Issuu on Google+

1

M ai o 2013


2

Ma io 2013


3

M ai o 2013


4

Ma io 2013


5

M ai o 2013


Editorial

Expediente

Sumário

POSSEBON EDITORA E ANÚNCIOS LTDA. ME. +CANAL ABERTO 07 - Acalanto Espiritual

EDITORIAL Mês de maio correndo, em pleno outono, mês das noivas e mês das mães, entretanto, a gente toma conhecimento através da mídia, todo dia, de alguns acontecimentos dramáticos que acontecem por esse “mundão de Deus”, bem ao gosto dos meios de comunicação e, porque não dizer, do nosso gosto. É tanta desgraça, que parece que o mundo só vive disto. Mas, não é bem assim. Devemos entender que, no momento, a informação corre o planeta em tempo real, que ele (o planeta) está vivendo uma fase de transição e que a humanidade está em seus últimos minutos no relógio cósmico para zerar o seu “karma”, decorrendo daí estes acontecimentos que tanto nos abalam. É a ultima oportunidade que os seres humanos estão vivendo antes da separação do joio do trigo, por isso, posso afirmar com toda convicção: -”É necessário que haja a desgraça e, muitas das vezes, coletiva, contudo, aí daquele que a provoca”. É a lei de “Causa e Efeito” em ação. Ninguém colhe jabuticaba de uma mangueira. A vítima, tenham a certeza, está resgatando uma dívida adquirida em algum momento das suas vidas e, apesar de todo o trauma que causa em si próprio e para todos ao redor, bem lá no fundo da sua alma ela sente o alívio do débito empenhado ter sido pago. Tudo é perfeito neste universo de Deus, que está sempre presente em nossas vidas oferecendo todas as ferramentas necessárias para o nosso crescimento consciencial, bastando tão somente querermos. Para esta edição, destacamos a capa, uma obra executada pela artista plástica Aleixa de Oliveira -”Verdadeira Luz”, exclusiva para nossa revista e em homenagem às “Mães”. (vejam na matéria de capa). Boa leitura e até a próxima.

Antonio Celso Possebon editor@sermaisrevista.com.br

www.sermaisrevista.com.br Administração - Ana Beatriz Possebon - Lucila Zelenski - Valdira S.Takiya Editoração \ Redação - Antonio Celso Possebon Arte \ Diagramação - Daniel Silva dos Santos - Caio César Revisão - Shirley Terenciano Comercial - Ana Paula Possebon - Rafaela Domingos Tenório - Camila Benevides dos Santos Impressão - Gráfica Silvamarts Tiragem - 20.000 exemplares Distribuidores - Brudan Distribuidora - M.C. Distribuidora Ltda. Localidades de entrega - Arujá (incluindo todos os seus condomínios). - Itaquaquecetuba \ Santa Isabel \ Guararema \ Guarulhos \ Mogi das Cruzes \ Suzano \ - Assinantes espalhados por todo território nacional.

FALE CONOSCO

Fone: (11) 4653 5151

atendimento@sermaisrevista.com.br Envie sua opinião, crítica ou sugestão. Elas são muito importantes para nós.

PARA ANUNCIAR

Ma io 2013 6

www.sermaisrevista.com.br

+SAÚDE & CORPO 16 - Ser mãe. 18 - A beleza dos seus olhos. 20 - Nossos pequenos. 22 - Como diminuir seu estresse. 24 - Mamãe, você é a pessoa mais... 26 - O Concerto Universal. 28 - Escova progressiva a laser. +SAÚDE ANIMAL 30 - Curiosidades sobre a onça-pintada +INOVAÇÃO 32 - Você conhece o seu carro? +MATÉRIA DE CAPA 34 - Mãe: signo e perfil. 35 - A nossa capa: “Verdadeira Luz” +CONSCIÊNCIA 36 - Sorte de um amor tranquilo. 38 - É amor ou amizade. +CONEXÃO 40 - As empresas estão doentes. 42 - Chefe é chefe – uma reflexão... 44 - Qual o melhor antivírus... +IDEIAS 46 - Livre-se das expectativas. 48 - Minha próxima vida... +MÃOS À OBRA 50 - Mulher, a sua casa... 52 - Evolução contínua. +DIVERSÃO 54 - No mês das noivas 56 - O milho. +GASTRONOMIA 58 - A caminhada em busca do... 60 - Coisas de comer só para crianças.

Fone: (11) 4653 5151

+ATITUDE 62 à 65 - Acontecimentos & Dicas

Rua: José Nasser Filho, nº50 Sala 1-3 Caputera - Arujá/SP - Cep. 07434-305

+PONTO FINAL 66 - Vaidade, ambição e inteligência.

comercial@sermaisrevista.com.br

ASSINATURA GRATUITA

+INSPIRAÇÃO 12 - Assim explica Jesus 14 - Além do que parece.

O conteúdo editorial da SER MAIS Revista é resguardado por direitos autorais, não podendo ser reproduzido sem prévia autorização da POSSEBON EDITORA E ANÚNCIOS LTDA. Opiniões expressas em matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião da Revista. Os anúncios são de responsabilidade dos anunciantes.


Salve, minha irmã querida. É pela graça do Senhor que venho a ti nesse momento. Eu sei do teu tormento e o quanto tens chorado. No entanto, olha dentro de ti mesma e veja o quanto tu és forte. Olha também para teus filhos e vê como eles cresceram. O Senhor te deu a dádiva da maternidade e te fez feliz. Mas, tu te esqueceste da verdade: todos os filhos são sempre “d’Ele”! Todos são centelhas do Amor “d’Ele”, que os envia à Terra, em missão... Às vezes, é por um tempo de vida física, para cumprimento de algo. E os motivos, só “Ele” sabe... No momento certo, tudo se aclarará para ti. Tu és mulher justa, verdadeira e reconhecerás o que te digo, aqui e agora. Tua criança não está morta e nem o teu coração, que pulsa e ainda sonha... E tu precisas viver para educar os outros filhos que o Senhor te emprestou. É hora de segurares na Mão do Senhor, com confiança e fé verdadeira. Tua criança vive! Ela sabe do teu Amor e te agradece por tê-la recebido. O tempo dos homens não é o tempo de “Deus”. O infinito é um segundo para “Ele”. Assim como alguns poucos anos, também fazem parte do infinito... Acalma o teu coração, pois, tu és criança “d’Ele” também, assim como todos. Tu não estás sozinha em teu caminho de vida... E o tempo te fará justiça. A partir de agora, faz nova vida, querida. E deixa a Força do Espírito te curar. Tu bem sabes que muitas coisas do mundo dos homens são filhas da ilusão. Então, não te lamentes! Aprende tua lição e anda com “Deus” em teu coração. Nada pode te afastar “d’Ele”. E tu sabes ler nas entrelinhas das coisas da vida. Minha pequena, eu continuarei orando por ti - para te amparar na Luz celeste. E, também, orarei pelos teus filhos - para que eles te honrem como mãe correta. Tua fé é linda! Teu olhar é verdadeiro. E só “Deus” é que sabe do teu valor. O teu fardo foi pesado, mas, agora, é hora de nova vida - no tempo certo. Renova-te no Senhor! E faz o teu viver com honestidade e paz de espírito. Tua criança está voando com espíritos luminosos - no tempo do despertar dela. E tu terás notícias dela, por intermédio dos amigos que “Deus” coloca em tua vida. No santuário do teu coração, tu saberás o que é verdadeiro e oriundo do Céu. Ora e agradece ao Senhor por teres atravessado tua prova com dignidade. Lembra-te: o tempo de “Deus” não é o tempo dos homens. Atenta para isso! E perdoa a todos aqueles que tentaram te imputar culpas indevidas... Na hora da prova, muitas pessoas perdem o bom senso e não sabem como agir. Minha querida, tu reconhecerás nessas palavras o selo da verdade celeste. Porque eu conheço o teu coração e sei que tu és forte, generosa e leal. É pela graça do Senhor que eu venho confortar-te na Luz do Espírito. Eu sou uma humílima serva do Amor “d’Ele”, hoje e sempre... Então, fica na graça do Senhor, pois, “Ele” é o Teu Porto Seguro.

(Texto dedicado a ti, mãe valorosa, que não te deixastes abater pela dor da perda de tua criança e nem resvalastes nas trevas da revolta. Essas palavras são um refrigério para ti. Em nome do Senhor, aceite-as.) - Uma Serva do Amor Divino - (mensagem recebida espiritualmente) WAGNER BORGES (São Paulo \ SP) Pesquisador \ Professor \ Conferencista \ Projeciologista autor dos livros: Viagem Espiritual 1, 2 e 3, entre outros

M ai o 2013

(Quando o Céu fala a uma Mãe...)

CANAL ABERTO

Acalanto Espiritual

7


PLANALTO BOULEVARD PLANALTO BOULEVARD O tradicional conjunto comercial, composto de comércios e serviços da melhor qualidade, os quais se uniram para homenagear o “Dia das Mães”, aqui se apresentam oferecendo as suas novidades para este dia especial. È sempre bom lembrar, ao público arujaense e da região, a facilidade de visitar este Boulevard, bem central na cidade, gostoso de passear e apreciar o seu comércio, com estacionamento amplo e confortável. E, aproveitando a ocasião, uníssonos, expressam a sua saudação a todos:

Ma io 2013

“FELIZ DIA DAS MÃES”

8


9

M ai o 2013


10

Ma io 2013


11

M ai o 2013


Assim explica Jesus. INSPIRAÇÃO

“Reino de Deus”

O “Reino de Deus”, também, pode ser comparado a um homem muito rico que era comerciante de pérolas. Toda sua vida ele havia querido encontrar uma pérola especial que ofuscasse todas as demais, seria perfeita e impecável e, ele, seria a inveja de todos os demais comerciantes. Um dia ele encontrou a tal pérola, linda além da imaginação, mais perfeita que todas as demais. Vendeu tudo o que possuía, abandonou tudo o que havia acumulado para comprar aquela pérola e estava feliz para além de todos os sonhos. O que significa isto? Significa que todas as coisas que, anteriormente, valorizava em sua vida: sua casa ricamente decorada, seus bens, seu modo de vida, a abundância de comida e de bebida - ele alegremente deu tudo para possuir o tesouro sem preço. O conhecimento que o levará até o “Reino de Deus” - onde a felicidade é um estado da mente, que o mundo exterior, com todos os seus aborrecimentos e preocupações, não pode perturbar.

Onde está?

O “Reino de Deus” está em você. Entra nele quando percebe, plenamente, que o “Pai” está o tempo todo ativo em você. É um estado da mente, de percepção e de entendimento de que a Realidade, por trás e por dentro de todas as coisas visíveis, é o “Pai”, formoso e perfeito e que todas as coisas que são contrárias à beleza, à harmonia, à saúde e à abundância, são criações do pensamento equivocado do ser humano. Eu sofria ao ver a humanidade sofrer, mas, não precisam sofrer mais se escutarem o que tenho para dizer. Mas, devo avisá-los de que o Caminho que leva ao “Reino de Deus” é difícil de seguir e isso quer dizer que, primeiro, terão de lidar com o seu “eu”. Por que é que terão que se ocupar do “eu”? Porque é do desejo de proteger e de promover o seu bem-estar pessoal que procedem todos os pensamentos, palavras e atos egoístas. Provavelmente você perguntará: -Por que eu deveria preocupar-me com isso? Se o que diz é verdade, que não há castigo, que “Deus” não vê as faltas, então, por que devería estar preocupado com a maneira como me comporto. - Há tanta coisa para ser aprendida aqui, que eu mal sei por onde começar. Como já expliquei, você extrai a sua vida do “Pai”, portanto, extrai a sua capacidade de pensar e de amar do “Pai”. Como o “Pai Inteligência” é criativo, assim, também, a sua consciência é criativa. Com a sua mente e o seu coração você, realmente, modela os planos de sua própria vida e experiências.

Qual vida?

Ma io 2013

E qual tipo de vida você planeja e modela em sua mente? Se alguém irrita ou machuca você, deve retaliar de alguma forma. Acredita que se alguém se apropria de seu olho, deve retirar o olho do adversário em troca. Acredita que quem mata deve ser morto como castigo ou compensação.

12

Acredita que, quem rouba deve pagar por isso, que aquele que rouba a sua mulher deveria ser apedrejado junto com ela. Acredita que é necessário exigir o pagamento pelo mal que passa por sua vida. Como é da natureza humana ferir os outros e você tem sido ensinado a retaliar, sua vida é um contínuo cenário de guerra. Guerra no lar entre marido e esposa, filhos, vizinhos, entre pessoas públicas e, também, entre as nações. O “Pai” ignora esta guerra em sua vida, mas, conhece a tensão que surge dela em suas mente e corpo. Mas, nada pode fazer - para aliviar esta dor - até que você mesmo coloque um fim a ela. Você mesmo deve cessar a luta e viver em paz com a sua família, seus vizinhos, entre empresários, entre pessoas públicas e entre países. Só, então, o “Trabalho Amoroso do Pai” poderá tomar seu lugar em sua mente, seu coração, seu corpo e sua vida. Só, então, poderá reconhecer e ver o “Trabalho Amoroso” que está sendo realizado em você e para você pelo “Pai”.

Lembrete final

Lembre-se, também, da grande Lei: -”Você colhe exatamente aquilo que planta”. Não se pode colher figo de amoreira, nem uva da árvore de espinho ou colher trigo do joio. Pense nisso e compreenda está parábola, porque isso é muito importante para você, não somente nos dias de hoje, mas, também, em todos os seus dias e anos que virão, mesmo na eternidade. Assim, se quer mudar a sua vida, mude os seus pensamentos, mude as suas palavras decorrentes desses pensamentos, mude suas ações decorrentes desses pensamentos. Aquilo que está em sua mente criará todas as suas experiências, as suas doenças, a sua pobreza, a sua infelicidade e o seu desespero. Trechos extraídos do livro: “CARTAS DE CRISTO” Almenara Editorial Ltda. www.almenaraeditorial.com.br


13

M ai o 2013


Irlei Wisel

Além do que parece.

INSPIRAÇÃO

O desafio

Assisto o vai e vem das pessoas pela janela do meu mundo. Sou caminhante, também. Lidero os meus passos e acredito que conduzi-los com qualidade é uma missão intransferível. As estradas da vida esperam os caminhantes. Caminhar sem rumo é uma prática comum. Alguns movimentam o corpo num agito ansioso, confuso e nem percebem que a alma está parada ou presa. O trajeto não é motivador. Inconscientemente reconhecem que os prazeres temporários não conduzem em direção à missão pretendida. Nascemos para muito além da alimentação, da profissão e da rotina diária. O desafio é acordarmos antes que estejamos doentes, pois, adoecemos quando: - Sorrimos querendo chorar. - Compramos coisas sem necessidade. - Trabalhamos para ocupar nosso tempo. - Mostramos aos outros uma falsa imagem de sucesso. - Nos mantemos presos a crenças pesadas. - A culpa e a autodestruição são as estratégias ideais. - O medo encobre a esperança e as ações positivas. - Desistimos de brigar pelo espaço que idealizamos. - Destruímos o direito às coisas boas da vida. - Desacreditamos na abundância. - Nossos pensamentos matam sonhos. - As opiniões alheias se sobrepõem à nossa missão pessoal. - Esquecemos de nos perguntar o que realmente queremos ser, fazer e ter enquanto caminhantes aqui na terra.

