Issuu on Google+

Três dias com o Presidente Cavaco Silva em Santarém

página 12

DIRECTOR Joaquim Duarte

SEMANÁRIO 10 de Junho de 2009 | Ano X XIII | N. 1232 | €0,80

(IVA 5% incluído)

243 309 600 Telefone 243 333 766 Fax · CNE - Quinta das Cegonhas - Apartado 355 - 2000 -471

Santarém Botas Castanho é o novo governador civil página 14

Região Governo assina acordo para salvar Alviela página 24

Tomar Alunos inventam sistema anti-carjacking página 25

Médio Tejo 1000 alunos de Abrantes sem aulas página 26

Região Centro de Socorro muda-se para Almeirim página 22

Rota das Freguesias Achete, a freguesia das 37 aldeias páginas 17 a 21

Eleições Europeias PSD também ganhou no distrito página 6

Santarém · info@oribatejo.pt · w w w.oribatejo.pt

Feira do Ribatejo palco de protesto dos agricultores l páginas 8 a 11

O Ribatejo

2 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

10 | Junho | 2009

praçapública

eles dizem

r “Como Constân-

cio não pede desculpa, é legítimo que alguém lhe diga que tão ladrão é o que vai à horta como o que fica à porta”. António Ribeiro Ferreira Correio da Manhã

rO bastonário dos

advogados pode perder a guerra na Ordem. Mas está a ganhar na opinião pública um capital político precioso

r A escolha de Vital rA má-língua ganhou Moreira é o equivalente àquela fase em que o artista está perante o poço da morte e diz: agora é sem mãos”

Fernando Madrinha Expresso

carta de alforria, que o cinismo está na ordem do dia, que a discussão serena das ideias foi substituída pelo insulto de rufias pretensamente sábios. Moita Flores Correio da Manhã

Ricardo Araújo Pereira Diário Económico

Flashes da Feira

sopa da pedra

Moita Flores e João Machado, presidente da Câmara e presidente da CAP, de novo juntos.

Quem diz que os campinos só bebem “vinho zurrapa” ou imperial? Note-se o requinte deste homem da Lezíria na prova dos bons néctares.

Porque a Feira não é só feita de carnes de origem demarcada e as rurais febras grelhadas, Paulo Portas não resistiu à modernidade urbana de um sushi japonês.

Há coisas que nunca mudam. É o caso da visita anual dos habitantes de Celorico de Basto que na primeira segunda de cada Feira da Agricultura rumam ao Ribatejo para fazerem a festa. Um dia e uma viagem grandes que deixam mossa e obrigam os visitantes a descansarem um pouco para retemperar forças.

crónica de maldizer

O respeito pela tradição é muito bonito Eurico H. Consciência

Há dias deu-se um dos maiores acontecimentos nacionais: a final da Taça de Portugal de Futebol. Realizou-se, claro, no Estádio Nacional, que o Sr. Jorge Nuno diz que fica em Oeiras. Erroneamente, porque um santuário como o Estado Nacional não fica em nenhuma freguesia nem pertence a Concelho nenhum e não integra qualquer distrito nem será de nenhuma das Regiões que a Constituição já previu há mais de 30 anos. Um santuário destes pertence a Portugal todo, a Portugal de Minho a Timor, de lés a lés. Lugar sagrado onde se realiza todos os anos a maior festa da nação, com milhares de de-

votos em transe, aos gritos entremeados de cantos sagrados, com uns murros profanos de permeio. E é assim desde que o pendor religioso do Sr. Dr. Salazar impôs que se sagrasse o Vale do Rio Jamor, que nesse tempo ainda não era um cano de esgoto, que se sagrasse aquele bucólico vale com um monumento às maiores vocações, tentações e aptidões nacionais. E assim se começou uma tradição, que tarda não tarda somará uma centena de anos, que ninguém ousa desrespeitar. Contudo, tal como não há almoços grátis (a não ser para os políticos), honrar as tradições também tem custos.

Reparem na última romagem: os santos finalistas eram do Porto e de Paços de Ferreira, terras que distam cerca de ou mais de 350 km do Santuário Nacional do Jamor. Trezentos e cinquenta na ida com outros trezentos e cinquenta no regresso são 700 Km. Como se terão deslocado do Porto e de Paços de Ferreira alguns 30.000 devotos, certamente que se gastaram centenas de milhares de litros de combustíveis (que importamos) nas centenas de autocarros (que importamos) e nos milhares de automóveis (que importamos) que os portistas e os pacenses utilizaram para acederem ao Santuário. Foram-se milhões nisso (que importamos),

gastaram-se larguíssimos milhares em pneus (que importamos) e desgastaram-se milhares de carros (que importamos). Mas poupava-se 99% disso se a Final se tivesse realizado na Invicta, Nobre e Sempre Leal Cidade, onde existe um santuário enorme e novo, e poupavase 95% disso se a festa se fizesse na Bracara Augusta do eterno Mesquita Machado ou na cidade-berço, que também têm dignos santuários, que nos custaram milhões que devem ser “explorados”. Mas não. O país está pobre, mas Fogo, cum caraças, que não há festa como esta e que se lixem os milhões dos euros e os milhões de toneladas de dióxido de car-

bono que lançámos no dia da festa. Quem cá ficar que feche a porta, qu’essa treta do aquecimento global e do buraco do ozono é mesmo uma buracada; que se lixe, qu’o Porto é uma naçon… mas, porra, vendo bem, este gajo tem razon: afinal, a Final poderia e deveria ter sido no Porto, pois claro que sim, não pensei nisso... Ninguém pensou. Neste país há poucos pensadores, e os que temos são quase todos pensadores de gado. Não somos pobres por acaso. Somos pobres por não termos pensadores. -‘Stá bem. Tá bem, carago! Mas pronto: Viva o Porto, que é uma naçon!

OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 3

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Cartoon de António Maia

a pergunta da semana

O que está a achar da Feira deste ano? O negócio está bom?

Está muito bem pensada. Este sector da alimentação é importante para dar a conhecer os produtos tradicionais do mundo rural. A minha empresa tem estado a vender bem, sobretudo mel, nozes, marmelada e bolachas. Temos também feito importantes contactos com outras empresas e penso que é importante para acabar com aquela ideia que o mundo rural não tem potencialidades. Deviam era apostar mais nas pequenas empresas.

Tem havido pouca gente, não se vêem as multidões de outros anos. Quem vem não compra ou compra pouco. O espaço é bom, talvez melhor do que no ano passado, mas vêem cá poucas pessoas de Lisboa que são aquelas com poder de compra.

Mark Schultz Produtor de vinho

Saldanha Rocha Gerente da Aromação

Acredito que, este ano, esta feira vai ser a melhor do país. Nem a Fatacil consegue ser melhor, mesmo com todos os turistas que tem lá ao lado. Os dois primeiros dias foram bons e nestes 26 anos que levo de Feira penso que a organização está cada vez melhor.

José Sequeira Adegada Cooperativa de Favaios

F editorial

Europeias relançam legislativas

O negócio tem estado melhor do que na mesma altura no ano passado. Só é pena estarmos muito próximos dos animais, se vem o calor ninguém aqui consegue estar. Ainda assim estamos a vender bem, sobretudo comidas rápidas, tapas, secretos e outras coisas do género.

Maria Joaquina Restaurante Produtos do Alentejo - Borba

O PS foi o único derrotado nas eleições europeias de domingo. Um trambolhão eleitoral que o levou à perda de cinco eurodeputados. E desta vez, pelo menos desta vez, todos os outros ganharam. O PSD por ter conseguido ser o partido mais votado; o Bloco de Esquerda por, surpreendentemente, ter subido a terceira força política; o PCP por ter conseguido subir em percentagem e em votos; e o CDS transbordou de felicidade por ter vencido as sondagens e mantido os seus dois eurodeputados. Portanto, o PS conseguiu a proeza de perder à direita e à esquerda. E perder mais de meio milhão de votos é obra. Com esta vitória do PSD – por magros cinco pontos percentuais que, apesar de tudo, cresceram ao contrariar as sondagens – a direita política reaparece em força como

sempre acontece quando cheira a poder. Esse aroma entusiasma as hostes social-democratas como vimos pela televisão na noite eleitoral e depois, no dia seguinte, durante a visita de Manuel Ferreira Leite à Feira Nacional e Agricultura onde o partido (tão dividido até agora) se acotovelava em torno da líder que já vêem como sua futura primeiraministra. Mas para o PS este resultado eleitoral, além de penalizar o governo, deixa adivinhar mais contratempos. Ao ficar atrás do PSD, quando até há poucos dias todas sondagens antecipavam o contrário, significa que vai deixar de poder contar com apoio incondicional dos interesses económicos que até aqui se colaram ao governo de José Sócrates. O grande capital, como se sabe, é volúvel em matéria de amores políticos.

O resultado eleitoral de domingo sorriu ainda a Durão Barroso. É ele o grande vitorioso desta jornada eleitoral europeia, tendo assegurado o lugar de comissário europeu com a vitória do centro direita na maior parte dos países, entre eles os grandes estados como Espanha, Inglaterra, Alemanha, França e Itália. O grupo socialista europeu, que vinha ameaçando o seu lugar, volta assim a meter a viola no saco. A vitória caseira do PSD permitiu, sobretudo, afirmar a liderança de Manuela Ferreira e apaziguar a convulsão interna no partido. E mais importante, relançar a corrida às legislativas de Outubro. Tratámos estas europeias como primárias. Mas, quanto à governação do país, a conversa eleitoral é outra: a natureza do confronto vai ter outros candidatos e outras escolhas. Uma coisa é praticamente cer-

ta, a partir destes resultados das europeias a sonhada maioria absoluta de Sócrates já o era. Com estes resultados eleitorais tão pulverizados, torna-se mais complicada a constituição de um governo de maioria parlamentar. À direita, uma eventual coligação PSD e CDS pode não somar os votos suficientes para uma maioria parlamentar estável. À esquerda, nunca foi experimentada qualquer coligação, pelo que fica a dúvida: com quem irá o PS juntar os trapinhos se lhe calhar constituir governo? O Bloco de Esquerda parece, para já, o mais provável candidato. Por último, não é de excluir que venha a ser desenterrada a velha ideia do bloco central. Segue-se a corrida para as legislativas. Agora num cenário político mais animado. Joaquim Duarte

O Ribatejo

4 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

10 | Junho | 2009

Director Joaquim Duarte joaquim.duarte@oribatejo.pt CP. n.º 867

Redacção - 243 309 601 João Baptista (chefe) joao.baptista@oribatejo.pt - CP. n.º 1157 João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt - CP. n.º 6911 Bruno Oliveira bruno.oliveira@oribatejo.pt- Tít. Prov. n.º 435 Jorge Guedes - CP. nº 2798 Maria João Ricardo - CP. nº 6383 (Abrantes)

Colunistas Armando Fernandes, Beja Santos, Carlos Chaparro, Daniel Abrunheiro; Eurico Heitor Consciência, Luís Eugénio Ferreira, Renato Campos, Rosalina Melro, António Maia (Cartoon)

Colaboradores António Branquinho Pequeno, António Brotas, Alexandre Manuel, André Lopes (desporto), Adolfo Luís (fotografia futebol), Carlos Alberto Cruz, Hélder Duque (fotografia futebol), Jerónimo Belo Jorge (Abrantes), Joaquim Dâmaso (fotografia), João Grego Esteves, José A. Costa (fotografia futebol), Júlio Freches, Nuno Abreu (fotografia futebol), Nuno Matos (fotografia futebol), , Rogério Rodrigues, Vítor Gomes (fotografia futebol)

Departamento Gráfico Vítor Arsénio (chefe), António Vieira

Projecto Gráfico

defrank - Comunicação Editorial defrank@interacesso.pt

Departamento Comercial - 243 309 602 Rita Duarte (directora comercial) 962 108 761 rita.duarte@oribatejo.pt Luís Silva - 962 108 756 Ana Marecos - 962 108 762 Sandra Amendoeira - 961 736 350

Secretariado - 243 309 600 Ana Sousa - 962 108 760

foto denúncia Apesar do grandes investimentos do Polis que beneficou a cidade com importantes infra-estruturas, restam ainda algumas nódoas na p+aisagem ribeirinha do Nabão, como esta construção arruínada paredes meias com a ponte, e mais abaixo os abarracamentos do Flecheiro que são um foco de insegurança na cidade. É certo que “Roma e Pavia não se fizeram num dia”, mas com tantos milhões de euros gastos, já era tempo de resolver estes problemas.

Opinião

Sede: Centro Nacional de Exposições Quinta das Cegonhas Apartado 355 2000-471 Santarém Geral: 243 309 600

A “vitória” do PS

Publicidade 243 309 602 Fax: 243 333 766

E-mail info@oribatejo.pt

Internet www.oribatejo.pt

Serviços assinaturas 243 309 600

Paginação e montagem Jortejo, Lda. - Santarém telef.: 243 309 605

José Niza

Impressão Imprejornal, S.A. Rua Rodrigues Faria 103, 1300-501 Lisboa

Distribuição Vasp

Assinaturas (52 Números) Portugal: 25 € Europa: 50 € Resto do Mundo: 75 € Preço Avulso 0.80 € (IVA incluído) Editora e proprietária: Jortejo, Lda. Apartado 355 2002 SANTARÉM Codex

GERÊNCIA Francisco Santos, Ângela Gil, Albertino Antunes

Departamento Financeiro Ângela Gil (Direcção) Catarina Branquinho, Celeste Pereira, Gabriela Alves e João Machado info@lenacomunicacao.pt

Departamento de Marketing Patricia Duarte (Direcção), Catarina Fonseca e Catarina Silva. marketing@sojormedia.pt

Departamento Recursos Humanos Sónia Vieira (Direcção) drh@sojormedia.pt

Departamento Sist. Informação Tiago Fidalgo (Direcção) Hugo Monteiro dsi@sojormedia.pt Tiragem semanal 9.500 exemplares Depósito Legal 13 983/86 Sócios com mais de 10% de capital Sojormédia: 83% Nº Registo no ICS: 111209 (20.11.85) Nº Contribuinte: 501636110

Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico envoi fermé autorisé par les PTT Portugais · Autorização - Autorisation: Nº 16 DE 001602 DCE pode abrir-se para verificação postal

Todas as sondagens, excepto uma, davam a vitória ao PS nas europeias. Mas ganhou o PSD. E Manuela Ferreira Leite – tal como Carlos Queirós – ficou assim a dever a sua sobrevivência na liderança do partido a essa inesperada vitória.

No último minuto do jogo de futebol com a Albânia, Portugal meteu o golo da vitória: uma bela cabeçada de Bruno Alves, e já está! Carlos Queirós ficou a dever-lhe a vida como seleccionador. Não fora esse golo e perdiase a esperança de chegar ao Mundial. Carlos Queirós iria possivelmente à vida. E Cristiano Ronaldo assistiria aos jogos pela televisão. Todas as sondagens – excepto uma - davam a vitória ao PS nas europeias. Mas ganhou o PSD. E Manuela Ferreira Leite – tal como Carlos Queirós – ficou assim a dever a sua sobrevivência na liderança do partido a essa inesperada vitória. É que, no PSD, havia gente à espera de um fracasso. Pedro Passos Coelho tinha sido claro: “Ou ganhas, ou morres!” Luis Felipe Menezes, com ar paternalista, diria: “Eu bem vos avisei!...” Rui Rio, como é hábito, ficaria calado a aguardar a sua vez. E os barões do séquito de Manuela, um a um, iriam abandonando o barco. Aconteceu que a vitória do PSD os calou a todos e deu mais ânimo a Manuela para as legislativas. Mas é aqui que – verdadeiramente – começa o problema. Na manhã seguinte, 2ªfeira, num daqueles programas de televisão para onde as pessoas telefonam e contam o que lhes vai na alma, ouvi coisas sábias, simples, e que dão que pensar. Muitas delas tinham votado contra o PS como forma de protesto: ou, pura e simplesmente, tinham ficado em casa; ou tinham votado em branco; ou tinham votado noutros partidos. Mas era só para avisar, para ver se o PS “ganhava juízo”. E, lá para Outubro, ia ser diferente porque a “coisa” fiava mais fino e era a doer. Ninguém acreditava que Manuela pudesse ga-

nhar as legislativas. Que não sabia comunicar com as pessoas. Que não era simpática. Que não tinha carisma. Que não possuía categoria para ser primeira-ministra, etc. Se ontem o PS tivesse ganho as eleições, hoje a notícia não seria a dessa vitória, mas a do terramoto e do tsunami no PSD. A estas horas Manuela Ferreira Leite estaria a ser crucificada. Seria dispensada sem honra nem respeito. E estaria a ser convocado mais um Congresso Extraordinário para eleger alguém com maior prestígio, mais competência e melhor aceitação. O que significaria que, lá para Outubro, José Sócrates iria confrontarse com um adversário mais forte e mais credível. E tudo seria mais difícil. Por isso – por absurdo e paradoxal

que pareça – em vez de derrota do PS, eu fale de “vitória”. P.S. – Com praticamente a mesma abstenção de 2004 – 61,25% contra 62, 95% - o PS perdeu no domingo 567.530 votos. É muito voto! As reformas (necessárias) que foram levadas a cabo criaram muitos descontentamentos: professores, militares, polícias, enfermeiros, juízes, etc. A crise internacional, como aconteceu em todos os países, bateu forte. Os desempregados desviaram o voto para outros partidos. A escolha de Vital Moreira para cabeça de lista foi um erro com elevados custos eleitorais. Tudo isto, e algo mais, penalizou fortemente o PS. Acredito que Sócrates retire daqui ensinamentos para que, a partir de Outubro, Portugal continue a ser um país governável.

OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 5

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

há vinte anos

Cavaco Silva inaugura a Feira Nacional de Agricultura. Apesar da contestação ao seu governo, o seu discurso é bem acolhido pelos representantes das confederações patronais da agricultura. A Finantejo nascia, por iniciativa das principais empresas do Ribatejo, como SDR – sociedade de desenvolvimento regional: 400 mil contos de capital social e 1,2 milhões para investimento no primeiro ano.

números

17,7

Condenada a pagar uma indemnização de 17,7 milhões de euros pelo encerramento da fábrica da Opel na Azambuja (em 2006) um ano antes do termo do contrato de investimento com o Estado português, a General Motors (GM) declarou agora a sua própria insolvência. Um dos maiores construtores mundiais de automóveis acaba assim desmembrado.

estrelas

Moita Flores Presidente da Câmara de Santarém

Carlos Coelho Eurodeputado do PSD

As comemorações do 10 de Junho em Santarém são uma vitória pessoal de Moita Flores pela grandeza da intervenção urbana e cultural com que soube abordar a organização desta efeméride do Dia de Portugal e de Camões. Uma vitória mais expressiva ainda pelo facto de, ele próprio, ser um dos condecorados pelo Presidente da República, com a insígnia de grande oficial da Ordem do Infante D. Henrique. (Pág. 12)

A espuma dos dias

Já foi presidente da distrital do PSD de Santarém e é, agora, o único eurodeputado do PSD a repetir o lugar em Estrasburgo. Todos os outros são caras novas, a começar pelo cabeça de lista Paulo Rangel que foi, apoiado na coordenação política de Carlos Coelho, o motor central desta vitoriosa campanha social democrata que conseguiu eleger 8 eurodeputados e, sobretudo, derrotar o PS.

Carlos Trigo Presidente da Junta de Casével

A freguesia de Casével registou a única tentativa de boicote no nosso distrito a estas eleições europeias. O motivo deste levantemento popular prende-se com o mau estado da estrada do Casalinho, à espera de alcatrão há mais de vinte anos. O apelo anónimo à abstenção não teve ainda assim a adesão esperada - votaram 13,5% dos eleitores. O presidente Carlos Trigo acabou por ser o rosto da notícia. (Pág. 13)

Opinião

A vitória da Princesa

Imperador Berlusconi

Há uns meses escrevi uma crónica cujo título foi: A princesa Manuela. Tentei passar aos leitores uma reflexão sobre Manuel Ferreira Leite, lembrando as dificuldades levantadas por companheiArmando Fernandes ros de partido, a descrença de muitos na sua capacidade de afirmação, além de ter contra ela a generalidade da comunicação social com destaque Não sou para a televisão pública. Na altura confessei ver nela confessor de Manuel qualquer coisa a inspirar-me respeito, talvez o olhar inciFerreira sivo ou uma dignidade mais Leite, mui- natural que a da maioria das to menos pessoas. A dita crónica obpitonisa teve comentários irónicos e olhares de soslaio, aos quais eleitoral, respondi rindo de mansimas deunho. me muito No domingo os não abstenprazer o cionistas concederam uma seu êxito clara vitória à princesa, deiao perxando Sócrates a gesticular promessas de não mudança mitir-lhe de rumo, e espantados todos arrumar quantos davam como certo a casa e seguro um rotundo triunpartidária fo do desastrado Vital. Nesantes dos tes últimos meses não fiquei embates surpreendido pelo comportamento da candidata a pride Outumeiro-ministro, de resto ninbro. guém pode duvidar da sua ardente fé em conseguir tal nomeação. Na noite de domingo não alterou o estilo, as suas palavras não foram ardilosas nem resvalaram para a hipocrisia; pelo contrário, falou com o coração nas mãos prometendo trabalho e verdade. Aos

O que se diz do homem que governa a Itália. Saramago foi bastante duro, considerando-o como uma coisa, um vírus, etc. Fica porém a análise das motivações presentes de um homem tido como um dos mais ricos do seu país. Luís Eugénio Ferreira Berlusconi é o exemplo vivo daquelas pessoas que vêm do quase nada e sobem como os balões de ar quente, vistosos, erguendo-se ufanos sob o azul do céu, mas infelizmente, sempre sob o risco de Uma sua ex-amante se incendiarem por efeito de um golpe de vento mais forte. Correm diz ser ele agora por aí, notícias de uma das o homem suas bacanais, na sua propriedade mais impo- da sua ilha de Sardenha. Não tem tente do nada de mais. Berlusconi é um imperador. Não mundo. do tipo de Mussolini, que também Vem na o era, mas noutro registo. Berlusinternet e coni incorpora a atitude, a pose, a tudo. Mas mentalidade que vêm na linha dos ele, qual grandes imperadores de Roma. É imperador, um continuador normal das suas práticas. Porque não promover esproíbe a publicação ses actos antigos que deram nome de fotogra- ao Império, com as suas bacanais tão apreciadas pelas grandes castas fias relacio- romanas. Porque não seguir Dionadas com cleciano, Calígula, Nero etc. pese

jornalistas peritos na formulação de perguntas sem nexo, pura e simplesmente optou pelo silêncio deixando-os a falar sózinhos, pois discorrer sobre quem era o último titular da vitória só interessa aos pescadores de águas turvas. Não sou confessor da princesa, muito menos pitonisa ou émulo de um qualquer adivinho, mas deu-me muito prazer o seu êxito a permitir-lhe arrumar a casa partidária antes dos embates de Outubro. A partir de agora muitos dos seus detractores não deixarão de se exibir a baterem com a mão no peito, outros vão-se atropelar na ânsia de lhe testemunharem a mais alta deferência, a mais lisonjeira atenção. Compreendo esse vivo interesse pela princesa a partir de agora, não tarda muito a entrarmos na época da escolha dos nomes para as listas de deputados, ela está forte a pontos de poder escolher sem ser tolhida pela teia dos interesses e isso significa despedimentos. A nível dos jornais e televisões vai passar a usufruir de melhor tratamento, a possibilidade de ser poder leva os calculistas a corrigirem o tiro de modo a caso não conseguirem manter um bom lugar em redor da mesa, pelo menos ficarem perto a fim de recolherem as migalhas. São passarões de alto coturno e dúbio procedimento.

as suas festas, tal como proíbe a publicação dos livros de Saramago.

embora o Senatus Consulto ter proibido bacanais e orgias públicas, atribuindo penas pesadas para os seus infractores. Mas isso era antigamente. Agora Berlusconi que é dono do país, pode transportar para fora dos olhos do povo, as suas concubinas, servindose da aviação militar, destinada ao transporte de outras bombas. O que se diz de Berlusconi. Uma sua examante diz ser ele o homem mais impotente do mundo. É ela quem o diz. Vem na internet e tudo. Mas a verdade é que essa circunstância terá um pouco a ver com o facto de um presidente moderno, que quer ser o rosto de uma Itália moderna, praticar loucuras envolvendo coisas assim. Dai a proibir a publicação de fotografias relacionadas com as suas festas, ou até a proibir a publicação dos livros de Saramago. Ou se é mesmo Imperador, ou não, eis a questão. Para informação, temos a horrível lista dos imperadores que foram assassinados, ou se suicidaram. Longe vá o agouro. Nós agora temos cá as eleições que aprovam ou ostracizam os dirigentes e é nisso que temos que confiar.

O Ribatejo

6

10 | Junho | 2009

destaque PSD também vitorioso em Santarém O PSD foi o partido mais votado nas eleições europeias. No país como no distrito de Santarém. O desfecho das eleições em Santarém espelha, uma vez mais e com alguma proximidade, o resultado nacional, abonando o nosso distrito como barómetro eleitoral. Em Santarém, os social democratas conseguiram 44.673 votos, o que corresponde a 28.66% do total distrital. O PS ficou na segunda posição, com cerca de cinco mil votos a menos (39410), o que corresponde a 25.28%. Destaque ainda para a abstenção, que chegou aos 61.83%.

Distrito de Santarém

DISTRITO DE SANTARÉM CONCELHOS

Resultados nacionais comparativos 2009-2004

INSCRITOS: 408.247 • VOTANTES: 155.867 - 38,18% • ABSTENÇÃO 252.380 - 61,82% (62,04% em 2004) • BRANCOS: 8.706 - 5,59% • NULOS: 3.957 - 2,54%

PPD/PSD

PPM

PNR

POUS

ABRANTES

3.556 23,38%

4.658 30,62%

2.117 13,92%

1.628 10,70%

1.030

6,77%

253

1,66%

262

1,72%

101

0,66%

64

0,42%

71

0,47%

72

0,47%

67

0,44%

36

ALCANENA

1.593 29,80%

1.392 26,04%

571 10,68%

572 10,70%

488

9,13%

84

1,57%

87

1,63%

36

0,67%

37

0,69%

34

0,64%

25

0,47%

13

0,24%

14

0,26%

ALMEIRIM

1.381 20,95%

2.040 34,94%

815 12,36%

987 14,97%

486

7,37%

85

1,29%

128

1,94%

49

0,74%

39

0,59%

29

0,44%

33

0,50%

31

0,47%

13

0,20%

ALPIARÇA

280

PS

BE

CDS/PP

MEP

PCTP/MRPP

MPT

MMS

PH

0,24%

9,98%

609 21,70%

8,37%

1.256 44,75%

123

4,38%

27

0,96%

42

1,50%

12

0,43%

7

0,25%

12

0,43%

9

0,32%

8

0,29%

3

0,11%

BENAVENTE

1.325 19,53%

1.549 22,84%

965 14,23%

1.379 20,33%

567

8,36%

132

1,95%

155

2,29%

49

0,72%

48

0,71%

31

0,46%

27

0,40%

30

0,44%

12

0,18%

CARTAXO

1.096 13,95%

1.694 21,56%

2.337 29,74%

CHAMUSCA

617 17,82%

1.007 29,09%

CONSTÂNCIA

241 15,84%

CORUCHE

235

PCP-PEV

1.031 13,12%

572

7,28%

110

1,40%

122

1,55%

69

0,88%

39

0,50%

56

0,71%

41

0,52%

46

0,59%

16

0,20%

9,76%

790 22,82%

237

6,85%

30

0,87%

88

2,54%

19

0,55%

19

0,55%

23

0,66%

15

0,43%

25

0,72%

7

0,20%

515 33,86%

184 12,10%

266 17,49%

107

7,03%

20

1,31%

19

1,25%

7

0,46%

11

0,72%

11

0,72%

7

0,46%

4

0,26%

3

0,20%

1.191 17,01%

1.796 25,65%

737 10,52%

2.063 29,46%

426

6,08%

69

0,99%

153

2,18%

37

0,53%

29

0,41%

31

0,44%

32

0,46%

43

0,61%

12

0,17%

ENTRONCAMENTO

1.595 23,18%

1.594 23,16%

1.385 20,12%

0,19%

FERREIRA DO ZÊZERE

1.530 45,24%

795 23,51%

218

GOLEGÃ

378 21,65%

429 24,57%

199 11,40%

337 19,30%

MAÇÃO

1.719 42,02%

1.121 27,40%

294

7,19%

190

4,64%

OURÉM

8.250 50,70%

2.395 14,72%

1.022

6,28%

480

2,95%

RIO MAIOR

2.609 37,19%

1.619 23,08%

632

9,75%

391

5,57%

983 18,50%

1.559 29,34%

949 17,86%

806 15,17%

326

6,14%

6.061 28,90%

5.620 26,79%

2.412 11,50%

2.261 10,78%

1.774

8,46%

SALVATERRA DE MAGOS SANTARÉM SARDOAL

338

675

9,81%

587

8,53%

106

1,54%

87

1,26%

46

0,67%

49

0,71%

49

0,71%

23

0,33%

31

0,45%

13

114

3,37%

275

8,13%

27

0,80%

33

0,98%

34

1,01%

15

0,44%

20

0,59%

17

0,50%

14

0,41%

8

0,24%

182 10,43%

23

1,32%

41

2,35%

12

0,69%

12

0,69%

12

0,69%

9

0,52%

9

0,52%

5

0,29%

6,31%

54

1,32%

47

1,15%

20

0,49%

22

0,54%

23

0,56%

15

0,37%

13

0,32%

6

0,15%

1.945 11,95%

258

320

1,97%

111

0,68%

100

0,61%

105

0,65%

80

0,49%

57

0,35%

41

0,25%

19

0,12%

708 10,09%

106

1,51%

75

1,07%

48

0,68%

48

0,68%

40

0,57%

40

0,57%

24

0,34%

5

0,07%

84

1,58%

78

1,47%

34

0,64%

35

0,66%

29

0,55%

21

0,40%

35

0,66%

8

0,15%

399

1,90%

255

1,22%

121

0,58%

145

0,69%

89

0,42%

80

0,38%

85

0,41%

22

0,10%

727 37,19%

456 23,32%

9,62%

101

5,17%

132

6,75%

52

2,66%

29

1,48%

22

1,13%

8

0,41%

13

0,66%

5

0,26%

11

0,56%

5

0,26%

TOMAR

4.916 31,86%

3.654 23,68%

2.055 13,32%

1.181

7,65%

1.221

7,91%

222

1,44%

210

1,36%

135

0,87%

89

0,58%

92

0,60%

91

0,59%

45

0,29%

40

0,26%

TORRES NOVAS

3.499 25,78%

3.393 25,36%

2.078 16,28%

1.623 12,13%

857

6,40%

188

1,40%

202

1,51%

92

0,69%

60

0,45%

62

0,46%

58

0,43%

37

0,28%

27

0,20%

578 20,33%

872 30,67%

380 13,37%

428 15,05%

209

7,35%

24

0,84%

49

1,72%

17

0,60%

21

0,74%

18

0,63%

22

0,77%

11

0,39%

8

0,28%

825 0,53% 539 0,37%

699 775

0,45% 0,53%

623 344

0,40% 0,23%

282 174

0,18% 0,12%

V. N. DA BARQUINHA TOTAIS RESULTADOS 2004

188

6,45%

44.673 28,66% 39.410 25,28% 18.973 12,17% 18.559 11,91% 12.510 8,03% *46.022 31.25% 65.951 44.79% 6.603 4,48% 15.309 10,40% * *

* Em 2004 PPD/PSD e CDS/PP concorreram coligados

2.415 1,55% -

2.273 1.46% 1.962 1.33%

1.060 0,68% 640 0,53%

902 0,58% -

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

PUBLICIDADE 7

O Ribatejo

8

10 | Junho | 2009

especial

feira nacional agricultura AGRICULTORES QUEREM MENOS IMPOSTOS SOBRE A ÁGUA

A João Machado, presidente da CAP, não tem poupado críticas à acção do ministro Jaime Silva

Agricultores em protesto na feira 12 de Junho ∑ Prevê-se a presença de milhares de agricultores, numa grande concentração nacional A 46ª edição da Feira Nacional da Agricultura / 56ª Feira do Ribatejo vai ficar marcada por uma mega concentração de agricultores agendada para sexta-feira, 12 de Junho, uma prova de fogo da capacidade reivindicativa deste sector de actividade, em pleno processo de divórcio com o Ministério da Agricultura. “O objectivo do encontro é discutir e fazer um balanço do que foi a política deste governo, que tem sido bastante negativa”, diz João Machado, presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), que antevê a presença de milhares de

agricultores no Cnema. “Se há coisa que este ministro conseguiu foi esbater as divergências no mundo agrícola, que neste momento é unânime no repúdio à sua acção destrutiva da agricultura portuguesa”, continua. Segundo o responsável, esta concentração “quer deixar claro ao governo e aos partidos da oposição que, independentemente de quem ganhar as próximas eleições legislativas, a política para a agricultura tem que mudar”. Sem membros do governo presentes – José Sócrates e Jaime Silva nem sequer foram convidados

– coube a Francisco Moita Flores, presidente da Câmara de Santarém, inaugurar o certame no passado sábado, 6 de Junho. “Esta é uma poderosa manifestação da agricultura portuguesa, que tem sido muito maltratada”, disse Moita Flores, acrescentando que a actividade “precisa de um novo olhar, que não a afaste dos fundos comunitários e a aproxime do que a torna realmente mais competitiva”. Recusandose a entrar em críticas directas à acção de Jaime Silva, Moita Flores disse que não podia deixar passar a oportunidade para se mostrar “solidário” com a luta

dos agricultores. “Os agricultores nunca se resignam”, afirmou João Machado durante a inauguração, onde reagiu às declarações do ministro, que em Coruche acusou a CAP de andar em campanha pelo PSD. O responsável pela organização da feira desabafou que “o governo tem medo do voto dos agricultores, porque sabe o que fez contra eles durante estes quatro anos”. João Machado disse que ficou “incrédulo” com a declaração de Jaime Silva, e acrescentou que “a CAP nunca apontou nenhum sentido de voto”. “Apenas dizemos aos nossos associados para

votarem em consciência, sabendo quem foram os que nos prejudicaram e os que nos ajudaram”, continuou. Sobre a feira, que continua a ser o maior certame do país dedicado a este sector de actividade, João Machado afirmou que “a edição deste ano é diferente dos anos anteriores, porque teve um grande apoio de nove municípios do Ribatejo, que têm um pavilhão próprio e um dia que é dedicado a cada um”. “É uma feira muito mais dedicada a esta região, como sempre quisemos e que este ano conseguimos concretizar”, concluiu.

