Page 1

Comunidade News Connecticut - New York - New Jersey

comunidadenews.com

Nº 339 - de 29 de junho a 5 de julho de 2010

O Jor nal da Comunidade Brasileira

Obama estuda conceder anistia a imigrantes sem passar pelo Congresso

O governo dos Estados Unidos está estudando a portas fechadas a possibilidade de conceder anistia aos imigrantes indocumentados, sem submeter o tema à aprovação do Congresso. A medida poderia beneficiar cerca de 4 milhões de pessoas. Página 31

Free/Grátis

Copa da África do Sul

pag. 35

Brasil vence o Chile e pega a Holanda

Jogadores do Brasil comemoram o primeiro gol da vitória de 3 a 0 sobre o Chile.

Incêndio

pag. 10

Fogo destrói prédio e restaurante brasileiro

Após trabalho dos bombeiros, restaram apenas destroços do prédio.

Massachusetts

pag. 30

Massachusetts recua em medidas antiimigrantes Brasileiros envolvidos

Apesar de não confirmada oficialmente pelo governo, a informação de que o governo poderia legalizar milhões de imigrantes sem passar pelo congresso mereceu até carta de republicanos contrários à medida.

pag. 27

Polícia de New Jersey desbarata quadrilha de fraude imobiliária


Página 2|de 29 de junho a 5 de julho de 2010| Edição 339

Comunidade News


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 3


Página 4|de 29 de junho a 5 de julho de 2010| Edição 339

Comunidade News


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 5

Seminário de violão em Nova Iorque

De 7 a 11 de julho no Mannes College em Nova Iorque acontece o 10° Seminário de Violão de Nova Iorque. O evento será aberto no dia 6 com um concerto na Americas Society, o qual tem a participação da brasileira Clarice Assad. O seminário também conta com o músico Arthur Kampela. São ao todo 25 artistas inter-

nacionais, nove concertos e 25 master classes. O último dia do seminário será marcado por uma festa pelo final da Copa do Mundo 2010. Interessados devem contatar o Mannes College pelo (212) 923-6763 ou pelo mannesguitar@newschool.edu. Informações adicionais pelo www.mannes.edu/ guitar.

Estudantes da WestConn exibem arte em Nova Iorque As obras de estudantes de artes visuais da WestConn de Danbury (CT) estarão expostas na Blue Mountain Gallery em Nova Iorque até o dia 10 de julho. Os trabalhos fazem parte da tese de mestrado dos acadêmicos e estão na galeria desde o dia 22 de junho. Participam da exibição David Ferreira, David Brownell, Brie MacDonald, Jill Sarver, Betsy Davidson, Renee Rossi, Thomas Reilly, Annie Lane, Danielle Alpert, Jamison Odone, Hiroshi Mizuno, Thomasina L. Beasley e Barbara Mansilla. Informações pelo telefone (203) 837-3222. A Blue Mountain Gallery fica no 530 West 25th Street.

Consulado Itinerante em Mount Vernon

Tempo

O Consulado Itinerante estará em Mount Vernon (NY) no dia 1° de julho para atender à comunidade brasileira. Os formulários podem ser adquiridos com antecedência no Civic Center, 43 Gramatan Avenue, 3° andar, Sala 5, telefone (914) 667-5399. O itinerante de Mount Vernon acontece na Igreja Our Lady of Victory, 28 West Sidney Avenue, telefone (914) 668-5861.

Música e cinema brasileiro em Nova Iorque

* Temperatura ºFahrenheight

em

Terça Quarta Quinta

Sexta

53° - 86°

53° - 78° 53° - 76° 57° - 78°

Sábado Domingo Segunda

Fonte:

61° - 83° 64° - 87° 65° - 86°

O Museum of Modern Art (MoMA) em Nova Iorque apresenta no dia 1° de julho, às 5h30pm e às 7pm, no Sculpture Garden, um programa musical brasileiro com o grupo Nation Beat. O evento faz parte da Première Brazil, mostra de cinema que acontece de 15 a 29 de julho. Será com certeza uma festa nordestina em plena Nova Iorque. Pelo segundo ano a festa musical brasileira ganha o apoio do produtor musical e diretor artístico Béco Dranoff. Ingressos limitados. Informações adicionais no www.moma.org. O MoMA fica no 11 West 53rd Street.

Jazz em Nova Iorque O Ali Jackson Quartet realiza show no Jazz at Lincoln Center ( JALC) em Nova Iorque, de 13 a 18 julho, às 7h30pm e 9h30pm. Originário de uma família de músicos, Ali Jackson é um baterista que já tocou com grandes nomes como Diana Krall, Aretha Franklin, Joshua Redman, New York City Ballet e Lincoln Center Jazz Orchestra. O talento dele pode ser conferido no álbum “Irreplaceable” de George Benson, em 2005. O couvert para o show do Ali Jackson Quintet custa de $30 a $35. Estudantes pagam apenas $15 apresentando a identidade estudantil. Informações adicionais pelo www.jalc.org.

Música do AfroBrazil em Cambridge Marcus Santos e o bloco AfroBrazil fazem show no Ryles em Cambridge (MA) na sexta-feira (9), às 9pm. Muita diversão com a batucada do grupo e a convidada especial Jú Marciano. Samba, axé music, funk, rock, jazz e hip hop formam o tempero que vai animar a noite no Ryles. Os ingressos custam $10. O Ryles fica no 212 Hampshire Street, telefone (617) 876-9330.

Dólar

* Cotação para venda do dia 28 de junho de 2010

US$ Paralelo.............. R$ 2,000 US$ Turismo............... R$ 1,850 US$ Comercial ......... R$ 1,783

Índice Local.......................05, 10, 23, 24 Local............................27, 28 e 29 Brasil............................................ 8 Celebridades...................14 e 15 Social . .............................. 32, 33 Cultura . .......... 16, 18, 20 e 22 Imigração . .....................30 e 31 Classificados ....................... 36 Religião ................................... 12 Esporte .....................................35 horóscopo .............................34

Seu jornal 24 horas por dia

www.comunidadenews.com

A maior fonte de notícias da comunidade brasileira nos Estados Unidos

Leia o jornal Comunidade News a qualquer hora do dia ou da noite


Comunidade News

Página 6 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010| Edição 339

Editorial

CHARGE Jabulula!

A hora é agora

A

batalha ainda não está perdida. Esta semana dois fatos de grande importância deram sinais de que uma reforma imigratória, ou pelo menos a legalização de parte dos imigrantes, é iminente. O bilionário prefeito de Nova Iorque, Michael Bloomberg, revelou na semana passada que um grupo de prefeitos de importantes cidades dos Estados Unidos, juntamente com os principais executivos de empresas como Hewlett-Packard, Boeing, Disney e News Corp. (controladora da Fox News), se juntaram para pressionar o

governo e o congresso a promover uma ampla reforma imigratória. Em entrevista à Fox News, Bloomberg disse que a atual política imigratória é um “suicídio nacional”. E ele foi mais longe dizendo que “nós educamos os melhores e mais inteligentes [alunos] e depois não damos a eles um green card”. Surpreendentemente, o poderoso Rupert Murdoch, CEO da News Corp. dona da conservadora Fox News, se junta ao coro dos que advogam pela reforma. Porém Murdoch, ele próprio um imigrante australiano, terá que controlar a própria Fox que regularmente faz campanha contra a reforma e demoniza os imigrantes. Na mesma semana, vazou a informação de que a Casa Branca estaria estudando uma maneira legal de legalizar milhões de imigrantes sem a necessidade de submeter o tema à aprovação do Congresso.

Usando um recurso chamado “Deferred action”, o governo poderia conceder aos imigrantes indocumentados a possibilidade de obter autorização de trabalho e posteriormente solicitar o green card. Este recurso é normalmente usado caso a caso, mas seria concedido em massa. A principio, apenas os imigrantes que entraram no país com visto e deixaram vencer, estariam incluídos no processo. Estima-se que existam cerca de 12 milhões de imigrantes indocumentados no país e que destes, cerca de 4 milhões teriam permanecido após o vencimento do visto. A possibilidade de que a informação seja verdadeira ganhou força depois que um grupo de oito senadores republicanos enviou uma carta ao presidente Obama pedindo que ele abandonasse a idéia. O medo do governo federal,

a meu ver são dois. Primeiro que Obama precisa do voto latino e sem conceder a reforma, é bem provável que ele o perca. Segundo, o governo está perdendo o controle sobre a política imigratória para os estados. Depois da insana lei do Arizona, vários outros estados estão tomando medidas semelhantes. Obama sabe que se depender do Congresso, nada será feito. É chegada a hora de usar o poder que o governo tem de promover a tão necessária reforma, mesmo a contragosto daqueles que vêem nos imigrantes um inimigo a ser derrotado. Um abraço, Breno da Mata Editor/Diretor

As mudanças com mudanças

A

s pessoas se perguntam: - “Não podemos mais mandar caixas para o Brasil”? A resposta é - “nunca mandamos caixas, e sim, mudanças”! A história de mandar caixas para o Brasil é igual a todas as coisas boas que aparecem para o imigrante. Nós não sabemos desfrutar por muito tempo dos benefícios que surgem à nossa volta. Foi assim com as carteiras de motorista internacionais que o departamento de trânsito aceitava, com a hospitalidade dos anos 80s que as autoridades demonstravam com os imigrantes recém chegados, a confiança que os norte-americanos tinham ao empregar imigrantes totalmente desconhecidos por eles etc. É sempre assim, toda uma comunidade termina pagando o prejuízo causado por algum idiota que sempre tenta levar vantagem em cima de alguém.

Daí, as autoridades vão descobrindo que, infelizmente, existem alguns marginais entre o povo desta comunidade. Imaginem um contâiner com mil caixas de pessoas diferentes indo para o Brasil, a maioria leva coisas usadas como sapatos, roupas, objetos de decoração, bolsas, lençóis, fotos e algumas lembranças. Mas aí que aparecem alguns espertos, e têm a brilhante idéia de mandar algumas armas de calibre pesado em algumas caixas, motores de barco, motocicletas, TV plasma, computadores, óculos, relógios e até peças de carro. Eles colocam tudo isto dentro de uma caixa, mandam para o Brasil e acham que ninguém vai checar. São os inteligentes da comunidade. Então a sua caixa, junto com muitas outras, enfim chega ao Brasil, okay, no meio de tantas, a caixa deste imbecil foi escolhida a ser vistoriada pela

receita. A partir daí vocês já sabem o resultado da história. Mais uma vez, por causa de alguns idiotas metidos a espertos, milhares de pessoas na comunidade ficam com suas caixas presas no porto no Brasil. O pior é que quando a companhia, que não tem nada a ver com isto, liga para ele informando que sua caixa ficou presa na receita federal, ele ainda quer ter razão. O comércio de mudanças para o Brasil chegou para ficar, este serviço prestado por muitas empresas brasileiras tende a facilitar muito a vida de milhares de imigrantes neste país. Mas para que isso continue acontecendo, todos nós temos que fazer a nossa parte, temos que evitar fazer dessas remessas um comércio paralelo entre Brasil e Estados Unidos. Quero dizer... Se não podemos fazer a coisa certa, então temos que aproveitar a vista-

Você, Repórter

Tem algum vídeo interessante? Publique na TV-CN A partir de agora, você poderá publicar os seu vídeo na TV do Comunidade News. Mande um e-mail para cntv@ comunidadenews.com e o seu vídeo poderá fazer parte da nossa TV.

grossa por parte das autoridades. Enquanto o sistema estiver parado, aconselho vocês a fazer uma grande mudança nos seus hábitos, procurem as empresas e digam a eles a verdade, por exemplo: - “Como eu faço para mandar uma TV para o Brasil”? Isso aí já vai ser um bom começo. Boa sorte e até mais. Lúcio Souza (China) Diretor

Mais informações, ligue para a redação (203) 449 - 8818 ou mande um e-mail para: sugestao@comunidadenews.com

Faça parte do jornal que já é parte de você

Aviso: o editorial reflete a opinião pessoal de quem o assina, e não necessariamente a posição do jornal Comunidade News

Comunidade News

Redação: 155 Main Street, Suite 202 Danbury, CT 06810 Fone: (203) 748-0123 Fax: (203) 748-0143 Website: www.comunidadenews.com Email: info@comunidadenews.com

Diretor/Editor Chefe: Breno da Mata brenodamata@comunidadenews.com Diretor de Marketing: Lúcio Souza luciosouza@comunidadenews.com Repórter: Angela Schreiber angela@comunidadenews.com Correspondente no Brasil: Ana Carolina da Mata Revisão: José Sarmento Agência de Notícias: FolhaPress

All editorials are intended to reflect the position of the publishers and not of any individual editorial writer. Signed columns, on the other hand, reflect the opinions of the author and not necessarily those of the publishers. The advertiser and/or the advertising agency is responsible for all content and will assume responsibility resulting from the publication of said advertisement in Comunidade News.

Comunidade News é publicado semanalmente todas as terças-feiras pela Comunidade News LLC. Todos os direitos reservados. Nenhum material poderá ser reproduzido em parte ou na totalidade sem a autorização por escrito da direção do jornal.

