Issuu on Google+

Luiz Felipe Scolari adotou o discurso otimista e demonstrou confiança na conquista do hexa. Craque Neymar dividiu os microfones com o comandante e afirmou estar ansioso para disputar sua primeira partida de Copa do Mundo. Mas, seleção croata promete dificultar a vida dos brasileiros dentro de campo. Pódio E4 e E5

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

Gramado da Arena da Amazônia sofre críticas Pódio E3

esportes@emtempo.com.br

Seleção de Gerrard chega hoje, à tarde, em Manaus Pódio E8

ED FERREIRA/AE

‘Chegou a hora, vamos juntos’


E2

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

HERÓIS DA COPA DIVULGAÇÃO

CHARGE

“Der Kaiser” Beckenbauer

Chutes fortes, posicionamento perfeito e lançamentos precisos. Conhecido como “Der Kaiser” (O Imperador, em alemão), Franz Beckenbauer era um jogador completo, um gênio, o símbolo máximo do futebol na Alemanha, sinônimo de elegância e eficiência. Atuando na posição que revolucionou como jogador, a de líbero, Beckenbauer organizava a equipe na retaguarda e também atacava com a mesma eficiência, marcando muitos gols. Ganhou todos os títulos possíveis jogando pelo Bayern de Munique, incluindo 3 Liga dos Campeões da Uefa e uma Recopa Europeia, além de diversos títulos domésticos. Disputou a Copa do Mundo três vezes, erguendo o troféu em 1974 como jogador e em 1990 com treinador da seleção alemã. Em 1970, na Copa do México, disputou a semifinal contra a Itália com o braço em uma tipoia após deslocar o ombro. Eleito duas vezes o Melhor Jogador da Europa (1972 e 1976), ainda atuou por três anos no Cosmos dos Estados Unidos, onde encerrou sua carreira. Franz Beckenbauer é incontestavelmente o maior jogador da história da Alemanha e um dos maiores do século 20. O único e verdadeiro imperador do futebol.

Tabela da Copa do Mundo Brasil

Camarões

Austrália

Chile

Colômbia

Costa do Marfim

Costa Rica

Inglaterra

Croácia

México

Espanha

Holanda

Grécia

Japão

Itália

Uruguai

12/6/2014 - 17h Arena Corinthians Brasil

13/6/2014 - 16h Fonte Nova

Croácia

Espanha

13/6/2014 - 13h Arena das Dunas México

13/6/2014 - 19h Arena Pantanal

Camarões

Chile

17/6/2014 - 16h Arena Castelão Brasil

Austrália

18/6/2014 - 13h Arena Beira Rio

México

Austrália Espanha

Croácia

Espanha

23/6/2014 - 13h Arena Corinthians

23/6/2014 - 17h Arena Pernanbuco

Holanda

México

Croácia

Chile

Austrália

Brasil

Colômbia

14/6/2014 - 16h Castelão

Grécia

14/6/2014 - 22h Arena Pernambuco C. Marfim

Japão

16/6/2014 - 13h Estádio Mané Garrincha Colômbia

C. Marfim

19/6/2014 - 19h Arena das Dunas

23/6/2014 - 13h Arena da Baixada

23/6/2014 - 17h Estádio Mané Garrincha Camarões

Holanda

18/6/2014 - 16h Maracanã

18/6/2014 - 18h Arena da Amazônia Camarões

Holanda

14/6/2014 - 13h Mineirão

Chile

Japão

Grécia

26/6/2014 - 16h Arena Pantanal Japão

Uruguai

C. Rica

14/6/2014 - 19h Arena da Amazônia Inglaterra

Itália

19/6/2014 - 16h Arena Corinthians Uruguai

Inglaterra

20/6/2014 - 13h Arena Pernambuco Itália

C. Rica

24/6/2014 - 13h Arenas das Dunas

Colômbia

Itália

Uruguai

24/6/2014 - 17h Aer

24/6/2014 - 13h Mineirão

Grécia

C. Marfim

C. Rica

Inglaterra

Equador

França

Argentina

Bósnia-Herzegovina

Alemanha

Estados Unidos

Argélia

Bélgica

Honduras

Suíça

Irã

Nigéria

Gana

Portugal

Coreia do Sul

Rússia

15/6/2014 - 13h Estádio Mané Garrincha Suíça

Equador

Argentina

15/6/2014 - 16h Arena Beira Rio França

Honduras

Equador

Irã

Nigéria Nigéria

25/6/2014 - 17h Maracanã França

Alemanha

Portugal

16/6/2014 - 19h Arena das Dunas Gana

EUA

Alemanha

Gana

22/6/2014 - 18h Arena da Amazônia

Bósnia

EUA

Portugal

26/6/2014 - 13h Arena Pernambuco

Argentina

EUA

Alemanha

Bélgica

Argélia

17/6/2014 - 19h Arena Pantanal Rússia

C. do Sul

Bélgica

Rússia

22/6/2014 - 16h Arena Beira Rio C. do Sul

Argélia

26/6/2014 - 17h Arena Corinthians C. do Sul

Bélgica

25/6/2014 - 13h Arena Fonte Nova

26/6/2014 - 13h Estádio Mané Garrincha

26/6/2014 - 17h Arena da Baixada

Bósnia

Portugal

Argélia

Irã

Gana

Rússia

COLUNISTA DO JORNAL “FOLHA DE SÃO PAULO”

Ic,ic,ic. Bebeu? Mais da metade da delegação croata é de jogadores que terminam em “ic”. Que sejam sóbrios QUER SABER exatamente como joga a Croácia? Leia mestre Tostão e PVC que eles explicam. Explicam e metem medo. Medo de Modric que, de fato é exuberante, mas não chega a ser um Didi, um Gérson, um Rivellino, embora tivesse lugar no atual meio de campo brasileiro o que, bem sei, é o que vale porque o passado é o passado, não joga. Sim, de fato, o craque do Real Madrid joga muito, assim como

17/6/2014 - 13h Mineirão

22/6/2014 - 13h Maracanã

21/6/2014 - 16h Arena Castelão

25/6/2014 - 13 Arena Beira Rio

Suíça

Juka Kfouri

Nigéria

21/6/2014 - 18h Arena Pantanal

25/6/2014 - 16h Arena da Amazônia

Equador

Irã Argentina

França

Honduras

Bósnia

21/6/2014 - 13h Mineirão

20/6/2014 - 19h Arena da Baixada Honduras

16/6/2014 - 13h Fonte Nova

16/6/2014 - 16h Arena da Baixada

20/6/2014 - 16h Arena Fonte Nova Suíça

15/6/2014 - 19h Maracanã

Rakitic, agora do Barça, com quem forma uma dupla vencedora já faz tempo. Imagine se Mandzukic, ás do Bayern de Munique, não estivesse suspenso. As maravilhas ditas em torno deles são tantas que, quase certamente, o trio destruiria Felipão e companhia, pelo menos na imaginação amedrontada que nos assola nestas horas, ainda mais que Olic disse que há espaços na defesa nacional. A profusão de “ics”, curiosamente só do meio para frente do time que

deve enfrentar a sólida equipe brasileira, além de intimidar, confunde. Como o estádio estará aberto para vender a cerveja que patrocina a Copa, a probabilidade de privação de sentidos entre os torcedores aumenta entre tantos “ics”, mas não a ponto de embaçar o óbvio: a seleção brasileira é favorita na estreia, sua 20ª em Copas, com apenas duas derrotas, nas duas primeiras, em 1930 e 1934, e dois empates, em 1974 e 1978, nada menos que 15 vitórias, invariavelmente difíceis -

basta dizer que desde 1970, quando a velha Tchecoslováquia foi goleada, apenas uma vez, em 1994, a vitória foi por dois gols de diferença, contra a Rússia. Nas últimas quatro estreias, os brasileiros sempre venceram por apenas um gol de diferença. Numa delas, em 2006, contra a própria Croácia, gol de Kaká, em jogo horroroso contra o time das camisas que parecem toalhas de mesa de bistrôs, ideais, por sinal, para festejar com goles moderados a vitória brasileira, ic, ic, ic...

Como o estádio estará aberto para vender a cerveja que patrocina a Copa, a probabilidade de privação de sentidos entre os torcedores aumenta entre tantos “ics”, mas não a ponto de embaçar o óbvio: a seleção brasileira é favorita na estreia


E3

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

Gramado da Arena da Amazônia causa polêmica feitos”, disse o governador. Segundo o novo coordenador da Unidade Gestora do Projeto (UGP) Copa em Manaus, Evandro Melo, irmão do governador, a foto que causou polêmica foi tirada há quatro dias. “O gramado já está bem melhor desde então”, disse. Após a entrevista, a Federação Internacional de Fute-

GRAMA

A Arena da Baixada e o estádio Mané Garrincha também apresentam outros problemas. A Fifa pede para que seja feito o plantio da grama, fato que não ocorreu nesses dois palcos bol Associado (Fifa) liberou a captação de imagens à beira do campo. O gramado aparentava estar em melhores condições, mas ainda tinha algumas falhas e evidenciava pontos secos e amarelados. Ainda não havia a demarcação das listras brancas, e um operário cortava a grama. Além da Arena da Amazônia Vivaldo Lima, outros seis

palcos de partidas da Copa do Mundo no Brasil preocupam a Fifa. Isso porque, de acordo com a entidade, os gramados não estão nas condições exigidas para a realização da competição. Os problemas foram avistados nos estádios de Curitiba, Cuiabá, Natal, Porto Alegre, Brasília e Rio de Janeiro. Sequência preocupa Segundo os especialistas da Fifa, os gramados não deverão apresentar muitos problemas na primeira rodada. No entanto, para as seguintes partidas, a grama pode ser mais danificada, o que aumenta o risco de lesões dos jogadores. A entidade ainda indica que o estádio Beira-Rio (Porto Alegre), e as arenas Pantanal (Cuiabá), Amazônia (Manaus), das Dunas (Natal) e da Baixada (Curitiba), não obedeceram às exigências, não utilizando equipamentos de iluminação artificial importantes para o tratamento da grama. As luzes iluminariam, à noite, as partes do gramado que ficam encobertas pela cobertura dos estádios. O gramado do Maracanã preocupa devido ao alto número de jogos realizados no estádio.

Jornais estrangeiros questionaram a qualidade do campo da Arena

Problemas já eram previsíveis

Partidas realizadas antes do Mundial podem ter prejudicado o gramado da arena

Em entrevista concedida ao PÓDIO há um mês, o engenheiro agrônomo responsável por cuidar do gramado da Arena da Amazônia Vivaldo Lima, Ricardo da Silva, disse que até o início do Mundial, o gramado poderia ser prejudicado visualmente, mas, com a aplicação de alguns produtos, seria possível recuperá-lo rapidamente. A grama, tipo Bermudas 419, também é usada em outras arenas que sediarão partidas da Copa do Mundo. “É uma grama de clima quente, os Estados do Sul e Sudeste também usam essa grama, mas quando chega o inverno, eles trocam. Aqui vai ser permanente. A gente deve semear uma grama de inverno, que dá um aspecto muito bonito ao campo”, argumentou à época, Ricar-

CONDIÇÃO

De acordo com a Fifa, os estádios com melhores gramados são: Itaquerão (São Paulo), Fonte Nova (Salvador), Arena Pernambuco (Recife), Mineirão (Belo Horizonete) e Castelão (Fortaleza) do da Silva, que lamentou a realização de partidas no estádio há pouco menos de um mês da Copa. De acordo com a avaliação da entidade reguladora do futebol, os estádios que apresentam os melhores gramados são: Itaquerão (São Paulo), Fonte Nova (Salvador), Arena Pernambuco (Recife), Mineirão (Belo Horizonete) e Castelão (Fortaleza).

