Issuu on Google+

EDNILTO NEVES

PREÁS Casal cria animais para preservar a espécie

EDNILTO NEVES

RECURSOS Escolas serão reestruturadas através do RN Sustentável

MOSSORÓ, 8

QUALIDADE

WILSON MORENO

Emissoras AM de Mossoró devem migrar para FM

MOSSORÓ, Capa

MOSSORÓ, 3

AZETA G

SEM MEIAS PALAVRAS. NEM MEIAS VERDADES.

gazetadooeste @gazetaoeste

D O

O E S T E

Ano 37 — Nº 9.515 — Mossoró-RN, DOMINGO, 17 de novembro de 2013

CAMPEONATO

BRASILEIRO 2013 X

X

FLUMINENSE SÃO PAULO

CORINTHIANS VASCO

Rio de Janeiro - 16h

São Paulo - 16h

X

X

VITÓRIA SANTOS

CRUZEIRO PONTE PRETA

Salvador - 16h

Belo Horizonte - 16h

X

X

GRÊMIO FLAMENGO

GOIÁS INTERNACIONAL

Porto Alegre - 18h30

Goiânia- 18h30

X

X

NÁUTICO BAHIA

PORTUGUESA ATLÉTICO-MG

Recife - 18h30

São Paulo- 18h30

www.gazetadooeste.com.br

BRIGA ENTRE IRMÃOS TERMINA EM MORTE g Um adolescente de 16 anos foi assassinado com um tiro na sexta-feira, 15, no bairro Costa e Silva. O irmão da vítima, 14, suspeito de ser o autor do disparo, está internado no HRTM em estado grave. Investigações iniciais da Polícia Militar apontam que a ocorrência foi causada por uma discussão entre os irmãos. MOSSORÓ, 11 EDNILTO NEVES

O sonho de conquistar uma vaga em Medicina Alunos e profissionais relatam os desafios para realizar o sonho de conquistar uma vaga na área de Medicina, uma das mais concorridas nos vestibulares. Em Mossoró, vagas para o curso devem ser ampliadas. MOSSORÓ, 6 e 7

NA ESCOLA

Ruídos podem comprometer audição Pesquisa desenvolvida pela UFRN aponta que altos níveis de ruído no ambiente escolar podem causar danos,muitas vezes, irreversíveis. CIDADES, Capa

NOS JARDINS Max Medeiros avalia mobilização estudantil EXPRESSÃO, 4 e 5

ESPECIAL

Hemocentro realizará Semana do Doador Estudantes de Medicina, Pésside Pinheiro e Caio Fonseca, durante atividades no laboratório de anatomia, na Uern ALCIVAN COSTA

EXPRESSÃO

MOSSORÓ, 4 WILSON MORENO

Airton Cilon prepara novos trabalhos EXPRESSÃO, Capa

FALE COM A GENTE: 3314-1687 — redação@gazetadooeste.com.br; comercial@gazetadooeste.com.br — ESTA EDIÇÃO TEM 72 páginas — PREÇO DESTA EDIÇÃO R$ 2,00


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Opinião Circulando em OFF

Espaço Dorian Jorge Freire SOLAVANCOS DA DEMOCRACIA Paulo Afonso Linhares - Advogado

Gilberto de Sousa gilberto@gazetadooeste.com.br diretorderedacao@gazetadooeste.com.br gilberto-de-sousa@hotmail.com

INTERINO

NUNCA SE DIVIDA AO MEIO Benito Mussolini, o socialista que pariu o fascismo, comandou a Itália como chefão da máfia. Tanto é verdade que ele promoveu uma verdadeira cruzada contra os reais mafiosos, sobretudo aqueles de origem siciliana. Em 1922, Mussolini utilizou todo o seu talento em uma decisão resoluta quando ele e seu bando marcharam sobre Roma e tomaram o poder de um rei impotente e de uma horda de políticos completamente desorgarnizados. Mas, em 1939, começo da Segunda Guerra Mundial, Mussolini cometeu o vacilo monumental ao escolher ficar com as chamadas Potências do Eixo e não com os Aliados. Benito Mussolini errou feio ao se propor "apertar as mãos" de Hitler, a quem o próprio Mussolini sentava a ripa sem dó e nem piedade antes. Seis anos depois, com a Itália em ruínas e Mussolini exilado, ele foi questionado pelo seu filho mais velho, Vittorio, sobre o por quê de ter pisado tão feio na bola. Em poucas palavras, o jornalista Mussolini respondeu: simplesmente havia escolhido o cavalo errado. A decisão havia sido tomada de acordo com vários fatores complexos, mas Benito Mussolini, que era um homem prático e sabia que, no final de tudo, se resumia àquilo. Por mais erradas que fossem as decisões do ditador (e jornalista, é bom deixar bem claro), foi por meio delas que ele chegou ao auge do poder. Portanto, nunca se divida ao meio, uma decisão errada é, e sempre será melhor do que nenhuma decisão. RECUPERAÇÃO O vereador Flávio Tácito, o Flavinho (DEM), mesmo debilitado em função de problemas de saúde, faz enorme esforço para não se ausentar das sessões plenárias da Câmara Municipal. É exemplo para aqueles que vão muito bem da saúde, mas mal aparecem no parlamento. É osso. INSCRIÇÕES A partir de amanhã, inicia o prazo para registro de candidaturas para a eleição de diretor e vice-diretor da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais (FAFIC). Na sexta-feira encerra-se o prazo para inscrição de chapas e o pleito será realizado apenas em fevereiro do próximo ano. BASTIDORES Como foi dito por este interino aqui, nos bastidores, este assunto está rendendo muito,mas muito assunto.O tema chega a ser visto como "explosivo" para atentos membros da comunidade. SETORIZAÇÃO Mesmo sendo uma eleição setorizada, o fato é que a eleição para diretor e vice da Fafic, inevitavelmente, envolverá toda a instituição. Primeiro, por se tratar de interesse político de todos por lá. E, segundo, porque será um teste para atual gestão da Universidade do Estado. NERVOS DE AÇO A semana que se inicia exigirá de muitos nervos de aço. Uma nova rodada de julgamentos envolvendo a prefeita Cláudia Regina. Terça-feira está prevista a inclusão na pauta de um processo e, ao que tudo indica, quinta-feira novas ações serão apreciadas pela Corte Eleitoral.

COTAÇÃO

do campo da esquerda) aponta para resultados positivos, embora tenha logrado êxitos como a conquista do governo federal já por três períodos consecutivos, com a formação de fortes bancadas nas duas Casas do Congresso Nacional, nos parlamentos dos Estados e Municípios, além da presença em importantes governos estaduais e municipais. A adoção do PED funciona como ferramenta para legitimação das instâncias diretivas do PT, ademais de "harmonizar" os embates políticas das tendências, para deles extrair energia política capaz de impulsioná-lo, independentemente até do papel que representam lideranças do porte de Lula ou da presidenta Dilma Rousseff. Todavia, o PED 2013, realizado no dia 10 de novembro de 2013, certamente não deixará boas recordações, porquanto pontilhado de erros técnicos e políticos na sua execução que, lastimavelmente, comprometem o objetivo visado, ademais de provocar sismos e convulsões nas diversas instâncias, bem assim têm ganho espaço nas mídias acusações que atingem a credibilidade desse processo como legitimador das estruturas diretivas do PT. Numa dessas acusações, a tendência que reelegeu o atual presidente do PT, Rui Falcão, teria "bancado" a regularização financeira de aproximadamente 300 mil militantes,cujas contribuições partidárias teriam sido "abonadas" em todo o país, esse que é um requisito para participar do processo, ou seja, cada militante petista deve estar com suas contribuições quitadas até certa data que antecede o PED. Pouco provável tenha havido uma ação dessa envergadura, considerado-se que mais de 900 mil filiados ao PT estavam aptos a participar. Uma coisa é certa: os ferrenhos inimigos desse partido poderão aproveitar essas divergências internas para "tirar uma casquinha" e prejudicá-lo no embate eleitoral de 2014, a tirar pelo resultado do PED 2013 no Rio Grande do Norte, onde uma série de erros de execução do pleito para o Diretório Estadual do PT gerou uma enorme celeuma que pode prejudicar a sua presença na coligação liderada pelo PMDB, em especial na chapa para os pleitos majoritários (para o Governo do Estado e a vaga do Senado Federal). De tudo, o melancólico é que essa experiência de democracia interna do PT, com tantos "senões", pode não imantar outros partidos e contribuir para o fim do caciquismo partidário no Brasil. Afinal, uma coisa é certa: não se faz democracia sem alguns desagradáveis solavancos. Faz parte.

Charge

CEDIDA

POR: LAÉRCIO EUGÊNIO

No que depender da executiva nacional do Partido Socialista Brasileiro, a vice-prefeita de Natal,Wilma de Faria, será, sim, a candidata socialista ao Governo do Estado no pleito do próximo ano.Wilma se mantém calada,mas...

HÁ QUEM INTERESSAR POSSA "A consciência tranquila é o melhor remédio contra insônia". MISTÉRIO Umleitorencaminhacorrespondênciaeletrônica para a coluna questionando o por quê da página da Prefeitura de Mossoró ter ficado fora do ar, no período em que o presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereador Francisco José Júnior, interinamente comandouanossamunicipalidade.Sinceraehonestamente, o interino aqui não sabe responder.Naverdade,aSecretariaMunicipaldeComunicação é que deve se posicionar.

FORTALECIMENTO De uma coisa ninguém discorda: a cada afastamento, a chefe do Executivo se fortalece perante à população, que não digere a falta de conformismo de quem não obteve êxito no pleito do ano passado.

SUA CASA, SUA VIDA O programa do Governo Federal que, na teoria,serviria para reduzir o déficit habitacional, na verdade, serve para melhorar a vida dos empresários do setor da construção civil. O povo, aquele que realmente precisa de um lar, na verdade não tem acesso aos imóveis em função do elevado valor praticado nas residências.

ACEITAÇÃO O fato é que a administração Cláudia Regina vem obtendo boa aceitação junto ao povo e, neste aspecto, a chefe do Poder Executivo está bem amparada. Resta apenas esperar pelo resultado final em torno das ações que tramitam na Justiça. Mas, o fato é que até os adversários reconhecem a boa gestão da prefeita mossoroense.

EXONERADOS No final de semana passado, várias pessoas ligadas politicamente à deputada federal Sandra Rosado foram exoneradas pelo Governo do Estado. A grande surpresa é que muitos ocupavam cargos na esfera estadual desde o início da administração da médica mossoroense Rosalba Ciarlini. Essa, sim, foi a grande surpresa.

RELAX

Numa sociedade de forte tradição autoritária e paternalista, como a brasileira, algumas experiências democráticas soam estranhamente, como se fossem coisas de outro mundo, principalmente quando implicam quebras de determinados paradigmas. Mais ainda quando envolvem partidos políticos, que naturalmente constituem (ou deveriam constituir) chão da democracia. É neste diapasão que deve ser avaliada a polêmica experiência do Processo de Eleições Diretas 2013 (ou simplesmente PED 2013) levada a efeito pelo Partido dos Trabalhadores,nos três níveis,com pleitos para escolha dos membros dos diretórios municipais, estaduais e do Diretório Nacional. Inegável que o PT, goste ou não do que ele representa no contexto político, constitui a mais avançada experiência de partido político de massas da história brasileira, sobretudo, em se considerando que a tradição nestas paragens tupiniquins é a de instituições partidárias débeis, com atuação sazonal (apenas nos períodos de eleições), pouca influência nas metas,políticas públicas e ações dos governos que elegem, isoladamente ou em coligações partidárias, ademais das marcações ideológicas pouco definidas. Aliás, é por demais conhecido o divórcio entre os que apregoam os documentos fundamentais dos diversos partidos (os manifestos ou programas) e a sua prática política, sobretudo, no que tange às alianças eleitorais, em que são corriqueiras as uniões eleitorais de partidos absolutamente díspares do ponto de vista político e ideológico ou, como diz melhor a sabedoria popular: "casamento de jacaré com cobra d'água". Em três décadas,mesmo com enormes erros e monumentais acertos, a construção do PT aponta para um caminho diferente,sempre no rumo do fortalecimento da autoridade partidária, com a democratização de suas práticas internas, inclusive tendo como pano de fundo uma miríade de grupos organizados - as correntes ou tendências - que disputam sem trégua qualquer cada espaço político. Aliás, aquilo que pareciam complicado e potencialmente deletério ao processo de construção do PT nos anos '80 e '90 - a existência dessas tendências - findou reconhecido como uma prática que enriquece e qualifica o debate político interno, com o fortalecimento da interlocução do partido com a sociedade. Entretanto, nem sempre essa coexistência das diversas tendências (que ideológica e politicamente nada mais são que matizes

Não venha querer se consolar/Que agora não dá mais pé Nem nunca mais vai dar/Também, quem mandou se levantar?/Quem levantou pra sair/ Perde o lugar. ELIS REGINA

Artigo A CIDADE REFÉM Rubens Coelho - Jornalista Nos últimos dias, Mossoró tem ficado refém da violência. A insegurança atinge a todos. A população perplexa se interroga a quem recorrer para se proteger da barbaridade que assola a cidade. Os assaltos à mão-armada se repetem todos os dias, sem que a polícia dê um paradeiro a ação dos bandidos; está impotente diante dos marginais. Os assassinatos também se repetem cotidianamente, a vida tem perdido o valor, se mata por qualquer futilidade, mas nesse caso não se pode culpar pela impunidade à polícia somente, ocorre principalmente pela frouxidão de nossas leis penais, que permitem deixar solto um assassino confesso apenas porque não foi preso em flagrante. Não sou jurista muito menos criminalista, talvez minha burrice crônica faça com que eu não entenda como existindo uma lei que proíbe a posse de arma de fogo sem o devido porte, constituindo-se crime inafiançável o uso sem esse documento legal, mas de repente o indivíduo atira e mata outro em plena via pública, livra-se do flagrante, depois se apresenta à polícia, presta depoimento, diz que matou porque foi desmoralizado e pronto, imediatamente sai solto e fica novamente bancando o valentão pelo mundo afora. Responde o processo em liberdade.

Assim aconteceu com o jovem psicopata que assassinou no último dia 9, outro jovem, Antônio Wallaci Dias Paiva, 26 anos, casado, pai de dois filhos menores, técnico da Petrobras, vítima da bestialidade de um indivíduo que deveria ser imediatamente trancafiado como punição e para evitar colocar outras vidas em risco. A convivência de gente como essa na sociedade é uma permanente temeridade. É preciso que haja uma mobilização geral, especialmente das entidades civis, como OAB, Maçonaria, sindicatos, entidades religiosas, enfim, toda a sociedade participe de um mutirão contra a violência. Sabemos que não é um problema só de Mossoró, mas nem por isso podemos deixar de lutar para que haja paz entre nós. Não podemos é continuar reféns da perversidade da bandidagem. A Câmara Municipal está dando um passo acertado nesse sentido, quando programa realizar uma audiência pública para discutir a segurança em nossa cidade. Seria importante que houvesse o maior comparecimento das pessoas a esse ato, afinal de contas é uma questão que interessa a toda população. Observação, esse artigo foi escrito em abril de 2006, e a situação só tem piorado, infelizmente.

Gazeta do Oeste www.gazetadooeste.com.br

Um produto da C. Q. Organização Gráfica e Editorial Ltda. Fundada em 30 de abril de 1977 por Canindé Queiroz

Diretor CANINDÉ QUEIROZ

Diretor-adjunto PAULO LINHARES

Diretor de Redação GILBERTO DE SOUSA

Editora DANIELE SILVEIRA

Av. Cunha da Mota, 96/100 – Centro – Mossoró/RN – Fone: 3314-1687 Site: www.gazetadooeste.com.br – e-mail: gazeta@gazetadooeste.com.br AS MATÉRIAS ASSINADAS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES

Diretor Comercial LEÔNIDAS TERCEIRO


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Política

Leonardo apresenta R$ 2,5 mi em emendas CEDIDA

Deputado contemplou mais de 15 municípios localizados nas regiões Agreste e Alto-Oeste

deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM) apresentou,à Comissão de Finanças e Fiscalização,22 emendas parlamentares individuais ao orçamento do Governo do Estado em 2014. As emendas beneficiam 16 municípios do entorno de Mossoró, Alto-Oeste e Agreste, além de cinco entidades beneficentes com atuação em Mossoró e Natal. As emendas parlamentares deverão ser votadas em plenário em meados de dezembro, quando a Assembleia Legislativa encerrará os trabalhos de 2013. A maior parte das emendas parlamentares do deputado Leonardo Nogueira destina recursos para que a Secretaria Estadual de Infraestrutura realize a construção ou restauraç��o da

O

Leonardo discutiu com lideranças municipais a inclusão de emendas ao Orçamento Geral do Estado

pavimentação e do sistema de drenagem de águas pluviais em Serra do Mel, Almino Afonso, Porto do Mangue, Areia Branca, Caraúbas, Assu, Baraúna, Governador Dix-sept Rosado, Severiano Melo, Janduís, Angicos, Campo Grande, Upanema e Mossoró. "Uma cidade com ruas pavimentadas significa mudança de vida, porque ela inte-

gra a sociedade e a economia, gerando mais emprego e renda, além de trazer conforto, segurança e melhor acesso à saúde e à educação para toda população do município", justificou dr. Leonardo. Para Mossoró, o deputado ainda destinou mais R$ 200 mil, para a construção e implantação de seis Bases Integradas Cidadãs (Bics), sendo três na zona rural e três na

zona urbana do município. "Diante da falta de investimentos na segurança pública por parte do Governo do Estado, a Prefeitura de Mossoró tomou a iniciativa de criar as Bases Integradas Cidadãs e através delas vêm devolvendo a tranquilidade à população. Como deputado eleito por Mossoró e região, me sinto na obrigação de ajudar na manu-

Comissão rejeita enriquecimento do leite CEDIDA

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados rejeitou o projeto que obriga o enriquecimento do leite vendido no País com vitamina D. A proposta também assegura um intervalo mínimo para que pessoas que permanecem muito tempo em ambiente fechado possam se expor ao sol e garantir a fixação de vitamina D. É o caso de pessoas que trabalham de forma contínua em locais fechados, estudantes, internados em hospitais e presos. A carência dessa vitamina pode causar diversas doenças ósseas, autoimunes e até distúrbios mentais. A medida está prevista no Projeto de Lei 5363/13, do deputado Walter Feldman (PSB-SP), que tem o objetivo de permitir a fixação de vitamina D pela população. O relator, deputado Be-

tinho Rosado (PP-RN), recomendou a rejeição do projeto por considerar que o enriquecimento do leite com vitamina D pode gerar efeitos contrários ao desejado, já que a vitamina é tóxica em altas concentrações. "Os pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, descobriram que após os níveis de vitamina D terem ultrapassado o mínimo considerado normal, qualquer acréscimo gera um aumento nos níveis de proteína C-reativa, ou PCR, elevando os riscos de inflamação do coração e dos vasos sanguíneos", explicou. Rosado argumentou ainda que não há pesquisas científicas no Brasil que indique a deficiência dessa vitamina na população brasileira. "Não se pode afirmar que a maior parcela da população brasileira necessita aumentar sua ingestão de vitamina

Betinho Rosado foi o relator da proposta na comissão

D. Portanto, a suplementação de vitamina D, via adição em produtos lácteos, poderia ocasionar em algumas pessoas o aumento dessa vitamina em níveis tóxicos", acrescentou.

Tramitação - A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fátima participa de ato ao ex-presidente Jango A deputada federal Fátima Bezerra (PT-RN) participou, na Base Aérea de Brasília, da cerimônia de chegada à capital federal dos restos mortais do ex-presidente João Goulart, o Jango. O evento contou com a presença da presidenta

Dilma Rousseff e dos expresidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Collor e José Sarney, além de ministros de Estado, parlamentares, autoridades e da família de Jango. "Hoje, é um dia histórico para o Brasil. Essa solenidade tem um significado

político e pedagógico para o país, pois se trata de uma reparação daqueles que lutaram pela liberdade e pela democracia de nosso país, e Jango de forma apaixonada sempre lutou por esses ideais", disse Fátima. "Quero parabenizar a presidenta Dilma e a minis-

tra Maria do Rosário (Direitos Humanos) pela a iniciativa desse ato, presidido por uma mulher que foi presa, torturada e combateu bravamente a ditadura no país. E, hoje, em nome do Estado,realiza essa justa cerimônia,reverenciando a memória de Jango", completou.

tenção e ampliação das BICs", explicou. Em outras duas emendas parlamentares individuais, o deputado destina à Secretaria Estadual de Educação R$ 200 mil, para a implantação do Campus Universitário da Uern em Apodi, e R$ 70 mil, para a construção de uma quadra esportiva na Escola Estadual Rui Barbosa, em Tibau. Três entidades benefi-

centes com atuação em Mossoró também foram lembradas por dr. Leonardo em suas emendas. Através da Secretaria Estadual de Assistência Social, o deputado destinou R$ 30 mil para a aquisição de equipamentos para o Abrigo Amantino Câmara,e R$ 40 mil para aquisição de computadores para a oferta de aulas de informática na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). Através da Secretaria Estadual de Saúde, outra emenda parlamentar de Dr. Leonardo prevê recursos da ordem de R$ 50 mil, para a compra de equipamentos para exames de prevenção ao câncer de mama, na Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer. "Como ginecologista, sei da importância dos exames de prevenção do câncer de mama. Por isso também destinei emenda de R$ 30 mil, para a compra de mamógrafo e ultrassom, para a implantação do projeto Prevenir e Diagnosticar, do Grupo Reviver, em Natal", acrescentou o deputado, que também destinou R$ 20 mil em emenda, para construção de salas de aula e alojamentos para União dos Escoteiros do Brasil, na capital.

Felipe pede mais investimento para as Forças Armadas Cerca de R$ 13 bilhões no Orçamento da União de 2014 afastam as Forças Armadas do montante considerado ideal para o investimento necessário em defesa nacional. Foi o que revelou o deputado federal Felipe Maia (DEM), no plenário da Câmara. Segundo o parlamentar, os recursos destinados nos últimos anos ao Exército, Marinha e Aeronáutica não são suficientes, comprometendo a Estratégia Nacional de Defesa. A pasta apresenta gasto elevado com pessoal, destinando quase 70% do Orçamento para este fim. Desta forma, impossibilita a aquisição de munição, a construção de navios e a compra e modernização de aeronaves, dentre outros investimentos. Ainda de acordo com o democrata, representantes das três armas se reuniram recentemente no Congresso Nacional e solicitaram um acréscimo de R$ 7,45 bilhões no Orçamento de 2014 por meio de emendas parlamentares. A justificativa do pleito se baseia na necessidade da compra de combustível para carros e aviões, além de a quantia ser fundamental para garantir a segurança da área do pré-sal brasileiro. "Tive a oportunidade de conhecer o programa do Brasil na Antártica e de

acompanhar como funciona a Operação Cruzeiro do Sul (Cruzex) que está acontecendo no Rio Grande do Norte. Dessa forma pude ver a importante atuação das Forças e a necessidade de investimento na defesa nacional. Assim como a Marinha necessita de recursos para a reconstrução da Estação Antártica, a Aeronáutica precisa de novas aeronaves para monitorar nosso espaço aéreo", destacou Felipe Maia. A Defesa do país avaliou como mínimo necessário para o próximo ano o valor de R$ 29 bilhões.No entanto,as Forças poderão contar com pouco mais de R$ 16 bilhões. O Exército necessita de R$ 21,1 bilhões,mas receberá R$ 5,8 bilhões.A Marinha requisitou R$ 12 bilhões e contará com R$ 5,5 bilhões,já a Aeronáutica solicitou R$ 8,8 bilhões e apenas R$ 4,8 bilhões serão investidos. "As Forças Armadas parecem não ser vistas como questão de estratégia pelo governo federal. O ingresso de armas e drogas e tantos outros crimes que acontecem em nossas fronteiras poderiam ser evitados se houvesse uma maior aplicação de recursos na defesa. A falta de investimento neste setor deságua em uma sensação de insegurança nacional", frisou.


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Política Presidente Dilma veta projeto que permitiria criação de 180 municípios REPRODUÇÃO

A

presidente Dilma Rousseff vetou integralmente o Projeto de Lei Complementar 416/08, que regulamentava a criação de municípios. O texto havia sido aprovado pela Câmara dos Deputados em junho e pelo Senado em outubro. De acordo com estimativas, o projeto permitira a criação de até 180 cidades e 30 mil cargos públicos no país. No despacho presidencial ao Congresso, publicado na quinta-feira (14) no Diário Oficial da União, Dilma diz que a proposta contraria "o interesse público". O projeto foi devolvido ao presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL),que terá de colocar o veto para a análise dos deputados e senadores. Segundo o despacho presidencial, o Ministério da Fazenda ponderou que a medida permitiria "a expansão expressiva do número de municípios no País,resultando em aumento de despesas com a manutenção de sua estrutura administrativa e representativa". O Ministério argumentou, ainda, que o crescimento de despesas não seria acompanhado por receitas que permitissem a co-

Presidente Dilma fez veto a Projeto de Lei Complementar

bertura dos novos gastos. Além disso, os técnicos da área econômica destacaram que, com o crescimento de municípios brasileiros, haveria uma "pulverização" na repartição do

Fundo de Participação dos Municípios (FPM), o que prejudicaria principalmente as cidades menores e com maiores dificuldades financeiras. (Com Agência Câmara).


