Issuu on Google+

Área

Continental News Ano 3 nº33

E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar. Hebreus 4:13

www.acontinews.blogspot.com

São Vicente, Março de 2012

É Grátis

Verba vai ajudar a diminuir alagamentos Ministério da Integração Nacional confirmou R$ 13 milhões para a instalação de oito comportas com bombeamento em canais Pag 4

Samaritá um bairro de contrates

Peça teatral é o maior evento da região

Encenação do Humaitá completa Pag 8 20 anos Ruas da AC recebem recursos para asfaltamento Pag 5

Cidades da Baixada tem gestão fiscal aprovada em pesquisa Tranquilidade, história e problemas fazem parte do cotidianos dos moradores do mais antigo bairro da Área Continental Pag 7 A festa tomou enorme proporção e não foram registradas confusões durante os desfiles do blocos nas ruas da região

Eleições 2012

Caio deve ser o nome do PSB Bili tem candidatura ameaçada Pag 2


Parlamento Lei Municipal de Segurança Alimentar São Vicente mais uma vez saiu na frente e será o primeiro da Baixada Santista a implantar a Asan (Lei de Autoridade de Segurança Alimentar), que tem como objetivo garantir a qualidade dos serviços nos estabelecimentos comerciais que atuam no ramo alimentício. A medida é uma iniciativa da Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Segurança Alimentar e Combate à Fome (Sesea), e foi inspirada em uma legislação de Portugal, sendo pioneira no País. O lançamento do projeto aconteceu no Salão Nobre do Paço Municipal. De acordo com o secretário da pasta, Júnior Bozzella, a nova legislação prevê fiscalização periódica aos estabelecimentos. “O fiscal fará a inspeção do local e aplicará um check list para avaliar estrutura, higiene, vestuário, armazenamento dos produtos, preparo dos profissionais, etc. Assim, o estabelecimento que obtiver uma pontuação a partir de 75% receberá um selo de qualidade que atesta a excelência do local e terá validade de um ano”, explica. Júnior Bozzella frisa que a lei tem como objetivo orientar os estabelecimentos e trazer um número cada vez maior de consumidores. “O principal compromisso desses fiscais não é punir e sim orientar para que os estabelecimentos possam fornecer alimentação dentro dos padrões de higiene e segurança alimentar. A medida tem como objetivo beneficiar tanto o consumidor quanto os proprietários, que terão a garantia de qualidade no serviço e o aumento da clientela, respectivamente. Para elaborar a lei, buscamos ferramentas inspiradas no livro vermelho (Risa) utilizado em Portugal e no Selo de Qualidade implantado em Nova Iorque”, explica. Caso o estabelecimento não se enquadre na legislação vigente, o fiscal lavrará a notificação e dará prazo para as adequações. No caso de a infração ser enquadrada em multa, o infrator terá 30 dias para recolhê-la e, caso não o faça, o processo administrativo será inscrito na Divida Ativa do Município. Além da multa, a penalidade também pode ser advertência, doação de Alimentos para o Banco de Alimentos ou cancelamento do Selo. RISA – Uma importante ferramenta para garantir o cumprimento da legislação é o Registro de Irregularidades de Segurança Alimentar (Risa). O livro estará à disposição nos estabelecimentos comerciais para que o cliente possa registrar o seu descontentamento com o estabelecimento, críticas, elogios e também sugestões. O Risa deve ficar em local visível e de fácil acesso para os consumidores, enfatizando que a 2ª via (protocolo) ficará sempre com o munícipe.

Continental News 2 São Vicente, Março de 2012

O único jornal que está na Área Continental

www.acontinews.blogspot.com

Obra ou crime ambiental?

Uma grande quantidade de entulho depositada por vários caminhões, às margens da Avenida Quarentenário, bem próximo à rua 11, está deixando muita gente intrigada. De algumas semanas para cá, caminhões passaram a depositar entulho e grande quantidade de restos de construção que contem várias pontas de ferro que representa risco para crianças e pessoas que passam pelo local diariamente. No local, não existe nenhuma placa dizendo que seja alguma obra de melhorias no local, pois o entulho, além de se depositado, está sendo removido por tratores, retroescavadeiras que estão aplainado o local no nível da avenida. O certo mesmo é que o entulho está tomando conta do quarteirão e cobrindo um peque Terreno ao lado da Avenida Quarentenário tem recebido entulho nas últimas semanas córrego que passa pelo local e que mentadas das Avenidas da Área não sabem explicar quem é o responnos dias de chuva ajuda a escoar a Continental, é impossível que algum sável pelo descarte do entulho o que fiscal não tenha visto o que está sen- as máquinas estão fazendo naquele água que corre pela Avenida. Como o local fica na mais movi- do feito. Comerciantes e moradores local.

Agulhadas Será o fim do Bili?

Brasil é o 7º na internet

Além de divulgar o nome de Caio, o jornal ainda anunciou que a candidatura da oposição Luis Claudio Bili (PP) corre um sério risco de naufragar. Existe uma grande possibilidade do diretório municipal do PP ser destituído para ser dirigido por uma junta provisória, que, por sua vez, apoiaria a candidatura governista, deixando “Bili a ver navios”.

O Brasil é o sétimo maior mercado mundial na internet, de acordo com a pesquisa Brazil Digital Future in Focus, realizada pela comScore. O País passou a França e está atrás apenas de China, Estados Unidos, Japão, Rússia, Alemanha e Índia. O estudo revela ainda que 46,3 milhões de internautas com 15 anos ou mais acessaram a internet de casa ou do trabalho em 2011, um crescimento de 16% em relação a 2010. O acesso à rede por tablets e celulares representou 1,5% de todo o tráfego no País no último mês do ano.

PHS na disputa ?

O PHS vicentino pode indicar o advogado Fernando Xavier como o o nome do partido para concorrer a cadeira de prefeito de São Vicente. A decisão foi anunciada durante evento realizada em São Paulo em comemoração as mulheres. Em conversa com o Continental News, Xavier disse que está buscando fortalecer as parcerias “para ser a verdadeira oposição em São Vicente”.