A conexão

Os desafios são diários e as respostas são enigmas por vezes difíceis de decifrar. É preciso habilidade e um desejo ardente de querer acertar o passo. A distração se transforma em tempo perdido. Sabe-se que o tempo passa rápido para aquele que está empenhado na busca da sua missão pessoal. Para aquele que está vivendo por viver, o tempo não passa e a rotina é um desespero. Acordamos para estes questionamentos de acordo com a nossa evolução pessoal. Para alguns, este assunto não é cogitado.

Para outros, vem manifestado com um desconforto interno e uma pequena falta de sentido naquilo que vem fazendo. E, algumas pessoas que já estão em um estágio diferente, já assumem posturas e rotinas diferentes. Reconhecem determinadas práticas e rituais como sagrados. Passam a cuidar do corpo, da mente e do espírito. A rotina vai além da satisfação do corpo, da aquisição de objetos e de bens de consumo em geral. Eles equilibram e introduzem na rotina alimentos para alma. Buscam uma conexão direta com a sabedoria interior e evitam a conexão direta com a TV, filmes violentos, companhias pesadas e negativas, ambientes contaminados com ideias de consumo desenfreado, enfim, o foco é sentir-se bem através da liberdade de exercer a sabedoria. Entendem que a ignorância gera escravidão e que, quanto mais nos aproximamos da sabedoria, mais nos conectamos com o divino. Quando se chega neste estágio, certamente acerta-se o passo, o que resulta em alívio para nossa alma. É como se o corpo flutuasse ao som da felicidade. Da janela da minha vida me vejo alerta, atenta e buscadora. Desejo ter o direito de flutuar nas nuvens com os pés no chão. E você, quer encontrar-se comigo para tomarmos um chá com gosto de felicidade?

Ma io 2013

IRLEI WIESEL (Santa Maria \ RS) Coach \ Conferencista \ Escritora Psicoterapeuta www.irleiwiesel.com.br

14


15

M ai o 2013


Bernardo Staut

SAÚDE E CORPO

Ser mãe. A gravidez

É um período de grandes mudanças físicas. Abaixo você conhece as mudanças corporais mais estranhas que acontecem nesse período:

- Você ganha um novo órgão

Não é só um bebê que se desenvolve. A placenta é único órgão temporário no corpo humano. Ela começa a se formar quando o óvulo fertilizado, nesse ponto um blastocisto multicelular, gruda-se na parede uterina, com aproximadamente uma semana da concepção. A camada exterior do blastocisto, chamada de trofoblasto, desenvolve-se na maior parte da placenta. Uma vez que o órgão está estabilizado, seu trabalho é formar uma barreira porosa entre o sangue da mãe e do filho. Os vasos maternos deixam nutrientes e oxigênio nos espaços intervilosos, onde os vasos do feto pegam o que precisam e o carregam até ele através do cordão umbilical. O processo de excreção acontece da mesma maneira. A placenta tem outra função temporária menos conhecida. O disco vermelho escuro de 2,2 quilogramas é também uma glândula endócrina, liberando hormônios no corpo. Da gonadotrofina coriônica humana (HCG, detectado em testes de gravidez) ao estrógeno e a progesterona, esses hormônios são cruciais para manter a gravidez e preparar as glândulas mamarias para a amamentação.

- Seus ossos ficam mais soltos

A cabeça do bebê tem que sair de algum modo. Ainda bem que o corpo de uma futura mãe tem um truque para isso: o hormônio relaxina. O nome diz muito, já que sua função é relaxar as cartilagens dos ossos. Mas, infelizmente, o hormônio não afeta apenas a pélvis. Presente dez vezes mais na gravidez do que em momentos normais, todas as articulações do corpo são afetadas. Ele é a razão para algumas grávidas experimentarem dores nas articulações e nas costas. E, se antes de engravidar você calçava menos, não se preocupe. A culpa é da relaxina e de ligamentos afrouxados.

Ma io 2013

- Memória de peixe

16

As grávidas merecem um desconto quando se esquecem de algo, de acordo com um estudo do ano passado. Durante o segundo e terceiro trimestres de gravidez, as mulheres grávidas têm performances piores em testes de memória espacial do que as normais. É possível que mudanças hormonais sejam as culpadas, mas a fonte pode estar também nas mudanças repentinas de humor.

- Os famosos enjoos

Primeiro, as más notícias: enjoos matutinos são mentirosos porque, de fato, a sensação pode vir a qualquer hora do dia. Felizmente, esse efeito acaba após a 12° semana. Ninguém sabe exatamente porque os enjoos afetam metade das grávi-

das, mas, um estudo de 2008 sugere que as sensações ruins são uma adaptação para ajudar o desenvolvimento seguro do embrião. O estudo encontrou que o enjoo, geralmente, acontece devido a gostos ou a cheiros fortes, o que pode ser uma tentativa do corpo de prevenir o consumo de coisas perigosas. O enjoo fica forte no período em que os primeiros órgãos estão sendo desenvolvidos no embrião, outro ponto para a possibilidade de ser uma defesa.

- O coração “dói”

Mas, não é sentimental. A azia é consequência da expansão do útero no sistema digestivo. Normalmente, os sucos gástricos são mantidos embaixo pelo esfíncter esofágico, um músculo circular que fecha o esôfago quando a pressão no abdômen cresce. Mas, durante a gravidez, a progesterona relaxa o músculo, aumentando a pressão interna.

- Fila para o banheiro

Durante a gravidez, a mulher, provavelmente, vai preencher boa parte do dia indo ao banheiro. Por quê? Você pode por a culpa no bebe que está crescendo, já que ele pressiona a bexiga, a uretra e os músculos da pélvis. Essa pressão não significa apenas mais idas ao banheiro, mas, também, uma tossida, uma espirrada ou uma piada podem te relaxar demais.

- 50% a mais de sangue

Todo o trabalho duro da gravidez exige mais vasos e mais sangue. Na 20ª semana, seu corpo tem 50% a mais de sangue do que tinha no começo. Todo esse sangue extra pode trazer alguns efeitos colaterais estranhos, incluindo: varizes, hemorroidas e até uma cor avermelhada, já que a circulação na pele aumenta. Até alguns sangramentos nasais podem ocorrer, devido ao inchaço das mucosas.

- As mãos podem formigar

Gravidez pode causar síndrome do túnel do carpo. Esse efeito colateral, marcado por mãos formigando ou dormentes, é causado por inchaços da gravidez. Fluídos extras (que são responsáveis por um quarto do peso extra ganho na gravidez) podem se acumular nos tornozelos e pulsos, graças à gravidade. Nas mãos, esse acúmulo pode apertar nervos, causando “pontadas”. Mas, não se preocupe, assim como as outras mudanças, essa, também, tem solução: passe pela gravidez e dê a luz ao seu querido filho e, pronto, curta a alegria e a beleza de ser “mãe”! BERNARDO STAUT (Curitiba \ PR) Estudante de Jornalismo Interessado por povos, culturas e artes. Hiperciencia


17

M ai o 2013


SAÚDE E CORPO

Dr. Caruso

A beleza dos seus olhos. O que é Blefaroplastia?

A Blefaroplastia, também conhecida como cirurgia da pálpebra, é um tipo de cirurgia realizado por indicação médica a fim de corrigir ou de amenizar deformidades nas pálpebras, ocasionadas pela perda de elasticidade da região e pode até propiciar melhoras na visão.Com ela, é possível retirar o excesso de gordura, ajustar a flacidez e diminuir as bolsas sobre os olhos.

Quando é indicado

Esta cirurgia é muito procurada por pessoas que estão em busca de rejuvenescimento. As pálpebras caídas e o excesso de pele na região, acabam tornando o rosto pesado e mais velho. A força da gravidade, o hábito de fumar e a exposição ao sol, também, são fatores que contribuem para a queda de pele na região, chegado até mesmo a diminuir o campo de visão. A queda de pele e o excesso de gordura podem ocorrer tanto na pálpebra superior como na inferior. O médico deverá avaliar o estado do organismo e as alternativas de tratamento e, então, escolher ou não a Blefaroplastia.

Como é o procedimento

É uma cirurgia simples, desde que respeitadas algumas normas técnicas. Esta pode ser realizada em um centro cirúrgico, em consultórios ou em ambulatórios. A anestesia poderá ser local ou complementada com sedação, de acordo com a avaliação do médico e o desejo do paciente, já que pode ser um pouco incômodo para algumas pessoas ficar observando a própria cirurgia. O procedimento geralmente leva de 1 a 2 horas para ser concluído. O cirurgião faz uma incisão na prega natural da pálpebra, de forma a manter a cicatriz que será criada o mais escondida possível. Pela incisão, ele retira o excesso de gordura, de músculo e de pele. O pequeno corte é fechado com pontos minúsculos e o paciente é enviado para um leve repouso.Os pontos são retirados após cinco ou seis dias (dependendo do caso). Após o término do procedimento o paciente tem alta no mesmo dia. Este deverá, entretanto, evitar esforços nas duas primeiras semanas.O período de recuperação, também, vai depender de cada paciente, porém a média é de 15 dias, sendo o resultado final obtido após dois ou três meses. Deve ser evitada a exposição ao sol neste período.

Ma io 2013

DR. CARUSO (Arujá \ SP) Médico \ Pós-graduado em Medicina Estética Capacitado em Blefaroplastia pela ASIME

Imagem retirada da internet. 18


19

M ai o 2013


juliana P. Tosato

SAÚDE E CORPO

Nossos pequenos. Nasce um bebê

Dizem que quando nasce um bebê nasce também uma mãe. Nesse mês em que comemoramos o dia das mamães, vamos falar um pouquinho desses pequenos que parecem nascer cada vez mais espertos e conectados ao mundo.

Informação

Costumamos dizer que as crianças de hoje em dia são estimuladas demais. Há controvérsias! Em alguns aspectos sim. Eles tem acesso cada vez mais cedo a informações via televisão e internet, porém, quando se fala em habilidade motora, criatividade e adaptação a diferentes circunstâncias, infelizmente nossos pequenos estão sendo estimulados de maneira muito pobre.

Estimulação

A estimulação precoce, consiste em desenvolver por meio de estímulos o lado intelectual, físico e afetivo do bebê. Desde pequenos, ao serem estimulados, eles aprendem a lidar com situações variadas, melhoram a coordenação motora, as habilidades físicas, o equilíbrio, a concentração, a criatividade e tornam-se mais independentes, além de tomarem gosto pelo movimento.

Brincar

Outro benefício enorme é que a criança aprende a brincar! Soa estranho dizer isso, mas, atualmente nossos bebês de apenas meses já sabem o que é uma tela “touch”, mas, não sabem o que fazer com um brinquedo na mão. Assim eles crescem e seu mundinho passa a ser restrito a tela de seu “tablet”, com o qual eles passam a tarde jogados no sofá. Com o tempo, tornam-se sedentários e apesar de tão espertos para o mundo tecnológico, não sabem explorar o mundo ao seu redor.

Atividade

Ao introduzir seu bebê em um programa de estimulação precoce, você oferece a ele um leque de oportunidades e de experiências que desenvolverão os seus potenciais, fortalecerão a sua auto-estima e a capacidade de aprendizagem e independência.

Soninho

Criança ativa dorme melhor. Ao permitir que durante o dia seu bebê brinque, seja estimulado e explore todas as suas capacidades, você fará, também, que a noite ele tenha uma qualidade de sono melhor. Mas, mesmo antes de dormir, você pode estimulá-lo com uma massagem, chamada de “shantala”, que estimulará a afetividade do bebê e fará ele relaxar para uma melhor noite de sono.

Ter um filho

A decisão de ter um bebê é o passo mais importante de sua vida. Você deixa de ser responsável apenas pelos seus dias e torna-se responsável por um pequenino que nasce totalmente dependente de você. É necessário dedicação e um amor infinito todos os dias. E tenha certeza que, ao vê-lo sorrir, você se sentira recompensada por cada segundo.

Feliz dia das mães

Termino esse artigo desejando um feliz dia para todas as mamães e, em especial para a minha mãe que, com certeza, é a melhor mãe do mundo!

Ma io 2013

DRA. JULIANA DE PAIVA TOSATO (Arujá \ SP) Fisioterapeuta (doutorada pela FOP/UNICAMP) Crefito 3-72697-F JPT Saúde e Bem Estar

20


21

M ai o 2013


Guilherme de Souza

SAÚDE E CORPO

Como diminuir seu estresse. Ele, o estresse.

Se alguma situação está tirando seu sono e alimentando seu estresse, a melhor solução seria lidar com ela. Contudo, muitas vezes o estresse vem em momentos em que não temos como resolver a situação que o gerou. Nesse caso, as dicas a seguir podem ajudar a aliviar a carga enquanto não há como cortar o mal pela raiz.

7ª) - Ria alto. Bem, como rir pode melhorar seu humor e, também, é uma maneira de combater o estresse, por isso, se puder, visite na internet “sites” de humor ou procure canais divertidos no “YouTube” ou, melhor ainda, dê uma olhada na categoria Bizarro do Hype.

1ª) – Pegue-o no começo. O escritor Joe Robinson, que fala sobre como conciliar a vida pessoal com a profissional, aponta que a espiral do estresse é mais fraca no início e, é aí que você deve contestá-la. Antes de se deixar tomar pela preocupação com um problema (como, por exemplo: uma caixa de e-mails lotada), pergunte para você se vale a pena se estressar com ele.

8ª) - Faça exercício. Mesmo para quem não gosta de praticar esporte, ir à academia ou simplesmente caminhar pode diminuir o estresse. O corpo “entende” que você está em uma situação de estresse, o que até pode ser o caso, dependendo da intensidade do exercício o cérebro libera substâncias que ajudam a lidar com ela. Além disso, libera endorfina, que dá a sensação de bem-estar.

2ª) – Dê nome aos seus sentimentos. “Estressado” nem sempre é a melhor palavra para descrever como você está se sentindo e essa imprecisão pode atrapalhar na hora de lidar com o sentimento. Será que você não está “desmotivado” ou “fisicamente cansado” ou “entediado”? Reconhecer o problema traz mais segurança para resolvê-lo. 3ª) - Melhore a postura. Além de aumentar sua autoconfiança, ter uma postura “forte” que demonstre confiança e determinação, pode diminuir seu estresse. Por isso, procure manter a coluna reta, o olhar voltado para frente e os ombros ligeiramente para trás, sem tensionar os músculos, porém.

Ma io 2013

4ª) – Coma. Não estamos falando para você devorar uma barra de chocolate, com a desculpa de diminuir o estresse (embora seja algo tentador). Às vezes, o mau-humor e o estresse podem estar ligados à fome ou aos baixos níveis de açúcar no sangue e um bom lanche pode ajudar, mas, nada de abusos, já que o sentimento de culpa e os quilos a mais podem atrapalhar.

