Issuu on Google+

::: :: : ano 1000 | como se contam os anos : :: :::

5.400 anos de história da humanidade A linha do tempo traz os principais fatos e personagens da história da humanidade desde a invenção da escrita (aproximadamente 3400 a.C.) até os dias de hoje. Para pesquisar um período histórico, basta escolher a época desejada na barra horizontal -dividida por séculos. Ao rolar a linha do tempo para baixo, os anos correm para o futuro. Rolando para cima, a linha retrocede no tempo. Para saber mais sobre determinado acontecimento, clique sobre o ícone

até século 6º

século 6º até 16

século 16 até 18

século 18

século 19

.

século 20

Até o século 6º (a.C.)

Primeiro sistema escrito, pelos sumérios, no sul da Mesopotâmia (região entre os rios Tigre e Eufrates, no Oriente Médio) (cultura)

3400(c)

2700(c)

Início da construção de pirâmides no Egito (tecnologia)

Comércio marítimo entre Egito e Biblos (atual Líbano) (navegação). Surgimento das primeiras cidades na China (tecnologia)

2500(c)

2300(c)

Império Acádio unifica cidades-estado da Mesopotâmia (política)

Expansão do Império Egípcio até o Oriente Médio (guerra). Início do uso de metal e cobre no Peru (tecnologia) População mundial estimada em 28 milhões (demografia)

1500(c)

1200(c) Fenícios desenvolvem o comércio marítimo, no Mediterrâneo oriental (navegação) David torna-se rei de Israel, com Jerusalém como capital

Decadência do império egípcio (povos) Surgimento da civilização olmeca no México (povos)

1000

(religião) População mundial estimada em 70 milhões (demografia)

930

Surgimento dos poemas épicos Ilíada e Odisséia, atribuídas a Homero

Primeiros textos hebraicos (salmos, eclesiastes) (religião) Primeira versão do épico hindu Mahabharata (literatura)

850(c)

(literatura) 814 Primeiros jogos olímpicos (costumes)

776 753

Sólon começa as reformas da lei ateniense (política)

Legendária fundação de Roma (povos)

594

586

Israelitas retornam do cativeiro da Babilônia (povos)

Data legendária da fundação da cidade de Cartago pelos fenícios (colonização)

Chaldean Nebuchadnezzar (Nabucodonosor 2°) invade Jerusalém; israelitas são levados para o cativeiro da Babilônia (guerra) Gregos colonizam a Espanha (colonização)

539 Proclamação da República

509

Clístenes proclama a constituição democrática ateninense (política)

508

Romana (política) Império persa atinge a Índia (guerra) Pregação de Sidarta Gautama (Buda) (religião)

499 Pensamento de Confúcio começa a se propagar na

Heráclito dá início à filosofia grega (filosofia)

490(c)

China (filosofia) 472 Roma se expande pelo Lácio e ameaça os etruscos (guerra) Império persa em declínio (povos)

Atenas lidera a Liga de Delos (povos)

450

443

Péricles passa a governar Atenas (política) Heródoto escreve História (cultura) Invenção do calendário solar na China (tecnologia)

Início da Guerra do Peloponeso (Atenas vs. Esparta) (guerra) Demócrito cria a teoria atômica (ciência)

431

405 Sócrates é condenado à morte, em Atenas

Fim da Guerra do Peloponeso, com a vitória de Esparta (guerra)

399

(filosofia)

371

Início do reinado de Alexandre, o Grande

Tebas derrota Esparta e domina a Grécia (guerra) Roma domina o Lácio, construindo estradas e aquedutos (povos) Hipócrates desenvolve a medicina (ciência)

336

(Macedônia) (política) 334 Morte de Alexandre e desintegração do seu império (povos)

Alexandre torna-se senhor do império persa; seus domínios se estendem até a Índia (guerra)

323

284

Inauguração da Biblioteca de Alexandria (norte do Egito), com 100 mil volumes (cultura)

Invenção da catapulta como arma de guerra (tecnologia). Surgimento da cultura maia na Guatemala. (povos)

280 264

Começa a construção da Grande Muralha da China (tecnologia)

210(c)

146

Caio e Tibério Graco iniciam reformas em Roma

Início das Guerras Púnicas, entre Roma e Cartago (guerra)

Fim das Guerras Púnicas e consolidação de Roma sobre o Mediterrâneo ocidental (guerra) Budismo se espalha pelo sudeste asiático (religião)

133

(política) 73 Liderados por Pompeu, romanos dominam a Síria e a Palestina (guerra)

Spartacus lidera revolta de escravos contra Roma (conflito)

63 César torna-se ditador

45 César é assassinado (política)

romano (política)

44 Antônio e Cleópatra se 31

Otaviano aceita o título de Augusto, marcando o início do Império Romano (política)

27

19

Nasce Jesus de Nazaré (religião)

suicidam (política) Otaviano torna-se o único governador de Roma (política)

Romanos conquistam a Península Ibérica e criam três províncias, entre elas a Lusitânia, atual Portugal (colonização)

6 Até o século 6º (d.C.)

1

Começa a era depois de Cristo, exatamente à meianoite de 31 de dezembro de

1 a.C. População mundial chega a aproximadamente 170 milhões (demografia). Morte de Augusto (política). Tibério torna-se imperador, ficando no poder até 37 (política) Ovídio escreve Metamorfose (literatura)

14

27 Jesus é crucificado (religião)

30 37

Império Romano sob Nero (política)

Jesus é batizado (religião) Calígula torna-se imperador (política)

