Page 1

1

Eu sou PARA o meu amado e o meu amado é PARA mim (ani ledodi vedodi li) _______________________________________________________________________Por Carlos Coléct Hoje vivemos dias do espetáculo, dos shows, das vitrines, das passarelas, o que ocasiona uma mentalidade de exposição, ou seja, alguém precisa me ver, me desejar, me aplaudir e me adquirir. Mas gostaria de comentar algo sobre a questão da exposição e produção das mulheres quanto a beleza exterior, pois creio que as mulheres são as mais afetadas com estas distorções relacionadas a aparência e a atração dos olhos.Não quero que entendam este breve texto como sendo algo machista e extremista, e sim como um alerta, pois entendemos que a vaidade da mulher nesse sentido de se produzir é algo natural, porém pode ser usada tanto para o bem quanto para o mal. As mulheres dos povos antigos fora de Israel ,na sua maioria, possuíam uma maior tendência em seduzirem os homens por meio de sua beleza externa, atraindo assim os seus olhares e cativando o seu desejo, e isto cai na posição de uma prostituta, onde observamos varias vezes nas Escrituras o Eterno por meio de Salomão alertando sobre tais mulheres que se adornam para atrair os olhos e o desejo dos homens.E até mesmo em uma passagem na Torah o Eterno alerta aqueles que fossem para a guerra e se interessassem por alguma mulher formosa dos povos estranhos.(Dt 21.11) Pv 6.23-26 - Porque o mandamento é lâmpada, e a instrução, luz; e as repreensões da disciplina são o caminho da vida; 24 para te guardarem da vil mulher e das lisonjas da mulher alheia. 25 Não cobices no teu coração a sua formosura, nem te deixes prender com as suas olhadelas. 26 Por uma prostituta o máximo que se paga é um pedaço de pão, mas a adúltera anda à caça de vida preciosa. Nas Escrituras do Eterno as mulheres são instruídas a se produzirem e usarem a sua vaidade para os seus maridos, ou seja, dentro da sua casa, porém, o que vemos hoje é o contrário, pois na maioria das vezes as mulheres se adornam para SAIREM de casa e não para FICAREM em casa. Precisa-se haver um cuidado para não inverter os valores, a mulher deve ter em seu coração atrair os olhos do seu marido e não os dos homens de fora da sua casa, isto não quer dizer usar burca, mas sim de "ser para o seu amado assim como o amado é para ela " ANI L'DODI V'DODI LI" (EU SOU PARA O MEU AMADO E O MEU AMADO É PARA MIM" Esta é a famosa frase de Sulamite para Salomão, onde podemos notar uma idéia de posse, isto é, EU SOU TUA E VOCÊ É MEU, PERTENCEMOS UM AO OUTRO, o que se relaciona com o que Paulo declara 1Co 7:5 - A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim o marido; e também, semelhantemente, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim a mulher.


2

E em Can 7:10 , Sulamite diz: " Eu sou para o meu amado, e ele tem saudades de mim." , e nisso podemos aprender que quando a esposa se coloca na posição de ser somente para o seu marido, se enfeitar para ele, se adornar para ele , se perfumar para ele, isto faz com que ELE SINTA FALTA DELA. Porém, os adornos não são tudo , há um nível de importância estabelecido nas Escrituras e isso também podemos ver nos escritos de Pedro. 1 Pe 3. 3-6 -Não seja o adorno da esposa o que é exterior, como frisado de cabelos, adereços de ouro, aparato de vestuário; 4 seja, porém, o homem interior do coração, unido ao incorruptível trajo de um espírito manso e tranqüilo, que é de grande valor diante do Eterno. 5 Pois foi assim também que a si mesmas se ataviaram, outrora, as santas mulheres que esperavam em Elohim, estando submissas a seu próprio marido, Nestes versos, Paulo(Shaul) estabelece um nível de importância, ou seja, ele aconselha as mulheres daquela comunidade a darem mais importância ao seu procedimento interior que resulta em mansidão e tranqüilidade. Lógico que os maridos também tem o seu papel no tratamento para com suas esposas, mas a questão que gostaria de colocar aqui é esta tendência das mulheres seguirem o curso deste século, moldando-se a cultura da VITRINE, e VITRINE carrega consigo a idéia de se mostrar e estar visível para aquele que está FORA e não DENTRO da sua casa. Claro que nem todas as mulheres que se adornam ao saírem de casa é para atraírem os olhares dos homens de forma consciente, mas fica a condição de cada uma sondar a si mesmo, pois é óbvio que a sociedade de hoje está focada no olhar, onde as pessoas que estão inseridas nessa cultura acabam vivendo uma vida em prol dos olhares alheios.E isso é algo que todos precisamos estar atentos. Shalom Carlos Coléct www.centroteshuva.blogspot.com

EU SOU PARA O MEU AMADO E O MEU AMADO É PARA MIM  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you