Page 1

Matador do caso Kieling é morto DE

Tiragem desta edição

L A AN

exemplares

M E S

EM RE

A

A ID

ST

Oeste

AC

PÁGINA 20

VI

Ano II ❑ Nº 5 ❑Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

6.000

Quer ganhar uma casa da Caixa? Aplique na Poupança e concorra a seis casas de R$ 200.000,00 e 600 iPods!

Preço do exemplar em banca

R$ 1,00

Por uma toalha, multa de até R$ 17 mil Produtor Rogério Faedo é autuado pelo Ministério do Trabalho porque forneceu toalha a funcionário, mas não a listou entre os itens de EPIs. PÁGINA 5 REPRODUÇÃO DE MAQUETE

O PROJETO da Cidade do Automóvel, parceria da Solyda Construtora e Incorporadora com a Associauto e a Acelem, prevê construção de por tal próximo à BR 020/242, em frente ao Tropical Ville. Página 4

Verinha Stresser comanda a Educação PÁGINA 12

Começam as obras da Operação Piloto PÁGINA 10


2

INFORMAÇÃO E OPINIÃO

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

PREZADO LEITOR Cercando a Terceira Via eças publicitárias em torno dos 12 anos de emancipação da Cidade, que começam a ser divulgadas neste sábado, 24, dão mais um sinal de esvaziamento da chamada Terceira Via. Nas peças, 25 políticos e personalidades assinam a mensagem “A força de nossa união é o amor à nossa Cidade”. Entre os signatários, está o médico Luciano Trindade, terceiro colocado na última eleição para prefeito e principal liderança do DEM. O Democratas integra a Terceira Via. Alguém poderá dizer que a campanha é cívica. Como as eleições são ato cívico.... Na primeira semana do mês, Renato Faedo, também do DEM, já havia se incorporado à administração do prefeito Humberto Santa Cruz, aceitando a Secretaria de Agricultura. O cargo seria do PMDB, mas o partido abriu mão em favor de Faedo. Ainda na mudança do secretariado, o prefeito reservou para o PMDB a Secretaria de Infraestrutura. Roni Klein, que vem a ser concunhado do presidente da Câmara Domingos Carlos Alves dos Santos (PMDB), é o mais cotado. O PMDB afinado com a candidatura de Fábio Lauck a vice de Humberto Santa Cruz também avalizou a escolha de Verinha Stresser para a Secretaria de Educação. --Do outro lado da pista sucessória, a Terceira Via se movimenta. Juarez de Souza, do PMDB que não quer se alinhar ao prefeito, aparece agora como cabeça de chapa. Jaime Cappellesso, inicialmente cogitado como pré-candidato a prefeito, fica na vice.

P

Transporte urbano A Prefeitura vai abrir licitação para o transporte coletivo, com vistas a melhorar o serviço, hoje muito ruim.

Doação em ano de eleição Alguns vereadores estão doando a entidades veículos recentemente adquiridos pela Câmara. Se não precisavam dos carros, por que a compra? Se a questão é ajudar entidades, por que a Câmara não faz doação como Poder Legislativo, após seleção dos beneficiados? Como está ocorrendo, a doação parece coisa de ano eleitoral.

Tiremos o chapéu... ... para o empresário e produtor rual Rogério Faedo. Não se intimida com a fiscalização do Ministério do Trabalho e torna públicas punições que considera injustas e absurdas.

ARQUIVO HENRIQUE CABELO

ROGÉRIO FAEDO

Derretendo Nas obras da Operação Piloto, de ordenamento de vias e trânsito em torno da BR,

Publicação da Oeste Comunicação Integrada Ltda. Rua Jorge Amado, 1.327 – Jardim Paraíso – CEP 47.850-000 – Luís Eduardo Magalhães/BA Inscrição municipal 007132/10 CNPJ 12.835.627/0001-41 - Telefone (77) 3628-0686

oestesemanal@diariodooeste.com.br

tem trabalho de amador. Obstáculos colocados no asfalto para evitar que motoristas entrem onde não devem entrar, como na entrada da BR para o bairro Santa Cruz e vice-versa, já estão se derretendo. Os obstáculos na pista têm a mesma formatação do meio fio, estreito e sem consistência. Em qualquer lugar do mundo, obstáculos em pista não são mera continuação de meio fio. São peças de concreto, que suportam eventuais passagem de veículos sobre eles.

Esqueceram de mim II A Secretaria de Infraestrutura apresentou o Plano de Desenvolvimento Aeroportuário da Bahia, na terça-feira, 20, com o objetivo de estruturar rede de aeroportos e pistas de pouso que chegue a todo o estado e atenda ao crescimento da demanda por voos regionais. Entre as prioridades, para o governo, estão o aeroporto de Vitória da Conquista, a ampliação do equipamento de Barreiras e a concessão do aeroporto de Feira de Santana. O investimento é de R$ 150 milhões, com recursos públicos e privados. O noticiário da Assessoria de Imprensa do Governo do Estado, que distribuiu a notícia acima, não faz menção ao aeroporto de Luís Eduardo Magalhães. Esquecer a Cidade é rotina no Governo do Estado. Não faz tempo, o governador Jaques Wagner levou ao Departamento de Infraestrutura de Transportes (Dnit) plano de prioridades de obras rodoviárias na Bahia. Sobre a duplicação do trecho urbano de Luís Eduardo da BR 020/242, nenhuma lembrança, como registrou este Prezado Leitor.

Brasil é a nova terra do Grupo Macri Dez anos após jogar a Chapecó, depenada por dívidas, no colo do BNDES, e deixar o Brasil pela porta dos fundos, o Grupo Macri prepara o seu retorno para o lado de cá da fronteira. Os argentinos pretendem investir na compra de terras voltadas ao cultivo de soja. A empresa já está prospectando propriedades no Paraná e no Centro-Oeste. A fonte do RR é justamente um empresário do setor de agribusiness e dono de terras no Mato Grosso que está em negociações com o grupo portenho. O projeto do Macri prevê também a construção de duas esmagadoras na Região Sul. Segundo a mesma fonte, os executivos do Macri falam em investir até R$ 300 milhões no Brasil. A intenção do grupo é reduzir gradativamente sua dependência da Argentina, onde concentra 100% de sua operação no mercado de soja, um risco alto demais diante da instabilidade econômica do país. No que depender do Macri, em três anos pelo menos um terço da sua produção de soja deverá sair do Brasil. Com a dupla nacionalidade, o grupo pretende arbitrar o menor custo logístico para a expor tação da soja. Dependendo do mercado consumidor e dos preços do transpor te, o produto será proveniente da Argentina ou do Brasil. Além do Mercosul, o Macri mira também a Ásia.

Anestesia na fusão Pague Menos-Ultrafarma Reviravolta à vista em uma das maiores operações de M&A já ensaiadas no varejo farmacêutico brasileiro. Aos quarenta e quatro minutos do segundo tempo, as tratativas para a fusão entre a Pague Menos e a Ultrafarma, em curso desde o fim do ano passado, ganharam um terceiro perso-nagem. A Raia Drogasil entrou de penetra no gramado, atra-

Perdas menores Com as chuvas dos últimos dias, lavouras de soja ainda podem se recuperar. As chuvas também foram boas para lavouras de milho safrinha e algodão. Compensado o aumernto de 6% da área plantada, as perdas na soja provocadas

SÓCIOS-DIRETORES Antonio Calegari / Pedro Callegari

CIRCULAÇÃO Aroldo Vasco de Souza

REDAÇÃO João Penido (editor), Antonio Calegari, Luciano Demetrius Leite, Raul Beiriz Marques, Rafael Dias, Sebastião Nery, Tizziana Oliveira, Henrique Cabelo (fotógrafo e diagramação), Paulo Cezar Goivães (projeto gráfico)

IMPRESSÃO Câmara Gráfica Csg 09 – LOTE 03 – GALPÃO 03 – Taguatinga Sul – Distrito Federal – Fone (61) 3356-7654

PUBLICIDADE Juliana Cadore - (77) 9988-0114 Walmor Stresser - (77) 9953-8224

TIRAGEM* 6 mil exemplares *Tiragem jurada pela editora, comprovável quando da

vessou as conversações e já teria apresentado uma ofer ta para se associar à Ultrafarma, controlada pelo empresário Sidney Oliveira. Segundo uma fonte ligada a Oliveira, a repentina proposta o balançou, não obstante ele estar apalavrado com Francisco Deusmar de Queirós, proprietário da Pague Menos. Caso se consume, o vira-casaca de Oliveira terá significativo impacto sobre o ranking do setor. A Raia Drogasil ficará a alguns miligramas da liderança do mercado. Formada a par tir da fusão da Drogaria Raia e da Drogasil, atingirá um faturamento anual em torno de R$ 5 bilhões. No ano passado, a nº 1 do ranking, a DPSP (resultado da associação entre a Drogaria São Paulo e a Pacheco) teve receita em torno de R$ 5,3 bilhões. Procuradas pelo RR, Pague Menos e Raia Drogasil não se pronunciaram até o fechamento desta edição. Já a Ultrafarma informou que não se manifestaria sobre o assunto. Desde dezembro, Sidney Oliveira e Francisco Deusmar de Queirós vêm mantendo uma intensa agenda de encontros. Ambos já teriam, inclusive, alinhavado o valor da operação e a par ticipação que caberia a cada um na nova empresa. Se Oliveira der meia-volta, volver e se deixar seduzir pelo canto da Raia Drogasil, será um senhor baque para Queirós. Não há tantas redes de drogarias de médio ou grande por tes que ainda não tenham sido abduzidas pelo processo de consolidação do setor. Isso para não dizer que Sidney Oliveira ganhará um desafeto para o resto dos tempos. Queirós é um empresário à moda antiga, para quem o fio do bigode vale mais do que qualquer contrato. Além de ser vir como um for tificante de suas vendas, a Raia Drogasil enxerga a fusão com a Ultrafarma como um movimento extremamente estratégico do ponto de vista geoeconômico. Ela impedirá que a Pague Menos, forte na Região Nordeste, espraie sua presença para o Sudeste, notadamente São Paulo. Cerca de 70% das vendas da Ultrafarma estão no principal mercado do país.

www.relatorioreservado.com.br

pela estiagem devem se situar entre 8% e 10%, na avaliação do presidente do Sindicato Rural de Luís Eduardo Magalhães, Vanir Kölln. Para os próximos dias, a Climatempo prevê tempo chuvoso, com aparição do sol, em Luís Eduardo Magalhães. Para a região Oeste, o Inpe não prevê chuva até a sexta-feira, 30. ■

impressão do jornal, na Câmara Gráfica, a par tir das 23 horas das sextas-feiras e quando do início da distribuição das edições, na Rua Jorge Amado, 1.327 – Jardim Paraíso – Luís Eduardo Magalhães, a par tir das 7 horas da manhã dos sábados. As publicações da Oeste Comunicação – Oeste Semanal e DiariodoOeste.com.br não publicam matérias redacionais pagas sem caracterizá-las como Informe Publicitário. A Oeste Comunicação também edita o site online DiariodoOeste.com.br.


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

AGRONEGÓCIO

3


4CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012 REPRODUÇÃO DE MAQUETE

O PORTAL de entrada na Cidade do Automóvel

NO INTERIOR da Cidade do Automóvel, visibilidade padronizada para todas as empresas

O projeto da Cidade do Automóvel

local. “Isso é muito bom para a economia de Luís E d u a r d o Magalhães. É bom para sermos um centro de referência para o setor em todo o Oeste da Bahia, e, quem sabe, em todo o Estado”, disse Chiquinho logo após CHIQUINHO PEREIRA assistir ao vídeo. A Associauto concentra 16 diferentes empresas e mais de 500 pessoas que trabalham no setor. Segundo informou Chiquinho, já existem várias empresas interessadas nos espaços à disposição, incluindo locadoras de veículos. “Uma empresa me ligou ontem (terçafeira, 20) de Barreiras perguntando como fazia para escolher onde vai se instalar. Não disse que quer comprar. Já está vendido”, brincou, citando que todas as grandes concessionárias de veículos da região e até algumas de outros estados já mostraram interesse. Chiquinho anuncia o telefone para reserva de espaços: “É só ligar para a Associauto: (77) 99534848”, disse.

ARQUIVO/RAUL MARQUES

RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação paisagem da Cidade está prestes a mudar. Um grande portal às margens da BR 020/242, próximo ao loteamento Tropical Ville, marcará a entrada da Cidade do Automóvel, empreendimento feito em parceria da Solyda Construtora

A

com a Associação dos Revendedores de Veículos de Luís Eduardo Magalhães (Associauto) e a Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães (Acelem). O local abrigará as revendedoras de veículos novos e usados de Luís Eduardo Magalhães, empresas de peças e acessórios, locadoras, despachantes e até uma divisão da Regional de Trânsito (Retran). O empreendimento, que será lançado oficialmente na próxima Bahia Farm Show, entre os dias 29 de maio e 2 de junho próximos, fica em uma área de 35 hectares, na margem da BR 020/242, em espaço cedido pela Solyda Construtora. A área já está sendo limpa e preparada por profissionais da empresa. Segundo filme promocional elaborado pela Live Produções, a Cidade terá um portal em moderno estilo arquitetônico, que servirá de marco para quem quiser visualizar o local. O gerente geral de Construção da Solyda, Juventino Geja, disse que o portal permite a identificação do local e não das concessionárias. “O portal tem este objetivo também. Sobressair-se sobre as logomarcas das concessionárias para tornar mais democrático o espaço. Isso significa que uma empresa instalada no meio da Cidade do Automóvel terá a mesma visibilidade do que outra que se instalar logo na entrada”, disse Geja, enquanto acertava com técnicos da Solyda detalhes das obras de outro empreendimento da construtora: a construção de casas em Roda Velha, no município de São Desidério.

