Page 1

DiáriodeCoimbra

27 DE JANEIRO DE 2010 QUARTA-FEIRA SUPLEMENTO QUINZENAL

DiáriodaTurma DIRECTOR ADRIANO LUCAS

NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE DIARIODATURMA@DIARIOCOIMBRA.PT

“Ser Capaz” recebeu o DC Carina Leal O projecto “Ser Capaz”, do Caspae, já conhece o Diário de Coimbra. Numa das suas visitas à Rua Adriano Lucas, trouxe consigo máquinas fotográficas, blocos de notas e canetas. Trouxe, também, muitas questões. Nesse dia, foram eles os jornalistas. Estavam ao serviço do “Ser Capaz Magazine”.

I

Mas, os meninos do “Ser Capaz” deram, recentemente, a conhecer o espaço onde, todos os dias, depois das aulas, fazem os trabalhos de casa, tiram dúvidas, jogam e aprendem coisas novas. Abriram as suas portas, no Bairro Norton de Matos, em Coimbra, à actividade “Descobre no DC – o Baú do Tesouro”, integrada no âmbito do projecto “O jornal vai à escola com o DT”, dinamizado por Ana Santos, estagiária em Ciências da Educação, da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. Um jogo inaugurou a actividade. Seguiu-se a discussão sobre as várias secções que constituem um

I “ACHEI ENGRAÇADA, porque estivemos a fazer uns jogos. Os jornais são interessantes. Já tinha aprendido a composição do jornal, como é que ele era feito.” TOMÁS QUINTAIS

jornal. Descobriram-se quais os elementos imprescindíveis a uma primeira página de um jornal. Estes meninos mostraram-se conhecedores de termos como, por exemplo, “manchete”, “jornalista” e “fotojornalista”. No final, foi momento de reunir tanto o que já se conhecia, como o que se aprendera de novo no quadro e nos baús desenhados na folha de papel. “O jornal vai à escola com o DT” insere-se no âmbito da “educação para, com e nos media”. Consiste na deslocação do jornal, a fim de realizar acções de formação, promover a interacção entre jornal e meio escolar, assim como incentivar a leitura e a escrita. l

“FOI MUITO GIRO. Aprendemos palavras novas, como é que se faz um jornal, o que as pessoas fazem.” MARTA FERREIRA

I

“ACHEI GIRO, porque deram-nos a conhecer várias partes do jornal. Eu não conhecia o Internacional. Aprendi que o Diário de Coimbra não fala só especificamente de Coimbra.” VÍTOR FERREIRA

I

FOTOS: CARINA LEAL

O objectivo é descobrir de que “elementos” se faz um jornal

DIZEM QUE...

I “FOI ENGRAÇADO, porque aprendi coisas que ainda não sabia sobre o Diário de Coimbra, que fala sobre várias terras.” CAROLINA BAPTISTA


II

27 DE JANEIRO DE 2010 QUARTA-FEIRA WWW.DIARIOCOIMBRA.PT

DiáriodeCoimbra

“Afinal também perceb Canguru Matemático com inscrições abertas até 13 de Março Carina Leal I O “Canguru Matemático sem Fronteiras” está de regresso para mais uma edição. Marcado para dia 25 de Março, as escolas podem inscrever-se até 13 de Março. Da iniciativa da Associação Canguru sem Fronteiras, trata-se de um concurso que, a decorrer no mesmo dia, nos cerca de 42 países participantes, tem como objectivo principal estimular o gosto pela Matemática. Em Portugal, é o Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, com o apoio da Sociedade Portuguesa de Matemática, quem organiza o concurso. Júlio Neves, coordenador nacional do Canguru Matemático, destaca que o grande objectivo é «incentivar e estimular os jovens para a Matemática. É ensinar Matemática de forma lúdica». Dividido em várias categorias (ver caixilho), destina-se a crianças e jovens do 5.º ao 12.0 ano. São claros na informação que disponibilizam no site onde se apresenta a iniciativa (http://www.mat.uc.pt/canguru/): “o concurso é para TODOS os alunos e não é apenas para os que tiverem melhores

