Page 1

Ano XX - nº 215 - Junho de 2011 - Fundado em março de 1991

zona norte ganha primeiro grAnde shopping

A

Região Norte é uma das que mais cresce em BH e vai receber no primeiro semestre do próximo ano seu primeiro grande Shopping Center. O Shopping Estação será administrados pelo mesmo grupo responsável pelo Shopping Delrey e estará entre os maiores shoppings da Capital. As obras caminham a todo vapor e o novo centro de (Pág. 12) compras será integrado com a estação do metrô e BH Bus, o que facilitará bastante o acesso dos frequentadores.

Mais uma feira de moda e artesanato na Região Instalada no mesmo espaço do Bailão Saramenha, bairro Tupi, a feira de artesanato da Av. Saramenha começará a funcionar semanalmente a partir de julho com 26 expositores e muitas atrações. (Pág. 10)

n Autismo, um mal que carece de conhecimento de quem cuida e de amor ao portador (Pág. 4)

n Projeto do vereador

n IIº Encontro Regionalizado de Escola Aberta foi um sucesso no Parque Nossa Senhora da Piedade no Aarão Reis (Pág. 7)

Preto do Sacolão que inibe o crime da saidinha n Dupla sertaneja Caleb de banco é sancionado e Samuel é destaque pelo prefeito na Região Norte (Pág. 5)

(Pág. 9)

Águia Dourada foi o campeão da 8ª edição da Copa ZN de Futsal. 16 equipes participaram do torneio que durou 2 meses. Confira o pôster do Campeão e do Vice. (Pág. 6)


2 Quando o legislador está acima da lei, por definição, não existe lei. Anônimo

ZN notícias -Junho de 2011

O Gringo Forrozeiro E aí, meus amigos forrozeiros! Meu nome é Daniel, sou norte-americano e estou fazendo intercâmbio para o primeiro período na UFMG. Estou aqui para aprender sobre cultura brasileira. No início, estava morando num casarão na Pampulha, mas logo percebi que não iria aprender nada sobre a realidade da cultura brasileira morando lá. Graças a Deus, conheci uma família que me convidou para morar com ela no bairro Floramar. Então iniciei meus estudos e aos poucos comecei a fazer parte desta nova cultura. Durante este semestre, minha vida se transformou. Tudo começou depois de visitar a academia do bairro para experimentar uma aula de forró. Lá, conheci minha primeira professora, Franciliane, que me motivou a fazer aulas. Não sabia que com o forró eu ia aprender um monte de coisas sobre a vida, fazer muitas amizades e me tornar forrozeiro. Por isso, não posso contar nesse pequeno artigo tudo o que o forró trouxe à minha vida, mas as minhas experiências me ensinaram mais sobre a cultura e a vida brasileira que as aulas

Daniel Heron

na UFMG. O forró me ensinou a ter mais confiança e atitude positiva. Culturalmente, norte-americanos não nascem para dançar porque têm dificuldade de manter proximidade com o corpo do outro e, por esse motivo, ficam mais travados. Já perceberam que um

norte-americano cumprimenta com um aperto de mão e não um abraço ou beijo? Também, temos menos contato físico com as pessoas. Por exemplo, não é comum ver casais namorando em público. É vergonha e timidez de tocar e ser tocado; acho que vem de nossas raízes européias, um comportamento social da era vitoriana. O cristianismo ensinava que as pessoas deveriam se sentir envergonhadas com o corpo. Assim, para aprender dançar forró, eu tive que combater tudo isso porque o forró é um diálogo entre mim, a mulher e a música. Usamos nossos corpos para nos comunicar, conhecer o outro, ter mais aproximação e sentir energia positiva. Hoje, embora me sinta muito mais confiante, para mim ainda é um pouquinho difícil olhar no rosto da dama, mas a cada dia aqui no Brasil tenho mais mais confiança e atitude. Posso contar muitas coisas a mais que o forró trouxe à minha vida, mas vou terminar com essa: o forró me ensinou a deixar tudo de lado e ser feliz. Muitos norte-americanos sofrem de depressão, talvez porque temos uma

Informativo da Região Norte de Belo Horizonte Registrado no Cartório Jero Oliva, livro B, sob o n° 899 em 16 de abril de 1991. Endereço: R. Antônio Bandeira, 934 B. Tupi – 31844-130 Correspondências para: Rua Liliun, 280 B. Juliana – 31746-040 Email: znnoticias@oi.com.br Site: www.znnoticias.com.br Telefone: (31) 3454-3222 (31) 8612-0833 CNPJ: 65.163.552/0001-66 Jornalista responsável: Edson Flavio Campos Francisquini Reg: 3.882/MG

Estagiária Letícia de Castro Projeto Gráfico e Diagramação: Edições Geraes Tel: 3464-1102 Impressão: Imprima Tiragem: 5.000 exemplares Peridiocidade:Mensal Distribuição: Órgãos Públicos e principais corredores da região norte. Os artigos assinados são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Passei minha infância ouvindo histórias e “causos” contados por adultos que iam ou passavam por nossa fazenda. Para nós crianças, filhos de uma época que não tinha rádio, TV, ou outras coisas interessantes, ouvir histórias, lendas e “causos”, era o que havia de melhor. Depois de ouvirmos aquelas lendas de lobisomem, mãe do ouro, de onça pintada, tragédias naturais, mula sem cabeça, Pedro Malazarte, assombrações e muitos outros, sentados ao redor de um fogão à lenha, nas noites frias de junho e julho, regadas a chá de capim cidreira com biscoito de polvilho frito na gordura, mas depois a gente não conseguia dormir direito com medo daqueles fatos contados pelos visitantes. Uma das estórias de que não me esqueço e me causou muito espanto naquela época, foi contada por um mascate(viajante que vendia mercadorias nas fazendas) e que ficou de pouso lá em casa uma vez. Há pouco tempo, conversando com um amigo que andava muito pela bandas da serra da Canastra, ele confirmou esse “causo”. Era portanto uma história verdadeira. Quem olha o mapa de Minas, na altura do Parque Nacional da Serra da Canastra, onde nasce o lendário rio São