Orgulho. “Todos os caminhos levam você a um lugar...”. Com esta frase, a Solyda e a Associauto pretendem atrair o maior número de empresas interessadas em abrirem lojas e oficinas na Cidade do Automóvel. O próprio filme elaborado pela Live mostra isso. O filme exibido a Oeste Semanal mostra as bandeiras das principais empresas do setor automotivo no Brasil, como Volkswagen, Chevrolet, Ford, Kia, Fiat, Nissan, entre outras. No filme, percebe-se que toda a área do complexo automobilístico da Cidade está contemplada com área verde, ruas largas e toda a infra-estrutura. Um dos mais empolgados – e orgulhosos – com o projeto é o presidente da Associauto, Francisco Pereira Neto. “Estou impressionado com a magnitude do projeto. Está fantástico”, disse Francisco Neto, o Chiquinho da Podium. O empresário disse que há anos nutre o sonho de colocar todas as empresas do setor que operam na Cidade em um só

Escolha da área. A definição do espaço onde será a Cidade do Automóvel foi feita no final de janeiro passado, em reunião no Centro Administrativo da Cidade. Participaram da reunião o prefeito Humberto Santa Cruz; o presidente da Associauto, Francisco Pereira Neto; e o presidente da Acelem, Carlinhos Pierozan. Na ocasião, o prefeito deixou claro que não teve qualquer participação na escolha do local, feita, segundo ele, exclusivamente por lojistas e revendedores. Três áreas disputavam a localização na ocasião. Uma na saída para Brasília; outra na entrada da Cidade, perto do Jardim das Oliveiras, em frente ao Tropical Ville, que foi a vencedora; e uma terceira na saída para Tocantins. Havia uma outra área, um pouco mais afastada das BRs que estaria na disputa,

de forma não oficial, que seria próxima à Avenida JK, mas que não daria a mesma visibilidade aos revendedores. O diretor executivo da Solyda, Uendel Hillebrand, dias após a reunião que definiu a escolha, convidou equipe de Oeste Semanal a UENDEL HILLEBRAND conhecer o local onde será a Cidade do Automóvel. A Solyda tem outros projetos de loteamento na Cidade, entre os quais o Campos Elíseos, que se encontra em fase final de venda da primeira etapa. Uendel Hillebrand explicou que o principal fator para que a área de sua empresa fosse escolhida foi o fato de estar na lateral de uma das principais rodovias da região. A Solyda tem outros empreendimentos no Oeste como o loteamento Campos Belos e o conjunto Campos Belos, com 200 casas, em Roda Velha; os loteamentos Alto dos Cerrados e Campos Elíseos, em Luís Eduardo Magalhães, com 1.400 lotes no total; e o conjunto Cidade Alta, também em Luís Eduardo Magalhães, que terá 500 casas de 70 a 120 metros quadrados. A Solyda tem cerca de 150 empregos diretos e está expandindo seu quadro para 400 funcionários. “A Solyda pretende criar um centro de formação de profissionais no setor da construção civil para a Região Oeste da Bahia”, disse Uendel na ocasião. A Solyda tem origem holandesa. Opera no Brasil desde 2007 nos mercados de loteamentos urbanos e na construcão de casas. Todos os projetos são concebidos por uma equipe de arquitetos e engenheiros na Holanda e adaptados à realidade brasileira por profissionais locais. O pré-lançamento da Cidade do Automóvel ocorreria na festa Destaques Acelem, no Centro de Eventos Nossa Senhora Aparecida, na Gruta, na noite desta sexta-feira, 24, quando esta edição já estava encerrada. ■


AGRONEGÓCIO

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

5

FOTOS DE ROGÉRIO FAEDO

O BANHEIRO da delegacia do Ministério do Trabalho sujo e servindo de depósito e cozinha com minifogão sobre a pia.

BANHEIRO limpo na fazenda de Rogério Faedo

Por uma toalha, produtor é multado em até R$ 17 mil DA REDAÇ‹O

uando se imagina que o Ministério do Trabalho já aplicou contra produtores rurais multas por todas as razões possíveis e imagináveis, eis que fiscais do órgão sacam das chamadas NRs (Normas Regulamentadoras) outras ainda mais esdrúxulas e inusitadas. Acontececeu recentemente com Rogério Faedo, empresário e dono da Fazenda Maria das Águas Santas, no município de Barreiras. Fiscais encontraram funcionário da fazenda que passava herbicida em lavoura com EPI (Equipamento de Proteção Individual) completo - botas impermeáveis, máscaras contra pó e produtos químicos, luvas, calça, camisa de manga longa, impermeáveis, protetor auricular, óculos, boné -, mas o produtor foi autuado e corre risco de ter que pagar multa que varia de R$ 1,7 mil a R$ 17 mil, por

Q

auto de infração. A razão da autuação: o funcionário tinha toalha fornecida pelo produtor, mas a peça não constava na lista de itens de EPIs fornecidos pela fazenda. “Eu não sabia que toalha era item de EPI – e provavelmente muitos auditores do Ministério do Trabalho não sabem -, pois só a NR 31 tem mais de 250 normas e é humanamente impossível se adequar a todas elas”, disse Faedo a Oeste Semanal. Rogério Faedo se sente escolhido pela fiscalização. Sabe de produtores que nunca receberam a visita de fiscais, mas sua propriedade parece atrair o pessoal do MT. Que nunca o poupa de autuação, por mais estranha que seja a motivação. Numa delas, fiscais apontaram a falta de sinal sonoro quando do engate de marcha-à-ré em trator. “Meu trator é modelo 2000/2001, época em que o dispositivo não era exigido às fábricas”, diz Faedo. Em outra picuinha dos fiscais, foi lavrado

auto de infração porque os fiscais encontraram uma roçadeira - a qual não estava em uso, portanto desativada - sem protetor de cardan. “A fiscalização é necessária, para evitar abusos. Mas, enquanto exigências absurdas não são retiradas da legislação pelo Congresso Nacional, é preciso que o Ministério do Trabalho oriente seu pessoal a usar o bom senso. É inconcebível que uma propriedade com todos os procedimentos corretos na aplicação de defensivos e em constante evolução no sentido de proteger o trabalhador em todos os sentidos, seja autuada por não constar o item toalha”, reage o produtor.

Fotos. Rogério Faedo é mesmo de reagir. No ano passado, inconformado porque a fiscalização considerou inadequados os banheiros dos empregados de sua fazenda, fotografou as dependências, incluindo banheiro e cozinha, da delegacia do Ministério do

Trabalho em Barreiras. Suas fotos, das quais quatro acompanham este texto, foram publicadas pelo jornal Nova Fronteira. “É só olhar as fotos. Exigem do produtor o que eles próprios não têm”, afirma. Rogério Faedo diz que a rigidez da fiscalização tem levado produtores a abandonar lavouras que demandem maior número de trabalhadores. Ele mesmo já empregou mais de duas centenas de funcionários e hoje só opera com oito. “Acuados, os produtores rumam para lavouras fortemente mecanizadas”, diz. O produtor espera que o Congresso Nacional modifique a legislação, eliminando os absurdos. “Somos responsáveis por mais de 20 % do PIB, o agronegócio é o que mais emprega neste pais. Levamos alimentos pra a mesa de todos. O Ministério do Trabalho precisa deixar de tratar os produtores como bandidos”, completa Rogério Faedo.


6CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012 PREFEITURA MUNICIPAL

GRUPO Cangaia de Jegue animou a festa de inauguração da Praça Elenir da Silva Vargas, que contou com a par ticipação de mais de sete mil pessoas, no domingo, 18.

Inaugurada a maior praça Localizada no Jardim das Acácias, a praça Elenir da Silva Vargas tem 22.355 metros quadrados RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação maior praça de Luís Eduardo Magalhães, a Elenir da Silva Vargas, no Jardim das Acácias,  foi inaugurada no domingo, 18, em grande estilo. Teve tudo que uma praça merece: crianças brincando, famílias conversando, pipoca, algodão-doce, música ao vivo, bancos para sentar e descansar e local para reunir os amigos. O primeiro dia de utilização da praça, que tem 22.355 metros quadrados, foi bastante comemorado por todos os que lá estiveram, desde a manhã até a noite, especialmente por moradores do bairro. Antes da cerimônia de inauguração, que ocorreu à noite, o prefeito Humberto Santa Cruz disse a Oeste Semanal que a obra, feita em parceria com o Governo do Estado da Bahia e a Galvani, era um direito de todo

A

morador de Luís Eduardo Magalhães. “Um espaço como este é a melhor forma de resgatar os velhos valores da família reunida em torno do mesmo espaço. É um local onde cada um poderá se divertir a seu modo, do seu jeito”, disse o prefeito. A construção da praça ficou a cargo da empresa WRF e durou seis meses. Famílias unidas é que não faltaram ao evento, encerrado com um concorrido show do grupo Cangaia de Jegue. Desde cedo, todos se acomodaram, cada um no seu espaço, aproveitando o leque de opções de lazer. No palco, shows musicais e apresentações de dança de grupos de jovens entrecortaram o dia, mostrando que a praça pode ser o elemento de integração da comunidade.

Contra o vandalismo. A todo momento, o radialista Douglas Batista, locutor do evento, lembrava que a praça era patrimônio público e que deveria ser preservada por todos. O

objetivo era o de evitar o que aconteceu com outros espaços recém-inaugurados na Cidade, como a Praça Gerson Hoffmann, no Mimoso I, e a reformada Praça Sérgio Alvim Motta, a praça da Matriz, no Centro. A primeira tornou-se ponto de reunião de jovens que ligam o som de seus carros em alto volume, e a segunda foi vítima de vândalos - um caminhão invadiu a praça e fez a manobra “cavalo de pau”, destruindo o piso, e três bancos foram jogados ao chão. “Vandalismo, jamais”, repetia Douglas Batista a cada vez que falava ao microfone. As palavras do locutor parecem ter acertado em cheio a quem costuma fazer da praça algo mais do que área de lazer. Boa parte das pessoas se afastaram das laterais da praça, onde dois carros disputavam quem ligava o som mais alto. “Isso é um desrespeito com os moradores. Espero que isso não aconteça a partir de hoje”, disse um morador do Jardim

das Acácias que preferiu não se identificar. Embora sofrendo rejeição da maior parte dos presentes à festa, o dono de um carro ligou o som bem alto atrás do palco. A alegria das poucas pessoas que curtiam o som elevado só foi interrompida com a chegada dos homens da 5ª Companhia, que determinaram que o som fosse desligado. Ao que tudo indica, não faltarão voluntários para fiscalizar a barulheira. O pintor Domingos José, morador do bairro, passeava todo contente com a família pouco antes do show começar e deu a entender que será o fiscal número 1 da praça. “Moro bem em frente. Não vou deixar que estraguem este espaço. Isso aqui está 10. Nota 10”, disse. ➧

Você já tomou seu shake hoje? Ligue para

(77)9971-8991 Elza Santos

jaumat.const@hotmail.com

PROMOÇÃO CONJUNTO CELITE DA LINHA VERSATO, MAIS DE 20% DE DESCONTO.


C I D A D E7

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

RAUL MARQUES

ÂAgora, a população tem que preservarÊ Um dos mais antigos moradores da Cidade, o agora comerciante José Marques, foi à inauguração com sua esposa Maristela Schwemgber Marques, e disse que a praça é muito bem-vinda. “Agora, a população tem que preservar. Não basta colocar o espaço à disposição de todos. Tem que existir harmonia e o próprio povo deve fiscalizar os atos de vandalismo com a ajuda da polícia e da guarda municipal”, disse José Marques, que começou a atuar em Luís Eduardo Magalhães como agricultor. A moradora do bairro Cidade Universitária Sirteceia Souza Santos foi mais uma que visitava a praça a repudiar o vandalismo. “Este espaço é importante para aumentar as áreas de lazer à disposição da população. Agora, é necessário que todos ajudem na manutenção do espaço”, disse Sirteceia Souza, que é vendedora. Outra que veio de um bairro distante e é a favor de que a população participe da manutenção da praça foi a dona de casa Ida Andrade. “Adorei o espaço. É bastante confortável e merece que todos respeitem este local como se fosse a continuidade de casa”, disse.

Esportes e Lazer. Foi um dia de festa, apesar dos problemas ao cair da tarde, atribuídos à Coelba, que só ligou a energia às 18h53, quando já estava bem escuro. Fora isso, o evento de inauguração da Praça Elenir da

O PREFEITO Humberto Santa Cruz discursa na inauguração, ao lado do Hildeberto Nunes, presidente da associação de moradores.

Silva Vargas foi marcado por atividades culturais e esportivas. Pela manhã, foi realizado um campeonato de futebol society, da categoria sub-20. O time campeão foi o Cruz Azul, que venceu a equipe Marabá, na final. Quando receberam o prêmio no palco, ambas as equipes fizeram bastante festa. Na disputa de vôlei de areia, a dupla vencedora foi Cláudio Balbino Júnior e Kleuber Monteiro. A razão para a movimentação esportiva na Praça Elenir Vargas está estampada em seu desenho. A praça conta com vasta área de lazer, incluindo duas quadras de vôlei de

areia e uma de futebol society, tal qual a Praça Gerson Hoffmann, inaugurada em setembro do ano passado. Dispõe também de playground, equipamentos para exercício físicos, três quiosques, banheiros e espaço que servirá de sede da Associação de Moradores do Jardim das Acácias. Se a primeira parte do domingo , foi esportiva, a partir da tarde a cultura e o lazer infantil tomaram conta da praça. Havia estandes para pintar a cara das crianças. Instrutores explicavam quais tipos de exercício são mais adequados para cada perfil. Participantes do programa Amigos do Peso

orientavam sobre a melhor forma de alimentar-se e reeducar o apetite.  Houve apresentações de grupos de música e dança, como o da Igreja Missionária Unida, todas muito bem orientadas pela professora Percia Gama, que gostou do novo espaço. Logo em seguida, veio a apresentação de dança de alunas da Escola Cezer Pelissari. Os dois grupos ganharam muitos aplausos da plateia, concentrada à frente do palco. Antes, apresentou-se a banda da fanfarra “Guerreiros do Oeste”, composta por crianças a partir de 8 anos de idade. ➧


8

CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012 FOTOS DE RAUL MARQUES

CRIANÇAS se diver tiram nos brinquedos e nos aparelhos de ginástica da Praça.

FAMILIARES de Elenir: o sogro Veriato Vargas, o filho Douglas Vargas, a filha Gabrielle

Vargas, a sobrinha Sara Vargas; ao fundo, o esposo Clênio Flavio Vargas.

ANTONIO CARLOS SANTANA

RODOLFO GALVANI NETO

SIRTECIA SOUZA SANTOS

GRUPO de dança da Escola Cezer Pelissari apresenta-se na festa de inauguração.

JOSÉ MARQUES

DOMINGOS JOSÉ

IDA ANDRADE

Um grande sonho realizado

da região. A empresa pensa em contribuir com o bem-estar de toda a comunidade e melhorar a qualidade de vida na Cidade”, disse. O primeiro discurso da noite, na cerimônia de inauguração, foi do vereador Ondumar Marabá, autor do Lei nº 032/2011, que deu nome à praça. Cercado de parentes da homenageada, como os filhos Douglas e Gabrielle Vargas, o vereador lembrou da luta de Elenir da Silva Vargas para vencer o câncer. “Ela ia de porta em porta, vendendo seu macarrãozinho, suas massas e indo sempre a Barreiras para se tratar”, lembrou. Ondumar contou que um dia Elenir o chamou para dizer que “não tinha mais macarrãozinho; não tinha mais ida a Barreiras”. Neste instante, o filho da primeira mulher a dar nome a uma praça da Cidade não resistiu e chorou. Também discursaram o secretário de Esportes, Valtair Fontana, em nome de todos os secretários municipais, e o vereador Sidnei Giachini, líder do Governo. O prefeito Humberto Santa Cruz reiterou

A alegria pode ser silenciosa e observadora. Pelo menos era isso que refletia a fisionomia do presidente da Associação de Moradores do Jardim das Acácias, Hildeberto Nunes. “Esta praça é um grande sonho. Um sonho antigo de um velho morador aqui do bairro. De um morador que viu o lugar crescer e expandir-se”, disse Hildeberto, quebrando o silêncio que mantinha, com um sorriso apertado ao ver as crianças se divertirem ao som da música “Ai, se eu te pego”, que tocava nas

caixas de som espalhadas em volta do palco. Hildeberto Nunes disse a Oeste Semanal que a Praça do Jardim das Acácias passa a ser um ponto de referência para a Cidade. “Queremos que esta praça seja ponto de encontro das famílias de Luís Eduardo. Das crianças. Dos adolescentes. Temos a maior praça da Cidade, talvez a maior do Oeste da Bahia, e vamos cuidar dela”. O gerente de comunicação da Galvani, Rodolfo Galvani Neto, disse que a construção da praça é a prova de que a Cidade e a empresa podem interagir. O gerente geral da Galvani em Luís Eduardo Magalhães, Antônio Carlos Santana, destacou que a interação da Galvani com a comunidade mostra que a empresa tem interesse em participar do crescimento da Cidade, tanto econômico quanto social. “A Galvani não está em Luís Eduardo Magalhães só para tirar recursos

que outras obras acontecerão no bairro, entre as quais a drenagem e asfaltamento das ruas, a inauguração de um novo posto de saúde e a construção de duas creches. Antes de o grupo se dispersar, o padre Jocleilson Sebastião da Silva, da Paróquia Santa Rita de Cássia, abençoou a praça, lembrando que aquele local deve servir de elemento agregador da paz, da esperança e da solidariedade entre os homens. A secretária de Saúde e interina de Assistência Social, Maira de Andrada Santa Cruz, segurou o Missal para que o padre pudesse ler alguns trechos sagrados durante a benção. As polícias civil, militar e Cipe-Cerrado não registraram problemas de segurança durante o evento. “Só houve alguns probleminhas causados por excesso de bebida”, disse um PM, enquanto olhava atentamente para o público que assistia ao show do grupo Cangaia de Jegue, estimado em 7 mil pessoas. A praça virou um grande salão de forró, dos mais tradicionais. ■