Nova TV em São Vicente

Todos os vereadores de São Vicente que estiveram esta semana em Brasília em busca de recursos para a cidade, participaram de um seminário na Câmara dos Deputados cujo objetivo seria a à instalação de uma TV Legislativa em São Vicente, em canal aberto.

Mais horas

É mesmo o Caio!

Segundo informações do jornal Boqueirão News, o vereador Caio França (PSB) será o nome da situação na disputa para a cadeira de prefeito de São Vicente. De acordo com o semanário santista, será a repetição da mega aliança de partidos que administra a cidade há alguns anos. O núcleo central da campanha teria o atual secretário de cultura Renato Caruso como coordenador, o pai e deputado federal Márcio França e ainda o atual prefeitoTércio Garcia na articulação política. Rogério Barreto seria o vice.

O número de horas navegando pela web também aumentou, atingindo uma média de 26,7 horas on-line em dezembro do ano passado, um crescimento de 10% se comparado a 2010, quando o brasileiro destinava duas horas a menos na internet. O impacto desse aumento refletiu também no e-commerce brasileiro que em 2011 apresentou um crescimento de 26%, faturando R$ 18,7 bilhões, segundo dados do e-bit.

Mais dinheiro no Bolso

O rendimento médio do trabalhador brasileiro atingiu em fevereiro R$ 1.699,70, o valor mais alto desde março de 2002, quando teve início a série histórica da Pesquisa.


Comunidades

Continental News 3 Março de 2012

O único jornal que na Área Continental www.acontinews.blogspot.com

Detectores devem continuar nas agências de SV A polêmica da retira das portas giratórias e detectores de metais do bancos de São Vicente está próximo do fim. Na manhã do dia 20 de março, o prefeito de São Vicente, Tércio Garcia, e o vice, Rogério Barreto, estiveram reunidos com o presidente do Sindicato dos Bancários Ricardo Saraiva Big, para tratar sobre a Lei 25/12, aprovada pela Câmara Municipal, que obriga a desinstalação das portas giratórias com detectores de metais nas agências da cidade. No encontro, realizado no paço municipal, o prefeito se propôs, em conjunto com Câmara Municipal, a retirada da Lei e a manutenção das portas giratórias no bancos. “Tércio Garcia e Rogério Barreto concordaram que a manutenção das portas são importantes para que

pessoas armadas sejam impedidas de entrarem nas instituições bancárias e entenderam que elas evitam assaltos e outros tipos de violência, depois de nossa argumentação”, afirmou Big. Na ocasião, os sindicalistas entregaram ao prefeito cerca de duas mil assinaturas contra a retirada dos equipamentos colhidas entre bancários, clientes, vigilantes e a população em geral, colhidas em apenas dois dias.

Assaltos

Em 1995 os assaltos tinham aumentado 119,5%. Depois da instalação das portas, no final da década de 90, houve uma redução de aproximadamente 80% no número de assaltos, conforme dados da própria Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), entidade patronal. Segundo a

Sindicalistas tiveram encontro com prefeito no Paço Municipal estatística da Febraban, ano tabilizados 422 em 2011, de 2000 foram registrados 14,36% maior em relação ao 1.903 assaltos contra 369 em ano anterior. Isto só tende a 2010. aumentar nas cidades em Porém, em 2011 quando os que a Lei que obriga portas bancos iniciaram uma cam- for derrubada. panha nacional para retiAumento rada deste equipamento o Em 2011, conforme pesnúmero de roubos começou a aumentar e já foram con- quisa nacional das con-

federações dos bancários e dos vigilantes, com base em notícias da imprensa, 49 pessoas foram mortas em assaltos envolvendo bancos em todo país, uma média de quatro vítimas por mês, na sua maioria clientes, depois que os bancos começaram a inaugurar unidades sem portas giratórias. Em 2010, quando a campanha para insegurança imposta pelos bancos ainda estava no início, houve 23 ocorrências. Os representantes sindicais frisam que os bancos possuem recursos de sobra para ampliar os investimentos em segurança. Pesquisa do Dieese, com base nos balanços de 2011 dos cinco maiores bancos, mostram que as despesas de segurança e vigilância somaram R$ 2,6 bilhões, o que representa uma média de apenas 5,2% do lucro líquido de R$ 50,7 bilhões.

Codesavi pode entrar em greve Escola de Educação Infantil e nova creche para a Gleba II Os 1.200 trabalhadores da Companhia de Desenvolvimento de São Vicente (Codesavi) estão com greve marcada a partir de qu ar ta- fe i r a (28), conforme decisão de assembleia na noite deste Decisão foi tomada em assembleia no dia 21 quarta (21). Os empregados da empresa base na lei de greve, que protode economia mista, que tem a colará na manhã desta quintaprefeitura como acionista mafeira (22). joritária, recusaram a proposta Endereçado ao presidente de 7% de reajuste salarial. da companhia, Márcio Perretti Eles reivindicam o piso da conPapa, o documento informa a venção coletiva do Sindicato dos empresa sobre a decisão da asTrabalhadores na Construção sembleia. Macaé diz que está Civil, que é de R$ 1.139,60 para disposto a negociar as reivindiprofissionais e R$ 875,60 para cações. ajudantes. Na Codesavi, o pessoal recebe, respectivamente, O que pode parar R$ 775,96 e R$ 639,05. A paralisação afetará prinPara os demais trabalhadores, cipalmente os serviços de maa assembleia reafirmou a reivinnutenção e limpeza urbana, dicação de reajuste conforme a como varrição de ruas e aveniinflação de 12 meses, na datadas, guias, calçadas, galerias e base de abril, mais 5% de auaté a orla da praia. Serão paralmento real. isados ainda os serviços de limO presidente do sindicato, Mapeza e vigilância de repartições caé Marcos Braz de Oliveira, enpúblicas, entre elas escolas e caminhou a proposta de paralcreches. A próxima assembleia isação e já assinou ofício, com será na noite de terça-feira (27).