A água é o tema central da Feira e foi tema de um debate organizado pela Associação Portuguesa de Recursos Hídricos e pela CAP, no dia 8 de Junho. João Machado, presidente da CAP, expôs a necessidade da agricultura ser menos taxada a nível de impostos. “É preciso que o Estado olhe para a agricultura e veja que se tentar tirar tantos impostos desta área e tenha racionalidade na cobrança para permitir que a agricultura continue competitiva e não afaste as pessoas desta área”, pediu João Machado. O líder da CAP lembrou ainda que a água continua a ser um “factor de competitividade fundamental” e diz que o seu custo tem que ser adequado para não onerar em demasia o preço dos produtos da agricultura relativamente a países vizinhos, como é o caso da Espanha. João Machado lembrou ainda que em Portugal têm sido os privados, os agricultores, a fazerem barragens e furos para terem água. “Cerca de 70% da água em Portugal é fruto do esforço dos agricultores e só 30% são investimentos do Estado. Em Espanha é exactamente ao contrário”, frisou João Machado. “Estamos dispostos a fazer uma gestão racional da água mas isso também obriga a que o Estado não ponha taxas tão elevadas que nos ponha de fora da competitividade europeia”, frisou ainda o dirigente agrícola.

FEIRA NACIONAL DA AGRICULTURA | ESPECIAL 9

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

“Este Governo é o pior de sempre para a agricultura”

CAP PREPARA PROTESTO DURANTE A FEIRA

A Os deputados do PCP, Agostinho Lopes e António Filipe, passaram pela feira O deputado Agostinho Lopes, da Comissão Parlamentar de Agricultura, e o vice-presidente da Assembleia da República, o deputado comunista António Filipe, também vieram à feira e deixaram críticas à atitude do ministro da Agricultura perante a agricultura. “Não são os agricultores que estão de costas voltadas para o ministro da Agricultura mas foi o ministro que se pôs de costas voltadas para a agricultura. É natural que um evento com esta dimensão reflicta esta situação de uma política governamental desastrosa. Não me recordo de um Governo que tivesse sido tão negativo

para os agricultores, particularmente para a agricultura familiar, como este Governo PS de José Sócrates,” afirmou Agostinho Lopes. O deputado referiu que é necessária uma “profunda remodelação do PRODER para o adequar às necessidades da agricultura portuguesa e aos agricultores que temos”. Por outro lado, o deputado pede uma “operacionalização rápida” das ajudas, corrigindo uma situação que Agostinho Lopes considera ter origem no “desmantelamento do Ministério da Agricultura”. O deputado pede ainda a reposição à electricidade verde e ao gasóleo agrícola.

Paulo Portas na Feira, ainda antes da ida a votos

O líder do CDS-PP. Paulo Portas, visitou a Feira no dia 6, véspera das eleições europeias, e não quis falar aos jornalistas. Dias antes, Paulo Portas esteve em Almeirim com o candidato Nuno Melo e deixou uma mensagem bem clara de crítica ao ministro da Agricultura. “Há uma grande diferença entre mim e o senhor ministro da agricultura. Eu posso ir a qualquer feira de agricultores, de qualquer parte do país, a qualquer hora porque os agricultores sabem o trabalho que nós fizemos por

eles”, afirmou Paulo Portas. “O senhor ministro a agricultura não costuma ir a feiras de agricultores. É que ele não gosta a agricultura nem dos agricultores”, afirmou ainda Portas. Ainda nesta visita à Adega Cooperativa, Paulo Portas apelou aos agricultores para castigarem nas urnas o Governo por “quatro anos de desinvestimento na agricultura, de falta de pagamento a tempo e horas e uma incompetência do ministro”. Ver fotogaleria em www.oribatejo.pt

A A líder do PSD visitou a feira em clima de euforia pela vitória nas europeias

Ferreira Leite ao lado dos agricultores Presença ∑ Aguiar-Branco também esteve em Santarém “Vim a Santarém para conhecer a feira e os problemas da agricultura, que é certamente um dos sectores mais penalizados por parte deste governo”, disse Manuela Ferreira Leite na segunda-feira, 8 de Junho. A líder do PSD afirmou estar “solidária com os protestos dos agricultores”, embora deixasse claro que não se associava a manifestações. Ainda em clima de euforia pela vitória nas eleições europeias e acompanhada por José Pedro Aguiar-Branco, vice-presidente do partido, Manuela

Ferreira Leite tinha à sua espera uma grande comitiva de militantes socialdemocratas, que há muito tempo não se viam juntos para acompanhar iniciativas do partido. Mesmo sem conseguir disfarçar alguma timidez no contacto com o povo, Ferreira Leite foi entusiasticamente saudada por muitos visitantes da feira, que aproveitaram a sua passagem para lhe dar os parabéns. “Deixe-me dar dois beijinhos à futura primeiraministra”, disse-lhe mesmo uma senhora de meiaidade, quando a encontrou na Nave B.

A líder social-democrata aproveitou a presença na feira para reafirmar que “o governo tem legitimidade para continuar a governar, mas não para tomar decisões que têm implicações nas gerações futuras”, referindo-se às grandes obras públicas prometidas pelo executivo PS. Ferreira Leite lembrou que, a três meses de eleições legislativas, “a sociedade portuguesa está profundamente dividida” e que é preciso ter “cuidado com decisões que podem ter implicações muito gravosas no futuro”.

“Levanta o pau” dá alento para as legislativas ∑ Durante o habitual périplo pelos expositores, Manuela Ferreira Leite não se furtou ao convite para provar o afamado licor “levanta o pau”, produto típico de Vilar de Perdizes. A líder do PSD levantou mesmo o pequeno copo para brindar com José Pedro Aguiar-Branco a uma vitória nas próximas legislativas.

A CAP vai realizar um protesto contra a política agrícola do Governo no próximo dia 12, às 11 horas, durante a Feira Nacional da Agricultura em Santarém. Os agricultores associados da CAP vão estar reunidos em plenário para debaterem o que chamam de “entraves criados pelo Ministro Jaime Silva durante toda a presente legislatura” e também para continuarem a delinear novas acções de luta. A CAP considera que este executivo liderado por José Sócrates “deixou a agricultura nacional na pior situação desde a entrada na União Europeia”. No comunicado emitido pela CAP esta semana pode mesmo ler-se que os agricultores associados desta confederação consideram a política portuguesa para a agricultura como “a pior política agrícola para o sector em toda a União Europeia”. Os agricultores acusam ainda o ministro da Agricultura de “não ter qualquer sensibilidade para as necessidades e os problemas dos agricultores”, nomeadamente, para o problema da seca em 2005, “a maior dos últimos cem anos” como se lê no comunicado da CAP, mas também apontam o dedo ao ministro por não ter alegadamente cumprido o compromisso de pagar as medidas agroambientais e ter acabado com o apoio à electricidade verde. Entre as queixas dos agricultores da CAP está também a não aprovação de projectos de modernização de explorações agrícolas e de não ter ainda colocado o PRODER em pleno funcionamento, três anos depois da abertura dos fundos do actual quadro comunitário de apoio, o QREN, que começou em 2007.

O Ribatejo

10 ESPECIAL | FEIRA NACIONAL DA AGRICULTURA

10 | Junho | 2009

Vinhos do Tejo sem medalhas prestígio mas com oito de prata

A O vinho Falcoaria Tinto 2006 da Quinta do Casal Branco foi o único premiado com medalha de ouro tro Agrícola do Tramagal, para o Vale de Lobos Tinto 2007 e ainda para o Fiúza Ikon Chardonnay/ Trincadeira das Pratas Branco 2008. No ano anterior, a região vitivínicola do Ribatejo arrecadou 11 medalhas de prata. Os vinhos do Douro foram os mais premiados recebendo dois prémios prestígio: o vinho tinto Xisto – Roquette e Cazes 2005 e o Dados Reserva 2007. Os vinhos tintos Casa Santa Vitória Touriga Nacional 2007 (Alentejo), Quinta dos Abibes Subli-

me 2007 (Bairrada), Tinto da Ânfora Grande Escolha 2006 (Terras do Sado), Vista Alegre Porto Colheita 1995 e Caves Bonifácio Aragonez 2007 (Lisboa), são os restantes vinhos portugueses reconhecidos com prémio Prestígio. Na categoria Ouro foram atribuídas 19 medalhas, com destaque a região do Porto com 6 vinhos escolhidos. Dos 78 prémios Prata atribuídos, 24 vão para a região do Alentejo. A edição deste ano deste certame teve 518 vinhos a concurso, de 192 produtores.

Foto: Filipe Casaca

Os vinhos do Tejo, antiga região demarcada do Ribatejo, não obtiveram qualquer medalha prestígio na 3ª edição do Concurso Nacional de Vinhos Engarrafados, que decorreu em Maio no Cnema e cujos resultados foram apresentados no âmbito do Festival Nacional do Vinho que decorre até 11 de Junho na Feira Nacional da Agricultura. No ano passado esta região vitivinícola foi premiada com duas medalhas prestígio, com os vinhos Fiuza Cabernet Sauvignon da Fiuza e o Capucho Alicante Bouschet da Quinta do Casal Branco em Almeirim. Apesar de não ter nenhum entre os sete melhores vinhos, a região de vinhos do Tejo obteve no total 9 medalhas, uma de ouro com o vinho Falcoaria Tinto 2006 da Quinta do Casal Branco, e mais 8 de prata para os vinhos Vale de Lobos Tinto Reserva 2006, da Quinta da Ribeirinha, para o Companhia das Lezírias Tinto Reserva 2005, para o Conde Vimioso Tinto 2008 da Falua, para o Quinta do Casal Branco Tinto 2007, para o Guarda Rios Tinto 2007 da sociedade Quatro Âncoras, para o Casal da Coelheira Chardonnay Branco 2008 do Cen-

J

Concurso Nacional de Vinhos Engarrafados ∑ Vinhos do Douro e do Alentejo arrecadam prémios

A Mário Louro, director do festival, no jantar de entrega de prémios decorreu em Lisboa, no Hotel Tivoli

Grandes chefes juntam boa comida e bom vinho E se se juntasse o tão português bacalhau com vinho tinto? O desafio foi lançado pelo chefe Vítor Sobral que abriu o conjunto de palestras enogastronómicas no dia 6, no âmbito do Festival Nacional do Vinho. Este dia 9 de Junho, vai ainda haver uma prova de vinhos harmonizada com sobremesas de Luís Américo, por volta das 17h. No dia 10, Henrique Sá Pessoa experimenta a conjugação da sua culinária inovadora com vinhos Monte da Ravasqueira. Ainda no Dia

de Portugal, pelas 16h, há uma palestra pelo chefe Augusto Gemeli e com o enólogo Domingos Soares Franco com vinhos generosos Moscatel de Setúbal e vinhos do Sado. Neste dia há lugar ainda para estreia do filme “Duelo de Castas”, às 19h. O último dia do festival é dedicado ao Enoturismo e vão haver várias provas, às 13h, às 15h e às 18h, que juntam produtos tradicionais como as salsicharia de Portalegre, a carne de boticas, os figos de São João da Pesqueira e de Silves, a

carne alentejana, barrosã e marinhoa, com pão de Portalegre, entre outros. Um autêntico festim de sabores para fechar com chave de ouro mais uma edição deste festival. Esta terça-feira, dia 9 de Junho, celebra-se o Dia do Estudante do Vinho e do Azeite que começa de manhã com painéis temáticos sobre os dois temas, seguindo uma tarde com provas de vinho e de azeite. As entradas são gratuitas, bastando para isso ingressar na Feira com bi- A O Chefe Vítor Sobral juntou o bacalhau ao vinho do Tejo lhete. - Falua e ao vinho alentejano - João Portugal

PORTUGAL É O 10º PRODUTOR MUNDIAL Portugal está em décimo lugar na listagem dos países do mundo com mais produção de vinho na campanha de 2006/2007. segundo dados da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV). Nesta campanha de 2008/2009, Portugal vai produzir cerca de 5,5 milhões de hectolitros, dos quais 34,8% (a maior percentagem) são vinhos de qualidade produzidos em região demarcada (VQPRD) e 2,8 milhões de hectolitros são destinados à exportação. Portugal tem cerca de 240 mil hectares de área de vinha e um consumo médio de 45,8 litros per capita, o que torna o país no segundo país da Europa, a seguir à França, com maior consumo registado por pessoa. Os produtores portugueses representam valores de exportação na ordem dos 584 milhões de euros, com mais de metade deste valor (54,1%) a pertencer a exportações de vinho do Porto. O vinho, a par do azeite e da alimentação, estão em destaque na Feira da Agricultura, na Nave A do Cnema, onde se concentram um total de 125 expositores de todo o país, espalhados por uma área de 4.000 m2, naquela que tem sido uma das zonas mais procuradas da feira. “Conseguimos reunir um grande número de representantes do melhor que se produz em Portugal, a nível de produtos de origem certificada”, disse ao nosso jornal Mário Louro, o enólogo responsável pela organização do espaço. “Procuramos fazer aqui o casamento perfeito entre o vinho e as mais variadas iguarias, onde as possibilidades são infinitas”, afirmou Mário Louro. “Há muito que o vinho deixou de ser simplesmente uma bebida, pelo que importa encontrar novas formas de promoção que lhe juntem a alimentação e os azeites, que acabam por estar interligados”, adiantou o responsável.

FEIRA NACIONAL DA AGRICULTURA | ESPECIAL 11

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Cartéis de luxo nas touradas de 10 e 14

Meninas bonitas trazem “boa onda” às noites de Feira Rita RedShoes e Ana Free∑ Noites fortes de música vão continuar

AAntónio Badajoz foi homenageado na tourada de dia 6 de Junho O “maestro” António Badajoz foi o grande homenageado na primeira corrida de toiros, no dia 6 de Junho, das três que acontecem em Santarém por estes dias. Segue-se a corrida de 10 de Junho, Dia de Portugal, às 17h30, uma tourada que vai trazer à Monumental Celestino Graça em Santarém um cartel formado pelos cavaleiros João Moura, Diego Ventura, e João Moura Júnior. Os 6 touros Passanha vão ser pegados pelos

Amadores de Santarém e de Alcochete. No dia 14 de Junho encerra esta trilogia de corridas de toiros, com um corrida às 17h, repleta de nomes jovens do toureio nacional. O cartel de cavaleiros é composto por António Ribeiro Telles, Sónia Matias, Manuel Caetano, e os praticantes Duarte Pinto Francisco Palha e Salgueiro da Costa. Pegam os 6 toiros da tarde o grupo de forcados amadores de Santarém.

Depois do concerto grande de Tony Carreira, este dia 9 de Junho, às 22h30, a Feira volta a ter dois grandes concertos, o de Rita Redshoes, no dia 10 de Junho, Dia de Portugal, a partir das 23h, e ainda o de Ana Free, a menina-sensação do You Tube, que vai estar na noite da Feira no dia 12 de Junho, às 22h30. David Antunes&Banda do Norte vão continuar a ser os principais animadores das noites e também não vão faltar os Dj’s na tenda electrónica. As Danças de Salão da Associação de Danças Desportivas de Tremez sobem ao palco no dia 10 de Junho, pelas 21h. Nesta noite volta também a famosa “mesa da tortu-

ra”, seguida de largada de toiros. A banda “Pontos Negros” actua na noite de dia quinta-feira, dia 11. Na sexta-feira, dia 12, David Antunes convida a também cara bonita Katia Moreira, ex-Just Girls. Os Azeitonas, a banda do norte apadrinhada por Rui Veloso, é a última grande actuação da Feira, no sábado, dia 13, pelas 23h30. Nesta noite há também “mesa da tortura” e entrada de toiros. No domingo, dia 14, a organização da Feira testa uma nova largada de touiros diurna, pelas 17h, com entrada e direito a todas as brincadeiras habitualmente realizadas nas largadas nocturnas.

A Ana Free vai estar na Feira no dia 12 de Junho

O Ribatejo

12

10 | Junho | 2009

D Comemorações na internet

santarém

Além do site da Presidência da República (www.presidencia.pt), a Câmara de Santarém criou um site com o programa completo das Comemorações em http://comemoracoes10junho2009. pt.vu/ assim como os mapas do condicionamento de trânsito.

EXPOSIÇÃO 12.21 ASSINALA DEZ SÉCULOS DE HISTÓRIA

A Cavaco Silva foi recebido na Casa da Alcáçova ao final da tarde de segunda-feira, por uma comitiva local e a tuna do Politécnico

Três dias com o Presidente Cavaco Presidente recebido na segunda-feira ∑ Comemorações do Dia de Portugal O Presidente Cavaco Silva chegou na segundafeira à tarde a Santarém, sendo recebido na Casa da Alcáçova, por uma comitiva local de autarcas e personalidades das diferentes instituições, acompanhados pela tuna do Instituto Politécnico de Santarém. As comemorações oficiais do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em Santarém iniciam-se no dia 9 de Junho com a inauguração,

pelo Presidente da República, da exposição “Portugal 12.21: Identidade, Território, Cultura, Religião e Linguagem” na Sala dos Actos do antigo seminário pelas 10h00. Segue-se pelas 10h50 o içar da bandeira e guarda de honra militar na Praça do Município. Pelas 11h00 decorre a sessão de boas vindas nos paços do concelho. Às 18h00 a Igreja de Santa Clara recebe o concerto de Rodrigo Leão

oferecido ao Corpo Diplomático, seguindo-se pelas 19h45 uma sessão de cumprimentos do corpo diplomático no antigo quartel da Escola Prática de Cavalaria. Às 21h00, o Convento de São Francisco recebe um banquete oferecido pela Presidência. A sessão solene do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas vai realizar-se no dia 10 de Junho no Campo Infante da Câmara pelas

12h00. Antes, pelas 10h00, o Presidente da República presta homenagem a Salgueiro Maia junto à estátua evocativa do capitão de Abril. Às 10h15 iniciase a cerimónia militar no Campo Infante da Câmara, com o desfile das tropas em parada, sobrevoo de formações de aeronaves e uma salva de 21 tiros de artilharia. Segue-se a sessão solene do Dia de Portugal, com o Hino Nacional cantado pelo Coro do

Círculo Cultural Scalabitano, uma alocução do presidente da comissão das comemorações, António Barreto, e o discurso do Presidente da República. O programa oficial termina com um almoço oferecido pela Câmara na Casa do Campino. Paralelamente, realizase um programa complementar de animação organizado pela Câmara Municipal junto à Praça de Touros.

Do Palácio de Belém para a casa da Alcáçova Desde o final da tarde de segunda-feira que a Casa da Alcáçova serve de “residência oficial” ao Presidente da República, durante estes dias das comemorações do 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades. Da Scallabis romana de Júlio César, a Casa da Alcáçova orgulha-se de possuir as ruínas mais antigas da Cidade, o “podium” (base) de um templo roma-

no do séc. I (a.C.) recentemente classificado como monumento nacional. Da Shantarin árabe à Santarém Medieval são vários os vestígios da ocupação humana deste espaço ao longo dos séculos. Assim, no interior da Casa é possível observar cisternas de água, abóbadas, silos escavados no subsolo, portas e muralhas. Na Casa (edifício do séc. XVII) hospedou-se por lar-

gas temporadas o poeta Bocage que aqui escreveu alguns dos seus sonetos, incluídos nas suas poesias eróticas ou satíricas. Cuidadosamente recuperada, a Casa mantém a traça arquitectónica e vestígios do passado com todas as comodidades e conforto exigido pelo presente. Cada um dos seus oito quartos é um pequeno mundo de charme e conforto, com obras de arte e antiguidades.

A Exposição Portugal 12.21 – Identidade, a inaugurar pelo Presidente da República no dia 9 de Junho, estará patente ao público na Sala dos Actos da Catedral de Santarém, até ao próximo dia 12 de Julho. Atravessando os dez séculos da História de Portugal, desde a fundação da nacionalidade até à actualidade, esta exposição apresenta um conjunto notável de peças e documentos que, pelo seu valor ilustrativo e pelo seu significado histórico e simbólico, aludem aos aspectos territoriais, linguísticos, culturais, políticos e religiosos que ajudaram a definir um perfil identitário e uma ideia de nação. Por cada século de história, uma peça, um documento e um texto de enquadramento atraem o visitante para uma viagem no tempo. Portugal 12.21 – Identidade é também uma oportunidade para homenagear um conjunto de pensadores, humanistas e escritores que reflectiram sobre Portugal e que, através da sua obra, contribuíram para enriquecer o património cultural português. Nomes como Damião de Góis, Padre António Vieira, Fernando Pessoa ou Agustina Bessa Luís são relembrados, evocando-se um autor por cada século, numa viagem, também, pela história da literatura portuguesa.

SANTARÉM 13

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Casével absteve-se nas europeias

Três Juntas de Freguesia reclamam obras em estradas Alargamento da A1 ∑ Quatro vias de acesso ficaram em muito mau estado

Do universo de 879 eleitores da freguesia de Casével, apenas 116 exerceram o seu direito de voto no domingo, 7 de Junho, o que deu uma taxa de abstenção a rondar os 86,5%. Foi este o resultado do apelo popular à abstenção às Europeias, feito através de um documento anónimo que andou a ser distribuído pelas casas e cafés da aldeia, na semana que antecedeu as eleições. A falta de uma solução para o asfaltamento da estrada do Casalinho, que liga Casével à EN3, foi o motivo deste boicote. Em muito mau estado há cerca de 20 anos, os dois quilómetros da

via são quase todos da responsabilidade da Câmara de Torres Novas, que se tem recusado a fazer obras numa estrada que serve maioritariamente uma freguesia do concelho de Santarém. Depois do corte de estrada e do protesto promovido pela população no passado mês de Fevereiro, as autarquias assumiram o compromisso de estabelecer um protocolo de entendimento. A Junta de Freguesia chegou a colocar uma placa no local onde acusa a Câmara de Torres Novas de desleixo, entretanto retirada, quando parecia haver uma solução para o problema.

As Juntas de Freguesia de São Vicente do Paul, Casével e Póvoa de Santarém emitiram um comunicado de imprensa conjunto onde acusam as empresas Brisa e Tecnovia de não respeitarem compromissos assumidos com a Câmara Municipal de Santarém e com estes órgãos locais durante a empreitada de alargamento da Auto-Estrada do Norte (A1). Em causa está a falta de reparação de algumas estradas e caminhos vicinais, que serviram para que os veículos pesados acedessem aos locais onde decorriam os trabalhos. Seis meses após a conclusão da obra, que durou perto de dois anos, as Juntas têm tentado lembrar a Brisa, dona da obra, e a Tecnovia, vencedora da empreitada, para a necessi-

A Carlos Trigo mostra estrada esburacada dade da “reposição urgente” das condições de circulação. “Segundo sabemos, a Brisa tem pressionado a Tecnovia para resolver a situação, mas nenhuma delas tem mostrado grande pressa”, disse ao nosso jornal o presidente da Junta de Freguesia de Casével, mostrando os muitos buracos deixados pela utilização

constante de uma das estradas de terra batida. Nesta localidade, existem dois caminhos que precisam de reparação urgente, ao passo que nas outras duas freguesias há uma estrada que precisa de beneficiação em cada uma delas. No comunicado conjunto, os três autarcas locais lamentam a posição das

empresas, lembrando que foram cooperantes com a necessidade de realização da obra e que nunca levantaram qualquer obstáculo à utilização das referidas vias, que tinham sido arranjadas com fundos das próprias Juntas de Freguesia. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

O Ribatejo

14 SANTARÉM

10 | Junho | 2009

Botas Castanho é o novo governador Governador civil ∑ Joaquim Botas castanho substitui Paulo Fonseca no cargo Joaquim Botas Castanho tomou posse como governador civil do distrito de Santarém esta terçafeira, dia 9, no Ministério dos Negócios, em Lisboa. Joaquim Botas Castanho afirmou a O Ribatejo que a sua prioridade como governador civil vai ser a de “servir, com total disponibilidade, o distrito de Santarém, como representante do Governo na região e elemento de ligação activa entre o distrito e o Governo”. O governador disse a O Ribatejo que vai estar particularmente atento, neste período de Verão que agora se inicia, às questões da prevenção e combate aos incêndios, assim como da problemática da segurança e da protecção civil em geral”. O governador promete “trabalhar com isenção e independência que o cargo exige” e vai dar especial atenção aos problemas sociais e económicos da região.

A Joaquim Botas Castanho estreia-se como governador civil de Santarém no Dia de Portugal em Santarém O novo governador civil adiantou a O Ribatejo que já estava convidado para as comemorações oficiais do 10 de Junho na qualidade Cônsul do Brasil, mas agora irá participar como governador. “Vai ser um baptismo como governador com um significado

especial, pois dificilmente poderia participar noutra cerimónia com mais nível e representatividade, um momento alto e de grande importância para a cidade de Santarém e para o distrito”. Antigo vice-presidente e vereador da Câmara Municipal de Santa-

rém, Joaquim Botas Castanho é o Cônsul Honorário do Brasil em Santarém. O novo governador civil tem 69 anos, é casado e tem um filho e uma filha. Licenciado em Sociologia, foi dirigente da Segurança Social e da Administração Regional de Saúde de San-

tarém. Foi ainda professor da Escola Superior de Enfermagem de Santarém. Enquanto vice-presidente da Câmara de Santarém, desempenhou ainda o cargo de presidente do conselho de administração dos Serviços Municipalizados de Santarém.

DIREITOS DA CRIANÇA EM COLÓQUIO NO POLITÉCNICO A Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém vai organizar um colóquio sobre o tema “Infância: o passado e o presente”, no dia 17. O colóquio assinala a o 20º aniversário da Declaração dos Direitos da Criança. O colóquio vai ter início às 9h30, com as participações de Ponces de Carvalho, presidente da OMEP, Lurdes Asseiro, presidente do IPS, Maria João Cardona, presidente da ESES, António Gomes Ferreira, Universidade de Coimbra, Agostinho Monteiro, da Universidade de Lisboa, Luís Vidigal, Ramiro Marquese Sónia Seixas, da ESES, Eliseu Raimundo, presidente da CPCJ de Santarém, Helena Borges, da Segurança Social, João Formosinho, da Universidade do Minho.