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Opinião Artigo

MILENAR,A CHINA ABRAÇA O CAPITALISMO ELVIRO REBOUÇAS - Economista e empresário A economia chinesa teve um desempenho surpreendente desde os anos 1990, com o processo de liberalização idealizado por Deng Xiaoping. Da geração de Mao Tsé-tung, o grande timoneiro oriental, Deng viveu muitos anos no ostracismo, vítima da Revolução Cultural. Acabou ascendendo à liderança do governo e do Partido Comunista Chinês quando o país ainda definhava, mas esboçava alguns sinais de aproximação com o Ocidente. A nação tem uma longa história, composta por diversos períodos distintos. A civilização chinesa clássica - uma das mais antigas do mundo - floresceu na bacia fértil do rio Amarelo, na planície norte do país. O sistema político chinês era baseado em monarquias hereditárias, conhecidas como dinastias, que tiveram seu início com a semi-mitológica Xia (aproximadamente 2000 a.C.) e terminaram com a queda dos Qing, em 1911. Pragmático, Deng percebeu que a pujança econômica de Hong Kong contrastava com o atraso da China comunista. Limitado territorialmente, o impulso de Hong Kong (ainda colônia britânica) poderia "transbordar" para áreas vizinhas, se a China abrisse essa oportunidade, e foi o que o governo fez, com a criação das zonas econômicas especiais, para as quais aceitou inversões de capital privado estrangeiro em segmentos industriais. O êxito dessas zonas econômicas foi tão grande que o plano se estendeu praticamente a toda região da costa da China. Capitais de origem chinesa, oriundos de Hong Kong e Taiwan foram os primeiros a apostar na abertura, e o forte crescimento da China nos anos que se seguiram acabou transformando o país no maior receptor de investimentos do planeta. Com essa abertura, progressivamente ampliada, a China virou uma espécie de fábrica do mundo, transformando uma economia que era tradicionalmente agrícola. A população que vive nas cidades superou recentemente a rural, e tal migração obrigou a realizada pesados investimentos em infraestrutura. Pelo critério que considera o poder de compra de sua moeda, a China já seria a segunda maior economia do planeta, ultrapassando a do Japão. Há projeções que mostram o país superando os Estados Unidos em alguns anos, por esse critério. No entanto, por força de seu modelo político, baseado em um partido que tem a sua cúpula renovada de tempos em tempos por um processo que não se baseia em eleições livres e democráticas, a economia chinesa ainda carrega pesada herança estatal e burocrática. Diante de sinais de perda de dinamismo econômico, a nova cúpula do partido Comunista Chinês decidiu, na reunião do Terceiro Plenário, realizada de sábado a ontem, introduzir mais mudanças liberalizantes, optando por um recuo da participação das companhias estatais e da interferência governamental nas decisões de investimento. A China espera que a lógica de mercado prevaleça no direcionamento dos capitais. Esta reunião estabelece diretrizes decenais, para o governo do recém-empossado presidente Xi Jinping. As grandes mudanças sociais e econômicas promovidos pelos seguidores de Deng Xiaoping deram uma nova dinâmica política à China contemporânea e limitaram as opções dos governantes do país. Houve nos últimos anos uma melhoria no padrão de vida dos chineses, embora seja um país com renda média para os padrões mundiais. O rápido crescimento econômico do país conseguiu retirar centenas de milhões de pessoas da pobreza desde 1978 - o número de camponeses pobres caiu de 200 milhões para 80 milhões em 10 anos. Apenas 10% da população vive abaixo da linha de pobreza (em comparação com 64% em 1978) e 99,8% dos jovens são alfabetizados. Desemprego urbano diminuiu para 4 por cento em 2007 (desemprego real está abaixo de 10%). A expectativa de vida chinesa é a terceira maior do leste asiático, com 74 anos, atrás da Coreia do Sul com 77,3 e do Japão com 82,2. A China é o segundo maior consumidor mundial de bens de luxo, com 27,5% da quota global, atrás do Japão. O mercado de varejo da China cresceu 16,8% ao ano. Hoje, cidades como Pequim e Xangai, as duas maiores do mundo, convivem com a modernidade e a riqueza, já que a China é procedência ou destino de grande parte do que encontramos em Chicago, Nova York, Los Angeles e Filadélfia, nos EUA, ou em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Salvador, no Brasil, para não falarmos em todo o planeta. O modelo político chinês não serve de referência a ninguém. Mas é curioso que seus atuais líderes, formados dentro numa ideologia que considera o Estado solução para tudo, enxerguem no dinamismo da iniciativa privada o caminho para que a economia chinesa continue a crescer intensamente. Deveria servir de lição para países que ainda vacilam e têm recaídas estatizantes, como é o Brasil, que seguidamente impõe mudanças de regras a contratos econômicos, em plena vigência, prejudicando a visão que o mundo moderno tem do nosso verde-amarelo. Este ano de 2013 os analistas prevêem que o grande tigre asiático terá um crescimento de 7,2 a 7,8 % do seu Produto Interno Bruto. Enquanto nós brasileiros hoje detemos a sexta maior economia da Terra, deveremos ter um incremento, no mesmo período, entre 2,0 a 2,3 %. Muito pouco para nossas necessidades de infra-estrutura e expansão sociopolítico-cultural. O dólar americano chega a R$ 2,30, a inflação pelo IPCA se aproxima de 5,8%, a nossa balança comercial emite sinais de alerta com déficit, quando estava se acostumando a sucessivos amplos superávits. Mas Deus é brasileiro e a tudo proverá.

Penso, logo...

Canindé Queiroz

Rubens Coelho rubensfcoelho@hotmail.com PROJETO APROVADO O Plenário da Assembleia Legislativa aprovou, quarta-feira, 13, em segundo turno, o projeto do deputado Kelps Lima que extingue o uso de marcas e slogans de governos de ocasião e fotos de governadores nas paredes das repartições públicas. Esse projeto acaba com o culto à personalidade e a propaganda indevida do mandante do momento. É bom. DISCUSSÃO PERTINENTE Está acontecendo no Senado Federal, trata-se de um assunto que há muito tempo vem sendo discutido que é a mudança completa do sistema policial. Esta semana serviu para uma audiência na Comissão Especial de Segurança Pública, especialistas e autoridades do setor examinaram ideias, entre as quais a sempre lembrada unificação das polícias Civil e Militar, objetivando tornar o sistema preventivo e repressivo mais ágil e eficiente. O projeto de unificação das polícias sempre vem à tona quando se debate a questão da segurança pública. Há consenso quanto à necessidade de levar adiante esse processo. Entretanto, interesses corporativos das duas categorias de policiais fazem com que não se chegue ao objetivo almejado. Contudo, o fato do Senado promover a discussão sobre o assunto, dá a esperança de uma solução satisfatória para o gravíssimo problema de segurança pública que atormenta o cidadão brasileiro no momento, é claro não ser cuja unificação das polícias, a panaceia para resolver tudo, mas um passo firme para a eficiência no combate a criminalidade, pois estariam unidas contra o inimigo comum. SAIA JUSTA Está o presidente da Câmara Federal, Henrique Alves, ao ter de cumprir ou não a decisão do Supremo Tribunal Federal que determinou a prisão de dois deputados. Disse Alves que a Casa vai agir de forma "racional e com base na Constituição" em relação aos mensaleiros. Foi a resposta de Henrique Alves dada a uma pergunta de um repórter do jornal O Globo, sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter a condenação dos deputados Valdemar Costa Neto e Pedro Henry. RACIONAL E NÃO EMOCIONAL? De que maneira as palavras do deputado podem ser traduzidas? Cassa ou não cassa os deputados condenados? Henrique Alves pareceu surpreso com o andamento da sessão do Supremo. "Vamos analisar. Não pode ser uma questão emocional. Tem que ser uma questão racional e não emocional, com base na Constituição. Vamos analisar", disse presidente da Câmara Federal. A RACIONALIDADE Positiva da presidente Dilma Rousseff ao vetar integralmente o Projeto de Lei 98/2002 que criava, incorporava, fundia e desmembrava municípios. No despacho presidencial ao Congresso, publicado ontem na edição do Diário Oficial da União, Dilma diz que a proposta de lei devolvida ao Congresso contraria "o interesse público". A matéria foi devolvida hoje ao presidente do Legislativo, Renan Calheiros (PMDB-AL), que terá que colocar o veto para a análise dos deputados e senadores. AS RAZÕES DA PRESIDENTE Segundo o despacho presidencial, o Ministério da Fazenda ponderou que a medida expandiria "a expansão expressiva do número de municípios", o que acarretaria no aumento das despesas do Estado com a manutenção da estrutura administrativa e representativa. O ministério avaliou, ainda, que o crescimento de despesas não será acompanhado por receitas que permitam a cobertura dos novos gastos, "o que

impactará negativamente a sustentabilidade fiscal e a estabilidade macroeconômica". Perfeito. CONSEQUÊNCIAS NEGATIVAS Além disso, os técnicos da área econômica destacaram que, com o crescimento de municípios brasileiros,haveria uma "pulverização" na repartição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Está na justificativa para o veto presidencial, os prejuízos acarretados por tal medida não fosse vetada, para as cidades menores, além de maiores dificuldades financeiras. A conclusão estava escrita nas estrelas, não precisa ser técnico para saber as consequências negativas com a criação de novos municípios. CURRAIS ELEITORAIS Propostas de criação de novos municípios partem de políticos descompromissados com o interesse público, que querem apenas manter seus currais eleitorais sem se importar com os custos financeiros para o tesouro nacional e os bolsos dos contribuintes. SAI OU NÃO SAI? O secretário Renato Fernandes deixará o governo caso o seu partido, o PR, rompa com o governo do DEM no próximo dia 22? A pergunta está no ar. RESGATE DA HISTÓRIA Parlamentares entregaram na quartafeira 13, ao presidente do Congresso, Renan Calheiros, projeto de resolução do senador Pedro Simon (PMDB-RS) que anula a sessão do dia 1º de abril de 1964, que declarou vaga a presidência da República sob o comando do ex-presidente João Goulart. Para o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), que subscreveu a proposta, a primeira consequência da medida será retirar "o ar de legalidade" do golpe de 1964 um estupro político violento que até hoje o país sofre as consequências. EXUMAÇÃO DO CORPO De Jango, para exame, provavelmente confirmará o que já se desconfiava, ter sido o ex-presidente envenenando, assassinado, assim como foram Juscelino Kubistchek e Carlos Lacerda. Vítimas da famigerada Operação Condor, convênios entre as ditaduras cívico-militares do Cone Sul, na década de 70, para eliminar seus opositores políticos. CONSCIÊNCIA NEGRA Na próxima quarta-feira, 20 de novembro, Mossoró terá uma programação cultural alusiva ao Dia da Consciência Negra, promovida pelo Quilombo da Arte, que tem a frente o artista Escravo da Arte. A programação acontecerá com shows musicais, exposições, teatro, poesia, dança, palestra, brincadeiras, dentre outras atividades. A programação acontecerá no Espaço Cafezal, no Memorial da Resistência,a partir das 15h, indo até as 22h. No período da tarde haverá a exposição de esculturas em madeira produzida por Escravo da Arte, além de palestra para as escolas que visitarão o espaço. NOVEMBRO AZUL Durante o "Novembro Azul", as equipes da Secretaria da Saúde percorrem os canteiros de obras da cidade para incentivar o homem a se preocupar e realizar exames preventivos de próstata, se você tem mais de 40 anos. Participe da campanha e depois possa dizer com alegria, comigo está tudo azul, graças a Deus. FRASE "Fico mais feliz quando consigo um acordo entre partes contrárias que quando venço um adversário nas urnas". (Tancredo Neves)


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Sociais Karenine Fernandes karenine_f@hotmail.com twitter: @kareninefernand site: www.kareninefernandes.com

O Grupo Diocecena, do Colégio Diocesano Santa Luzia, apresentou nos dias 8, 9 e 10 deste mês, no Teatro Dix-huit Rosado, o espetáculo, África: Sol vermelho, Terra negra. O grupo, em seu mais novo trabalho, desenvolveu um projeto de pesquisa baseado na história deste continente. No palco uma belíssima aula de história, através das danças, emocionando o público que lotou os três dias de apresentações. Conhecemos um pouco a cultura, costumes, tradições, riquezas naturais e fatos históricos daquele povo. O grupo mostrou também que o continente africano muitas vezes é associado à miséria, pode ser contado e conhecido diferente, cheio de sonhos e conquistas, o que faz do seu povo um grande diferencial da humanidade, onde negros e brancos possuem os mesmos valores e juntos, formam uma grande nação de arte, tradição e cultura. O espetáculo foi dirigido pela professora coreógrafa Roberta Schumara. Na coluna de hoje, o amigo leitor confere alguns registros fotográficos do espetáculo. As fotos são do arquivo do grupo. FOTOS: CEDIDAS

Coreografia selvagem, a grande campeã no Festival de Dança de Fortaleza

Expressão de segurança e flexibilidade em mais uma coreografia do Diocecena

A coreógrafa Roberta Schumara: talento e competência em tudo que faz

Bailarinos em cena: o corpo fala em cada nova coreografia

A alegria de encenar estampada no rosto de Luíza Gurgel, Flaviano e todos os dançarinos

Renata Soraya. Impossível não se apaixonar por sua expressão. Dança com arte e com amor

Alunos do fundamental maior e do ensino médio do Dió em mais uma coreografia que foi show

Com participação de grande parte dos dançarinos, mais uma coreografia que encantou os presentes

A bacana Roberta Schumara ao lado do seu inseparável Graciliano


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Opinião Neto Queiroz netoqueiroz@uol.com.br

PARA REFLETIR DESAPEGO AL CIVAN COSTA

A promotora Ana Ximenes tem conversado com seus seguidores no Twitter em torno dos processos que envolvem as eleições em Mossoró. Debate com todos e emite suas opiniões sempre de forma respeitosa. Ana tem suas convicções e deixa claro seus pensamentos, sem medo. Alguns podem até discordar dela, mas há de se reconhecer seu espírito de diálogo respeitoso

RÁPIDAS

Dois monges Zens estavam viajando juntos numa ocasião quando chegaram a um rio que transbordara por causa de um aguaceiro recente. À margem, estava uma linda jovem, vestida em roupas finas. Ela queria, obviamente, atravessar o rio, mas estava aflita com a perspectiva de estragar a elegância. Sem hesitação, um dos monges ofereceu-se para carregar a jovem nas costas, através do rio e a colocou em terra seca. Em seguida, os dois monges seguiram caminho, mas o outro monge começou a se queixar: - Não é certo tocar numa mulher, principalmente numa tão jovem e adorável. Experimentar contato íntimo é contra nossos preceitos. Como pode violar as regras dos monges? O monge que carregara a mulher caminhou em silêncio, por alguns minutos, antes de dar uma resposta. Finalmente falou: - Eu a deixei perto do rio, mas você ainda a está carregando. É assim nas nossas vidas, carregamos nossos preconceitos, nossas limitações e queremos impor aos outros nossa vontade, quando na verdade estamos apenas condenando aquilo que está dentro de nós e cuja confissão temos vergonha de fazer.

PLUGADO

NOTAS GERAIS

O PMDB não terá como fugir de sua responsabilidade de indicar para um grupo de partidos um candidato a governador que contemple a sua capacidade de liderar o bloco inteiro. Não conseguirá isso indicando por indicar. Vai precisar demonstrar seu compromisso com o projeto de todos. Que pode e precisa ser um projeto com condições de vitória. O PMDB não pode dizer a uma gama de partidos que quer a cabeça de chapa, ao mesmo tempo em que seus líderes afirmam a todo o momento que não querem ser candidatos. Não pode também tocar um projeto desse porte com o noticiário recheado de "não contem comigo", "não sou candidato" ou "meu nome não está à disposição". O PMDB não pode entrar no ano das eleições levando esse nível de incerteza aos seus aliados. PV, PR, PSDB, Pros, PMN, PSB, PT, PSD, ou seja, tantos partidos que aguardam pelo PMDB. Por tudo isso, a informação que a coluna tem é que a tendência é que o comando do PMDB peça ao senador Garibaldi Filho o sacrifício pelo partido. Vão pedir pra ele ser o candidato.

UMA FALSA QUANTIDADE Os que tentam conseguir na Justiça a cassação da prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, buscam criar na mídia a imagem de que foram cometidos mais de 60 ilícitos durante a campanha de 2012. Uma falácia. IMAGEM DE IRREGULARIDADES A informação foi chutada para criar a falsa imagem de que a campanha de Cláudia Regina foi um poço de irregularidades. Mas, que tantos ilícitos seriam esses? Estão listados aonde? Tem fundamentação e provas sobre isso? QUEM SOFREU MAIS CONDENAÇÕES? A considerar os fatos transformados em processos que tramitam na Justiça, Larissa tem mais condenações que Cláudia. Basta ver no site do Tribunal Regional Eleitoral as multas aplicadas a Larissa, aos seus familiares e aos órgãos de comunicação de sua família. Assim, Larissa teria cometido mais ilícitos que Cláudia. CLÁUDIA VEM TENDO DECISÕES A SEU FAVOR E se formos nos deparar com as acusações que pesam contra Cláudia, fato a fato, o TRE-RN vem decidindo pela inocência de Cláudia nos recursos que já apreciou tratando de fatos isolados. E sem contar um sem número de acusações que não tiveram acatamento nas decisões judiciais de primeira instância. CRIAÇÃO DE UM AMBIENTE A oposição a prefeita Cláudia Regina ao massificar o falso volume de acusações tenta criar um ambiente para a condenação por quantidade. Isso é estratégico. Justamente porque as análises judiciais dos fatos individualizados favorecem Cláudia. MUITAS AÇÕES, POUCOS FATOS A verdade é que foram poucos fatos que realmente criaram um debate judicial mais intenso. Fatos esses que estão estrategicamente multiplicados em diversas ações com um único fato gerador. A quantidade é real apenas no número de ações, não no número de fatos.

• CÂMARA - Não vejo como prosperar o entendimento em torno da antecipação da eleição para a presidência da Câmara Municipal de Mossoró. • INCERTEZAS - Todos acompanham a incerteza jurídica em torno do mandato da prefeita Cláudia Regina e vislumbram as alternativas futuras. • FATOS - Na hipótese de serem realizadas novas eleições é provável que saia de dentro da Câmara uma ou mais candidaturas para o novo pleito. • PRESSA - Antecipar fatos que só devem se concretizar em janeiro de 2015, diante de tanta coisa que pode acontecer, seria uma imprudência política. • FUTURO - Embora existam alguns mais açodados querendo decidir agora, para muitos vereadores o mais correto é esperar os fatos futuros.


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Esporte

Vasco tem de vencer três jogos restantes REPRODUÇÃO

Adilson Batista e os atletas esperavam ter pontuado na noite de quarta-feira, diante do Grêmio

a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro com 37 pontos, o Vasco sabe que os matemáticos de plantão colocam 46 como o número mágico de pontos para um time afastar qualquer possibilidade de queda para a Segunda Divisão. Faltando quatro jogos para acabar a competição, o Cruzmaltino sabe que a conta é muito simples: tem que ven-

N

Wendel frisou importância da vitória contra o Corinthians para fugir do rebaixamento

cer três vezes. Por isso, aumentou consideravelmente a importância do confronto de hoje, às 17 horas de Brasília, contra o Corinthians, no Pacaembu, em São Paulo, pela 35ª rodada. O técnico Adilson Batista e os jogadores esperavam ter pontuado na noite de quarta-feira, diante do Grê-

mio. Mas a derrota de 1 a 0 em Porto Alegre (RS) acabou deixando o time ainda mais pressionado. Assim, a vitória sobre o Corinthians é vista como fundamental tal como ganhar os dois confrontos seguintes, que serão disputados no Rio de Janeiro (RJ),contra o já campeão Cruzeiro e diante do já re-

baixado Náutico. Tudo para evitar precisar do resultado da última rodada, diante do AtléticoPR, em Curitiba (PR). Isso porque a vitória, para o Furacão, pode ser interessante para definir, por exemplo, uma classificação para a fase de grupos da próxima Copa Libertadores. "A coi-

Pará é o desfalque gremista para jogo com o Fla

REPRODUÇÃO

Além de Eduardo Vargas, que defende a seleção chilena na rodada de amistosos internacionais, o lateral direito Pará será o desfalque do Grêmio para o jogo de hoje, contra o Flamengo, na Arena. Na última quarta, o ala foi suspenso por três jogos pelo STJD por sua expulsão na derrota gremista para o Coritiba. Como já cumpriu a suspensão automática, ele não jogará mais duas partidas (contra o Fla e a Ponte Preta, este jogo no dia 24). Para a partida de hoje, a tendência é que Moisés substitua Pará na ala gremista. Esta será provavelmente a única mudança em relação ao time que bateu o Vasco nesta quarta. O técnico Renato Gaúcho deve manter o esquema 4-3-1-2, com a presença de Zé Roberto na ligação entre os volantes e o ataque (embora Maxi Rodríguez, por conta de sua boa atuação no segundo tempo diante do Vasco, tenha chances também).

O Grêmio, com a vitória sobre o Vasco, manteve o 3º lugar na tabela, subindo a 57 pontos. A distância para o vice-líder Atlético-PR caiu de quatro pontos para apenas um. ANSIEDADE Sem preocupação no Campeonato Brasileiro, o Flamengo foi derrotado pelo São Paulo na última quarta-feira, em Itu-SP, por 2 a 0. A desculpa do grupo rubro-negro, no entanto, é plausível após o resultado ruim: o foco em outra competição. Diante de uma final na Copa do Brasil, o clube da Gávea tem outras prioridades neste final de temporada. Sendo assim, o técnico Jayme de Almeida deve optar por escalar um time misto para hoje, contra o Grêmio, no Rio Grande do Sul. O lateral esquerdo André Santos ressaltou que os rubro-negros não estão repetindo as boas atuações da competição mata-mata pela

Suspenso, Pará não enfrenta o Flamengo

ansiedade da decisão. "É claro que os jogadores estão ansioso pela final da Copa do Brasil. Sempre queremos dar o melhor ao Flamengo, mas é complicado manter a mesma concentração antes dessas par-

tidas finais", admitiu o lateral do Flamengo. A primeira partida da final da Copa do Brasil será realizada na próxima quartafeira,em Curitiba.A decisão vai acontecer no Maracanã, no dia 27 de novembro.

sa está caminhando para se definir na última rodada, o que não seria o ideal. Por isso temos que trabalhar muito, pois é possível sair da zona de rebaixamento e garantir a permanência na Primeira Divisão do Brasileiro", analisou Adilson. Os jogadores do Vasco não falam na Matemática, mas entendem que é preciso um esforço fora do normal para conseguir a permanência na elite do futebol nacional. Coritiba,Portuguesa,Criciúma, Bahia, Fluminense e Ponte Preta são os rivais do Cruzmaltino nesta disputa. "Não dá muito para ficar projetando a pontuação, pois isso muda muito a cada rodada, já que tem momentos que um bloco começa a ganhar e outro começa a perder. O fundamental é tentarmos ganhar essa partida contra o Corinthians. Pois, se

isso acontecer, podemos dar um passo gigantesco para atingir o nosso objetivo, já que as duas partidas seguintes serão no Rio de Janeiro", disse o volante Wendel. Para a partida contra o Corinthians, Adilson Batista vai contar com o retorno do lateral esquerdo peruano Yotún,que cumpriu suspensão diante dos gremistas e volta a ficar à disposição.No Sul,o volante Wendel foi improvisado na lateral. O desfalque da vez é o volante Pedro Ken, que foi advertido com o terceiro cartão amarelo em Porto Alegre. A definição da formação que vai a campo deverá acontecer no treino previsto para a manhã desta sexta-feira, em São Januário. No sábado acontece um recreativo, também pela manhã,e depois a delegação segue para a capital paulista.

Palmeiras pode erguer taça da Série B em Campo Grande O Palmeiras,que tanto reclamou de ter jogado fora de casa na Série B do Campeonato Brasileiro, optou por vender o mando do jogo que pode ser quando o time receberá a taça do título. A CBF confirmou que, a pedido do clube,a equipe enfrentará o Ceará, no dia 23, no estádio Morenão, em Mato Grosso do Sul (MS). Neste ano, a CBF definiu que entrará o troféu ao campeão no jogo seguinte em que for mandante após a confirmação matemática na conquista. O Verdão assegurará o título neste sábado, contra o Boa, no Pacaembu, se não perder ou, em caso de derrota,a Chapecoense não vencer o Bragantino em Santa Catarina na partida também marcada para as 16h20 (de Brasília) de sábado. O Palmeiras ainda não divulgou detalhes da negociação para tirar o confronto diante do Paraná do Pacaembu,mas a própria CBF confirmou o pedido do clu-

be para sair do estádio que tem sido sua casa enquanto o Palestra Itália está em reformas. "Modificação de local (de São Paulo/SP para Campo Grande/MS) negociada pela SE Palmeiras, com a concordância das federações envolvidas (SP e MS)", comunicou a confederação. A alteração é encarada com bons olhos até para a equipe.Como a torcida se recusa a reconhecer a conquista da Série B como título, existia a apreensão em relação a vaias, como já ocorreu no Pacaembu lotado no 0 a 0 com o São Caetano que garantiu o acesso antecipado à primeira divisão. Nesta Série B, por conta de punições do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) devido a ações violentas da torcida palmeirense, o Verdão já teve como casa Itu, por três rodadas, Presidente Prudente, em uma partida, e jogou duas vezes em Londrina (PR).


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Esporte FNF acredita em aumento de receita para Campeonato Potiguar 2014

Cantinho da recordação Olismar Lima

ALCIVAN COSTA

Campeonato Potiguar 2014 começou a ganhar forma. Em entrevista coletiva,o presidente da Federação Norte-riograndense de Futebol, José Vanildo,confirmou a fórmula de disputa da competição,e a intenção de iniciar a primeira fase do torneio no dia 12 de janeiro. Esta data pode ser antecipada em um dia caso o consórcio responsável pela construção da Arena das Dunas confirme a inauguração do estádio para o mesmo dia 12, com o clássico ABC x América-RN. Durante evento realizado na sede da FNF, também foi apresentado o plano comercial do Estadual. Segundo José Vanildo, o patrocinador máster, que dá nome ao campeonato, foi mantido e outras parcerias já foram renovadas, com a expectativa de aumento de receita. O dirigente enfatizou que os recursos serão utilizados, inicialmente, para o pagamento das taxas de arbitragem, custo bastante elevado (aproximadamente R$ 200 mil), além de ações de marketing durante a realização do torneio. "Vamos avançar no apoio financeiro que demos aos clubes neste ano. A maioria não tem condição alguma de arcar com os custos de arbitragem. Esperamos que, com as parcerias que iremos fechar e renovar possamos cobrir os gastos das equipes com

O

ROBINHO ROBINHO: craque renomado, que faz parte da história de Potiguar e Baraúnas.

Primeira fase do Campeonato Estadual deve começar no dia 12 de janeiro

hospedagem e transporte" declarou Vanildo. No total, o Campeonato Potiguar terá 24 datas reservadas. A primeira fase, que não terá a participação de América-RN e Potiguar de Mossoró, representantes do Estado na Copa do Nordeste, será realizada em oito datas, entre 12 de janeiro e 5 de fevereiro. O campeão desta fase garante vaga na Copa do Brasil. "A divisão em duas chaves, sendo uma do interior e outra da capital, possibilita que um clube do interior esteja em uma final que vale vaga para a Copa do Brasil. É um caminho mais curto para este importante torneio do calendário nacional", conta.

MARKETING O jornalista Alan Oliveira, diretor da 10Sports, apresentou o plano comercial do Campeonato Potiguar. A empresa é responsável pela captação de patrocinadores e parceiros, e acredita em um incremento de até 60% da receita, se comparado com a versão 2013 da competição. "Muitas empresas locais estão nos procurando para investir no Campeonato Potiguar. Isto é uma grande conquista. Nos últimos anos, conseguimos atrair patrocinadores nacionais, mas a participação dos empresários locais é muito importante e a Copa do Mundo serviu para motivá-los", explica Alan.

O trabalho da agência de marketing não fica só restrito ao campo comercial e, junto a FNF, já confirmou a manutenção do mascote Cajulino, lançado neste ano, além de eventos paralelos. Alan lembra que "nos próximos 10 dias, deveremos definir a data do evento de lançamento do campeonato, além da nova fornecedora de bolas". "As ações promocionais que realizamos em 2013 serão mantidas. Estão confirmados o Futebol em Tom Maior, que queremos promover em mais jogos, não só na final; o Prêmio Craque Potiguar; e o Musa do Futebol Potiguar, que foi a novidade deste ano", finalizou.

Potiguar convoca torcedores para evento No próximo dia 30, a diretoria do Potiguar realiza o terceiro evento buscando arrecadar fundos para acelerar as obras no Centro de Treinamento Manoel Barreto Filho, que está sendo construído no bairro Alto do Sumaré. A 'festa' recebe o nome de Sabadão do CT. O presidente do Potiguar, Jorge do Rosário, espera que a torcida compareça em peso para ajudar nas doações, seja ela em dinheiro ou em

REPRODUÇÃO

material de construção. "Realizamos o Quinta do CT e o evento foi muito bom. O torcedor compareceu em um bom número e conseguimos doações importantes, mas a torcida do Potiguar pode colaborar mais. O CT é um sonho antigo dos torcedores e diretores, e o torcedor sabe que o momento é importante. É o momento de participar e fazer parte da história do clube. Então espero contar mais uma vez com a pre-

sença da nossa nação", disse em entrevista ao Site Oficial do Clube. Na ocasião serão apresentados ao torcedor o primeiro vestiário do CT, além de um lance de arquibancadas. "Estamos iniciando as obras do primeiro vestiário do CT e do primeiro lote de arquibancadas. Esperamos concluir estas obras e apresentá-las ao torcedor e para a imprensa esportiva. As obras no CT estão caminhando

bem, mas ainda precisamos atrair mais recursos. Por isso estamos convocando desde já o torcedor do Potiguar para participar deste sonho", finalizou. O Potiguar inicia a sua pré-temporada para o próximo ano, no mesmo dia do evento no Centro de Treinamento. O Alvirrubro mossoroense não irá disputar a primeira fase do Campeonato Estadual por estar classificado para a Copa do Nordeste.