22

5ª) - Desligue seu celular. Mensagens de texto, notificações, chamadas etc... Se puder, desde que não esteja esperando uma ligação importante ou algo do gênero, deixe seu celular desligado por algumas horas, pois, a simples sensação de “se desconectar” por um tempo acalma. É claro que, se você tiver receio de ficar “incomunicável”, faça algo menos extremo, como: desabilitar temporariamente notificações e acesso a internet no celular. 6ª) - Tome uma decisão. Existem situações em que você precisa “pesar” muito bem as consequências antes de decidir algo. Em casos mais simples, contudo, não é preciso pensar demais e, simplesmente, decidir, por exemplo: se vai ou não na padaria. E, isso, já tira um “peso” das costas.

9ª) – Medite. Não se preocupe em atingir o Nirvana ou em chegar a um patamar espiritual elevado: apenas procure sentar-se confortavelmente, respirar fundo, soltar o ar lentamente e manter o foco na respiração, sem ficar pensando em todas as coisas que estão causando estresse. 10ª) - Lutar contra o estresse constante. Se um trabalho pendente estiver “assombrando”, comece a fazê-lo mesmo que não termine naquele momento, apesar da tentação de procrastinar ou, em outras palavras, “deixar para depois”. O simples fato de começar a combater uma fonte de estresse ajuda. Se o estresse for muito constante e intenso, porém, talvez seja melhor procurar orientação médica. GUILHERME DE SOUZA (Curitiba \ PR) Jornalista \ Ilustrador (curte ciência, cultura japonesa, jogos de videogame gsouzaprguilherme@hiperciencia.com


23

M ai o 2013


Fabrício J. Araújo

SAÚDE E CORPO

Mamãe, você é a pessoa mais importante da minha vida. Obrigado por tudo, eu te amo

Quem ainda não disse essas palavras para sua mamãe? Incrível, mas todos nos pensamos e sentimos isso, porém, faltam palavras para expressar esse amor, falta coragem, falta a hora certa para dizer isso e, o mais grave, pode não dar tempo, pois, sempre deixamos para depois, com o pensamento de que ela já sabe e nem é preciso dizer.

Pois, diga!

Não espere! Todos nós vamos embora um dia, então, não espere: -”Mamãe eu te amo, obrigado pela vida, obrigado pelos ensinamentos, obrigado pelas noites mal dormidas, obrigado pela preocupação comigo, obrigado pelo que sou, obrigado”.

A mulher

Ma io 2013

Tudo começa quando uma mulher é abençoada pelo fato de estar grávida, o dom divino de gerar um novo ser, uma nova pessoa, a qual será garantia de continuidade da vida, é inexplicável. É só uma mulher comum e, de repente: “mamãe”. Uma nova vida começa, grandes esperanças e o amor, este sim, já era enorme mesmo antes da compreensão de ser mãe, toda mulher já tem isso como nato, desde criança já está embutido em seu DNA, cuidar, nutrir, acariciar, doar-se, ser mãe. Toda menina ama uma boneca, sempre é seu brinquedo favorito, não é à toa, elas realmente amam ser mãe.

24

Ser mãe

Mamãe, ser mãe é doar-se desde a concepção, é o mistério mais lindo do mundo. Todos nós somos únicos e nos amamos, mas, o ser mãe é incrível, ela esquece de si e tudo de bom que tem em seu corpo vai para aquele minúsculo ser que se forma, tudo mesmo, suas vitaminas, seus minerais, suas próprias defesas e isso não é tudo, o tempo passa e ela, com certeza, dá a sua vida para salvar a de seu filho. Certo dia li que Deus não poderia estar em toda parte ao mesmo tempo, então, ele criou as mães, seres estes que tem a capacidade de ouvir o silêncio, adivinhar sentimentos, nos falar o certo, quando tudo mais parece incerto, nos fortalecem e encontram sabedoria, sei lá de onde, sejam elas leigas, cultas, humildes ou ricas, elas sempre sabem o que se deve fazer, sempre tem as palavras que nos levantam, que jogam pra cima, que nos fazem acreditar que amanha será outro dia e tudo vai dar certo, mais uma vez: “Mamãe, um ser incrível”. O amigo mais verdadeiro que temos, sempre ao nosso lado, independente do que somos, temos ou mesmo fazemos, seja bom ou seja bandido, ela sempre é a única que não nos abandona.

Mensagem final

Em suma, não poderia terminar estas linhas sem dizer isso e quero que grave de uma vez por todas: “Mamãe eu te amo, você é a pessoa mais importante de minha vida”. DR. FABRÍCIO JOSÉ ARAÚJO (Arujá \ SP) Cirurgião Dentista \ Implantodontista - CRO\SP.80665 Diretor Clínico e Responsável Técnico Fabrício Implantes


25

M ai o 2013


Maria C. Tanajura

SAÚDE E CORPO

O Concerto Universal. Uma orquestra

É o exemplo vivo de como deveria ser a vida em sociedade, se todos nós estivéssemos conscientes de quem somos, quais os nossos dons e o que aqui viemos fazer. Numa orquestra, existe uma variedade de instrumentos diferentes, tocados por pessoas de diversas idades, muitas vezes de nacionalidades diferentes, unidos pela partitura e pelo desejo de executar uma música bela e harmoniosa. A beleza é resultado do trabalho de todos e de cada um. Para que surja uma bela sonoridade é necessário que cada um daqueles instrumentos esteja muito bem afinado e que cada músico saiba o que está fazendo, consciente da parte que lhe cabe na execução da sinfonia! Se um deles desafinar, diminui a beleza do todo. O maestro rege, buscando atingir a perfeição, o mais próximo disto e se dirige, com seus movimentos, a todos e a cada um em particular. Que genial é a capacidade de alguém criar movimentos sonoros diversos para cada instrumento, que juntos se encaixam e resultam num som que até parece executado por uma só pessoa, por um só músico, tamanha é a integração entre todos.

Ma io 2013

A importância de cada um

26

Se cada um de nós fizesse o melhor que pode, no local onde está, com a certeza de que tudo que fizer é abençoado pela divino, pois, faz parte de um todo necessário, seria maravilhoso viver. A inveja e o ciúme não existiriam, pois, saberíamos que, embora o outro faça algo melhor que nós, o que realizamos da forma que podemos fazer - só cada um de nós seria capaz de executar. E a realidade seria outra, pois, respeitaríamos o próximo, fosse ele quem fosse, considerado importante ou não. Jesus, o espírito mais sábio que já passou pelo nosso planeta, escolheu a profissão de carpinteiro e sabemos que poderia ter sido o que quisesse. Certamente, naquela época, os poderosos e todos a eles ligados eram muito respeitados, mas, nada disto interessou a Ele, nosso irmão maior. Cada função desempenhada por nós é um aprendizado, é uma forma de serviço para o Todo. Se hoje somos conhecidos, homenageados pelo que fazemos, nem sempre foi assim em outras vivências e nem o será, necessariamente, nas próximas. O desempenho daquilo a que fomos chamados a fazer é o que mais importa. Não devemos trabalhar apenas visando o ganho material, pois, este deve ser apenas a consequência de um trabalho bem feito e, se estivermos obedecendo aos anseios de nosso coração, em primeiro lugar, com certeza realizaremos nossa missão de uma forma que nos dará a grata sensação de paz e de uma vida bem vivida.

A nossa função na orquestra

Estamos na matéria, mas, não podemos viver apenas para ela, pois, somos espíritos eternos estagiando numa escola planetária onde temos muito o que aprender e sempre estamos ensinando alguma coisa. Tudo acaba se reportando ao conhecimento de si mesmo, porta de abertura para uma vida mais honesta e íntegra! Não interessa se o que fazemos parece sem valor aos olhos da maioria, pois, se o fizermos com o coração e da melhor maneira possível, será uma nota de beleza e sonoridade, na sinfonia da Vida. Primeiro, procuremos saber o que viemos aqui realizar e só cada um pode se responder e ninguém mais. O divino em nós, quando consultado, vai nos apontando o caminho, através de sinais que vão nos conduzindo. Uma “coincidência” aqui, outra ali e nossos passos se dirigem numa dada direção. Depois, afinemos nossos instrumentos, aprendendo o mais possível, para que o que fizermos seja de qualidade, claro que dentro das nossas reais possibilidades. Com comprometimento, alegria, entrega, dedicação e confiança no maestro divino, sem dúvida, tocaremos o que nos cabe na Sinfonia da Vida, de tal forma que não teremos dúvidas quanto ao nosso valor! MARIA CRISTINA TANAJURA (Salvador \ BA) Escritora tinatanajura@terra.com.br


27

M ai o 2013


Patrícia M. Guimarães

SAÚDE E CORPO

Escova progressiva a laser. O que fazer?

Sabe aquele dia em que você acorda, olha para o espelho, se depara com o seu cabelo e percebe que não está do jeito que gostaria. Ele está armado, opaco e sem vida e logo pensa: -“Vou fazer uma progressiva”, porém, outros pensamentos vêm em seguida: -“Hum! Progressiva funciona, mas, tem formol que é tóxico e faz mal à saúde”.

Já existe

Pois bem! E, se alguém lhe dissesse que já existe no mercado um tratamento capilar que alisa, hidrata, dá brilho intenso aos cabelos, tem uma duração mais prolongada e que não faz mal a saúde, porque não contém formol, você acreditaria? Pode acreditar, porque esse tratamento já existe e se chama: “Escova Progressiva a Laser.”

Como é o tratamento?

Ma io 2013

O tratamento é parecido com uma escova progressiva tradicional, porém, o diferencial esta no produto, que é sem formol (á base de carbocisteína) e no Laser que é aplicado no cabelo para acelerar o processo.

28

Informações sobre o tratamento

- Pergunta: -”Por não ter formol alisa mesmo?” - Resposta: -”Sim. O formol age só na superfície, causando a quebra dos fios. Já a carbocisteína penetra na parte interna do cabelo, tratando e alisando ao mesmo tempo.” - Pergunta: -”O tratamento com a carbocisteína é prejudicial à saúde?” - Resposta: -”Não. E essa é a grande vantagem. Por ser composta de aminoácidos e vegetal não faz nenhum mal a saúde.” - Pergunta: -”Fale sobre o laser (Photon hair).” - Resposta: -”O tratamento é composto de uma luz emitida diretamente sobre os cabelos. A luz penetra no interior dos fios, amolecendo a fibra capilar, quebrando as moléculas da carbocisteína que foi anteriormente aplicada, o que ajuda a penetrar mais profundamente no fio, acelerando o processo, para um resultado muito satisfatório.” - Pergunta: -”E o resultado?” - Resposta: -”Aplicando-se os dois tratamentos (Carbocisteína e Laser) o resultado é um cabelo mais hidratado, com muito brilho, liso e bem macio.” - Pergunta: -”Quais as vantagens?” - Resposta: -”O grande benefício dessa técnica é que, além de alisar ela trata os cabelos ao mesmo tempo. Assim os fios ganham uma nanoqueratinização, um tratamento à base de micro moléculas de queratina que fecha as escamas abertas, dando aos cabelos um aspecto mais brilhoso e macio. Outro benefício é a duração do tratamento. Como o tratamento é realizado no interior dos fios, a duração é muito maior, dependendo do cuidado com os cabelos após o tratamento. PATRÍCIA MENDES GUIMARÃES (Arujá \ SP) Empresária Paty Hair stylist


29

M ai o 2013


Stephanie D’ornelas

SAÚDE ANIMAL

Curiosidades sobre a onça-pintada O grande felino

A onça-pintada é inconfundível, com seus pelos amarelados cheios de manchas e anéis negros. O grande felino vive no continente americano, desde o sul dos Estados Unidos até o norte da Argentina – apesar de estar, hoje, extinta em várias partes dessa região. No Brasil, o grande felino é encontrado em maior número na Amazônia e no Pantanal.

As curiosidades

Ma io 20 13

Quer conhecer mais curiosidades sobre a onça-pintada? Confira abaixo 10 fatos sobre esse belo animal: (1ª) - A onça-pintada, também conhecida como jaguar, é o terceiro maior felino do mundo, atrás do tigre e do leão, sendo o maior do continente americano. (2ª) - As onças têm mandíbulas tão fortes que suas mordidas podem quebrar até mesmo ossos e cascos de tartaruga. A mordida das onças é duas vezes mais poderosa do que a de um leão! (3ª) - Como a maioria dos grande felinos, as onças são solitárias e preferem caçar ao entardecer ou à noite. O cardápio desses animais inclui cerca de 80 espécies, incluindo veados, antas, capivaras, raposas, peixes, sapos e cobras. (4ª) - Apesar de temidas, as onças costumam fugir de seres humanos. São raros os relatos de ataques ao homem e quando eles acontecem, normalmente estão relacionados com a defesa de seus filhotes. (5ª) - Em antigas civilizações da América Central e do Sul, a onça-pintada foi considerada um símbolo de força. Os astecas, por exemplo, nomearam uma classe de guerreiros de elite como “Cavaleiros Jaguar”.

30

(6ª) - As onças estão sendo extintas em muitas regiões devido à perda do seu habitat em florestas tropicais da América do Sul e da caça predatória pela sua pele. (7ª) - Quem vê as poderosas onças adultas, dificilmente consegue imaginar que os filhotes nascem cegos e indefesos. Eles precisam ficar perto da mãe por cerca de dois anos aprendendo a caçar. (8ª) - As onças-pintadas eram encontradas no oeste e sul dos Estados Unidos, incluindo: Texas, Califórnia, Arizona e Novo México, entretanto, o felino foi rapidamente eliminado do país e muito poucas aparições foram registradas desde os anos 1960. (9ª) - O termo “jaguar” vem do tupi-guarani e significa: “que mata com um salto”. (10ª) - A onça segue uma dieta adorada pela maioria dos grandes felinos, conhecida como “feast or famine” (banquete ou fome). O animal fica até uma semana sem comer, mas pode devorar até 20 kg de carne em um único dia. STEPHANIE D’ORNELAS (20 anos) (Curitiba \ SP) Estudante de Jornalismo Curte: ciência, arte, culturas e escrever. Adora um café e um bom livro dornelasstephanie@hiperciencia.com


31

M ai o 2013


Você conhece o seu carro? INOVAÇÃO

Conhecendo seu carro Alternador - é um gerador de corrente alternada que é transformada em corrente contínua por componentes eletrônicos. É acionado por uma correia ligada ao motor. A própria bateria é recarregada graças ao funcionamento do alternador. Com isso, ela fornece a energia que alimenta faróis, lanternas, ar-condicionado, vidros elétricos, rádio e CD player e outros acessórios elétricos nos veículos. Barra estabilizadora - limita a inclinação lateral do carro nas curvas, também conhecida como rolling. Se não existisse essa barra, ficaria apenas para as molas e os amortecedores o trabalho de evitar que a carroceria se inclinasse demais. Mesmo assim, a suspensão teria que ser bastante dura para impedir uma capotagem. Com o auxílio dessa barra, a suspensão pode ser mais macia e, em consequência, fornecer maior conforto sem comprometer a estabilidade do veículo nas curvas.

