Issuu on Google+

Discurso proferido no Jantar de 85 anos do Carajás em 20/10/2012

Queridos irmãos escoteiros, amigos e amigas do Carajás,

É tão bom revê-los todos. It’s just Long time no see. Muito obrigado, muito obrigado mesmo por estarem aqui essa noite. Significa muito para mim.

Essa é a MINHA história para hoje a noite.

A primeira Guerra mundial teve um impacto devastador no movimento escoteiro. Baden-Powell colocava muita fé que o movimento escoteiro poderia ajudar a mudar o mundo. É bem verdade que já em 1918, o movimento ainda na sua tenra idade de 10 anos estava sob ameaça, será que o movimento sobreviveria? Será que aqueles contos mágicos de scouting for boys simplesmente cairiam no esquecimento. Aqueles jovens oficiais que haviam passado pelas fileiras escoteiras, na condição de jovens ou chefes, perderam suas vidas naquela guerra maldita. Jamais voltariam; removidos do convívio de suas famílias, nunca mais sentando-se ao lado de um fogueira de camp. Na época em que B.P. concebeu a idéia do escotismo, imaginou que poderia ser algo útil para jovens das cidades da Inglaterra. Nunca passou pela sua cabeça que suas idéias pudessem sair da Inglaterra, atravessar o Canal, seguir além mar, rodar o mundo e ultrapassar fronteiras de religião, cor, raças e crenças. Pensava ele em proporcionar um pouco mais de emoção nas atividades praticadas pelo jovens ligados ao Boys Brigade. A primeira edição do escotismo para rapazes foi escrita com esse propósito. Nos conta a história da bandeira da União (Union Jack), como hastea-lá, dobra-lá. Escreveu apenas 9 leis. E assim por diante. Baden Powell acreditava que escotismo realmente poderia mudar o mundo. Propos então um encontro de escoteiros. Esse primeiro encontro ou JAMBOREE como batizou, foi realizado em 1920 em Olimpia, Londres, debaixo de um telhado de vidro, quase como acampar dentro de uma estufa de jardim. Ele adaptou “Scouting for Boys”/Escotismo para Rapazes para a realidade de um movimento universal. --Meus amigos, Lamento, MAS não sei o quanto escotismo ajudou para promover a paz mundial ou o cessar guerras. Afinal, seguiram-se a Segunda Grande Guerra, a Guerra da Coréia, a Guerra do Vientnã, a Guerra do Golfo, Afganistão, e tristemente as incontáveis guerras ainda por vir. O que POSSO dizer - ENTRETANTO – é que scouting aglutina pessoas jovens para promover os ideais que podemos viver num mundo melhor, onde podemos conviver em harmonia, respeitar as diferenças, que a tolêrancia e a compreensão, o conhecimento acima da ignorancia, democracia acima do totalitarismo são os caminhos à seguir. - Nosso Norte!


Quando se é jovem, essa é uma perspectiva subliminar, contudo ao se tornar um jovem adulto maduro um horizonte mas amplo se apresenta. Somos muito afortunados. Quero dizer - NÓS aqui do Carajás. Nós somos MUITO privelegiados e sortudos. Participamos de Jamborees Mundiais desde 1937. Jamborees são parte de nosso DNA. Jamborees nos levaram ao redor do mundo, conhecendo pessoas e lugares no: Chile, Australia, New Zealand, Japan, Korea, Austria, Greece, Holland, Norway, Sweden, UK, Argentina, Mexico, Thailand, South Africa, Italy, France, Canada, USA e até o Hawaii! Billy Pond, Tom Gregory, Frank Dawe (Pancho) e Jack Hunter, foram esses primeiros pioneiros que participaram do ultimo Jamboree do Baden Powell enquanto vivo. Ainda costumamos recordar aquela musiquinha suave... I’ve got that BP spirit, right in my head, right my head, all round my feet. I’ve got that BP spirit deep in my heart to stay.

