Issuu on Google+

Comunidade News Connecticut - New York - New Jersey

comunidadenews.com

Nº 337 - de 15 a 21 de junho de 2010

O Jornal da Comunidade Brasileira

Itinerante em Danbury deve continuar, afirma Consulado de NY

Free/Grátis

Local

pag. 28

Formatura com cores do Brasil em roupa cria polêmica

A notícia de que o consulado de Nova Iorque faria o último itinerante em Danbury, não foi confirmada pelo consulado. Um levantamento deverá determinar se as visitas continuam ou Página 29 se serão canceladas definitivamente.

Dois estudantes brasileiros ganharam o direito do uso de cores do Brasil, apesar de polêmica.

Imigração

pag. 30

Cinema

pag. 24

Possibilidade do aumento das taxas da Imigração desagrada imigrantes

Muitos brasileiros ouvidos pelo Comunidade News reclamaram da possibilidade do cancelamento do itinerante em Danbury. A impossibilidade de dirigir até Hartford foi apontada como o principal motivo.

Filme brasileiro mostra dia a dia de agente da Imigração no aeroporto JFK em Nova Iorque


Página 2|de 15 a 21 de junho de 2010| Edição 337

Comunidade News


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 3


Página 4|de 15 a 21 de junho de 2010| Edição 337

Comunidade News


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 5

Inscrições para Marcha para Jesus em Newark

Forró Cultural em Nova Iorque A Brazilian Endowment for the Arts (BEA) realiza na sextafeira (18), das 7pm às 11pm, a quarta Festa do Forró Cultural na New York Film Academy (NYFA) em Nova Iorque. Muita diversão com música de Nanny Assis, capoeira, maculelê, Grupo Brasil-Formando Abará com o Samba de Roda, Quadrilha dos Artistas e o tradicional casamento na roça. Tudo isso e muito mais regado a muita bebida e comida típica brasileira. O evento visa divulgar o folclore brasileiro para a comunidade de Nova Iorque. Informações adicionais pelo telefone (212) 371-1556. O endereço da NYFA é 100 East 17th Street, esquina com a Park Avenue, em Manhattan.

Workshop de teatro em NY Inicia no sábado (26) na Casa do Brasil em Nova Iorque o Workshop Teatro Experimental. Ministrado pela atriz, pesquisadora e mobilizadora teatral da Cia Zastrás, Alana Rosa, o curso visa proporcionar aos participantes uma experiência que vai do desenvolvimento pessoal à atuação. Além disso, Alana introduz os participantes aos fundamentos das artes cênicas, navegando no universo físico, mental e criativo. As aulas serão sempre aos sábados, das 4pm às 6pm. Informações pelo telefone (212) 730-0888 ou pelos e-mails casadobrasilusa@yahoo.com e alanalmondes@yahoo.com.br. O endereço da Casa do Brasil é 4 West 43rd Street, Sala 321.

As inscrições para a Segunda Marcha para Jesus, maior evento cristão de Newark (NJ) estão abertas. Liderada pelo Pastor Antônio Generoso, do Projeto Ide, a festa religiosa acontece no dia 25 de julho próximo e já conta com 43 igrejas participantes, entre brasileiras, americanas, portuguesas e hispânicas. O objetivo é abençoar todos os moradores da cidade com orações e cânticos. De acordo com o

Pastor Generoso, é também uma forma de entregar nas mãos de Deus todos os problemas dos quais não damos mais conta. A Marcha para Jesus sai da frente da prefeitura de Newark, 920 Broad Street, às 11am. Quem fizer uma doação de $9,99 ganha uma camiseta da marcha. Informações e inscrições com o Pastor Generoso pelo telefone (267) 372-5939 ou pelo e-mail pastorgeneroso@hotmail.com.

Filme brasileiro em Nova Iorque O Cinema Tropical apresenta na quarta-feira (23), às 7pm, o documentário “Outros (Doces) Bárbaros”. O filme faz parte do evento “Cinema Tropical’s Music + Film Series: Janeiro em New York” e tem a direção de Andrucha Waddington. A obra mostra os baianos Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gal Costa e Gilberto Gil 30 anos depois da formação original do grupo, ocorrida em 1976. Waddington documentou os shows do quarteto no Rio e em São Paulo. Apresentação do DJ Greg Caz. Músicas dos Doces Bárbaros no café do 92Ytribeca, onde o filme será exibido. A admissão geral custa $12. Os ingressos podem ser adquiridos com antecedência no www.92ytribeca. org/film. O endereço do 92YTribeca é 200 Hudson Street (esquina com a Canal Street), telefone (212) 601-1000.

Tempo

* Temperatura ºFahrenheight

em

Terça Quarta Quinta

Sexta

55° - 80°

60° - 71° 58° - 78° 62° - 85°

Sábado Domingo Segunda

Fonte:

66° - 88° 60° - 85° 61° - 80°

Dólar

* Cotação para venda do dia 14 de junho de 2010

US$ Paralelo.............. R$ 2,050 US$ Turismo............... R$ 1,910 US$ Comercial ......... R$ 1,807

Índice Local.......................05, 10, 20, 23 Local............................27, 28 e 29 Brasil............................................ 8 Celebridades...................14 e 15 Social . .............................. 32, 33 Cultura . .........................16 e 24 Imigração . .....................30 e 31 Classificados ....................... 36 Religião ................................... 12 Esporte .....................................35 horóscopo .............................34

Seu jornal 24 horas por dia

www.comunidadenews.com

A maior fonte de notícias da comunidade brasileira nos Estados Unidos

Leia o jornal Comunidade News a qualquer hora do dia ou da noite


Comunidade News

Página 6 |de 15 a 21 de junho de 2010| Edição 337

Editorial

CHARGE Solidão!

O gigante se rende

D

urante o jogo dos Estados Unidos com a Inglaterra, o mall de muitas cidades espalhadas pelo país estavam repletos de pessoas pouco antenadas com o que estava acontecendo na África do Sul. Nos Estados Unidos, a vida continua a mesma durante a Copa do Mundo. Não temos horários especiais no trabalho. Os bancos não fecham mais cedo e as pessoas não vão para as ruas gritando ou buzinando

seus carros. Pelo menos é isso que acontece entre os norteamericanos. Apesar do futebol não estar nem entre os cinco esportes mais importantes do país, algo está diferente este ano. Mesmo com todo o desprezo dos norte-americanos pelo “soccer”, mais de 13 milhões de pessoas acompanharam o jogo dos EUA contra a Inglaterra pela televisão. A ESPN, TV líder no segmento esportivo, já reconheceu que não se pode ignorar a maior competição esportiva do mundo. A estrutura montada pela emissora para a cobertura da Copa é a maior da história. São 300 profissionais enviados para a África e outras dezenas na sua sede em Bristol, Connecticut. Afinal, os números que

envolvem a competição são impressionantes. Segundo a consultoria Grant Thornton, a Copa da África do Sul vai produzir um impacto econômico da ordem de quase 12 bilhões de dólares, em todo o mundo. Somente a FIFA deve faturar cerca de 3,2 bilhões de dólares, sendo o lucro líquido estimado em 2,1 bilhões de dólares. Os websites dos maiores jornais do país, como o New York Times e Washington Post, dedicam seções especiais para a cobertura dos jogos. Fato que não ocorreu nem mesmo quando a copa foi realizada em solo norte-americano, em 1994. O crescimento acelerado da imigração latina e europeia no país tem contribuído para a mudança. Em Nova York, existem bares para cada nacionalidade,

todos transmitindo os jogos. A ESPN latina até montou uma equipe de comentaristas e narradores brasileiros dedicados a transmitir os jogos em português, sinal de que reconhece a importância da comunidade no país. A nós brasileiros, resta aproveitar o momento com responsabilidade e educação. Não abusando das condições que nos têm sido dadas. Não comemore 30 dias de festa futebolística e depois passe o resto da vida se arrependendo dos erros.

Você, Repórter

Um abraço, Breno da Mata Editor/Diretor

Prudência nas comemorações!

C

omo todos sabem, os tempos mudaram. Nas últimas copas do mundo de futebol, os brasileiros tomavam as ruas de Danbury comemorando as vitórias da Seleção Brasileira. Quatro anos se passaram e, durante esses anos, muitos imigrantes foram deportados. Uns porque estavam sendo procurados pela justiça, outros porque entraram em ‘roubadas’ tipo dirigir embriagado, estacionar em lugares proibidos, brigas, dirigir sem carteira etc. Agora, com a chegada de mais uma copa do mundo, o que mais preocupa a Polícia de Danbury, são as vitórias da Seleção Brasileira. Por mais que a gente avise aqui sobre os cuidados e respeito que todos devem ter, ao sair por aí comemorando alguma vitória, ainda há de aparecer algum imbecil corajoso e irresponsável dirigindo bêbado sem carteira, além disso, buzinando com três otários pendurados

nas janelas do carro, gritando “Brasil é campeão”! com apenas uma vitória. Claro, nós sabemos que existem aqueles que vivem procurando alguma razão para encher a cara. Agora imaginem um jogo da Seleção Brasileira, na copa do mundo, com transmissão no bar. É para se afogar na bebida. Não é mais novidade que a polícia sabe aonde os brasileiros vão se encontrar para assistirem os jogos da copa, tem cartaz por todo canto, então fiquem de olhos bem abertos, muitas pessoas vão ser abordadas ao saírem dos bares dirigindo, e não vão ser apenas os motoristas que vão ser checados, mas todos no veículo. Se você é um imigrante responsável, e têm objetivos a serem alcançados neste país, veja bem onde você pisa, pois você pode estar no lugar errado, na hora errada, pondo tudo a perder em apenas um minuto da sua vida. Evite estar

junto a pessoas que você não conhece de verdade, evite pegar carona com aqueles que saem só para beber, evite estar perto de pessoas que usam algum tipo de droga, que gostam de briga, enfim, que não têm o que perder. Procure se reunir em casas de amigos, pessoas nas quais você conhece a procedência, e se for sair para comemorar, procure um lugar familiar onde você poderá levar seus filhos, esposa e amigos, divertindose com segurança. Vista-se de verde e amarelo, mas procure evitar dar muita bandeira, desta forma você poderá evitar pequenos problemas com alguns norte-americanos radicais: os anti-imigrante. Depois de todas essas recomendações, sei que ainda vamos ter notícias desagradáveis no fim de semana. É que depois de tanto tempo vivendo nesta comunidade, não há como não prever o que vai acontecer. Espero que não

Tem algum vídeo interessante? Publique na TV-CN

aconteça nada com os pais de famílias e trabalhadores, que por acaso podem entrar em problema por causa de algum irresponsável. Queremos que a Seleção Brasileira seja notícia, e não queremos que você seja capa do nosso jornal. Por tanto, nós aconselhamos muita prudência nas suas comemorações. Boa sorte.

Lúcio Souza (China) Diretor

A partir de agora, você poderá publicar os seu vídeo na TV do Comunidade News. Mande um e-mail para cntv@ comunidadenews.com e o seu vídeo poderá fazer parte da nossa TV. Mais informações, ligue para a redação (203) 449 - 8818 ou mande um e-mail para: sugestao@comunidadenews.com

Faça parte do jornal que já é parte de você

Aviso: o editorial reflete a opinião pessoal de quem o assina, e não necessariamente a posição do jornal Comunidade News

Comunidade News

Redação: 155 Main Street, Suite 202 Danbury, CT 06810 Fone: (203) 748-0123 Fax: (203) 748-0143 Website: www.comunidadenews.com Email: info@comunidadenews.com

Diretor/Editor Chefe: Breno da Mata brenodamata@comunidadenews.com Diretor de Marketing: Lúcio Souza luciosouza@comunidadenews.com Repórter: Angela Schreiber angela@comunidadenews.com Correspondente no Brasil: Ana Carolina da Mata Revisão: José Sarmento Agência de Notícias: FolhaPress

All editorials are intended to reflect the position of the publishers and not of any individual editorial writer. Signed columns, on the other hand, reflect the opinions of the author and not necessarily those of the publishers. The advertiser and/or the advertising agency is responsible for all content and will assume responsibility resulting from the publication of said advertisement in Comunidade News.

Comunidade News é publicado semanalmente todas as terças-feiras pela Comunidade News LLC. Todos os direitos reservados. Nenhum material poderá ser reproduzido em parte ou na totalidade sem a autorização por escrito da direção do jornal.

Sugestão de pauta: pauta@comunidadenews.com


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 7

Opinião

Cartas Endereço: 155 Main Street #202 Danbury, CT 06810

Telefone: (203) 748-0123 Fax: (203) 748-0143 E-mail: cartas@comunidadenews.com

Corrupção no Brasil, A limpeza de Brasília só tem uma maneira de acontecer, de dentro para fora, ou seja, de dentro do Congresso passando pelos gabinetes e pelas prefeituras. Só assim seria feita a verdadeira faxina, sem empurrar nada para debaixo do tapete. Pois a sujeira maior está lá dentro e não propriamente nas ruas, álias a sujeira nas ruas é reflexo do que está lá dentro, e o povo sofre com tudo isso. Lucia Bueno Silva Via comunidadenews.com EUA descobrem reservas no Afeganistão, Essa guerra tinha alguma finalidade. Os yankes são especialistas em bater carteira ou inventar uma “democracia” (que eles mesmo não têm) em países de 3º mundo. Augusto2007, esse espaço aberto se chama democracia,

ou será que você anda mamando nas tetas do Governo e não precisa deste “dispositivo”, ou sente que a carapuça está entrando como uma luva? Cassiano Moreira Via comunidadenews.com Israel cria comissão para investigar ataque, Os palestinos não tem um Estado, pois não querem a metade deles, querem tudo, e assim, não vão ter nada! Aliás, querem tudo, fomentados pelos amiguinhos do Irã, que na primeira oportunidade de paz entre Israel e palestinos, começará a matálos através de seus amiguinhos do Hezbolá. Realmente, neste ponto tenho pena da burrice dos palestinos, fantoches nas mão de terroristas do Irã, Hezbolá e Hamas. Salim Cury Via comunidadenews.com

Comunidade News Connecticut - New York - New Jersey

comunidadenews.com

Nº 336 - de 8 a 14 de junho de 2010

O Jornal da Comunidade Brasileira

Comemoração durante a Copa do Mundo poderá ter riscos

Free/Grátis

Imigração

pag. 23

Pai de bebê sequestrado poderá ser deportado

Quatro anos depois da Copa do Mundo da Alemanha, polícia de Danbury deverá ter esquema especial para as comemorações dos brasileiros nas ruas da cidade. Página 29 Em 2006, Jurandir e a esposa Maria faziam apelo pela recuperação do bebê Bryan.