Francisco, vai ver lá: Chapadão da Zagaia. São aproximadamente cem quilômetros no topo daquela serra entre as cidades de São Roque de Minas e a cidade de Tapira. Lá, a Canastra não tem aquela sequência de picos, caracterizando uma serra. Aí, ela se desfaz em um extensa chapada. Por que esse nome tão estúrdio? Chapadão como o nome sugere é um planalto em forma de uma chapa, ou seja, plano. E a zagaia? Zagaia era um instrumento antigo que os sertanejos, exploradores e desbravadores usavam para lutar contra as onças. Era uma espécie de lança, com várias pontas de mental. O terrível felino era encarado com uma zagaia colocada na ponta de uma cabo de madeira de cerca de uns dois metros. A briga era boa! A mordida da onça é considerada a mais forte do reino animal, mas a zagaia, cortava como navalha . Quando Goiás estava se transformando em uma frente pioneira, lá pelo idos de 1900, foram os mineiros que para lá se dirigiram, abateram suas matas, plantaram suas lavouras e formaram seus pastos, e assim, os criadores de gado do Sul de Minas, do Oeste ou do Triângulo Mineiro reuniam milhares de cabeças de gado, sumiam nos sertões do Centro Oes-

te e lá iam vender suas reses. À caminho do estado de GO, todos os tropeiros tinham que passar pelo Chapadão da Zagaia. Era um mundão abandonado e só tinha presença humana nas pousadas. O pouso era feito em um rancho rústico, onde o dono dessa pensão rural cobrava para os peões dormirem e o gado descansar naquela noite. Os proprietários dessa pousadas sabiam de tudo: quem tinha passado por ali, quem viria na próxima semana, quem vendeu sua partida de gado, onde vendeu, quanto apurou na venda, de suas reses e etc. No meio do nada, o que é hoje o Chapadão da Zagaia , tinha uma dessas pousadas. O dono desse estabelecimento, elaborou uma armadilha bem engenhosa para pegar os tropeiros que voltavam de Goiás com a guaiaca cheia de dinheiro da venda de seu gado. Com várias zagaias bem amoladas, pregadas em uma espécie de estrado de madeira, essa geringonça era pendurada acima da cama do hóspede e camuflada por um forro falso. Lá pela madrugada, a corda que suspendia essa arapuca era cortada e aquela chuva de zagaias caia sobre o infeliz. O coitado, seu cavalo e todos os seus pertences eram enterrados em um gro-

Arquivo

O CHAPADÃO DA ZAGAIA

cultura mais fechada e extremamente capitalista, ou seja, que nos faz sempre querer mais. A dança forçou-me a relaxar, deixar o corpo solto, ser feliz e esquecer os problemas da vida. Forró é uma droga. Mas, não é caro, não faz mal à saúde nem às pessoas, que não morrem ou sofrem desse “vício”, como a maioria dos neuróticos consumidores em meu pais. Talvez o forró possa salvar não só minha vida mas dos outros gringos com problemas. Para mim, o forró foi um presente do céu, do céu, do céu... Gostaria de agradecer ao ZN Notícias por publicar esse artigo, dedicado aos meus amigos forrozeiros, especialmente aos meus pares femininos, aos moradores dos bairros Floramar, Tupi, Guarani e à galera da Federal. Essa experiência de aprender forró com vocês me ensinou muito sobre a vida e a cultura brasileira; quebrou paradigmas e preconceitos que eu tinha. Sempre vou me lembrar de nossa amizade e juro que continuarei dançando e jamais esquecerei o forró. Entrei no forró e saí diferente: um gringo forrozeiro.

Prof. Valdir Lamounier*

tão afastado da pousada. Até a guaiaca onde o fazendeiro trazia o dinheiro da venda da tropa era destruída, mas antes os “contos de réis” eram subtraídos . Passados alguns meses, por lá passava um cavaleiro solitário, procurando informações de um certo fazendeiro que havia muito tempo tinha rumado em direção à Goiás levando uma partida de gado para lá ser vendida e não tinha voltado. Assim nasceu o nome de Chapadão da Zagaia. Zagaia da morte, mas não de onças, e sim de anônimos fazendeiros que por lá passavam trazendo o produtos de seu trabalho honesto, para alimentar sua família. Com o passar do tempo e a frequência do sumiço dos transeuntes da Chapada da Zagaia, as peças do quebra cabeça foram se juntando e tudo foi descoberto. *valdir@butterflyminas.com.br


Não tem justificativa para os acidentes O Sindieletro vem alertando o Governo do Estado, há alguns anos, sobre os mesmos problemas e que a terceirização é a principal causa dos acidentes fatais na Cemig O Sindieletro vem alertando o Governo do Estado, há alguns anos, sobre os mesmos problemas e que a terceirização é a principal causa dos acidentes fatais na Cemig. Em junho de 2009 a reunião ocorreu com o então secretário Sérgio Barroso, atual secretário extraordinário da Copa do Mundo. Na época, Barroso havia determinado que a Cemig, por meio do superintendente de Controle e Gestão Empresarial, Lauro Sérgio Vasconcelos David, abrisse os canais de debate com os representantes dos trabalhadores para discutir as atividades que devem ser primarizadas. Dois anos após a visita oficial, nenhuma reunião foi agendada pela Cemig. Um novo alerta foi feito para o governo de Minas, em junho de 2010, mas nada foi feito pela Cemig. Em 2011 houve mais duas tentativas de sensibilizar o governo. A diretoria do Sindieletro se reuniu, no último dia 14, com a secretária de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Dorotheia Werneck para discutir novamente os acidentes de trabalho, concurso público e a falta de diálogo com os dirigentes. O assunto terceirização e seus impactos para a saúde e segurança dos trabalhadores dominou a pauta da reunião. O diretor do Sindicato, Argemiro Ferro Filho, pontuou que os acidentes envolvem, principalmente, trabalhadores de empresas terceirizadas, submetidas às metas abusivas de produtividade, extensas jornadas, péssimas condições de trabalho e salários. O diretor do Sindieletro, Leonardo Antunes, destacou que este ano cinco pessoas já morreram a serviço da Cemig. Um trabalhador, que estava há apenas 10 dias na empreiteira, sem receber orientação e acompanha-

