Page 1

EUROCIDADE CHAVES - VERÍN MUNICÍPIO DE CHAVES

Nº 9 Março 2012

a eurocidade da água

CONCELLO DE VERÍN

1

Esther Vaz Diéguez, vencedora do Concurso de Narrativa “Eurocidade Chaves-Verín 2011” e Biblioteca Pública Municipal de Verín A jovem verinense Esther Vaz Diéguez foi a grande vencedora da terceira edição do Concurso de Narrativa “Eurocidade Chaves-Verín 2011” e Biblioteca Pública Municipal de Verín. Esta jovem do 4º ano do Ensino Secundário Obrigatório espanhol escreveu através do diário de Xiana, uma viagem real de aldeia pela sua vida fazendo uma aproximação a Balbino, personagem central do livro “Memorias dun neno labrego”, de Xosé Neira Vilas. Neste concurso, destinado a promover a escritura e os valores culturais e desportivos, participaram todos os usuários que o desejassem, matriculados nos centros educativos da comarca de Verín ou do município de Chaves, com idades compreendidas entre os 10 e os 16 anos, ambos inclusive.

Eurocidade presente na VII edição da mostra “Sabores e Saberes” A Eurocidade participou, pelo quinto ano consecutivo, na mostra “Sabores e Saberes”, que teve lugar nos dias 3, 4 e 5 de fevereiro no Pavilhão Municipal de Chaves. O objetivo desta participação da Eurocidade, que contou com um stand onde estiveram presentes os técnicos do Gabinete de Apoio Técnico, foi de informar os visitantes sobre as atividades desenvolvidas no âmbito deste projeto de cooperação transfronteiriça, bem como divulgar e promover as tradições artesanais, festivas e gastronómicas do concelho de Chaves e da comarca de Verín-Monterrei, através da exposição de produtos da zona ao longo dos três dias do certame.

Entrega dos brinquedos da campanha “Partilha sorrisos e ilusões”

Os presidentes de Chaves e Verín, acompanhados por representantes das principais associações comerciais de ambos os municípios, entregaram às crianças, os brinquedos que foram recolhidos em Chaves e em Verín, no âmbito da campanha “Partilha de Sorrisos e Ilusões”. A primeira das entregas teve lugar em Verín, no dia 2 de janeiro, onde o presidente Juan Manuel Jiménez Morán e o presidente da Associação de Empresários de Verín (AEVER), José Ángel Rodicio Portela, entregaram aos responsáveis do Fundo Social Municipal e Gabinete de Atenção ao Imigrante de Verín estes artigos. Por sua vez, em Chaves, o ato teve lugar no dia 4 de janeiro, e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal e de um representante da ProCentro (Associação para a Promoção do Centro Urbano de Chaves), tendo os mesmos efetuado a distribuição de brinquedos e calçado às crianças do Patronato de São José em Nantes.

Na mostra, um grupo de cigarróns da “Asociación O Cigarrón” de Verín desfilou pelo recinto da mostra, altura em que atuaram a Banda de Gaitas do Concello de Verín e o Coral de Verín (uma organização da Asociación Verinense de Amigos da Música). 'Sabores e Saberes' é uma mostra destinada à exposição e venda de produtos locais, contando ainda com um festival de gastronómico, onde são oferecidos os práticos típicos da região de Chaves, e ainda com um programa diversificado de atividades culturais, a cargo de grupos tradicionais. Uma iniciativa que devolve à comunidade as tradições culinárias e artesanais, tornando-se ao mesmo tempo num produto de promoção do turismo da região e num motor para o desenvolvimento económico local, constituindo-se como um importante instrumento de requalificação territorial.

4º Torneio de Futsal Inter-freguesias pobos Eurocidade A Eurocidade vai realizar a 4ª edição do “Torneio de Futsal InterFreguesias/Pobos Eurocidade Chaves-Verín”, que decorrerá de Março a Junho. Este torneio tem como principais objetivos “ocupar de forma saudável os tempos livres dos eurocidadãos”, “promover o intercâmbio e convívio desportivo entre as freguesias dos dois concelhos” e ainda “dinamizar as instalações desportivas existentes nas várias localidades”. O evento é dirigido a todas as Juntas de Freguesia do Concelho de Chaves e a todos os Pobos da Comarca de Verín, que poderão participar com uma única equipa, constituída por indivíduos de ambos os sexos. Os jogos decorrerão nos vários polidesportivos da Eurocidade até ao apuramento dos vencedores de cada série. A partir dessa fase, os jogos serão realizados no Pavilhão Municipal de Chaves e/ou Pavilhão Municipal de Verín. PÁGINA 8

Sabores & Saberes, que este ano contou com a participação de 78 expositores, 40 do setor agroalimentar e 38 de artesanato, impõe-se como catalisador de novos e emergentes mercados, essenciais para o desenvolvimento industrial, turístico e comercial. Funciona como uma vitrina dos produtos de qualidade, locais e regionais, e promove a transferência de tecnologias e o investimento na indústria e infraestrutura com consequentes impactos positivos na economia local e nacional.


