Lei n. 4.216, de 15 de março

Objetivo é esclarecer dúvidas em relação a atuação da GM no município

de 2005 e a Lei n. 4.690, de 9 de outubro de 2007. Após as manifesta-

ções das autoridades, a população terá espaço para se manifestar fazendo questionamentos, crí-

butos referentes aos lucros, ainda vão continuar sendo um mistério para a maioria da população. As empresas que te-

No Sul de Minas, pouca gente já está adaptada à lei, que começa a valer em 10 de junho

existem dúvidas de como o processo deve ser feito. A Lei 12.741 vai mostrar para o cliente após a compra um valor aproximado dos tributos pagos, entre CIDE, IOF, IPI, ICMS, ISS, PIS e Co-

deixa um morto e dois feridos na zona rural de Varginha Caminhão que entregava cimento e areia bateu de frente com árvore

ticas e, até mesmo, podendo colaborar com sugestões sobre o assunto.

Empresas serão obrigadas a mostrar impostos em notas fiscais

A partir do dia 10 de junho, as empresas serão obrigadas a discriminar o valor dos impostos nas notas ficais de cada produto ou serviço. No entanto, no Sul de Minas, pouca gente está adaptada à lei e

Acidente

fins. Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, nem todos os impostos estarão discriminados na nota fiscal. O INSS e o FGTS da folha de pagamento de funcionários, além do IRPJ CSLL, tri-

rão que informar os impostos já podem fazer o cadastro no site do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (www.ipbt.com.br).

Um acidente deixou uma pessoa morta e outras duas feridas no início da noite da última sexta-feira (31) na zona rural de Varginha. Um caminhão que entregava cimento e areia bateu de frente com uma árvore. Três pessoas estavam na cabine e uma morreu no local. O motorista e um outro passageiro ficaram presos às ferragens e só foram resgatados após duas horas. Segundo o motorista do caminhão, ele teria perdido o freio do veículo. Moradores ajudaram a socorrer as vítimas.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

06

LOCAL

Provas da Olimpíada Brasileira de Matemática serão aplicadas hoje em Varginha e região Mais de dois milhões de estudantes mineiros farão a prova da primeira etapa

Escola. E. Brasil de Varginha

Hoje 04 de junho será uma data marcada por muita concentração e raciocínio nas escolas mineiras. Em 4.551 escolas públicas do Estado quase dois milhões de estudantes dos ensinos fundamental e médio farão as provas da primeira etapa da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). E para que Minas Gerais continue se destacando na competição, nessa reta final, as escolas intensificam a preparação dos estudantes. Na Escola Estadual Professora Francisca Pereira Rodrigues, no município de Piraúba, por exemplo, a preparação dos mais de 900 estudantes dos ensinos fundamental e médio que farão a prova é feita por meio de um ‘reforço’ nos con-

teúdos da Matemática e do uso do banco de questões da Obmep. “Estamos dando aulas de ‘reforço’ de Matemática no contraturno das aulas desde o mês de março. Essas aulas são dadas pelos alunos do Instituto Federal e os alunos gostam muito. Desde 2010, os nossos resultados na competição são positivos e isso contagiou os alunos e pais que sempre nos procuram para participar das aulas”, conta a diretora da escola, Andressa Demo-

linari Neiva. A gestora ressalta ainda a importância no estudo também na sala de aula. “Em sala, os professores trabalham com o banco de questões da competição e isso ajuda muito na preparação dos estudantes”. As provas da primeira etapa da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas são aplicadas na própria escola. Os testes são compostos por questões objetivas e os estudantes têm 2h30min para respon-

der às questões. Premiação Além de medalhas de ouro, prata e bronze, os alunos que se destacarem na Obmep terão a oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica Jr (PIC). A iniciativa tem duração de um ano e as atividades do programa envolvem tanto encontros presenciais quanto a participação em um Fórum Virtual que possibilita o contato, via internet, com estudantes de todo o país que se interessam por Matemática. Os medalhistas que acompanham todas as etapas do PIC recebem a Bolsa de Iniciação Cientifica Jr., concedida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento

Científico e Tecnológico (CNPq). Professores e escolas que se destacarem também serão premiados pela Olimpíada. Obmep A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é dividida em três níveis. O primeiro é composto por estudantes do 6º e 7º anos do ensino fundamental. No segundo, fazem as avaliações alunos do 8º e 9º anos do ensino fundamental. Já o 3º nível é composto por estudantes do ensino médio. A Obmep busca estimular e promover o estudo da Matemática entre os alunos das escolas públicas, além de contribuir para a melhoria da qualidade da edu-

cação básica. A competição é promovida pelos ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia e é realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Aplicada (Impa) e pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Minas na Olimpíada Nos últimos anos, Minas Gerais tem apresentado um crescimento significativo na Obmep tanto em números absolutos, quanto percentualmente. Em 2011, quando a organização da Obmep distribuiu 3200 medalhas, os estudantes mineiros conquistaram 816, ou 25,5% do total. Em 2012, foram 4500 medalhas e alunos de Minas conquistaram 29,6% do total.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

07

REGIONAL

Estudantes de Itajubá são campeões em olimpíadas de conhecimento Durante reunião, diretores apresentaram os bons resultados dos alunos para a secretária Ana Lúcia Gazzola Na última terça-feira (28), os diretores das 45 escolas estaduais da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Itajubá apresentaram para a secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, os resultados bem-sucedidos obtidos recentemente por alunos da rede em olimpíadas de conhecimento. Os destaques foram apresentados durante reunião com a equipe de educadores da regional. Esse é o 46º encontro realizado nas regionais de ensino. Com os encontros, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) estreita os laços com os educadores mineiros, uma oportunidade de discutir sobre assuntos relacionados à gestão, carreira, infraestrutura das escolas, entre outros temas. Durante o encontro, o diretor da Escola Estadual Marquês de Sapucaí, do município de Delfim Moreira, Aurelino Moreira, expôs o exem-

plo bem sucedido da sua escola. O trabalho da equipe pedagógica de incentivar a leitura e produção de texto entre os alunos está dando bons resultados. O aluno Luis Augusto Guimarães é um exemplo, ele garantiu o primeiro lugar no 42° Concurso Internacional de Redação de Cartas 2013, promovido pelos Correios. “Todos os dias temos o momento da leitura na nossa escola. Esses alunos campeões em competições de conhecimento são frutos do nosso projeto. Na terça, recebemos o chefe dos Correios para premiar o aluno Luis Augusto, e no sábado recebi a noticia de que mais duas alunas da nossa escola foram premiadas no concurso de redação do Rotary Clube de Itajubá”, ressaltou o diretor da escola. E essas não foram as primeiras premiações alcançadas por alunos da escola. “No ano passado, uma aluna nossa foi premiada pela Acade-