mento, entrou em uma subestação para fazer uma vala. “Ele bateu com a picareta em um cabo de alta tensão e morreu eletrocutado”, contou o diretor. Outro trabalhador que fazia limpeza de faixa no interior do Estado sofreu grave acidente na rede de distribuição e teve as duas pernas amputadas e corre o risco perder um braço. A secretária Dorotheia Werneck afirmou que os acidentes na empresa são inadmissíveis, seja no momento em que o trabalhador está no trânsito ou na execução das atividades. “Não tem justificativa, não tem meta de reduzir, a meta é acidente zero”, destacou. Sobre os pontos abordados pelos diretores do Sindieletro, a secretária se comprometeu a conversar pessoalmente com o diretor de Gestão Empresarial (DGE), Frederico Pacheco de Medeiros e com o diretor de Distribuição e Comercialização (DDC), José Carlos de Mattos.

Problema chega a Audiência Pública na Assembleia O grande número de acidentes com vítimas fatais provocados pelos terceirizados da Cemig ganhou publicidade com o ocorrido em Bandeira do Sul e chegou à Assembléia Legislativa, numa audiência pública da Comissão de Minas e Energia, presidida pelo deputado Sávio Souza Cruz. Ao final dos trabalhos, o deputado Sávio fez uma análise do cenário que se estabeleceu em Minas- um estado de exceção. Veja a íntegra de sua fala: No exercício da Presidência, o papel do mediador sobrepõe ao do opinador, do participante dos debates, mas, vencida a fase dos debates, não poderia deixar de registrar que há um nexo entre aquilo que foi alegado sobre a Energia do Bem e essa blindagem que se quer promover e se promove em Minas Gerais há muitos anos. À autoria de ambas as coisas responde a senhora Andrea Neves. Há guetos das Alterosas que não só controlam as verbas publicitárias da administração direta, da indireta, das empresas e até da Cemig, que é definida por ela, onde pode por a verba para calar quem ela determina. E assim se movimentam os tentáculos do Estado para promover a blindagem, amordaçar o debate, em prejuízo até do governador Anastasia, que é vítima desse processo, porque não é a ele que se pretende blindar e sim o senador Aécio Neves. O senador Aécio Neves, que, por intermédio de seu governo e ação específica de sua irmã, promoveu em Minas Gerais um estado de exceção, em que a Assembléia está de joelhos, a ponto de eu propor que esta Casa seja transformada em Assembléia Homologativa por intermédio de Emenda Constitucional, onde o Ministério Público não denuncia as mazelas do Governo, onde a justiça não sentencia contra o Governo e onde a imprensa é absolutamente amordaçada pelo uso abusivo da publicidade oficial. Essa mentalidade blindadora vem contaminando a base e até algumas empresas do Governo do Estado, onde é proibido levantar os problemas. É preciso que a gente entenda que o primeiro passo para resolver um problema é reconhecê-lo. É necessário que nós, em Minas Gerais, tenhamos a capacidade de reconhecer os nossos problemas para buscar as soluções. Nós assistimos hoje a uma grande discussão sobre a incompatibilidade das atividades privadas e públicas do ministro

Palocci. Mas vejam! A doutora Andrea tem participação em pelo menos umas dez empresas. Ela determina, inclusive, o aporte de publicidade na rádio dela e ninguém discute nada disso, ninguém pode tocar nesse assunto. O Land Rover de rádio que, inclusive, recebe dinheiro da Cemig, rádio de sociedade do Sr. Aécio Neves e sua irmã Andrea Neves, em nada disso se pode tocar. Portanto, há um nexo nisso tudo, é a esse processo que se reduziu Minas Gerais e transformou todos os mineiros em meros coadjuvantes de uma campanha permanente de culto à personalidade, da construção de uma figura pública, fantasiosa, uma campanha permanente e pessoal do Senador Aécio Neves, não se sabe a quê, e isso custeado sempre com dinheiro público e, agora, até com vidas humanas.

3

política

ZN notícias - Junho de 2011

Com alguns deputados, só conversando na sauna... e pelado. (fazendo alusão às grandes exigências que fazem) Sergio Motta


A teoria é sempre franca e generosa. A prática, porém, sempre mesquinha e sovina. Tobias Barreto de Menezes