Sugestão de pauta: pauta@comunidadenews.com


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 7

Opinião

Cartas Endereço: 155 Main Street #202 Danbury, CT 06810

Telefone: (203) 748-0123 Fax: (203) 748-0143 E-mail: cartas@comunidadenews.com

Regresso, Já morei nos EUA por 4 anos, de 2004 a 2008, vivi como indocumentado, mas na época não era tão complicado. Hoje em dia, com a situação que o BRASIL está vivendo economicamente, muito favorável, não entendo porque milhares de brasileiros se sujeitam a esse tipo de tratamento tão humilhante. Mobatto Via comunidadenews.com Cineasta brasileiro, Sou amigo e apreciador do trabalho de Angélica. O filme me é profundamente agradável e fiel à personalidade da artista. Merecem, ambos, uma longa carreira. Parabéns ! Antonio de Padua Gagliardi Via comunidadenews.com Dunga x Globo, Dunga teve coragem de peitar o poderio

da Globo, eles não gostaram porque o Dunga cortou as regalias da poderosa rede de TV. Todos os outros técnicos eram massa de manobra da “Globo” e dos patrocinadores, como o próprio Dunga fala: - “Gente, eu não falo o que as pessoas querem ouvir...”. É só vocês lembrarem quando escalaram o Ronaldo para jogo, depois de ele ter um ataque epilético, por ordens da Nike, que não poderia ficar sem seu garoto propaganda em campo. Valeu Dunga, não desiste não! Leonardo cabral Via comunidadenews.com Sou defensor do respeito mútuo. O Dunga perde a razão a partir do momento em que desrespeita outro profisisonal. Como a maioria, sei que a Globo buscou, sempre, monopolizar as informações. Se o Dunga tivesse sido paparicado, desde o início, tenho certeza a sua postura seria outra com a Globo. Dunga não é o dono da razão Fábio - Via comunidadenews.com

Comunidade News Connecticut - New York - New Jersey

comunidadenews.com

Nº 338 - de 22 a 28 de junho de 2010

O Jornal da Comunidade Brasileira

Três brasileiros presos durante comemoração da vitória brasileira

Free/Grátis

Local

pag. 29

Acidente de carro mata brasileiro

A polícia de Danbury prendeu três brasileiros no último domingo (20), durante as comemorações da vitória do Brasil sobre a Costa do Marfim. Excesso de barulho com o carro e quebra Página 23 da paz foram os motivos que levaram às prisões. Valdete Lacerda capotou o carro em Connecticut morrendo no local.

DMV

pag. 31

Emplacamento de carro sem carteira pode acabar em MA Local

Brasileiros comemoram a vitória pelas calçadas da Main Street em Danbury. Prisões poderiam ter sido evitadas.

pag. 28

Ex-diretora da Imigração acusada de contratar brasileira ilegalmente ganha simpatia de juíz

“Bem que o Comunidade New avisou. Mas alguns brasileiros insistem em achar que aqui é Brasil. Agora não reclama”. Caíque Avila Via email Leia todos os comentários no website www.comunidadenews.com Todas as cartas devem conter nome completo, endereço e telefone para fins de verificação. O Comunidade News reserva-se o direito de publicar as cartas na íntegra, ou em partes, de acordo com a disposição de espaço.

Até que a morte nos separe

A

adolescência é o momento ideal para todos se casarem. Isso já nos primeiros sinais de puberdade ‒ quanto mais cedo, melhor. Respirar fundo, concentrar-se e falar muito sério: Prometo ser fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, por todos os dias de minha vida, até que a morte nos separe. Depois, encontrar no fundo dos olhos daquela pessoa que está ali, do outro lado do espelho, um olhar de aceitação. Os desafios que aguardam quem entra na juventude, hoje mais do que nunca, serão melhor superados depois deste casamento. A fidelidade, por exemplo, será testada muito rapidamente. Basta o menino ou a menina estar diante de um dos tantos dilemas de consciência típicos da idade: convidam-no para entrar no carro que fará um racha, para comprar uma garrafa de vodka, dar um tapinha em um cigarro artesanal, subir para um apartamento desconhecido e entrar numa festa para a qual não se foi convidado... A lista é grande! Então, alguém lá no fundo lhe diz: não vá, não faça, pode dar problema. Caso lembre que prometeu para esse mesmo alguém, no espelho de casa, ser-lhe fiel, poderá recusar sem medo, numa boa, até agradecendo. Mais tarde, se a maturidade o aconselhar diferente, já não será reflexo de inocência. Amar-se e se respeitar também são votos bastante úteis. Quem tem uma auto-estima elevada dificilmente cairá nas

Eu me amo, eu me amo, Não posso mais viver sem mim -Ultraje a Rigor

armadilhas ou nas chantagens dos aproveitadores, pessoas que sempre escolhem subjugar os mais frágeis. Estará imune, ou ao menos fortalecido, contra apontamentos pejorativos (baixo, gordo, fraco, feio) e mais consciente de que as diferenças existem para enriquecer nossa vida. Basta perguntar-se: será que o mundo seria melhor se todos fossem iguais, pensando da mesma forma, vestindo as mesmas roupas? Depois de conquistar uma relação amorosa e de muito respeito consigo, ficará mais fácil e mais saudável lidar com o outro, com suas necessidades e diferenças. Quando prometemos, lá aos doze ou quatorze anos de idade, estar conosco na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, inoculamos a vacina contra aquele que é um dos mais danosos sentimentos: a autocomiseração. E estar imune significará lidar com bom humor, coragem e leveza frente a uma série de pequenos infortúnios típicos da juventude. Ou seja, teremos decepções amorosas e superaremos; veremos frustrado um plano (vestibular, viagem, estágio), mas tentaremos de novo; assistiremos ao lançamento de um produto eletrônico de última geração e nem assim jogaremos o nosso fora; sairemos de casa sempre com o dinheiro contado, porém dispostos a nos divertirmos, etc. Enquanto se é criança, os pais fazem de tudo para que nada nos falte. Na juventude, conviver com a falta é buscar nela o estímulo para as conquistas.


Comunidade News

Página 8 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010 | Edição 339

Brasil Recife, PE

Belo Horizonte, MG

Deslizamento de barreira mata criança

Julgamento do “Maníaco do Industrial” acontece esta semana

Júri popular vai sentenciar Marcos Antunes Trigueiro pelo estupro e morte da comerciante Ana Carolina Menezes Assunção Marcos Antunes Trigueiro, 31, mais conhecido como o “Maníaco do Industrial”, será julgado na quarta-feira (30), no 1° Tribunal do Júri do Fórum Lafayette em Belo Horizonte (MG). Da cela isolada da Penitenciária Nélson Hungria em Contagem, onde está desde o dia 24 de fevereiro, ele sai direto para o tribunal, onde enfrenta um júri popular pelo estupro e morte da comerciante Ana Carolina Menezes Assunção, 27. O crime ocorreu em 16 de abril do ano passado. Marcos abordou a vítima e simulou um assalto. Depois de ordenar que ela levasse o carro para outro lugar, o homem manteve relações sexuais com Ana Carolina e estrangulou-a com um cadarço. Ela estava acompanhada do filho

Uma menina de um ano e oito meses morreu por volta das 5h50min desta segunda-feira (28) em consequência do deslizamento de uma barreira. No momento da tragédia ela estava em casa com os pais e outras quatro meninas, com idades de 3 a 9 anos. A família da vítima foi resgatada com vida pelos vizinhos. Renata Bezerra da Silva já chegou sem vida à Policlínica Amaury Coutinho. A criança chegou à unidade de saúde com uma parada cárdio-respiratória, segundo os médicos. Asfixia por soterramento de barreira foi a causa do óbito. As vias nasais da menina estavam obstruídas pelo barro. Grináuria

Bezerra da Silva e Jailson Barbosa de Santana, pais da vítima, tiveram escoriações leves. Eles foram levados, em estado de choque, para a Policlínica da Campina do Barreto. As outras quatro foram abrigadas em casas de vizinhos e estão bem. O deslizamento causou destruição total à casa da família. José Severino da Silva, irmão de Jailson, afirmou que outra barreira bem próxima ao local já havia caído. Em outro deslizamento ocorrido no mesmo bairro, cinco pessoas de uma família morreram. A tragédia ocorreu neste mês, quando as chuvas mais fortes e contínuas haviam começado no estado.

de um ano e meio. O acusado levou o veículo para um campo de futebol, colocou o bebê sobre o cadáver e fugiu levando o celular da vítima.

Araranguá, SC

Polícia Militar Ambiental apreende 15 toneladas de pescado em Araranguá Dono de embarcações deverá pegar de 1 a 3 anos de detenção e pagar multa de até R$ 100 mil

Bahia

Mortes nas estradas subiram durante as festas de São João

O São João nas estradas da Bahia foi 50% mais violento este ano do que em 2009, no comparativo de mortes. Segundo as estatísticas das polícias rodoviária Estadual e Federal, 302 acidentes ocorreram nas rodovias que cortam o estado, com 169 feridos e 27 mortos. No ano passado houve

229 acidentes, 148 feridos e 19 mortos. As rodovias federais foram as que mais contribuíram para o aumento dos números. Vinte e uma pessoas morreram nestas estradas este ano, contra 10 no São João passado. As estaduais, por outro lado, tiveram seis mortos durante todos os dias do feriadão.

Cerca de 15 toneladas de peixes foram apreendidas neste fim de semana em Araranguá, no Sul de Santa Catarina. A Polícia Militar Ambiental apreendeu a mercadoria de dois barcos que faziam a pesca dentro de uma área permitida somente para barcos de pesca artesanal. As embarcações foram encaminhadas para o porto de Laguna. De acordo com o comandante da Polícia Ambiental de Laguna, Major Jefer Francisco Fernandes, durante 12 dias as embarcações foram monitoradas por um sistema de vigilância, período em que sempre estiveram a uma distância de duas milhas da costa, enquanto o permitido por lei para a modalidade de pesca praticada na ocasião é de três milhas. “Foi um trabalho de investigação do nosso setor de

inteligência. Acompanhamos todo o deslocamento dos barcos e eles sempre se mantiveram em áreas irregulares”, afirma Fernandes. O flagrante formal por parte dos policiais ocorreu no sábado (26) e no domingo à noite as embarcações apreendidas chegaram ao porto de Laguna. O Dom Manoel V e o Dom Manoel VI estavam com uma tripulação de 14 pessoas e pertencem a um empresário do setor pesqueiro de Laguna. Ele vai responder por crime ambiental previsto na Lei 9.605 que estipula de um a três anos de detenção, além do pagamento de uma multa de R$ 700 a R$ 100 mil e um acréscimo de R$ 20 por tonelada de pescado apreendido. Os peixes capturados pelos dois barcos serão doados a entidades beneficentes da região de Laguna.


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 9

Adquira um computador novo por apenas $29.99* por semana! e melhore o seu crédito ao mesmo tempo!

Crédito ruim, sem crédito? Não importa! Não verificamos o seu crédito, então você não será recusado.

Se você pode fazer um pagamento semanal de apenas U$29.99* por 12 meses, então você já está pré-aprovado para um computador novo da DellTM ou HPTM. Garantido.

Aplique agora e receba:

Sistema de GPS para carro Tocador MP3 grátis Impressora grátis com alguns modelos Ligue hoje e tenha o computador de seu sonho melhorando seu crédito ao mesmo tempo

Ligue hoje mesmo!


Comunidade News

Página 10 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010 | Edição 339

Local

Incêndio em Massachusetts destrói restaurante brasileiro Os bombeiros ainda não sabem o que provocou o fogo que destruiu um prédio de 4 andares

U

m incêndio ocorrido no sábado (26) em Marlboro (MA) deixou como resultado um restaurante brasileiro destruído e várias pessoas desabrigadas. O fogo começou pouco antes da 1h da tarde, dentro do Central West Grill Restaurant e se alastrou rapidamente. O prédio atingido pelas chamas desabou. Ainda não se sabe o que provocou o incêndio. O fogo tomou conta do Hogans Hair Design, que ficava ao lado do restaurante, e subiu para nove apartamentos. Quando o fogo começou, Pedro Lacerda estava dentro do salão e viu quando a fumaça preta avançava. “Saímos do lugar”, disse ele. Foram necessários no mínimo 100 bombeiros das comunidades vizinhas para combater as chamas. Todos os clientes dos comércios e moradores do prédio de quatro andares foram retirados com segurança, apesar da fumaça ter dificultado o trabalho dos bombeiros. “Eles encontraram tanta fumaça que foi difícil fazerem uma busca e ter certeza de que todos foram encontrados, foi a principal preocupação deles”, declarou Rick Plummer, Chefe dos Bombeiros de Marlboro. Somente três bombeiros tiveram ferimentos leves. Eles foram conduzidos à emergência do Hospital de Marlboro e passam bem. As causas do incêndio que destruiu completamente o prédio 173 da

receber ajuda da Cruz Vermelha ou de algum órgão governamental. A prefeitura local ajudou os moradores. Segundo Rosalinda Barreto, do Departamento de Serviços Humanos, a cidade forneceu água e alimentos aos desabrigados. O democrata James Eldridge quer ajudar os brasileiros. Para isso, solicitou que o assessor André Abreu faça um levantamento de quantos brasileiros ficaram sem moradia. Em janeiro do ano passado, um incêndio ocorrido em Danbury (CT) deixou 38 brasileiros sem ter onde morar. Pertences intactos não puderam ser retirados pelos moradores por conta do risco de desabamento do prédio, que acabou sendo destruído. Já existe um novo prédio no local.

