Page 1

1


2

www.radiocidadejf.com.br


3


4

www.radiocidadejf.com.br


5


6

www.radiocidadejf.com.br


7


8

www.radiocidadejf.com.br


9


10

www.radiocidadejf.com.br


11


12

www.radiocidadejf.com.br


13


14

www.radiocidadejf.com.br


15


16

www.radiocidadejf.com.br


17


18

www.radiocidadejf.com.br


19


20

www.radiocidadejf.com.br


21


22

www.radiocidadejf.com.br


23


24

www.radiocidadejf.com.br


25


26

www.radiocidadejf.com.br


27


28

www.radiocidadejf.com.br


29


30

www.radiocidadejf.com.br


31


32

www.radiocidadejf.com.br


33


34

www.radiocidadejf.com.br


35


36

www.radiocidadejf.com.br


37


38

www.radiocidadejf.com.br


39


40

www.radiocidadejf.com.br


41


42

www.radiocidadejf.com.br


43


44

www.radiocidadejf.com.br


45


46

www.radiocidadejf.com.br


47


48

www.radiocidadejf.com.br


CODEME

Estruturas metálicas Investimento: R$ 80 milhões Empregos diretos: 500 Empregos indiretos: 400 Obra de construção da fábrica já iniciada

GRUPO ICEC

3 unidades de negócios - Centro de Soluções de Laminados e de Pintura - Fábrica Montadora de estruturas em aço - Unidade Logística Investimento: R$ 130 milhões Empregos diretos: 550 Empregos indiretos: 1.500

SAMAG

Indústria metalúrgica Investimento: R$ 60 milhões Empregos diretos: 300 Empregos indiretos: 100

BRAFER

Indústria metalúrgica Investimento: R$ 87 milhões Empregos diretos: 500 Empregos indiretos: 350

EMPRESAS EM EXPANSÃO MERCEDES-BENZ

Montadora de veículos Adaptação da fábrica para produção de caminhões Empregos diretos: 1.000

BRASIL CENTER

Call Center

Reativação da unidade Investimento: R$ 6 milhões Empregos diretos: 1.500

INUSA

Estruturas metálicas Ampliação e modernização Investimento: R$ 17 milhões Empregos diretos: 120 Empregos indiretos:150

AÇOTEL

Ferro e aço Implantação de nova unidade Investimento: R$ 20 milhões Empregos diretos: 120 Empregos indiretos:150

Uma virada na história econômica de Juiz de Fora

NOVAS EMPRESAS

49


50

www.radiocidadejf.com.br


51


52

www.radiocidadejf.com.br


53


54

www.radiocidadejf.com.br


55


Entrevista ULTRAJE A RIGOR APOSTA EM “MÚSICA ESQUISITA A TROCO DE NADA”

Este é o nome do novo projeto da banda, agora independente, que apoia a democratização da música, disponibilizando suas canções gratuitamente pela internet.

Com mais de 30 anos de estrada e várias formações diferentes, uma coisa no Ultraje a Rigor continua a mesma: a essência. O grande responsável por esta qualidade é o idealizador da banda, Roger Moreira. O músico é o único que continua no grupo desde o início dos anos 80. Será que depois de tanto tempo ele se sente “pai do Ultraje”? Roger cai na gargalhada e garante: “Não é bem assim! Eu me sinto meio que o irmão mais velho”. Foto: reprodução

“Todo mundo tem que se dar bem e gostar do que o outro faz. Tocar é meio que uma conversa mesmo, se a gente se entende, tudo funciona ‘redondinho’” (Roger Moreira)