O que antes era apenas um sonho está perto de se tornar realidade. Graças à iniciativa do presidente da Câmara, vereador Pedro Gouvêa (PMDB) em parceria com o prefeito Tercio Garcia, a Gleba II está próxima de ganhar a sua primeira Escola de Educação Infantil. A escola que também abrigará uma creche, será instalada em um terreno de mais de 3 mil metros quadrados, na Rua Dr. Arquimedes Bava s/n, e contará com vestiário, sala de leitura multiuso, laboratório de informática, anfiteatro, playground e salas de aulas espaçosas e modernas. Para Gouvêa, a obra será muito importante para o desenvolvimento da região. “Esta obra é um marco na história da Gleba II. Tenho a convicção de que a partir da construção dessa escola o bairro irá crescer de maneira vertiginosa. Afinal, a educação é a chave para o crescimento das pessoas”. A construção da escola é vista com muitos bons olhos pela população. De acordo com Gouvêa, existem muitos relatos de pessoas que precisam se deslocar para outros bairros para colocarem seus filhos na escola. “A obra irá beneficiar diretamente mais de mil pessoas. Muitos que precisavam se

Pedro Gouvêa se reuniu com moradores para apresentar o projeto desdobrar para levar seus filhos creche é fruto de uma parceria à escola terão, em breve, uma entre o presidente da Câmara, dentro do bairro”. vereador Pedro Gouvêa e o preCreche - Além da instalação feito Tercio Garcia. De acordo da primeira Escola de Educacom Gouvêa, tudo isso só está ção Infantil do bairro, a Gleba sendo possível graças ao esII irá ganhar uma creche modforço e compreensão do prefeito erna, com salas de repouso e Tercio Garcia. com ótima infraestrutura. A “Essa obra é um pedido que creche atenderá crianças de 0 a venho fazendo há muito tempo 6 anos e será instalada junto a ao Executivo. Graças à percepnova escola. “Apesar do bairro ção e compreensão do prefeito já possuir uma creche, a conTercio Garcia, que entendeu strução dessa nova unidade que a Gleba II está em pleno trará grandes benefícios para desenvolvimento, a construção a população da Gleba”, gada primeira Escola de Educação rante o presidente da Câmara, Infantil e de uma nova creche vereador Pedro Gouvêa. não é mais tema de conversas e Parceria - A construção da ,sim, parte da realidade de um primeira Escola de Educação InGoverno justo e cada vez mais fantil da Gleba II e de uma nova forte”.


Comunidades

Continental News 4 São Vicente, Março de 2012

O único jornal que está na Área Continental

www.acontinews.blogspot.com

Ministério da Integração repassará 13 milhões para instalação de comportas em São Vicente A comissão de vereadores de São Vicente que está em Brasília, confirmou a destinação de R$ 13 milhões, pelo Ministério da Integração Nacional, para a instalação de oito comportas com bombeamento nos canais, o chamado sistema holandês de combate às enchentes. Assim, todos os pontos onde os canais deságuam no estuário serão monitorados para conter as marés altas em dias de chuvas fortes. O recurso, fruto de emenda do deputado federal Márcio França (PSB), faz parte do Programa de Prevenção de Enchentes da Defesa Civil Nacional e prevê uma contrapartida da Prefeitura no valor de R$ 1,08 milhão. Os vereadores foram recebidos pelo chefe de Gabinete do Ministério da Integração, Gelson Albuquerque, que deu a garantia do ministro Fernando Bezerra, da liberação dos recursos. A coordenadora da Unidade Executora Local, Elisabete Bacellar do Carmo, informou que a licitação para os serviços

Verba vai ajudar a acabar com as enchentes em ruas de vários bairros está sendo elaborada pela Secretaria de Negócios Jurídicos da Prefeitura e será aberta ainda este ano. “Ao invés das comportas com flaps, que têm as peças furtadas e ainda são obstruídas por objetos jogados nos canais, vamos instalar as comportas de ga-

Ficha Limpa já vale para funcionalismo paulista A contratação e nomeação, em cargos públicos do governo do estado de São Paulo, de pessoas que se encontram inelegíveis nos termos da Lei da Ficha Limpa, ou seja, que foram condenados em segunda instância, estão proibidas a partir de 22 de março. A medida foi instituída com a promulgação da proposta de emenda à Constituição do estado pela Assembleia Legislativa.Com isso, secretários estaduais, reitores de universidades públicas, o procurador-geral de

Justiça, o procurador-geral do Estado, o defensor público geral, superintendentes e diretores de órgãos da administração pública direta e indireta, o delegado geral de Polícia e outras pessoas que venham a ocupar cargos públicos estaduais do Executivo, Legislativo e Judiciário, em São Paulo, deverão comprovar que têm ficha limpa. Para isso, eles terão que apresentar uma certidão cível e criminal que ateste que não há nenhuma condenação em segunda instância.

veta, com sistema de operação mecânica e automatizada e também um sistema complementar de bombeamento mecânico para jogar a água das chuvas por sobre a comporta”, explicou Elisabete. Serão instaladas novas comportas em oito pontos: Rua Japão; Rio D’Avó; Saquaré;

Canal do Meio, na México-70; Avenida Castelo Branco, na Cidade Náutica; Dique das Caxetas, no Jóquei; Sambaiatuba, no Jóquei e Avenida Brasil, na México-70. O prefeito Tercio Garcia disse que o recurso permitirá a São Vicente enfrentar o problema das enchentes de forma integrada, incluindo os serviços já iniciados nos canais das avenidas Alcides de Araújo e Sá Catarina. “Estamos conjugando forças para combater o histórico problema dos alagamentos”, disse. As novas comportas terão o objetivo de impedir que a água proveniente do movimento das marés altas não entre nos canais de acumulação e drenagem, principalmente nos pontos críticos, situados abaixo do nível do mar. São áreas que, mesmo quando não chove, ficam alagadas. O projeto prevê a implantação de sistema complementar e preventivo de bombeamento, permitindo que, em casos de chuvas de grande intensidade

que ocorram ao mesmo tempo com marés altas, a água do canal seja sugada e lançada ao estuário, como funciona na Holanda, país acostumado a conviver com a força das marés.

Percorrendo a Capital

Os vereadores percorreram outros ministérios, como o da Cultura, Esporte e Agricultura, onde protocolaram projetos e pedidos de verbas para investir em São Vicente. Eles se dividiram em grupos para visitar o maior número de ministérios possíveis. A comissão de vereadores vicentinos em Brasília é formada por Pedro Gouvêa (presidente da Câmara); Caio França, Ferrugem, Macedo, Tiça, Paulinho Alfaiate, Diogo Batista, Marcelo Correia, José Soares, Marco Bitencourt e os secretários que também são vereadores Leo Santos, Fernando Bispo e Alfredo Moura. Também acompanhou o grupo o assessor Walter Vera.