Autismo se trata com amor O Autismo é um transtorno global do desenvolvimento, apresentando uma síndrome específica. Segundo estimativas existem no mundo 70 milhões de pessoas autistas, no Brasil mais de 2 milhões de pessoas sofrem com o transtorno. Para cada 100 crianças nascidas, uma tem autismo. Nesta síndrome, dois terços das crianças autistas permanecem incapacitados, Daniel Fernandes, hoje com seis anos. 75% dos casos apresentam Diagnosticado autista aos quatro anos de idade comportamentos típicos de deficiência mental e algumas crianças, even- os 6 e os 36 meses de idade. As causas são tualmente, podem levar uma vida indepen- desconhecidas, mas podem estar associadas denteapenas com sinais mínimos do autismo. a fatores genéticos e problemas de pré e A prevalência é maiorno sexomasculino à pós-parto, ele é multi fatorial existem várias proporção de 4 a 5 meninos para 1 menina, possibilidades para essa desordemcrônica. Nãohá cura para o autismo e não existem porém o sexofeminino é mais gravemente exames neurológicos ou genéticos que posafetado. É importanteque pais e cuidadores es- sam identificá-lo, o diagnóstico é totalmente tejam atentosàs característicasda síndrome, clínico, dependente exclusivamente da obsera criança autista apresenta dificuldade na vação do profissional que avalia a criança em fala, sinaisde atraso no desenvolvimento, as termos de seu desenvolvimento emocional, brincadeiras não correspondem á suafaixa social, comunicativo e cognitivo. Otratamento é reetária, não respondem aos alizado por uma equichamados, muitas vezes pe multidisciplinar, parecemsurdas, tem muicomposta por psitadificuldade de interagir quiatra infantil, neucom o outro, apresentam ropediatra, psicólogo, um isolamento social, terapeuta ocupacioalgumas apresentamum nal, fonoaudiólogo comportamento agrese várias outras terasivo, ficam irritadas e pias alternativas que podem manifestar estejuntas proporcionam reotipias (movimentos mudanças importanque não fazem muito tes no cotidiano da sentido), rejeitam o concriança. tato físicoe não gostam O trabalho em conjunto aliado a técnicas de alteração na rotina. Nem todos os autistas apresentam os mesmossintomas,porém a eficientes tem demonstrado bons resultados, maioria deles está presente no primeiro ano mas a participação da escola e da família é primordial na condução desse processo. de vida da criança. O aspecto mais importante a ser consiO diagnóstico precoce é fundamental, quanto mais cedo identificado o transtorno, derado é o afeto, aceitar o seu filho e amá-lo mais rápido o curso normaldo desenvolvi- incondicionalmente. Énecessário que os pais invistam seu mentopoderá ser retomado. Infelizmente a maioria das crianças autistas é diagnosticada tempo com a criança, que observem seu comtardiamente. Muitas chegam ao consultório portamento, poisa riqueza das informações médico em média com 5 anos de idade para trazidas de casa faz o tratamento evoluir, com começar um tratamento. Isso se deve à falta a família empenhada o progresso acontece. Acaminhada é árdua, as respostas aos de profissionais capacitados, por parte negativa dos pais em aceitarem a diferença nos tratamentos vem a longo prazo, por isso é seus filhos e à total falta de informação em preciso acreditar, persistir e nunca desistir de relação à síndrome tanto da população quanto seus filhos. Autismo vem do grego: “auto” e significa de profissionais. Os sintomas são reconhecidos entre “de si mesmo”.

FOTOS André Fernandes

comunidade

4

ZN notícias - Junho de 2011

Alimentos resfriados: bom para o paladar e para o bolso

Processo de resfriamento desenvolvido pelo comerciante Reginaldo Juvenal Pinto garante preservação de frutas, verduras, hortaliças e legumes. Tudo começou quando o comerciante decidiu não mais ter prejuízo com mercadorias que, em menos de 2 dias expostas nas bancas, já teriam que ser descartadas. Hoje, ele trabalha com alimentos resfriados e conta que consegue mantê-las por até 8 dias em bom estado para consumo, sem interferir no paladar. Atualmente ele trabalha com dois freezers e mantém: pera, maçã, mexerica pocan, cenoura, laranja, limão, pimentão, batata e tomate, e garante que tem dado muito certo. “No início, alguns clientes ainda

tinham certa resistência, mas hoje eles percebem que os produtos não sofrem nenhuma alteração e, ainda o que é melhor, com tudo isso consigo baixar o preço porque a perda é muito menor”. Reginaldo Pinto mantém o frigorífico na temperatura de 7° a 12° graus e afirma que é o suficiente para conservar o alimento.

Boca no trombone

Lixo

“Gostaria de fazer uma reclamação com relação à limpeza urbana da Avenida Waldomiro Lobo: a varrição da avenida é mal feita. Eu também não posso colocar o lixo que é gerado na minha loja na rua, porque temos o dia certo para coleta. Mas também não posso acumular dentro da minha loja. Então gostaria de fazer uma sugestão para Prefeitura de Belo Horizonte: colocar caçambas em pontos estratégicos, além de fazer um trabalho de orientação para que os próprios moradores e comerciantes se envolvam e se conscientizem para que tenhamos uma avenida mais limpa. Algumas pessoas que depositam lixo em local impróprio terão local para depósito. Essa medida beneficia também os varredores”. Comerciante da avenida que preferiu não se identificar


ZN notícias - Junho de 2011

Projeto de Lei para inibir o crime de “Saidinha de banco” é sancionado em BH. É preciso agir de todas as formas. Unir forças e ideias”, esclareceu Reinaldo “Preto Sacolão”. O autor do projeto acredita que a principal função do parlamentar é zelar pelo bem estar da população. “Umas das ferramentas que temos em mãos para isso é a criação de projetos lei. Não poderia ficar de braços cruzados diante de tantos casos ocorridos desta natureza aqui em nosso município”, ressalta o vereador. O painel opaco deverá ser colocado entre os caixas e o espaço reservado para fila de espera, nas instituições localizadas no município de Belo Horizonte. O objetivo é impedir que as pessoas que estão sendo atendidas nos caixas sejam vistas, garantindo maior segurança aos clientes. As agências bancárias e instituições

Vereador Preto do Sacolão, autor do Projeto

financeiras, localizadas no Município, terão um prazo de 90 dias para adequar-se.

Gente que faz a diferença A avenida Waldomiro Lobo, no bairro Guarani, recebe diariamente milhares de pessoas que por motivos vários necessitam estar ali. Muitas simplesmente passam, outras marcam presença, como é o caso de Edmilson Carneiro, cuja história o ZN Notícias vem contar. Trinta anos de história e de muitos feitos, não só para si próprio, mas envolvendo muitas pessoas, não é façanha pra qualquer um. Edmilson abriu sua drogaria em 1981, quando a Avenida Waldomiro Lobo abrigava somente um supermercado, e logo os moradores já puderam usufruir do conforto de ter uma padaria naquela localidade, a Pão de Mel. Ele relembra que assim como as coisas eram difíceis para o comércio, no transporte público a história não era diferente: “o ônibus não circulava por toda extensão do bairro, eram raros os pontos em que parava. Aqui, apenas dois pontos: um na Rua Samambaia e outro logo depois na Guaratinguetá”. Edmilson fala de foi difícil chegar onde está hoje e comemora ter sido um dos primeiros empresários do local e fazer parte da história do bairro: “eu mesmo, com quatro anos de estabelecimento, fazia o serviço de panfletagem de divulgação da drogaria”. Com o tempo e o compromisso sério com a comunidade, ele começou a se inteirar dos assuntos locais e se tornou presidente da Associação Comunitária do bairro Guarani, já há nove anos, e