Bombeiros tentam sem sucesso salvar o prédio em chamas. Main Street ainda são desconhecidas. Minutos depois que os últimos bombeiros saíram do prédio aconteceu o desabamento. Como consequência, cerca de 16 pessoas ficaram sem moradia. Democrata quer ajudar brasileiros Uma delas é o brasileiro Fábio Santos,

29, que morava sozinho. Ele trabalhava na hora do incêndio e foi avisado por um amigo. “Eu não tenho lugar para ir e tenho que começar tudo de novo. Eu não tenho dinheiro...o dinheiro que eu tinha estava no prédio. Eu descontei um cheque ontem”, desabafou. Tanto ele quanto outros moradores que ficavam sem casa esperam

Do prédio que abrigava o restaurante e os apartamentos, sobraram apenas escombros.


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 11


Comunidade News

Página 12 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010 | Edição 339

Reflexão

Servir e Marchar

“Portanto, tornai a levantar as mãos cansadas e os joelhos desconjuntados.” – Paulo. (Hebreus, 12:12.)

S

e é difícil a produção de fruto sadio na lavoura comum, para que não falte o pão do corpo aos celeiros do mundo, é quase sacrificial o serviço de aquisição dos valores espirituais que significam o alimento vivo e imperecível da alma. Planta-se a semente da boa-vontade, mas obstáculos mil lhe prejudicam a germinação e o crescimento. É a aluvião de futilidades da vida inferior. A invasão de vermes simbolizados nos aborrecimentos de toda sorte. A lama da inveja e do despeito. As trovoadas da incompreensão. Os granizos da maldade. Os detritos da calúnia. A canícula da responsabilidade. O frio da indiferença. A secura do desentendimento. O escalracho da ignorância. As nuvens de preocupações. A poeira do desencanto. Todas as forças imponderáveis da experiência humana como que se conjugam

contra aquele que deseja avançar no roteiro do bem. Enquanto não alcançarmos a herança divina a que somos destinados, qualquer descida é sempre fácil... A elevação, porém, é obra de suor, persistência e sacrifício. Não recues diante da luta, se realmente já podes interessar o coração nos climas superiores da vida . Não obstante defrontado por toda a espécie de dificuldades, segue para a frente, oferecendo ao serviço da perfeição quanto possuas de nobre, belo e útil. Recorda o conselho de Paulo e não te imobilizes. Movimenta as mãos cansadas para o trabalho e ergue os joelhos desconjuntados, na certeza de que para a obtenção da melhor parte da vida é preciso servir e marchar, incessantemente. Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Fonte Viva. Ditado pelo Espírito Emmanuel. Rio de Janeiro: FEB.

ALUGA-SE ACF Properties tem ótimas opções para você. COMERCIAL

RESIDENCIAL

(203) 739-0019

Centro Comercial Brasileiro de Danbury EMPRESS PROFISSIONAL CENTER

Veja quem já está aqui!

Oferecemos diversos

Comunidade News

tipos de imóveis:

O Jornal da Comunidade Brasileira nos EUA

Apartamentos Duplex com garagem Apartamentos com suite

Escritório da Barbara Leite

Skill Faith

Escola de teologia

Assembléia de Deus

Apartamentos de 1, 2 e 3 quartos

7 New Street - Suite 3 - Danbury, CT - Fone: (203) 739-0019 155 Main Street - Danbury, CT


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 13


Comunidade News

Página 14 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010 | Edição 339

Frases

Não tenho medo de ser rejeitada nas ruas. É o meu trabalho. Quero deixar que o público me surpreenda.

Mariana Ximenes, a Clara de “Passione”, dizendo na revista “Claudia” que não liga para uma possível reação ruim do público por causa de sua personagem.

O quê? “Queria adotar, mas não sei se tenho mais tempo. Quando meu filho tiver 20, terei 80. Preciso pensar muito e rápido!” Regina Martelli, editora de moda, dizendo na revista “Contigo!” que aos 60 anos ainda tem vontade de ser mãe.

“Tem sido um passatempo que vai me fazer falta quando o próximo ‘escândalo’ roubar as atenções dos internautas.” Zeca Camargo, apresentador do “Fantástico”, falando em seu blog sobre a repercussão do bocejo que deu, ao vivo, no programa.

“Eu assusto os homens. Acredito que eles acham que vou esnobá-los por ser atriz. Era muito mais assediada quando não era famosa.” Sophia Abrahão, atriz, contando na revista “Contigo!” como sua vida mudou depois que interpretou a Felipa, de “Malhação”.

Não faço nada, na verdade. De vez em quando, corro e pratico boxe. Mas, por causa da agenda do ‘Pânico’, não tenho muito tempo para fazer exercícios. Sabrina Sato, apresentadora, jurando que seu corpo não é resultado de exercícios frequentes no site nova.com.br.


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 15

Gente Mariah Carey é “Confio nela de olhos vendados”, diz processada por não ex-marido de Ana Maria Braga pagar veterinária A cantora Mariah Carey foi processada perante um tribunal de Nova York por não ter pago uma conta que chega quase a US$ 30 mil à veterinária de seus cachorros de estimação, informou hoje o “New York Post”. Cindy Bressler, responsável pela saúde dos animais da artista, abriu um processo legal perante um tribunal de Manhattan na quarta-feira, alegando que proporcionou “serviços extras” pelo valor de US$ 37.790,32, mas Mariah só teria pago US$ 8.200. Segundo a veterinária, a conta corresponde a pouco mais de um mês de cuidados dos três cães da raça Terrier da cantora. O jornal informou que um porta-voz de Mariah disse que ela “não sabe que foi processada”. A cantora ganhou os cães em questão de presente do marido, Nick Cannon.

Mariah Carey e seu cão Jack, um jack russell terrier.

Ana Maria Braga sai de mãos dadas com o ex-marido, Marcelo Frisoni, no Leblon. Marcelo Frisoni, ex-marido da apresentadora Ana Maria Braga, diz que ela nunca se envolveu com o professor Renato Zóia, que fez par com ela no quadro “Dança dos Famosos”, do “Domingão do Faustão” (Globo). “Quando eles ensaiaram juntos, em casa e em Portugal, eu estava lá”, afirmou. “Da minha parte, marido, nunca houve sequer desconfiança. Confio na Ana de olhos vendados, tapados e amarrados.” Segundo Frisoni, ele está no Rio de Janeiro desde domingo (20), na casa da apresentadora, “para dar força para ela”. Os dois estão separados oficialmente desde 13 de

maio. A informação é da coluna Mônica Bergamo, publicada na Folha desta quinta-feira (24). A íntegra da coluna está disponível para assinantes do jornal e do UOL. A apresentadora falou na terça-feira sobre o boato em seu programa, o “Mais Você”. “Estou sofrendo calúnia, difamação, injúria”, afirmou. À tarde, o nome dela ficou em primeiro lugar nos trending topics --a lista dos assuntos mais comentados-- do Twitter. Um dia antes, a assessoria de imprensa dela havia divulgado nota em que chamou de “mentirosa” a notícia.

A atriz Lindsay Lohan segue usando a tornozeleira que monitora a presença de álcool em seu corpo, mas nem por isso ela deixa de aproveitar a vida noturna. Em

plena segunda-feira (21), Lindsay foi vista saindo de um clube noturno em Los Angeles acompanhada de amigos.

LaToya reitera que Michael Jackson foi assassinado por dinheiro Passado quase um ano da morte de Michael Jackson, LaToya segue convencida de que o irmão foi assassinado por dinheiro. Em entrevista ao canal “GMTV”, a artista afirma que Michael “valia muito mais morto do que vivo” e que “foi assassinado por seu catálogo de músicas”. LaToya diz nunca ter duvidado de que o “rei do pop” foi morto. “Desde o dia que descobri que Michael não estava mais conosco, quando minha mãe me gritou no telefone, logo em seguida me perguntei

quem tinha feito isso”, conta. A acusação não é nova, já que semanas depois da morte de Michael a cantora deu várias entrevistas não só sustentando a tese do assassinato, mas também dizendo saber a identidade dos assassinos. “Houve uma conspiração. Acho que foi tudo pelo dinheiro. Michael valia mais de US$ 1 bilhão em ativos por direitos de difusão musical e alguém o matou por isso. Ele valia mais morto do que vivo”, destacou então. Até agora, apenas o médico pessoal de Michael, Conrad

Murray, foi processado por relação com a morte do artista, acusado de homicídio culposo. Jermaine Jackson também aproveitou a proximidade do aniversário de um ano da morte do irmão para fazer declarações, neste caso para afirmar que Michael deveria ter se convertido ao Islamismo, como ele mesmo fez há alguns anos. “Acho que se Michael tivesse abraçado o Islã ainda estaria aqui hoje”, disse Jermaine em entrevista à “BBC”, em que também afirma que a família “nunca superará” o ocorrido.


Comunidade News

Página 16 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010 | Edição 339

Cinema

Documentários exibidos em Nova Iorque mostram cantores brasileiros Os filmes, dirigidos por Andrucha Waddington, trazem grandes nomes da nossa música

A

edição 2010 do evento “Cinema Tropical’s Music + Film Series: Janeiro in New York”, promovido pelo Cinema Tropical, traz três documentários brasileiros. Sob a direção de Andrucha Waddington, os filmes são exibidos no 92Ytribeca. No dia 23 último aconteceu a projeção de “Outros (Doces) Bárbaros”. “Viva São João” e “Maria Bethânia - Pedrinha de Aruanda” serão mostrados nos dias 21 de julho e 25 de agosto, respectivamente. Em entrevista ao Comunidade News, o diretor brasileiro disse que não importa o lugar onde os filmes dele são mostrados. “É sempre bom você ter um público para assistir a tua obra. A representação dentro da minha filmografia está nos documentários propriamente ditos, e não onde eles passam”, afirmou. Andrucha contou que “Viva São João” nasceu a partir da filmagem de “Eu, Tu, Eles”, produção que tem trilha sonora de Gilberto Gil. De acordo com o diretor, a ligação do cantor com o universo das festas de São João deu origem ao documentário. “O Gil foi um guia, um mestre de cerimônias. Foi entrando com a gente lá dentro do Nordeste, nas principais festas de São João, de Campina Grande, Areia Branca”. O fio condutor do filme, ainda segundo Andrucha, foi o Rei do Baião, o saudoso Luiz Gonzaga. “É um grande compositor nordestino, acho que trouxe, popularizou a cultura nordestina de norte a sul do país, musicalmente”.

Na opinião do cineasta, Gonzagão e Jackson do Pandeiro são os dois grandes compositores e intérpretes deste tipo de música. Em nove dias e sem muito roteiro, Andrucha foi captando tudo o que via pela frente. “Outros (Doces) Bárbaros” nasceu do reencontro entre Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gal Costa e Gilberto Gil, ocorrido 25 anos depois de um show que se tornaria um disco. “O que achei interessante, nesse reencontro, é de uma maneira absolutamente sutil, estar dentro dos ensaios e registrando o dia a dia destes quatro artistas, revivendo um projeto que eles criaram 25 anos antes”.

O diretor Andrucha Waddington.

Mercado cinematográfico fechado O diretor justificou o título do filme. “As pessoas se modificam. Como eles não foram uma banda que ficou junta este tempo todo, na verdade o convívio ali revela muito o que cada um virou”. As filmagens do estúdio intercalam com o show em Copacabana, que reuniu mais de 200 mil pessoas. Diretor de cinema e publicidade, Andrucha Waddington é um dos sócios da Conspiração Filmes, junto com o cunhado Cláudio Torres. Casado com Fernanda Torres, foi premiado no ano de 2000 pelo filme “Eu, Tu, Eles”: Melhor Filme no Festival de Havana, Melhor Filme e Prêmio da Crítica no Festival de Cartagena. Dois anos mais tarde, conquistaria o prêmio de Melhor Realizador no Cine PE – Festival do Audiovisual por “Viva São João”.

Ana Paula Pavão é formada em Letras, com especialização em português e inglês pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Cinéfila, Ana Paula mora em NY, onde leciona ESL.

Cine News By: AnaPaula Pavão email: cnewscine@hotmail.com

Sem esquecer dos fãs de sci-fi, vale lembrá-los da estréia do próximo dia 9 de julho, do diretor Robert Rodriguez PREDATORS é uma versão repaginada do sucesso Predator (1987) e suas sequências. Abordando a sobrevivência da raça humana no planeta dos Predators, o filme tem um elenco repleto de grandes atores como Adrien Brody, Laurence Fishburne, Danny Trejo e a brasileira Alice Braga. Predators tem uma pitada de horror, típico dos filmes de Rodriguez, conhecido por dirigir sucessos como From Dusk Till Dawn, Grindhouse e Planet Terror (em parceria com Quentin Tarantino), Sin City 1 e 2 e várias produções que não fogem do terror, ficção científica e um pouco de humor característicos do diretor. Fica a dica!