SANTARÉM 15

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Alcanede com maior obra social da região Pé da Pedreira ∑ Lar de idosos, creche e centro de dia integrados em projecto de 1,22 milhões de euros Está lançada a primeira pedra do novo lar de idosos de Pé da pedreira em Alcanede. Uma obra há muita esperada por estas populações serranas e que agora foi possível dar início graças ao dinamismo do Centro Social da Serra do Alecrim, uma instituição particular de solidariedade social criada pela Assembleia de Compartes dos Baldios de Valverde, Pé da Pedreira, Barreirinhase Murteira, os compartes destas terras. Apesar de só agora ser lançada a primeira pedra, a obra já tem pilares e é a maior obra social que está a nascer no distrito e uma das maiores do país. Aqui está a ser construído não só um lar de idosos, com capacidade para 30 utentes, mas também um centro de dia com capacidade para mais 25 e vai ser disponibilizado um servi-

A Idália Moniz, secretária de Estado da Reabilitação, e Moita Flores estiveram no lançamento da 1ª pedra ço de apoio domiciliário que vai chegar a mais 16 idosos. Mas esta obra não se fica por aqui, o Centro Social da Serra do Alecrim quis construir ainda uma creche, que terá capacidade para acolher 33 crian-

ças. Uma obra de monta e que vai custar cerca de 1,22 milhões de euros dos quais cerca de 840 mil são financiados pelo programa PARES do Ministério da Segurança Social. Mas para o presidente

do Centro Social da Serra do Alecrim esta obra é mais do que paredes e pilares: é a menina dos olhos de todos os que estão a trabalhar no projecto desde o início. “Nós estamos a tentar

criá-la, fazer dela uma mulher. Não éramos capazes de criá-la sozinhos e pedimos auxílio ao Governo, à Câmara, à junta, e havemos de pedir mais para conseguirmos torná-la adulta e ganhar estrutura para tra-

tar dos nossos idosos como eles merecem ser tratados”, referiu Manuel Inácio, presidente do Centro Social. Uma menina que já dá os primeiros mas que ainda precisa de mais apoios. Talvez por isso, e apesar dos pilares da obra já estarem de pé, o centro social não quis deixar de marcar o arranque da obra com o tradicional lançamento da primeira pedra, cerimónia em que marcou presença a secretária de Estado, Idália Moniz. “Queremos garantir que a partir do momento em que aqui entrem os utentes, este centro social tenha depositado na sua conta o respectivo montante que equivale à responsabilidade do Estado”, referiu Idália Moniz. Também o presidente da Câmara Moita Flores, garantiu apoio da autarquia. ver vídeo em www.oribatejo.pt

O Ribatejo

16 SANTARÉM

10 | Junho | 2009

A Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson vai fazer, no sábado, dia 20, às 16 h, a apresentação pública da Delegação Distrital de Santarém, em cerimónia no auditório da Casa do Brasil, em Santarém. A Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson tem a sua sede em Lisboa e dispõe neste momento de 10 Delegações distritais. ”Como objectivo principal queremos contribuir para a melhoria de qualidade de vida dos doentes de Parkinson deste País, que se estimam dever rondar os 20 mil pacientes”, afirmou o presidente da Associação. “A doença de Parkinson afecta, em média, 2 em cada 1000 indivíduos, pelo que no distrito de Santarém deverão residir cerca de 900 doentes para os quais e com os quais, queremos trabalhar”, adianta o responsável da delegação de Santarém.

As actividades da Associação podem ser conhecidas em www.parkinson.pt. Na sede e nas Delegações funciona um espaço polivalente, de acolhimento dos associados, de convívio e de lazer, ao mesmo tempo que haverá oportunidade de os doentes tomarem contacto com formas de superar as dificuldades ocasionadas pela doença e praticarem exercícios de fisioterapia. Nas Delegações realizamse Encontros de associados com a presença de médicos, fisioterapeutas, enfermeiros, terapeutas da fala e outros profissionais de saúde, acções de formação para cuidadores de doentes de Parkinson, passeios, actividades para angariação de fundos; actividades de sensibilização e de divulgação das dificuldades causadas pela doença, entre outros.

Centro escolar de Alcanede ganha prémio Ambiente ∑ Projecto distinguido pelo Instituto Superior Técnico O presidente da Câmara Municipal de Santarém, Francisco Moita Flores, recebeu, dia 27, um de dez diplomas atribuídos a nível nacional pelo Sistema LiderA, no Congresso “Oportunidades da Construção Sustentável”, que decorreu no Instituto Superior Técnico, em Lisboa. O prémio atribuído à Câmara de Santarém, é uma certificação de reconhecimento em fase de projecto, do Centro Escolar de Alcanede. O primeiro projecto municipal reconhecido pelo LiderA foi o do Centro Escolar de Alcanede, tendo o mesmo sido reconhecido como Classe A, demonstrando em média, um desempenho superior em cerca de 50 % face à prática usual. A autarquia é pionei-

ra no estabelecimento da parceria com o IST, com vista à aplicação de um sistema de avaliação e reconhecimento voluntário da construção sustentável e ambiente construído. Trata-se assim, do primeiro edifício / investimento público certificado ambientalmente pelo Sistema LiderA. O estudo prévio e a coordenação de todo o processo foram da responsabilidade da divisão de projectos da autarquia, tendo o atelier César Ruivo Arquitectos / Arquest, associado ao consórcio adjudicatário (empresas Secal, Eco-Edifica e Asibel), desenvolvido os projectos de execução de arquitectura e das especialidades. A primeira pedra do Centro Escolar de Alcanede foi lançada no dia 1 de Fevereiro,

arquivo

Doentes de Parkinson com sede em Santarém

A Lançamento da primeira pedra do centro escolar

ACHETE | ROTA DAS FREGUESIAS 17

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

achete

texto e fotos ∑ João Baptista

FESTAS DOS SANTOS POPULARES A Freguesia de Achete prepara-se para as festas populares que vão animar os principais lugares nos próximos dias. Primeiro vai ser a Festa de Santo António em Advagar, nos dias 12, 13 e 14. Segue-se a Festa de S. João, no Verdelho, nos dias 19, 20, 21 e 23. No fim de semana seguinte, dias 27 e 28, realizam-se as festas de S. Pedro, em Dona Belida.

JUNTA TEM POSTO DE CTT E NOVAS OPORTUNIDADES

A Joaquim Júlio Saramago, presidente da Junta de Achete, aponta o arranjo da sede da Junta como uma das principais obras do mandato

A freguesia das 37 aldeias Qualidade de vida ∑ Presidente da Junta de Achete fala das obras de embelezamento na freguesia Achete é uma freguesia constituída por 37 aldeias e lugares que são o orgulho dos moradores e do presidente da Junta de Freguesia, Joaquim Saramago, que se tem empenhado em embelezar e dar melhor qualidade de vida às populações. Joaquim Júlio Saramago faz um “balanço positivo” do trabalho realizado durante este mandato que se aproxima do final. O autarca eleito pelo PSD destaca, especialmente, a construção de uma nova sala polivalente de apoio ao jardim-de-in-

fância, para servir as refeições aos alunos das escolas da freguesia e para actividades extracurriculares de prolongamento de horários. A sala do jardim-de-infância é fre-

Pavilhão desportivo do Verdelho é prioridade

quentada por cerca de duas dezenas de crianças e funciona no rés-do-chão do edifício da sede da Junta de Freguesia. A obra foi inaugurada em Dezembro, em simultâneo com

os arranjos exteriores do espaço envolvente do edifício, onde foi construído um parque infantil e um jardim público com zonas verdes e estacionamento. O investimento

∑ A ampliação do pavilhão gimnodesportivo do Verdelho é uma das grandes prioridades do presidente da Junta de Freguesia de Achete, Joaquim Saramago, de forma a permitir servir de base ao desenvolvimento do futsal de Achete, que nos últimos anos tem sido o grande embaixador de Santarém nesta modalidade, assim como outras actividades desportivas e culturais. O projecto que incluiu o arranjo e ampliação do pavilhão do Centro de Desporto e Cultura do Verdelho já está incluído no orçamento da Câmara Municipal de Santarém deverá iniciar-se logo que haja disponibilidade de verbas.

rondou os 125 mil euros. O autarca sublinhou ainda a requalificação do Largo da Igreja, obra realizada em 2006, e a seguir conseguiu-se alcatroar duas estradas que andavam há muito nos programas eleitorais da freguesia, que eram as estradas da Areosa e de Vale Flores. A Junta está localizada em Casais da Igreja, onde se encontram os principais equipamentos colectivos da freguesia como a sede da Junta, a Casa do Povo, o jardim-de-infância, a igreja e o cemitério.

A Junta de Achete fez um acordo com os CTT que permite manter em funcionamento uma estação dos correios na sede da freguesia. Da recepção e envio de encomendas e cartas, ao pagamento das pensões, de telemóveis e telefones, electricidade e água, é todo um conjunto de serviços disponíveis na Junta de Achete, que evita deslocações. As instalações da Junta têm servido de escola para os cursos das Novas Oportunidades, ministrados pelo Isla-Santarém. No primeiro ano funcionou para os alunos que fizeram o 9ºano, com 31 pessoas a frequentarem as aulas em 2008, e este ano há mais 18 pessoas no 9º ano e outras 18 no 12º ano. A Junta de Freguesia, onde funciona um espaço de internet gratuito, vai acolher em breve também um curso de iniciação à informática que conta mais de 50 inscrições de pessoas da freguesia.

O Ribatejo

18 ROTA DAS FREGUESIAS | ACHETE

10 | Junho | 2009

FREGUESIA DE ACHETE COM CONTAS EQUILIBRADAS E PAGAMENTOS A 30 DIAS

Lar de idosos é prioridade Candidatura∑ Primeiro projecto não foi aprovado, nova candidatura em curso Uma das principais prioridades da freguesia é a construção do lar de idosos e centro de dia na freguesia. O projecto é promovido pelo Centro Paroquial de Dona Belida, com o apoio da Junta de Freguesia. “Foi apresentada há pouco tempo uma nova candidatura para financiamento da Segurança Social pela Instituição Particular de Solidariedade Social de Dona Belida, ligada à Igreja, e tive uma reunião recentemente com o pároco da freguesia e o vice-presidente da Câmara de Santarém, para tentarmos encontrar outras fontes de financiamentos, pois o primeiro projecto apresentado há dois anos foi chumbado pela Segurança Social”, disse o presidente da Junta de Freguesia. “O projecto teve de ser reformulado, devido ao seu elevado valor de investimento”, adiantou o autarca.

A A Junta está empenhada em viabilizar o projecto social do Centro Paroquial de Santa Maria O Centro Social Paroquial de Santa Maria de Achete pretende criar um centro comunitário, um serviço de apoio domiciliário, e uma casa de acolhimento para mulheres vítimas de violência doméstica. Numa segunda fase, o

projecto incluía a construção de um lar da terceira idade. O investimento previsto neste grande projecto integrado de desenvolvimento local ascendia a cerca de três milhões de euros. O projecto deverá ser construído na Quinta de

Dona Belida, propriedade com cerca de dois hectares cedidos à Paróquia pela Congregação das Irmãs Dominicanas. Além de responder às necessidades da freguesia que conta com uma população envelhecida e muitos idosos carenciados – mais

de 650 pessoas com mais de 65 anos numa população de cerca de 2000 habitantes – o projecto contemplava a construção de uma casa abrigo para mulheres vítimas da violência doméstica, com capacidade para 20 mulheres e respectivos filhos menores.

A Junta de Freguesia de Achete faz ponto de honra pagar aos fornecedores a 30 dias, e ter as contas equilibradas. “Claro que as obras mais volumosas obrigam a fasear os pagamentos, mas temos a situação controlada, conseguimos manter um equilíbrio das contas e honrar os compromissos com os fornecedores dentro de prazos razoáveis”, afirmou o presidente Joaquim Saramago. “Temos duas carrinhas novas para transporte de passageiros e garantimos o apoio ao desporto e a todas as associações da freguesia, desde o Verdelho a Dom Fernando, Advagar, Comeiras a Fonte da Pedra, assim como à Casa do Povo, à Associação de Caçadores, aos dadores de sangue e ao Grupo de Futsal de Achete.

ACHETE | ROTA DAS FREGUESIAS 19

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Saneamento em conclusão Investimento ∑ Falta ainda a Etar no sistema de saneamento do Verdelho A freguesia de Achete é constituída por 37 aldeias e lugares. “É uma freguesia extensa e com um povoamento muito disperso, sendo que o único aglomerado populacional com dimensão para ter saneamento básico é o Verdelho”, afirmou Joaquim Saramago, presidente da Junta de Achete. “As obras

A Adversários também não anunciaram candidatos

Joaquim Saramago decide candidatura em Julho Joaquim Saramago reserva para Julho a sua decisão sobre uma possível candidatura a um terceiro mandato na Junta de Freguesia de Achete. “Há sempre muito por fazer para melhorar a vida das populações, mas acho que já fiz muito por esta freguesia, onde se fizeram muitas mais obras nestes dois mandatos do que nos 25 anos anteriores em que o PS esteve à frente da Junta e em que ninguém já se recorda de nenhuma inauguração de uma só obra”, afirmou Joaquim Saramago, de 64 anos de idade, reformado do serviço de fiscalização das Finanças. “O segredo do sucesso foi o trabalho do primeiro mandato, com uma gestão rigorosa das verbas que permitiu criar um fundo de maneio que nos permite manter os pagamentos em dia, inclusive fazer compras a pronto pagamento, e assim regatear melhores

preços com os fornecedores e empreiteiros, porque eles sabem que pagamos a horas”, afirmou Joaquim Saramago. “Depois trabalhámos muito na apresentação de candidaturas que nos deram financiamentos para as obras necessárias na freguesia”, adianta o autarca. Eleito pelo PSD nestes dois mandatos consecutivos, Joaquim Saramago tem governado com maioria absoluta, sendo o PS a segunda força política, que esteve à frente da freguesia nos 25 anos anteriores. “Só irei anunciar a minha decisão em Julho, depois de verificar se tenho condições para trabalhar num novo mandato com a mesma energia destes últimos oito anos, mas não há pressa porque ainda faltam quatro meses para as eleições autárquicas também nenhum dos meus potenciais adversários políticos anunciou qualquer candidatura à freguesia”.

do saneamento do Verdelho/Póvoa de Santarém estão em fase de conclusão, faltando ainda a construção da estação de tratamento de águas residuais”, adiantou. “Temos feito muito trabalho no arranjo estradas rurais da freguesia, recuperámos cerca de 35.000 m2 de estradas, cerca de 4

km de caminhos que deixaram de estar em terra batida ”, referiu. Realçou ainda a criação de dois novos parques infantis no Verdelho e em Advagar. “Embelezámos a zona da colectividade de Advagar, fizemos arranjos em Dom Fernando e vamos fazer mais algumas obras em Dom Fernando e na fon-

te de Dona Belida, assim como as casas de banho junto ao cemitério”, afirmou o presidente. “Temos cerca de 100 mil euros aprovados pela Câmara e, quando os recebermos, vamos fazer o alcatroamento da estrada entre a igreja e Dom Fernando e outros troços”, referiu o autarca.

O Ribatejo

20 ROTA DAS FREGUESIAS | ACHETE

10 | Junho | 2009

Futsal de Achete luta pela subida Descida ∑ Fulsal de Achete voltou ao distrital e vai agora reforçar os meios para subir ao nacional Depois de ter sido a equipa sensação há dois anos, quando ganhou tudo o que havia para ganhar, este ano a equipa ressentiu-se do esforço e caiu da 3ª divisão nacional. “Vamos regressar na próxima época à 1ª distrital e preparar o regresso, mais sustentado, ao nacional”, afirmou a O Ribatejo Paulo Gaspar, presidente da direcção do Grupo Futsal Achete. “Melhor do que fizemos naquela época desportiva de 2007/2008 é difícil”, adiantou o dirigente. Paulo Gaspar sublinha, porém, que “não estávamos preparados para estes altos voos, pois quem não tem dinheiro e escalões de formação não consegue aguentar as exigências do nacional”. Fundado há seis anos, o Grupo de Futsal de Achete começou há apenas dois anos a apostar na formação, com a formação dos juniores, e este ano vai também ter uma equipa

A Grupo vai agora investir na formação de jovens para reforçar a equipa e preparar o regresso ao nacional de juvenis. “São precisos pelo menos três ou quatro anos de trabalho de formação de jovens para começarmos a ter resultados e ainda precisar de trabalhar muito para nos aguentarmos no nacional”, refere Paulo Gaspar. A obra de ampliação do

Pavilhão Gimnodesportivo do Verdelho é fundamental para o Clube de Futsal de Achete. Até aqui utilizou a nave do pavilhão gimnodesportivo de Santarém para as competições e treinos, mas as deslocações para a cidade constituem sempre um

acréscimo de custos e dificuldades logísticas, além de que teria um maior popular se os jogos se realizassem na freguesia”, refere o dirigente. O Clube conta com mais de uma centena de associados e tem a sua sede social na Casa do Povo de Achete.

Empresário da construção civil, Paulo Gaspar recorda que o clube nasceu de um conjunto de equipas de empresas que se juntavam para uns jogos e convívios, e que decidiram juntar-se para constituir uma equipa da freguesia para competir no campeonato.

NOVA EQUIPA DE JUVENIS É NOVIDADE O Clube já está a preparar a próxima temporada, que recomeçará em Setembro para os seniores, e em Outubro para os juvenis e juniores. “Já temos o plantel fechado para a próxima época, com um conjunto de treinadores credenciados: César Tavares nos seniores, Bruno Fuzeiro nos juvenis e Rui Cardoso nos juniores. “As equipas são constituídas com a prata da casa”, sublinha o presidente do Clube, de certo modo aliviado com a redução de custos que vai ter com a descida ao campeonato distrital. “A maior parte dos jogadores jogam aqui por amor à camisola, pois o que recebem quase não dá para o combustível”. “Claro que o nosso objectivo na próxima época é lutar para subir, de novo, ao nacional ou pelo menos contamos ficar entre os primeiros lugares do distrital”, afirma Paulo Gaspar.

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Junta de Freguesia de Achete

ACHETE | ROTA DAS FREGUESIAS 21

Casais da Igreja Telef.: 243 469 555 2000-346 Achete Fax 243 468 330

O Ribatejo

22

região

10 | Junho | 2009

D Independentes em Samora

O movimento independente “Samora Agora” vai apresentar publicamente a sua lista às autárquicas e inaugurar a sede de campanha, situada na Praça da República, em Samora Correia, no dia 20 de Junho, pelas 18 horas.

lezíria do tejo

Assalto ao Pingo Doce rende mais de 20 mil euros Em menos de quatro minutos, um grupo de cinco indivíduos furtou cerca de 20 mil euros em material informático e electrodomésticos do Pingo Doce de Almeirim, na madrugada de ontem. Fonte do supermercado disse ao nosso jornal que os assaltantes, após arrombarem uma das portas de emergência, levaram uma grande quantidade de computadores portáteis, Playstation’s, televisores de plasma e máquinas de barbear, entre outros objectos que estavam em exposição

na loja Electric.Co. O grupo conseguiu fugir antes da chegada da GNR, numa carrinha Nissan Vanete que estava parada junto à porta principal do supermercado. O assalto foi filmado pelo sistema de videovigilância e as imagens já foram entregues às autoridades. Aberto em Maio de 2007, então como Feira Nova, este é o segundo assalto ao estabelecimento de Almeirim. No primeiro, os ladrões entraram pelo telhado e roubaram apenas na tabacaria.

Cadastrado em julgamento por furto em residência

O Tribunal de Almeirim vai começar a julgar por furto qualificado um homem de 36 anos, com um longo cadastro, que alegadamente assaltou uma residência na rua da Padilha, em Setembro de 2007. O processo, a que o nosso jornal teve acesso, envolve ainda uma mulher de 22 anos, acusada de um crime de receptação. O arguido é suspeito de ter furtado vários artigos em ouro, avaliados num total de 867 euros, e dois leitores MP3, avaliados em 80 euros, objectos que estavam no quarto do dono da casa assaltada. À saída, o indivíduo terá entregue os dois leitores de música à sua

cúmplice, natural do concelho de Torres Novas mas a residir em Santarém. O casal acabou por ser identificado porque um cunhado da vítima viu-os a rondar a casa, pouco depois da hora de almoço, junto às arcadas que dão para a Rua de Alparca. Depois do assalto, a arguida foi apanhada perto da estação de distribuição dos CTT de Almeirim com os dois MP3 escondidos dentro da mala. O arguido, conhecido pela alcunha de “Muchacho”, já foi condenado mais que uma vez pelos crimes de burla, falsificação de documento e furto, tendo cumprido pena efectiva de prisão.

PS APRESENTA CANDIDATOS EM ALPIARÇA

A José Medeiros presidiu ao 60º aniversário dos Bombeiros Voluntários

CDOS vai mudar-se para Almeirim Futura sede ∑ Será construída na zona industrial Almeirim vai acolher a sede do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS). O anúncio foi feito pelo secretário de Estado da Protecção Civil, José Medeiros, que presidiu às comemorações oficiais do 60º aniversário dos Bombeiros Voluntários de Almeirim, no sábado, 6 de Junho. A Câmara Municipal de Almeirim já disponibilizou um terreno na zona industrial com cerca de 5.400 metros quadrados, totalmente infra-estruturado, para a construção da futura sede do CDOS, que actualmente funciona dividido entre Tomar (o centro operacional está sedeado no quartel dos bombeiros locais) e Santarém (a parte administrativa funciona nas instalações do Governo Civil). “Para nós, esta notícia é um grande motivo de orgulho”, disse ao nosso jornal Pedro Ribeiro, vereador na Câmara de Almeirim e presidente da associação humanitária dos bombeiros. “Faz todo o sentido colocar aqui o CDOS, por-

que, do ponto de vista operacional, estamos mesmo no centro do país, a apenas sete quilómetros de Santarém, com ligações à A13 e ao futuro IC3, que fará a ligação do concelho para norte”, defende Pedro Ribeiro. O secretário de Estado não avançou com nenhuma data ou prazo para a transferência do CDOS, mas o vereador espera “que ocorra no mais curto espaço de tempo possível, porque o actual modelo de funcionamento coloca problemas aos mais variados níveis do socorro”. Também não foi dito quanto custará o futuro edifício, mas sabe-se que vai ser candidatado pelo gover-

no a fundos do QREN. Como prenda em dia de aniversário, o secretário de Estado anunciou que a corporação de Almeirim vai receber, ainda em 2009, um novo veículo urbano de combate a incêndios (VUCI). “Este novo veículo vai ser melhor que o que tínhamos, e que entretanto foi abatido, porque vem equipado com material de desencarceramento”, acrescentou Pedro Ribeiro. O excomandante dos bombeiros de Almeirim e actual comandante dos municipais de Santarém, José Alberto, foi um dos muitos soldados da paz distinguidos durante a sessão solene.

A candidatura autárquica do PS em Alpiarça, liderada pela actual deputada Sónia Sanfona, vai apresentar publicamente os cabeças de lista à Assembleia Municipal e Junta de Freguesia no sábado, 13 de Junho, durante um jantar que se realiza na Quinta de São José, a partir das 19h30. Entre os dias 15 e 18 de Junho, a candidata vai reunir com responsáveis de todas as colectividades e associações do concelho, e tem em agenda um encontro com os empresários e representantes de todos os sectores de actividade, no dia 19 de Junho, às 21h30, na sede da Junta de Freguesia. A apresentação da lista candidata à Câmara será feita a 4 de Julho, durante uma festa campestre na Barragem dos Patudos.

OS “ÁGUIAS” PRESERVAM AMBIENTE O Clube Desportivo “Os Águias” de Alpiarça associou-se à empresa “Pédecão Ambiente” para passar a receber todo o tipo de óleos alimentares usados (desde o azeite aos óleos de fritura, entre outros) em depósitos adequados. Esta iniciativa, além de ajudar financeiramente o clube, visa sensibilizar e incentivar os habitantes a aderirem à reciclagem deste tipo de resíduos altamente poluentes, protegendo o meio ambiente. Após cheios, os recipientes podem ser entregues na sede do clube, onde existe um depósito adequado para a recolha dos óleos. Aos restaurantes, cafés e comércio da vila, os “Águias” disponibilizam gratuitamente os recipientes e responsabilizam-se pela recolha. Esta campanha já arrancou em alguns espaços comerciais de Alpiarça, e está a ter boa aceitação.

BENAVENTE | ALMEIRIM | CARTAXO | REGIÃO 23

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Ex-gerente bancário continua sem ser ouvido pela justiça

BENAVENTE VAI TER CASA SINDICAL A União dos Sindicatos de Santarém (USS), estrutura afecta à CGTP-IN, vai inaugurar a nova casa sindical de Benavente no próximo dia 25 de Junho, às 14 horas, com a presença do secretário-geral da CGTP, Carvalho da Silva. Este novo espaço, que vai funcionar em instalações cedidas pela Câmara Municipal (na rua Dr. Manuel Lopes de Almeida), destina-se a prestar apoio a trabalhadores dos concelhos de Benavente, Salvaterra de Magos e Coruche. A partir das 15 horas, no cine-teatro da vila, a USS/ CGTP-IN promove um encontro de organizações regionais do trabalho (ORT’s), que tem como principal objectivo debater a situação dos trabalhadores, os direitos laborais e o aparelho produtivo nacional, segundo uma nota de imprensa desta estrutura sindical.

ASAE ENCERRA ESTABELECIMENTO NO CARTAXO Um estabelecimento de diversão nocturna no Cartaxo foi encerrado na madrugada de domingo, 7 de Junho, pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), durante uma operação de fiscalização realizada em conjunto com a GNR do Cartaxo. Segundo um comunicado da GNR, o bar foi encerrado “por não cumprir os requisitos legais de funcionamento”. Esta acção incluiu ainda operações de fiscalização de trânsito em vários pontos da cidade, que resultaram na detenção de cinco automobilistas apanhados ao volante com excesso de álcool. Foram fiscalizados um total de 312 condutores, tendo sido passadas 39 autuações.

A Rui Sá Gomes presidiu no Cartaxo às comemorações do 132º aniversário do Comando da PSP de Santarém, em Maio de 2008

Esquadra da PSP do Cartaxo não saiu da gaveta PSD ∑ Acusa Paulo Caldas de não pressionar governo “Onde está a nova esquadra da PSP?”, questiona através de comunicado a comissão política do PSD do Cartaxo, lembrando que o secretário de Estado da Administração Interna, Rui Sá Gomes, esteve na cidade no passado dia 21 de Janeiro para assinar com a autarquia o protocolo para a concretização do projecto. Lembrando ter sido anunciado que “a obra arrancava durante o primeiro trimestre de 2009”, os social-democratas dizem ser “urgente que o governo e a autarquia esclareçam porque é que o protocolo que assinaram não está a ser cumprido”. O primeiro anúncio da construção da nova esquadra foi feito com pompa e circunstância em Maio de 2008, durante as

comemorações oficiais do 132º aniversário do Comando da PSP de Santarém. O Cartaxo foi a cidade escolhida para acolher as cerimónias, presididas por Rui Sá Gomes, que chegou mesmo a afirmar que a obra seria “uma realidade no mais curto espaço de tempo possível”. Previu até a sua conclusão durante 2009, mas o facto é que a construção do novo edifício ainda nem sequer arrancou. O PSD acusa ainda o presidente da Câmara, Paulo Caldas, de não denunciar a situação nem “defender os interesses da população do Cartaxo”. “Quem anda a enganar quem?” e “quem anda a prometer o quê?” são duas questões que as estruturas locais do partido laranja querem ver respon-

didas, uma vez que está prestes a terminar o actual mandato autárquico e legislativo. Segundo o que foi anunciado, a construção da nova esquadra da PSP do Cartaxo custaria cerca de 1,1 milhões de euros, em que o governo se comprometeu a suportar 90% do investimento, cabendo os restantes 10% à autarquia, que cede também o terreno. A actual esquadra da polícia funciona nas traseiras do edifício dos Paços do Concelho, sem condições de dignidade para os agentes e oficiais que ali prestam serviço. Há muitos anos que a Câmara reclama este investimento ao poder central. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

O ex-gerente da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo (CCAM) de Rio Maior, envolvido em pelo menos três processos judiciais, dois a correr no Tribunal de Rio Maior e outro em Santarém, continua sem ser ouvido pela justiça. No dia 5 de Junho, o início do julgamento em que um cliente reclama a devolução de cerca de 250 mil euros à CCAM foi adiado pela terceira vez, desta feita porque a juízapresidente esteve envolvida na preparação do processo eleitoral para as Europeias do passado domingo. Neste processo cível, no Tribunal de Santarém, o ex-gerente não é arguido, mas é uma das testemunhas principais. Recorde-se que a CCAM recusa devolver o dinheiro ao cliente alegando que terá sido o ex-gerente, com a ajuda de terceiros, a desviar os fundos reclamados

pelo lesado. Um dos processos no Tribunal de Rio Maior tem início marcado para dia 19 de Junho. O bancário está pronunciado pelos crimes de burla, falsificação de documentos, apropriação ilegítima e administração danosa, em acusação deduzida pelo Ministério Público (MP) depois de uma denúncia que partiu da instituição bancária. É suspeito de ter desviado mais de 340 mil euros, movimentando o dinheiro em 11 contas paralelas que ele próprio criou. É ainda arguido num processo cível em que a CCAM exige o ressarcimento de mais de 500 mil euros, somando os juros de mora desde a descoberta do esquema. O julgamento também já foi adiado uma vez, quando o advogado do arguido pediu uma perícia ao seu estado psicológico.

GNR de Almeirim apanha cadastrado a assaltar casa Uma patrulha da GNR de Almeirim deteve um cadastrado em flagrante delito a assaltar uma residência na cidade, no passado sábado, 6 de Junho, pelas 17h30. A detenção ocorreu quando o indivíduo, de 48 anos, se preparava para fugir da casa, transportando consigo vários objectos valiosos em prata, relógios e garrafas de bebida, avaliados entre 500 a 600 euros. O homem, que já cumpriu nove anos de prisão efectiva por vários crimes, passou duas noites na cela de detenção do posto da GNR de Almeirim e foi presente a um juiz de instrução crimi-

nal do Tribunal de Santarém na segunda-feira, 8 de Junho. O homem foi constituído arguido e colocado em prisão domiciliária, em Almeirim. Enquanto a pulseira electrónica não lhe for colocada pelo Instituto de Reinserção Social, o arguido vai ter uma patrulha da GNR 24 horas por dia à sua porta. Esta situação ocorreu recentemente com o suspeito de ter disparado tiros de caçadeira ao posto da GNR de Alpiarça, colocado em prisão domiciliária no Frade de Cima, o que obrigou a um esforço suplementar por parte dos militares.

