Issuu on Google+

TEXTO DE RICARDO SANTOS I FOTOGRAFIAS DE FERNANDO MARQUES

DR

Esplanadas, restaurantes, cafés, discoteca, florista, quiosque e até um WC original. No lado oriental do Terreiro do Paço, onde já funcionou a Bolsa de Lisboa, há uma nova ala de lazer, inaugurada mesmo a tempo do verão. 26

26-33_TerreiroPaco ER.indd 26

24-07-2012 11:55:33


DR

DR

DR

Praรงa do sol

nascente

TERREIRO DO PAร‡O 26-33_TerreiroPaco ER.indd 27

24-07-2012 11:56:12


PRAÇA DO SOL NASCENTE

28

26-33_TerreiroPaco ER.indd 28

24-07-2012 11:56:36


N

ão se leva o carro para a Baixa, mandam as boas práticas e o respeito pelo meio ambiente. Por isso mesmo, o metro foi a opção. E à saída da estação do Terreiro do Paço, a primeira constatação: é bom ver o Cais das Colunas e a imensa Praça do Comércio libertos de tapumes, com o Tejo sempre à vista e dezenas de turistas a percorrerem a área, apontando as suas câmaras fotográficas para tudo quando é sítio. Na Ala Nascente da praça, onde já funcionaram a Bolsa de Lisboa e o Ministério das Finanças (mudemos de assunto rapidamente…), a sala de visitas lisboeta ganhou nova vida, com a recente abertura de novos espaços de restauração, comércio e lazer. Como o POPULI, o primeiro restaurante a contar do rio. Luís Rodrigues é o chef responsável. Depois das experiências na Penha Longa e no Bairro Alto Hotel (entre outros), embarcou nesta nau onde, como frisa, «o importante é a qualidade do produto e a honestidade em relação ao cliente». A inspiração da ementa é nacional e mediterrânica, com destaque para os produtos de cada época e para os peixes e mariscos que chegam de Setúbal e Sesimbra. Pouco mais de um mês após a abertura, o balanço é positivo e recheado de surpresas. Uma delas é o facto de haver bastante procura pelos jantares. Outra tem que ver com a frequência do restaurante: mais portugueses do que estrangeiros. No prato, o chef destaca o tártaro de novilho, a salada Caesar, o bacalhau à Brás e o imperdível polvo com batata-doce – que só não é o melhor de Lisboa porque essas classificações têm muito que se lhes diga (e prová-los a todos é pouco prático). Está bem ladeado, o Populi. Na direção do rio fica a discoteca LUST LISBON. «Selecionado» é um bom adjetivo para caraterizar o ambiente, já que a entrada apenas é permitida a quem esteja na lista de convidados, um

PEÇAS DE MUSEU Bifes, marisco e o património cervejeiro dos países onde se fala português. Bem-vindos ao Museu da Cerveja.

>>

evasões agosto

26-33_TerreiroPaco ER.indd 29

29

24-07-2012 11:56:55


PRAÇA DO SOL NASCENTE

>>

DR

BOCA DOCE Ginjinha, groselha, capilé, queijadas, rebuçados alentejanos. Tudo vendido «com orgulho», na Ginjinha do Carmo.

POPULI

conceito comum a outros clubes lisboetas, com as vantagens e desvantagens que a modalidade acarreta. São dois pisos que totalizam seiscentos metros quadrados de área útil com decoração cuidada onde não falta a inspiração do design nacional. Seguindo pelas arcadas da Ala Nascente, descobrimos como pode inovar-se em termos de casas de banho: THE SEXIEST WC ON EARTH BY RENOVA é muito mais do que um espaço de alívio, é uma galeria onde não faltam música e surpreendentes formas de arte. Joias, livros ou peças de design estão à venda e cada utente (cinquenta cêntimos por pessoa) poderá escolher um entre mais de trezentos rolos de papel higiénico da marca portuguesa responsável pelo projeto. O CAN THE CAN (regressámos à categoria «restaurantes») também é invulgar. O «herói do mar» Rui Pregal da Cunha é o sócio-gerente deste espaço que toma como ponto de partida as latas de conserva, com o fado e as tradições nacionais bem presentes na ementa. No interior, a imagem de marca é um lustre feito de três mil latas e, na esplanada, nada como observar uma das mais impressionantes praças portuguesas. À mesa, produtos do mar, pela mão do grego Kleanthis Konstantinidis, e serviço descontraído. Na porta ao lado, naquele que já foi o refeitório número dois dos Serviços Sociais do Ministério das Finanças (impossível fugir…), fica o NO SOLO ITALIA, uma pizaria e geladaria onde também é possível encontrar alguma oferta em termos de gastronomia portuguesa. As crianças têm uma área dedicada onde não faltam opções de divertimento enquanto os mais velhos aproveitam a tranquilidade da esplanada e a qualidade dos gelados inspirados em Itália. «Praça de restauração» é a tradução aproxi­ mada de food court. E é disso que se trata quando se fala do MINISTERIUM, outro dos pontos de interesse da Praça do Comércio. Aqui funcionam as marcas Banana Café, Hot Dog Lovers e Artisani. Animação não falta: DJ de serviço, programação variada e noites de cul­tura e lazer são algumas das boas surpresas. Continua o périplo pelos mais de cinco mil metros quadrados de área renovada (segundo