CIDADE9

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

FOTOS DE RAUL MARQUES

VEREADOR Alaídio Castilho

PROMOTOR Sávio Henrique Damasceno Moreira

PROCURADORA Danielle Almeida Luz

Alaído compromete-se a regularizar loteamento DA REDAÇ‹O vereador Alaídio Castilho de Moura comprometeu-se, em reunião realizada quarta-feira, 21, no Fórum de Luís Eduardo Magalhães, a arcar, antes do próximo dia 21 abril, com as despesas e ônus necessários para a regularização de um loteamento no bairro Independente. Acompanhado de seu advogado, Régis Ferreira, Alaídio prestou depoimento ao promotor de Justiça da Vara Cível, Sávio

O

Henrique Damasceno Moreira, sobre a venda de terrenos no loteamento. De acordo com inquérito aberto pela Promotoria, Alaídio teria vendido lotes de maneira irregular; alguns deles estariam em área pública. Com isso, os compradores não puderam passar os terrenos para os seus nomes e, assim, ficaram impedidos de pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A reunião, na sala da Promotoria, levou quase quatro horas. Pelo compromisso acer-

tado com o promotor Sávio Moreira, o vereador enviará ao Ministério Público cópias dos contratos firmados para a avaliação dos terrenos; cópia do levantamento cadastral, com a identificação dos compradores; e as Anotações de Responsabilidade Técnica (ARTs) do loteamento –, além do memorial descritivo do empreendimento. Também participaram da reunião a procuradora geral do Município, Danielle Almeida Luz; o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, Carlos

Augusto Prazeres Daniel, recém-empossado no cargo; e o presidente da Associação dos Moradores do Bairro Independente, Leandro Borges de Amorim. Segundo a procuradora geral do município, a dívida de IPTU dos lotes das quadras 132 e 139 soma R$ 30.653,25 , com desconto da política de transação de crédito do município, que vai até o dia 31 de maio. Nesse valor, não estão incluídos as multas pertinentes ao atraso, os honorários advocatícios e os juros de mora. O presidente da Associação de Moradores informou que os moradores não conseguiam, ainda, diante da falta de regularização, fazer obras para melhorar os imóveis, o que causou transtorno. “Você tem uma casa, um estabelecimento comercial, mas que não é seu. Está tudo sem o acerto final. Aí você quer fazer uma obra e não pode”, disse Leandro. O promotor agendou novo encontro entre as partes no dia 25 de abril, às 14 horas. O promotor fará assembléia no bairro, com os moradores, após o dia 25 de abril. ■


10 C I D A D E

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012 RAUL MARQUES

Corrida e shows no aviversário da Cidade

O PREFEITO Humberto Santa Cruz acompanha as obras da Operação Piloto

Começam as obras para o reordenamento do trânsito RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães deu a partida nas obras do projeto piloto para reordenar o trânsito na Cidade. As obras começaram na terça-feira, 20, no trevo que dava acesso ao bairro Santa Cruz pela BR 020/242. O prefeito Humberto Santa Cruz supervisionou pessoalmente o trabalho da equipe. “Agora, começamos a melhorar a questão da BR, que incomoda a todos em Luís Eduardo Magalhães”, disse, enquanto explicava ao operário que pilotava a retroescavadeira o que queria que fosse feito no local. Na quarta-feira, 21, foi a vez de acabar com o trevo, chamado de tridente, que dava acesso ao Centro, pela Rua Paraíba, trabalho também supervisionado pelo prefeito. Agora, só há uma pista ali para entrar e sair. Esta pista deverá funcionar, em breve, segundo o secretário de Segurança, Ordem Pública e Trânsito, Hugo Leonardo Tosta, como somente entrada, acabando com a mão dupla. Isso significa que, possivelmente, a Rua Paraíba só dará mão em direção ao Mimoso I. Pouco antes do horário do rush, operários estavam a postos, na terça-feira, 19, em frente ao trevo do Santa Cruz, prontos para colocar em prática o início do reordenamento do trânsito na Cidade. Uma equipe com camisetas da Guarda Municipal ajudava na colocação dos cones, ainda sem estarem fixados, na pista da BR. Guardas municipais estavam parados mais à frente. A operação teve ainda

A

o apoio de homens da 5ª Companhia da Polícia Militar e da Cipe-Cerrado. Mesmo assim, alguns motoristas, que iam no sentido Brasília da BR, insistiam em parar na rodovia e tentar dobrar à esquerda.

Falta de educação. A falta de educação dos motoristas foi vista pelos presentes, especialmente pelo prefeito e pelo secretário de Infraestrutura, Sérgio Verri, que também acompanhava a operação. Apesar de advertidos por alguns PMs, caminhoneiros insistiam em parar os veículos pesados no acostamento da rodovia. Motoristas de veículos menores tentavam cortar caminho pela grama do canteiro central que divide a BR da Avenida Enedino Alves da Paixão. O engarrafamento foi grande na rodovia. Mas o prefeito garantiu que, com as obras, “o trânsito vai fluir bem melhor”. Na quarta-feira, foi a vez do principal trevo da Cidade, o da Rua Paraíba ser posto abaixo. Desta feita, os transtornos foram menores na BR e maiores para quem vinha do Centro em direção à rodovia. Igual sistema foi adotado, embora o guarda municipal que tivesse dando apoio à operação – orientando os carros a pararem e seguirem – estivesse trabalhando sem qualquer cone que o protegesse. Todos os cones foram utilizados para impedir que qualquer veículo cruzasse as pistas do trevo enquanto as obras ocorriam. Muitas motos desrespeitavam a sinalização e não eram advertidas. O projeto de reordenamento do trânsito

em Luís Eduardo Magalhães inclui a construção de quebra-molas, com a divisão da pista com cones, que serão fixados, em cerca de um quilômetro, entre o trevo das Palmeiras, no entroncamento da BR-242 com a BR-020, e o Horto Florestal, pouco depois do Posto 90, onde funciona a Rodoviária da Cidade, em frente à Rua Rondônia. Diante deste quadro, o projeto prevê que quem trafegar pela BR no sentido Brasília ou Palmas e quiser acessar a rodoviária e o bairro Santa Cruz deverá se dirigir até o trevo das Palmeiras. Para quem trafega no sentido contrário, para Barreiras, e quiser acessar o centro da cidade, deverá retornar em uma rótula a ser implantada em frente ao Posto 90, utilizando parte do gramado que hoje é ocupado pela Praça Luís Eduardo Magalhães. Segundo Hugo Leonardo Tosta, as chuvas que caíram durante a semana impediram a construção de quebra-molas, o que deve ser feito nos próximos dias. Estão sendo providenciadas placas e sinalização para a área, que tem forte fluxo de tráfego entre 11h30 e 14h30. É também intenção do projeto mudar o hábito do motorista da Cidade que prefere usar a BR em vez das ruas dos bairros para ir de um lugar ao outro. Comerciantes e moradores da Avenida JK disseram que notaram maior fluxo de tráfego na Avenida JK desde quando a Prefeitura começou a mudar os trevos da Cidade. ■

O aniversário de 12 anos de emancipação de Luís Eduardo Magalhães, que ocorre nesta sextafeira, 30, será comemorado com solenidades cívicas, shows e minimaratona. De acordo com programação elaborada pela Prefeitura, na quinta-feira, 29, às 22 horas, na Praça Sérgio Alvim Motta (em frente à Igreja Matriz), haverá apresentação da Banda Brothers do Forró; às 2 horas da madrugada de sexta, show de Edu e Maraial. Na mesma praça, às 6h30 da sexta-feira, ocorrerá o Toque de Alvorada, seguido de hasteamento das bandeiras do Brasil, do Estado e do Município. Às 8 horas, terão início corrida de 5 mil metros e passeio ciclístico na Avenida JK. A partir das 19 horas, na Praça da Matriz, estão programados apresentações das bandas locais Redenção e Ministério Tribolado, além de show de grupo gospel ainda não definido. Na sexta-feira, 30, será feriado municipal.

Vagas no Sine/Luís Eduardo O SineBahia informa as vagas disponíveis em Luís Eduardo Magalhães: técnico em segurança no trabalho (uma vaga), trabalhadores rurais (20), supervisor comercial (1), operadores de caixa (4), serviços gerais/masculino (10), doméstica (1), polidor de automóveis (1), pintores de automóveis (2), encarregado de estoque (1), motorista de automóveis (1), serventes de obras (3), soldador (1), vigilantes (4), vendedor (1), pedreiros (2), caldeireiro (1), mecânico industrial (1), mestres de obras (4), serventes de 0obras (3), carpinteiros (2), classificador de grãos (1), mecânico de automóvel (1), faxineira/para residir em Roda Velha (1), gerente de armazenagem (1), técnico em informática (1).


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

11


12

CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

Nova secretária de Educação Verinha Stresser, pedagoga e especialista em Educação, tomou posse nesta sexta-feira, 23 LUCIANO DEMETRIUS

DA REDAÇ‹O uís Eduardo Magalhães já tem nova secretária de Educação. Tomou posse, nesta sexta-feira, 23, às 11h30, no Centro Administrativo, a pedagoga e especialista em Educação Verinha Stresser, que já trabalhava na Secretaria, desde a sua criação, há 12 anos, como conselheira e diretora. Verinha Stresser substitui Madalene Mariussi, que pediu demissão no último dia 15 em meio à greve dos professores, na qual entrou em conflito com o sindicato da categoria, que a havia indicado para o cargo, junto com cinco vereadores. A cerimônia de posse foi marcada pela ausência da ex-secretária. De acordo com Verinha Stresser, Madalene Mariussi ficou feliz com a sua escolha e desejou-lhe sucesso, mas preferiu não comparecer. Madalene é funcionária concursada e continua na Secretaria. O prefeito Humberto Santa Cruz disse a escolha da nova secretária ocorreu de maneira transparente e rápida, “o que nem sempre acontece na política”. A escolha, enfatizou, decorreu de uma solução de consenso entre diretores de escolas e profissionais da educação. O prefeito disse esperar que Verinha Stresser continue o trabalho efetuado por sua antecessora na Secretaria visando a melhorar o setor de educação e que “trabalhe para evitar que a política, ou melhor, a políticagem, atrapalhe a educação”. Verinha Stresser disse que chegou a Luís Eduardo Magalhães em 2000, e participou de uma equipe de cinco pessoas que trabalhou para a criação da Secretaria de Educação. “Pegamos a Cidade com 5 mil alunos matriculados na rede municipal e hoje temos 15 mil, em 29 escolas”, disse, acrescentando que com o crescimento acentuado do município “a educação não pode parar”. A Oeste Semanal, após a posse, a nova secretária disse que dará continuidade às mudanças em implantação na área de educação, decorrente de proposta apresentada em novembro passado pelos próprios profissionais do setor. As mudanças começaram a ser implantadas em fevereiro passado pelos sistemas de avaliação e recuperação de alunos, com a troca do sistema de ciclos pelo de série na educação básica. Ela acrescentou que a Prefeitura iniciará agora, passada a época de chuvas, um amplo programa de recuperação da parte estrutural das unidades educacionais, e que em breve vai inaugurar uma escola no Jardim dos Oliveiras e outra no local do antigo “buracão”, no Santa Cruz, ao lado de onde será construída uma grande praça, com recursos do PAC-Programa de Aceleração do Desenvolvimento, do Governo federal – a chamada Praça do PAC.

L

VERINHA Stresser e o prefeito Humberto Santa Cruz na cerimônia de posse. A nova secretária garantiu que não há falta de professores no município e que muitos se oferecem para vir trabalhar em Luís Eduardo. “Hoje mesmo já recebi quatro currículos”, disse. Verinha Stresser disse que em breve vai procurar os dirigentes do Sindicato dos Professores, que aderiu à greve nacional pelo novo piso salarial, apesar do fato de em Luís Eduardo os professores já receberem acima do piso. A secretária informou que o município conta com 900 professores, dos quais apenas 400 são filiados ao sindicato e poucos são atuantes. “Apenas 80 participaram de passeata de protesto durante a greve”, lembrou.

A escolha. O nome da nova secretária foi escolhido após reunião realizada terça-feira, 20, entre o prefeito Humberto Santa Cruz e diretores das escolas e creches da Cidade na sala de reuniões da Prefeitura. Na reunião, com 44 participantes, os próprios profissionais de ensino indicaram nomes para ocupar o cargo. Ao final, eles chegaram a dois nomes: os de Verinha Stresser e do diretor da Escola Amélio Gatto, no Santa Cruz, professor Aparecido Freitas de Oliveira. O prefeito levou a lista e posteriormente fez a escolha. A reunião fora convocada pelos diretores e pelo vereador Sidnei Giachini diante da urgência em se colocar alguém no cargo para substituir a ex-secretária Madalene Mariussi. A reunião aconteceu pela manhã e teve a adesão quase que total dos diretores das escolas municipais. Ficou clara a divisão que

existe entre os profissionais, a atuação do Sindicato da categoria e a administração. Em vários momentos, os professores chegaram a tocar em outros assuntos, como a questão do Plano de Cargos e Salários, uma das reivindicações do sindicato. “O plano está pronto e devo divulgar o aumento da categoria na próxima semana”, disse o prefeito, em alusão ao reajuste da categoria programado para este mês e um dos motivos que levou os professores locais a aderirem à greve nacional pelo piso de R$ 1.937. Os diretores, no entanto, retomaram a discussão em torno de quem iria suceder Madalene Mariussi. Cada professor presente tentou mostrar os prós e contras de cada nome, em um debate que chegou a ser acalorado. Foi preciso, diversas vezes, que o prefeito interviesse para evitar discussões paralelas. Um dos motivos que levou a ex-secretária a deixar o cargo foi a pressão feita pelo sindicato. Em carta aberta aos professores de Luís Eduardo Magalhães, cerca de 940, Madalene disse que não entendia como as mesmas pessoas que a conduziram ao cargo lutaram tanto por sua destituição. “Por várias vezes o presidente do sindicato chegou a mencionar que sabe que as reivindicações que faz  já são cumpridas, mas o que ele quer é brigar, quer dizer, por interesse pessoal e eleitoral, tem que incomodar”. Os que defendiam o nome de Freitas lembraram que ele fez um “excelente trabalho na escola no Santa Cruz e que poderia ser um excelente nome à frente da secretaria”. Os que defendiam Verinha Stresser mostravam-

-se claramente favoráveis à continuidade ao trabalho feito por sua antecessora, para quem a pedagoga era uma de suas mais importantes auxiliares. A assessora da Secretaria de Educação, Sonia Regina Pepino, lembrou que a vantagem de Verinha estava no fato dela já estar a par de todas as atividades da Secretaria e dos trabalhos exercidos pela classe, bem como dos problemas. Sonia Pepino lembrou que da mesma forma que o argumento de que o bom trabalho feito pelo professor Freitas servia para colocá-lo na lista dos então possíveis candidatos, também funcionava como ponto negativo. “A Escola Municipal Amélio Gatto sempre foi um desafio para a Cidade. Tirar o professor Freitas da direção agora pode trazer mais problemas para a gente”, disse. O vereador Sidnei Giachini tentou colocar em votação o nome dos dois, mas o prefeito Humberto Santa Cruz o fez desistir da idéia. “Não. Eu vou escolher. Os senhores elegeram os dois como aptos a serem secretários e a escolha é do prefeito”, disse. O prefeito oficializou a escolha de Verinha Stresser na quinta-feira, 22, às 9h30, quando chamou a pedagoga a seu gabinete para comunicar sua decisão.

