Issuu on Google+

Um tsunami de comunicação O maior congresso de comunicação da América Latina, o Intercom, recebeu alunos, professores e profissionais da área, de todo o país, inclusive de Santa Cruz do Sul. O evento foi sediado na Universidade de Fortaleza (Unifor), em Fortaleza, Ceará, entre os dias 3 e 7 de setembro. Quatro alunas de Comunicação, uma mestranda e dois professores do curso estiveram na Unifor e participaram desse tsunami, como foi chamado o evento. Foram cinco dias de painéis, mesas redondas, palestras, oficinas, grupos de pesquisa, lançamentos e mostra competitiva de trabalhos. No próximo ano, o evento regional, o Intercom Sul, será realizado na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), entre os dias 30 de maio e 1º de junho. Já o evento em nível nacional, irá ocorrer em Manaus, na Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Foi a primeira vez que participei de um congresso tão grande. Grande no sentido de espaço físico da Universidade de Fortaleza e grande também pela quantidade de atividades nos cinco dias de evento. O mais interessante ao participar desses encontros é a troca de conhecimentos e ideias com estudantes de todo o país. Assisti alguns projetos de pesquisa e foi muito válido no sentido de ver o que vem sendo estudado na área da comunicação fora da universidade que estudamos. Sobre o Expocom, não trouxe prêmio, mas trouxe muita vontade de continuar a participar de competições como essa. Não ganhamos apenas quando somos premiados, mas sim quando somos corajosos o suficiente para acreditar no trabalho e ter a iniciativa de participar. Fui premiada com incentivo, com vontade de fazer e, principalmente, com reconhecimento. Cassiane Rodrigues, acadêmica de Jornalismo. Apresentou trabalho no Expocom, na categoria Jornalismo, modalidade Telejornal.

Fiquei muito feliz de conhecer e viver o Intercom. Além de visitar a belíssima Fortaleza, tive a oportunidade de assistir vídeos realizados em outras partes do Brasil e de interagir e trocar ideias com alunos que, assim como eu, sonham em ser produtores audiovisuais. Foi incrível a experiência! Simoni Helfer, acadêmica de Produção em Mídia Audiovisual. Apresentou trabalho no Expocom, na categoria Audiovisual, modalidade Documentário. *Carina Weber apresentou o artigo no GP Geografias da Comunicação. O artigo resultou de um recorte da dissertação de mestrado que ela concluiu, na Unisc, em Desenvolvimento Regional. A potencialização do relacionamento com os leitores e com o território: o caso do jornal Gazeta do Sul/RS.

Participar do Intercom foi maravilhoso. Ficar a par do que está sendo estudado na comunicação, conhecer os grandes estudiosos da Comunicação Social, e, além disso, estar em um estado, totalmente diferente do nosso é indescritível. Por ser um congresso de âmbito nacional, tivemos a oportunidade de conviver com pessoas de todo o Brasil. Eram sotaques, gírias, realidades regionais muito diferentes que temos no Sul. Apresentei meu trabalho Jornal em áudio: adaptação ou acessibilidade na comunicação, no grupo de pesquisa Rádio, Espaço e Cidadania. Nesse GP debatemos sobre como a comunicação pode contribuir para a cidadania utilizando como meio o rádio. Essas trocas de conhecimentos de trabalhos pesquisados me motivou a pesquisar ainda mais sobre o tema do meu artigo, visto que não temos bibliografias relacionadas à acessibilidade na comunicação. Após a apresentação do meu artigo tive a surpresa de receber elogios e sugestões da importância de dar continuidade a essa pesquisa. Na semana que estive no Ceará posso dizer que foi uma experiência que mudou a minha maneira de pensar em relação à comunicação social e à realidade do nordeste. Daia Carpes, acadêmica de Jornalismo. Apresentou no Grupo de pesquisa Rádio, Espaço e Cidadania, o trabalho Jornal em áudio: adaptação ou acessibilidade na comunicação.

No Intercom Nacional encontramos pessoas de todo o país, reunidas em um mesmo lugar e com o mesmo a propósito: trocar experiências na área da comunicação. E é justamente essa troca de experiências que enriquece o momento. Conheci, nas apresentações do Expocom, o trabalho de agências de outras regiões, com realidades muito diferentes, mas que sempre aliam a teoria à prática e fazem do espaço das agências experimentais uma ponte para o mercado de trabalho. Apesar de não ter trazido o prêmio na categoria que representei, com certeza trouxe a vontade de voltar a participar do congresso, tanto em nível regional quanto em nível nacional. Vanessa Costa, acadêmica de Jornalismo. Apresentou trabalho no Expocom, na categoria Jornalismo, modalidade Agência Jr. de Jornalismo.

Palavra da Coordenação

*Demétrio Soster Intercom Nacional 2012 e Intercom Regional 2013. O evento Nacional 2012, realizado em Fortaleza, foi muito importante para o nosso curso de Comunicação Social da Unisc, porque além da apresentação dos alunos via Expocom, selecionados em Chapecó, teve a apresentação de outros trabalhos da Unisc. Eu, particularmente, participei de uma reunião dia 5, no hotel Seara, onde estávamos hospedados. Lá, com as demais regionais, delineamos o cenário para 2013, no sentido de saber as quantas andam os preparativos. A boa surpresa é que estamos muito adiantados. Trabalhamos já há uns três meses para o evento do ano que vem. Toda a equipe executiva já está formada, os alunos já estão selecionados e o receptivo organizado. Já pedimos auxílio de custos e na semana que entra, as redes sociais já serão ativadas. A logotipia está pronta e estamos montando a programação. Então, já temos uma série de eventos já em processo, fundamentais para o Intercom Sul 2013. Na prática o que vai acontecer, é um congresso do dia 30 de maio a 1º de junho aqui na nossa Universidade. Teremos um congresso bem fechado e redondinho. A ida a Fortaleza foi importante, pois lá ficamos sabendo os temas do ano que vem, tanto em nível regional, quanto nacional. Os trabalhos regionais, inclusive o nosso, terá como tema Cinquenta anos da Comunicação no Brasil, e o Intercom Nacional 2013, em Manaus, trabalhará com Comunicação e afeto em tempos de redes sociais. De uma maneira muito tranquila, digo que foi uma viagem cansativa mas, sobretudo, muito prazerosa. Voltamos de lá cientes que tudo vai dar muito certo.

Expediente: Texto: Isadora Trilha, Luiza Adorna e Vanessa Costa. Editoração: Viviane Moura. Coordenador: Hélio Etges


Dizai 2010 edição 41