Estréia bastante aguardada é a do dia 30 de junho, na sequência de THE TWILIGHT SAGA ECLIPSE, terceiro filme baseado nos best-sellers de Stephenie Meyer, dando continuidade ao triângulo amoroso entre Bella (Kristen Stewart), o vampiro Edward (Robert Pattinson) e o lobo Jacob (Taylor Lautner). Desta vez os vampiros Cullen e os lobos unem-se extraordinariamente para enfrentar um novo grupo de vampiros. Um sucesso principalmente entre os adolescentes, ou melhor “as” adolescentes, The Twilight Saga surpreende ao atrair jovens para a literatura, em detrimento à resistência dos mesmos para com os livros, já que a internet é seu principal atrativo. Twilight mais uma vez supera as expectativas. Além de ser uma atração multimidiática, que faz da literatura um meio tão bom quanto cinema, TV e internet, o terceiro filme ECLIPSE promete melhores interpretações dos atores Robert Pattinson e Kristen Stewart, visivelmente amadurecidos. Fenômeno parecido no cinema ocorreu com Harry Potter, atraindo os jovens à leitura e aos cinemas, onde pudemos acompanhar o crescimento dos atores e seus respectivos personagens. Nós professores só temos a agradecer autores modernos. É assim que se atrai uma nova geração de leitores a literaturas até mais elaboradas. Para tudo há um início!


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 17


Comunidade News

Página 18|de 29 de junho a 5 de julho de 2010| Edição 339

Cultura

Atriz ministra oficina de teatro em Nova Iorque Débora Balardini trabalha com o corpo e com as emoções

A

Débora Balardini ensinará técnicas de interpretação.

contece nos dias 5, 12, 19 e 26 de julho na Brazilian Endowment for the Arts (BEA) em Nova Iorque, oficina de teatro com Débora Balardini. Além de ensinar técnicas de memorização de texto com os alunos, a atriz também vai trabalhar a linguagem corporal. Os alunos aprenderão ainda a trabalhar com monólogos e vão experienciar o que é estar num palco. Débora vai utilizar a Técnica de Stanislavski, Suzuki e do Teatro Coreográfico, passando ainda pela Hatha Yoga e pela Técnica de Roy Hart para Voz. Por telefone, a atriz disse que as técnicas utilizadas são basicamente psicológicas. Ela confidenciou que não sabe o que vai encontrar, em termos de atores brasileiros. Enquanto aguarda a surpresa, Débora prepara um trabalho baseado no corpo. “Não só de cabeça, de pensar demais, de analisar um texto”, disse ela, que gosta de abranger várias técnicas. Para a atriz, não importa se a aula é mais lenta ou mais avançada. Tudo se torna um desafio. Com experiência na França, Débora disse que a mentalidade do teatro brasileiro se aproxima muito da européia. “Acho que o Brasil e a Europa se jogam mais”. Segundo ela, a preocupação nos Estados Unidos está em quanto vai render a bilheteria.

Eternamente ator Com uma experiência de mais de 20 anos, Débora Balardini assinou espetáculos apresentados no Brasil, Estados Unidos, Japão, Chile, Argentina e França. Com a parceira de negócios Sandie Luna, coordena a Clínica de Audições para Atores. Ministra aulas de Hatha Yoga nas horas vagas e ainda encontra tempo para pesquisar movimento para teatro e tocar tarol de alfaia com as Meninas do Maracatu. O trabalho de um ator, segundo Débora, dura a vida inteira. “O ator tem que viver, captar tudo com os sentidos”. De acordo com a atriz, a opinião própria também é muito importante para a profissão. “Ator que não tem ponto de vista vira fantoche”. A oficina de teatro é aberta para quem não tem experiência no palco e acontece das 5h30pm às 9h30pm. São 16 horas de trabalho. O valor da hora/aula é de $35. O valor total do curso é de $140. A atriz pede que os alunos usem roupas confortáveis e levem caderno de anotações, caneta e água. Informações adicionais pelo telefone (212) 371-1556 ou pelo e-mail bibliobrnyc@gmail.com. O endereço da BEA é 240 East, 52nd Street (entre a 2ª e a 3ª Avenidas).


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 19

Comunidade Católica Brasileira de Danbury

CONVÍVIO JULINO Dia 24 de julho

Igreja de São Pedro 104 Main Street Centro Pastoral Pastor Fr. Gregg Mecca Assistente para brasileiros Padre Pedro Diniz 61 Liberty Street Danbury, CT Tel.: (203) 730-9071 Tel/Fax: (203) 791- 9910 Missas aos sábados e domingos às 7:30pm

Nosso convívio Julino será realizado no dia 24 de julho no salão paroquial. Os eventos serão realizados nos salões do Centro Comunitário. Pedimos colaboração nos seguintes materiais: Farinha de trigo, óleo, leite, milho verde, açucar, amendoim, salsichas, azeitonas, coco ralado, creme de leite, leite condensado, canjica doce, canjiquinha. Precisamos de gente para compor a quadrilha. Telefonar para (203) 730-9071.


Comunidade News

Página 20 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010 | Edição 339

Teatro

Companhia teatral exalta a fauna brasileira A

Coloridos bonecos e muita criatividade compõem o “Bichos do Brasil”, de Pia Fraus

companhia de teatro Pia Fraus exibiu no último final de semana em Nova Iorque o espetáculo “Bichos do Brasil”. Bonecos e muita música deram o tom do show do grupo. Há quase uma década, “Bichos do Brasil” encanta os espectadores. No sábado, a Pia Fraus esteve no El Museu del Barrio, e no dia seguinte, foi até o zoológico do Queens. Com um colorido figurino e muita coreografia, espetáculo produzido por Jackson Iris teve Beto Andreetta, Clara do Nascimiento e Adriana Silvia no palco. A apertada agenda do Pia Fraus ainda permitiu uma rápida entrevista por telefone. Andreetta, fundador do grupo, contou que nos últimos tempos a companhia tem sido muito solicitada pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE). Segundo ele, o grupo acabou de voltar da Índia e fez vários espetáculos no Timor Leste, no ano passado, durante um projeto de estímulo à língua portuguesa. “Já fizemos acho que em 11 ou 12 países”, disse ele. O “Bichos do Brasil” já percorreu toda a América do Sul, alguns países da Europa e passou também por Chicago, Miami e Los Angeles. “É uma coisa bem brasileira, mas sem ir para o folclore. Acho que este espetáculo é legal porque ele trabalha com elementos da brasilidade mas de uma maneira contemporânea”. O show tem referências a alguns clássicos da MPB, como “Garota de Ipanema”, músicas do saudoso Adoniran Barbosa e de Tom Zé.

Divulgação

Companhia de teatro Pia Fraus, durante espetáculo “Bicho do Brasil”. Segundo Beto, o Brasil ainda é muito lembrado por conta do futebol, carnaval e da Floresta Amazônica. “O espetáculo trabalha muito em cima da fauna e música brasileira, desta forma amazônica que tem no Brasil”. O ator explicou que tudo é feito de uma maneira lúdica. “Muito mais para você ficar orgulhoso daquilo e a partir deste amor, desta atenção que a gente espera despertar nas pessoas, isto gera uma percepção, capacidade de

preservação desta natureza de uma maneira mais lúdica”. A mentira que conquistou o mundo As artes plásticas do espetáculo foram criadas pelo falecido Beto Lima. Já a coreografia foi desenvolvida por Ricardo Iazeta, Beto Lima e Andreetta. Este último também participou bastante da parte técnica dos bonecos. A música foi uma colaboração entre Andreetta, Iazeta, Gus-

tavo Bernardo e Marco Boaventura. Parte do espetáculo nasceu enquanto Andreetta observava os filhos pequenos. “Perceber toda a ligação da criança com o animal, é muito espontânea, não tem este limite, esta diferença. A criança interage com o bicho de uma maneira mais harmônica”. Criada há 25 anos, a Pia Fraus usa pouco a palavra mas abusa da relação boneco-ator. São 21 espetáculos no currículo, entre eles “Primeiras Rosas”, o infantil “As Aventuras de Bambolina”, “100 Shakespeare” e “A Lenda do Guaraná”. O grupo recebeu mais de uma vez o Prêmio Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo e ganhou o Prêmio Angel Award do Jornal Herald-Edimburgo, da Escócia. Andreetta explicou que a companhia tem sete elencos. São cerca de 20 atores em espetáculos diferentes. O nome, Pia (pura) Fraus (fraude), é uma expressão latina que significa ‘uma mentira contada com boas intenções’. “O teatro não deixa de ser uma grande mentira. Acho que o próprio teatro é uma mentira contada com boas intenções”. A apresentação na esquina do mundo é comemorada pelo ator. “Estar em Nova Iorque é um super prazer, na verdade. É o sonho de todo mundo que faz teatro, que faz arte, passar algum dia mostrando a sua arte em Nova Iorque”. Depois de conquistar a metrópole americana, o grupo cumpre uma lotada agenda que inclui o norte do Brasil e o Equador.


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 21


Comunidade News

Página 22 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010 | Edição 339

Música

Concerto na Americas Society em NY traz grupo de jazz brasileiro N

Música inédita de Tom Jobim faz parte do repertório do Alex Silvério Quarteto

a quinta-feira (1) o Alex Silvério Quarteto realiza concerto na Americas Society em Nova Iorque. A banda de jazz, que leva o nome do solista de fagote da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP), traz no repertório composições próprias e músicas de grandes nomes da música popular brasileira. Esta é a primeira vez que o quarteto vem aos Estados Unidos. Além de Alex no fagote, a banda tem Igor Pimenta no baixo, Neimar Dias na guitarra e Eduardo Guarinon na bateria. Alex concedeu entrevista ao Comunidade News via email, por conta de compromissos profissionais. O músico contou que o repertório terá “Mágoas de Fagote”. A peça inacabacada de Tom Jobim nunca foi tocada nos Estados Unidos, segundo Alex. O repertório traz ainda Milton Nascimento, Edu Lobo e John Coltrane, além de composições da autoria do Alex Silvério Quarteto. Segundo Alex, Tom Jobim e Hermeto Paschoal estão entre os favoritos do grupo. O líder do grupo de jazz já tinha vindo aos Estados Unidos em turnês com a OSESP. Para ele, representar a música brasileira no exterior é sempre um desafio. “Porque as pessoas esperam sempre ouvir alguma novidade vinda do Brasil, tanto para os americanos como para os brasileiros que vivem aqui”, disse o músico. Mas os desafios fazem parte da carreira de Alex. Afinal, ele convive com o clássico e a MPB. “Acho que os dois uni-

Alexandre Silvério e sua banda. versos se completam”. O início dos estudos de fagote foram totalmente direcionados ao repertório erudito, visto que o fagote é um instrumento clássico. O músico, no entanto, queria mais. Ousadia musical “Com o passar do tempo, percebi que só tocar música erudita não era suficiente para me expressar. Foi aí que tive curiosidade de aprender a tocar música popular e estudar improvisação, mas é uma tarefa muito difícil por serem dois

estilos musicais muito diferentes. Assim, o trabalho é dobrado, o que exige muita dedicação, horas e horas de prática diária para tocar ambos estilos com precisão”. Foi na Escola Municipal de Música de São Paulo que Alex Silvério iniciou os estudos de fagote, sob a batuta de Gustava Busch. Das aulas com o professor Francisco Formiga, tornou-se aluno do saxofonista Roberto Sion, para integrar o mundo do jazz. Músico da OSESP desde 1997, ganhou uma bolsa de estudos da Fundação Vitae para estudar em Berlim, dois anos depois. Reconhecida nacional e internacionalmente, a OSESP foi indicada pela revista Gramophone como uma das três orquestras emergentes do mundo às quais deve-se prestar atenção. A criação da Fundação OSESP, em 2005, lançou novos padrões de gestão, os quais se tornaram referência no meio cultural brasileiro. Apesar do bom nome que a música brasileira carrega nos Estados Unidos e em outros países, Alex ressalta a importância do incentivo aos novos talentos. “Existem grandes talentos que ficam obsoletos apenas por que não existe patrocínio suficiente para que esses músicos venham mostrar seu trabalho no cenário internacional”. O concerto do Alex Silvério Quarteto inicia às 7pm. O evento tem o co-patrocínio do Consulado-Geral do Brasil em Nova Iorque. Informações adicionais pelo http:// as.americas-society.org. O endereço da Americas Society é 680 Park Avenue.


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 23

Local

Missa em Danbury homenageia brasileiros formandos A

Cerimônia destacou esforço e dedicação de alunos

missa do último sábado na Igreja de São Pedro em Danbury (CT) teve um gosto especial para onze brasileiros. Eles foram homenageados durante a celebração religiosa por ter conseguido se formar na high school e na faculdade. Os pais assistiram com orgulho a conquista dos filhos. O evento foi organizado por Márcia Pereira. Vestidos com a tradicional toga, os jovens entraram na igreja junto com o Padre Pedro Diniz, abrindo a cerimônia. Todas as atenções se voltaram para aqueles que agora sonham com um futuro profissional brilhante, seja nos Estados Unidos ou no Brasil. Os orgulhosos Guilherme, Joana, Tamires, Mayara, Bruna, Aislan, Leonardo, Paloma, Rafael, Tamara e Tadeu exibiram largos sorrisos e participaram da celebração. Todos completaram o segundo grau, com exceção de Paloma, que completou o curso superior de contabilidade. Parabenizando aos jovens e suas famílias, Padre Pedro ressaltou que a formatura dos brasileiros é um passo muito grande para nossa comunidade. Aos pais destes jovens, o padre aconselhou que sigam o exemplo dos filhos, no sentido de perseverar em busca de um sonho. Um dos momentos mais bonitos da missa aconteceu quando os homenageados subiram ao altar para, de mãos dadas, rezar o Pai Nosso. A formatura do grupo encheu de orgulho toda a comunidade. Belas palavras de incentivo foram proferidas pela organizadora do evento. Márcia ganhou os agradecimentos do Padre Pedro. Segundo ela, o número de brasileiros que se formam está crescendo. Por isso, decidiu homenageá-los na missa. A organizadora viveu um momento de dupla emoção, já que o filho, Guilherme, estava entre os que se formaram no se-

taque no futebol na Abbot Tech, onde se formou.