Ma io 2013

Bobina - peça que compõe o sistema elétrico. Gera uma corrente de alta tensão a partir da menor corrente de energia contínua da bateria para o distribuidor (quando ele existe), que se encarrega de fornecer a faísca necessária para iniciar a combustão da mistura ar/ combustível no interior do motor. Cilindros de válvulas - são aberturas no bloco do motor onde os pistões deslizam, subindo e descendo de acordo com a explosão e o movimento do virabrequim. As válvulas servem para permitir a entrada da mistura ar/combustível (válvula de admissão) e deixar sair os gases resultantes da queima dessa mistura (válvula de escape).

32

Correia dentada - transmite movimento entre eixos paralelos. Existem correias planas, trapezoidais e dentadas. A correia dentada (que não transmite o movimento por atrito, mas, pela tração exercida pelos dentes da correia sobre os dentes da polia) tem a função

de transmitir a rotação do virabrequim para o eixo que comanda as válvulas do motor, sem que haja um deslizamento da correia na polia. Se a correia quebrar, o motor para e não pega nem no tranco. Tentativas podem danificar peças como bielas, válvulas e até mesmo o virabrequim. Diferencial - é um componente que faz os eixos das rodas motrizes se movimentarem em velocidades diferentes. Sem ele, seria mais difícil fazer curvas. A roda interna, em uma curva, percorre uma distância mais curta que a roda externa e o diferencial entra em ação para compensar essa diferença. Compõe-se de engrenagens cônicas, coroas e satélites que se interligam criando a geometria de raios menores e maiores que possibilita o giro do carro tanto em curva à direita como à esquerda, amenizando também o desgaste dos pneus. Ignição eletrônica - é onde começa o processo da queima da mistura ar/ combustível comprimida pelo pistão. A eletrônica calcula o momento do ponto de ignição. Substituiu os distribuidores convencionais por mapas eletrônicos, com resultado mais eficiente que a ignição convencional. Injeção eletrônica - a dosagem do combustível com o ar pelo sistema eletrônico dispensa a regulagem manual porque o mapeamento programado na central eletrônica comanda a mistura ar/combustível em quantidades quase ideais. A sigla SPI ou SFI indica que um único bico injetor alimenta todos os cilindros. Também, é conhecida como injeção monoponto. MPFI indica que cada cilindro possui o seu próprio bico injetor. É a chamada injeção multiponto. Existe um sistema mais moderno, o GDI (Gasoline Direct Injection), em que o bico injetor está instalado diretamente dentro da câmara de combustão. Ainda pouco conhecido e utilizado, este sistema acompanha alguns veículos mais luxuosos.

Suspensão - seu objetivo é controlar a estabilidade, trepidação, oscilação e flutuação das rodas em contato com as irregularidades do piso. Sem as peças fundamentais como amortecedores e molas não seria possível amenizar o impacto das rodas com o solo, transmitindo desconforto aos ocupantes do carro. Os sistemas de suspensão podem ser independentes, interdependentes, a ar e até “inteligentes” ou ativos. Tração - é a força que impulsiona um veículo que, gerada pelo motor, passa às rodas pelo sistema de transmissão. Pode ser de três tipos: dianteira, traseira ou integral, também conhecida como tração nas quatro rodas. A tração dianteira exige um menor número de peças de transmissão. Com menos peso, há melhor aproveitamento da potência. Outra vantagem é o maior espaço disponível dentro da cabine, já que dispensa o uso do cardã e o túnel. A desvantagem é que sobrecarrega os pneus dianteiros, que são obrigados a tracionar o carro e ainda determinar as mudanças de direção. Na tração traseira, há a transferência de peso para o eixo de trás, diminuindo a possibilidade de o veículo patinar nas arrancadas, o que a torna ideal para carros com desempenho mais esportivo. Vela - é a unidade responsável por provocar a ignição da mistura ar/combustível dentro do cilindro e, em consequência, sua explosão. O eletrodo que gera a faísca trabalha em temperaturas que vão de 400 a 800 graus centígrados. O lado externo da vela é recoberto com material cerâmico que age como uma capa protetora do eletrodo central. Ainda que alguns modelos tenham configuração diferente, em geral cada cilindro tem uma vela. Motores a diesel não são dotados de velas: a explosão se dá pela compressão do combustível...


• Rodas e Pneus • Ar Condicionado • Injeção Eletrônica • Câmbio Automático • Direção Hidráulica • Mecânica • Elétrica • Alarme e Som

4655-2647

Rua Major Benjamim Franco, 735 - Centro - Arujá

M ai o 2013

11

33


MATÉRIA DE CAPA

Mãe: signo e perfil. Conheça o perfil da sua mãe, de acordo com o signo do zodíaco: Áries É a mãe que estimula o filho a ser guiado pelo instinto e pela capacidade de decisão Touro A mãe deste signo tem comportamento moldado pelo desejo de nutrir, de cuidar, de alimentar, de tocar e de acarinhar seu filho. Gêmeos É a mãe amiga, comunicadora, jovial e que enfatiza o valor da amizade, do prazer das viagens, da importância da informação e do conhecimento. Câncer É a mãe apegada e que deseja recriar a família extensa,aonde o filho, a nora e o genro possam morar e viver sempre próximo ou junto. Leão É a mãe amorosa, que gosta da arte, do belo e ensina o filho a confiar em si mesmo e a saber se impor. Virgem É a mãe muito preocupada com a saúde do filho e o cuidado com a alimentação, ensina o filho a ser observador e crítico. Libra É a mãe que ensina ao filho a beleza da arte, do refinamento, da justiça e do equilíbrio nos relacionamentos. Escorpião É a mãe que ensina a viver com intensidade e a descobrir os segredos da vida que se escondem em situações triviais e que dão outro sabor à vida. Sagitário É a mãe que transmite o valor da religiosidade, da alegria pelo conhecimento, da evolução da alma e que está sempre disponível para ajudar e ensinar.

Ma io 2013

Capricórnio É a mãe com quem se pode contar sempre, em qualquer situação que pareça difícil ela sempre vai encontrar uma solução e descomplicar tudo.

34

Aquário É a mãe que não admite injustiça e transmite ao filho a importância da união e da tolerância, ensinando, sempre, a coexistência pacífica. Peixes É a mãe que ensina ao filho a observar sua intuição, a acreditar no seu sonho, que ensina o valor da compaixão e do amor incondicional.


Aleixa de Oliveira É uma artista plástica brasileira, nascida na cidade de Mogi das Cruzes, atualmente radicada em Arujá, a qual elabora belas e surpreendentes pinturas em técnicas lápis de cor e aquarela. A artista participa periodicamente de exposições em: galerias de arte, lojas de decoração e eventos, entre as quais evidenciamos as mais recentes: na Casa Cor de SP em 2012 e uma exposição individual realizada no mês de março deste ano no Espaço Cultural do conceituado Octavio Café em São Paulo.

Suas obras Possui obras na Alemanha, Chile, EUA e Portugal. Entre seus últimos trabalhos destaca-se a pintura sob encomenda: “O encontro de São Francisco”, solicitada pelo Dr. Emanoel Massarani Von Lauenstein (crítico de Arte e Presidente do Patrimônio Histórico do Estado de São Paulo). A obra encontra -se na Itália e fará parte do Museu de Arte de São Francisco junto à Fundazione Pax-Centro Internazionale d’Arte e Cultura, na região de Florença. Aleixa, já expôs suas obras ao lado de pinturas dos seguintes autores: Candido Portinari, Vik Muniz, Cláudio Tozzi , Tarsila do Amaral, Gustavo Rosa, Beatriz Milhazes, Aldemir Martins e, até mesmo, de Salvador Dali, entre outros. A carreira profissional da artista plástica e parte de suas obras podem ser vistas pelo site: www.aleixadeoliveira.com.br

Aleixa Oliveira

MATÉRIA DE CAPA

A nossa capa: “Verdadeira Luz”

Sua sensibilidade Dentre os compromissos que tem com a Arte, Aleixa faz questão de reservar parte de seu tempo às crianças, ou seja, ensinando-as a pintar em técnica lápis de cor, a quem costuma dizer: -“A Arte aprimora a sensibilidade humana, nos traz grandes respostas e ensinamentos e, por meio dela, conhecemos povos, costumes, culturas, questões políticas e até mesmo psicológicas de uma nação. Além de contribuir para o desenvolvimento de habilidades e competências técnico/ visuais, contribui para a formação de um patrimônio artístico cultural, de valor, sobretudo, humano, fundamentados na ética e na estética social, portanto, a Arte não se resume apenas a algo relaxante ou um passatempo“.

Suas atividades Aleixa ministra aulas de pintura no Colégio Ipê em Arujá e está em acerto com a Diretora da Escola Municipal “Hermínia Araki” no Parque Rodrigo Barreto em Arujá para, gratuitamente, incentivar os alunos interessados a desenvolver suas habilidades, aprimorando através da arte o sentido de cidadania. No mercado Editorial empresas como : Saraiva, Minuano, Escala e Renovar, entre outras , já publicaram e solicitaram a Aleixa de Oliveira, suas obras de pintura para ilustrar conteúdos e capas. Agora, contando o mais novo e inédito trabalho: “Verdadeira Luz”, utilizado para ilustrar a capa desta nossa edição (nº.52 - maio\2013), homenageando, assim, o “Dia das Mães”.

A bela escultura de Auguste Rodin: “ A mão de Deus “, foi uma das inspirações para elaboração da obra: “Verdadeira Luz “, que recebe este subjetivo título em especial homenagem à minha saudosa e admirável mãe, Sra. Vera Lúcia , nome este com o significado: “Verdadeira Luz”. Assim, torno extensiva a minha emoção e gratidão à figura materna, dedicando este trabalho a todas as mães. Procurei retratar a mais perfeita criatura: “a mulher”, em seu mais divino estado, o da gestação, período de transição e transformação em que, para tal, com emoção e alegria, o seu ser abdica do seu “eu” por um “nós”: “mãe e filho”, surgindo, então, o renascimento da vida em seu ventre, acompanhado do mais puro amor e aconchego do mais novo pulsar de dois corações. E, ainda envolvida pelo espírito criativo de artista, refletindo um pouco mais sobre o fascinante universo e suas criaturas, simbolicamente, elaborei o elemento compositivo, as pétalas da flor manacá, que representam a força e a delicadeza, a feminilidade deste ser e suas várias transformações, entre elas, fisiológicas, emocionais e espirituais. E, neste caso, a sua maior plenitude humana que é poder fazer parte do milagre da vida: “ser mãe”.

M ai o 2013

Com a palavra a artista

35


Andrea Pavlovitsch

Sorte de um amor tranquilo.

CONSCIÊNCIA

O que é

Hoje eu ouvi essa frase três vezes: de uma amiga do Facebook que escreveu que ela encontrou um a 19 anos; de uma cliente disse que quer encontrar um e de outra que disse que quer também. Mas, o que é um amor tranquilo?

Qual sabor

Como sabor de fruta mordida, disse Cazuza. Eu vou me arriscar a uma análise, mesmo não sendo a minha especialidade: uma fruta mordida é uma fruta que perdeu a ansiedade. Depois que você morde uma maçã, já sabe o gosto, já sabe a sensação que ela te dá na boca, já sabe se você gosta dela ou não. Um amor com sabor de fruta mordida é um amor sem ansiedade, sem muitos mistérios. É um amor maduro.

Como achar?

E, como é difícil achar estas duas coisas: “Amor e Maturidade”. Se a maioria das pessoas ainda se comporta como crianças no jardim da infância, loucas por amor e atenção, mas, completamente egoístas frente ao outro. Lembro-me de estar no parque, na pré-escola, eu corria do Marcelo, um menino alto e loiro pelo qual eu nutria certa afeição. A maneira de ele dizer: - “Ei, gosto de você”, era me perseguir no recreio e, quando chegava perto de mim, fazer um carinho tímido nos meus cabelos, assim, escondido de todo mundo. E, eu adorava aquilo, mal via a hora de ir pra escola no outro dia. Ele me dava o que eu tinha pouco em casa: atenção positiva. E não é isso que corremos atrás a vida toda: atenção? Alguém que olhe para gente e diga de um jeito ou de outro: você é especial! Você é única! Você é a pessoa pela qual eu trocaria o recreio e a brincadeira com os outros meninos! Você é amada por mim!

O nosso querer

Ma io 2013

Queremos ser amados. Queremos ser olhados. Mas, como queremos isso se não olharmos e amarmos a nós mesmos? Você consegue se enxergar como alguém com quem você se casaria ou passa a vida procurando os seus defeitos, esquadrinhando as suas mazelas, provando para você e para todo mundo que não merece ser feliz? Qual é o gosto da sua fruta: amarga ou doce? É uma fruta que escorre pela boca ou algo que você precise tirar o caroço?

36

Enfim, o amor

Então, queremos a sorte e a sorte é para poucos. Se esperarmos o amor como esperamos ganhar na loteria, estamos bem fritos. Fritos e sozinhos, mesmo na multidão. E não interessa que tipo de relacionamento você queira, não interessa se lhe falta o tesão de um amor adolescente, se te falta tranquilidade ou paz. Tudo isso está, primeiro, dentro de você. E, assim que você achar isso lá dentro, procure mais um pouco, olhe para os lados, para cima e para baixo, que o amor tranquilo estará lá, esperando você tomar posse dele, de um coração que, também solitário, só quer a sorte de um amor tranquilo. ANDREA PAVLOVITSCH (São Paulo / SP) Psicóloga \ Espiritualista Conselheira \ Colunista da revista: Mulher Executiva


37

M ai o 2013


Rosana Braga

É amor ou amizade.

CONSCIÊNCIA

É amor ou amizade

Está em dúvida sobre o que sente por aquela pessoa especial? Sempre apostou que se tratava de uma grande amizade, mas, agora tem se questionado a respeito do que está realmente acontecendo entre vocês? Fique atento a como reage diante dela e aproveite as dicas abaixo para reconhecer e assumir de vez o que sente e quer!

(1) - Quando aquela pessoa aparece sem você estar esperando. - Amor: o coração dispara, você começa a suar e não sabe exatamente o que dizer. - Amizade: você vai logo perguntando por que não avisou que viria e o convida para fazer parte da situação. (2) - Quando a pessoa te liga... - Amor: você fica mega feliz e, a cada toque, delicia-se com a sensação maravilhosa de se sentir lembrado. - Amizade: você atende na primeira e já vai logo perguntando qual é a boa pra hoje. (3) - Quando o(a) tal te dá um beijo forte na bochecha... - Amor: você fica quente, vermelho, confuso e morrendo de vontade de virar o rosto para o beijo acertar sua boca! - Amizade: você retribui o beijo na bochecha com a maior naturalidade e ainda tira sarro da situação. (4) - Quando ele(a) te abraça carinhosamente... - Amor: você se sente derretendo e gostaria de ficar ali, entre aqueles braços, para o resto da vida. - Amizade: você devolve o abraço sem nem se dar conta do ato ou, dependendo da intimidade, dá um empurrão de “larga do meu pé”. (5) - Quando a pessoa faz um comentário sobre você... - Amor: você fica refletindo se o comentário esconde algum interesse maior e se aquilo foi alguma indireta ou ainda fica preocupado, pensando se a pessoa estava te criticando. - Amizade: pergunta logo o que ela quis dizer com o comentário e se concluir que foi mesmo uma crítica, solta um “cala boca” e cai na risada. (6) - Quando você encontra a pessoa no cinema e... acompanhado(a)... - Amor: você se sente péssimo(a), quer ir embora, fica com raiva e morrendo de vontade de saber o que está rolando entre eles. - Amizade: você vai logo se apresentando, se enturmando e perguntando por que não te convidaram para ir junto.