54 64

Cristãos são acusados e martirizados pelo incêndio de Roma (religião)

Início da diáspora judaica após destruição do templo em Jerusalém (religião) Surge o primeiro evangelho

70

(S. Mateus) (religião)

75

Erupção do vulcão Vesúvio destrói a cidade de Pompéia, na Itália (desastres naturais)

79

98 População mundial: 180 milhões (demografia)

Começa a construção do coliseu romano (tecnologia) Provável data da invenção, na China, do papel (tecnologia)

Auge da expansão territorial romana. (guerra) Cristianismo também se espalha (religião)

100 132

Surgimento da cultura Teotihuacán, no México (povos)

População mundial: 190 milhões (demografia)

200 212

Começo do declínio do Imperio Romano (política)

Cidadania é estendida a todos os homens livres do Império Romano (política)

235 284

Princípio da civilização maia clássica (povos)

População mundial em torno de 190 milhões (demografia)

300 306

Edito de Milão legaliza o Cristianismo no Império Romano (religião)

Índia (política)

Constantino declara domingo como dia sagrado para os católicos (religião)

330

378 Teodósio 1° proibe cultos pagães (religião)

Início do império Gupta na

324 326

Renomeado de Constantinopla, Bizâncio torna-se capital do Império Romano (política)

imperador (política)

313 320

Bizâncio é reconstruída por Constantino (tecnologia)

Constantino torna-se

Visigodos derrotam o exército romano (guerra)

391 395

O Império Romano é dividido em dois, Ocidental e Oriental (política)

Agostinho publica Confissões (filosofia) População mundial continua estável, em torno de 190 milhões (demografia)

400(c)

410 Átila torna-se o rei dos Hunos (política)

434

476 Clóvis, rei dos francos, dá inicio ao reino Merovíngio

Visigodos saqueiam Roma (guerra)

Deposição de Rômulo marca o fim do Império Romano (política) Começa a Idade Média

496

(política)

500(c)

Os bretões, sob a liderança do legendário rei Artur, derrotam os saxões, retardando o avanço destes sobre a Bretanha (política) População mundial em torno de 195 milhões (demografia)

Século 6º a século 16 A linha do tempo traz os principais fatos e personagens da história da humanidade desde a invenção da escrita (aproximadamente 3400 a.C.) até os dias de hoje. Para pesquisar um período histórico, basta escolher a época desejada na barra horizontal -dividida por séculos. Ao rolar a linha do tempo para baixo, os anos correm para o futuro. Rolando para cima, a linha retrocede no tempo. Para saber mais sobre determinado acontecimento, clique sobre o ícone

até século 6º

século 6º até 16

século 16 até 18

século 18

século 19

.

século 20

Do século 6º até o 16 (d.C.)

Budismo, agora misturado ao taoísmo, alcança grande popularidade na China (religião)

525(c)

527

Justiniano, imperador bizantino, tenta restaurar a parte ocidental do Império Romano (política)

Começa o atual sistema de datas, iniciado por Dionysius Exiguus, fixando o ano de Cristo erroneamente (religião)

533

537 Ataque huno encerra Império Gupta, na Índia (guerra)

550 570(c)

População mundial: aproximadamente 200 milhões (demografia)

Nascimento de Maomé (Muhammad) (religião)

600

607 Auge do Império Maia, no México (povos)

A Hagia Sophia, catedral em Constatinopla, tem sua construção concluída (arquitetura)

Unificação do Tibete, que se torna o centro da religião budista (religião)

622(c) 632

Maomé morre (religião)

Jerusalém é conquistada por tropas muçulmanas (religião)

637 641

Divisões internas no Islamismo criam os xiitas e os sunitas (religião)

680

700

Árabes mulçumanos ocupam a Espanha (guerra)

Biblioteca da Alexandria é destruída pelos árabes (cultura)

População mundial estimada em cerca de 210 milhões Data aproximada em que os chineses inventaram a pólvora (tecnologia)

711 Carlos Martel derrota os árabes na batalha de Tours 732

Pepino 3° encerra a dinastia Merovíngia e inicia a Carolíngia (povos) Córdoba torna-se o centro da cultura muçulmana na Espanha (povos)

751

768 Carlos Magno é coroado em Roma pelo papa Leão 3° (política) População mundial: 220 milhões (demografia)

Carlos Magno torna-se rei dos francos (política)

800

827 Criação de um observatório em Bagdá (tecnologia)

(guerra) Estabelecimento do reino de Gana, na África ocidental (povos)

Árabes conquistam Sicília e Creta, derrotando os bizantinos (guerra)

833 870(c)

Desenvolvimento da arquitetura romanesca na Europa (arquitetura)

Paris é cercada pelos vikings (conflito)

885 896(c)

Declínio da civilização maia e ascensão da cultura tolteca (povos)

População mundial: 240 milhões (demografia)

900 907

Fim da dinastia Tang na

China leva à dissolvição do império (política) Athelstan torna-se o primeiro rei de toda a Inglaterra (política) Pedra passa a ser usada no lugar de madeira em construções na Europa ocidental (tecnologia)

925

930

Budismo se espalha na Coréia (religião)

Islândia torna-se uma república, estabelecendo a mais velha assembléia legislativa da Europa (política)

936 960

Início da dinastia Sung na China (política)

Fatimidas passam a dominar arábia ocidental, Egito e Síria (política) Primeiros jogos de cartas surgem na China (costumes)

969

986 População mundial: 265 milhões (demografia)

1000 1016

Cisma da Igreja Católica (religião)