Perfil. A nova secretária municipal de Educação, Verinha Stresser, é natural de Guarapuava, no Paraná, mas morou em Maringá, no mesmo Estado, até se mudar para Luís Eduardo Magalhães em 2000. Formada em Pedagogia e especializada em Educação, ela lecionou nos Colégios Marista e Regina Mundi, em Maringá. De 1993 a 2000, atuou na Prefeitura Municipal daquela cidade como diretora de Unidade Social da Fundação de Desenvolvimento Social. Verinha Stresser veio morar em Luís Eduardo Magalhães em 2000 e integrou a equipe responsável pela implantação da Secretaria Municipal de Educação. Começou a atuar como supervisora educacional em 2002. Após ser aprovada em concurso público para professora, passou a agir como coordenadora na área de Educação. Foi presidente do Conselho Municipal de Educação e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Neste último, exerceu a presidência, por duas gestões, em uma delas participando da implantação do Conselho Tutelar. Atuou na coordenação dos Conselhos Municipais. Em 2011, assumiu o cargo de diretora de Ensino na Secretaria de Educação. Foi também professora de ensino médio dos Colégios Mimoso do Oeste e Ângelo Bosa, nos quais lecionou filosofia, sociologia, português e história. ■


CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

13

RAUL MARQUES

Governador vem dia 9 inaugurar pronto-socorro DA REDAÇ‹O governador Jaques Wagner virá a Luís Eduardo Magalhães no próximo dia 9, para a inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), o primeiro pronto-socorro da Cidade. O agendamento foi acertado entre o governador e o prefeito Humberto Santa Cruz. O secretário de Saúde do Estado, Jorge Solla, também deverá estar presente à solenidade. O horário da inauguração ainda não foi definido. A inauguração do pronto-socorro, localizado na divisa dos bairros Mimoso I e Mimoso II, no Centro, deverá melhorar significativamente o atendimento à população. “A inauguração do pronto-socorro será um divisor da Saúde, antes e depois da UPA. A população vai sentir a diferença”, disse o prefeito Humberto Santa Cruz. O funcionamento da UPA também será etapa importante do novo modelo de gestão da Saúde, que vem sendo implantado pela secretária Maira de Andrada Santa Cruz. A UPA fará atendimentos de emergência dia e noite, retirando esses serviços do Centro

O

de Saúde Gileno de Sá Oliveira, no Centro, que passará a funcionar como hospital. Com 30 leitos e duas salas cirúrgicas, o Gileno de Sá só atenderá casos que exigem internação ou cirurgia. O paciente não permanecerá internado na UPA além de 24 horas. Não havendo alta, será encaminhado a outro hospital – o Gileno ou o Hospital do Oeste, em Barreiras. Além do pronto-socorro, a UPA terá consultórios médicos de clínica geral e pediátrico. Também foi incluída na unidade sala de emergência odontológica nas 24 horas do dia. O pronto-socorro, com 800 metros de área construída, custou R$ 1,3 milhão. O Ministério da Saúde entrou com R$ 1,050 milhão e a Prefeitura, com R$ 250 mil. A obra foi realizada pela WRF Construção e Incorporação. Os equipamentos custaram mais R$ 290 mil, financiados pelo Governo Federal.

bairro Vereda Tropical. Estão em construção o segundo posto no Jardim das Acácias, o segundo no Novo Paraná e unidade no Loteamento Aroldo da Cruz.

Postos de Saúde. Jaques Wagner também participará da inauguração de mais um Posto de Saúde na Cidade, localizado no

Centro Administrativo. O governador também poderá inaugurar o anexo do Centro Administrativo, se as obras forem

UNIDADES DE SAÚDE DO MUNICÍPIO SAÚDE BUCAL ● Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) Rua Paraná, 14, Quadra 21 Lote 14 – Centro.

MÓVEL DE URGÊNCIA ● Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Rua Dorival Caymme, Qd 89, Lote 35, S/N – Centro.

Cruz Rua Itabuna, Quadra 118 – Santa Cruz. ● Unidade de Saúde da Família Dr. Luís Gustavo Rosa Ferreira Rua Manoel Novais, Qd 32, S/N - Mimoso II. ● Unidade de Saúde da Família Buriti Rua Principal, S/N – Vila Buriti. ● Unidade de Saúde da Família Décio Marques Dias BR 020, Vila II – Assentamento Rio de Ondas.

UNIDADE MISTA ● Unidade Mista Dr. Gileno de Sá Oliveira

● Unidade Básica de Saúde Bela Vista Rua Oscar Doerner, S/N – Bela Vista.

Rua Paraíba, s/n, Quadra F – Centro. ESPECIALIDADES ● Policlínica Municipal de Saúde Rua Paraná, n° 13, Quadra 21, Lote 13B – Centro.

POSTOS DE SAÚDE ● Unidade de Saúde da Família Moacir Marchesan Rua São Francisco, Quadra 82 – Mimoso II ● Unidade de Saúde da Família Jardim das Acácias Rua da Sucupira, Quadra 107 – Jardim das Acácias ● Unidade de Saúde da Família Mimoso I Avenida Senhor do Bonfim, Quadra 137 – Mimoso I. ● Unidade de Saúde da Família Oscar Doerner Avenida Ayrton Senna, Quadra 93 – Santa Cruz. ● Unidade de Saúde da Família Oswaldo

● Unidade Básica de Saúde Novo Paraná BR 020 – Novo Paraná.

EM INAUGURAÇÃO ● Unidade de Saúde Vereda Tropical Rua Jequitiba, Quadra 8 B – Área Pública – Vereda Tropical. ● Unidade Pronto Atendimento (UPA) Avenida Brasília, esquina com Avenida JK - Centro

EM CONSTRUÇÃO ● Unidade de Saúde Aroldo da Cruz – Rua Gracialiano Ramos, esquina com Rua Cora Coralina - Loteamento Aroldo da Cruz. ● Unidade de Saúde Jardim das Acácias Avenida Tancredo Neves – Quadra D – Área Pública 78L. ● Unidade de Saúde Egon Riffel – Novo Paraná

INTERIOR da Unidade de Pronto Atendimento. concluídas a tempo. No anexo serão agrupados órgãos municipais que funcionam espalhados pela Cidade, com exceção da Secretaria de Infraestrutura. Também funcionarão no anexo unidades do Sebrae, do Retran, do Procon, do Ministério do Trabalho, de Alistamento Militar, do SAC e do Sine/BA. ■


14

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

15


16 C I D A D E

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

SEBASTIÃO NERY Depois do Muro

que a “Revolução de 1917” deu seus frutos. O comunismo sempre foi bom na oposição, onde precisava da liberdade para lutar e ruim no Governo, onde fazia a ditadura para ficar. A bandeira da União Soviética, que decidiu a batalha da Europa (sem Stalingrado e Leningrado, Hitler teria entrado em Londres como entrou em Paris), parecia que ia tremular de Moscou a Lisboa com os partidos comunistas, comandantes das batalhas contra o nazismo e o fascismo.

liderando a esquerda (o partido Socialista era pequeno e fraco, antes de Mitterrand. Se a França e a Itália tivessem virado, a Europa seria vermelha). E não foi porque os Estados Unidos, a Inglaterra e até a Alemanha derrotada, mas logo ressuscitada, jogaram dinheiro, muito dinheiro, para ganhar eleições e financiar governos. Mas não só e não principalmente. O grande muro que derrotou os partidos comunistas na Europa depois da guerra foi a política social: Previdência, saúde pública, educação gratuita para todos, segurodesemprego, auxílios e subvenções sociais de vários tipos, aposentadoria integral, pensões sem desconto. Os governos, os lucros capitalistas, para não perderem os dedos, entregaram os anéis de uma política social avançada (que até então só se conhecia na Suécia e na Noruega), por meio de partidos socialdemocratas e socialistas, mas em governos capitalistas. E foi assim que o comunismo, que havia comovido o mundo ganhando as batalhas de Leningrado e Stalingrado, mas também liderando os “maquis” da França, os “partiggiani” da Itália, as heróicas resistências da Espanha, Portugal, Grécia, perdeu a guerra do poder político.

Europa

Traição

Na Itália, em 48, o PC de Togliati perdeu as eleições por muito pouco. Na França, os comunistas ficaram a um passo do governo,

A grande crise que a Europa vive hoje é um grande crime, uma enorme traição, um brutal rompimento de pacto. Depois que se

BERLIM – O sarcástico, às vezes iracundo e quase centenário Bernard Shaw (nasceu na Irlanda em julho de 1856 e morreu em Londres em novembro de 1950), jornalista, político, teatrólogo e sobretudo filósofo do humor, encantou-se por uma bela mulher, que não queria nada com ele: - Dou-lhe um milhão de libras para dormirmos juntos. - Aceito. - Não, minha senhora. Um milhão é muito. Dou-lhe mil libras. - O senhor está pensando que eu sou o que? - O que a senhora é nós dois já sabemos. O problema é o preço. A “globalização”, esse novo Império Romano comandado pelos Estados Unidos, todo mundo já sabe o que é: um novo sistema financeiro internacional, dirigido pelos banqueiros, a serviço da especulação e dos lucros brutais. Resta saber o preço a ser pago por cada país.

Comunismo Dois carimbos marcaram o rosto e o túmulo do comunismo: “Cortina de Ferro” e “Muro de Berlim”. Tornou-se historicamente impossível separar, pela violência política, um continente que o tempo e os povos juntaram. Desde o Império Romano, aqui é tudo primo. O que Gorbachev e João Paulo II fizeram foi abrir uma janela que já cedia ao sopro dos ventos. Mas nem por isso foi menor a presença do comunismo na Europa no século passado. Os 70 anos foram mais poderosos pelo que obrigaram a fazer do que pelo que fizeram. Os bustos de Lenin, quase todos derrubados do lado de lá, deviam estar do lado de cá. Foi aqui, muito mais do que do no outro lado do muro,

AGENDA IPTU com desconto Termina na próxima sexta-feira, 30 de março, o prazo para o pagamento à vista do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) com desconto de 30% e fornecimento de internet gratuita. Para pagamento parcelado, o desconto é de 20%.

Mutirão contra câncer A Secretaria de Saúde de Luís Eduardo Magalhães informou que a quar ta edição do Mutirão Contra o Câncer de Mama, que seria realizado neste sábado, 24, foi adiado para melhor atender à demanda. A nova data ainda será estabelecida.

Baile do Chopp Será realizado no próximo dia 7 de abril, sábado de Aleluia, no Centro de Tradições Gaúchas Sinuelo dos Gerais, em Luís Eduardo Magalhães, o Baile do Chopp, com a apresentação da Orquestra Naruska. A baile começa às 22 horas. Informações e reser vas podem ser feitas pelo telefone (77) 3628.1154.

Olimpíada de matemática Estão aber tas até a próxima sexta-feira, 30 de março, as inscrições para a 8ª Olimpíada

Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2012). As inscrições podem ser feitas exclusivamente através do site www.obmep.org.br. competição nacional. A Olimpíada, promovida pelo MEC e pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, é voltada para os alunos dos anos finais do ensino fundamental das escolas públicas brasileiras municipais, estaduais e federais. Iniciada em 2005, a OBMEP vem crescendo a cada ano. Em 2011, cerca de 18,7 milhões de alunos se inscreveram na competição e mais de 98% dos municípios brasileiros estiveram representados.

Assembleia de servidores O Sinserplem (Sindicado dos Servidores Públicos de Luís Edaurdo Magalhães) convoca os funcionários públicos municipais para assembleia extraordinária nos próximos dias 26 e 27, a par tir das 14h, na sede do Sincidato dos Professores de Luís Eduardo Magalhães (Sinprolem), na rua Pernambuco, 55, sala E. Na pauta, o reajuste salarial de 2012.

Lembrete O IV Encontro Tecnológico da Lavrobrás será realizado na quinta-feira, 29, a par tir das 8h, na Fazenda Wustro, na região de Coaceral, em Formosa do Rio Preto. Mais informações pelo

viu tranqüilo com a derrubada do muro de Berlim e o fim das ditaduras comunistas do Leste, o sistema capitalista internacional, liderado pelos Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha e França, resolveu rasgar o pacto social do “Estado de Bem-Estar” que garantiu seu poder desde a guerra. Os governos, sobretudo na Inglaterra, Alemanha, França, Itália e Espanha, acharam que, não havendo mais o perigo do comunismo (nenhum Partido Comunista da Europa Ocidental tem mais de 10% dos votos), chegou a hora de tomar o que deram para ganhar. A receita é uma só: o “consenso de Washington”, a “globalização”, as agencias de risco, a cartilha desleal e canalha que o Fundo Internacional, o Banco Mundial e outras arapucas financeiras norte-americanas impõem hoje ao mundo inteiro. A Alemanha gasta 31% do Produto Interno Bruto (PIB) com “serviços sociais”: (Holanda 33,6%; Dinamarca 33,2%, França 30,9%, Bélgica 27,3%, Inglaterra 27,3%, Itália 25,8%, Espanha 24%, Suécia 23%, Portugal 18,3%, Grécia 16,3%. A Suécia gasta 63% do Orçamento). Sebastião Nery, baiano de Jaguaquara, é jornalista político. Foi comentarista do Jornal Nacional, colunista da Folha de S. Paulo e da Tribuna da Imprensa, correspondente de jor nais brasileiros em Moscou, Praga e Varsóvia. Fundou o jornal Politika no início dos anos 70, fechado pela ditadura militar. É autor de 19 livros, entre eles a antológica série Folclore Político. Nery foi também vereador em Belo Horizonte, deputado estadual na Bahia e deputado federal pelo Estado do Rio de Janeiro. Foi ainda adido cultural do Brasil na França e na Itália.