Superintendência de Itajubá foi a 46ª regional visitada pela secretária Ana Lúcia Gazzola

mia Brasileira de Letras, com uma redação sobre os 100 anos do Barão do Rio Branco e, em 2011, outro aluno nosso foi o primeiro lugar num concurso de redação sobre o Ciclo do Ouro, organizado pela Assembleia Legislativa. É um orgulho para todos nós assistir aos resultados positivos dos nossos alunos”, enfatizou o diretor. Já na Escola Estadu-

al João Pedro de Carvalho, de Conceição dos Ouros, os alunos são destaque pelo desempenho na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). De acordo com a diretora da escola, Adriana Carvalho, em 2011, um aluno foi premiado na Olimpíada, o que motivou os outros a também participarem. Em 2012, os alunos da escola ga-

rantiram dez medalhas, sendo três de ouro, duas de prata e cinco de bronze, além de 28 menções honrosas. De acordo com a diretora da escola, o resultado se deve ao empenho da equipe de professores, que trabalhou mesclando a técnica individual de cada um e compartilhando-a com os colegas de profissão. “No ano passado, os pro-

fessores trabalharam de maneira diferenciada, o aluno que foi para a segunda etapa da olimpíada teve a orientação não só do seu professor, mas também de outro professor de matemática da escola”, afirmou a diretora da instituição. Na última edição da Obmep, realizada em 2012, os alunos da Superintendência de Itajubá conquistaram 24 medalhas, sendo cinco de ouro, cinco de prata e 14 de bronze. Durante o encontro, a secretária Ana Lúcia ressaltou a importância de se incentivar a participação dos alunos em Olimpíadas de Conhecimento e também de realizar projetos para intensificar o desenvolvimento das suas habilidades. “Os talentos existem. Se pudermos detectar as capacidades e possibilidades dos alunos e nos organizar de forma a potencializar essas capacidades é importante”, reforçou a secretária Ana Lúcia Gazzola.

Sobe para 74 número de mortos pela dengue em MG, diz secretaria Aumentou para 74 o número de mortes em decorrência da dengue, em Minas Gerais. De acordo com o balanço divulgado nesta sextafeira (31) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), os casos confirmados da doença já atingiram mais de 140 mil. No levantamento anterior, 70 óbitos haviam sido registrados. Em todo o ano passado, 18 pessoas morreram por causa da doença. A cidade com mais casos é Betim, com 23.107. O município com

mais óbitos, até o momento, é Uberaba, com 16 mortes registradas. Em Belo Horizonte, já foram 5 mortes. Os demais municípios que registraram óbitos pela doença

são: Águas Formosas (1), Aimorés (1), Bocaiúva (1),Buritizeiro (1), Campos Altos (1), Carangola (2), Carlos Chagas (1), Carneirinho (1), Contagem (3), Conquista(1),

Carangola (2), Frei Gaspar (1), Ipanema (2), Itambacuri(1), Itaúna (1), Ituiutaba (2), Juiz de Fora (1), Mamonas (1), Montes Claros (3), Muriaé (3), Nova Serrana(1), Pedro Leopoldo (1), Pirapetinga (1), Pirapora (1), Ponto Chique(1), Santa Luzia (3), Santa Margarida(1), São Geraldo do Baixio (1), São João da Ponte (1), Sete Lagoas (3), Teófilo Otoni (5), Ubaporanga(1), e Uberlândia (2). De acordo com a Fundação Ezequiel Dias (Funed), as contaminações em Minas são cau-

sadas por três diferentes sorotipos desde 2008. Mas, em 2011, um quarto tipo da doença passou a se manifestar no estado, sendo responsável por muitas das infecções registradas em 2013.

Números Os números de casos confirmados e mortes por causa da dengue no estado este ano já são maiores do que os registrados em 2008, 2009, 2011 e 2012.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

08

REGIONAL

Passagem do transporte coletivo passa para R$ 2,95 em Itajubá Com um reajuste de 18%, tarifa é a mais cara do Sul de Minas; prefeito diz que aumento já estava previsto em contrato

O preço subiu de R$ 2,50 para R$ 2,95, um aumento de 18%, que foi autorizado pela prefeitura.

O preço da passagem do transporte coletivo de Itajubá (MG) é agora o mais alto do Sul de Minas. Quem for andar de ônibus na cidade a partir de agora terá que desembolsar R$ 0,45 a mais. O preço subiu de R$ 2,50 para R$ 2,95, um aumento de 18%, que foi autorizado pela prefeitura. A empresa Valônia é a única que presta o serviço de transporte

PM apreende arma de fogo com jovem de 26 anos em Candeias No último dia (02), a PM, após denúncia de que estaria acontecendo um tumulto em uma festa popular na Avenida Mariano Bernadino de Sena, Bairro Rio Branco, deslocouse até o local, onde deparou com o autor, 26 anos. Ao notar que seria abordado, o indivíduo tentou desfazer-se de uma arma de fogo que portava na cintura, jo-

gando-a no interior do veículo dele. A arma era um revólver calibre 32, carregada com 06 munições intactas. De imediato, foi dada voz de prisão em flagrante delito ao autor, sendo conduzido ao hospital e em seguida, juntamente com a arma apreendida, à Delegacia de Polícia Civil de plantão para demais providências.

A Polícia Militar, trabalhando para Minas ser o melhor Estado para se viver.

público em Itajubá. Segundo a gerência, 37 ônibus atendem cerca de 433 mil usuários por mês na cidade. No ano passado, a passagem havia aumentado em 3%. Mas segundo o prefeito Rodrigo Rieira, o reajuste deste ano já estava previsto no contrato. "Havia a possibilidade de termos até uma paralisação no transporte público, já que estávamos trabalhando com a tabela da administração anterior", disse o prefeito. Nas outras cida-

des do Sul de Minas, as passagens de transporte coletivo são mais baratas. Em Poços de Caldas (MG), as passagens custam R$ 2,80 para as linhas urbanas e R$ 5,60 para a linha rural. Em Varginha (MG), a passagem do circular custa R$ 2,70. Em Pouso Alegre (MG), os ônibus urbanos cobram R$ 2,65, enquanto que os rurais cobram R$ 3,10 nas passagens. Em Passos (MG), o preço da passagem é de R$ 2,65. Em Lavras (MG), as tarifas custam R$ 2,55.