Na nossa caminhada, em busca de focalizar os grandes craques que passaram pelo nosso futebol, trouxemos para esta edição um pouco da trajetória de Robinho, que fez parte do elenco do Baraúnas, que conquistou, na temporada de 2006, o memorável título de campeão norte-riograndense de futebol. O verdadeiro nome do nosso focalizado é Robson Rebouças de Moura, tendo nascido em nossa cidade, filho de Nonato,eterno motorzinho do Potiguar, integrante das seleções de futebol de todos os tempos, registrada pelo confrade Lupércio Luiz de Azevedo, no seu livro Futebol de Mossoró - Pequenas grandes histórias. Robinho,além de várias conquistas, defendendo as categorias de base do São Paulo Futebol Clube-SP, conquistou o título de campeão da segunda divisão do campeonato Goiano, na temporada de 2003, defendendo o CRAC, bem como vice-campeão da Copa RN, em 2005, atuando pelo Potiguar de nossa cidade. A sua estreia pelo Baraúnas aconteceu no dia 15 de fevereiro de 2006, por ocasião da disputa do trigésimo terceiro certame estadual de futebol, oportunidade em que o mais querido recebeu, aqui mesmo, no Estádio Prof.Manoel Leonardo Nogueira, o Macau Esporte Clube, tendo naquela ocasião conquistado a vitória pelo placar de três tentos a zero. Observe a súmula do referido jogo. Baraúnas: Isaías; Cláudio Ribeiro, Índio,Pedrosa e Eliomar (Alexandre); Nildo, Célio, Eli Thadeu (Robinho) e Chiqui-

nho (William);Luciano Paraíba e Maurício Pantera. Macau:- Júnior;Sandro,Edmar, Alexandre e Michel; William (Wilsinho), Célio Bruno Torres (Baega) e Marcelinho; Erandir e Oliveira (Marcelo Cavalo). Os gols da partida foram assinalados através de Maurício Pantera,duas vezes,e Luciano Paraíba. Dirigiu a partida, o árbitro Suelson Diógenes de França, auxiliado por Valdir Medeiros da Nóbrega e Francisco Armando Falcão Leal.Renda do espetáculo: R$ 17.335,00, para 2.284 pagantes mais 791 não pagantes, totalizando desta maneira, 3.075 torcedores que compareceram ao "mundão" do Nova Betânia. Robinho registrou para sempre a sua presença, vestindo a jaqueta do Baraúnas,com a conquista do primeiro título estadual do tricolor,mais precisamente no dia 17 de junho de 2006, ao empatar com o Potiguar, em zero a zero. Confira a súmula do referido clássico. Baraúnas:Isaías; Cláudio Ribeiro, Índio,Pedrosa e César Romero;Pantera,Célio,Robinho (Agnaldo) e Chiquinho (Jackson); Henrique (Tiago) e Eli Thadeu. Potiguar (vice-campeão):- Pacato; Luiz Carlos, Ricardo Schomberger, Michel e Leandro;Everton (Ricardo Lima), Adeilson (Marcelo Martinelli), Jânio e Paulinho; Berg e Richarlysson. Árbitro:- Suelson Diógenes de França, auxiliado por Milton Otaviano dos Santos e Luiz Carlos Câmara. Renda: R$ 28.720,00. Esta, a nossa homenagem a Robinho, que será eternizado,no Cantinho da Recordação.


10 Gazeta do Oeste

Mossor贸, domingo, 17 de novembro de 2013

Publicidade

C MAP


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Mossoró

RANCHO VERDE Editora: Monalisa Cardoso mossorogazetadooeste@gmail.com

PRESERVAÇÃO

Casal cria mais de mil Museu do Sertão reabrirá no próximo ano 2 preás para manter espécie 8 FOTOS: EDNILTO NEVES

ESCOLAS DE MOSSORÓ devem receber investimentos do RN Sustentável 92 milhões de dólares serão destinados à Educação do Estado em duas etapas rês escolas de Mossoró devem receber investimentos do projeto RN Sustentável. De acordo com a diretora da 12ª Diretoria Regional de Educação, Cultura e Desportos (12ª DIRED), Magali Delfino, ao todo serão 92 milhões de dólares que serão aplicados na Educação do Estado, dividido em duas etapas, sendo que na primeira serão 62 milhões de dólares. O dinheiro será investido em reforma, restauração e construção de unidades escolares. Em Mossoró, duas escolas serão contempladas na zona urbana e uma zona rural, são elas: Escola Estadual 30 de Setembro (Abolição III), Escola Estadual Dix-sept Rosado (Bom Jardim) e Escola Estadual Gilberto Rôla (Maisa). "O dinheiro também será usado para financiamento do sistema próprio de avaliação. Os recursos também vão ser gastos com consultoria para adequações das escolas aos padrões mínimos de qualidade", diz Magali. Magali explica que os recursos financeiros serão usados na estrutura física e pedagógica da escola. "Já existe o projeto pedagógico e o dinheiro será direcionado ao caixa escolar para que todos possam elaborar o Projeto de Inovação Pedagógica. Magali diz que ainda não tem a informação de quanto será investido somente em Mossoró e ou quando os recursos devem estar disponíveis. Ao todo são 702 escolas no Estado. Nas escolas que receberão os investimentos, os problemas estruturais são muitos, além da falta de professores em determinadas disciplinas. Na Escola Estadual Dix-sept Rosado, no bairro Bom Jardim, a diretora Raimunda Cavalcanti Ramalho explica que

T

Não existe quadra de esportes e o campo está tomado pelo mato

a previsão é que a unidade receberá cerca de R$ 14 mil para investir em projetos ecológicos que melhorarão a vida dos estudantes. "A escola tem que elaborar o projeto pedagógico junto com a equipe pedagógica para receber o recurso. Todo o dinheiro que vem pra escola já é determinado para alguma coisa", diz. Neste caso, o recurso será usado para a produção de uma horta orgânica que reutilizará água do bebedouro e dos aparelhos de ar-condicionado, uma cerca verde para refrescar as salas de aula e para arborização externa. "O valor também será empregado na compra de materiais como adubo, carro de mão, e outros", fala Raimunda. A escola de 63 anos está com 1.290 alunos, divididos em 36 turmas do ensino fundamental e médio,funciona nos três horários. Em relação à estrutura, a diretora fala que os problemas são diversos, em alguns locais o reboco está caindo. "Banheiro, por exemplo, só tem um. O outro é adaptado para alunos com deficiência, aqui são cerca de 17, e só abrimos quando algum solicita", diz. Já na E.E.30 de Setembro,os problemas estruturais são ainda maiores. A escola vai fazer 105 anos neste mês, mas o prédio tem menos tempo de uso. Toda a estrutura precisa de uma boa reforma, rachaduras estão por toda a parte e repartições no colégio. Não há quadra de esportes no local, existe apenas um bom espaço que poderia ser construído uma quadra, onde existem duas traves,mas tudo coberto pelo mato.Os estudantes utilizam o espaço do refeitório para jogar futebol na hora do intervalo. Na sala de informática, os computadores funcio-

Sem local adequando, alunos usam salão do refeitório para jogar futebol

nam. "São péssimos, sempre dão defeito, mas a gente utiliza", diz Vanilda Porfino, coordenadora do Mais Educação na unidade. No local também falta o arcondicionado que, segundo o porteiro Hagenberg Tomé de Medeiros, foi para o conserto e nunca mais voltou. Para evitar roubos, a direção tapou o espaço do aparelho com tábuas. Rachaduras nas paredes também foram cobertas com cimento, mas ainda existem. A sala também é pequena e não comporta a quantidade recomendada de alunos que é de 40. O coordenador administrativo Geraldo Magela é quem mostra a estrutura precária da escola para a reportagem do GAZETA DO OESTE. A diretora da unidade, Maria das Graças, não estava no momento e a supervisora não quis se identificar e nem falar com a reportagem sobre os problemas. Geraldo diz que "A reforma da escola já foi prometida há muito tempo. Já veio o engenheiro tirar fotos e até agora nada". Geraldo mostra portas e janelas que também estão péssimo estado. O laboratório de ciências e a cozinha estão com rachaduras na parede. A cisterna da unidade está desativada há um bom tempo por falta de restauração e a instalação elétrica também não está em boas condições.Uma estudante diz: "Tô vendo a hora cair por cima da gente". Por telefone, a diretora informou a Geraldo Magela, que desde o início do ano foi prometida uma verba pa-

ra escola, mas até agora não foi liberada. Com a verba destinada através do projeto RN Sustentável, professores e alunos das escolas beneficiadas esperam receber unidades prontas para o ensino-aprendizagem.

Raimunda Cavalcanti Ramalho, diretora, explica onde será investido o dinheiro na Escola Dix-sept Rosado


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Mossoró

Museu do Sertão reabre no próximo ano WILSON MORENO

Durante recesso, estrutura passará por pequenas reformas, para atender aos visitantes no ano que vem Museu do Sertão, localizado no Rancho Verde, zona rural de Mossoró, encerra suas atividades este ano e deverá reabrir a partir de março de 2014, quando as aulas recomeçarem. O idealizador do museu, o professor Benedito Vasconcelos, explica que a unidade é aberta apenas para visitações de escolas e demais interessados quando são agendadas. O agendamento é feito diretamente com o professor através do telefone (84) 9972-2139 ou e-mail beneditovasconcelos@gmail.com.Quanto às escolas, as visitas acontecem sempre na última semana de cada de cada mês. A entrada custa apenas um quilo de alimento não perecível por pessoa, que é doado para o Lar da Criança Pobre, dirigido pela Irmã Ellen. "A doação é fei-

O

Museu encerra atividades por este ano e deve voltar em março de 2014

ta diretamente ao lar. A Irmã Ellen emite uma nota dizendo quantos ingressos equivalem a doação e com isso, a escola se dirige ao museu. Se a escola doa 50 quilos de alimento, ela terá direito a 50 entradas", explica Benedito. O Museu do Sertão existe desde 1970, mantido por vontade e trabalho do professor Benedito e doações. Das 1.500 peças do setor in-

PORTADORES DE DEFICIÊNCIA CAPACITADOS PARA TRABALHAR NA ATIVIDADE DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA DE FRUTAS TROPICAIS BOLLO BRASIL PROD. E COMERCIALIZAÇÃO DE FRUTAS LTDA., empresa localizada na Fazenda Bollo Brasil Sítio Contente - zona rural de Mossoró -RN está selecionando pessoas habilitadas, portadoras de deficiência capacitada para trabalhar na atividade de produção agrícola de frutas tropicais, de acordo com o que determina o art. 93 da Lei 8.213/91, assim como o art. 4º, do Decreto nº 3.298/99, com alterações introduzidas pelo art. 70, do Decreto nº 5.296/2004. Os interessados deverão procurar o sr. Horismar Galdino, no departamento de Recursos Humanos, através do telefone (84) 3317-5604, pelo e-mail: rrhh.bollobrasil@brisanet.com.br, ou ainda na sede da empresa. Os locais de trabalho serão em fazendas situadas nos municípios de Mossoró, Macau.

A Porcellanati Revestimentos Cerâmicos S.A está selecionando, para seu quadro de pessoal, PORTADOR DE NECESSIDADES ESPECIAIS, para trabalhar nas áreas de Produção, Serviços Gerais e Escritório. Interessados deverão enviar curriculum para o e-mail: selecao@porcellanati.com.br ou procurar a Subsecretaria do Trabalho, Turismo, Indústria e Comércio.

dustrial expostas no museu, a maioria foi comprada pelo idealizador do projeto. Outras foram doadas. "Aqui nunca entrou um centavo de Prefeitura, de governo estadual ou federal. E também nunca foi cobrado entrada. Faço tudo com o meu ordenado de professor e com ajuda que recebo", declara Benedito. O período de recesso será aproveitado para pequenas obras de restauração como pintura e reparos. Entre as peças expostas, Benedito destaca a máquina usada no beneficiamento do óleo de oiticica; a usina de queijo e manteiga; a sala de tear e tecer; a oficina da carne de charque; além de vários utensílios domésticos, objetos de uso cotidiano e implementos agrícolas. "Tudo o que diz respeito à vida dos antepassados. Tudo o que representa os viventes do sertão do semiárido no passado. Há 43 anos,o museu está sendo enriquecido", ressalta. Como é voltado princi-

palmente para visitas escolares de crianças,a área também conta com a atração de animais como pavões, galinhas, capote, peru, coelhos. Para Benedito,"são animais que as crianças gostam de ver. É um hobby e me sinto muito feliz", enfatiza.

A doação é feita diretamente ao lar. A Irmã Ellen emite uma nota dizendo quantos ingressos equivalem a doação e com isso, a escola se dirige ao museu. Se a escola doa 50 quilos de alimentos, ela terá direito a 50 entradas". Benedito


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Mossoró

Lojinha de Santa Luzia já está funcionando ALCIVAN COSTA

jinha Itinerante, iniciativa desenvolvida pelo terceiro ano. O voluntário explica que todos os finais de semana, desde o dia 2 de novembro, a equipe está percorrendo cidades da região. O objetivo é ir a locais do Médio e AltoOeste, Vale do Açu e até do Ceará. Com esse intuito, a equipe sai de Mossoró no sábado pela manhã e retorna no domingo. A imagem da virgem de Siracusa vai em um carro na frente e os produtos, os mesmos encontrados no estabelecimento localizado ao lado da Catedral, são levados logo atrás. Em cada cidade, o grupo se instala por alguns momentos em frente à principal Igreja Católica. Para este final de semana, a rota escolhida contempla as cidades de Areia Branca, Grossos, Tibau e Aracati (CE).

Local é procurado por romeiros e conta com produtos religiosos inspirados na padroeira da cidade

ocalizada ao lado da Catedral, a Lojinha de Santa Luzia foi aberta,oficialmente, na quarta-feira passada,13, após a missa das 17 horas na Catedral, quando os padres Walter Collini e Ricardo Rubens, coordenadores da Festa da Padroeira, impuseram a bênção sobre o local. De acordo com Camilo de Paula, enquanto os festejos alusivos à Santa Luzia não são iniciados,a Lojinha funcionará no horário comercial.Já no período de 1º a 13 de dezembro, o local ficará aberto das 7h às 22h. Entre os artigos disponíveis na loja,reproduções da virgem de Siracusa, imagens estampadas em camisetas, canecas e travesseiros, e o Luzeiro de Santa Luzia, que este ano tanto pode ser adquirido sozinho, para que os devotos acompanhem a celebração, através da programação da Rádio Rural, como pode ser adquirido junto com o CD, para que o acompanha-

L

Camilo de Paula mostra o Luzeiro de Santa Luzia, um dos artigos disponíveis

mento seja feito no horário mais pertinente aos devotos. Segundo Camilo de Paula,as expectativas são as melhores possíveis e, com base nas edições passadas, que sempre superam os anos anteriores, a perspectiva é superar a movimentação alcançada em 2012. O valor arrecadado com as vendas na Lojinha será direcionado à Paróquia. "Toda a renda

da Festa de Santa Luzia é revertida para a Paróquia", ressalta Camilo. Segundo ele, o público composto por clientes e visitantes inclui tanto turistas quanto pessoas de Mossoró que moram fora da cidade, mas que retornam durante a Festa de Santa Luzia e que podem optar pelos produtos como uma opção para pre-

sentear no natal. Para atender esse público,tem uma equipe composta por cerca de 20 a 30 pessoas que,assim como Camilo, são voluntários da Festa. Há cerca de 20 anos Tereza Amélia resolveu dedicar parte de seu tempo ao funcionamento da Lojinha durante os festejos. Desse tempo até hoje, só no ano passado não pôde compare-

Emissoras AM de Mossoró devem migrar para FM por melhoria da qualidade Na semana passada a presidente Dilma Rousseff assinou decreto que permite a migração das rádios AM para a FM. O intuito é melhorar a qualidade do sinal e atingir um maior público através de celulares e tablets. Emissoras AM de Mossoró já demonstram interesse em fazer a migração. O diretor da Rádio Rural de Mossoró, Padre Carlinhos, diz que "embora tenha muita gente que goste da AM,a FM tem melhor qualidade". A emissora já está se preparando para a mudança, inclusive um engenheiro já esteve no local para montar o projeto. "Em termos financeiros, a FM atrai mais. A AM possui maior alcance de sinal, mas está mais sujeitas a interferências. Quando a Rádio Rural iniciou as atividades o sinal chegava até a cidade de Apodi. Mas hoje Apodi tem três rádios locais, então talvez não seja tão interessante para população ouvir a rádio de outra cidade", declara. Padre Carlinhos destaca a qualidade e acessibi-

lidade como pontos importantes para haver a migração e fala que será preciso haver também um bom investimento na nova estrutura. Todos os equipamentos devem ser trocados porque não servem para a nova frequência. O diretor-presidente da Rádio Difusora, Paulo Linhares, diz que também vai requerer a migração e explica que por cinco anos as rádios AM poderão usar os dois sistemas na transmissão. "Não é o ideal, queria uma solução para a AM que tem alcance", diz. Para ele, a saída seria a mudança para AM Stereo, que permitiria que o áudio mono passasse a ser digital. "A Difusora está há mais de três anos se preparando para o Stereo e está adaptada, porém os testes não foram satisfatórios. O sistema ficou vacilando", esclarece. De qualquer forma, o diretor avalia a solução apresentada pelo governo como boa, já que rádios AM no Brasil entraram em um processo de decadência e que

muitas empresas preferem anunciar nas emissoras FM. "A Difusora vai aderir, o investimento em novos equipamentos deve chegar a R$ 86 mil. Teremos que fazer uma nova torre e comprar tudo de novo porque não vai dar para aproveitar nenhum. Toda estrutura de rádio será refeita. A Difusora é a segunda emissora de Mossoró, a segunda no Estado", afirma. Paulo reconhece que a grande vantagem da migração é que as emissoras poderão ser acessadas de qualquer celular, um eletrônico que é muito popular no Brasil. Ele ressalta, porém, que existem aplicativos para os smartphones, como o Tunein, que permite que o ouvinte possa escutar AM no celular. E lembra também que na internet o usuário pode acessar e ouvir as emissoras AM através dos sites, como o da Difusora. A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (ABERT) prevê que 90% das 1,8 mil rádios comerciais AM se transfiram pa-

ra a frequência FM. O governo afirma que nos últimos anos as AMs vêm perdendo ouvintes para as FMs por causa da baixa qualidade de sinal. As emissoras que desejarem migrar vão poder requerer a mudança a partir de 1º de janeiro.Após isso será feito estudos pela Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) para avaliar a viabilidade de transferência. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, estima que nos locais onde houver espaço disponível, o processo de migração das rádios AM para FM deve levar entre 8 meses e um ano. E avalia que das 1,7 mil emissoras que devem pedir a transferência,2/3 se encaixam nesse perfil. Já em locais onde não houver disponibilidade, a transferência deve ser finalizada entre 2016 e 2018, quando as rádios AM poderão ocupar o lugar nos espaços dos canais de TV, quando for concluído o prazo da digitalização da TV aberta.

cer, mas em 2013 fez questão de retornar ao compromisso que ela mesma elegeu, por devoção. "A fé que eu tenho em Santa Luzia é muito forte, eu já alcancei muitas graças com ela", diz. Francisco Queiroz, que faz parte do Encontro de Casais com Cristo (ECC), também é colaborador. No entanto, ele faz parte da equipe que compõe a Lo-

PONTO DE COLETA Uma das novidades da Lojinha este ano é que, enquanto estiver funcionando, o local servirá como ponto de coleta de gêneros alimentícios e brinquedos que, ao final da arrecadação serão contabilizados e doados a uma instituição beneficente de Mossoró a ser escolhida. Camilo de Paula lembra que o objetivo ganha ainda mais força diante da temática dos festejos deste ano 'Ver com os olhos da caridade'. FOTOS: WILSON MORENO

Rádio Rural é uma das emissoras que vai passar para FM

Pe. Carlinhos, diretor da Rádio Rural, destaca a qualidade e acessibilidade como pontos importantes


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Mossoró Hemocentro realizará Semana Fé & Vida

do Doador de 18 a 25 deste mês

O

Hemocentro Mossoró realiza, nesta semana, de 18 a 25, a campanha do doador de sangue. Durante toda a semana será realizada uma programação especial com o intuito de valorizar o doador. Sextafeira, 25, é o Dia Nacional do Doador de Sangue Voluntário e será marcado por um evento especial com café da manhã para doadores e imprensa. "Sempre fazemos essa campanha. É uma forma de incentivar e agradecer o doador e também a imprensa que nos ajuda muito com a divulgação", declara. No dia 21, a Loja Maçônica 24 de Junho será voluntária na programação. E no dia 25, o grupo das Samaritanas Amélia de Souza comemorará 32 anos de existência participando da doação. O estoque de sangue O+ e O- está em nível crítico no Hemocentro de Mossoró. A assistente social Eciran Targino explica que quando o estoque de um tipo está bom, o de outro tipo está baixo. "O ideal seria colher mil bolsas por mês. As pes-

soas não sabem quanto trabalho nós temos aqui para conseguir essas doações. De 1.500 doadores que entram aqui, cerca de mil podem doar. Outros não podem devido a vários fatores e problemas temporários", fala. Ela conta que o Hemocentro da cidade atende cerca de 42 municípios da região e que a demanda é muito grande. O Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) é quem mais solicita o material à unidade. "O contingente chega 628 mil pessoas. A violência aumentou consideravelmente. Serviços estão sendo montados na cidade, como o de Oncologia que começou a funcionar recentemente. Toda cirurgia de câncer utiliza sangue. As cirurgias cardíacas também e ainda têm as eletivas que quando necessitam, precisam de cerca 24 bolsas. Têm vários tipos, mas às vezes não dá para o paciente. Quando falta o O+, complica", expressa. Ela explica também que há cirurgias em que o sangue precisa ter até 10 dias de colhido e ser da mesma tipagem do paciente. "Mossoró e região

Oeste têm doadores fiéis e os meios de comunicação ajudam muito", declara. Quem quiser doar, o Hemocentro funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e aos sábados, das 7h às 17h. Já a unidade móvel tem programação própria e depende de solicitações. A assistente social também informa que dúvidas podem ser esclarecidas através da página do Hemocentro no Facebook, no endereço www.facebook.com/hemocentromossoro. Ela destaca a rede social como uma importante ferramenta de divulgação e atendimento ao público. Já para quem quiser solicitar a presença da unidade móvel em algum lugar, deve ligar para agendar a visita. "No caso nós precisamos estudar a viabilidade e tem que montar a equipe", diz. Para Eciran Targino, a média ideal de doações seria 30 a 40 bolsas por dia. Cada bolsa colhe de 400 ml a 450 ml de sangue. A quantidade é defina na avaliação médica e depende da estatura do doador. Terça-feira foram realizadas 57 doações.

Joscelito Marques joscelitomarques@hotmail.com site: www.jocelitomarques.blogspot.com

Refletindo o evangelho "APOIADOS EM CRISTO, TUDO VENCEREMOS". Lucas 21,5-19 "É pela vossa constância que alcançareis a vossa salvação". (Lc21,19) A expectativa da segunda volta de Cristo gerou, ainda, uma tradição de que alguns fenômenos atmosféricos anunciavam o fim do mundo. São Lucas, no entanto, vai se utilizar destes elementos para anunciar um tempo aberto na história para o testemunho: "Será uma ocasião para dardes testemunho" (v. 13). A menção da destruição do Templo (vv. 5-6), que pode ser considerada uma profecia é um modo de ajudar os discípulos e o leitor do evangelho a superarem as provações do tempo presente. Até o Templo, ornado com tantas pedras preciosas (cf. v. 6), desaparecerá, pois ele figura entre as coisas que passam. A vida do ser humano deve estar apoiada no que não passa nem decepciona: Deus. As palavras de Jesus, inspiradas numa linguagem apocalíptica, não predeterminam nenhuma data, mas fazem um apelo ao discernimento permanente. Jesus evita responder a pergunta: "... quando será, e qual o sinal de que isso está para acontecer?" (v. 7). Mas alerta: "Cuidado para não serdes enganados…" (v. 8). Ele não responde a questão posta, pois a preocupação do discípulo não deve ser com o quando, mas com que atitude ter em meio às adversidades da vida e aos dramas da humanidade. Do discípulo é exigida uma atitude de confiança que nada pode abalar, nem mesmo as catástrofes naturais, nem as perseguições por causa do evangelho. Em outros termos, o que Jesus quer dizer é o seguinte: não importa o que aconteça, não se deve esmorecer, nem temer, nem ser envolvido pela perplexidade. É preciso apoiar a vida em valores verdadeiros e sólidos. É preciso confiar que é Deus quem inspira, dá força e protege a causa de seus eleitos. É na vitória de Jesus Cristo que deve estar apoiada a esperança dos cristãos: "No mundo tereis tribulações, mas coragem! Eu venci o mundo" (Jo 16,33).