O Ribatejo

24

região

10 | Junho | 2009

D Feira medieval Payo de Pelle

A escola básica da Praia do Ribatejo, concelho de Vila Nova da Barquinha, vai ser palco da I feira medieval de Payo de Pelle, no dia 19 de Junho, que inclui uma recriação histórica da Idade Média e uma grande ceia medieval.

médio tejo

ABRANTES COM NOVA ESTAÇÃO DE TRANSFERÊNCIA

A No Dia Mundial do Ambiente, o secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa e o do Desenvolvimento Regional, Rui Baleiras vieram a Alcanena confirmar o acordo para a realização de obras no sistema de tratamento de efluentes

Protocolo para salvar Alviela Acordo tripartido ∑ Câmara, industriais e Ministério do Ambiente assinam acordo para obras no sistema A Câmara de Alcanena, associação dos industriais dos curtumes e Ministério do Ambiente assinaram no dia 5 de Junho um protocolo para resolução dos problemas do sistema de tratamento de resíduos industriais do concelho, num investimento de 21,2 milhões de euros. Este projecto integrado, que contará com financiamentos do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), prevê que as obras sejam assumidas pela Câmara Municipal de Alcanena, Associação de Utilizadores do Sistema de Tratamento de Águas Residuais de Alcanena (AUSTRA), Instituto da Água (INAG) e pela recém-criada Administração da Região Hidrográfica do Tejo (ARH Tejo), que coordenará todo o processo. Uma das candidaturas já aprovadas é a do projecto de protecção contra cheias da Estação de Tratamento de Águas Residu-

ais (ETAR) de Alcanena, uma obra da responsabilidade do Instituto da Água (INAG), que vai custar cerca 777 mil euros (75 por cento dos quais suportados pelo Programa Operacional do Centro), adjudicada desde Abril.Em fase de adjudicação está também a obra da recuperação da cascata do Mouchão Parque de Pernes, também da responsabilidade do INAG e que vai custar cerca de 917 mil euros, financiados a 60 por cento pelo Programa Operacional do

Industriais dizem que acordo é “luz ao fundo do túnel”

Alentejo. Ambas as obras devem arrancar em breve, estando prevista a sua conclusão para 2010. A aguardar aprovação está o projecto de reabilitação da zona de lamas não estabilizadas, a conhecida célula A do aterro de Alcanena, que foi alvo de uma candidatura ao Programa Operacional de Valorização do Território (POVT) por parte da ARH Tejo, estando a obra orçada em cinco milhões de euros, prevendo-se que seja comparticipada a 70 por

cento. A conclusão desta obra está prevista para o final deste ano. Com candidatura em fase de conclusão está, nomeadamente, o projecto para a remodelação dos cerca de 40 quilómetros da rede de colectores de águas residuais de Alcanena, com a separação dos efluentes domésticos dos industriais, uma obra que se prevê custar cerca de 5,9 milhões de euros. O mesmo acontece com os projectos de melhoria da eficiência do sistema de tra-

∑ Os representantes da AUSTRA declararam-se satisfeitos com o asinado. “Parece que, desta vez, que a luz que se vê ao fundo do túnel não é luz do comboio que vem para nos atropelar mas é mesmo a luz da saída”, disse Fernando Fernandes, presidente da AUSTRA, dirigindo-se aos industriais presentes. O sistema de tratamento dos efluentes industriais e domésticos de Alcanena começou a ser construído na década de 1980, tendo sido dado como concluído em 1999. Até essa data, os efluentes industriais de Alcanena eram enviados directamente para o rio e representavam uma carga poluente equivalente a uma cidade de 200 mil habitantes.

tamento da ETAR, orçado em sete milhões de euros, e o de construção de uma unidade de tratamento de resíduos industriais (raspas verdes), que se prevê custar cerca de 1,6 milhões de euros. Apesar destas três principais obras, da responsabilidade conjunta da Câmara e da AUSTRA, estarem ainda por candidatar, o secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa, disse que o projecto global tem “todo o apoio político” do Governo e que se trata de “um problema que tem sido acompanhado desde o início do mandato”. Também o presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Alfredo Marques, garantiu a O Ribatejo que existe dotação financeira para estes três projectos, no quadro das medidas de apoio do Programa Operacional do Centro. Bruno Oliveira

Abrantes tem uma nova estação de transferência de resíduos sólidos urbanos, instalada na Concavada. Um investimento de um milhão de euros que permite enviar cerca de 25 mil toneladas/ ano de resíduos biodegradáveis para Avis. “Com a entrada em funcionamento desta estação será possível o aproveitamento de 50% dos resíduos recolhidos, transformando matéria orgânica para compostagem e futura aplicação na agricultura, e de mais 20%, levando para reciclagem plásticos, metais e algum cartão”, sublinhou Rui Gonçalves, presidente da Valnor. No espaço do aterro, a encerrar dentro de um ano, irá nascer uma unidade de produção de energia. “Vamos aproveitar o biogás do aterro e transformá-lo em energia eléctrica e vendê-la para a EDP ou outros produtores de energia. Com isso poderemos reduzir os custos da tarifa da Valnor, que os municípios pagam pelo tratamento dos resíduos”, adiantou o presidente da Valnor. A Valnor aproveitou a inauguração para anunciar mais uma acção de solidariedade social: o jovem Vitor Casola, que esteve presente com os seus pais, vai ter uma cadeira de rodas articulada, essencial à sua locomoção. A Valnor, empresa intermunicipal responsável pela valorização e tratamento dos resíduos sólidos urbanos, integra 19 autarquias do Alto Alentejo, Ribatejo Norte e Sul da Beira Baixa.

ABRANTES | BARQUINHA | TOMAR | REGIÃO 25

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Praia fluvial de Aldeia do Mato tem qualidade ouro

A Hugo Bio, Rogério Coimbra, Emanuel Marques, Joel Seguro e Carlos Ferreira

Alunos de Tomar inventam sistema anti-carjacking Projecto ∑ Simplicidade é uma das principais características do protótipo Cinco alunos do 12º ano estão a desenvolver o protótipo de um sistema anti-carjacking, totalmente concebido e montado no âmbito das aulas de área de projecto na Escola Secundária Santa Maria do Olival, em Tomar. Basicamente, funciona como um imobilizador do veículo através do corte da combustão, e o aparelho já está montado e a funcionar no carro de um deles. “Quando ocorre uma situação de carjacking, a vítima tem um telecomando que acciona após o carro lhe ser roubado”, explicou ao nosso jornal Emanuel Marques, explicando que “este sistema é inovador porque o carro não pára logo de imediato, é o utilizador que programa um temporizador para que o veículo se afaste”. Desta forma, “afasta-se o perigo do ladrão voltar para trás e exercer represálias sobre a vítima, porque criase sempre uma distância de segurança”, explica. “Entretanto, a vítima do assalto pode logo ir te-

lefonando para a polícia, sabendo que o carro vai parar nas proximidades”, acrescenta Joel Seguro, que, juntamente com os colegas Carlos Ferreira, Rogério Coimbra e Hugo Bio, constituem o grupo “mundo do crime”. Os estudantes garantem que este sistema, além de simples, é muito mais barato que a oferta disponível no mercado, visto não utilizar GPS ou telemóvel. Foram eles que compraram todas as peças e componentes, tanto do protótipo como do controlo remoto, que não chegaram a custar 100 euros. Os jovens não escondem que gostariam de ver a sua ideia comprada ou desenvolvida por uma

empresa, e estão a tentar juntar dinheiro para autenticar a patente junto do Instituto Nacional da Propriedade Industrial. “Estamos a tentar arranjar alguns apoios, porque não é assim tão barato quanto isso. Se alguém quiser ajudar, ficamos agradecidos”, diz Joel seguro. A ideia de realizar um trabalho que abordasse a criminalidade surgiu “porque queríamos um tema que mexesse com a comunidade local, algo que fosse útil para as pessoas, e acho que conseguimos fazer isso”, afirmou Emanuel Marques. No âmbito deste projecto, estes alunos da área de ciências e tecnologia já organizaram uma conferência

Jovens seguem estudos noutras áreas

∑ Apesar de garantirem que sentiram grande satisfação pessoal ao desenvolver este projecto, os cinco alunos da Secundária Santa Maria do Olival vão tentar seguir percursos universitários que nada têm a ver com a mecânica ou engenharia electrotécnica. Joel Seguro e Emanuel Marques querem entrar em medicina, ao passo que Rogério Coimbra quer ser advogado. Hugo Bio vai tentar administração aeronáutica na Academia da Força Aérea, e Carlos Ferreira vai procurar vaga na Academia Militar ou na Escola Superior da Polícia.

sobre o mundo do crime, onde estiveram presentes Francisco Moita Flores e Carlos Farinha (director do Laboratório Científico da Polícia Judiciária), uma demonstração de valências da GNR nas instalações da escola e uma visita de estudo à Escola de Polícia de Torres Novas. Na Internet, está disponível no endereço sites. google.com/site/mundocrime todo o trabalho desenvolvido ao longo do ano, estatísticas sobre o carjacking e a criminalidade, informação teórica e multimédia com vídeos da conferência e das restantes iniciativas. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

A praia fluvial de Aldeia do Mato, em Abrantes, foi uma das duas únicas praias do interior do país distinguida com “qualidade de ouro” pela associação ambientalista Quercus, uma classificação relacionada com a qualidade das suas águas. A vereadora responsável pelo ambiente, Céu Albuquerque, disse à Lusa que a atribuição à praia da Bandeira Azul e o seu reconhecimento da qualidade de ouro das suas águas é uma recompensa do trabalho feito na qualificação da zona. O “reconhecimento vai permitir aumentar a notoriedade desta praia fluvial e esperamos que tenha o consequente aumento de fluxos turísticos pelo que vamos continuar a investir na melhoria das suas condições”, explicou. Agora, “a autarquia vai apostar em campanhas de publicidade em revistas da especialidade e em jornais de âmbito nacional, a par de novos investimentos em sistemas de saneamento em Aldeia do

Mato e Carreira do Mato, o que ajudará a reforçar ainda mais a qualidade destas águas”, acrescentou. A atribuição do grau ouro acontece logo na primeira vez que a autarquia concorreu ao galardão, uma decisão tomada depois dos “investimentos efectuados ao longo dos últimos anos na praia fluvial”, disse Céu Albuquerque. Envolvida por uma extensa área florestal, a praia fluvial de Aldeia do Mato tem actualmente a funcionar várias estruturas de apoio, com uma piscina flutuante vigiada, cais de acostagem, restaurante-bar, bungalows e actividades ligadas aos desportos náuticos, como o remo, canoagem, gaivotas e jangadas. Segundo a vereadora, a autarquia planeia construir “novos equipamentos que tornem esta praia acessível a todos, nomeadamente com a instalação de rampas e instalações sanitárias para deficientes motores ou para pessoas com mobilidade condicionada”.

Ciência Viva no centro escolar da Barquinha

O novo centro escolar de Vila Nova da Barquinha vai ter também um centro ciência viva, num edifício desenhado pelo conceituado arquitecto Aires Mateus. Segundo informações da Câmara, trata-se de um investimento que ronda os quatro milhões de euros, financiado por fundos comunitários através do QREN. As obras arrancaram no passado mês de Maio, prevendo-se que o centro escolar esteja pronto para rece-

ber as crianças do pré-escolar e 1º ciclo no início do ano lectivo de 2010/11. O centro escolar, cuja elaboração do projecto contou com a colaboração da Universidade de Aveiro, está a ser construído nos terrenos do antigo campo de jogos da Barquinha, junto à antiga EN3. O centro ciência viva funcionará na envolvente da escola, e estará aberto à comunidade nos períodos não lectivos, segundo uma nota de imprensa da autarquia.

O Ribatejo

26 REGIÃO | ABRANTES

10 | Junho | 2009

Mil alunos de Abrantes sem aulas Cerca de 50 professores deixaram de dar aulas de enriquecimento curricular nas escolas do 1º ciclo do concelho de Abrantes no dia 1 de Junho, porque a empresa que os contratou não lhes paga há vários meses. Mesmo a trabalhar a recibos verdes, “há professores que não recebem o salário desde Março”, disse ao nosso jornal João Gonçalves, um dos docentes afectados. “São os alunos que ficam prejudicados, mas não podíamos continuar a ensinar de borla e sem perspectivas de quando vamos receber”, acrescentou. Esta situação afecta quase mil crianças, que ficaram sem aulas de actividade física e desportiva e expressão musical. O problema está num diferendo entre a Câmara Municipal de Abrantes e a empresa que venceu o concurso para leccionar as aulas de enriquecimento curricular, a Lúdico Ideias, de Leiria. “O serviço prestado pela empresa foi muito mau desde o início do ano lectivo”, disse ao nosso jornal a vereadora res-

arquivo

Salários em atraso ∑ Professores de enriquecimento curricular não recebem há três meses

A Crianças prejudicados por diferendo entre Câmara de Abrantes e empresa Lúdico Ideias ponsável pelo pelouro da educação, Isilda Jana. “Em Abril, quando somámos as horas já pagas e o número de faltas dos professores desde o início do ano lectivo, verificámos que nada mais tínhamos a pagar até ao final do ano”, explicou a vereadora, razão pela qual decidiu suspender as transferências de dinheiro para a empresa. Isilda Jana

diz “compreender o desespero dos professores”, mas “ser alheia a essa situação”. “Sabemos também que a empresa disse aos docentes que não pagava porque a Câmara estava em atraso, mas isso não corresponde à verdade”, garantiu ainda a responsável. O dono da Lúdico Ideias contesta esta versão e diz que tem “cerca de 100 mil

euros a receber da autarquia, desde Abril”, sendo esta a razão pela qual ainda não regularizou os salários. “A contabilização de faltas indicada pela Câmara está errada e foi feita em cima do joelho”, afirma Joaquim Albuquerque, que devolve à autarquia responsabilidades no mau arranque do ano lectivo. “Com tanta desorganização, em

Novembro, os agrupamentos nem sequer tinham os horários feitos para o enriquecimento curricular e, quando os fizeram, arranjaram mais problemas que soluções”, diz o empresário, que ainda espera resolver esta situação “a bem de todas as partes”. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

CRIA ENTRA EM PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO O Centro de Recuperação e Integração de Abrantes (CRIA) está a iníciar a certificação da qualidade dos serviços que presta, num processo que envolve todos os funcionários da instituição e que se vai estender até Dezembro de 2010. O CRIA será objecto de uma auditoria externa para a avaliação e respectiva acreditação de nível A. A certif icação da qualidade não envolve somente o desempenho dos recursos humanos, mas também as “condições físicas do edifício e do espaço envolvente, a conservação, a higiene e segurança, o que poderá implicar alguns investimentos de manutenção e modernização”, adianta a instituição em comunicado. A implementação de todo o trabalho para a certificação da qualidade está a cargo de uma empresa externa, e este processo é financiado no âmbito do “Programa Arquimedes”.

O Ribatejo

27

10 | Junho | 2009

politécnico

Instituto Politécnico de Santarém Integram o Instituto Politécnico a Escola Superior Agrária de Santarém, Escola Superior de Educação de Santarém, Escola Superior de Desporto de Rio Maior, Escola Superior de Saúde de Santarém e Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém

OS MEMBROS DO CONSELHO GERAL

A Alexandre Caldas

A Alunos da ESES voltaram a ganhar concurso do Poliempreende com projecto ligado à empregabilidade

29 anos de IPS com energia redobrada Novo conselho geral ∑ Personalidades de mérito tomam assento no órgão máximo do Politécnico O Instituto Politécnico de Santarém (IPS) comemorou o seu 29º aniversário numa cerimónia que marcou também a tomada de posse do presidente do Conselho Geral do Instituto, o órgão máximo do Politécnico, e que vai ser presidido por Alexandre Caldas, directorgeral do Centro de Gestão da Rede Informática do Governo,, irmão do presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Paul Caldas. Com Alexandre Caldas tomou também posse o secretário, o professor da Agrária, António Marques. Além destes dois elementos, o Conselho Geral vai ser composto por 11 professores, 3 alunos, 1 funcionário e por mais 6 personalidades externas cooptadas (fver caixa ao lado). Mas este foi também dia de entregar prémios aos vencedores do concurso regional do Poliempreende, que este ano foi vencido pelo projecto Moebius - From Technology to Employability, elabora-

do maioritariamente por alunos e docentes da ESES (ver caixa). Em segundo lugar, ficou o projecto DesPorTi da Escola Superior de Desporto e em terceiro, num prémio que foi entregue pelo Jornal O Ribatejo, ficou o projecto Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho da Escola Superior de Saúde de Santarém. Nesta cerimónia houve ainda lugar à entrega dos prémios das actividades desportivas, com a Escola Superior de Saúde a arrecadar a maio-

Projecto de emprego ganha Poli-empreende

ria dos troféus. Maria de Lurdes Asseiro, presidente do Instituto, salientou a importância do crescimento do número de alunos do Politécnico do ano lectivo anterior para este ano, o que significou também um aumento de mais 250 vagas. Como principal mensagem, a presidente deixou à plateia um apelo à capacidade de adaptação às novas mudanças que estão a ocorrer no ensino superior e, em especial, no próprio Instituto com

a entrada em vigor dos novos estatutos. Sempre com a internacionalização como um dos objectivos de fundo, Maria de Lurdes Asseiro salientou ainda a necessidade de adaptação à “forte concorrência internacional através de um novo paradigma de governança”. “Exige-se competência e ponderação de toda a comunidade académica, sobretudo na tomada de decisões, não podendo estas serem orientadas por interesses individuais ou

∑ O projecto vencedor deste ano do Poliempreende regional tem mais uma vez a mão de Maria Barbas, uma docente da Escola de Educação (ESES) . O projecto visa colocar ao serviço da empregabilidade e da inovação algumas ferramentas tecnológicas inovadoras em Portugal. Este projecto prevê uma formação com a duração de um mês e consiste em, numa primeira semana contactar com autarcas, empresários da região, elaborar currículos Europass, ter formação em real life e second life (uma nova plataforma de e-learning com grande interactividade). Numa fase mais adiantada, e já colocados em contexto de empresa, os formandos recorrem às chamadas “fab labs”, plotters que permitem moldar e construir objectos com vista à criação de ideias inovadoras. ser candidatados a apoios.

grupais mas sim na perspectiva da missão institucional”, pediu Lurdes Asseiro. Sobre o novo conselho geral e o seu presidente, Maria de Lurdes Asseiro, expressou a confiança de que considera este cargo “um parceiro fundamental na relação entre órgãos de gestão e estudantes”. Alexandre Caldas falou das dificuldades que os politécnicos vão passar nos próximos anos, sobretudo ao nível dos financiamentos, da qualificação do corpo docente e ainda as dificuldades da própria competição no sistema de ensino superior. “É preciso encontrar os pontos de excelência em cada uma das escolas e fazer valorizar esses pontos”, sugeriu Alexandre Caldas. “Se as universidades são centros de saber, os politécnicos são centros de excelência do saber-fazer. E têm duas grandes vantagens: estão muito próximos do território e muito próximos das pessoas”, destacou Alexandre Caldas.

Compõe o Conselho Geral do Instituto as personalidades externas, JoãoRamalho Ribeiro, coordenador da Unidade de Investigação de Produção Animal, - Eng. João Fonseca, Director da Unicer, Estêvão de Moura, Presidente do Conselho de Administração da Imprensa Nacional Casa da Moeda, José Vicente Moura. Presidente do Comité Olímpico Português, António Branco, director do Centro de Saúde de Tomar. Fazem ainda parte os professores Jorge Justino, director da Escola Agrária, António Marques, Maria João Cardona, directora da Escola Superior de Educação, Pedro Reis, Jorge Faria, presidente da Escola Superior de Gestão e Tecnologia, Hélder Pereira, João Samartinho, Abel Santos, presidente da Escola Superior de Desporto, José Rodrigues, José Amendoeira, presidente da Escola Superior de Saúde e Ana Margarida Nunes. Os alunos estão representados pelos colegas José Miguel Santos, do 2º ano de Engenharia Agronómica, Nuno Almeida do 2º ano de Contabilidade e Fiscalidade e de Pedro Silva do 3º ano de Psicologia do Desporto. António Fonseca, administrador dos Serviços de Acção Social do Instituto, é o representante dos funcionários. A presidente do Instituto tem assento neste conselho por inerência de funções.

O Ribatejo

28

10 | Junho | 2009

DFeira Industrial de Abrantes

negócios

A FICA – Feira Industrial e Comercial de Abrantes, realiza-se entre os dias 25 e 28 de Junho, no Hipódromo dos Mourões, em Rossio ao Sul do Tejo. A abertura é no dia 25, às 17h. Prevê-se a participação de cerca de 70 empresas.

EMPRESARIADO DIVIDIDO E SEM VOZ FORTE PERANTE O GOVERNO

A Veiga Simão, José Eduardo Carvalho, Henrique Neto, António Alfaiate e Félix Ribeiro na apresentação da carta regional da competividade

Uma visão estratégia para a região Debate ∑ AIP e NERSANT apresentam Carta Regional da Competitividade da Lezíria e do Médio Tejo O ex-ministro Veiga Simão lançou o desafio à sociedade civil portuguesa para que se organize e não se limite apenas a fazer críticas, mas participe na reacção contra crise. “Não vejo a salvação no Estado, mas nos portugueses”, disse Veiga Simão, lamentando que estes estejam arredados da discussão de uma visão estratégica para o país. Veiga Simão falou na sessão de apresentação da Carta Regional de Competitividade da Lezíria do Tejo e do Médio Tejo, promovida pela Associação Industrial Portuguesa (AIP), no dia 4, em Santarém. O ex-ministro lamentou que “o individualismo e o corporativismo” ainda reinem e que os Governos prefiram “medidas circunstanciais”, ao invés de apresentarem ao país “uma visão para o seu futuro”. A sessão foi promovida pela Associação Empresarial da Região de Santarém (Nersant). O empresário Henrique Neto justificou a deci-

são da AIP de avançar com cartas regionais já que a Magna Carta da Competitividade, apresentada pela associação na Assembleia da República em 2003, não foi tida em conta pelos centros de decisão.“Se isto não vai pela via dos centros de decisão e de poder, talvez tenhamos a obrigação de ajudar os empresários e os portugueses em geral a pensar pela sua própria cabeça”, disse Henrique Neto. Para Veiga Simão, a mo-

dernização ocorrida nos últimos anos permitiu o aparecimento de “nichos de grande qualidade, de empresas magníficas, de instituições de ensino superior com nichos de ensino e investigação que estão entre as melhores da Europa” e os trabalhadores portugueses são considerados externamente como “dos melhores do Mundo”. “Ao mesmo tempo, por razões talvez relacionadas com o nosso modelo de desenvolvimento, que con-

sideramos ultrapassado, e apesar de todos os esforços, dos bons e maus governos, a verdade é que nos estamos a afastar da posição que ocupávamos” na Europa dos 15, afirmou. Para Veiga Simão, “a viragem para a Europa” não deveria ter esquecido a vocação atlântica de Portugal. “O euroatlantismo não é antagónico da integração europeia. É uma mais valia”, afirmou. Veiga Simão sublinhou o facto de a região entre Vila Real

∑ A Carta Regional de Competividade da Lezíria do Turismo Tejo e do Médio Tejo refere que esta região possui um dos ‘clusters’ agro-industriais mais sofisticados do país, cultural e tendo empresas “criadoras e activas”, e um potencial turístico “enorme”. O documento aponta indicadores agro-indústria demográficos, da actividade económica e dos recursos humanos e coloca, “de forma embriónica”, os desafios, os e as oportunidades, já que deverão ser os agentes têm futuro riscos da região a “enriquecer, discutir e auxiliar os que querem pensar num futuro melhor”. “Não vimos aqui com na região soluções. Quem vai exigir respostas aos governos são os cidadãos. Se não houver participação activa dos cidadãos no desenvolvimento e nas instituições, os portugueses nunca conseguirão ocupar o lugar a que, pela história, temos direito”, concluiu Veiga Simão.

de Santo António e a Corunha ser referida como a 33ª entre as principais 40 mega-regiões do Mundo apontadas no estudo “Europa Criativa”. Para Veiga Simão, não faz sentido que Portugal, de acordo com um estudo das Nações Unidas sobre o perfil de evolução dos países, tenda a concentrar 80 por cento da população na Grande Lisboa (50 por cento) e no Grande Porto (30 por cento), ficando apenas 8 por cento nas médias cidades e 10 a 12 por cento no interior. “Esta situação é intolerável. Os senhores têm que desafiar os governos a dizerem qual é a visão estratégica que têm para o país: se isto, se um desenvolvimento mais harmónico”, afirmou. A Carta Regional de Competitividade foi apenas apresentada de forma sintética por Félix Ribeiro, da AIP. A Carta será em breve disponibilizada aos agentes da região, aos quais foi pedida uma leitura atenta.

No debate que se seguiu à apresentação da Carta Regional de Competitividade, vários empresários reclamaram uma posição mais activa da AIP na defesa dos interesses dos empresários. Na resposta, Veiga Simão questionou “o que fazem os empresários, além de se limitarem a criticar, em vez de se unirem para defender os seus interesses e o interesse do país? Como é possível que o empresariado português esteja dividido em várias associações que o colocam dividido perante o poder político?” Veiga Simão afirmou que “se a Magna Carta ficou na gaveta, devemos pugnar para que estas cartas regionais que vão ser entregues nas vossas mãos sirvam para que pensem pelas vossas cabeças sobre o que pretendem para a região e o país, e façam chegar as vossas propostas ao Nersant e à AIP para que possamos ter uma voz forte e organizada com força suficiente para reivindicar legitimamente em vosso nome as medidas necessárias para desenvolver o país”.

“HÁ VIDA DEPOIS DA CRISE” Das propostas apresentadas ao Governo a 8 de Abril, para combate à crise, myitas foram adoptadas e algumas ainda não, mas o Governo está a tomar medidas todas as semanas, em nome da bnecessidade de respostas rápidas para os problemas, pelo que é importante que os empresários as conheçam e as possam utilizar”, disse António Alfaiate, da AIP. Nesse sentido, a AIP vai realizar sessões de informação aos empresários, com os técnicos do IAPMEI, IEFP e da COSEC.

INVESTIR & AGIR | NEGÓCIOS 29

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Desde pequenino é que se aprende a ser empreendedor e a gerir empresas Projecto pioneiro ∑ Nersant e autarquias levam mundo empresarial às escolas Como criar uma empresa? O que é ser empresário? O que significa marketing e publicidade? São estas algumas das questões que fazem parte do desafio lançado aos alunos das escolas primárias pelo projecto EmpCriança, uma iniciativa da Nersant em parceria com a Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo, com autarquias da região e com a Escola Superior de Educação de Santarém (ESES). O objectivo do projecto é levar o mundo das empresas às escolas primárias e passar às crianças conceitos básicos de empreendedorismo. O projecto arrancou este ano, em três escolas-piloto da região, na EB1 de Almeirim, na EB1 da Chamusca e na EB1 do Cartaxo, em turmas do 4º ano de escolaridade, num total de cerca de 70 a 80 alunos. Estas escolas receberam a visita de uma professora, ex-licenciada pela ESES, que foi às escolas em horário pós-aulas para transmitir aos alunos, através de materiais pedagógicos construídos por docentes da ESES. Uma destas sessões consiste na visita de um empresário à escola. O Ribatejo acompanhou a visita do empresário Rui

A Os alunos da EB 1 de Almeirim puderam tirar dúvidas com o empresário Rui Sal, da Tecno Garden Sal à Escola Básica 1 de Almeirim. Rui Sal explicou aos alunos que é o responsável da Tecno Garden, uma empresa jardins com sede em Almeirim, e respondeu a várias perguntas dos alunos. Os alunos quiseram saber quantos fornecedores têm a empresa, que tipo de actividade é a de cuidar dos jardins, onde é que fazem publicidade, entre outras dúvidas. Rui Sal explicou que começou a empresa quando era ainda muito jovem, com apenas 22 anos, depois de ter concluído o

serviço militar e de já ter feito um curso de técnico agrícola.

Alunos “sonham” empresas de plasmas, animais e de diamantes Depois foi a vez dos alunos apresentarem as suas próprias empresas, criadas no decurso deste projecto. Um grupo tem o objectivo de recolher, tratar e vender animais em vias de extinção e abandonados. Outro grupo ficou-se pela terra e propôs criar uma empresa de venda de produtos para plantas e agricultura. Outro grupo

rendeu-se ao fascínio da tecnologia e quer montar um empresa de plasmas de TV. Há, contudo, um destes grupos que foi mais ambicioso e surgiu com a proposta de criar uma empresa de comércio de ourivesaria com base em diamantes.

Balanço positivo Pedro Félix, responsável da área de Apoio Técnico e Desenvolvimento Regional, faz um primeiro balanço positivo da iniciativa e espera que no próximo ano mais autarquias possam aderir para que o

projecto chegue a mais escolas. É que este ano foram as autarquias, como a de Almeirim, que financiaram parte do projecto. A vereadora e ex-professora primária de Almeirim, Maria Joana Vidinha, elogiou o projecto pela possibilidade que dá aos alunos “para alargar horizontes”. A vereadora demonstrou mesmo a disponibilidade para avançar para o ano com este projecto noutras turmas do agrupamento Febo Moniz e no Agrupamento de Fazendas de Almeirim.

Aprender gestão em banda desenhada e jogos Os materiais pedagógicos usados nestas sessões foram construídos por docentes e alunos dos cursos de Artes Plásticas e Multimédia da Escola Superior de Educação de Santarém (ESES). O desafio para os alunos foi o de criar uma empresa, de pensar qual a caracterização dessa empresa, quais a suas funções, qual o seu nome, qual o seu logótipo, quantos funcionários, entre outros aspectos. Recorrendo a três materiais didácticos - um vídeo,

uma banda desenhada e um jogo da glória em que as questões giram em torno do mundo empresarial – foi despertado nos alunos o gosto pelo espírito empresarial. Vânia Botequim, a professora responsável pela coordenação destas sessões, referiu que o mais difícil foi incutir nos alunos a noção da importância do dinheiro para a criação e gestão de uma empresa. Uma das docentes da ESES responsável pela concepção dos materiais peda-

gógicos, Sónia Seixas, explicou-nos que o mais importante destes projectos é permitir que os alunos “façam a aprendizagem pela descoberta, num ambiente menos formal “. “Dar empreendedorismo no 1º ciclo é mais para despertar o interesse e sensibilizá-los para esta área, deixá-los curiosos e despertos para este mundo”.

STI DE ABRANTES APOSTA NAS EÓLICAS A STI-Tec, empresa instalada no Parque Industrial de Abrantes, viu aprovada a sua candidatura, no âmbito do QREN, de um Gerador Eólico de eixo vertical. Este projecto insere-se no programa de alargamento da actividade da empresa a uma nova área de mercado, a produção de geradores eólicos de pequena e média dimensão. O objectivo é o reforço da sustentabilidade empresarial e aumento do volume de negócios da STI-Tec, hoje centrado na concepção e produção de equipamentos para a agro-indústria e ambiente (tratamento de águas residuais). Carlos Sousa, um dos seus proprietários e gerente, foi recentemente o líder da viagem promovida pela Nersant a Angola, como noticiámos no último número.