>>

A banda atualmente é composta por Roger Rocha Moreira (voz e guitarra rítmica), Rinaldo Amaral - Mingau - (baixo e vocal), Marco Aurélio – Bacalhau - (bateria e vocal) e Marcos Kleine (guitarra solo). Com a mesma formação desde 2009, a relação dos integrantes não poderia ser melhor. O vocalista conta que a boa convivência é quase um pré-requisito para fazer parte do grupo: “Todo mundo tem que se dar bem e gostar do que o outro faz. Tocar é meio que uma conversa mesmo, se a gente se entende, tudo funciona ‘redondinho’”. Ainda em 2009, a banda abandonou as gravadoras e resolveu investir em um projeto de distribuição digital de músicas via internet (www.ultraje.com.br), batizado de “Música esquisita a troco de nada”. Segundo eles, a melhor parte é não ter aquela pressão de ter uma ‘música de trabalho’. É só produzir quando quiser e soltar na internet: “Quando a gente tiver certo número de músicas, vamos lançar um CD que poderá ser baixado ou comprado, a gosto do freguês, né?!”, explica Roger. O cantor acredita, assim como Marcos, que esse tipo de iniciativa pode ser uma das alternativas para se combater a pirataria, já que a democratização da música é uma tendência do mercado fonográfico brasileiro. Entretanto, Roger ressalta que a ideia também pode migrar para outro lado: “O cara pode baixar a música da internet e vender. Mas não é essa a ideia, porque se é de graça na internet, só se a pessoa não souber navegar na rede, é que ela vai comprar um CD pirata”. Para Marcos, a democratização da música pode virar uma ‘anarquia’: “A gente também não sabe para que lado isso vai, o que ouvir, onde comprar... Então fica meio bagunçado. Mas é uma coisa inevitável”. Ao ser questionado se as gravadoras estão se “mordendo de ciúme”, Roger não perde tempo: “Elas vão pedir esmola na rua agora... (Risos). Tem uns três caras que trabalhavam em gravadoras que já pediram emprego pra gente”. Brincadeiras à parte, a banda acredita que a maior dificuldade de ser um grupo independente é penetrar nos veículos de comunicação: “Só quem tem muita grana mesmo se estabeleceu e tem espaço na mídia. Mas, em contrapartida, o Ultraje é uma banda que tem uma base de fãs muito estabelecida. Então, a gente pode se colocar em uma posição mais confortável”, conclui Marcos.

56

www.radiocidadejf.com.br


>>

“Quando a gente tiver certo número de músicas, vamos lançar um CD que poderá ser baixado ou comprado, a gosto do freguês, né?!”

Fotos: Rosemary Faustino

(Roger Moreira)

57


58

www.radiocidadejf.com.br


59


60

www.radiocidadejf.com.br


61


62

www.radiocidadejf.com.br


63


64

www.radiocidadejf.com.br


65


66

www.radiocidadejf.com.br


67


Teste COMO VOCÊ LIDA COM AS TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO E AS REDES SOCIAIS?

1 Você recebe e envia e-mails e acompanha as redes sociais por celular?

Você é o tipo de pessoa que anda com três celulares e não desgruda deles até na hora de malhar? Você só conversa com seus amigos pelo Facebook ?Twitta até na hora de ir ao banheiro? Já interrompeu até “um rala e rola” para atualizar alguma rede social? Responda ao teste e saiba se você está passando de ‘antenado’ para viciado!

a. ( ) Como assim? b. ( ) Nunca c. ( ) Raramente d. ( ) O dia todo

2

3

Quantas vezes ao longo do dia você olha seus e-mails e atualiza as redes sociais?

Quanto tempo do seu dia, ou da noite, você dedica às redes sociais?

a. ( ) O que é isso? b. ( ) Uma ou duas vezes c. ( ) Entre três e cinco d. ( ) Fico o dia todo ligado nas redes sociais

4 5 Você acessa as redes sociais enquanto está realizando suas refeições? a. ( ) Isso nunca acontece, refeição é sagrada b. ( ) Raramente interrompo uma refeição até para atender ao celular c. ( ) Às vezes aproveito para olhar alguma coisa na internet d. ( ) Almoço ligado no que está acontecendo nas redes sociais e tem dia que nem sei direito o que comi

Você fica irritado ao ser interrompido quando está numa rede social? a. ( ) Eu não fico nesse troço b. ( ) Nem um pouco c. ( ) Um pouco, mas fico assim quando sou interrompido em qualquer tarefa d. ( ) Chego a brigar quando sou interrompido

6 Você troca um programa com a família, namorado(a) ou amigos(as) para ficar em redes sociais? a. ( ) De jeito nenhum, ficar junto é que é bom b. ( ) Já aconteceu uma vez c. ( ) Sempre acontece isso, gosto mais de ficar em casa d. ( ) Já nem saio mais, só converso online

68

www.radiocidadejf.com.br

a. ( ) Tempo nenhum b. ( ) Uma hora c. ( ) Somente de manhã ou à tarde d. ( ) Mais de oito horas por dia


Fabiane Kling Ramalho Psicóloga

Respostas É claro que esse teste não tem nenhuma pretensão científica, mas pode servir de alerta para quem respondeu ou para a observação das respostas dadas pelos amigos ou familiares. Então confira: SE O NÚMERO DE RESPOSTAS FOI MAIS A:

Hello ! Você está por fora!