Ma io 2013

(7) - A pessoa te convida para viajar no final de semana com a família dele(a)... - Amor: você fica empolgadíssimo(a), feliz da vida, entendendo o convite como um desejo dele(a) de que se tornem ainda mais íntimos e próximos. - Amizade: você fica bem contente e já começa a planejar o que podem fazer para se divertirem juntos.

38

(8) - Vocês têm um encontro marcado... - Amor: você passa horas pensando nos detalhes, tais como: roupa, perfume, o que vai dizer, qual a forma mais atraente de se comportar. - Amizade: você se arruma na última hora, ainda liga pra pedir opinião e aproveita o encontro para relaxar e se divertir.

Conclusão

Depois disso, se já concluiu que o que sente está mais para amor do que para amizade, avalie o cenário. Se a pessoa é solteira, talvez valha se declarar e dar uma chance para essa história. Se ela não está solteira, talvez seja melhor você se afastar um pouco para não sofrer tanto e tentar conhecer alguém que esteja tão disponível quanto você! Por fim, se for amizade de verdade, nem a distância e nem as dúvidas serão suficientes para destruí-la. No mais, é melhor viver e errar do que passar pela vida feito um cogumelo: “inexpressivo”. ROSANA BRAGA (Florianópolis\SC) Jornalista \ Psicóloga Consultora em Relacionamentos Palestrante \ Escritora Autora dos livros:

• O Poder da Gentileza - Ed. Minuano. • Gigantes da Motivação - Ed. Venda Mais. • Faça o Amor Valer a Pena – Ed. Gente. • Alma Gêmea – Segredos de um Encontro – Ed. Alaúde. • Amor - Sem regras para viver – Ed. Alaúde.


39

M ai o 2013


Maria Isabel

As empresas estão doentes.

CONEXÃO

Mercado competitivo

A competição mundial, cada vez mais acirrada, leva as empresas a um tipo de pressão humanitária como se fossem máquinas. O desempenho medido por metas não é mais suficiente. As metas, hoje em dia, devem ser superadas como uma condição de permanência no local e o que leva um funcionário ao destaque é a superação de si mesmo, em tarefas que devem ser muitas vezes cumpridas em casa, pois, o tempo passado na empresa não foi suficiente para atingir o objetivo, a meta proposta. O número de horas trabalhadas deve exceder às expectativas dos superiores e quando alguém não cumpre a jornada acertada em contrato é mal visto. Vida própria e objetivos particulares não fazem parte do mundo corporativo, onde a única saída é o rápido crescimento e desenvolvimento pessoal.

O equilíbrio

A quantidade de informações que temos que ter acesso diariamente não corresponde nem de longe ao que o nosso cérebro pode suportar. Os objetivos materiais são a força propulsora para a dedicação extrema por no mínimo 35 anos de sua vida, considerando que isto representa a metade de nossa vida e a outra metade composta por infância e velhice que nos restringe muito no aproveitamento de tudo que foi construído. Neste exato momento, você que lê este texto pode achar que eu sou contra o trabalho e dedicação. Pode ficar tranquilo, sou muito a favor do trabalho e jamais conseguiria viver sem ele, mas, que seja com equilíbrio, onde o ser humano que está em determinada função tenha as características favoráveis para o pleno desenvolvimento de suas tarefas. Um ser humano equilibrado é aquele que se preocupa com o bem-estar de todos, que entende que a solidariedade leva ao crescimento mútuo e que para se expressar tem espaço para demonstrar o que sente e, principalmente, que possui uma mente equilibrada o suficiente para se sentir observador do todo e, então, com discernimento e clareza mental poder agir. Por incrível que possa parecer, a armação contínua (como meio de subir na carreira) e a deslealdade ainda fazem parte do contexto de muitas empresas. E é nesta hora que classifico as empresas de doentes.

Os bloqueios

Ma io 2013

Você deve sempre ter em mente que: o que é verdade para você pode não ser verdade para os outros. Todas as pessoas enxergam a vida de acordo com as suas experiências vividas e es-

40

tas experiências, muitas vezes, causam bloqueios que chegam a transformar a nossa personalidade. O outro tem todo o direito de expressar a sua verdade, mas, você não é obrigado a aceitar, aprender a ouvir mais do que falar é uma das coisas mais importantes no meio corporativo. Enquanto não renunciarmos à raiva, ao ressentimento, ao desespero, às inseguranças e ao medo, nunca nos tornaremos plenos e realizados no que fazemos e jamais entraremos no pleno equilíbrio. A Mesa Radiônica nos permite analisarmos todas as frequências energéticas, identificarmos nossos vícios de comportamento e, a seguir, identificarmos o exato momento em que os bloqueios ocorreram. Estes bloqueios que nos fazem agir de maneira a restringir nosso crescimento pessoal que abrange também o âmbito profissional. Minha formação em Engenharia e Radiestesia me permitiu traçar uma carreira profissional na área de gerência industrial de algumas empresas e, depois, o tratamento energético das pessoas. Atuo hoje, além do consultório no atendimento pessoal, também no âmbito empresarial.

Um caso

Em um de meus atendimentos vivi a seguinte situação: tratava-se de uma empresa de grande porte no ramo metalúrgico, o conflito era grande, a área industrial e a área comercial não se entendiam e a empresa tinha um tempo curto para reverter um resultado ruim que vinha se estendendo há algum tempo. Iniciei, então, o atendimento pela diretoria, entendendo a visão de cada um sobre a empresa e, depois, passei para a gerência e a coordenação. E, qual não foi a minha surpresa, uma só pessoa desestabilizava o todo. O diretor comercial com sua enorme insegurança manipulava a todos e tinha sempre muitos argumentos contra qualquer um, era uma forma de se proteger, na sua ótica doente, tornando assim a empresa doente. Quando do seu atendimento pessoal, descobri que ele havia passado por uma traição em seu casamento, largando da esposa e ficando com os três filhos, tornando-se, a partir daquele momento, pai e mãe. Aprendeu, com aquela situação, que poderia ser, de maneira súbita, traído a qualquer momento e, então, se armava contra tudo e contra todos. O seu comportamento era sempre reativo e conseguia, com sua manipulação verbal, colocar sempre um contra o outro.

Resultado final

Eliminamos tal bloqueio nele que, pouco a pouco, começou a confiar e acreditar nos outros, mudando sua postura reativa e formando na empresa um ambiente saudável e próspero novamente. Muitas vezes, criticamos o ambiente em que trabalhamos, mas, tenha certeza de que, se você se propuser a mudar o todo à sua volta terá outra ótica e que, se depois desta fase, chegar ainda à conclusão que aquele lugar não é para você, tenha absoluta certeza que, estando equilibrado, a sintonia se estabelecerá e você encontrará de fato o seu lugar ideal de trabalho.

MARIA ISABEL CARAPINHA (São Paulo \ SP) Radiestesista \ Feng Shui \ Mesa Radiônica \ . Ministra cursos e faz atendimentos em residências e empresas. E-mail: isabelc@uol.com.br


41

M ai o 2013


Mustafá Ali Kanso

Chefe é chefe – uma reflexão fabulosa!

CONEXÃO

“O chefe”

Um dos fundadores da sociologia, o economista alemão Max Weber, conceitua o poder como sendo toda a probabilidade de impor a própria vontade numa relação social, obstante qualquer resistência e independentemente do fundamento dessa probabilidade. Um dos exemplos mais simplórios e, também, um dos mais anacrônicos do exercício do poder, está manifestado no membro administrativo de algumas corporações com grau hierárquico executivo identificado simplesmente como: “o chefe”. “O chefe” é o personagem, muitas vezes caricato que, encarnando o detentor de alguma forma de poder tem, muitas vezes, seu grau de hierarquia oficializado por títulos sugestivos, tais como: coordenador, gerente, diretor, supervisor etc.. Independentemente do título, ser chefe é ter acesso privilegiado às informações, às decisões e, também, a outros instrumentos administrativos que viabilizam o exercício desse poder, tais como: a promoção e a demissão de seus subordinados. No Brasil das corporações anacrônicas é comum se ouvir nos bastidores: - “O chefe tem sempre razão!” ou “Manda quem pode e obedece quem tem juízo!” E, por aí vai.

Ma io 2013

O exercício da chefia

42

A infelicidade de tal prática, onde chefe é chefe e subordinado é subordinado (sendo a diferença muito nítida, também, no montante dos salários), geralmente está acompanhada pelo autoritarismo de uma parte e a subserviência da outra. Talvez uma herança atávica do feudalismo, o exercício do micro poder diário das chefias nos convida a um questionamento filosófico sobre o exercício diário da ética, que se traduz, na interpretação de muitos filósofos modernos, como sendo simplesmente o exercício da moral.

Muitos chefes possuem um poder circunstancial. Mandam mas não lideram. E, talvez, por falta dessa mesma liderança ameacem, intimidem e se transmigrem amiúde na versão tragicômica de pequenos tiranos. Em síntese: “um rato que ruge”. E, o que é pior, é que muitos desses chefes tiranos brotaram do plano comum de seus subordinados e que, quando então promovidos, simplesmente “mudam de lado”. Talvez, porque na maioria das corporações onde exista um chefe tirano, também existam subordinados que trabalhem direito apenas quando contam com uma “severa” supervisão. Flagra-se, portanto, a carência de moral, tanto de uma parte como de outra.

Qual é a solução?

Melhorando o subordinado, transformando-o em colaborador, melhoraria também a chefia ou trocando o chefe por um verdadeiro líder, a coisa toda mudaria de figura? Será? Ou é do indivíduo que temos de falar – antes de mais nada? Para concluir este artigo e suscitar essa fabulosa reflexão – quero apresentar aqui minha releitura recorrente de uma das “Fábulas Fabulosas” de Millôr Fernandes: “O rato que tem medo” A história é bem simples. Um rato que depois de muito sofrer pede para um grande mágico transformá-lo em um gato. Não suportava mais ser perseguido e intimidado. Nem bem foi transformado, ironicamente, passou a perseguir todos os ratos que encontrou, porém, com inédita crueldade e efetiva precisão. Afinal conhecia com propriedade o “modus operandi” destrutivo dos ratos. Viveu satisfeito até encontrar um cão que, então, passou a perseguí-lo. Implora, mais uma vez, para que o mágico o transforme, dessa vez em um cão e, assim, por efeito da magia vai subindo sucessivamente a escala zoológica até chegar na iminência de ser transformado em ser humano. Nessa passagem, o mágico, numa peripécia o transforma novamente num rato. “Mas por que voltei a ser rato?”, pergunta o animal, transbordando frustração. É com a sabedoria típica das fábulas que o Grande Mágico responde: - “De que adiantaria para o mundo mais um Homem com “coração de rato”!” MUSTAFÁ ALI KANSO (Curitiba \ PR) Escritor \ Professor \ Engenheiro Químico Empresário da mídia educacional e divulgador científico em programas culturais da TV. mustafa@hiperciencia.com


43

M ai o 2013


Roberto F. Vieira

Qual o melhor antivírus para minha máquina?

CONEXÃO

Qual será?

Caros amigos leitores, muitas e muitas vezes fui indagado por meus clientes qual seria o melhor antivírus a ser usado. É difícil de falar, pois, são tantas ameaças criadas diariamente e, ao mesmo tempo, ter que testar tantos antivírus existentes. Sendo assim, decidi pesquisar e fazer alguns testes, onde encontrei a “AV-Comparatives”, uma organização sem fins lucrativos independente, que oferece testes sistemáticos para verificar o software de segurança (antivírus), promovendo, no mês de março de 2013, teste para verificar o antivírus mais eficiente do mercado.

O teste

Segundo dados do site “www.avcomparatives.org”, a “AV-Comparatives”, para elaborar o seu relatório, analisou 22 dos principais nomes do mercado de antivírus que, entre eles, estavam: AHN V3 \ AVAST \ AVG \ AVIRA \ BITDEFENDER \ BULLGUARD \ EMSISOFT \ ESCAN \ ESET SMART \ FORTINET \ G DATA \ KASPERSKY \ MCAFEE \ PANDA \ TREND MICRO-KINGSOFT \ (a lista completa está no site).

Foi realizado um teste chamado “Teste de Proteção do Mundo Real”, que pretendia colocar os antivírus para enfrentar desafios do dia a dia de uso, verificando como ele iria se comportar no seu computador. Ele verificava a capacidade de identificar um problema assim que ele acontecia. Foram realizados 422 testes ao longo de todo o mês e o resultado foi totalmente positivo: 100% de proteção automática, sem qualquer interferência humana. Dos 22 analisados, o pior desempenho foi do AhnLab V3 Internet.

A avaliação

Outra medida de desempenho de programas antivírus avalia a questão dos falsos positivos, os arquivos saudáveis “confundidos” com “malwares” pelo aplicativo. Os softwares da Microsoft (nenhum falso positivo), Fortinet (apenas cinco) e Kaspersky e Sophos (ambos com seis falsos positivos) obtiveram os melhores resultados. Outra ressalva, feita pela AV-Comparatives, dá conta de que o desempenho registrado aqui pode mudar de acordo com o “malware” enfrentado, afinal, por mais que os testes usem diversos tipos diferentes de vírus e outros arquivos mal-intencionados, novas ameaças podem surgir e, também, há aquelas que ficaram de fora da análise.

Ma io 2013

O resultado

44

Levando em conta os resultados publicados, podemos destacar como os cinco melhores desempenhos nos testes da “AV-Comparatives”, os seguintes programas: - G DATA Internet Security 2013 - F-Secure Internet Security 2013 - Avira Internet Security 2013 - Kaspersky Internet Security 2013 - BitDefender Internet Security 2013 ROBERTO FELIX VIEIRA (Arujá \ SP) Analista de Suporte Técnico \ Gestor de Treinamento Actos Suporte em Informática e Treinamento


45

M ai o 2013


Elisabeth Cavalcante

Livre-se das expectativas.

IDEIAS

Ser autêntico

Para viver uma vida de autenticidade, é necessário, antes de tudo, libertar-se das expectativas. Aquele que se preocupa em corresponder ao que o restante do mundo espera dele, jamais conseguirá ter paz. Isto porque, muitas vezes, a expectativa é exatamente o oposto da sua real natureza. E, ele se esforçará durante muito tempo para seguir este manual que lhe foi imposto. Mas, como a natureza cobra o seu preço de todo aquele que a renega, cedo ou tarde, este falso “eu” se traduzirá em desequilíbrios dos mais variados, sejam eles físicos ou emocionais.

