Page 1

felipe barbosa << leitura din창mica


<< pilhado / 2008-2010 | robot full battery | robot pilhas e resina battery and resin 39x15x8cm


ARTE

CONTEMPORÂNEA

de segunda a sexta, das 10 às 19 horas sábados, das 10 às 15 horas Shopping Cidade Copacabana Rua Siqueira Campos, 143 SL 32 (galeria) e SL 80 (acervo) Copacabana – Rio de Janeiro Tel. 0055 21 2236-4670 cosmocopa@gmail.com Diretores Artísticos Felipe Barbosa e Rosana Ricalde Diretor Executivo Álvaro Figueiredo Gerente Geral Roberta Alencastro Atendimento Bruno Monnerat Acervo e Transporte Teresa Gonçalves Design Gráfico Lin Lima Elenco Edgar Orlaineta Felipe Barbosa Geraldo Marcolini Hugo Houayek Leo Ayres Lin Lima Louise D.D. Marcos Cardoso Marta Neves Mônica Rubinho Murilo Maia Rafael Alonso Rodrigo Oliveira Rosana Ricalde Sidney Philocreon


felipe barbosa

<< leitura dinâmica

“o homem só é verdadeiramente humano quando brinca”. << schiller


<< pilhado / 2008-2010 | coelho full battery | rabbit pilhas e resina battery and resin 50x16x8cm


<< do tempo de brincar

Porque todo artefato industrial guarda em si invariantes geométricas desde sua constituição e natureza reprodutível, Felipe o elege como matéria prima e inspiração para seu trabalho. De fato, a geometria que está no gene do produto é intrínseca a todo processo construtivo que é também esse do artista. O seu olho esperto, investido de tão precisa poética, vagueia as recônditas dobras do mundo do consumo, as obscuras sarjetas das ruas onde se refugiam esses objetos desprezíveis e desprezados – porque descartados desde o primeiro uso –, para descobrir ali as formas adormecidas que se insinuam em novas estruturas. Assim, Felipe dará a esses objetos uma chance a mais de reviverem na arte e, através dela, alcançar a mais promissora das instâncias da experiência humana – a experiência estética, cujo dínamo é o jogo. Combinando em seu modo heterogêneo, passividade e vontade formal, o instinto do jogo traduz-se na liberdade de brincar que caracteriza o traço mais humano do homem: “O homem só é verdadeiramente humano quando brinca”, filosofou Schiller. A passagem da unidade modular para o corpo estrutural é um jogo associativo inerente ao raciocínio orgânico que permeia toda a obra do artista. A linha orgânica – para dizer como Lygia Clark – é uma linha de flexão e ao mesmo tempo de inflexão pela qual o corpo não só é capaz de manter articuladas suas partes, como também de se lançar enquanto organismo movente, deveras um todo em evolução e transformação, no espaço físico. A compreensão desta lógica pelo artista lhe permite descobrir em cada objeto escolhido um princípio estrutural possibilitando desvelar diferentes configurações espaciais, distintas daquelas que lhe servem de partida: a estrutura


<< pilhado / 2008-2010 | monstro full battery | monster pilhas e resina battery and resin 23x16x8cm