Papa Gregorio 7 ° é eleito (religião)

1090

1095 Cruzados conquistam Jerusalém (guerra) Auge do sistema feudal na

Auge do Império Bizantino (povos)

1054 1073

Relógio mecânico movido à água é inventado na China (tecnologia)

Vikings estabelecem colônias na Groenlândia (colonização)

Papa Urbano 2° convoca cruzada para reconquistar lugares sagrados (religião)

1099

Europa 1100 Princípios da arquitetura gótica (arquitetura)

População mundial: 270 milhões (demografia)

1138 1150(c)

Templo Khmer, Angkor Wat,

é erguido no Camboja (arquitetura) Declínio dos toltecas no México (povos) Astecas entram no México (povos)

1166 1167

Fundação da Universidade de Paris (cultura) Começa a música polifônica (cultura)

1170 1193

Civilização inca se desenvolve, baseada na

Fundação da Universidade de Oxford, na Inglaterra (cultura)

Budismo Zen no Japão (religião)

1200(c)

cidade de Cuzco (povos) 1209 Genghis Khan dá início ao Império Mongol (política)

1213 1215

Início do Império Mali na África ocidental (povos)

Marco Polo dá início à viagem a China (povos)

1290

1300(c) Início do reino do Benin no sul da Nigéria (África

Reino de Castela conquista Córdoba (conflito)

1261 1271

Judeus são expulsos da Inglaterra (religião)

Religião muçulmana chega ao sudeste asiático e a África (religião)

1235(c) 1236

Bizâncio reconquista Constantinopla (conflito)

Fundação da Universidade de Cambridge (cultura) Criação da ordem franciscana (religião)

Surgimento de novo Império Maia em Yucatán (povos) População mundial: 360 milhões (demografia)

1307

ocidental) (povos) 1309(c) Reconhecimento da independência escocesa (política)

1328

Dante começa a escrever A Divina Comédia (literatura)

1337

Começa a Guerra dos Cem Anos entre França e Inglaterra (guerra)

Peste Negra chega à Europa (desastres naturais)

1347 1353

Fundação da dinastia Ming na China (política)

1368

1400

Mongol Tamerlane conclui a conquista da Pérsia, Síria e Egito (guerra)

França (política)

Portugueses descobrem a ilha da Madeira (navegação)

1431 1432

Donatello pinta David (artes plásticas)

Início da pintura a óleo (artes plásticas)

1413 1420

Joana d'Arc é queimada na

População mundial: 350 milhões (demografia) Balé começa nas cortes renascentistas italianas (cultura)

1405 1410

Início das viagens marítimas portuguesas (navegação)

Turcos otomanos invadem a Europa (conflito)

Portugal chega ao arquipélago de Açores (navegação)

1434 1440

Começa a ser escrito As Mil e Uma Noites, em árabe (literatura)

Turcos otomanos conquistam Constantinopla, marcando o fim da Idade Média (guerra) Termina a Guerra dos Cem Anos e começa, na Inglaterra, a Guerra das

1453

Rosas (guerra) 1455(c) Fernando de Aragão e Isabel de Castela se casam, começando o processo de unificação da Espanha

Impressão da bíblia de Gutenberg (tecnologia)

1469

1478

Começa a Inquisição espanhola (religião)

Árabes e judeus expulsos da Espanha (guerra) Cristóvão Colombo chega à América (colonização)

1492

1494 Vasco da Gama atravessa o Cabo da Boa Esperança, na atual África do Sul

Portugal e Espanha assinam o Tratado de Tordesilhas

1498 População mundial: 400 milhões (demografia) Cabral chega ao Brasil

1500

(navegação)

Século 16 a século 18 A linha do tempo traz os principais fatos e personagens da história da humanidade desde a invenção da escrita (aproximadamente 3400 a.C.) até os dias de hoje. Para pesquisar um período histórico, basta escolher a época desejada na barra horizontal -dividida por séculos. Ao rolar a linha do tempo para baixo, os anos correm para o futuro. Rolando para cima, a linha retrocede no tempo. Para saber mais sobre determinado acontecimento, clique sobre o ícone

até século 6º

século 6º até 16

século 16 até 18

século 18

século 19

.

século 20

Século 16 (d.C.)

Leonardo da Vinci pinta Mona Lisa (artes plásticas) Franceses chegam às costas brasileiras (Brasil)

1503

1508-12 O relógio é inventado em Nuremberg, na atual Alemanha (tecnologia)

Sistina (artes plásticas)

1509 1517

Magellan cruza o Oceano Pacífico (navegação)

Michelângelo pinta a Capela

Começo da Reforma religiosa na Alemanha (religião)

1519 1521

Hernán Cortés conquista os astecas, no México (colonização)

Expedição Martim Afonso de Souza marca o início da colonização (Brasil)

1531

1532 Francisco Pizarro derrota o Império Inca, no Peru

Fundação de São Vicente, primeira vila brasileira (Brasil)

1533

(colonização) Fundação da ordem dos 1534

Primeiros escravos africanos chegam ao Brasil (Brasil)

1538 1542

Nicolau Copérnico conclui a obra De Revolutionibus

jesuítas (religião) Criação das quatorze capitanias hereditárias no Brasil, por D. João 3° (Brasil)

Portugueses aportam no Japão (navegação)

1543

Orbium (ciência) 1545 Chega ao Brasil o primeiro Governador-Geral, Tomé de Souza (Brasil) Fundação de Salvador (Brasil)

(Brasil)