CANGURU Matemático tem como objectivo estimular o gosto pela matemát notas”. É, efectivamente, um concurso, mas diferente, já que não os move a «competição por competição». O intuito é «atrair os alunos que sentem algum receio pela matemática». “Tentar que os alunos se divirtam a resolver questões matemáticas” é outro objectivo. No dia 25 de Março, à mesma hora, cada qual na sua escola, a prova começa. Não é permitida à calculadora trabalhar. As questões são de escolha múltipla e a dificuldade vai aumentando à medida que as respostas vão sendo dadas. «Muitas são questões de raciocínio», explica Júlio Neves. As questões estão colocadas de uma forma em que os alunos se vão apercebendo que conseguem resolver problemas de matemática». E, no final, poderão chegar à conclusão de que afinal também percebem matemática. «Os considerados

alunos com dificuldades são aqueles que, às vezes, conseguem os melhores resultados», conta o coordenador desta iniciativa que chegou a Portugal em 2005. «Acreditamos que fazemos alguma diferença», diz sublinhando que «todos os professores e todas as escolas fazem o possível para que os alunos gostem de Matemática». Aqui, o objectivo não passa por seleccionar concorrentes, nem por comparar resultados, mas por fazer uso da forma verbal “cativar”. As provas resultam de propostas dadas por todos os países envolvidos. A prova de 2010 surgiu de uma reunião que decorreu na Bielorrússia. São, depois de feitas, corrigidas nas escolas e os resultados inseridos na base de dados do Canguru Matemático. Este ano é oferecido às escolas inscritas o DVD “Simetria apresentação dinâmi-

O DESAFIO É ESCREVER, CONHECER, RECICLAR E LIMPAR

Projecto Limpar Portugal envolve escolas em várias iniciativas I No próximo dia 20 de Março, Portugal vai meter “mãos à obra” e limpar Portugal. É neste contexto que o grupo de Coimbra do Projecto Limpar Portugal (PLP) pretende envolver as escolas em diversos tipos de trabalhos. Entidades como o Diário de Coimbra (DC), Jardim Botânico da Universidade de Coimbra e Associação Cultural Nova Acrópole associaram-se ao PLP, permitindo o desenvolvimento de todo um conjunto de actividades cujo objectivo final é sensibilizar a comunidade educativa para as questões ambientais.

Assim, Diário de Coimbra e PLP desafiam alunos do 5.0 ao 9.0 ano de escolaridade, do concelho de Coimbra, a redigir textos de acordo com o tema “As florestas e o lixo”. Esses textos serão publicados no DC a 10 e 24 de Fevereiro, bem como a 10 de Março. Em formato de conto, fábula ou poema, não deverão exceder os 1000 caracteres (incluindo espaços). Devem ser enviados, até 25 de Fevereiro, em formato PDF para limparportugalcoimbra@googlegroups.com, indicando nome, escola, ano e turma do aluno. A 5 de Março, chega a iniciativa

levada a cabo com a Associação Cultural Nova Acrópole. Consiste em limpar o Jardim da Sereia e destina-se aos alunos do 3.0 ciclo do ensino. Inscrições através do email limparportugalcoimbra@googlegroups. O Jardim Botânico, por sua vez, organiza, a 15 e 19 de Março, uma visita-workshop subordinada ao tema “Do papiro ao papel para o papá”. Crianças e jovens do préescolar, 1.0 e 2.0 ciclos do ensino básico aprenderão sobre a história do papel numa visita pelo jardim. Terá, depois, lugar um atelier de reciclagem de papel, para celebrar o Dia do Pai e o Dia da Árvore. Informações através do Gabinete do Jardim Botânico, com o telefone 239 855 233. l


27 DE JANEIRO DE 2010 QUARTA-FEIRA WWW.DIARIOCOIMBRA.PT

Diário da Turma

bo matemática”

