Page 16

16

76 | dezembro | 2017

#

Gente em Ação

Opinião

Os YouTubers Tomás Vicente (8.ºA) Graças a muitos produtores de conteúdos, o YouTube cresceu de uma forma absurda. Pois é, os YouTubers são a fonte de entretenimento de muita gente. Há YouTubers novos, velhos, recentes ou veteranos que produzem todo o tipo de conteúdos. Como exemplos, refiro Sirkassio que cresceu “brincando” com contas no YouTube e Tiagovski que tem mais de 5 anos de trabalho no youtube. Estes são dois YouTubers que,

juntos, têm mais de 5 milhões de seguidores. Pewdipie é o maior youtuber do mundo e fatura milhões de euros por ano. O YouTube é uma boa fonte de entretenimento, de diversão e mesmo de aprendizagem e também pode ser uma ótima fonte de rendimento. Os YouTubers são produtores de conteúdos que, na minha opinião, têm um bom emprego que cada vez mais cresce em Portugal e que deve ser valorizado.

Carta ao Pai Natal Cátia; Daniela; Ricardo; Ruben (7.ºA)

Querido Pai Natal: Já saíste da Lapónia? É que nós já estamos aqui à tua espera há um ano. Quando é que chegas? Vens de trenó ou de avião? Nós somos quatro alunos do 7º ano e gostaríamos muito de te conhecer, Pai Natal, para te dizermos quais os presentes que queremos receber neste Natal. Nós gostaríamos de receber os seguintes presentes: -Que todos fossem amigos uns dos outros e que não houvesse brigas; Leonor Araújo (3º Ano) - Que não houvesse zangas entre famílias e que todos comessem juntos o bacalhau e as couves na ceia de Natal; - Que trouxesses muita comida para os pobres para que estes também possam celebrar o Natal com a barriguinha cheia; - Que trouxesses prendas para os sem-abrigo e que estes fossem acolhidos numa casa bem quentinha para poderem celebrar o Natal; - Que as guerras acabassem e que a paz voltasse ao mundo: - Que no mundo só houvesse harmonia e felicidade. Por último, gostaríamos que tu nos trouxesses os presentes que nós te pedimos na carta que te enviámos anteriormente. Estamos desejosos de te conhecer pessoalmente. Adeus. Beijinhos para ti, Pai Natal.

Patrícia Afonso (8.º A) Nos últimos anos, os canais no YouTube fazem parte de um dos assuntos mais comentados na Internet. Os YouTubers, famosos por criar vídeos para a empresa Google, constituem um novo interesse, principalmente dos jovens entre os 10 e os 18 anos de idade. Todos percorrem um caminho comum: saem da Internet para as livrarias, para a televisão e até mesmo para os cinemas. Wuant, PewDiePie e Whindersson Nunes são alguns desses ídolos com milhões de seguidores. Nos seus vídeos, falam sobre comportamentos do quotidiano e produzem conteúdos variados como paródias, imitações, vlogs, produções, gameplays, reações, fazendo até mesmo desafios entre eles.

Em frente às câmeras, Whindersson Nunes, um YouTubers brasileiro que já conta com 25 milhões de seguidores, narra, na maioria dos seus vídeos, histórias sobre a sua vida quotidiana, dedicando-se à produção de paródias. Já PewDiePie, um YouTuber sueco que conta com 58 milhões de inscritos, considerado como o maior YouTuber do mundo, foca gameplays de terror e ação como tema principal do seu canal. Ele criou uma série chamada “Fridays with PewDiePie” onde existe a possibilidade de os seus fãs interagirem com ele. Na minha opinião, os YouTubers são os novos influenciadores que brilham na tela dos jovens, não importando a beleza e os gostos conjuntos, pois o interesse nos seus vídeos é espontâneo.

A Internet no dia a dia Tomás Vicente (8.º A) O excesso de horas em frente ao monitor ou ao ecrã pode trazer doenças e problemas para a saúde. Na minha opinião, a Internet e o que está dentro da Internet pode gerar o vício e a dependência mas também é benéfico e mesmo essencial, hoje em dia. Penso que, se o tempo for bem organizado e estipulado, até pode ser bom, pois é uma forma de divertimento e entretenimento. Mas,

E-mail: jornalescolar@aevvr.pt

eu falando por experiência própria, acho que nunca se deve perder a noção do mundo real com o virtual, pois vamos perder bastantes emoções em ambos os lados, desde um amigo na vida real a um nível num jogo qualquer. É essencial perceber quando se perde o autocontrole e entender que a Internet é um passatempo que se deve utilizar de forma correta para próprio benefício.

Profile for AEVVR

"Gente em Ação" n.º 76 - dezembro 2017  

Jornal escolar do Agrupamento de Escolas de Vila Velha de Ródão - Edição n.º 76 - dezembro 2017

"Gente em Ação" n.º 76 - dezembro 2017  

Jornal escolar do Agrupamento de Escolas de Vila Velha de Ródão - Edição n.º 76 - dezembro 2017

Advertisement