Issuu on Google+

1

Não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão _______________________________________________________________________Por Carlos Coléct

1. Consideração inicial _____________________________________________________________________________________ Gostaria de compartilhar um entendimento a respeito de algo que é muito comum em nossos dias, e que também se mostrou presente na comunidade do 1º séc, ou seja, a idéia de estar sob a sujeição e posse de algum homem ou denominação. E aqueles que nos dias de hoje estão saindo dos enganos da Babilônia se sentem de certa forma constrangidos a entrarem debaixo de algum homem, parece que há um sentimento de desproteção se não estiver em algum grupo, denominação , reunião ou ligado a alguém , e isto pelo costume anteriormente adquirido.Mas o Eterno nos chama a estarmos sob Ele e não sob algum movimento ou homem. 2. O pensamento de pertencer a alguém é carnal _____________________________________________________________________________________ Em certa ocasião Paulo(Shaul) escreve uma carta aos Corintios, e repreende a atitude deles em dizerem " eu sou de Paulo, eu sou de Apolo, eu sou de Kefas" 1 Co 1.11-13 - Pois a vosso respeito, meus irmãos, fui informado, pelos da casa de Cloe, de que há contendas entre vós. 12 Refiro-me ao fato de cada um de vós dizer: Eu sou de Paulo, e eu, de Apolo, e eu, de Cefas, e eu, do Messias. 13 Acaso, o Messias está dividido? Foi Paulo crucificado em favor de vós ou fostes, porventura, batizados em nome de Paulo? Eles não estavam compreendendo que não pertenciam a homens, mas ao Corpo do Messias, assim como Paulo, Kefas ou Apolo também estavam inseridos no Messias, e por isso Paulo diz " está o Messias dividido".E tal pensamento de pertencer a homens condiz a carnais e não a espirituais. 1 Co 3.3-5 - Porquanto, havendo entre vós ciúmes e contendas, não é assim que sois carnais e andais segundo o homem? 4 Quando, pois, alguém diz: Eu sou de Paulo, e outro: Eu, de Apolo, não é evidente que andais segundo os homens? 5 Quem é Apolo? E quem é Paulo? Servos por meio de quem crestes, e isto conforme o Senhor concedeu a cada um. 3. Os instrutores trazem o Fundamento , mas não são o Fundamento _____________________________________________________________________________________ Os instrutores, guias levantados pelo Eterno são apenas um meio usado pelo Senhor para que outros possam também conhecê-lo, mas estes servos não são o Fundamento, e simplesmente transmitem o


2 Fundamento, e a partir daí cada um tem a responsabilidade de edificar e construir sobre o fundamento que foi colocado. 1 Co 3.10 - Segundo a misericórdia do Eterno que me foi dada, lancei o fundamento como prudente construtor; e outro edifica sobre ele. Porém cada um veja como edifica. 4. O povo do Eterno pertence a Ele _____________________________________________________________________________________ Este pensamento de pertencer a alguém é comum no meio "religioso", onde se pensa ser de alguém ou de alguma instituição, ou denominação.Por exemplo, alguns declaram " eu sou da assembléia de deus, eu sou do judaísmo, eu sou da quadrangular, eu sou dessa ou daquela denominação. Este nunca foi o entendimento passado pelo Eterno, ou seja, o Eterno declara ao seu Povo: Êx 19:5 Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então, sereis a MINHA PROPRIEDADE PECULIAR dentre todos os povos; porque toda a terra é minha; Aqueles que estão em Yeshua E guardam os mandamentos do Eterno, o ouvem e estão em sua aliança, se tornam propriedade Dele e não dos homens ou de instituições humanas. Estes não pertencem a uma comunidade física ou local, mas pertencem Aquele que dá o crescimento. Até porque na língua hebraica não existe o verbo TER, ou seja, nenhum homem dentro do contexto do Eterno pode declarar que TEM alguma coisa ou alguém.Nenhum homem pode dizer que pertence a algum lugar ou a alguém, pois nenhuma instituição , homem ou denominação pode declarar que TEM alguém sob o seu domínio.No contexto grego ou romano isto pode ocorrer , mas não no contexto hebraico. 1 Co 3.7 - De modo que nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Elohim, que dá o crescimento. 5. A glorificação do homem não provém do Eterno _____________________________________________________________________________________ A glorificação do homem não existe no Reino do Eterno.A Glória pertence somente ao Eterno e Ele não dá a outrem. Is 48:11 Por amor de mim, por amor de mim, é que faço isto; porque como seria profanado o meu nome? A minha glória, não a dou a outrem. E o que seria glorificar o Homem? Seria atribuir ao Homem aquilo que pertence ao Eterno. 6. Inseridos na Comunidade de ISRAEL _____________________________________________________________________________________ Bom, aqueles que estão no Messias e no seu Corpo, estão inseridos na Comunidade de Israel, e quando Paulo(Shaul) se refere a Comunidade de Israel, precisamos entender que ele não está se referindo a uma comunidade local e fisica, mas sim a Comunidade atemporal, a qual é desde o princípio composta por Abraão, Isaque, Jacó, Moisés, David, dentre outros.