Informações para esta seção: oestesemanal@diariodooeste.com.br

telefone (77) 3628-1321. ● No próximo sábado, 31 de março, o cantor Tayrone Cigano se apresenta na Praça Luís Eduardo Magalhães, em frente ao prédio da Prefeitura, a par tir das 22h. Em 14 de abril, no mesmo local e também às 22h, será a vez de Silvano Salles subir ao palco. Ingressos (primeiro lote) a R$ 20,00 (pista) e R$ 30,00 (camarote). Mais informações pelos telefones (77) 3628-6162 ou 9996-7297. ● A Faculdade Arnaldo Horácio Ferreira (Faahf) está com inscrições aber tas para cursinho pré-vestibular, para concurso público da Caixa Econômica Federal (vagas para técnico bancário); para curso de pós-graduação em Direito, com início em abril (Direito Penal e Processo Penal; Direito Constitucional Aplicado; Direito do Trabalho e Processo do Trabalho); e para curso de MBA, com início em abril (Gestão de Negócios Imobiliários e da Construção Civil; Gestão Estratégica do Agronegócio; Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria; Gestão de Pessoas; Gestão Empresarial; Logística; Gerenciamento de Projetos). Informações pelo telefone (77) 36289900. ● A CCAA lançou a promoção “CCAA pelo mundo”, válida até o próximo sábado, dia 31. Trata-se de um concurso cujos prêmios são

um curso de inglês em unidade CCAA nos Estados Unidos ou Inglaterra , ou um curso de espanhol na Espanha ou México. São 20 dias de estudos, 10 de entretenimento e US$ 2 mil para gastar como quiser, com direito a acompanhante. Também serão sor teados 20 kits Apple com iPad, iPhone e iPod. Para concor rer, os interessados devem fazer uma aula demonstrativa ou um teste de nivelamento, ou se matricular ou rematricular em unidade do CCA. ● A banda Maskavo se apresenta no Quatro Estações Avenida, no dia 14 de abril, a par tir das 22h. Durante o evento também irão se apresentar o Dj Marciano Cristo e a dupla Léo e Lian. Mais informações pelo telefone (77) 3639-0399 ou 9993-9299. ● No dia 27 de abril, a par tir das 22h30, no Estação Gê, festa de dois anos da Vibe Original com a apresentação da dupla de Léo e Lian e dos DJs Marciano Cristo e Sabrina. Informações pelos telefones (77) 3628-2443 e 9950-8087. ● No dia 19 de maio será realizado o Bailão Country Sertanejo, a par tir das 22h30, no CTG Sinuelo dos Gerais, no Mimoso I. Apresentação da dupla Paulo César e Juliano e da banda Lord Company. Mais informações pelos telefones (77) 3628-2443 e 9950-8087. ■


C I D A D E 17

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

ACONTECE FESTA DE S‹O JOSÉ

FOTOS DE RAUL MARQUES

Dezenas de fiéis par ticiparam na segunda-feira, 19 de março, dia de São José, de procissão realizada nas ruas do Santa Cruz, pela Igreja que tem o nome do santo. Antes, foi celebrada pelo padre Ubirajara Oliveira (na foto da direita, à direita, ao lado do padre Cristiano Mayr, pároco da Igreja da Matriz),missa em homenagem a São José. O padre Ubirajara também ministrou a benção do Santíssimo Sacramento. No domingo, 18, mais de 1,5 mil pessoas haviam acompanhado o bingo promovido pela Igreja. Nem mesmo o tempo chuvoso afastou os par ticipantes do evento,

que teve como grande vencedor Kenni Henke, da empresa Boa Safra, que não estava no local. Ele ganhou uma moto CG 125, zero qulômetro. Kenni Henke comprou a car tela de número 1810 e fechou, por coincidência, com a pedra 18. O prêmio de R$ 3 mil foi para Luiz Cardoso de Oliveira, morador no bairro Florais Léa. A máquina de lavar roupa de sete quilos saiu para William Paixão Freire. O padre Ubirajara ficou bastante satisfeito com o resultado da festa. Foram vendidas 2.026 cartelas.

NOVA DIRETORIA DO CTG SINUELO DOS GERAIS

VISITA ¤ APAE

ARQUIVO PESSOAL

O Centro de Tradições Gaúchas Sinuelo dos Gerais de Luís Eduardo Magalhães (CTG) já tem nova diretoria, eleita no início deste mês. O novo patrão será Roni Klein e o vice-patrão João Kuffel. Carlos Cerentini será o segundo vice-patrão. Também integram a diretoria, que será empossada no Baile do Chopp, no próximo dia 7 de abril, Cleunice Brizola da Silva, primeira secretária; Francisco Bilhar, segundo secretário; Darcy Saueressig, primeiro tesoureiro; e Leôncio Silveira Filho segundo tesoureiro. O baile promete ser muito animado segundo garantiu a patroa do CTG, a advogada Greice Kelli Fontana Klein. Na foto, o casal Roni e Greice Klein.

DELEGACIA DE POL¸CIA EM REFORMA A delegacia de Polícia Civil de Luís Eduardo Magalhães passa por reformas. Segundo o delegado Rivaldo Luz, o objetivo é melhorar a estrutura funcional que inclui a área utilizada pelos funcionários e policiais e para o atendimento ao público. “Vamos dar uma melhorada nas partes elétricas e estrutural, acabando com os vazamentos de água. Vamos pintar as salas, colocar ar condicionado e comprar móveis mais confortáveis”, disse o delegado. A obra é financiada pela Prefeitura. “Este projeto não tem relação com o que foi enviado a Salvador”, disse Rivaldo, em alusão ao projeto de reforma da delegacia que seria bancado pelo município e pelo Conselho de Apoio à Segurança de Luís Eduardo Magalhães (Conseg-Lem). Por causa das obras, que serão feitas “a toque de caixa”, 50 presos foram removidos para as delegacias de Barreiras e de Formosa do Rio Preto. O delegado, agora, está em busca de parceria com a iniciativa privada para ajudar os policiais a se locomover para suas cidades. “Temos policiais aqui que moram em Feira de Santana, Juazeiro, Salvador e até em Petrolina. As passagens têm um valor bem elevado”, disse Rivaldo.

PREFEITURA MUNICIPAL

O prefeito Humberto Santa Cruz e a secretária de saúde, Maira de Andrada Santa Cruz, visitaram a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) na quarta-feira, 21, Dia Internacional da Síndrome de Down. A Apae atende na cidade a 163 pessoas com deficiência intelectual, 11 delas com Síndrome de Down. A diretora-executiva da Apae no município, Giliana Bonissoni, informou que o atendimento é feito por faixa etária e pela necessidade individual de cada aluno. O mais novo tem sete meses e o mais velho, 55 anos. A entidade recebe os alunos de segunda a sexta-feira, com turmas durante a manhã e a tarde.


18

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

AQUI SEU ANÚNCIO VENDE MAIS

Oeste Semanal tem abrangência de circulação inédita. Mais da metade da Cidade, com maior poder de compra, recebe o jor nal todos os sábados. O jor nal é entregue em 5.550 dos 10.427 endereços comerciais e residenciais de Luís Eduardo. É o único jor nal que você vê circular e lê porque tem o melhor conteúdo. Por isso, é a melhor mídia para seu anúncio. (77) 3628-0686 (77) 9988-0114, com Juliana


A G R O N E G Ó C I O 19

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

Entrega de fertilizantes Missão da Abrapa na sobe 3,8% no 1À bimestre Alemanha e Turquia Da Assessoria de Imprensa do Ministério da Agricultura s entregas de fertilizantes ao consumidor final encerraram o primeiro bimestre de 2012 com 3,590 milhões de toneladas, aumento de 3,8% em relação ao mesmo período de 2011, quando foram entregues 3,460 milhões de toneladas. Os dados são da Associação Nacional para Difusão de Adubos e foram apresentados na 59ª Reunião da Câmara Temática de Insumos Agropecuários na segunda-feira, 19, em Brasília. Em nutrientes, as entregas de fertilizantes nitrogenados (N) apresentaram evolução de 10,7%, passando de 541 mil toneladas em 2011 para 599 mil toneladas em 2012. O aumento pode ser explicado pela demanda das culturas de cana-de-açúcar, algodão, café, milho safrinha e arroz. No bimestre analisado, o total de nutrientes (NPK) alcançou 1,478 milhão toneladas, ou seja, evolução de 1,3% em relação ao mesmo período de 2011, quando foram entregues 1,459 milhão toneladas. Os fertilizantes fosfatados registraram aumento de 1,5%, passando de 401 mil toneladas em 2011 para 407 mil toneladas em 2012, com ênfase para as culturas de milho safrinha, algodão e plantio de cana de açúcar. Nos fertilizantes potássicos, foi registrada redução de 8,7%, passando de 517 mil toneladas em 2011 para 472 mil toneladas em 2012. O Estado do Mato Grosso concentrou o maior volume de entregas no primeiro bimestre de 2012, atingindo 742 mil toneladas, seguido de São Paulo com 568 mil toneladas, Minas Gerais com 497 mil toneladas e Paraná com 458 mil toneladas. A produção nacional do primeiro bimestre de 2012 foi de 1,462 milhão de toneladas, contra 1,364 milhão de toneladas em 2011, representando aumento de 7,2%. Registraram-se

A

Operações do programa ABC crescem 107,7% Da Assessoria de Imprensa do Ministério da Agricultura As contratações de financiamento registradas por meio do Programa ABC (Agricultura de Baixo Carbono) foram o destaque no financiamento rural no período de julho/2011 a fevereiro/2012. Os agricultores contrataram R$ 501,2 milhões no período, aumento de 107,7%, segundo dados do Ministério da Agricultura. O total financiado para custeio, investimento e

crescimentos de 26,5%, 10,7% e 13,2%, nas produções dos fertilizantes nitrogenados, fosfatados e potássicos, respectivamente. As importações de fertilizantes intermediários alcançaram 2,038 milhões de toneladas no primeiro bimestre de 2012, acusando redução de 26,8% em relação ao mesmo período de 2011, quando entraram pelos portos brasileiros, 2,738 milhões de toneladas. As reduções observadas foram de 28,3% nos fertilizantes nitrogenados, 14,7% nos fosfatados e 35,1% nos fertilizantes potássicos.

Defensivos. O balanço do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Agrícola (Sindag) apontou que o mercado de defensivos cresceu 11% de 2010 para 2011, passando de R$ 12,668 milhões para R$ 14,070 milhões. A projeção teria sido impulsionada principalmente pelas culturas de cana, algodão, café, trigo, soja e milho. O segmento de herbicidas foi beneficiado pelo crescimento nos mercados de cana, algodão, milho, soja, trigo e pastagem, mas teve baixa nas lavouras de café e feijão. Os fungicidas se destacaram nos mercados de algodão, trigo, café e soja, com queda para o feijão, batata, tomate, horticultura e fruticultura. Já os Inseticidas foram mais consumidos nos mercados de cana, trigo, algodão, soja, café, batata e tomate, com queda nos mercados de milho e feijão. Calcário. A produção de calcário no Brasil atingiu 28,774 milhões de toneladas em 2011, contra 24,748 do total de 2010, aumentando 14%. De acordo com projeção da Associação Brasileira dos Produtores de Calcário Agrícola (Abracal), em 2012 a produção deverá chegar a 29,5 milhões de toneladas. Minas Gerais, Paraná e Mato Grosso se destacam como os maiores produtores nacionais. comercialização no país foi de R$ 70,7 bilhões, sendo que a agricultura empresarial aplicou R$ 61,7 bilhões, no mesmo período. Também se destacaram os financiamentos do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) que totalizaram R$ 5,2 bilhões, distribuídos em R$ 3, 8 bilhões em operações de custeio e R$ 1,4 bilhão em investimento, ante os R$ 3,34 bilhões de igual período de 2010/2011, aumento de 55,6%. Outro destaque entre os financiamentos de investimento foram as contratações registradas através do Moderagro (R$ 285,9 millhões) e do Moderinfra (R$ 155,8 milhões), ambos com juro de 6,75% ao ano. O Programa de Sustentação do Investimento (PSI-BK), que contabilizou R$ 4,2 bilhões para a aquisição de máquinas agrícolas e estruturas de armazenagem, a juros de 6,5% ao ano, também foi considerado expressivo.

ABRAPA

Da Assessoria de Imprensa da Abrapa A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) fará missão comercial na Turquia na segunda-feira, 26. Comitiva da entidade, que já está participando, desde a última quarta-feira, 21, da Conferência de Algodão de Bremen (Alemanha), se encontrará com industriais têxteis locais na cidade de Kahramanmaras para um seminário sobre a produção e a qualidade do algodão brasileiro. Os convidados também assistirão a um vídeo institucional da Associação e receberão uma cópia em inglês do livro A Cadeia do Algodão Brasileiro: Desafios e Estratégias. “A Turquia é um mercado importante de muito potencial. Vamos até lá para estreitarmos nossas relações com eles”, afirma o presidente da Abrapa, Sérgio De Marco. Ele informou que em 2011 a Turquia foi o 4º maior comprador de algodão do Brasil. “Foram 62.013 toneladas exportadas para os turcos no ano passado. Neste ano eles já compraram 2.381 toneladas de fibra”, disse. A comitiva da Abrapa é formada, além do presidente De Marco, pelo vice João Carlos Jacobsen e pelos presidentes e representantes das entidades estaduais: Almir Montecelli (PR), Ronaldo Spirlandelli (SP), Carlos Inácio Urban (MG), Darci Boff (MS), Isabel da Cunha (BA) Milton Garbugio (MT) e Paulo Aguiar (MT). Também acompanha a missão o Assessor para Marketing Internacional Andrew Macdonald.

Bremen. A conferência de Bremen termina neste sábado, 24. Houve programa-

SÉRGIO De Marco chefia a delegação ção intensa de palestras, seminários e mesas-redondas sobre temas relacionados à cotonicultura, como qualidade, padronização HVI, sustentabilidade e tecnologia. Na quinta-feira, 22, o coordenador do Grupo de Trabalho de Qualidade da Abrapa, Hélvio Fiedler, participou do Painel de Discussão “Demandas e tendências em testes de Instrumento de Algodão”. Crhistopher Ward, representante da Abrapa no Social Environmental and Economic Performance (SEEP/ICAC), participou do Painel “Produção de Fibra Responsável”, na quinta-feira, 23. “O evento de Bremen traz uma carga teórica e técnica muito importante para nós, cotonicultores. É um aprendizado diferente a cada ano”, disse o presidente da Abrapa.

Bancos são incentivados a ampliar financiamento rural Daniel lima Agência Brasil Brasília – Por meio de circular publicada na terça-feira, 20, o Banco Central (BC) ampliou os incentivos ao crédito rural. Pela medida, os bancos poderão abater do depósito compulsório à vista operações de financiamento ao setor, incluindo a pecuária. Os empréstimos ao setor rural podem ser descontados do percentual que as bancos estão obrigados a recolher ao BC. De acordo com a autoridade monetária, a medida poderá liberar até R$ 3 bilhões em financiamentos para

a agricultura e pecuária. O prazo máximo das operações também foi ampliado, de 30 de junho para 30 de setembro de 2012 e agora inclui o setor pecuário e todas as safras, segundo o BC. Anteriormente, a medida só atingia recursos liberados para a safra do Nordeste, a safra de inverno e a safrinha. A decisão do BC altera a Circular nº 3.573, de 23 de janeiro de 2012, que dispõe sobre a dedução de valor vinculado a financiamentos de crédito rural de custeio agrícola para fins de cumprimento da exigibilidade de recolhimento compulsório sobre recursos à vista. ■

TRANSPORTES

Silobag Ipesa - Peças originais - Implementos agrícolas em geral 77 3628-4780 - 3628-9605 - 3639-0189 Rua Kiichiro Murata, Q. 28 - L. 04 e 21 Jardim Imperial - LEM - BA Email: campoestemb@uol.com.br

COMERCIALIZAÇÃO E TRANSPORTE DE GESSO AGRÍCOLA E CALCÁRIO. TRANSPORTE DE ALGODÃO E SOJA. (77) 3628-2317 transcerrado@uol.com.br

(77) 3628-0324 comercial@transcerrado.com.br


20 C I D A D E

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012 GILVAN PRADO

POLICIAIS militares revistam o Honda abandonado pelo bandido Roberto Carlos Gomes na rua Morro do Chapéu, esquina com a Avenida Airton Senna, no Santa Cruz, na segunda-feira, 19.