Alunos brasileiros que se graduaram na Hight School e no College são homenageados durante missa na igreja Saint Peter de Danbury. gundo grau. Nem bem saiu da Bentley University em Boston (MA), Paloma Ferreira já conseguiu emprego no departamento financeiro de uma companhia internacional. A formatura, segundo ela, é motivo de emoção não só para a família, mas transmite esperança para todos. “Me dá um orgulho”, disse ela, consciente de que nem todos os brasileiros que moram nos Estados Unidos conseguem viver este momento. Primeira a se formar na família, Paloma declarou que está realizada com a conquista. Ela espera servir de direção para a irmã que também estava se formando. O

momento foi registrado com carinho pelos pais corujas. Marco Antônio lembrou que das dificuldades dos imigrantes brasileiros e espera que Bruna siga o exemplo de Paloma. Foi uma dupla emoção para a mamãe Margarete. Professora formada nos Estados Unidos, ela incentiva a todos os brasileiros. “Que não parem”, disse. Mesmo felizes pela vitória, Rafael e Tadeu preferiram voltar para o Brasil. “Torço muito para que eles sejam felizes e que consigam realizar os sonhos por lá”, disse Márcia, considerando a volta deles um tanto frustrante. Segundo ela, Rafael foi des-

Impasse acompanha conquista Alguns brasileiros como Guilherme vão insistir em uma faculdade no país. Otimista quanto às futuras oportunidades, ele tem o firme propósito de cursar Justiça Criminal. Mesmo sem saber que carreira seguir, mas segura de que entrará na faculdade, Tamires agradece à mãe. “Ela veio (para o país) para eu ser alguém”, disse ela. Formado no curso técnico de torneiro mecânico, Aislan sonha com o canudo de engenharia mecânica. O pai, Júnior, disse que a homenagem na igreja foi importante para mostrar a conquista de jovens brasileiros. A mãe de Aislan, Helb, também está feliz, mas sabe que as mensalidades para quem não tem documentos são bem mais altas, e fez um desabafo. “Quando o aluno quer ir para o college, o país não quer”, disse ela, referindo-se ao preço exorbitante para os estudantes indocumentados. Assim como Aislan, muitos estudantes não prosseguem um curso superior nos Estados Unidos por falta de condições de pagar. A aprovação do projeto chamado in-state tuition devolveria a esperança a estes jovens. Segundo o projeto, estudantes indocumentados pagariam as mesmas mensalidades que os cidadãos americanos. Para Edna, mãe de Mayara, o orgulho e a emoção se multiplicam, por se tratar da conquista de uma imigrante. “Agora a terceira etapa é o college”, disse. Ela confidenciou que não esperava ver a filha se formando. Apesar dos planos firmes de cursar dois anos num community college, Leonardo ainda não sabe o que esperar. O impasse está na falta de documentos no país e no custo da faculdade.

Alunos entram juntamente com o padre e os ministros da eucaristia no início da cerimônia.


Comunidade News

Página 24 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010 | Edição 339

Direito

“Nós Votamos” incentiva brasileiros com cidadania a votarem nos EUA U

Organização busca mostrar a força da comunidade brasileira através do voto

m grupo de brasileiros em Massachusetts está em campanha. Eles não são candidatos a nada, e sim membros do projeto “Nós Votamos”. O objetivo é incentivar brasileiros com cidadania americana a exercerem o direito ao voto. A meta do “Nós Votamos” é registrar 5.000 pessoas ainda este ano, fazendo com que os brasileiros que tem direito a votar nos Estados Unidos mostrem a cara, mudando a idéia de que a comunidade de eleitores brasileiros no país é totalmente invisível. Antônio Massa, um dos membros do projeto, explicou ao Comunidade News que a idéia de cadastrar brasileiros em Massachusetts para votar existiu há alguns anos. “Acho que nunca foi para frente, mas a idéia sempre esteve aí”, disse ele. O projeto, que conta ainda com Ilma Paixão, João Oliveira e outros voluntários, visa mostrar aos senadores e deputados a existência dos votos brasileiros. “Basicamente resolvemos ressuscitar o projeto”. O brasileiro deixou bem claro que a campanha não tem dono. “É da comunidade para a comunidade”. Segundo ele, os membros do “Nós Votamos” não querem aparecer, e simplesmente objetivam cadastrar os chamados ‘brasileiros-americanos’, categoria que inclui brasileiros com cidadania americana e filhos de brasileiros nascidos nos EUA. “A importância disso é justamente criar uma consciência política dentro da comunidade brasileira, e mostrar aos próprios brasileiros que existe este potencial político”. Massa compara a comunidade brasileira-americana como os irlandeses e italianos, há 50 anos. “Em Massachusetts especialmente, que tem uma comunidade significativa, nós em 20, 30 anos, podemos pensar em eleger um ‘Kennedy brasileiro’, como os irlandeses elegeram o Kennedy”. John Fitzgerald Kennedy ou JFK, como

ção das lideranças religiosas para realizar o trabalho. Nas igrejas, os brasileiros falarão sobre o projeto e registrarão ‘candidatos’ à cidadania americana e também votantes. “Para a gente não é importante só ser cidadão. É importante ser cidadão e estar registrado para votar”.

é conhecido, foi o primeiro e único presidente católico dos Estados Unidos, e o primeiro irlandês-americano a ocupar o cargo. A eleição de JFK, que era bisneto de imigrantes irlandeses, foi vista como uma prova da chegada da comunidade irlandesa-americana ao cenário nacional americano. Segundo Antônio, o “Nós Votamos”

quer também incentivar os brasileiros portadores do green card a buscarem a cidadania americana. Para tanto, o grupo realiza no mês que vem o primeiro workshop. O evento terá a presença de advogados. “É importante também assumir este país como pátria e se tornar cidadão para exercer o direito de votar”. O grupo quer contar com a colabora-

Poder de decisão de um voto O “Nós Votamos” quer mostrar aos brasileiros como o voto é importante nas decisões que afetam o sistema educacional e de saúde, por exemplo. Recentemente, o estado de Massachusetts aprovou um projeto de lei que exclui os imigrantes indocumentados de muitos benefícios. Antônio afirmou que já falou com pessoas de New Hampshire e Nova York, interessadas em implantar projetos similares naqueles estados. “Imagino que em New Jersey e Flórida isto seja possível. Em Connecticut tem uma comunidade (brasileira) muito grande. Acho que cada estado deveria ter um projeto semelhante”. O foco atual são as eleições deste ano. Na opinião de Antônio, uma coalizão de votantes terá chance de ligar para o governador de Massachusetts, por exemplo e dizer que não apoia a direção do governo. “Isto nos permite ter maior voz política”. Quando estiver próximo às eleições do final do ano, o “Nós Votamos” vai contatar os brasileiros para colocar o voto na urna. “Nossa intenção é que a pessoa crie consciência política e que entenda a responsabilidade dela como cidadão, como indivíduo, em termos de contribuir com a sua comunidade”. Os brasileiros que tem cidadania americana podem se cadastrar através do www.nosvotamos.com. O popular boca a boca e as redes sociais na internet também podem contribuir com o “Nós Votamos”. O website oficial traz ainda um link para cadastro de voluntários. “Para ser voluntário, só é preciso boa vontade”.

Perdeu alguma edição do Comunidade News? Não tem problema. Acesse

www.comunidadenews.com 24 horas por dia, na tela do seu computador


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 25


Página 26|de 29 de junho a 5 de julho de 2010| Edição 339

Comunidade News


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 27

Fraude

Polícia de NJ prende quadrilha especializada em fraude imobiliária A

s autoridades de New Jersey e o FBI (polícia federal americana) desmantelaram na quarta-feira (16) um esquema de fraude imobiliária, do qual participavam 28 pessoas. Muitos dos acusados são brasileiros. A fraude envolvia falsificação de documentos e informações falsas para conceder financiamento imobiliário. Vinte e três pessoas foram presas. De acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, o total do esquema envolve mais de $5,5 milhão. Segundo o Promotor Distrital de New Jersey, Paul J. Fishman e o Agente Especial do FBI, Michael B. Ward, o valor envolve mais de 17 propriedades em New Jersey. Os acusados compareceram perante a Juíza Patty Schwartz na tarde do dia 16. Jairo Nunes foi preso em março último e está sob custódia federal. O brasileiro é acusado de fabricar documentos. Segundo as queixas-crime, que totalizam nove, os acusados fraudavam informações para que candidatos à casa própria conseguissem o empréstimo. Os salários e os bens dos compradores em potencial eram aumentados. Em alguns casos foram apresentados formulários W-2, contracheques, cartas de verificação de emprego, extratos bancários, restituição de imposto de renda, telefones e endereços (de quem pedia o empréstimo e de empregadores) e carteiras de motorista e cartões de Social Security. Todos estes documentos eram falsos. Pena pesada No esquema estavam 12 agentes imobiliários, quatro investidores, quatro consultores hipotecários, três fabricantes de do-

Vários brasileiros estão entre os 28 detidos cumentos fraudulentos, dois contadores, um avaliador, um bancário e um corretor. Foram presas 23 pessoas. Um dos acusados deve se apresentar à polícia. Três dos envolvidos ainda estão foragidos. Os acusados viviam nas cidades de Newark, Riverside, Kearny, Elizabeth, Hillside, Harrison, Morristown, Paterson, Union, Bloomfield, Belleville, Arlington, Cranford, Rutherford, Little Ferry, Aberdeen, Randolph e Freehold. Em Newark está provavelmente a maior comunidade brasileira de New Jersey. Cada uma das 28 pessoas autuadas é acusada de conspiração para cometer fraude eletrônica que afeta uma instituição financeira e conspiração para cometer fraude bancária. A pena para os crimes é de 30 anos de prisão e uma multa de $1 milhão. A agente imobiliária Roberta Ferreira está em duas queixas-crime. Por isso, pode ter acusações adicionais – uma de cada crime. Alguns dos envolvidos utilizavam nomes falsos. Lucilene Guido, agente imobiliária, era também conhecida como Lucilene da Silva Rios e já tinha trabalhado como responsável por empréstimos. A também agente imobiliária Genilza Nunes costumava se identificar como Geane Nunes. O sobrenome de Viviane Bernardim variava: Bernardin ou Pereira. Vinny Toledo era às vezes chamado de Jorge Toledo, e Edivaldo dos Santos se tornava Eddie dos Santos. Maria Lourdes Sousa assinava também sem o Maria, e Faye B. Cargill-Flores, assinava como Faye Flores. Por fim, César de Souza era, às vezes, Geraldo de Souza.

Edvaldo dos Santos, da cidade de Harrison, NJ, é levado preso por um agente federal.


Comunidade News

Página 28 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010 | Edição 339

Justiça

Culpado por morte de brasileira é condenado a quatro anos de prisão O

Todd Spangler foi considerado responsável pelo acidente que tirou a vida de Jennifer Dwyer

homem acusado de causar a morte da brasileira Jennifer Susan de Correa Finke-Dwyer, 30, deve passar de dois a quatro anos na prisão. A sentença de Todd Spangler foi anunciada na terça-feira (22), na Corte Distrital do Condado de Douglas. De acordo com o Omaha World-Herald, o réu abaixou a cabeça depois de ouvir o veredito. Em março último, Spangler foi acusado de homicídio culposo (sem intenção de matar). Ele é apontado como o responsável pelo acidente fatal que tirou a vida de Jennifer, ocorrido há pouco mais de um ano. A tragédia aconteceu no dia 21 de junho durante um passeio no West Shores Lake. Spangler, que tinha o dobro de limite legal de álcool no sangue, pilotava o barco que puxava um bote onde estava a brasileira. Depois de mover a embarcação bruscamente para a esquerda, o bote bateu no cais e arremessou Jennifer. Ela caiu na água e teve diversos ferimentos. Jennifer chegou a ser socorrida e levada para o Nebraska Medical Center, onde faleceu devido a ferimentos no fígado. A esposa de Todd, Kimberly Spangler, que estava no mesmo bote, teve ferimentos graves mas se recuperou. Segundo o que o réu disse ao Juiz James Gleason, cada vez que ele olha para as cicatrizes da esposa, é lembrado do acidente fatal. “Fez da minha vida um verdadeiro purgatório. Não consigo comer, não consigo dormir”, disse Spangler, que poderá ter liberdade condicional dentro de um ano. Ele esperava cumprir a pena através de liberdade condicional, mas o juiz

escolheu o período de dois a quatro anos de prisão. Sem hostilidade James Martin Davis, advogado de defesa, pretende apelar da sentença. Segundo ele, seu cliente está realmente sentido com o que aconteceu e se responsabilizou pelos atos. Mas segundo os promotores, nem antes, nem durante nem depois do julgamento, Spangler demonstrou qualquer remorso. “Penso que é uma sentença apropriada”, afirmou o Promotor Don Kleine. “O objetivo era responsabilizar o senhor Spangler, e o juiz o fez”, disse ele. Todd Spangler e John Dwyer, viúvo da brasileira, eram muito amigos antes de tudo acontecer. O acusado chegou a recrutar o marido de Jennifer para trabalhar na corretora Securities America, em Omaha. Dwyer não fala mais com Todd desde a morte da mulher dele, e não compareceu ao julgamento. Disse que não carrega sentimentos de hostilidade em relação àquele que um dia chamou de amigo. O réu, que chegou a correr o risco de pegar 20 anos de prisão ou cinco anos de liberdade condicional, trabalhava no ramo financeiro e é formado em direito. A brasileira estava nos Estados Unidos há 14 anos e cursava doutorado na Universidade do Nebraska Medical Center. Conhecia o marido há nove anos. Os dois estavam casados há menos de um ano, quando ela morreu. As pesquisas de Jennifer sobre HIV e doenças infecciosas chegaram a ser publicadas na Rockefeller University, local onde a brasileira trabalhou.

