Page 1

Gazetinha DO OESTE

Fotos: Arquivo Público Municipal

A ferrovia e o desenvolvimento de nossa cidade... economia e transformou o pequeno arraial do Espírito Santo do Itapecerica em uma cidade polo conforme é conhecida hoje. Então, vamos parar de enrolar e conhecer um pouco mais desta história:

Liziane Ricardo

liziane.ricardo@gazetaoeste.com.br

Olá galerinha, hoje vamos dar continuidade as matérias que contam a história de nossa cidade de Divinópolis. E como algumas pessoas já devem ter se perguntado, como o vilarejo pertencente a Itapecerica se desenvolveu tanto a ponto de passar o distrito em que pertencia, iremos mostra como foi o desenvolvimento da cidade. Vocês podem não acreditar, mas este pequeno município se desenvolveu através da implantação da Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima (RFFSA) que gerou empregos, impulsionou a

Em 1852, D. Pedro II criou uma lei federal que autorizava a construção de estradas de ferro no Brasil. Até meados do século XX o trem de ferro tornou-se importante aliado da economia do país. Ator principal no escoamento do café, o novo meio de transporte não só impulsionou o crescimento sócioeconômico nas grandes cidades produtoras de ouro e café, mas foi também importante para o desenvolvimento de Divinópolis. A ferrovia deu o tom e a velocidade da evolução de nosso município. A Estrada de Ferro Oeste de Minas, como era chamada a linha férrea que passava por Divinópolis, é alvo de diversos memorialistas e estudiosos da cidade, sempre se destacando por seu poder de influência no crescimento urbano: “Em 14 de abril de 1889, foram

iniciados os trabalhos de prolongamento da Estrada de Ferro Oeste de Minas, que se achava estacionada em seu ponto terminal, que a cidade de Oliveira. Este prolongamento teve o Arraial do Espírito Santo do Itapecerica como ponto de passagem, imposto pelo Rio Itapecerica que era o único “engenheiro” considerado na época. Foi construtora do trecho a firma “Castro, Rocha & Cia”, e como engenheiro-chefe, encarregado do trecho que partiu de Oliveira, o Dr. Henrique Galvão”. Nossa cidade galerinha tornou-se sede das oficinas da EFOM a partir de 1910. Até então, a oficina era na cidade de Oliveira.

Com a extensão da estrada até Divinópolis, ficou inviável fazer manutenção nas locomotivas na cidade de Oliveira, pois o trem chegava até aqui, onde era ponto de parada para descanso, deixava os passageiros e tinha que retornar ainda à noite a fim de fazer os reparos necessários. Decidiu-se então que as oficinas seriam aqui. O trem, que outrora já representava um avanço ao arraial do Divino Espírito Santo, agora dava outra dimensão a vida no arraial, considerando que A ferrovia foi o primeiro impulso desenvolvimentista por ser na época, a 1ª via de comunicação da região com o resto do país.


Para Colorir


Caça-Palavras

Está no Cinema OS VINGADORES Quando um inimigo inesperado surge ameaçando a segurança global, Nick Fury, diretor da agência internacional de paz conhecido como SHIELD, recruta uma equipe para livrar o mundo de uma possível destruição: Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Hulk, Gavião Arqueiro e Viúva Negra.

Gênero: Aventura • Duração: 136 min • Censura: 12 anos


Criança em Ação

Olhem só quem está fazendo compras no supermercado! O pequeno Daniel que completará 3 anos na próxima terça-feira. Parabéns!

Vejam só a farra que o paizão Moises aprontou com os filhos João Caetano e Moises Filho. E como ele mesmo intitulou a foto “Criança é tudo de bom”!

Olhem só que sorrisão lindo da princesa Alice, filha da jornalista Shirley Aparecida da Cruz. E a gatinha fez até pose para sair na nossa coluna.

Hoje quem sopra velinhas é a Ana Clara Martins que completa 6 anos e irá comemorar junto dos coleguinhas em sua casa.

Correio Gazetinha Envie sua foto, ou a foto de seu filho em ação. Seja na escola, em uma viagem, num simples passeio, ou em casa. Os garotinhos que estiverem fazendo aniversário, também sairão na coluna Aniversariantes. E-mail: liziane.ricardo@gazetaoeste.com.br Endereço: Rua Rio Branco, 948 – Bairro Porto Velho – Divinópolis/MG – CEP: 35500-430 – Telefone: 37 3222-6322

Gazetinha  

Gazeta do Oeste 1832