RECICLAR PARA AJUDAR

III

CANTO DA LEITURA

Meninos da EB1 da Solum entregaram tampinhas

 “A LUA DE JOANA” Maria Teresa Maia Gonzalez Editorial Verbo P.V.P. 6,99 euros

CATEGORIAS Escolar: 5º e 6º anos Benjamim: 7º e 8º anos  Cadete: 9º ano  Júnior: 10º e 11º anos  Estudante: 12º ano 

CARLOS ARAÚJO



Os meninos e meninas do 1.0 A da Escola Básica 1 da Solum, em Coimbra, deslocaram-se ao Diário de Coimbra para, segundo eles, «entregar tampinhas». Porquê? «Para fazer cadeiras de rodas», responderam. Continuaram: 

D.R.

CONTACTOS

tica ca”, da Associação Atractor, que trata de simetrias de padrões e frisos. l

Em 2009 participaram 65081 alunos portugueses  Peter O’Holloran, professor de Matemática em Sydney, inventou nos anos 80 um concurso nacional para as escolas autralianas. Tratava-se de um questionário de escolha múltipla que teve sucesso imediato . Em 1991, André Deledicq e Jean Pierre Boudine iniciaram a competição em França, dando-lhe a designação de Canguru. Na primeira edição, participaram 120 000 estudantes,

 Canguru Matemático sem Fronteiras Departamento de Matemática Universidade de Coimbra Apartado 3008 3001-454 Coimbra e-mail: canguru@mat.uc.pt Telefone: 239 791150

facto que atraiu outros países. Na sequência de um encontro europeu promovido pelo Conselho de Administração do Canguru Francês, em 1993, sete países aderiram ao concurso. O Canguru Matemático Sem Fronteiras é criado, em 1994, no Conselho Europeu, em Estrasburgo. Hoje, são cerca de 42 os países que representam a Associação Canguru sem Fronteiras. Participam mais de 5 milhões de alunos de todo o mundo. Portugal iniciou a sua participação em 2005, onde participaram 10 000 alunos. Na edição de 2009 prestaram provas 65 081 alunos portugueses. l

«que depois vão dar às pessoas com deficiência». Recolheram as tampas dos iogurtes, das garrafas de água e «da coca-cola», explicaram. A recolha começou no início do ano lectivo, no âmbito do projecto “O Mundo é a Nossa Casa”. l

Joel Monteiro vence em Santarém

 Ao ler “A Lua de Joana”, não podemos deixar de pensar na forma como, muitas vezes, relegamos para segundo plano aquilo que é realmente importante na vida. Porque este livro nos alerta para a importância de estarmos atentos a nós e ao outro. Recomendado no programa de português do 8.º ano, tanto pode ser lido por jovens, como pelos pais. É um sucesso, já com 15 edições e mais de 200 000 exemplares vendidos. Traz a história da Joana que, com 14 anos, perde a melhor amiga, Marta, que morreu de overdose.

 “A FLORESTA” Sophia de Mello Breyner Andresen Figueirinhas P.V.P. 12,00 euros

 “A Floresta”, de Sophia de Mello Breyner Andresen, conta a história de uma menina que sonha encontrar um anão. Aqui, é possível percorrer, descobrir ou redescobrir com Isabel, Tomé, o professor de piano, Emília, os frades, o professor Máximo. Pode-se inventar um mundo mágico e secreto escondido na floresta ou, porventura, desvendar um segredo que se revela magnífico. Da obra da autora constam imensos contos e poemas, muitos baseados nas suas vivências enquanto criança. Para “A Floresta”, a autora inspirou-se na quinta da avó onde passava férias.