Imóveis sustentáveis podem ter até 23% de desconto no IPTU A Secretaria de Meio Ambiente de São Vicente (Semam) incentiva cidadãos a implantarem medidas sustentáveis na hora de construir ou reformar. O programa IPTU Verde beneficia proprietários de imóveis, residenciais ou não, que utilizam materiais como tijolo ecológico e telhado verde ou implantam ações como: programa de separação de lixo domiciliar, plantio de árvores na calçada de casa, utilização de fonte de energias renováveis como a solar, reuso da água, entre outros. O desconto pode chegar a 23% no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) dependendo dos critérios que o contribuinte atender. Os interessados já podem entrar em contato com a

Semam a partir desta quartafeira, 21 de março, para solicitar a redução do imposto. De acordo com a Lei 634, o benefício tributário consiste em reduções na alíquota que podem chegar a até 0,3%. O Secretário de Meio Ambiente, Alfredo Moura explica que para obter o desconto no carnê de 2013 é preciso procurar a Semam (Rua José Bonifácio, 404 - 4º andar – Centro) até 30 de julho deste ano e protocolar o pedido junto com a justificativa. “Um dos critérios é estar com os pagamentos de impostos em dia, ou adimplente, em casos de parcelamento do IPTU. Outro requisito para receber o benefício é ter o imóvel ligado à rede de esgoto”, esclarece.

A Semam realiza vistoria no local e analisa se as ações estão de acordo com Lei. Após análise técnica, o secretário de Meio Ambiente elabora um parecer conclusivo sobre a concessão do benefício. Os pareceres favoráveis são encaminhados á Secretaria da Fazenda (Sefaz) que gera o boleto do IPTU já com a redução da alíquota. Ao todo, o regulamento estabelece 22 critérios de sustentabilidade que estimulam o uso de tecnologias que ajudam na redução do consumo de água, energia elétrica e produção de resíduos. O secretário lembra que mesmo aqueles que já tenham solicitado o benefício no ano passado, vão precisar protocolar.

A melhor do Brasil por 3 anos chegou em São Vicente. Prepara Cursos agora mais perto de você.

Av. Antonio Emmerich, 9 - Centro Fone: 3304-8641 www.prepara.com.br

CURSOS PROFISSIONALIZANTES


Administração

Continental News 5

O jornal que está mais perto de você

São Vicente, março de 2012

www.acontinews.blogspot.com

Maioria das cidades da Baixada têm boa gestão fiscal

A maioria dos municípios da Baixada Santista teve uma boa gestão fiscal entre os anos de 2006 e 2009. A constatação foi feita pela primeira edição do IFGF (Índice Firjan de Gestão Fiscal), criado pelo Sistema FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) para avaliar a qualidade de gestão fiscal dos municípios brasileiros. O estudo traz dados de 2010 e informações comparativas com os anos de 2006 até 2009. Os dados são oficiais e os mesmos declarados, pelos municípios, à Secretaria do Tesouro Nacional. Para apontar a situação fiscal dos municípios brasileiros, o estudo levou em consideração cinco quesitos: receita própria,(capacidade de ar- Peruíbe obteve o melhor desempenho entre as cidades da região recadação de cada município); região, cinco (Santos,São Vi(comprometimento do orçamengastos com pessoal, (quanto os cente, Praia Grande, Bertioga e to com o pagamento de juros e municípios gastam com pagaItanhaém) receberam conceito amortizações de empréstimos mento de salários e benefícios, B que, de acordo com o estudo contraídos em exercícios antemedindo o grau de rigidez do feito em todo o território nacioriores). Cada cidade foi classiorçamento); liquidez, (relação nal, corresponde a boa gestão ficada com conceitos A (Gestão entre o total de restos a pagar fiscal e tiveram nota entre 0,6001 de Excelência, acima de 0,8001 acumulados no ano e os ativos e 0,8 pontos. O IFGF, aponpontos), B (Boa Gestão, enfinanceiros disponíveis para tou Peruíbe como a cidade da tre 0,6001 e 0,8), C (Gestão em cobri-los no exercício seguinte); região que tem a melhor gestão Dificuldade, entre 0,4001 e 0,6) investimentos (total de invesfiscal. O município obteve a nota ou D (Gestão Crítica, inferiores a timentos em relação à receita de 0,8531 e ficou com o conceito 0,4 pontos). líquida), e o custo da dívida A. Já Mongaguá (0,5129 pontos) Entre os nove municípios da

Turismo libera verba para asfaltamento de ruas da Área Continental

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Manutenção Viária de São Vicente, Leo Santos, assinou no dia 29 de fevereiro, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, representando o prefeito Tercio Garcia, o convênio que disponibilizará R$ 7,5 milhões por parte do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade) para obras de drenagem e pavimentação da Área Continental da Cidade. O recurso liberado pela Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, à qual está subordinado o Dade, permitirá, segundo o secretário da pasta estadual, Márcio França, a pavimentação e drenagem de 80% das ruas do continente. “São ruas importantes que facilitarão o acesso de moradores e turistas. Um ganho para o futuro da Primeira Cidade do Brasil”, disse o ex-prefeito e também deputado federal

Márcio França. Serão pavimentadas e dotadas de sistema de drenagem mais de 50 ruas do continente que dão acesso a turistas que vem da Capital e do Sul do País pela Rodovia Padre Manoel da Nóbrega em direção às praias e demais pontos turísticos de São Vicente. Segundo o secretário Leo Santos, os bairros que terão ruas atendidas com os recursos são Jardim Rio Branco; Jardim Irmã Dolores (Quarentenário e Vila Ponte Nova); Jardim Rio Negro; Vila Samaritá; Nova São Vicente; Vila Ema; Parque Continental; Parque das Bandeiras Gleba I e Gleba II. A expectativa do secretário Leo Santos é iniciar as obras o mais rápido possível. “A ordem do prefeito Tercio Garcia é começar imediatamente. Publicado o edital, acredito que começamos dentro de 15 dias”, disse Leo.