LIVRO "O Diálogo Interreligioso no ensinamento oficial da Igreja Católica" é o título do livro lançado na terça-feira, na Sala de Imprensa da Santa Sé. A obra compreende documentos de cinco Papas sobre o assunto.O livro de 2.100 páginas reúne textos pontifícios de 1963 a 2013. O livro está disponível na Livraria Editora Vaticana e poderá, no futuro, ser disponibilizado também em arquivo digital OBRA NOVA Parabenizo os integrantes da Comunidade Obra Nova pelos seus 23 anos de fundação e evangelização em nossa Mossoró;especialmente no bairro Barrocas. Avante, amigos! VISITA PASTORAL Dom Mariano inicia hoje visita pastoral a Paróquia de Santa Luzia. Neste período de 17 a 24 de novembro nosso bispo se encontra com os movimentos, autoridades, novas comunidades,pastorais,serviços e fiéis.Sucesso,Dom Mariano. SEMANA Lembro que a Semana Teológica 2013 acontecerá de 20 a 22 de novembro, no Colégio Diocesano Santa Luzia, das 19h às 22h. Os participantes aprofundarão o tema: "Bioética e o Fim da Vida". BARRAQUEIROS Acontecerá na sexta-feira, 22, reunião com os barraqueiros interessados em participar da Festa de Santa Luzia 2013. A reunião acontecerá às 16h, no Centro Pastoral nº 01, próximo à praça da Biblioteca Municipal. Na oportunidade a equipe gestora apresentará o projeto de localização das barracas. Também participarão desta reunião o Corpo de Bombeiros, a Anvisa e a Polícia Ambiental. Os barraqueiros poderão se inscrever no período de 25 a 29 de novembro, das 8h às 11h, e das 14h às 17h, na antiga sede da Rádio Rural de Mossoró, na Praça Vigário Antônio Joaquim. CONGRESSO A Renovação Carismática Católica de Mossoró realizará nos dias 23 e 24 de novembro o seu XVII Congresso Diocesano.O evento acontecerá no Centro de Evangelização Padre Guido Tonelotto, na Mal. Deodoro, Barrocas. Vários workshops serão ministrados para casais, músicos,intercessores e lideranças da RCC.Durante o Congresso haverá momentos de oração, pregação da palavra de Deus, dança, teatro e a santa missa. Imperdível! CAMINHADA No próximo domingo, 24, acontecerá em Mossoró a tradicional Caminhada da Paz, onde os devotos de Santa Luzia saem de suas paróquias em direção à Catedral de Santa Luzia. Após a chegada dos fiéis, às 19h, Dom Mariano celebrará missa na Catedral. Em seguida

ocorrerá o grande jantar da Festa de Santa Luzia 2013, na Praça Vigário Antônio Joaquim. Vamos participar, gente! OBRA DE MARIA A Comunidade Obra de Maria lançou uma promoção imperdível para aqueles que desejam participar da Jornada Mundial da Juventude em 2016. O pacote inclui Alemanha, República Tcheca, Eslováquia, Hungria e a Polônia, sede da Jornada. A promoção de 31 vezes de R$ 203,22 no boleto é válida até o final de novembro. Mais informações pelo fone 3314-0107. CF 2014 A equipe que planeja as ações voltadas para a implementação da Campanha da Fraternidade de 2014 promoverá dia 30/11 um Encontro Diocesano de Formação. O evento aprofundará o tema: "Fraternidade e o Tráfico Humano" e acontecerá no Centro de Treinamento, das 8h às 17h30. SENHORA DA CONCEIÇÃO De 28 de novembro a 8 de dezembro, a cidade de Pau dos Ferros celebrará a Festa a Nossa Senhora da Conceição. O tema central a ser aprofundado pelos fiéis será: "Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho". A Festa celebra os 257 anos de criação da Paróquia e os 35 anos de vida sacerdotal de Padre Netinho. Entre os eventos sociais estão a cavalgada, casamentos comunitários,XV Caminhada com Maria e a IV Moto Romaria, entre outros. Muito do bom! PARA REFLETIR "A nossa vida deve estar centrada no essencial: em Jesus Cristo. Todo o resto é secundário". (Papa Francisco) CEDIDA

GENTE DE FÉ Nossa homenagem de hoje vai para o Padre Ivan dos Santos, administrador da Paróquia Senhora Santana, em Luís Gomes/RN. O querido sacerdote é exemplo de humildade, dedicação ao Reino de Deus e perseverança na missão. Dia 30/11, às 19h, Dom Mariano preside missa em Ação de Graças pelos 10 anos de vida sacerdotal de Padre Ivan. Daqui, desejamos toda sorte de bênçãos. Parabéns, amigo!


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Opinião Déjà Vu

sanguíneos, como avô, pai e tios, o risco é seis vezes maior para os descendentes.

Milton Marques de Medeiros milton@tcm10.com.br

TESTEMUNHO DE UM PACIENTE MÉDICO Esse texto tem o objetivo de expor informações primárias, básicas, abecedárias sobre um assunto muito comum na atual sociedade. A vantagem em conhecer algo sobre o mesmo é amanhã ou depois, através de um simples aconselhamento, salvar a vida de um companheiro ou familiar desatento. 1ª INFORMAÇÃO: CUIDADO, É UMA ENFERMIDADE SEM SINTOMAS Essa doença é diferente de muitas outras, porque ela no começo não apresenta sintomas. O doente não sente absolutamente nada. Leva vida normalmente. Só por isso já vale uma atenção especial, pois se a pessoa só começar a valorizar a doença quando começar a sentir os sintomas, poderá ser tarde demais. Por quê? Porque nessa fase pode ter começado a ter metástase. 2ª INFORMAÇÃO: APROVEITE O TEMPO QUE PODE SE CURAR Exatamente, a metástase do câncer de próstata começa a surgir quatro anos depois de iniciada a doença. Até então, o tumorzinho permanece no local de origem, chamado "loja prostática" e demora a sair para outras partes do organismo. Portanto, esse é o tempo que o doente deve aproveitar para se curar do câncer, seja por métodos cirúrgicos, radioterápicos, quimioterápicos ou hormonais. Antes que haja metástase. 3ª INFORMAÇÃO: FAZER EXAMES ANTES DOS 45 ANOS Para se ter uma ideia da gravidade dessa

doença,todos os homens,independente de vida social, profissão ou trabalho, logo aos 40 anos de idade já estão susceptíveis em 3% da população em ter CA de próstata.Com 50 anos o percentual sobe para 15%. Aos 60 anos chega a 20% e assim sucessivamente, para aos 80 anos atingir 50% dos homens. Um colegiado de cientistas e pesquisadores,patrocinados pela OMS, em 2004, chegou à conclusão que "aos 100 anos, esse tipo de tumor não poupará homem algum" - Divulgado pelo Grupo Científico William Fair, New York, republicado, no Brasil, por dr. Srougi. Assim, pois, todo homem deve procurar a medicina em torno dos 45 anos de idade. 4ª INFORMAÇÃO: PARA A ENFERMIDADE, TODOS OS HOMENS SÃO IGUAIS Alguém dirá:ah,isso poderá acontecer com os outros, não comigo, levo uma vida regrada, sem exageros, sou casado, não tenho vida promíscua, me cuido bem. Bobagem, essa enfermidade não poupa ninguém. Todos os povos tiveram e continuam tendo câncer de próstata. A história é a mesma. Sua incidência aumentou em todo mundo de forma explosiva nos últimos anos.Daí as campanhas,entre nós, de "Novembro Azul" e outras. Para se ter uma ideia, é a segunda causa de morte por cânceres no mundo, entre os homens. No Brasil, só perde para o CA de pulmão. 5ª INFORMAÇÃO: TENDO CASO NA FAMÍLIA, AINDA MAIS ATENÇÃO Tendo casos registrados na família, a atenção deve ser redobrada. A doença em con-

6ª INFORMAÇÃO: POR QUE TODO HOMEM TEM CÂNCER DE PRÓSTATA? É verdade, todo homem traz o estigma de ter câncer de próstata. Alguns mais jovens, aos 40 anos, outros aos 100 anos, mas se continuar vivo nessa idade é certeza. Por que isso? Segundo os melhores pesquisadores, presentes na Universidade de Harvard, aqui por questão de espaço, que sejam citados apenas Salt Lake dos Estados Unidos e no Brasil Miguel Srougi - catedrático doutor, pesquisador, grande cirurgião da USP - SP: "todo homem nasce programado para ter câncer de próstata, pois todos carregam em seu código genético os chamados proto-oncógenes, que dão ordem para, certo dia, uma determinada célula normal se transformar em uma célula maligna à altura da próstata". Daí para frente, dar-se-á a multiplicação celular, formando o tumor. 7ª INFORMAÇÃO: E POR QUE OS HOMENS JOVENS SÃO POUPADOS? Pelo seguinte:a função dos proto-oncógenes é antagonizada por outro grupo de genes protetores, chamados de "Supressores", dos quais os mais conhecidos são o p53 e o p21. Esses genes supressores são como os espermatozóides, a medida que a pessoa vai ficando idosa, eles tornam-se menos potentes. 8ª INFORMAÇÃO: E COMO ESSE GRUPO QUÍMICO ATUA? "Com o decorrer dos anos acumulam-se perdas de genes supressores, o que libera a atividade dos proto-oncógenes e permite a degeneração com mais facilidade das células prostáticas". Hoje o Projeto Genoma vem revelando e confirmando essa verdade, mostrando inclusive o principal local onde se alojam os protooncógenes: "braço alongado do cromossoma 1 do núcleo da célula, denominado de HPC1 hereditary prostate cancer 1". 9ª INFORMAÇÃO: SINTOMAS QUE PODEM SURGIR DURANTE A EVOLUÇÃO Segundo os urologistas e oncologistas, que são as especialidades que mais lidam com o câncer de próstata, com o decorrer do tempo po-

derá surgir dificuldades para expelir a urina, jato urinário fraco ou aumento do número de micções e "ardência". Mas como esses sintomas não são exclusivos para o câncer, poderão acontecer também com os tumores benignos ou as inflamações; a conduta correta será mesmo ir ao médico para uma avaliação. 10ª INFORMAÇÃO: PODE INICIAR PELO CLÍNICO GERAL COM UM PSA O resultado do PSA - dosagem do Antígeno Prostático Específico no sangue - é uma proteína produzida pela próstata e que sempre mostra alteração quando a mesma está comprometida. Supomos que o resultado do PSA mostre valores acima do normal. Já é uma pista. Aí, certamente, o médico clínico enviará o cliente para o urologista, que submeterá o paciente a exame de "toque retal", ultrassonografia e, se necessário, biopsia, para verificar se a alteração prostática é benigna ou maligna. 11ª INFORMAÇÃO: BOM FUTURO As últimas informações são de que os pesquisadores da Universidade de Baylor, em Houston (EUA), estão conseguindo estimular os genes que produzem as proteínas p53 e p21 com excelentes resultados. Ainda não está liberado como tratamento ou profilaxia. Em futuro breve, quem sabe. 12ª INFORMAÇÃO: TOQUE RETAL É ATUAL E NÃO DÓI Um alegado preconceito cultural tenta explicar porque a maioria dos latinos, brasileiros, nordestinos, resistem ao exame do "toque retal". Ora, os que já se submeteram ao exame, aceitam repeti-lo sem restrição.O problema talvez não seja cultural ou psicológico, mas apenas o medo individual e infundado de que irá doer muito. MENINOS, EU VI! Um neófito confiou baixinho sua apreensão na sala de espera do urologista, diante de um velho veterano, seu amigo: - E aí, fulano, dói muito? - Bobagem, falou alto para todo mundo ouvir. Fez uma pequena pausa, e acrescentou: - Com o tempo a gente nem liga mais. E, olhando para mim, arrematou: - Não é mesmo, companheiro? Fingi que não foi comigo.

Projeto incentiva alimentação saudável FOTOS: EDNILTO NEVES

Crianças da Escola Francisca Martins tiveram palestra sobre o gerenciamento da semente Alunos da Escola Estadual Francisca Martins de Souza, em parceria com a Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) realizaram, na manhã da quinta-feira, 14, mais uma ação que faz parte do projeto Horta Didática.Na ocasião, cerca de 70 alunos de duas turmas da escola tiveram a oportunidade de aprender sobre o gerenciamento da semente. A professora Zoraneide Fernandes explica que essa etapa é muito importante, já que os meninos e meninas estão se preparando para começar o plantio da horta. "Divididos em turmas, eles estão vendo todas as partes de como montar uma horta. Os canteiros já foram feitos, e as sementes e adubos já estão prontos. Os alunos do 5º ano já fizeram até um espantalho", fala. A iniciativa tem como objetivo incentivar as crianças da escola a consumir ali-

Palestra contou com participação de 70 alunos da instituição

Área de plantio já está quase pronta para receber sementes

Leandra já está trocando "besteiras" por alimentos saudáveis

Arthur Cristian diz que já gostava de frutas e verduras

mentos saudáveis à base de hortaliças e frutas,e também ensinar crianças a cuidar do meio ambiente. A professora Zoraneide explica que o projeto ainda está na fase piloto,atendendo por enquan-

to apenas a Escola Francisca Martins de Souza que funciona dentro do campus oeste da universidade. "Por enquanto é só essa, mas há a pretensão de expandir para outras escolas", fala.

A ação também beneficia os pais das crianças. A professora explica que já foram realizadas palestras voltadas a eles com a presença de um nutricionista, e também outras ações como o

chá literário e a degustação de produtos. Georgio Mendes, técnicos da Ufersa, diz que "não adianta forçar a criança a comer. Alimentação saudável tem que ser inserida aos pou-

cos".Para ajudar no interesse da criança pelo alimento saudável, em todos os eventos do projeto são oferecidos doces feitos a partir de uma fruta ou legume. O estudante do terceiro ano, João Pedro, 9, conta que já aprendeu sobre a semente na palestra,que já sabe bastante sobre preservação da natureza e como alimentação influencia na saúde. Já Leandra Júlia, 9, conta que sabe por que não é bom comer "besteiras" e como elas podem prejudicar a saúde.Ela garante que está consumindo mais alimentos saudáveis. "Não deixei de comer as besteiras,mas tô comendo menos e tentando colocar mais coisas saudáveis", diz. Arthur Cristian, 9, fala que já gostava de comer frutas, verduras e legumes.Ele gosta mais de maçã e tomate. "É muito bom plantar e as frutas e verduras ajudam a gente a crescer, ficar mais forte", explica. Já Débora Joice, 9, complementa "é muito bom para a saúde.Estou aprendendo mais sobre as sementes,sobre os frutos para depois aprender a plantar." A fase de plantação deve ser feita em breve, após a chegada das sementes. O projeto já possuiu o adubo orgânico que foi doado por uma empresa.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Especial ESTUDANTES RELATAM DESAFIOS PARA APROVAÇÃO NO VESTIBULAR

MEDICINA, DO SONHO À REALIDADE

EDNILTO NEVES

SAULO VALE Da Redação

T

odos os anos, centenas de estudantes tentam cursar a faculdade de Medicina, tornando o vestibular um dos mais concorridos das universidades. O quadro se repete em praticamente todas as instituições de ensino superior do país. No caso de Mossoró, em que a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) é a única instituição de ensino superior que oferece o curso de Medicina no interior do estado, a situação não é diferente. Quem sonha em cursar Medicina, se depara com uma concorrência que chegar a quase 120 candidatos para 1 vaga, quadro que se repete quase todos os anos. Mesmo assim, vários candidatos, com força, persistência, fé, determinação e vontade passam anos estudando com o objetivo de realizar os seus sonhos:passar em uma faculdade de Medicina. É o caso de Inavan Dantas, de 20 anos. Ele conta que já fez 4 vestibulares para Medicina e que já foi aprovado em outros vestibulares, mas, como não era na área que ele sonha em passar, preferiu não cursar e continuar estudando para passar em Medicina. Ele conta que já viu vários amigos desistirem do sonho, mas que não pretende abandonar o desejo de cursar uma faculdade de Medicina. Inavan é um dos alunos mais destacados do cursinho, garantem os professores. Ele é monitor de disciplinas como Física,Química e Biologia e faz parte de um grupo de estudos de 20 alunos.Chega a estudar,todos os dias, de manhã, de tarde e de noite. "Inclusive nos finais de semana", garante. Ele diz que reforçou os estudos devido a proximidade da prova do Exame Nacional de Ensino Médico (EXAME). Segundo ele, a vocação é o fator primordial para continuar tentando cursar uma faculdade de Medicina. Jerizielly da Costa Venceslau tem 20 anos e estuda há 1 ano, ininterruptamente,com o objetivo de ser aprovada em um vestibular para Medicina. Ela relata

Aline, Inavan e Jriziell estudam para o vestibular de Medicina e recebem orientação do monitor, Gildécio

que já tentou 4 vezes e que já cursou outras faculdades, como Enfermagem. "Minha mãe,na realidade,queria que eu cursasse Engenharia Civil", acrescenta. Ela conta que, assim como Inavan Dantas, estuda de manhã, tarde e noite e também nos finais de semana. "Quando vem o desânimo, ele é vencido pelo desejo de ver o sonho realizado", conta entusiasmada. Segundo ela,que é monitora desde março deste ano, a concorrência nunca foi um fator primordial para deixá-la desanimada. "Nunca fui de me assustar com concorrência.Eu acho que o seu principal concorrente é você mesmo", diz.

Para ela, fatores como determinação, foco, fé, acreditar que é possível realizar o sonho e ser determinado são essenciais para quem aspira se tornar estudante de Medicina. Já Gildécio Luísa da Silva Júnior tem 21 anos e, depois de 3 anos seguidos entregues ao estudo,conseguiu realizar o seu sonho: Passar em um curso de Medicina. As aulas de Gildécio já começam em outubro deste ano. Mas, relata, não foi fácil a caminhada até passar em um vestibular para Medicina. Gildécio conta que estudava cerca de 8 horas por dia, durante os 3 anos que estudou no cursinho. Ele relata

que tinha um déficit muito grande em diversas disciplinas. "Como vim de escola pública,tive dificuldades.Infelizmente,o ensino público é precário", lamenta. Gildécio tentou entrar em 6 universidade, mas acrescenta que conseguiu passar no vestibular que tanto sonhou, o da Uern. Assim como muitos que moram fora, ele conta que é de Tenente Ananias. No interior do Rio Grande do Norte (RN), fez o ensino médio em escola pública, em Pau dos Ferros, no Alto Oeste potiguar, e veio, mesmo com dificuldades, estudar em Mossoró, onde entrou em um cursinho, foi monitor de várias disci-

plinas, lecionou a disciplina de Química e hoje, enquanto aguarda o início das aulas na Uern, auxilia as duas coordenadoras pedagógicas do cursinho. "Eu,graças a Deus,consegui com a ajuda do Senhor e da minha família", comemora, acrescentando que foi aprovado em vestibulares da área da saúde, mas, como sempre teve o desejo de cursar Medicina, preferiu não ingressar em outros cursos. Já Caio da Fonseca Silva, de 21 anos, é aluno do 5º período de Medicina da Uern. Ele estudou cerca de 4 anos ininterruptos para passar no vestibular. "Havia dias que eu estudava 16 EDNILTO NEVES

Pésside Pinheiro e Caio Fonseca estudam no laboratório de anatomia, na Uern

horas", relata. Caio é do município de Serra do Mel e mora em Mossoró desde 1995. Ele fala que passou por muitos momentos de dificuldade financeira para poder se manter e estudar em Mossoró. Para supri-la, Caio, devido aos seus esforços, conseguiu conquistar bolsas em alguns cursinhos da faculdade. "Se não fossem as bolsas, nem nos cursinhos eu teria entrado, por falta de condições financeiras", diz. Ele relata que além da dificuldade financeira para estudar Medicina, ele fala que também teve dificuldades no aprendizado. Devido vir de escola pública, era alheiro a muitas questões imprescindíveis para quem quer passar num vestibular de Medicina. "Os meus 4 primeiros anos de estudo foram todos dedicados à base, mesmo. Tive que estudar do início, do B+A=BA", diz, acrescentando que lamenta que o ensino público do país não ofereça melhores condições aos alunos da rede pública. Caio relata que quando estava trabalhando, com o pai, no sítio, uma amiga ligou para ele e disse que ele havia passado no vestibular de Medicina da Uern. "Eu nem acreditei. Como não havia internet no sítio, peguei o telefone efui tentar ligar. Quando soube que havia sido aprovado, foi um momento de muita emoção para mim e para toda a minha família. Foi a maior felicidade que tive na minha vida", diz o estudante emocionado."Deus e meus pais foram e são as minhas maiores fontes de motivação. Meus pais são humildes, honestos, honrados. Mesmo com tamanha dificuldade, conseguiram me manter aqui [em Mossoró]", acrescenta o jovem, que pensa em se especializar em neurocirurgia. "A fé em Deus, a minha família, a determinação e o foco contribuíram para que eu pudesse chegar aqui", finaliza. Pésside Pinheiro é outra estudante de Medicina da Uern. Com 23 anos de idade, ela cursa o 3º período. "Estudei cerca de 6 anos para chegar até aqui",lembra. "O que me desmotivava a fazer o vestibular de Medicina era ver os meus amigos passando, e eu ficando para trás,mas era um sonho que eu tinha e não desisti", acrescenta. Hoje, na faculdade de Medicina da Uern, Pésside pretende se especializar em Geriatria. A sua identificação com os idosos, refletida no amor que cultiva pelos avós, fez com que ela seguisse essa área. "Digo a quem está estudando para Medicina. Se esse é seu sonho, não desista, mas persista. Às vezes pode não conseguir passar de imediato, mas com determinação e foco,a realização desse sonho é possível", frisa.


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Especial EDNILTO NEVES

Vagas para curso na UERN serão ampliadas Para quem deseja fazer vestibular para Medicina na Uern, uma boa notícia. As vagas destinadas a Medicina podem saltar de 26 para 60, sendo 30 no 1º semestre e 30 no 2º, ainda no Processo Seletivo Vocacionado (PSV) de 2014. Segundo o Reitor eleito da instituição, Pedro Fernandes Neto,o colegiado de Medicina da Uern já acatou a decisão, mas a Universidade ainda luta para ampliar o quadro docente, tornando viável a ampliação das vagas, e melhorar a estrutura do campus,sobretudo no ambulatório. "Entendemos que por ser a única instituição de ensino superior do estado, a Uern pode, sim, oferecer mais vagas para o curso de Medicina. Em tempos de déficit de médicos no interior dos estados, é uma oportunidade ímpar da universidade batalhar por essa ampliação", diz, acrescentando que já foi ao Ministério da Saúde para pedir a ampliação do Hospital Regional Tarcísio Maia, o maior hospital de urgência e emergência do estado, para torná-lo um hospital escola. "O nosso principal foco é trazer uma formação para o aluno de Medicina com qualidade" diz, acrescentando que os benefícios para a população são inúmeros, desde a maior oferta de médicos no mercado até o atendimento no ambulatório da Uern,que deve ser ampliado, consequentemente,com a ampliação do número de vagas.

Alunos do 1º ano já relatam desejo de fazer o vestibular de Medicina

No ambulatório,universitários ganham experiência EDNILTO NEVES

O ambulatório da Uern é um local que os estudantes podem realizar a parte clínica,como uma forma de subsidiar os conhecimentos na área da Medicina. Sempre auxiliados por um professor e médico da instituição, os estagiários de Medicina ouvem atentamente as instruções dos médicos. Os estudantes, acompanhados sempre dos professores,realizam atendimento à população. Com especialidades como dermatologia,oftalmologia,ginecologia, pediatria e outras, o ambulatório já conseguiu atender, segundo a secretária do ambulatório, Walkiria Maria da Silva, até meados de setembro, mais EDNILTO NEVES

Pedro Fernandes, reitor da Uern, garante mais vagas para o curso de Medicina

de 8000 pessoas. Para o professor e médico, Jerônimo Dix-Sept Rosado Sobrinho, pediatra desde 1980, o ambulatório é uma boa oportunidade para os alunos mostrarem suas habilidades e vivenciarem o dia a dia de um médico. Ele destaca, como uma das atividades do ambulatório, o teste de urina, que só é garantido, gratuitamente,pelo ambulatório da Uern. "As turmas que têm entrado são muito boas. Fico feliz com o serviço prestado aqui",relata,acrescentando que o ambulatório passa por algumas dificuldades estruturais e que, caso funcionasse adequadamente, poderia atender

Jéssica Lima e Adriana Lima relatam atendimento no laboratório

bem, melhor à população. "Aqui, a gente pede, exige que se trate bem aos pacientes. Se você faz bem a profissão, é recompensando, EDNILTO NEVES

Médico Jerônimo Dix-sept Rosado Sobrinho: ‘Tem que atender bem aos pacientes e a sociedade’

não precisa estar passando por cima.O que a gente tem que ter é honestidade, interesse, compromisso, e estar sempre disponível para o paciente, para a sociedade", finaliza. Adriana Lima Rocha e Jéssica Lima eram pacientes que aguardavam atendimento no ambulatório da Uern.Adriana Lima elogia o serviço. "Não sabia que existia esse local.Fiquei sabendo através de um acadêmico, no Hospital Militar. Mas, até agora, fui muito bem tratada aqui", relata. "Achei importante ver estagiários de Medicina acompanharem as consultas. É bom tanto para os pacientes quando para os estagiários, que vão entrar no mercado mais preparados", acrescenta Adriana Lima.

Ufersa oferecerá 60 vagas de Medicina A Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) se prepara para receber 60 vagas de Medicina até 2017. Segundo o reitor José de Arimatea Matos, serão ofertadas 30 vagas de Medicina em 2016 e mais 30 vagas em 2017. Ele relata que está trabalhando para que as 60 vagas estejam disponíveis já em 2016. A universidade recebeu, no mês de maio, um ofício do Ministério da Educação (MEC) garantindo um curso de Medicina nos campi de Mossoró e Assú. O reitor relata que a entrada de um curso de Medicina no campus de Mossoró pode trazer mais cursos na área da saúde para o campus central, beneficiando a toda a população do estado. "O objetivo é fazermos um Centro da Saúde no campus central", diz Arimatea Matos. Segundo o reitor, está previsto um investimento de R$ 11 milhões para a estrutura do curso. A proposta é começar a construção em 2014 e concluí-la até 2015. "Há uma tendência hoje na Ufersa de verticalização", acrescenta ao falar dos prédios que serão construídos para comportar o novo curso. O reitor ainda relata que o próximo passo será concluir o projeto. Quanto ao hospital universitário, ele diz que será construído em 2014."O hospital ficará numa área estratégia, onde é hoje o campus central da Ufersa. Ali, há poucas unidades hospitalares. Além de podermos qualificar os nossos alunos, que é o noso principal foco, também teremos atendimento à população carente, que será muito beneficiada com isso", comemora.

DADOS Está previsto um investimento de

R$ 11 milhões para a estrutura do curso


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Mossoró

Casal cria preás para preservar a espécie FOTOS: WILSON MORENO

Milhares de preás que vivem no quintal de Dona Marinete e Seu João Batista não são vendidos nem usados na alimentação

N

a comunidade de Bom Destino, zona rural de Mossoró, um casal de agricultores cria milhares de preás, apenas com o intuito de preservar a espécie. "No mato, a gente não encontra. Aqui já tem mais do que no mato", diz Dona Marinete Pinheiro do Nascimento, 64, esposa do João Batista do Nascimento,conhecido por "João Lasca-Pau". Ela conta que tudo começou com apenas um casal que se abrigou em baixo de uma coivara. Eles se reproduziram e agora são muitos. Tantos que nem Dona Marinete e nem Seu João sabem dizer quantos preás criam em casa.Questionada se seriam existiram uns cem animais, ela responde: "Tem muito mais. Deve ter mais de mil. É porque agora eles estão tudo dentro da toca, mas você precisa ver como fica o quintal pela manhã cedo e no final da tarde, quando eles saem pra comer.Tem gente que vê e fica besta com

Criação começou com um casal e agora são milhares morando nas coivaras espalhadas pelo quintal

tanto preá". No quintal de casa, Marinete e João criam também galinhas, vacas, cães, guiné, além dos vários tipos de pássaros que se alimentam do xerém que João compra toda a semana.O casal também cuida da alimentação dos preás que gostam de milho, batata, jerimum, cenoura, entre outros. E não são sobras de alimentos,as frutas,verduras e legumes são compradas especialmente pra eles. Apesar dos gastos que

têm com a criação de preás, Dona Marinete conta que eles não se alimentam deles e nem mesmo vendem os animais. Cuidam apenas com o intuito de ajudar a natureza e os animais que, da mesma forma que o povo do sertão potiguar, sofre com a seca que assola o Estado. "Já veio gente perguntar por quanto a gente vendia um, mas a gente não mata, não vende e nem deixa ninguém matar. João disse para o homem: seu dinheiro

não compra meus preás. Os bichinhos já estão acostumados com a gente.Tem um pequenininho que mora dentro de casa. Os pássaros do mesmo jeito. Tem hora que tem um monte de Galo de Campina no chão, mas a gente nem pega, nem deixa ninguém prender", diz. Para deixar o local mais apropriado para os preás, o casal espalhou pelo terreno várias coivaras para servir de abrigo para eles. No início do dia e ao término dele, os

"No mato, a gente não encontra; aqui já tem mais do que no mato", diz Marinete Pinheiro

animais aproveitam para sair da toca e se alimentarem. Durante o resto do dia, eles ficam dentro das casas improvisadas. Tanto cuidado e atenção do casal para com os preás parece que está despertando a "inveja' de outras espécies que também estão aparecendo na pequena reserva que Dona Marinete e João Lasca-Pau preparam. "Já apareceu um mocó também.Eu disse a João que tinha visto um bicho diferen-

te que não era um preá. Da outra vez que ele apareceu eu olhei pra ver se tinha unha, porque se não tivesse era um mocó. Não tinha. Mas depois apareceu um gato aqui e matou o bichinho. Já apareceram uns dois gatos que a gente pegou e mandou soltar porque também não matamos", afirma Marinete. No que depender da dedicação do casal, os preás ainda poderão viver livres e sem servir de alimentação por muito tempo.