CENTRO DE ABRANTES COM INTERNET PARA TODOS “@brantesForum – Plataforma Digital Ar Livre de Abrantes” é um projecto da iniciativa da Associação Centro Comercial Ar Livre, aprovado no âmbito do QREN. O investimento é da ordem dos 145 euros e será comparticipado a 65%. Visa a criação, gestão e implementação de uma plataforma digital de banda larga, recorrendo a tecnologia “wimax” na área geográfica do centro histórico. O sistema permitirá o acesso gratuito aos clientes e empresários aderentes, através da inclusão de um directório do respectivo estabelecimento no site do AbrantesForum. Esta rede informática funcionará como serviço de apoio aos empresários e ao público, pretendendo fidelizar os clientes do comércio instalado no centro histórico. O projecto estrutura-se em torno do Centro Comercial de Ar Livre, com o objectivo de estimular esta zona da cidade.

O Ribatejo

30

10 | Junho | 2009

D Campeonatos de atletismo em Abrantes

desporto

O estádio municipal de Abrantes vai ser palco de duas importantes competições de atletismo, o campeonato regional de juniores, que se disputa nos dias 10 e 11 de Junho, e o campeonato regional de iniciados, que se realiza no fim-de-semana de 13 e 14 de Junho. As provas são organizadas pela Associação de Atletismo de Santarém.

3ª Nacional - Fase final

Acabou, por agora, o martírio riomaiorense Não se esperava outra coisa da deslocação dos juniores do Rio Maior a Porto Santo que não fosse mais uma cabazada das antigas e foi isso que sucedeu, A goleada sofrida atingiu números pouco usuais em futebol mas a diferença entre os jovens jogadores de Rio Maior, submetidos a carga de esforço extra nas últimas semanas, e os ilhéus teria forçosamente que se reflectir dentro das quatro linhas. Foram dezassete, mas poderiam ter sido mais, ou menos, que nenhuma diferença faria. O principal objectivo era evitar a desclassificação por alguma falta de comparência nas três últimas jornadas e isso foi conseguido, se bem que à custa do sacrifício de um punhado de jovens que se predispuseram a dar o corpo ao manifesto em nome do clube. Contas feitas, O U. Rio Maior garantiu o direito a

Z

III DIVISÃO NACIONAL - SÉRIE E - SUBIDA

10ª jornada

1. 2. 3. 4. 5. 6.

Camacha Igreja Nova Portosantense Rio Maior Casa Pia Sintrense

10 10 10 10 10 10

5 7 4 3 2 2

2 1 1 2 3 5

3 2 5 5 5 3

GOLOS

16-14 19-8 30-15 9-47 17-19 28-16

PONTOS

17 2 2

DERROTAS

Portosantense Sintrense Casa Pia

EMPATADOS

0 3 3

JOGOS

Classificação VITÓRIAS

Rio Maior Igreja Nova Casa Pia

participar no próximo campeonato nacional da terceira divisão e isso é que conta. O Camacha e o Igreja Nova subiram ao escalão superior, a 2º Divisão nacional, e é lá que vão competir na próxima temporada. Fica agora um peso terrível nas mãos dos dirigentes do Rio Maior que é o de construir um plantel totalmente novo para a próxima temporada e esperar que os processos judiciais que esperam o clube, consequência natural da rescisão colectiva de jogadores e equipa técnica, não venham a impedir o clube de inscrever jogadores. Foi esse cenário que levou o Abrantes à desclassificação na última época e que esperemos que não se venha a repetir ma cidade do desporto. Os actuais responsáveis do clube, ou outros que entretanto lhe venham a suceder, têm pois uma tarefa gigantesca pela frente.

47 46 33 32 30 30

2ª Nacional

Vitória continua em Fátima O objectivo é garantir a permanência neste escalão do futebol profissional e evitar que seja uma passagem efémera como aconteceu há duas épocas atrás. Sabe-se que uma parte do plantel actual irá mudar de ares e que novos

Concluída a época com sucesso e depois de festejado o merecido título de campeão nacional da 2ª divisão, o Fátima entra agora na fase de preparação de um plantel capaz de responder às maiores exigências da Liga Vitalis.

jogadores vão chegar para substituir os que saem e para dar maior capacidade competitiva à equipa, e é esse trabalho que o responsável máximo do clube, Luís Albuquerque está a desenvolver nesta altura, mas sobre isso iremos

dando notícias assim que se forem transformando em certezas os contactos efectuados. Para já, Luís Albuquerque garantiu a continuidade da equipa técnica constituída por Rui Vitória e Arnaldo Teixeira.

Distrital de Santarém

Fazendense aposta na praça da casa Concluída a época desportiva, o presidente do Fazendense, Botas Moreira, já tem definida a espinha dorsal da equipa para a próxima época, faltando ainda a contratação de três ou quatro jogadores paras colmatar a saída de alguns, como é o caso de André Luís, Miranda e Mário Nelson, todos de regresso a Torres Novas,tal como Álvaro, Tavares e Job, que em princípio não vão continuar em Fazendas de Almeirim, uma vez que os custos com

estes futebolistas ficam demasiado elevados para os cofres do clube. Botas Moreira já acordou a continuidade de Pedro Miguel e Rogério, ambos guarda-redes, Madeira, Lucas, Carlitos, Tocha, Franklin, Zé Miguel, Rebita e Vitinho, a que se juntam seis ex-juniores promovidos. Afirma o dirigente que a equipa será competitiva para o distrital, e que não pode gastar mais que os 55 mil euros orçamentados, pois relembra, gosta de

cumprir todos os compromissos e não gastar mais que aquilo que tem disponível, como aliás sempre foi o seu timbre. Instado a comentar a decisão do Atlético Riachense de recusar a subida à 3ª divisão o dirigente fazendense diz compreendê-la, à luz da contenção financeira a que os clubes estão obrigados se não querem ter um fim triste como já aconteceu a alguns. Todavia, não vê com bons olhos a eventualidade de uma divisão de honra

distrital com 13 clubes que obrigaria um clube a folgar cada domingo “os jogadores são para jogar todas as semanas e não para andarem a folgar de vez em quando”, remata. Botas Moreira tem a boca perto do coração e diz sem rodeios “Arranjem 14 ou 16 clubes e façam o campeonato numa só fase” quase em jeito de recado para a Associação de Futebol de Santarém, a quem garante que o dirá directamente numa próxima oportunidade.

FUTEBOL | DESPORTO 31

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Riachense reduz orçamento Em Riachos, e após uma época de glória com a conquista do campeonato distrital da Divisão de Honra e de Taça Ribatejo, os tempos são de assentar os pés na terra e preparar convenientemente a próxima temporada. Sabe-se que os responsáveis do clube riachense abdicaram da promoção à 3ª divisão nacional, numa decisão que provocou alguma polémica entre os sócios, mas que, no entender dos dirigentes, é a decisão mais correcta para garantir a sustentabilidade do emblema que conta já com setenta e sete anos de história. Esta decisão foi tornada pública na quarta-feira da semana passada, onde o presidente Jorge Pereira justificou as razões da não subida á 3ª divisão nacional com a necessidade de conter custos e de manter as contas do clube equilibradas. O afastamento dos sócios e adeptos devido às maiores deslocações que a 3ª divisão implicaria, a quase certeza que o Atlético Riachense iria competir na série E que alberga os clubes da zona de Lisboa e a previsível quebra das receitas de bilheteira com a menor afluência de adeptos visitantes devido ao alargamento das distâncias, foram também factores ponderados pelos dirigentes para a tomada de decisão que, diga-se, além de polémica revela também coragem e noção da realidade do clube em tempos de dificuldades financeiras para toda a gente. Decidida que está a continuidade na Divisão de Honra distrital, a direcção do clube, já decidiu um corte de 40% no orçamento do futebol sénior, que na época que vem não vai gastar mais de 40 mil euros, bem abaixo dos 74 mil gastos na época que agora findou. Ainda assim, a intenção é construir uma equipa capaz de lutar pelos lugares cimeiros no distrital maior. No que respeita à equipa técnica há conversações em curso com o treinador campeão Frederico Rasteiro e com o adjunto Nando Costa, mas as arestas ainda não estão totalmente limadas. Quanto a jogadores a grande maioria dos actuais campeões distritais vai continuar a vestir a camisola alvi-negra, sendo certas as saídas de Tamandaré, Marco Neves e André Fojo. Na entrada da semana Pereira e Ricardo Branco ainda não tinham respondido ao convite para a renovação do compromisso, e todos os outros continuarão, em princípio, em Riachos, se bem que a formalização do acordo, ou seja a assinatura das fichas de inscrição ainda não tenha sido concretizada por todos eles.

Título distrital de juniores foi um dos momentos altos

Académica de Santarém faz balanço positivo na Gala O presidente da Associação Académica de Santarém, Vítor Farinha, faz um balanço positivo da época desportiva que agora termina e que teve como pontos mais altos o título distrital de juniores e a manutenção da equipa de iniciados no campeonato nacional da categoria. A par destas duas conquistas, o clube alcançou também posições de destaque em várias outras provas, o que leva o dirigente a considerar que foi um ano excelente. “Cada vez mais a Académica é uma potencial vencedora nos vários escalões”, salientou no seu discurso de abertura da II Gala da Associação Académica de Santarém, que teve lugar no primeiro dia da Feira do Ribatejo. A par dos sucessos desportivos, a Briosa escalabitana é cada vez mais procurada pelos jovens e este ano voltou a bater o número de atletas inscritos, que ronda os 400. “Segundo a Associação de Futebol de Santarém, somos o maior clube do concelho em número de praticantes”, diz Vítor Farinha. A construção do sintético no campo da Escola Agrária foi outro dos momentos marcantes da época. O presidente do clube lembra que era um sonho de muitos anos mas que só agora foi possível concretizar, após reunir as boas vontades das

A Vitor Farinha, presidente da Académica de Santarém, e o prémio prestígio atribuido ao jornal O Ribatejo durante a 2ª Gala do Clube entidades envolvidas. “Foi um passo de gigante em termos da qualidade da prática desportiva mas é um passo que tem 20 anos de atraso. É preciso continuar”, afirmou o líder academista, que poderá estar de saída do clube. Em declarações ao nosso jornal, Vítor Farinha diz que o mandato de dois anos que agora termina foi bastante absorvente, com muitas guerras políticas em que tentaram meter o clube e, sobretudo, a ele próprio. “Tenho a minha vida profissional e a minha família. Abdiquei de muita coisa e por isso encaro a possibilidade de sair natural-

mente”, refere o dirigente que, no entanto, admite que se não aparecerem pessoas com condições para assumir o clube, a decisão poderá ser repensada. Recorde-se que, estatutariamente, as eleições da Académica de Santarém terão de realizar-se até ao final do ano.

Seniores na calha A actual direcção da Académica de Santarém, nomeadamente o seu presidente, nunca escondeu o objectivo de voltar a ter uma equipa de seniores que desse “escoamento” aos jovens que saem da formação. Vítor Farinha diz que o assunto se

mantém em “banho-maria” por “uma questão de bom senso”, e explica que o problema não tem a ver com qualquer questão financeira mas com a falta de espaços desportivos . O dirigente considera que a solução pode passar pela disponibilização do Campo Chã das Padeiras e revela que uma das questões que pode levar alguns dos actuais directores a recandidatar-se será a criação da equipa de seniores. Vítor Farinha garante no entanto que esta equipa será sempre amadora e que o futebol de formação se manterá como a grande mola do clube.

Académica a caminho do Algarve À semelhança do ano passado, a Académica de Santarém vai marcar presença no “Copa Foot 21”, uma espécie de grande campeonato nacional do futebol de formação que se desenvolve em Portugal, e que reúne anualmente todas as principais escolas do país. O torneio realiza-se em Vila Real de Santo António, no Algarve, entre 21 e 29 de Junho, onde são esperados cerca de 1500 miúdos, de 400 equipas. Os sub-9 da Briosa, uma das quatro equipas da Académica que vão estar presentes na prova, fizeram a sua apresentação oficial no passado dia 30 de Maio. Melhorar o 5º lugar conquistado em 2008 (em que participaram no escalão de sub-8) é

o principal objectivo da equipa, composta por Bernardo Marques, Miguel Branco, Pedro Bastos, Guilherme Silva, João Colaço, João Almeida, Bruno Cardoso, Francisco Piedade, Ricardo Henriques, Pedro Dinis, Eduardo Noronha, João Bemvindo, Diogo Silva e João Melão. Bruno Morais e Nuno Alves, ex-atletas da Académica, são os treinadores, e contam com o apoio de Beto Ferreira e Miguel Guimarães, actuais jogadores da equipa de juniores. Durante a apresentação, o presidente da Briosa, Vítor Farinha, agradeceu o apoio e o empenho dos pais dos miúdos, e dos patrocinadores, “pois esta deslocação só é possível com a ajuda de todos”. “Não é fácil ge-

rir uma associação como esta em tempos de crise financeira”, lamentou Vítor Farinha, sublinhando que o clube “está a ter cada vez mais sucesso na parte desportiva, pois temos cada vez

mais jovens a praticar futebol”. Entre os patrocinadores, foi fundamental o apoio dado pela Vitoria Seguros, que custeou quase na totalidade os custos desta participação no “Copa Foot 21”.

O Ribatejo

32 DESPORTO | MODALIDADES

Pelo segundo ano consecutivo, o plano de água do Aquapolis, em Abrantes, vai receber a terceira jornada do campeonato nacional de motonáutica, que se disputa no fim-de-semana de 13 e 14 de Junho. A prova, organizada pela Federação Portuguesa de Motonáutica e pela Câmara de Abrantes, será disputada nas S850 (catamarans), T850 (monocascos) e PR750 (semi-rí-

gidos). O dia de sábado (13) marca o inicio do programa, com a realização das sessões de treinos livres, em que os pilotos têm a possibilidade de testar os conjuntos e proceder às afinações necessárias. No Domingo (dia 14) têm lugar os treinos cronometrados que antecedem as corridas, que serão disputadas em duas mangas para cada classe.

Associação 20kms

Provas de ciclismo em Almeirim Integradas nas festas da cidade, que decorrem de 13 a 21 de Junho nos jardins da biblioteca municipal, a secção de ciclismo da Associação 20km de Almeirim vai realizar duas provas ligadas ao desporto sobre duas rodas. No dia 20 de Junho, a partir das 15h30, terá lugar a 6ª prova de ciclismo “rota sopa da pedra”, que se disputa em 22 voltas a circuito fechado pelas ruas de Al-

meirim, com partida e chegada na Avenida 25 de Abril, junto à biblioteca municipal. A corrida será disputada nas classes elites, esperanças e veteranos. No dia seguinte, 21 de Junho, decorre o 12º passeio de cicloturismo da Associação 20kms, numa distância de 71 quilómetros, e que passa pelos concelho de Almeirim, Salvaterra de Magos, Chamusca e Alpiarça.

Hóquei Clube de Santarém

Escolares continuam imbatíveis esta época

Os escolares do Hóquei Clube de Santarém (HCS) continuam imparáveis esta época, depois de terem vencido no passado sábado, 6 de Junho, um torneio quadrangular inter-associações, realizado em Santa Cita. No primeiro jogo, os scalabitanos derrotaram o Sporting de Tomar por 6-3, apurandose para a final, onde encontraram uma formação de Alcobaça. O resultado de

15-5 espelha a superioridade avassaladora do HCS, que leva 29 vitórias em outros tantos jogos já disputados. A prova de fogo para os escolares deverá ocorrer no dia 21 de Junho, num torneio que vai reunir em Santarém as melhores equipas a nível nacional, e onde estará, por exemplo, o AD Barcelos, que, tal como os scalabitanos, ainda não conheceu o sabor da derrota.

Português venceu Campeonato de Voo Acrobático António Ideias foi o grande vencedor do Camnpeonato de portugal de Voo Acrobático / Plácido Air Cup ‘09 ralizado de 4 a 7 de Junho, no aeródromo de Santarém. Na categoria superior da competição, Ilimitado, António Ideias venceu o e spa n hol Francisco Sola, num avião Extra 300s, que adquiriu recentemente e que participou no Red

Bull Air Show. Na categoria avançado, a prova foi ganha pelo espanhol David Membrives, seguindo de Lino Gonçalves. Na classe intermédio, ganhou o italiano Santiago Sanpietro, tendo o piloto scalabitano Pedro Góis ficado no terceiro lugar, com o seu Pits S1S. Na classe desportivo, a vitória pertenceu aao espanhol Miguel Larraga.

Foto: Óscar Rodrigues

Pilotos aceleram nas águas do Aquapolis

Plácido Air cup ‘09 em Santarém

Portugal Ladies Open em Rio Maior

Elite do golfe europeu no Golden Eagle Oito das dez primeiras golfistas do ‘ranking’ europeu, incluindo a actual nº1, e cinco das sete jogadoras que ganharam este ano torneios do Ladies European Tour estarão esta semana em Rio Maior, entre 11 e 14 de Julho, no Golden Eagle Golf Club para a 16ª edição do Portugal Ladies Open. Organizado por António Carmona Santos, com o apoio do Turismo de Portugal, o único torneio internacional feminino português vai distribuir 200 mil euros em prémios monetários. Christel Boeljon e Maret van der Graff que levaram para a Holanda a Taça da Europa das Nações em Valência; a norueguesa Marianne Skarpnord que se impôs no Open da Suíça; a francesa Jade Schaeffer que conquistou o Open da Alemanha; e a espanhola Tania Elosegui, com o seu primeiro título no Open da Holanda, serão algumas das estrelas de um torneio que contará com mais de uma centena de participantes. A participação portuguesa regista duas profissionais da PGA de Portugal, são Mónia Bernardo (Sheraton Pine Cliffs) e Cláudia Dantas (Quinta do Peru). O projecto de alta competição da Federação Portuguesa de Golfe enviou Joana Silva

Foto: Ramiro Jesus

Campeonato nacional de motonáutica

10 | Junho | 2009

24 HORAS DE FUTSAL EM ALMEIRIM A UV Almeirim está a organizar um torneio 24 horas de futsal, que se realiza nos dias 19 e 20 de Junho, no pavilhão Alfredo Bento Calado. As inscrições estão abertas até 15 de Junho, pelos telefones 917 237 147 e 938 356 671. O sorteio realizase dia 18, às 21h30, no pavilhão. Há prémios para os três primeiros classificados, taças para todas as equipas e troféus para o melhor marcador, melhor guarda-redes e equipa mais disciplinada.

TORNEIOS DE TÉNIS EM SANTARÉM

A A golfista profissional Mónia Bernardo Pinto (campeã nacional amadora de 2009), Marta Vasconcelos (campeã nacional amadora de 2008) e Magda Carrilho (campeã nacional de pares mistos e vice-campeã nacional de sub-16). Para as golfistas nacionais, o objectivo principal é garantir o apuramento para a última volta. Bem diferente é o objectivo da luso-francesa Carolina Afonso, que no anterior Ladies Open terminou em 11º lugar. O 16º Portugal Ladies

Open disputa-se num total de três voltas de 18 buracos, nos dias 12, 13 e 14, este último só reservado às que passarem o ‘cut’. O sempre popular ‘ProAm’, que já está esgotado, decorrerá no dia 11 de Junho, juntando as melhores profissionais europeias a jogadores convidados. O Portugal Ladies Open conta para o ‘ranking’ da Solheim Cup, bem como para o ‘Ranking’ Mundial e para a Ordem de Mérito do Ladies European Tour.

O Clube de Ténis de Santarém (CTS) vai realizar um torneio de Verão nos escalões de sub-12 e sub-16, entre os dias 10 e 12 de Junho. O torneio, que está integrado no calendário oficial de provas da Federação Portuguesa de Ténis, terá os dirigentes do CTS Luís Seabra como director de prova e Nuno Alves Ferreira como juiz árbitro. No escalão de sub-12, os jogos realizam-se em sistema de grupos, à melhor de três partidas curtas, com “tie-break” aos quatro igual. A prova de sub-16, é disputada à melhor de três partidas normais, com tiebreak em todas.

PUBLICIDADE 33

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Se tem mais de 18 anos, contacte-nos! O nosso objectivo é contribuir para o aumento de escolaridade dos Portugueses ao nível do 4º, 6º, 9º e 12º ano.

Centro Novas Oportunidades Disponíveis para si em várias localidades (Paço dos Negros, Almeirim, Cartaxo, Benavente, etc.) Centro Novas Oportunidades da CAP Herdade dos Gagos Paço dos Negros 2080-640 Almeirim Tel: 243570010 Oito anos de experiência e uma equipa especializada em encontrar a melhor solução para si!

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Social

O Ribatejo

34

10 | Junho | 2009

culturas recomenda-se

Vida de siameses em cena no cine-teatro de Alcanena O Cine-Teatro São Pedro em Alcanena apresenta esta terça-feira, dia 9, pelas 21h30, o espectáculo “Une Vie de Siamois”, um espectáculo que mistura performance “clown”, sem texto, baseado na relação entre duas personagens ligadas para a vida por um cordão umbilical. Bilhetes custam 5 euros.

destaque

Carlos do Carmo em Santarém

O fadista Carlos do Carmo dá um concerto em Santarém, esta terça-feira, dia 9, no campo Emílio Infante da Câmara, às 23h, no âmbito das comemorações do 10 de Junho em Santarém. O concerto é ao ar livre e tem entradas grátis.

David Fonseca nas Festas de Abrantes

A “terra” de Mariza em Torres Novas O ex-Silence 4, David Fonseca, abre as hostilidades nas festas de Abrantes, esta terça-feira, dia 9 de Junho, pelas 22h30 no Aquapolis. Dia 12, é a vez de Fernando Tordo recordar velhos êxitos da sua carreira e trazer novas canções na Praça Barão da Batalha. Nestas festas também cá vão estar os recém bem sucedidos O’questrada, no dia 11, às 22h30.

A fadista Mariza volta à re gião com a tournée do seu último trabalho discográfico “Terra”, no próximo dia 12 de Junho, no Palácio dos Desportos, às 22h. Os bilhetes custam 20 e 30 euros e podem ser adquiridos na bilheteira do Teatro Virgínia, ou no dia do espectáculo, no Palácio dos Des-

portos. Este trabalho mistura vários géneros musicais, desde a guitarra portuguesa e da viola de fado à guitarra de um inglês, Dominic Miller (parceiro de Sting há vinte anos), aos pianos de um brasileiro, Ivan Lins, e dois cubanos, Chucho Valdês e Ivan “Melon” Lewis, à guitarra flamenca de um espanhol, Javier Limón, à

percussão de outro espanhol, Piraña (percussionista eleito de Paco De Lucia). O que se passa em “Terra” é a comunhão perfeita da voz de Mariza com as do cabo-verdiano Tito Paris e da afro-hispânica Concha Buika. Recorde-se que esta tournée começou em Santarém, na Praça de Toiros Celestino Graça.

roteiro cinemas SANTARÉM W Shopping - Cinemas Tel: 707220220

Castello Lopes 1 O Espírito Acção (M12) - The Spirit conta a história de Denny Colt, um polícia assassinado que misteriosamente ressuscita como vigilante mascarado de nome Spirit. Sessões às 13h10, 15h50, 18h20 e 21h10. Também às 00h de sexta e sábado.

Castello Lopes 2 À Noite no Museu Comédia (M12) - Sessões às

13h30, 16h10, 19h e 21h45. Às 00h25 de sexta e sábado.

Castello Lopes 3

seus casamentos. Sessões às 21h25 e também às 23h50 de sexta e sábado.

Extreminador Implacável Ficção Científica - Em 2018, vive-se após a guerra entre os humanos e as máquinas Sessões às 12h55, 15h45, 18h40 e 21h30. Também às 00h20 de sexta e sábado.

Castello Lopes 6

Castello Lopes 4 Noivas em guerra Romance (M12) - Liv (Kate Hudson) e Emma (Anne Hathaway) são as melhores amigas, que desde crianças planearam cada detalhe dos

Anjos e demónios Drama (M12) - Baseado no livro homónimo de Dan Brown. Sessões às 12h45, 15h35, 18h30, 21h20 e também às 00h10 de sexta e sábado.

A verdadeira história do Gato das Botas Animação (M6) - Sessões às 13h05, 15h05, 17h15 e 19h20.

Castello Lopes 5

És o maior, meu Comédia (M12) - Sessões às 13h20, 16h, 18h50 e às 21h40. Também às 00h15 de sexta e sábado.

TORRES NOVAS Torreshopping Sala 1 Extreminador Implacável

Ficção Científica - Sessões às 13h20, 16h10, 18h45 e 21h30. Também às 001h10 de sexta e sábado.

Sala 2 Anjos e demónios Drama (M12) - Sessões às 18h20 e 21h20. Também às 00h05 de sexta e sábado. À Noite no Museu Comédia (M12) - Sessões às 13h30 e 16h.

Sala 2 A namorada do meu melhor amigo Romance (M12) - Sessões

às 13h40, 16h20, 18h50 e 21h40. Também à meia-noite de sexta e sábado.

ABRANTES Centro Comercial MIllenium Sinais do Futuro Drama (M12) - Às 21h30.

CARTAXO Centro Cultural Anjos e Demónios Drama (M12) -Sessão às 21h30 de sexta e sábado e às 15h30 e 21h30 de domingo.

35

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Madredeus no Cartaxo

Nacalas reúnem em Alpiarça

Bit&Byte em Abrantes

A banda de Pedro Ayres de Magalhães anda em digressão e vai estar no Cartaxo, no próximo dia 9 de Junho, às 21h30, para apresentar o seu álbum pós-Teresa Salgueiro.

Os Paraquedistas 2ª CCP do BCP/32” realizam em Alpiarça, no próximo dia 20 de Junho, o almoço anual dos Paraquedistas de Nacala, no Restaurante Portal da Vila. Contactos e inscrições para 966636536 e 963260985.

A partir de 15 de Junho estão abertas as inscrições para o programa de férias interactivas “Bit & Byte”, em Abrantes, sob a temática “Vamos Observar a Biodiversidade”. Inscrições e informações no Edifício Pirâmide.

espectáculos

exposições

Ana Free e Rita Red Shoes na Feira do Ribatejo

Festas de Almeirim em alta IDENTIDADE DE PORTUGAL EM EXPOSIÇÃO∑ No âmbi-

Rita Red Shoes e Ana Free, duas meninas da música pop portuguesa vão passar pela Feira da Agricultura. Rita Red Shoes actua este dia 10 de Junho, a partir das 23h. Ana Free chega na sexta-feira, dia 12 de Junho, por volta das 22h30. Pelo meio há ainda Os Pontos Negros, no dia 11 de Junho, uma banda pop/rock portuguesa, e a encerrar a noite de 13 de Junho, os Azeitonas.

Claudisabel nas Festas do Foral em Salvaterra de Magos Decorrem até ao próximo dia 14 de Junho, as Festas do Foral em Salvaterra de Magos. Depiois do concerto de Toy, este dia6, vai haver muita animação durante toda a semana, com destaque para o concerto de Claudisabel, no domingo, dia 14, acompanhado de Eduardo Sant’ana. Nos dias de fim-de-semana há entradas e largadas de toiros ao final da tarde e depois da meia-noite.

festas

to das comemorações do 10 de Junho em Santarém, o museu da Presidência da República apresenta em Santarém, na Sala dos Actos da Sé Catedral, a exposição “Portugal 12.21-identidade”, uma retrospectiva de dez séculos da História de Portugal, em que, por cada ano, há uma peça, um documento. Para ver , a partir de 9 até 12 de Junho, na Sala dos Actos da Sé., das 10h30 às 18h.

ARTE E A CIDADE DE SANTARÉM∑O Cen-

tro Cultural Regional vai ter patente uma exposição de vários artistas da cidade de Santarém que vai estar patente a partir de dia 6 até 30 de Junho.

JOSÉ COÊLHO EM CO N S TÂ N C I A ∑ O

escultor riachense José Coêlho tem em Constância, até ao próximo dia 12, uma instalação de esculturas. Para ver na Galeria de Constância.

Almeirim vai estar em festa de 13 a 21 de Junho. As festas arrancam com Festival de Folclore, este sábado dia 13, pelas 21h30. O cartaz das festas está ainda repleto de bons concertos, com destaque para o de Paulo de Carvalho, no próximo dia 19, sexta-feira, pelas 21h30. Destaque ainda para o concerto de tributo a Carlos Paião, com Pedro Miguéis e Inês Santos, no dia 18, pelas 21h30. Mas já neste dia 15, pelas 21h30, vão actuar os jovens cantores de “Uma Canção para Ti”, com Sara Madeira, natural de Fazendas de Almeirim. Este domingo, dia 14, é a vez de actuar Edna Pimenta com Charme do Brasil. Na terça-feira dia 16 actua Nancy Vieira, pelas 21h30. No sábado, dia 20, há ainda uma actuação da banda Tributo aos Abba, às 22h30, e as festas encerram com uma grande noite de fado, com Teresa Tapadas, António Figueiredo, Guilherme Frazão e João Chora, pelas 22h.

cinema

Manoel de Oliveira em Tomar O mais idoso realizador de cinema do mundo em actividade, Manoel de Oliveira, vai ser homenageado em Tomar no próximo dia 13 de Junho, sábado, no cine-teatro, a partir das 16h. A iniciativa insere-se no Plano Extraordinário Clube de Cinema e da Câmara Municipal de Tomar com o objectivo de homenagear o cineasta pelo seu século de existência ainda em plena actividade. Esta homenagem terá entrada livre e vai consistir numa sessão solene em que se vai estar à conversa com o realizador, com Teresa Meneses (actriz principal do filme “Francisca”) e Sérgio Costa Andrade (jornalista do Público). Pelas 17h30 será exibido o filme “Francisca” (com duração aproximada de 2 horas e 45 minutos, classificado para maiores de 12 anos).

roteiro cinemas

CONSTÂNCIA Cine-teatro municipal Quem quer ser bilionário Drama (M12) - Sessão às 21h30 de dia 13 de Junho.

RIO MAIOR Cine-teatro Anjos e Demónios Drama (M12) - Sessão às 21h30 de dia 12 de Junho.

TOMAR Cine-teatro Paraíso Velozes e Furiosos Acção (M12) - . Sessões nos dias 10, 11, 12, 13, 14 e 17 Junho.

indy TORRES NOVAS Teatro Virgínia Os três macacos Uma família desmembrada por força de pequenos tenta desesperadamente permanecer unida e recusa se a aceitar a Verdade. Para evitar fazer face a pesadas provas e responsabilidades, eles escolhem ignorar a Verdade, e recusam ver, ouvir ou falar sobre ela, como na fábula dos Três Macacos. Sessão no dia 17 de Junho, às 21h30. O Ribatejo oferece bilhetes aos primeiros leitores que levarem o jornal à bilheteira.