3 Ef 2.12,13 - naquele tempo, estáveis sem Messias, separados da comunidade de Israel e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança e sem Elohim no mundo. 13 Mas, agora, em Messias Yeshua, vós, que antes estáveis longe, fostes aproximados(da comunidade de Israel) pelo sangue do Messias. 7. Não deixemos de congregar-nos? _____________________________________________________________________________________ No Livro aos hebreus, o autor fala sobre não deixar de congregar: Hb 10.24,25 - Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. 25 Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima. Alguns tomam este texto para dizer que não se pode deixar uma congregação denominacional ou instituição.Mas será que é esse o pensamento do autor de Hebreus? A palavra usada no grego para " congregar-nos" é "episunagoge", que significa " estar junto" e a palavra para " admoestações" é "parakaleo", que significa "chamar para o lado".Mas se faz importante vermos o verso seguinte para compreender do que o autor está se referindo, ou seja, do que se trata esse afastamento. Hb 10.26,27 - Porque, se vivermos deliberadamente EM PECADO(TRANGRESSÃO DA TORAH), depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta sacrifício pelos pecados; 27 pelo contrário, certa expectação horrível de juízo e fogo vingador prestes a consumir os adversários. Bom, podemos notar que o afastamento está se referindo ao Pecado.Alguns estavam se afastando , não estavam mais juntos devido ao pecado e transgressão que estavam cometendo.E nisto deve-se "chamar para junto novamente" este que assim pecou.E lembremos que o contexto neste texto é a entrada e a permanência no Santo dos Santos.Sendo assim, é do Santo dos Santos que não se pode afastar pela transgressão cometida, e não de uma denominação ou instituição. Hb 10.19.22 - Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Yeshua, 20 pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne, 21 e tendo grande sacerdote sobre a casa de Elohim, 22 aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura. 8. Consideração final _____________________________________________________________________________________ Não que não possa haver reuniões, mas o que não pode existir é o pensamento de posse, pois não podemos estar debaixo de homens , mas debaixo Daquele que está nos Céus. Em momento algum o Eterno estabelece uma cobertura do homem para o homem, mas Ele diz a Abraão: Gên 15:1 Depois destes acontecimentos, veio a palavra do Senhor a Abrão, numa visão, e disse: Não temas, Abrão, EU SOU O TEU ESCUDO, e teu galardão será sobremodo grande E quem pode cobrir senão Aquele que está no Alto? Não podemos nos colocar novamente debaixo do jugo da servidão.Paulo(Shaul0 ao falar isso aos Gálatas está se referindo a imposição e ao jugo colocado pelo homem e não a Lei do Eterno.Ele está


4 focando na imposição que homens do grupo chamado “os da circuncisão”, estavam colocando sobre os gálatas, e não sobre a circuncisão em si. Gál 5:1 Para a liberdade foi que o Messias nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão Bom é que estejamos em uma posição de liberdade, sem estar sob a imposição ou sob a sujeição de modelos e padrões dos homens.Até mesmo Yeshua deu liberdade para os seus discípulos irem além dele.Yeshua não estabeleceu um modelo para que seus discípulos estivem presos nele, mas disse : " façam obras que eu não fiz e as façam maiores" João 14:12 Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai

Shalom Carlos Coléct www.centroteshuva.blogspot.com


NÃO VOS SUBMETAIS DE NOVO A JUGO DE ESCRAVIDÃO