DIEGO JANATÃ

I

magens do gramado da Arena da Amazônia Vivaldo Lima feitas por uma agência francesa levantaram polêmica em Manaus. As fotos mostram o campo em más condições, com áreas secas e amareladas, e muitas falhas, a poucos dias da primeira partida na cidade, sábado (14), quando jogam as campeãs mundiais Itália e Inglaterra. Jornais estrangeiros, como o “Washington Post”, dos Estados Unidos, e o “Daily Mirror”, da Inglaterra, estamparam as imagens em tom de preocupação. “O estádio de Manaus não está terminado, e o gramado está em más condições”, diz a publicação americana. A questão foi levantada por jornalistas durante entrevista coletiva com o prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), e o governador do Amazonas, José Melo (Pros), na manhã desta quarta-feira (11). Inicialmente, ambos evitaram responder, argumentando que a questão caberia apenas ao COL (Comitê Organizador Local). Mas depois saíram em defesa do estádio. “Já realizamos vários jogos, grandes clássicos nacionais, e o estádio e o gramado se mostraram per-

DIVULGAÇÃO

Agência francesa divulgou imagem em que o campo do estádio manauense aparece com áreas secas e amareladas


MARCELO FERRELLI/GAZETAPRESS

E4

Seleção brasileira inicia caminhada para o hexa Brasil enfrenta perigosa seleção croata, de Luka Modric, no primeiro jogo da Copa do Mundo 2014, na Arena Corinthians, em São Paulo

D

epois de muitas críticas, protestos, mas também bastante expectativa, a bola enfim vai rolar para a Copa do Mundo de 2014. E caberá ao anfitrião fazer as honras da casa. A seleção brasileira enfrenta a Croácia nesta quintafeira, às 17h(de Brasília), na Arena Corinthians, em São Paulo (SP), na abertura do Mundial e do Grupo A, que tem ainda México e Camarões. Além de somar os primeiros três pontos, os canarinhos terão a missão de começar a trazer o povo para o lado do time de Luiz Felipe Scolari. Felipão procurou trabalhar nos últimos dias o aspecto psicológico do grupo. Sabe como poucos o que é estrear em uma Copa do Mundo e espera muitas dificuldades para a seleção brasileira. “Quando falo que a Croácia é o adversário mais complicado, não é apenas por aspectos técnicos, embora nesse ponto nosso adversário também merece respeito. Mas também pelos aspectos emocionais que tomam conta desta partida. Estrear em uma Copa do Mundo é sempre complicado, ainda mais jogando em casa e com toda a expectativa que gira em torno desta partida. Mas estamos preparados para este desafio”, disse Felipão. Os jogadores entendem que o apoio dos torcedores vai ser fundamental. Nessa estreia, esse é um ponto também delicado, pois São Paulo costuma ser a cidade mais exigente com a seleção brasileiro. Na semana passada os canarinhos sentiram isso após serem vaiados

durante a vitória de 1 a 0 sobre a Sérvia. “É fundamental que o torcedor esteja do nosso lado, pois essa química que deu certo na Copa das Confederações precisa ser mais forte ainda na Copa do Mundo. Mas sabemos que temos que contar com o nosso desempenho dentro de campo primeiro. Se o torcedor vier junto vai ser mais fácil ainda, mas também precisamos trazer ele para o nosso lado “, disse o lateral direito Daniel Alves. Especificamente sobre a seleção croata, os canarinhos entendem que o mais complicado será furar a defesa deles. “Sentimos no teste contra a Sérvia que vamos enfrentar uma escola que se fecha muito bem, mas que joga quando tem a posse de bola. Portanto, vamos ter uma partida de alto nível, porém, é preciso controlar as ações e ter tranquilidade para furar a defesa rival”, disse o atacante Fred. Croatas atentos Se o Brasil se preocupa em furar a defesa croata, os europes deixam claro que a principalm preocupação atende pelo nome de Neymar. Apesar disso, sabem que a seleção brasileira não se limita ao atacante do Barcelona. “Vamos tentar parar o Neymar, como outros times já conseguiram. Mas não podemos

nos descuidar dos demais jogadores. A seleção brasileira não é só Neymar. Vamos ter que controlar o meio de campo, que vai ser o setor chave para conseguirmos o triunfo”, disse o meia Luka Modric. Apesar dessa preocupação, o técnico da Croácia, Niko Kovac, vê vantagem em enfrentar o Brasil logo na estreia. “Já que caímos no grupo do Brasil, prefiro estrear contra eles e tenho passado isso para os meus jogadores. A pressão sobre a seleção brasileira será maior na primeira partida”, disse Kovac. Em termos de escalação, conforme já era esperado, a seleção brasileira vai estrear na Copa do Mundo com o mesmo time que conquistou a Copa das Confederações e que começou o amistoso contra a Sérvia. Assim, mesmo ameaçado de barração por conta de algumas críticas, o meia Oscar continua entre os 11 principais e vai ter mais um voto de confiança de Felipão. Já a Croácia chega para este jogo com muitos problemas. O lateral direito Danijel Pranjic, que se recupera de uma entorse no tornozelo direito, foi vetado, assim como o zagueiro Gordon Schildenfeld. O atacante Mario Mandzukic, um dos destaques do time e do Bayern de Munique, cumpre suspensão. A boa notícia é que o meia Ivica Olic, que foi visto com uma bolsa de gelo no tornozelo direito no treino de terça, vai atuar.

Paulo Vinícius Coelho

FICHA TÉCNICA BRASIL CROÁCIA Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP) Horário: 16h(de Manaus) Árbitro: Yuichi Nishimura (Japão) BRASIL: Julio Cesar, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho, Oscar e Hulk; Neymar e Fred Técnico: Luiz Felipe Scolari CROÁCIA: Stipe Pletikosa, Darijo Srna, Vedran Corluka, Dejan Lovren e Sime Vrsaljko; Marcelo Brozovic (Mateo Kovacic), Ivan Rakitic, Luka Modric, Ivan Perisic e Ivica Olic; Nikica Jelavic Técnico: Niko Kovac

Felipão participa da terceira Copa do Mundo na carreria e quer o hexa

COLUNISTA DO JORNAL “FOLHA DE SÃO PAULO”

A boa arrogância Com Dunga e Mano, a seleção não venceu clássicos. Felipão mudou o discurso: “Vamos ganhar!” A Croácia não perdeu nenhuma vez sob o comando de Nico Kovac. São cinco partidas apenas, três vitórias e dois empates. O Brasil não perde jogando dentro do país há 12 anos. Em 37 jogos, 28 vitórias e nove empates, o que faz de todos os 23 convocados imbatíveis aqui dentro. Felipão, não. Uma vez o técnico da seleção perdeu no país. Era sua despedida, festa pelo pentacampeonato, em agosto de 2002. O Brasil foi derrotado pelo Paraguai.

Felipão perdeu, seu time atual não. A formação titular hoje contra a Croácia jogou junto seis vezes, venceu as seis, marcou 14 gols e só sofreu um. De todas essas partidas, a de hoje contra a Croácia é a mais difícil. Estreia de Copa nunca é fácil. Há 20 anos, quatro Copas, o Brasil não faz diferença de dois gols no primeiro jogo de um Mundial. Poucos dos que estarão no estádio se darão conta disso. A arquibancada da seleção tem uma leve arrogância que

atrapalha. Dunga foi chamado de jumento num insosso 0 x 0 contra a Argentina em 2008. Contra a Argentina! Mas há uma suave prepotência que ajuda. Há 2 anos, a seleção enfrentou a Alemanha em Stuttgart e Mano Menezes escalou Fernandinho para marcar Phillipp Lahm. A informação estava certa, a providência também, mas o efeito foi ruim. O Brasil entrou com medo e perdeu por 3 x 2. Por 4 anos, com Dunga e Mano Menezes,

a seleção não venceu nenhum clássico. Felipão chegou e mudou o discurso: “Vamos ganhar!” Em 1 ano, o time saltou de 22º lugar no ranking Fifa para a terceira posição. A química para ganhar a Copa do Mundo precisa ter essa suave dose de arrogância dentro de campo. Fora, a lembrança de que os jogos são difíceis. Todos serão. Só uma seleção ganhou os sete jogos para ser campeã. Só a seleção de Felipão em 2002.

De todas essas partidas, a de hoje contra a Croácia é a mais difícil. Estreia de Copa nunca é fácil. Há 20 anos, quatro Copas, o Brasil não faz diferença de dois gols no primeiro jogo


E5

CRAQUE

Neymar está ansioso para ínicio Apontado como o principal jogador da seleção brasileira, Neymar adotou um discurso humilde na entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira no Itaquerão, palco de abertura da Copa do Mundo. O camisa 10 evitou assumir o papel de protagonista da equipe, dividiu a responsabilidade com os companheiros e ressaltou a importância do jogo coletivo na busca pelo título. “Não quero ser o melhor jogador da Copa, não quero esse título [de melhor]. O que mais quero é o título da Copa do Mundo. O que tiver que acontecer individualmente, vai acontecer. Mas o que mais quero é ser campeão da Copa do Mundo com minha equipe”, disse Neymar. “Estou preparado para ajudar meus companheiros. Nenhum jogador joga sozinho, são 11 dentro de campo fora os demais. Todo mundo sabe do seu papel, o que tem que fazer dentro de campo, cumprindo sua função como vem fazendo, nossa equipe pode ir muito longe”, completou o jogador. O discurso foi endossado

Atacante do Barcelona adota discurso da humildade e quer fazer a diferença

OTIMISMO

Felipão agradece a autoridades A primeira declaração do técnico Luiz Felipe Scolari na entrevista coletiva desta quarta-feira foi em agradecimento a políticos e aos torcedores da seleção brasileira. Sentado ao lado de Neymar na sala de imprensa do estádio em Itaquera, o treinador segurou um papel enquanto agradecia a quem enviou mensagens de apoio à sua equipe. “Em primeiro lugar, quero agradecer em nome da comissão e dos jogadores à presidente Dilma, que mandou mensagem, ao Aécio Neves, que telefonou, aos ex-presidentes Lula e Fernando Henrique e ao ministro Gilmar Mendes. E também às milhares de pessoas que mandaram cartas e mensagens de incentivo à seleção”, afirmou. No complemento de seu discurso, Felipão avisou que espera união na Copa do Mundo que começa nesta quinta-feira. “A todos estes e a todos os brasileiros, quero dizer que chegou a hora. Vamos todos juntos, é o nosso Mundial”,

Tostão

disse o treinador do Brasil. Em meio à disputa pela presidência da República, o discurso de Felipão não toma partido, assim como o comunicado oficial divulgado pela Confederação Brasileira de Futebol. No site da CBF, todos os nomes