Lusíadas (literatura)

na China (colonização)

Tabaco é introduzido na Europa (costumes)

1565 1570

Camões publica o clássico Os

Portugueses fundam Macau,

1558 1559

Fundação do Rio de Janeiro (Brasil)

Fundação da Universidade de Lima, a primeira na América (colonização)

1554 1557

Elizabeth 1a. se torna rainha da Inglaterra, governando até 1603 (política)

(religião)

1549

1551 Fundação de São Paulo

Começa o Concílio de Trento

D. Sebastião concede liberdade aos índios (Brasil)

1572 1577

D. Sebastião desaparece na

batalha de Alcácer-Quebir, no norte da ��frica Espanha ocupa Portugal (união das coroas ibéricas)

1580

(política) Invenção do microscópio e do termômetro (ciência)

1583 William Shakespeare escreve Romeu e Julieta (literatura)

1594

Século 17 (d.C.) Shakespeare escreve Hamlet (literatura)

1603 1607

Franceses iniciam o povoamento de Quebéc (Canadá) (colonização)

1608 1609

Franceses fundam São Luís, no Maranhão (Brasil)

Virgínia, na América do Norte, é colonizada pelos ingleses (colonização)

Galileu inventa o telescópio (tecnologia)

1612 1614

Antônio Vieira chega ao Brasil (literatura)

Cervantes publica Dom Quixote (literatura) Franceses expulsos do Maranhão.

1615

1618

Guerra dos Trinta Anos começa na Europa (guerra)

Navio Mayflower chega a Cape Cod, em Massachusetts, nordeste dos

1620

EUA (colonização) 1629

Bandeira de Raposo Tavares e Manuel Preto destrói missões jesuíticas no Paraná

Início do Quilombo dos Palmares (Brasil) Holandeses ocupam Pernambuco (Brasil)

1630(c)

1637

Descartes publica Discurso sobre o Método, marco da filosofia moderna (filosofia)

Maurício de Nassau chega ao Brasil (Brasil) Portugal volta a se tornar independente da Espanha (Restauração) (política)

1640 1643

Primeira batalha dos Guararapes, contra os holandeses (Brasil)

Leviatã (filosofia)

(literatura)

Bandeira de Fernão Dias Pais a Minas Gerais

Newton publica a lei da gravidade

1688 1695

Savery inventa o motor a vapor (tecnologia)

Molière escreve Tartufo

1680 1687

Revolução Gloriosa irrompe na Inglaterra (política)

Expulsão definitiva dos holandeses (Brasil)

1670 1674

Fundação pelos portugueses da Colônia de Sacramento, no Uruguai(Brasil)

Mahal, na Índia

1656 1664

Concluída a construção do Palácio de Versalhes, na França (arquitetura)

Termina a construção do Taj

1651 1654

Diego Velásquez pinta As Meninas (artes plásticas)

França (política)

1648 1649

Thomas Hobbes escreve

Luís 14 chega ao poder na

Destruição de Palmares e morte de seu líder, Zumbi (Brasil)

1698

Século 18 A linha do tempo traz os principais fatos e personagens da história da humanidade desde a invenção da escrita (aproximadamente 3400 a.C.) até os dias de hoje. Para pesquisar um período histórico, basta escolher a época desejada na barra horizontal -dividida por séculos. Ao rolar a linha do tempo para baixo, os anos correm para o futuro. Rolando para cima, a linha retrocede no tempo. Para saber mais sobre determinado acontecimento, clique sobre o ícone

.

até século 6º

século 6º até 16

século 16 até 18

século 18

século 19

século 20

Século 18 (d.C.)

Guerra dos Emboabas (Brasil)

1707 1709

Guerra dos Mascates em Pernambuco (Brasil)

1710 1711

China conquista o Tibete (guerra)

Surge o primeiro piano, na Itália (tecnologia)

Criação da Capitania de Minas Gerais, separada de São Paulo

1720 1729

J.S. Bach compõe A Paixão Segundo São Mateus (cultura)

Bering chega ao Alasca (navegação)

1741 1742

Música sinfônica (orquestra) começa a se difundir pela Europa (cultura) Tratado de Madri (política)

Celsius desenvolve a escala em centígrados (ciência)

1750

Marquês de Pombal torna-se secretário de estado (política) 1751

Diderot publica o primeiro volume de sua Enciclopédia (filosofia)

Terremoto destrói Lisboa (desastres naturais)

1755 1756

Escola fisiocrata na França inicia a teoria econômica moderna (filosofia)

Começa a Guerra dos Sete Anos (guerra)

1757

1759

Britânicos conquistam a colônia francesa do Quebec (guerra) Expulsão dos jesuítas do

Brasil (Brasil) Voltaire publica Cândido (filosofia) Rousseau lança Contrato Social, clássico do iluminismo (filosofia)

1762

1764 Cavendish isola o hidrogênio (ciência)

1766

1774

Começa a Guerra da Independência nos EUA (guerra) Jenner descobre o princípio da vacinação (tecnologia)

Mozart escreve a sua primeira sinfonia, aos 8 anos de idade (cultura)

Luís 16 chega ao poder na França (política) Goethe escreve Werther, clássico da literatura romântica (literatura) Priestley descobre o hidrogênio (ciência)

1775

Adam Smith publica Pesquisa sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações 1776

(filosofia) Assinada a Declaração de Independência, nos EUA (política)

Cresce a indústria têxtil na Inglaterra

1777 1781

Fim da Guerra da Independência (guerra) Irmãos Montgolfier realizam o primeiro "vôo humano", num balão de ar quente (tecnologia) Cavendish identifica a composição da água (ciência)