A verdade de cada um

Permanecer fiel à sua própria verdade é uma tarefa para poucos, pois, exige coragem e, acima de tudo, uma confiança absoluta em seu guia interior. O que ainda não alcançou tal consciência, seguirá vivenciando uma falsa realidade, apenas para receber a aprovação externa. Enquanto não for capaz de assumir a responsabilidade pelo próprio destino, continuará a espera de alguém que lhe aponte o caminho. E seja qual for a direção que tome, nenhum delas o levará ao encontro da sua verdade. Porque ela só pode ser encontrada onde existe o destemor e a confiança. Muitos são os que ficaram no meio do caminho e optaram por seguir a cartilha do conhecido, do seguro, do esperado. O que ousou traçar o seu próprio destino, sem se preocupar em satisfazer as expectativas alheias, pagará, muitas vezes, um alto preço por sua audácia. Mas, seja qual for o preço, ele compensa e muito, o esforço despendido.

Assim fala o mestre

Ma io 2013

- Eu não posso agradar a todos e nem estou interessado em agradar a todos. - Eu não sou político: o político tenta agradar a todos. - Eu estou aqui apenas para ajudar aqueles que, realmente, querem ser ajudados. - Eu não estou interessado em multidão. Eu só estou interessado naqueles buscadores sinceros que estão dispostos a arriscar tudo - tudo - para atender a si mesmos.

46

- Isso vai enraivecer muitos, isso vai criar muita polêmica, porque eu sou uma pessoa muito não comprometida. - Eu vou dizer apenas aquilo que é verdade para mim, seja qual for a conseqüência. - Se eu for condenado por isso ou assassinado por isso, está perfeitamente bem. Mas, eu não vou comprometer, nem um ponto. - Eu não tenho nada a perder, então, por que me comprometer? Eu não tenho nada a ganhar, então, por que me comprometer? - Tudo o que poderia ter acontecido já aconteceu. Nada pode ser tirado de mim, porque o meu tesouro é interior e nada pode ser adicionado, porque o meu tesouro é interior. - Então, eu vou viver da maneira que eu quero viver. Eu vou viver na minha própria espontaneidade e autenticidade. Eu não estou aqui para satisfazer as expectativas de ninguém. - Eu não estou interessado em ser chamado de uma pessoa espiritual ou um santo também. Eu não preciso de elogios de ninguém, eu não quero a multidão para me adorar. Todos esses jogos estúpidos terminaram. - Eu estou nesse estado onde nada mais pode acontecer, é além do acontecimento. Então, eu vou continuar dizendo coisas que ofendem as pessoas. - Não é que eu queira ofendê-las, mas, o que eu posso fazer? Se a verdade ofende, então, os ofendo. - Vou viver a vida do jeito que está acontecendo comigo. Se não estiver de acordo com as suas expectativas ou eles podem mudar as suas expectativas ou eles podem sentir raiva e continuar agarrados às suas expectativas. Eu sou totalmente livre da opinião deles, não importa para mim. - Lembre-se de uma coisa... Viver uma vida de compromisso é pior que a morte. E viver uma vida de verdade, mesmo que seja por um único momento, é muito mais valioso do que viver eternamente em mentiras. Morrer pela verdade é muito mais valioso do que viver em mentiras. OSHO - O Livro da Sabedoria.

ELISABETH CAVALCANTE (São Paulo \ SP) Taróloga \ Astróloga \ Consultora de I Ching Terapeuta Floral - Email: elisabeth.cavalcante@gmail.com


47

M ai o 2013


IDEIAS

Era de Cristal

Minha próxima vida... Eu quero ser...

Entenda...

Pode ser...

A Era de Cristal

Você já se pegou pensando no que gostaria de ser na “próxima vida”? Isso não é tão incomum… De vez em quando, frente aos desafios da existência, aos problemas familiares, aos desmandos políticos, ao caos instalado nas relações interpessoais, frente às contas a pagar e de olho nas possibilidades infinitas que o Universo concede a alguns e não a nós, feliz ou infelizmente, nos pegamos pensando numa outra existência, num tempo a acontecer, no qual seríamos diferentes, faríamos a diferença, nos comportaríamos como “outros”! E uma coragem, uma vontade inabalável nos toma e decidimos: -”Na próxima encarnação, eu quero ser…” Bem, a notícia é excelente! A próxima vida está mais perto de você do que imagina. Ela começou, exatamente, na terceira semana de dezembro de 2012 e acabará assim que você desejar! As mudanças planetárias e a nossa ascensão no Universo, nos permitirão mudar o rumo dos acontecimentos e, quem sabe, viver a vida que sempre desejamos, com este nosso corpo, com as mesmas condições que agora temos. Seremos chamados à transparência e isso passa, certamente, pelos aspectos do desejo.

Desejar...

Ma io 2013

É preciso uma pausa explicativa e o texto a seguir é parecido com uma errata, no sentido de termos sido sempre “enganados” ou, talvez, nos deixamos enrolar. Desejar é errado? Mas, se nem o Deus das Escrituras, disse isso, como é que chegamos a essa conclusão? Não existe nada de ruim relacionado ao desejo! Num Universo onde somos a manifestação do Todo, tudo nos pertence! O Universo não entende o “pecado”. O erro é, sim, um aprendizado e errar não é “errado”, por mais pleonástico que isso possa parecer. O que chamamos de erro, na verdade, consiste em não dar vazão ao potencial que temos e ele é infinito.

48

A Era de Cristal dará o aval que cada um de nós precisa, para a felicidade. O que de pior pode acontecer? Abandonar seu emprego das 9:00 às 18:00 horas e dedicar-se a curar? Deixar as situações que fazem mal e aventurar-se a aprender o que sempre despertou curiosidade? Separar o joio do trigo e dedicar-se apenas ao que vale a pena? Entenda, com seu coração, que os propósitos da Fonte caminham sempre em direção ao bem! Cante, se for isso! Dance, se essa for a sua meta! Ouça, se isso for preciso! Nós somos as pecinhas por trás do mecanismo. Isso, se não arriscarmos dizer que somos nós o próprio mecanismo, com os tais “erros” que, ingenuamente, julgamos cometer, a cada passo do aprender. E, quanto ao melhor? Podemos pensar nisso, por um instante? Num exercício de extensão, imaginemos o que de melhor acontecerá: eu, você, ele, ela, eles, os outros e todos nós estaremos em sintonia com o que nos faz felizes! Está bem à frente de nossos narizes. Estamos há alguns segundos no relógio cósmico. Qual será seu papel na Era de Cristal? Temos certeza de que será importante ou você nem perderia 20 segundos nesta leitura. Sugerimos que você faça seu planejamento: não há garantia nenhuma de que haverá outra vida, mas, esta, com toda a certeza absoluta, pode ser sua daqui a pouco, num piscar de olhos! Seja bem-vindo à Era da Transparência! ERA DE CRISTAL – (Embu das Artes \ SP) eradecristal@gmail.com


49

M ai o 2013


Shirley Varjão

Mulher, a sua casa revela quem você é!

MÃOS A OBRA

Mulher

“Toda mulher sábia edifica a sua casa, mas, a tola a derruba com as próprias mãos”. A sua casa é extensão do seu interior, daquilo que você é! Uma mulher desleixada vai morar numa casa desleixada também, uma mulher criativa vai habitar em um espaço criativo e moderno. Existem mulheres que moram em lugares desorganizados e sem personalidade alguma, sempre falo que, se a sua casa interior estiver bagunçada assim também será a sua morada exterior.

Os recursos

Descobri que, sempre podemos ter uma desculpa para não realizarmos as coisas na nossa vida, mas, hoje em dia, não há desculpa para se ter uma casa agradável e charmosa, existe muita variedade no mercado que vai desde móveis caríssimos até móveis simples igualmente bonitos, sem falar de peças que você pode encontrar até em lojas de móveis usados. Há ainda as peças decorativas que você traz para sua residência imprimindo personalidade a ela, por exemplo: um jarro de flor, um porta retrato, umas almofadas, mesinha de centro e de canto ou um quadro na parede, são detalhes que trazem vida à nossa casa e que, muitas vezes, encontramos em lojas com preços bastante acessíveis.

Ma io 2013

Criatividade

50

Existem até aquelas mulheres super criativas, que fazem para sua casa as próprias peças decorativas, pintam seu quadros, fabricam cerâmicas, costuram suas próprias almofadas, demais não é mesmo? Mas, nem todas têm esse tempo disponível. Vale a pena buscar nas lojas peças decorativas que são a sua cara, tem de todos os preços. Outro dia entrei em uma loja de variedade e encontrei lindos porta-retratos por preço bem baratos em relação aos que tinha visto no shopping e com a mesma qualidade.

A mulher deve cuidar da sua casa buscando fazer deste local um ambiente agradável e bonito para a sua família e a todos que chegam. Não importa se você mora num lugar simples. Com certeza, devemos morar numa casa conforme o nosso padrão de vida. Viver de aparência é uma vida cheia de ansiedade e medo. Não faça essa escolha para você. Conheço mulheres que moram em uma casa linda, mas, está cheia de dívidas e por isto nem dorme de noite, são estressadas e mal humoradas e percebo que, mesmo que a casa seja maravilhosa, a gente não tem vontade de ficar muito por lá. No entanto, mesmo se o seu salário é bem restrito você pode usar a criatividade! Isto mesmo! Criatividade é tudo quando não se tem dinheiro. Vamos lá, comece hoje! Mas, não se esqueça: a maior beleza de um lar é quando se tem paz, alegria e amizade dentro de casa, então, cultive esses sentimentos sendo mais paciente com as pessoas que convivem com você, se esforçando para olhar as qualidades delas e não para os defeitos.

O lar

Você precisa fazer do seu lar um lugar de refúgio, aonde você renova as suas forças no final do dia, então, tem que ser um ambiente de paz, organizado e bonito onde você e as pessoas do seu convívio se sintam bem. Gosto de orar na minha casa, sempre peço para Jesus repreender todo mau, oro nos quartos, abençoo a minha família, oro na minha cozinha, peço para o Senhor me dar a provisão de cada dia, peço, também, para que ele envie anjos para guardar minha residência, como diz a palavra de Deus “Darei ordem aos meus anjos para te guardarem de todo mau, porque a mim você se apegou com amor” Salmo 91. Experimente, convide Jesus para entrar na sua casa ele vai te ajudar a organiza-lá e você vai ver o seu lar se tornando um oásis no meio de um grande deserto. SHIRLEY VARJÃO (Cuiabá \ MT) Designer Publicitária \ Funcionária Pública \ Palestrante (nos horários alternativos desempenha ações em prol da comunidade, como: capelania prisional, capelania hospitalar e programa de restauração familiar) Artigonal


51

M ai o 2013


Elaine Ferreira

Evolução contínua.

MÃOS A OBRA

As questões

Estamos há muito tempo numa longa jornada, mesmo sem termos consciência disso. Numa jornada justamente em busca da consciência ou da reconexão com algo maior que nós mesmos, o qual jamais esteve fora de nós. Noto que a maioria das pessoas, envolvidas em afazeres rotineiros, sequer desconfiam que pode haver algo mais, muito mais sentido nesta existência do que, apenas, nascer e morrer e, no intervalo, estudar, trabalhar e, sempre com vistas a ter: comprar, consumir, trocar tudo por modelos mais novos - carros, celulares, computadores, amores etc... Questionar andou fora de moda. Aceitar mansamente a verdade imposta - pela mídia, pelas religiões, pelos governos - quer como moda, como lei ou fé cega, andou “in”. Questionar andou “out”. E aceitar os padrões nivelados por baixo tornou-se um hábito, um vício cômodo e confortável. O convite que faço a todos que questionam as “verdades” estabelecidas é sempre o mesmo: que as buscas jamais cessem e que o caminho seja percorrido sem qualquer preconceito, com o coração aberto, com a mente disponível, com alegria, com amor e com determinação. O que não entendermos, certamente, será esclarecido no lugar e no momento oportuno, conforme nossa disponibilidade para compreender e aceitar o que fizer sentido, o que passar pelo filtro do coração, mais do que pelo filtro da mente concreta e linear. Ao menos para dar uma oportunidade a nós mesmos para recebermos respostas.

Ma io 2013

As ferramentas

52

O homem, geralmente, relega ao reino do “fantástico” tudo aquilo que não pode explicar. Conforme evolui, no entanto, amplia seu conhecimento, passa a entender mais coisas e as informações estão chegando cada vez mais rápido e em maior quantidade, em linguagem mais clara e objetiva. Contamos hoje com poderosos aliados na disseminação da informação: livros, revistas, rádio, televisão e a “prima dona”: a Internet que, em segundos, nos traz respostas em textos e fotos, em vídeos ou somente áudios. E os instrumentos de avançada tecnologia que estão levando a ciência a comprovar o que era tido antes como delírio místico. Afinal, a Nova Era, a Era de Aquário, é a era do mental, do conhecimento, do impulso à pesquisa e à compreensão. Mas, um conhecimento repleto de “amor, sabedoria e poder”” e, cada um, em sua jornada individual rumo à consciência, lidando com seus próprios desafios para desenvolver ou aprimorar cada um desses três aspectos. Até porque, quantos desequilíbrios sociais temos vivido por conta do Poder sem Amor, do Amor sem Sabedoria e do Poder sem Sabedoria! Dispomos hoje de ferramentas eficazes para desenvolver o mental concreto e o mental abstrato e não precisamos mais adorar o Deus Trovão, pois, atualmente entendemos o trovão. Assim é com os ditos fenômenos espirituais: simples ocorrências energéticas que podem e devem ser compreendidas,

controladas e aplicadas com vistas ao bem comum. Sem préjulgamentos, sem filtros religiosos ou céticos, apenas observados, avaliados e aproveitados.

A evolução

Cientistas têm acompanhado com apreensão os movimentos do campo magnético do nosso planeta - parece mesmo que está diminuindo. E, se ele é o responsável, entre outras coisas, por manter-nos livres da radiação solar letal, então,se ele desaparecer em 500 anos, como pressupõem os estudiosos, o que acontecerá com a Terra? Outras pesquisas focam na comparação do campo magnético terrestre com um campo magnético existente ao redor do corpo humano, conhecido como aura pelos estudiosos da espiritualidade. Ora, quem ousaria falar em tais coisas nos idos de 1700? Quantas fogueiras mais teriam sido necessárias para nossos cientistas? Então, antes de carimbarmos: certo ou errado, bom ou mau, crente ou herege, talvez, possamos voltar a exercitar o bom e velho hábito de questionar, ao lado do educado hábito de ouvir - ouvir na essência, não apenas escutar já pensando em como contradizer o que está sendo dito. São, me parece, as perguntas, ao lado dos sonhos, que ajudam a impulsionar o mundo e a humanidade neste caminho evolutivo. As dúvidas motivam buscas. Buscas geram experiências. Experiências trazem descobertas. Descobertas trazem esclarecimentos. E a nossa jornada continua. Elaine Ferreira Martins (São Paulo \ SP) Jornalista \ Publicitária \ Self Coach, \Terapeuta Integrativa \ Practitioner em PNL e Transformação Essencial.