DISCURSO

Felipão agradeceu, em nome da comissão técnica e dos jogadores, à presidente Dilma Rousseff, ao senador Aécio Neves, aos ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso e à torcida brasileira citados pelo treinador são mencionados em uma nota, pois, segundo a entidade, entraram em contato com a comissão técnica ou com o presidente José Maria Marin para desejar boa sorte. Ao término de sua última entrevista coletiva antes da

estreia na Copa do Mundo, Felipão dirigiu o treino de encerramento da preparação, também no estádio da capital paulista. A partida contra a Croácia será nesta quintafeira, às 16h (de Manaus). Neymar humilde Principal jogador da seleção brasileira para a Copa do Mundo, Neymar não se sente o protagonista do time dirigido pelo técnico Luiz Felipe Scolari. Na véspera da partida de abertura do torneio, o jogador deixou claro também que os prêmios individuais não o seduzem, pensando apenas na conquista do troféu. “Não quero ser o melhor jogador e nem artilheiro, só quero o título, que é o que sempre sonhei. Individualmente, se tiver que acontecer, vai acontecer, mas o que mais quero hoje é ser campeão com esta equipe”, afirmou o jogador do Barcelona. Ele conta com o apoio da torcida paulista na partida diante da Croácia.

pelo técnico Luiz Felipe Scolari, que elogiou a dedicação do camisa 10 em prol do coletivo da equipe. “Eu espero que o Neymar seja mais um. Ele está passando essa mensagem de coração. Ele sendo mais um, sempre vai despontar, sempre vai fazer a diferença. Sendo mais um continuará fazendo a diferença”. Restando um dia para a estreia na Copa do Mundo, Neymar admitiu que a proximidade da partida contra a Croácia gera ansiedade dentro do elenco. O atacante ainda ressaltou estar realizando um sonho de criança ao disputar uma Copa do Mundo. “Chegou a hora que todos os brasileiros e o mundo esperava. Espero que o dia de hoje passe o mais rápido possível, estou ansioso sim. Mas ao mesmo tempo, a felicidade é muito grande de estar onde muitas pessoas queriam estar. Recebo mensagens dos meus amigos dizendo que estou realizando não só meu sonho, mas o deles também. Espero ajudar minha equipe ao máximo possível e realizar o sonho de todos os brasilei-

ros”, disse o atacante. Apesar da ansiedade crescente, Neymar acredita que não deve ter problemas para dormir na noite que antecede a partida contra a Croácia. “Uma vez que aconteceu isso [insônia] foi na final da Libertadores. Estava com o Ganso e fomos dormir pelas 5h ou 6h da manhã. Estou ansioso, mas estou mais velho e maduro. Acho que vou conseguir dormir bem sim”, afirmou. Para a estreia na Copa do Mundo, o camisa 10 conta com o apoio das arquibancadas. Neymar procurou minimizar as vaias recebidas no amistoso contra a Sérvia, na última sexta-feira, e ressaltou a importância da torcida para superar uma partida de estreia que promete ser complicada. “Paciência, nosso time tem bastante, sabe que o vai ter jogo difícil e que em Copa do Mundo qualquer jogo é decidido no detalhe. Sobre a torcida, esperamos muito dela. Querendo ou não, é o 12º jogador ou talvez o principal jogador. Se a torcida estiver ao nosso lado, é difícil ganhar da seleção”, comentou o jogador.

ESTREIA

RIVAL

Croácia quer supreender anfitriões na abertura A confiança está alta na seleção da Croácia para a estreia da Copa do Mundo contra o Brasil. Em coletiva de imprensa depois de um treinamento no Itaquerão, Niko Kovac, treinador croata, falou sobre a possibilidade de surpreender no primeiro jogo. “Em relação aos jogadores, é totalmente diferente, temos uma geração excelente, o Brasil também. Tentaremos surpreendê-los com resultado positivo. Não vamos desistir até o último minuto, vamos seguir aquele caminho que planejamos desde que assumi como técnico da seleção, tenho certeza que amanhã esta equipe poderá criar um resultado histórico”, disse o treinador. Kovac ainda falou sobre a preparação do Brasil para a Copa do Mundo. Segundo o treinador, o jogo contra a Sérvia com-

provou o que ele esperava do time de Felipão. “Naquele jogo (contra o Panamá) vimos como podemos jogar contra o Brasil, também assistimos outros jogos e o que nós vimos contra a Sérvia foi confirmado. Como Srna disse, é difícil jogar contra a Croácia. Eu não conheço muitas seleções que gostam de jogar contra nós. Somos uma equipe difícil e vamos demonstrar isso amanhã”, completou. O treinador também comentou a possibilidade da torcida fazer pressão nos jogadores. “É um fato que enquanto tivermos o resultado positivo, maior a probalidade que os torcedores fiquem nervosos e os jogadores também”, finalizou. A Croácia estreia hoje contra o Brasil no Itaquerão. Depois, eles enfrentam Camarões e México.

Brasil tem excelente retrospecto A seleção brasileira inicia nesta quinta-feira sua caminhada na Copa do Mundo, diante da Croácia, em São Paulo, e espera começar com o pé-direito na estreia dos campeonatos mundiais. E se depender do retrospecto, o otimismo é justificável. O Brasil foi o país que obteve os melhores resultados entre todos os times que participaram da competição. O rendimento do time canarinho é tão bom que o Brasil só acumula vitórias na estreia, desde 1982. O último tropeço foi em 1978, quando empatou com a Suécia, no jogo primeiro jogo. Em 19 jogos na estreia das copas, a seleção brasileira venceu 15 jogos, empatou duas vezes e sofreu duas derrotas. A Alemanha e Holanda também apresentam bons retrospectos nos seus primeiros jogos.

COLUNISTA DO JORNAL “FOLHA DE SÃO PAULO”

Já temos Copa Estreei em uma Copa do Mundo em 1966, aos 19 anos, com uma grande responsabilidade, a de substituir Pelé, contra a Hungria. Fiquei tenso e não dormi bem, como aconteceu em toda minha carreira, na véspera das importantes partidas. Isso me ajudava a atuar melhor. No vestiário, minutos antes de entrar em campo, o excepcional Djalma Santos sentou-se ao meu lado, colocou a mão em meu ombro e disse: “Vai garoto, jogue seu futebol”. A Croácia, como fez a Sérvia,

vai formar duas linhas de quatro, bem próximas, tentar bloquear os avanços de Marcelo e de Daniel Alves, para tentar ganhar o jogo no contra-ataque. O Brasil precisa de um artilheiro, como Fred, mas ele deveria se desgrudar dos zagueiros. Isso não significa voltar até o meiocampo nem ir para as laterais. Basta se movimentar pela intermediária e trocar passes com os companheiros. As análises sobre Fred não podem passar da depressão, como no jogo contra

o Panamá, para a euforia, após marcar um belo gol contra a Sérvia. Fred deveria jogar bem, mesmo quando não fizer gols. Se em todos os campeonatos com jogos mata-mata do mundo não é raro ocorrer zebras, como na conquista da Eurocopa pela Grécia, em 2004, vencendo Portugal na final, sob o comando de Felipão, em Lisboa, porque nunca uma seleção mediana foi campeã do mundo? Seria porque as grandes seleções atuam com muita seriedade? Forças ocultas não deixariam? Um dia,

isso vai acontecer. Pena que muitos craques não estão na Copa e outros não estão nas melhores condições. As equipes, em todo o mundo, jogam demais, e o intervalo entre o fim dos campeonatos nacionais e o início do Mundial é muito curto para a recuperação dos atletas. É lamentável que um evento tão grandioso, um negócio de bilhões, que para um país, as estrelas do espetáculo não tenham as condições ideais para mostrar todo o talento.

É lamentável que um evento tão grandioso, um negócio de bilhões, que para um país, as estrelas do espetáculo não tenham as condições ideais

GUILHERME DIONIZIO

MANAUS, DOMINGO, 16 DE SETEMBRO DE 2012


E6

DIVULGAÇÃO

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

Brasil não passou de um empate na estreia daquele Mundial, na cidade de São Paulo

Em 1950, São Paulo não deu sorte para o Brasil Brasil apenas empatou por 2 a 2 contra a seleção suíça e causou revolta nos torcedores paulistanos, que perderam a cabeça

O

Brasil tentará ser o primeiro time mandante a ganhar um jogo na recém-construída Arena de Itaquera, na Zona Leste de São Paulo, após uma derrota e um empate do Corinthians no estádio. Para esquecer as vaias ouvidas no Morumbi e vencer a Croácia hoje (12), na abertura da Copa do Mundo, a seleção precisará superar ainda um estigma que tem origens no Mundial de 1950, quando disputou apenas um jogo na capital paulista e viu o técnico Flávio Costa ser agredido por torcedores. Há 64 anos, a sede paulista para a Copa no Brasil também era considerada a casa do Corinthians. O Pacaembu, palco

do único jogo da seleção fora do Maracanã na Copa de 1950, havia sido preparado para receber o aguardado confronto com a Suíça e outras quatro partidas. Para agradar ao público local, Flávio Costa decidiu até abrir mão da base da sua equipe titular, composta por jogadores do Vasco (então dirigido pelo treinador), e escalar vários dos seus reservas vindos de São Paulo naquela segunda rodada do grupo 1 do Mundial.Mesmo com as mudanças na formação, ninguém esperava que o Brasil tivesse dificuldades para derrotar a Suíça após a estreia com goleada por 4 a 0 sobre o México. Até mesmo Rudolf Stadler, chefe da delegação do

time adversário, reconhecia a inferioridade de sua equipe antes do jogo de estreia contra a Iugoslávia: “Somos mais fracos”. De fato, os suíços acabaram derrotados com facilidade pelos iugoslavos, por 3 a 0, no estádio Independência, em Belo Horizonte. No Pacaembu, a história foi diferente. A mística negativa de São Paulo para a seleção brasileira estava a favor da Suíça, pelo menos segundo a narração de um locutor de rádio carioca da época: “Não se compreende que o Brasil, promovendo o Campeonato Mundial, atue em um campo neutro como o Pacaembu!”. A declaração repercutiu mal na imprensa paulista, porém

o time de Flávio Costa justificou a crítica em campo. Chegou a abrir o placar com um gol de Alfredo logo no princípio do jogo contra os suíços. Jacques Fatton igualou 15 minutos mais tarde. Baltazar ainda recolocou o time da casa em vantagem antes do intervalo, e o mesmo atacante adversário decretou o 2 a 2 a dois minutos do final. O resultado foi encarado como uma tragédia. “Provocou revolta entre a grande massa torcedora que compareceu ao Pacaembu, produzindo um milhão e meio de cruzeiros, muito embora se tratasse de um dia comum de trabalho”, noticiou o jornal A Gazeta Esportiva, que não

deixou passar despercebida uma confusão com o treinador do Brasil no estádio paulistano. “Não controlando os seus nervos, dois torcedores aguardaram a saída de Flávio Costa, agredindo o técnico do selecionado brasileiro. Houve pronta intervenção da polícia, protegendo o orientador. Os dois agressores foram recolhidos à polícia, enquanto Flávio Costa foi medicado. Lamentável tudo isso”, publicou. Apesar de tanta controvérsia, o que houve no Pacaembu não ficou na história como um “Pacaembuzaço”. Ao contrário. Foi no Rio de Janeiro que todo o Brasil, e não apenas os cario-

cas encontraram um goleiro paulista (Barbosa, nascido em Campinas) para culpar pela derrota por 2 a 1 na final contra o Uruguai. A desolação com o time de Flávio Costa era tamanha que ocorreu até a simulação de um enterro da CBD na Zona Norte carioca, mais de seis décadas antes de a seleção brasileira iniciar uma nova Copa do Mundo em um estádio corintiano e encerrar, se tudo der certo, no Maracanã.