Oportunidade de emprego A Água Doce unidade Varginha oferece vagas para: Barman ou Bargirl; Auxiliar de Cozinha ou Cozinheira (o); Garçom e Garçonete Com ou sem experiência, acima de 18 anos, com ensino médio completo, que resida em Varginha/MG. Candidatos com interesses em áreas de vendas e alimentação, que goste de trabalhar com público, tenha agilidade, com facilidade em aprender e trabalhar em grupo. “Damos todo o treinamento na empresa.” Horários de serviço: noturno a partir das 17 horas, com uma ou duas folgas semanais. Envie seu currículo pelo e-mail varginha@aguadoce.com.br, ou preencha a ficha no site www.aguadoce.com.br/fale-conosco/trabalhe-conosco/ ou leve pessoalmente na Av.Salum Assad David, 6 – Santa Luiza – Varginha/MG (de terça-feira a sábado das 17 às 19 horas). Tel.: (35) 3214 7549, atendimento após 17 horas (falar com Reginaldo).


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

09

MINAS

Municípios de Minas enfrentam dificuldades financeira para manter biodiversidade

Os impactos do extrativismo minerário podem ser percebidos na retirada de vegetação e danos causados ao lençol freático e às nascentes da região.

A falta de recursos está acabando com a biodiversidade de Minas. Essa é a conclusão de ambientalistas e, principalmente, dos municípios que enfrentam dificuldades financeiras para manter o pouco que resta da

fauna, flora e relevo do Estado em seus territórios. Na tentativa de amenizar o problema, o Instituto Estadual de Florestas (IEF) promete elaborar, até novembro, um Plano Estadual de Proteção à Biodiversidade. O documen-

to é um conjunto de ações que deverão ser aplicadas até 2030 para conter o avanço da degradação. Estragos que Pains (Centro-Oeste de Minas) conhece desde o início da extração de calcário. Os impactos

do extrativismo minerário podem ser percebidos na retirada de vegetação e danos causados ao lençol freático e às nascentes da região. Explosivos Conforme a prefeitura, isso aconteceu porque as mineradoras utilizavam explosivos para remover rochas. As detonações abalaram o solo e impactaram diretamente os lençóis. Além disso, as pedras eram depositadas irregularmente, de tal forma que o fornecimento de água para os 8 mil habitantes ficou comprometido. Em 2007, uma análise do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) mostrou a água de Pa-

ins imprópria para o consumo por conter metais pesados, como alumínio. De lá para cá, pouca coisa mudou. Conforme o secretário Municipal de Meio Ambiente, Mário Oliveira, o município assinou um convênio com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para a construção de uma estação de tratamento da água. O projeto custaria R$ 2 milhões, mas não tem data para ser executado. Ações mitigatórias “O problema de abastecimento seria resolvido com a estação, porque teríamos fornecimento a partir do Rio São Miguel. Aqui não há suficiência de recursos para que tudo seja acompanhado

como deveria ser, mas estamos fazendo o que está ao nosso alcance”, disse Oliveira, destacando que o município faz ações mitigatórias, como o plantio de espécies nativas, implantação de coleta seletiva e de projetos de educação ambiental na rede de ensino. Desde setembro de 2012, nove regiões de Minas discutem as prioridades para proteção da biodiversidade. A última foi em 8 de maio, em Juiz de Fora. Cerca de 70 representantes de sindicatos, universidades e ambientalistas da Zona da Mata elaboraram um documento com os principais problemas da região e propostas de ação para o Plano Estadual de Proteção à Biodiversidade.

Instituto Mineiro de Agropecuária certifica lavoura sustentável de banana Incentivar a produção sustentável em Minas Gerais, agregando valor e qualidade aos produtos. Estas são ações previstas a partir do primeiro certificado emitido pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) para uma propriedade que produz bananas sem agrotóxicos. O certificado - voltado para produtos de origem vegetal sem agrotóxico - é inédito para produção de banana em Minas. Já certificada, uma propriedade de 10 hectares, no município de Nova Porteirinha, no Norte do Estado, possui uma produção focada na sustentabilidade e no manejo agroecológico, sem a utilização de substâncias nocivas à saúde. Os insumos fertilizantes e de combate às pragas, em sua maioria, são

Gerais. A certificação de produtos de origem vegetal sem agrotóxico (SAT) é oferecida pelo Instituto para o sistema isento de agrotóxicos em qualquer fase. Possui normas, procedimentos e padrões es-

produzidos dentro da propriedade através da utilização de adubos feitos a partir da compostagem e da “biocalda” de fermentação feita com mel de cana, esterco, entre outros. Para conceder a certificação o IMA realizou auditorias de conformidade e análises de resíduos para verificar a qualidade e características das bananas, obedecendo a

uma série de critérios. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG) ficou responsável por prestar toda a assistência técnica. Atualmente, os produtos certificados no IMA pelo programa de certificação de produtos sem agrotóxicos são o café, hortaliças e morangos, sendo que mais uma propriedade

de banana e uma associação de produtores de açúcar mascavo da região de Campos das Vertentes passam por processo para receber esta certificação. Certificação O IMA é a instituição estadual responsável pela certificação de origem e qualidade dos produtos agropecuários e agroindustriais produzidos em Minas

pecíficos que visam atender a demanda dos consumidores exigentes além de agregar valor aos produtos. A certificação SAT é de adesão voluntária e deve ser renovada anualmente.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

