Issuu on Google+


ESTE FOLHETO É PARTE INTEGRANTE DO ACERVO DO BEHETÇOHO EM FORMATO DIGITAL, SUA UTILIZAÇÃO É LIMITADA. DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS.


INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO O Acervo Eletrônico de Cordéis do Behetçoho é uma iniciativa que pretende dar consequências ao conceito de (com)partilhamento dos artefatos artísticos do universo da oralidade, com o qual Behetçoho e Netlli estão profundamente comprometidos.

INFORMAÇÕES SOBRE A EQUIPE A equipe de trabalho que promoveu este primeiro momento de preparação e disponibilização do Acervo foi coordenada por Bilar Gregório e Ruan Kelvin Santos, sob supervisão de Edson Martins.

COMPOSIÇÃO DA EQUIPE Isabelle S. Parente, Fernanda Lima, Poliana Leandro, Joserlândio Costa, Luís André Araújo, Ayanny P. Costa, Manoel Sebastião Filho, Darlan Andrade e Felipe Xenofonte


MEDEIROS

O BEC E O SERTテグ


I Ser poeta popular Ser poeta do sertão Ser lido na capital E’ ter imaginação De se escrever poesia Falando do dia a dia Rimando com exatidão

II Como a TIME americana Tão lida no mundo inteiro Ou a VEJA brasileira Com o seu falar maneiro Sem um cifra ou cifrão Eu escrevo pro sertão Do tal setor financeiro

III A política do governo No setor estadual Visa o desenvolvimento Econômico-social Quer dizer ---melhoramento E maior entrosamento Do sertão e capital.


IV Quer seja no nosso estado Ou seja noutro lugar Se ouvir fala de BANCO Como setor financeiro Regido pelo governo Aqui das bancas de cá. V Ao lado da nossa técnica Existe a preocupação Do governo estadual Prá nossa população Serve de base e de tema Sendo esse um problema Dos poderes da nação

VI Sediado em Fortaleza Existe no interior Por dentro desse sertão Ao lado do agricultor O BEC é a mensagem De incentivo e de coragem Ao homem trabalhador


VII Nos estados brasileiros Em tudo quanto é lugar O BEC se faz presente Já esse pode destacar Toda sua atuação Divulgando pra nação O nome do Ceara.

VIII No pequeno produtor Cujo o trabalho irradia Mas divisas pro estado O BEC vê primasia Se em tempos traiçoeiros Precisamos de dinheiro Esse banco financia.

IX Alem do financiamento Há o lado dedicado De lidar cm o agricultor Que habita o nosso estado Na conversa com o gerente Termina o nosso cliente Deveras incentivado.


X Na compra da casa própria Na hora de se mudar No setor imobiliário Com opções pra mostrar Existe a felicidade E a possibilidade Do BEC financiar. XI O cearense avisado Na sua época promissora Isto é, no tempo bom Como no passado fora Será também o futuro Se ele fizer seguro Na BEC—SEGURADORA.

XII O século é a garantia Pois na pode se prever Algo que acaso venha Porventura acontecer Lhe encontrará preparado Com o que é seu segurado E nada vai se perder.


XIII E’ o povo do sertão Procurando a capital Essa mudança acarreta Um problema social Sem querer ficar ausente O governo diz___presente De maneira oficial.

XIV Essa fuga do sertão Já começa a acontecer E’ o flagelo do tempo Como vai se Á se acaba a paciência De ficar na dependência De chover ou não chover.

XV E’ preciso que o sertão Aceite essa primazia Com a ideia de Virgilio Mudar nossa economia Nem sempre o céu solta água Isso só nos causa magoa E tem que mudar um dia.


XVI Um problema social Sempre chega por acaso Vem à presença oficial Neste ou em outro caso. Seja subsidiado Ou mesmo financeiro A médio ou a curto prazo. XVII Pelo seu atendimento O BEC é destacado Com o povo cearense Ele é compromissado De vez em quando se vê Mas uma agencia nascer No interior do estado.

XVIII A presença desse banco Por dentro desse sertão Já se torna evidente Também é a confirmação Que os políticos nordestinos Já se repelem o desatino Que se faz a região.


XIX Um programa de incentivos E de conscientização Já e plano do governo Junto à população O BEC se faz presente Conclamando a sua gente A essa programação

XX A poupança e o deposito Do que se pode guardar Na lembrança do futuro De poder se precisar Do que hoje ta sobrando E esse dinheiro guardado Se pode ate aumentar

XXI O estado se preocupa Com a sua população E esta sempre divulgando Essa orientação Dinheiro depositado E também movimentado Dando lucro a nação.


XXII Do sertão à capital Já não há tanta incerteza A luta contra a estiagem E’ hoje uma certeza Há um consenso geral Do governo nacional Nesse combate à pobreza.

XXIII Por todo esse Brasil O BEC com exatidão Demonstra o nosso trabalho E a nossa disposição De crescer com esses pais E é esse povo quem diz Pro restante da nação. XXIV A política financeira Do governo estadual Esta também preocupada Com o progresso social E’ essa a nossa mensagem De franqueza e de coragem Pro sertão e a capital.

FIM



O bec e o sertão