CARTAXO Centro Cultural Isto é Inglaterra Drama (M12) - Shaun, 12 anos, é um miúdo problemático, órfão de pai e a viver com a

mãe, que é alvo de troça dos colegas. Até que, durante as férias, conhece um grupo de “skinheads” que o acolhe. Com eles vai descobrir as festas, o primeiro amor e as botas Dr Martens.Sessão no dia 18 de Junho, às 21h30. O Ribatejo oferece bilhetes aos primeiros leitores que apresentarem o jornal na bilheteira.

ABRANTES Cine-teatro S. Pedro A Onda Drama (M12) - Um professor do ensino secundário encarrega os seus alunos de levarem a cabo uma experiência fora do comum, sobre como é viver num regime ditatorial. A experiência começa a atingir proporções inesperadas quando é formada uma unidade social com vida própria.

O Ribatejo

36

10 | Junho | 2009

culturas

Robin dos Bosques em Santarém O Robin dos Bosques, a donzela Marian e os companheiros de aventuras têm que ir à procura de uma poção, na floresta de Sherwood, para quebrar o feitiço. Um espectáculo da Escola Mem Ramires, às 15h, de dia 18 de Junho, no teatro Sá da Bandeira.

Pomonas Camonianas

Camões evocado em Constância Numa semana em que Camões e Portugal estão em força na nossa região, Constância celebra as habituais Pomonas Camonianas, as festas que evocam o poeta e que celebram a sua ligação à vila-poema. As festas começam esta terçafeira, com a abertura pelas 21h junto ao monumento a Camões. Seguese às 22h, no Anfiteatro dos Rios, na zona ribeirinha, os já tradicionais Encontros do Cantar Diferente com Pedro Barroso do comando das operações, acompanhado por Francisco Ceia e Luísa Bastos. Nesta noite vai haver ainda uma prova de orientação nocturna com início às 23h no parque de campismo de Constância. Na manhã de dia 10 de Junho, entre as 10h e as 19h decorre uma Feira de Antiguidades e Velharias nas ruas da vila, e às 11h, no auditório da Casa-Memória Camões, tem lugar uma palestra sobre o tema “De Constância à Índia - Camões e a Rota de Vasco da Gama”, proferida pelo responsável do Centro de Ciência Viva e candidato à presidên-

cia da Câmara, Máximo Ferreira. Neste dia é também inaugurado, às 15h, o Arquivo Municipal de Constância. Esta valência vai ficar instalada num edifício designado por Casa Amarela, que foi alvo de obras no âmbito de uma candidatura da Câmara de Constância ao PARAM (Programa de Apoio à Rede de Arquivos Municipais), que significou um investimento de 320 mil euros, comparticipado a 50% ao abrigo de um protocolo estabelecido com a Torre do Tombo. Pelas 16h30 deste dia 10 vai ainda ser depositada uma coroa de flores no monumento a Camões e tem início o cortejo quinhentista pelas ruas da vila, com início na Escola Luís de Camões. Neste cortejo vai ser recriado um sarau da época, com danças renascentistas, declamações e jantar para o povo. Ainda nesta noite de dia 10, a partir das 21h21, o grupo de teatro Fatias de Cá leva à cena das ruas da vila a peça “Auto da Barca do inferno”, um clássico de Gil Vicente. As comemorações seguem nos

dias 11 e 12 com animação de rua e actividades escolares. Durante estes dias estão também patentes várias exposições no Posto de Turismo e na Casa-Memória Camões. Destaque para uma exposição de José Coêlho, o escultor riachense que vai ter uma instalação de escultura na Galeria de Constância, em conjunto com quadros da autoria de Cristina Maldonado e de Carlos Teixeira.

das letras

Ao desconcerto do Mundo Os bons vi sempre passar No Mundo graves tormentos; E pera mais me espantar, Os maus vi sempre nadar

Em mar de contentamentos. Cuidando alcançar assim O bem tão mal ordenado, Fui mau, mas fui castigado.

Assim que, só pera mim, Anda o Mundo concertado. Luis Vaz de Camões

assinatura anual

por apenas 25 €

37

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Espectáculo musical organizado pelo 12.º A da Escola Secundária Augusto César da Silva Ferreira de Rio Maior. Dia 13 de Junho, no Cine-teatro, às 21h30.

“Mary Poppins” no Cartaxo Baseado em “Mary Poppins”, o encenador Bruno Schiappa conta a história de um actor que decide fazer frente a um produtor televisivo. Dias 12 e 13 às 21h30 no CCultural.

televisão

escaparate

Francisco Moita Flores e António Sousa Duarte Uma viagem em torno do organizador da máfia nos Estados Unidos no início do século XX”, é assim que o escritor e presidente da Câmara de Santarém, Moita Flores, define o seu novo romance, “O sangue da honra”, que vai ser lançado no próximo dia 16 de Junho, pela editora Sextante. O enredo deste romance é baseado num ensaio de António Sousa Duarte, também escritor e co-autor de uma série de documentários biográficos transmitidos pela RTP sobre Salgueiro Maia, entre outras personalidades.

Dificuldade em estabelecer relacionamentos harmoniosos; vai ser difícil ser compreendido e também não entenderá os outros. Vida económica e profissional em fase pouco estável, pelo que a semana será complicada. Procure dar credibilidade aos seus actos e ideias.

Semana com relacionamentos insatisfatórios. balança 24/9 a 23/10 Não especule, pergunta directa e incisivamente

touro 21/4 a 21/5

As relações tendem a evoluir dentro dos parâmetros habituais. Mostre-se flexível face a circunstâncias do dia-a-dia e disponível para novos conhecimentos. Semana pouco favorável a desenvolvimentos e avanços. Pode esboçar-se o início de uma nova relação profissional.

escorpião 24/10 a 22/11

Bons encontros e momentos de convívio. Faça alguns sacrifícios em benefício da família ou da estabilidade de uma relação. Uma nova ligação pode ajudar a sarar antigas feridas. As dificuldades que se detectam já são esperadas e incidem sobretudo no campo económico.

gémeos 22/5 a 21/6

Tendência para conflitos e divergências em questões fulcrais para o desenvolvimento de uma relação. Para alguns poderão ocorrer mudanças radicais. Algumas oposições ou crises podem agudizar-se, levando a situações muito delicadas. Evite mesmo os mal-entendidos.

sagitário 23/11 a 20/12

Boas perspectivas, sobretudo se decidir pensar mais em si, viajar e quebrar rotinas. Poderá contar com boas provas de afecto e encontrar uma alternativa interessante à situação actual. Momento favorável a qualquer tomada de posição, mesmo que esta seja desagradável.

caranguejo 22/6 a 22/7

Está favorecido o intimismo, a vida familiar e todos os momentos a dois. Não tome decisões, de momento, nas relações em fase de indefinição. Os assuntos devem ser mais trabalhados e ponderados. As reacções em cima dos acontecimentos não são recomendáveis.

capricórnio 21/12 a 20/1

Bons momentos no amor. Viva com naturalidade e aprecie as coisas belas que estão ao seu redor. Evolução rápida na consolidação de relações. O momento é adequado para organizar a vida financeira, pondo fim a um certo descontrolo. Não tema enfrentar negociações.

leão 23/7 a 23/8

A vida sentimental necessita de mais ordem, mas, por agora, não estará capaz de definir qual o melhor rumo a seguir. Desconfianças podem ser perturbadoras. Dificuldades em cumprir calendário. No seu local de trabalho poderão vir a gerar-se divergências e injustiças.

aquário 21/1 a 19/2

Conjuntura invejável para tomar decisões, dada a sua capacidade de explicar razões e expressar sentimentos. Poderá ser altura de arrumar, em definitivo, questões passadas e pensar mais no futuro. Mantenha-se calmo em assuntos que envolvem dinheiro ou grandes transacções.

virgem 24/8 a 23/9

Está muito favorecido em termos amorosos; contudo, não aceite condicionalismos despropositados e exigências absurdas. Boa capacidade de relacionamentos em situações recentes. Poderá contar com o factor inspiração para o ajudar muito no sector profissional.

peixes 20/2 a 20/3

Forte determinação no campo amoroso. Uma nova luz pode brilhar no seu caminho afectivo. Não tema fazer alterações de planos. Tendência natural para actuar com excesso de optimismo e confiança que pode levar a pequenas imprudências. Evite esbanjar as energias.

Terra Sangrenta RTP1 Domingo, 14 de Junho, 2h15 A admirável história de amizade, coragem e determinação do jornalista americano, Sydney Schanberg, para com o seu amigo cambojano perdido no meio da impressionante desumanidade do regime de morte e extermínio imposto pelos Khmer Vermelhos. Com Sam Waterston, Haing S. Ngor, Julian Sands, John Malkovich, Craig T. Nelso

Bruce Springsteen RTP2 CD Relapse Eminem PVP: 17,95€ Novo trabalho de 2009 do rapper americano, Eminem, que lança o seu primeiro disco de originais depois de quatro anos sem gravar.

Sexta-feira, 12 de Junho, 1h45 Bruce Springsteen é o grande protagonista de mais uma edição do programa “Palcos”, desta feita com um concerto do “boss” em Barcelona, seguido de um espectáculo produzido pela BBC, “We Shall Overcome – The Seeger Sessions.

sorte

totobola

221212x12xxx2 Super 14. Albânia 1 - Portugal M

totoloto 3 | 11 | 29 | 31 |40| 45 | 27

joker JOGO Animal Crossing: Let’s Go to the City Plataforma: Wii PVP: 49,99€ Chega agora para a Wii a última versão do jogo de simulação Animal Crossing permite-te, em que o objectivo, mais uma vez, é conseguir ou bocadinho de paraíso rural mas, desta vez, ampliar horizontes apanhando o autocarro que te leva num instante à grande cidade.

8.894 .220

loto2 10 | 13 | 19 | 33 | 41| 43 | 37 Estes resultados não dispensam a consulta da lista oficial do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

8 1

6 2

4

5

1

7

3

9 8

3

4

9

7

7

5

6

1

8

2

1 2

HORIZONTAIS: 1 - Caixa bancária. 2 - Do domínio da fantasia. Reinava, certamente, na Torre de Babel. 3 - Dono de uma grande arca. Bota, queima incenso na catedral de Santiago de Compostela. 4 - Inflama o ouvido. Pode voar. 5 - Anasalam de trás para a frente. Aliança criada para defender o Atlântico Norte. 6 - Também conhecido como Felipão. O comum é o mais curto. 7 - Contracção. Põe em fila. 8 - Não sai facilmente da casca. 9 - Relação minuciosa. 10 - Enchia as cabeleiras das senhoras. Deus é o Supremo. 11 - Total. Provoca alucinações. O seu secretário-geral é coreano.

4

2 8

9

7

6

1

2 3

5

8 7

9 2

3 4

1 5

9 5

8

9

4 1

6

6 7

4

VERTICAIS: 1 - Havia-os no Parque Jurássico. 2 - Relativo ao Deus grego do amor. 3 - Homenagem. Aversão. 4 - Cardeais opostos. Onde se administra o ensino secundário. 5 - Essa veia vai do tornozelo à virilha. Cor. 6 - Meia ilusão. Tecem teias. 7 - Muitos cães formam uma. 8 - Olho da mosca. Deslocava-se. 9 - A da Carolina tinha um lagarto pintado. Natural de uma determinada cordilheira. 10 - Munge. Tina sem vogais. 11 - Toca. Vogais de moda. Tem um banco próprio

6

4 6

HORIZONTAIS: 1 - depósitos. 2 - irreal; cais. 3 - Noé; fumeiro. 4 - otite; alada. 5 - sit; NATO. 6 - Scolari; ano. 7 - ao; alinha. 8 - acanhada. 9 - resenha. 10 - cuia; ente. 11 - são; LSD; ONU.

Yann Arthus-Bertrand PVP: 4,99€ O realizador Yann Arthus-Bertrand levanos numa viagem original à volta da Terra, revelando em simultâneo, as preciosidades que ela nos oferece e as marcas que deixamos para trás. É um convite à contemplação do planeta e à consciencialização da sua destruição pela mão da Humanidade.

11 | 19 | 26 | 35 |40| 2 | 5

sudoku

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

VERTICAIS: 1 - dinossauros. 2 - erótico. 3 - preito; asco. 4 - OE; liceu. 5 - safena; anil. 6 - ilu; aranhas. 7 - matilha. 8 - ocelo; ía. 9 - saia; andino. 10 - ordenha; tn. 11 - soa; ao; réu.

DVD Home: O Mundo é a nossa Casa

o que lhe interessa saber. Tente escutar atentamente opiniões diferentes da sua, pois serão de grande valia. Dê mais atenção à preparação de actividades no âmbito profissional.

palavras cruzadas Marcos Cruz - Rede Expresso

Concurso nº 23/2009

euromilhões

A cidade do Nabão recebe até 20 de Junho 3º Festival de Percussão, numa organização conjunta entre a Câmara e a Sociedade Filarmónica Gualdim Pais. Este dia 13, pelas 21h30, há concerto, Lagares d’El Rei, dos Puzzle’Ensemble.

horóscopo carneiro 21/3 a 20/4

LIVRO O Sangue da Honra

Tomarinbando em Tomar

Soluções

Músicas de Ontem, Hoje e Amanhã em Rio Maior

2 7

Só há uma regra: completar a grelha, de modo a que cada linha, cada coluna e cada bloco de 3x3 incluam os números de 1 a 9, sem repetições!

O Ribatejo

38

comeres & beberes Castas e pratos O restaurante abriu há uns meses oito meses, estando instalado num antigo armazém da Estação de Caminhos-de-Ferro. O espaço comporta ainda um Wine Bar e uma loja gourmet, a arquitectura interior e os equipamentos agradam numa observação atenta, falta-lhe adequado meio para incapacitados físicos poderem aceder ao primeiro andar refeiçoeiro, notando-se também deficiente iluminação junto de algumas mesas. As cutelarias, louças e atoalhados são de bom quilate, o serviço é obsequioso sem ser mesureiro, apesar de enfermar de alguma impetuosidade na explicação dos comeres. Não tive oportunidade para retirar notas, a carta refere partos com base em produtos locais e regionais trabalhados de forma a enaltecerem as suas qualidades. Os narizes de cera proliferam num português azarado, na descrição de um dos pratos pode ler-se:” azeite de presunto.” Pedi explicações e elas vieram embrulhadas em nada. Do porco extraímos pingo, unto e banha que só ficam em estado líquido enquanto não esfriam. Mas dizer-se azeite de presunto! As oliveiras não merecem semelhante punição. Muito louçã e adequadamente apresentada a car-

Peso da Régua

ta de vinhos, sendo de realçar a existência de um leque de brancos e tintos vendidos a copo. Comecei por apreciar uma bem conseguida salada de bacalhau com alcaparras. A conhecida receita onanista não foi traída, o bacalhau demolhado na conta sabia a bacalhau e o azeite era de grande qualidade. A posta mais a parecer-se com um meiobife alto, apresentou-se de forma galharda tendo por baixo uma torra de pão embebida em azeite, grelos gulosos e batata cozida com a casca, tudo numa forma arredondada. Digna confecção. Naipe doceiro de alto quilate. Provei um queijo de cabra curado e bebi três copos de vinho da Quinta Nova, colheita de 2007. Um vinho pujante, arredondado nos taninos que me agradou. Este restaurante pode vir a transformar-se numa excelente referência culinária da região duriense, para isso tem de receber alguns aprimoramentos técnicos e cuidar-se na exacerberação linguística. Para mal já chegam uns chefes que têm a mania de se considerarem criadores literários. Armando Fernandes

Aceita cartões de crédito. Não encerra. Telefone: 254 323 290. T. 962 673 327.

10 | Junho | 2009

Ainda os rosés A zona do Alto Douro Vinhateiro nesta altura do ano lava-nos os olhos com um verde deslumbrante bem manchado (maioritariamente a branco) pelas casas produtoras de vinhos. Andei por aquelas bandas, além de lavar a vista verifiquei a proliferação de marcas (alguns vinhos demasiado graduados para meu gosto), e para gáudio dos apreciadores muitas apresentações de vinhos rosés. No Douro está a operar-se uma profunda transformação na qual as uvas anteriormente consagradas ao generoso, agora dão corpo a vinhos de alta qualidade. Os especialistas não hesitam em afirmar que estamos ante uma “revolução”. Relativamente aos rosés, a irrupção acompanha a tendência mundial, veja-

se o seu êxito no domínio dos intranquilos, onde champanhes, cavas e espumantes estão a produzir vinhos que em termos de cor vão do rosa pálido ao rosa choque. Durante muitos anos os rosés foram depreciados a modo dos perdedores dos desenhos animados, agora principiam a dar cartas e a Senhora Mariann Fischer Böel comissária da Agricultura da Comunidade, pretende autorizar a mescla de tintos e brancos o que será um despautério. Os enólogos estão a criar vinhos rosés capazes de se aguentarem muitos anos. A tendência para os rosés é acompanhada pelas críticas dos puristas, mas uma coisa é certa: segundo a prestigiada Decanter o seu consumo aumentou uns 60% nos últimos três anos na

Inglaterra. Em Espanha e na Itália os rosés também se afirmam de dia para dia e quando um depreciador sorri é bem capaz de ouvir a frase de Fernando Chivete: os críticos ousariam censurar a qualidade dos champanhes rosés de Roederer ou a Grand Dâme Rosé? Claro que não, atrevo-me a dizer. Em matéria de gostos nada está escrito diziam os romanos, fundamentalmente, num vinho deve prevalecer a sua íntegra e boa qualidade, no mais há gostos para tudo, até para não se gostar de vinhos e só de água. Já o escritor Manuel Ferreira dizia acerca da água: dizem que serve para beber! O rifoneiro castelhano adverte: se os padres a benzem, algum defeito lhe encontraram. Armando Fernandes

RESTAURANTES E ESPECIALIDADES | COMERES & BEBERES 39

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

Santarém

co da Mecheira, 20 - Santarém Tel. 243333110

A Grelha

Adega dos Sabores

Especialidades Peixe Fresco, Bacalhau Assado com Magusto, Espetadas de Lulas com Gambas, Espetadas de carne Barrosã com Gambas e Ananás, Espetadas Mistas, Arroz de Feijoca, Bons Vinhos da Região Folga 2ª Feira Morada R. Ateneu Comercial, 1 r/c Esq. – Santarém Telefone. 243333348/ 243322636/ 917604488

Adega do Bacalhau Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau assado com Magusto, Bife à Casa Folga Domingo Morada Travessa da Boleta, 2 e 4 (centro histórico) Santarém. Tel. 243306519964569837.

Quintal do Beco Especialidades Lulas fritas com camarão, Bife à Beco. Folga Domingo. Morada Beco dos Fiéis de Deus, nº 15, Santarém. Tel. 243391247.

Oh Vargas Especialidade Comida Tradicional Folga Sábado (excepto para serviços marcados) Morada EN 3 - Portela das Padeiras - Santarém Tel. 243351146.

O Salsa Especialidades Peixe Fresco, Carnes da Especialidade, Massinhas de Peixe, Açorda de Ovas Folga Domingo Aberto nos Feriados Morada EN 3 – Portela das Padeiras – Santarém Tel. 243351341

J F Restaurante Especialidades Folhado de Perdiz, Bacalhau frito com Gambas e Coentros, Camarão com Risotto 3 queijos, Bifes do lombo, Cozinha Tradicional portuguesa Folga 3ª Feira Morada Jardim de Cima - Santarém Tel. 243302200

Casa Condeço Especialidades Açorda de Bacalhau à Barrão, Molhinhos de Carneiro com Grão, Migas Ribatejanas c/ Bochechas de Porco Favas com Entrecosto Folga 2ª Feira Morada Rua do Alfageme, 41 – Ribeira de Santarém - Santarém Tel. 243326887

A Carroça Especialidades Bacalhau à Carroça; Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau à Brás, Carne de porco à Alentejana, Petiscos (amêijoas, moelas, picapau) - Aberto todos os dias Morada Rua Principal – Advagar - Achete Tel. 243478216

Luís do Leitões Especialidades Leitão assado à Bairrada, Bacalhau à Lagareiro, Grelhados variados Folga 2ª Feira Morada Rua Teófilo Braga, 10 - Santarém Tel. 243332102

O Bacalhau Especialidades Borrego à Casa, Bacalhau à Lagareiro, Peixe Fresco Folga 3ª feira à tarde Morada Rua S. Tiago - Tremez Tel. 243479196

Fonte Vale da Videira Especialidades Costeleta de Novilho, Ensopado de Galinha, Pernil no Forno, Carne de Porco Preto, Bacalhau c/Magusto e Batata a Murro. Pão Quente. Folga 2ªs feiras. Morada Rua José Júlio S Delgado, 37 – Póvoa de Isenta Tlm: 962559852.

Taberna do Quinzena Especialidades: Magusto com Bacalhau Assado, Pato Assado no Forno, Cozido à Portuguesa, Cabrito Assado no Forno, Pernil de Porco e Naco de Toiro Bravo Avinhado Folga Domingo Morada Taberna I - Rua Pedro Santarém, 93/95 - Santarém Tel. 243322804 Morada Taberna II – Cer-

Taberna do Gaio Especialidades Pratos Regionais e grelhados de peixe e carne. Jantares às sextas e sábados. Folga ao domingo. Estrada Nacional N3 - Cruz do Campo - Cartaxo. Telf: 243 759 883

Especialidades Cabrito Assado no Forno, Bacalhau assado com batata a murro, Polvo à Lagareiro. Folga 5ª feira e domingo ao Jantar. Morada Rua 25 de Abril, 27 – Casa dos Pinheirinhos- Casal da Charneca – Almoster – Santarém. Tlm 916845000

Charana Especialidades Mão de vaca c/grão, pernil no forno, entrecosto de novilho, chocos grelhados, grelhados no carvão. Folga domingo Morada Rua 25 Abril,131 – Vale da Pedra. Tlm. 912274197

O Cantinho da Bela Especialidades Bacalhau gratinado, bacalhau à casa, ensopado de borrego, lombo assado com migas, coelho à caçador Folga Domingo Morada Estrada Nacional 3, Lote 3, Pernes Tel. 243 449 514.

Coruche O Farnel Especialidades Bacalhau à Farnel; Bacalhau assado c/migas à moda de Coruche; cabrito frito à lavrador; migas de batata c/carne de porco; ensopado de borrego, grelhado de novilho bravo e porco preto na telha Folga 2ª feira Morada Sala p/banquetes no Monte da Barca. Rua Vasconcelos Porto – Coruche Tel. 243675436

Quinta dos Gravelhos Folga 3ª feira Morada: Rua do Comércio, 58 - Moçarria Tel. 243499300 Tlm. 967062629

Dom Tacho Especialidades Ensopado de Enguias, Feijoada de Gambas, Mar e Terra Morada Rua Marquesa da Ribeira Grande 53, Vale de Santarém Tel. 243 761078. Aberto todos os dias.

O Cantinho dos Sabores Especialidade Bacalhau Assado com Açorda de Grelos Folga: Domingo. Morada Estrada Nacional 3, Alto do Vale, Vale de Santarém Tel. 243761268

Taberna Rentini Especialidades Cozinha Tradicional, Grelhados no carvão Morada Casais do Quintão - Perofilho, 2005-021 Várzea - Santarém Tel. 243499254

Chafarica da Torre Especialidades Carne de Vitela Maronesa, Bacalhau na brasa, Camarão Tigre, Raia com molho de alcaparras Folga Domingo Morada Praceta João Caetano Brás, 9 - S. Domingos Santarém Telf. 243 372 649 - 96 6620790

O Tasco Especialidades Massa à Barrão, Bacalhau grelado com Magusto, Bife à Tasco, Entrecôte com Migas, Carnes de Porco Preto grelhadas Folga Domingo Morada EN 3 – S. Pedro (frente à JAE) – 2005 Santarém Tel. 243302740 Tlm. 917062391

Mina Velha Especialidades: Bacalhau Assado com Magusto, Bacalhau c/ Broa, Massa à Barrão, Bife à Mina Velha, Posta à Mina Velha. Folga : Domingo à Noite e 2ª Feira. Contacto 243 372 581. Morada : Urb. Quinta das Fontainhas – Santarém. Long. 08´42´20” O. Lat. 39´42´19” N

O Bernardo Especialidades: Bacalhau no forno com Broa de Milho, Polvo no forno, Ensopado de Borrego, Cabrito no Forno e Lombos de Fataça Grelhados Folga: 2ªas Feiras Morada: Loja Nova – S. Vicente do Paúl Contactos: 243428388 Telemóvel 9918939656

Abrantes O Fumeiro Especialidades Bife da casa, Fondue de Porco Preto, secretos com migalhana, Ovas na Brasa com Açorda de Ovas, Bacalhau à Fumeiro Folga Domingo Morada Rua do Pisco, 9 – Abrantes Tel. 938851963 Email restaurantefumeiro@clix.pt

Cristina Especialidades Bacalhau c/Broa, Polvo à Lagareiro, Cherne c/molho de coentros, cabrito assado no forno,

Arroz de Pato à Antiga, Perna de Borrego assada c/alecrim. Folga Domingo à tarde e 2ª feira Morada Rio Moinhos – Abrantes Tel. 241881177 Fax: 241881343 Email info@restaurantecristina.com Web www.restaurantecristina.com

Avenida

A Casinha Especialidades Ensopado de Enguias, Enguias Fritas, Picanha, Plumas de Porco Preto, Alheira, Caça Grelhada Folga Domingo Morada Av. Dr Roberto Ferreira da Fonseca 54 - Salvaterra de Magos Tel. 263504795

grupos Morada Rua Ilha da Madeira, 16 J - Almeirim Tel. 243579797

David Park Especialidades Arroz de Tamboril, Espetadas de Lombinhos c/ Gambas, Cozinha Tradicional, Peixe Fresco grelhado na Brasa Folga 4ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 15 - Almeirim Email: davidparkmail.telepac.pt. Tel. 243591475

Especialidades Polvo a Lagareiro, Bacalhau a Braga, Pescada Gratinada com Camarão, Bifes da vazia à Portuguesa com Pimenta ou com Alho. Reservas para grupo e Serviço de Take Away pelo 968486613 - Karaoke aos Sábados Morada Av. Forças Armadas - Abrantes

Dom Roberto

Barquinha

Especialidades Sopa da Pedra, Peixe Fresco, Carne Porto Preto e Grelhados Folga 3ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 23 - Almeirim Tel. 243592916

Salvaterra

Almourol

O Churrasco

Tira Picos Especialidades Grelhados Folga 2ª Feira Morada Foros de Salvaterra Salvaterra de Magos Tel. 263501447

Especialidades Enguias à Lagareiro, Grelhados Folga 5ª Feira Morada Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca, 70/ 72 - Salvaterra de Magos Tel. 263504484

Especialidades Enguias, Sável e Lampreia Folga 3ª Feira Morada Tancos, Vila Nova da Barquinha Tel. 249 720 100. Mail: www.almourol. com

Preto & Branco Especialidades Bacalhau com natas, Porco Preto, Arroz de Pato, Enguias do Rio, Carne Mirandesa Folga 2ª feira Morada Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca, 144 - Salvaterra de Magos Tel. 263507858 - 918675981

Parque Real Especialidades Cataplanas de Enguias e Mariscos. Mariscos e Peixe fresco durante todo o ano. Espetadas variadas. Folga à 5ª Feira. Tel.: 263505508; Telm: 969517664. Morada Estrada Nacional 118, nº51 – Val Queimado – Salvaterra de Magos

Adega da Rosa Especialidades Picanha, Bacalhau à Lagareiro, Chocos à Lagareiro, Espetada de lulas c/gambas, costeleta Mirandesa. Garrocheira – Foros de Salvaterra; Telf: 263 507 240

Cabana dos Parodiantes Especialidades Bife à Patilhas & Ventoinha, Molhata de Enguias (caldeirada típica avieira). Pode encomendar Barretes, Bolo Rei e outras especialidades. Folga 4ªs feiras à tarde. Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca. Mail: cabana.eventos@ gmail.com telf: 263504177 ; site: www.cabanadosparodiantes.com

Escaroupim Especialidades Enguias todo o ano, Açorda de Sável, Lampreia em época, Arroz de Bacalhau c/ Farinheira, Migas, Tarte de Perdiz Folga 5ª Feira e Domingo ao jantar Morada Largo do Avieiros - Escaroupim - Salvaterra de Magos Tel. 263107332 telemóvel: 912539228 e mail: rest.o.escaroupim@hotmail.com

O Forno

Especialidades Frango, Coelho, Carnes grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. 5 de Outubro, 115 - Almeirim Telem: 963458371

Sepúlveda

Golegã Central Especialidades: Bife à Central com Molho à Brogueira, Entrecosto à Goleganense, Açorda de Sável- Sobremesa: Toureiros Telefone : 249976345 Morada : Largo Imaculada Conceição 3 a 8 - 2150-125 Golegã. Reservas@cafecentral.pt www.cafecentral.pt

O Barrigas Especialidades: Buffet de entradas regionais, fritada de camarão com açorda e naco de boi no carvão.Folga: Domingo ao jantar e 2ª feira Morada: Largo 5º Outubro, nº 55 e 56 – Golegã Contacto: 240 717 631 Site: www.obarrigas.com Outras info: Zona para fumadores

Almeirim Retiro do Campino Especialidades Sopa da Pedra, Grelhados no Carvão Folga 3ª Feira Morada Largo da Praça de Toiros, 1 A Almeirim Tel. 243592528

Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Molhinhos c/ Grão, Entremeada de Vitela, Moelas estufadas c/ batata frita, Chocos e Grelhados Folga Não tem Morada Rua Vinha do Santíssimo, Bloco 32 - Almeirim Tel. 938732058

Alpiarça Tertúlia Especialidades Ensopado de enguias, bacalhau com broa, bacalhau com favas, bacalhau (frito) à marialva, porco preto, borrego à moda de Alpiarça, costeletas de borrego, espetada de javali, alheiras (caça/ mirandesa), coelho com molho de coentros. Bons vinhos da Região e de outras regiões. Ementas personalizadas para grupos e ocasiões especiais. Abrerto todos os dias Morada Rua Engº Álvaro da Silva Simões, 108 - Alpiarça Tel: 243558588 Reservas 935587920. Site http//tertulia-rest-bar.hi5.com Email:bernardos.inv.hot@sapo.pt

Cartaxo

Constantino das “Enguias”