do Conselho de Segurança Pública da Norte (CONSEP), há quatro. Hoje, casado e pai de três filhos Edmilson se considera um homem realizado, mas afirma estar sempre ativo e planejar ainda muitas coisas boas para região. Ele fala com orgulho da filha que é a farmacêutica da drogaria e conta sobre o projeto futuro: “em breve os moradores da região vão contar com um laboratório de homeopatia”. À frente da Associação Comunitária do Bairro e do Conselho de Segurança da Norte, ele revela alguns dos projetos já realizados com a contribuição da comunidade: “já consegui trazer duas agências bancarias, Bradesco e Itaú, construir auditório na Escola Municipal Hélio Pellegrino através do Orçamento Participativo, instalar o Parque Ecológico, entre outros. Outros dois grandes nomes no mercado também deverão em breve compor o mix do comércio local: Água de Cheiro e Cacau Show. Ainda temos muito que realizar: fazer crescer ainda mais o número de estabelecimentos comerciais na região,conseguir a revitalização da avenida, aumentar o número de vagas de estacionamento, etc. A Waldomiro Lobo é a Savassi da região norte. É ela que faz tudo pulsar no bairro Guarani.” Edmilson garante que mesmo com tanta demanda de seus serviços, faz tudo com muito carinho e gosta de estar próximo dos seus clientes e da comunidade que o fizeram crescer. Acrescenta que “sempre espero o melhor do poder público municipal, estadual e federal. Juntos podemos fazer muito mais”.

Painéis opacos irão isolar as pessoas atendidas nos caixas

Conserto na Rua Lilium No último dia de trabalho do Secretário de Administração Regional Norte, Harley Andrade, o Jornal ZN Notícias denunciou os estragos que uma empreiteira fez na Rua Liliun, no bairro Juliana, onde constrói vários prédios de moradia popular. Deu resultado, poucos dias depois, mesmo já tendo transferido para a Regional Centro Sul o reparo foi feito.

COMUNIDADE

Instalação de painel opaco dentro das agências bancárias está no projeto de autoria do vereador Reinaldo “Preto Sacolão” A Lei 912/09, publicada neste mês de junho no Diário Oficial do Município (DOM), determina a instalação de painéis opacos e proíbe o uso de telefone celular em todas as agências bancárias e instituições financeiras. O principal motivo deste projeto, segundo o vereador, foram os inúmeros assaltos ocorridos na cidade, golpe popularmente conhecido como “saidinha de banco”. “A proibição do uso de telefone celular nas agências bancárias já é lei em âmbito estadual, mas meu projeto está tramitando na CMBH desde 2009. Não podemos garantir que esta lei acabe com esse tipo de infração, mas inibe a prática, que vem crescendo aqui

5

Abandonai essa vida de crimes e legislações, ó infiéis! Millôr Fernandes


campeão 8ª copa ZN

ÁGUIA DOURADA

2º lugar IRMÃOS FUTSAL

3454-3222 8612-0833 www.znnoticias.com.br


ZN notícias - Junho de 2011

2° Encontro Regionalizado Norte

7

Muitas crianças, apresentações e envolvimento de alunos, barracas de enfeites, interatividade e muita animação. Este foi o 2° Encontro Regionalizado Norte de Escolas Integradas e Abertas. O evento do dia 22 de junho contou com a participação das escolas da região Norte no Parque Nossa Senhora da Piedade, no bairro Aarão Reis. Os trabalhos desenvolvidos pelos alunos que participam nas escolas do projeto de oficias e criações foram expostos e apreciados pelos visitantes. Todos eles ricos em detalhes e cuidadosamente planejados. Na entrada para as barracas dos enfeites já era possível avistar um jardim colorido feito de material reciclável - garrafas pet – harmonizando o ambiente, além de bonecas de retalhos, vasos para flores feitos com palitos de picolé, dentre tantas outras criações. Cada escola era responsável pela barraca que contou com apoio dos professores, monitores e alunos envolvidos no projeto. Enquanto isso, acontecia também em outro local exibições dos alunos da escola integrada. Cada escola trouxe uma apresentação, ensaiada ao longo do ano. Capoeira, coral com apresentação de música cantada e tocada por alunos, danças e muitas outras atividades.

CIDADANIA

FONTE: Gerência Regional de Comunicação Social Norte (GERCOM-N)

Em todo o universo, nada existe de mais parecido com Deus que o silêncio. Johanes Eckhart


8

ZN notĂ­cias - Junho de 2011

VISITE NOSSO SITE www.znnoticias.com.br


ZN notícias - Junho de 2011

9

Da zona Norte para o mundo Fotos André Fernandes

Em comemoração ao quarto ano de carreira, a dupla de cantores sertanejo, Caleb e Samuel trabalham a gravação do novo CD e DVD. Depois do sucesso do 1° CD “Atriz”, os cantores planejam a gravação do 2° álbum “Minha Flor” e do 1° DVD ao vivo, tudo para este ano. A dupla se apresentou na festa do trabalhador na Via 240, levando o público à loucura com suas canções.

Sobre os cantores Amigos desde a infância, Caleb e Samuel sempre gostaram de música e logo quando adolescentes começaram a aprender a tocar; Caleb, violão e Samuel bateria. O pai de Caleb, cantor e compositor, tinha um pequeno local em sua casa onde ensaiava com seu grupo. Não demorou muito para que os garotos formassem uma banda, na época de rock. Não durou muito tempo. Com o passar dos anos, eles foram conhecendo mais estilos musicais e aprendendo a gostar de outros ritmos. Samuel então convidou Caleb para formarem uma dupla sertaneja. Compuseram algumas músicas entre elas “Conversa esquisita” e “Atriz”.

