Issuu on Google+

Câmara Notícias

Câmara Notícias Órgão de Divulgação da Câmara Municipal de Novo Hamburgo

Ano I/Edição 6

Jornal Mensal/Abril de 2010

Distribuição gratuita

Tatiane Lopes/CM

Você concorda com esta cena?

O que faz o líder de bancada Cada partido com representação na Câmara Municipal escolhe um vereador para ser o líder da bancada. Cabe ao líder expressar a opinião da bancada sobre o assunto em debate no plenário. O primeiro e o segundo vice-líder substituem o titular, na sua ausência. Se a bancada tiver um único representante, será este o líder da bancada. Aos líderes compete indicar os vereadores de sua bancada para integrarem comissões, ouvindo todos os integrantes. Eles podem usar a palavra, durante a sessão, em comunicação urgente. Também discutem projetos e os encaminham à votação, pelo prazo regimental, além de emendar proposições em qualquer fase de discussão. Bancada do PT Líder de Bancada: Alex Rönnau

Bancada do PMDB Líder de Bancada: Luiz Carlos Schenlrte

E

sta é uma situação comum na nossa cidade: terrenos baldios transformados em lixeiras a céu aberto. Por isso, a Mesa Diretora da Câmara e a Comissão de Meio Ambiente decidiram realizar uma campanha por uma cidade mais limpa. Faça a sua parte e colabore com a preser vação do ambiente. Reduza, recicle e reutilize. Multiplique essa ideia!

Bancada do PDT Líder de Bancada: Antonio Lucas

Bancada do PTB Líder de Bancada: Jesus Maciel

Câmara reduz diária do presidente e muda critério para viagens de vereadores Novas regras

Mesa Diretora da Câmara

O

presidente da Câmara e os demais vereadores deverão receber diárias de viagem de igual valor. A medida, prevista em novo projeto de lei aprovado, significa uma economia de cerca de 28,5%. Até agora, presidente e vereadores tinham diárias diferenciadas. A autoria da proposta é do próprio Jesus Maciel, por sugestão de Raul Cassel e Luiz Carlos Schenlrte.

Também foi aprovado o projeto de resolução que regula as viagens do Legislativo e tem por objetivo evitar que um número excessivo de vereadores se ausente da Câmara no mesmo período, valorizando os trabalhos das comissões per manentes e das frentes parlamentares. A matéria é de autoria da Mesa Diretora, presidida por Jesus Maciel e integrada por Sergio Hanich (vice-presidente), Alex Rönnau (1º secretário) e Volnei Campagnoni (2º secretário).

Critérios A proposta estabelece que cada viagem será realizada por, no máximo, dois vereadores e, facultativamente, pelo presidente da Casa. Para

determinação dos participantes, será observada a ordem de protocolo dos requerimentos e o rodízio entre os vereadores, respeitada a preferência dos que ainda não tenham participado de algum evento. As viagens também poderão ser realizadas pelos membros das comissões permanentes ou pelos membros das frentes, quando o assunto em debate tiver relação com as atividades por elas desenvolvidas. Nos casos em que o requerimento for formulado pela comissão, poderão participar do evento todos os seus membros, sendo vedada a permanente participação de outros vereadores, inclusive do presidente. Nos casos em que o requerimento for formulado por frente parlamentar, poderão participar no máximo três de seus membros, devendo esses serem escolhidos entre os próprios integrantes da frente.

Bancada do PCdoB Líder de Bancada: Volnei Campagnoni

Bancada do PSDB Líder de Bancada: Gerson Peteffi

Bancada do PP Líder de Bancada: Vladi Lourenço

|1|


Palavra do PRESIDENTE Foi um sucesso o debate sobre o descarte de lixo da nossa cidade, promovido pela Câmara Municipal no último mês de março. A comunidade engajou-se na campanha da Câmara por uma cidade mais limpa e bonita. As autoridades, associações e populares que participaram do encontro contribuíram com várias sugestões para melhorias. Nosso objetivo, como vereadores, é colaborar para que Novo Hamburgo, cada vez mais, se torne uma cidade segura e agradável a seus moradores, capaz de atrair e encantar os turistas que nos visitam. O debate teve a participação do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Carlos Fink. Ele alertou a população que a questão do lixo não pode ser resolvida apenas pelo Poder Público, e que se quisermos melhorar o mundo temos de começar por onde moramos. E este é justamente o objetivo da Câmara de Vereadores. Para este ano, o Poder Legislativo pretende divulgar o calendário de coleta, prevendo horários para a colocação de sacos em frente às casas e prédios; obter o licenciamento de uma área para depósito de entulhos; criar ecopontos; realizar uma gincana escolar; incentivar a educação ambiental e conscientizar a população sobre a importância de se reduzir o consumo, além de se reutilizar e reciclar o lixo. Queremos a sua colaboração. Faça a sua parte! Não jogue lixo nas ruas. Preserve o meio ambiente, zelando pela sua saúde e de sua família. Boa leitura a todos! Jesus Maciel, PTB Presidente da Câmara Municipal/Gestão 2010

O

povo quer saber O que é a Tribuna Popular?

Você sabia que os hamburguenses podem participar da sessão da Câmara? O assunto a ser abordado deve ser de interesse público. Inscreva-se com 24 horas de antecedência, na secretaria da Câmara. O tempo disponível é de 10 minutos. A utilização do espaço pode ser feita a cada 60 dias, pela mesma pessoa ou entidade.

A Tribuna Popular foi criada pelo exvereador João Dutra Sobrinho, em 1991. O ex-presidente Renan Schaurich, em 1992, incentivou o seu uso. O primeiro a manifestar-se foi o jornalista Mario Selbach que, na época, fazia a cobertura jornalística do Legislativo para o Jornal NH.

Até hoje, mais de mil pessoas deram o seu recado. De acordo com dados da Câmara, o recordista em participações é o líder comunitário Pedrinho de Oliveira, que a utilizou pela primeira vez em 21 de setembro de 1993.