1783

1787 Revolução Francesa: fim da Idade Moderna e início da Contemporânea (política) George Washington torna-se o primeiro presidente norteamericano (política) Lavoisier começa a química

Kant publica Crítica da Razão Pura (filosofia)

1789

Constituição norte-americana é assinada (política)

moderna (ciência) Inconfidência Mineira (Brasil)

1791

Proclamação da República Francesa (política) Julgamento dos inconfidentes e execução de Tiradentes (Brasil)

1792

1793 Conjura baiana estoura em Salvador (Brasil)

Revolta escrava no Haiti, sob o comando de Toussaint L'Ouverture (conflito) Thomas Paine publica Os Direitos do Homem (filosofia)

Começa o Regime do Terror na França (política)

1798 1799

Alessandro Volta fabrica a primeira bateria (tecnologia) População mundial estimada em 900 milhões (demografia)

Napoleão assume o poder (política)

1800

Século 19 A linha do tempo traz os principais fatos e personagens da história da humanidade desde a invenção da escrita (aproximadamente 3400 a.C.) até os dias de hoje. Para pesquisar um período histórico, basta escolher a época desejada na barra horizontal -dividida por séculos. Ao rolar a linha do tempo para baixo, os anos correm para o futuro. Rolando para cima, a linha retrocede no tempo. Para saber mais sobre determinado acontecimento, clique sobre o ícone

até século 6º

século 6º até 16

século 16 até 18

século 18

século 19

.

século 20

Século 19 (d.C.)

Thomas Jefferson é eleito presidente, nos EUA (política)

1801

1803

Inglaterra declara guerra contra a França de Napoleão (guerra) Jefferson compra da França o território da Louisiana, duplicando o tamanho dos

EUA (política) Haiti torna-se o segundo país independente da América (política)

1804

1805 França declara o Bloqueio Continental contra a Inglaterra, mas Portugal não adere (política)

Batalha de Trafalgar, com vitória da esquadra inglesa (guerra)

1806 Começam os movimentos de independência nas colônias espanholas sul-americanas

1808

(política) Corte portuguesa chega ao Brasil fugindo de Napoleão; abertura dos portos brasileiros (Brasil) No exílio em Londres, Hipólito da Costa publica o "Correio Brasiliense", primeiro jornal brasileiro (Brasil)

Goya começa a pintar Os Desastres da Guerra, retratando a ocupação napoleônica na Espanha (artes plásticas)

1810

1811 EUA declaram guerra à Inglaterra (guerra)

1812

1814

Napoleão retorna, mas sofre derrota definitiva em Waterloo (guerra) Brasil torna-se Reino Unido a Portugal e Algarves (Brasil)

Pernambucana (Brasil)

Argentina declara independência (política)

1817 1818

Primeira iluminação urbana,

Napoleão abdica do poder (política) Stephenson inventa a locomotiva a vapor (tecnologia)

1815

1816 Estoura a Revolução

Paraguai e Venezuela tornam-se independentes (política)

1820

Mary Shelley publica Frankenstein (literatura)

em Londres (tecnologia)

1821

Independência do Brasil (Brasil)

1822 1823

Peru independente (política) Beethoven compõe a Nona Sinfonia (cultura) Promulgada a 1a. Constituição brasileira

México torna-se independente (política) Hegel publica Fundamentos da Filosofia do Direito (filosofia)

EUA declaram a Doutrina Monroe (política)

1824

(Brasil) 1825 Revolução liberal na França (política)

1830 1831

A Guerra dos Farrapos irrompe no Rio Grande do Sul, contra o governo federal (Brasil) Revolta dos malês na Bahia (Brasil)

D. Pedro 1° abdica do trono (Brasil).

1835

1840 D. Pedro 2° assume o poder moderador (Brasil)

Guerra entre Brasil e Argentina pela província Cisplatina (Uruguai) (guerra)

Começam as Guerras do Ópio na China (guerra)

1843 Início da guerra entre México 1846

Revoluções se alastram na Europa (conflito) Marx e Engels publicam O Manifesto Comunista

e EUA (guerra) Anestesia é usada pela primeira vez em hospital (tecnologia)

1848

(política) 1850 José de Alencar publica O Guarani (Brasil)

Lei Eusébio de Queiroz extingue o tráfico de escravos (Brasil)

1857 1859

Charles Darwin publica A

Origem das Espécies (ciência) Primeiro poço de petróleo é perfurado, nos EUA (tecnologia) Começa a Guerra da Secessão nos EUA

1861

(guerra) 1862

Abraham Lincoln liberta os escravos (política)

Paraguai declara guerra ao Brasil (guerra) Lincoln é assassinado (política)

1864

1867 Fim da Guerra do Paraguai (guerra) Carlos Gomes compõe O Guarani (Brasil)

Pemberton, farmacêutico norte-americano, inventa a coca-cola (tecnologia)

1888 1889

Promulgada a Constituição dos Estados Unidos do Brasil (Brasil)

Ceará (março) e Amazonas (julho) extinguem a escravidão (Brasil)

1885

1886 Lei Áurea abole a escravidão, no dia 13 de maio (Brasil)

Thomas Edison inventa o microfone e o fonógrafo (tecnologia)

1880 1884

Gottlieb Daimler produzem o primeiro carro movido a gasolina (tecnologia)

Primeiro recenseamento no Brasil (Brasil)

1876

1877 Rodin esculpe O Pensador

(política)

