Issuu on Google+

Organização da Ação Empresarial Desenho Organizacional Desenho Departamental Modelagem do Trabalho

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial  Desenho Organizacional  Definição: Corresponde a um conjunto complexo de cargos,

tarefas, relacionamento e responsabilidade que não são imutáveis e têm seu comportamento influenciado por variáveis técnicas, individuais, sociais e organizacionais.

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial  Desenho Organizacional  Premissas:

a) Os ambientes das organizações: tratamento das entradas dos ambientes gerais e da tarefa; b) As características das organizações: as funções executada para obter as saídas e resultados; c) A tecnologia utilizada pela organização: como a organização executa as suas tarefas; d) Os critérios para definir a eficácia organizacional: como são comparados os resultados almejados e alcançados. Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial  Desenho Organizacional

1. Estratégia – Definidos os valores e missões, as metas e objetivos a serem alcançados e, mais especificamente, os produtos e serviços a serem oferecidos, os mercados a serem servidos, os valores a serem oferecidos aos clientes. É a primeira categoria a ser considerada, pois aí são estabelecidos os critérios para a construção do desenho organizacional. Não existe um desenho organizacional “padrão” que sirva para todas as empresas: cada estratégia leva a um desenho organizacional diferente Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial  Desenho Organizacional

2. Estrutura – Políticas que definem a localização do poder e da autoridade na organização. Elas levam em conta as questões de especialização, a quantidade de pessoas, a distribuição do poder (centralização/descentralização) e a departamentalização (funções, produtos, processos, mercados, geografia).

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial  Desenho Organizacional

3. Processos – Aqui são determinados o fluxo de recursos, de informações e do trabalho. Processos verticais (planejamento, orçamento) alocam recursos escassos e talentos humanos. Processos horizontais/laterais (desenvolvimento de produtos, atendimento de pedidos, etc.) definem o fluxo de trabalho e/ou informações.

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial  Desenho Organizacional

4. Recompensas – As políticas de recompensas (salários, promoções, bônus, distribuição de lucros, opções de ações) alinham os interesses dos empregados com os interesses da organização.

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial  Desenho Organizacional

5. Pessoal – Conjunto de políticas que definem o tratamento dos recursos humanos (recrutamento, seleção, rotação, treinamento e desenvolvimento), com a finalidade de reunir e/ou construir o talento necessário para suprir as necessidades da estratégia e da estrutura.

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial  Desenho Organizacional

Essas políticas têm de estar integradas umas às outras. O desenho organizacional é abrangente, é complexo e é necessário.

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial  Desenho Departamental  Abordagem Funcional  Abordagem Divisional  Abordagem Matricial  Abordagem de Equipes  Abordagem de Redes  Abordagem Híbridas  Organizações Virtuais

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial Estrutura Funcional Presidente

Diretor

Diretor de

Diretor de

Diretor de

financeiro

produção

marketing

RH

Departamento

Departamento

Departamento

Departamento

financeiro

fabricação

de vendas

de pessoal

Departamento

Departamento

Departamento

Departamento

orçamentos

manutenção

propaganda

de seleção

Departamento

Departamento

Departamento

Departamento

contabilidade

qualidade

de pesquisas

de salários

Departamento

Departamento

Departamento

Departamento

tesouraria

compras

assistência

treinamento

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial Estrutura Funcional Vantagens

Desvantagens

Uso eficiente dos recursos e economia de escala

Comunicação precária entre os departamentos funcionais

Forte especialização de habilidades

Resposta lenta às mudanças externas

Progresso no encarreiramento interno

Responsabilidade parcial por problemas

Direção e controle pela cúpula

Péssima Péssima coordenação interdepartamental

Boa coordenação intradepartamental

Visão limitada dos objetivos organizacionais

Boa solução de problemas técnicos

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Presidente Estrutura funcional

Finanças

Produção

Marketing

Recursos Humanos

Presidente

Estrutura divisional

Divisão C

Divisão Divisão D C

Divisão A

Divisão B

Finanças

Finanças

Finanças

Finanças

Produção

Produção

Produção

Produção

Marketing

Marketing

Marketing

Marketing

Recursos

Recursos

Recursos

Recursos

Humanos

Humanos

Humanos

Humanos

Organização da Ação Empresarial Estrutura Divisional Vantagens

Desvantagens

Resposta rápida e flexível em ambientes instável e mutáveis

Duplicação de recursos entre as divisões

Preocupação com as necessidades do cliente Excelente coordenação entre os vários departamentos funcionais de divisão Atribuição de responsabilidade pelos problemas com produtos/serviços

Menor especialização e menor profundidade técnica das divisões Coordenação precária entre as várias divisões Menor grau de controle da alta administração  Competição pela obtenção dos recursos da organização

Ênfase nos objetivos gerais das divisões e dos produtos Desenvolvimento de habilidades generalistas

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

O inter-relacionamento entre órgãos funcionais e de produtos/projetos Gerente de produção

Gerente de vendas

Gerente de produto A

Produção

Vendas

Finanças

RH

A

A

A

A

Gerente de produto B

Produção

Vendas

Finanças

RH

B

B

B

B

Áreas Funcionais

Gerente financeiro

Produtos:

Gerente de produto C

Produção

Vendas

Finanças

RH

D

C

C

C

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Estrutura matricial Presidência

Brasil

Argentina

México

ChileD Divisão

Automóveis Veículos do

Veículos da

Veículos do

Veículos do

Brasil SA

Argentina SA

México S.A

Chile S.A

Brasil

Argentina

México

Chile

Motors SA

Motors SA

Motors SA

Motors SA

Motores

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Vantagens e limitações da estrutura matricial Vantagens

Desvantagens

Uso eficiente de recursos e economia de escala

Comunicação precária entre os departamentos funcionais

Forte especialização de habilidades

Resposta lenta às mudanças externas

Progresso no encarreiramento interno

Decisões concentradas no topo

Direção e controle pela cúpula

Responsabilidade parcial por problemas

Boa coordenação intradepartamental

Péssima coordenação interdepartamental

Boa solução de problemas básicos

Visão limitada dos objetivos organizacionais

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Vantagens e limitações da estrutura baseada em equipes Vantagens

Desvantagens

Apresenta vantagens da estrutura funcional

Lealdade e possíveis conflitos de subordinação

Reduz barreiras entre departamentos

Descentralização não-planejada

As decisões são mais rápidas e com maior tempo de resposta

Tempo e recursos despendidos em reuniões

Moral elevado, entusiasmo das pessoas decorrente do envolvimento pessoal

Possibilidade de improvisação

Pulverização do controle

Custos administrativos reduzidos

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

A organização estrelada

Organizações primárias Companhia Essencial

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organizações secundárias

Vantagens e limitações da estrutura baseada em redes Vantagens

Desvantagens

 Competitividade global

 Falta de controle local

 Flexibilidade da força de trabalho

 Risco de perdas de negócio

 Desafios aos funcionários

 Fraca lealdade do pessoal

 Custos administrativos reduzidos

 Incerteza quanto aos contratados

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br

Organização da Ação Empresarial  Modelagem

Professor Renato Thé – rmaiathe@yahoo.com.br


Organização Empresarial