DIVULGAÇÃO

1930

Uruguai confirma a hegemonia Não era uma missão fácil. América e Europa sofriam consequências da crise econômica de 1929, que causou desemprego em série e falências generalizadas, de empresas de pequeno porte a grandes bancos. O futebol, organizado oficialmente pela Fifa desde 1904, ainda engatinhava enquanto modalidade e não tinha nada similar a uma estrutura profissional. Mas, se o cenário conjuntural não ajudava, escolher o Uruguai como sede fazia todo o sentido no âmbito esportivo. A equipe sul-americana venceu as edições de 1924 e 1928 dos Jogos Olímpicos, feito que justificou o rótulo de Celeste Olímpica, até hoje osten-

tado pela seleção uruguaia. Também ajudava, no plano simbólico, o fato de o Uruguai completar 100 anos de independência em 1930. Com esse misto de argumento econômico e técnico, o congresso da Fifa realizado em Barcelona, Espanha, em 1929, definiu que a primeira edição do Mundial no Uruguai. Na prática, houve um quê de improviso, na base do convite, sem eliminatórias. Apenas quatro equipes do velho continente toparam a empreitada de cruzar o Atlântico em navios, casos de França, Bélgica, Romênia e Iugoslávia. Completaram o torneio oito seleções sul-americanas, Estados Unidos e o México. O sorteio das chaves

só foi definido quando todas as equipes já tinham chegado ao Uruguai. As partidas foram disputadas em apenas três estádios de uma única cidade, a capital Montevidéu. Na final, no Estádio Centenário, com capacidade para 100 mil torcedores, Uruguai e Argentina mediram forças. Mesmo com desvantagem de 2 x 1 no intervalo, a Celeste levou o título com três gols na etapa final: 4 x 2. O presidente da Fifa, Jules Rimet, entregou ao capitão José Nazassi o troféu. O dia 31 de julho, data seguinte à decisão, foi declarado feriado nacional uruguaio. A Celeste Olímpica garantiu o primeiro caneco da Copa do Mundo.

Bicampeã olímpica, seleção uruguaia sediou Copa do Mundo de 1930 e levantou a taça

Brasil caiu na primeira fase Aquém de seu potencial máximo e diante de um rigoroso frio no inverno uruguaio, a equipe nacional foi derrotada na estreia pela Iugoslávia, por 2 x 1.

Coube a Preguinho a honra de marcar o primeiro gol brasileiro em mundiais. O revés diante dos europeus significou a eliminação do Brasil, já que a Iugoslávia

bateu a Bolívia por 4 x 0 e apenas uma equipe seguia para a semifinal. A seleção se despediu do Uruguai com uma goleada de 4 x 0 contra a mesma Bolívia.


E7

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

Copa terá disputas individuais por título de craque

FERNANDODANTAS/GAZETAPRESS

NUNO ALEXANDRE JORGE/GAZETAPRES

WANDER ROBERTO/GAZETAPRESS

Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo são os mais cotados. Iniesta e Balo correm por fora

A

ssim como em todas as Copas do Mundo, a de 2014 vai apresentar uma galeria de grandes jogadores candidatos a craques da competição. Antes da bola rolar, é difícil apontar algum jogador que possa ser favorito absoluto. Certo neste momento é garantir apenas que alguns nomes, antes cotados, não conseguirão tal façanha, como o meia francês Franck Ribéry e o atacante Falcao García, da Colômbia, cortados por conta de lesão. A seleção brasileira aposta todas as suas fichas em Neymar. O jogador, ainda engatinha no Barcelona. Porém, se confirmar a expectativa dos brasileiros e se tornar o grande nome do Mundial, vai ver seu status ampliar consideravelmente até mesmo no futebol europeu. “Se a seleção brasileira chegar na final da Copa do Mundo com o Neymar jogando bem, acredito que ele vai conseguir ser a principal estrela do Mundial”, afirmou Ronaldo Fenômeno. Mas se Neymar carrega as esperanças brasileiras, o resto do mundo caminha para uma velha discussão: Messi ou Cristiano Ronaldo? Os dois polarizaram

as últimas disputas de Melhor Jogador do Mundo. Dessa vez, o argentino chega melhor fisicamente, já que o português vem lutando contra lesão no joelho esquerdo. Porém, o momento de Ronaldo, campeão da Champions League e Melhor do Mundo na atualidade é mais animador que do argentino. “O Neymar ainda é muito jovem e vai para a sua primeira Copa do Mundo. Mas o Messi chega pensando em fazer dessa a sua grande Copa do Mundo. Ainda tem o Cristiano Ronaldo, que está um pouco atrás por conta da lesão. Sei que isso em Copa atrapalha. Mas essa disputa está em aberto”, analisou Zico. Na maioria das opiniões envolvendo personalidades da Copa do Mundo, as apostas realmente giram em torno de Neymar, Cristiano Ronaldo ou Messi. O português talvez leve um pouco de desvantagem pois vai defender o time mais fraco entre os três concorrentes. “Acho que pesa realmente o fato de se chegar a uma final. Porém, o Cristiano Ronaldo tem bola para superar até isso se estiver em condições de jogar bem”, disse o meia Zinedine Zidane.

Neymar, Cristiano Ronado e Messi serão as estrelas que desfilarão pelos gramados brasileiros

OUSADIA

Messi quer final contra o Brasil

DIVULGAÇÃO

Em entrevista, o craque Lionel Messi não escondeu a vontade de fazer uma boa Copa do Mundo e apagar a má impressão deixada nas edições de 2006 e 2010 do Mundial. E, para o argentino, a final ideal de 2014 seria diante dos donos da casa. “Espero jogar a final contra Neymar, mas se não for contra ele, que seja contra qualquer equipe”, comentou o camisa 10 argentino. Messi ainda garantiu que está melhor preparado para esta Copa do que nos mundiais anteriores. “Há muita vontade de ganhar este torneio. Acredito que aprendi com os erros das edições anteriores e não voltarei a repeti-los. Há muito entusiasmo e o grupo é muito sólido”, disse. Perguntado sobre suas Copas anteriores, o argentino relembrou. “Em 2006, foi bonito porque era minha primeira experiência na competição. Mas achei a eliminação injusta, aquele time estava jogando bem. Disseram ainda que eu não senti a derrota, mas não foi assim”, analisou.

Messi não teme enfrentar o Brasil na final da Copa do Mundo

ARGENTINA

Treino tem invasão de torcedores O treino da seleção argentina foi interrompido ontem (11) após torcedores invadirem o campo, na Arena Independência, em Belo Horizonte-MG Por volta das 17h50 (de Manaus), um torcedor invadiu o gramado e tentou se aproximar de Messi, mas foi

impedido por seguranças. Logo em seguida, cerca de 20 torcedores repetiram a atitude do primeiro invasor e também pularam as arquibancadas do estádio. Um sósia do meia Ronaldinho Gaúcho, que jogou ao lado de Messi no Barcelona, chegou a referenciar e cum-

primentar o astro argentino. Outros jogadores se divertiram com a cena. Com a situação fora do controle, o elenco argentino voltou para os vestiários. O treinamento foi encerrado, e em seguida os invasores voltaram para as arquibancadas. Ninguém foi preso.

Outros Postulantes O fato de Neymar, Cristiano Ronaldo e Messi dividirem as preferências, não significa que outros jogadores possam brilhar na Copa. Destaque para o atacante uruguaio Luis Suárez, considerado o melhor jogador do último Campeonato Inglês com a camisa do Liverpool. Já a seleção da Espanha, atual campeã do mundo, aposta em Andres Iniesta, autor do gol do título de 2010 diante da Holanda. O jogador, porém parece apenas fazer parte de uma engrenagem que já deu mais certo em torneios anteriores. A Itália chega com dois candidatos. O maestro Andrea Pirlo, campeão em 2006, chega para seu último Mundial disposto a fazer história, enquanto que o atacante Mario Balotelli quer ganhar por meio de um estilo que junta velocidade e força. Dois candidatos a craque também ditam o ritmo da Alemanha, o jovem Mario Götze e o experiente Bastian Schweinsteiger. Dentre os candidatos a craque que correm por fora existem alguns jogadores mais experientes, como o artilheiro inglês Wayne Rooney e o holandês Arjen Robben, um dos carrascos do Brasil em 2010.


E8

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

Welcome to Manaus

seleção da Inglaterra desembarca na capital amazonense às 13h30. Gerard e companhia farão reconhecimento do gramado da arena no início da noite. DIVULGAÇÃO

Lampard chegando para a Copa do Mundo

A

campeã mundial Inglaterra desembarca em Manaus hoje (12), por volta das 13h30. Assim como tem acontecido com todas as seleções que chegam ao Brasil, os jogadores não devem ter nenhum contato com o público. Após descansar, os comandados os atletas farão o reconhecimento do gramado da Arena da Amazônia no início da noite. Inicialmente, a programação previa um treino no Campo Oficial de Treinamento (COT) Ismael Benigno, atividade descartada pela comissão técnica. Gerrard, Lampard, Roo-

ney e companhia fazem o jogo de estreia do Grupo D da Copa do Mundo contra a Itália, às 18h, no palco amazonense da Copa do Mundo. O confronto é o mais esperado da primeira rodada do Mundial. Em reportagem publicada no site do Jornal The Guardiam, o técnico Roy Hodgson minimizou a discussão sobre o calor de Manaus “Eu não acho que nesta Copa do Mundo você verá uma grande diferença na forma como as equipes jogam devido à tempetatura”, disse. O comandante inglês foi além e afirmou que em nenhum momento reclamou

PREVINIDOS

Antes de embarcar para Manaus, os jogadores da seleção inglesa tomaram remédios contra malária. O medicamento causou efeitos colaterias nos atletas e tiveram náuseas do calor da cidade.“Não é verdade que nós reclamamos de Manaus ou do Brasil. Muito pelo contrário, na verdade, estamos muito ansiosos para jogar a Copa do Mundo”, concluiu.

Sem medo A seleção italiana não tira o sono do atacante Rooney. Questionado se sua equipe estuda alguma maneira de controlar o meia Pirlo, o atleta deixou a diplomacia de lado e avisou que a preocupação deveria partir do rival europeu. “Na realidade, acho que os jogadores da Itália é que precisariam pensar como controlar nosso time. Não estamos muito preocupados com o Pirlo. Ele é um excelente jogador, a Itália tem excelentes jogadores, mas a gente também. Eles é que deveriam se preocupar”, afirmou o atleta.