PROGRAMAÇÃO JULHO 2011 Literatura

Biblioteca - Em julho, a biblioteca sugere a leitura dos livros: Maus, de Art Spiegelman, e Retalhos, de Craig Thompson. Inscrição: Para empréstimo domiciliar, é necessário preenchimento de ficha e apresentação de documento de identidade e comprovante de residência. Menores de 12 anos necessitam da presença de um responsável no ato da inscrição. Extensão da Biblioteca - Ponto de Leitura - Uma ação de extensão da biblioteca do Centro Cultural Zilah Spósito, em parceria com o BH-Cidadania/CRAS Zilah Spósito Norte, situado à Rua Coquilho, n°75, disponibiliza mais de 400 títulos. O acervo é atualizado mensalmente. Encontros Literários Oficina: Histórias em Quadrinhos Com a designer gráfica Chantal Herskovic. Nesta oficina, é oferecida aos participantes a oportunidade de criar tirinhas em quadrinhos, a partir do princípio básico da linguagem visual e narrativa. Público: a partir de 7 anos - Vagas: 20 Dia 6, quarta, às 14h Oficina Desenho e criação de personagens Com Vítor Cafaggi. A partir da criação de um personagem, o participante aprenderá técnicas básicas de desenho, ou seja, o trabalho com as ilustrações: corpo humano, composição de cena, assim como storytelling – como interpretar e contar uma história através de desenhos – e enquadramento – com os elementos que compõem a história em quadrinhos e a elaboração de roteiros. Público: a partir de 10 anos Vagas: 15 - Dia 27, quarta, às 14h Encontros Filosóficos Roda de conversa – “O Produtor e o Gestor Cultural” Texto referência: Capítulo II do livro “O

Avesso da Cena” de Rômulo Avelar. Os interessados poderão acessar o texto nos Centros Culturais. Dia: 20, quarta, às 15h Narração de histórias Histórias de Terror Com Edward Ramos, Gerente do Centro Cultural Pampulha Monstros e assombrações irão espantar o frio do mês de julho Se você for corajoso(a), venha conferir! Público: Infantil - Dia 15, sexta, às 15h

Audiovisual

Rede BH Cineclube - Animações infantis - Filme: Animações para crianças (que todos adoram!) Esta coleção de animações reúne filmes de várias épocas, em um panorama de temas, técnicas e sotaques que divertem pais e filhos. • Ele (BRA, 150 alunos da rede municipal de ensino de fundamental de Vitória - ES, 2007) • Frankstein punk (BRA, Cao Hamburger e Eliana Fonseca, 1986) • Ícarus (BRA, Victor-Hugo Borges, 2007) • O Natal do burrinho (BRA, José Maia, Lancast Mota e Otto Guerra, 1984) • Pajerama (BRA, Leonardo Cadaval, 2008) • Peixe frito (BRA, Ricardo de Podestá, 2005) • Rua das tulipas (BRA, Alê Camargo, 2007) Classificação: Livre Dia 05, terça, às 10h Filme: Animações para primeira infância A animação sempre esteve vinculada ao público infantil. E esta coletânea apresenta produções brasileiras feitas pelos melhores animadores autorais do país da última década. São animações inteligentes, criativas e divertidíssimas para crianças pequenas. • A traça Teca (BRA, Diego Doimo, 2002) • Albertinho (BRA, Núcleo Animazul, 2006) • Caquinhas (BRA, Cesar Cabral, 2005) • Cuidando, dá linha (BRA, Wilson Lazaretti, 1997)

Rua Carnaúba, 286 – Conj. Zilah Spósito – Bairro Jaqueline (31) 3277- 5498 e 3277-1839 - cczs@pbh.gov.brÔnibus 5534, Conj. Zilah Spósito Funcionamento: terça a sexta, das 8h às 17h, e sábado, das 8h às 12h • Minhocas (BRA, Paolo Conti, 2005) • Mitos do mundo: por que o canguru salta em duas patas (BRA, Andrés Lieban, 2004) • Para chegar até a lua (BRA, José Guilhermo Hiertz, 2005) • Tem um dragão no meu baú (BRA, Rosaria, 2005) Classificação: Livre Dia 19, terça, às 10h Filme: Animações Infanto-juvenis Integração do CCZS às atividades do Programa BH em Férias da região. Em massinha, desenhadas tradicionalmente ou em computação gráfica, animações de vários cantos do Brasil compõem este programa de curtas-metragens animados voltados para o público infanto-juvenil. • A noite do vampiro (BRA, Alê Camargo, 2006) • Devoção (BRA, Rafael Ferreira, 2006) • Leonel pé-de-vento (BRA, Jair Giacomini, 2006) • Lúmen (BRA, Wilian Salvador, 2007) • Os olhos do pianista (BRA, Frederico Pinto, 2005) • Primeiro movimento (BRA, Érica Valle, 2006) • Relacionamentos (BRA, Gordeeff, 2003) • Roubada! (BRA, Consequência, Maurício Vidal, Renan de Moraes e Sergio Yamasaki, 2000) Classificação: Livre Dia 26, terça, às 14h

Artes Visuais Oficina de Pintura – “Criação Coletiva - As Imagens das Palavras” Pintura criativa do mobiliário do Ponto de Leitura, extensão da Biblioteca do CCZS, no Espaço BH Cidadania/CRAS Zilah Spósito Norte. Para essa atividade, serão convidadas crianças e jovens da comunidade.

Dia 07, quinta-feira, às 14h Exposição - “ Bira Dantas - Caricaturas” Chargista, cartunista e ilustrador de longa carreira, paulista radicado no Rio de Janeiro. Serão expostas caricaturas dos frequentadores do Quarteirão do Soul em BH e do Centro Cultural Vila Marçola, integrantes do 6º Festival Internacional de Quadrinhos, em 2009. De 05 a 30, de terça a sexta, das 8h às 17h e sábados, das 8h às 12h.