>>

30

26-33_TerreiroPaco ER.indd 30

24-07-2012 11:57:09


DR

POPULI evasões março

26-33_TerreiroPaco ER.indd 31

31

24-07-2012 11:57:19


PRAÇA DO SOL NASCENTE

DR

CAN THE CAN Música e latas de conserva são o ponto de partida do invulgar restaurante do antigo «herói do mar» Rui Pregal da Cunha.

>>

NO SOLO ITALIA

32

26-33_TerreiroPaco ER.indd 32

projeto do arquiteto Tiago Silva Dias). Passa-se pelo balcão da Caixa Geral de Depósitos – sempre útil – e chega-se a um ponto curioso: a FLORISTA. O expositor onde se encontram as flores é inspirado nos altares de Santo António. Maria de Lourdes é a proprietária e vende há mais de quarenta anos no Terreiro do Paço. Agora, tem um espaço próprio mais moderno. Segue-se o MUSEU DA CERVEJA, onde a bebida está em destaque, mas a comida não é esquecida. E muito menos o conhecimento (ou a curiosidade, vá): aqui podemos encontrar o património cervejeiro dos países onde se fala português. Bifes e marisco não faltam nesta cervejaria com esplanada que faz parte do universo do Museu do Pão, em Seia (aliás, aqui também há um núcleo museológico, este dedicado à cerveja, no primeiro piso). Em jeito de ponto final, cumpre-se a tradição lisboeta: no quiosque GINGINHA DO CARMO (assim, escrita com g), diante do mítico Martinho da Arcada, remata-se com um penálti do doce licor. (Mas também há groselha, capilé ou mazagran, bem como rebuçados alentejanos e queijadas.) E constata-se: «Que bom que é ser turista em Lisboa.» Dois restaurantes em estreia

24-07-2012 11:57:34


CONTATOS MUSEU DA CERVEJA Ala Nascente Terreiro do Paço, 64-65 Tel.: 210987656 Todos os dias, das 09h00 às 02h00 (museu das 10h00 às 22h00) Preço médio: 20 euros museudacerveja.pt

MINISTERIUM Ala Nascente Terreiro do Paço, 72-73 Aberto todos os dias das 10h00 às 02h00

NO SOLO ITALIA Ala Nascente Terreiro do Paço, 76-78 Todos os dias, das 10h00 às 02h00 Preço médio: 15 euros nosoloitalia.com

CAN THE CAN Ala Nascente Terreiro do Paço, 82-83 Tel.: 914007100 Todos os dias, das 09h00 às 24h00 Preço médio: 20 euros canthecanlisboa.com

THE SEXIEST WC ON EARTH BY RENOVA Ala Nascente Terreiro do Paço, 84 www.renova.pt

POPULI Ala Nascente Terreiro do Paço, 85-86 Tel.: 218877395 Todos os dias, das 10h30 às 23h00; domingo abre às 09h30; de quinta a sábado, encerra às 02h00 Preço médio: 20 euros populi.pt

LUST LISBON Ala Nascente Terreiro do Paço, 87 Tel.: 918788868 De quarta a sábado, das 23h00 às 05h00 (discoteca); segunda e terça, das 12h00 às 24h00 (esplanada) lust-lisbon.com

33

26-33_TerreiroPaco ER.indd 33

24-07-2012 11:57:39


Terreiro do Paço