1870

1872 Alexander Graham Bell inventa o telefone (tecnologia)

Início da era Meiji no Japão

Proclamação da República, em 15 de novembro (Brasil)

1891

1895

Röentgen descobre o raio-X (tecnologia) Irmãos Lumière constroem o

primeiro aparelho cinematográfico (tecnologia) Criação do Prêmio Nobel da Paz (política) Primeiros Jogos Olímpicos modernos, em Atenas Marconi inventa o telégrafo sem fio (tecnologia)

1896 Destruição de Canudos

1897 Guerra entre EUA e Espanha (guerra)

1898 1899

População mundial: 1.550.000

(Brasil)

Machado de Assis publica sua obra-prima, Dom Casmurro (Brasil)

1900

Século 20 A linha do tempo traz os principais fatos e personagens da história da humanidade desde a invenção da escrita (aproximadamente 3400 a.C.) até os dias de hoje. Para pesquisar um período histórico, basta escolher a época desejada na barra horizontal -dividida por séculos. Ao rolar a linha do tempo para baixo, os anos correm para o futuro. Rolando para cima, a linha retrocede no tempo. Para saber mais sobre determinado acontecimento, clique sobre o ícone

até século 6º

século 6º até 16

século 16 até 18

século 18

século 19

.

século 20

Século 20 (d.C.)

Vacinação obrigatória gera distúrbios no Rio de Janeiro (Brasil)

1904 1905

Santos Dumont voa com o 14 Bis (tecnologia)

Einstein anuncia a Teoria da Relatividade (ciência)

1906

1907

Auguste Lumière inventa a fotografia colorida (tecnologia) Picasso e Braque inventam o cubismo (artes plásticas)

Marinetti publica o Manifesto Futurista (literatura)

1909 Revolução Mexicana 1910

(conflito) Revolta da Chibata eclode no Rio (Brasil)

Ford desenvolve a linha de produção nas suas fábricas (tecnologia)

1913

1914

Começa a Primeira Guerra Mundial, na Europa (guerra)

Griffith filma O Nascimento de Uma Nação, primeiro longa-metragem com características modernas (cultura)

1915

Começa a Revolução Russa 1917 Fim da Primeira Guerra Mundial, com a derrota da Alemanha e seus aliados (guerra)

(política) Greve operária pára São Paulo (Brasil)

1918 Assinatura do Tratado de 1919

Versalhes (política) Fundação das Ligas das Nações (política)

Mussolini chega ao poder na Itália (política) Realização da Semana de Arte Moderna em São Paulo (Brasil)

1922

1924

São Paulo sofre bombardeamento aéreo durante a revolta tenentista de 1924 (conflito) Começa a Coluna Prestes (conflito)

Hirohito torna-se imperador do Japão (política)

1926

1927

Stálin assume o poder na

1928

Lindenberg realiza a primeira travessia áerea do Atlântico (tecnologia) Getúlio Vargas é eleito presidente do Rio Grande do Sul (Brasil)

União Soviética (política) 1929 Revolução de 1930 marca o início da Era Vargas

Quebra da Bolsa de Nova York

1930

(Brasil)

1932

Franklin Roosevelt torna-se presidente dos EUA (política) Início da Guerra do Chaco, entre Paraguai e Bolívia (guerra) Salazar torna-se presidente do Conselho em Portugal (política) Revolta Constitucionalista, em São Paulo (Brasil, conflito)

New Deal tem início nos EUA (política) Hitler torna-se o 1° ministro

1933

alemão (política ) Guerra Civil Espanhola 1936

(guerra) Roosevelt é reeleito (política) Primeira transmissão televisiva, na Inglaterra (tecnologia)

Japoneses ocupam Pequim, Xangai e Nanquim (guerra) Picasso pinta Guernica (artes plásticas) Instalação do Estado Novo

1937

(Brasil) 1939

Hitler invade a Polônia: começa a Segunda Guerra Mundial (guerra)

Paris é ocupada pelos alemães (guerra)

1940 1941

Brasil entra na Segunda Guerra (guerra)

1942 1944

Morte de Roosevelt coloca Truman na presidência (política) Fim da guerra na Europa, em

Ataque japonês a Pearl Harbour precipita a entrada dos EUA na Guerra (guerra)

1945

Desembarque aliado na Normandia ( Dia D)

8 de maio (guerra) EUA explodem bombas atômicas no Japão (guerra) Capitulação do Japão, no dia 15 de agosto (guerra) Vargas renuncia à presidência (política) 1946

Péron é eleito na Argentina (política)

EUA lançam o Plano Marshall (política) Indepêndencia da Índia e

1947

Paquistão (política) 1948

Criação do Estado de Israel (política)

Soviéticos explodem sua primeira bomba atômica (tecnologia) China torna-se comunista (política) Simone de Beauvoir lança O Segundo Sexo (filosofia) Assinado o Tratado do Atlântico Norte (Otan) (política)

1949

Começa a Guerra da Coréia 1950 Primeiro computador comercial, UNIVAC I, é lançados nos EUA

(guerra) Vargas é eleito presidente (Brasil)

1951

(tecnologia) 1954 Começa a Guerra do Vietnã (guerra)

Cubana (política)

União Soviética dá largada à corrida espacial, lançando o Sputnik (tecnologia)

1959 1960

Janio Quadros renuncia à presidência (Brasil)

(Brasil)

1955 1957

Castro lidera a Revolução

Vargas comete suicídio

Kubitschek inaugura Brasília (Brasil)