NO BRASIL

Seleção portuguesa é a útima a chegar para Copa A um dia do início da Copa do Mundo, uma das poucas seleções que ainda não haviam chegado ao Brasil para disputar a competição enfim desembarcou na manhã desta quarta-feira no aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas. Sem perder tempo após o pouso, a delegação de Portugal foi diretamente para o hotel. Previsto para 10h30 (de Brasília), a seleção portuguesa só chegou por volta de meio dia e foi recepcionada por centenas de torcedores, que esperavam olhar de perto o ídolo Cristiano Ronaldo, atual melhor jogador do mundo. O plano dos torcedo-

res, entretanto, acabou frustrado. Ainda na pista de pouso, os jogadores embarcaram no ônibus e foram escoltados em todo o trajeto até o hotel, localizado no Jardim Nova Califórnia, sem precisar passar pela área de desembarque. Portugal irá treinar no Centro de Treinamento da Ponte Preta. Na quinta-feira, às 10h30 (de Brasília), a equipe fará uma atividade aberta ao público. A estreia da seleção no Mundial será na segunda-feira, dia 16, às 13h, na Fonte Nova, onde enfrentará a Alemanha. Gana e Estados Unidos são os demais times que compõe o grupo G. DIVULGAÇÃO

Cristiano Ronaldo estiloso ao desembarcar no Brasil


E9 RICARDO OLIVEIRA

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

PARA O MUNDO 12 de junho de 2014 - a partir de hoje o Brasil dá mais um passo importante em sua história ao sediar a Copa do Mundo 2014 que, pela primeira vez, terá Manaus como uma das subsedes. Serão quatro jogos de pura emoção, a começar por duas campeãs mundiais, Inglaterra e Itália, que estreiam na Arena da Amazônia, na noite deste sábado. A adrenalina continua com Camarões x Croácia, dia 18; EUA x Portugal, dia 22, e Honduras x Suíça, dia 25. Nas próximas páginas, você acompanha as principais notícias da Copa na capital do Amazonas. Todos juntos, rumo o hexa!


E10

SEMCOM

Transporte, atendimento médico, limpeza pública e assistência social são as prioridades para o Mundial em Manaus

C

om o início da Copa do Mundo, a prefeitura montou um esquema especial de serviços de trânsito, transporte, saúde, limpeza pública e assistência social, que começa a funcionar, hoje, tanto na Ponta Negra, que vai receber a Fifa Fan Fest, quanto na Arena da Amazônia Vivaldo Lima. O diretor-presidente do Manaustrans, Paulo Henrique Martins, explicou que serão destinados, diariamente, 45 agentes para postos fixos, com apoio de oito viaturas, para monitorar o tráfego e orientar motoristas e pedestres na área da Ponta Negra. Já na área da Arena da Amazônia, o órgão vai empregar 265 agentes e 73 viaturas, nos quatro dias de realização dos jogos. Como alternativa para os torcedores, a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) vai disponibilizar linhas de ônibus especiais, saindo de oito pontos da cidade e seguindo direto para o estádio. Serão linhas exclusivas para atender os torcedores e, portanto, é obrigatória a apresentação do ingresso dos jogos no momento do embarque. A frota será de 77 ônibus que irão operar a partir do meio-dia. Para combater qualquer tipo de ação que venha a violar direitos humanos durante os eventos da Copa do Mundo, o Comitê Integrado Pró-Copa atuará 24 horas, ininterruptamente, em regime de escala. O Plantão Integrado funcionará na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) para coordenar os trabalhos e equipes volantes, que percorrerão todas as zonas da cidade onde houver concentração de torcedores. Em caso de violação de direitos, a população

pode denunciar ligando para o Disque 100 ou o Disque Direitos Humanos da Prefeitura de Manaus (0800 092 6644). Atendimento Na área da limpeza pública, serão empregados 120 agentes de limpeza e mais 44 catadores que fazem parte do projeto “Coleta Seletiva Solidária” e atuarão na Arena da Amazônia e na área da Ponta Negra reservada à Fan Fest. O restante do efetivo da Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp), em dias de jogos do Brasil, atuará em expediente até o meio-dia. Já nos dias de jogos em Manaus, o trabalho segui-

ÔNIBUS

Como alternativa para os torcedores, a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) vai disponibilizar linhas de ônibus especiais, saindo de oito pontos da cidade e seguindo direto para o estádio rá normalmente. A coleta de lixo não sofrerá interrupções durante a Copa. Na área da saúde, com o aumento do fluxo de pessoas na capital, a prefeitura vai reforçar a oferta dos serviços, garantindo o atendimento aos turistas, sem prejudicar as ações direcionadas à população local. Entre as atividades está a intensificação das ações de imunização contra o sarampo, a rubéola, a caxumba, febre amarela e hepatite B. As atividades foram direcionadas, principalmente, aos grupos considerados como de risco: trabalhadores do setor de turismo, transporte, alimenta-

RICARDO OLIVEIRA

Linhas exclusivas vão atender os torcedores e, portanto, é obrigatória a apresentação do ingresso dos jogos no embarque

ção, saúde, voluntários, além de profissionais do sexo. Em caso de incidentes, a Semsa elaborou planos de urgência e emergência, envolvendo diferentes setores. Isso permitirá o fortalecimento das ações de urgência e emergência para atender a demanda espontânea e/ou referenciada e regulada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192). Houve ainda a ampliação do número de ambulâncias. O serviço conta hoje com dez delas para o transporte inter-hospitalar, 34 Unidades de Suporte Básico (USBs) e sete Unidades de Suporte Avançado (USAs). Postos avançados Dentro da Arena da Amazônia, que tem capacidade para receber 44 mil pessoas, o atendimento está sob a responsabilidade da Fifa, que disponibilizará seis postos e 24 médicos durante os jogos. Nesse mesmo período, a Semsa também reforçará o quantitativo de ambulâncias na base do Samu, localizada no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste. Em outros pontos de Manaus, como no Complexo Turístico da Ponta Negra e avenida Itaúba, onde acontecerão eventos ligados à Copa do Mundo, estarão disponíveis Postos Médicos Avançados, com seis leitos, incluindo um leito de estabilização para casos mais graves, cada um. Aderindo ao projeto-piloto de Categorização dos Serviços de Alimentação, elaborado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o DVisa também vai atuar dentro da Arena da Amazônia Vivaldo Lima. Quinze ���scais farão o acompanhamento da produção, transporte e consumo de alimentos durante os jogos.

Da criança ao adulto, amazonense poderá curtir a Copa e torcer pelo Brasil rumo ao hexa


E11

Além do esquema especial de serviços para a realização da Copa em Manaus, a população não mede esforços para mostrar ao turista que sabe honrar as cores da bandeira brasileira

Todas as 330 Unidades de Saúde irão funcionar até as 12h hoje, quando ocorre o jogo do Brasil. Após o meio-dia, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu – 192) manterá plantão de 24 horas para atender a população. A maternidade Moura Tapajóz, localizada na avenida Brasil, na Compensa, manterá integralmente suas atividades durante o feriado. Em dias de jogos na Arena da Amazônia, as interdições das vias começam 12 horas antes do início de cada partida. Desde as 6h ficarão interditados trechos das avenidas Lóris Cordovil e Pedro Teixeira, e toda a alameda do Samba e Belmiro Vianez, na Zona Centro-Oeste. A partir das 12h, a avenida Constantino Nery será interditada, no trecho entre o viaduto de Flores e a avenida Darcy Vargas. Às 14h, a avenida Djalma Batista terá fluxo exclusivo para o transporte coletivo no trecho entre Darcy Vargas e viaduto Ayrton Sena. Torcedores terão acesso à arena, a pé, pela avenida Djalma Batista, Pedro Teixeira, Constantino Nery e Lóris Cordovil. A Polícia Militar será responsável pelo controle de entrada dos espectadores. Só terão acesso ao local os portadores de ingresso. O Manaustrans orienta que os torcedores evitem estacionar seus veículos em áreas proibidas e façam uso dos estacionamentos privados do Ciesa, Amazonas Shopping, Millennium Shopping e Plaza Shopping. Na Ponta Negra, o trânsito ficará inter-

ditado até dia 13 de julho na avenida Coronel Teixeira, no trecho entre o Tropical Hotel até a rotatória da avenida do Turismo, sentido bairro/Centro. Dessa forma, o trânsito será desviado na avenida Coronel Teixeira, em frente ao edifício Aruba para acesso da alameda Alaska até as 14h. Após esse horário a Coronel Teixeira será interditada também no trecho Centro/bairro, a partir da Rotatória do Turismo. Para a saída da Ponta Negra, o acesso será pela alameda Líbia e rua Thales Loureiro onde a prefeitura, em parceria com o Exército, colocou uma ponte provisória que dá acesso ao condomínio Alphaville e, posteriormente, à avenida do Turismo. O desembarque de passageiros do transporte coletivo será na alameda Alaska até as 14h. Após esse horário, somente os moradores terão acesso, com a apresentação da credencial emitida pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). Os coletivos passarão a fazer o desembarque e embarque de passageiros na avenida do Turismo e na avenida Coronel Teixeira, após a rotatória do Turismo. Na avenida Itaúba, no Jorge Teixeira, Zona Leste, onde também haverá transmissão pública dos jogos, com telão e shows de artistas locais, nos dias de partidas da seleção brasileira haverá interdição no final da avenida Itaúba, trecho entre as ruas Mirra e a Sacaca, a partir das 10h.

SMTU disponibilizará linhas especiais As linhas de ônibus especiais destinadas ao atendimento dos torcedores que vão à Arena da Amazônia sairão de oito pontos da cidade e seguirão direto para o estádio. Para o embarque, os torcedores precisam apresentar o ingresso dos jogos. A frota será de 77 ônibus que irão operar a partir do meio-dia. As linhas estão divididas entre troncais e circulares. As troncais atenderão as zonas Norte e Leste, e sairão dos terminais de Integração Cidade Nova (T3), Jorge Teixeira (T4) e

São José (T5). As circulares atenderão as zonas Oeste, Sul e Centro-Sul. Elas não passarão em terminais de integração. Duas linhas partirão do centro da cidade: uma da rua Simón Bolívar, ao lado da praça da Saudade, e a outra da avenida Eduardo Ribeiro, nas proximidades da praça da Matriz. Haverá também opção de linha saindo do calçadão do Complexo Turístico da Ponta Negra, do Centro Cultural Povos da Amazônia (Bola da Suframa) e do Aleixo, a partir a

avenida André Araújo, perto da Secretaria do Estado da Fazenda (Sefaz). Com a interdição das vias do entorno da Arena da Amazônia as linhas de ônibus que atendem essa área terão o itinerário alterado. Linhas de ônibus da Zona Norte que passam pelas avenidas Torquato Tapajós e Constantino Nery serão desviadas para a Djalma Batista. O embarque e desembarque de passageiros será feito, em ambos os sentidos, nos pontos de parada localizados próximo ao

conjunto Eldorado. As linhas das zonas Oeste e Centro-Oeste que normalmente atendem a avenida Pedro Teixeira e a Lóris Cordovil serão desviadas para as avenidas Dom Pedro, Darcy Vargas e Theomário Pinto. No caso das linhas 225, 219, 222 e 227 que circulam pelo trecho interditado da rua Lóris Cordovil, entre as avenida Constantino Nery e Senador Álvaro Maia, o ponto de embarque e desembarque será na avenida B do bairro Alvorada 1.