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Mossoró

Palestra alerta sobre câncer infanto-juvenil EDNILTO NEVES

Atividade marca programação do Dia Mundial de Combate ao Câncer Infanto-juvenil

N

o próximo sábado, 23, será comemorado o Dia Mundial de Combate ao Câncer Infanto-Juvenil. O objetivo da data é propagar as informações sobre os sinais e sintomas do câncer em crianças e adolescentes, já que o diagnóstico precoce é o principal aliado na batalha contra a doença, como lembra a assistente social da Associação de Apoio aos Portadores de Câncer de Mossoró e Região (AAPCMR), Valéria Viana. Em Mossoró, haverá uma programação alusiva à data, que será marcada por uma palestra ministrada pela oncologista pediátrica, Edwis Serafim, para os alunos do Centro Educacional Aproniano Martins de Oliveira (CEAMO). Além disso, segundo Valéria Viana, os profissionais estão aguardando resposta da 12ª Diretoria Re-

O foco este ano, como informa Valéria Viana, é a arrecadação de alimentos para serem destinados aos pacientes das unidades adulto e infantil

Valéria Viana, assistente social da Casa de Apoio, fala sobre sinais do câncer ALCIVAN COSTA

Campanha será lançada no dia 22, para beneficiar Casa de Apoio à Criança com Câncer

gional de Educação e Desportos (12ª DIRED) para agendar uma palestra com professores e supervisores sobre o tema, a fim de que os educadores atuem como multiplicadores. A assistente social explica que, entre os sinais que podem indicar o câncer, os pais devem observar a palidez excessiva, perda de peso e manchas espalhadas em locais do corpo que não costumam ser regiões de trauma, ou seja, não são frutos de quedas ou pancadas. Ao identificar um ou mais desses sinais, os pais devem levar os filhos a um pediatra, para que ele avalie e encaminhe a um especialista. Valéria Viana lembra que esses são sinais que podem ser manifestados em casos de doenças típicas de crianças, mas também podem indicar câncer.

CONVITE MISSA DE 30º DIA DÉCIO PEREIRA DE LIMA

Ainda dentro da programação alusiva ao Dia Mundial de Combate ao Câncer Infanto-Juvenil, a Associação de Apoio irá trabalhar para promover o lançamento de sua campanha natalina 2013. A campanha será lançada na sexta-feira, 22, quando uma equipe da Subseccional da Ordem dos Advogados do Brasil em Mossoró (OAB/Mossoró) fará a entrega de donativos à instituição. O foco este ano, como informa Valéria Viana, é a arrecadação de alimentos para serem destinados aos pacientes das unidades adulto e infantil. A assistente social comenta que, por se tratar de uma campanha voltada também para as crianças, a maior parte das pessoas que quer contribuir com a associação no final de ano visa a doação de

brinquedos, no entanto, embora os presentes sejam importantes e contribuam para a alegria do público infantil, a questão alimentícia é uma necessidade. Isso porque, além de oferecer refeições aos pacientes albergados e seus acompanhantes durante o período de tratamento contra o câncer, a instituição fornece cestas básicas para cerca de 150 famílias de pacientes em tratamento. Além disso, aqueles pacientes que estão em fase de monitoramento e que, periodicamente, precisam vir a Mossoró, também são beneficiados com as refeições. Entre os itens mais necessários, além daqueles que normalmente já compõem a cesta básica, estão leite em pó e farinha láctea. Esses dois últimos gêneros são destinados às crianças.

CONVITE MISSA

2 ANOS DE FALECIMENTO ANTÔNIO FRANCISCO DE SOUSA (VELHINHO )

Os familiares de DÉCIO PEREIRA DE LIMA convidam você e sua família para unidos em orações participar das celebrações de 30 dias em sufrágio de sua alma. Data: 17/11/2013, às 10 horas. Local: Igreja Matriz de Santo Antônio, em Marcelino Vieira-RN. Data: 18/11/2013, às 17 horas Local: Catedral de Santa Luzia, em Mossoró-RN

Os familiares de ANTÔNIO FRANCISCO DE SOUSA (Velhinho) convidam parentes e amigos para as missas de dois anos de seu encontro com o Pai, a serem celebradas dia 20/11, às 17 horas, na Igreja São José; e às 19 horas, na Igreja de Nossa Senhora de Fátima (Abolição II). A família agradece o seu comparecimento a este ato de fé e solidariedade cristã.


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Sociais Teens & Tais

Espaço Ivonete de Paula

Rafaella Costa rafaellarcosta@gmail.com Twitter: @RafaellaRCosta

... Iniciaram dia 14 passado as vendas de ingressos para o show de Chiclete com Banana, Jorge & Mateus, Solteirões do Forró, Soanata e André Luví, que acontece dia 12 de dezembro, no Espaço VillaOeste. A comercialização de acessos acontece na loja 5 do Centro Empresarial Caiçara.

ANIVERSARIANTES Carlos Gregório, Kaliane Almeida, Gustavo César, Caio César Muniz, Anny Souza e Alcivan Costa

PARABÉNS!!!

IRLANDA CARLOS

MERRY CHRISTMAS As festas de fim de ano merecem um lugar especial,o Maison Gastronomia oferece espaço para confraternizações natalinas com todo o conforto,comodidade e segurança,além de serviços cinco estrelas, de cardápio e atendimento nota mil. O Maison Gastronomia tem bagagem e é apontado como referência no setor gastronômico da cidade e do Estado.Garanta já sua reserva e confraternize-se com seus amigos num dos melhores restaurantes da cidade. Fica a dica. QUEM GANHA É O CLIENTE A Alphaville Urbanismo lançou, sexta-feira passada, uma supercampanha em comemoração aos seus 40 anos, onde o cliente que comprar lote até a primeira quinzena de dezembro ganhará uma scooter edição limitada.A promoção é a maior já realizada na história da empresa e será realizada em empreendimentos selecionados pelo Brasil. O regulamento da campanha está disponível no site www.alphaville.com.br. Maravilha de campanha! DE OLHO NO ALTAR Marca consolidada quando o assunto é organizar, planejar e produzir eventos, a Master Produções e Eventos anda ganhando ainda mais espaço na preferência de quem vai promover, seja eventos corporativos, inaugurações, comemorações, aniversários ou casamentos, não tem pra ninguém é a Master que brilha lindamente. Entre os mais recentes eventos fechados está o casamento de Danielly Formiga e Pedro Júnior, com data devidamente agendada: 17 de maio de 2014.

Hoje é dia de festa para o gente boa Carlos Gregório. No click com Aline Linhares e Chrystian de Saboya. Toda felicidade do mundo! CÉLIO DUARTE

Adriana Oliveira e a princesinha Letícia no desfile da Bi&Bella moda infantil, que aconteceu no Requinte Buffet. Lindas!

• Acontece em Recife (PE), no período de 20 a 23 de novembro, o Congresso Brasileiro de Reumatologia e Mossoró estará lá muito bem representada pelo médico Jean Falcão. E como o foco de Jean é aperfeiçoar ainda mais suas habilidades, ele participar de mais um módulo de sua especialização em Reumatologia, entre 29 de novembro e 1º de dezembro, em Salvador (BA). • Visitar o West Shopping e não visitar a Carmen Steffens é como se o passeio não tivesse sido completo, ainda mais agora, que a coleção verão 2014 da marca está enfeitando toda a loja, recheando tudo com um bom gosto fora do comum. E os marmanjos também são agraciados com os luxos Raphael Steffens. Somos fãs.

CÉLIO DUARTE

João Paulo e Talita Teles conferindo o desfile da Bi&Bella, que contou com a presença da filhota deles, Isadora

CEDIDA

CÉLIO DUARTE

Patrícia Xavier e Socorro Paiva brindam o sucesso do desfile Bi&Bella - moda infantil. Adoramos as duas

• O final da tarde e início da noite de quartafeira foi especialíssimo na Porcino Design, que ofereceu coquetel aos seus clientes para apresentar as novidades natalinas da loja. Késia Porcino e sua equipe receberam a todos de braços abertos e mostraram tudo, com muito carinho. • Entre as lulus que pintaram no coquetel da Porcino Design estavam: Socorro Paiva, Marta Cantídio, Stephanie e Silvana Escóssia, Detinha Reis, Tita Amorim, Andréa Luciano, Roberta Duarte, Carol Praxedes e Karol Azevedo. Todo mundo elogiando o bom gosto e sofisticação de tudo. • Em paralelo ao coquetel da Porcino Design aconteceu o chá de casa nova de Mozart Christian, o danado recebeu homenagens, presentes e abraços sempre felizes, de suas clientes e amigas que tanto lhe querem bem. O chá rendeu e Mozart ficou satisfeitíssimo com tantas demonstrações de afeto.

CEDIDA

Da equipe GAZETA DO OESTE, festejamos hoje o aniversário do fotógrafo Alcivan Costa. Saúde, paz e muitas felicidades! Aniversariante de hoje, o querido Odemirton ganha festa e afagos da mui amada Alba Dutra. Desejamos tudo de bom!

LUMINOSIDADES

• Maravilhoso o folder comemorativo aos 25 anos do Colégio Mater Christi, com ilustrações contendo fotos dos próprios alunos, descrevendo a filosofia, missão, valores, projetos, entre outras inúmeras informações sobre essa nobre instituição de ensino que só cresce. • Jailson Fernandes, do 144 Lounge Bar, continua inovando nas promoções do seu espaço, que conta também com uma programação fixa super bacana, como o happy hour 30% off, em todo o cardápio até as 20h, de quarta a domingo e a feijoada do sábado com samba a partir das 12h, além de música ao vivo a partir das 22h.


Gazeta do Oeste 11

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Polícia

Feriado marcado pela violência em Mossoró Briga termina com um adolescente morto e outro em estado grave, segundo relatos da Polícia

M

ais um feriado com registros de violênciaem Mossoró. Na tarde de sexta-feira passada, 15, um estudante de 16 anos,residente no bairro Costa e Silva, foi vítima de homicídio causado por arma de fogo, dentro de sua própria residência, segundo o registro do Instituto Técnico-científico de Polícia do Rio Grande do Norte (ITEP-RN). De acordo com informações postadas no site O Câmera, o jovem foi encontrado morto dentro de um quarto, com um disparo na cabeça. O corpo foi removido pelo Itep, para necropsia. Já o irmão da vítima, um adolescente de 14 anos, está internado no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) em estado grave. Em princí-

pio, a informação é que os dois irmãos haviam brigado e o mais jovem teria pego um revólver calibre 38 e disparado contra o mais velho,tentando suicídio, posteriormente, de acordo com o que informou o comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar de Mossoró (12º BPM), major Correia Lima. Segundo ele, a ocorrência foi registrada através do 190.A polícia agora fica encarregada da elaboração do relatório e o caso segue para investigação. Conforme postagem de O Câmera, o delegado de plantão, bacharel Edivan Queiroz, informou que "a arma utilizada pelo adolescente foi retirada do local do crime por parentes das vítimas. Quando foi entregue à polícia, o revólver estava guardado dentro de uma caixa de papelão". Até o fechamento desta edição,o quadro de saúde do adolescente de 14 anos era considerado grave, conforme repassado pelo setor de Serviço Social do HRTM.O jovem encontrava-se no centro cirúrgico com indicação de UTI. Na Unidade de Te-

OCÂMERA

Equipe do Itep foi acionada e removeu corpo do jovem para necropsia

rapia Intensiva, no entanto, não havia vagas. OUTRAS OCORRÊNCIAS Na manhã de ontem, 16, o 2º BPM registrou uma tentativa de homicídio no bairro Aeroporto,trecho conhecido popularmente como 'Macarrão'. De acordo com o comandante do referido Batalhão, o coronel Alvibá Gomes, a ocorrência foi na

Preso jovem suspeito de matar ex-namorada em Apodi

O CRIME O homicídio aconteceu

Francisco Marcílio foi preso na quinta-feira passada

em frente à casa da adolescente, na Rua Joana Ester Soares.De acordo com o capitão Inácio Brilhante, comandante da Polícia Militar na região, o suspeito se aproximou da residência da vítima em uma moto por volta das 20h. "Ela levou quatro tiros", afirmou Brilhante. "Depois, o criminoso fugiu", acrescentou. À polícia, familiares da garota relataram que Júlia e o ex-namorado teriam terminado o relacionamento há aproximadamente 20 dias. "Com o fim do namoro, a adolescente foi morar em Mossoró. Neste final de semana, ela voltou a Apodi para visitar a família", revelou o capitão. "Os parentes contaram que ela já vinha so-

frendo ameaças, mas ninguém deu queixa na delegacia". APRESENTAÇÃO Francisco Marcílio apresentou-se à Polícia Civil na tarde de terça-feira passada, 12, quando se reservou ao direito de só falar em juízo.O jovem foi liberado após a apresentação ao lado do advogado Ravardierison Cardoso de Noronha. Ao G1, o titular da Delegacia de Apodi, Renato Oliveira, revelou que o suspeito havia planejado a fuga antes de matar a exnamorada. "Soubemos que às vésperas do dia do crime ele preparou roupas para viagem", relata. FONTE-G1

passada,15,por volta das 21h, a equipe de Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM 7) realizou uma prisão por tráfico de drogas no bairro Liberdade I.Coronel Alvibá Gomes informa que Jerônimo Pereira Davi, de 19 anos, foi preso portando 400 gramas de drogas. ACIDENTES O acadêmico Ranielton Silva, um dos quatro jovens

MP recomenda que a Polícia Civil informe sobre prisões em flagrante OCÂMERA

O rapaz suspeito de matar a tiros a ex-namorada em Apodi foi preso na noite da quinta-feira passada, 14. Júlia Mariana Torres de Oliveira, de 17 anos, foi assassinada na noite de domingo, 10, na porta da casa da família dela. A adolescente havia se mudado para Mossoró fazia poucos dias após terminar um namoro de dez meses com o rapaz, mas voltou a Apodi para passar o fim de semana com a mãe. A polícia acredita em crime passional. Francisco Marcílio da Costa Lima tem 18 anos. Segundo a polícia, ele fugiu após o crime,mas se apresentou com um advogado dois dias depois. Contudo, como não houve flagrante, foi liberado.A prisão na quinta-feira ocorreu por força de um mandado de prisão preventiva expedido por solicitação do delegado Renato Oliveira. "Assim que eu tive a certeza de que foi ele quem matou a garota, pedi a preventiva dele à juíza da cidade.Depois de requerer a ordem para prendê-lo ele se apresentou espontaneamente, mas sem flagrante tive de liberá-lo. Agora que o mandado chegou, fomos à casa de parentes e o prendemos. Espero que ele fique detido até o julgamento, pois é uma pessoa que pode vir a ameaçar testemunhas que o reconheceram", afirmou o delegado.

Rua José de Melo.Dois tiros atingiram Márcio Araújo na região lombar. A vítima encontra-se hospitalizada. A polícia apurou informações sobre o autor dos disparos com a própria vítima, mas o suspeito ainda não foi preso. O relatório da ocorrência,segundo o coronel, será encaminhado à Delegacia de Homicídios para investigação. Na noite da sexta-feira

envolvidos no acidente ocorrido na BR-304, nas proximidades de Assu, na quinta-feira passada, não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de sextafeira passada, 15. Segundo informações do site O Câmera, ele estava internado em Fortaleza desde a data do acidente.Os outros três presentes no veículo haviam falecido na noite da quinta-feira. Os jovens eram estudantes do campus de Angicos da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) e estavam voltando para suas residências em Carnaubais no momento do acidente. Outros dois homens morreram na quinta-feira passada, 14, também vítimas de acidentes de trânsito. Um deles foi o aposentado Francisco das Chagas Fonsêca, de 71 anos, natural do Ceará. A ocorrência foi registrada na RN 223, próximo à entrada de Triunfo Potiguar, segundo registro do Itep. O outro acidente ocorreu na BR-304, próximo à entrada de Assu e teve como vítima Marcílio de Sousa Dantas, de 20 anos.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio do Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial da Comarca de Natal (NUCAP), encaminhou uma recomendação ao delegado-geral de Polícia Civil do Estado para que as autoridades policiais civis comuniquem imediatamente as prisões em flagrante ao MP, seguindo o que está estabelecido no Art. 306 do Código de Processo Penal. De acordo com levantamento feito pela Secretaria Administrativa do Nucap, foi constatado que nenhu-

ma comunicação sobre esse tipo de prisão foi feita através dos e-mails disponibilizados.O objetivo desse contato com o Ministério Público é possibilitar ao titular da ação penal fiscalizar a regularidade da prisão e solicitar as medidas cautelares cabíveis. Primeiramente, a recomendação pede que as autoridades comuniquem a prisão em flagrante através do endereço eletrônico flagrante.natal@mp.rn.gov.br com cópias digitalizadas do auto de prisão em flagrante,auto de exibição e apreensão, documentos pessoais

do preso, entre outros. Deverá ser enviado para esse e-mail durante o expediente normal e na Comarca de Natal. Já para o resto do Estado, no período do plantão noturno,a comunicação deverá ser realizada pelo endereço eletrônico plantao.noturno@mp.rn.gov.br. Aos sábados, domingos e feriados, no período diurno, as informações continuarão a serem feitas aos promotores de plantão. A escala desses promotores está disponível no site do MPRN (http://www.mp.rn.gov.br /plantaoministerial).

Duplo homicídio no bairro Papôco será elucidado nos próximos dias Até o final desta semana, o bacharel José Clayton Pinho, titular da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DEHOM), deverá se pronunciar com o nome das pessoas acusadas de envolvimento em um duplo homicídio registrado na tarde do dia 10 deste mês, domingo, em que uma das vítimas era uma criança de apenas dois anos e oito meses de idade. A princípio e antes de dar as investigações sobre o caso como concluídas, o delegado diz que está totalmente descartado a briga de gangues que envolvesse pessoas do bair-

ro Papôco e do Alto de São Manoel. Trata-se de um caso completamente isolado e que envolve outras causas. De acordo com o bacharel, algumas pessoas possivelmente envolvidas nesse conflito que desencadeou na morte de dois inocentes, já foram ouvidas e teriam dado informações importantes para que as investigações seguissem o seu curso de normalidade e o inquérito concluído em tempo recorde. O CASO No final da tarde de do-

mingo, Antônio Lindjackson Fernandes e Marcelo Augusto Nascimento se encontravam em uma mesa de bar, quando a esposa do primeiro citado chegou com o filho de dois anos e o colocou para brincar com outras crianças. Uma pessoa de nome Daniel chegou em seguida e daí há poucos minutos surgiu um carro com três homens a bordo. Um deles efetuou um disparo de espingarda que atingiu cabeça de Marcelo Augusto e também o filho de Antônio Lindjackson Fernandes. Os dois morreram em seguida.


12 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Mossoró Impressionando Carlos Augusto impressionandonagazeta@gmail.com

Estirão

Se não queres que ninguém saiba, não o faças.

Provérbio Chinês

OUTDOOR * É cruel. Lampião e seu bando - agora estilizado, versão 2013 - continuam assombrando os passageiros que se submetem a viajar pelas estrada tortuosas do nosso Rio Grande do Norte no período noturno. Semana passada passei por esta experiência dolorosa. A bordo do ônibus as pessoas estão sempre em pânico e a cada freada todos já acham que é uma tentativa de assalto. Óbvio que ninguém dorme, né, somente rezam, os que acreditam na fé, e os outros ficam à espreita esperando o pior acontecer. As empresas de ônibus inclusive já estão vendo a possibilidade de na hora de vender as passagens perguntar ao cliente se ele prefere a viagem com emoção ou sem emoção. Se for com emoção, compra a passagem para viajar à noite, se for sem emoção compra para viajar durante o dia... e assim a gente liga a TV e vê um país e um Estado lindo de se acreditar que existe. Em sonhos, só se for! * É a Broadway brasileira fazendo bonito. Tão concorrido quanto os ingressos para a Copa do Mundo no Brasil estão os ingressos para assistir o musical “Cazuza, pro dia nascer feliz”, em cartaz no Teatro Net, no Rio de Janeiro. Quem foi e viu disse que é incrível, tão incrível quanto o musical de Tim Maia, que foi produzido pela mesma equipe. Os interessados em adquirir os tickets estão tendo que madrugar à espera da abertura de compra dos mesmos no site da empresa Ingressorapido.com, caso contrário ficam a ver navios. Eu já garanti o meu na primeira fila, e lá estarei no final deste mês rendendo homenagem ao nosso poeta Cazuza. A ordem é ser feliz agora. * Desde sempre ele é inteligente, criativo,dinâmico! Hiperativo e de uma capacidade única de criar, (e criar com qualidade diga-se de passagem), seu destino não tinha como ser diferente: tornou-se publicitário e hoje faz bonito à frente de sua Alfa e Ômega Publicidade. Estou falando de Christian Sidarta,publicitário,professor,diretor de rádio AM e mais um monte de coisas. Um talento.Faz porque conhece as raízes da situação e com efeito sempre joga no mercado campanhas criativas de grande repercussão. Destaque atual para a recente campanha do Colégio e Curso Convesti. Bonito de se ver. Nós que já tivemos a honra de tê-lo nos quadros do CCAA como funcionário, depois de ter sido aluno por muito tempo, torcemos e parabenizamos Sidarta pela sua criativa e incrível trajetória de vida. Que pessoa bacana, honesta e sincera que ele é. De dez! * E os apresentadores Dayvid Almeida e Luana Góis (ex-apresentadora do Entre no Clima, da TCM) estão com um projeto novinho no forno que, dando certo, promete ser a grande surpresa para nossa TV em 2014. Se depender do talento e do carisma dos dois já sei que será mais um campeão de audiência. * Élder Heronildes e Zélia Macedo.Um casal modelo.Uma linda história de vida,de humanização, de postura, de ética e de sofisticação.Ele um intelectual,um nobre que muito nos honra pela sua trajetória de vida. Um lord, sim,senhor.Ela dispensa comentários. Uma diva! Nós somos fãs e agradecemos pela convivência, pelo carinho e atenção a nossa família sempre disponibilizados pelo casal. É um aprendizado constante estar com eles. Élder Heronildes da Silva é hoje presidente da Academia Mossoroense de Letras (AMOL) e é também membro da Academia Norte-rio-grandense de Letras (ANL) e foi reitor da Uern no período de 1975 a 1981, representando um verdadeiro embaixador da cultura potiguar. E no último dia 29, numa homenagem mais que justa, o querido amigo foi homenageado pela Academia Maçônica de Letras do Rio Grande do Norte pelos seus 80 anos. Parabéns, embaixador da cultura de Mossoró. A cultura ama você.

IMPRESSIONA O que foi bacana THE VOICE BRASIL Sam Alves e a paulista Marcela Bueno,vozes que ecoam Foi de arrepiar. Um duelo onde ninguém saiu perdendo. A apresentação do cearense Sam Alves e da paulista Marcela Bueno no ‘The Voice Brasil’, do dia 8 deste mês, recebeu elogios até da cantora norteamericana Christina Perri... A intérprete original de “A thousand years”, música que Sam e Marcela cantaram, exaltou a dupla brasileira pelo Twitter e disse que aquela era a sua versão favorita da canção, que faz parte da trilha do filme “Crepúsculo”. O programa teve mais de 144 mil menções no Twitter nesse mesmo dia 8. Com isso, emplacou 18 “trending topics” no Brasil e sete entre internautas de todo o mundo. O QUE ENCHE O SACO So desgraça em horário nobre... Vejam só a escalada de um dos jornais da nossa TV esta semana: “Padrasto e mãe são suspeitos de matar filho; operação no conjunto da Maré prende 25 pessoas; chuvas deixam cidades em situação de emergência; auditor suspeito de fraude em SP diz que pagava mesada a Antônio Donato; STF julga novos recursos dos réus do mensalão; vídeo mostra ladrões roubando carro em Curitiba; super tufão Filipinas - número oficial de mortos sobe para 2.275; ANS suspende venda de 150 planos de saúde; ONU aponta aumento de homicídios na América Latina e no Caribe...”. Depois de ouvir essa derrocada de notícias ruins, sabem o que fiz? Simplesmente desliguei a TV e fui brincar com meus filhos. É muita desgraça para ver de uma vez só!

NADA ABALA A CONFIANÇA DE QUEM FAZ PARTE DO CCAA Para a nova mídia de 2014 do CCAA,sabemos que a campanha será estrelada por mais uma celebridade internacional, dando continuidade ao sucesso das campanhas com Arnold Schwarzenegger,Bruce Willis,Megan e Mike e mais recentemente Samuel Lee Jackson. Porém, só no dia 10 de dezembro é que nós franqueados do CCAA saberemos quem vai ser o astro de mais uma extraordinária campanha desta escola de idiomas que não economiza quando o assunto é encantar seus alunos com uma metodologia eficaz, com professores treinados e reciclados e com um material de ponta produzido pela própria empresa, mas também não economiza quando se trata de zelar pela sua imagem com produtos de mídia de altíssima qualidade para divulgar sua marca. Nós franqueados temos orgulho de pertencer a esse rede que, a olhos vistos, se destaca cada ano mais no cenário nacional de escola de idiomas. Sobre o astro, as apostas são muitas: uns acham que é Tom Cruise, outros juram de pé junto que será Tom Hanks. Bom, seja lá quem for, jamais fará o mesmo sucesso aqui no Brasil que essa marca extremamente solidificada que é a marca CCAA. Top! É O CEARÁ NAS MÍDIAS SOCIAIS, SIM, SENHOR... Começa este mês,nas redes sociais,uma série de ações com objetivo de enaltecer as belezas do nosso vizinho e querido Ceará e divulgar as peculiaridades de seu povo e sua cultura.Estão previstos a divulgação do ‘Dicionário de Cearês’,minivídeos com depoimentos de cearenses famosos, como o cantor Falcão, infográfico sobre “Anatomia Cearense”; homenagens a personalidades históricas do Ceará (José de Alencar, Chico Anysio, Rachel de Queiroz). Entre os termos do dicionário, estão “botar boneco” (reclamar, encher o saco), “estribado” (rico) e “rebolar no mato” (jogar no lixo). A anatomia cearense é um capítulo à parte com quengo, zói, beiço e por aí vai. BOTANDO BONECO. CHICLETE COM BANANA E JORGE & MATEUS EM MOSSORÓ, DIA 12 DE DEZEMBRO Eu já sabia... mas Tácio Garcia, o mentor de tudo, não queria abrir o jogo. Agora não tem como fugir da raia: Chiclete com Banana e Jorge & Mateus estremecem o Estádio Nogueirão com um show que promete ser memorável e já está sendo chamado de o maior encontro de todos os tempos. Nesse evento eu não tenho dúvidas que vão faltar senhas para quem não garantir logo a sua. Além das atrações, uma estrutura de organização jamais vista em Mossoró será levantada para a festa. O evento acontecerá na véspera do feriado de Santa Luzia, padroeira da nossa cidade, a partir das 22h. Outras informações podem ser adquiridas através da central de atendimento.Só não vai que já morreu!!! A COISA NÃO ESTÁ FÁCIL MESMO Veja como anda de quinta categoria o serviço de bordo em algumas empresas aéreas de nosso País. Li recentemente que em um voo, da Azul Linhas áereas, de Campinas, com destino ao Rio, as aeromoças serviram pacotes de batata frita fora da validade. Este pacote, segundo confirmado,estava vencido há seis meses.Que situação... CTRL C, CTRL V O que é bom a gente copia e cola. Essa eu capturei da coluna Gente de Fato, de Marilene Paiva, do nosso coirmão Jornal de Fato. "É Top . Recém-chegado de uma convenção em João Pessoa, na nossa vizinha Paraíba, o amigo Carlos Araújo contabiliza mais uma vitória na sua escola de idiomas. Simples assim, depois de receber por uma semana uma consultoria e auditoria do franqueador WLE ( CCAA RIO) o bacana recebeu a nota de 8.9 na avaliação geral, uma das maiores notas das escolas auditadas este ano pela rede. A nota não foi maior porque o quesito inadimplência depôs contra. Paciência. É a famosa inadimplência ainda atrapalhando e muito as nossas escolas particulares. Nós que somos fãs e torcemos pela escola dos queridos Carlos e Vivi , parabenizamos e desejamos um excelente período de matrículas para 2014.As matrículas já estão abertas na sede do CCAA Mossoró e no Colégio Diocesano, no Diocesano idiomas”.