10

SAIBA SEUS DIREITOS

OIT: mercado de trabalho nos países em desenvolvimento tem evolução positiva O contexto econômico mundial e seu impacto sobre o mercado de trabalho tem registrado evolução positiva nos países em desenvolvimento como o Brasil, constatou a Organização Internacional do Trabalho (OIT) no relatório O Mundo do Trabalho 2013: Reparando o Tecido Econômico e Social, divulgado ontem (3). Os países desenvolvidos, por outro lado, estão em uma situação que pode se tornar “preocupante”, a despeito da recuperação econômica desde 2009, ano em que começou a crise financeira internacional. De acordo com o documento, na América Latina e no Caribe, registrou-se em 2012 taxa de emprego, em média, 1% superior à de 2008, ano anterior à crise. Na região, essa taxa atingiu 57,1% ao fim de 2012. “Nos países em desenvolvimento, o desafio mais importante é consolidar os recentes progressos na redução da pobreza e da desigualdade”, in-

formou, em nota, o coordenador do relatório, o diretor do Instituto Internacional de Estudos de Trabalho da OIT, Raymond Torres. A organização citou o estabelecimento de um piso salarial por meio da fixação de salários mínimos e de políticas de proteção social como essenciais para a situação atual desses países. Sobre o Brasil, um dos destaques da organização no relatório foi o crescimento de 16% da classe média entre 1999 e 2010. Segundo a OIT, isso ocorreu devido ao fortalecimento do salário mínimo e do Programa Bolsa Família. Essas duas políticas, para a organização, explicam a redução da pobreza no país e o fortalecimento da economia nacional. Como desafios, a OIT citou a redução dos postos informais de trabalho, o aumento da produtividade, o aumento dos investimentos e o crescimento dos salários acima da inflação. Em relação aos países desenvolvidos,

Dr. Gustavo Chalfun OAB/MG 81424 Av Princesa do Sul, 556 - Varginha - MG Tel: 3222-4801

gustavo@chalfun.com.br

Dr. Daniel Piva OAB/MG 81667 Delfim Moreira, 258, sala 201- CentroVarginha -MG Tel: 3222 2851

dapiva@ig.com.br

constatou-se que a desigualdade de renda da população aumentou nos últimos dois anos. A principal justificativa foi o crescimento dos níveis de desemprego no mundo. A expectativa é que os atuais 200 milhões de desempregados cheguem a 208 milhões em 2015. Na última semana, a União Europeia registrou 26,5 milhões de desempregados. “A situação em alguns países europeus, em particular,

está começando a forçar o seu tecido econômico e social. Precisamos de uma recuperação global, focada em empregos e investimentos produtivos, combinada com melhor proteção social para os grupos mais pobres e vulneráveis”, disse, em nota, o diretor-geral da OIT, Guy Ryder. Para a organização, outro fator que atrasa a recuperação da geração de empregos nos países desenvolvidos é a falta de in-

vestimentos possivelmente gerados a partir de lucros. No último fim de semana, houve manifestações em mais de 100 cidades europeias contra políticas de austeridade. Segundo a OIT, apenas um terço dos investimentos globais em 2012 foram feitos por países de alta renda. Os países emergentes, em comparação, foram os responsáveis por mais de 47% dos investimentos no mesmo ano.

OAB.MG 31.931

OAB/MG 65099

RUA DELFIM MOREIRA, 258 CENTRO - VARGINHA MG. TEL: 3221-3787

Av Salum Assad. David, 70 - Santa Luiza Tel: ( 35) 3214-5051

CEL:9806-1122

patriciabregalda@varginha.com.br

Dr. Gustavo Pinto Biscaro

Dr. Vicente Lima Lorêdo OAB/ MG 84.176 20ª Sb-Seção Rua Maria Benedita, 63 -sala 106- Vila Pinto 3223-5362/Cel :9988-3485

OAB/MG 106.276 R Argentina, 169 - Vila Pinto Tel: (35) 3222-1049

gustavopbiscaro@gmail.com

Extraído do site: JusBrasil notícias

Drª. Patrícia Bregalda Lima

Dr. VITOR COMUNIAN

vitor.comunian@bol.com.br

“Há uma clara relação entre o investimento e o emprego. Melhorar a atividade de investimento é crucial para permitir que as empresas aproveitem as novas oportunidades para se expandir e contratar novos funcionários”, explicou o coordenador do relatório, Raymond Torres. Como forma de reduzir os impactos negativos da conjuntura de fraco desempenho econômico e escassez de postos de trabalho, a OIT sugere que sejam eliminadas as crenças negativas sobre as intervenções dos governos no crescimento econômico e a capacidade que elas têm de diminuir a má distribuição de renda entre a população. Outro ponto importante, de acordo com a organização, é o estímulo ao diálogo social entre empregados, empregadores e o governo para gerar melhorias no mercado de trabalho.

vicentelloredo@yahoo.com.br

Mande sua pergunta para: gazetadireitos@yahoo.com.br


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

11

SAÚDE

Chegar aos 50 anos em boa forma física protege contra o câncer Um novo estudo oferece mais um motivo para investir no condicionamento físico: diminuir o risco de câncer. Resultados de uma pesquisa com mais de 17 mil homens nos EUA apontam que quem tem um alto nível de condicionamento cardiovascular tem um risco menor de ter câncer e morrer da doença. O benefício independe do IMC (Índice de Massa Corporal), isto é, uma pessoa magra que não se exercite tem um risco maior de ter câncer do que uma pessoa acima do peso que faça atividades físicas, de acordo com o trabalho apresentado no encontro anual da Asco (Sociedade Americana de Oncologia Clínica),

em Chicago. Os resultados também levaram em conta tabagismo e idade. Outros estudos já haviam mostrado que o condicionamento físico é mais importante do que o peso para prevenir doenças. Um deles, publicado no ano passado no “European Heart Journal”, concluiu que obesos considerados saudáveis após exames tiveram um risco 38% menor do que os não saudáveis de morrer por qualquer causa. Os pesquisadores seguiram os voluntários por cerca de 20 anos para ver quem desenvolveria câncer colorretal, de pulmão e próstata. Nesse período, 2.885 homens receberam o diagnostico des-

ses tumores --347 morreram da doença e outros 159 morreram de problemas cardiovasculares. Ao ligar os dados do teste de esforço com o diagnóstico de câncer, os pesquisadores concluíram que os participantes com maior nível de condici-

onamento tinham um risco 68% menor de ter câncer de pulmão e 38% menor de ter câncer colorretal do que os mais sedentários. Não houve diferença no risco de desenvolver a doença na próstata. Entre os que tive-