Expediente

www.camaranh.rs.gov.br

Câmara Notícias Jornal da Câmara Municipal de Novo Hamburgo 6ª Edição - abril de 2010

Ficha Técnica: Rua Almirante Barroso, 261/CEP: 93510-290 Fone: (51) 3594.0500/Fax: (51) 3594.1385 E-mail: jornalismo@camaranh.rs.gov.br Textos e fotografias: jornalistas Daniele Souza (Mtb: 12.797), Maíra Kiefer (Mtb: 11.235), Magda Wagner (Mtb: 4.981), Melissa Barbosa (Mtb: 10.652 ) e Tatiane Lopes de Souza (Mtb:12.272). Estagiária de jornalismo Roberta Ferreira da Silva. Projeto Gráfico e Diagramação: Tatiane Lopes de Souza Jornalista Responsável: Magda Wagner Fotolito e Impressão: Gráfica Celler Tiragem: 2 mil exemplares Periodicidade: mensal Distribuição gratuita Contato: 3594.0521/0510 e 0521 Valor da impressão: R$1.840,00

ENTREVISTA

Jornal da Câmara Municipal de NH/Abril de 2010

Nascido em Novo Hamburgo, há 54 anos, Gilberto Koch está na sua segunda Legislatura como vereador titular. Betinho, como é conhecido, é filiado ao PT desde 1985. No final da década de 1960, começou a trabalhar como sapateiro. Envolveu-se com o movimento sindical, chegando a liderar a categoria por 10 anos, de 1992 a 2002. Entre 1997 e 2003, presidiu a CUT do Vale dos Sinos. Na Câmara, tem como foco principal as questões do meio ambiente, a extensão do trem até NH e a melhoria da qualidade de vida da comunidade, em especial do Santo Afonso, o segundo maior bairro do Município. Betinho atua ainda como líder do governo na Casa.

Durante a administração anterior, o senhor atuava como vereador de oposição e agora é o líder do governo na Câmara. O que mudou no seu mandato? Betinho: A responsabilidade é muito maior. Nosso papel é conversar com os vereadores de todas as bancadas, a fim de aprovar projetos que são importantes para a cidade. Através do diálogo, conseguimos obter êxito, implantando mudanças em alguns setores e ampliando a participação da comunidade no governo. Dentre essas propostas quais o senhor destacaria? Betinho: Nesse um ano e quatro meses, já encaminhamos mais de 80 projetos ao governo federal. Assim, conquistamos recursos para saúde, moradia, saneamento básico e para obras de infraestrutura no Município. Destaco o investimento de R$ 150 milhões em saneamento e o programa Minha Casa, Minha Vida, através do qual foram entregues 32 casas no loteamento Morada dos Eucaliptos. Outras 40 serão destinadas aos moradores do local. Serão construídos quatro postos de saúde: Rondônia; Boa Saúde; Vila Palmeira e Morada dos Eucaliptos. Além da Unidade de Pronto-atendimento, em Canudos, e do Posto 24h no Santo Afonso, todos com edital já publicado. Importante salientar também a troca da iluminação pública, que será feita nos próximos dias, com aporte de R$ 10 milhões do Programa Reluz, e as 150 famílias atendidas pelo SUS em Casa. Uma das ações mais polêmicas do governo foi a extinção do plano de carreira dos servidores. O senhor foi bastante criticado por isso. Como justificar esse projeto? Betinho: Não sou mais sindicalista e como vereador tenho de pensar em toda a população de NH. Acredito que essa foi uma opção do governo para sanear as finanças públicas. Mas temos que destacar que os 2,9 mil funcionários do quadro não perderam seus direitos, as mudanças atingem apenas os novos concursados. O fim da VRV (Valor de Referencial de Vencimento), por exemplo, não prejudicou o funcionalismo, ela apenas deixou de ser nominada, o valor teve até um aumento neste ano. Tivemos grandes avanços para a categoria como o reconhecimento das recreacionistas, a ampliação da licença-maternidade para 180 dias e a instituição da gratificação por risco de vida aos guardas municipais. Há uma preocupação constante com as questões ambientais. Como é o seu trabalho na área? Betinho: Sempre atuei junto à Comissão de Meio Ambiente e participo também do Comitê de Acompanhamento do Pró-Sinos. Temos que nos preocupar com a destinação dos resíduos sólidos e para isso a separação do lixo é fundamental. Apoiamos a Mesa Diretora na campanha que a Câmara está promovendo para melhorar a qualidade da coleta de lixo. A prefeitura também está trabalhando nisso, capacitando os catadores. Além disso, serão construídos quatro galpões de reciclagem, dois deles em Canudos e Santo Afonso. As obras de saneamento também serão fundamentais para a preservação do Rio dos Sinos. A previsão é de que em 2011 a população hamburguense já possa utilizar o trensurb. Qual é o seu sentimento em relação a esta conquista? Betinho: Como presidente da Comissão Especial Pró-Trensurb, sinto muito orgulho desta conquista. A Câmara luta há muitos anos pela vinda do trem e este sonho já é uma realidade. As obras estão a todo vapor, em outubro a primeira estação do Município já estará funcionando de forma experimental. Isso graças ao empenho dos vereadores que foram diversas vezes a Brasília reivindicar a liberação das obras. O trem é um transporte seguro, barato, ecológico, que vai beneficiar milhares de trabalhadores. A extensão gerou 1,2 mil empregos diretos. A ideia é apoiar outras cidades como Campo Bom e Taquara que querem usufruir esse meio de transporte. O senhor atuou como sapateiro e líder da categoria. Como percebe esse mercado? Betinho: Depois da quebradeira das empresas na década de 1990, o segmento volta a crescer. Graças à taxação do calçado chinês, houve a ampliação de vagas no setor, com estimativa de quase 30 mil novos empregos. Como sindicalista sempre lutei não só pelos direitos dos trabalhadores, mas como pelo crescimento das empresas. Outro ponto importante é o incentivo aos pequenos empresários para a participação em feiras como a Couromoda e a Francal, ambas em São Paulo, e a SICC, em Gramado. Destaco o trabalho da Câmara, que aprovou o projeto liberando a verba e realizando reuniões periódicas com os calçadistas. Finalmente, Novo Hamburgo está voltado a ser o que era: a Capital Nacional do Calçado.