EUROCIDADE CHAVES - VERÍN MUNICÍPIO DE CHAVES

Nº 9 Março 2012

a eurocidade da água

CONCELLO DE VERÍN

2

Eurocidade candidata projeto de segurança rodoviária a prémio da FESTIVAL A Eurocidade candidatou o seu projeto de segurança rodoviária transfronteiriça aos prémios da Fundação Espanhola para a Segurança Rodoviária (FESVIAL), ao qual se candidatam outros 25 municípios de toda Espanha, entre outras entidades, totalizando 37 candidaturas.

Os prémios FESVIAL têm como objetivo reconhecer publicamente o trabalho das Polícias Locais e dos Centros Oficiais de Formação dos referidos corpos de segurança dependentes dos municípios ou das Comunidades Autónomas, cuja atuação no âmbito de segurança rodoviária seja merecedora de distinção. O 'Projeto de Educação e Segurança Rodoviária da Eurocidade ChavesVerín' tem como objetivo ser um laboratório de boas práticas para outras zonas transfronteiriças da Comunidade Europeia, que permita unir esforços, trocar experiências e dar maior solidez à cooperação transfronteiriça existente, fomentar a realização de operações conjuntas entre as forças e corpos de segurança lusos e espanhóis, e sensibilizar os cidadãos para atitudes e conhecimentos idóneos, no sentido de reduzir o número de acidentes de tráfego numa zona transfronteiriça habitada por mais de 60.000 pessoas.

Rede Ibérica apresenta propostas para fortalecer cooperação entre o Norte de Portugal e a Galiza Assembleia-geral da Rede Ibérica de Entidades Transfronteiriças (RIET) aprovou propostas para apresentar na próxima Cimeira Ibérica, que terá lugar dentro de três meses. Criar uma comissão permanente que permita uma atuação ágil e eficaz dos efetivos de proteção civil dos dois lados da fronteira, criar uma plataforma de correios ibéricos, eliminar o serviço de roaming na Península Ibérica e compatibilizar sistemas de cobrança de portagens. Estas são as principais reivindicações da Rede Ibérica de Entidades Transfronteiriças (RIET), na sequência da assembleiageral que teve lugar ontem (28 de fevereiro) em Chaves. Estas e outras cinco propostas foram apresentadas e aprovadas na reunião das entidades que reúnem a totalidade dos organismos transfronteiriços da fronteira hispano-lusa. Propostas “necessárias para desbloquear os principais problemas que dificultam o crescimento das zonas de fronteira”, como refere o secretário-geral do Eixo Atlântico, Xoán Vázquez Mao, que a RIET levará ao comité organizador da Cimeira Ibérica. Estas reivindicações “pretendem proporcionar melhores serviços aos cidadãos e aumentar a competitividade económica para criar um território livre e dinâmico, que consiga ultrapassar as barreiras da crise atual”, referiu Xoán Vázquez Mao. A cerimónia de encerramento da assembleia-geral contou com a presença da conselheiro da Presidência da junta da Galiza, Alfonso Rueda.

Centro de Documentação da RIET inaugurado em Chaves

Entre as ações concretas que se desenvolvem encontram-se a realização de colóquios dirigidos a grupos de risco, o reforço do trabalho das forças e corpos de segurança na regulamentação e ordenamento do tráfego, o desenvolvimento de campanhas destinadas a reduzir os acidentes de tráfego, promoção de cursos de educação rodoviária anuais com o objetivo de indicar qual deve ser o comportamento como peão, passageiro e condutor, a eliminação de barreiras arquitetónicas, manutenção e reposição de sinais de tráfego e a realização da 'Semana da Seguridade e Educação Rodoviária' na Eurocidade Chaves-Verín. Este projeto, nascido em 2009 e motivado pela adesão à Carta Europeia de Segurança Rodoviária, conseguiu um dos galardões dos 'Prémios de Excelência em Segurança Rodoviária', entregues no dia 1 de fevereiro de 2011 pela Comissão Europeia.

O Centro de Documentação da RIET foi inaugurado na passada terçafeira, em Chaves, pelas entidades transfronteiriças que integram esta rede ibérica. O espaço pretende ser um arquivo europeu sobre as relações fronteiriças e ponto de referência para historiadores, políticos, sociólogos, universitários e estudiosos interessados nas relações transfronteiriças. Para o presidente da Câmara de Chaves, este espaço é uma forma de servir os cidadãos com maior qualidade. “Este centro contribuirá para a melhoria da cidadania europeia pela informação, pelo conhecimento, pela investigação”, referiu João Batista, acrescentando que “aqui poderemos aceder a experiências que são comuns noutros espaços transfronteiriços”. O Secretário-geral do Eixo Atlântico, Xoán Vázquez Mao, destaca a imensa capacidade do centro, que permitirá que qualquer pessoa possa num futuro próximo consultar documentação transfronteiriça em diferentes países. “Este local nasce com a vocação de ser um centro de referência de toda a documentação europeia e com a vontade de recuperar a memória de todas as fronteiras”.

boletim_eurocidade_09_pt  

boletim_eurocidade_09_pt

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you