<< do próprio objeto industrial. Os hexágonos que compõem a geodésica de uma esfera, no caso as bolas de futebol, se prestam tanto para estruturar superfícies bidimensionais como poliédricas, por exemplo. Os palitos de fósforos colados uns aos outros formam fitas que, quando unidas em suas extremidades, fecham seções de cones que, por sua vez agrupados, estruturam uma membrana esférica cujos poros deixam divisar seu interior vazio. O artista percebe esta mesma possibilidade nos resíduos de lápis apontados e os reaproveita para construir suas Morulitas. É importante observar, no entanto, que as operações plástico/estruturais empreendidas pelo artista, mesmo quando geram objetos volumétricos, acabam por restituir a superfície. Esta se mostra quase sempre realçada pelo uso de cores ready-mades, cintilantes e ácidas, as quais se projetam no ambiente, enfatizando sempre a instância exterior do objeto que nos dão a ver. Em alguns de seus últimos trabalhos, sem abandonar o princípio estrutural que caracteriza tão bem seu procedimento, Felipe vem enfrentando os problemas mais francamente da pintura no que tange à fatura e ao uso da cor. Dos Condomínios para as telas em grandes formatos, chamadas por ele de Arquitetura Pintura, nota-se um enriquecimento continuado da paleta através do desenvolvimento de uma escala cromática variada, complexa e sutil graças ao emprego de tons subjetivos e mais finamente combinados. Impossível diante delas não chamarmos à memória as pinturas de Klee ou Volpi, não só pela riqueza e proximidade da paleta, mas por combinar cálculo e intuição no momento mesmo em que as faz. Aliás, um dos traços mais característico de sua obra é operar com agilidade o trânsito entre o legado


<< the record / 2011 p贸dium feito com discos de vinil podium made with vinly records 60x40x20cm 1/5


<< céu e terra / 2010-2011 heaven & earth 4 círculos máximos recortados e montados com o livro heaven & earth ed. phaidon 4 circles cut out from the book heaven & earth ed. phaidon 65x65x24cm 1/5


<< da tradição e os procedimentos contemporâneos, tais como a apropriação ready-made, a colagem e a ressignificação do banal. Mais uma vez, fazer e pensar, passividade e ação, heterônimos combinados, próprio do regime estético da arte, são remarcáveis na obra de Felipe Barbosa. Mas, afirmar isso de seus trabalhos é ainda dizer pouco, porque estaríamos nos contentando com uma espécie de inteligência frívola, capaz de engendrar cálculos que não fariam mais que ofertar arranjos cromáticos variados, puramente decorativos. A obra de Felipe vai mais longe porque religa este saber erudito à particular atenção que entretém com os procedimentos próprios às práticas do homem comum – o bricolé, o faz tudo. Neste caso, o olho saturado de consciência artística pode facilmente se associar a uma mão inventiva que se adapta às circunstâncias adversas. Quero dizer que nesta relação o que está em jogo não é só uma lembrança formal das artes populares, mas, sobretudo, a inteligência processual do homem do mundo que incorpora no fazer a lógica da improvisação, tão estreitamente condicionada pelo entorno imediato. Como exemplo, lembro aqui de uma caixa d’água industrial cujo interior foi revestido por azulejos brancos que se adaptam como podem, mas de certa forma regularmente, à superfície curva de seu interior. De brincadeira, chamei esta obra de Piscina da garota da laje em referência àquela que tais meninas usam para refrescar o corpo enquanto disputam uma nesga de sol em tão exíguo terraço em que se bronzeiam. De fato, é no ágil movimento entre pensar e agir, solidez e precariedade, fineza e rusticidade, cálculo e improvisação, abstração universal e comentário cultural bem humorado que sua poética se refina e equilibra. Com efeito, o que dela


<< cĂŠu e terra heaven & earth detalhe detail


releva é um traço universal do homem, que o reitera como sujeito de sua história, sempre capaz de jogar com as contingências, ao mesmo tempo em que amplia a esfera limitada do meio em que vive. Justamente no ponto em que seu trabalho se investe de significado social ora pontuado no lugar sem, contudo, se atrelar restritamente a uma cultura em particular, é que ele ganha também, a meu ver, interesse artístico. Não fosse essa dimensão antropológica fluida, intrínseca ao fazer do artista, sua obra não teria o trânsito que se observa quando exibida em outros contextos culturais.

Se na tragédia grega o que garantiu transitividade e permanência foram os traços universais das paixões humanas nelas abordadas, na obra de Felipe Barbosa é a aptidão universal do homem em se adaptar às condições adversas que as garante.