Matador da família Kieling é morto pela PM CARLOS SAMPAIO/O EXPRESSO

DA REDAÇ‹O oberto Carlos Gomes, de 42 anos, morreu, em tiroteio com policiais de 5ª Companhia da Polícia Militar, no Jardim das Oliveiras, por volta das 11h30 de terça-feira, 20. Roberto Carlos era foragido da delegacia de Polícia de Barreiras. Havia sido condenado por tráfico de drogas e pelo assassinato de Guerino Kieling, 62, e de sua filha Lisi Kieling, 37, em julho de 2010, em uma fazenda no Anel da Soja, em Luís Eduardo Magalhães. Roberto Carlos é o mesmo homem que na segunda-feira, 19, estava em um Honda Civic preto, placa de Brasília JGZ 9457, e escapou de perseguição cinematográfica efetuado por policiais militares, com troca de tiros, no Santa Cruz, por volta das 17h30. As suspeitas de que Roberto Carlos fazia parte de um grupo que abastece a cidade de drogas continuam. “Como ele conhecia a Cidade, nada mais natural do que isso seja possível”, disse um PM. Roberto Carlos foi encurralado por policiais militares no Jardim das Oliveiras pela manhã, após a central de radiopatrulhamento receber denúncia de que uma pessoa havia entrado em uma residência portando arma de fogo. Estava armado, com um revólver Taurus, 38, com seis projéteis. Ele tentou atirar contra os policiais, mas foi alvejado com um único tiro e morreu ao ser levado ao posto de saúde local. Duas viaturas participaram da ação policial. Roberto Carlos Gomes era natural de Poço Redondo, em Sergipe, e iria completar 43 anos no próximo dia 22 de abril. Segundo relato de testemunhas, ele teria procurado abrigo na casa da ex-mulher, que mora no Jardim das Oliveiras, após a fuga da véspera, no Santa Cruz. De acordo com populares, a ex-mulher vinha sendo assediada por ele.

R

ROBERTO Carlos Gomes, quando de sua prisão em 2010. Policiais civis foram à casa da ex-mulher do morto ver se encontravam pistas sobre o tráfico de drogas da região.

Tiroteio no Santa Cruz. Na segundafeira, 19, ao notar que ia ser abordado por policiais militares, no Santa Cruz, Roberto Carlos Gomes, que estava em um Honda Civic preto, fugiu após atirar contra os PMs. A troca de tiros assustou os moradores do bairro.

No final da Rua Morro do Chapéu, próximo ao Rio de Pedras, o homem abandonou o veículo, voltou a atirar contra os PMs e entrou em um matagal. Ele foi novamente perseguido, desta vez a pé, por policiais militares e da Cipe Cerrado, que já havia sido acionada. A perseguição prosseguiu noite adentro, sem sucesso. No carro, levado para a Delegacia de Polícia Civil de Luís Eduardo Magalhães, não foram encontradas drogas. ■

O CASO KIELING O agricultor Guerino Kieling, 62, e sua filha Lisi Kieling, 37, também agricultora, foram assassinados em 14 de julho de 2010, na Fazenda Kieling, no Anel da Soja, em Luís Eduardo Magalhães. O crime ficou conhecido como “O Caso Kieling”. Os principais acusados de planejar o assassinato foram os filhos de Guerino e irmãos de Lisi, Nilso Kieling, 44, e Celso Kieling, 40. Guerino foi morto a marretadas e pauladas e Lisi com tiros no peito e no queixo. A dona de casa Leonilda Maria Kieling, 67, esposa de Guerino e mãe de Lisi, ficou refém dos pistoleiros por dois dias no sítio de Paulo Luís Oliveira Filho. Em 16 de julho, Leonilda foi deixada pelos matadores em Luís Eduardo Magalhães. Somente neste dia é que a polícia foi avisada do duplo assassinato. Após encontrar os corpos, os policiais deram início à investigação. Leonilda dizia não acreditar que os filhos tivessem envolvimento no caso, afirmando que eles também eram vítimas. Os dois filhos suspeitos de participação no crime tinham relacionamento abalado com o pai havia oito anos. Os dois filhos foram denunciados por dois dos executores, Roberto Carlos Gomes e Damião Bispo da Silva, presos à época do crime. Eles afirmaram que receberam dos dois irmãos R$ 3 mil de adiantamento e que receberiam outros R$ 500 mil em máquinas agrícolas pelos assassinatos. Segundo os matadores, a mãe dos irmãos suspeitos, Leonilda Maria Kieling, foi poupada a pedido dos supostos mandantes. O terceiro matador foi o agricultor Paulo Luís Oliveira Filho, 39 anos. A Polícia de Luís Eduardo descobriu que ele estava preso na cadeia de Vila Bela da Santíssima Trindade (MT), a 540 km de Cuiabá, na fronteira do Brasil com a Bolívia. Paulo Oliveira Filho foi recambiado para a Delegacia de Luís Eduardo na quarta-feira, 6 de abril de 2011.


CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

Três são esfaqueados e um morre em hospital DA REDAÇ‹O rês homens foram esfaqueados em dois bares – um no Santa Cruz e outro no Mimoso II - e em uma avenida, também no Santa Cruz, entre o domingo, 18, e a quarta-feira, 21. Um deles morreu no dia seguinte, após ser atendido no Hospital do Oeste, em Barreiras.

T

● Encontrado esfaqueado no Santa Cruz,

na noite de terça-feira, 20, o ajudante de pedreiro Jarbas de Souza Santos, de 29 anos, morreu na quarta-feira, 21, após ser atendido no Hospital do Oeste, em Barreiras. Jarbas Santos havia sido encontrado no chão da Avenida Ayrton Senna, próximo ao mercado municipal de Luís Eduardo Magalhães. ● O vendedor Teorsimar Lima Coelho foi

esfaqueado em um bar na Rua Francisco Fracário, no Mimoso II, na manhã de quartafeira, 21. Segundo testemunhas que estavam no bar, perto da Bunge, Teorsimar começou a discutir inflamadamente com um amigo, ainda não identificado, quando eram 8 horas. Ensanguentado, o vendedor foi atendido por uma viatura do SAMU e levado diretamente

Dois mercados são assaltados Um mercado na Rua Rui Barbosa, no Centro da Cidade, foi assaltado por volta das 11h30 de domingo, 18, por dois homens que estavam em uma moto Broz azul e uma Honda CG 150 preta, ambas de placas não anotadas. Os homens estavam armados e chegaram a agredir quem estava no interior da loja, inclusive o pai do dono do estabelecimento. O dono e seu pai pediram para não ser identificados. Os bandidos levaram R$ 400 em dinheiro, dois celulares – um Motorola e um Nokia - e fugiram em direção ao Santa Cruz. Segundo policiais, o comerciante estava muito assustado com o ocorrido e com a agressividade dos ladrões. ● O Mercado Rio, na Avenida Salvador, no

Mimoso I, na qual está localizada a Delegacia de Polícia de Luís Eduardo Magalhães, foi assaltado por volta das 19 horas de sábado, 17, por dois homens em uma moto de placa final 2973. O modelo da motocicleta e as letras da placa não foram anotados. Segundo testemunhas, os dois homens, que estavam armados,

para o Hospital do Oeste, onde, após a sutura, foi liberado. Quando Teorsimar estava registrando queixa na delegacia de Polícia Civil de Luís Eduardo Magalhães, por volta das 19 horas, voltou a passar mal e foi levado por policiais ao Centro de Saúde Gileno de Sá, onde foi medicado. ● Alailton Souza dos Santos, de 22 anos,

levou três facadas, por volta das 17 horas de domingo, 18, em um bar na Rua Morro do Chapéu, no Santa Cruz. Segundo policiais militares que estiveram no local, Alailton já havia se desentendido em outras ocasiões com o autor das facadas, Reginaldo Pereira dos Santos. Reginaldo esfaqueou Alailton duas vezes na barriga e uma vez na nuca e fugiu em seguida. A polícia chegou a vasculhar a casa de Reginaldo e encontrou uma trouxinha de maconha escondida dentro de um colchão. Policiais militares fizeram busca na Rodoviária à procura de Reginaldo que, segundo informações, tentaria sair da Cidade de ônibus, mas não o encontraram. Alailton foi medicado, primeiramente, na maternidade Gileno de Sá e, depois, encaminhado para o Hospital do Oeste, em Barreiras.

saltaram da moto e levaram R$ 200 que estavam nos caixas do mercado e fugiram.

Preso com quatro pedras de crack José Roberto Macedo da Purificação foi preso com quatro pedras de crack na noite de terça-feira, 20, após colidir seu Santana bege, placa BHJ 2168, de Riachão das Neves, na traseira do Monza, dirigido por Luciano Pereira da Anunciação, placa de Tocantins, KCO 8852, na Rua Paulo Afonso, no Santa Cruz. Segundo o Registro de Ocorrência Policial da 5ª Companhia da Polícia Militar, José Roberto apresentava comportamento estranho, o que chamou a atenção dos policiais.

Preso com arma queria matar rival Equipe da 5ª Companhia da Polícia Militar prendeu na terça-feira, 20, dois homens na

Avenida Ayrton Senna. Um deles, o ajudante de pintor Cleber Alves de Almeida estava com um revólver, calibre 38, com quatro balas. Ele disse aos policiais que “mataria um rival”, em um caso passional. O outro preso foi João Paulo da Silva, de 26 anos, que acompanhava Cléber na motocicleta Biz, C 100, de placa NZB 2871. Os dois estavam com os documentos da moto, em nome de uma mulher. Apresentados aos policiais civis de plantão na Delegacia de Luís Eduardo Magalhães, os dois foram autuados por porte ilegal de arma e presos.

Baleado ao andar pelo Mimoso II O auxiliar de serviços gerais Ailton da Rocha foi baleado quando estava caminhando na Rua Alfredo Incense, no Mimoso II. Ailton foi atingido por vários disparos feitos por um homem desconhecido, por volta das 21 horas de domingo, 18. O atirador estava em uma moto de placa não anotada. O fato aconteceu perto de uma panificadora. Ailton, segundo informações da polícia, já fora detido algumas vezes por porte de drogas e suspeita de homicídio. Não há pistas de quem efetuou os disparos. Ailton foi removido para o Hospital do Oeste.

Ladrões arrastam cofre por 110 metros A empresa TVS Agroempreendimentos, que fica na Rua Rio Grande, no Santa Cruz, foi furtada entre a noite de domingo, 18, e a manhã de segunda-feira, 19. O responsável pela empresa, Natal Rodrigues, disse que ao chegar às 7h30 de segunda-feira deu pela falta do cofre e deparou-se com os equipamentos de segurança danificados, entre os quais as câmeras de vídeo, os sensores e o alarme. O cofre, bem pesado, foi encontrado arrombado, em um terreno a cerca de 110 metros da empresa, ao lado de duas picaretas, segundo informações de policiais que estiveram no local. “Primeiro, deve ter sido um grupo de homens, já que o cofre era bem pesado. Depois, eles deixaram as ferramentas distantes da empresa para poderem arrombar o cofre sem serem vistos”, disse um policial. Segundo consta no Boletim de Ocorrência, foram furtados documentos de vários veículos e um cheque do banco Bradesco no valor de R$ 15 mil.

Atingido por peça de caminhão na BR Douglas Ramos foi atingido na cabeça por

Quem mora aqui deve votar aqui.

uma peça que se soltou de um caminhão, na BR 020/242, na altura da Bahia Farm Show. Ele estava na garupa da moto NZN 7250 no sábado, 17, por volta das 19 horas, quando sentiu o impacto. O condutor Ailson da Silva Costa parou a moto Honda Pop 100 no acostamento, para atender o amigo, que foi medicado no Centro de Saúde Gileno de Sá. O motorista do caminhão não parou para socorrer Douglas.

Polícia encontra picape roubada Foi recuperada por homens da Polícia Militar, na manhã de quarta-feira, 21, a picape F 1000 amarela que havia sido roubada na noite anterior do agricultor Elizeu Pedro Gargen, em frente à sua residência, na rua Castro Alves, no Centro. O veículo foi encontrado próximo à Galvani, em uma das ruas transversais do Jardim das Acácias. Ao perceber a aproximação dos policiais, o ladrão abandonou o veículo e fugiu.

Ficou sem a mala na Rodoviária Elenildo José Anjo ficou sem os seus pertences na Rodoviária de Luís Eduardo Magalhães. Era madrugada de sábado, 17, quando Elenildo, que aguardava seu ônibus, deu pela falta de uma mala cheia de pertences não declarados no Registro de Ocorrência Policial (Rop) da Polícia Militar. Elenildo também não informou na Rop para onde ia. Policiais avisam que os passageiros devem tomar cuidado com sua bagagem na Rodoviária, já que é comum o furto de malas. ■

CÍVIL CRIMINAL TRABALHISTA AMBIENTAL EMPRESARIAL

MÁRIO MACHADO JÚNIOR Rua Paraná 455 Grupo 203/204 Ed. Ana Luisa Centro - Luis Eduardo Magalhães - BA Tel.: 77 3628.0007 e-mail mmj.advs@hotmail.com site: http://mmjadvs.jur.adv.br

ENTO NASCIM REDO F L A LUIZ 0000 000000 000000 954 17/09/1

21

205

35

011 26/10/2

HÃES MAGAL UARDO D E ÍS LU

Transfira seu título de eleitor para Luís Eduardo Magalhães. Colaboração de Oeste Semanal à campanha Morador em Lem, Eleitor em Lem.


22

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

SOCIEDADE TIZZIANA OLIVEIRA tizzianaoliveira@diariodooeste.com.br

Cirque Du Soleil

terça-feira, 13, às 20h, a visita de Divo Waldemar Weber Rucker, ex-presidente, e Edy Rucker, do Clube Tucumã de Três Passos (RS). As reuniões do Lions Clube ocorrem de 15 em 15 dias, nas terças-feiras à noite.

Aniversariantes Stephanie Gabriela Motta, filha de Jerônimo Motta e Edinete Conceição, completou três aninhos na quinta-feira, 15. O aniversário foi comemorado no domingo, 18. O tema escolhido para a festa foi de “Moranguinho”.

CRISTHIANO Cechet, Meriane Augustin, Juliane Cechet, Anderson Kölln, Patrícia Meurer,

Thadeu Sousa, Bruna Ullerich, Suélen Cristina e Betina Schwengber risthiano Cechet, Meriane Augustin, Juliane Cechet, Anderson Kölln, Patrícia Meurer, Thadeu Sousa, Bruna Ullerich, Suélen Cristina e Betina Schwengber aproveitaram o final de semana para passear em Brasília. Eles assistiram ao espetáculo “Varekai” , do Cirque du Soleil, no sábado, 17, no ParkShopping, e retornaram no domingo, 18. O novo espetáculo da companhia dura duas horas, em dois atos. Os ingressos custam de R$ 70, meiaentrada, a R$ 395, no setor Premium. Cerca de 400 pessoas de 23 nacionalidades diferentes trabalham no show. Mais de 600 peças de roupas são utilizadas em cada apresentação. A desenhista de moda de Brasília Gisele Silveira foi selecionada para trabalhar na equipe. Quatro capitais brasileiras ainda deverão receber o Varekai: Recife, a partir da sexta-feira 30 de março; Salvador, em 3 de maio; Curitiba e Porto Alegre, estas em data ainda a definir.

C

● Gustavo Chiaramonte e Juliana Remolli prepararam no sábado, 17, uma festa em sua residência para comemorar o quinto aniversário da filha Rafaella, com o tema “Enrolados”. A irmã Manuella também prestigiou a festa, bastante animada. A família mora em Luís Eduardo há quatro anos, vinda de Ribeirão Preto (SP). ● Renato Palma comemorou seu aniversário na terça-feira, 20. Josiane Leineker na quarta-feira, 21. Sidnei Willms e Vanda Sulzbach na quinta-feira, 22. Rodrigo Morais comemora neste sábado, 24; Edson Augusto Wisniewski, neste domingo, 25. ➧

Nova moradora

Em Floripa

Luís Eduardo Magalhães tem nova moradora. É a advogada Fernanda Maria Silva, natural de Monte Alto, em São Paulo, que veio para trabalhar no Oeste da Bahia.