A Prefeitura de São Vicente já pavimentou 174 ruas da Área Continental, além dos investimentos em saúde, educação e infraestrutura realizados nos últimos anos. A região atrai cada vez mais moradores e duas empresas ligadas ao Pré-Sal já se instalaram no continente. No começo dos anos 1980, a região abrigava perto de 12 mil habitantes e hoje já ultrapassa os 100 mil. Na semana passada 500 moradias populares foram entregues pela Prefeitura em parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF).

Anuncie no único jornal que está na Área Continental (13) 3564-2539

e Guarujá (0,6028 pontos) receberam o conceito C que classificou os municípios com gestão em dificuldade. Além de conceituar e dar notas individuais a cada prefeitura, o estudo criou um ranking dos municípios com melhor gestão fiscal no Estado e no Brasil. (veja Tabela) Municípios paulistas O IFGF mostrou que a maioria dos municípios paulistas foi avaliada em situação excelente ou boa no que diz respeito à eficiência na gestão orçamentária das prefeituras. É o caso de 339 cidades paulistas (53,9% dos municípios investigados). O estado se destacou no panorama nacional: dos 100 maiores desempenhos do Brasil, 31 são pau-

Município Peruíbe Praia Grande Bertioga Santos São Vicente Cubatão Itanhaém Guarujá Mongaguá

listas. Dos 10 melhores, seis são do estado. O quadro paulista caracterizou-se por orçamentos pouco comprometidos com a folha de pagamento, boa administração dos restos a pagar e bom nível de investimentos. As médias dos municípios do estado no IFGF Gastos com Pessoal (0,6301), no IFGF Liquidez (0,6271) e no IFGF Investimentos (0,6576), todas em nível bom e acima do resultado do Brasil, confirmam o cenário positivo. Neste último indicador, 109 municípios paulistas receberam nota máxima (1) por terem investido mais de 20% da receita. A cidade de São Paulo garantiu o 4º lugar entre as capitais brasileiras e o 39º do estado. Pesquisa completa em: www.firjan.org.br/IFGF

Índice Firjan de Gestão Fiscal Nota IFGF Conceito Estado 0,8531 A 9º 0,7844 B 34º 0,7229 B 97º 0,7198 B 105º 0,6941 B 143º 0,6567 B 209º 0,6363 B 264º 0,6028 C 333º 0,5129 C 487º

Brasil 20º 133º 476º 513º 769º 1181º 1428º 1880º 3030º

Banco de alimentos doa mais de 16 toneladas para entidades Após mais de seis meses da inauguração do Banco de Alimentos, o equipamento implantado em São Vicente pela Prefeitura do Município, por meio da Secretaria de Segurança Alimentar e Combate à Fome (Sesea), é hoje umas das ferramentas mais importantes para suprir a carência de alimentos por parte da população. Até o momento, mais de 16 toneladas de alimentos foram doadas e repassadas para aproximadamente 15 entidades que atuam no setor de segurança alimentar prestando serviços gratuitos à população. Segundo o secretário da pasta, Júnior Bozzella, mais de 50 mil pessoas já foram beneficiadas pelo Banco de Alimentos. “As entidades recebem as doações de acordo com a demanda e com o número de pessoas atendidas por cada uma dessas instituições”, diz. O secretário explica que todos os alimentos doados passam por um processo de triagem. “Os nossos profissionais recebem os produtos in natura e industrializados e realizam uma seleção, onde são destinados

para doação apenas aqueles que são próprios para o consumo”, ressalta. Além das doações, todas as entidades cadastradas recebem um curso de Higiene e Manipulação de Alimentos, ministrado por profissionais da Sesea. “O objetivo do curso é garantir a qualidade do alimento final a ser servido à população, que se for manipulado erroneamente, pode causar uma série de doenças”, alerta Júnior Bozzella. Cadastro - O Banco de Alimentos de São Vicente continua recebendo cadastros de Ongs e Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) que atuem em projetos voltados à segurança alimentar. Para se inscrever, os representantes das entidades podem procurar a secretaria localizada à Praça Cesário Bastos, s/n°, Beira Mar. Outras informações pelos telefones 3467 - 9803 / 3467-3307. Os documentos exigidos para o pré-cadastro são CNPJ da entidade, RG e CPF do representante legal da instituição, que deve estar regularizada junto à vigilância sanitária e prestar serviços gratuitos à população.