 “A FONTE DOS SEGREDOS” Maria Teresa Gonzalez Editorial Verbo P.V.P. 6,99 euros

 JOEL MONTEIRO, aluno do Ginásio da Educação Davinci, em Coimbra, arrecadou três prémios, dois primeiros lugares e um terceiro, nas provas realizadas no Cnema em Santarém. A equitação é uma das actividades extra-excurriculares disponibilizadas pelo Ginásio da Educação. Mais informações através dos contactos 913 108 842, 239 718 407 ou em www.coimbra.davinci.com.pt

Alunos de Arganil e Montemor estiveram no Diário de Coimbra

 “Foi naquele Verão após uma complexa intervenção cirúrgica a um pardal, a que diagnostiquei uma pena encravada, que decidi finalmente que queria ser veterinário, como o meu pai; ou melhor, veterinário, mas diferente do meu pai, com um grande laboratório para todas as experiências que tinha em mente…” Gustavo relembra o Verão mais marcante da sua vida. Conta as descobertas que fez sobre a família, o mundo, o amor, numa altura em que deseja vir a tornar-se cientista famoso.

 “O PRINCIPEZINHO” Antoine de Saint-Exupéry Editorial Presença P.V.P. 8,00 euros

 Amizade, amor e solidão. É a história de um menino que vivia num asteróide com vulcões em miniatura e uma linda rosa vermelha. Usava um longo cachecol a flutuar ao vento. Um dia resolveu viajar. Visitou a terra onde encontrou um grande amigo que, mais tarde, viria a contar a sua história. Mesmo se causar alguma estranheza ou parecer enigmática, esta história revela um segredo simples e sábio: as coisas mais importantes são muitas vezes invisíveis para os olhos, só com o coração é que podemos vê-las!

(Estes livros foram sugeridos pela Livraria Minerva, em Coimbra. São todos eles recomendações do Plano Nacional da Leitura.)

 O DIÁRIO DE COIMBRA, na rua Adriano Lucas, Coimbra, foi visitado por alunos e professores da Escola Profissional de Montemor e da Escola Secundária de Arganil. FOTO CARINA LEAL


DiáriodaTurma

27 DE JANEIRO DE 2010 QUARTA-FEIRA DIARIODATURMA@DIARIOCOIMBRA.PT REDACÇÃO E PUBLICIDADE RUA ADRIANO LUCAS 3020-264 COIMBRA TELEFONE 239 499 900 - ENVIE-NOS AS SUAS INFORMAÇÕES

ÚLTIMA PÁGINA SUPLEMENTO QUINZENAL DO DIÁRIO DE COIMBRA ÚLTIMA PÁGINA SUPLEMENTO QUINZENAL DO DIÁRIO DE COIMBRA ÚLTIMA PÁGINA SUPLEMENTO QUINZENAL DO DIÁRIO DE COIMBRA ÚLTIMA PÁGINA

Agora também para o 12.0 ano No sentido de combater os receios que muitos alunos mostram em relação à Matemática, chegou há cerca de quatro anos a Coimbra O Mathnasium – Ginásio de Matemática. Os seus serviços passaram, neste acto lectivo, a

I

responder também os alunos de 12.º ano, já que até então o ginásio se dedicava, sobretudo, a quem frequentava a escola do 1.0 ao 11.0 ano. É feito um diagnóstico inicial onde se identificam pontos fortes e eventuais dificuldades. Posteriormente, é concebido um plano de treinos, à medida de cada estudante. No Mathnasium o aluno

não se prepara apenas para a situação de avaliação. É ajudado a adquirir técnicas de cálculo indispensáveis a situações escolares e do quotidiano. A equipa é composta por pessoas com formação específica. São feitos diagnósticos periódicos, a fim de avaliar a evolução dos conhecimentos. O Mathnasium assume como missão ensinar a matemática de

EB1 DO AREEIRO É SOLIDÁRIA COM O HAITI

uma forma que faça sentido para o aluno e, assim, contribuir para o alcance de melhores resultados, desenvolvendo simultaneamente o raciocínio, a auto-estima e a confiança do educando. Utiliza uma combinação de técnicas metais, verbais, visuais e tácteis com vista ao sucesso do aluno. Em todos os períodos de férias, o Mathnasium organiza um