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Cidades

GARIBALDI FILHO Editora: Kalidja Sibéria cidades@gazetadooeste.com.br

Ministro entregará nova agência da Previdência Social

Ruídos na escola podem comprometer

REGULARIZAÇÃO 4

Rio Grande do Norte lançará Cadastro Ambiental Rural 5 FOTOS: WALLACY MEDEIROS

AUDIÇÃO

Resultados de pesquisa mostram que de 70 crianças avaliadas, 24,28% tinham alterações auditivas

comum haver muito barulho nos locais onde há muitas crianças. Também é comum, ao se analisar mais detalhadamente esses ambientes, verificar que o excesso de ruído pode causar prejuízo à saúde e ao aprendizado delas. "A criança é prejudicada por causa do ambiente auditivo muito hostil". A afirmação é da professora do Departamento de Fonoaudiologia (DEPFONO) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Joseli Soares Brazorotto, e diz respeito aos vários ambientes em que é exposta, particularmente, ao ambiente escolar. Para tentar identificar problemas que atingem as crianças em fase escolar, o DEPFONO colocou em prática uma pesquisa denominada Programa de Saúde Auditiva do Escolar: etapa de identificação, diagnóstico e acompanhamento, coordenado pela professora Sheila Andreoli Balen. Segundo ela, como não há um procedimento padrão a ser aplicado em todo o Brasil, o projeto também objetiva criar um protocolo eficaz e de fácil aplicação para tal finalidade. Para tanto, a equipe desenvolveu e está testando o Sistema de Triagem Auditiva em Crianças (SISTAC), um pro-

É

grama desenvolvido para iPad,que permite uma avalia- Programa de Saúde Auditiva é desenvolvido junto à Escola Municipal Juvenal Lamartine, em Natal ção mais rápida e com baixo custo. Em geral, os testes de audição são realizados por meio de audiômetro, equipamento que pode custar até R$ e seus amigos. Bolota precisa recolher pedaços de sua ar20 mil a unidade, o que, segundo os pesquisadores, torna in- madura para poder andar no subsolo. Antes de o tatu seviável disponibilizar para cada escola ou grupo de pesquisa. guir seu destino, o sistema emite pequenos sons, em difeO professor Selan Rodrigues dos Santos, do Departa- rentes frequências, para que a criança identifique a premento de Informática e Matemática Aplicada (DIMAP), sença ou ausência deles. Desta forma, todos os comandos coordenador da equipe que desenvolveu o Sistac, diz que são ativados por ela, tornando o procedimento divertido pretende adaptar a plataforma para que funcione em qual- e mais parecido com um jogo, com uma brincadeira. Ao quer tablet e não só no iPad. Segundo explicou, se o pro- iniciar o procedimento, o pai do Bolota aparece na tela e grama mostrar que é tão eficaz quanto o audiômetro, os conversa com a criança, explicando como tudo vai funcionar. Ao final, dois tatus aparecem e a escolha é feita custos serão reduzidos. quanto à escuta do som: se ouviu alguma coisa o aluno aperta no tatu que faz gesto afirmativo com a cabeça, se SISTAC O aplicativo desenvolvido pela equipe de pesquisado- não ouviu, toca no que faz gesto negativo. res, o Sistac, permite uma avaliação audiológica nas crianças da Escola Juvenal Lamartine de forma lúdica e interativa. Durante o exame, o aplicativo em forma de vídeo conta a história de um tatu chamado Bolota, sua família

Projeto oferece atendimento junto à rede municipal ser tratada facilmente, se detectado de forma precoce. Para a professora do DEPFONO Joseli Brazorotto, os altos níveis de ruído no ambiente escolar podem causar danos muitas vezes irreversíveis. "Mesmo que a exposição seja temporária já causa prejuízo para a aquisição da linguagem da criança, porque por um período, mesmo que seja curto, ela não vai ouvir", diz. Além dos riscos para perda de audição, o ruído pode causar prejuízo na fala e na aprendizagem. A triagem é aplicada em crianças assintomáticas e feita de forma a identificar as perdas leves ou moderadas, pois são mais difíceis de detectar. Teoricamente, as severas e profundas são identificadas mais rapidamente devido aos sintomas serem mais visíveis - como falta de atenção e de resposta a estímulos básicos,como responder quando chamado pelo nome. Todos os alunos avaliados são encaminhados para tratamento adequado com profissionais de Fonoaudiologia e Otorrinolaringologia, de acordo com a necessidade verificada. Além da avaliação audiológica realizada nas crianças, a equipe também analisa as condições ambientais e os níveis de barulho presente dentro das salas de aula. A estrutura e localização da escola podem contribuir para o aumento do nível de ruído interno, interferindo na atenção e na aprendizagem, além de prejudicar a audição dos alunos e a voz dos professores. A professora Joseli Brazorotto explica que todos os fatores ruidosos acarretam um Alunos avaliados são efeito cascata que foge ao controle. O ambiente desfavorável acusticamente leva o aluencaminhados para no ao stress e a não prestar atenção, e leva o tratamento com profissionais professor a falar mais alto pra se fazer escude Fonoaudiologia e tar, o que pode gerar problemas com a voz. Otorrinolaringologia

Desenvolvido junto à Escola Municipal Juvenal Lamartine, em Natal, o Programa de Saúde Auditiva do Escolar: etapa de identificação, diagnóstico e acompanhamento, avalia a acuidade auditiva das crianças desde 2011, quando passou a funcionar como polo de pesquisa e aplicação de diferentes procedimentos, num mesmo grupo de alunos, para testar os que são mais eficazes. "O intuito é desenvolver um procedimento de triagem auditiva para o escolar que possa se adequar ao programa Saúde do Escolar, proposto pelo Ministério da Saúde em parceria com o Ministério da Educação", diz a professora Sheila Andreoli Balen. Para que o Sistac seja considerado eficaz, o projeto precisa aplicar outros tipos de sistemas de triagem auditiva, de modo que possa comparar os resultados obtidos nos procedimentos convencionais com os do novo sistema. Durante a avaliação são aplicados, além do Sistac, os seguintes protocolos: Emissões Otoacústicas, Audiometria Pediátrica, Questionário, Imitância Acústica, Audiometria Tonal e Logoaudiometria. Os resultados obtidos no ano passado mostram que das 70 crianças avaliadas na escola, 24,28% apresentaram alterações auditivas. O percentual é quase o dobro da média dos estudos nacionais, que é de 14%. Segundo a professora Sheila Andreoli, a maior parte das alterações registradas são decorrentes de infecção no ouvido, o que poderia

INTERDISCIPLINARIDADE A diversidade de abordagens do projeto Programa de Saúde Auditiva do Escolar implica num trabalho coletivo que conta com o trabalho e colaboração de pesquisadores e alunos de diversas áreas. A parceria para desenvolvimento das atividades envolve o DEPFONO, Dimap, Programa de Pós-

Programa de Saúde Auditiva é desenvolvido junto à Escola Municipal Juvenal Lamartine, em Natal

Graduação em Sistema e Computação (PPGSC), Instituto do Cérebro (ICe) e Departamento de Artes (DEART). Tudo começa com a análise socioeconômica.Para compreender melhor a realidade das crianças e das famílias que participam do projeto,a equipe aplica um questionário junto aos pais, onde obtêm informações que vão desde a renda familiar até a percepção ou não de que a criança apresenta dificuldades auditivas. Os pais também preenchem uma ficha e assinam um termo de consentimento, autorizando os filhos a fazerem os testes. Após o consentimento dos pais, o primeiro exame realizado nas crianças é a otoscopia. No projeto, a responsável por realizar esse procedimento é a estudante do 8º período de Medicina Acynelly Dafne da Silva Nunes. A função desse exame é verificar o conduto auditivo, avaliando a integridade da membrana e perviabilidade do canal auditivo. "Hoje, a gente viu uma criança com um corpo estranho no ouvido. Isso não é coisa que geralmente chega no hospital pra gente ver, porque isso é resolvido em outros níveis. Então é sempre uma experiência nova", conclui a estudante. Acynelly Nunes diz que a experiência de participar do projeto é muito especial e gratificante, pois além de contribuir com as pesquisas através do atendimento às crianças, ela pode crescer em sua formação. "Hoje é muito importante essa questão da interdisciplinaridade,das diferentes profissões saberem conviver entre si e cada um respeitar o seu espaço e as suas competências. Todo mundo se unir pra fazer o seu melhor e ajudar o paciente", afirma.


2 Gazeta do Oeste

Alto-Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Sociais DIRETRIZES DE SEGURANÇA "Sede pacientes; a paciência também é uma caridade, e deveis praticar a lei de caridade ensinada pelo Cristo, enviado de Deus". Allan Kardec - O Evangelho Segundo o Espiritismo - Um Espírito Amigo

Soraya Vieira sorayavieira@altoestenet.com.br

WWW.SORAYAVIEIRA.COM.BR

A VIDA CONTA...

ECOS DA SEMANA • "A antiga pura Maçonaria consiste de três graus e somente três, isto é, Aprendiz, Companheiro e Mestre, incluindo o Sagrado Real Arco [...]." Este é o início do segundo artigo do Tratado de União, em 1813, entre as duas Grandes Lojas rivais inglesas. Historicamente equivocado e matematicamente inexato.

Ofensores À frente do dia a dia, Não olvides, alma boa, Se alguém te fere, perdoa, Nas lutas que vêm e vão; Resguarda-te em paz no mundo, Ofensa, às vezes, na vida, Vem da lágrima escondida, Sob a forma de agressão. Nas áreas do pensamento, Sem queixas e sem consultas, Existem dores ocultas, Estradas que ninguém vê; Vemos certos ofensores Que espalham pedras em bando Trazendo o peito sangrando... Só eles sabem por que...

Maçons de Pau dos Ferros e Mossoró na reunião do Real Arco em Manaus

• Aplausos para a Polícia Federal, que recolheu mais de 240 kg de droga que foi apreendida em Mossoró. Menos maconha na cidade e região.

NOTÍCIAS DO TWITTER

Esse carrega consigo Enfermidade obscura, Outro guarda a desventura De uma afeição infeliz;

@Grupo de Teatro Clowns de Shakespeare faz apresentação na UFRN http://www.sistemas.ufrn.br/portal/PT/imprensa/boletim_diario/11540716#4 …

Outro deseja esquecer A rebeldia tenaz, Mas já não sabe o que faz E nem pondera o que diz. Outro surge em doce face, Por vezes é quem mais ama, Traz, por dentro, o peito em chamas, Embora disfarce a dor; A pessoa que te agride É sempre, quando reponte, Deserto pedindo fonte, Angústia esmolando amor.

@A importância de rever Jango é a importância de rever o Brasil, afirma filho do ex-presidente http://migre.me/gDf81.

Buquê de flores com cheirinho de felicidades para Jussara Figueiredo

@Sethas realiza reunião do Pronatec Brasil sem Miséria para 2014 http://www.rn.gov.br/imprensa/noticias/sethas-realizareuniao-do-pronatec-brasil-sem-miseria-para-2014/17164/ … @Medicamento em casa contra o câncer começa a valer em 180 dias http://ow.ly/qPmWp

AGENDA CIDADÃ

Também nós, além do mundo Buscando as Luzes Supremas, Atravessamos problemas, Exames de amor e paz; Alma querida, o ofensor, Nas sendas de cada dia, É um teste que Deus te envia Para saber como estás. Maria Dolores

• Reunião Anual das Comanderias Templárias do Brasil e Reunião Anual do Supremo Grande Conselho de Maçons Crípticos do Brasil Reunião Anual do Supremo Grande Capítulo de Maçons do Real Arco do Brasil. Tem encerramento hoje em Manaus onde reuniu maçons do mundo inteiro.

Mossoró Show de Chiclete com Banana e Jorge & Mateus Dia 12 dezembro Além das bandas Solteirões do Forró, Soanata e o cantor André Luvi A saúde em primeiro lugar e elas estão super aplicadas


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Natal Rodrigo Loureiro rodrigo_sloureiro@hotmail.com twitter: @loureirorn site: www.rodrigoloureiro.com.br

Sociais PARA ZÉLIA, TUDO... Sabe aquelas pessoas que a convivência as deixam cada dia mais especial? Zélia Pinheiro é assim. Conhecemos Zélia nos eventos de Chrystian de Saboya e aos poucos fomos conhecendo a magia do seu coração, fomos conhecendo que toda a beleza que existe por fora, desde quando reinou nas passarelas chegando a ser Miss Rio Grande do Norte, é maior ainda por dentro. Definir Zélia é impossível, mas a coluna conseguiu, sim, expressar aqui como ela é especial e como é bom poder conviver, sempre, com Zélia Pinheiro. E a bacana completou idade nova na quarta-feira, 13, e recebeu festa surpresa no apartamento do colega Chrystian de Saboya. Com direito até a flores do apresentador Salatiel de Souza, que Zélia não perde um só programa. Claro que a coluna de hoje é toda dela. Viva Zélia Pinheiro!!! FOTOS: RODRIGO LOUREIRO

Zélia Pinheiro com os coleguinhas Hilneth Coreia e Chrystian de Saboya

Agora Zélia faz pose com a amiga Cleuze Fiúza, que a coluna quer bem

Zélia Pinheiro recebe Vilaine e Vileide Gadelha. E Vilneide e Terezinha?

Zélia com a amiga, irmã, cúmplice e querida da coluna, Vânia Leite

A aniversariante recebendo o abraço e o carinho de Lilia Almeida

Socorro Ferreira e Chrystian de Saboya com a juíza Sandra Elali

Zélia feliz da vida recebendo flores e o carinho de Salatiel de Souza

Zélia Pinheiro é recheio para a filhota Rosane e para Andrea Moura

Sempre elegante, Violeta Maia faz pose com a querida Maninha Dias

A irmã Lélia Castro e o jornalista Diego Begrellos com Zélia Pinheiro

Solange Lira, Zélia Pinheiro e Socorro Ferreira no festão animado

Têca Melo, Ana Zélia Maia e Regina Dantas, trio animado e muito


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Sociais Gente de Umarizal

“ ”

A sublimidade é difícil.

CESIMAR OLIVEIRA cesimardeoliveira@yahoo.com.br cesimaroliveira@bol.com.br gentedeumarizal.blogspot.com

Prefeito de Umarizal, Carlindson Onofre, recepcionará a população umarizalense no período de 23 a 27 do mês em curso, por ocasião das festividades alusivas aos 55 anos de emancipação política

CEDIDA

do município, com diversificada programação elaborada pela Secretaria Municipal de Cultura

24 DE NOVEMBRO (DOMINGO) 8 horas - Corrida de jegue; 9 horas - Corrida de bicicleta; 10 horas - Gincana de motos; 14 horas - Corrida de motocross (próximo ao Loteamento Divinópolis); 20 horas - Apresentação cultural no palco Trabalhando pelo Desenvolvimento (danças); 22 horas - Música ao vivo com o quarteto Sílvio Abrantes, Naninho dos Teclados, Natália Maia e Léo do Acordeo).

26 DE NOVEMBRO (TERÇA-FEIRA) 19 horas - Culto ecumênico; 21 horas - Apresentação cultural: Miss Umarizal com faixa etária de 14 a 18 anos; 22 horas - Música ao vivo com Fabiano Show; 27 DE NOVEMBRO (QUARTA-FEIRA) 6 horas - Cavalgada; 8 horas - Maratona; 10 horas - Missa solene na Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus; 20 horas - Entrega de premiações; 22 horas - Pronunciamento de encerramento do prefeito Carlindson Onofre; 23 horas - Festa dançante com André Luvi e Forró da Galera.

Ministro Garibaldi Filho entregará nova agência da Previdência Social no RN AGÊNCIA BRASIL

O

denciários, além de ocasionar um grande desafogo da demanda de atendimento da unidade Natal-Norte".

Ministro Garibaldi Filho entregará a unidade à população de Extremoz amanhã, 18

doras de deficiência, possuem duas salas para realização de perícia médica, quatro guichês de atendimento em um ambiente totalmente climatizado, com capacidade para atender 600 segurados/mês. Com uma área construída de 330 m2, a Agência da Previdência Social Extremoz será responsável pela manutenção de 3.249 bene-

23 DE NOVEMBRO (SÁBADO) 19 horas - Abertura oficial (pronunciamento do prefeito e autoridades presentes); 20 horas - Apresentação cultura: A Mais Bela Voz, no palco Trabalhando para o Desenvolvimento; 22 horas - Música ao vivo com Alexsandro bandeira.

25 DE NOVEMBRO (SEGUNDA-FEIRA) 17 horas - Palestra sobre a não violência contra a mulher pela delegada da Polícia Civil, Liane; 19 horas - Abertura da programação do Selo Unicef; 19h30 - Palestra com a coordenadora do Selo Unicef do RN; 20 horas - Concurso do Bebê com faixa etária de até 2 anos; 22 horas - Música ao vivo com Pilim e Refional.

DETALHES Serão montados estandes das secretarias municipais, todas as noites, para apresentação das atividades/trabalhos desenvolvidos pelas mesmas. Todas as noites haverá a I Feira Municipal do Empreendedor com vendas de bebidas, comidas, artesanatos, etc.

s moradores de Extremoz, município localizado na Região Metropolitana de Natal,passarão a contar com os serviços e benefícios oferecidos pela Previdência Social. O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, inaugura a Agência da Previdência Social Extremoz, amanhã,18 de novembro.A solenidade, prevista para as 16h, contará com as presenças do prefeito de Extremoz, Klauss Rego; presidente do INSS, Lindolfo Sales; superintendente regional do INSS/Nordeste, João Maria Lopes; gerentes executivos do INSS no RN, Dione Regalado (Natal) e Francisco Osimar (Mossoró), deputados federais, estaduais, vereadores e demais autoridades da região. A unidade,localizada na Rua Comandante Didier Viana,s/n,beneficiará uma população de 26.677 mil pessoas, residentes em Extremoz, que não precisarão mais se deslocar 22 km até a Agência da Previdência Social Natal-Norte em busca do atendimento. As instalações da Agência da Previdência Social Extremoz seguem as normas de acessibilidade para facilitar a locomoção de pessoas porta-

55 ANOS A Secretaria Municipal de Cultura preparou vasta programação para ser desenvolvida no período de 23 a 27 de novembro, em comemoração aos 55 anos de emancipação política de Umarizal. A prefeitura vem dando total apoio ao evento que será realizado no Largo Ahirton de Sousa Martins - Praça Carlos Humberto de Souza.

fícios e fará circular todos os meses na economia do município R$ 2 milhões.Para Dione Regalado, gerente executiva do INSS/Natal, "a presença da Previdência Social em Extremoz vai facilitar a vida dos trabalhadores que atuam no polo industrial da cidade, proporcionando mais conforto quando precisarem usufruir dos benefícios e serviços previ-

RECURSOS O papel socioeconômico desempenhado pela Previdência Social nas pequenas e médias cidades brasileiras é fundamental para o funcionamento do comércio e indústrias regionais. O aquecimento das transações comerciais coincide com o período de pagamento de benefícios do INSS, que ocorre entre os últimos cinco dias úteis e os primeiros cinco dias úteis de cada mês. Atualmente a Previdência Social paga, em todo o País,mais de R$ 30 milhões em benefícios, rigorosamente em dia. Apenas no Rio Grande do Norte, foram pagos aos aposentados e pensionistas na folha de outubro, R$ 361,5 milhões; enquanto os servidores estaduais receberam no mesmo período R$ 297 milhões. Ainda este ano, além da Agência da Previdência Social em Extremoz, estão previstas a abertura de unidades nos municípios de Monte Alegre e Macaíba,o que ampliará para 16 o número de agências vinculadas a Gerência-Executiva do INSS/Natal.

Assentamentos do Crédito Fundiário são beneficiados com Plano de Manejo Ambiental Com o objetivo de beneficiar os projetos do Programa Nacional do Crédito Fundiário (PNCF) no Estado do RN, o Serviço Florestal Brasileiro (SFB) está desenvolvendo ações de fomento ao Manejo Florestal Sustentável da Caatinga nos municípios de Florânia, Jucurutu,Janduis e Caraúbas. Por meio de chamadas públicas,o Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal (FNDF) selecionou alguns projetos do PNCF do Estado, de responsabilidade da Secretaria de Estado de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (SEARA), para serem favorecidos com a implantação de Planos de Manejo Ambiental. Os projetos estão localizados nos municípios citados acima. São eles: Assentamento do Sítio Barrocas, Ass.do Sítio Bentos,Ass.do Sítio Capim, Ass. do Livramento 1 e 2, Ass. do Sítio Marias Preta, Ass. do Sítio Riacho dos Bois, Ass. do Sítio Pau D'arco, Ass. do Sítio Santa Adélia, Ass. do Saco Grande, Ass. Santa Clara e Ass. São José. A empresa contratada (CCT FLORESTAL) para realizar os trabalhos, irá executar atividades, em parceria com a Seara e o SFB, de elaboração de Pla-

nos de Manejo Florestal, Planos de Negócios e prestação de assistência técnica e extensão rural, com ênfase em atividades florestais para agricultores familiares do PNCF com potencial para o manejo florestal comunitário. Algumas etapas do trabalho já vêm sendo realizadas, tais como o Relatório Rural Participativo, Roteiro Metodológico das Oficinas de Sensibilização, Plano de Assistência Técnica, além de outras atividades.

BENEFICIADOS Assentamento do Sítio Barrocas, Ass. do Sítio Bentos, Ass. do Sítio Capim, Ass. do Livramento 1 e 2,Ass.do Sítio Marias Preta, Ass. do Sítio Riacho dos Bois, Ass.do Sítio Pau D'arco, Ass. do Sítio Santa Adélia, Ass. do Saco Grande, Ass. Santa Clara e Ass. São José.


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Cidades Rio Grande do Norte lançará amanhã Cadastro Ambiental Rural CÉLIO DUARTE

O

Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA), realizará amanhã, 18, solenidade de lançamento do Cadastro Ambiental Rural (CAR),ferramenta que visa cadastrar os imóveis rurais do RN. O evento será realizado no auditório do Idema, às 14 horas, e contará com a presença dos gestores da Semarh, Idema, Incra, Emparn, Emater, Seara, Sape, Serviço Florestal Brasileiro, Ibama, entre outras entidades, além do secretário de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do MMA, Paulo Guilherme Francisco Cabral. O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um instrumento do Ministério do Meio Ambiente que pretende cadastrar mais de 5,2 milhões de imóveis rurais em todo o Brasil. Para o produtor, os benefícios da regularização são a comprovação de regularidade ambiental, segurança jurídica para produtores rurais, acesso a crédito, acesso aos programas de regularização ambiental e instrumento para planejamento do imóvel rural. Para o Governo Federal, representa a consolidação de informações ambientais do território nacional. O CAR foi instituído pela Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012,e regulamentado pelo Decreto nº 7.830, de 17 de outubro de 2012 (Nova Lei Florestal), e é obrigatório para todos os imóveis rurais. O cadastro será feito via internet, por meio do Sistema de Cadastro Ambiental Rural (Si-

Turismo, Cultura e Lazer Liszt Madruga lisztmadruga@hotmail.com

CEDIDA

Henrique e Rosalba discutem reabertura do aeroporto de Caicó

Para o produtor, entre os benefícios da regularização está a comprovação de regularidade ambiental

CAR) ou nos órgãos estaduais e municipais de meio ambiente. O prazo de adesão será de apenas um ano, renovável por outro, a contar da data de publicação de lançamento do CAR. Ao todo, 27 unidades da federação já aderiram ao CAR. Por meio da parceria com o Ministério do Meio Ambiente,o Rio Grande do Norte receberá apoio técnico para regularização dos imóveis rurais e imagens via satélite em alta resolução. Durante o cadastro, o produtor deverá indicar localização georreferenciada da propriedade, perímetro, áreas de vegetação nativa, Áreas de Preservação Permanente (APP),de Reserva Legal (RL), e de uso restrito. A partir daí, o CAR irá operar como uma base de dados com integração de in-

formações ambientais das propriedades e posses rurais, com diversas aplicações, seja para o controle e monitoramento do desmatamento, como para planejamento ambiental e econômico dos imóveis. O Cadastro Ambiental Rural será gerido de forma compartilhada pelo Idema, Incra, Seara e Emater, em uma soma de esforços que possa garantir maior agilidade no cadastramento das propriedades rurais. De acordo com a coordenadora do setor florestal do Idema,Adriana Alvarenga, o compartilhamento da gestão do CAR visa garantir maior suporte técnico ao cadastro. "A comunhão de esforços irá proporcionar maior efetividade ao cadastramento das propriedades rurais", analisa.