<< luciano vinhosa dez. 2010


<< leitura dinâmica / 2011 speed reading cartões de instruções de segurança de vôo formando um avião flight security instructions cards making a airplane 110x70x30cm


<< diamante / 2011 diamond notas de real picadas sobre tela chopped real bills on canvas 140x180cm


<< bolaruga / 2004-2009 turtle ball resina resin 22x22x22cm 3/10


Felipe Barbosa - 1978 - Mestre em Linguagens Visuais - EBA - Universidade Federal do Rio de Janeiro, com a dissertação A Experiência da Arte Pública. 2003/2004; - Bacharelado em Pintura - Universidade Federal do Rio de Janeiro - 1996/2001; - Procedência e Propriedade - curso intensivo de desenho, professor Charles Watson - 1998; - Dynamic Encounters e Atelier preparatório - Escola de Artes visuais do Parque Lage - 1996. Últimas e próximas exposições 2012 2011

2010

2009

2008

The Record: Contemporary Art and Vinyl - Miami Art Museum - Miami, USA; The Record: Contemporary Art and Vinyl - Henry Art Gallery - Seattle, USA; The Record: Contemporary Art and Vinyl - IAC - Boston, USA; Ya se leer - Centro de Arte Contemporáneo Wifredo Lam - la Habana, Cuba; Leitura Dinâmica - Cosmocopa arte contemporânea - Rio de Janeiro (individual_Solo Show); Baró Galeria - São Paulo (individual_Solo Show); Jogos de Guerra - Caixa Cultural - Rio de Janeiro; Nova Escultura Brasileira - Caixa Cultural - Rio de Janeiro; Centro Cultural de España - São Paulo, SP; Matemática Imperfeita - Centro Municipal de Artes Helio Oiticica - Rio de Janeiro (individual_Solo Show); Quartet - Sara Meltzer Gallery - New York, USA; The Record: Contemporary Art and Vinyl - Nasher Museum Duke University - North Caroline, USA; Arsenal - Baró Galeria - São Paulo; Jogos de Guerra - Memorial da America Latina - São Paulo, SP; Novas Aquisições 2007-2010 Coleção Gilberto Chateaubriand - MAM-RJ; Libro de Artista - Espacio Alfonsina - Rosário, Argentina; Novas Aquisições 2009 - Museu de Arte Contemporânea de Niterói, RJ; PARALELA - A Contemplação do Mundo - Liceu de Artes e Oficio de São Paulo; SP Arte - stands Galeria Casa triangulo SP, Galeria Amparo 60 PE e Galeria Arte em Dobro RJ - São Paulo, SP; Pinta - Art fair Londres stand Baró Galeria, SP; Arte Ba - feira de Arte de Buenos Aires - Argentina - stand Baró Galeria, SP; Pinta - Art fair New York stand Baró Galeria, SP; Nova Arte Nova, Centro Cultural Banco do Brasil - São Paulo; Arquitetura de Engenheiro - Galeria Casa Triangulo São Paulo (individual_Solo Show); Games.nogames Gesellschaft Fur kunst und Gestaltung e.V. - Bonn, Alemanha; Paisagem Ready Made - Galeria do Lago - Museu da República - Rio de Janeiro; Outros Passatempos - SESC Vila Mariana - São Paulo; Poética Textil - Oficina de Cultura Oswald de Andrade - São Paulo; Obra Nome - Cavalariças Parque Lage - Rio de Janeiro; Leilão de Pratos do Museu Lasar Segall - São Paulo; Ecos - Fundiçao de Arte de Rio das Ostras, RJ; Linha Organica - Galeria Amparo 60 - Recife, PE; Still Painting - Galeria Rhys Mendes - Nova Lima, MG; A Coleção II - Arte em Dobro Rio de Janeiro, RJ; BABE - Bienal Anual de Buzios - Armação de Búzios, RJ; Mostra Estética Solidária - Palácio Marques de Pombal - Lisboa; Art to stop TB - Galeria Candido Mendes - Rio de Janeiro; Miami Basel 09 - Feira de Arte - stand galeria Casa Triangulo, SP; MACO - Feria de Arte de Ciudad de Mexico - stand galeria Casa Triangulo, SP; SP Arte - stands Galeria Casa triangulo SP, Galeria Amparo 60 PE e Galeria Arte em Dobro RJ - São Paulo, SP; The Temporary Nature of Things - Sara Meltzer Gallery - New York (individual_Solo Show); Condomínio - Galeria Arte em Dobro (individual_Solo Show); FUNARTE SP - São Paulo (individual_Solo Show); Outside the Box - Hosfelt Gallery - San Francisco, USA; Entre Oceanos - 100 Anos de Aproximação entre Japão e Brasil - Memorial da América Latina - São Paulo; IKF Latin American Art Auction 2008 - Miami, EUA ; Sessão Criativa Brasil-Japão 2008 - Museu Municipal de Kawasaki – Kawasaki, Japão; Teatre de Sense Galley - Tokio, Japão; Início após 100 anos - Galeria Deco - São Paulo; Nova Arte Nova, Centro Cultural Banco do Brasil - Rio de Janeiro; Eko Susak 2008 - Festival Internacional de ecocultura - Ilha de Susak, Croácia; Parangolé: Fragmentos desde los 90 en Brasil, Portugal y España - Museu Pátio Herreriano - Valladoli, Espanha;