53

M ai o 2013


No mês das noivas: Poços de Caldas / Minas Gerais DIVERSÃO

A sua história

Começou a ser escrita quando da descoberta de suas primeiras fontes e nascentes, no século XVII, encontradas no fundo de um vulcão extinto. As águas raras e com poderes de cura foram responsáveis pela prosperidade do município desde os seus primórdios. Desde 1886, funcionava no município uma casa de banho, utilizada para tratamento de doenças cutâneas. Ela se servia da água sulfurosa e termal da Fonte dos Macacos. Em 1889 foi fundado outro estabelecimento para o mesmo fim, captando água da Fonte Pedro Botelho, no local onde está o parque infantil Darcy Vargas. Ali, a água sulfurosa subia até os depósitos por pressão natural. O balneário não existe mais. Em seu lugar foram construídas, no final dos anos 20, as Thermas Antônio Carlos, um dos mais belos prédios do município.

Os visitantes ilustres

O primeiro visitante ilustre, em 1886, foi o Imperador Dom Pedro II acompanhado da imperatriz dona Teresa Cristina, para a inauguração do ramal da Estrada de Ferro Mogiana. A prosperidade e o luxo tiveram seu grande momento em Poços de Caldas enquanto o jogo esteve liberado no Brasil. Pelos salões do Palace Casino e do Palace Hotel desfilava a nata da aristocracia brasileira e até de outros países. O presidente Getúlio Vargas tinha uma suíte especial no hotel. Dentre os artistas que passaram pelo Palace Casino, naquela época áurea, podemos citar os cantores: Sílvio Caldas, Carmem Miranda, Orlando Silva e Carlos Galhardo. Outros personagens ilustres como: Rui Barbosa, Santos Dumont, o poeta Olavo Bilac e o romancista João do Rio. Entre os políticos, o interventor de Minas Gerais Benedito Valadares e o presidente Juscelino Kubitschek, entre outros, foram também presenças constantes.

Tempos modernos

A origem do nome

Ma io 2013

Seu nome tem relação com a história da Família Real Portuguesa, que freqüentava em Portugal, no município de Caldas da Rainha, uma importante terma utilizada para tratamentos, onde funcionava desde o século XVI o mais antigo hospital termal do mundo. E aqui, na época, foram descobertos os poços de água térmica e sulfurosa que eram utilizados por animais, daí veio o nome: Poços de Caldas.

54

A proibição do jogo em 1946 e a invenção do antibiótico tiveram forte impacto para o turismo no município. As termas deixaram de ser a maneira mais eficaz de tratar as doenças para as quais era indicada e os cassinos foram fechados. A economia sofreu um grande abalo, mas, logo encontrou uma alternativa ao entrar no “ciclo da lua-de-mel”, quando tornouse elegante passar as núpcias no município e o turismo conseguiu fôlego para sobreviver. Depois deste período, o perfil do turista mudou. A classe média e grandes grupos passaram a frequentar as termas, a visitar as fontes e outros pontos de atração do município, antes restritos à elite. Em 2006, o município realizou investimentos para aumentar o fluxo de turistas, explorando outros belos atrativos de que dispõe, para pessoas de todas as idades e gostos, como o turismo ecológico, cultural, de aventura e esportes radicais.


55

M ai o 2013


O milho. DIVERSÃO

“O cara”

Que o milho é um dos principais produtos agrícolas e um dos alimentos mais usados pelos brasileiros, todos nós sabemos. Em diferentes formas e na composição de dezenas de pratos, é um dos cereais mais comuns em nosso dia-a-dia. Daí, este alimento ser idolatrado em poemas, em músicas e ser protagonista de inúmeras receitas. E, para apreciar esta idolatria, apresentamos a seguir todas estas vertentes.

Ma io 2013

O Poema: “Oração do milho” (poema de: Cora Coralina)

56

Senhor, nada valho. \ Sou a planta humilde dos quintais pequenos e das lavouras pobres. \ Meu grão, perdido por acaso, \ Nasce e cresce na terra descuidada. \ Ponho folhas e haste e se me ajudardes, Senhor, mesmo planta \ De acaso, solitária, \ Dou espigas e devolvo em muitos grãos \ O grão perdido inicial, salvo por milagre, que a terra fecundou. \ Sou a planta primária da lavoura. \ Não me pertence a hierarquia tradicional do trigo \ E de mim não se faz o pão alvo universal. \ O Justo não me consagrou Pão de Vida, nem lugar me foi dado nos altares. \ Sou apenas o alimento forte e substancial dos que \ Trabalham a terra, onde não vinga o trigo nobre. \ Sou de origem obscura e de ascendência pobre, \ Alimento de rústicos e animais do jugo. Quando os deuses da Hélade corriam pelos bosques, \ Coroados de rosas e de espigas, Quando os hebreus iam em longas caravanas \ Buscar na terra do Egito o trigo dos faraós, \ Quando Rute respigava cantando nas searas do Booz \ E Jesus abençoava os trigais maduros, \ Eu era apenas o bró nativo das tabas ameríndias. \ Fui o angu pesado e constante do escravo na exaustão do eito. \ Sou a broa grosseira e modesta do pequeno sitiante. \ Sou a farinha econômica do proletário. \ Sou a polenta do imigrante e a miga dos que começam a vida em terra estranha. \ Alimento de porcos e do triste mu de carga. \ O que me planta não levanta comércio, nem avantaja dinheiro. \ Sou apenas a fartura generosa e despreocupada dos paióis. \ Sou o cocho abastecido donde rumina o gado. \ Sou o canto festivo dos galos na glória do dia que amanhece. \ Sou o cacarejo alegre das poedeiras à volta dos seus ninhos. \ Sou a pobreza vegetal agradecida a Vós, Senhor, \ Que me fizestes necessário e humilde. \ Sou o milho.

A Música: “A Festa do Milho”

(letra e música de: Luiz Gonzaga) O sertanejo festeja \ A grande festa do milho \ Alegre igual a mamãe \ Que ver voltar o seu filho Em março queima o roçado \ A dezenove ele planta \ A terra já está molhada \ Ligeiro o milho levanta Dá uma limpa em abril \ Em maio solta o pendão \ Já todo embonecado \ Prontinho para São João No dia de Santo Antônio \ Já tem fogueira queimando \ O milho já está maduro \ Na palha vai se assando No São João e São Pedro \ A festa de maior brilho \ Porque pamonha e canjica \ Completam a festa do milho

A Receita: “Pamonha salgada na palha de milho”

Experimente, em qualquer época do ano, essa delícia típica das festas juninas. - Ingredientes: 120 espigas de milho de tamanho médio 1 litro de óleo quente 1 copo de pimenta verde amassada 2 copos de cebolinha verde 10 colheres de sal 1 queijo fresco grande 2 kg de linguiça calabresa frita com água - Modo de Preparo: Descasque o milho e guarde as palhas das espigas, eliminando os fios. Rale o milho no processador ou ralador e passe a massa em uma peneira para afinar. Esquente o óleo e escalde a massa tomando cuidado para ela não ficar muito gordurosa. Adicione a pimenta, o sal e a cebolinha verde e misture. Adicione o sal. Escolha as palhas de milho maiores e faça saquinhos, dobrando e costurando as laterais. Encha cada uma com a massa, deixando espaço para o recheio. Corte o queijo e a linguiça em cubinhos pequenos e termine de encher os saquinhos. Depois feche e amarre com palha de milho. Ponha uma panela grande de água para ferver e cozinhe as pamonhas por 40 minutos, em fogo alto. Rendimento: 88 pamonhas. Calorias: 135 Kcal por unidade.


57

M ai o 2013


Giuliana Liptac

GASTRONOMIA Ma io 2013 58

A caminhada em busca do sonho gastronômico. Acho que meu ingresso no mundo dos sabores foi quando eu tinha aproximadamente 7 anos, mas, não comi nada de tão especial que me fez explorar esse mundo, ao contrario, entrei mesmo é pela porta dos fundos. Reclamei para minha mãe que sua comida não era boa e escutei: -”Não é boa? Então faz você!” Logo em seguida ela me inscreveu em um curso para crianças de cozinha francesa. Com o curso peguei o gosto e, sempre com a ajuda da minha mãe, preparava receitas em casa, de onde fui aprendendo a me virar na cozinha. Olhava minhas avós cozinhando, ajudava em casa, perguntava, tentava reproduzir alguma coisa que comia na casa das minhas amigas, então, comecei a perceber os sabores dos ingredientes. Passei minha infância e adolescência amando a cozinha, mas, como um “hobby”, pois, não imaginava que existia uma profissão para esse amor. Foi só aos 19 anos, quando um amigo me falou: -”Meu maior sonho �� ser “chef” de um restaurante famoso” e eu pensei: - “O que? É possível conciliar o amor pela cozinha e trabalhar? Posso fazer outras pessoas comerem minha comida além da minha família e meus amigos?” Precisei só de 10 segundos para decidir. Logo em seguida comecei a faculdade de Gastronomia e a minha matéria preferida: “cozinha italiana”! Não sei se por influência familiar, já que meus avós são (eram) italianos e o almoço de domingo (que começava religiosamente as 13 horas, terminando no mínimo 2 horas depois, onde era servido: antipasto, primo, secondo, fruta e sobremesa) era sagrado ou se pelos sabores e aromas da cozinha italiana, da sua simplicidade, suas histórias, suas lendas e pela vida girar em torno da alimentação. Mas, uma coisa eu tinha certeza: precisava aprofundar meus conhecimentos dessa paixão. Foi, então, que vim parar na Toscana, fiz uma especialização em cozinha tradicional italiana, onde escutei muitas histórias, preparei e saboreei muitos pratos tradicionais. Tive, também, a oportunidade de trabalhar em 2 ramos diferentes da gastronomia Italiana: a mais moderna e a tradicional. A moderna foi em um restaurante Gourmet , que utiliza produtos de altíssima qualidade, ingredientes raros e refinados, com mil detalhes em cada prato, com o uso de técnicas de preparo que utilizam aparelhos modernos que são muito difíceis de reproduzir em casa. Fui em busca da tradição em uma “Osteria”, tipo de restaurante que se encontra por toda parte da Itália, normalmente é gerido por uma família, onde todos trabalham no local. Os pratos oferecidos são de origem pobre, que utilizam ingredientes simples e cada prato tem uma história para contar, são pratos fáceis de fazer que, quando preparados com amor, conquistam com seus sabores. Mas, vir morar na Itália não me acrescentou somente experiência profissional, mudou, também, meus hábitos alimentares. Eu almoço pensando no que vou comer no jantar, assim como a grande maioria dos italianos, eu como macarrão quase todos os dias, muita verdura, legume, fruta e aprendi a fazer compras diariamente, compro somente aquilo que vou comer hoje e, só assim consumo sempre produtos frescos e não jogo nada fora porque acabou sendo esquecido dentro da geladeira.

Eu acredito que, para aprender muito bem qualquer coisa, desde uma língua ou uma matéria, é preciso estudar muito, mas, também, é importante viver o aprendizado, entender todos os mecanismos, experimentar. E não importa por qual porta você entre, o importante é qual o caminho que essa porta te abriu.

A Receita: “Pesto

O que é o pesto? Pesto é o produto obtido a partir do uso do pilão com azeite, resultando um molho. A técnica do pilar (em italiano “pestare”) pode ser feita com qualquer produto, assim como no Brasil usa-se para moer café ou milho, na Itália usam para fazer temperos, como a “agliata” (creme feita a base de alho usada para a conservação dos alimentos quando o uso de geladeiras era ainda luxo), para moer pimenta do reino e, também, fazer o pesto “alla genovese”. O pesto “alla genovese” é feito de: manjericão, alho, pinoli, azeite e queijo parmesão. É uma receita tradicional de Genova, cidade principal da região da Liguria que, apesar de ser uma cidade portuária, tem “as ervas” como o principal ingrediente de muitas de suas receitas. A primeira receita escrita de pesto “alla genovese” aparece por volta dos primeiros 30 anos do século XIX e era uma derivação da “agliata”. Com o tempo a receita foi se modificando de tal maneira que, para amenizar o sabor do alho, gradualmente foi sendo substituído por “pinoli”, que oferecia a mesma consistência para o molho, mas, um sabor muito mais suave e agradável ao paladar. O tempo não mudou somente os ingredientes, mudou também o seu método de preparo. Utilizar o pilão é uma técnica que cria fadiga, demora e é muito difícil de chegar a um molho uniforme, portanto, hoje todos utilizam o processador de alimentos para prepará-lo, que em cinco minutos está pronto. Basta seguir uma regra para ter um pesto perfeito: processar primeiro o manjericão “braquiado” (Jogar as folhas em água fervente por 30 segundos e rapidamente esfriar com água corrente e gelo), com: alho, “pinoli” e azeite. Somente quando estiver muito homogêneo, acrescentar o queijo já ralado e processar por mais 30 segundos, evitando assim que a gordura do queijo perca a sua estrutura e crie um molho muito gorduroso. Agora é só preparar o garfo para saborear esse pesto “alla genovese” verdinho!! Ingredientes para 4 porções: - 4 maços de manjericão - 1 dente de alho - 50 ml. de azeite extra virgem - 50 gramas de “pinoli” - 100 gramas de queijo parmesão de qualidade - 1 pitada de sal Giuliana Liptac (Toscana \ Itália) Formada: Tec. Gastronomia - SENAC - São Paulo Especialização:“Scuola Inter. di Cucina Italiana di Lucca”


59

M ai o 2013


Bruna & Isabela

Coisas de comer só para crianças.

GASTRONOMIA

A tradição familiar

A Sra. Sarita, que carinhosamente é chamada de Vovó Sá pelas netinhas, exímia cozinheira, quer manter a tradição gastronômica da família e, além de ter ensinado à sua filha Camila, ensinou, também, às suas netas esta deliciosa receita e vem incentivando o gosto pela culinária. Pela apresentação, podemos deduzir o quanto saboroso deve estar esta comida.

O Frango da Vovó Sá Você vai precisar de: - 12 Unidades de coxas de frango sem pele - 12 Fatias de bacon - Alho e sal à gosto - Um refrigerante de 600 ml de cola - Um refratário - Papel de alumínio

Modo de preparo:

Ma io 2013

Aqueça o forno à 180 Graus. Tempere o frango com o alho e o sal à gosto. Depois enrole o bacon em volta da coxa de frango e as coloque em um refratário. Logo depois, adicione o refrigerante por inteiro dentro da travessa. Coloque tudo no forno por 50 minutos, coberto com papel de alumínio. Após, manter mais 10 minutos dentro do forno sem o papel, para dourar. Retire do forno e sirva com purê de batata como acompanhamento.