Arizona

pag. 27

Estudante brasileiro sem documentos fica cara a cara com Xerife Arpaio

Grupo que caminhou da Flórida até Washington se reúniu com Arpaio, polêmico xerife do Arizona.

Local

Brasileiros saem às ruas durante comemoração da vitória do Brasil sobre a Croácia na primeira fase da Copa do Mundo da Alemanha, em 2006.

pag. 28

Zinho fala com exclusividade sobre a Copa do Mundo

“Ainda bem que nós podemos contar com o Comunidade News para nos deixar informados. Esta matéria foi muito boa para alertar a todos os brasileiros para ficarem quetos nesta Copa.” Antônio Maia Via email Leia todos os comentários no website www.comunidadenews.com Todas as cartas devem conter nome completo, endereço e telefone para fins de verificação. O Comunidade News reserva-se o direito de publicar as cartas na íntegra, ou em partes, de acordo com a disposição de espaço.

Guia do comentarista instantâneo É chegada a Copa do Mundo e você, que não gosta, entende ou acompanha futebol, na certa será convidado para assistir os jogos com os colegas de trabalho. Pior: com o chefe. E agora? Como fazer amigos e influenciar pessoas em uma situação tão adversa? Pois tenha sucesso e garanta seu status com o Guia do Comentarista Instantâneo, uma compilação de frases que jamais deixarão você passar por ignorante. Essa é a mais perfeita combinação de obviedades e platitudes futebolísticas ‒ expressões que farão sentido em qualquer partida. Para tanto, basta saber se o jogo está empatado, se o seu time está perdendo ou ganhando. Dica: o placar costuma aparecer no alto da tela da TV. Boa sorte! 1. Enquanto o jogo está zero a zero: * Quem abrir o placar forçará o oponente a sair mais para o jogo. * Esse empate nos dá a falsa impressão de termos a partida sob controle. * Não dá para vacilar na defesa... * Ainda está faltando um pouco de qualidade no último passe. (coringa) * O gol que não marcarmos pode fazer falta logo adiante. * Em jogo assim, é preciso ganhar o meio de campo. * Ligação direta entre defesa e ataque é pouco eficaz: o adversário estará sempre de frente para a bola. * Estou preocupado: quem não faz, toma. (um clássico) * Centro-avante sozinho é meio gol. 2. Ao levar um gol: * Eu disse que não se podia vacilar na defesa! * O melhor é empatar antes que eles gostem do jogo! (e alguém odeia estar ganhando?) * Precisamos avançar os alas, mas sem descuidar da cobertura. * Ainda tenho a esperança numa bola parada... * Tem que ter mais aproximação: fazer o dois/um. Desloca e recebe! * Só não deixem os defensores no manoa-mano!

3. Se empatar: * Eu disse que seria de bola parada! (se o gol nasceu de falta ou escanteio) * Eu disse que precisava de aproximação! (se foi em troca de passes) * O caminho era lançamento nas costas da zaga! (se foi ligação direta, mesmo incorrendo em clara contradição – o gol apaga tudo). * Agora estamos mais perto da virada. * Onde entrou um (gol), entram mais. * Tá, mas ainda não estamos ganhando... (dã!) 4. Quando se está na frente no placar: * Tem jogo pela frente, um a zero é perigoso, não dá para relaxar... * Dois a zero é o placar mais perigoso: se achar que já ganhou, babaus! * É, mas não adianta nada se eles não souberem por que estão ganhando. * Aiaiai... continuo com medo daquele gol perdido: pode fazer falta depois. * Agora é só cercar. Mas sem falta! Sem falta! * Precisam compactar mais o meio de campo (coringa). * Se não tomarmos nenhum gol, já ganhamos! (óbvio dos óbvios) 5. Sobre a arbitragem: * Na Libertadores isso nem seria falta. * Só quero vê-lo respeitar os mesmos critérios... (diz tudo sem dizer nada) * Cuidado para não fazer pênalti – esse juiz, não sei... * O cara ficou pendurado no cartão amarelo! No segundo, rua! * Olha lá: quem dava condições foi o mesmo que levantou a mão pedindo impedimento! (é quase sempre assim) * A zaga não pode ficar em linha: desconfio deste bandeira. * Quero só ver quantos minutos teremos de desconto. Quero só ver! Terminada a partida, volte para a lista e mude algumas palavras por sinônimos, inverta a ordem direta, ou mesmo decore tudo igual para o jogo seguinte. Afinal, bastará acrescentar: Precisam compactar mais o meio de campo! Outra vez!


Comunidade News

Página 8 |de 15 a 21 de junho de 2010 | Edição 337

Brasil Araguari, MG

Ceará

Mãe é presa por deixar recém-nascido em vaso sanitário após parto Criança nasceu no banheiro de posto de combustível em Araguari (MG) Bebê está internado na UTI da Santa Casa e não corre risco de morrer

Uma mulher foi presa, neste domingo (13), depois de abandonar um recémnascido no vaso sanitário de um posto de combustível, na BR-050, perto do trevo de entrada da cidade de Araguari (MG). Segundo informações da Polícia Militar, ela saiu de São Paulo e seguiria, com outro filho de 4 anos, em um ônibus para Tauá (CE). De acordo com o Conselho Tutelar da cidade, a mãe deu à luz o bebê no banheiro do estabelecimento, durante o intervalo da viagem, e voltou ao ônibus sem a criança. O bebê está internado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal da Santa Casa de Araguari, mas não corre risco de morrer.

Segundo a conselheira tutelar Maria Isabel Nonato, outra mulher encontrou a criança submersa no vaso sanitário, com a cabeça para baixo e o cordão umbilical rasgado. “A mãe foi encontrada dentro do ônibus, onde recebeu voz de prisão em flagrante. Ela começou a passar mal e foi levada para o Hospital de ProntoSocorro da cidade e transferida para a Santa Casa de Araguari, onde está sob escolta policial”, disse a conselheira, que conversou com a mãe e o pai do recémnascido. “Ela me pareceu fria, mas não podemos fazer qualquer julgamento até sabermos se ela teve algum problema psicológico. Só uma avaliação técnica vai poder esclarecer o que aconteceu”.

Santarém, PA

Dois jovens foram presos pela PM no Bairro do Aeroporto Velho Uma equipe da Polícia Militar do 3° BPM de Santarém prendeu em flagrante na madrugada da segunda-feira (14), dois homens acusados de porte ilegal de arma de fogo e tráfico de droga. Welton Douglas Pereira Pinto, 19, e Rogério Carneiro de Oliveira foram presos em flagrante. Com Welton os policiais encontraram uma arma tipo revólver, calibre 32, municiada. Rogério tinha quatro papelotes de pasta de cocaína e R$59, possivelmente produto de venda da droga. Segundo a polícia, a dupla estava na esquina da Travessa Ceará com a Avenida Marajoara, aguardando algum usuário de drogas, quando foi surpreendida pela polícia. A arma estaria sendo usada para segurança da dupla no comércio ilícito de drogas. Welton ainda tentou se desfazer

da arma quando a polícia chegou, mas não teve tempo. Levada para a 16ª Seccional, a dupla foi autuada em flagrante delito pelo Delegado Domingo Djalma Rego Pereira, e depois entregue à Central de Presos Provisórios de Santarém.

PF reprime narcotráfico no CE e já apreendeu 133Kg de coca Droga produzida nos países vizinhos chega ao Ceará através de rotas que incluem até pistas de pouso clandestinas

A recente operação “Face Oculta´, desencadeada pela Polícia Federal nos Estados do Pará, Tocantins, Mato Grosso, Rondônia e São Paulo, que resultou na prisão de 13 pessoas e no cumprimento de 30 mandados de busca e apreensão, confirmou que o Ceará está na rota do tráfico da cocaína produzida na América do Sul, especialmente na Colômbia e Bolívia. Autoridades afirmam que o Ceará é um dos pontos fortes do tráfico, principalmente por ser um dos principais ‘portões de saída’ para a Europa e a África. As constantes pri-

sões de ‘mulas’ estrangeiras no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, confirmam que os narcotraficantes tem tentato estabelecer nesta capital um de seus principais canais de escoamento da cocaína sul-americana. Mas a ação forte da PF em Fortaleza tem causado constantes baixas nas quadrilhas. Somente este ano, já são 133 quilos de cocaína apreendidos, com 21 flagrantes lavrados e 33 pessoas presas, a maioria estrangeira. Mesmo assim, os criminosos insistem em usar o aeroporto local como entreposto das drogas.

Porto Alegre, RS

Preso quarto suspeito de matar advogado em Novo Hamburgo Com a prisão do quarto suspeito de envolvimento na morte do advogado Ivan Guardati Vieira, 47, no final da manhã desta segunda-feira, o delegado Moacir Fermino Bernardo considera elucidado o crime. Daniel Pereira Passos, 22 anos, se entregou hoje à Polícia Civil. O local marcado pela família para o encontro com os agentes foi a rodoviária da Capital. O suspeito, que já tem condenação por roubo de veículo, foi apontado por comparsas como o executor: ele teria usado um moletom para asfixiar o advogado. “Ele assumiu que matou. Disse que houve uma discussão dentro do carro com a vítima”, disse o delegado titular da 3ª Delegacia da Polícia Civil de Novo Hamburgo, que está convicto de que os criminosos estrangularam a vítima para ficar com seu automóvel, um New Civic. Todos tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça. Além de Gustavo Marques Azevedo, 19 anos, capturado no domingo (13) na Vila Bom Jesus, na Capital, já haviam sido presos Christiano Rosa Pereira, 23 anos, e Wilmar Farias da Silva, 21 anos, localizados em um shopping da Avenida Assis Brasil e no bairro Jardim Sabará, respectivamente. “Eles o chamavam de tiozão. Confirmaram que ele estava pagando bebidas a todos, inclusive,

a mulheres que estavam no local”, conta o delegado. Uma das testemunhas ouvidas no final de semana pela polícia revelou ainda que chegou a avisar o advogado sobre o risco de sair de carro acompanhado dos suspeitos. “Para nós, esse crime hediondo e lamentável está esclarecido”, afirmou o delegado responsável pelo caso. O corpo do advogado Ivan Guardati Vieira, 47 anos, foi encontrado na quartafeira na freeway, em Porto Alegre, e reconhecido por policiais. Vieira, que era professor da Unisinos, passou a madrugada de terça-feira no Bar Alternativo, em Novo Hamburgo, às margens da rodovia Novo Hamburgo-Taquara (ERS-239), de onde saiu acompanhado por um grupo de homens.


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 9

Adquira um computador novo por apenas $29.99* por semana! e melhore o seu crédito ao mesmo tempo!

Crédito ruim, sem crédito? Não importa! Não verificamos o seu crédito, então você não será recusado.

Se você pode fazer um pagamento semanal de apenas U$29.99* por 12 meses, então você já está pré-aprovado para um computador novo da DellTM ou HPTM. Garantido.

Aplique agora e receba:

Sistema de GPS para carro Tocador MP3 grátis Impressora grátis com alguns modelos Ligue hoje e tenha o computador de seu sonho melhorando seu crédito ao mesmo tempo

Ligue hoje mesmo!


Comunidade News

Página 10|de 15 a 21 de junho de 2010| Edição 337

Palavra do Cônsul de NY Embaixador Osmar Chohfi

A

cultura é uma das principais formas de divulgação do Brasil no exterior. Língua, literatura, música, culinária, artes plásticas e outras manifestações artísticas são elementos significativos para a construção da imagem de um país, especialmente do Brasil. Somos uma sociedade com diversidade de etnias, inclusiva, tolerante e em constante processo de renovação. O ConsuladoGeral busca divulgar as características que tornam a cultura brasileira única, mas que, ao mesmo tempo, permitem revelar afinidades com outros países, unindo os povos. Esse processo de conhecimento mútuo estimula a compreensão da imagem do Brasil no exterior e gera familiaridade com a realidade do País. O Consulado apóia, organiza, patrocina e divulga uma extensa gama de eventos, em todas as áreas. Mensalmente publicamos o Boletim Cultural, um boletim eletrônico com versões em português e inglês, enumerando

Caros compatriotas vários eventos relativos à cultura brasileira, tais como festivais de cinema, teatro, concertos, palestras, seminários, shows, lançamento de livros, cursos para o ensino de português, dança, capoeira, entre outros. Em alguns casos, o Consulado consegue descontos para apresentações de interesse do público brasileiro e o Boletim traz os códigos promocionais que permitem a compra de ingresso com tais descontos. Neste início do verão, aproveito o espaço da Coluna do Cônsul para divulgar para os brasileiros e amigos da comunidade brasileira algumas das atividades culturais relacionadas ao Brasil. Gostaria, assim, de convidálos a participar dos próximos eventos, muitos deles gratuitos, programados para os próximos meses, e a conhecer o nosso boletim cultural acessando nossa página eletrônica na internet (www.brazilny.org). O Boletim é atualizado diariamente, contém os eventos patrocinados pelo Consula-

do e aqueles que são listados a pedido dos interessados. Outras atividades poderão ser acrescentadas ao longo do verão. Abaixo estão alguns dos projetos co-patrocinados pelo Consulado nos meses de junho, julho e agosto. 17 a 30 de junho - Teatro Stage Fest (Festival de Teatro LatinoAmericano)– Duas peças brasileiras, Bichos do Brasil e Isadora.Orb – A Metáfora Final; 23 de junho a 19 de setembro - Exposição da artista brasileira Rivane Neuenschwander “A day like any other” no New Museum; Até 31 de julho - Exposição “Horizons” do fotógrafo brasileiro Bruno Cals; Dia 1º de julho Recital de Música Popular Brasileira com

o Quarteto de Alex Silverio no Americas Society; 15 a 29 de julho - Première Brazil – Festival de Cinema Brasileiro – no MoMA; 06 de agosto - Show de Hermeto Pascoal no Festival Lincoln Center Out of Doors, 12 de agosto - Show do grupo Barbatuques no Festival Lincoln Center Out of Doors. Espero vê-los em algum destes eventos! Com um abraço amigo do,

Osmar Chohfi Cônsul-Geral do Brasil em Nova York


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 11


Comunidade News

Página 12 |de 15 a 21 de junho de 2010 | Edição 337

Reflexão

Extinção do Mal

Na didática de Deus, o mal não é recebido com a ênfase que caracteriza muita gente na Terra, quando se propõe a combatê-lo. Por isso, a condenação não entra em linha de conta nas manifestações da Misericórdia Divina. Nada de anátemas, gritos, baldões ou pragas. A Lei de Deus determina, em qualquer parte, seja o mal destruído não pela violência, mas pela força pacífica e edificante do bem. A propósito, meditemos.

a doença: com o remédio; a sombra: com a luz; a fome: com o alimento; o fogo: com a água; a ofensa: com o perdão; o desânimo: com a esperança; a maldição: com a benção. Somente nós, as criaturas humanas, por vezes, acreditamos que um golpe seja capaz de sanar outro golpe.