Visita monitorada

O Centro Cultural Zilah Spósito abre sua agenda para visitas monitoradas. Agendamento: 32775498 ou cczs@pbh. gov.br

Extensão Cultural

Visando à descentralização cultural e entendendo a cultura como direito do cidadão e dever do Estado, a Biblioteca Central do SESC-MG e a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, através da Gerência de Eventos da Regional Norte e da Fundação Municipal de Cultura, representada pelos Centros Culturais Jardim Guanabara, São Bernardo e Zilah Spósito, realizarão o projeto: “Cultura no Ginásio”

“Cultura no Ginásio”

Caminhão Biblioteca com dez mil livros para empréstimo, periódicos para leitura local e atividades culturais diversas. Horário: de 9h às 12 e de 13 às 16h Dias 06, 13, e 20 quartas-feiras, no Ginásio Poliesportivo Jair Flosino dos Reis, localizado na Rua Professor Carlos de Almeida, 105 – Bairro Monte Azul.

cultura

CENTRO CULTURAL ZILAH SPÓSITO

Contato: (31) 8775-8081 (Sandra) www.calebesamuel.com.br

Eles mantiveram a previsão de vários crimes, mas retiraram os instrumentos para punição. (sobre mexida que deputados deram na nova lei do meio ambiente) João Paulo Capobiano


ARTE

10

ZN notícias - Junho de 2011

Arte, moda e cultura no Bailão Saramenha O Bailão Saramenha cede seu espaço para receber a mais nova Feira de Artesanato e Moda da região. Iniciada em maio com 26 expositores, a feita passa a ser semanal a partir de 6 julho, às quartas-feiras, das 17h às 22h. No mesmo horário da feira, em outro ambiente, depois das compras o cliente ainda tem a opção de divertir, bater papo, degustar petiscos acompanhados de bebidas variadas. Em sua nova fase, haverá sorteio de brindes e desfile de moda. Como ressalta a organizadora do evento e da feira, Miriam do Rosário,“pretendemos oferecer, contudo, algo novo aos frequentadores. Acreditamos inserir mais uma opção de lazer para moradores desta região. Pensamos em fazer o diferencial em relação às feiras de artesanato e moda, começando neste primeiro dia”. De acordo com Miriam, a tendência é que o número de parceiros expositores aumente cada vez mais. Ela acredita ter conseguido o que desejou, organizar uma feira dentro de uma casa de show, além de possibilitar aos profissionais liberais – artesãos e comerciantes informais- a oportunidade de expor seus trabalhos e assim promover geração de renda. Com apenas dois momentos de exposições, semana do dia das mães e dia dos namorados, o resultado alcançado foi

satisfatório “inclusive muito além do esperado. “Acreditamos no sucesso deste empreendimento. O retorno está sendo muito gratificante”, afirma. A organizadora finaliza dizendo “é um desafio organizar e administrar algo que é novidade, seja pelo próprio evento, seja pela localização, região ou data. Apesar da feira de artesanato e moda não ser uma novidade, acreditamos e apostamos na diversidade desta região e nas várias atrações culturais.Poderemos possibilitar inclusive a inserção de parceiros de outras regiões. É importante também agradecer a todos que acreditam em nosso trabalho”.

O cantor Felipe garantiu a boa música durante a feira

Miriam do Rosário é a organizadora do evento

Empinando pipa de forma consciente Em comemoração da Semana do Meio Ambiente crianças realizam atividade no parque ecológico Crianças atendidas no Centro Comunitário de Assistência Social da LBV comemoram a Semana do Meio Ambiente com ações que incluem a realização de vivência pedagógica, conscientização de forma lúdica e reflexiva. Com o objetivo de sensibilizar sobre os riscos de soltar pipas em locais inapropriados e sobre a forma correta de confeccionar esse brinquedo, crianças participaram de rodas de conversa e atividades que reforçam a reflexão.

Além disso, ao longo do mês elas farão um passeio ao Parque Ecológico da Pampulha, onde, além de participar das atividades que o local oferece, vão empinar pipas corretamente, conscientes dos reais perigos. Visite, apaixone-se e ajude a LBV! Em Belo Horizonte, o Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade está localizado na Av. Cristiano Machado, 10.765, Planalto. Outras informações poderão ser obtidas no telefone (31) 3490 – 8101.

Lina

Droga Rede Saúde

Silveira

Há 30 anos trabalhando pela saúde e pelo social desta comunidade

Medicamentos e Perfumaria Vendemos sempre pelo menor preço

Avenida Waldomiro Lobo, 850 - Guarani

Tel.:

3445-1622

- Fax:

3433-6058

Anúncios a partir de Quando eles fazem a chamada no Senado, os Senadores não sabem se respondem presente ou inocente. Theodore Roosevelt

1

ANUNCIE NO JORNAL DA ZONA NORTE

00

, R$ POR DIA

3454-3222 / 8612-0833


ZN notícias - Junho de 2011

11

O que os astros revelam

Previsões para os signos em junho de 2011 Os fluxos indicam um bom dia que se inicia para você. As pessoas a sua volta deverão colaborar bastante, a felicidade matrimonial e familiar será evidente e lucrará pelo esforço no trabalho e nos negócios que fizer.

n TOURO Período benéfico e favorável em tudo o que pretenda realizar ou conceber. Ideal para o amor. Talvez esta seja uma ótima fase para realizar assuntos pessoais. Escolha um local que você possa ficar em contato com a natureza. n GÊMEOS Originalidade em seus pensamentos e total independência mental está previsto para você hoje. É hora de você buscar um ponto de equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal. n CÂNCER Os negócios que tem em vista, poderão ser realizados com vantajosos lucros. As transações estarão em evidência. Agora evite receios infundados, preocupações negativas. Excelente para o amor, assuntos familiares e o romance. n LEÃO Haverá possibilidades de elevação material através do esforço que tem enviado no trabalho e dos bons negócios realizados ou a realizar. Dê aos outros a chance de conhecer seu lado intelectual e amistoso. n VIRGEM Será bem sucedido nesta fase, se você adotar uma atitude pessoal mais otimista. Momento excelente para estudos, testes, férias e contatos

pessoais. Melhor ainda para contratar servidores. n LIBRA Momento dos mais afortunados aos negócios, ao trabalho, a prosperidade financeira e social. Poderá lucrar, também pela ciência e educação. Todavia, evite desentendimentos com a pessoa amada. n ESCORPIÃO Momento em que sua mente estará bastante alerta para obter novas e valiosas informações em relação aos amigos e parentes. Fase boa para passeios e diversões. n SAGITÁRIO Não invente coisas novas, neste período. Deixe para uma época mais propícia. Tome cuidado com acidentes, causados por inflamáveis e corrosivos, e cuide de sua saúde e reputação. Neutro ao amor. n CAPRICÓRNIO Pessoas conhecidas podem auxiliá-lo neste período. A influência astral é das melhores para fazer novas amizades e contatos públicos, pois estará com ânimo para falar e influenciar os outros. n AQUÁRIO As oposições e críticas frequentes deverão ser evitadas, juntamente com as ações violentas. Terá sucesso financeiro, profissional, social e bastante felicidade, na vida sentimental e amorosa. n PEIXES Enormes probabilidades de realizar suas mais antigas esperanças e desejos se apresentarão neste período. Terá também, aumentos de lucros e muito progresso profissional. Ótimo às novas amizades e ao amor.