Foram ELES - - -os desbravadores - - que nos levaram a 16 Jamboree mundiais, até o Jamboree do Centenário do Escotismo, em 2007 na Inglaterra, onde tenho muita honra de ter participado…até o Jamboree realizado há 12 meses na Suécia. Jamborees são realizados a cada quatro anos, com a exceção do periodo 1937 a 1947, de novo por causa da Guerra e em 1979 em razão da Revolução Islamica do Aiatolá Khomeini, frustrando a mim e meus jovens colegas scouts da época. Como diria o Toby: “Jamborees - are - one - of - those - things - that - make - the - Carajás - tick”. Foi justamente no Jamboree de 1937 na Holanda que trouxeram de volta nosso Group Yell - o Chicli ca! Mais recentemente, os ritmos e rimas sào mais fúteis como “…Kentucky Fried Chicken and a Pizza Hutt, MacDonald’s, MacDonald’s…” Em 1937, 1951, 1957 e 1963 a única forma de transporte para participação no Jamboree era viajar de navio. Quase duas semanas de viagem. Isso só ida. Em 1951, Toby tirou mais de oito semanas de férias para participar do Jamboree Mundial em Bad Iscl na Austria e depois ainda encontrou tempo para fazer dois cursos de Wood Badge em Gilwell! Em 2007, Paul Thomsen tirou três meses de férias de sua fábrica e de sua família para ajudar a montar a estrutura do Jamboree Centenário. Na base: ...”primeiro a entrar - no campo - ultimo a sair”. Mas em 1955 – três corajosos e destemidos Rovers Scouts: Hugo Vidal (que esta aqui essa noite), Charles Downey e Jan Stekly cruzaram do sul ao norte o Continente Americano até o Alaska e depois até Niagara on the Lake para participar do 8th World Jamboree. A famosa OPERATION PINEAPPLE. Nossa senhora!! como os tempos mudaram!! Agora alguns conseguem viajar com upgrade para business class nos super Boeings 777, usar mochilas super leves, isolantes de últimas geração, pratos de titânio e muito mais.


A tecnologia de materiais, internet, email, facebook, youtube mudaram o mundo, contudo o verdadeiro espírito dos Jamborees Mundiais ainda pode ser encontrado. O verdadeiro significado de um Jamboree é conhecer pessoas. Diz respeito a “viver o espírito escoteiro” na sua mais verdadeira e pura essência. HOJE, ... faz mais sentido ainda... juntar pessoas, juntar jovens, para acampar debaixo das estrelas, ao luar, e com muita frequencia debaixo de chuva, muita chuva. Ah, não podemos deixar delembrar que no Jamboree 71 no Japão fomos varridos por um tufão, na Australia por um furação e na Coréia, invadidos pela lama. Quando tudo chega ao seu final, após aquelas 10 noites, vem aquele sentimento de vazio na alma, uma perda incompreendida. A perda da mágia do “Espirito do Jamboree – The Jamboree Spirit”. Quem não se lembra tema mais bonito até hoje – Relembrando Jamboree 1983 – Calgary ---noroeste do Canada. The Spirit lives on and we're stronger than ever before We're bigger today and tomorrow we're going to be more We can't keep it in got to shout, sing it out in a song We're growing all over the world The Spirit lives on. --My brother scouts, Jamboree não faz parte do mundo real, é um mundo de sonhos. É um mundo sem preocupações, é simples e perfeito, uma alegria contagiante, todos são teus amigos; você faz novas amizades, experimenta novos sabores, compartilha o cafezinho com o vizinho, aprende sobre uma nova religião, alguns até ...eu conheço...encontram seus futuros conjuges. Sacando os versos de John Lennon… Imagine there's no countries It isn't hard to do Nothing to kill or die for Imagine all the people Living life in peace You can say I’m a dreamer… But I’m not the only one… Muitissimo obrigado a todos. Aproveitem agora esse vídeo muito especial. Enjoy the evening! SEMPRE ALERTA Jonathan Govier Chefe de Grupo 1999-2007


Discurso de Joni Govier - Jantar de 85 anos