Melhorias para o Santo Afonso Betinho luta por melhores condições para a comunidade do Santo Afonso. Há muito tempo, o vereador preocupa-se com a situação da Casa de Bombas.”Sempre que chovia, havia enchente no local. Agora, com novos equipamentos e a dragagem da lagoa, o problema será solucionado”, comemora. Outra conquista citada pelo parlamentar é a construção de 336 novas casas e mais 500 que serão reformadas nas vilas Palmeira e Capanema. Além da Praça da Juventude e do novo campo do Esporte Clube Santo Afonso. Betinho lembra ainda o investimento de 18,5 milhões do Governo Federal para a implantação de uma escola infantil e de um posto de saúde, também na Palmeira.

|2|


Fimec: parlamentares prestigiam abertura A abertura da 34ª Fimec, Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes, contou com a presença dos vereadores de Novo Hamburgo. Durante a visita, os parlamentares elogiaram o evento, que ocorreu nos pavilhões da Fenac até o dia16 de abril. Para eles, esse tipo de iniciativa é responsável pela atração de grandes negócios para o setor coureiro-calçadista e pela promoção do Município, consolidando seu papel de referência no Brasil e no mundo. Compareceram à abertura do evento Jesus Maciel, Vladi Lourenço, Sergio Hanich, Matias Martins, Volnei Campagnoni e Carmen Ries

Participação em feiras

Outro objetivo das reuniões é tratar especificamente dos projetos para a participação no Salão Internacional do Couro e Calçado (SICC), que ocorrerá de 1º a 3 de junho, em Gramado, e na Francal, a ser realizada de 5 a 8 de julho, em São Paulo. O empresário Romeu Enzweiler Jr. revelou que, desde que se iniciaram as reuniões, passou a Entre as principais, está a criação de nichos entender melhor o trabalho da Câmara e a perceber individuais, nos quais cada marca poderá expor o empenho dos vereadores em proporcionar seus produtos. Eles solicitaram que o estande melhores condições para o segmento. seja localizado perto dos demais expositores Já participaram da reunião, Jesus Maciel, gaúchos. A próxima reunião está agendada Sergio Hanich, Volnei Campagnoni, Gilberto para o dia 4 de maio, às 19 h. Koch, Antonio Lucas e Vladi Lourenço.

Reivindicações

Calçadistas receberão R$ 400 mil para participação em feiras Os vereadores autorizaram o repasse de verba para participação de empresas coureirocalçadistas no XIX Salão Internacional do Couro e do Calçado, em Gramado, de 1° a 3 de junho, e na 42ª Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios (Francal), em São Paulo, de 5 a 8 de julho. Serão investidos R$ 400 mil. O projeto do Executivo pretende divulgar o setor. Para tanto, o Município irá locar, montar e a disponibilizar às empresas o Estande Coletivo da Prefeitura, por meio do projeto coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia, Trabalho e Turismo.

Frente Parlamentar em Defesa do Setor Coureiro-Calçadista

Antonio Lucas e empresários da Fimec Os vereadores Antonio Lucas, Sergio Hanich e Volnei Campagnoni participaram da Fimec representando a Frente Parlamentar em Defesa do Setor Coureiro-Calçadista da Câmara, criada em 2009. De acordo com Lucas, presidente da Comissão, a feira foi marcada pela presença de 650 empresários de 22 países e 10 Estados brasileiros. “É muito importante vermos o segmento sendo reativado em Novo Hamburgo. Esse é um dos nossos objetivos”, disse. Ele acrescentou que a

vitória aconteceu após a aprovação da medida antidumping, que impede uma ou mais empresas de um país de vender seus produtos por preços muito abaixo do praticado na nação importadora, como a China fazia, por exemplo. Volnei destacou que a Frente tomou uma posição clara ao propor ações que busquem resgatar a imagem do setor coureiro-calçadista. Ele contou que estimulam a criação de uma associação dos pequenos empresários. É o ideal para que reivindiquem uma vaga junto ao Conselho Deliberativo da Fenac. “Garantem, dessa forma, voz ativa nas decisões que envolvam o segmento, além de poder acompanhar de perto o que está sendo realizado”, frisou. Serjão também destacou a necessidade da criação de uma entidade representativa. “Com ela poderíamos ficar sabendo das reais necessidades do pequenos empresários e agir para sanar as dificuldades encontradas”, disse.

Fale com os vereadores A Câmara Municipal conta com 14 vereadores. Veja abaixo quadro atualizado com os contatos de cada um. Alex Rönnau (PT) - Líder de bancada Sala: 404 (4° andar) Telefones: (51) 3594-0534/0535 E-mail: alexsander-ronnau@camaranh.rs.gov.br Antonio Lucas (PDT) - Líder de bancada Sala: 509 (5ª andar) Telefones: (51) 3594-0546/0547 E-mail: antonio-lucas@camaranh.rs.gov.br Carmen Ries (PT) Sala: 506 (5° andar) Telefones: (51) 3594-0550/0551 E-mail: carmen-ries@camaranh.rs.gov.br Gerson Peteffi (PSDB) - Líder de bancada Sala: 511 (5º andar) Telefone: (51) 3594-0548/0549 E-mail: gerson-peteffi@camaranh.rs.gov.br

Empresários e vereadores debatem o assunto

Representantes do setor coureirocalçadista e vereadores estão se reunindo na Câmara com o objetivo de discutir ações que torne novamente Novo Hamburgo referência nacional no setor coureiro-calçadista. Além disso, procuram estabelecer melhorias às próximas edições do projeto Casa de Novo Hamburgo – que possibilita a participação de pequenos empresários em feiras. A primeira reunião ocorreu no dia 29 de março, a pedido da Mesa Diretora da Câmara. No encontro, os empresários reivindicaram a retomada da Fenac como evento destinado aos lojistas.

Câmara Notícias

Gostou das fotos do jornal? Como utilizar o Flickr

As fotos que você vê nas matérias do Jornal Câmara Notícias podem ser acessadas e baixadas no site: www.flickr.com/photos/ camaramunicipaldenovohamburgo Ao entrar na página indicada, aparecerá uma galeria de imagens. Clique na foto desejada. No topo esquerdo dessa fotografia, aparecerá o desenho de uma lupa com o sinal de + (mais). Você deverá clicar ali. Nessa nova tela, aparecerão as opções de tamanho. Se você deseja uma imagem de melhor qualidade de impressão, opte sempre pelo tamanho grande.