2007

2006

Arco Feira de Arte de Madri - Espanha; stands Galeria Casa triangulo, SP; SP Arte - stands Galeria Casa triangulo SP, Galeria Amparo 60 PE e Galeria Arte em Dobro RJ - São Paulo, SP; Frieze - Feira de Arte de Londres stand Galeria Casa triangulo, SP; Supermercado - Galeria Casa Triangulo - São Paulo (Individual_Solo Show); Estética Doméstica - Galeria Filomena Soares - Lisboa - Portugal (Individual_Solo Show); Introductions - Felipe Barbosa and Edgar Orlaineta Sara Meltzer Gallery - New York; La Casa Del Lago - UNAM (Universidad Autônoma de México) - Intervenção Urbana Cidade do México (trabalho em parceria de Rosana Ricalde); Textile Bienale 07 - Lithuânia; Galeria Mario Sequeira - Braga, Portugal; Bienal del Desporto en el Arte - Gijon, Espanha; Século XX na Coleção Gilberto Chateaubriand, Museu de Arte Moderna da Bahia; A imagem do Som da MPB - Paço Imperial Rio de Janeiro, RJ; Drake Hotel - Toronto, Canadá; Jogos Visuais - Conjunto Caixa Cultural - Rio de Janeiro; Novas Aquisições 2006/2007 Coleção Gilberto Chateaubriand - MAM-RJ; Itaú Contemporâneo - Arte no Brasil 1981/2006, Itaú Cultural São Paulo, SP; Incisão - Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri - CE; Fração_Fraction - Mostra de vídeos - Projeto Interface, SPA - Recife, PE; 3 x D 1864/2005 - Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro; Incisão - Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri - CE; Fração_Fraction - Mostra de vídeos - Projeto Interface, SPA Recife, PE; 3 x D 1864/2005 - Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro; ARCO Feira de Arte de Madri, stands - Sara Meltzer Gallery NY, Galeria Luis Adelantado Valencia/Miami - Madri, Espanha; MACO Feira de Arte - Cidade do México - stand Galeria Luis Adelantado Valencia - Miami, EUA; Arte Lisboa, Portugal - stand Galeria Filomena Soares - Lisboa, Portugal; Frieze - Feira de Arte de Londres stand Galeria Casa triangulo, SP; SP Arte - stands Galeria Casa triangulo SP, Galeria Luis Adelantado Valencia/Miami e Galeria Arte em Dobro RJ - São Paulo SP; Miami Basel 07 Art Fair - Stand Sara Meltzer Gallery NY - Miami, EUA; Galeria Arte em Dobro - Rio de Janeiro (Individual_Solo Show); Geometria Descritiva - Galeria Amparo 60 Recife PE (Individual_Solo Show); Human Game - on sport - organized by Fondazione Pitti - Stazione Leopolda - Florença, Itália; The Beautiful Game: Contemporary Art and Football - Brooklyn Institute of Contemporary Art (BICA) and Roebling Hall Gallery - New York, EUA; Centro Cultural de