O Senhor corrige:

Simples ilusão.

a ignorância: com a instrução;

O mal não suprime o mal.

o ódio: com o amor; a necessidade: com o socorro; o desequilíbrio: com o reajuste; a ferida: com o bálsamo; a dor: com o sedativo;

Em razão disso, Jesus nos recomenda amar os inimigos e nos adverte de que a única energia suscetível de remover o mal e extingui-lo é e será sempre a força suprema do bem. Xavier, Francisco Cândido; Baccelli, Carlos A. Da obra: Brilhe Vossa Luz. Ditado pelo Espírito Bezerra de Menezes. 4 edição. Araras, SP: IDE.

ALUGA-SE ACF Properties tem ótimas opções para você. COMERCIAL

RESIDENCIAL

(203) 739-0019

Centro Comercial Brasileiro de Danbury EMPRESS PROFISSIONAL CENTER

Veja quem já está aqui!

Oferecemos diversos

Comunidade News

tipos de imóveis:

O Jornal da Comunidade Brasileira nos EUA

Apartamentos Duplex com garagem Apartamentos com suite

Escritório da Barbara Leite

Skill Faith

Escola de teologia

Assembléia de Deus

Apartamentos de 1, 2 e 3 quartos

7 New Street - Suite 3 - Danbury, CT - Fone: (203) 739-0019 155 Main Street - Danbury, CT


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 13


Comunidade News

Página 14 |de 15 a 21 de junho de 2010 | Edição 337

Frases

As fotos são tão... eu me sinto como se estivesse observando alguém ser estuprada.

Kristen Stewart, atriz de 20 anos, comparando sua fama a um estupro na revista “Elle” britânica.

Quando ganhar um presente dele, peça nota fiscal Adriane Galisteu, apresentadora, no programa de Márcia Goldschmidt, aconselhando Sabrina Sato sobre o deputado Fabio Faria, seu ex-namorado que a presenteou com uma passagem aérea paga com dinheiro público.

O quê? “Movimento vai e vem é puxado demais.” Juliana Paes, atriz, falando no programa “Vai e Vem” de Preta Gil sobre como é gravar cenas sensuais.

“Já sonhei com esse momento. Acho que beijaria os pés dela, deixaria ela me bater.” Guilherme de Pádua, ator, contando em entrevista à revista “Viver Brasil” sobre o que faria se encontrasse com Glória Perez.

“Se eu não tivesse saído da RedeTV!, você não teria entrado.”

Adriane Galisteu, apresentadora, para Luciana Gimenez no programa de Márcia Goldschmidt.

“Foi meu primeiro fracasso e sempre vou ser lembrada por ele” Fernanda Lima, atriz e apresentadora, no site Glamurama sobre sua protagonista Diana na novela “Bang Bang”, de 2005.


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 15

Gente Paris Hilton quer conhecer a Amazônia

Júlia Lemmertz com o marido Alexandre Borges.

Alexandre Borges diz que gosta dos “presentes” que a mulher traz do sex shop Paris Hilton antes do desfile da Triton, no São Paulo Fashion Week. Paris Hilton foi a grande sensação do voltar para passar minhas férias na Amasegundo dia de desfiles do São Paulo zônia”, contou, pouco antes de o desfile Fashion Week. Desde cedo, fotógrafos da Triton começar. e repórteres se aglomeravam na porta O frisson em torno de Paris fez o desfile do backstage para falar com a socialite. da marca atrasar uma hora e meia. A única Extremamente profissional, ela recebeu exigência de Paris foi trocar os sapatos. alguns veículos credenciados para uma “Os que eu ia desfilar aparecia os dedos curtíssima entrevista com duração de dos pés. Pedi um mais fechado”, afirmou. cinco minutos. Simpática e distribuindo A patricinha esteve no país esse ano para sorrisos, ela disse que ama o Brasil e está curtir o carnaval carioca no camarote de adorando São Paulo. “Agora eu quero uma cervejaria.

Recentemente, Júlia Lemmertz revelou durante uma entrevista a Fernanda Yong, que gosta de fazer uma visitinha ao sex shop de vez em quando. Na tarde desta quinta-feira (10/6), durante o São Paulo Fashion Week, Alexandre Borges confirmou que gosta das novidades que a

mulher traz das lojas especializadas. “Ela falou a verdade. É assim mesmo que funciona. E eu adoro os artigos”, afirmou. Com o Dia dos Namorados chegando, Alexandre jura que está programando uma noite especial com a mulher. “Quero namorar muito”, brincou.

Cachê de Cléo Pires pode chegar a 1 milhão

“Não gosto de dizer que sou evangélica. Sou cristã”, diz Caroline Celico à revista

Aos 22 anos, Caroline Celico, mulher de Kaká, abriu o jogo sobre sua vida em entrevista à revista “Joyce Pascowitch” deste mês. Além de falar sobre o casamento com o jogador de futebol, que já dura cinco anos, Caroline contou como o conheceu, aos 14, e lembrou de quando se tornou evangélica. “Eu nunca tinha ouvido falar de evangélicos. Nem o Kaká comentava sobre o assunto. Mas comecei a pesquisar na internet e vi que ele frequentava uma igreja”, contou ela, que um dia se convidou para ir à Renascer em Cristo com o namorado e desde então se tornou evangélica. Ainda sobre sua opção religiosa, Caroline contou como se tornou pastora da Renascer em Cristo e revelou não gostar de ser chamada de evangélica. “Sou cristã. Eu não me tornei evangélica, mas passei a pertencer a Deus e levar a vida de acordo com o que diz a Bíblia”, explicou Caroline. Atualmente morando na Espanha, por causa da contratação de Kaká pelo Real Madri, a mulher de Kaká também falou sobre o fato de ter se casado virgem e revelou que pretende ter mais dois filhos com o jogador de futebol. “Desde

pequena sonhei em casar virgem. Era como se isso me fizesse ser uma princesa”, disse ela, que já é mãe do pequeno Luca, de 2 anos. Caroline falou ainda sobre o episódio em que não deixou Kaká posar de cueca para a revista Vanity Fair. “Ele já sofre exposição contínua na profissão dele. Tem de ter alguma coisa que seja exclusiva da esposa, né? Senão perde a graça”, disse ela, contando que está prestes a lançar um CD. “Convidei a Claudia Leitte para participar de uma música que escrevi sobre amizade. Tenho um carinho muito especial por ela”, contou.

A coluna Retratos da Vida publicou que a partir de conversas com empresários de algumas mulheres que já saíram na Playboy que é bem provável que o cachê de Cléo Pires para sair nua chegue a 1 milhão de reais. O cachê é alto e um valor que a publicação não paga há muito tempo. Só a título de comparação a última vez que alguém levou um cachê tão alto foi em agosto de 95, na Playboy de Adriane Galisteu. Estima-se Juliana Paes, Sabrina Sato e Grazi Massafera, por exemplo, tenham levado o valor de 500 mil reais cada uma por seus ensaios na revista erótica.


Comunidade News

Página 16 |de 15 a 21 de junho de 2010 | Edição 337

Teatro

Musical em Los Angeles homenageia estrela brasileira

No papel principal de “Carmen Miranda – The Lady in the Tutti Frutti Hat”, a mexicana Magi Avila homenageia o povo brasileiro

T

ermina no dia 28 de junho a exibição do musical “Carmen Miranda – The Lady in the Tutti Frutti Hat”, (www.Plays411.com/carmen) no Hudson Backstage Theatre em Los Angeles (CA). O papel principal é interpretado pela mexicana Magi Avila. A produção tem a direção musical de Dennis Kaye e direção geral de Allan Hunt. O musical não tem a pretensão de ser um documentário, mas quer, acima de tudo, celebrar a vida e a obra de Carmen Miranda, apelidada de “A Pequena Notável”. Em entrevista ao Comunidade News, Magi Avila falou da sensação de interpretar Carmen Miranda. Por telefone, a atriz disse que se trata de um desafio e responsabilidade muito grandes, com o nervosismo aumentando à medida que conhecia o trabalho da estrela. “Carmen Miranda era uma inspiração não só para os brasileiros, mas para o mundo inteiro”, disse. Para ela, a atriz estará sempre viva. Na opinião de Magi, Carmen Miranda tinha um perfeito domínio sobre o próprio trabalho, digno de uma profissional que dá o seu melhor. Outro grande desafio para Magi foi cantar em português. Mas segundo ela, ao longo do tempo o conjunto do trabalho se tornou mais fácil. “Quanto mais eu conhecia Carmen, mais envolvida eu estava. Não podia parar de pensar nela, sonhar com ela. Era um ser humano lindo, uma grande inspiração”. Nascida Maria do Carmo Miranda da Cunha, a atriz fez sucesso no Brasil e nos Estados Unidos, entre as décadas de 30 e 50. A estréia em Boston com o musical “Streets of Paris” foi sucesso de público e crítica. Considerada a atriz

mais bem paga de Hollywood na década de 40, Carmen Miranda deixou a marca dos famosos sapatos e das mãos na Calçada da Fama em Los Angeles. Morreu aos 46 anos, vítima de ataque cardíaco fulminante.

Magi Avila interpreta Carmen Miranda.

Lembranças da Pequena Notável Magi declarou que em todos os trabalhos, procura homenagear os personagens. Com Carmen Miranda, não foi diferente. Para dar bastante credibilidade ao papel, confidenciou que precisou ensaiar bastante os requebros típicos da atriz que se tornou famosa pelos balangandãs. Feliz com os comentários dos brasileiros que assistiram à peça, Magi disse que o espetáculo não só homenageia Carmen Miranda, mas também o povo brasileiro. “Não quero que esqueçam a Carmen, quero que lembrem da Carmen. E quero que vejam a beleza e alegria que ela trouxe ao mundo”. A atriz confidenciou que se identifica muito com a alegria do povo brasileiro. Disse que daria o melhor de si para representar outra brasileira, assim como fez no musical sobre Carmen Miranda. Segundo Magi, ela pensou no fato de ser uma imigrante nos Estados Unidos e fazer o papel de uma imigrante portuguesa, cujos pais foram para o Brasil em busca de uma vida melhor. Magi Avila está há quatro anos em Los Angeles. Iniciou a carreira profissional aos 15 anos de idade como cantora de ópera. Participou de vários filmes independentes de Hollywood como “Creepshow III”, “The Pet” e “La Reyna del Pacifico”, este último baseado no best-seller “Queen of the South”.

Ana Paula Pavão é formada em Letras, com especialização em português e inglês pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Cinéfila, Ana Paula mora em NY, onde leciona ESL.

Cine News By: AnaPaula Pavão email: cnewscine@hotmail.com

TOY STORY 3 A Walt Disney em parceria com a PIXAR Animation Studios traz de volta a terceira sequência do clássico das animações infantis TOY STORY, com mais aventuras do cowboy de brinquedo Woody ao lado do astronauta Buzz Lightyear! Com direção de Lee Ulbrich (que também dirigiu os sucessos Toy Story 2 e Finding Nemo) e roteiro de Michael Arndt (de Little Miss Sunshine), Toy Story 3 estréia dia 18 de junho para toda a família.

THE LAST AIRBENDER 3D Para a família e principalmente o público adolescente uma das mais aguardadas estréias do mês de julho fica por conta da ação THE LAST AIRBENDER 3D, adaptação dos games para WII feita pelo renomado diretor M. Night Shyamalan (conhecido por dirigir suspenses como Sixth Sense, The Village, Signs). São três nações (Água, Ar, Terra) envolvidas para salvar o mundo da quarta: o Fogo. Estréia 2 de julho.


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 17


Comunidade News

Página 18|de 15 a 21 de junho de 2010| Edição 337

Saúde

Cirurgia que reduz estômago é ligada a falhas neurológicas

A

cirurgia que reduz o volume do estômago pode levar a distúrbios neurológicos semelhantes aos encontrados em pessoas desnutridas. Em 2009, 30 mil cirurgias bariátricas foram feitas no país. Em três anos, esse número aumentou 10%. Segundo um estudo do departamento de neurologia da Universidade de Ohio, até 16% das pessoas que fazem a cirurgia têm alguma complicação neurológica. A principal causa é a falha na absorção de nutrientes essenciais ao funcionamento dos neurônios. A falta pode causar de incômodos reversíveis a lesões permanentes. A maioria dessas complicações não é grave, diz o neurologista Eduardo Mutarelli, professor da Faculdade de Medicina da USP. “Podem ocorrer falta de sensibilidade, formigamentos, dor no pé. Demência e amnésia são os quadros graves e raros.” Algumas doenças aparecem semanas após a operação. É o caso da encefalopatia de Wernicke que, sem tratamento, pode evoluir para a síndrome de Korsakoff. É uma lesão do encéfalo que causa am-

nésia e psicose. No início, é reversível com reposição de vitamina B1. Outros problemas demoram anos para surgir, como degenerações de medula. Os sinais são fraqueza, perda de sensibilidade, mudança de humor. O tratamento é com ácido fólico, cobre e B12. “Às vezes, é preciso até reverter a cirurgia, porque os problemas superam as vantagens”, afirmou o médico. O psiquiatra Adriano Segal, diretor da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica), conta que a maioria dos casos que já tratou só atingiu o sistema nervoso periférico. Mas uma paciente sua ficou com limitações para andar. “É muito raro. Só tive três casos de síndrome de Korsakoff. Se o risco fosse alto, a cirurgia seria um crime.” A prevenção é simples: a pessoa operada tem que tomar suplementos e ser acompanhada pelo resto da vida. A equipe responsável pela cirurgia também precisa orientar o paciente e a família. “Devem saber reconhecer os sinais, porque é preciso diagnosticar e tratar imediatamente”, diz o psiquiatra.