( Telefones úteis

Corpo de Bombeiros ........................................................................................................193 24 h Cemig ................................................................................................................0800 310 196 24 h Cemig Atende.....................................................................................................................120 24 h CIT - Centro de Informações Toxicológicas......................................... (0xx31) 3224-4000 24 h Copasa ...............................................................................................................................195 CVV - Centro de Valorização da Vida..................................(0xx31) 3334-4111/3444-1818 Defesa Civil - COMDEC...................................................................................................199 Delegacia de Mulheres....................................................... (0xx31) 3330-1746 e 3330-1747 Detran/MG......................................................................................194 e (0xx31) 3339-1000 Instituto Médico Legal....................................................... (0xx31) 3236-3128 e 3236-3129 Polícia Civil........................................................................................................................194 Polícia Militar....................................................................................................................190 Pronto Socorro..................................................................................................................192 SOS Criança.............................................................................................(0xx31) 3220-1515 Telemar - Consertos e Serviços........................................................................................104 Tim/Maxitel.......................................................................................................0800 56 1771 Telemig Celular...............................................................................................................1404 BHTrans....................................................................................................(0xx31) 3277-6500 Metrô.........................................................................................................(0xx31) 3212-8188 Central de Abastecimento.......................................................................(0xx31) 3277-6703 CREA-MG................................................................................................(0xx31) 3299-8700 Correios...........................................................................................159 e (0xx31) 3249-2121 Disque Ecologia...............................................................................................................1523 Disque Limpeza SLU...............................................................................(0xx31) 3277-9388 Disque Procon...............................................................................1512 e (0xx31) 3290-7944 Doação de órgãos - MG Transplantes........................................1520 e (0xx31) 3273-4248 DMC/MG..................................................................................................(0xx31) 3250-0141 Gapa MG - Grupo de apoio e prevenção à AIDS.....................................(0xx31) 3271-2126 Informe Aids.............................................................................................(0xx31) 3271-3636 INSS . .................................................................................................................0800 780 191 Lig Minas - Linha de informações do Governo.....................................(0xx31) 3339-1000 Gasmig...............................................................................................................0800-31-0197 Liquigás.....................................................................................................(0xx31) 3333-8133 Minasgás (Telegás)............................................................................................0800 31 3022 Supergásbrás............................................................................................(0xx31) 3362-4768

24 h 24 h

24 h 24 h

24 h

24 h

24 h

ENTRETENIMENTO

n ÁRIES

Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos da Constituição. Constituição da República Federativa do Brasil


COMUNIDADE

12

ZN notícias - Junho de 2011

Região Norte ganha seu primeiro grande shopping Mais um grande empreendimento está sendo instalado na Região Norte da Capital. um dos poucos locais onde ainda há áreas para expansão em BH e que vem sendo o destino dos últimos grandes empreendimentos na Capital. Depois da Cidade Administrativa, da nova Região do Isidoro e inúmeros conjuntos habitacionais, chega à região o primeiro grande shopping center: o Shopping Estação. O Shopping Estação BH será inaugurado no primeiro semestre de 2012 no bairro Venda Nova.. O empreendimento será composto por 36.000m² de ABL- área bruta locável, distribuídos por quatro andares, sendo o primeiro grande shopping da região com grandes marcas, além de opções de lazer e gastronomia. Destacamse Renner, Riachuelo, Marisa, C&A, Fast Shop, Ponto Frio, Casas Bahia, Ricardo Eletro, entre outras. Com área de construção de 140.000 m², o shopping abrigará cerca de 250 lojas e irá gerar cerca de dois mil empregos diretos. O Estação BH será integrado às estações de ônibus e metrô, podendo os clientes contar com 1.900 vagas de estacionamento. O shopping se prepara estruturalmente para facilitar o acesso ao

empreendimento, de forma a não causar impacto no trânsito na região. As opções de lazer serão ancoradas por seis salas de cinema operadas pela Cinépolis, a quarta maior rede de cinemas do mundo, conhecida por seu alto padrão de qualidade. Além das grandes redes, a moda do Estação BH contará com grifes renomadas do cenário mineiro e nacional como Chilli Beans, M. Officer, Collins, TNG, entre outras. O Shopping Estação BH fará parte da rede de shoppings administrados pela BR Malls. A companhia, que é a maior empresa integrada de shopping centers do Brasil, tem participação em 41 shoppings, que totalizam 1.259,0 mil m² de ABL e 672,1 mil m² de ABL próprio. A BR Malls é a única empresa nacional do ramo com presença em todas as cinco regiões do Brasil, atendendo aos consumidores de todas as diferentes classes sociais. Em Minas Gerais, a empresa administra shoppings como o Del Rey, Independência e Uberlândia. Anteriormente ao projeto em execução, havia um projeto inicial que foi modificado em razão de necessidade de alterações e adequação à situação da região. O novo

Maquete Shopping Estação

shopping será um grande avanço para essa região, que cresce mais rapidamente que as outas da Capital em função de vários fatores: a presença do Centro Administrativo do Estado, os dois aeroportos e a Lagoa da Pampulha, cartão postal de Belo Horizonte.

Obras caminham a todo vapor, dia e noite para construir os 36 mil m² do Shopping Estação. Previsão de inauguração para o primeiro semestre de 2012

Junho - 2011  

Jornal ZN Notícias - Informativo da Região Norte de BH - Junho de 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you