Issuu on Google+

QUADRA CENTRAL 25 de FEVEREIRO

SIMPLES | 12h30 Filippo Volandri (ITA) vs. Federico Delbonis (ARG)

SIMPLES | Não antes das 17h30 Martin Klizan (SVK) vs. Guilherme Clezar (BRA)

SIMPLES | Não antes das 14h30 Rogério Dutra Silva (BRA) vs. Guillermo Garcia-Lopez (ESP)

SIMPLES | Não antes das 19h Santiago Giraldo (COL) vs. Thomaz Bellucci (BRA)

DUPLAS | A SEGUIR Marcel Granollers (ESP) vs. Pere Riba (ESP)

“Um trabalho incrível”, elogia presidente da ATP

André Sá (BRA) João Souza (BRA)

Chris Kermode aprova melhorias na estrutura do Brasil Open e fala sobre as mudanças no calendário da ATP para 2015

Ainda sobre os torneios disputados na América do Sul, o presidente assumiu que tem uma decisão complexa pela frente para a próxima temporada. O Brasil Open pode trocar de data com o ATP de Buenos Aires, mas muitos fatores serão considerados até uma definição. “A ATP é uma organização 50% dos jogadores e 50% dos torneios. Nós temos que ouvir opiniões dos dois lados, além da mídia, dos fãs e dos patrocinadores, para chegar à decisão certa. É difícil, porque os dois são ótimos torneios e mercados”. Kermode, de 49 anos, foi jogador profissional e mais recentemente atuou como diretor do ATP de Queen’s e do ATP Finals. Outra mudança no calendário de 2015 mereceu atenção do mandatário: o crescimento dos torneios de grama e o maior intervalo entre Roland Garros e Wimbledon.

“A temporada de grama sempre foi muito curta. Ter um aquecimento maior antes de Wimbledon e um ATP 500 na grama fazia sentido”.

presidente da ATP, Chris Kermode, visitou a estrutura do Brasil Open hoje e aprovou as melhorias realizadas pela organização para a 14ª edição do torneio. A construção de um miniestádio coberto e climatizado e a satisfação dos tenistas foram alguns pontos mencionados pelo presidente ao falar das mudanças em relação a 2013. “Desde que cheguei o Gayle Bradshaw (vice-presidente executivo de regras e competição da ATP) me contou que todos os problemas tinham sido resolvidos, que haviam feito um trabalho incrível e me falou de uma maneira muito positiva. E eu fiquei impressionado pela disposição que todos têm mostrado, muito proativos. Os jogadores estão incrivelmente felizes”, contou à imprensa.

FEIJÃO SURPREENDE FAVORITO NA ESTREIA

BELLUCCI, CLEZAR E ROGERINHO ESTREIAM NESTA TERÇA

p.02

p.03


2

COM TÊNIS DE PRIMEIRA LINHA, FEIJÃO SURPREENDE FAVORITO NA ESTREIA Número 2 do Brasil supera 45º do mundo e aguarda esloveno ou espanhol na fase de oitavas de final

o espanhol Albert Montañes. Este duelo acontece amanhã a partir das 12h30. A vitoriosa estreia nesta segunda-feira também lhe serviu para reencontrar o caminho das vitórias no circuito ATP. Desde a última edição do Brasil Open que Feijão não vencia uma partida deste nível, quando passou pelo espanhol Ruben Ramirez Hidalgo. “Voltar a vencer um jogo de ATP é sempre muito bom”, finaliza.

J  VOLTAR A VENCER UM JOGO DE ATP É SEMPRE MUITO BOM, vibra Feijão

oão Souza, o Feijão, empolgou a torcida brasileira na noite de hoje ao derrotar o 45º melhor tenista do mundo, o holandês Robin Haase. Com um tênis de primeira linha, o número 2 do Brasil avançou para as oitavas de final do Brasil Open 2014 sem sofrer quebras no serviço: 7/5 6/4. Desde o início do confronto, Feijão manteve a intensidade, foi mais agressivo e soube defender-se nos momentos críticos da partida ao salvar três set points consecutivos com um tênis de alto nível, mesclando força no primeiro saque, um jogo sólido no fundo de quadra com forehand e deixadinhas. Um dos momentos mais emocionantes da estreia foi no 0-40, quando Haase tinha três set points na parcial 4-5. “Eu sabia que para vencê-lo eu devia jogar bem e agressivo. Sem dúvida alguma sair daquele 0-40 trouxe uma confiança extra”, diz Feijão, que na próxima rodada encara o esloveno Aljaz Bedene ou

A respeito da possibilidade de voltar ao top 100, Feijão projeta que até o término desta temporada o Brasil tenha dois representantes no sonhado grupo. “Tanto meu objetivo quanto do Thomaz (Bellucci) é voltar ao top 100. O pessoal pode esperar, temos trabalhado duro, um tem puxado o outro sempre. Estou na torcida por ele, assim como ele torce por mim. Quem sabe até o final do ano o Brasil tenha dois tenistas até com melhor ranking, no top 80 ou 70”, finaliza.


3

BELLUCCI, CLEZAR E ROGERINHO ESTREIAM NESTA TERÇA A  terça-feira do Brasil Open marca a estreia dos brasileiros Thomaz Bellucci e Guilherme Clezar na competição. O primeiro encara o colombiano Santiago Giraldo, cabeça de chave 8, a partir das 19 horas, enquanto o segundo tem pela frente o eslovaco Martin Klizan, por volta das 17h30. Ambas as partidas serão na quadra central do Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, com transmissão ao vivo pelo Sportv e Bandsports.

Thomaz Bellucci

VS

Santiago Giraldo

“As condições são boas para mim. Espero jogar bem e conseguir passar pela primeira rodada”, comentou Bellucci. Já o jovem gaúcho Guilherme Clezar enfrentará pela primeira vez Martin Klizan, atual 97 do mundo. “A preparação foi boa. Fiz bons treinos em São Paulo. A expectativa é de fazer um grande jogo. Sei das qualidades do Klizan, mas sei que tenho condições de sair com a vitória”, afirmou Clezar. Após furar o qualifying, Rogério Dutra Silva já disputa a primeira rodada também nesta terça, a partir das 14h30, na quadra central, contra o espanhol Guillermo Garcia-Lopez, cabeça de chave número 6. Pela chave de duplas, André Sá e João Souza encerram a programação da quadra central em duelo contra os espanhóis Marcel Granollers e Pere Riba, logo após a partida de Thomaz Bellucci.

Guilherme Clezar

VS

Martin Klizan

Rogério Dutra Silva

VS

Guilhermo Garcia-Lopez


Galeria

BASTIDORES

Fotos: Brasil Open / Inova Fotos


Segunda-feira 24 de fevereiro | Brasil Open 2014