NOVO ENDEREÇO The Immigration Law Office of Brian E. Cotter mudou do endereço 70 West St. - Danbury, CT

O novo endereço é: 34 Mill Plain Rd. Danbury, CT (em frente ao 7 Eleven) Aberto às quintas-feiras de 3h30 pm às 6 pm Fone: (203) 730-0361 Fax: (203) 348-9276

Todd Spangler foi o responsável por um acidente de barco que resultou na morte da brasileira Jannifer Finke-Dwyer.


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 29

Crime

Brasileiro acusado de abusar de menor é preso em Massachusetts José Matos usava outro nome e já havia sido preso e deportado

A

polícia de Tisbury (MA) prendeu no domingo (13) o brasileiro José Matos, 49. Segundo documentos da corte, ele tem carta de deportação e é acusado de abusar sexualmente de uma menina. Conhecido também como Wilson Matos, o homem está preso sob a fiança de $20,000. Segundo o The Martha’s Vineyard Times, Matos compareceu à Corte Distrital de Edgartown na sexta-feira (18), onde recebeu três acusações: estupro, atentado violento ao pudor em menor de 14 anos, agressão e toque intencional de forma ofensiva. A suposta vítima tinha nove anos à época do incidente. O brasileiro ficou detido na Casa de Correções do Condado de Duke. A checagem de rotina realizada no brasileiro, quando foi preso, revelou que ele era procurado pelo ICE (imigração). Segundo Harold Ort, porta-voz do ICE, quando o indivíduo completa a custódia local ou estadual, vai para a custódia do ICE. “Geralmente são removidos”, disse ele. De acordo com Ort, questões de privacidade não o permitiram revelar se o brasileiro já havia sido deportado. Segundo as investigações, o abuso sexual aconteceu enquanto a mãe deixou a criança sozinha e foi à loja de ferramentas. Elas moravam no basement da mesma casa que Matos. O homem foi contratado pela mulher para instalar armários aéreos na cozinha. Era conhecido da mãe da suposta vítima e os dois frequentavam a mesma igreja. O boletim de ocorrência diz que a criança, agora com 12 anos, só revelou o fato para a mãe e o conselheiro dela em maio deste ano. De acordo com a mãe da

José Matos está preso sob uma fiança de 20 mil dólares. menina, o acusado é bastante conhecido na comunidade brasileira por ter sido preso, no final da década de 90, por falsificar dinheiro. Matos teria ficado na cadeia por vários meses e deportado para o Brasil. Ainda de acordo com a mãe da garota, ele

entrou de novo nos Estados Unidos através da fronteira com o México. Brasileiro nega abuso sexual As alegações de abuso sexual foram investigadas pelo Detetive Mark Santon, o

qual reconheceu as fotos de Matos. O policial disse que já havia visto o brasileiro em Tisbury muitas vezes. O acusado tinha um número de Social Security, um veículo registrado legalmente e uma carteira de motorista de Massachusetts, quando foi preso. O fato surpreendeu a polícia e o pessoal do RMV (DMV de Massachusetts). Abordado por Santon, Matos não resistiu à prisão, mas negou as acusações de abuso à criança. Segundo o Detetive Santon, o número do Social Security do brasileiro é de New Hampshire. “Fiquei surpreso ao ver que ele tinha uma carteira de motorista de Massachusetts. É uma investigação em andamento”, disse. Os documentos também são um mistério para a Divisão de Registros do Departamento de Transporte de Massachusetts. Segundo a porta-voz Ann Dufresne, Matos está no sistema desde 1993 e tinha todos os requisitos para ter carteira e emplacar um carro. De acordo com o departamento, o brasileiro renovou a carteira em 2007. Se o motorista não tiver multas ou outras violações de trânsito, o procedimento é automático. Os novos sistemas de segurança da Divisão de Registros não foram suficientes. Segundo Dufresne, em 2002 foi instituído um sistema eletrônico para verificar o número do Social Security. “Temos reconhecimento facial, feito em cada foto. Isto proíbe múltiplas identidades”. De acordo com o Deputado Tim Madden, é inadmissível o que aconteceu com o brasileiro. “Está claro que precisamos fazer um trabalho melhor neste sentido”, disse. José ou Wilson Matos está sob a custódia da imigração na Cadeia do Condado de Dukes.

Sequestro

Pai do Colorado suspeita que mãe tenha levado filhos para o Brasil O medo de Brett Stahle é de que a esposa Carla tenha fugido com as crianças, repetindo o caso Sean Goldman

U

m americano em processo de divórcio teme que a esposa tenha fugido para o Brasil com o casal de filhos. Segundo Brett Stahle, Carla e as crianças não estavam mais em casa quando ele foi visitar a filha. O caso está agora nas mãos do FBI (polícia federal americana). De acordo com reportagem do canal 7News do Colorado, a família morava em Colorado Springs. O casal está em processo de divórcio e, segundo Brett, Carla faltou a uma corte ocorrida há mais de duas semanas. Quando foi visitar Marilia, 6, Stahle viu que a casa estava vazia. Nem a filha, nem Carla nem Kylle, 10, estavam no local.

Dias depois, Stahle viu transações bancárias indicando que Carla estaria no Rio de Janeiro. “Meu maior medo é de que [Carla] fugisse com as crianças para o Brasil”, disse ele. A polícia de Colorado Springs disse que o Brasil não reconhece a maioria das leis americanas de custódia. Stahle teme que o caso Sean Goldman se repita. Com apenas 4 anos, Sean foi levado pela mãe, Bruna Bianchi, para o Brasil, deixando o pai, David Goldman, em New Jersey. A batalha judicial para o pai reaver a criança durou cinco anos e teria custado a Goldman $400.000. Em dezembro de 2009, David Goldman con-

seguiu finalmente trazer o filho de volta para os Estados Unidos. “Pensar em não ver [Marília] por alguns anos, é um pensamento terrível”, disse Stahle. Chamando a atenção para as leis americanas Apesar de um e-mail indicar que Carla está no Brasil, um porta-voz da polícia de Colorado Springs disse que ainda não está confirmado se a mulher voltou para o país. Como a maioria dos casos, este também foi inicialmente tratado como civil. Mas agora a polícia acionou o FBI, o que poderia render acusações cri-

minais à mãe brasileira. Enquanto isso, o pai inconformado junta todos os papéis legais possíveis para trazer a filha de volta. Ele também chama a atenção para a inexistência de leis americanas que não exigem uma autorização por escrito para que um dos pais leve a criança para fora dos Estados Unidos. Brett Stahle decidiu usar o site de relacionamentos Facebook, a fim de buscar ajuda para ter Marília junto com ele. “Só estou tentando conseguir ajuda com alguém que saiba alguma coisa”. No Wells Fargo Bank foi criado o Marilia Stahle Fund para recolher doações.


Comunidade News

Página 30 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010 | Edição 339

Imigração

Massachusetts abandona linguagem anti-imigrantes do orçamento D

Protestos de organizações podem ter feito a diferença na decisão dos políticos

urante a discussão do orçamento de Massachusetts, os legisladores retiraram itens do projeto de lei do senado estadual. Um dos itens retirados foi a linha direta para denunciar suspeitos de estar indocumentados no país. Segundo matéria da Associated Press (AP), o promotor estadual também não será mais obrigado a assinar um acordo para aplicar as leis de imigração no estado. A verificação do status legal dos funcionários de companhias que tivessem contrato com o estado também ficou de fora do orçamento. Pela proposta do senado, estas mesmas companhias seriam proibidas de fechar futuros contratos com o estado. De acordo com o senador Steven Panagiotakos, algumas políticas que dizem respeito aos imigrantes indocumentados permanecem no orçamento. “Nós basicamente codificamos as regulações existentes, as práticas e políticas da comunidade. Existem muitas resoluções no sistema e quisemos nos assegurar de que elas ficassem no sistema”, disse ele. A inclusão do in-state tuition na lei, de acordo com o senador Panagiotakos, seria desnecessária, visto que já existe este projeto de lei. Segundo o in-state tuition, um estudante indocumentado pagaria a mesma mensalidade na faculdade que um morador do estado.

Divulgação

Membros da organização “Movimento dos Estudantes Imigrantes” fizeram uma vigília em protesto às medidas anti-imigrantes. Orçamento aguarda decisão do governador Na quinta-feira (25), os legisladores aprovaram a quantia de $27.9 milhão, a qual corta gastos e inclui o uso de reser-

vas para compensar perdas do apoio federal extra destinado ao Medicaid, programa de saúde destinado aos pobres. Foram 121 votos contra 28 na Câmara dos Deputados. Já no senado, a votação

ficou em 33-7. Tanto na Câmara quanto no Senado dos Massachusetts, o controle está nas mãos dos democratas. A proposta orçamentária final eliminaria $56 milhão de fundos para um programa de saúde para imigrantes que já tem documentos no país. O governador Deval Patrick tem 10 dias para revisar o orçamento e fazer eventuais vetos. O início do ano fiscal de 2011 é na quinta-feira (1). Protesto Na última sexta-feira (25), o Student Immigrant Movement (Movimento Estudandil Imigrante - SIM), declarou vitória juntamente com dezenas de outras organizações na luta contra as emendas antiimigrantes que foram votadas no senado estadual de Massachusetts. “A câmara e o senado votaram e assinaram o orçamento do próximo ano e nós acreditamos que temos uma vitória — que conseguimos nosso objetivo de remover a linguagem anti-imigrante e anti-americana do orçamento”, explicaram os estudantes do SIM em um comunicado geral. A campanha, intitulada Mass Hope 2010, foi iniciada pelos estudantes e centrou-se numa vigília continua – dia e noite – em frente à State House. A vigília foi mantida primordialmente por estudantes do SIM com a ajuda de organizações locais que apoiaram o movimento.

Polêmica

McCain não acredita que imigrantes ilegais sirvam de “mulas” de drogas Ele rebateu as declarações da governadora do Arizona, Jan Brewer.Entretanto, admitiu que há maior presença de cartéis da droga na fronteira.

O

senador dos Estados Unidos John McCain rejeitou neste domingo (27) as declarações da governadora do Arizona, Jan Brewer, que afirmou que a maioria dos imigrantes ilegais é utilizada como “mulas” dos narcotraficantes para introduzir drogas no país. No programa “Meet the Press” da cadeia “NBC”, o senador republicano pelo Arizona respondeu com um simples “não” à pergunta se opinava do mesmo modo que a governadora de seu estado. No entanto, McCain ressaltou que Brewer está fazendo um “bom trabalho”

e tem razão quando adverte da cada vez maior influência dos cartéis da droga na região fronteiriça. “Acho que há um grande número (de imigrantes ilegais que traficam drogas) e acho que ela tem razão quando afirma que o movimento dos cartéis da droga aumentou dramaticamente”, assinalou. Sexta-feira Brewer afirmou que a maioria dos imigrantes ilegais é usada como “mula” dos narcotraficantes para introduzir drogas no país, aumentando ainda mais o tom do debate sobre a imigração ilegal.

Senador do Arizona não acredita em alegações da governadora.