SEMCOM

Funcionamento em dias de jogos

RICARDO OLIVEIRA

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

Na limpeza pública, serão empregados 120 agentes de limpeza e mais 44 catadores que fazem parte do “Coleta Seletiva Solidária”


E12

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

O sabor da floresta Os turistas terão à disposição iguarias que são a cara do povo amazonense e que encantam pessoas de todos os cantos do mundo. Tacacá, açaí e tambaqui são apenas algumas amostras do melhor existente na culinária regional RICARDO OLIVEIRA

BRUNO MAZIERI Especial EM TEMPO

O

O mais famoso é o tacacá

exotismo do Amazonas não fica restrito somente à fauna e flora da região, mas se estende também até o cardápio – ou menu, como queiram – do Estado. Na mesa dos amazonenses, ou pelo menos daqueles que aqui residem, não podem faltar iguarias básicas como o peixe, a farinha, o açaí e o tucumã. Para que os turistas entendam um pouco melhor sobre a gastronomia local, o EM TEMPO elegeu uma série de “quitutes” que não podem deixar de ser saboreados por aqueles que chegam até Manaus. Confira abaixo um roteiro de encher os olhos e dar água na boca.

Considerado um dos pratos mais famosos da região, o tacacá é uma espécie de sopa tendo como principal ingrediente o tucupi, sumo de cor amarelada extraída da macaxeira – para os amazonenses –, mandioca ou aipim, para quem vem de fora. Servido quente, a iguaria conta, ainda, com goma de tapioca, jambu (folha que deixa a boca

levemente dormente) e camarão. Em Manaus, é possível encontrar o tacacá em diversos locais especializados dentre eles, no Tacacá da Gisela, quiosque localizado no largo São Sebastião, Centro; e também no Tacacá da Tia Socorro, avenida Djalma Batista, dentro do Shopping Cidade dos Carros, a dez minutos da Arena da Amazônia.

Açaí em sua forma original

X-Caboquinho é tradição

Indispensável tambaqui assado

Apesar de ser facilmente encontrado na região Sudeste do país, o açaí, fruta de cor roxa, tem sua origem no Norte. Porém, ganhou o país devido ao seu forte valor nutricional. Servido gelado, o alimento passa por um processo de despolpamento e, em seguida, é processado chegando a uma espécie de creme. Pode ser consumido acompanhado ou não de açúcar, leite condensado,

Há vários anos o café da manhã ou lanche da tarde dos amazonenses conta com uma indispensável combinação: pão francês, manteiga, queijo coalho e a fruta tucumã, que surge como protagonista no famoso sanduíche carinhosamente batizado de x-caboquinho. Podendo ser servido quente

De coloração cinzenta, o tambaqui é um dois peixes mais tradicionais do Amazonas. Não apenas por possuir espinhas grandes que facilitam na hora da degustação, mas também por sua carne saborosa. Podendo ser preparado de várias maneiras – cozido e frito – é comumente consumido assado na brasa e em banda. Juntamente com o peixe, é indispensável a farinha do Uari-

farinha de tapioca, granola e, até mesmo, com farinha do Uarini, outra especialidade da região. Um dos pontos mais conhecidos da cidade e que serve a iguaria é o restaurante Waku Sese com dois endereços: rua Rio Purus, Vieiralves e também no Manauara Shopping. Os turistas podem encontrar, ainda, vários quiosques da mesma empresa espalhados pela cidade.

ou não, o prato agrada pela mistura de sabores do doce com o salgado, encantando os turistas e sendo recorde de venda nos estabelecimentos gastronômicos do Estado. Na capital, a lanchonete Esquina dos Sucos (avenida Eduardo Ribeiro, Centro) é especialista no xcaboquinho. DIVULGAÇÃO

DIEGO JANATÃ

Pato no tucupi é diferencial

DIVULGAÇÃO

ni, vinagrete (molho com verduras) e arroz branco como acompanhamentos. Os restaurantes Banzeiro Comida Amazônica (rua Libertador, Nossa Senhora das Graças), Choupana (avenida Mário Ypiranga Monteiro, Adrianópolis) e o Tambaqui de Banda (avenida Tancredo Neves, Parque Dez e largo São Sebastião, Centro) contam com o peixe e seus diversos preparos. DIEGO JANATÃ

Tambaburguer é a novidade Novidade no mercado local e de exclusividade do Eightys Burguer (rua Doutor Tomas, Nossa Senhora das Graças), o tambaburguer é um sanduíche que conta com alface americana, tomate, queijo coalho e carne de hambúrguer de tambaqui. Acreditem ou não, a

Bolinho de piracuí de tira-gosto

DIVULGAÇÃO

combinação é perfeita e ainda vem acompanhado de um molho à base de iogurte, limão e azeite. Ideal para o clima da região, pois é leva e causa um frescor devido ao molho. Vale ressaltar que ele entra no cardápio da lanchonete a partir de hoje. BRUNOMAZIERI

Assim como o tacacá, o pato no tucupi conta com o tucupi, obviamente, e também o jambu. Porém, neste caso, o camarão é substituído pelo pato e diferentemente do tacacá – que é servido em uma cuia – a iguaria é degustada em um prato. Como

acompanhamento estão o arroz branco e também a farinha do Uarini “torradinha”. Em Manaus, ele pode ser facilmente encontrado nos restaurantes Choupana (avenida Mário Ypiranga Monteiro, Adrianópolis) e no Cero’s (avenida rio Mar, Vieiralves).

Um dos bolinhos mais famosos do Estado, o piracuí é feito a partir de peixes e é uma ótima pedida para quem gosta de tomar uma cervejinha e beliscar um petisco.

Frita, a iguaria é servida em diversas casas da cidade e sempre desperta curiosidade pelo sabor diferenciado. É um dos destaques quando o assunto são entradas


E13

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

Manaus está pronta para fazer história na Copa Prefeito e governador apresentam balanço das ações realizadas em Manaus para a Copa do Mundo 2014

FOTOS: SEMCOM

Governador José Melo e o prefeito Arthur Virgílio Neto fizeram um balanço de tudo o que foi feito para que Manaus seja um sucesso no Mundial

O

prefeito Arthur Virgílio Neto e o govenador José Melo concederam, ontem, a última entrevista coletiva antes do início dos jogos da Copa do Mundo. Um balanço das ações realizadas pelos poderes públicos municipal e estadual foi apresentado, destacando-se os investimentos em infraestrutura, estádios, qualificação profissional e empregos gerados. O prefeito de Manaus lembrou que foram apenas 17 meses para preparar a cidade para receber o Mundial. Assim mesmo, foi possível avançar bastante na requalificação da malha viária, além da criação de novos aparelhos nas áreas de mobilidade urbana e saúde. “Preparamos perfeitamente 62,5 quilômetros de ruas do chamado quadrilátero da Copa e conseguimos levar os serviços para outras áreas da cidade, totalizando mais de cem quilômetros de vias totalmente recapeadas. Sem falar nas obras de embelezamento, refazendo calçadas, sarjetas, meios-fios e iluminação pública, a exemplo do que pode ser visto na avenida Djalma Batista”, destacou Arthur. Ainda segundo o prefeito, o Bus Rapid System (BRS), mesmo em fase de implantação, foi um grande passo para a construção de um novo modal da mobilidade urbana. “Não tivemos tempo hábil para pensar em outro modelo e o BRS é uma solução barata e efetiva, uma vez que serve como suporte para a implantação de outras tecnologias, como o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ou o Veículo Leve sobre Pneus (VLP) e até mesmo o Bus Rapid

Transit (BRT). Vale pontuar que também requalificamos os terminais de integração T3, T4 e T5, bem como executamos a reforma e criação de novos abrigos do transporte coletivo”, explicou. Atendimentos Quanto à saúde, Arthur ressaltou a ampliação e a preparação do pessoal dos serviços de atendimentos de urgência e emergência, sobretudo, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele também chamou a atenção para a reestruturação de alguns pontos turísticos, entre eles

NÚMEROS

Segundo o governo, 16 mil empregos foram gerados por conta das obras da Copa, além de 26 mil pessoas que receberam treinamento. Serão oferecidas ainda mais de 900 atrações culturais o mercado municipal Adolpho Lisboa, os parques do Mindu e Ponte dos Bilhares, além do Complexo Turístico da Ponta Negra, que vai sediar a Fifa Fan Fest. “Não podemos esquecer o legado intelectual que essa Copa proporcionou para centenas de servidores da prefeitura, que receberam qualificação nos idiomas inglês e espanhol. Isso é algo que vão levar para a vida toda”, complementou o prefeito. “O que posso afirmar é que Manaus está pronta para receber e encantar os visitantes. Vai ser uma festa muito bonita

e uma grande oportunidade para aprimorarmos o nosso potencial turístico”, finalizou. Novas oportunidades Para o governador do Amazonas, José Melo, a Copa deixará duas importantes conquistas para o Estado: um novo Centro de Convenções e R$ 100 milhões de investimentos feitos na segurança pública. De acordo com o chefe do Executivo estadual, todas as obras planejadas para o Mundial foram concluídas. “Na terça-feira à noite, finalizamos o que faltava para garantirmos os estacionamentos dos torcedores. Com isso, concluímos todo o nosso cronograma de obras para esse grande evento que é a Copa do Mundo. Nossa arena já foi considerada a mais bonita do Brasil e temos a convicção de que faremos uma bela festa”, garantiu Melo. Ainda sobre a Arena da Amazônia, o governador disse que uma empresa foi contratada para realizar um estudo sobre a funcionalidade do estádio após a Copa. “A partir desse estudo vamos decidir a melhor maneira de tornar o nosso estádio algo que traga muito mais orgulho e riqueza para o Amazonas, seja sediando jogos do Campeonato Brasileiro ou outros grandes eventos”, avaliou. Segundo o governo do Estado, foram 16 mil novos empregos gerados por conta das obras da Copa, além de 26 mil pessoas que receberam treinamento. Por meio da Secretaria de Estado da Cultura (SEC) serão oferecidas mais de 900 atrações culturais, envolvendo mais de 15 mil artistas locais.