Nossos Bairros

Continental News 7 São Vicente, março de 2012

O jornal que está mais perto de você

www.acontinews.blogspot.com

Mais velho, Samaritá pede socorro

Textos e Fotos: Uilians Santos/ACNews

O Samaritá é o mais antigo mais de dois quilômetros, até bairro da Área Continental. o Parque das Bandeiras ou Rio Foi a partir desse pequeno vilBranco para estudar”, afirma. arejo escondido entre a mata, José Carlos de Oliveira, que mangues e atrás da estação fervive no Samaritá há 14 anos e roviária, que dá nome ao bairro, trabalha em Santos, disse que onde se formou o núcleo habquem precisa de um ônibus itacional que se espalhou pelas após às 23 horas, é obrigado a áreas em redor, transformandose deslocar cerca de 1,5 km para se em distrito da região que pegar condução no Rio Branco, mais cresce na Primeira Cidade pois o serviço cessa no bairro. do Brasil. A estação de Samari“Os políticos só vieram aqui na tá foi inaugurada no ‘meio do época da eleição, fizeram várias nada’, em 1930, para servir de promessas e nunca mais voltaponto de encontro dos ramais ram. Mas nós não queremos ferroviários Santos-Juquiá e mais promessas, mas atitude”, Mairinque-Santos. Embora essa disse indignado. história tenha mais de 80 anos, Vivendo no bairro há 17 anos, parte desse passado ferroviário Aparecida de Oliveira Santos está presente no cotidiano do lembra que pela quantidade de bairro, como as antigas casas de impostos que paga, os moradormadeiras ocupadas por déca- Avenida está na rota dos ônibus, mas eles nunca passaram por aqui es quase não tem melhorias. Indas por ferroviários e suas famídignada com a sua rua, na verlias, os restos de trens utilizados dade a Avenida Paiassabuçu Elizabeth Laia, é pela população até meados dos que não tem calçamento, ela hoje uma das moraanos de 1990, o prédio da estamostra o talão de IPTU de 2011, doras mais indignação ferroviária desativada e a onde foi cobrado R$ 2.118,75. das com a situação Igreja Santa Teresinha, erguida “Para prefeitura, o Samaritá do Samaritá e semnos tempos áureos da ferrovia. está todo asfaltado, mas vejam a pre que pode, enuMas o Samaritá não vive só minha rua: é de terra. Para onde mera os problemas do passado e, ao mesmo tempo, foi o dinheiro que era para arruque todos enfrentam concentra o que há de mais mar todo bairro?”, questiona. diariamente: “As novo na região. Nos últimos Indignada, Elisabeth ainda ruas não tem asfalanos, foram construídas muimostrou que em sua rua, a Ostamento, não temos tas moradias e passou a abrivaldo Lazaro, existem vários áreas de lazer, a gar uma leva cada vez maior postes de madeira, que estão pracinha está com de pessoas. Por causa desse com buracos feitos por cupins os brinquedos quefluxo migratório, tornou-se o e que podem cair a qualquer brados, no posto de bairro que mais recebeu momomento. Segundo Elisabeth, a saúde falta médico, radores em toda São Vicente. CPF iniciou o trabalho de subtemos poucas vagas Na década passada, segundo stituição dos postes, mas, há alnas creches. A minha o último censo do IBGE, o Saguns meses, parou pela metade. pergunta é: como o maritá registrou um aumento Ela ainda acrescenta que a bairro vai receber populacional de 218%. E tudo Avenida Marginal Cinco, que todas essas pesindica que esse crescimento liga os prédios com as casa do soas, que estão para não tem hora para acabar, só CDHU recentemente entregues, chegar, se nós não no último dia 25 de fevereiro, 500 deveria ser rota de linhas de ônitemos estrutura?”, famílias receberam as chaves bus, mas devido a falta de calçaquestiona, dizendo de seus novos apartamentos. mento nunca passaram por ali. que a única escola Além disso, outras empresas já Maioria das ruas está esburacada do bairro, o Armindo Ramos, “As autoridades vivem dizendo deram entrada na prefeitura na que estão asfaltando toda Área começar a construção de mais teve a sua carga horária reduzidocumentação necessária para Continental, mas isso aqui não é moradias no bairro e está pre- da para três horas para atender a Área Continental?”, pergunta. visto para os próximos meses, um número maior de crianças “O Samaritá é o primeiro bairro o início da construção de novo que passou a morar na comuda região, os outros cresceram e condomínio para quem se ca- nidade. “Quem não consegue se evoluíram, mas nós ficamos a dastrou na segunda etapa do vaga aqui, precisa se deslocar ver navios”, lamentou. Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal. Mas é justamente essa explosão populacional que está deixando antigos moradores preocupados. Pois em muitas áreas o Samaritá ainda carece MARIA ALVES MONTEIRO – ACESSÓRIOS, CNPJ 11140921/0001de atenção, é como se estivesse estacionado. A população 76, TORNA PUBLICO QUE REQUEREU A SECRETARIA MUNICIPAL pede melhorias nos serviços de DE MEIO AMBIENTE(SEMAN) DO MUNICIPIO DE SÃO VICENTE, saúde, mais opções de atendiESTADO DE SÃO PAULO, A LICENÇA PREVIA / INSTALAÇÃO PARA mento de linhas de ônibus, comércio, escolas, ruas asfaltadas ATIVIDADE DE MANUTENÇÃO E REPARAÇÃO DE MOTOCICLETAS (a maioria ainda é terra batida) E MOTONETAS LOCALIZADA NA AVENIDA DEPUTADO ULISSES e diminuição dos valores cobBete está preocupada com os rados do IPTU devido ao pouco GUIMARÃES, 25 – LOJA 01 E 02 – JARDIM RIO BRANCO , NO retorno que obtêm. buracos feitos pelos cupins MUNICIPIO DE SÃO VICENTE/SP.

Edital

Licenciamento ambiental

Bairro terá creche, escola e praça A Secretaria de Educação de São Vicente (Seduc) inaugurou, na última quinta-feira, 8 de março a creche “Profª Maria Elizabeth Ramos da Silva”, na Rua Hum, 135 – Samaritá. Ao todo, 11 funcionários atenderão 60 crianças de 02 e 03 anos de idade, em estrutura composta por 03 salas, refeitório, banheiros e brinquedoteca. As crianças da unidade receberão também todo o acompanhamento clínico, dentário e oftalmológico necessário para seu desenvolvimento. Os uniformes serão fornecidos pelo Fundo Social de Solidariedade. A prefeitura informou que a creche é destinada para crianças da comunidade. A nova unidade educacional do Samaritá funciona dentro do conjunto habitacional do núcleo. A Prefeitura de São Vicente informou que há também projeto para a reforma da praça Símbolo 38 entre as ruas Bahia, Djalma Cecílio e Hermenegildo Tavolaro. O projeto prevê bancos, mesas, academia, playgroung, rampa de acesso e quiosque. O investimento total da reforma é de R$ 150 mil.

CPFL substituirá postes em abril A CPFL Piratininga informou que a atual situação do poste localizado à rua Oswaldo Lázaro, em São Vicente, não oferece risco à população e nem ao sistema elétrico. Para tranquilizar os moradores da região, a empresa irá substituir o mesmo no dia 9 de abril. A empresa esclarece que fato do poste ser de madeira não apresenta risco maior ou menor em relação ao de concreto. Segundo a concessionária de energia elétrica, o poste de madeira possui vida útil média semelhante ao poste de concreto e melhor isolação da rede. Outra vantagem é que possui melhor absorção de impacto em casos de acidentes mecânicos. Até o fechamento desta edição, a Piracicabana, empresa responsável pelo serviço de ônibus, não se manifestou.