Programas sociais no Distrito Federal conscientizam jovens sobre saúde e sexualidade Mesmo com toda a informação disponível, os jovens ainda não se mostram preocupados com a saúde, é o que aponta o terapeuta do Programa Jovem de Expressão, Vinícius Dias. “Em uma pesquisa feita pelo projeto, foi mostrado que apenas 9% dos jovens procuraram serviços de orientação para coisas da saúde deles. A gente percebeu que esse jovem é muito tímido para procurar esse serviço de saúde. Uma das alternativas foi trazer o serviço de saúde para perto dos jovens”. No sábado (1), na cidade de Ceilândia, no Distrito Federal, o Jovem de Expressão realizou uma parceria com outro projeto, o Quero Fazer, responsável por realizar testagem de HIV e aconselhamento psicológico a

pessoas diagnosticadas com o vírus. As pessoas fazem o teste e recebem informações sobre a prevenção da aids. Os testes são feitos em um trailer que circula em pontos estratégicos da capital federal. “É a oportunidade que a gente tem de detectar precocemente a contaminação pelo HIV. Mesmo porque a maioria dos jovens não procura serviços de saúde com frequência para esse tipo de testagem. Então, o diferencial do Quero Fazer é que a pessoa não precisa ir ao serviço de saúde, o serviço vem até onde eles estão”, explica Lidiane Andrade, coordenadora do Quero Fazer. Para o terapeuta Vinícius Dias, esse trabalho ajuda a comunidade, sobretudo os jovens, a adquirir o hábi-

to de se cuidar e se preocupar com sua saúde. “A gente espera que esse jovem que não procura o serviço de saúde tenha acesso, faça o teste. Esperamos ainda conscientizar sobre a importância do uso do preservativo”. Dias destaca que apesar de toda a informação disponível sobre a aids, o trabalho precisa ser aprofundado. “Informação tem, mas o comportamento final ainda não foi mudado.

E muitos jovens ainda acreditam que se pega aids pela saliva ou picada de mosquito. Apesar de toda a informação, ainda temos que avançar bastante”. Cleiton Melo, de 28 anos, foi ao trailer do Quero Fazer para realizar o teste pela primeira vez. “O teste é importante para a gente se cuidar, saber se tem doença ou não, se prevenir mais rápido e ter uma saúde garantida”, disse.

ram câncer, o bom condicionamento físico foi ligado a um risco menor de morte. Para o oncologista Fábio Kater, responsável pelo centro de oncologia clínica do Hospital 9 de Julho e que participa da conferência, já se tinha uma ideia de que o

exercício poderia ter esse efeito protetor -um estudo já havia mostrado que, entre as mulheres, o exercício ajuda a prevenir contra o câncer de mama. "A pesquisa tem um peso grande pelo tamanho da amostra e tempo de seguimento. Mudanças no estilo de vida podem ter um grande impacto a longo prazo." Ainda é preciso investigar as razões por trás dessa ligação. A oncologista clínica Veridiana Pires de Camargo, do Hospital Sírio-Libanês, afirma que algumas hipóteses são a redução da inflamação e da gordura, a melhora da imunidade e até a liberação de endorfinas por causa dos e exercícios.

ONU quer eliminar propaganda de cigarros A Organização das Nações Unidas (ONU) fez no dia (31), Dia Mundial sem Tabaco, um apelo para sejam proibidas todas as formas de publicidade e promoção do tabaco. A intenção é reduzir o número de novos fumantes. De acordo com a ONU, metade das pessoas que fumam morre por causa do hábito. O tabaco é fator de risco para o surgimento de câncer, doenças cardiovasculares, diabetes e doenças respiratórias crônicas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que até 2030 o tabaco vai matar 8 milhões de pessoas a cada ano. Quatro em cada cinco mortes devem ocorrer em países de baixa e média renda. De acordo com a ONU, a maioria dos usuários começa a fumar antes dos 20 anos. Em todo o mundo, 78% dos jovens entre 13 e 15 anos relatam exposição regular a alguma forma de promoção do tabaco. Pesquisa da OMS demonstrou que a proibição da publicidade de tabaco é uma das maneiras mais eficazes de reduzir o tabagismo. Países que impuseram limite à divulgação do tabaco conseguiram redução média de 7% no consumo. Mas para as proibições serem eficazes, a OMS ressalta que a legislação precisa ser abrangente, uma vez que existem várias maneiras de atingir os potenciais fumantes, incluindo a inserção de produtos do tabaco em filmes e na televisão. Cerca de 15% dos brasileiros são fumantes.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

EVANGÉLICA

12

Igreja evangélica constrói templo transparente na Espanha

O edifício está baseado na ideia de uma igreja que quer se mostrar “transparente” para a comunidade, e terá um edifício moderno aberto

A Igreja Evangélica de Castelldefels, localizada na região de Barcelona, na Espanha, está concretizando um antigo sonho de sua comunidade de ter uma igreja transparente. Trata-se de um projeto arquitetônico para construção de um templo que torne suas atividades totalmente visíveis para as pessoas que estão do lado de fora. O edifício está baseado na ideia de uma igreja que quer se mos-

trar “transparente” para a comunidade, e terá um edifício moderno aberto. O que está dentro de quatro paredes está também aberto a todas as pessoas visualmente. O arquiteto Jon Tugores, responsável pelo desenvolvimento deste projeto, tem em seu portfólio obras reconhecidas na cidade de Barcelona. Para Tugores se trata de um “muito completo, muito interessante, e que certamente vai ajudar na comunicação do ‘con-

ceito evangélico’”. Considerado por todos um projeto é inovador, a construção final do modelo do novo templo exibe uma única igreja, que contará com um edifício multinível, e terá muito de sua construção “aberta” para que, através de grandes janelas, escadas e claraboias, seja aberta visualmente para todos que passam por perto. Até mesmo a sala de culto é parcialmente visível a partir do exterior.

Disciplina e atividades terapêuticas são características de casas de recuperação de dependentes químicos ligadas a igrejas evangélicas A recuperação de dependentes químicos através de entidades ligadas a igrejas evangélicas não é unanimidade entre especialistas, devido às diversas metodologias empregadas nas denominadas casas de recuperação. Apesar das diversas comunidades que prestam esse serviço serem reconhecidas pela sociedade, a variação de atividades e a ausência de profissionais especializados em determinadas áreas em algumas dessas casas é visto como um ponto a ser revisto. De acordo com uma reportagem feita

por um jornal do estado de São Paulo, no último domingo,sobre a rotina dos dependentes químicos abrigados pela casa de recuperação Conquista, localizada em Itapecerica da Serra, cidade da região metropolitana de São Paulo. Nesta instituição, os internos possuem horários pré-determinados pela direção da casa e obrigações a cumprir durante o dia, além de praticarem atividades terapêuticas e receberem medicação e alimentação em horários rotineiros. A reportagem mostrou que a maioria dos internos sofreram