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 19

Comunidade Católica Brasileira de Danbury

FESTA JULINA Dia 3 de julho

Igreja de São Pedro 104 Main Street Centro Pastoral Pastor Fr. Gregg Mecca Assistente para brasileiros Padre Pedro Diniz 61 Liberty Street Danbury, CT Tel.: (203) 730-9071 Tel/Fax: (203) 791- 9910 Missas aos sábados e domingos às 7:30pm Nossa festa Julina será realizada no dia 3 de julho no salão paroquial. A rua não será fechada e os eventos serão realizados nos salões do Centro Comunitário. Pedimos colaboração nos seguintes materiais: Farinha de trigo, óleo, leite, milho verde, açucar, amendoim, salsichas, azeitonas, coco ralado, creme de leite, leite condensado, canjica doce, canjiquinha. Precisamos de gente para compor a quadrilha. Telefonar para (203) 730-9071.


Comunidade News

Página 20 |de 15 a 21 de junho de 2010 | Edição 337

Local

Seminário aborda direitos trabalhistas em Massachusetts

O

Evento organizado pelo Centro do Imigrante Brasileiro terá palestra do advogado Peter Cole

Centro do Imigrante Brasileiro (CIB) em Allston (MA) realiza no dia 23 de junho, às 7pm, seminário sobre direitos trabalhistas. O evento, ministrado pelo advogado Peter Cole, visa mostrar aos imigrantes, mesmo que indocumentados, como funcionam as leis trabalhistas do estado de Massachusetts. Especialista no tema, Cole falará sobre discriminação no emprego, segurança, leis do salário mínimo, hora extra e férias. Segundo Antônio Massa, coordenador de programas no CIB, a organização recebe semanalmente um grande número de casos de violação de direitos trabalhistas. “Outras organizações que fazem este tipo de trabalho também registram um volume de queixas alarmantes”, disse ele. Mas o problema é ainda maior. Segundo Antônio, os imigrantes tem enfrentado não só a falta de pagamento de salários. “Aqui chegam pessoas com contra-cheques registrando horas extras que não foram pagas, férias que não foram tiradas”. Ainda segundo o coordenador, brasileiros sem documentos legais no país sofrem discriminação e trabalham sem os equipamentos de segurança. Além disso, são ameaçados de serem entregues ao ICE (imigração) pelo próprio patrão. De acordo com Lydia Edwards, da diretoria do CIB,

exploração.

os trabalhadores ainda são muito explorados em Massachusetts. A falta de conhecimento dos próprios direitos e a procura de ajuda só em caso de demissão ou de falta de pagamento são algumas das causas desta

Trabalhando com justiça “Na verdade, nenhum empregador deve temer um trabalhador informado. A exploração de trabalhadores fere a todos no estado. E quando um empregador se beneficia desta exploração, ele ou ela está levando vantagem sobre outras companhias que seguem as leis. E isto é ruim para todos”, disse Lydia, acrescentando que a informação cria um ambiente de trabalho justo e livre de discriminação. “Contribui para que, um dia, todos em Massachusetts possam trabalhar por um salário justo”. Uma equipe de voluntários do CIB vai receber novos casos trabalhistas, após o seminário. A organização atende novos casos de queixas trabalhistas todas as quartas-feiras, das 10am às 4pm. Serviços como agendamento consular, assistência geral e aulas de inglês são prestados pelo CIB de segunda a quinta, das 9am às 4pm. O seminário será na sede do CIB, 14 Harvard Avenue, 2° andar. Informações adicionais pelo telefone (617) 783-8001 ou pelo e-mail bic@braziliancenter. org.


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 21


Comunidade News

Página 22 |de 15 a 21 de junho de 2010 | Edição 337

Local

Census faz trabalho de coleta de dados sobre saúde e educação As pesquisas, que serão feitas uma vez por mês, são de organizações como American Community Survey e National Health Interview Survey

A

coleta de dados para o Censo 2010 começou em abril último. Mas o trabalho ainda não terminou. Representantes do Census Bureau continuam fazendo pesquisas na comunidade para levantar dados relativos à educação e saúde. A participação da comunidade é muito esperada nas pesquisas. Segundo o Census, as informações coletadas são de extrema importância para ajudar a distribuição de recursos para todos os moradores dos Estados Unidos, incluídos os imigrantes. As pesquisas, que serão feitas uma vez por mês, são de organizações como American Community Survey e National Health Interview Survey. As perguntas feitas incluem vários assuntos como deficiência física, saúde, emprego, educação e renda familiar. Os dados coletados permitirão que representantes comuni-

tários e organizações distribuam melhor os serviços que darão mais qualidade de vida à população dos Estados Unidos. Todos os pesquisadores estarão identificados por um crachá que contém um selo do Departamento de Comércio, juntamente com um meio de contato do escritório ou supervisor responsável. Isto significa que a pessoa que for pesquisada tem direito a ligar para verificar a credibilidade da pesquisa. Os pesquisadores também portam uma identificação com foto e um computador para facilitar a coleta de dados. O morador que quiser saber se faz parte da pesquisa deve ligar para 1-800-562-5721. Os imigrantes não precisam ficar temerosos. A privacidade de todas as pessoas pesquisadas é protegida por lei federal, a qual não permite que os dados sejam divulgados para qualquer outra pessoa ou agência.

Lei federal protege entrevistados O mesmo ocorre com os dados coletados pelo Census 2010. Conhecida como Titlte 13, a lei que protege a privacidade dos

entrevistados garante que nenhum dado será divulgado para agências como a CIA (Central de Inteligência Americana), ICE (imigração) ou FBI (polícia federal americana). A violação do

Title 13 por um funcionário do censo prevê cinco anos de prisão e o pagamento de $250,000 de multa. Mesmo sabendo da lei que protege a privacidade dos pesquisados, muitos imigrantes, inclusive brasileiros, preferiram não responder ao censo. Alguns disseram que não confiavam no Title 13. O Census 2010 continuará o trabalho durante todo o verão. Os recenseadores contatarão as pessoas que não enviaram o formulário via correio. Quem não mandou o formulário na data certa também será contatado. O censo contata também quando os dados preenchidos no formulário não estiverem claros. Os contatos do censo são feitos por telefone e nunca via email. Ninguém terá o status imigratório questionado, muito menos o número da conta bancária ou de cartões de crédito.


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 23

Local

Documentários retratam os bastidores do sistema imigratório americano C

“Mountains and Clouds” e “Last Best Chance”, de Shari Robertson e Michael Camerini serão exibidos no Human Rights Watch Film Festival em Nova Iorque

omeçou no dia 10 de junho e segue até o dia 24 próximo o Humans Right Watch Film Festival em Nova Iorque. Entre os filmes estão “Mountains and Clouds” e “Last Best Chance”, dos cineastas Shari Robertson e Michael Camerini. Ambas obras mostram a batalha travada entre os políticos por uma reforma imigratória. Os dois documentários estão entre os 28 filmes que fazem a estréia em Nova Iorque. Em “Mountains and Clouds”, os cineastas falaram com os mais poderosos membros do Congresso Americano. “Last Best Chance” mostra Ted Kennedy na busca pelo que ele acredita ser a melhor legislação para os milhões de imigrantes que estão nas sombras e também para o país. O casal de cineastas concedeu entrevista via telefone. Segundo Shari, os filmes não se focam somente no tema imigração, mas também no funcionamento do sistema. De acordo com Michael, a imigração nos Estados Unidos está ligada à identidade americana, como uma nação de imigrantes. “Quando você pergunta ‘qual a nossa política de imigração’, você também está questionando ‘o que é um americano’”, disse Camerini. Ambos os filmes são parte da série “How Democracy Works Now: Twelve Stories”. Segundo Camerini, é como uma ‘telenovela’, onde há imigrantes em cada história, tal como o assistente de Kennedy. Ainda conforme o cineasta, é possível ver como imigrantes e pessoas jovens podem ajudar a redigir uma no-

Os cineastas Shari Robertson e Michael Camerini.

Cenas do documentário “The Last Best Chance”. va lei de imigração. Com os filmes, Shari e Camerini acreditam que tiveram a intenção de influenciar tanto cidadãos quanto imigrantes, para que entendam como eles poderiam ser parte do processo. “E isto mudaria o que os políticos fazem”. Mudando o olhar sobre a imigração Para Shari, é uma honra exibir os filmes no Human Rights Festival. “É um festival que exerce muita influência”, disse ela. Camerini ressaltou que a questão imigração está diretamente ligada aos direitos humanos. “Se você tem leis de imigração

ruins, você tem violação de direitos humanos. Por isso que eles (equipe do festival) reconhecem os filmes como parte da história dos direitos humanos”, disse o cineasta. O comprometimento de Camerini e Robertson está em fazer filmes onde diferentes culturas unem as pessoas. Os temas são sempre desafiadores e abordam a questão humanitária. Entre as obras do casal estão “Inside the Khmer Rouge”, “Washington/Peru: We Ain’t Winnin’” e “Kamala and Raji”. Os documentários do festival não mostram imigrantes presos ou vivendo

nas sombras, mas o que está nos bastidores de Washington. “Este ponto-chave para entender o que é preciso para mudar a lei se aplica também a muitas outras questões”, disse Shari. Com os filmes, o casal espera que a imigração passe a ser vista de forma diferente. Durante as filmagens, em 2002, o casal ouviu opiniões conservadores sobre o assunto. “Mas elas (as opiniões conservadoras) não estavam por todos os lados”, explicou Shari. Os cineastas disseram que nunca se sabe o que esperar de Washington, mas tem visto mudanças no país, como por exemplo nos jovens eleitores. “A questão é se é logo”, disse Shari, sobre a aprovação de uma lei de imigração. O Human Rights Watch Film Festival tem 30 filmes no total. “Last Best Chance” poderá ser visto na quarta-feira (23), às 6h15pm. “Mountains and Clouds” será exibido no sábado (19), às 3h30pm. As projeções são todas no Walter Reade Theater da Film Society of Lincoln Center, 165 West 65th Street.


Comunidade News

Página 24 |de 15 a 21 de junho de 2010 | Edição 337

Cinema

Filme brasileiro retrata trabalho de agente de imigração em aeroporto JFK M

“Olhos Azuis”, de José Joffily, mostra imigrantes barrados no Aeroporto JFK

uitos imigrantes devem se identificar com o enredo do filme “Olhos Azuis”, do cineasta brasileiro José Joffily, 64. A história, que tem atores brasileiros e estrangeiros no elenco, mostra imigrantes num aeroporto serem impedidos de entrar nos Estados Unidos. O enredo mostra o último dia de trabalho de Marshall (David Rasche), chefe da imigração do Aeroporto JFK de Nova Iorque. Na esperança de deixar uma lição para os subordinados, detém arbitrariamente um grupo de latinos que sonhava entrar nos Estados Unidos. A partir daí, cria-se um verdadeiro duelo entre “olhos azuis” e “olhos negros”. A inspiração de Joffily nasceu num documentário, onde a pedagoga americana Jane Elliot propõe aos americanos (olhos azuis) conhecerem na prática as dores de pertencerem a uma minoria (olhos negros). Depois disso, Joffily hospedou em sua casa um amigo que foi interrogado num aeroporto de Nova Iorque e deportado. Por telefone do Rio de Janeiro, José Joffily disse que as histórias contadas pelo amigo também o inspiraram. Na opinião dele, o sul-americano que viaja para o primeiro mundo passa muitas vezes por constrangimentos. “De maior ou menor gravidade, nos serviços de imigração”, disse ele. Segundo Joffily, o filme passeia por esta questão. “Você viajar e ser detido no aeroporto para averiguações”. Joffily acredita que Marshall represente o pensamento do americano médio, aquele que vive no interior dos Estados Unidos . “Entra muito a imaginação da gente com relação à história”. Segundo o cineasta, o agente de imigração é absolutamente sincero com o que ele pensa. “A democracia americana tem isso de espetacular, eles exercem o pensamento de

Divulgação

David Rasche interpreta um agente da Imigração no filme “Olhos Azuis”. direita ou de esquerda”. As manifestações vistas por Joffily, quando morou em Nova Iorque na década de 60, foram um verdadeiro encantamento para ele. Relatos de amigos e conhecidos de Joffily ajudaram a compor a história. Depois de um desfecho trágico no aeroporto JFK, Marshall vai para o Brasil. Em busca de perdão atravessa o nordeste, guiado por Bia (Cristina Lago), uma bela garota que transforma a vida do americano. A atuação rendeu à brasileira o prêmio de Melhor Atriz no Festival Paulínia 2009, onde Irandhir Santos também foi premiado como Melhor Ator Coadjuvante. Paraibano de João Pessoa, José Joffily é diretor, roteirista, produtor e eventualmente ator. Atuou em “Bete Balanço” e na novela “Kananga do Japão”, e ganhou o Kikito de Ouro no Festival de Gramado em 1996 por “Quem Matou Pixote?”, catego-

rias Melhor Filme, Argumento/Roteiro. Por “Olhos Azuis”, foi premiado com A Menina de Ouro no Festival de Paulínia 2009. A força imigrante Sobre os Estados Unidos, disse que o país é formado por imigrantes, assim como o Brasil. “Os imigrantes é que são a força econômica do país. A força dos Estados Unidos é a imigração”. O time de atores de “Olhos Azuis”, composto também por cubanos, argentinos, hondurenhos, contribuiu muito para a qualidade do filme, segundo Joffily. A questão da imigração, de acordo com o cineasta, é muito evidente. “Ninguém em sã consciência, ninguém sinceramente poderá dizer que não há uma reação dos Estados Unidos contra o imigrante”. Para ele não há o mocinho e o bandido. “Todos são mocinhos e todos são bandidos”.