Especial

Continental News 6 São Vicente, março de 2012

O jornal que está mais perto de você

www.acontinews.blogspot.com Texto: Uilians Santos Fotos:Divulgação e ACNews

Viagem do CTC à terra do Muay Thai

Expediente

É uma publicação criada e desenvolvida pela editora Continental News. CNPJ:11060856/0001-79 Diretoria administrativa: Diretor: Uilians Uilson Santos (MTB 33.576) Diretor: Joelso Pereira Santos Secretária: Ana Paula de Souza Santos

Redação, administração e publicidade: Rua Dr.º José Singer, 637 sala, 1 altos - Humaitá - São Vicente (SP) - Cep:11349-000 tels: (13) 3564-2539/ (13) 9792-4254 / (13) 9150-5333 e-mail: continental.news@yahoo.com.br site: www.continentalnews.com.br ; blog: www.acontinews.blogspot.com Circulação: semáforos, pontos de ônibus, comércio, bancas de jornal e residências dos bairros da Área Continental de São Vicente (SP). Impressão: Diário do Litoral. Os artigos e opiniões assinadas não representam necessáriamente a posição do jornal e seus diretores.

Desde que aprendeu a dar os primeiro golpes de Muay Thai, o professor e atleta João Fernandes tinha um sonho: conhecer a Tailândia, a terra dos mestres do esporte do qual é adepto e difusor da pratica esportiva no Brasil. No início deste ano, finalmente, o seu desejo pode ser concretizado. Ele integrou uma comitiva de brasileiros que enfrentaram cerca de 14 horas de viagem, atravessaram metade do globo terrestre e desembarcaram na Tailândia para um período de treinamentos e aperfeiçoamento técnico. O grupo era formado, além de João Fernandes, pelo multi Brasileiros do CTC num campo campeão e organizador da viagem Alex Cobra, Daniel Sobral e tailandeses, João Fernandes Carlos Roberto Formiga. Em co- descobriu que no país o esmum, todos vivem o Muay Thai porte não é apenas uma forma durante os 365 dias do ano e são para adquirir um bom condicprofessores do CTC (Centro de ionamento físico ou saúde de Treinamento Cobra), academia qualidade, mas sim um estilo de artes marciais presente em de vida, praticado por pessoas várias cidades da Baixada San- de várias gerações, que tem a tista, que tem como missão di- única intenção: profissionalizarfundir os ensinamentos da luta se, tornarem-se atletas e usufruir das recompensas que somente tailandesa. Diferentemente de uma visita os grandes campeões recebem: de turistas, a viagem teve como glória, notoriedade e dinheiro. foco principal o contato com “Na Tailândia, é comum crianmestres do esporte e o conhe- ças de quatro ou cinco anos encimento da realidade do país trarem no ringue para competir onde a modalidade nasceu. A como adultos”, observou. Porém esse notório interesse intenção de todos era vivenciar do povo tailandês tem uma exa essência do verdadeiro Muay Thai, aprimorar a técnica e ai- plicação. Devido à pobreza e nda adquirir mais conhecimen- as poucas opções de ascensão tos do esporte, que não para de social, a luta é vista como uma ganhar adeptos em todo mundo. saída. Os lutadores, quando Durante os cerca de 40 dias que conseguem chegar ao alto nível, esteve no K.romsritong, uma es- ganham títulos, fama e riqueza, pécie de campo de treinamento algo como os grandes jogadores na cidade de Katuben, província de futebol no Brasil. Outras diferenças, como a de Samutsancor, João Fernandes conheceu um pouco da rotina, predominância dos chutes em as deficiências e o esforço que relação aos socos, inexistência todo atleta tailandês precisa en- de revalidade entre atletas de carar para se manter de pé, não academias diferentes, a grande apenas no ringue, mas na vida. quantidade de apostadores Em comum com o Brasil, o país nos estádios, as lutas com cinco da Oceania tem o calor, a pobreza e a força de vontade de seu povo para lutar e superar os adversários e as muitas dificuldades do dia-a-dia. O contato com a realidade tailandesa permitiu que o grupo passasse por uma experiência impossível de ser realizada se estivesse no Brasil. “Nós apenas treinávamos e descansávamos, como verdadeiros atletas”, revelou.

Diferenças, fama e vitória

O grupo ainda percebeu que, embora todos tentem difundir o verdadeiro Muay Thai, há diferenças entre o que é ensinado no Brasil e o que é praticado no outro lado do mundo. Na inte- João e o troféu conquistado na ração com os atletas e mestres viagem; ao fundo Alex Cobra

de treinamentos na Tailândia rounds e a inexistência de faixas de graduação foram outras surpresas que chamaram a atenção do grupo. “Todos são divididos apenas por peso e no final, quando entram no ringue, vale a regra: quem pode mais chora menos”. Após o período de treinamentos e aperfeiçoamento técnico, João Fernandes ainda entrou no ringue para disputar um torneio local. Na ocasião, enfrentou e venceu um tailandês. Como recompensa, faturou o título e trouxe um belo troféu para casa. Como resposta, mostrou aos críticos e à uma plateia perplexa, que o Brasil não produz apenas craques do futebol, mas cada vez mais, campeões de Muay Thai. “Quando eu disse que era brasileiro, eles disseram que eu deveria jogar bola”, lembrou. Com compromissos, João Fernandes teve que retornar antes de Daniel Sobral e Formiga, que permanecerão na Tailândia até abril. Como parte da aproximação entre atletas dos dois países, está prevista, para 2012, a visita de um mestre tailandês à academias e centro de treinamentos de vários estados brasileiros. Para nunca mais esquecer a essência do esporte e sempre aperfeiçoar a técnica, o CTC pretende criar condições para que professores, atletas e alunos visitem a Tailândia, anualmente. “Já estamos nos organizando para retornarmos no ano que vem com um grupo maior de pessoas”, revelou o professor João Fernandes, após realizar um sonho e pouco a pouco passar para os seus alunos tudo o que aprendeu na viagem à terra dos grandes mestres do Muay Thai. A viagem do CTC à Tailândia, só foi possível graças a colaboração dos seguintes comerciantes: Cleber (Okdal), Cosme (Campeão Shop), Douglas (Casa da Panqueca e Casa da Esfiha), Lúcia (FotoShow) e Edson (Som-Motos).