AEROPORTO DE CAICÓ O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, assegurou que a Aeronáutica dará uma resposta ao pleito da governadora Rosalba Ciarlini sobre a reabertura do aeroporto de Caicó. Segundo a governadora, todas as exigências feitas pelos órgãos da Aeronáutica e da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) foram cumpridas, mas a homologação continua emperrada na burocracia. AEROPORTO DE CAICÓ II Henrique Eduardo Alves conversou com o brigadeiro Rui Mesquita, da Assessoria Parlamentar da Aeronáutica, sobre o impasse. O brigadeiro prometeu uma resposta ao presidente da Câmara até o final deste mês. "Não podemos perder um investimento de R$ 2 milhões", argumentou Henrique, reforçando os gastos com sinalização, reforma e ampliação da pista e do terminal de passageiros,além da remoção de obstáculos. AEROPORTO DE CAICÓ III Rosalba ressaltou que, dois anos após a conclusão da obra, empresários e investidores na região do Seridó, principalmente no turismo e na mineração, estão pousando em Currais Novos e até em Patos na Paraíba, por falta de autorização para pousos e decolagens em Caicó. O presidente da Câmara e a governadora conversaram sobre a reforma do aeroporto de Mossoró,que está ameaçado de fechar, enquanto um projeto definitivo para a região não sai do papel. RENOVANDO A ILUMINAÇÃO O projeto de urbanização da Orla de Natal entra em uma nova fase,a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos,em parceria com a Semopi, iniciou a remoção da rede de iluminação pública da Avenida. Praia do Forte e Santos Reis. A retirada dos postes será feita por etapas.O primeiro trecho começa na Fortaleza dos Reis Magos (importante "point" turístico de Natal) e vai até as proximidades da estátua de Iemanjá. NOVA ENTIDADE Prevista para o próximo dia 22, no auditório da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), o encontro de jornalista esportivos do País, para a fundação da Associação dos Cronistas Esportivos do Brasil (ACEB). O ato será um momento histórico para os confrades da crônica esportiva. A ACEB tem o apoio do presidente da CBF, José Maria Marin. Consensualmente foi escolhido Eraldo Leite para presidir a ACEB, com mandato de quatro anos e direito a uma reeleição. Do RN seguem Walfram Valentim e Liszt Madruga, presidente e diretor secretário da Acern. OLIMPÍADAS CIENTÍFICAS O CEI Mirassol, dirigido pela em-

presária Maria Célia Andrade, vem se destacando durante o ano de 2013, nas Olimpíadas Científicas. Foram mais de seis participações em Olimpíadas, tal como a Olimpíada Brasileira de Matemática; Química; Física; Astronomia e Astronáutica, com a participação de cerca de 40 alunos e muitas conquistas. A última vitória foi da aluna Caroline Déharbe,que conquistou medalha de bronze na Olimpíada Brasileira de Astronomia e prata na Olimpíada Brasileira de Informática (OBI), colocando o CEI no podium pelo segundo ano consecutivo na OBI. OLIMPÍADAS CIENTÍFICAS II A Olimpíada Brasileira de Informática é organizada pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e tem como objetivo despertar nos alunos o interesse por uma ciência importante na formação básica. Diante dessa demanda, o método de ensino do CEI Mirassol que busca aguçar o ensino de maneira interdisciplinar dos temas, ensinando o aluno a pensar, tem auxiliado nas competições e conquistado várias medalhas. JORNALISMO E CULTURA O Centro de Ciências Humanas,Letras e Artes (CCHLA) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN promove o seminário "Jornalismo, Cultura e Sociedade: visões do Brasil contemporâneo". O evento acontece entre os dias 28 e 29 deste mês, no Auditório da Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM). Mais informações: http://procadnovasfronteiras.wordpress.com/inscricao/. A programação completa do seminário está disponível em: http://procadnovasfronteiras.wordpress.com/programacao/. FESTA NO THERMAS No próximo dia 21, o Thermas Hotel e Resort de Mossoró promoverá evento especialmente organizado para apresentar as conquistas e novidades do hotel para convidados, imprensa e clientes. Três assuntos serão abordados: o formato do tradicional réveillon do Thermas,o sucesso da parceria entre o hotel e a grife gastronômica Pinga-Fogo e o lançamento em Mossoró do rótulo chileno "Famiglia Canessa", composta por 5 vinhos produzidos pela vinícola chilena Viña Ralco. AVIANCA FOCA NATAL Circulando nas aeronaves da empresa Avianca a "Avianca em Revista", publicação deste mês com ampla matéria sobre o destino Natal com o título "Sol, Praia e Diversão em Natal". São quatro páginas, com chamada na capa, sendo a central dupla com foto das praias do Forte e do Meio, Ponta Negra mostrandoainda a Fortaleza dosReis Magos e outras paisagens da cidade,além de indicação onde ficar, restaurantes e passeios. AVIANCA FOCA NATAL II O edito "Avianca em Revista" tem tiragem de 30 mil exemplares e atinge um público, segundo a companhia, de 500 mil pessoas por mês como passageiros de suas rotas aéreas no País. Para o secretário de Turismo de Natal, Fernando Bezerril esta iniciativa na ação para divulgar a cidade, não teve nenhum custo financeiro. "É mais um canal de divulgação que conquistamos". A matéria e as fotos são de autoria de Canindé Soares contou com a colaboração da assessoria de imprensa da Secretaria de Turismo


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Cidade Interativa Cartão-Postal

CEDIDA

Um paraíso chamado Galinhos, um dos lugares mais paradisíacos do RN

AG: L&T

MATRÍCULAS A Secretaria de Estado da Educação se prepara para abrir o período de solicitação de matrículas na próxima segundafeira, 18, alertando aos pais e alunos para as novidades do processo este ano. Entre as principais mudanças está a necessidade do aluno apresentar o número do CPF na hora de solicitar a matrícula. Em 2012, o documento não era exigido. Para facilitar o acesso dos estudantes ao documento, a Educação fez parceria com a Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUC), formando equipes distribuídas em todas as regiões do Estado, para cadastrar o CPF dos alunos diretamente na escola. Na maior parte do Rio Grande do Norte, esse processo já está sendo encerrado, mas em Natal o cronograma de cadastramento continua até o dia 2 de dezembro.

AG: L&T

Votos de felicidade para o casamento de Mario e Vanessa, que aconteceu no ultimo dia 14 de novembro.

Hoje os parabéns são para o Fotografo Alcivan Costa pelo seu aniversario.

CADASTRO Termina no dia 30 de novembro o prazo para os municípios solicitarem o recurso suplementar às crianças de até 48 meses, matriculadas em instituições de educação infantil, e beneficiárias do Programa Bolsa Família. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta os gestores que estejam atentos a esta data. É com base nos dados enviados pelas prefeituras que os recursos federais serão distribuídos para as instituições de educação cadastradas. Para garantir este repasse, o gestor municipal deve acessar o Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação (SIMEC) e cadastrar as crianças que se encaixam nos critérios estabelecidos pelo Governo Federal.

CÉLIO DUARTE

AG: L&T

Reunião Polo Serrano de Turismo a Prefeita Bernadete Rêgo, de Riacho da Cruz, os prefeitos Neto, Fabrício, Prefeito de São Miguel, Dario Vieira e Secretário Renato Fernades. AG: L&T

CÉLIO DUARTE

A pequena Isadora Téles abrilhantando a passarela no desfile da Bi&Bella

Ana Clara, Lúcia de Fátima e Laura, presente no desfile da Bi&Bella

AG: L&T

Semana de Gestão de negócios da UNP com as alunas do curso ciências contábeis Elaine, Flavia, Lenira, Amanda e Ana Carolina AG: L&T

AG: L&T

Secretárias de Administração Simara Dantas de Oliveira da Prefeitura Municipal de Gov Dix-Sept Rosado.

Estudantes Luana Fernandes e Cintia Sayonara junto com a Orientadora Jacqueline Veras de Mossoró

Treinos da Academia de Karatê Dragon Tiger equipe de karatê de SÃO MIGUEL.


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Expressão

ESCRAVO DA ARTE Editor: Mário Gerson mario.gerson@folha.com.br

A r te

Artista expõe obras na praia de Tremembé, no Ceará

&vida

DE PAI PARA FILHO

3

Poeta Airton Cilon prepara novos trabalhos artísticos e fala sobre como é viver da arte

FOTOS: WILSON MORENO

rtista plástico,poeta...um homem que vive de seu principal ofício: pintar. Numa casa do bairro Santo Antônio, o pincel desliza sobre a tela. Cilon prepara mais um quadro. Na porta de entrada, o portão de ferro o separa do mundo exterior, daquele que não é muito habitado pelo poeta, que uma vez na semana o vê em algum lugar, cantando e encantando com sua arte, arte que lhe dá a possibilidade do sonho, das suas publicações e da vida em si. O artista pinta. O pincel desliza sobre a tela.No pequeno e aconchegante lar,Airton Cilon também dedilha notas musicais em seu violão e escreve versos em um caderno, que lê, vez por outra, para algum visitante. A poesia também é sua parceira nas horas em que muitos dormem. "A arte sempre esteve comigo, no meu DNA... eu só não sabia, não havia ainda acordado para esta ou aquela arte. Sempre fui um observador das coisas ao meu redor. A paixão pelos desenhos, pela pintura foi herança de um tio materno já falecido. Ele pintava e desenhava muito bem. Eu ficava do lado, vendo-o desenhar, e, co-

A

Airton Cilon comenta sobre o ofício de ser poeta e artista plástico, ao mesmo tempo

Até o início dos anos noventa, ele só co, elaborando oficinas de artes plásticas desenhava, mas foi em 1993 que um pri- para iniciantes.Na Escola de Artes de Mosmo veio com uma proposta de comprar soró, que eu saiba não tem oficina de aros materiais necessários para Cilon pin- tes plásticas. Poderíamos ter também um tar telas."Ele se encarregaria de vendê-las. salão de artes plásticas em que todo ano artistas plásticos inscritos teFiz cinco telas, justamenriam seus trabalhos avaliate inspiradas nas telas desdos por uma comissão julse meu tio que havia falegadora, e os três melhores cido um ano antes... E tutrabalhos seriam premiado nasceu intuitivamenQuanto à melhoria dos.Isso estimularia a prote, sem muita destreza, dução local.Fica a dica pamas gostei do resultado, e na questão das artes ra o Poder Executivo da cicontinuei pintando. Até dade", diz o artista, deshoje são 15 exposições, e seus artistas, tacando que Mossoró é entre individuais e coleuma cidade grande, tem tivas", relembra. seria preciso ter potencial. "Somos carenPara ele, há bons artistes de lugares adequados tas trabalhando na cidade. um melhor incentivo para expor. Hoje, o mais "Alguns sem muita visiapropriado em Mossoró bilidade é verdade,mas teé o Memorial e,mesmo asmos uma produção artíspor parte do poder sim, não obedece às nortica. Só precisamos edumas estruturais de uma car as pessoas para aprepúblico, elaborando grande galeria de artes, ciar a arte que se faz aqui, mas, é o que temos. Quane que, para se ter um traoficinas de artes to aos meus trabalhos que balho aceito e admirado vendem mais, isso é relapelo público você tem que plásticas para tivo, nos últimos tempos ter um trabalho bom, que tenho me dedicado à pinpasse uma proposta, uma iniciantes”. tura regional, e essa quesmensagem que cative o extão da identidade nas pespectador,algo que o toque Airton Cilon soas é muito forte, por ispela emoção. Arte não se so tenho vendido muitos explica, se sente, e se você pinta com alma, já tem meio caminho an- trabalhos ligados a esse tema. Estou prodado", fala, ele que já tem 20 anos de atua- jetando uma exposição para o ano que ção como artista plástico e que fez, recen- vem. Espero que dê tudo certo", explica. temente,no Sêbado, uma pequena exposição de miEstou projetando uma ni-telas. exposição para o ano Segundo ele, que vem. Espero que dê ainda não conhetudo certo”. ce muitos artistas em Mossoró,mas aprecia o trabalho de Ney Morais, Nora Aires,Sales, Escravo da Arte e Laércio Eugênio. "Quanto à melhoria na questão das artes e seus artistas, seria preciso ter um melhor incentivo por parte do poder públi-

mo qualquer menino, ficava perturbando: - Tio faça um desenho pra mim! Logo ele se zangava e dizia: aprenda a fazer os seus desenhos! Foi aos 13 anos de idade quando fui morar em Pernambuco,que comecei a fazer os meus próprios desenhos, copiando personagens das revistas em quadrinhos da época. Homem Aranha, entre outros personagens.Lembro que certa vez, no ano de 1981, de passagem por Recife, esse meu tio,o Antônio Tomé da Silva,mas que na verdade todos da família o chamavam de Gladistônio, foi lá em casa, e eu, todo orgulhoso,fui mostrar meus desenhos para ele, que logo percebeu que eu levava jeito pra coisa. Por isso agradeço a ele por ter me inspirado nas artes plásticas, ofício que defendo até hoje", diz o artista, enquanto se ajeita na cadeira.

Filme que retrata carreira de músicos ganha prêmio

Mídias sociais como aliadas da arte No grande palco das redes sociais, não apenas aqueles que desejam dizer como foi o seu dia têm espaço. Os artistas também revelam seus talentos, divulgam seus trabalhos, poemas e crônicas, trechos de livros e obras que estão pintando. É o caso de Airton Cilon. Segundo ele, o Facebook e a internet em si têm sido fortes aliados na divulgação de seu trabalho. "As mídias sociais vieram pra ficar e quem não se valer delas, vai ficar para trás, na questão de divulgação e retorno imediato. Já recebi várias encomendas através do Facebook, onde posto fotos de minhas telas e vejo o quanto as pessoas gostam de arte. Agora mesmo estou pintando umas mini-telas para uma amiga que mora em Roraima. Tudo hoje passa pelas mídias sociais, e se você souber usá-las, só tem a ganhar. Eu uso Facebook para divulgar minhas apresentações como tocador e cantor de barzinhos. Assim como escrevo e posto meus poemas novos no status do Facebook, e uso isso como termômetro do que está bom ou não, pelo número de curtidas recebidas", frisa. Ele acrescenta que, nesse sentido, é poeta 24 horas. "Por isso, estou sempre inspirado. Estou com meu novo livro Autorretrato pronto,mas só vou lançar ano que vem, se Deus quiser. No mais, ser poeta é ser um abnegado, apaixonado pelo que faz e sua obrigação é dizer a verdade", finaliza.

POEMA EXISTENCIAL Sem direção, alienando caminhos, Comprando senhas, diversão barata, Numa noite suja, bebendo da inebriante Luxúria, uma coisa qualquer Que me iluda, Me mascare o mal, Meu vazio existencial. Masoquista mundano, Sou desgarrada ovelha A se perder na noite Dos incautos clandestinos. À beira sorte do acaso, Flerte do ocaso, meu amor Morre em ti! Airton Cilon Poeta

INVERNO Transcorriam os dias, Nublados dias de solidão. O que fazer para absorver a umidade, O tédio que me sufoca. Abro a porta da dispensa, Nem um remédio Que possa me servir à dor. Ligo a televisão, Pura ilusão. Rios que transbordam, A enxurrada que vitimou Os flagelados. Desabrigados que necessitam da comida e cobertores. Sou solidário, comungo Da mesma angústia. Abro a janela e contemplo a amplidão. Nuvens carregadas, raios riscam o céu Principiando a tempestade. O mundo desaba. Enquanto em silêncio, Em meio aos charcos da solidão, Eu me recordo os dias de sol. Airton Cilon Poeta

6


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Expressão

quele pobre homem caminhava, lentamente, pelos becos escuros daquela parte abandonada da cidade.Seus ombros descaídos pareciam pesados demais - fosse qual fosse o peso que eles pudessem carregar. Numa de suas mãos, uma garrafa de aguardente. Era, nos últimos dias, a sua companhia constante. Procurou um local para sentarse. Talvez quisesse, no local onde parasse, um lugar para dormir também. Não sentia vontade de voltar para a sua casa. Não. Resolvera viver na rua, ao relento, sem companhia, e ter um lar era coisa apenas do seu passado. Por isso, quanto mais escuro - e ermo - o local, melhor para ele. Não queria ser importunado.Comprara,na parte habitável - em uma venda por onde passara -, uma garrafa de cachaça e,dela,iria fazer uso.Continuou andando. Não queria parar. Seus passos,já desconexos,apenas equilibravam o seu corpo para não deixá-lo cair. As pernas trôpegas - prejudicadas pelo excesso de álcool - teimavam em não dar prosseguimento ao que o comando do seu cérebro carregado de magoas, determinava. Assim,caminhando sem rumo, acabou por sair da cidade e enveredar por um caminho de terra, comumente só usado nos finais de semana por quem vinha de um vilarejo distante umas duas léguas. Andou mais uns trezentos metros até encontrar uma casinha abandonada. Sabia que ela estava lá, pois já se "hospedara" em outras

A

Colaborador

Questão de Prosa

Quando o amor vai embora...

Continhos para novembro

Raimundo Antônio - Colaborador

Clauder Arcanjo - Professor

noites. Era sossegada, sem vizinhança e,raramente,alguém, assim como ele, inventava de se hospedar por lá. Ao chegar, buscou com o olhar já acostumado à escuridão, perceber alguma coisa errada. Não viu e nem ouviu nada que denunciasse a presença de mais inquilinos que não ele. Pela porta escancarada, ele entrou. Tateou as paredes e caminhou até o canto que ele

queimando o seu esôfago e,principalmente,o estômago. A sua mente já nublada pelo efeito do álcool passou a produzir as imagens que, automaticamente, foram projetadas na parede, à sua frente, e que serviam de tela, mesmo que ele já tivesse assistido àquela cena, dezenas de vezes, todas as noites, nos últimos quinze dias. De repente, apareceu, diante de si,o primeiro ato...

sempre reservava quando se "hospedava" ali. Era a sua suíte.Vagarosamente,deslizando as costas pelo canto da parede - que era sempre a mesma que escolhia para ficar -, ele foi se acomodando, esticando as pernas e relaxando a já maltratada compleição.Seus olhos carregados de sangue dos alcoólatras - porém acostumados a enxergar na escuridão - desenharam na parede, à sua frente, o palco em que o espetáculo de todas as noites se apresentava. E ele era o expectador e um dos personagens principais. Por isso, tomou providências para se preparar para encenar a peça em três atos. Como de praxe, o seu desejo de "merda" foi um longo gole de aguardente que desceu goela abaixo,

A figura de um homem alto, moreno, bem vestido, acabara de descer de seu veículo - já dentro da garagem. O terno bem cortado - em estilo inglês - dava-lhe uma aparência de lorde. Calmamente, ele acionou o mecanismo automático de fechamento da porta da garagem e entrou, por uma porta lateral, para dentro de sua residência.Eram apenas quinze para as quatro da tarde. Não era, habitualmente, o horário que voltava do ambiente profissional. Costumava chegar bem mais tarde. Mas, de maneira especial, naquele dia, voltara mais cedo.Queria fazer uma surpresa para a sua amada. Afinal de contas, ela estava aniversariando. Instintivamente, apalpou o bolso externo do paletó. Lá dentro

estava, em uma caixa de veludo, um anel de ouro - cravejado de brilhantes - e uma inscrição na parte de dentro: "Te amo! - Gladyston". Alegre, subiu as escadas que levavam ao andar de cima da casa. Enquanto subia, num ritual acadêmico,degrau por degrau, ia visualizando a figura feminina que era a sua companhia nos dois últimos anos. Sim, casara-se com uma mulher estonteante,sabia. O seu corpo esculturado era perfeito. O seu rosto era angelical e os seus cabelos sedosos emprestavam o toque final àquela obra de arte divina. Finalmente, o último degrau. Sem querer fazer barulho, abriu, sorrateiro, a porta do quarto do casal. Mas, não a viu. Ela não estava em seu quarto. Estranho, pensou. Porém, não ligou muito. Aproveitou, no entanto, para lavar as mãos no lavabo da suíte. Na volta, percebeu, no travesseiro que costumava pôr a sua cabeça,a ponta de um papel feito envelope. "Estranho... O que um envelope pode estar fazendo embaixo de meu travesseiro?" - indagou-se, franzindo o cenho. Um mau presságio tomou o seu pensar. As suas lembranças, como num clique da tecla "voltar", refizeram passos que, na época, parecia algo normal, corriqueiro. Nelas, a figura da linda mulher aparecia lhe perguntando sobre se um dia ela o deixasse, o que ele faria. Ele não ligara. Nem respondera. Apenas sorrira e a tomara nos braços beijando-a docemente. Continua...

ÓCIO Manhã. A vontade de mudar o mundo, pensamentos de lençóis. No café, pingado, o plano concebido. Entre bocejos e gemidos. Na rua, espiado pelo sol morno, as ações esmiuçadas. No aperto do lotação,os primeiros suores matutinos.Entre bocejos e gemidos. No trabalho, a pilha de serviços e... a indecisão. Mais suores matutinos. Com pouco, o grito do chefe. Faca amolada.Dissipando a névoa da última utopia nos olhos baços. Entre bocejos e gemidos. Final do dia. O retorno para casa. Nas calçadas, homens e mulheres apressados e cabisbaixos, suores de fim de tarde. Entre bocejos e gemidos. Ao entrar em casa, a decisão: o plano todo refeito. A opção definitiva pelo ócio. Entre bocejos e gemidos.

O DECIDIDO - Estamos num momento vital para a nossa cidade.Cada cidadão tem que se decidir, e assumir uma posição. Ou contra ou a favor das nossas bandeiras. Aplausos calorosos. - Em nossa terra, não há lugar para omissos! Mais aplausos, a plateia em êxtase, aos gritos, inflamada pela força do discurso. Ao canto, um senhor, de bigode fino e óculos de tartaruga, quieto, a observar tudo. De olho posto no orador. Como a estudar-lhe cada um dos movimentos. No outro dia, logo cedo, a cidade amanheceu silente. Envolta numa paz de cemitério. O senhor, de bigode fino e óculos de tartaruga, passou a correr as ruas, à cata do orador. Um bêbado cortou-lhe os passos na esquina da Matriz, e disparou, em meio a uma risada cortante: - O Decidido?! Foi o primeiro a fugir; nem esperou o raiar do dia, meu senhor.

Reminiscências

João Ulrick Graff Wilson Bezerra de Moura - Professor emérito da Uern mento de pessoa interessa- me Caverna,segundo relato da, dirigida à Câmara Mu- do professor Raimundo Nonato da Silva, nicipal. Foi dessa forma de quem extraímos tais que o cidadão Francisinformações, João Ulrick Graff quando o noco Duarte me empregaGuilherme tornou-se figura de Melo, nado pela primeira vez cauturalmente importante sou estranheda tradicional família za na Câmara não só na história Municipal, mossoroenpois só se trase, Guilhercomo no aspecto tava na época me de Melo, de bodegas, solicitou à social, político Câmara auquiosque ou torização pabotequim, e religioso mas valeu o ra continuar pedido do explorando a sua Caverna Guilherme como assim era chamada a Duarte ao instalar seu codecantada mercearia que mércio na Rua do Gurgel. Outro comerciante desdurante década concorreu para a atividade comercial sa época que atuou em Mosno ramo de cereais. O no- soró foi João Ulrick Graff,

O bom mesmo é rever a história.Rever os fatos registrados pela ação do homem; são claros e evidentes e que tudo na vida tem seu princípio. É dizer de alto e bom som que prosseguimos na jornada do tempo convivendo com o legado que nossos antepassados construíram. Foram eles que não só nos deram um patrimônio histórico edificado sobre a força da inteligência e criatividade, como oportunizaram a entender o lado do espírito empreendedor de que foram possuidores. Dessa forma somos orientados no presente traçando linhas para o futuro. Antigamente o pedido para construir não só residência,mas também estabelecimentos comerciais era feito por meio de requeri-

o estrangeiro que percorrendo outros lugares,Macaíba, Natal, onde se encontrou nesse lugar com o Padre Antônio Joaquim, que se encontrava a negócio de interesse da cidade, e o demoveu do propósito de se estabelecer em Macaíba e vir para Mossoró. Valeu o contato de primeira vista que João Ulrick resolveu atender ao apelo do vigário mossoroense e em sua cidade instalou sua rede de comércio,indústria, contribuindo para o crescimento não só da cidade como de todo Estado. O suíço João Ulrick Graff tornou-se figura importante não só na história como no aspecto social, político e religioso,pelo fato de manter relacionamento amigável entre o catolicismo e a seita calvinista.

Canto Poético Apocalipse Diz que João, ouvindo atrás de si, voz, (Poderosa voz), lhe predicara Ditasse a seu escravo, o que escutara Sobre as coisas sinistras. Mas, após, Estando os dois naquela gruta, sós, Pochorros satisfaz a São João, E escreve sobre os males que virão; Como vieram, hoje, sobre o mundo! - Guerras, revoluções, assassinatos, Crimes por toda parte, espalhafatos... Os sísmicos abalos; o profundo Terrorismo d'Oriente alvar, oriundo; - Fome, desgraças, sede! E, mais não visto, Ainda, o apocalipse, então, é isso! J. F. da Costa Rêgo Poeta


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Expressão Mário Gerson

Esculturas e ideias Escravo da Arte está expondo, juntamente com artistas de Mossoró, no Acampamento Latino-americano da Juventude, em Tremembé

mario.gerson@folha.com.br

FOTOS: DIVULGAÇÃO

lugar é amplo. É um alpendre numa das ruas do bairro Boa Vista. Lá, esculturas diversas fazem parte do cenário do artista Escravo da Arte. "Meu nome verdadeiro nada diz acerca de minha pessoa", fala, sorrindo e evitando dizê-lo. "Gosto de ser o Escravo da Arte, como Paulo Procópio, à época repórter da GAZETA me batizou. Assim, todos me conhecem como Escravo e sou um artista ligado a essa arte da escultura e do trabalho em madeira", diz Escravo, que desde sábado está expondo no Acampamento Latinoamericano da Juventude, na praia de Tremembé, no Ceará, para onde levou, com apoio de amigos e da própria Prefeitura Municipal de Mossoró, várias de suas peças, obras que retratam a beleza de Mossoró, do tema do cangaço e da própria escravidão. "Esta peça, por exemplo, o Zumbi, trabalho com ela há 15 anos. É uma peça que tem me dado um pouco de trabalho, mas que está ficando como sempre realmente sonhei. Uma peça na qual tenho dedicado tempo e suor", destaca o artista. O evento terá continuidade no dia 20, em Mossoró, e, logo depois, terminará no ateliê do artista,no dia 30. "Esse é um evento que nós estamos lutando muito

O

para acontecer e temos feito o possível nesse sentido, ao lado não apenas de Dionizio do Apodi, mas de outros colegas que têm se doado para isso", destaca, enquanto esculpe uma peça e sorri para a reportagem. Segundo ele, a proposta é lembrar não apenas a data, mas também abrir ainda mais a consciência das pessoas para as artes. "Nosso projeto, o Quilombo das Artes,é uma proposta diferente, que visa possibilitar um maior contato das pessoas com a arte da escultura. Logo quando fundei o projeto, recebi muito apoio do Pessoal do Tarará, que continua nos ajudando até hoje. Atualmente,temos uma parceria ainda melhor e vamos expor 15 peças durante esse trabalho em comemoração à data", explica. Escravo destaca que o trabalho com a escultura tem lhe dado muitos reconhecimentos, mas ainda é preciso expandir ainda mais a exposição de suas peças. "Eu sempre saio da cidade para levar minha arte para outros lugares, além de expor durante os eventos locais. Exponho ainda algumas peças que estou fazendo, para que as pessoas vejam o progresso da obra. Além de trabalhar com isso, estou com o projeto Alforria Cultural e Itinerante,que levará ainda mais ar-

ecebi, esta semana, não só através da imprensa - a GAZETA trouxe uma reportagem sobre o assunto - mas também por meio de amigos, a notícia de que o Instituto Santo Antônio, da nossa saudosa Suzete, fechará suas portas. No entanto, ex-alunos e muitos professores estão se mobilizando para que isso não venha acontecer. O Instituto fez parte da história de muita gente daquele bairro, gente simples que não tinha mais opções de onde estudar, a não ser ali e no José Nogueira. Escola bacana. Em minha época de menino, uma das melhores.Bons professores,uma biblioteca modesta,mas interessante. Lamentei o estado da escola, quando a visitei,recentemente e adquiri uma camisa de aluno,para guardar de lembrança. Parecia, até, que estava prevendo este fim que quer se aproximar de lá. Não entendo o Estado. É dever dele dar educação à comunidade e, ao mesmo tempo, fecha educandários e escolas. O Centenário, o Jardim de Infância Modelo e agora o Instituto. Realmente, o RN tem um dos piores governos para a educação que já se teve notícia. É o que se escuta; é o que se vê.