com o vício no crack, e segundo a direção da casa, apenas 50% dos dependentes que iniciam o tratamento concluem o programa. Muitos não resistem à ausência da droga e sofrem recaídas ainda durante o período estipulado para a recuperação. Há no Brasil, de acordo com um censo do Ministério da Justiça, 1.830 comunidades terapêuticas voltadas para a recuperação de dependentes químicos, e boa parte dessas são vinculadas a igrejas evangélicas. “O grande diferencial das comunidades terapêuticas é, justa-

mente, a ênfase colocada na espiritualidade. O objetivo é que por meio da religião o indivíduo encontre a si próprio e encontre forças para superar o vício”, diz Elisaldo Carlini, membro do comitê de peritos sobre drogas e álcool da Organização Mundial da Saúde (OMS). Entretanto, o trabalho dessas entidades é questionado devido ao recebimento de verbas públicas: “Quando a gente envolve o dinheiro público no tratamento é complicado ter um modelo onde o indivíduo tem que celebrar rituais”, critica o professor da Faculdade de Ciências Médi-

cas da Unicamp, Luís Fernando Tófoli. Entretanto, apesar da restrição quanto à religião, há o reconhecimento do trabalho dessas entidades: “Elas praticam a reabilitação: parar de usar drogas e restabelecer valores básicos de

vida. Por isso elas podem transmitir valores universais de espiritualidade”, defende Ronaldo Laranjeira, coordenador do Programa Recomeço, iniciativa do Governo do Estado de São Paulo para a reabilitação de dependentes químicos.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

13

BRASIL

Projeto de avião não tripulado da Cemig aguarda regras da Anac

A expectativa é a de que, no futuro, o veículo possa substituir o trabalho feito por dois helicópteros e suas respectivas equipes

A falta de regulamentação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para a utilização de Veículos Aéreos não Tripulados (Vants) emperra um dos projetos de inovação da Companhia Energética

de Minas Gerais (Cemig). Em processo de pesquisa e desenvolvimento pela estatal há seis anos, um avião de cerca de 1,5 metro por 1 metro, operado remotamente, espera o es-

tabelecimento de regras pela agência reguladora para começar a inspecionar as redes de transmissão da companhia. Reduzir custos e aumentar a frequência com que as redes são

inspecionadas estão entre os objetivos do Vant, conforme afirmou o vice-presidente da companhia, Arlindo Porto, durante o 18º Encontro Apimec-Cemig, realizado em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, na semana passada. A expectativa é a de que, no futuro, o veículo possa substituir o trabalho feito por dois helicópteros e suas respectivas equipes. Os valores a serem economizados não foram informados. Fim do ano A previsão, diz o coordenador do projeto, o engenheiro de tecnologia e normalização da Cemig Maurício de Sou-

za Abreu, é a de que o projeto Vant, que recebeu cerca de R$ 5 milhões em investimentos, possa decolar até o fim deste ano. “Participamos do processo de regulamentação dos veículos por meio de audiências públicas realizadas pela Anac. Podemos dizer que o documento final sairá em breve”. Apesar do otimismo, se a regulamentação já estivesse em vigor, seria possível preparar o veículo mais especificamente para levantar voo. “Certamente teremos que fazer algumas alterações. Porém, acreditamos que será pouca coisa”, diz o engenhei-

ro. Preparar o pessoal que irá operar os equipamentos também dependerá da publicação das normas pela Anac. “A regulamentação prevê, inclusive, o treinamento dos pilotos”, afirma o coordenador do projeto. Duas pessoas são necessárias para operar os equipamentos. Enquanto a regulamentação não é publicada, o veículo voa com autorização do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Dcea). Para isso, o plano de voo é submetido ao órgão sempre que há uma decolagem. O veículo chega a 120 metros de altura.

Liminar por vaga em creche se repete em várias cidades do País O aumento da judicialização das demandas por educação infantil não é exclusivo da cidade de São Paulo. Ele se repete em diversas cidades do País, segundo a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), que não tem um levantamento das ações. "Praticamente todas as cidades médias e grandes têm esse tipo de liminar, independentemente se há vaga ou se consegue criá-la", afirma a secretária de Educação de Goiânia, Neide Aparecida da Silva, que faz parte da diretoria da Undime. Neide diz que a pressão por creche é recente e há dificuldades para aumentar a oferta em grande velocidade. "A Justiça entende que a creche é direito da criança, mesmo não estando na LDB (Lei de Diretrizes

e Bases) e impõe uma liminar para colocar a criança na escola. Na minha avaliação, isso não agiliza", diz ela. "É importante que as crianças estejam nas escolas, mas é difícil judicializar sem fazer discussão."De acordo com a secretária, a cidade de Goiânia atende hoje 22 mil crianças. A fila de espera é de 5 mil. Secretário municipal de Educação de Florianópolis, Rodolfo Joaquim Pinto da Luz diz que conseguir adequar a demanda de atendimento na educação infantil é "um problema nacional". "Quando a educação infantil passou a integrar o sistema educacional, a demanda se tornou crescente. O governo federal tem contribuído para as construções e parte da manutenção, mas os Estados não têm feito

nada", afirma ele, também da direção da Undime. Meta federal O governo federal tem a meta de construir 6 mil creches e pré-escolas até 2014. Segundo o Ministério da Educação (MEC), 683 unidades estão em funcionamento e 2.859 em construção. O investimento previsto neste ano é de R$ 1,9 bilhão.Segundo Daniel Cara, da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, a pressão por creche deve aumentar cada vez mais. "A gente vive um processo de priorização da pré-escola. Depois, só a creche vai ter a demanda intensa", diz. A campanha foi a principal entidade a lutar pela inclusão das creches no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valoriza-

O investimento previsto neste ano é de R$ 1,9 bilhão.Segundo Daniel Cara, da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, a pressão por creche deve aumentar cada vez mais.