1961 1962

Crise dos mísseis envolve EUA, União Soviética e Cuba

(política) Kennedy é assassinado nos EUA (política)

1963 1964

João Goulart é deposto do poder pelos militares (Brasil)

Começa a Revolução Cultural na China (política)

1966 1968

Homem chega à Lua (tecnologia)

1969 1973

Richard Nixon renuncia (política)

(tecnologia)

Allende é derrubado por Pinochet no Chile (política)

1974 1981

Internet é criada

Protestos estudantis em vários países (conflito)

Cientistas isolam o vírus da AIDS (ciência)

1983 1985

Tancredo Neves morre após eleição (Brasil)

Queda do muro de Berlim (política) Collor é eleito presidente (Brasil)

1989

1991 Collor renuncia (Brasil)

(política)

1992 1994

Cientistas escoceses produzem clone de uma ovelha (tecnologia)

Fim da União Soviética

Fernando Henrique Cardoso é eleito presidente (Brasil)

1999 2000

Fontes: História do Brasil (Bóris Fausto), Brazil (Thomas Skidmore), Brasil História Texto e Consulta (Antonio Mendes Jr et. al.), Dicionário Ilustrado Folha, Encyclopaedia Britannica, Oxford Encyclopedia of World History, The Timetables of History (Bernard Grun), http://www.hyperhistory.com.

O ano 1000 Fabio Maisonnave Especial para o UOL e Da Redação

Bug do ano 2000 (tecnologia)

Os finais de milênio são épocas propícias para o surgimento de antigas tradições religiosas como a escatologia -parte da teologia que trata do Juízo Final, da volta dos mortos do fim do mundo- e o milenarismo. Derivada da escatologia, a filosofia milenarista acredita que o mundo está dividido em ciclos de mil anos, ao final dos quais haverá um julgamento de Deus sobre as realizações do homem durante o período. Na virada de 1999 para 2000, a espera de uma catástrofe causada pelo bug do milênio foi acompanhada no mundo todo pela euforia da indústria do turismo para vender a grande data especial da passagem do ano. A catástrofe não veio. Os lucros foram menores que os esperados. E no ano 1000? Falar do ano 1000 é falar do reduzido mundo cristão, sobretudo na Europa medieval, marcada pelo sistema feudal e pelo imenso poder espiritual da Igreja Católica sobre os seus fiéis. O livro mais importante que trata do ano 1000 na Europa pertence ao historiador francês Georges Duby ("O Ano Mil"). Um dos mais renomados estudiosos sobre o período medieval, Duby pesquisou todos os textos existentes sobre o ano 1000 na Europa, a maioria textos em latim escritos pelos religiosos da época. A conclusão categórica do historiador: não aconteceu quase nada. Duby encontrou apenas um texto que descrevia tragicamente o ano 1000: trata-se do relato de um certo Sigeberto de Gembloux. De acordo com ele, "viram-se nesta época muitos prodígios, um terrível tremor de terra, um cometa de rasto fulgurante; a irrupção luminosa invadiu até ao interior das casas e, através de uma fratura do céu, apareceu uma imagem de uma serpente". A descrição é terrível, mas o autor do texto viveu no século 12, portanto não foi testemunha do que descreveu. Pior: tampouco cita a fonte de onde tirou as informações. Mais tarde, já no século 16, a descrição improvável de Glemboux convenceu alguns religiosos, que ampliaram o relato, descrevendo a passagem do milênio como sendo de grandes cataclismas e pânico generalizado: "violentos tremores de terra sacudiram toda a Europa, destruindo por todo o lado edifícios sólidos e magnifícos. Nesse mesmo ano apareceu no céu um horrível cometa. Muitos dos que o viram acreditaram que se tratava do anúncio do últimos dias..." Duby novamente duvida. O relato mais explícito de que houve algo próximo a um pânico foi escrito pelo abade de Saint-Benoît-sur-Loire, Abbon, em 998. O abade recorda um pequeno episódio que aconteceu em torno de 975: "A propósito do fim do mundo, ouvi pregar ao povo numa igreja de Paris que o Anti-Cristo viria no fim do ano mil e que o Juízo Final se seguiria pouco depois. Combati vigorosamente essa opinião, apoiando-me sobre os Evangelhos, o Apocalipse e o Livro de Daniel". Nenhuma catástrofe, ao que parece. A pesquisa de Duby encontrou um período tão calmo que a sua cronologia sobre a época -ele pesquisou documentos de 981 a 1039-, não contém um fato sequer no ano 1000 que fosse digno de nota.

Como se contam os anos Fabiano Maisonnave Especial para o UOL e Da Redação Até o ano 525 da Era Cristã, o mundo ocidental não contava os anos como hoje. O marco do início dos tempos era a fundação de Roma, o ano da legendária fundação da cidade pelos irmãos Rômulo e Rêmulo, chamado ano zero A.U.C ("ab urbecondita"). A Era Cristã em que vivemos foi inventada por Dionysius Exiguus (em português, Dênis, o Exíguo), a pedido do papa João 1°, no ano de 525 d.C (correspondente ao ano 1278 A.U.C.). O objetivo da reforma era acabar com a falta de sincronia entre as igrejas para o cálculo da Páscoa. O cálculo para a Páscoa mais conhecido até então havia sido criado pelo bispo da Alexandria, mas várias igrejas seguiam diferentes sistemas, numa confusão bíblica.