Em um filme produzido por um americano, Joffily viu guatemaltecos cruzando a fronteira mexicana. “É um filme muito violento”. De acordo com Joffily, os atores americanos – David Rasche, Erica Gimpel e Frank Grillo - tiveram grande contribuição na construção dos personagens de “Olhos Azuis”. “Criticavam muito o texto”. Isto deu bastante veracidade às situações do filme. Durante as filmagens, o diretor fazia uma mesa redonda com todos os atores. O filme foi todo feito no Brasil, com uma reprodução o mais fiel possível da sala do aeroporto JFK, onde os imigrantes são interrogados. Sobre o imigrante brasileiro nos Estados Unidos, Joffily disse que existem tanto pressões quanto condições favoráveis para a permanência dele no país. “Ele sabe que anda na rua muitas vezes, em algumas cidades, e é identificado como o antagonista, como alguém não desejável. Por outro lado tenho certeza que o imigrante aí convive com a experiênca muito boa de levar uma vida normal, no país que escolheu para viver. Certamente não é só sofrimento, só chateação, preconceito”. O cineasta tem curiosidade de saber a reação das pessoas, ao ver o filme. No Festival Brasileiro de Cinema de Paris, David Rasche e Irandhir Santos dividiram o prêmio de Melhor Atuação Masculina. Nos Estados Unidos, “Olhos Azuis” foi exibido no festival de Berkshire (NY) e no Cine Fest Petrobras Brasil-NY. O filme percorre ainda Miami, Vancouver e Toronto (Canadá), Israel e Londres. A crítica e o público brasileiros aplaudiram o filme. Atualmente Joffily está adaptando a peça “Mão na Luva”, de Oduvaldo Vianna Filho. A direção é em conjunto com Roberto Bontempo e as filmagens serão em Belo Horizonte (MG).

Perdeu alguma edição do Comunidade News? Não tem problema. Acesse

www.comunidadenews.com 24 horas por dia, na tela do seu computador


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 25


Página 26|de 15 a 21 de junho de 2010| Edição 337

Comunidade News


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 27

Local

Brasileiro ganha causa trabalhista em Connecticut M

Empregador, que também era brasileiro, não possuía seguros.

ais um brasileiro ganha uma causa. Depois de machucar o olho no local de trabalho, Manuel Pinto processou a CNM Construction, de propriedade de Cleidson Nogueira. O empregador deverá pagar os benefícios e despesas médicas de Manuel Pinto. O acidente com o brasileiro aconteceu na manhã de 30 de outubro de 2007. O olho direito de Manuel foi ferido por um grampo, enquanto ele desmanchava a parede de uma casa em Milford (CT). Segundo o brasileiro, Nogueira não estava no local do momento do acidente. Ele foi levado ao Hospital de Danbury pelos colegas Gilson e Paulo. De acordo com Manuel, o dono da casa viu o acidente, e teria simulado uma ligação para a ambulância de Milford. “Meu olho estava doendo muito”, disse Manuel, que ficou um total de cinco horas na mesa de cirurgia. O grampo atingiu a córnea e o brasileiro necessita de outra cirurgia. “Tenho dificuldade para dirigir à noite”. Sem condições de trabalhar, Manuel ficou parado cerca de oito meses. “Escorria água do meu olho 24 horas por dia”. Ajudado pelo irmão, o brasileiro voltou ao trabalho depois de 10 meses. Segundo Manuel, ele contatou Nogueira duas semanas após o acidente, mas o patrão alegava que não podia pagá-lo. O imigrante disse também que nunca foi procurado pelo patrão. “Justamente por isso que levei meu caso à justiça”. Manuel, que já foi dono de uma companhia de landscaping, pagou um funcionário

Justiça

O

acidentado. “Levava o dinheiro para ele toda semana”. Com uma proteção no olho, o brasileiro tem medo de realizar qualquer trabalho onde precise fazer cortes. Separado, Manuel é pai de quatro filhos. Disposto a lutar pelos direitos, o brasileiro procurou o advogado Tom Wolff. Segundo Manuel, de duas a três audiências no Workers’ Compensation foram realizadas sem a presença de Nogueira. Ainda de acordo com Manuel, o ex-patrão foi à quarta audiência, quando Nogueira foi informado de que teria direito a um advogado. Desde a abertura do processo, foram realizadas sete audiências. A primeira ocorreu em 2008. A audiência final aconteceu há cerca de dois meses. Segundo Manuel, a indenização a que ele tem direito seria equivalente a cerca de dois anos e meio, mais o tempo que ficou parado, e cobriria ainda a segunda cirurgia. Na audiência final, uma testemunha provou que Manuel tinha trabalhado para Nogueira. Segundo o processo, o contratante mentiu ao dizer que não havia tido contato com Manuel, antes do acidente. Alertando os brasileiros Com a causa ganha, o brasileiro espera agora alertar outros brasileiros. Antes do acidente, Manuel e Nogueira eram amigos. “Do meu ponto de vista ele foi injusto comigo. Eu trabalhava para ele”. Natural de São Félix de Minas, Manuel está no país a pouco mais de nove anos. Mesmo indocumentado, nunca teve medo de procurar

Arquivo pessoal

Manuel Pinto sofreu um acidente no trabalho, mas patrão se recusou a arcar com despesas. os direitos. “Não importa se o trabalhador é imigrante ou ilegal. Acho que a partir do momento em que ele é trabalhador e se acidenta, não importa o status. Acho que ele tem que procurar a justiça. Aconselho qualquer pessoa a procurar seus direitos. Acredito na justiça”. Segundo o advogado Tom Wolff, o processo é também contra a Ugly Duck Home Buyers, a qual comprou a casa em Milford para renovação, contra a American Home and Floor Services, contratista geral que nunca terminou a renovação, e contra duas seguradoras. De acordo com Wolff, No-

gueira negou que Manuel tivesse trabalhado para ele na obra de uma igreja em New Jersey, mas uma testemunha confirmou o fato através de fotos. “Penso que o comissário não acreditou na testemunha do Nogueira”, disse Tom. Conforme o advogado, a última audiência decidiu que Nogueira deve pagar todos os benefícios para Manuel, segundo a lei de compensação, inclusive as despesas médicas futuras da cirugia. Mesmo o cliente não tendo recebido nada até o momento, o advogado considera o caso uma vitória. “Graças a Deus nestes casos temos um fundo que garante os pagamentos”. Para Tom, Manuel só queria justiça. “Quando soube do caso queria ajudar, foi um acidente muito sério”. O advogado disse que os imigrantes indocumentados tem direito a processar. “A lei não seria efetiva se tivessem exceções para pessoas sem documentos. Os patrões poderiam se aproveitar destas pessoas”. Segundo Wolff, os advogados da outra parte tentaram confundir Manuel, e questionaram o fato do brasileiro ser indocumentado. “O Tribunal Superior de Connecticut já decidiu este assunto há mais de sete anos. Uma coisa não tem nada a ver com a outra, se a pessoa tem permissão para trabalhar ou não, para receber benefícios de compensação”. O advogado aconselha que os patrões tenham seguro de compensação de trabalho. “Assim se evita muitos problemas e demoras em receber os benefícios”.

Justiça dá ganho de causa a franqueados de empresas de limpeza Franqueados de Massachusetts agora são protegidos por lei trabalhista

número crescente de denúncias contra franquias de limpeza, nos últimos cinco anos, levou a uma importante resolução. No mês passado, William Young, juiz da Corte Federal dos Estados Unidos em Boston (MA), determinou que franqueados estão protegidos pelas leis trabalhistas de Massachusetts. Trata-se de uma importante conquista para os trabalhadores imigrantes. Um caso bastante conhecido foi a batalha judicial de dez brasileiros contra franquias de limpeza, entre elas a Coverall, no ano de 2005. Segundo os documentos apresentados, os franqueados perdiam os clientes por motivos infundados, depois de quitarem a dívida com as companhias, as quais faziam deduções extremamente altas. A Casa do Trabalhador recebe muitas queixas de imigrantes neste sentido. Segundo o diretor, Diego Low, a lei trabalhista de Massachusetts diz que o pagamento deve ser feito em sete a oito dias. O período de pagamento, ainda segundo Diego, não po-

Site da empresa Coverall, envolvida no processo. de ser ultrapassar 15 dias. “Você não pode nas e não são traduzidos para o português. ficar meses sem receber por um trabalho “As pessoas não sabem que estão assinando que está fazendo, o que acontece com es- um contrato que diz que a companhia não tas franquias”, disse ele. será processada por elas”. Ainda conforme Diego, a violação deste direito pode gerar uma multa de até o triImigrantes viraram o alvo predileto plo do valor que o trabalhador tem direiO alvo destas empresas são os trabalhato a receber. Os contratos das franquias de dores imigrantes. Uma das vítimas foi a bralimpeza, de acordo com o diretor da Casa sileira B.C., de 76 anos de idade. Depois de do Trabalhador, tem normalmente 20 pági- receber da companhia uma avaliação que

mostrava a insatisfação de um cliente, a mulher perdeu os serviços de limpeza de um cinema. O gerente disse que a assinatura dele foi falsificada e afirmou que não preencheu o formulário. O site complaintsboard.com, que recebe queixas de diversos consumidores, contém reclamações contra a Coverall Cleaning Concept, também conhecida como Coverall Health-Based Cleaning System. Uma das queixas, postada em 2009, mostrava o arrependimento do franqueado de San Mateo (CA). Segundo ele, as constantes ligações para o escritório da empresa, em busca do pagamento, não estavam dando resultado. Diego declarou que a decisão do juiz Young já é uma grande vitória. “Há muitos imigrantes afetados”. Segundo ele, estes casos viraram rotina na indústria de franquias. “E por isso é importante que os franqueados da Coverall e de outras empresas entrem em contato conosco. Precisamos mudar esse sistema que comete tantos abusos contra a comunidade imigrante”.


Comunidade News

Página 28 |de 15 a 21 de junho de 2010 | Edição 337

Local

Estudantes ganham direito a usar cores do Brasil em formatura

Os estudantes puderam usar echarpes com a cor da bandeira do Brasil na formatura de segundo grau em Martha Vineyard, MA

U

ma decisão inédita em Martha Vineyard (MA) permitiu que estudantes brasileiros usassem echarpes (cachecol) com a cor da bandeira do Brasil na formatura de segundo grau, ocorrida no domingo (13). Mesmo correndo o risco de punição disciplinar, Andora Aquino e Fillipi Gomes estavam dispostos a pagar o preço, junto com outros brasileiros. De acordo com o Vineyard Gazette, a controvérsia aconteceu na Martha’s Vineyard Regional High School. O diretor, Stephen Nixon, chegou a declarar que uma eventual desobediência deixaria os estudantes sem diploma. “Minha ligação nesta cerimônia é com os outros 157 alunos, não com os 10 que vão fazer da maneira deles. Se alguém desobedecer as normas da política de graduação, não receberá o diploma”, disse Nixon, sobre os brasileiros que queriam usar as echarpes personalizadas. A declaração do diretor foi feita na noite em que o comitê da escola decidiu pelo uso das echarpes. A polêmica teve início quando os brasileiros pediram permissão para usar o acessório na formatura. A negativa do diretor Nixon não impediu Andora e Fillipi de manter a decisão. Como argumento, os dois disseram que estudantes em formaturas anteriores utilizaram acessórios semelhantes, portanto o direito teria que ser dado também aos brasileiros. A decisão favorável do comitê teve a participação de Robert Tankard. “Estamos causando mais problema do que deveríamos. Deixei-os ir e colocar em volta

Amistoso

O

do pescoço”, disse ele, que ainda questionou se o uso do acessório acabaria com o desempenho escolar dos estudantes. Vitória brasileira Roxanne Ackerman, outro membro do comitê, gostou da iniciativa dos estudantes. “Se eles querem vestir aquelas cores, adoraria saber quem estava feliz por vêlos se formar na Martha’s Vineyard Regional High School, sabendo o quanto longe foram”, disse ela. Para o imigrante inglês Leslie Baynes, os estudantes brasileiros estavam celebrando a cultura deles, e não precisavam mais esconder os países de origem, como acontecia anteriormente nos Estados Unidos. Mesmo derrotada, a diretoria da escola não concorda com a decisão do comitê. “Acho que precisamos nos dar conta do que estamos fazendo. Se um grupo Nazista aparece amanhã, gostando ou não seríamos pressionados legalmente para não deixá-los usar uma tira no braço. Uma vez que você abre a porta, ela fica aberta. É minha única preocupação”, disse o Superintendente, Dr. James H. Weiss. A presidente do comitê, Priscilla Sylvia, também se preocupa com possíveis reações negativas da comunidade, a qual se dividiu quanto à polêmica questão. Mas para o inglês Baynes, ameaças não deveriam intimidar o comitê escolar. Laurie Halt, assistente do superintendente, contou que usou um acessório floral na formatura, em 1981, feito pela mãe dela. “Significou muito para mim. É a graduação deles e penso que é muito importante que as vozes deles sejam co-

letivamente ouvidas”, afirmou ela. A votação teve cinco votos a três. Com a aprovação, os estudantes brasileiros não seriam suspensos por dois dias. Num discurso depois da votação, Alex Parker lembrou que o uso de echarpes diferentes celebra a unidade

das classes. “Nossos estudantes brasileiros estão orgulhosos, trabalham duro, são brilhantes e estão aqui para ficar. Portanto, está na hora de nós, como uma comunidade, dar a eles o respeito que merecem”, disse ele, recém formado pela Emory University.

