Page 1

cultura e variedades JORNAL VALE DO AÇO l Quarta-feira, 29 de setembro de 2010

vitrine

C

Por Vinícius Ferreira

E

m setembro do ano 2000, começavam os trabalhos da Orquestra Câmara Jovem, primeiro grupo musical erudito do Vale do Aço. Em 2010, comemorando os dez anos desta história, o grupo tem realizado diversas apresentações em locais diferentes na região, que começaram em abril e terminarão em dezembro. Porém, o principal dos concertos deste aniversário será realizado no Teatro do Centro Cultural Usiminas, nesta quinta-feira (30), a partir das 19h. Com convidados especiais e um repertório inédito, o grupo promete presentear o público com um dos concertos mais belos já executados em Ipatinga. O atual presidente da orquestra e também contrabaixista, Warley Luis Soares, de 24 anos, afirma que a expectativa em torno desta apresentação é totalmente diferente de tudo o que ele está acostumado a sentir. "Sempre que você está preparando um trabalho, existe o receio em torno dele, se vai dar certo, se vai ter algum imprevisto. Só que neste trabalho a minha sensação é diferente. Foi algo tão bem trabalhado e sonhado que eu tenho quase certeza de que tudo vai ser lindo, que será uma apresentação para ficar na história da cidade", decla-

O

N

45 C

E

cultura e variedades JORNAL VALE DO AÇO l Quarta-feira, 29 de setembro de 2010

R

T

vitrine

O

Dez anos de música erudita Orquestra Câmara Jovem comemora uma década de história com concerto especial no Usicultura

ra Warley, que faz parte da Orquestra desde o ano de 2008. Atualmente, a orquestra conta com 18 integrantes. DIA DE FESTA Para o Concerto de dez anos da Orquestra Câmara Jovem, a expectativa de público, segundo o presidente, é de 300 pessoas, sendo que, a taxa cobrada para a entrada, no valor de R$ 4, é somente simbólica. "Este concerto será a chave das comemorações destes anos de história. O preço é simbólico, as pessoas sabem que sempre nos apresentamos com entrada franca e em locais públicos, mas por ser no Teatro, existe este valor. Teremos vários convidados, além de músicos de outros estados que estarão prestigiando a apresentação", conta Warley. Ele explica que, em comemoração aos

Grão Fotografia

dez anos, a Orquestra já realizou quatro apresentações. Após o concerto de quintafeira, serão mais três outros concertos, sendo que o último acontecerá no dia 1º de dezembro, no Teatro Zélia Olguim, no bairro Cariru. REPERTÓRIO O Maestro da Orquestra Câmara Jovem, Luciano Mendes Lima, afirma que o repertório da apresentação desta quinta-feira foi totalmente pensado para mostrar o melhor da Orquestra. "O concerto foi dividido em quatro peças. A primeira parte do programa valoriza a performance do nosso grupo. Escolhemos um repertório muito bonito. Vamos começar com 'Quatro Momentos', do Maestro Ernani Aguiar, um grande compositor, meu amigo, que trabalha hoje na UFRJ. É uma peça que

sentação para ver a sua obra sendo executada. Este salmo tem muito a ver com o que a gente está fazendo, já há dez anos. O verso três diz o seguinte: 'tocai bem e com júbilo', com alegria. E é assim que queremos finalizar o concerto, que será relativamente curto, com uma hora e meia de duração", afirma o Maestro. MÚSICA ERUDITA PARA TODOS A Orquestra Câmara Jovem tem feito um trabalho voltado para a divulgação da música erudita na região,

SEGUNDO O MAESTRO LUCIANO, o importante para a pessoa conhecer a música erudita é entrar em contato com ela requer técnica, o que valoriza nossos instrumentistas. Começa com um maracatu, depois apresenta vários ritmos nordestinos", explica o maestro, que continua. "Em seguida o grupo apresentará o 'Concertino para Violino e Orquestra de Cordas', de Ernest Mahler. Ele tem este nome de alemão, mas é brasileiro. Esta peça também exige muito dos instrumentistas, e

irá mostrar o valor deles. Mesmo com a presença de professores, a solista desta peça será a Regiane Carlos, uma talentosa musicista. Estas duas primeiras peças são chamadas peças de fôlego, sendo que a primeira tem quatro partes e a segunda tem três. São maiores, mais trabalhadas", conta o Maestro. Luciano conta que, após

as duas primeiras peças, o concerto se encaminha para a festa, com a Sinfonia 103 de Haydn. "O rufar dos tímpanos. Este é o nome desta sinfonia. Haydn é considerado o pai do classicismo musical. Esta peça tem quatro movimentos. O primeiro é o Adagio - Allegro, depois vem o Andante, no qual novamente a Regiane será solista. O terceiro movimento é o

minueto e o final é o finale, no qual será apresentado um allegro monotemático articulado por trompas, lindíssimo". O maestro conta que as sinfonias de Haydn inspiraram um dos músicos clássicos mais famosos, Beethoven. Para o final da apresentação, o Maestro escolheu "Salmo 33". "Esta peça é uma criação de Tânia Costa, uma grande amiga. Ela virá à apre-

com apresentações em áreas públicas, com entrada franca, visando proporcionar um contato cada vez maior entre o público e a música clássica, mas mesmo assim, poucos conhecem a música e o trabalho da orquestra. E este é o fator que, segundo Warley Luiz, o presidente da Orquestra, causa o estranhamento da população com a música. "Para que uma música se torne popular, é necessário ouvir. Temos dez anos de divulgação da música clássica aqui na região e mesmo assim

muita gente ainda não conhece. Mas quem conhece o trabalho se apaixona, e isto eu posso afirmar", declara Warley. O maestro também partilha da mesma opinião que o contrabaixista. "Na minha larga experiência, vejo que o importante é que a pessoa entre em contato com a música. E o nosso trabalho é criar oportunidades para isto, para que aqueles, que normalmente nunca assistiriam a um concerto, tenham acesso a ele. Como diz o ditado 'o que os olhos não vêem o coração não sente'. Neste caso é o que os ouvidos não ouvem. Não conheço ninguém, nenhuma pessoa, que tenha ouvido e não tenha amado. Após ouvir, começam a perceber a importância da música. Isto é normal, as pessoas vêm, assistem pela primeira vez e ficam encantadas. A música fala direto ao coração, consegue alcançar lugares na alma que as palavras nunca conseguiriam chegar", finalizou o maestro.

Dez anos de música erudita  

Matéria sobre a Orquestra Câmara Jovem, de Ipatinga, que completou dez anos em 2010. Publicada no dia 29 de setembro de 2010.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you