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 31

Imigração

Governo estuda possibilidade de legalização sem passar pelo Congresso Temendo não ter apoio suficiente no Congresso, governo Obama estuda conceder status legal a milhões de imigrantes

A

acalorada discussão sobre uma possível reforma imigratória ganha um novo capítulo. Segundo uma fonte que trabalhou para o governo Bush, políticos da atual administração federal estudam formas de legalizar imigrantes indocumentados sem a necessidade de passar pelo Congresso. Em entrevista ao site FoxNews.com, a fonte revelou que o governo de Barack Obama estuda até que ponto o Departamento de Segurança Interna (DHS, em inglês) pode conceder status legal para uma parte dos milhões de imigrantes indocumentados. Ele afirmou ainda que existem três pessoas do atual governo envolvidas neste processo. Como consequência, oito senadores republicanos trataram de escrever para a Casa Branca na segunda-feira (21). Os políticos teriam reclamado que existe um “Plano B”, para o caso de uma reforma imigratória não ganhar apoio suficiente do congresso americano. A Casa Branca, por sua vez, não confirma nem desmente. Tampouco ficou esclarecido que parte da população imigrante sem documentos legais se beneficiaria com a medida. A fonte do antigo governo, porém, alega que as discussões

Pressão

A

realmente existem. “A administração está no mínimo estudando meios jurídicos de legalizar as pessoas sem ter que passar por qualquer debate no congresso. Se alguém vai puxar o gatilho, é outra questão”, informou a fonte. O questionamento partiu dos republicanos Thad Cochran (Mississipi), Johnny Isakson e Saxby Chambliss (Geórgia), James Inhofe (Oklahoma), Chuck Grassley (Iowa), David Vitter (Louisiana), Jim Bunning (Kentucky) e Orrin Hatch (Utah). Abalando a confiança no governo Os políticos estariam estudando a possibilidade de dar trabalho e status legal temporário para os milhões de imigrantes indocumentados. A medida se aplicaria para quem deixou o visto expirar, e não necessariamente para quem entrou ilegalmente no país através de alguma fronteira. O DHS estima que 10,8 milhão de imigrantes indocumentados residam no país, número que também foi divulgado pelo Pew Hispanic Center. Segundo dados de 2006, a organização afirma que no mínimo quatro milhões de imigrantes deixaram os vistos vencerem.

Para o sistema imigratório americano, cada caso é um caso, quando se trata de conceder status legal temporário. Embora considere politicamente brilhante a idéia, a fonte declarou que aumentar esta concessão seria uma ação inapropriada. Os senadores que escreveram para Obama disseram que ações unilaterais em termos imigratórios poderiam colocar em xeque a confiança do povo no governo federal, visto que existe um compromisso por escrito para aplicar as leis e reforçar a seguranças nas fronteiras. A reclamação dos oito republicanos chega bem na hora em que diversos debates sobre a imigração ilegal inflamam o país. Como no caso do Arizona, por exemplo, que decidiu aprovar uma lei que criminaliza os imigrantes indocumentados. A SB 1070 acabou dividindo as opiniões dos americanos. Enquanto alguns estados estudam aprovar a mesma medida, outros protestam através de um boicote. O governo Obama, por sua vez, planeja processar o estado, alegando que a lei é inconstitucional. Já os democratas continuam tentando apoio para aprovar a reforma imigratória.

Janet Napolitano, chefe do Home Land Security.

Prefeito de Nova Iorque comanda coalizão de empresários que pedem a reforma imigratória Além de prefeitos, grupo é formado pelos CEO’s de grandes multinacionais

luta pela reforma imigratória ganhou fortes aliados. O prefeito de Nova Iorque, Michael Bloomberg, junto com os principais executivos das gigantes News Corp., Boeing, Disney e Hewlett Packard, anunciou na quinta-feira (24) a formação da Partnership for a New American Economy. A coalizão quer demonstrar a importância dos imigrantes para o país e pressionar o governo federal a aprovar a reforma imigratória. De acordo com matéria da Associated Press (AP), há outras grandes companhias e mais prefeitos envolvidos na campanha. O grupo vai lutar para que os imigrantes indocumentados consigam se legalizar. A meta principal do Partnership é reformular a lei de imigração, mostrando que ela pode solucionar e estimular a economia americana. Em um comunicado oficial, os executivos disseram que as empresas deles e a nação dependem dos imigrantes. “É nossa grande força como uma nação, e também um fator decisivo para o crescimento da economia. Para nos mantermos competitivos no século 21, precisamos de

uma reforma de imigração eficaz, que convide as pessoas a contribuírem com o sucesso que nós partilhamos, o de construir o seu próprio sonho americano”, declarou o presidente do conselho e diretor-geral da Walt Disney Co., Robert Iger. Para comprovar que os imigrantes são a força econômica dos EUA, o Partnership pretende conduzir pesquisas, realizar foruns, publicar estudos e pagar campanhas de educação pública. Não é de hoje que Michael Bloomberg critica o governo federal por causa das leis imigratórias. Em 2006, o ex-executivo principal da Bloomberg LP disse que os 12 milhões de imigrantes indocumentados do país deveriam ter a oportunidade de virar cidadãos americanos. Segundo o prefeito, a economia seria devastada se estes imigrantes fossem deportados. Bloomberg aproveitou para alfinetar os legisladores que queriam deportar os imigrantes indocumentados, dizendo que eles viviam “num mundo de fantasia”. Política de imigração é suicida Em declaração mais recente, o bilionário

Michael Bloomberg, prefeito de Nova Iorque. prefeito de Nova Iorque chamou o sistema imigratório americano de “suicídio nacional”. “Não consigo pensar em outras formas de destruir este país que não sejam tão diretas e impactantes como a política de imigração. Educamos os melhores e mais brilhantes, e não damos a eles o green card”, disse Bloomberg. Entre as propostas do Partnership estão: melhorar o uso da tecnologia para prevenir a imigração ilegal, desenvolver um sistema fácil que verifique quem é elegível para trabalhar no país, proteger as fronteiras e

responsabilizar as empresas que violarem as leis. Além disso, a coalizão deseja mais oportunidades para os imigrantes no mercado de trabalho americano, e um caminho para a legalização de todos os imigrantes indocumentados. Juntos, os executivos da Partnership faturam mais de $220 bilhões anuais em vendas, e empregam mais de 650 mil pessoas. De acordo com Jason Post, porta-voz de Bloomberg, ainda não foi gasto nenhum dinheiro com a Partnership. Ainda segundo Post, não está confirmado se o grupo será uma organização sem fins lucrativos, um comitê de ação política ou ainda uma organização do tipo 501 (c) 4, que não tem fins lucrativos e é isenta do imposto de renda. O australiano Rupert Murdoch, presidente do conselho e executivo principal da News Corp., expressou tudo o que pensa. “Como um imigrante, acredito que este país possa e deva adotar novas políticas imigratórias de acordo com nossas necessidades de emprego, proporcionar um caminho para o status legal dos indocumentados e por um fim à imigração ilegal”, disse ele.


Comunidade News

Página 32|de 29 de junho a 5 de julho de 2010| Edição 339

Tempo Real

By: Arilda Costa

europeanart33@hotmail.com

Bridgeport e Fairfield

Com o tempo... “Após um certo tempo se aprende a sutil diferença entre segurar uma mão e acorrentar uma alma. E aprendes que o amor não significa somente deitar-se e uma companhia não significa segurança. E começas a aprender que os beijos não são contratos e os presentes não são promessas. E começas a aceitar as derrotas com a cabeça erguida e os olhos abertos. E tu aprendes que realmente pode suportar. Que és realmente forte, que realmente tens valor. E depois de um certo tempo, plante o teu próprio jardim e decore a tua alma em vez de esperar que alguém te traga flores. Com o tempo aprenderás que estar com alguém porque te oferece um bom futuro significa que cedo ou tarde, desejarás voltar ao teu passado. Com o tempo aprenderás que só quem é capaz de te amar com todos os teus defeitos, sem a intenção de mudar-te, pode oferecer-te toda a felicidade que desejas. Com o tempo aprenderás que se estás junto de uma pessoa só para preencher a tua solidão, irremediavelmente acabarás por não querer vê-la mais. Com o tempo aprenderás que os verdadeiros amigos são poucos e quem não luta por eles, cedo ou tarde, te encontrarás cercado somente de falsas amizades. Com o tempo aprenderás que qualquer um pode desculpar, mas perdoar, é somente para os que possuem grandeza da alma. Com o tempo aprenderás que se magoastes duramente um

amigo, muito provavelmente o teu relacionamento não será jamais como era antes. Com o tempo darás conta que assim como és feliz com os teus amigos, qualquer dia, chorarás por aqueles que deixastes para trás. Com o tempo darás conta que as experiências vividas com cada pessoa são únicas e não se repetem. Com o tempo darás conta que aquele que aproxima ou que despreza um ser humano, antes ou depois passou por pesada humilhação e desprezo. Com o tempo aprenderás a construir todas as estradas do hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para fazer planos. Com o tempo compreenderás que não convém precipitar e forçar as coisas porque elas acontecem da mesma maneira. Por fim, não como esperavas, com o tempo darás conta que na realidade a melhor coisa não é o futuro, e sim o momento que estás vivendo neste instante. Com o tempo verás que assim como és feliz com quem te é sincero, lamentarás terrivelmente por aqueles que estavam contigo ontem e agora não estão mais aqui. Com o tempo aprenderás que tentar perdoar ou pedir perdão, dizer a alguém que o ama, dizer que lamentas, dizer que quer ser seu amigo, mas só diante de um túmulo, jamais teria sentido nisto. E se aprende, se aprende. E a cada dia se aprende. Mas infortunadamente, só com o tempo”. Lindo texto do escritor Jorge Luis Borges.

A super linda Esmeralda Madera posando para minha lente.

Apaixonados no show em Danbury.

Raça Negra em Danbury, show muito bacana. Parabéns pela organização.

Platéia bonita no show do Raça Negra, em Danbury.


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 33

Social

Niltinho comemorou o seu aniversário com a família e amigos em ritmo de Copa do Mundo. Parabéns!

Lise está sempre pronta para comemorar cada partida do Brasil.

Brasileiros comemoram na Main Street de Danbury a vitória do Brasil sobre o Chile nas quartas de final.

Galera brasileira se junta no Portal Bar e Grill, em Mount Vernon, NY. Para assistir os jogos da seleção brasileira, RUMO AO HEXA!

Nossa amiga Cristiane Pires curtindo a vitória em Danbury, CT.


Comunidade News

Página 34 |de 29 de junho a 5 de julho de 2010 | Edição 339

Esotérico

V

^

ocê conta com mais sorte e proteção hoje! Pessoas amigas estarão prontas para acudir suas ideias e empreendimentos. Participação em debates, eventos sociais, clubes e equipes estão em destaque. Aposte firme em sua intuição e visão global.

S

_

emana começa bem pra você, com mais foco na profissão, nas metas pessoais e um toque original e ousado que faz de suas intervenções algo notável. Aprume a imagem externa. Recursos pessoais ocultos podem ser alocados para este fim.

A

`

stral positivo pra você em quase todos os setores. Notícias boas de fora, publicações ou palestras, sonhos esclarecedores, comunicação em perspectiva. Tudo de bom também no âmbito familiar e pessoal. Esperança e confiança pra dar e vender.

S

a

ol e Mercúrio em seu signo ressaltam seus dotes. Você se faz notar por sua imaginação, criatividade e capacidade de dar suporte às pessoas. Um toque de originalidade arremata suas intervenções. Uma pessoa de Aquário tem algo a ensinar.

A

b

mor é tema em foco hoje, desde que você possa ser objetivo e claro em suas expectativas. Tenha um pouco de paciência com os métodos um tanto esquisitos que alguns usam para dizer o que sentem e querem. No mais, tudo vai super bem!

P

c

articipação intensa em atividades coletivas são as melhores pedidas para você começar a semana da melhor maneira. Uma pessoa mais jovem, ou que tem ideias novas, vai tocar seu coração e trazer novas perspectivas. Operacionalize algumas.

C

d

enário astral favorável para você permite avançar em suas metas com mais facilidade, menos esforço e resultados consistentes. Importante mostrar desenvoltura mental e verbal. Expresse-se mais e melhor. Invente soluções. Seja agradável com todos.

P

O que os astros dizem sobre a filha de Scheila Carvalho

e

erceba como o debate de visões de mundo, de ideias e projetos é algo caro a você. Importante preservar esse espaço de troca informal e inteligente. Problemas de relacionamento familiar: tem a ver com expectativas distorcidas!

A

f

ceite desafios, pois você conta com mais chance de vencer uma parada difícil, graças a atitudes surpreendentes e intuição mais forte. Popularidade ajuda também no ambiente de trabalho, e hoje é um bom dia para ressaltar suas qualidades.

C

g

lima astral bom pra você rever gastos e repensar seu orçamento. Pode ser interessante aceitar um convite de trabalho. Aumentar suas rendas é algo que depende muito de sua garra e disposição. Alguém de casa pode ajudar você nisso.

A

h

ltos e baixos são esperados hoje, quando a Lua em seu signo reverbera todas as suas oscilações e fraquezas, expondo necessidades com mais força. Nada de evitar essa realidade. Encare e se cuide melhor, em todos os sentidos. Amor em baixa.

E

i

vite chamar atenção sobre si mesmo. Devoção a uma pessoa ou causa em alta. Vida social mais animada - contudo, você precisa de descanso e de recolhimento em algum momento do dia! Boas compras e decisões acertadas. Autoconfiança.

No último dia 21 de junho de 2010, às 14 horas e 40 minutos PM, nasceu Giulia, a filha de Scheilla Carvalho e Toni Salles. Uma canceriana do primeiro dia, que carrega em seu destino o contato profundo com as emoções. Um ascendente e uma lua, ambos no signo de escorpião, aprofundam ainda mais essa tendência. O contato com a sensibilidade, a feminilidade e a capacidade de amar e cuidar é uma tendência dessa pequena alma que acaba de encarnar. No entanto, apesar da doçura, Giulia carrega uma forte personalidade. Esta é uma criança que sabe o que quer e o que não quer. Mercúrio em gêmeos imprime a necessidade de movimento e os próprios pais poderão confirmar isso com a rapidez que Giulia começará a andar e falar. Uma bela e bem posicionada vênus em

leão mostra que ela traz o mesmo DNA que a mãe, a bela e sensual Scheilla Carvalho, conhecida pelas suas formas e beleza feminina. O maior conflito dessa alma, certamente, estará voltado para as escolhas que envolverem a tradição e a inovação. Séria e determinada por natureza, Giulia será uma criança comunicativa, sensível, amorosa, profunda e misteriosa. Preferirá muitas vezes o isolamento ao burburinho social, às poucas e verdadeiras amizades. Intensa, sensual no sentido de gostar de tudo o que invada os seus sentidos. Festeira, alegre, mas ao mesmo tempo reservada, ela será uma criança carinhosa, extremamente cuidadosa e ligada à família. Giulia certamente marcará um momento de mudanças profundas na vida do casal, efetivando, aprofundando e concretizando a célula familiar.