Cruzeiro joga nesta sexta-feira em New Jersey Depois de enfrentar o New England Revolution em MA, o Cruzeiro joga contra o New York Red Bulls em New Jersey

Cruzeiro de Belo Horizonte está nos Estados Unidos. O time mineiro desembarcou na quintafeira (10) e já disputou uma partida no último final de semana. Agora, os jogadores se preparam para enfrentar o New York Red Bulls. O primeiro jogo do clube brasileiro aconteceu no domingo (13) em Massachusetts. O adversário foi o New England Revolution. A partida contra o New York Red Bulls acontece na sexta-feira (18) na Red Bull Arena em Harrison (NJ). Horas antes do embarque para os EUA, alguns jogadores falaram sobre os dois amistosos. Para o atacante Wellington Paulista, as duas partidas significam crescimento e aumento de confiança para o time. “É uma excursão para a gente trabalhar, treinar um pouquinho nos EUA, onde teremos dois jogos. Então vai ser importante para a gente descontrair e esquecer o Brasileiro, para voltar bem depois”, disse ele. Os outros atacantes da Toca da Rapo-

sa que vieram ao país são Thiago Ribeiro, Eliandro, Robert e Kieza. O goleiro Rafael, que substitui Fábio, acredita que a oportunidade de jogar nos Estados Unidos é sinônimo de mostrar o potencial da equipe. “O Cruzeiro, hoje, é um dos melhores times do mundo. Vamos aproveitar a viagem para voltar bem para a segunda etapa do Brasileirão. Além do mais, venho buscando uma chance como essa há dois anos e meio. Agora é o momento de evoluir, mostrar meu potencial e ganhar ritmo de jogo”, disse. Cirurgias e vistos Fábio foi operado no dia do embarque do Cruzeiro aos Estados Unidos. O goleiro teve o apêndice retirado e sua recuperação deve levar cerca de quatro semanas. O Cruzeiro trouxe ainda os meias Roger e Pedro Ken e os volantes Henrique, Eber, Fabinho, Marquinhos Paraná, Fabrício e Elicarlos. O time brasileiro conta ainda com os laterais Hyago, Diego Renan e Jonathan

e com os zagueiros Gil e Cláudio Caçapa. Nem bem aterrissou nos Estados Unidos, o time da maior torcida de Minas Gerais enfrentou treinos táticos e físicos. A previsão de embarque do técnico Cuca e da comissão técnica era no sábado (12), mas eles aguardavam pelo visto no Rio de Janeiro. A comissão técnica do Cruzeiro compreende o preparador físico Róbson Gomes e os auxiliares Eudes Pedro dos Santos e Cuquinha. Os zagueiros Leonardo Silva e Thiago Heleno também ficaram de fora das partidas contra o New England Revolution e o New York Red Bulls. Exames feitos em função de uma lesão no ligamento do joelho direito detectaram a necessidade de uma cirurgia em Leonardo. O zagueiro deve levar até oito semanas para a total recuperação. Com dores no abdômen, Thiago precisou de uma correção na hérnia inguinal. Assim como Fábio, o atleta deve se recuperar em quatro semanas.


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 29

Itinerante

Consulado estuda demanda de público para manter itinerante em Danbury

O

consulado itinerante realizado mensalmente em Danbury (CT) não deve terminar. A notícia de que o último dia das atividades teria sido na quinta-feira (10) não foi confirmada pelo Consulado-Geral do Brasil em Nova Iorque. Brasileiros que ouviram falar do término do itinerante na cidade ficaram preocupados com a informação. A mesma notícia circulou entre a comunidade brasileira em dezembro último. A razão seria a abertura do Consulado-Geral do Brasil em Hartford, o qual é responsável pela jurisdição de Connecticut. Segundo o Vice-cônsul Roberto Ivens, o consulado brasileiro de Nova Iorque está aguardando autorização de Brasília para finalizar o itinerante. “Não fui informado sobre previsão de término oficial. Quanto tiver, o consulado vai entrar em contato com a comunidade”, disse ele. Ainda segundo o vice-cônsul, o Consulado-Geral do Brasil em Nova Iorque está em contato com o Consulado-Geral do Brasil em Hartford. Denise Eluel, atendente do consulado brasileiro em Hartford, esteve no itinerante de Danbury exatamente para levantar a necessidade da demanda do serviço. Na opinião de Denise, ainda há bastante público. “Vou levar para o meu superior o número de atendimentos feitos e ele vai analisar”, disse ela, que considera o número de pessoas o suficiente para manter o consulado itinerante. Segundo a atendente do consulado, o serviço continuará acontecendo uma vez por mês. Roberto Ivens ressaltou que é uma obrigação do governo brasileiro prestar auxílio às comunidades brasileiras. Segundo ele, o Ministério das Relações Exteriores (MRE) está a par do assunto referente ao consulado itinerante. “O fato do consulado (itinerante) parar é por causa da mudança de jurisdição”. O vice-cônsul acredita que a diminuição de público no itinerante de Danbury seja em função da abertura do consulado em Hartford.

Consulado não confirma fim do itinerante em Danbury

Brasileiros comparecem ao consulado itinerante na Comunidade Católica de Danbury. Muitos pedem para que as atividades não sejam encerradas devido a dificuldade em locomoção para outras cidades. Comunidade pede que o itinerante fique Mesmo sem a confirmação oficial, alguns brasileiros já começam a sentir a falta dos serviços. “Para nós é muito ruim. Para ir em Nova Iorque gastamos muito”, disse Helena Cardoso Magalhães. A brasileira espera que Hartford continue o serviço. “É bom aqui. Posso deixar minha criança em casa”. A notícia do possível fim do itinerante também desagradou Valquíria Silva. “É uma grande tristeza”, disse a brasileira. Juliana Lima pede a continuidade do serviço. “No meu caso, trouxe ‘meu

Leia no seu computador www.comunidadenews.com Acesse o website do Comunidade News Matérias, vídeos, colunistas, Álbum de fotos e muito mais www.comunidadenews.com

trabalho’ para cá”, disse ela, que precisou levar junto a criança da qual toma conta. Para Cláudia Vitoriano, é necessário que o itinerante continue. “Nós brasileiros precisamos dele”. O eventual final do consulado itinerante em Danbury significaria fazer uma viagem de uma hora até Hartford. Muitos brasileiros não possuem carteira de motorista. O serviço facilita muito a vida da comunidade brasileira, a qual tem um número bastante significativo não só em Danbury mas também em Bridgeport e Waterbury. Na opinião de Maria da Graça Ata-

íde, o itinerante é uma forma bastante viável de manter os documentos em dia. “Há pessoas que não podem dirigir. Tem mães que tem bebês. Acho que será um prejuízo para a comunidade”, disse a brasileira. Acabar com o itinerante é péssimo para Jaqueline Dantas. “Eu pelo menos não dirijo”, disse. Voluntária no itinerante de Danbury há seis anos, Luzia Campos se preocupa com a comunidade brasileira. “Acho que aqui é mais acessível para as pessoas. Acho que seria muito bom eles continuarem vindo a Danbury”.

NOVO ENDEREÇO The Immigration Law Office of Brian E. Cotter mudou do endereço 70 West St. - Danbury, CT

O novo endereço é: 34 Mill Plain Rd. Danbury, CT (em frente ao 7 Eleven) Aberto às quintas-feiras de 3h30 pm às 6 pm Fone: (203) 730-0361 Fax: (203) 348-9276


Comunidade News

Página 30 |de 15 a 21 de junho de 2010 | Edição 337

Imigração

Imigração propõe aumento de taxas e desagrada imigrantes O

Site da Imigração abre espaço para opinião sobre o aumento das taxas

Serviço de Imigração e Cidadania Americano (USCIS, em inglês) está propondo o aumento das taxas de serviço. As novas taxas foram publicadas no site oficial do USCIS, (www.uscis.gov) na semana passada, e o público terá direito a opinar a respeito do aumento proposto. De acordo com o USCIS, o aumento proposto é de 10%. O único serviço que não terá as taxas aumentadas é o de naturalização. De acordo com o diretor do USCIS, Alejandro Mayorkas, o aumento é necessário. O USCIS é 90% financiado pelas taxas, e a baixa de aplicações nos últimos dois anos resultou num déficit orçamentário de cerca de $200 milhões para o próximo ano fiscal, segundo Mayorkas. A notícia não agradou nem um pouco os imigrantes brasileiros que estão em processo de legalização. “Acharia justo se aumentassem as taxas, mas se resolvessem minha situação”, desabafou Antônio Viegas. Em processo de legalização desde o ano de 2001, o brasileiro não entende porque os serviços não são mais ágeis. “Aumenta e não anda”. Sônia só tem uma definição quanto ao trabalho do USCIS. “O serviço está péssimo”. E ainda questionou. “Querem aumentar a taxa para quê?”. Na opinião dela, o aumento faria sentido se aumentasse também o quadro de pessoal. Com a proposta, quem quiser aplicar para o green card terá que pagar $985. O valor anterior para o documento mais cobiçado pelos imigrantes era de $930. A autoriza-

ção para trabalho, que atualmente custa $340, passaria para $380. O valor proposto para a coleta de dados biométricos, incluídas as impressões digitais, é de $85. Antes do anúncio do USCIS, o valor era de $80. Para o advogado de imigração Brian Cotter, uma boa forma de recolher o dinheiro para o USCIS seria aprovando a reforma imigratória. Se, por exemplo, cada imigrante pagasse a quantia de $5,000 de multa, conforme proposto pelo Congresso Americano, a diferença seria grande. “Isto sustentaria de forma considerável as atividades do USCIS”, disse ele. Ainda segundo Brian, as pessoas indocumentadas iam querer se beneficiar da lei de imigração, e o pagamento das multas estimularia a economia. O advogado concorda com os brasileiros, quando dizem que o sistema de imigração não está funcionando. “Acho que todos tem a mesma opinião”. Para Brian, é injusto os processos de legalização levarem tanto tempo para serem aprovados.

Promessa cumprida A única taxa que não sofrerá aumento é a necessária para se tornar cidadão americano. O último aumento, que estipulou o valor de $595, aconteceu em julho de 2007. À época, o USCIS viu com prazer muitos imigrantes correrem para solicitar a cidadania antes do aumento. Depois que o valor subiu, o número de aplicações baixou consideravelmente. Defensores dos imigrantes colocaram a culpa do baixo número de aplicações para cidadania no aumento da taxa. Fred Tsao, diretor de política do Illinois Coalition for Immigration and Refugee Rights em Chicago, fica feliz ao ver que o Presidente Obama está cumprindo a promessa feita durante a campanha eleitoral, em manter o mesmo valor das taxas de naturalização. A nova proposta reduz de $455 para $340 a taxa para noivos ou noivas estrangeiros que queiram se casar com cidadãos americanos. O imigrante com status temporário que quiser se tornar residente permanente também pagará menos. De $1,370, a taxa baixa para $1,020. Os estrangeiros que quiserem investir $500,000 ou mais em negócios ou criar empregos no país também terão que pagar mais caro. Para estes casos, a taxa proposta é de $6,230. De acordo com Alejandro Mayorkas, o período aberto ao público para comentários é de 45 dias. As novas taxas devem entrar em vigor antes do dia 1° de outubro.

Imigrantes fazem greve de fome para pedir reforma imigratória

D

ezenas de imigrantes passaram 72 horas sem comer. O objetivo da greve de fome foi chamar a atenção do governo Obama para a necessidade da reforma imigratória. Cansados da condição de indocumentado nos Estados Unidos, alguns dos imigrantes já se preparam para voltar para casa. De acordo com matéria do New America Media, o protesto foi feito no basement da Judson Memorial Church, próxima ao Washington Square Park. As mais de 40 pessoas – trabalhadores, estudantes e adolescentes – se juntaram a imigrantes de outros estados americanos, pedindo uma reforma imigratória. A greve de fome terminou no sábado (5). Apesar da aparência fraca, típica das pessoas que não se alimentam, Danilo Gonzalez, 58, mostrou determinação. “Há muitas razões importantes para eu fazer isto. A principal é que estou cansado de sentar e esperar por nada. Algo precisa ser feito”, disse o imigrante, através de um intérprete. Corajoso, revelou que pagou um coiote para chegar aos Estados Unidos, depois de ter o visto negado. Gonzalez não esqueceu de cobrar de Obama as promessas feitas aos imigrantes, bem como às mães dos soldados americanos, quando disse que tiraria as tropas do Iraque. No dia 1° de março, milhares de imigrantes também cobra-

Protesto aconteceu em várias partes do país

Danilo Gonzales ficou 3 dias sem comer para pedir a reforma imigratória ram do presidente americano uma reforDesistindo do Sonho Americano ma imigratória, durante a marcha em WaTambém lutando pela reforma imigrashington D.C. tória estava José Quizhpilema, 37. Depois A esposa e os seis filhos de Gonzalez de um mês de travessia, conseguiu chegar vivem na Guatemala. Ele mora no Queens aos Estados Unidos. “Deixei minha espocom dois brasileiros e trabalha atualmen- sa e quatro filhos pequenos no Equador te como day laborer. Por isso, não manda porque pensei que poderia trabalhar aqui dinheiro para casa há duas semanas. Em e dar a eles um bom futuro um dia”, disse épocas de vacas gordas, conseguia man- José. Desgostoso, prefere voltar para o país dar até $800 por semana para a família. de origem e viver na pobreza do que amarO valor baixa para $100 quando não há gar mais tempo sem esperança de docutrabalho. mentos legais.

“Meus filhos estão pequenos. Precisam de mim. Aqui está ficando cada vez mais difícil. Não há nada mais importante para mim do que minha família”. Ao invés de estudar para um teste, Oscar Chico protestava com os outros imigrantes. “Estou passando fome por um Sonho”, dizia o cartaz feito pelo imigrante. Assim como muitos jovens imigrantes, o mexicano sonha com um diploma universitário. “Meu sonho é ir para a Universidade de Columbia ou Parsons um dia. Mas por agora, luto pelo DREAM Act, pois assim posso ir para a faculdade sem problemas”, disse. Se aprovada, a lei chamada Dream Act permitiria que estudantes indocumentados conseguissem a residência permanente. Um dos requisitos é ter chegado aos Estados Unidos antes dos 16 anos e ter completado o segundo grau no país. Aos 15 anos e acompanhado da mãe e do irmão, Oscar atravessou a fronteira para encontrar com o pai, trabalhador de uma pizzaria em Nova Iorque. Três imigrantes e o mesmo ideal de milhões de indocumentados: a legalização. Para Danilo, a luta vale a pena. “Voltarei para a Guatemala. Minha família me aguarda. Mas gostaria de ver os frutos de minha luta pela reforma imigratória. Fui humilhado, abusado e explorado muitas vezes, e não quero que esta experiência se repita entre outros imigrantes que tem a intenção de ficar”.