ção dos Profissionais da Educação (Fundeb). Esse fundo é responsá-

vel pela transferência de recursos a municípios e Estados de

modo proporcional ao número de alunos matriculados.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

INTERNACIONAL

14

Incêndio em abatedouro no nordeste da China mata ao menos 112 pessoas Incêndio é considerado o mais grave em 12 anos no país, que registra acidentes industriais com frequência Um incêndio em um abatedouro no nordeste da China provocou a morte nesta segundafeira (3) de pelo menos 112 pessoas. O incêndio é o mais grave em 12 anos no país, que registra acidentes industriais com frequência. “Mais de 300 trabalhadores estavam no abatedouro no momento do incêndio em uma unidade de Dehui, na província de Jilin”, informou a agência oficial oficial Xinhua. As equipes de resgate não sabiam quantas pessoas permaneciam presas. “Às 15h20 locais

(4h20 de Brasília), o balanço era de 112 mortos”, anunciou o governo provincial de Jilin em sua conta no Weibo, o equivalente chinês do Twitter. Este é o incêndio mais grave em mais de uma década no país, segundo o portal Baidu. Em 25 de dezembro de 2000, um incêndio em um centro comercial de Luoyang, na província de Yenan (centro), deixou 309 mortos. O prédio do abatedouro tinha uma “disposição complexa” e saídas estreitas, o que dificulta os trabalhos das equipes de emergência,

Incêndio ocorreu em um grande abatedouro de aves

segundo a agência Xinhua. A causa do incêndio

Rússia acusa EUA de não impor pressão sobre oposição síria Os Estados Unidos não estão impondo pressão suficiente sobre a oposição síria para que participe de uma conferência internacional de paz e abandone sua exigência de saída do presidente Bashar al-Assad do poder, disse o vice-chanceler russo Sergei Ryabkov nesta segunda-feira (3). A Rússia e os Estados Unidos anunciaram em 7 de maio que iriam tentar juntar o governo de Assad e seus adversários o mais rapidamente possível em uma conferência internacional, com a finalidade de buscar o fim da guerra civil, mas ainda não foi definida nenhuma data. “Em nossa opinião, os Estados Unidos claramente não estão trabalhando duro o suficiente em termos de exer-

cer influência sobre os grupos da oposição síria para que participem da conferência internacional”, declarou Ryabkov, segundo a agência estatal de notícias RIA. Ele afirmou que os Estados Unidos “não deveriam permitir que a oposição tente dar ultimatos e impor precondições. “A principal dessas condições... é a exigên-

cia de saída do presidente sírio, Bashar alAssad”, disse Ryabkov. A Rússia é o mais poderoso protetor de Bashar al-Assad no conflito que já matou mais de 80.000 pessoas desde março de 2011. Ao lado da China, vetou três resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas destinadas a pressionar o governo.

ainda não foi determinada, mas segundo o canal público CCTV testemunhas ouviram uma explosão. Em um primeiro momento, a emissora informou que as chamas teriam sido provocadas por um curto-circuito, mas a polícia também trabalha com a pista de um vazamento de amoníaco. Mais de seis horas depois do início das chamas, o incêndio estava praticamente controlado, segundo a emissora.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

15

BELEZA

Manicure: 11 cuidados que você deve ter ao escolher a sua Ir ao salão de beleza e fazer as unhas é uma verdadeira terapia para muitas mulheres. No entanto, é preciso ser cuidadosa e ter certeza de que o local escolhido é confiável e não apresenta nenhum risco à sua saúde. Para ajudar a descobrir se o salão que você frequenta é adequado, o Huffington Post listou 11 tópicos que merecem atenção. 1. A presença de muitas revistas antigas pode indicar que o local não está recebendo o cuidado e limpeza que merece. 2. Se o local conta com objetos de decoração, como mãos de manequim e plantas artificias, empoeirados é motivo para prestar

atenção, já que a poeira atrai ácaros. 3. Embalagens de esmalte quase vazias são mais um motivo para levar seu próprio esmalte ao salão. 4. Os animais são fotos, mas não são adequados para um salão de beleza. Se o que você frequenta conta com um pet, fique de olho. 5. Fique atenta também à bacia de escalda-pés, ela pode conter bacterias. 6. Se o salão não tem água quente, alguma coisa está errada. 7. É recomendado que os salões de beleza deixem documentos que os permitam estar em funcionamento visíveis. Você nunca avistou os de

onde você frequenta? Pergunte. 8. Sua manicure está com machucados abertos ou hematomas? Cuidado, a saúde deve vir sempre em primeiro lugar. 9. É normal que um salão de beleza apresente cheiros nauseantes e tóxicos, devido aos produtos usados. Por isso, é importante que o local tenha um sistema de ventila-

ção adequado. 10. Se as toalhas do salão em que você vai estão sempre sujas, sinal amarelo! Esse tipo de coisa pode causar bacterias e até piolhos. 11. Já notou desinfetantes diluídos ou esterilizadores com defeito? Muita atenção, pois os instrumentos não-esterelizados podem causar fungos, infecções e até mesmo doenças mais sérios.

Penteado natural é tendência ir a casamentos

Shakira, Paz Veja e Milla Jovovich

Ao receber um convite para um casamento, você logo pen-

sa no que vestir e em que penteado fazer. Em alta no momento

está o penteado natural, que se caracteriza por destacar a cabeleira solta ou com finalização casual, seja ela lisa ou com ondas. A regra é optar pela finalização que não exija novos cuidados durante a festa. Entre as opções que se encaixam bem nessa finalização entram as tranças e os coques desfiados. Embora o cabelo fique levemente preso, o penteado carrega a leveza e o movimento típico do

dia a dia. Para não errar na escolha, o cabeleireiro Anderson Couto, da Casa Majestic, no Rio de Janeiro, sugere também jogar a cabeleira para a lateral, independentemente do tipo de cabelo. “Sabe aquele penteado que a gente faz e basta um movimento para virar lenda? Aconselho dispensar esse tipo de ideia”, diz o profissional, referindo-se a propostas muito elaboradas, mas com pouca fixação.

Nicole Bahls cuida da pele do rosto com iogurte natural

Conhecida por suas curvas exuberantes, Nicole Bahls não descuida de sua aparência nem mesmo depois que sua rotina de gravações aumentou, graças à função de repórter do programa “Pânico na Band”. Para isso, a modelo dá sempre um jeito de encontrar um tempinho livre para seus tratamentos de beleza. Mesmo cansada, ela mantém seu ritual, todos os dias, para garantir que sua pele mista esteja sempre equilibrada. “Às vezes tenho vontade de ir direto para a cama, mas deixo a preguiça de lado e passo os meus creminhos (risos)”, comenta. No rosto, durante o dia, Nicole usa o Regenerador Facial Future Solution, da Shiseido, e, à noite, aplica o Regenerador Solution LX Night, da mesma marca. No corpo, ela usa e abusa dos cremes hidratantes. “Já que moro no Rio de Janeiro e vou sempre à praia, o creme corporal Ultra Hidratante Karité, da L’Occitane, é ótimo para

aplicar na pele depois do sol”, diz a ex-namorada de Enzo Celulari. Como o uso constante de maquiagens e a luz do estúdio de gravação aumenta a possibilidade de danos à cútis, a famosa consultou um dermatologista e incorporou em seu dia a dia produtos que contêm filtro solar em suas composições. “Os cuidados para meu tipo de pele devem ser redobrados, para evitar manchinhas e, por isso, nunca saio de casa sem protetor solar”, acrescenta. Além disso, Nicole já fez peeling de cristal, procedimento que estimula a produção de colágeno e elastina e deixa a pele mais fina e macia. Entretanto, ela prefere uma boa e velha receita caseira para ficar com a beleza em dia. Ainda quando morava em Londrina (PR), Nicole aprendeu alguns segredinhos para deixar a cútis revigorada. “Uma boa dica é passar iogurte natural geladinho no rosto. Depois de alguns minutos, a pele se transforma. É um excelente hidratante”, indica.