Plenário conta com acesso sem fio à internet Desde o dia 15 de abril, a Câmara oferece, no Plenário, acesso wireless à internet. O uso do serviço estará disponível aos parlamentares, aos homenageados, às pessoas que utilizam a tribuna e aos veículos de comunicação que fazem a cobertura das sessões plenárias e dos eventos promovidos pelo Legislativo. Para entrar na web, os usuários terão de utilizar uma senha, fornecida pela Coordenação Administrativa da Casa. O ingresso no Plenário é permitido nos dias em que são realizadas as sessões plenárias – terças e quintas-feiras – e quando são promovidos eventos no local. Para poder usufruir o benefício, o usuário terá de trazer o seu próprio notebook.

Gilberto Koch (PT) - Líder do governo Sala: 406 (4º andar) Telefones: (51) 3594-0536/0537 E-mail: betinho-koch@camaranh.rs.gov.br Ito Luciano (PMDB) Sala: 507 (5º andar) Telefone: (51) 3594-0518/0519 E-mail: ito-luciano@camaranh.rs.gov.br Jesus Maciel Martins (PTB) - Presidente Gabinete: (5º andar) Telefone: (51) 3594-0556/0557 E-mail: jesus-martins@camaranh.rs.gov.br Vladimir Lourenço (PP) - Líder de bancada Sala: 504 (5° andar) Telefones: (51) 3594-0554/0555 E-mail: vladimir-lourenco@camaranh.rs.gov.br Luiz Carlos Schenlrte (PMDB) - Líder de bancada Sala: 409 (4° andar) Telefones: (51) 3594-0544/0545 E-mail: luiz-schenlrte@camaranh.rs.gov.br Matias Martins (PT) Sala: 408 (4º andar) Telefones: (51) 3594-0526/0527 E-mail: matias-martins@camaranh.rs.gov.br Raul Cassel (PMDB) - Líder de Oposição Sala: 411 (4° andar) Telefones: (51) 3594-0542/0543 E-mail: raul-cassel@camaranh.rs.gov.br Site: www.raulcassel.com.br Ricardo Ritter, Ica (PDT) Sala: 502 (5° andar) Telefones: (51) 3594-0540/0541 E-mail: ricardo-ritter@camaranh.rs.gov.br Sergio Hanich (PMDB) - Vice-Presidente Sala: 402 (4° andar) Telefones: (51) 3594-0558/0559 E-mail: sergio-hanich@camaranh.rs.gov.br Volnei Campagnoni (PCdoB) - Líder de bancada Sala: 413 (4º andar) Telefones: (51) 3594-0528/0529 E-mail: volnei-campagnoni@camaranh.rs.gov.br

Converse com o seu representante na Câmara de Novo Hamburgo: rua Almirante Barroso, nº 261, Centro.

|3|


Vereadores: Atuação que vai além do Plenário

Jornal da Câmara Municipal de NH/Abril de 2010

Carmen Ries (PT)

Pedidos de providências De 1º a 15 de abril, os vereadores enviaram 193 indicações e pedidos de providências à prefeitura, relativos a áreas como saúde, limpeza urbana, iluminação, segurança e trânsito. Essas ações são de grande importância, pois abrangem demandas específicas da comunidade, com impacto direto na qualidade de vida dos cidadãos. Confira o que alguns vereadores constataram pela cidade:

Revitalização, poda e limpeza da praça da rua Travessão, esquina com a rua Carlos C. Grun, no bairro Rondônia. Essa é uma das solicitações feitas por Carmen Ries na primeira quinzena de abril. A vereadora afirmou que o local não apresenta condições para uso, tanto em relação à saúde quanto à segurança, pois há muito mato e lixo. A petista busca ainda a realização de uma operação tapa-buracos na rua 1º de Março, no cruzamento com a Marcílio Dias, no Centro. Segundo ela, o problema foi causado por uma infiltração. “No local, foram colocados pedaços de cavalete, mas muitos motoristas não veem e acabam por frear bruscamente, já em cima do buraco”, explicou.

Raul Cassel (PMDB) A instalação de um semáforo no cruzamento das ruas Santos Pedroso e General Osório, no bairro Hamburgo Velho, foi uma das solicitações feitas este mês por Raul Cassel. “Neste ponto há um fluxo muito intenso de veículos, dificultando a passagem dos pedestres” salientou. Cassel ainda sugeriu à prefeitura a transferência do ponto de táxi situado na rua Teixeira de Freitas para a rua Borges de Medeiros, no bairro Rio Branco, e a retirada do estacionamento que fica na rua Gomes Portinho, entre as avenidas Pedro Adams Filho e Primeiro de Março, no Centro. “Isso facilitaria o fluxo de veículos”, acredita o peemedebista.

Ito Luciano (PMDB) A intensa circulação de crianças nos arredores da Escola Municipal São Jacó, que fica na rua Leão 23, no bairro Hamburgo Velho, preocupa Ito Luciano (PMDB). Para garantir a segurança dos estudantes, de suas famílias e de todos que transitam pelo local, o vereador pediu a colocação de redutores de velocidade naquela via. Segundo ele, os motoristas correm muito ao passar pela região. Também pensando na segurança da população, o peemedebista solicitou a substituição de lâmpadas na rua Bruno Werner Storck, no bairro Canudos. “A precariedade da iluminação pública favorece os delinquentes”, ponderou.

Vladi Lourenço (PP) Lâmpadas queimadas há bastante tempo na avenida Alcântara, na altura nos números 5.170, 5.272 e 5.602, na Vila Getúlio Vargas, bairro Canudos, chamaram a atenção de Vladi Lourenço. Para proporcionar mais segurança aos moradores e a todos que passam pelo local, ele pediu providências urgentes à prefeitura. Ainda na questão da iluminação pública, Vladi solicitou troca de poste de luz na rua Venâncio Aires, em frente ao nº 453, no bairro Canudos. “O poste no local está podre. Os moradores reclamam, pois temem que ele caia, gerando problemas mais sérios”, alertou.

Antonio Lucas (PDT) Antonio Lucas busca, desde meados de 2009, novas tampas para bocas-de-lobo do bairro São José. Segundo o vereador, na esquina entre as ruas Consagração e Lauro Edimo Steigleder, no Loteamento Kephas I, carros já trancaram pneus no buraco, e estudantes caíram ao voltar da escola. “O perigo para a população é muito grande”, salienta. Problema semelhante foi constatado na rua Jorge Schury, no início da Vila Pedreira. “Há mais de ano que eu batalho por uma solução. Estou em contato com a prefeitura. Os buracos já fizeram aniversário”, lamenta.