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 31

Imigração

Imigrantes hispânicos deixam Arizona Com ou sem documentos, eles foram atemorizados pela lei de imigração

O

s hispânicos que moram no Arizona não querem esperar para ver a dura lei de imigração entrar em vigor. Nada melhor que as escolas e os comércios para constatar que os imigrantes, com ou sem documentos, querem sair do estado. É mais um sinal de mudança provocada pela medida assinada pela governadora Jan Brewer. De acordo com matéria do USA TODAY, o êxodo dos hispânicos, que ocorre sete semanas antes da SB 1070 ser posta em prática, está sendo assistido pelas autoridades estaduais e pelos moradores do Arizona. Segundo Jeffrey Smith, Superintendente do Distrito Escolar, 70 estudantes foram retirados da Balsz Elementary School pelos pais, no espaço de um mês após a assinatura da lei. A escola tinha 75% de hispânicos entre os alunos. “Eles estão indo para outro estado onde se sintam mais acolhidos”, disse Smith. Cansada de não ver atitude por parte do governo federal, a republicana Jan Brewer assinou a SB 1070 em 23 de abril. Segundo a lei, a polícia tem o direito de questionar o status imigratório de toda e qualquer pessoa que for parada ou presa, se houver uma ‘suspeita razoável’ de que ela está indocumentada no país. A SB 1070 entra em vigor no dia 29 de julho. É a segunda vez que o Arizona presencia um grande êxodo de imigrantes. Segundo o Departamento de Segurança Interna (DHS, em inglês), cerca de 100.000 imigrantes indocumentados saíram do estado depois que uma lei aumentava as penalidades para empresas que contratassem imigrantes indocumentados. Com a lei assinada por Brewer, os comércios voltados para a população hispânica já sentem as consequências. Segundo David Castillo, co-fundador da Associação Latina do Arizona, os imigrantes indocumentados estariam economizando por conta de uma possível mudança de

estado. “(Brewer) assinou a lei, tudo ruiu. É devastador”, disse. Os quase 400 comerciantes membros da Associação Latina são da primeira geração de hispânicos. Morte no comércio, missão cumprida para o estado “Meu comércio está completamente morto”, disse Jorge Vargas, dono de um comércio de ar condicionados que planeja mudar para Nova Iorque. Reunido com dezenas de parentes na casa do irmão em Fênix, Juan Carlos Cruz decidia com a família se a mudança seria para a Califórnia ou a Virgínia. “Se eu fosse sozinho, tentaria ficar. Mas tenho família, e preciso encontrar um lugar onde possamos viver com mais liberdade. Está ficando muito difícil”, disse o imigrante indocumentado, que planeja ir embora no dia 4 de julho, data da Independência dos Estados Unidos. O porta-voz da governadora do Arizona, Paul Senseman, declarou que não sabe quantas pessoas estão indo embora por causa da SB 1070, mas que já ouviu falar de pessoas que estão saindo do estado. “Se isto significa que menos pessoas estão violando a lei, é absolutamente o dever cumprido”, disse Senseman. A dura lei de imigração do Arizona conseguiu acabar com o sonho da brasileira. Há pouco mais de uma semana, Camila Novaes Silva, 18, embarcou para o Brasil, deixando para trás o sonho de estudar em Harvard (MA) e convites de outras universidades. Outra brasileira está se sentindo prisioneira por conta da SB 1070. Rosiliane Diaz, 32, sai de casa para trabalhar somente duas vezes por semana e parou de ir às lojas. Casada e mãe de uma menina de 2 anos de idade, teme que algo aconteça a ela e ao marido, um uruguaio que já tem residência permanente. Ao contrário dos hispânicos, o casal não pensa em mudar para outros estados.

Religiosos vão a Washington pedir pela reforma imigratória

N

Preceitos bíblicos foram usados para pedir a aprovação da lei

a quarta-feira (9), líderes conservadores evangélicos estiveram em Washington para pedir uma reforma imigratória. Ao contrário de políticos também conservadores, os religiosos enxergam a questão com outros olhos, baseando-se nos preceitos da Bíblia Sagrada. Segundo matéria veiculada na CNN, para os legisladores que se opõem a uma nova lei de imigração, o caminho para a legalização dos milhões de imigrantes indocumentados significa ‘anistia’. Mas para os religiosos que foram pressionar a Casa Branca, a reforma imigratória é muito mais do que isso. “A comunidade imigrante é uma parte significativa de nossas igrejas e denominações, então temos uma conexão muito próxima e um grande interesse”, disse o presidente do grupo National Evangelical Association, Leith Anderson. Segundo ele, a base toda está nos ensinamentos bíblicos e na forma de tratar as pessoas, especialmente aquelas que são estrangeiras. No ano passado, o grupo presidido por Anderson utilizou nomes como Abraão, José, Naomi, Maria e Jesus para formular um documento em favor da reforma imigratória. Segundo a associação, os nomes revelam as mãos de Deus, no tocante ao movimento das pessoas, e representam Deus e a fé nos momen-

membros da igreja são originários de 92 países. “O aborto, os direitos dos gays, guerra e paz nos dividem, mas a reforma imigratória nos une”, disse Nathan.

Bispos se reúnem em Washington com políticos para pedir a aprovação de uma reforma imigratória. tos difíceis. Para a Vienyard Church em Columbus (OH), a questão afeta a congregação inteira. Segundo o pastor senior Rich Nathan, vários dos 8.500

Tratando a questão como deve ser De acordo com o diretor do Liberty Center for Law and Policy da Liberty University de Falls Church (VA), todos os grupos que foram a Washington são a favor de mais segurança nas fronteiras e de uma política imigratória justa. Os religiosos falaram com repórteres e apoiadores da reforma imigratória no Capitol Visitors Center. Depois, estiveram com a porta-voz da Casa Branca, Nancy Pelosi, no Capitólio, e com a conselheira presidencial Valerie Jarrett na Casa Branca. Líder da Souther Baptist Convention, Richard Land espera que a controversa questão se resolva o mais cedo possível. Segundo Land, é preciso uma boa vontade nacional para aprovar a lei de imigração. “Não é física nuclear”, disse ele, referindo-se à forma como muitas vezes a questão é tratada no país. O Reverendo Sam Rodriguez Júnior, presidente do National Hispanic Christian Leadership Conference, pede que os líderes conservadores repensem suas posições.


Comunidade News

Página 32|de 15 a 21 de junho de 2010| Edição 337

Tempo Real

By: Arilda Costa

europeanart33@hotmail.com

A

Bridgeport e Fairfield

Aniversário da Lilian Small

conteceu na última quinta-feira, dia 10 de junho, no clube “Kiss and Fly”, em Manhattan, a festa de aniversário da belíssima Lilian Small. A festa foi organizada pelo comitê jovem da Brazil Foundation com a intenção de angariar fundos para projetos sociais no Brasil. O evento contou com a apresentação de capoeira do grupo Nagô, de Nova York. Estiveram presentes diversas pessoas interessantes e bacanas, que também fazem parte da organização da Brazil Foundation. Entre estas pessoas, Patrícia Lobaccaro, Mariana Castro, Carolina Bittencourt, Luciana Curtis, Cristina Cavalcanti, Fabiana Saba, Pedro Andrade, Helio Campos, Jennifer Carvalho, Marcus Vinicious, Sérgio Esteves, Fernando Tormenta e

Marcus Magarian. Em um ambiente alegre e descontraído com muita música boa, “open bar” aos convidados, a festa foi um grande sucesso. A Brazil Foundation tem sede em Nova York e a organização foi criada com a intenção de gerar recursos nos Estados Unidos para projetos que benificiam milhares de pessoas carentes no Brasil. Falei com a Lilian sobre a idéia da festa e ela confirmou, muito feliz, que eles conseguiram alcançar a meta de vender todos os ingressos. Parabéns à Lilian, pela idéia generosa de fazer da sua festa um evento de beneficência em prol de eventos assistenciais no Brasil. Meu abraço e obrigado pelo convite.

A super simpática e linda Mariana com uma amiga no Club Kiss and Fly em Manhattan.

Lilian, da Brazil Foundation, posando com os amigos.

Patricia Lobaccaro também prestigiou o evento em compania de uma amiga.

Capoeristas do grupo Brasileiro Nago, em NYC, no aniversario da Lilian.


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 33

Social

Fernanda comemorou o recebimento de sua cidadania ao lado do marido Zigomar. Parabéns para conquista. Quem comemorou seu aniversário com a família no último dia 14 foi Alessandra. Parabéns e muitos felicidades.

Parabéns para Fernanda de Bridgeport, CT. Na foto com os dois melhores DJs da cidade.

Rosalina recebendo das mãos do Chefe de Polícia o certificado de conclusão da Academia de Polícia.

Nosso amigo Ronildo se despedi da Comunidade. Ele voltou para o Brasil na última semana deixando muitas saudades.

Proximo sabado grande jogo de futebol, Amigos do Romarinho comtra Os Pagodeiros de Danbury, a festa fica por conta do nosso amigo Romarinho que estara comemorando seu aniversario. Parabens amigo!

Parabens aos amigos Rafa e Tharsila pelos aniversarios dos dois, o do Rafa ja passou, mais o da Tharsila sera na proxima semana.


Comunidade News

Página 34 |de 15 a 21 de junho de 2010 | Edição 337

Esotérico

C

^

omece a semana buscando mais objetividade no contato social e profissional.. Vênus entra em Leão, prometendo abençoar sua vida amorosa. Mais prazer, diversão e encantos estão em sua agenda astral para as próximas semanas, aproveite!

S

_

eu planeta regente Vênus entra hoje em Leão, anunciando um período em que você poderá se dedicar com mais empenho a tudo que traz alegria para sua vida. A começar de seu canto particular; programe festas, eventos e muitos encontros gostosos.

Q

`

ue tal começar a estudar algo novo, de verdade, a partir de agora? Tudo a ver: além de animação e empolgação, você também vai se divertir mais e melhor. Línguas, literatura, artes e expressão pessoal são necessárias para que se sinta bem agora.

V

a

ale algumas semanas: Vênus entra em Leão, e as cores fortes que coloca no seu talento persuasivo são incríveis. Além de artista na vida, você será aplaudido por seus dotes e talentos. Melhoria financeira poderá acontecer. Capriche na aparência.

C

b

uide dos cabelos e do seu porte real: Vênus entra em seu signo arrasando as defesas de quem não sucumbiu a seus encantos. Daqui em diante, você atrairá mais e melhor. Resta fazer escolhas éticas e que dignifiquem sua biografia. Muito amor.

V

c

ênus traz chance de você limpar muitos carmas. Aquele parente que precisa de cuidados e atenção deverá exigir ou requisitar mais de você nos próximos dias, e você será muito afortunado ao fazer o bem, com generosidade e alegria.

S

d

eu planeta regente - Vênus entra no esfuziante e criativo signo de Leão. Desejos imperiosos, literalmente! O amor e a amizade a mais. Popularidade. Livre trânsito em muitas rodas. Circule, exiba desenvoltura, sofisticação e dignidade.

P

Crie altar do amor para energizar novas e antigas paixões

e

ara começar bem mesmo a semana lá vem Vênus culminando no seu céu, promessa de que você se tornará alguém mais magnético, pólo de atração e irradiação de valores, que saberá cutucar muita gente para que façam escolhas mais felizes.

B

f

om para você é programar desde já as próximas férias, as viagens por prazer e para explorar novos cenários. Também ótimo o astral para iniciar-se numa senda espiritual, algo que acenda seu espírito e traga espontaneidade e alegria à sua vida.

L

g

ua em Câncer, Vênus em Leão: parceiros interessantes, mas quem lucra é você, que pode fazer negócios muito produtivos e consistentes nesta semana. Esteja conectado com o ritmo dessas pessoas. Elas multiplicarão suas intenções. Amor em alta.

I

h

nstável a saúde, suscetível a altos e baixos provocados pela mudança de rotina, emoções contraditórias ou falta de apoio. Mas Vênus vem em seu auxílio, porta estandarte do amor. Será mais difícil preservar seu espaço de solidão agora.

A

i

limentos doces podem abalar sua saúde daqui em diante: Vênus em Leão é a tentação da comida gostosa e açucarada que você engole sem pensar em festinhas juninas, por exemplo. Cuidado para não se enrolar com um colega do escritório.