Luci Angela Gatto, seu marido Clair Gatto e o filho Alexandre retornaram no domingo, 18, de viagem a passeio a Florianópolis, iniciada na terça-feira, 13.

Leila e Gleivon

Lions

BENÇÃO. O padre Jocleilson Sebastião da

Leila Ferreira e Gleivon Rodrigues, proprietário da Casa da Ferramenta, casam-se no próximo sábado, 31, às 18h30. A cerimônia religiosa será realizada na Igreja Santa Terezinha, no Centro Histórico, em Barreiras. Os noivos receberão os convidados no Espaço Gabriel.

O Lions Clube Mimoso do Oeste, em Luís Eduardo Magalhães, recebeu em sua sede na

Silva e a secretária Maira de Andrada Santa Cruz, na benção da praça do Jardim das Acácias.

No Nordeste Talita Praisler, fisioterapeuta, e seu noivo Marcio Junior Balest, odontólogo, retornaram na terça-feira, 13, de viagem ao Nordeste iniciada no sábado, 3. Eles conheceram Natal, Porto de Galinhas (PE), Maragogi (AL) e Maceió.

VALTER Rucker, Valdete Rucker, Ronaldo Francisco, Edy e Divo Weber Rucker

TALITA Praisler e Marcio Junior Balest em

Porto de Galinhas

CLAIR, Luci e Alexandre Gatto

FERNANDA SILVA

RAFAELLA RODRIGUES

PING-PONG LETICIA DELA LÍBERA Advogada Por que Luís Eduardo Magalhães? Eu e minha família viemos morar na Cidade pela transferência do meu marido para cá. A maioria das esposas de engenheiros agrônomos deve entender o que eu digo (risos).   Na sua vida, quais foram às chegadas mais felizes? Da minha princesa, a Laura.   Qual foi o lugar mais interessante ao qual foi em 2011? Lençóis. Fiquei completamente encantada com as belezas naturais do lugar.    Por que sua profissão? Eu acredito na formação jurídica não só como um meio profissional, mas também como um caminho para te ensinar a ser cidadão.   Com que personagem de cinema se identifica? Julia Roberts, em especial Erin Brockovich, em filme com o mesmo título. Como você se vê em dez anos? Desejo estar mais madura, saudável e realizada com minha família e meu trabalho.   Inspiração: Minha mãe me inspira todos os dias.    Um dia especial: O dia 29 de junho de 2008, quando São Pedro me abençoou com a chegada da Laura.   Saudade: Dos amigos que fiz por onde passei e dos meus pais, que moram na minha cidade natal.   Livro: O último que li foi o “Guia politicamente incorreto da História do Brasil”, de Leandro Narloch.   Filme: Curto muito o cinema nacional.   Que lugares gostaria de conhecer? Peru. Mas a lista é praticamente interminável.   Medo: Do ser humano continuar se destruindo até o fim.   Comida preferida: A baiana.   Pessoa: Meu marido, Mauro.  Arrependimento: De não ter aproveitado mais os lugares em que morei.   Não Vive Sem: Água e café.   Tecnologia: Ou você aprende a lidar com ela ou fica alienado.  Futuro: Pertence a Deus e a nossa vontade de realizar, modificar, iniciar, finalizar... viver.   Frase: “Desejo que você tenha a quem amar, e quando estiver bem cansado, ainda exista amor para recomeçar.”  Luís Eduardo Magalhães precisa de: Uma gestão pública mais eficiente e eficaz. Mas falando de questões mais palpáveis e imediatas, acredito que o problema do trânsito é o que precisa ser resolvido já. 


SOCIEDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

A festa dos Murata O empresário Fernando Murata reuniu parentes e amigos para comemo-

rar seu aniversário, no sábado, 17, em sua residência. A festa teve como tema uma das paixões de Murata: o Sport Club Corinthians, de São Paulo. Os convidados foram servidos por uma equipe de garçons contratada para o evento. No jantar foram servidos churrasco, carne de porco, acompanhamentos e comida

japonesa. Estiveram presentes, entre outros, o prefeito Humberto Santa Cruz e a secretária de Saúde, Maira de Andrada Santa Cruz; os empresários Jaudimir Iopp, da Jaú Materiais de Construção; Milton Vogt, da JK; Marçal Tsukamoto, da Bella Vista Imóveis; Jair Francisco, da New Holland; e Pedro

23

Hersen, da CampOeste; o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, Vanir Kölln; e o presidente da Acelem, Carlinhos Pierozan. Também compareceram pioneiros da Cidade, que chegaram à região no início dos anos 80, entre os quais o casal Minoru e Emiko Ueda e Oswaldo Paganski. FOTOS DE RAUL MARQUES

O PREFEITO Humberto Santa Cruz, Luiz Barcelos e Milton

Vogt, que aniversaria neste sábado, 24

NA FOTO, Angela Murata Tsukamoto; Mitiko Murata; Lincoln Murata com a neta Vanessa Tsukamoto no colo; Fernando Murata, com o filho Henry Ichiro Murata; Rubenia Nascimento Fonseca; Cleuzenir Correa Cintra e Pacífico Murata.

LONI Vogt, Ida Barcelos e Maira de Andrada Santa Cruz

PEDRO Celso dos Santos, Jaudimir Iopp e Talvani Chiapetti

MARÇAL Tsukamoto e Vanessa

CARLINHOS Pierozan

LOURDES Kölln, Lúcia Francisco, Ana Vieira e Nadir Paganski

JAIR Francisco e Pedro Hersen

CARLOS Cerentini e Vanir Antonio Kolln

O CASAL Minoru e Emiko Ueda

ZILDA Maróstica e Marilde Iopp

NEREIS Ferreira e Marli Cenci

RAISSA Hersen e Manoela Buzanello

MILTON Queiroz, Oswaldo Paganski e Rosani

Saggin

SOLANGE Arita e Fabiane Akemi Vogt

A CRIANÇADA Isabela Vogt, Thiago LUANE Pedrita e Rildo Luz

ROGÉRIO Buzanello e Marcia Luz

DAYSE Pierozan e Sonia Kuffel

Tsukamoto, Kelli Keith, Vanessa Tsukamoto, Kamila Hikari e Henry Murata


24

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

SOCIEDADE

Os 90 anos da senhora Crescência Lauck Crescência Catarina Lauck, descendente da família Brandt, natural de Montenegro (RS), na quinta-feira, 22, comemorou seus 90 anos em uma bela festa no Hotel Sant Louis.

A festa começou com missa e teve show do cantor Amado Batista. Crescência era casada com Albano Pedro Lauck, a quem conheceu aos 20 anos, no hospital em que trabalhava como enfermeira. Depois de um ano e meio de namoro, os dois casaram-se no dia 4 de setembro de 1943. O casal teve nove filhos: Romeu, Renato, Valeria, Loiva, Jacob, Jorge,

José Alberto Lauck (já felecido), Maria e Angela. Em 1986 a família mudou-se para Luís Eduardo Magalhães, então “Mimoso do Oeste”, trazendo oito dos nove filhos; não veio apenas o mais velho, Romeu, que morava em Primavera do Leste (MT). Crescência tem 25 netos, 33 bisnetos e um tataraneto. Todos os netos e bisnetos lhe entregaram

uma rosa. Albano e Crescência são padrinhos da Igreja Nossa Senhora Aparecida (Matriz), onde por dois anos Albano foi presidente da comunidade cristã. A aniversariante esbanjou felicidade e disposição ao lado de todos. Foi uma noite de celebração à vida, à longevidade com saúde, e de homenagens a uma mulher especial. ➧ FOTOS DE HENRIQUE CABELO

OS IRMÃOS Romeu, Valeria, Maria, Jacob, a mãe Crescência Lauck, Rodrigo (representando José, já falecido), Jorge, Angela, Renato e Loiva Lauck.

IOLANDO Araujo, Idone Grolli, Antonio Guadagnin e o prefeito

Humberto Santa Cruz.

MARCELO Martins, Lauro Luza, Osmar Martins-Rute Granich.

JUÍZ Claudemir Silva Pereira, juíz Pedro Godinho, Crescência

Lauck e Jacob Lauck.

CECÍLIA-Chico Flores e Walter-Fátima Horita.

MARCIA-Leandro, Jacob-Terezinha e Leila Lauck.

MARLENE-Ademir Pes e Jorge Estabel-Bernardete Klein.

IDA Klein e Crescência Lauck, amigas há 60 anos.

DIEGO Lauck, Amado Batista e Tiago Rangel.

FILHA, NETOS E BISNETOS DA SRA. CRESCÊNCIA: Angela Kappes Pineschi com o filho Guilhermo no colo; João Lucas, Marcelo Brito e Cleidiane Benedeti; Pedro Kappes, Marcelo Kappes e Luciana Machado Kappes; Catharina Kappes Pineschi e Eduardo Pineschi. À frente: Lauri Kappes, Loiva Kappes, Vanessa Kappes Canassa, Vitor Canassa e Katia Pineschi.


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

SOCIEDADE/ESPORTES

25

Os 90 anos de ... FOTOS DE HENRIQUE CABELO

ELZA-Renato Lauck e Leoclecia Lauck.

EUNICE Lauck e Adriano-Viviane Janjar.

MARCIA Cristina-Fabio Lauck.

Juventus é tricampeão ‘Papão’ derrota time do Asmeg por 3 a 1 na disputa de pênaltis na final da Pré-Copa JC Society ISRAEL LISBOA

LUCIANO DEMETRIUS Da Oeste Comunicação

o derrotar o Asmeg na disputa por pênaltis por 3 a 1 – após empate no tempo normal por 1 a 1 – o Juventus conquistou, no domingo, 18, o tricampeonato da Pré-Copa JC Society. Os gols da vitória e da conquista foram marcados por Tacadinha, Edson e Branco. Este é o terceiro título do Juventus em 2012 (os outros dois foram na Copa CTG e no torneio do Mec, também no futebol society). Na disputa pelo terceiro lusgar, a equipe do Red Bull derrotou a do Milk Shake por 4 a 2. Dezesseis equipes disputaram a competição, que teve início no sábado, 17. A maior goleada foi do Roma sobre a Comperaço, por 6 a EM PÉ: Jeder, Alexandre, Fernando, Edson, Tacadinha e Mateus. Agachados: Aparecido, Beto, Leomi, Edinaízio, Abdias e Branco. 0, na primeira fase, no sábado. Dos 16 jogos disputados, cinco deles precisaram ser definidos na cobrança goleada por 5 a 1 sobre a Galvani. Os gols foram Para o técnico Jeder Oliveira, as três con- mudanças no elenco, com a saída de alguns de pênaltis (um deles, a decisão). de Abdias (2), Tacadinha (2) e Alexandre. Nas quistas em três meses representam a conti- jogadores, o foco do trabalho não se alterou. A campanha do Juventus teve início com a semifinais, vitória por 3 a 2 diante do Milk nuidade do trabalho desenvolvido em 2011, Prosseguimos com o propósito de evoluir a vitória de 2 a 1 contra o MEC, com gols de Abdias Shake, com gols de Tacadinha (2) e Alexandre. quando a equipe conquistou seis títulos em cada jogo, sem nos afobarmos para conquise Edson. Nas quartas de final, ocorreu o placar Na decisão, o empate com o Asmeg (1 a 1) e a três modalidades diferentes (futebol society, tar os títulos. O trabalho segue com empenho mais elástico da campanha do Papão com a conquista nos pênaltis, por 3 a 1. futsal e futebol de campo). “Apesar das e união entre o grupo”, destacou. ■

A

Agrovitta e Santa Cruz nas semifinais da Copa Barreiras Luís Eduardo Magalhães terá uma equipe na decisão da Copa Barreiras I de Futsal. Isso porque Agrovitta e Santa Cruz vão se enfrentar nas semifinais da competição neste sábado, 24, às 20h, no Ginário Barreiras I, em Barreiras. O Agrovitta garantiu sua vaga na decisão ao vencer o Rebolation (Barreiras), por 6 a 3 na noite de terça-feira, 20, no Ginásio Barreiras I. O Santa Cruz classificou-se ao derrotar, nos pênaltis, o Liper Bode (Barreiras), por 4 a 1, após empate por 5 a 5, no tempo normal, na quinta-feira, 22. A decisão da Copa Barreiras I pode ser entre equipe luiseduardenses, desde que o Roma vença, também neste sábado, o Ibotirama, às 21h, também na quadra do Ginásio do Barreiras I. Quem vencer esta partida vai enfrentar Sandra Regina (atual campeã) que

JUDł CONQUISTA MEDALHAS

RAUL MARQUES

venceu a Amigos, nos pênaltis, por 5 a 4 (no tempo normal, empate por 3 a 3), na quintafeira, 22. A decisão será disputada no dia 7 de abril, no Ginásio Barreiras I, às 20h30.

Campeonato do Sudoeste. A Agrovitta fará o jogo de abertura do 10º Campeonato Sudoeste de Futsal, zonal I, neste sábado, 24, às 15h, contra a Seleção de Sussuarana. O jogo será no Ginásio de Esportes da AABB, em Vitória da Conquista. As duas equipes estão no grupo 1, ao lado da Skina Maninha, de Vitória da Conquista, que enfrenta o perdedor desta noite (ou Agrovitta, em caso de empate), também neste sábado, às 20h. As duas primeiras colocadas vão à semifinal do zonal, no domingo, 25.

Giovana Silva Mateus (sub-13, peso pesado) e Mariana Silva Mateus (categoria senior, peso pesado) conquistaram, respectivamente, o 2º e 3º lugares no Campeonato Baiano de Judô, realizado entre 16 e 18 de março, no SESC Aquidabã, em Salvador. A competição é seletiva para o Campeonato Brasileiro Região III. As judocas são treinadas pelo professor Armando Almeida. A competição é promovida pela Federação Baiana de Judô e seleciona os melhores atletas da Bahia para compor a Seleção Baiana de Judô. Na foto, Giovana, Armando e Mariana.


26

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

GENTE JOVEM RAFAEL DIAS rafaeldias@diariodooeste.com.br

CADU ANDRADE

lândia, que acontece neste domingo, 25, a partir das 8 horas. O rally tem percurso de 28 km, com muitas subidas, descidas e trilhas que aumentam a adrenalina. O rally, que completa 10 anos, é tradicional na região, reunindo muito fãs do esporte a cada edição. Neste sábado, 24, acontece uma confraternização dos participantes a partir das 21 horas. Maiores informações pelo fone (77)  9998 – 2001.

Primeiro filho BANDA Massay no palco do Estação Gê: Allan Lima, Daniel Salles, Gustavo Henrique, Lucas

Tavares e Renato Alves.

Orange Pro Rock a sexta, 16, aconteceu o primeiro Orange Pro Rock no Estação Gê. O evento teve shows de diversas bandas de rock nacional e a participação do clube de motocicletas luiseduardense Rota 020. A primeira banda a se apresentar foi a Ministério Tribolado, de Luís Eduardo, às 21 horas. Com uma mistura de rap com rock gospel, a banda mostrou seu potencial e deixou animado o público, que pouco conhecia suas músicas. Em seguida foi a vez da banda Emphasis, de Barreiras, mostrar a habilidade de seus músicos, que tocaram covers de bandas de heavy metal. Massay, de Brasília, subiu ao palco perto da meia noite e mostrou porque tem em seu currículo shows junto com bandas como Foo Figthers, Coldplay, 30 Seconds to Mars, Iggy Pop, Paramore e Glória, e uma apresentação no Festival Optimus Alive, em Portugal. No repertório, músicas próprias e bem trabalhadas. Nos covers, Killing in The Name, da banda americana Rage Against the Machine, fez a pista do Estação tremer, não deixando nenhum dos presentes parados. Fechando a noite, a banda Scalene, de Brasília, mostrou o sincronismo e a qualidade de seus músicos. Com um som pesado, mesclado com o agudo do vocal da baixinha Alexia, eles mostraram porque foram a atração principal do evento. Foi mais uma noite para apreciadores do rock saírem, sem reclamar, com torcicolo de tanto balançar a cabeça.