Ricardo Ritter, ICA (PDT) Para coibir o depósito irregular de lixo em um terreno baldio localizado na rua Plínio Ignácio Kieling, esquina com a Seno Antonio Schokal, no bairro Canudos, Ricardo Ritter – Ica solicitou a colocação de uma placa “Proibido Colocar Lixo”. Segundo o pedetista, o acúmulo de resíduos causa mau cheiro e o aparecimento de ratos e de insetos. O vereador ainda busca uma solução, junto ao Executivo, para um vazamento de água na rua Joaquim Pedro Soares, nas proximidades do nº 389, no centro. “É preciso que seja feita vistoria urgentemente”, frisou.

|4|


Câmara Notícias

Gerson Peteffi (PSDB) Gilberto Koch (PT)

Vários cidadãos residentes no bairro Operário procuraram Gerson Peteffi. O objetivo era buscar uma solução para a falta de iluminação entre as ruas San Marino e Conde de Figueiras. “Nesse ponto a lâmpada encontra-se estragada, deixando o local às escuras. Por isso, os transeuntes sentem-se inseguros”, apontou. Uma situação oposta – mas também grave – deu origem a outro pedido de providência assinado por Peteffi. Ele ficou sabendo de uma lâmpada que fica ligada durante todo o dia na rua Machado de Assis, em frente ao nº 120, no bairro Ideal, e pediu providências para conter o desperdício de energia.

Com grande fluxo de veículos e movimento de pedestres, a rua Santa Rita, nas proximidades do ginásio da Igreja Sagrado Coração de Jesus, bairro Santo Afonso, não conta com uma faixa de segurança. Isso significa risco a todos. Com o objetivo de proporcionar mais segurança, Gilberto Koch solicitou à prefeitura a sinalização. Betinho também busca a pintura de uma faixa na av. Pedro Adams Filho, para acesso à mesma parada de ônibus. “Esses dois pedidos de providências foram feitos a partir de demandas da comunidade.”

Jesus Maciel (PTB) Como presidente da Casa, Jesus Maciel encabeça a campanha do Legislativo pela conscientização sobre o correto descarte do lixo – e sobre a necessidade de se reduzir o consumo e reutilizar materiais. Além de promover o debate entre os mais diversos representantes da sociedade sobre o tema, o vereador está atento a problemas espefícicos que afetam os hamburguenses. Por isso, entre seus pedidos de providências recentes, estão a solicitação de limpeza no passeio público na rua Ícaro e no canteiro central na rua José Aloisio Daudt, no bairro Canudos. Ele também já pediu limpeza em ruas dos bairros Rondônia, Santo Afonso e Guarani, entre outros.

Luiz Carlos Schenlrte (PMDB) Um morador da rua Sílvio Gilberto Christmann, no bairro Canudos, está vendo seu terreno ser destruído pela erosão causada pelo arroio que passa no local. Para solucionar esse problema – e também para evitar que ele se repita em outras propriedades –, Luiz Carlos Schenlrte pediu à prefeitura a construção de um muro de contenção ao lado do curso de água. Carlinhos ainda solicitou a instalação de um semáforo na rua Reynaldo Kayser, esquina com a Ângelo Provenzano, no mesmo bairro. “Muitos acidentes já foram registrados no local, que poderiam ter sido evitados com o semáforo. Os moradores do local reclamam”, salienta o vereador.

Volnei Campagnoni (PCdoB) O acúmulo de lixo e o mato alto nas margens do Arroio Pampa, nas imediações da rua Pedro José Treis, no bairro São Jorge, preocupam os moradores das imediações. Por isso, Volnei Campagnoni solicitou medidas à prefeitura. “É preciso que seja feita o quanto antes a limpeza no local”, apontou o vereador. Além disso, muitos dos pedidos de providências de Volnei têm a ver com o trânsito. Entre eles, está a solicitação de poda de árvores que ficam perto de semáforos ao longo da av. Nicolau Becker. “Há algumas que dificultam a visão das sinaleiras, podendo causar acidentes”, alertou.

Alex Rönnau (PT) A comunidade de Canudos, preocupada com a poluição da lagoa da Vila Esmeralda, entrou em contato com Alex Rönnau pedindo uma solução para o problema. O vereador já esteve reunido com representantes do Executivo e da comunidade para tratar do assunto. A ideia é que a água seja limpa e o espaço em volta, revitalizado. Alex explica que em torno da lagoa há uma grande área verde, que mesmo precaria já é utilizada por pessoas da comunidade. “Ali poderia ser feita uma pista para caminhada, além de praça adequada para as crianças”, frisou o petista.

Sergio Hanich (PMDB)

Matias Martins (PT) Matias Martins está atento aos problemas enfrentados por moradores do bairro Canudos. Por isso, vários de seus pedidos de providências têm este bairro como foco. Em abril, o petista solicitou operações tapa-buracos para as ruas Guilherme Vieltz e Joaquim Oliveira, ambas entre as ruas Uruguai e Nobel. Para aumentar a segurança de quem mora ou até de quem apenas transita por lá, o vereador também solicitou a substituição de lâmpadas queimadas nas ruas Beno Hugo Haack, Alfredo Muller, Potiguara, Otto Schonardie e Karl Schmidt.

Foram relatadas a Sergio Hanich as dificuldades enfrentadas por quem mora ou tem de passar pela rua Guia Lopes, nas proximidades do nº 1158, no bairro Rondônia. “O local está tomado de barro e brita proveniente de obras”. Portanto, ele solicitou à prefeitura a fiscalização dos trabalhos que estão sendo realizados por lá. O vereador ainda pediu o término da pavimentação da rua Otávio Oscar Bender, no bairro Canudos. “A obra tem grande importância para os moradores, pois irá amenizar a poeira e o barro, e faltam apenas alguns metros para sua conclusão”, frisou, lembrando que a via tem um tráfego considerável, com passagem de coletivos várias vezes ao dia.

|5|


ªHospital

Jornal da Câmara Municipal de NH/Abril de 2010

recebe do Estado

verba de R$ 27,5 milhões

Dia 13 de abril, a governadora Yeda Crusius, acompanhada do ChefeAdjunto da Casa Civil, Leonardo Hoff, assinou repasse no valor de até R$ 27,5 milhões ao ano para o Hospital Municipal. A cerimônia ocorreu na Câmara Municipal e lotou o Plenário. O presidente, Jesus Maciel, ressaltou a alegria em receber a governadora para um evento tão grandioso. “Nós acreditamos em seu trabalho e desejamos que o Estado e que Novo Hamburg o cresçam. E quando melhoramos a saúde, colaboramos para isso.” A secretária estadual de Saúde em exercício, Arita Bergmann, explicou que a verba faz parte do programa estruturante Saúde Perto de Você. De acordo com ela, um dos objetivos é fazer com que a casa de saúde seja referência para toda a região, em especialidades como cardiologia, nefrologia, neuroloria e diagnósticos. “De nove ressonâncias por ano, deverão ser feitas 459.”