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 35

Esporte Flamengo

Com problemas fora de campo, Bruno é afastado pela diretoria

O goleiro Bruno, suspeito no sumiço da ex-mulher Eliza Samudio, foi afastado do Flamengo pela diretoria do clube. Nesta segunda-feira, a presidente Patrícia Amorim e o vice-jurídico Rafael de Piro se reuniram na Gávea com o camisa 1e lhe comunicaram o afastamento por tempo indeterminado. Ele não viaja com o grupo, nesta terça, para Itu-SP, local da intertemporada rubro-negra. O comunicado à imprensa foi feito pela presidente do Flamengo, Patrícia Amorim. Rafael de Piro foi quem deu as explicações sobre a decisão de afastar o goleiro. Bruno treinará no CT Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio. “Este problema não é do clube. Ele tem advogado particular (Michel Assef Filho, diretor jurídico do Flamengo), que resolverá isso. Bruno não vai com a delegação porque está na iminência de ser intimado para prestar esclarecimentos sobre o caso”, afirmou Rafael de Piro.

Copa 2014

São Paulo sugere “interesses pouco nobres” de Valcke em estádio de 2014

Projeto do São Paulo para Morumbi na Copa-2014. Por meio de nota oficial publicada em seu site na manhã desta segunda-feira, o São Paulo levanta dúvidas sobre os reais interesses do secretário geral da Fifa, Jerôme Valcke, ao comemorar o fato de o Morumbi ter sido vetado para receber partidas da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. No final de semana, na África do Sul, o dirigente da Fifa afirmou que o fim da novela Morumbi era uma “boa notícia” e que já estava na hora de “parar de brincar”. Na nota, o São Paulo afirma que jamais tratou a preparação do seu estádio como brincadeira. Citando o coordenador do Grupo de Trabalho Paulista, Caio Carvalho, que disse diversas vezes que a construção de uma nova arena em São Paulo seria “criminosa”, o clube cutuca Valcke afirmando que o veto ao Morumbi só é “boa notícia” para quem têm “interesses pouco nobres”.

Brasil vence Chile por 3 a 0 e pega a Holanda na sexta-feira Ao longo dos quase quatro anos do trabalho de Dunga à frente da seleção, o Chile foi o adversário mais vezes vencido pelo Brasil, com cinco derrotas em cinco partidas, algumas delas com goleadas. Nesta segunda-feira, brasileiros e chilenos repetiram o script de freguês dos confrontos recentes, com a vitória da equipe de Luís Fabiano e companhia por 3 a 0 em Johanesburgo, em resultado que conduz o time nacional adiante na Copa e manda os rivais de volta a Santiago. Com mais uma vitória sobre o Chile, o Brasil agora vai às quartas de final enfrentar a Holanda, em confronto marcado para às 11h (de Brasília) de sexta-feira, em Port Elizabeth. Também nesta segunda, os holandeses asseguraram vaga na próxima fase com triunfo por 2 a 1 sobre a Eslováquia.

Ramires leva o 2º amarelo e não pega Holanda; Kaká entra na lista de pendurados Dunga já tem um problema para enfrentar a Holanda na sexta-feira, em Port Elizabeth, pelas quartas de final da Copa do Mundo. Ramires levou o segundo amarelo na vitória sobre o Chile nesta segunda e cumprirá suspensão. Além disso, Kaká também foi advertido e entrou para a lista de pendurados, que ainda tem Juan, Luís Fabiano e Felipe Melo. Substituto do lesionado Felipe Melo nesta segunda, Ramires levou o amarelo aos 27min do segundo tempo, quando o placar já apontava 3 a 0 para o Brasil. A perda será sentida diante dos holandeses. Autor da bela assistência para o gol de Robinho, Ramires teve boa atuação e deu mais velocidade à saída de bola. Kaká foi o outro brasileiro que levou amarelo. E já é seu terceiro nesta Copa (ele foi expulso contra a Costa do Marfim após receber os dois primeiros). O camisa 10 é mais um que entra pendurado nas quartas de final. A partir das semifinais os cartões são zerados para que nenhum jogador fique fora da decisão por culpa de dois amarelos.

Robinho manda a bola no canto esquerdo do goleiro para fazer 3x0 em cima do chile. No êxito sobre os “rivais preferidos” da era Dunga, o Brasil enfim resgatou na Copa a eficiência de duas marcas que pontuaram o desenvolvimento da equipe nos últimos anos: as jogadas de bola parada e os contra-ataques.

Pela primeira vez no Mundial, a seleção conseguiu chegar ao gol adversário através da bola parada, pelo alto. Aos 34min do primeiro tempo, Maicon levantou da direita, e Juan foi mais ágil que a marcação para desviar para as redes. Assim, ficava para trás um desenho de jogo desconfortável para a seleção, com o Chile rivalizando na posse de bola e esboçando contra-ataques perigosos. Apenas três minutos mais tarde, a arrancada do tridente de frente enfim funcionou: Robinho para Kaká, Kaká para Luís Fabiano, que deixou o goleiro chileno no chão para fazer seu terceiro gol no Mundial. Quase sem sustos para Julio Cesar atrás, a sexta vitória brasileira sobre o Chile com Dunga foi definida aos 13min do 2º tempo, com a novidade do time nesta segunda.

Técnico da Holanda prega humildade, mas diz que o Brasil não é invencível O técnico da Holanda, Bert van Marwijk, comemorou com cautela a classificação do time para as quartas de final da Copa depois da vitória por 2 a 1 sobre a Eslováquia. Ele ressaltou que ainda há muito a melhorar para o confronto com o Brasil, mas lembrou que o time de Dunga tem defeitos e pode ser batido. Ainda sem saber do resultado da partida que definiu seu próximo adversário, Van Marwijk afirmou que o Brasil é favorito ao título da Copa. Mas, segundo ele, a seleção pentacampeã pode ser traída pela sua própria superioridade. “O Brasil é uma equipe muito grande. Mas a responsabilidade, a pressão e a superioridade podem jogar contra eles”, analisou o técnico depois da classificação da Holanda. “Não é um time invencível. Tem muitas variantes”, observou. Sobre o seu próprio time, Van Marwijk lembrou que ainda há muito a melhorar, e deu a entender que o primeiro objetivo foi alcançado com a classificação para as quartas. “Não quero pensar no que virá depois da próxima partida. Não tenho intenção de fazer planos para mais adiante”, declarou. “Temos que ser realistas, ainda há muito a melhorar. Em uma equipe campeã, talento não é tudo. Experiência, tranquilidade e concentração contam muito. E há outras

Bert Van Marwijk, técnico da Holanda, acha que o Brasil pode sentir muito a pressão seleções que têm tudo isso para serem campeãs do mundo”, completou o treinador, que apontou a defesa como ponto forte do seu time. “Tenho boas sensações. A defesa está fazendo um grande trabalho. Sofremos apenas dois gols, os dois de pênalti. Nossa zaga é boa, bem posicionada, já foi posta à prova diante de grandes rivais e respondeu bem”, concluiu Van Marwijk. Classificada para as quartas de final, a Holanda enfrenta o Brasil, que eliminou o Chile. O time laranja tem 100% de aproveitamento na Copa, e está invicto há 23 jogos.

Imprensa inglesa aponta Beckham como favorito para substituir Fabio Capello Enquanto a seleção inglesa ainda não definiu a situação do treinador Fabio Capello e promete dar uma resposta ao italiano em até 15 dias, a imprensa britânica já começa a especular os possíveis substitutos de Capello com o meia David Beckham sendo o favorito para assumir o posto. De acordo com o jornal inglês Evening Standard, a proposta de colocar o jogador de 35 anos e ainda em atividade como treinador surge inspirada em exemplos que funcionaram com Diego Maradona, Dunga, Frank Rijkaard, Jurgen Klinsmann e Michel Platini. Além disso, Beckham teria o respeito de jornalistas, torcedores e joga-

dores para assumir a equipe. No Mundial da África do Sul, David Beckham não jogou devido a uma lesão no tendão de Aquiles, mas acompanhou a seleção inglesa como assistente-técnico e teve atitudes que agradaram aos ingleses, passando instruções e reclamando com a arbitragem como um líder da equipe durante a derrota para a Alemanha por 4 a 1 que eliminou a equipe da Copa do Mundo. Beckham foi o responsável por fazer a ligação entre jogadores, comissão técnica e federação. Além disso, a facilidade que ele tem para lidar com os meios de comunicação e instituições esportivas lhe favo-

recem em uma lista que tem ainda como concorrentes outros dois ingleses com experiência para o cargo: Harry Redknapp e Roy Hodgson.


Comunidade News

Página 36|de 29 de junho a 5 de julho de 2010| Edição 339

Classificados aluga-se

ALUGA-SE apartamento de dois quartos em Danbury (CT). Localizado em condomínio, o imóvel tem sala de estar e de jantar, cozinha com lavadora de louça, banheiro e lavanderia. Valor: $1,380 (utilidades incluídas). Disponível a partir de 1° de junho. Tratar pelo telefone (203) 942-8309. ALUGA-SE apartamento por temporada na Barra da Tijuca (RJ). Imóvel de um quarto, todo mobiliado, com telefone e de frente para o mar, estilo apart hotel. Tratar pelo telefone (202) 412-2577. ALUGA-SE apartamento por temporada em Copacabana (RJ). Imóvel de dois quartos, todo mobiliado, com acesso a internet e de frente para o mar. Tratar pelo telefone (202) 412-2577.

serviços

A Simple Card está recrutando vendedores autônomos em todo os EUA. Ganhos em torno de $3,500 mensais de acordo com o desempenho. Necessário ter experiência ou conhecimento na área de vendas. Inscreva-se pelo telefone 1-877-437-1717 ou pelo website www.simplecardusa.com/ representante. AULAS PARTICULARES de inglês e italiano, individuais ou em grupo, área de Bridgeport e Fairfield. Horários e preços flexíveis. Tratar pelo telefone (203) 382-9026. NOTÁRIA PÚBLICA oferece serviços para a comunidade brasileira. Emissão de passaportes, procurações, autorização de viagem, documento escolar, entre outros. Interessados contatar Marinete Cunha pelo telefone (203) 702-3877 ou (203) 798-8706.

Classificados do Comunidade News. a melhor maneira de vender, comprar ou anunciar seus serviços. (203) 748-0123.

GERENTE DE OPERAÇÃO

Empresa líder e que mais cresce no mercado de limpeza comercial e industrial tem uma vaga de trabalho para tempo integral ou meio expediente. É necessário falar inglês. GERENTE DE OPERAÇÃO O candidato tem que saber trabalhar em equipe e ter facilidade de comunicação. Preferível com experiência. Favor enviar resumé para: 888-111-2222 ou ligue para 888-371-0902 para marcar uma entrevista.

100 Tolland Turnpike; Suite 201 Manchester, CT 06042

http://www.HeitsofSouthernNewEngland.com

EMPREGO

Asilo em New Milford (CT) precisa de funcionários para serviços de limpeza. Trabalho temporário. É necessário ter Social Security. Interessados ligar para McCalister no (203) 300-4498.

ALUGA-SE

Apartamento de dois quartos em Bridgeport (CT). O imóvel está localizado no primeiro andar e inclui aquecimento, gás e água quente no preço do aluguel. Valor: $975. Interessados ligar para Mario (917) 692-4296.

JUNK REMOVAL

Compra-se metal, cobre, alumínio. Carros velhos para desmanche. Paga-se o melhor preço do dia. Falar com Cabral (203) 994-7550 ou Léia (203) 942-7834 ALUGUEL NA ÁREA DE DANBURY (CT)

- Apartamento de dois quartos em Danbury. Aquecimento e ar condicionado incluído + cable e amplo estacionamento. Um mês de depósito. Valor: $1,200; Temos vários outros imóveis para alugar. Por favor, entre em contato conosco. OUTROS APARTAMENTOS Interessados ligar para MarinaBlue Realty, falar com Júlio Canto ou Marie Torres no telefone (203) 648-4607 ou (203) 982-4748. Checar o crédito e referências é necessário para aplicações. “Equal housing opportunity”.

Classificados do Comunidade News. a melhor maneira de vender, comprar ou anunciar seus serviços. (203) 748-0123.


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 37


Página 38|de 29 de junho a 5 de julho de 2010| Edição 339

Comunidade News


Comunidade News

Edição 339|de 29 de junho a 5 de julho de 2010|Página 39


Página 40|de 29 de junho a 5 de julho de 2010| Edição 339

Comunidade News

Comunidade News #339  

The Weekly Newspaper for the Brazilian Community

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you