No meio dos cálculos para o novo calendário da Páscoa, Dionysius resolveu não seguir o modelo do bispo de Alexandria, cujo marco inicial era o imperador Diocleciano. "Não queria perpetuar o nome do Grande Perseguidor dos Cristãos, mas numerar os anos a partir da encarnação do Nosso Senhor Jesus Cristo", escreveu. Estava criada a Era Cristã. Se Dionysius era um ardente religioso, a parte matemática deixou a desejar. Ao calcular o ano de nascimento de Cristo, ele errou nas contas, e Cristo "nasceu" quando provavelmente já contava seis anos ou sete anos (não se sabe o ano exato do nascimento). Tivesse ele sido mais preciso, a virada teria sido em 1994 ou em 1995. Outro fato que tem causado confusão até hoje é que Dionysius não incluiu o ano zero. Na sua cronologia, o fim do ano 1 antes de Cristo marcou a chegada do ano 1 depois de Cristo. Por isso, matematicamente o século 21 começou só no ano 2001 e não no ano 2000. Resumindo: se a Era Cristã tivesse sido contada mais corretamente, e considerando que a passagem dos séculos é a partir do ano 1 (1801, 1901.), a virada do milênio já teria ocorrido. Se em 95 ou em 96, só Deus sabe. Mas quem se importa com a cronologia cristã? Para marcar uma passagem de avião, por exemplo, quase o mundo todo. Praticamente todos os países seguem o esquema que Dionysius inventou para a Páscoa medieval. Mesmo em lugares nãocatólicos houve o ano 2000. O Japão, por exemplo, adotou a cronologia ocidental em 1873, como parte da ocidentalização do país promovido pelo imperador Meiji; a China, em 1949, após a revolução comunista. Nos aspectos religiosos e culturais, no entanto, apenas uma relativa minoria supostamente se importou com o ano 2000. As religões cristãs estão longe de agregar a maioria dos habitantes da Terra: somam 24% da população, dos quais 17,8% são católicos e os outros, protestantes. Tomemos o Islã, por exemplo. Além de ser a maior religião do mundo, reunindo 19,6% do habitantes do planeta, é também a que mais cresce -na década de 80, somavam apenas 13,3%. A cronologia muçulmana é bem diferente. A contagem começa com a fuga de Maomé de Meca a Medina (Hégira), em de 16 de julho de 622, que marca o início da Era Islâmica. Muitos países islâmicos utilizam a cronologia muçulmana, especialmente os situados no golfo Pérsico, como a Arábia Saudita e Iêmen. Para eles, o mundo está no ano 1420. Outros países, como Egito, Síria e Jordânia, adotam ambos; Turquia, Paquistão e Nigéria só utilizam o cristão. Não é só a cronologia, no entanto, que detetermina os anos. Muitas vezes, o calendário também difere, fazendo com que os anos de uma religião sejam mais curtos do que os outros. O calendário que adotamos hoje é o gregoriano, implantado em 1582 pelo papa Gregório 8° em substituição ao calendário juliano. O calendário juliano, inventado durante o governo de César pelo astronômo Sosígenes, em 46 a.C., só foi plenamente adotado no século 8, portanto cerca de 800 anos após a sua invenção. Gregório pouco alterou o calendário juliano: nos dois, o ano tem 365 dias divididos em 12 meses, cada um com 30 ou 31 dias, com exceção de fevereiro, que tem normalmente 28 dias e, a cada 4 anos, 29 dias (ano bissexto). A substituição do calendário juliano teve de ser feita por um erro aparentemente pequeno: Sósigenes superestimara a duração do ano astronômico (o tempo que a Terra leva para dar a volta completa no Sol) em 11 minutos e 14 segundos! Parece pouco, mas o tempo passa, e, à epóca de Gregório 8°, já havia uma defasagem de 14 dias a partir de 46 a.C. O papa, no entanto, decidiu "recomeçar" o calendário a partir do Concílio de Nicéia, 325 d.C. Assim, Roma dormiu no dia 4 de outubro de 1582 para acordar no dia 15 de outubro - um sono de dez dias. Existe apenas uma diferença entre os dois calendários, quase imperceptível. Para recuperar os 11 minutos e 14 segundos, o gregoriano prevê que só os anos divisíveis por 400 serão bissextos, como o esperado ano 2000, que terá 366 dias. Dessa forma, corrige-se o erro de Sósigenes.

O calendário gregoriano foi rapidamente adotado pelos países católicos, como Portugal, Espanha e alguns estados germânicos. Outras regiões só deixaram o calendário juliano em favor do gregoriano muitos anos depois. A Inglaterra e suas colônias só o adotaram 1752, quando foram suprimidos 11 dias. A França, ao contrário, abandonou-o em 1792, quando foi criada a República, experiência no entanto que durou pouco. O último país foi a Rússia: apenas em 1918, após a revolução comunista. Ainda assim, algumas repúblicas da ex-União Soviética continuam usando o calendário juliano. No entanto há muitos outros tipos de calendário, com distintas cronologias. O hindu, por exemplo, a terceira maior religião do mundo com 12,8%, tem o tempo dividido em yugas, cujo período diminui à medida que o tempo passa, numa metáfora do declínio da humanidade. Atualmente, a Era Hindu está no último yunga - o mais degenerado - iniciado em 3102 a.C. e que terminará daqui a 432 mil anos. Já o calendário hindu, criado em 1000 a.C e hoje usado apenas para calcular datas religiosas, é dividido em 12 meses, mas cuja soma fica em 354 dias. Para resolver a diferença, acrescenta-se um mês a cada 30 meses.

 


LInha do Tempo