Vereadores questionam secretário de Segurança A segurança pública esteve na pauta de debates no início do mês de abril (6). O secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, Luiz Fernando Farias, falou sobre o trabalho da guarda municipal e esclareceu questionamentos dos vereadores, que aproveitaram o momento para cobrar melhorias do titular da pasta. A iniciativa foi de Raul Cassel, PMDB.

Para o prefeito, Tarcísio Zimmermann, a escolha do Legislativo para a solenidade não poderia ser mais adequada. “Ano passado, havia apresentado aqui um doloroso quadro da saúde. E apresentei também soluções que implicariam compromissos com outras esferas do poder.” Ele salientou, ainda, a necessidade de corrigir a defasagem da tabela do SUS, lembrando a dificuldade encontrada em contratar profissionais da área da saúde por meio de concursos.

ªEmenda federal garante ®

R$ 230 mil para a saúde

A vereadora Carmen Ries, PT, foi a porta-voz de uma excelente notícia dada ao prefeito Tarcísio Zimmermann no início do mês (7). Foi aprovada a emenda parlamentar da deputada federal Maria do Rosário (PT) ao Orçamento Geral da União para 2010, no valor de R$ 230 mil. O valor, proveniente do Ministério da Saúde, é destinado ao programa de estrutura da rede de serviços de atenção básica.

O secretário anunciou que, em breve, será lançada mais uma campanha de educação no trânsito, voltado principalmente para pedestres. Farias também lembrou que Novo Hamburgo é uma das 20 cidades que conta com o Pronasci. “Por meio dele, ocorrem ações de inclusão social

Câmeras de segurança Quando questionado por Cassel, Farias afirmou que não há a possibilidade de as câmeras de segurança estarem desligadas. O secretário lembrou que as primeiras 13 entraram em funcionamento em 2001, por meio de um projeto pioneiro no Estado. Segundo ele, atualmente são 25, sendo que quatro estão em manutenção. Até a metade do ano, outras 12 devem ser instaladas.

ªMorada dos Eucaliptos

terá esgoto tratado até julho A Comissão de Meio Ambiente, formada por Matias Martins (presidente), Gilberto Koch (relator) e Luiz Carlos Schenlrte (secretário), está acompanhando de perto as obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no Loteamento Morada dos Eucaliptos.

Quem ganha é a comunidade hamburguense De acordo com a vereadora e com os assessores da deputada, Márcia Santana e Jackson Raymundo, a verba do Ministério da Saúde será utilizada para a construção de UBSs (Unidades Básicas de Saúde). Uma das preocupações de Carmen era obter um local para construção de uma UBS no bairro

Rondônia ou na Vila das Flores. A assessoria da deputada informou ainda que a verba está garantida, pois já foi aprovada pelo orçamento da União. “Dependemos, agora, da apresentação do projeto pelo Executivo para liberação do recurso que já está disponível”.

Comissão de educação vistoria escolas Averiguando denúncias de moradores do bairro Boa Saúde, o vereador Luiz Carlos Schenlrte, presidente da Comissão de Educação, e Carmen Ries, relatora, foram conferir de perto a realidade da Escola Estadual que recebe o mesmo nome. Dentre as reclamações da comunidade estavam a falta de professores e os problemas de infraestrutura, como pichações. Para Carlinhos, mesmo a instituição sendo estadual deve receber atenção especial dos vereadores. “Ela está situada no Município e abriga estudantes daqui”, disse. Para ele, melhorias são indispensáveis. A vice-diretora, Luciane Teixeira, explicou que o problema da falta de professores já foi resolvido. E salientou que obras de melhorias no prédio estão em andamento. O vereador sugeriu a realização de um mutirão com pais e alunos para limpeza e plantio de flores e árvores no pátio. Carmen, que também é diretora de

e inserção no mercado de trabalho”. A recente conquista dos guardas municipais, que terão o risco de vida incorporado na aposentadoria, também foi tema de sua fala. Antonio Lucas (PDT) ressaltou essa vitória é resultado de um trabalho de muitos anos dos vereadores hamburguenses.

Importância A construção desta ETE começou em 2007, mas os trabalhos foram intensificados no ano passado. A previsão é que ela esteja funcionando em julho. Então, o esgoto gerado por cerca de seis mil pessoas que moram nos arredores será tratado de forma adequada. Depois de passar por um processo em três etapas, a água será levada novamente ao Rio dos Sinos. Assim, não irá gerar poluição e, consequentemente, evitase mortandade de animais e até doenças na população.

Pesquisa

uma escola pública, salientou que, para evitar a pichação, poderiam ser feitas oficinas de grafitagem. “É preciso conscientizar os jovens”. Atualmente, a Escola Boa Saúde tem 448 alunos, e oferece turmas de 5º a 8º séries. Raul Cassel também integra a Comissão de Educação.

O diretor técnico da Comusa, Júlio César Macedo, explicou aos vereadores que deverão ser feitos estudos, em parceria com a Feevale, para encontrar uma forma de utilizar o resíduo gerado. A ETE contará ainda com um laboratório de análises biológicas, para garantir a qualidade do trabalho realizado. Além disso, diversos profissionais deverão atuar diariamente no local.

Qualidade de vida A comunidade já está sendo beneficiada desde agora. O esgoto cloacal (ou seja, o esgoto gerado em banheiros e cozinhas) está sendo

afastado das residências. A saúde de quem vive por ali, desta forma, fica protegida.