Você deve estar se perguntando que papo é esse? Que história é essa de rede social? Como é que pode ser seguidor de alguma coisa que está dentro de uma máquina? Enfim, parece que você precisa se atualizar, quebrar paradigmas e acompanhar as tendências. Esse comportamento de extremo distanciamento das possibilidades tecnológicas de comunicação também pode servir de bloqueio e afastamento do convívio. Vamos lá! Participe mais e interaja! SE O NÚMERO DE RESPOSTAS FICOU MAIS ENTRE B E C: Você achou o tom certo! Parabéns!!! O mundo virtual significa para você uma ponte, mais uma forma de estar com o outro e em contato com o mundo. Você sabe que não substitui o ‘tête-à-tête’, o ficar junto, a presença, o calor, o cheiro, a forma como o outro se apresenta e de como você também se mostra para o outro. Continue assim, não deixe de fazer amigos virtuais e de acompanhar as redes, mas mantenha sempre em mente que, além da tela e dos teclados, existe um universo de oportunidades, pessoas e lugares te esperando. SE O NÚMERO DE RESPOSTAS FOI EXPRESSIVAMENTE D: Você está completamente VICIADO!!! Essa imersão absoluta na realidade virtual vem preocupando profissionais que cuidam das relações humanas e, também, educadores e pais. Usar a tecnologia como forma de comunicação e informação é imprescindível nos dias de hoje, mas nada, absolutamente nada, substitui o contato e a presença. Mas, é isso que você anda fazendo. Estudiosos vêm alertando para o que parece ser um rompimento com a realidade concreta, quando algumas pessoas passam a apresentar comportamentos de risco, como se a vida também fosse uma realidade virtual. O sexo fica sem proteção, ocorrem transtornos alimentares, abuso de drogas e álcool, faltas excessivas à escola, bulling, cyberbulling, perda de produtividade no trabalho, depressão e, até mesmo, suicídio. Cuide-se!

69


70

www.radiocidadejf.com.br


71


Sex Cidade O SEGREDO DAS PRELIMINARES Olá, pessoal! Hoje eu quero comentar sobre algo muito importante que acontece antes e durante um dos momentos mais íntimos de um casal: as preliminares! Muitas vezes, o período que antecede o ato sexual é usado para falar sobre problemas relacionados à vida conjugal. Isso acontece porque ambos se sentem mais próximos, ou porque têm tido pouco tempo mesmo para conversar; ou, ainda, porque a mulher sente que tem a atenção do marido voltada totalmente para ela. Os motivos podem ser vários... É importante ficar claro que existe a hora certa para tudo: seja para conversas sérias ou para o casal trocar suas energias sexuais. Muitas pessoas buscam um bom desempenho sexual, considerando que para isso basta tempo e disposição; além, é claro, de um parceiro ou parceira atraente e disponível. Mas, infelizmente, muitos se esquecem que o principal órgão sexual fica em cima do pescoço! Assuntos como problemas financeiros, conflitos familiares, discordância na educação dos filhos, entre outros, despertam a ansiedade e boicotam o desempenho sexual. E isso acontece tanto com o homem como com a mulher, pois muda um foco que já estava direcionado, da expectativa de momentos de prazer para uma situação problemática. De nada adianta o lugar, a pessoa e o momento perfeito se nosso estado emocional for contaminado por uma descarga ‘bombástica’ de adrenalina e cortisol, que diminui drasticamente a capacidade de concentração nos estímulos excitantes que estão por

72

www.radiocidadejf.com.br

Maria Lúcia Beraldo (sexóloga)

vir, inibindo também a resposta física da excitação, que é a ereção no homem, e a lubrificação na mulher. Afinal, o sangue que deveria ir para a região genital masculina (cerca de 800 ml) e para a feminina (cerca de 2 litros) vai para o músculo, preparando o corpo para o ataque ou a fuga, e não mais para o prazer. Então, lembrem-se: a partir de hoje, antes do sexo, a única D.R. permitida deverá ser Deitar e Rolar!!! Um grande abraço, e fiquem em paz!

www.sexologia.com.br


Enquanto isso... ...NUM BARZINHO DO ALTO DOS PASSOS...

Renan Roque www.renanroque.blogspot.com Contato: renen_roque@hotmail.com

73


74

www.radiocidadejf.com.br


75


76

www.radiocidadejf.com.br

Mundo Cidade ano 1, nº 3  

A terceira edição da revista da Rádio Cidade JF

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you