QG

Especialidades: Enguias Fritas, Ensopado, Grelhados no carvão Folga à 2ª Feira. Aceita reservas Morada Foros de Benfica – Benfica do Ribatejo Tel. 243589156

Folga 3ª feira Morada: Praça 15 de Dezembro, 1 - Cartaxo Tel. 243499300 Tlm. 967062629

O Galinha Especialidades Sopa 3/1, Sopa da Pedra, Polvo à Lagareiro, Cozido à Portuguesa, Arroz de Tamboril, Massada de Cherne, Bife à Cortador Folga 3ª Feira. Aceita-se reservas para

O Churrasco Especialidades Frango, Coelho, Costeletas e Mistas grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. Dr. Gomes da Silva (Sociedade Filarmónica Cartaxense) - Cartaxo Telem: 963458371

Ó Manel Especialidades: Espetadas do Toiro Bravo. Dobrada e mão de vaca. Sopa de Rabo de boi. Grelhados: Rua de S Tomé, 4 – Bairro Novo. Tel: 243675878. Folga ao Domingo

Jakim Girassol Especialidades: Bacalhau c/ Migas, Feijoada de Chocos c/ Gambas, Borrego assado no forno, Pernil de Porco no Forno, Arroz de Pato, Bacalhau gratinado c/camarões. Petiscos variados. Morada: Estrada Nacional 119 (Área de serviço Repsol) – Biscainho . Telf: 243660333

A Tasca Especialidades Pernil de porco no forno, cozido à portuguesa. Carne Brava Folga Domingo Morada Mercado Municipal – Coruche Tel. Telef: 243675232

O Choupo Especialidades Bacalhau à Choupo; ensopado de enguias; cabrito assado à padeiro; medalhões de porco à Ti Fernanda Folga 2ª feira (após almoço) Morada Montinhos dos Pegos (1 Km cruz. Monte da Barca) – Coruche Tel. 243618875

Sal & Brasas Especialidade: Carnes na brasa Folga 2ª feira Morada Cruzamento Monte da Barca - Coruche Tel. 243618319

Ponte da Coroa Especialidades: Cozinha regional e grelhados no carvão Folga Domingo Morada Estrada Nacional 114 Coruche Tel. 243617390

Rio Maior Manjar do Parque Especialidades Leitão assado em forno de lenha, Picanha à Brasileira, Secretos de porco preto na brasa , Manjar de Gambas, Bacalhau Maravilha, Bife à Casa. Leitão assado para fora. Ementas para grupos Morada Rua Almirante Cândido Reis, 26 R/c (junto ao jardim) – Rio Maior Tel. 243997071 Email geral@manjardoparque.net

Palhinhas Gold Especialidades Alheira de caça, Carne mirandesa, Porco preto com migas, Picanha, Bacalhau com crosta de azeitona, Tiborna de bacalhau, Caril de gambas, Arroz de tamboril, , Pão de Ló caseiro. Folga Domingo à noite e 2ª Feira. Morada Trav. do Palhinhas (centro da cidade) - Rio Maior Tel. 963435547. Site www.palhinhasgold.pt

O Ribatejo

40 ADVOGADOS SANTARÉM A Dr. José Francisco Faustino; Drª. Cristina Alvarez; Dr. João Rafael; Dr. Pedro Goulão; Dr. Pedro Matos Barbosa; Dr. Francisco Lopes Leitão - Rua Capitão António Montez, 10 – Santarém - Tel. 243327159 Fax 243327160 - adv.santarem@mail. telepac.pt A Oliveira Domingos - Largo Cândido dos Reis, 3 -1º - Santarém Tel. 243326310 - Fax 243333587 oliveiradomingos-161e@adv.oa.pt A Sandra Alexandre - Rua do Colégio Militar, 10 - 2º esq. - 2000-230 Santarém - Telef./Fax: 243 322 268 A Dr. Francisco Antunes Luís - Av. D. Afonso Henriques, 89 - 2º Dtº - Santarém - Tel. 243321024/ 243321426 - Fax 243321425 advogados.s@mail.telepac.pt A Drª Sónia Bento - Av. do Brasil, 13 – 1º Andar – Santarém - Tel. 243372159 Fax 243372159 - sbentompires.adv@gmail.com

10 | Junho | 2009

A Dr. Morgado Ribeiro - Av. do Brasil – Edifício Scálabis, 1º Esq – Santarém - Tel. 243323143 Fax 243326144 - morgadoribeiro-185e@ adv.oa.pt A Drª Margarida Lencastre Fróis - Praça Sá da Bandeira, 22 – 1º Santarém - Tel. 243325178 Fax 243325178 - margarida.lencastre@ gmail.com A Drª Cristina Saldanha - Av. D. Afonso Henriques, 67 – 1º Esq – Santarém - Tel. 243323019 Fax 243333414 - cristinasaldanha1531e@adv.oa.pt A Dr.º Martins Carreto - Rua Dr. António José de Almeida, 17-2º Dto - 2000-238 Santarém - Telefone 243333519 Fax 243326531 e-mail: artinscarreto-1078C@adv.oa.pt A Dr.ª Helena Marques Duarte - Rua Pedro de Santarém - 2 – 2º A - Tel. 243 352 407 – Fax. 243 352 409 - 2000-223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) - hmduarte-16362l@adv.oa.pt

A Dr. Marco Pires - Av. do Brasil, 13 – 1º Andar – Santarém - Tel. 243372159 Fax 243372159 - sbentompires.adv@gmail.com

ORLANDO MENDES TERESA PINTO FERREIRA SOCIEDADE DE ADVOGADOS, RL Travessa do Fróis, 3 - 1º e 2º Tel: 243 328 444 - Fax: 243 391 079

2000-145 SANTARÉM E-mail: orlandomtpf_socadv.rl@mail.telepac.pt

Fernando Martinho Sofia Martinho José Carlos Pó

ALMEIRIM A Dr. Manuel Faustino Silva - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626 - faustino-1239e@adv.oa.pt A Dr. Adriano de Melo Nazareth Barbosa - Praça da República, 29 – 1º Esq. – Almeirim - Tel. 243597997/8 Fax 243597999 A Drª Ana Sofia Casebre - Rua Dionísio Saraiva, Lote 1 – 1º Andar – Porta A – Almeirim - Tel. 243579134 Fax 243579134 TLM 936280534 A Dr. Sérgio Luís Coutinho dos Santos - Praça da República, 18 A 1º - Apartado 61 – 2080-044 Almeirim Tel. 2435991172 - Fax 243593224 sergiosantos - 365e@advogados.oa.pt A Dr. Vítor Sousa - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626 A Drª Célia Sousa Pinhal - Praça Lourenço de Carvalho, 12 A 1º 2080-043 Almeirim - Tel. 243593737 Fax 243593737 TLM 966110936 Celiasp-1498e@adv.oa.pt

Francisco Pedrógão Armando Ferreira

A Drª Ana Oliveira Simões - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570092 Fax 243570099 - anaoliveirasimoes2078e@adv.oa.pt

A Norberto Timóteo - Advogado Praceta do Chafariz, Lote 6- 1º Esq. - Apartado 93 - 2204-909 Abrantes; Tel.: 241 363 484; Fax: 241 365 234; Email: norbertotimoteo-169e@ advogados.oa.pt

A Drª Ana Gomes Ribeiro - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570093 Fax 243570099 - anagomesribeiro2104e@adv.oa.pt

A Eurico Consciência & Associados - Abrantes - Apartado 37 Tel: 241372831 /2/3 - Fax: 241362645 - E-mail: consciencia-839c@adv.oa.pt

A Dr. Pedro Borrego - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim -Tel. 243570091 Fax 243570099 - pedroborrego-2083e@ adv.oa.pt

A António Pires de Oliveira - Rua de Santa Isabel, nº 1- 1º Dto. 2200-393 Abrantes Tel.: 241 360 540 - Fax: 241 372 481 E-mail: dr.a.oliveira-355e@adv.oa.pt - Cédula Prof. 355 Évora

A Drª América Cravo - R. Dr. Óscar da Costa Neves, 8 - 1º - 2080-130 Almeirim - Tel. 243597946/8 Fax 243597947 - americacravo-855e@ adv.oa.pt

ABRANTES A Mário P. Claro - Célia Cruz Rua Luís de Camões nºs 9 - 11, 1º Esq., 2200-421 Abrantes Tel 241 379 090 - Fax.: 241 363 364; Trv. da Batoca, 6 - 2140-149 Chamusca; Tel/fax: 249 760 058 E-mail: mclaro.ccruz.spa@mail. telepac.pt

CARTAXO A Drª Liliana Pita - R. Dr. Manuel Correia Ramalho, 9 – 2º Esqº 2070-095 Cartaxo - Tel 243703631 Fax 243703631- lilianapita-18943l@ adv.oa.pt

A Drª Rute Nunes - Rua Dr. Lopes Batista, 5 B -1º E – Cartaxo TLM 914177635 Fax 243120102 - rute.nunes@apoiojuridico.com - www.apoiojuridico.com A Drª Ana Fonseca e Silva - Praça 15 de Dezembro, 23ª - 2º A – 2070-049 Cartaxo - Tel. 243704323 Fax. 2437074328 - anafonsecaesilva1002e@advogados.oa.pt

LISBOA A Albertino Antunes - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa Tel. 213172720 Fax. 213172729 A Alexandre Oliveira - Telem.: 969 239 263 - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa - Tel. 213172720 - Fax. 213172729

ALBERTINO ANTUNES ALEXANDRE OLIVEIRA

ANA MARTINHO DO ROSÁRIO ISABEL ALVES DE MATOS VICTOR BAPTISTA

ADVOGADOS

Telem.: 969 239 263

Av. do Brasil - Edifício Scalabis - 1º F Tef.: 243326242 2000 SANTARÉM

Av. 5 de Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 LISBOA Tel. 213172720 Fax. 213172729

ADVOGADOS

MADEIRA LOPES FRANCISCO MADEIRA LOPES

ADVOGADOS

ADVOGADOS

ADVOGADOS

Rua Dr. António José de Almeida nº 17, 1º Esquerdo Tel.: 243326821 - Fax: 243333830 2005-238 SANTARÉM

Pcta. Pedro Escuro n. 2 1.º Esq. Telef.: 243333821 Fax: 243391021 2000 SANTARÉM

Tel.: 243323700 - Fax: 243332994 Rua Elias Garcia, 24 - 1º Apartado 173 2001-902 Santarém

assinatura anual por apenas 25 €

ADVOGADOS  Eurico Heitor Consciência  João Roboredo Consciência  Teresa Roboredo Consciência

 Rui Roboredo Consciência  Fernando Zuzarte Saraiva  Rita Teimão Figueiredo

ABRANTES: Rua de S. Domingos – 336-2º A - Apart. 37 Tel. 241 372 831/2/3 - Fax: 241 362 645 2200 - 397 ABRANTES SANTARÉM: Rua Pedro de Santarém - 2 – 2º A Tel. 243 352 407 – Fax. 243 352 409 2000-223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) LISBOA: Rua Braamcamp – 52 – 9º Esqº Tel. 213 860 963 – 213 862 922 – Fax: 213 863 923 1250–051 LISBOA E.Mail: consciencia-839c@adv.oa.pt

FARMÁCIAS DE SERVIÇO SANTARÉM

ALMEIRIM

TORRES NOVAS

Sexta

12 Sá da Bandeira

Av.ª do Brasil, 38

243 322 966

Sexta

12 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Sexta

12 Central

Rua de São Pedro, 5

Sábado

13 Confiança

Urb. Oliv. Arame - S. Domingos

243 306 410

Sábado

13 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Sábado

13 Central

Rua de São Pedro, 5

249 822 411

Av.ª Bernardo Santareno, 24

243 326 704

Domingo 14 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 592 265

Domingo 14 Central

Rua de São Pedro, 5

249 822 411

Domingo 14 Vitorino

249 822 411

Segunda

15 Helena

R. Dr. Jorge Sena, 12 - Alto do Bexiga 243 420 214

Segunda

15 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Segunda

15 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

Terça

16 Flama Vitae

Pç. Sá da Bandeira, 4 e 5

243 322 195

Terça

16 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Terça

16 Nicolau

Rua 25 de Abril, 7

249 830 180

Quarta

17 Baptista

Rua Serpa Pinto, 101/3

243 322 072

Quarta

17 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 592 265

Quarta

17 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067

Quinta

18 Veríssimo

R. Capelo Ivens, 74

243 330 230

Quinta

18 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Quinta

18 Central

Rua de São Pedro, 5

249 822 411

Sexta

19 S. Nicolau

R. Capelo Ivens, 38

243 325 067

Sexta

19 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Sexta

19 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

243 617 068

TOMAR

CORUCHE

ALPIARÇA

Sexta

12 Dias Costa

Rua Serpa Pinto, 160-162

249 312 203

Sexta

12 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Sábado

13 Nova

Rua Silva Magalhães, 6

249 310 360

Sábado

13 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Domingo 14 Central

Rua Marquês de Pombal, 16

249 312 329

Domingo 14 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Segunda

15 Misericórdia

Rua Infantaria, 15, Nº 9

249 312 465

Segunda

15 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Terça

16 Torres Pinheiro

Rua Serpa Pinto, 27-33

249 312 206

Terça

16 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Quarta

17 Ribeiro dos Santos

Av. Norton de Matos, 13-15 e 17 249 324 373

Quarta

17 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Quinta

18 Dias Costa

Rua Serpa Pinto, 160-162

249 312 203

Quinta

18 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Sexta

19 Nova

Rua Silva Magalhães, 6

249 310 360

Sexta

19 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

12 Almeida

Rua da Misericórdia, 16

Sábado

13 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Domingo 14 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

Segunda

15 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Terça

16 Almeida

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

Quarta

17 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Quinta

18 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

Sexta

19 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

SALVATERRA DE MAGOS

CARTAXO

ABRANTES

Sexta

Sexta a Quinta

Sexta

12 Motta Ferraz

Largo Mota Ferraz, 7

241 360 520

Sexta

12 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

243 702 653

Sábado

13 Santos

Av.ª Dr. Ant. A.S. Mart. 47

241 360 530

Sábado

13 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

243 700 130

Domingo 14 Santos

Av.ª Dr. Ant. A.S. Mart. 47

241 360 530

Domingo 14 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

243 700 130

Segunda

15 Silva

Rua José Estevão, 1

241 360 060

Segunda

15 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

243 702 653

Terça

16 Silva Tavares

Rua do Comércio, 56

241 371 713

Terça

16 Correia dos Santos Rua da República, 10

243 770 997

Quarta

17 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Quarta

17 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

243 700 130

Quinta

18 Motta Ferraz

Largo Mota Ferraz, 7

241 360 520

Quinta

18 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

Sexta

19 Santos

Av.ª Dr. Ant. A.S. Mart. 47

241 360 530

Sexta

19 Correia dos Santos Rua da República, 10

Sexta

12 Carvalho 13 a 19 Martins

R. Dr. Gregório Fernandes, 20/2 263 504 451 R. Heróis de Chave

263 504 319

RIO MAIOR Sexta Sábado a Sexta

12 Almeida

R. Almir. Cândido dos Reis, 19 243 992 255

13 a 19 Cândido Barbosa Rua Serpa Pinto, 50

243 994 700

BENAVENTE

243 702 653

Funciona 9 às 22 h

243 770 997

Assegura serviço durante a noite Martins

Baptista

Av. Dr. Francisco S. Dias, 8, 1º 263 580 108 R. do Diário de Notícias, 9-r/c

263 517 633

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

saúde

41

DAssociação Alzheimer Portugal

A Associação Alzheimer Portugal, com mais de 6.000 associados, é uma associação que tem como objectivo a obtenção de apoio para as pessoas com doença de Alzheimer e seus familiares. A doença de Alzheimer, de causa ainda desconhecida, provoca a neurodegeneração e o consequente agravamento, progressivo e irreversível, das funções cerebrais culminando na total perda de autonomia. Estima-se que, em Portugal, mais de 70 mil pessoas sofrem desta doença que atinge, maioritariamente, a faixa etária a partir dos 60 anos.

A maior das patologias da visão Doença mais comuns da visão ∑ Cataratas e mácula podem levar à cegueira

Drª ISABEL MONTEIRO Médica Cardiologista • Consultas de Cardiologia • Electrocardiogramas • Ecocardiogramas Modo M, 2D e Doppler a cor • M.A.P.A. (Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial) Rua Dr. António José de Almeida, nº 11, 4º Dt.º 2000 - SANTARÉM Telef. 243 326 957

FAUSTINO SANTOS

Acupunctura / Hipnoterapia Clínica Licenciado em Medicina Tradicional Chinesa Curso pós-graduado de aperfeiçoamento de Hipnose em Clínica Médica (componente de especialização) da Faculdade de Medicina de Lisboa

Rua Pedro de Santarém, nº 65, 1º andar (antiga Rua do Matadouro perto do W Shopping)

MARCAÇÕES - Telemóvel: 962 600 338 www.faustinosantos-acupunctura.com

PRECISA-SE FARMACÊUTICA/O Para FARMÁCIA CATARINO MAÇÃO TEL: 241 519 010

A catarata é o nome dado a qualquer opacidade do cristalino. O cristalino, ou lente, é ao longo da vida sujeito a um processo de envelhecimento que poderá ter o seu desfecho na chamada catarata senil. As cataratas que afectam a totalidade do cristalino podem afectar gravemente a visão, são factor indiscutível de stress e podem provocar sérias limitações. São inúmeros os factores de risco que podem provocar ou acelerar o aparecimento de catarata, incluindo medicamentos, substâncias tóxicas, doenças metabólicas, traumatismos, doença ocular, radiação ultravioleta B, factores nutricionais, entre outros. A catarata não tratada é a primeira causa de cegueira a nível mundial. As queixas mais frequentes podem ser: diminuição da acuidade visual (principal sintoma), sensação de névoa, uma maior sensibilidade à luz e uma necessidade de mudar de óculos com mais

frequência. O único tratamento curativo da catarata é o cirúrgico e consiste em substituir o cristalino opaco por uma prótese designada por lente intraocular. A mácula: Se a principal causa mundial de cegueira continua a ser a catarata, segue por ordem de importância degenerescência macular e o glaucoma. Infelizmente ainda sem hipóteses de intervenção cirúrgica (na mácula há tratamento preventivo, na fase precoce); o glaucoma, também detectado precocemente, pode ser tratado com medicamentos. A degenerescência macular relacionada com a idade (DMI) é uma doença da mácula, a zona mais sensível da retina e por isso se diz que é uma doença retiniana. Manifesta-se clinicamente acima dos 50 anos de idade. A mácula é responsável pela visão nítida e central, ou seja, pelo pormenor, pela cor e formas. Uma vez destruída a mácula, a visão é irrecupe-

rável pelo que a DMI não tem cura. Como a doença se desenvolve gradualmente e sem dor, é muito importante a sua detecção precoce para permitir controlar a progressão da doença, reduzindo a extensão da perda de visão. O principal efeito da doença é a diminuição da autonomia do indivíduo, o que vai levar ao aumento da depressão e dependência. É a maior causa de cegueira dos países industrializados (em Portugal, calcula-se que há cerca de 5 mil novos casos por ano). A sintomatologia da DMI é marcada por mancha escura ou esbranquiçada no centro do campo visual; perda rápida da acuidade visual; diminuição da sensibilidade ou contraste; imagens enevoadas; alteração das cores e aumento da sensibilidade à luz. Os mecanismos de defesa do globo ocular incluem a presença de substâncias antioxidantes. Com o envelhecimento, algumas

delas diminuem a sua actividade e outras não são produzidas pelo organismo. O médico pode entender que a reposição destas substâncias se deve realizar através da alimentação ou de suplementos para reduzir a progressão da doença. O glaucoma é uma doença em que a pressão no interior dos olhos aparece aumentada. Na ausência de tratamento pode aparecer a cegueira. Surge principalmente em pessoas com mais de 40 anos e com familiares que sofram desta doença. Podem predispor para o aparecimento da doença lesões e maus estilos de vida (diabetes, hipertensão, dores de cabeça, tabagismo, abuso crónico de álcool e cocaína e alguns medicamentos). O tratamento passa pela aplicação de medicamentos nos olhos em gotas; medicamentos em comprimidos ou, nos casos mais graves, a medicamentos endovenosos. Beja Santos

CONSULTÓRIOS MÉDICOS DO JARDIM Praça da República, Nº 47 - 1.º - ALMEIRIM Junto à Farmácia Barreto do Carmo MEDICINA GERAL E FAMILIAR Dr.ª Emanuela Santos Andrade Dr. Generoso Barbosa Dr.ª Anabela Xavier de Basto PSIQUIATRIA Dr.ª Joana Alexandre CARDIOLOGIA Dr.ª Marisa Peres NEUROCIRURGIA Dr. Rui Bello Silva PSICOLOGIA Dr.ª Sandra Silva Dr. Ricardo Luciano (Avaliação Psicoterapia c/ crianças) ENDOCRINOLOGIA Dr. Carlos Fernandes PEDIATRIA Dr. Nuno Carvalho Dr.ª Teresa Barracha GINECOLOGIA/OBSTETRICIA Dr. Pedro Rocha (HDS) Dr.ª Lucília Gaspar (HDS) PODOLOGIA Dr.ª Sandrina Fortunato UROLOGIA Dr. António Oliveira ORTOPEDIA Dr. Joaquim Simões

CIRURGIA VASCULAR Dr. Edgar Berdeja FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA Fisioterapeuta Alexandra Claudino PNEUMOLOGIA Dr.ª Paula Cravo IMUNOALERGOLOGIA Dr. Abreu Nogueira DIETISTA/NUTRICIONISTA Dr.ª Helga Marques ACUPUNCTURA Dr.ª Alda Costa HOMEOPATIA/ FISIOTERAPIA Dr. Rui Pinto Dr. Raúl Silva TERAPIA DA FALA Terapeuta Dora Colaço SERVIÇOS DE ENFERMAGEM Enf.ª Ana SHIATSU Drª Mª Rosário Salavessa ELECTROCARDIOGRAMAS Com Técnico Especializado CTG - Grávidas Holter - 24 h Mapa (Tensão Arterial)

Acordos com ADVANCE CARE; MULTICARE e MÉDIS ANÁLISES CLÍNICAS - com todos os acordos

MARCAÇÕES

Tel 243 593 422 Tlm 969 902 195

O Ribatejo

42 SAÚDE

10 | Junho | 2009

Drª MADALENA BARRETO INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243327546 - 2000 SANTARÉM

DR. JOSÉ LUÍS P. BARRETO UROLOGISTA Pela Ordem dos Médicos DOENÇAS DOS RINS, VIAS URINÁRIAS E APARELHO SEXUAL MASCULINO

F. RIBEIRO DE CARVALHO CIRURGIÃO PLÁSTICO Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética Cirurgia Estética e Reconstrutiva da Mama Cirurgia do Contorno Corporal Cirurgia Estética Facial Surgimed Pcta. Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6 - r/c SANTARÉM Marcações pelo Tel: 243 30 57 80

CONS. - SURGIMED

Pr. Eduardo Rosa Mendes n.º 6 R/C - Telef.: 243305780 2000 SANTARÉM

Dr. Martinho do Rosário

Médico de Urologia CONSULTAS 2ªs, 4ªs e 6ªfeiras a partir das 15 h. MARCAÇÕES todos os dias, a partir das 15 h. SANTARÉM

Sandra Silva

Dr. Rui Castro

PSICÓLOGA CLÍNICA

Médico Especialista de Clínica Geral

Avaliação Psicológica e Acompanhamento: Crianças, Adolescentes e Adultos Santarém - Climeco Rua do Colégio Militar lt. 10 1º Esq. Telefone 243 328 303

CONSULTÓRIO: Rua José Saramago, 17-1º

Rua José Saramago, 17 Telef.: 243327431 - 2005-185 SANTARÉM

CLIMECO - Clínica Médica de Eduardo Lopes Oftalmologia Dr. Eduardo Lopes Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

(edifícios atrás do Banco de Portugal)

Telef. e Fax: 243 327 431 Telemóvel: 917 770 678 CONSULTAS E MARCAÇÕES DIÁRIAS

Oftalmologia Pediátrica Drª Cristina Amorim Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

Ortóptica Dr. Alfredo Sousa - Drª Ana Ascensão Neurocirurgia Dr. Bello da Silva Acordos c/ Multicare

Neurologia Drª Adelaide Palos Dermatologia Drª Maria João Reumatologia Drª Manuela Micaelo Acordos c/ Multicare

Psicologia Drª Edite Oliveira - Drª Isabel Baptista MARCAÇÕES PELO TELEFONE 243 328 303 Rua Colégio Militar, Lt. A - 1º Esquerdo (junto ao antigo Campo dos Leões) 2000 SANTARÉM

SAÚDE 43

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

CONSULTÓRIO DENTÁRIO - Nova morada -

DR. MARCÃO Médico especialista de ESTOMATOLOGIA (Doenças da boca e dentes) pela Ordem dos Médicos e pelo Hospital de Santa Maria

CLÍNICA - CIRURGIA - PRÓTESES DENTÁRIAS CONSULTAS TODOS OS DIAS Largo Cândido dos Reis, 11 - 1º Direito (junto à rotunda do hospital velho) Telef: 243 326 435 - 2000 SANTARÉM

CENTRO CLÍNICO DO CHOUPAL MED. FÍSICA E REABILITAÇÃO CONSULTAS Fisiatria (Dr.ª Helena Martins) (Dr. José Miguel Pais) Ortopedia (Dr. A. Júlio Silva) Psicologia (Dr.ª Elsa Couchinho) (Dr.ª Teresa Molina) Clínica Geral e doenças do Coração (Dr.ª Liliana Aleksandrov) ACORDOS FISIOTERAPIA: ADSE, ADMFA, ADMA, C.G. DEPÓSITOS, CTT, SAMS, TELECOM e SEGURADORAS R. Capitão António Montês, 4-A (Rampa Ciclistas) Tel. 243326935 - Fax: 243326935 2000 SANTARÉM

DRA. MARISA PERES MÉDICA CARDIOLOGISTA

JOSÉ MANUEL PIRES TEIXEIRA

Consultas e Exames de Cardiologia

MÉDICO ESPECIALISTA - GINECOLOGISTA / OBSTETRA ASSISTENTE HOSPITALAR GRADUADO do HOSPITAL DE SANTARÉM

Santarém: GFS: 243 328 890 IMS: 962 567 961

DOENÇA DA MAMA - DIPLOMADO e MASTER em Senologia / / Pat. Mamária pela F. de Medicina da Un. de Barcelona CONSULTÓRIO NA CLÍNICA “FERRO DE ENGOMAR” Rua do Quintino, 9 - A - Tel.: 243770939 - CARTAXO

Almeirim: Clínica do Jardim: 243 593 422 Enfercentro: 243 579 601 Aveiras de Cima: Centro Médico de Aveiras: 263 474 976

CLÍNICA OTORRINO DR. FLÁVIO DE SÁ

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243327546 - 2000 SANTARÉM

João Paulo Ribeiro

TODOS OS DIAS DAS 9.00 - 20.00 horas R. Dr. António José de Almeida, n.º 11 - 2.º Esq.º Tel./Fax 243 329 010 - SANTARÉM

PSI CÓ LO GO • Psicoclínico / Psicoterapeuta • Psicoterapia de Crianças, Adolescentes e Adultos Surgimed - Tel. 243 305 780 • SANTARÉM

PLAMEN NAIDENOV ASS. HOSP. IPOFG – COIMBRA ESPECIALISTA DE ENDOCRINOLOGIA METABOLISMO E DIABETES

- Doenças da tiróide - Diabetes

- Alterações hormonais - Obesidade

Centro Médico e de Enfermagem de Abrantes Largo de S. João, nº 1 – 2200 Abrantes Telef. 241 371 566 / 241 371 690

Psicologia Clínica e Psicoterapia

Santarém • Coruche • Rio Maior

Rosa Ferro

Dr. A. JÚLIO SILVA

Psicóloga Clínica

Médico Especialista

Avaliação e Acompanhamento Psicológico de Crianças, Adolescentes e Adultos. Orientação Escolar.

ORTOPEDIA

Consultório: Cartaxo e Lisboa Tlm: 914 646 937 E-mail: rosaferro@sapo.pt

CARDIOLOGISTA Electrocardiograma M.A.P.A. Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial E. C. G. Holter 24 Horas Ecocardiograma Av.ª José Saramago, nº 17 - 1º SANTARÉM Telef.: 243327431

Largo de S. João, N.º 1 - Telefones 241 371 566 - 241 371 690

C O N S U LTA S P O R M A R C A Ç Ã O OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA Dr.ª Lígia Ribeiro, Dr. João Pinhel OFTALMOLOGIA Dr. Luís Cardiga ORTOPEDIA Dr. Matos Melo OTORRINOLARINGOLOGIA Dr. João Eloi PNEUMOLOGIA Dr. Carlos Luís Lousada PROV. FUNÇÃO RESPIRATÓRIA Patricia Gerra PSICOLOGIA Dr.ª Odete Vieira; Dr. Michael Knoch; Dr.ª Maria Conceição Calado PSIQUIATRIA Dr. Carlos Roldão Vieira; Dr.ª Fátima Palma UROLOGIA Dr. Rafael Passarinho NUTRICIONISTA Dr.ª Carla Louro SERVIÇO DE ENFERMAGEM Maria João TERAPEUTA DA FALA Dr.ª Susana Martins

918 732 116

Marcações pelo tmóvel -

JÚLIO ARANHA

CENTRO MÉDICO E DE ENFERMAGEM DE ABRANTES ACUPUNCTURA Dr.ª Elisabete Alexandra Duarte Serra ALERGOLOGIA Dr. Mário de Almeida; Dr.ª Cristina Santa Marta CARDIOLOGIA Dr.ª Maria João Carvalho CIRURGIA Dr. Francisco Rufino CLÍNICA GERAL Dr. Pereira Ambrósio - Dr. António Prôa DERMATOLOGIA Dr.ª Maria João Silva ENDOCRINOLOGIA Dr. Plamen Naidenov GASTROENTERELOGIA E ENDOSCOPIA DIGESTIVA Dr. Rui Mesquita; Dr.ª Cláudia Sequeira MEDICINA INTERNA Dr. Matoso Ferreira NEFROLOGIA Dr. Mário Silva NEUROCIRURGIA Dr. Armando Lopes NEUROLOGIA Dr.ª Isabel Luzeiro; Dr.ª Amélia Guilherme

Psicóloga Clínica

CONSULTAS • Otorrino • Pediatria • Alergologia • Clínica Geral • Cirurgia Geral EXAMES • Audiogramas • Timpanogramas • Endoscopia ORL • Electrocardiogramas

Dr. ARMANDO RODRIGUES LOPES INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

Sílvia Lencastre Fróis

(Centro Clínico do Choupal) R. Capitão António Montez, 4-A Tel. 243326935 SANTARÉM

Surgimed Anat. Patológica Dra. Margarida Mendes

Gastroenterologia Dr. Júlio Veloso

Ortopedia Dr. D. Cadavez

Cir. Geral / Obesidade Dr. Joaquim Costa

Endocrinologia Dr. Luís Raposo

Otorrino. Dr. Flávio de Sá

Cirurgia Geral Dr. Paulo Alves

Medicina Interna Dra. Luísa Wandschneider

Pneumologia Dr. Marco da Costa e Silva

Cirurgia Plástica Dr. Ribeiro de Carvalho Cirurgia Vascular Dr. Mário Soares Clínica Geral Dra. Hélia Castro Dr. Benjamim Coimbra Dietética Dra. Célia Dias

Neurocirurgia Dr. Carlos Calado

Psicologia Dra. Elsa Martins Dr. João Paulo Ribeiro

Neurologia Dr. Jorge Becho

Psiquiatria Dr. Vítor Henriques

Oftalmologia Dr. Juan Palomares Dr. Castela Rodrigues Dr. Fábio Trindade

Reumatologia Dr. Teixeira Costa Urologia Dr. Luís Barreto

Exames Complementares e Outros: • • • • • • •

Endoscopia Digestiva Alta Colonoscopia Fibrorectosigmoidoscopia Polipectomia Endoscópica Citologia Aspirativa Urofluxometria E.C.G.