T

oda pessoa que tem uma relação amorosa viveu um romance ou está apaixonada, já sentiu na pele cada uma das fases do PAT. Quem diz que ama está sentindo a cada momento um PAT. Quando alguém deseja um grande amor na vida, está na sintonia do PAT. Neste artigo iremos mostrar técnicas de Feng Shui para atrair boas energias e mais TAP para sua vida afetiva. Se você está com alguém, vamos reforçar o PAT do casal. Se você ainda está só, irá focar suas intenções para atrair um novo romance duradouro, com mais energia no PAT. Afinal, nenhum relacionamento afetivo aguenta sem a energia de um PAT. Descobriu o que um PAT? Exato: Paixão, Amor e Tesão. Três palavras mágicas, três energias supremas numa relação amorosa. Veja abaixo as nossas dicas para atrair mais PAT para as novas e antigas relações: - Tenha sempre nos ambientes da casa, no escritório ou mesa de trabalho, figuras de casais, objetos em pares, figura do coração, alianças, casal de bolo de noivos e foto do casal. - Se você esta só, além dos símbolos anteriores, nada de colocar figuras de uma pessoa sozinha ou fotos que só você aparece. Sempre coloque fotos de você com outras pessoas, família, amigos e parceiros. - Coloque flores naturais vermelhas e brancas pelo ambiente. Flores representam romance. Já o vermelho representa paixão e o branco - ternura. - Faça o altar do amor em algum ponto da casa que você mais fica ou gosta. Neste altar do amor, você irá colocar objetos e símbolos que simbolizam o amor, paixão e romance que deseja. Lembre-se de montar um altar e elevar seus pensamen-

tos a Deus e ao Cosmos, para atrair um amor mais elevado. Energize seu altar do amor colocando: - Quartzo rosa ou quartzo branco; - Granada Vermelha; - Figuras de Casais: sol e lua; dama e o vagabundo; Shrek e Fiona; - Foto de um casal que você acredita que seja super apaixonado; - Flores Vermelhas e/ou brancas; - Santo Antônio casamenteiro; - Cupido do amor; - Casal nu se amando; - Escultura de bocas se beijando; - Coração vermelho ou rosa ou branca; - Pares de velas; - Casal de bolo de noiva; - Par de alianças; - Objetos nas cores do amor: rosa, branco e vermelho; - Quadros com casais; - Par de objetos, ex. par de vasos; O Altar do Amor deve ser montado no canto direito superior do ambiente que escolher. E o canto direito superior em relação à porta de entrada deste cômodo. Se sentir dificuldade em definir este ponto, monte o altar do amor em qualquer ponto do ambiente. O que vale é a intenção de montar o altar com carinho, amor e excitação. Você também pode pôr símbolos de amor no canto direito superior da sua mesa de trabalho. Este ponto na mesa é definido a partir de onde você esta sentado. O mais importante: coloque sempre uma intenção. Se estiver só, a intenção é encontrar um parceiro romântico para viver juntos. Se estiver com alguém, a intenção e fortalecer a União, o Amor e Sexo. Ou seja, um PAT completo.


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 35

Esporte Copa 2010

Pesquisa aponta Brasil como favorito para conquista do título mundial

Vitória esmagadora do Brasil: é o que mostra uma pesquisa realizada pela Ipsos com cidadãos de 24 países que apontou a seleção pentacampeã como a grande favorita para conquistar a Copa do Mundo deste ano. Com 31% dos votos a equipe do técnico Dunga lidera a lista dos mais cotados para levar a taça do Mundial, na frente da Argentina (9%) e da Espanha (8%). Nas posições seguintes aparecem a Alemanha em quarto lugar (7%), seguida pela atual campeã do mundo, Itália (6%). Os pesquisadores ainda avaliaram os palpites para saber qual equipe será vicecampeã na África do Sul. Novamente o Brasil recebeu o maior número de votos (14%), seguido pela Alemanha (11%) e pela Argentina de Maradona (9%). A avaliação foi realizada nos seguintes países: África do Sul, Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, França, Inglaterra, Alemanha, Hungria, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Polônia, Rússia, Arábia Saudita, Coreia do Sul, Espanha, Suécia, Turquia e Estado Unidos. Resta agora aos brasileiros torcer para que os números da pesquisa referente à provável campeã se confirmem na África do Sul e os jogadores voltem ao país exibindo a taça mais cobiçada do futebol.

Sangue brasileiro impulsiona nova geração alemã: Cacau em alta Repare nos nomes dos autores dos gols da Alemanha sobre a Austrália, na goleada de 4 a 0, neste domingo: Lukas Podolski, Miroslav Klose, Thomas Müller e... Cacau. Sim, tem algo diferente aí no meio. E é sangue brasileiro. Claudemir Jerônimo Barreto, 29 anos, há dez no futebol alemão, está em alta na seleção tricampeã mundial. Cacau foi a campo no segundo tempo contra a Austrália. Entrou voando. Em questão de segundos, já fez seu primeiro gol em Copas do Mundo. Sem chances com Dunga, ele aceitou o convite do técnico Joachim Löw para defender a seleção alemã no ano passado. Via alguma possibilidade, mesmo que remota, de disputar o Mundial. E aconteceu. Agora, o jogador vive expectativa maior. Em meio a uma geração talentosa da Alemanha, que mostra ao mundo jovens como Özil e Müller, ele pode até ser campeão mundial.

Um jogo, um frango, uma expulsão, e a Argélia ‘desiste’ de vaga

Há dez anos na Alemanha, Cacau ganhou chance de jogar Copa do Mundo e já fez um gol. - Fazer o gol foi uma alegria muito grande. Fiquei feliz por ter ajudado o time. Nós temos uma qualidade muito grande. Os jogos são difíceis, mas temos nossa força. Temos toda a capacidade para ir

bem – disse o jogador. O jogador ainda é reserva na Alemanha, mas vem crescendo gradativamente na parada. Contra a Austrália, foi cogitado até para começar o jogo ao lado de Klose. Ele é homem da confiança do técnico Joachim Löw. - O Cacau é um jogador de estilo diferente, comparado com Klose e com os outros atacantes que temos. De repente, ele muda e ataca com força, com agilidade. Desse ponto de partida, é um jogador muito importante. Ele está indo muito bem no Stuttgart, seu clube – afirmou o treinador. Cacau chegou à Alemanha com 19 anos para jogar na Quinta Divisão, pelo Türk Gücü, de Munique. Depois, foi para o time B do Nuremberg, pelo qual disputou a Quarta Divisão. Em quatro meses, já estava na equipe principal, e em 2003 foi contratado pelo Stuttgart.

Pelé revela mágoa e ataca: Maradona aceitou seleção para ter um emprego Rei do Futebol responde a provocação do técnico e lembra que, quando argentino precisou de ajuda no passado, sempre o ajudou

Uma rodada e a Argélia sente-se um peixinho fora d’água (e da Copa do Mundo). A equipe não jogou mal contra a Eslovênia, mas as trapalhadas de dois jogadores e a derrota por 1 a 0 no jogo considerado “menos difícil” implodiram as chances de classificação às oitavas de final. A equipe africana está na lanterna do Grupo C e tem pela frente a poderosa Inglaterra e o emergente Estados Unidos, atual vice-campeão da Copa das Confederações. Diante dos obstáculos, o técnico Rabah Saadane ajoelha-se. - Vai ser muito difícil para seguirmos adiante. Nós somos os peixinhos do grupo e vamos aprender quando jogarmos contra a Inglaterra. Vamos entender do que somos capazes e qual é o nosso nível. Essa será a lição da Copa do Mundo para a Argélia – disse. A partida contra o English Team acontece na próxima sexta-feira, na Cidade do Cabo. Expulso infantilmente quando o jogo estava 0 a 0, o atacante Ghezzal está fora. Apesar da falha clamorosa no gol da Eslovênia, o goleiro Chaouchi será mantido.

Nesta segunda-feira, em São Paulo, durante o lançamento de um vídeo promocional no qual é a estrela, Pelé rebateu as críticas feitas por Maradona na última sexta, na África do Sul. O técnico da Argentina disse que o Rei do Futebol não acreditava que o país teria condições de receber a atual Copa do Mundo. Na ocasião, o argentino referiuse a Pelé na seguinte frase: “Quando aconteceu o problema com Togo, um senhor moreno disse por aí que não haveria Copa do Mundo na África do Sul. Hoje estou aqui e posso dizer que amo a África”. O Atleta do Século revidou. - Eu não sei o motivo de ele falar tanto de mim, deve me amar. Não entendo realmente algumas coisas. Quando ele fez o primeiro programa dele na Argentina e precisava de ajuda, fui até Buenos Aires, bati bola com ele e ajudei. Depois tentei dar uma força com comerciais, mas ele chegava atrasado ou não aparecia. De qualquer maneira agradeço a lembrança. O problema é que a imprensa dá muita atenção ao que ele fala - retrucou o brasileiro. Questionado sobre a possibilidade de um dia ser técnico, Pelé disse que não tem essa vontade e voltou a provocar Maradona, alegando que o craque só aceitou o trabalho por necessidade.

Pelé em evento promocional em São Paulo. - Não seria honesto aceitar ser técnico, já que nunca quis, e também não quero sofrer o que o Dunga sofre. O Maradona aceitou a seleção argentina porque precisava de emprego e de dinheiro. Vi que a Argentina se classificou com dificuldade nas eliminatórias. Mas a culpa não é do Maradona, e sim de quem o colocou no cargo - provocou Pelé, referindo-se a Julio Grondona, presidente da Federação Argentina de Futebol (AFA). elé foi o protagonista de um vídeo promocional lançado por uma empresa de telefonia. No filme, ele faz um gol do meio do campo em uma partida entre Brasil e Argentina, no Morumbi, criada especialmente para a propaganda.

Estilo Libertadores do Paraguai segura empate contra atual campeã Itália

A Itália bem que tentou. Dominou a partida, criou chances e pressionou. Mas no fim, não conseguiu superar a garra e o estilo de jogo de Copa Libertadores apresentado pelo Paraguai. Favoritas à conquista da vaga no grupo F, as duas seleções protagonizaram uma partida movimentada e cheia de emoções, mas tiveram que se contentar com o empate por 1 a 1 na Cidade do Cabo. Os atuais campeões fizeram valer o favoritismo ao dominar o adversário guarani durante toda a partida. Ainda assim, a Itália viu o rival sair na frente no fim da primeira etapa movido por um sistema de marcação coeso e de poucas falhas. Alcaraz abriu o placar para a equipe sul-americana, e De Rossi selou a igualdade no segundo tempo.

Apesar de ser a atual campeã, a Itália foi para a África do Sul recheada de críticas da torcida e imprensa do país. A idade dos selecionados e o caráter defensivo da equipe foram os assuntos mais recorrentes antes da estreia. Mas nesta segunda, o técnico Marcello Lippi surpreendeu e deixou o time com três atacantes. Do outro lado, a euforia reinava antes da partida. Jornais paraguaios chegaram a eleger a atual seleção como a melhor das últimas décadas, mesmo sem a presença de Cabañas. As promessas de uma postura ofensiva não viraram realidade. Porém, o time fez aquilo que precisava para não ser superado: apostou na marcação e nos contra-ataques para segurar a Azzurra.


Comunidade News

Página 36|de 15 a 21 de junho de 2010| Edição 337

Classificados aluga-se

ALUGA-SE apartamento de dois quartos em Danbury (CT). Localizado em condomínio, o imóvel tem sala de estar e de jantar, cozinha com lavadora de louça, banheiro e lavanderia. Valor: $1,380 (utilidades incluídas). Disponível a partir de 1° de junho. Tratar pelo telefone (203) 942-8309. ALUGA-SE apartamento por temporada na Barra da Tijuca (RJ). Imóvel de um quarto, todo mobiliado, com telefone e de frente para o mar, estilo apart hotel. Tratar pelo telefone (202) 412-2577. ALUGA-SE apartamento por temporada em Copacabana (RJ). Imóvel de dois quartos, todo mobiliado, com acesso a internet e de frente para o mar. Tratar pelo telefone (202) 412-2577.

serviços

A Simple Card está recrutando vendedores autônomos em todo os EUA. Ganhos em torno de $3,500 mensais de acordo com o desempenho. Necessário ter experiência ou conhecimento na área de vendas. Inscreva-se pelo telefone 1-877-437-1717 ou pelo website www.simplecardusa.com/ representante. AULAS PARTICULARES de inglês e italiano, individuais ou em grupo, área de Bridgeport e Fairfield. Horários e preços flexíveis. Tratar pelo telefone (203) 382-9026. NOTÁRIA PÚBLICA oferece serviços para a comunidade brasileira. Emissão de passaportes, procurações, autorização de viagem, documento escolar, entre outros. Interessados contatar Marinete Cunha pelo telefone (203) 702-3877 ou (203) 798-8706.

Classificados do Comunidade News. a melhor maneira de vender, comprar ou anunciar seus serviços. (203) 748-0123.

GERENTE DE OPERAÇÃO

Empresa líder e que mais cresce no mercado de limpeza comercial e industrial tem uma vaga de trabalho para tempo integral ou meio expediente. É necessário falar inglês. GERENTE DE OPERAÇÃO O candidato tem que saber trabalhar em equipe e ter facilidade de comunicação. Preferível com experiência. Favor enviar resumé para: 888-111-2222 ou ligue para 888-371-0902 para marcar uma entrevista.

100 Tolland Turnpike; Suite 201 Manchester, CT 06042

http://www.HeitsofSouthernNewEngland.com

A academia Studio for Extraordinary Training

está procurando por novos associados e para o Programa de Perda de Peso. Nós oferecemos personal training, aulas diversas e boxe. Mensalidade apenas $199.00 por ano ou $25.00 por mês. Nenhum outro local oferece melhor preço! Para mais informações ligue (203) 947-9853 (Maite Duran). Entre em forma para o verão!

PROCURA-SE PESSOAS PARA OS SEGUINTES CARGOS: Motorista: necessário falar inglês fluente e ter carteira de Connecticut (regular ou tipo CDL A ou B); Ajudante: para trabalhar com mudanças locais. Necessário falar um pouco de inglês. Ligar para (203) 702-3333 e deixar recado com nome e telefone.

JUNK REMOVAL

Compra-se metal, cobre, alumínio. Carros velhos para desmanche. Paga-se o melhor preço do dia. Falar com Cabral (203) 994-7550 ou Léia (203) 942-7834 ALUGUEL NA ÁREA DE DANBURY (CT)

- Apartamento de dois quartos em Danbury. Aquecimento e ar condicionado incluído + cable e garagem. Dois meses de depósito. Valor: $1,200; - Salas para alugar em Bethel a partir de $350 e muitos outros imóveis. OUTROS APARTAMENTOS Interessados ligar para MarinaBlue Realty, falar com Júlio Canto ou Marie Torres no telefone (203) 648-4607 ou (203) 982-4748. Checar o crédito e referências é necessário para aplicações. “Equal housing opportunity”.

Classificados do Comunidade News. a melhor maneira de vender, comprar ou anunciar seus serviços. (203) 748-0123.


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 37


Página 38|de 15 a 21 de junho de 2010| Edição 337

Comunidade News


Comunidade News

Edição 337|de 15 a 21 de junho de 2010|Página 39


Página 40|de 15 a 21 de junho de 2010| Edição 337

Comunidade News


Comunidade News #337