España - Buenos Aires, Argentina (trabalho em parceria de Rosana Ricalde); Doble Mano - intercambio Cultural Rio /Rosário - Museo de arte Contemporaneo de Rosario MACRO, Rosario - Argentina (trabalho em parceria de Rosana Ricalde); Coletiva dos artistas da galeria Amparo 60 - Recife, PE; Blemish - Galeria Luis Adelantado Miami, EUA; Troca de Cartões - intervenção urbana realizada em Fortaleza - Centro Cultural Banco do Nordeste (trabalho em parceria de Rosana Ricalde), CE; Arquivo Geral - Centro de Artes Hélio Oiticica - Rio de Janeiro, RJ; Reflexus - Allgemeiner Konsumverein Braunschweig, Alemanha (projeto Linha Imaginaria); In(corpo)rações - Espaço Bananeiras - Rio de Janeiro, RJ; Convocatória - Galeria Luis Adelantado - Valencia Espanha; PARALELA - São Paulo (trabalho em parceria de Rosana Ricalde); Mano de Dios - Galeria Mirta del Mare - Rotterdam, Holanda; Joan Brossa - Entre a poesia e o objeto - MAM-RJ; Século XX na Coleção Gilberto Chateaubriand - Pinacoteca São Paulo, MAM-RJ e Museu Oscar Niemayer - Curitiba, PR; Universidarte Sala Especial - Rio de Janeiro; Nanoexposição - Galeria de Artes da UFES Vitória, ES; Futebol- desenho sobre fundo verde - Cento Cultural Banco do Brasil - Rio de Janeiro e SESC-Pinheiros - São Paulo, SP; A Imagem do Som/Futebol - Copa da Cultura - Haus der Kultur der Welt - Alemanha; A Imagem do Som/MPB - Paço Imperial - Rio de Janeiro, RJ; Exposição de Grandes Formatos da coleção Gilberto Chateaubriand - MAM-RJ; Mostra de vídeos BR-FR Quando o Carnaval Chegar - Centre Rabelais - Montpellier, França; 10 anos de Linguagens Visuais da UFRJ - Centro de Artes Hélio Oiticica - Rio de Janeiro, RJ; É Hoje - coleção Gilberto Chateaubriand - Santander Cultural Porto Alegre, RS; Intimidades: jogos perigosos - Marilia Razuk Galeria de Arte; Arco - feira de arte de Madri - stand Galeria Casa Triangulo SP - Espanha; SP ARTE 2006 - feira de arte de São Paulo - stands Galeria Casa Triangulo SP e Galeria Arte em Dobro, RJ; Arte BA 2006 - feira de arte de Buenos Aires - stands Galeria Casa Triangulo SP e Galeria Luis Adelantado Miami/Valencia - Argentina.


ARTE

CONTEMPORÂNEA

Shopping Cidade Copacabana Rua Siqueira Campos, 143 –SL 32 (galeria) e SL 80 (acervo) Copacabana – Rio de Janeiro Tel. 0055 21 2236-4670 – cosmocopa@gmail.com

Cosmozine 5 - Felipe Barbosa - Leitura Dinâmica  

Zine publicado por Cosmocopa Arte Contemporânea acompanhando a individual Leitura Dinâmica do artista Felipe Barbosa

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you