ARQUIVO

Mathnasium tem como missão ensinar à medida de cada um

pacote de entretenimento, diversão e consolidação de saberes. Localiza-se na Rua dos Comba-

tentes da Grande Guerra, n.0 67. Tem disponível o número de telefone 239 714 068. l

HORA DO INTERVALO ANA SANTOS

E U P I P A T P W P E B M P O E S D S

Os alunos do 4.0 ano da Escola Básica 1 do Areeiro elaboraram textos que, acompanhados por desenhos, se pretendem assumir como um “tributo” às vítimas do sismo do Haiti. Através dos seus lápis de cor, mostraram ser solidários. O Diário da Turma publica hoje dois desses trabalhos . I

U I E O O P V E E E R A A A H R A E A

C O I E U C A L I P T O C M G O P D L

A P X L R A H G B C I Y A A V V M V R

L A P A C V O A R W O I R C R T U E B

I T R N O R M B O D L T R A H V I V M

D R I J C I R A S F V M E C O I V R A

C T O I R T A C E M X O K O M O B D L

O C F S I R T A I O A C O C R L T T U

C I A A E Ç B L R S I A R O E I U A C

D O C K V I I H L C E J V R B G B E R

A L A Z G Ã R R A A U E D C C F A R O

F P Ç Ç A V L A G L C P H O Z A R N C

L E E A T C H X E I A A O D X D Ã T O

Ç Ç J I O D R A R P L P M I I C O U D

à E V Q H T I I V E I A E L L E C L I

O F A U J R T L K R T G M W O L A I L

R G B A C A L H A U D A J E F I I T O

T A A I L R V T O C A I I T S G L D A

K J F P U I Y E L F X O L I A D F C Ç

I

SOPA DE LETRAS

I

TEMA: Biodiversidade

Sabias que 2010 é o ano da Biodiversidade? São inúmeros os seres vivos que existem no Planeta Terra, diferentes animais e plantas, com distintas cores e tamanhos. I ENCONTRA NA SOPA DE LETRAS AS SEGUINTES PALAVRAS: Gato; Eucalipto; Roseira; Papagaio; Macaco; Crocodilo; Tubarão; Bacalhau; Mosca; Homem I

Palavras Cruzadas ANA SANTOS

Os meios de comunicação são muito importantes. É através deles que sabemos o que se passa em qualquer parte do mundo a qualquer momento. É só seguir as pistas e preencher os quadrados em branco. As soluções são dadas no próximo Diário da Turma, a 10 de Fevereiro. 1. Formato de registar acontecimentos e narrar histórias, os conhecidos filmes. É também conhecido como sétima arte. 2. Consiste no envio de documentos e encomendas, de um remetente para um destinatário; 3. Órgão de comunicação social que engloba jornais e revistas. 4. Pode-se encontrar em quase todos os meios de comunicação. Dedica-se à divulgação de produtos e serviços. 5. Permite o acesso à informação através de uma rede, utilizando o computador. Através dela é possível fazer pesquisas para os trabalhos da escola e comunicar com os amigos. 6. Pode ser considerado uma obra literária. Tem uma capa e diversas páginas. 7. Pessoa que assiste a um espectáculo ou programa televisivo. 8. Aparelho receptor de radiofonia – transmissão de som. Criado por Marconi. 9. Encontra-se num jornal, é dada através das notícias. 10. Meio de comunicação audiovisual. Existem actualmente nele, em Portugal, quatro canais públicos. 11. Inventado por Alexandre Bell. É utilizado para dar e receber recados, transmitindo sons à distância. SOLUÇÕES DAS PALAVRAS CRUZADAS DO DIÁRIO DA TURMA DE DIA 13 DE JANEIRO

1. Jornal; 2. Notícia; 3. Coimbra; 4. Regional; 5. Cabeçalho; 6. Papel; 7. Diária; 8. Secções; 9. Fotojornalista; 10. Manchete

Diário da Turma - 27 de Janeiro  

Suplemento do Diário de Coimbra relacionado com as escolas

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you