Ampliação Quando ficar pronta, na metade deste ano, a ETE terá capacidade de recolher 10 litros por segundo. O investimento é de cerca de R$ 4 milhões da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), um órgão ligado ao Ministério da Saúde. Contudo, no futuro, com novos investimentos, a estrutura poderá dobrar de tamanho.

|6|


Câmara Notícias

CASA MORTUÁRIA Uma das principais reivindicações dos moradores de Canudos foi atendida: começou o mutirão que tornará realidade a casa mortuária do bairro. O prédio situado na Rua Potiguara foi cedido à comunidade local pela prefeitura. O pedido para que a estrutura fosse usada para este fim foi realizado pelo vereador Alex Rönnau, PT, junto à associação de moradores. A conquista veio após o parlamentar ter sugerido como emenda ao orçamento 2010 a destinação de R$ 40 mil para esse fim. Segundo Alex, a comunidade do bairro Canudos está transformando o prédio. “Vinte e dois moradores e representantes de entidades religiosas fizeram a limpeza e a capina. O trabalho será feito em etapas. A previsão é de que os trabalhos estejam concluídos em três meses”, explicou.

Homenagem aos 80 anos do HOSPITAL REGINA Os 80 anos do Hospital Regina foram lembrados pela Câmara Municipal a pedido de Raul Cassel, PMDB. O vereador, que também é médico, possui íntima ligação com a entidade, na qual nasceu, foi batizado, estudou e trabalha. “Esta é uma homenagem à primeira e maior casa de saúde de Novo Hamburgo”, ressaltou Cassel. O vereador apontou que viu o estabelecimento crescer muito e se qualificar ao longo dos anos. A diretora, Irmã Generosa Wittmann, outras irmãs e colaboradores participaram da sessão. e também é Gerson Peteffi, PSDB, qu nais que sio fis médico, elogiou os pro corpo um ário ess atuam no local. “É nec tal se spi ho um er faz a de funcionários par dis rtantes”, se. sustentar, todos são impo Maciel, PTB, O presidente da Casa, Jesus Diretora, citou falando em nome da Mesa a qualidade dos a dedicação, a organização, etê nc ia do s eq uip am en tos e a co mp s. funcionários e dirigente

ações Crescimento e inaov comunidade

Irmã Generosa agradeceu rec on he ce a ha mb ur gu en se, qu e final, Cassel No tal. importância do hospi emorativa. entreg ou uma placa com cir ur gia s e O Re gin a rea liz a mp lex ida de, co a pro ced im en tos de alt ergência 24 em e ia contando com urgênc , diversos cas ógi tol on od horas, emergências exames e especialidades.

AGENDA CÂMARA Dia 3 de maio - Homenagem aos 25 anos da Trensurb, às 19h. Iniciativa de Gilberto Koch Dia 4 de maio - Terceira reunião para debater a indústria calçadista, às 19h, na Câmara. Iniciativa: Mesa Diretora Dia 5 de maio - Sessão comunitária na Vila Palmares, rua Evaldo Scheid, nº46, às 19h Dia 6 de maio - Vespertino Musical, pelo Coral da Câmara, às 18h30min, no Plenário - Apresentação do Relatório de Atividades Rurais, realizado em Lomba Grande pela Emater em 2009. Iniciativa de Matias Martins Dia 25 de maio - Homenagens aos 10 anos do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).Iniciativa de Carmen Ries, Ricardo Ritter – Ica e Gilberto Koch Dia 27 e 28 de maio - II Jornada de estudos com o tema “como reconhecer, lidar e auxiliar crianças e adolescentes vitimados por maus-tratos, exploração e abusos sexuais”. Será realizada no plenário, das 18 às 21 horas. A realização é da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. Agenda sujeita a alterações.

Alex e voluntários trabalham no local

Acesse: www.camaranh.rs.gov.br

Canil precisa de nova sede A localização e a atual infraestrutura do canil municipal tem preocupado alguns vereadores, como Gilberto Koch, PT, Luiz Carlos Schenlrte, PMDB, e Julio Anápio da Silva, suplente de Vladi Lourenço, PP. Depois de o tema ser abordado em pronunciamentos em sessões, agora é o foco de um pedido de providências. Betinho solicitou à prefeitura a mudança da estrutura, que hoje está na Rua Antonio Roberto Kroeff, entre os loteamentos Nações Unidas e Novo Nações. “É uma reivindicação da comunidade do bair ro Santo Afonso”, esclareceu. O local ideal para abrigar o canil ainda está sendo discutido. Para Carlinhos, o mais apropriado seria uma área em Lomba Grande. “Hoje, a estr utura incomoda os moradores das proximidades”, informou. Anápio complementa dizendo que a área não é mais apropriada. “Há muitos moradores, e ninguém aguenta o cheiro e os latidos”, frisou. Segundo o vereador, o final do bairro Roselândia seria um bom ponto. “Lá não tem casa perto.” Betinho acredita que a escolha do lugar deve ser uma decisão tomada a partir de um debate com a comunidade. “Acreditamos em uma alternativa viável, física e financeira, para esta transferência, e assim evitar transtornos maiores. Sugerimos que para a realização desta obra o Município busque recursos nos governos Estadual e Federal, além da iniciativa privada.”

Adote um animalzinho Atualmente, o canil abriga mais de 200 cachorros e cerca de 20 gatos. A veterinária Deisy Klein afirmou que a população pode ir ao canil escolher um bichinho para adotar de segunda a sexta-feira, do meio-dia às 17 horas, ou aos sábados, das 9 horas ao meio-dia. Duas vezes ao mês também são realizadas feiras na Praça do Imigrante. Cerca de 80 cachorros e 10 gatos ganham novas famílias mensalmente. “Os cachorros saem daqui castrados. Também temos um programa de castração para animais que pertencem a famílias de baixa renda.”

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3586-1880.

II Jornada de Estudos A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – composta por Carmen Ries (presidente), Volnei Campagnoni (vice-presidente), Sergio Hanich, Alex Rönnau, Gerson Peteffi e Matias Martins – irá realizar em maio a II Jornada de Estudos com o tema “como reconhecer, lidar e auxiliar crianças e adolescentes vitimados por maus-tratos, exploração e abusos sexuais”. Nos dias 27 e 28, das 18 às 21 horas, no Plenário, estudiosos, autoridades e demais pessoas interessadas irão debater o assunto. Entre os dias 23 e 25 de novembro do ano passado, a comissão realizou a I Jornada de Estudos. Na ocasião, participaram a secretária municipal de Saúde, Clarita de Souza, a psicóloga Anete Regina da Cunha, coordenadora do Centro de Referência Especializada de Assistência Social, entre outros painelistas. Pela avaliação dos vereadores, a atividade foi muito positiva, pois incentivou muitos cidadãos a procurar ajuda.