• Trat. varizes (esclerose e laser) • Sedação profunda c/apoio de Anest. p/ exames endoscópicos • Laser Cirúrgico • Internamento (Piso 10 – HDS) • M.A.P.A. • Holter 24 horas

Marcações das 9:00 às 19:00 de 2ª a 6ª Feira Telef: 243 305 780 Fax: 243 305 781 Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6-r/c 2005-174 SANTARÉM Email: surgimed@mail.telepac.pt

O Ribatejo

44 PUBLICIDADE

10 | Junho | 2009

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL Nº 2089200601089188

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL Nº 2089200501010107 AP

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

1ª PUBLICAÇÃO

1ª PUBLICAÇÃO

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes do executado VITOR MANUEL ALMEIDA RIBEIRO, com domicílio fiscal em Rua do Moinho – Sobral 2000-700 S. Vicente do Paúl - Santarém, para no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art. 240º, CPPT) e que foi penhorado em 27 de Fevereiro de 2008 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), do anos de 2006, no montante actual de 6.590,10 €, sendo 4.828,68 € de quantia exequenda e 1.761,42 € de acréscimos legais.

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes da executada LUSIBOVI SOCIEDADE AGRO PECUÁRIA, LDA, com sede em Rua do Poço N 1 2005 Secorio 2005-094 Moçarria - Santarém, para no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art. 240º, CPPT) e que foi penhorado em 22 de Abril de 2008 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas (IRC) e Coimas Fiscais (CF), do anos de 2006, no montante actual de 1.664,48 €, sendo 1.392,81 € de quantia exequenda e 271,67 € de acréscimos legais.

BEM A VENDER

BEM A VENDER

Prédio rústico sito em Colão, freguesia de S. Vicente do Paul, concelho de Santarém, com a área total de 3.600m2, composto de cultura arvense com olival e figueiras, que confronta de norte com Joaquim de Jesus Vital, de sul com Manuel Joaquim Monteiro Damas, nascente com serventia e de poente com estrada municipal. Encontra-se inscrito na matriz rústica sob o artigo nº 191 da secção T, da freguesia de S. Vicente do Paul. Acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém sob o nº 01418/20030217, da mesma freguesia.

Prédio rústico sito em Cabeço Vilão, freguesia de Bugalhos, concelho de Alcanena, com a área total de 7.560m2, composto de cultura arvense, mato e pastagem ou pasto, que confronta de norte com António Oliveira, de sul, nascente e poente com Herdeiros de Francisco Fernandes. Encontra-se inscrito na matriz rústica sob o artigo nº 233 da secção I, da freguesia de Bugalhos. Acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Alcanena sob o nº 01444/20030109, da mesma freguesia.

É depositário o executado, Sr. Vítor Manuel Almeida Ribeiro, o qual, depois de contactado no seu domicílio fiscal e no cumprimento das suas obrigações legais, o mostrará aos interessados. Findo o prazo dos éditos, no dia 5 de AGOSTO de 2009, pelas 15:00 horas, proceder-se-á à sua venda por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT) sendo o valor base para a venda de 16.380,00€, correspondente a 70% do valor atribuído, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT). As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, ser entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda, e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2008.037 – VITOR MANUEL ALMEIDA RIBEIRO”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto o executado, os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36º do respectivo código. É devido o Imposto do Selo a que se referem as verbas nºs 1 e 3 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos oito dias do mês de Junho do ano de dois mil e nove.

É depositário o gerente da executada, Sr. Cristóvão Fernando Correia Joaquim, o qual, depois de contactado na sede acima indicada e no cumprimento das suas obrigações legais, o mostrará aos interessados. Findo o prazo dos éditos, no dia 5 de AGOSTO de 2009, pelas 11:00 horas, proceder-se-á à sua venda por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT) sendo o valor base para a venda de 1.588,00€, correspondente a 70% do valor atribuído, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT). As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, ser entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda, e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2008.066 – LUSIBOVI SOCIEDADE AGRO PECUÁRIA, LDA.”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto o representante legal da executada, os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36º do respectivo código. É devido o Imposto do Selo a que se referem as verbas nºs 1 e 3 da respectiva Tabela.SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos oito dias do mês de Junho do ano de dois mil e nove.

O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra)

O ESCRIVÃO, (João José Marcelino Tavares)

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1232 de 10.06.2009)

O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra)

O ESCRIVÃO, (João José Marcelino Tavares)

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1232 de 10.06.2009)

SERVIÇOS | PUBLICIDADE 45

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

CRÉDITOS PAU LO N I ZA INÍCIO DO SEU NEGÓCIO * CRÉDITO RÁPIDOTaegP/desde 12,49%

* CRÉDITO PARA MÁQUINAS INDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS E VEÍCULOS PESADOS Taeg desde 6,06%

* CRÉDITO PESSOAL RÁPIDO ATÉ 60.000€

OU CONSOLIDADO S/ HIPOTECA C/ REDUÇÃO ATÉ 50% DO ENCARGO MENSAL, AMBOS C/ ASSINATURA DE 1 SÓ TITULAR, SE CASADO Taeg desde 12,49%

* CRÉDITO COM GARANTIA DO SEU AUTOMÓVEL E NEGÓCIOS AUTO ENTRE PARTICULARES Taeg desde 18,52%

* CRÉDITO HABITAÇÃO SEM FIADORES E COM REDUÇÃO DA SUA PRESTAÇÃO MENSAL PARA TRANSFERÊNCIAS Taeg desde 5,1994%

* CRÉDITO CONSOLIDADO MESMO P/ PESSOAS COM PROBLEMAS BANCÁRIOS, DÍVIDAS FISCAIS, S. SOCIAL E PENHORAS

O MUNDO de CRISTAL

Todos os créditos num só, com redução Até 60% da prestação mensal Taeg desde 6,509%

Auxilia Portugueses e Estrangeiros:

Medium, Espirita e Numerologa Lê cartas, cristais, joga búzios e castanhas. Faz limpeza espiritual e cura de doenças Radiestesia/Pendulos e regressão de vidas Há mais de 35 anos ajudando o público Atendimento na minha ou na vossa residência

Urb. Vila das Taipas. Lt.4 – r/c Drt. 2080-067 Almeirim Telf.: 243 579 296 Fax: 243 591 298 Telm. 938 879 678

Tel: 964 948 188 / 918 666 438 D. Cristal

Recente, c/ Gabinete Estética, equipado - em funcionamento - Centro de Santarém, renda baixa. 15.000 € Telef.: 967 873 840

A iniciar o seu novo negócio ou empresa com créditos Para fundo de maneio, instalações e equipamento

AUXILIA A CONCRETIZAR SONHOS

Salão de Cabeleireiro TRESPASSA-SE

O Ribatejo

46

10 | Junho | 2009

imobiliário & classificados A85 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/ 243094092

IMOBILIÁRIO arrenda-se A CARTAXO Loja de 3 assoa. c/ 55 m2, perto da Escola Básica José Tagarro 300 € RE/MAX Milénio AMI 6883 www. remax.pt/121871014-74 Tel: 961334730 A CARTAXO Loja c/ 54 m2 Qta. das Correias 350 € RE/MAX Milénio AMI 6883 www.remax. pt/121871014-74Tel: 961334730 A SANTARÉM – T4 transformado em T3, lareira, parqueamento, centro da cidade 500€ RE/ MAX Milénio AMI 6883 www.remax.pt/12187105429 Tel: 961778965 A 1º ANDAR T2 no Cartaxo TL 243703955 915060149 A CASA mobilada em Santarém TL 969303121 A CASA p/férias toda equipada na Atalaia/ Lourinhã acesso praias T. Vedras e Peniche T 913466304 A QUARTO mobilado em Santarém TL 969303121 A T4 Santarém. Marvila Com logradouro. Preço: 400€ - Ref. A86 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A T4 Santarém. Marvila Remodelado. 2º Andar s/ elevador Preços: 350€ Ref.

A APT T2 – Marvila Prédio com elevador. Bem localizado. Preço: 300€ - Ref. A89 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf- 915084892 /243094092 A ESCRITÓRIOS Marvila - Str. Com roupeiro, serviço recepção incluído, excelente localização. Valor: 250€ CADA - Ref. A73/A77 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A T2 C/ QUINTAL Alto do Bexiga. Cozinha, despensa, sala, 2 quartos, wc e quintal. Preço: 400€ - Ref. A88 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A ARMAZÉM Na Zona Industrial. Com cerca de 1.500m2. Valor: 2.500€ - Ref. A83 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092

IMOBILIÁRIO trespassa-se A BAR c/ grande afluência de clientes, no centro de Santarém, junto a escolas superiores. Todo Equipado. Em pleno funcionamento Ref. 3390 Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A LAVANDARIA em pleno funcionamento e amplamente equipada, situada numa das zonas nobres da cidade de Santarém. Grande oportunidade de negócio (30.000€) Ref; 001001008 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770 A CABELEIREIRO c/ gab. estética equipado centro Str renda baixa 15000€ TL 967873840

A LOJA Junto ao Centro de Emprego Área: 250m2 + 250m2 de cave. Preço: 2.000,00€ - Ref. A84 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A APT T2 mobilado, no Cartaxo, 380€, AMI 7252, Localvoga, Lda TLM 961503151 A APT T2 semi-novo c/ 1 lugar de garagem, no Cartaxo, 350€, AMI 7252, Localvoga, Lda TLM 961503151 A APT T3 no centro do Cartaxo, 425€/mês, AMI 7252, Localvoga, Lda TLM 961503151

IMOBILIÁRIO vende-se A OU ALUGA-SE moradias V5 a estrear, independentes, garagem, excelente construção. Portela das Padeiras/ Str TLM 919318181 A APT T2 c/ terraço, r/ch alto, no Cartaxo, grandes áreas, pouco uso, varanda, 2 despensas, marquise, 73.000€. AMI 7252 Localvoga, Lda TLM 961503152

A APT T2 no Cartaxo, r/ ch, c/ acesso à A1, área útil 95m2, lareira, cozinha semi-equipada, despensa e varanda fechada, roupeiros. wc, videoporteiro, garagem c/ portão automático, elevador, 70.000€, AMI 7252, , Localvoga, Lda TLM 961503152. A VILA DA MARMELEIRA – Moradia V3 recuperada c/ logradouro 60.000 € RE/ MAX Milénio- AMI 6883 www.remax.pt/121871057319 Tel: 961778997 A CARTAXO – T2 recente c/ sótão, lareira, barbecue 90.000 € RE/MAX Milénio – AMI 6883 www.remax. pt/121871002-967 Tel: 961778995 A CARTAXO – Ap. T3 recente, quintal privativo e lugar garagem 92.500 € RE/MAX Milénio – AMI 6883 www.remax. pt/121871030-8 Tel: 961535235 A ALMOSTER – Herdade c/ 56,9 ha., olival, floresta, várzea grande, pasto, Paul c/ flamingos… RE/MAX Milénio – AMI 6883 www. remax.pt/121871014-41 Tel: 961334730 A CARTAXO – moradia V3 c/ garagem e quintal 125.000 € RE/MAX Milénio – AMI 6883 www.remax. pt/121871002-966 Tel: 961778995 A CASA p/ remodelação total ou terreno p/ const. de prédio de 5 pisos, sendo o R/c p/ loja e os restantes pisos p/ habitação de 4 apts (1 por piso) no centro do Cartaxo – 65.000€ www.remax.pt/12043107098 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 96 177 89 66

A RESTAURANTE e Café, fracção destinada a comércio, composta por 2 divisões amplas, wc homens/senhoras, arquivo, dep. de gás, arrecadação e instalações sanitárias. Bom preço, estado como novo. Localiza-se em zona movimentada! – 90.000€ www.remax.pt/1204311068 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 96 214 94 24 A APT em zona sossegada, sala c/ varanda, cozinha c/ despensa, 2 wc e 3 quartos todos c/ roupeiros. Arrecadação e garagem em box. Prédio c/ 4 fracções e c/ áreas comuns de logradouro - 90.000€ www.remax.pt/12043107115 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 96 177 89 98 A CASA de R/c recup. c/ 2 assoa., cozinha c/ móveis novos, exaustor, 1 salamandra e uma despensa c/ prateleiras e porta de correr. Possui 1 quarto amplo e um wc c/ poliban e janelas com vidros duplos, tem logradouro – 47.250€ www. remax.pt/120431071-33 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 96 862 35 34 A APT T3 no centro de Alpiarça, a 10 minutos de Santarém e da Estação da CP, Hospital. Excelente relação qualidade/preço c/ 135,8 m² de área total, 2º andar de um edifício de 3 pisos – 71.500€ www. remax.pt/120431092-14 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 96 177 89 60 A ESCRITÓRIO c/ 2 salas, 2 arquivos e 1 wc em óptimo estado, c/ ar condicionado e situado no

centro da cidade de Santarém, perto das Finanças – 86.000€ www. remax.pt/120431108-18 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 96 271 63 56 A APT c/ boas áreas e bem distribuídas, excelente estado de conservação, 2 wc c/ lavatórios duplos e uma c/ banheira de canto de hidrom. Aq. central e lareira. quartos c/ roupeiros, varanda na sala, cozinha equip. c/ máquina de lavar roupa, fogão, placa, exaustor, frigorifico e caldeira – 89.990€ www. remax.pt/120431071-97 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 96 177 89 66 A APT T3 c/ pouco tempo de uso. Possibilidade de espaço de garagem. Santarém – S. Domingos (95.000€) Ref; 001001018 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda. pt – 243306076/ 917 997770 A MORADIA geminada c/ 3 assoa., 2 pisos, terraço e logradouro. Centro da cidade. Bom preço. Calçada do monte – Santarém (95.000€) Ref; 001002002 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770

Concelho de Salvaterra de Magos Freguesia de Salvaterra de Magos: Bairro Chesal, Bairro Coitadinha, Estrada do Convento, Bairro Coitadinha Lt, Bairro Gatinheira Lt . (das 09:30 às 10:30 horas) Concelho de Santarém Freguesia de Vale de Figueira: Rua Alvitejo, Rua Bela Vista, Rua Campo do Rossio, Rua Flores, Rua Igualdade, Largo Outeirão, Rua Paz, Largo Trabalhadores, Rua 13 de Março, Rua Loureiro, Casal Terra da Eira, Rua Barreira da Bica, Estrada Campo Rossio Lt, Rua Pescadores Lt. (das 08:00 às 12:00 horas) Nota: Devido a situações imprevistas, os trabalhos poder-se-ão prolongar até às 15:00 horas. Por motivos de segurança e dado poder haver necessidade de proceder a ensaios ou ser feito o restabelecimento antecipado, as instalações deverão ser consideradas permanentemente em tensão.

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1232 de 10.06.2009)

A APT T1 praia da Areia Branca c/ estac., usado em muito bom estado, perto da praia. Preço 75.000€ (Negociável) www. Imoabrantes.com – AMI 2766 – Tm 966826474 A MORADIA V4+1 S. Lourenço/ Abrantes, em óptimo estado, terreno c/ 12.280m2- área coberta de 275m2. Preço 390.000€ www.Imoabrantes.com – AMI 2766 – Tm 966826474

A QUINTINHA c/ 10.200 m2, moradia c/ 4 quartos,

A APT T3, Almeirim, novo, lugar garagem, ar

CERTIFICO que por escritura de vinte e dois de Maio de dois mil e nove, exarada a folhas 99 e seguintes do livro de notas para escrituras diversas número 28 do Notário Tiago Miguel Berrincha Travassos Relva, com instalações na Praceta Pedro Escuro, número 18, em Santarém, MARIA GERTRUDES DOS SANTOS MENDES PEDRO, NIF 117 589 730, e marido JOAQUIM FERNANDO RODRIGUES PEDRO, NIF 117 589 721, casados sob o regime da comunhão de adquiridos, ela natural da freguesia de Santarém (Marvila), concelho de Santarém, ele natural da freguesia de Casével, concelho de Santarém, residentes na Rua do Moinho, 2000-700 Sobral, São Vicente do Paul, declararam que, com exclusão de outrem, são donos e legítimos possuidores do seguinte imóvel: PRÉDIO RÚSTICO composto por cultura arvense de sequeiro, oliveiras e pereiras, com a área de dois mil metros quadrados, a confrontar de norte com Maria Elisa Mota Mendes e Rosalina de Jesus, de sul com estrada e Manuel da Costa, de nascente com Fernando Ferreira e Manuel da Costa e de poente com estrada e Maria Elisa Mota Mendes, sito em Foros do Colão, freguesia de S. Vicente do Paul, concelho de Santarém, omisso na Conservatória do Registo Predial de Santarém, inscrito na respectiva matriz sob o artigo 125 da secção T, em nome de Gertrudes da Cruz Cabeça de casal da herança de, com o valor patrimonial tributário (IMI) de 154,60 euros e o valor patrimonial tributário (IMT) de 390,88 euros e o atribuído de quinhentos euros. Que possuem este bem em nome próprio, convictos de que lhes pertence, há mais de vinte anos, por o terem adquirido, pelo ano de mil novecentos e setenta e oito, por doação verbal de Maria de Jesus dos Santos e marido Januário da Cruz Mendes, casados sob o regime da comunhão geral, residentes que foram em S. Vicente do Paul, Santarém, e desde então e ininterruptamente o cultivam, colhendo os frutos, fazendo as obras de conservação necessárias, posse que sempre exerceram, com conhecimento e à vista de toda a gente, sem oposição de quem quer que seja, sendo, por isso uma posse pacifica, contínua, pública e de boa fé, pelo que o adquiriram por usucapião, não tendo todavia, dado o modo de aquisição, documento que lhes permita fazer prova do seu direito de propriedade. Santarém, 22 de Maio de 2009.

A Colaboradora do Notário, (Cláudia Peseiro)

A TERRENO na Serra/ Tomar, c/ viab. De construção c/ 9040m2, frente p/ água da barragem c/30m – Preço 200.000€ www.Imoabrantes.com – AMI 2766 – Tm 966826474

A APT T2, Almeirim, coo novo, cozinha equipada, logradouro c/churrasqueira. Valor 90.000,00€ - Ref. A-327 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915

notário

DRC TEJO

A APT T2 em muito bom estado, situado na zona nobre de S. Domingos – Santarém (95.000 €) Ref; 001005001 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770

A V2, pré-instalação a.c., cozinha rústica c/ lareira, telheiro c/ barbecue e lavatório, parqueamento, murado e possib. construção de 182m2. Frade de cima – (125.000€) Ref; 001003006 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770

Tiago Relva

Para os devidos efeitos, comunica-se que no próximo dia 14 de Junho de 2009 (Domingo), prevê-se o corte de corrente nos locais e períodos abaixo mencionados:

sala comum (32.85 m2) c/ recup. calor, Cozinha semi-equipada, pré-instalação de aquec. central e garagem p/ 2 carros. Piscina (4.5mx9m). Achete (199.000€) Ref; 001004007 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770

A TERRENO c/ 165m2, Almeirim, c/ moradia para demolir. Valor 27.500,00€ Ref A-326 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915

condicionado, cozinha equipada, excelentes. Valor 115.000,00€ - Ref. A-322 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915 A MORADIA T2 rural, na Várzea, 1900m2 terreno, zona sossegada. Valor 68.000,00€ - Ref. A-320 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915 A LOJA em Santarém, nova, 110m2, grandes montras. Valor 97.500,00€ - Ref. S-574 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915 A São Vicente Paúl Moradia T3, usada, como nova, c/ 2 quartos, suite , cozinha, sala, 2 wc, alpendre, garagem. 2 cadernetas urbana c/1.000m2 e rústica c/3.020m2. convida ao relax e qualidade de vida . ZEN , c/ a capital do gótico e entrada para A1 a 10 min. ZEN MOR.199 PREÇO 175.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Santarém – Jardim de Baixo Moradia T3, r/c e 1º, usada, soalheira, em ópt. estado, pré-instal. p/ paneis solares, logradouro, alpendre, garagem indiv.. Zona residencial mtº aprazível, próx. entrada A1, zonas comercias, escolas e cidade de Santarém. ZEN MOR.198 PREÇO 165,000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Romeira Moradia T4+1. r/chão, cave e sótão. No r/ chão: hall, sala, quarto, suite, wc e alpendre; na cave: cozinha, despensa, casa máq., 2 quartos, casa jantar e wc. Sótão amplo. 2 cadernetas, urbana c/ 450m2, rústica c/ 11.680m2. ZEN MOR.130 PREÇO 199.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243

IMOBILIÁRIO & CLASSIFICADOS 47

O Ribatejo 10 | Junho | 2009

A Alpiarça Moradia T5+1,usada ( cave, r/c e 1º), proj. numa construção e acab. Qualidade, zona habitacional privilegiada... Barragem, Museu dos Patudos e Reserva Natural do Cavalo Sorraia. ZEN MOR.168 PREÇO 280.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Santarém – S.Salvador Apt Duplex T2, usado, bem cons., bons acab., 2 quartos, sala, Wc ,cozinha, zona arrumos, garagem priv. c/acesso ao duplex, arrecadação, em zona calma, a 3 min. centro da cidade, e 5 min. acesso a A1 .ZEN APT.107 PREÇO 97.500€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Almeirim Apt T3, novo, hall (tecto falso c/ projec.) 2 quartos (roupeiros de correr), 1 suite( banheira hidrom. wc c/ janela), sala, wc, cozinha semi-equipada c/ electrodom. INDESIT, garagem (box indiv.

exterior, c/ água e luz ligado cada fracção), zona agradável, c/ jardim, bons acessos rodoviários ZEN APT.155 PREÇO 105.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Apt. usado T2 Almeirim c/ 1 lugar de garagem . 100.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Casa antiga em Ponte do Soleiro/ Santarém. 50.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A LOJA c/ + - 40 m2 em Santarém na zona histórica. 42.500€ neg - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. usado T2 em Santarém. 65.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. novo T3 c/ garagem em Almeirim.

126.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A SANTARÉM APT 4 assoa., semi – novo, cozinha equipada, aquecimento central, lareira, despensa, arrecadação, Área Total 115 m2. Oportunidade! Ref. 3243 Preço: 112.500.00 € Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM (centro) Moradia 3 assoa., 120 m2 de Habitação, terraço e logradouro. Excelente Localização Ref. 3231 Preço: 85.000.00 Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM (arredores) Terreno c/ 4.720 m2. Viabilidade de const. de moradia R/C e 1ºandar + 4% Anexos. Água e Luz. Excelentes Acessos Ref. 3392 Preço: 49.950.00 € Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

A SANTARÉM Moradia Semi-Recuperada c/ sótão, jardim, área total 298 m2. Bons Acessos e Localização. Ref. 3122 Preço: 80.000.00 € A SANTARÉM APT 4 assoa., despensa, marquise, sótão, ar condicionado, varandas. Excelente Localização. Oportunidade! Ref. 3343 Preço: 75.000.00 € Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

VEÍCULOS vende-se A BMW 316i c/ alarme 89000 kms 7000€ TL 911008574

A PART-TIME área divulgação entrevista 910340532

A PEUGEOT 306 ano 99 4000€ TLM 911008574

EMPREGO oferece-se DIVERSOS geral A VENDO sistema GPL muito barato TLM 914455866 A FAÇO leitura Tarot, se tem problemas dificeis, se precisa de afastar ou aproximar alguém... encontre ajuda. Contacte 9190921407

A SERVENTE pedreiro t/ país T 965478731 927295726

EMPREGO precisa-se A ORGANIZADORES excursões pago bem TLM 965478731

A SECRETÁRIA/ telefonista zona de Santarém TLM 937 266874

tempo: nublado Previsões de tempo nublado para o fim-de-semana e com perspectiva de ocorrerem agucaeiros a partir de terça-feira, que se deve manter até sextafeira, dia em que se prevê um dia de sol. Impresso em papel que incorpora 30 por cento de fibra reciclada, com tinta ecológica de base vegetal

10 | JUNHO | 2009

rosário breve

agenda

Terça-feira

Santarém ∑Carlos do Carmo canta junto à praça de toiros de Santarém, às 23h.

Daniel Abrunheiro

Alverca! Alverca! Alverca!

∑Tony Carreira dá

concerto na Feira da Agricultura, às 22h30.

Quarta-feira Santarém ∑Parada militar das comemorações do 10 de Junho, às 10h15, no Campo Emílio Infante da Câmara.

Os Três Macacos Torres Novas, 17 de Junho Isto é Ingleterra Cartaxo, 18 de Junho

(ver páginas 41

O Ribatejo

Medalha de ouro para Cavaco Homenagem∑ Moita Flores dá medalha da cidade ao Presidente da República

Santarém ∑Rita Redshoes na Feira da Agricultura, a partir das 23h.

dá bilhetes de cinema

A Cavaco Silva foi recebido por Moita Flores à chegada a Santarém na segunda-feira

A Câmara de Santarém aprovou a atribuição da medalha de ouro da cidade ao Presidente da República, pelo facto de ter permitido a Santarém “acolher o Estado português”. “É a primeira vez na história de Santarém que o Presidente da República vai estar aqui a governar” e “vamos ter aqui o Estado”, disse Moita Flores. “Não olho a barreiras políticas ou preconcei-

tos para propor que quem trata bem Santarém saia de Santarém com uma grata memória”, disse, frisando que a proposta colheu, como tem que acontecer nestas situações, a unanimidade da vereação. O ministro da Defesa Nacional e os quatro chefes militares vão estar presentes nas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunida-

des Portuguesas, em Santarém, onde o Presidente da República, Cavaco Silva, vai homenagear Salgueiro Maia. Entre os condecorados estão Moita Flores, como criminalista,o empresário de Santarém Joaquim Louro Pereira, e José falcão, como director Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja e ex-director da Casa dos Patudos.

Mês do Ambiente em Santarém A Câmara de Santa-rém organiza durante todo o mês de Junho a iniciativa “Mês do Ambiente” que tem como objectivo sensibilizar a população paraa sua participação activa na resolução deste problema global. A autarquia organizou quatro semanas temáticas direccionadas a profissionais e ao público em geral. No dia 18 de Junho, pelas 10h30, realiza-se um workshop temático sobre “As Aves de Santarém” orientado

por Domingos Leitão. De 22 a 27 de Junho, decorre a Semana dos Recursos Hídricos em que vai estar patente uma exposição chamada “Rio Alviela”, das 10h às 18h, na Casa do Ambiente. No dia 24, pelas 10h, realiza-se um workshop “A Comunidade de peixes do Rio Alviela, organizado pelo Centro de Biociências do ISPA. Nos dias 25 e 26, é apresentado o Projecto Rios, com actividades ao ar livre no Rio Alviela,.

Gilberto Madaíl em Tomar O presidente da Federação Portuguesa de Futebol vai estar dia 16 em Tomar, pelas 18 horas, para participar na cerimónia da entrega de um cheque de 2.500 euros à filha do antigo futebolista José Torres.

Este cheque é produto da venda de uma peça do escultor torrejano José Coelho, que a ofereceu para ajuda no tratamento da doença do antigo campeão da selecção nacional que sofre da doença de alzheimer.

Este País não bate bem da bola: então o Sócrates leva uma goleada de todos os adversários na Taça Europa – e o Quique Flores é que é mandado embora? Vamos ver, enfim, o que acontece no resto do tempo regulamentar. Ou, como rotundamente diria o imperdível Gabriel Alves, vamos ver o que se nos reserva “a nível dos dois últimos terços de terreno”, os quais, terços, são os campeonatos distritais (autárquicas) e Liga (legislativas) que aí vêm. Da jornada de 7 de Junho último, ficou claro que o Louçã é uma espécie de Mourinho: pegou no Chelsea/PSR e no Inter de Milão/UDP e já passou na tabela o CSKA de Moscovo do PCP. Por outro lado, Nuno Melo revelou-se um ponta-direita à antiga portuguesa – e isto apesar de Paulo Portas não ir muito em futebóis com a realidade. Rangel matraquilhou bem, evitando que Manuela fosse para o banco, onde inevitavelmente teria de assistir sentada a Dias Loureiro (banco, etc..). O ex-CSKA Vital, relegado para o Anderlecht de Bruxelas praticamente sozinho, é que vai ter de descalçar a bota. Resta-lhe sempre o dever patriótico de, pontapé-prà-frente, negociar o Jardim da Madeira para o Shaktar Donetsk, até por ser longe. Agora, porreiro-pá era trocar o Durão Barroso pelo Michel Platini na comichão europeia. E, aproveitando a embalagem, mandar o Berlusconi vestir-se de vez em quando, nem que fosse só com a camisola do Paolo Maldini. Entretanto, há que continuar a forçar a descida de escalão do IRS, do PS, do Boavista do filho Loureiro e do Gondomar do pai idem. Para a “liguilha”, como se dizia antigamente, grande expectativa físico-táctica, como diz o queridão do Gabriel Alves, quanto ao desfecho do Felgueiras-Marco de Canaveses e do Fátima-Lopes. Almada-Negreiros e Toulouse-Lautrec são empates garantidos, como se sabe. Falta tão-só, em período de “compensação de amortizações”, como diz a rapaziada dos relatos da Renascença quando quer dizer “descontos”, subir o Luís Filipe Vieira à Presidência da República. Da República ou outra vez do Alverca, dá no mesmo.


Jornal O Ribatejo