Melo e Arthur conferiram a Arena da Amazônia e deram o “ok” para o início do Mundial


E14

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

SEMCOM

Já está tudo montado para o início da Fifa Fan Fest, evento que ocorre em todas as subsedes. Em Manaus, o palco será a Ponta Negra

É dada a largada para a

Fifa Fan Fest A abertura da Copa do Mundo, hoje, também dá o pontapé inicial ao evento, que terá como cenário a Ponta Negra

O

anfiteatro da Ponta Negra será a partir de hoje, data de abertura da Copa do Mundo – com o jogo entre Brasil e Croácia – palco da Fifa Fan Fest, evento realizado em todas as subsedes da Copa para a transmissão dos 64 jogos, além da apresentação de atrações musicais. Neste primeiro dia, excepcionalmente, a programação começará às 11h, horário também de abertura dos portões, com shows de Israel Novaes, grupo Canto da Mata, DJs, além da apresentação de curtas nos telões instalados no complexo. Até o final da Copa, serão 13 atrações nacionais e dezenas de shows locais. A transmissão dos jogos na Fan Fest será feita por um telão principal, de 56 metros quadrados, no anfiteatro, além de outros dois menores, de 24 metros quadrados. Um deles estará próximo à pista de skate e outro perto das quadras de

areia. Para o acesso à área de 36 mil metros quadrados, perímetro da Fan Fest, haverá 10 catracas do lado leste e mais dez do lado oeste. O perímetro foi preparado para receber um público de 35 mil pessoas, mas a expectativa

TELÃO

A transmissão dos jogos será feita por um telão de 56 metros quadrados, no anfiteatro, além de outros dois menores, de 24 metros quadrados. Um próximo à pista de skate e outro perto das quadras de areia da prefeitura é de que todo o complexo receba até 80 mil em dias de jogos da seleção brasileira. Entre as regras para a Fan Fest estão: proibição de armas, garrafas, copos ou latas;

fogos de artifício; animais; embalagens de spray; substâncias inflamáveis; hastes de bandeiras ou quaisquer objetos cortantes. A segurança dentro do perímetro da Fifa Fan Fest será feita por uma empresa particular. Na área de entretenimento, o público contará com atividades esportivas, o que inclui tirolesa e escalada. Patrocinadores oficiais da Copa também estarão distribuindo brindes. Estarão disponíveis 160 banheiros químicos, praça de alimentação e toda a estrutura de quiosques que já funcionam normalmente no parque e continuarão a atender visitantes e turistas. Também estarão funcionando, normalmente, as barracas de praia para atender banhistas e visitantes. O horário de banho no rio é restrito até as 17h, quando a praia tem atendimento de salva-vidas do Corpo de Bombeiros. Após esse horário, o banho é proibido.

Permissionários ansiosos Na Ponta Negra, o clima é de euforia entre os permissionários. A ansiedade é grande para atender o público, principalmente, os turistas. Em alguns quiosques, os funcionários fizeram cursos de qualificação, já em outros a estratégia foi

contratar um tradutor. Emilly dos Santos, 22, está trabalhando no complexo há seis meses e está ansiosa pela experiência de vivenciar uma Copa do Mundo. “Será algo único e inesquecível. Teremos turismo, shows gratuitos, sem

contar com o visual do rio Negro ao fundo”, contou. O sentimento é o mesmo do vendedor Davi Menezes. “É uma alegria poder participar de um evento desse porte. Afinal, não sabemos quando isso vai acontecer de novo no Brasil”, disse Davi.

Transmissão em outros pontos Além da Fan Fest na Ponta Negra, haverá transmissão pública dos jogos em outros pontos da cidade, como na avenida Itaúba, Jorge Teixeira, Zona Leste, que contará também com atrações musicais locais. Neste primeiro dia

da Copa, além do jogo entre Brasil e Croácia, o público poderá acompanhar apresentações do DJ Ricardo Love, Frutos do Pagode, Gata Top e P.A Chaves. A transmissão dos jogos também poderá ser acom-

panhada do Parque Municipal do Idoso, localizado na rua Rio Mar, Nossa Senhora das Graças. Além do jogo de abertura da Copa, os outros da seleção brasileira e também os realizados em Manaus poderão ser acompanhados no local.

ROBERTO CARLOS/AGECOM

POLÍCIA

Reforço com 5 mil policiais militares A Polícia Militar do Amazonas terá um efetivo de até 5 mil policiais atuando nas ações de segurança da cidade e dos eventos relacionados à Copa do Mundo. Por meio do programa Ronda no Bairro, os bairros da capital continuarão recebendo, normalmente, o policiamento ostensivo, segundo informou o comandante da corporação, coronel Almir David. A Polícia Militar integra o Plano Geral das Ações de Segurança Integrada para a Copa do Mundo, elaborado pela Secretaria-Executiva de Grandes Eventos (Seasge) da Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e aprovado pelo governo federal. Todas as ações serão coordenadas pelo Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC-R). De acordo com Almir David, em dia de jogos em Manaus, por turno de 12 horas, serão 2,5 mil policiais empregados, po-

dendo chegar até 3,2 mil PMs somando o efetivo de todos os locais de concentração de público, como a Fan Fast e Arena da Amazônia. “Gostaríamos de deixar claro para a população que o planejamento é para garantir a segurança de todos,

REFORÇO

Em dia de jogos em Manaus, por turno de 12 horas, serão 2,5 mil policiais empregados, podendo chegar até 3,2 mil PMs somando o efetivo de todos os locais de concentração de público por isso temos policiamento destacados para cada localidade, mantendo o policiamento ostensivo em todos os bairros, por meio do programa Ronda no Bairro”, disse Almir David.

Somente na área da Arena da Amazônia, Zona Centro-Oeste, Almir David informou que 1,2 mil homens serão destacados, tanto na parte externa, quando interna do estádio. “Nós teremos policiais nos cinco postos de verificação de veículos, que vão ficar no entorno da arena”. No total, a operação envolve 200 viaturas por turno, 12 lanchas do Batalhão Ambiental e 180 motocicletas que devem patrulhar os pontos estratégicos com maior concentração de pessoas. As lanchas reforçarão o policiamento nas áreas dos hotéis de selva. Cerca de 60 policiais da Polícia Turística do Amazonas (Politur) serão divididos entre o aeroporto internacional Eduardo Gomes, o porto de Manaus e pontos turísticos como o largo São Sebastião, no centro da Cidade, e Ponta Negra, na Zona Oeste, dando suporte de atendimento aos turistas estrangeiros.

Somente na área da arena, 1,2 mil homens serão destacados para fazer a segurança do público

Plano integrado de segurança Conforme o secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Paulo Roberto Vital, durante os eventos da Copa do Mundo em Manaus, a Polícia Militar, integrada aos demais órgãos que fazem parte do plano geral, irá trabalhar com o seu efetivo para garantir a segurança da

cidade e da Copa. “O efetivo será empregado conforme a necessidade do dia e do evento, dentro dos pontos de interesse da Copa que foram mapeados no nosso planejamento”, disse Vital. Ele destacou que todos os policiais militares e servidores do Sistema de Segurança

que vão atuar na segurança de turistas e torcedores passaram por cursos de qualificação, além de treinamentos e simulados. Segundo Vital, desde 2012, o investimento em capacitação para a Copa do Mundo está estimado em R$ 4 milhões.


E15

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

Gringos ‘invadem’ a Amazônia

e enaltecem hospitalidade

Torcedores de várias partes do mundo desembarcam em Manaus para conhecer a cidade e assistir aos jogos da Copa FOTOS: ALBERTO CÉSAR ARAÚJO

THIAGO GONÇALVES E RAPHAEL LOBATO Equipe EM TEMPO

N

o clima da Copa do Mundo, Manaus começa a receber torcedores que vêm de todas as partes do planeta para prestigiar o evento que hoje terá como partida de abertura o confronto entre Brasil e Croácia em São Paulo, na Arena Corinthians. No dia 14, a Arena da Amazônia sediará o clássico entre as campeãs mundiais e algumas das favoritas para o título desta edição do Mundial, Itália e Inglaterra. Chegando aos poucos, torcedores de ambas as seleções já circulam pela capital do Amazonas. É o caso da dupla de ingleses Robert (59) e David (62) que desembarcaram em solo “baré” na manhã da última terça-feira (10). Estranhando o trânsito caótico da cidade, os londrinos fazem questão de conhecer as belezas naturais da região. “Queremos conhecer o entorno de Manaus, essa é uma ótima motivação para conhecer a Amazônia. A floresta é muito atraente para todos os turistas”, disseram os torcedores do english team. Quem também veio para a cidade conhecer a famosa Floresta Amazônica foi o chinês Rocco Ren, 24. O turista veio a Manaus antes do início do Mundial para aproveitar a cidade e realizar o sonho de fazer passeios de barco, que geram a possibilidade de conhecer a realidade de alguns ribeirinhos e índios que vivem nas margens do rio Amazonas. “Decidi passar em Manaus antes dos primeiros jogos para poder aproveitar bem a cidade e conhecer suas características e curiosidades. O Teatro Amazonas era um ponto turístico que fiz questão de visitar”, explicou o chinês, que no dia 13 assistirá ao jogo entre Espanha e Holanda, em Salvador.

Teatro Amazonas é o cartão-postal mais visitado por todos os turistas estrangeiros em Manaus

O artesanato regional é outro destaque entre os turistas

Receptividade é ponto destacado Em sua primeira visita a Manaus, a consultora que trabalha na área de sustentabilidade, Marina Del Papa, 31, se diz impressionada com a recepção dos manauenses com os turistas. Nascida em São Paulo, Marina encantou-se com o carinho que vem recebendo desde sua chegada. “Estou em Manaus a trabalho, mas a primeira impressão que tive da cidade foi ótima. Com todas as pessoas que conversei obtive informações e sempre foram gentis comigo”, falou a paulistana que lamentou apenas que

alguns prédios do centro histórico da capital estejam abandonados. “Na parte da infraestrutura, olhando para a parte central da cidade, observei que está um pouco mal cuidado. Existem vários prédios históricos, mas apenas o mercado municipal está reformado”, pontuou. Segundo o fotógrafo holandês, Cornell Evers, 62, Manaus é a cidade-sede mais atraente de todo o Mundial. Visitante assíduo da capital do Amazonas, Cornell espera registrar cada momento que pas-

CRÍTICAS

Infraestrutura deficitária e obras de mobilidade foram as principais críticas feitas pelos turistas que estão em Manaus para acompanhar os jogos da Copa do Mundo na subsede amazônica sar na cidade e levar de recordação várias imagens das comemorações dos amazônidas. “Não é a primeira vez que venho à

cidade, mas dessa vez vim por causa da Copa do Mundo. Para mim, Manaus é a cidade mais interessante do país porque o mundo tem curiosidade sobre o modo de vida na cidade e na selva. Para os turistas que vêm especialmente para o Mundial, a cidade está preparada, porém, sabemos que a população conhece a realidade e vê suas falhas”, analisa. Para o holandês é inadmissível que os governantes do Estado não tenham investido em melhorias no turismo e que os governos,

tanto estadual quanto municipal, tenham tanto interesse em deixar os projetos amazônicos nas mãos de empresas privadas. “Parece que o governo do Estado não tem interesse em melhorar o turismo da cidade. Prova disso é que deixam essa parte tão importante para a economia nas mãos de agências de viagens que na maioria das vezes enganam os clientes. Algumas definem os valores de acordo com a origem da pessoa que as procuram. Isso é exploração”, reclamou Evers.