N

O casal Ademar Pierezan – Mariana Bonni está radiante com a confirmação da chegada do primeiro filho. Os dois, que estão casados há menos de um ano, deixam mais felizes ainda os futuros avós, que já aguardam ansiosos a chegada do neto ou neta.

Adiada A festa do kart cross que estava programada para o último sábado, 17, não aconteceu, devido à forte chuva que caiu no dia do evento. A corrida noturna de kart cross teve de ser interrompida após a primeira bateria. Quem comprou ingresso não pode acessar a boate, que estava montada no local para animar a galera depois da corrida. Os organizadores, porém, informam que não deixarão os que estavam prontos para a festa na mão. Uma nova festa está marcada para o próximo sábado, 31, desta vez no Estação Gê, com animação de DJs.

sábado; e forró, no domingo.

Aniversariantes Heloísa Gondim completa 15 anos na próxima terça, 27. A comemoração será no próximo sábado, 31, no Ondina Apart Hotel, em Salvador, onde ela completa os estudos no Colégio São Paulo. A festa contará com a presença do pai Paulo Godim, morador de Luís Eduardo, e da mãe Heloísa Maria Godim, que mora com Heloísa em Salvador. ● Mônica Zanotto comemorou mais um ano ao lado de amigos e familiares. A celebração aconteceu no Huba Strike Bier, na noite de sábado, 17. Na celebração, muita conversa com os amigos e “strikes” nas pistas de boliche. ● Os aniversariantes da semana foram: na segunda, 19, Kaled Mezacasa Gasparini, Carolina Roso Vanz, Aline Viccini, Juliana Bueno Ferreira, Daniella Rosso e Juliane Rosseti Handss; na terça, 20, Thais Millena Ribeiro, os gêmeos Gabriel e Lucas Masiero, Julia Rafaelly, Islla Gomes e João Webler; na quarta, 21, Ângela Cunha e Lucas Baseggio; na quinta, 22, Tales Garcia e Edineia Rodrigues;  na sexta, 23, Renata Faedo, Evelyne Pretti Rodrigues, Emannuel Antunes, André Hupfer, Jully Lima, Evenise Sabatine, Eder Luís Guerra e Tarsis Mendes. Neste sábado, 24, comemoram Lucas Baumann Friske e Thais Gatto. ■

Sertanejo No último sábado, 17, se apresentou no Estação Gê a dupla Mauricio e Eduardo, que vem crescendo na cena sertaneja. O maior sucesso da dupla, “Quem vai Chorar”, é bastante procurado na internet.

CADU ANDRADE

Forró

ALEXIA, vocalista da Scalene

CARLA Ferrari e Cadu Andrade

Médica veterinária

Militar; a colação, na sexta, 16, no Colégio La Salle; e o baile no sábado, 17, no Clube Cota Mil.

Andressa Fontana formou-se em Medicina Veterinária pela Universidade União Pioneira de Integração Social (Upis), de Brasília. A cerimônia de colação, o culto e o baile de gala aconteceram na capital, reunindo amigos e familiares de Andressa.  O culto ecumênico aconteceu na quarta, 14, no Oratório do Soldado, setor

Fotografia Na sua segunda visita a Luís Eduardo, o fotógrafo brasiliense Cadu Andrade teve uma semana de muito trabalho. Na quinta, 15, ele ministrou workshop sobre fotografia no Hotel Saint Louis; na sexta, 16, foi o fotógrafo oficial do evento Orange Pro Rock, que aconteceu no Estação Gê; no sábado, 17, e na segunda, 19, ele fotografou bandas da Cidade que ficaram interessadas em seu trabalho.

O que mais agradou ao público na festa de inauguração da Praça Elenir da Siva Vargas, no Jardim das Acácias, no domingo, 18, foi a banda Cangaia de Jegue. Os músicos não deixaram ninguém parado, fazendo o público esquecer que o próximo dia era segundafeira, dia de trabalho. O melhor de tudo é que o show foi gratuito.

TARSIS MENDES

GABRIEL MASIERO

KALED MEZACASA

TALES GARCIA

ALINE VICINNI

THAIS GATTO

Na rota A Cidade parece que realmente entrou na rota dos músicos. De sexta-feira a domingo houve shows de bandas com algum destaque nacional. E teve para todos os gostos, com variados estilos: rock, na sexta; sertanejo no

Rally Daka-To ANDRESSA FONTANA

Luis Henrique Raffler e Guilherme Poyer são alguns dos luiseduardenses que estarão presentes no Rally Daka–To, o rally da Cato-

HELOÍSA GONDIM


27

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

L I N H A S D E ATA Q U E LUCIANO DEMETRIUS lucianodemetrius@diariodooeste.com.br

BATE-BOLA

Domínio de Júnior Closs

LUCIANO DEMETRIUS

piloto Júnior Closs fez o serviço completo na segunda etapa da Copa Baiana de Kartcross, no sábado, 17, na pista Júnior Poletto. Ele fez a pole position e venceu as duas baterias da prova, que foi a primeira disputada no período noturno no automobilismo da região Oeste. Dez pilotos participaram desta etapa, com a presença de três convidados de outros Estados (dois de Goiás e outro de São Paulo). Destaque para o corredor paulista Marcos Ferreira, que ficou em terceiro lugar, na primeira bateria, e em segundo, na segunda bateria. O primeiro lugar nas duas baterias deixa Vitor Closs na terceira posição na classificação geral, com 29 pontos. Alexandre Maver, graças ao baixo desempenho de Vitor Closs nesta etapa, assumiu a liderança da temporada, com 33 pontos. Na segunda etapa, o atual líder chegou em quarto lugar (primeira bateria) e em segundo (segunda bateria). Vitor Closs está em segundo, na classificação geral, com 31 pontos. A queda deve-se aos sexto e sétimo lugares na primeira e segunda baterias, respectivamente. O campeão de 2011, André da Veiga, ficou em oitavo, na primeira bateria, e nem participou da segunda bateria. Na classificação geral está em 14º lugar (penúltimo), com apenas três pontos. A segunda etapa começou com meia hora de atraso devido a problemas com a iluminação. Os pilotos reclamaram da falta de visibilidade, mesmo com os faróis dos carros ligados. Para piorar, na 14ª volta da segunda bateria, começou a chover forte. A bateria, que teria 32 voltas, foi interrompida na 16.a volta (o regulamento prevê o término da prova com metade das voltas completadas pelos pilotos). A chuvas também comprometeu entrega dos prêmios aos vencedores e a festa programada em uma boate itinerante, instalada ao lado da pista.

O

Cruz Azul conquista torneio de society A equipe do Cruz Azul foi a campeã do Torneio Eliminatório de Futebol Society sub-20 durante a inauguração da praça Elenir da Silva Vargas, no bairro Jardim das Acácias, no domingo, 18. Além da Cruz Azul, participaram da competição Anja, Mecergama, José Cardoso, Pé Quente, Marabá, Corinthians, Bola no Pé, Oliveiras, Santa Cruz e Udinese. A campanha do Cruz Azul teve início com a vitória por 3 a 1 sobre o Bola no Pé, com gols de Bruno, Alison e Douglas. Na segunda fase, o Cruz Azul derrotou o time da Escola José Cardoso de Lima por 1 a 0, com gol de Douglas. O Cruz Azul foi beneficiado, em seguida, em sorteio que escolheu a equipe que não precisaria jogar a semifinal (que foi disputada entre Oliveiras e Marabá). Nesta disputa, Marabá venceu por 2 a 0, nos pênaltis, após empate por 0 a 0 no tempo normal.

Vôlei de areia. A dupla Claudio Balbino e Kleuber Monteiro foi campeã do torneio de vôlei de areia, na inauguração da praça Elenir da Silva Vargas, no domingo, 18. Na final, vitória por 2 a 0 (parciais de 19/17 e 18/10) sobre a dupla Sávio e Júnior, de Barreiras. Oito duplas participaram do torneio na categoria masculina. Já na categoria feminina, nenhuma dupla se inscreveu.

Ressaca O atacante do Flamengo Ronaldinho com o ex-corinthiano Adriano a uma casa noturna no Rio de Janeiro, na madrugada de terça-feira, 20. O flamenguista não compareceu ao treino marcado para a manhã seguinte, alegando indisposição.

O mais querido O Flamengo segue na ponta da preferência do torcedor brasileiro. O rubro-negro tem, segundo a pesquisa, 29 milhões de torcedores (15% do total), seguido por Corinthians, com 25 milhões (13%) e São Paulo, com 16 milhões (8%).

Perfil do torcedor A Pluri Consultoria, especializada em pesquisas esportivas, divulgou na terça-feira, 20, o primeiro de três relatórios a respeito do perfil do torcedor brasileiro. O primeira relatório refere-se à estimativa dos fãs de cada time (distribuição de torcedores entre o Estado de origem e as demais unidades da Federação). No segundo será abordada a estimativa de renda

de cada torcida; no terceiro, o potencial de consumo das principais torcidas do País. Foram entrevistadas, durante o mês de janeiro, 10.545 pessoas de 144 cidades brasileiras das cinco regiões do País. Aos participantes só era possível assinalar um clube de preferência.

Santo de casa Dentre os que mais torcem, o Rio Grande do Sul tem 90% de sua população (10,7 milhões de habitantes) torcendo por algum clube (97,2 % destes preferem equipes locais). Em apenas outros quatro Estados há preferência por equipes locais: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco. Na Bahia, apenas 39,8% (4,5 milhões) torcem por clubes baianos. Os demais 6,8 milhões (60,2%) torcem por equipes de outros Estados.

A dança é abrangente. Ela envolve a cultura, o esporte e o lazer. A afirmação é do professor de dança de salão Wscicleiton de Castro Souza, que desenvolve os projetos Ritmos Dance Móvel e o do Grupo Ritmos Dance. No primeiro, previsto para ser posto em prática em abril, aulas itinerantes de danças de salão e de ritmos aeróbicos serão desenvolvidas em bairros de Luís Eduardo Magalhães, uma a cada final de semana, com duas horas de duração. Já o Ritmos Dance é um grupo da Cidade integrado por dançarinos selecionados entre os vários grupos existentes em Luís Eduardo Magalhães, cujo objetivo é participar de eventos de dança que acontecem pelo Brasil. “Vamos mostrar que em nossa Cidade há uma preocupação com a dança”, diz o professor. A dança é diretamente relacionada a uma expressão artística. Qual a relação dela com o esporte? A dança é abrangente por incluir, de uma vez só, a cultura, o esporte e o lazer. A dança está inserida na manifestação artística quando utilizada no teatro, na música, por exemplo. No esporte, porque na maioria das academias de ginástica são dadas aulas de ritmos aeróbicos. E lazer porque onde há música, está a dança. As pessoas procuram a dança para fugir da rotina. Você tem dois projetos envolvendo a dança (o Ritmos Dance Móvel e o Grupo Ritmos Dance). Como eles serão desenvolvidos? O Projeto Ritmos Dance Móvel vai ser lançado na Praça Central, em abril, com aulas de dança e de ritmos aeróbicos, realizados uma vez por final de semana, com duração de duas horas. Será levado um carro de som ao local em que haverá o evento, que também será realizado nos bairros da Cidade, e, em um tablado eu vou ensinar às pessoas vários exercícios de dança. O objetivo deste projeto é proporcionar atividades aeróbicas à população gratuitamente. Já o Grupo Ritmos Dance é mais focado para quem exercita a dança. Nele, estão reunidos 15 integrantes escolhidos entre os vários grupos existentes na cidade, com uma gama de estilos. Ali você tem praticantes de dança de salão, hip hop, street dance (dança de rua), ritmos da Bahia e regionais. O objetivo deste grupo é participar de eventos fora de Luís Eduardo Magalhães. Nas academias, a procura pela dança é apenas pela perda de peso ou funciona como alternativa às outras atividades desenvolvidas no local? A primeira preocupação, da maioria dos alunos, é pela perda de peso. Mas o que tenho observado é que pessoas tímidas se envolvem com os ritmos aeróbicos. Todos podem dançar, até cadeirantes. E a aula de dança, quando bem planejada, atrai os alunos que não desejam apenas perder peso.

Eu ensino a dança com explicações teóricas, em como ela está presente em nosso dia a dia, que a fazemos sem perceber quando estamos nos exercitando, até mesmo em uma simples caminhada. Isso desWSCICLEITON DE CASTRO perta o interesse do aluno porque ele vê o envolvimento que a dança proporciona. O aluno chega a trocar uma atividade física pela dança? Não é nosso objetivo fazer com que o aluno abandone a musculação para praticar a atividade aeróbica, mas acontece com frequência. Alguns alunos reclamam que em uma atividade de esteira, por exemplo, ele fica parado no mesmo lugar e está sozinho, não se distrai. Já com os ritmos aeróbicos ele está em um grupo, interage, faz amizades. Muitos alunos, ao final das aulas, reclamam que uma hora de aeróbica é pouco. E quanto ao volume do som da música durante as aulas, não é um fator de risco? O cuidado que o professor de aeróbica precisa ter é evitar que o som torne-se um barulho. E há outros detalhes que o aluno, antes de praticar dança, precisa observar em uma academia, tais como o ambiente, a iluminação, o espaço, o número de alunos por turma e, claro, o volume do som. A aula precisa ser descontraída e não algo estressante. O som não pode ser agressivo, senão acaba acarretando problemas como dores de cabeça e cansaço que vai além daquele proporcionado pelo desgaste físico. Qual o limite do uso do som? O som que podemos classificar como suportável é aquele que permite ao aluno escutar o que o professor está dizendo. É importante que o aluno, enquanto pratica a aeróbica, possa também prestar atenção na letra da música. Há, sim, uma variação do som e do ritmo. Em minhas aulas eu inicio com músicas mais amenas, na primeira meia hora, para depois aumentar a intensidade. Mas isso não significa agredir os ouvidos e, consequentemente, ferir o aluno, desgastá-lo. A aeróbica precisa ser dividida com outra atividade esportiva? É recomendável. A combinação dança e esporte, três vezes por semana, é o suficiente. A aeróbica não trabalha a musculatura, portanto precisa ser complementada com a musculação. Quem não tem simpatia pela musculação pode praticar qualquer outra modalidade esportiva. Mas neste caso é preciso praticar em dias diferentes.

Tricolores em alta milhões do Sport, o segundo colocado. O Grêmio tem a maior torcida do Sul, com 6,7 milhões, seguido por Internacional, com 5,8 milhões. No Nordeste, o Bahia tem a preferência do torcedor, com 2,4 milhões de fãs, contra 2,2

Longe do pódio Quem avançou a madrugada para acompa-

nhar a primeira prova de F-1 de 2012, o GP da Austrália, frustrou-se ao ver os brasileiros Felipe Massa e Bruno Senna bem distante da luta por um mísero ponto. Virou hábito – dos brasileiros - desligar o aparelho de TV bem antes das voltas finais das provas. ■


28

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 24 a 30 de março de 2012

Oeste Semanal Edição 55  

Oeste Semanal Edição 55

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you