TV Câmara Assista ao Câmara Notícias e aos demais programas com o resumo das principais atividades do Legislativo, pelo canal 16 da NET.

Feriado de Tiradentes

No dia 21 de abril de 1792 Joaquim José da Silva Xavier foi condenado à morte e ao esquartejamento por lutar pela independência do Brasil. Partes do seu corpo foram expostas na estrada que ligava o Rio de Janeiro a Minas Gerais. A exposição dos restos mortais pretendia desencorajar outras rebeliões. Sua casa foi queimada e seus bens confiscados. Executado como criminoso, transformou-se no primeiro herói brasileiro. No século 18, o Brasil era uma colônia portuguesa que gerava grandes lucros, em função do ouro e dos diamantes descobertos nas Minas Gerais. Portugal explorava o ouro brasileiro e cobrava pesados impostos. Mas as riquezas não eram infinitas e o governo atribuiu a diminuição dos lucros com a mineração ao contrabando e à sonegação de impostos. Os brasileiros se organizaram no movimento chamado Inconfidência Mineira, defendendo a independência do país. A maioria dos conspiradores era ricos e cultos e conseguiram trocar a pena máxima pela prisão ou exílio. Tiradentes era um simples alferes (cargo militar semelhante ao de tenente), e tinha esse apelido por exercer o ofício de dentista. Com poucas influências econômicas e políticas, acabou condenado à forca. A foto mostra praça de Ouro Preto, onde Tiradentes foi enforcado.

|7|


Onde você joga o seu lixo? Jornal da Câmara Municipal de NH/Abril de 2010

Na lixeira

Na rua

No Arroio Luiz Rau

Em terreno baldio

O

tratamento do lixo e a sua destinação final são tarefas da Prefeitura, mas cada cidadão também é responsável pelo lixo que produz. Todos podem colaborar para reduzir o impacto dos resíduos no meio ambiente e é este o tema da campanha que a Câmara Municipal está desenvolvendo este ano. O objetivo é conscientizar a população para que descarte corretamente o lixo. Se cada um fizer a sua parte, a cidade estará mais limpa e saudável. Haverá redução de insetos e roedores, de doenças como a dengue, e de ambientes poluídos que comprometem a qualidade de vida de todos nós. A campanha da Câmara Municipal é uma iniciativa do presidente Jesus Maciel e da Mesa Diretora que, em 2010, é integrada pelos vereadores

Mais da metade da produção mundial de lixo urbano pertence aos cidadãos dos países desenvolvidos. A cada ano, dois bilhões e meio de fraldas são descartadas pelos britânicos, 30 milhões de câmeras fotográficas descartáveis vão para os lixos japoneses e 183 milhões de lâminas de barbear, 350 milhões de latas de spray e quase três bilhões de pilhas e baterias são destinadas aos lixões norte-americanos.

Sergio Hanich (vice-presidente), Alex Rönnau (1º secretário) e Volnei Campagnoni (2º secretário). Também participa desse mutirão a Comissão de Meio Ambiente, integrada pelos vereadores Matias Martins, que a preside, e pelos vereadores Luiz Carlos Schenlrte e Gilberto Koch. A Câmara já realizou dois debates sobre o assunto, envolvendo técnicos e comunidade. A campanha defende a criação de um calendário de coleta, prevendo horários para a colocação de sacos em frente às casas e prédios; a obtenção de licenciamento de uma área para depósito de entulhos; a criação de ecopontos; a realização de uma gincana escolar; o incentivo a educação ambiental e a conscientização da população sobre a importância de se reduzir o consumo, além de se reutilizar e reciclar o lixo.

Tempo de decomposicão de alguns materiais

l

Papel – duas a quatro semanas; palito de fósforo – seis meses; papel plastificado – um a cinco anos; casca de banana ou laranja – dois anos; chiclete – cinco anos; latas – 10 anos; ponta de cigarro – 10 a 20 anos; couro – 30 anos; sacos plásticos – 30 a 40 anos; cordas de nylon – 30 a 40 anos; latas de alumínio – 80 a 100 anos; tecido – 100 a 400 anos; vidro – 4 mil anos; pneus – indefinido; garrafas plásticas – indefinido.

Cada tonelada de papel reciclado evita a derrubada de 16 a 30 árvores, em média. Novo Hamburgo produz 150 toneladas de lixo por dia. No Brasil, a produção diária é de 140 mil toneladas, sendo que apenas 2% do lixo é reciclado. Apesar desse baixo índice de reaproveitamento, mais de meio milhão de brasileiros atuam como catadores, transformando o lixo em fonte de renda. Cada pessoa produz, anualmente, uma média de 90 latas de bebidas, duas árvores transformadas em papel, 107 frascos em geral, 70 latas de alimentos, 45 Kg de plástico e 10 vezes o seu próprio peso em refugos domésticos.

Aplique os 3 Rs : reduzir, reutilizar e reciclar ªReduza – Diminua a quantidade do lixo

O plástico mata mais de um milhão de aves e milhares de mamíferos marinhos a cada ano, porque é ingerido, por engano, pelos animais.

Classificacão do lixo: l Orgânico – casca de frutas e verduras, restos de comida, podas de plantas e árvores. Inorgânico – Jornais e revistas, embalagens de vidro, plástico, alumínio e papelão.

produzido. Desperdice menos. Consuma só o necessário.

Contaminado – Papel higiênico, fraldas descartáveis, absorventes, restos de remédios, seringas e agulhas usadas, curativos, etc.

ªReutilize – Ao invés de jogar vários

materiais fora, encontre uma nova utilidade para cada um deles.

ª Recicle – Transforme algo que já foi

usado num objeto útil ou encaminhe para quem possa reciclá-lo: catadores, entidades, associações ou artesãos. Os materiais reciclados são: vidro, plástico, papel, papelão, alumínio, pneus e restos de construção civil.

A Câmara realizou debate sobre o lixo. Nas fotos, integrantes da Mesa Diretora e da Comissão de Meio Ambiente. Público lotou o Plenário.

Você pode colaborar para a saúde do planeta!

|8|


Jornal Câmara Notícias - 6ª edição