Páscoa

Continental News 8 São Vicente, março de 2012

O jornal que está mais perto de você

www.acontinews.blogspot.com

Paixão de Cristo do Humaitá chega aos 20 anos Com a preocupação de evangelização e de propagar um dos momentos mais importantes da história do Cristianismo, a Paróquia José de Anchieta no Humaitá organiza, pelo 20º ano consecutivo, a Encenação da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. O evento, que se tornou tradicional no bairro, e recebeu o título de “Maior história de amor de todos os tempo”, será realizado entre os dias 6 e 8 de abril na praça 181, que fica atrás da paróquia. Como acontece desde que um grupo de jovens resolveu encenar a vida de Jesus Cristo na própria igreja, em 1992, a peça Celebração acontece entre os dias 6 e 8 de abril será o ponto central da celebraCristo quem fica em evidência des do templo, arrastou multição e continuará fiel às Escritué Jesus Cristo”, reforça o padre dões e passou a ganhar estruras, ressaltando a história de pároco Aloisio Antonio da Silva. tura digna de grandes eventos. vida, milagres, martírio e ressurHoje, a celebração deixou de reição de Jesus Cristo. ser apenas a manifestação de fé Programação Nestes 20 anos de história,a dos membros da paróquia, para Na sexta-feira, 6 de março, celebração acompanhou de se tornar o segundo maior evenapós contar momentos imporperto a evolução do bairro e o to da Primeira cidade do Brasil. tantes da vida Cristo, o ponto aumento do número de pessoas. Apesar de ter crescido e ganhacentral da apresentação será Antes, a encenação, era um ato do notoriedade, os integrantes e a crucificação. No sábado, não isolado do grupo de jovens da organizadores sempre gostam há apresentação. No domingo paróquia que era feito apenas de enfatizar que a maior virtude de Páscoa, a peça será reenpara os fies na nave da igreja. do evento é não ter perdido a cenada mais a Ressurreição. O Neste período venceu as paresua essência. “Na Paixão de espetáculo deverá ter de aproxi-

Maioria dos brasileiros é da classe C

No ano passado, 2,7 milhões de brasileiros mudaram o perfil de renda, deixando as classes D e E para fazer parte da classe C. Além disso, 230 mil pessoas saíram da classe C e entraram para as classes mais ricas (A e B). A maior da parte da população (54%) fazia parte da classe C em 2011, uma mudança em relação ao verificado em 2005, quando a maioria (51%) estava na classe D/E. Um total de 22% dos brasileiros está no perfil da classe A/B, o que também representa um aumento em comparação ao constatado em 2005, quando a taxa era 15%. É o que mostra a sétima edição da pesquisa Observador

Brasil 2012, feita pela empresa Cetelem BGN, do Grupo BNP Paribas, em parceria com o instituto Ipsos Publics Affairs. O levantamento indica ainda que a capacidade de consumo do brasileiro aumentou. A renda disponível, ou o montante de sobra dos ganhos, descontandose as despesas, subiu de R$ 368, em 2010, para R$ 449, em 2011, uma alta de pouco mais de 20%. Na classe C, houve um aumento de 50% (de R$ 243 para R$ 363). Enquanto a renda média familiar das classes A/B e D/E ficaram estáveis, na classe C cresceu quase 8%. Mas a pesquisa mostra que em todas as classes houve um aumento da renda disponível.

madamente 1 hora, intercalada com apresentações musicais e de dança da própria igreja. O evento começa sempre às 19 horas e a entrada é 1 kg de alimento não perecível, que serão doados à famílias carentes. Na sua 20ª edição, a Celebração da Paixão de Cristo do Humaitá contará com patrocínio da Prefeitura de São Vicente, Sabesp e apoio da Adegão do Perivaldo, Adega do Peta, Avícola e Laticínio São Gabriel, Deljan Móveis, J.A Eletrônica, JS Materiais para Construção, Liquigás, Lojas Soluções, Marta Coiffeur, Mercado São Miguel, Palácio das Rações, Péro-

la Materiais para Construção, Valdeci Móveis Usados e jornal Continental News.

Supermercados estão otimistas para Páscoa As vendas nos supermercado em São Paulo devem ser 10% maiores nesta Páscoa, em relação a igual período de 2011. O levantamento foi feito pelo departamento de Economia da Associação Paulista de Supermercados (APAS). “A tendência de crescimento é verificada nos últimos anos. Os motivos são a alta da demanda, e o aumento do poder de compra do consumidor, principalmente da classe C. Há até pouco tempo, estes consumidores não tinham acesso a itens como ovos de Páscoa, por exemplo”, afirma o diretor de Economia da APAS, Martinho Paiva Moreira. Segundo ele, a movimentação da Páscoa já se reflete nos preços dos chocolates. O IPS/APAS (Índice de Preços nos Supermercado) da APAS aponta que o preço do chocolate nos últimos 12 meses registrou queda de 4,23%. No entanto, em janeiro, já apresentou alta de 0,63%. “Isso já tende a refletir o comportamento nos preços dos chocolates ao longo dos próximos meses. Isso porque a chegada da Páscoa pressiona os preços, e assim, a elevação é esperada para os próximos meses”. Moreira afirma que os preços

Vendas devem crescer 10% em todo Estado devem ficar, em média, 9% mais caros que em 2011. Pelo menos é o que prevêem os fornecedores. “A alta deve ser influenciada pelo reajustes de preços dos insumos para produção dos ovos de Páscoa, principalmente o açúcar, a energia elétrica e a mão-de-obra. Os reajustes de todos estes itens pressionam os custos de produção que são repassados para os preços dos produtos. E no caso do ovo de Páscoa não será diferente”, detalha o diretor de Economia da APAS. O Brasil é o quarto maior produtor de chocolate do mundo, ficando atrás apenas dos

Estados Unidos, Alemanha e Inglaterra. Ao longo dos últimos anos as taxas de crescimento do consumo de chocolates vêm crescendo em torno de 10% a 15%. E isso impulsiona as vendas destes produtos nos supermercados. Em 2010 foram produzidas 582 mil toneladas de chocolates. Segundo a ABICAB (Associação Brasileira da Indústria de Chocolate), o brasileiro consome, em média, 2,2 quilos de chocolate por ano. Apesar do crescimento (há dois anos, a média era 1,65kg), o número ainda é inferior ao de países da Europa. lá, o consumo anual chega a 6


Edição 33