IONE MORENO

ALUGUÉIS

Estrangeiros estarão em ‘casa’ Com dois dos três quartos da sua casa reservados até o fim do mundial, o professor de inglês da rede pública Rosenir Gomes afirma que a maior preocupação dos estrangeiros que tem recebido no imóvel localizado na rua Raul de Azevedo, bairro Santo Antonio, Zona Oeste, é com a segurança e a mobilidade urbana. Casado e pai de duas filhas, ele só faz reserva para casais e cobra a diária de U$$ 40 (R$ 111) para cada cômodo. Até o fim da temporada, Rosenir espera faturar cerca de R$18 mil. Atualmente dois casais ocupam os dois cômodos onde antes dormiam as filhas de Rosenir. O primeiro deles é de suecos que devem ficar na capital amazonense até o próximo dia 27. O outro é de um torcedor inglês e uma colombiana, que deixam a cidade ainda hoje. O servidor público que já vem recebendo turistas há um mês diz que há preocupações, mas que cuida para deixá-los informados. “Eles me perguntam se os lugares são seguros, se há opções de

APLICATIVO

Toda a divulgação dos cômodos, negociação e agendamento junto aos estrangeiros foi feita por meio do aplicativo Airbnb. A plataforma foi criada em 2012 para facilitar o aluguel de quartos e imóveis transporte, querem saber tudo antes”, disse. Fluente também em francês e alemão, Rosenir dispõe de um imóvel com dois pisos, sem muito luxo, típico de uma família de classe média amazonense. A localização a 15 minutos do centro permite maior facilidade de locomoção aos estrangeiros, que usam o transporte coletivo. Após a sequência de três assaltos a sua residência, ele investiu na instalação de câmeras de segurança ao redor do imóvel de 130 m2, para diminuir a sensação de insegurança entre os torcedores.

Apesar de se mostrar otimista com a desenvoltura dos serviços públicos durante o mundial, o professor admite que já passou por constrangimentos. “Ficamos dois dias sem água por conta de uma encanação que estourou na rua. O serviço só voltou hoje (ontem). Ainda bem que era visível o motivo do problema, senão nem sei o que falaria. E também já ficamos sem energia”, afirmou o proprietário que também aproveita a alta procura para alugar um imóvel em Fortaleza (CE). Foi estratégica a escolha dos perfis dos estrangeiros que preenchem a agenda de reserva dos cômodos com capacidade de abrigar até quatro pessoas. A preferência foi para casais e famílias que querem permanecer na capital por três ou quatro dias. Segundo ele, o objetivo é criar um ambiente familiar. “Não temos preconceitos, mas queremos deixar os clientes o mais confortáveis possível, fortalecer a convivência e a troca cultural”, declarou.

Ingleses, suíços e americanos passarão pela casa de Borges

Oferta e procura com segurança O servidor que já decidiu continuar oferecendo o serviço após o mundial afirma que quem exagerou nos preços das diárias encontrou dificuldades em emplacar a renda extra. “Os turistas discutem muito sobre o preço. Nós recebemos estrangeiros de classe média baixa, portanto, eles não estão dispostos a pagar absurdos”, disse Rose-

nir, que cobra abaixo da média entre os hotéis da capital - entre R$300 e R$250. O lucro após a temporada, segundo ele, será aplicado em uma viagem de família à Disney (EUA) e para compensar as reformas feitas no imóvel antes do mundial. “Será uma grande ajuda nesse sentido, além de ser muito enriquecedora a re-

lação de compartilhamento de cultura”, disse. Toda a divulgação dos cômodos foi feita por meio do aplicativo Airbnb. A plataforma reúne mais de 20 mil anúncios na versão brasileira e 500 mil no mundo todo, presente de 192 países. “Senti que era uma forma segura de fazer as negociações”, explica.


E16

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 12 DE JUNHO DE 2014

RICARDO OLIVEIRA

Igrejas preparam missas em diferentes idiomas Igreja de Nossa Senhora da Conceição e a Igreja de São Sebastião, no centro histórico, vão celebrar missas no período dos jogos em Manaus aos turistas. A eles estão sendo apresentadas a proposta do turismo e tantas outras vertentes que a Copa pode oferecer, mas a igreja se incluiu no sentido de promover a fé aos visitantes’’, pontua o padre. O pároco salienta que as celebrações em línguas estrangeiras que acontecerão na Catedral Metropolitana de Manaus acontecerão sempre às 9h da manhã, nos dias antecedentes aos jogos. As celebrações rotineiras permanecem no mesmo horário. ‘‘Preparamos quatro mil folders para os visitantes na igreja de Nossa Senhora, destes dois mil em inglês. Queremos que os turistas tenham o seu momento dedicado à religião mesmo distantes do seu país. Cada missa está sendo preparada pelo padre ou frei designado’’, comenta. A Paróquia de São Sebastião situada na rua 10 de Julho, Centro, destaca-se

DENY CÂNCIO Especial EM TEMPO

D

urante a Copa do Mundo em Manaus, as duas igrejas católicas mais visitadas por turistas na cidade, a igreja de Nossa Senhora da Conceição (Catedral Metropolitana) e a paróquia de São Sebastião, ambas localizadas no centro histórico, vão celebrar missas em horários especiais aos turistas em cinco idiomas: italiano, inglês, francês, espanhol, português (Portugal). Com o objetivo de atrair os fiéis estrangeiros, a catedral de Nossa Senhora da Conceição, localizada na av. Sete de Setembro, praça Osvaldo Cruz, Centro, celebra a primeira missa em Italiano, hoje às 9h. De acordo com o padre Charles Cunha, a celebração será acolhedora aos visitantes da cidade. ‘‘Temos o sentido de acolher e favorecer o circuito religioso

pela devoção de centenas de católicos que nela congregam, além da localização privilegiada, próximo ao Teatro Amazonas, estes itens contribuíram para que fosse a segunda igreja a celebrar as missas especiais. ‘‘ Sabemos da celebração intensa voltada a Copa em todos os setores da sociedade, e a paróquia situada nas proximidades do teatro se preparou para receber estes turistas que buscarão ter momentos de comunhão com Deus’’, explica o secretário da paróquia, Teocélio Souza. Missão O vice-pároco, Frei Francisco Freitas de Souza, comenta que a igreja se preocupa com a caridade e a sua missão dada nos evangelhos de Jesus Cristo, por isso aproveita o grande número de turistas que estarão visitando Manaus, no período dos jogos do Mundial. ‘‘O fluxo de pessoas em São Sebastião

deverá aumentar, por isso a nossa igreja foi escolhida para agregar os estrangeiros, com missas ao meio-dia. E queremos que este público possa viver a sua experiência de fé no seu idioma nativo’’, salienta Frei Francisco. Segundo o Frei, a Igreja esta analisando a possibilidade de que as canções também possam ser no idioma escolhido para a celebração, até o momento somente a missa em inglês já iniciou os ensaios com adorações no idioma. ‘‘Na congregação temos fiéis que dominam estes idiomas e são envolvidos na elaboração. Enfatizo que os principais ritos sagrados, como a leitura, os evangelhos e a pregação estarão no idioma nativo’’, esclarece. ‘‘A igreja Católica aposta na missão de evangelizar em nome de Jesus Cristo e esta é uma oportunidade’’, elucida o Frei sobre o foco principal das celebrações em diferentes idiomas.

CALENDÁRIOS DAS CELEBRAÇÕES Dia

Hora

Idioma

12/06 (Quinta-feira)

9h

Italiano

13/06 (Sexta-feira)

9h

Inglês

16/06 (Segunda-feira) 9h

Francês

17/06(Terça-feira)

9h

Inglês

20/06 (Sexta-feira)

9h

Inglês

21/06 (Sábado)

9h

As missas na Catedral de Manaus serão celebradas sempre às 9h da manhã

Português (Portugal)

PARÓQUIA DE SÃO SEBASTIÃO Dia

Hora

Idioma

13/06 (Quinta-feira) 17/06(Terça-feira) 21/06 (Sábado) 24/06 (Terça-feira)

12h 2h 12h 12h

Italiano Inglês Inglês Espanhol

ARQUIVO EM TEMPO

VIAGEM

‘Bagagem 100% legal’ para prevenção No período da Copa do Mundo, muitos brasileiros aproveitarão para viajar e prestigiar o Mundial em várias cidades brasileiras. Como viagem combina com presentes, os fiscais federais agropecuários alertam as pessoas para as regras sobre o que é permitido e seguro transportar em suas bagagens, durante viagens internacionais. A campanha “Bagagem 100% legal” é uma iniciativa do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical). A ação tem como objetivo esclarecer os perigos ao turista e a população sobre a entrada de produtos fora dos padrões de segurança sanitária do país. Durante a Copa, serão realizadas ações educativas nos principais aeroportos do país. Durante todo o mês de junho, munidos de material educativo, os fiscais orientarão os passageiros sobre quais produtos podem ser transportados em viagens para fora do país. O presidente do sindicato, Wilson Roberto de Sá, lembra que, sem controle, pragas e doenças podem entrar no país,

ameaçar a agropecuária nacional e a saúde pública do brasileiro. “Temos o hábito de trazer ou presentear amigos e família com comidas típicas dos lugares que conhecemos. Porém, muitas pessoas desconhecem o perigo da entrada de determinados produtos no Brasil”, explica Wilson. Em Brasília, no primeiro quadrimestre deste ano, foram apreendidas 950 toneladas de produtos agropecuários. Wilson destaca que temos apenas 450 fiscais federais agropecuários atuando no sistema vigiagro, o que além dos aeroportos, inclui portos, postos de fronteira e adunas especiais. “Entre os desafios enfrentados pelos colegas, estão a carência de pessoal e o frágil respaldo legal, por conta de legislações antigas. Isso sem contar a falta de informação dos viajantes e dos passageiros internacionais”, exemplifica. Vale lembrar que o Ministério da Agricultura responde apenas qualitativamente sobre a permissão ou não do ingresso de determinados produtos. As questões relacionadas à quan-

tidade de cada item devem ser elucidadas com a Receita Federal. Entre os produtos permitidos estão azeites, produtos de origem vegetal industrializados, embalados a vácuo, enlatados, em salmoura e outros conservantes; chocolates, bebidas em geral (chás, sucos e refrigerantes); erva mate elaborada e embalada; pó para sorvetes e sobremesas embalado; féculas embaladas, margarina e pasta de cacau; café solúvel; café torrado e moído; glicose e açúcar refinado embalado, dentre outros. Outros países da América do Sul possuem um sistema de defesa e de vigilância agropecuários bem rígidos. O Chile pode ser considerado um exemplo de país com regras bem ostensivas nos pontos de ingresso, utilizando até cães farejadores no processo. Estados Unidos, Austrália e Japão também são bem rigorosos neste controle. A campanha “Bagagem 100% legal” será intensificada nos postos de fiscalização até o final do mundial no Brasil em todas as cidades-sedes da Copa do Mundo.

Ação visa esclarecer os perigos sobre a entrada de produtos fora dos padrões de segurança sanitária

SAIBA MAIS Entenda melhor o que pode ser transportado de um país a outro, porém com a autorização prévia ou certificação sanitária expedida pelo Ministério da Agricultura: - Frutas e hortaliças frescas; - Insetos, caracóis, bactérias e fungos; - Flores, plantas ou partes delas; - Bulbos, sementes, mudas e estacas; - Animais de companhia (cães e gatos); - Aves domésticas e silvestres; - Espécies exóticas, peixes e pássaros ornamentais e abelhas; - Carne de qualquer espécie animal, in natura ou industrializada (embutidos, presunto, salgados, enlatados);

- Leite e produtos lácteos; - Produtos Apícolas (mel, cera, própolis); - Ovos e derivados; - Sêmen, embriões, produtos biológicos, veterinários (soro, vacinas); - Alimentos para animais; - Terras; - Madeiras não tratadas; - Agrotóxicos; - Material biológico para pesquisa científica, entre outros.


Pódio - 12 de junho de 2014