GAZETA DE VARGINHA, 04/06/2013

16

ESPORTE

Em noite de gols perdidos, Boa fica no 0 a 0 com o Atlético-GO no Melão Com o resultado, time de Varginha tem uma vitória, um empate e uma derrota na Série B Não faltou esforço em Varginha, mas o torcedor presente ao estádio Dilzon Melo foi embora sem ver gols. Boa Esporte e Atlético-GO esperavam embalar na Série B após terem vencido na segunda rodada, entretanto, não saíram do 0 a 0 na noite deste sábado. O time mineiro foi melhor na primeira etapa e perdeu chances claras, sobretudo com o atacante Marcelo Macedo, que costuma fazer seus gols. Na etapa complementar, o Dragão não deixou por menos. A equipe resistiu à pressão nos minutos inicias, colocou a bola no chão e criou oportunidades. O artilheiro do último Campeonato Goiano, Ricardo Jesus, perdeu gol incrível após rebatida do go-

leiro. Wiliam Barbio também fez feio na cara do gol. Com o resultado, os dois rivais ficam juntos na tabela, com quatro pontos. O Atlético-GO é o décimo, enquanto o Boa Esporte aparece logo atrás, com saldo inferior. Os goianos voltarão a campo terça-feira, também fora de casa, contra o São Caetano. O Boa Esporte atuará no mesmo dia, novamente em Varginha, diante do ASA. Os donos da casa foram superiores no primeiro tempo. Organizada taticamente, a equipe comandada por Nedo Xavier teve boa chance logo no início, com Marcelo Macedo. Em rápido contra-ataque, a bola foi lançada para o atacante, que deu uma verdadeira ‘pixotada’ dentro da

área. Com pouco mais de categoria, Macedo teria feito o gol, porém, ao pegar de primeira o atacante praticamente atuou como zagueiro. O lance assustou o Dragão, que mesmo assim não conseguiu ser criativo, como em parte do jogo contra o Joinville, na última terça-feira. Dodó, João Paulo e Jonh Lennon eram os melhores do time goiano, com destaque para a jogada de Lennon aos 32 minutos. O lateral deu uma meia-lua em Xandão, invadiu a área e chutou forte. Jonatas fez a defesa. O duelo já era mais equilibrado, mas o Boa encerrou a etapa inicial com dois lances de perigo. Marcelo Macedo tentou se redimir da falha inicial e carimbou

O Boa foi superior, mas perdeu muitos gols

o travessão de Márcio. Já o experiente Marcelinho Paraíba tirou tinta da trave em cobrança de falta. Jogo aberto Marcelo Macedo foi um dos nomes da noite. Mas para o torcedor do Boa, infelizmente ele ficou

Futsal feminino do Marista vence segunda fase dos Jogos Escolares A equipe de futsal feminino do Colégio Marista de Varginha consagrou-se campeã na fase Microrregional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG), módulo I, ao derrotar a equipe de Luminárias pelo placar de 3 a 1. Com esse resultado, o time garantiu uma vaga para a fase Regional. A etapa Microrregional dos JEMG aconteceu

de 20 a 24 de maio, em Três Pontas, onde participaram 24 municípios do Sul de Minas. As equipes masculinas de basquete e futsal do Marista também competiram, mas não se classificaram para a final. A fase Regional acontecerá em Pouso Alegre, de 24 a 28 de junho, onde as atletas do futsal mostrarão o crescente trabalho que está sendo realizado pelo treinador Luis Gustavo Ra-

bello e, quem sabe, sair com a medalha de ouro. Os campeões da fase Regional se classificarão, automaticamente, para a etapa Estadual dos JEMG, que acontecerá no mês de julho na cidade de Passos. A equipe Marista de futsal feminino, módulo I, é composta pelas estudantes: Ana Carolina Mendonça, Bethânia Frota, Clarice Furtado, Júlia Bonfim, Juliana Lemes, Juliana Otávio,

Maria Eduarda Coutinho, Morgana Baratti e Raquel Rodrigues. Jogos Escolares Os JEMG são divididos em quatro etapas: Municipal, Microrregional, Regional e Estadual. Os vencedores estaduais possuem uma vaga para as Olimpíadas Escolares, onde as melhores equipes do Brasil competem entre si.

marcado pelos gols perdidos. Mal o árbitro autorizou o início da segunda etapa e o atacante foi protagonista de mais dois lances de perigo do time mineiro. Aos três, Airton Oliveira fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para o centro da área. Nem Macedo e muito menos Fernando Karanga souberam aproveitar a chance. Logo depois, Marcelo Macedo cabeceou para o centro da área e ninguém completou para o fundo das redes. O técnico Nedo Xavier

se desesperava com cada lance perdido, até mesmo porque sabia do potencial do Atlético-GO. Vice-campeão goiano, o time acumula bons números com o técnico Waldemar Lemos e só perdeu duas das últimas 16 partidas. A bola pouco parava no meiocampo, e os dois times passaram a arriscar de boa da área. O Dragão finalmente criou boa chance de gol com o zagueiro Ednei, que cabeceou após cruzamento de João Paulo e tirou tinta da trave. Outra grande oportunidade rubro-negra caiu nos pés do artilheiro do Campeonato Goiano, Ricardo Jesus. Após defesa de Jonatas, a bola sobrou para o atacante, que livre, pegou de primeira dentro da área e perdeu gol incrível. Nos minutos finais foi a vez de Wiliam Barbio. O atacante, que entrou no decorrer da partida, recebeu dentro da pequena área e chutou de primeira, para fora.

Gazeta de Varginha - 04/06/2013  

Edição 8.753

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you