60

BRUNA BARRENTO (10 anos - cursa o 6º Ano Colégio Pueri Domus) ISABELA BARRENTO (7 anos - cursa o 3º Ano Colégio Pueri Domus)


61

M ai o 2013


ATITUDE

Acontecimentos & Dicas SER MAIS REVISTA

VIDRAUTO BRASIL

EMEIA 1 de ARUJÁ

Está de cara nova

Está de casa nova

Exposição de sustentabilidade

Aconteceu em: Abril / 2013

Aconteceu em: Abril / 2013

Aconteceu em: Abril / 2013

Depois de mais de cinco anos com escritório no centro da cidade de Arujá, coincidentemente com o novo ciclo que se estabeleceu com a 50ª edição (um marco para a revista), mudamos de endereço para o bairro Caputera, à rua José Nasser, 50 (em frente ao D’Japa Restaurante). Agora estamos em instalações mais amplas, distribuídas em duas salas, com a nossa equipe “tinindo”, pronta para o atendimento de nossos parceiros e amigos. Venha tomar um café conosco e conhecer as novas instalações.

Com o intuito de atender aos clientes de Arujá e da região com mais agilidade e conforto e com a qualidade de sempre, a Vidrauto Brasil - Vidros Automotivos, que antes tinha sua loja no Barreto, está com espaço mais amplo em local de fácil localização: Rua Maranhão, próximo ao centro de Arujá.

O planeta Terra pede socorro e o homem tem vivido de maneira inconsequente, agredindo o nosso planeta com suas ações desordenadas e, tendo em vista que, a educação ambiental é um componente essencial e permanente da educação nacional, devendo estar presente, de forma articulada, em todas as modalidades e níveis do processo educativo, em caráter formal e não formal, a Equipe Escolar continua com o trabalho de conscientização de suas crianças desde os primeiros passos da escolaridade, abrangendo vários eixos temáticos, como: a água , o planeta, o meio ambiente e a reciclagem, ou melhor dizendo, os três “R” – reciclar , reutilizar e reduzir. Para tanto contou com a participação valorosa dos responsáveis que, através de tarefas escolares juntamente com seus filhos, construíram criativas maquetes e cartazes sobre lixo, rios etc... Atingir de forma gradativa a escola como um todo, os familiares e a comunidade, quanto a valorização do que a natureza nos oferece é o que os educadores, o grupo de apoio e a gestora desta unidade escolar querem para o futuro de nossa cidade, de nosso país e do nosso Planeta!

Ma io 2013

Agora ficou ainda mais fácil, precisou de vidros, borrachas, máquinas de vidro, calhas de chuva, palhetas e acessórios para seu veículo, agende o seu melhor dia\horário que a equipe de atendimento terá o maior prazer em resolver o seu problema e pode contar com o serviço de reparos em parabrisas, além do atendimento “delivery”, apenas para troca de Parabrisas e Vigia. O novo endereço fica na: Rua Maranhão, 522 - Jardim Planalto (paralela a Avenida Amazonas).

62

- vide anúncio página 33 -

Ediene - 11-9-9995-0213


Acontecimentos & Dicas CORSO

SUA CASA IMÓVEL

Degustação de vinhos

Lança Outlet (Ponta de Estoque)

Novo escritório em Arujá

Aconteceu em: 10 Abril / 2013

Aconteceu em: Abril / 2013

Aconteceu em: Abril/2013

No espaço do “Fatto - pasta & gastronomia” e sob o comando de Sandra Maruta que, em parceria com a “Casa Flora” (especialista em vinhos de qualidade), foi promovida uma degustação de vinhos, muito apreciado pelo animado público presente. Dos harmoniosos vinhos apresentados, vindos da “Casa Flora” que, também, ofereceu o Enólogo para explicação, com direito a aquisição por parte dos amantes de vinho. Entretanto, o evento foi abastecido por deliciosos petiscos oriundos do “Fatto”, cujo conjunto (vinho & petiscos) foi bastante elogiado pelos amigos e clientes que ali estavam.

A empresa “Irmãos Corso”, com uma tradição de 50 anos no mercado de: gabinetes para cozinha e banheiro \ pias \ tanques \ artefatos de cimento, disponibiliza para o consumidor final um Outlet (Loja de Ponte de Estoque) com peças que estão em boas condições, mas que retornaram de mostruário de qualquer revendedor ou aquelas que saíram de linha ou, então, peças com pequenos detalhes, sobre as quais será aplicado considerável desconto diante dos preços de mercado. Com esta loja, busca estreitar o relacionamento com seu cliente final, dando a conhecer a sua linha de produtos, para que possam ser adquiridos nas melhores lojas de materiais de construção. A marca “Corso” é sinônimo de qualidade. Endereço do Outlet: - Estrada do Corredor, nº.5.000 - Itaquaquecetuba (a 1 km depois do Buffet Arufest)

Valéria Zorzetti, com 15 anos de experiência no mercado de imóveis e 2 anos de atuação na cidade de Arujá, lança agora o seu escritório imobiliário, denominado: “Sua Casa Imóvel” e localizado na avenida Benedito Manoel dos Santos, 1111 - sala 11 - Faz.Rincão (em frente ao Real Park e ao lado da portaria do Condomínio 5). Convida a todos para uma visita, com direito ao café, no interesse de qualquer negócio imobiliário, que sejam: - compra ou venda de imóveis - locação de qualquer tipo de imóvel - avaliação imobiliária - perícia - administração em geral

M ai o 2013

FATTO e CASA FLORA

- vide anúncio página 49 -

- vide anúncio página 43 -

63


ATITUDE

Acontecimentos & Dicas BB BEM BOM

ELIANA MODAS

PAINEIRA BRASIL

Lança coleção Out. \ Inverno 2013

3º Ano no Planalto Boulevard

Inaugurou o Eco Studio Design

Aconteceu em: 11 / Maio / 2013

Aconteceu em: Maio / 2013

Aconteceu em: Maio / 2013

A semana do “Dia das Mães” será bem agitada no Planalto Boulevard, onde se situa a loja mais charmosa e estilosa de roupa infantil de Arujá, que estará presenteando seus clientes nesta semana e realizando no dia 11/05/2013 um coquetel de lançamento da coleção outono/inverno 2013. As proprietárias Meire Lopes e Tiemy Caires escolheram a dedo as peças para essa nova coleção que, por sinal, está de encantar. Trabalhando com marcas de primeira linha, como: Pampili \ Grow up \ Pakita \ Ok friends \ Carter’s \ Green \ Babu uabu \ 1+1, entre outras. Na “BB Bem Bom” você pode contar com atendimento personalizado e muito especial.

Eliana Modas, pioneira no segmento da moda evangélica em Arujá, há 18 anos no mercado, está completando o seu 3º ano de instalação no Planalto Boulevard. Com uma cartela grande de clientes, que vem crescendo a cada dia, sempre apresenta muitas novidades que, até anos atrás, eram vistas com certo preconceito por serem peças mais sóbrias e mais discretas, incluindo o uso da saia comprida. Contudo, o segmento ganhou força, se firmou no mercado e, hoje, já existem muitas marcas que se fixaram neste segmento, tornando a moda evangélica mais moderna e alegre, seguindo as tendências de cores, estampas e “shapes”, sem deixar a sua essência que, agora, atende o público em geral. Acompanhando a evolução, Eliana Modas trabalha com as mais renomadas grifes do segmento, desde o jeans até o social.

A empresa, instalada desde janeiro\13 em Arujá, com atuação no segmento de construção civil, sendo formada por uma equipe de Arquitetos e Engenheiros, tendo como diretriz a melhoria contínua nos processos construtivos e no aprimoramento da qualificação da mão-de-obra e baseando-se no ecologicamente correto. A empresa oferece o seguinte: Serviços Técnicos: - Arquitetura - Engenharia - Construção Civil. Produtos de decoração e acabamento: - Móveis sob medida - Piso laminado - Piso vinílico - Papel de parede. A empresa conta com profissionais que desenvolvem as melhores soluções práticas para o aproveitamento dos ambientes, com projetos para construção em edifícios, residências, comércio e indústria. Está empenhada em oferecer e ampliar a excelência de seus serviços e produtos.

Ma io 2013

Venha tomar um café e conhecer a coleção de inverno.

64

Hugo Tangerino Wagner C. R. Miranda Bruno Maresca Eduardo S. Oliveira - vide anúncio página 10 -

- vide anúncio página 11 -

- vide anúncio página 08 -


Acontecimentos & Dicas CARTAS DE CRISTO

IV Congresso Nacional

Especial “Dia das Mães”

A consciência Crística manifestada de Terapia Regressiva

Dica para o agrado de todos

Dica para o agrado de todos

Dica de 7 a 9 / novembro / 2013

Uma das principais datas para o comércio já está chegando: o “Dia das Mães”, atrás apenas do Natal em volume de vendas, pois, aquece o mercado e os resultados são sempre muito positivos. Pensando no público bastante exigente para a hora de escolher o presente da mãe, a “Yes!” preparou lançamentos especiais para agradar a todos. E, nada melhor do que o glamour e o charme da famosa Cidade Luz, para representar figura tão querida. A linha “Fleurs de Paris” contém 5 itens de arrasar, com deliciosas fragrâncias que mesclam o requinte do mel à sofisticação das flores parisienses, são eles: Deo Colônia \ Hidratante Corporal \ Óleo Corporal \ Creme Esfoliante \ Sabonete Líquido. Cada item tem a sua particularidade e pode se transformar em uma bela lembrança. A “Yes!”, também, disponibiliza Kits criados especialmente para o Dia das Mães e, assim, fica fácil fazer feliz quem tanto se ama.

Durante 40 anos, Cristo purificou e desprogramou a mente de uma mulher inglesa que havia sido educada em um convento católico. No ano 2.000, com a idade de 80 anos, ela começou a transcrever, sob a direção de Cristo, os ensinamentos recebidos através dos anos de contato com Ele. Vieram à sua mente as nove Cartas. Nas cartas contidas no livro, Cristo corrige as más interpretações de seus ensinamentos, explica as leis da existência, a origem do ego e revela os processos espirituais \ científicos que governam a criação da matéria. Cristo descreve a fonte de nosso ser e mostra como o espírito torna-se matéria. Um incomparável tratado sobre a personalidade humana e suas possibilidades, para a compreensão de nosso mundo e de nossa função como seres humanos. Almenara Editorial Limitada www.almenaraeditorial.com.br

Sob a presidência do conhecido psicanalista. - “João Carvalho Neto” IV Congresso Nacional de Terapia Regressiva está com as inscrições abertas, sendo que o evento acontecerá no Auditório do Campus Tom Jobim da Universidade Estácio de Sá, localizado na Avenida das Américas, 4200 \ Bloco 11Barra da Tijuca, no Centro Empresarial Barra Shopping. O Congresso receberá palestrantes de todo o país com uma diversificada abordagem, tendo como eixo principal o tema: - “A terapia regressiva como estratégia integrativa da personalidade” A taxa de participação é de R$ 400,00, com as seguintes modalidades de pagamento: cheques pré-datados ou cartão de crédito. Vide os procedimentos para pagamento, a programação completa e os pacotes de viagem\hotéis, no site: - www.congressotr2013.com.br -

M ai o 2013

YES! COSMETICS

- vide anúncio página 09 -

65


Flávio Gikovate

Vaidade, ambição e inteligência.

PONTO FINAL

Avaliação

Sempre me intrigou o fato de que, a maior parte das pessoas mais inteligentes que tenho conhecido é portadora de uma vaidade muito maior do que a da maioria das pessoas. É claro que existem falhas nesta avaliação subjetiva, até porque não temos meio efetivo de quantificar a vaidade (e a própria avaliação da inteligência nem sempre é muito precisa).

Tipos

Ma io 2013

A ambição parece guardar alguma relação com a inteligência: pessoa mais dotada sonha com posição mais alta para si; o faz por se sentir competente para disputá-la e, também, porque parece precisar muito deste tipo de “alimento” para a sua vaidade. Pessoa mais inteligente e ambiciosa (a que faz qualquer tipo de esforço – ou eventuais ações eticamente duvidosas – com o intuito de atingir seus objetivos práticos) constitui a elite, aquele grupo que se destaca da média e a quem caberia direcionar a vida em sociedade. Deveria fazê-lo em nome do interesse de todos. Sabemos que não age assim e que só cuida de seus próprios interesses.

66

O sucesso

O que, também, precisa ficar claro, é que não cuida do interesse dos outros membros da sua casta: pessoas bem sucedidas disputam tudo umas com as outras. Não há solidariedade alguma entre os sócios de um iate clube e todos disputam para saber quem será o proprietário do maior barco. Há mais solidariedade entre os integrantes de um bairro de periferia do que nos edifícios de luxo. A elite não é homogênea: existem os mais ricos (empresários, profissionais liberais bem sucedidos, artistas e esportistas destacados etc...) e, também, os que se destacam pela atividade intelectual (professores de ciências humanas, cientistas, artistas plásticos etc.). Padecem de uma rivalidade entre si, sendo que estes últimos costumam se considerar como humanistas, mais preocupados com os destinos da maioria da população e gostam de se exibir como portadores de um saber superior. Os ricos não suportam estar em condição de inferioridade em relação a quem quer que seja; os mais voltados para o saber também não!

A elite

Assim, ricos disputam entre si e com os intelectuais; os intelectuais disputam entre si e com os ricos (usam as citações bibliográficas, com a mesma virulência com que os ricos usam o dinheiro). Entre os membros da elite quase não existem amigos. O mais bem sucedido vende a imagem de que é pessoa mais feliz, o que não é verdade. Uma avaliação acurada mostra que é uma pessoa que, durante os anos da infância, compreendeu que não era dotada da quota de privilégios inatos que gostaria e que não se destacaria de forma automática. Graças à inteligência privilegiada, passou a se considerar como altamente desfavorecida, posto que, queria possuir tudo que é tido como o melhor. Alguns eram mais baixos; outros menos aptos para os esportes; outros ainda portadores de um nariz inadequado e assim por diante.

Ambição x Ética

Usaram suas potencialidades e as transformaram em atividades que, também, geram destaque, suprindo assim as frustrações que tanto as amarguravam. A fórmula seria mais ou menos assim: crianças (e depois adultos) frustradas em sua vaidade (já que não chamavam a atenção e se destacavam da forma como acontecia com alguns outros) e portadoras de um tipo de inteligência que não aceita com docilidade suas limitações e imperfeições, desenvolvem uma enorme frustração por não terem sido tão favorecidas pelo destino quanto gostariam. Decidem que irão se empenhar: alguns usando apenas meios lícitos e outros quaisquer meios, para reverter sua condição. A isso se chama de ambição, postura altamente estimulada por nossa cultura (pouco atenta ao caráter duvidoso de sua motivação). A ambição traz consigo competição e esforço para se destacar, o que faz com que o bem sucedido se alegre quando provoca algum tipo de desconforto (humilhação, inveja) nas outras pessoas. Assim, talvez, esta seja uma das vias pelas quais caminhem as piores emoções e as mais nefastas ações que presenciamos em nossa vida social. Se a vaidade estivesse envolvida apenas neste tipo de desastre, já seria uma emoção a ser mais bem estudada e compreendida. FLÁVIO GIKOVATE (São Paulo \ SP) Médico Psiquiatra \ Conferencista \ Escritor



Ser Mais Revista - 52