R

Escravo da Arte levará o seu Zumbi para exposição na vizinha praia cearense

te para os recantos da cidade", diz, enquanto mostra a peça que representa um cangaceiro e outras que estarão presentes durante a exposição do próximo dia 20, em Mossoró e na itinerante,que estará em Tremembé. PROGRAMAÇÃO Na próxima quartafeira,20 de novembro,Mossoró terá uma programação cultural alusiva ao Dia da Consciência Negra,promovida pelo Quilombo da Arte, que tem à frente o artista Escravo da Arte. A programação acontecerá com shows musicais,exposições, teatro,poesia,dança, palestra, brincadeiras, dentre outras atividades. A programação acontecerá no Espaço Cafezal, no Memorial da Resistência, a partir das 15h, indo até as 22h.No período da tarde haverá a exposição de escul-

turas em madeira produzida por Escravo da Arte,além de palestra para as escolas que visitarão o espaço. Abrilhantarão a noite de quarta-feira a banda de reggae mossoroense Kavah Roots,Mário da Fanfarra Independente com Escravo da Arte, Coletivo Pau e Lata, O Pessoal do Tarará com o espetáculo 100 Palavras, poeta Nildo da Pedra Branca, Raimundinho, Amendoim, Guido do Ecoarte, Maculelê da Escola Manoel Assis, dentre inúmeras outras apresentações que se confirmarão até a próxima quarta-feira. Além das atrações artísticas, os presentes poderão participar de um momento de brincadeiras, onde acontecerão corridas de saco e de troncos. A programação conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Mossoró,através da Secretaria de Cultura.

Rodapé NUM ESTADO LIVRE Nesta reunião de cinco narrativas independentes, o escritor de origem indiana V. S. Naipaul cria um elenco de expatriados, fugitivos, imigrantes e nativos que anseiam pela independência política e pessoal, mas que submergem ante a constatação inevitável de que a liberdade não passa de uma miragem arruinada pela crueldade, pelo racismo e pela sede de poder que despreza fronteiras e diferenças culturais. Na primeira novela, um criado indiano acompanha o patrão a Washington e lá se torna um cidadão americano, porém sente que deixou de fazer parte do fluxo geral das coisas. Já em "Diga quem tenho que matar", um asiático atormentado que vive em Londres e está preso por homicídio nunca consegue entender onde de fato está. A novela que dá título ao livro toma um rumo diferente. A história se passa na África, num lugar como Uganda ou Ruanda, e seus dois protagonistas são ingleses. No passado, eles encontraram a libertação no continente, mas agora ele irá se revelar amargo para eles. A terra não é mais segura e, numa época de conflitos tribais, os dois têm de fazer uma longa viagem de carro rumo à segurança de seu condomínio fechado. No final dessa viagem, saberemos tudo acerca dos personagens ingleses, do país africano e do surgimento da figura de um ditador semelhante a Idi Amin. Dois textos breves servem ainda de introdução e epílogo às três novelas centrais. Vencedor do Booker Prize de 1971 e um dos maiores livros de Naipaul, num Estado livre apresenta uma narrativa tensa e esplendidamente construída, que não abre mão de uma linguagem precisa e impregnada de violência e de raiva. Autor: V. S. Naipaul Editora: Companhia das Letras

PÉSSIMA REPERCUSSÃO Repercute muito negativamente a notícia de que a editora Coleção Mossoroense fará doação de parte de seu acervo para entidades locais, pois não tem como comportar os livros. Enquanto isso, muitos eventos já começam a ser divulgados na cidade. Eis outra coisa que nunca entendi muito bem, pois não sou versado na área:por que tanto dinheiro para coisas fúteis e tão pouca atenção para as coisas necessárias, livros e estudos. A biblioteca municipal, por exemplo, é um caso estranho: livros velhos - digo, caindo aos pedaços -, a estrutura já necessitando de reparos. E obras ultrapassadas. Renovação do acervo quase zero. Que vergonha! ESPECIALISTA Não sou especialista nessa coisa de bibliotecas - não tenho formação na área mas qualquer leigo que ali chegue notará, desde logo, que as obras estão pra lá de defasadas. Mas é isso: para o estudo, para a coisa séria, faltam verbas, isso e aquilo. Para o 'oba oba', sempre tem. Lamento informar essas coisas. Não gostaria de divulgar isso.Gostaria de divulgar o contrário.Mas é lamentável e chega a ser desonroso: um prédio tão bacana, com uma história interessante e ser tratado em terceiro plano. DORIAN... Para completar o pacote, a estátua de Dorian Jorge Freire sequer tem identificação. Quem será o leitor que ali está? Uma pessoa de fora,como se diz,dificilmente saberá. São coisas de Mossoró, digo, coisas nossas que eu nunca entendi bem. Como se coloca uma estátua sem identificação? E o banco, de cimento, está precisando de reparos. Ficam as dicas. PEDAGOGIA DA GESTÃO Vamos escrever sobre

coisas ótimas.O programa Pedagogia da Gestão, por exemplo, é uma delas. E a TCM sempre de parabéns. Certamente, um dia a TV de Milton Marques vai abrir duas horas folgadas e boas para esta ótima programação. Não perco um programa. Às vezes, vou até lá, assistir ao vivo. É uma beleza. Vale a pena. O CAÇADOR DE PIPAS Publicado em mais de 70 países e com mais de 2 milhões de exemplares vendidos apenas no Brasil, O caçador de pipas, de Khaled Hosseini, está de volta. O romance narra a história da amizade entre Amir e Hassan,dois meninos que vivem no Afeganistão da década de 1970. Durante um campeonato de pipas, Amir perde a chance de defender Hassan - episódio que marca a vida dos dois para sempre.A nova edição traz prefácio especial do autor,nova tradução e nova capa. EVENTO CULTURAL Dionízio do Apodi, juntamente com o artista Escravo da Arte e outros amigos estão organizando uma bela programação para o Dia da Consciência Negra. O evento começa longe das terras mossoroenses: no Acampamento Latino-americano da Juventude,em Tremembé. Lá, os artistas farão exposição, recitais, além de apresentações musicais. ESCRAVO DA ARTE Gente boa, Escravo da Arte é um sujeito abnegado quando o assunto é a arte em si, principalmente seu ótimo trabalho enquanto escultor. Aqui, infelizmente,ainda tem pouco espaço, mas, aos poucos,tem conquistado grandes admiradores do seu trabalho. Conte sempre conosco, quando necessitar. Talento e competência, Escravo, você tem de sobra mesmo.


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Nos Jardins

MAX MEDEIROS O entrevistado desta semana é o acadêmico de História, Max Medeiros, que preside o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Ele abordou a participação dos jovens nos movimentos estudantis em Mossoró. Segundo ele, a cada dia mais jovens estão procurando participar de maneira ativa das discussões em torno de melhorias para o setor. Max Medeiros falou também a respeito da nova gestão da Uern. De acordo com o presidente do DCE, ainda é cedo para se avaliar a gestão, no entanto, ele fez críticas ao corte de vagas para diversos núcleos no Processo Seletivo Vocacionado do próximo ano. Ele anunciou que o DCE pretende fazer um movimento no sentido de fazer com que a Reitoria da instituição reavalie esse posicionamento. Confira:

GAZETA DO OESTE - Max, você como representante dos estudantes da principal instituição de ensino superior estadual do Rio Grande do Norte,como avalia a participação dos jovens no movimento estudantil, sobretudo em Mossoró? MAX MEDEIROS - A gente teve um grande senso de luta depois da Primavera Árabe, em 2011, e isso repercutiu mundialmente. Eu falo Primavera Árabe porque foi onde surgiu esse novo movimento de mobilização, que a gente chama de dois ponto zero. E a mobilização é a partir das redes sociais. Então, consequentemente,eclodiu no mundo novas lutas de classe e em Mossoró a gente foi muito feliz de estar na vanguarda desse processo. Desde 2011 eu venho militando no movimento estudantil e a gente tem acompanhado um crescimento bem acentuado do movimento estudantil, tanto na Uern como na Ufersa também. O DCE da Ufersa também vem fazendo uma luta bem interessante e eu acho que a gente aqui em Mossoró vem fazendo um trabalho singular no Estado e também no País. A gente sempre com o pé no chão, sabendo até onde pode chegar e também acreditando que a mobilização social da juventude e o movimento estudantil pode ser que novamente mude os rumos do País, do Estado e do Município. GO - Sobre as movimentações de junho, serviram para fortalecer substancialmente esses movimentos populares. O movimento estudantil também pegou carona nessa onda, não é? MM - O movimento estudantil levou um pouco, vamos dizer, em 'banho maria'.E depois desde as mobilizações do Fora Collor.E também teve um pequeno acesso na questão da Alca, do FMI, no início da década de 90, mas agora a gente percebe que ele volta a agregar forças, a agregar militantes e mobilização. Então eu acredito assim que a movimentação de junho foi uma decorrência já do que vinha acontecendo desde 2011.E em junho explodiu esse movimento, essas mobilizações. O movimento estudantil, como sempre o fez no País, estava também na vanguarda desse movimento. Eu acredito que o movimento estudantil foi de uma importância bem acentuada nesse processo de junho. GO - Com base exatamente nessas manifestações,na presença forte e em especial de estudantes, o que

pensar para 2014 sob o ponto de vista político? MM - Eu acho o seguinte, em 2014 a gente tem que dar continuidade ao crescimento e ao progresso que o Governo Federal nos últimos dez anos vem proporcionando no País. Eu acredito que existem muitas coisas que o Governo Federal poderia já ter feito. Porém, eu acredito também que a correlação e forças que hoje se encontram no Governo Federal meio que bloqueia um pouco uma vontade do Executivo de estar fazendo as reformas estruturais. Reforma política, reforma da mídia, reforma universitária... GO - ...a reforma tributária também? MM - Também. E a gente teve agora a possibilidade de fazer essas reformas, com essas manifestações de junho.Eu acredito que os avanços que a gente teve em Brasília no Congresso, agora em junho, julho, agosto e setembro foram avanços que talvez não tivessem vindo nos próximos dez anos se não houvesse essas mobilizações.Então eu vejo assim que a gente está no caminho certo. Porém, a gente precisa ajustar alguns ponteiros ainda para que a gente chegue a uma sociedade de fato plural e que venha garantir os direitos constitucionais a todos os brasileiros. GO - Max, e quais seriam esses ajustes? MM - Primeiro, a reforma da mídia ... GO - ... e como seria? MM - Porque a gente tem uma concessão de TV pública,de TV aberta, e isso é, se eu não me engano, de oito famílias ... GO - É como uma capitania hereditária? MM - Pois é.Desde o golpe de 64. Uma das propostas de 'Jango' era entregar as mídias, a TV aberta à UNE, aos estudantes. Então, eu acredito que isso foi um dos pontos que mais incomodaram o movimento golpista de 64. Então é assim, acredito que se tivesse sido feito já uma grande intervenção do Governo em cima da mídia, a gente já teria mudado algumas coisas no País. Porque as vezes a gente quer fazer uma coisa e a mídia jogando da forma que ela acha coerente deturpa a proposta, deturpa a informação e a gente termina ficando bloqueado.Porque a mídia hoje tem um grande poder. É a mídia que entra no horário nobre do trabalhador que

chega todo dia em casa às oito horas da noite e vai ligar no Jornal Nacional para saber o que está acontecendo. Então, eu acho que a primeira coisa a ser feita, que deveria ter sido feita, era a reforma da mídia. Acho que a reforma universitária está sendo encaminhada, eu acho que para as cotas deve existir uma questão de respeito à população brasileira. Eu acredito que as cotas é uma dívida que o Governo paga, uma dívida histórica para com a população negra do País, que historicamente é uma parcela da população que sofre um preconceito,enfim,por causa do movimento escravocrata. E então a gente está pagando essa dívida, acredito eu. Hoje, o filho do pedreiro pode, sim, ser doutor, e eu acredito assim que esses avanços que a gente vem tendo na educação vão refletir lá na frente,de uma forma que possa virar de fato ao avanço do País. Acredito também que foi um grande passo que a gente deu agora, foi a questão do pré-sal. O petróleo, apesar de algumas pessoas falarem que foi privatizado, que eu acho que as pessoas não entendem o que é essa palavra.Porque privatização foi o que FHC fez na década de 90, entregando a Vale sem nenhum tipo e hoje se tem 70% da exploração desse pré-sal, vai ficar no Brasil. E 100% dos royalties,50% do fundo social do présal vai ser investido na educação. Então é muito dinheiro para educação. Então a gente vai ver esse reflexo daqui a cinco ou dez anos. A gente vai ver o resultado dessa política de intervenção do Governo Federal, junto à educação, refletida no progresso do País. GO - Max, e o fator Copa do Mundo? Talvez não encoraje novas manifestações no ano que vem? MM - Eu acredito que ocorrerão manifestações no próximo ano também. Sendo que a Copa do Mundo é uma faca de dois gumes. Se o presidente Lula tivesse barrado essa Copa do Mundo aqui, iria ter um alarde danado no País... GO - … sem dúvida. Seria esperado… MM - … é. Exatamente. Então pode ser uma coisa boa para o País. Eu acredito que poderia ser. Se não fosse feita de uma forma em que, muito estadual, uma coisa muito estadual. Porque a gente tem uma política nacional e quando chega aos Estados, essa política às vezes cai. E a intervenção da Fifa também no País é uma coisa que não me agrada muito. Então é assim, a Copa do

Mundo hoje é uma faca de dois gumes.Vai trazer investimentos para o País, vai trazer um certo aumento na situação da economia, eu acho que sim. Porém, eu não sei o que isso vai deixar, o legado, se esse legado da Copa será uma coisa positiva ou negativa para o País.Eu acho que o País vive hoje um momento, apesar de seu crescimento, do seu progresso, vive um momento de movimento social um pouco instável. Então em junho do próximo ano, creio que vão haver manifestações, mas eu acho que a presidenta Dilma deu uma resposta à altura nas manifestações de junho, trazendo a questão do 'Mais Médicos', do fim do voto secreto no Congresso, do agora crime de corrupção sendo um crime hediondo. Então é assim, são avanços que a gente tem graças às manifestações de junho. GO - Botar na conta das manifestações? MM - É.E eu acredito que a Copa do Mundo vai servir para que a gente perceba um pouco que aquela coisa de o Brasil, samba, cerveja e futebol não é aquela coisa que deve ser. Eu acho que faz parte da cultura do País, sim, cerveja, samba e futebol, mas também a gente não deve colocar isso como norte do país. Eu acredito que a Copa do Mundo vai ser, sim, o evento importante do Brasil, para que o resto do mundo conheça o que está acontecendo aqui no País,sendo que eu ainda não sei qual será esse legado que vai ter na Copa do Mundo. Se vai ser positivo ou negativo. Acredito que vai ter um estardalhaço midiático pós-Copa do Mundo em relação às construções, algo em cima dos estádios, aquela coisa toda, mas só que a mídia aproveita para focar, centrar fogo no Governo Federal e não nos Estados, nos governos estaduais, que são de fato quem estão executando, ou quem vai executar as obras e a própria Copa do Mundo também. GO - Max, saindo do plano nacional e partindo para uma discussão mais localizada.Em relação ao movimento Pau de Arara, muitos avanços foram conquistados. E o que esperar exatamente do movimento para os próximos anos, para os anos vindouros? MM - A gente acredita que o movimento Pau de Arara foi uma coisa ímpar na história de Mossoró. Eu nunca tinha visto relatos de tanta gente na rua e também acredito que tenha sido a primeira vez que a população, a opinião pública esteja

de fato com o movimento Pau de Arara.Alguns avanços foram garantidos. Isso é inegável. Porém, eu acho que ainda é muito pouco para o que a gente queria. Porque a principal pauta do Pau de Arara é o andamento da mobilidade urbana.E é um documento que foi construído em 2011, inclusive pela atual prefeita, que na época era vereadora, e ela era a coordenadora dessa comissão,que construiu esse plano e foi gasto mais de um milhão de reais.E a gente sempre bate na mesma tecla,a gente quer a implementação da mobilidade urbana.Que seja garantido esse plano. Porque se esse plano for garantido, 70% das nossas pautas serão atendidas. A Linha Universitária é uma integração de fato, que contemple os usuários e principalmente a questão do aumento da frota.Porque Mossoró hoje tem 17 ônibus rodando ... GO - ... e em condições de penúria ... MM - ... exatamente. Condições lastimáveis.Então,acredito que uma cidade como Campina Grande, que tenha quase o mesmo tamanho, o mesmo porte de Mossoró, tem 200 ônibus rodando e Mossoró tem 17. Esse caos que a gente vê no trânsito de Mossoró é o reflexo do transporte público.O movimento Pau de Arara veio fazendo e vai fazer ainda um grande trabalho para a população de Mossoró e quando a gente conseguir de fato fazer, conseguir esses avanços que a gente tanto espera,que o poder público seja sensível a essa causa, a gente pretende fazer um grande carnaval na cidade para comemorar essa vitória. GO - Max, e é possível pensar em passe livre também para Mossoró? MM - É. É possível, sim. Porque uma coisa que eu me pergunto bastante é, onde foi parar o dinheiro do petróleo de Mossoró? Porque desde a década de 70 a gente tem Mossoró como referência de produção de petróleo em terra do Brasil. Então às vezes me pergunto onde foi parar esse dinheiro? Se foi só em praças? Acredito que hoje a Prefeitura tem condições de subsidiar,sim,uma linha universitária gratuita.O Governo Federal, em junho, quando as manifestações eclodiram, cortou o PIS e o Cofins, que eram dois impostos que o Governo Federal subtrai da arrecadação de cada município. Acredito que poderia ter sido também cortado o ISS, que é um imposto municipal também, então


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

ns da Gazeta

de anu aao ncidaum em ita, era que mais uer urno. do, ndima mple e a que ande

ões ma que o 200 17. sito te ara um ção onsses que essa um ara

sar ara

que baso do sde oró de tão ar ças? em linno as uo ubnicíido tão

assim, para a Lei do Passe Livre deveria ter diminuído o valor da passagem para R$ 1,80 ou R$ 1,70. E também, acredito que a Prefeitura a partir de uma arrecadação em outro setor,possa vir a subsidiar,sim,um transporte público para os estudantes mossoroenses. Porque eu acho que é um investimento que se faz na juventude de Mossoró. Porque esses jovens vão, quando terminar a faculdade, ser profissionais aqui da cidade. Então é uma coisa que engrandece a cidade.E a Prefeitura tem a obrigação de garantir uma boa qualidade e ensino, uma estrutura, e de possibilidade de ir e vir também para a juventude sentir um pouco a cultura de Mossoró.Porque você tem um Corredor Cultural, mas é muito restrito. Vamos dizer que 20 mil ou 30 mil mossoroenses, de fato, conheçam e usufruam do Corredor Cultural. E a gente queria que esse aproveitar, vamos assim dizer, contemplasse também o estudante da área periférica, enfim. Hoje a gente tem pouquíssimas linhas que fazem a linha das universidades. Tem agora a novidade da Linha Universitária, que faz dois dias que foi implementada e a gente está vendo se realmente vai complementar as nossas pautas. Mas desde já a gente escuta muitas reclamações.Hoje,por exemplo,teve três atos em Mossoró para ser de encontro a esse modelo e integração de modelo de Linha Universitária que está sendo feita. Porque continua com superlotação, continua chegando atrasado e eu acho que tem de ser feito um estudo de fato, sério, da Prefeitura junto com a sociedade civil para que cheguemos a um patamar que venha garantir o direito de ir e vir dos estudantes e todos os usuários mossoroenses... GO - ... o estudante se vendo obrigado a sair na metade da aula para poder pegar o ônibus, não é? MM - Pois é. Porque hoje na universidade o MEC bateu inclusive na porta lá da universidade, em relação a isso, porque a aula era para começar às 6h50 e terminar às 10h20. Só que os ônibus só chegam às 7h10 e saem às 9h40 ou 9h50. Então a gente, além de o transporte ser ruim, ele ainda está limitando a formação dos estudantes na universidade. GO - Max, agora falando sobre a Universidade.Já é possível avaliar essa atual gestão? MM - Eu acho que é muito cedo ainda para gente ter uma avaliação de fato. São dois meses, se eu não me engano, e ... GO -... esperar aquele período simbólico dos 100 dias? M M - É . E x a t a m e n t e. E u acredito assim que a gente só vai dar para sentir fato com o terminar de dois semestres. O balanço é quando se encerra dois semestres. Porém, eu acho que o professor Pedro vem fazendo um bom trabalho, ele está viajando muito, não está se prendendo só a burocracia da Universidade, está viajando muito para arrecadar emendas, arrecadar fundos para universidade crescer. Porque eu acho que estadualmente a coisa só vai andar quando exatamente e de fato a gente conseguir a autonomia financeira da Universidade... GO - ... é uma luta permanente ... MM - ... é. Exatamente. Porque do jeito que está a gente manda um orçamento para lá e aí na Assembleia corta o orçamento, o Governo do Estado corta mais o orçamento. E quando chega para liberar o orça-

mento ainda corta, então desse formato que está eu acho que a Universidade hoje em dia está passando por uma dificuldade financeira imensa. Eu só acredito que existam duas soluções para esse impasse. Uma via seria a autonomia financeira e ao mesmo tempo também que seja garantia da bancada federal do Estado,emendas,para que garantisse o funcionamento da Universidade ... GO - ... o custeio ... MM - ... o custeio, o investimento para a folha de pagamento dos professores, os funcionários e os terceirizados também; ou uma atitude mais ousada, a federalização. Acredito que hoje na Universidade não temos nenhum exemplo de federalização de universidade estadual no País e é uma atitude muito ousada, porém, eu acho que é sim possível.Basta um grande esforço político da Reitoria, do Governo Federal e do Ministério da Educação,mas eu acho que o professor Pedro está sendo corajoso. Ele não está mais só dentro da Reitoria. Está viajando bastante e conseguindo trazer recursos. Teve uma atitude agora em relação aos núcleos avançados, que são instituições ligadas, vertentes da Universidade, num programa de interiorização do ensino superior. E esses núcleos agora, na gestão de Pedro, vamos dizer assim, o grande ato que ele fez foi suspender, juntamente com o Consepe, o vestibular nesses núcleos. Ao mesmo tempo que a gente passa é um paradigma isso, a gente passa assim por uma dificuldade muito grande com a sustentação desses núcleos, porém, eu acho o seguinte, que estava lá, teria que ter uma solução para continuar e não tirar. Porque tem um professor meu que gosta muito de usar um exemplo e que um núcleo é mais do que um braço da Universidade,é uma coisa humana. Você vê estudante chegando de pau-de-arara, da zona rural, para estudar à noite e quer dizer, não tem um curso superior. E não é todo canto que tem isso não. E a Uern foi pioneira nisso, de pegar a galera lá do interiorzão e colocar para estudar. E a gente tem hoje grandes profissionais que se formaram em núcleos. Tem professor da Universidade hoje mestres que se formaram em núcleos. Então eu acho assim, que não estava legal. A forma que estava sendo conduzida os núcleos.Porém,eu acho também que não foi legal cortar a possibilidade desses estudantes da zona rural, dos interiores, de ter a possibilidade de conclusão de um ensino superior. GO - O próprio DCE se posicionou contrariamente à decisão da Reitoria, não é? MM - Foi. A gente lançou uma nota estadual dizendo que somos contrários a essa atitude da Reitoria e esperamos reverter o quadro na próxima reunião do Consepe que terá, se eu não me engano, no dia 4 de dezembro, e a gente quer assim uma mobilização e tentar fazer com que o professor Pedro Fernandes,via os conselheiros do Consepe,seja sensível a essa causa. Porque é mais do que uma questão de orçamento. É uma questão humana.

Estado do Rio Grande do Norte que infelizmente foi ceifado pela ditadura militar. A gente avalia o seguinte, colocamos de novo o DCE na rua. O DCE hoje está sendo pautado,não só na Universidade, mas também fora da Universidade. Acredito que o DCE - Diretório Central dos Estudantes -, além de representar os estudantes,tem prestado um serviço à sociedade. A Universidade, às vezes, se torna muito pensada e eu acho que o DCE é a ponte que a Universidade tem para com a sociedade. E eu acho que este ano a gente teve uma grande sorte, mas também foi um barril de luta ... GO - … e um grande esforço também... MM - … e um grade esforço que a gente fez,do DCE da Uern,e a sorte que eu estou falando é o DCE da Ufersa, que também é um DCE que estava um pouco apagado, e em conjunto com o DCE da Uern e com o grêmio do IFRN, a gente conseguiu fazer grandes mobilizações na cidade. E eu acredito que agora em março a gente vai sair, vão ocorrer novas eleições e acredito que a gente sai com o sentimento do papel cumprido. Porque realmente o que a gente propôs a gente conseguiu cumprir e o que não conseguimos cumprir foi por falta de estrutura da Universidade.Mas,vontade,de fazer a luta dos estudantes,estamos fazendo todos os dias. Na Universidade, todos os dias nós estamos fazendo a luta dos estudantes. E eu acredito que hoje os estudantes se sentem representados pelo DCE.E isso é satisfatório para gente, um estudante chegar para gente e dizer:"companheiro, você de fato me representa". Para mim, isso vale mais do que qualquer pagamento,qualquer coisa. Eu acho que cumpri o papel e as pessoas que a gente representa, dizer de fato que na gente está representando eles bem, eu acho que é uma coisa que fala por si só. GO - Max, o Estatuto do DCE está como certa a reeleição. Você não entende que um mandato só não é suficiente para fazer tudo o que se planeja? MM - Eu acho o seguinte,porque movimento estudantil, diferentemente de outros movimentos populares,de movimentos sindicais,é um movimento artístico e tem uma rotatividade muito rápida... GO - ... e principalmente numa universidade ... MM -... é. Porque o estudante fica quatro anos lá na universidade. E então eu acho assim, que é correto, sim,tem a exceção de um ano,porque os dirigentes também têm que tocar a sua vida acadêmica. Eu também estou fazendo história ... GO - ... e é difícil conciliar as duas coisas ...

MM - ... é difícil, mas é possível, e prazeroso, com certeza. Então eu acredito assim, que um ano não é suficiente para aquilo tudo que a gente sonha. Mas o legado que se deixa em um ano, e você está vendo outras pessoas para renovar essa situação, eu acho que essa receita é ideal. GO - O importante é dar a largada? MM - Exatamente. GO - Max, o Partido dos Trabalhadores. Saiu agora recentemente e uma eleição e qual a perspectiva do PT mossoroense, para 2014? MM - Olha, não é segredo para ninguém que eu sou militante do Partido dos Trabalhadores, já tem dois anos, e eu estou aí junto com outros companheiros tentando colocar de novo o PT na rua. O processo de eleição direta agora do PT,o PED, o famoso PED, e a gente teve importantes vitórias a nível de município e a nível estadual. Que eu acho que garante o livre pensamento do militante e base do partido. A gente conseguiu eleger o sindicalista Gilberto Diógenes,que isso é um mito na história do PT na cidade de Mossoró,e também reelegeu o companheiro Eraldo Paiva lá em Natal, que foi exatamente o nosso presidente estadual. Eu acho que o PT dá um grande passo, de independência, de atuação, nesse PED de 2013. Em Natal a gente também teve uma vitória grande com o professor Juliano Siqueira, que é um militante histórico, foi perseguido pela ditadura, é um professor da UFRN, de Direito, uma grande pessoa, uma grande personalidade. E em Mossoró a gente vai ter um avanço,de fato,consistente no Partido dos Trabalhadores. Até porque na grande novidade eu acho que é a renovação do partido.E com essa vitória do companheiro Gilberto,a gente pretende dar uma inflamada no Partido dos Trabalhadores, para que o PT volte em Mossoró, a estar nas ruas. GO - E até acompanhar o crescimento nacional? MM - Sim. Porque a juventude do PT vem fazendo hoje um trabalho fantástico a nível de Estado e a nível de município,e a gente sempre respeitando a autonomia dos espaços,é claro.A gente respeita muito a autonomia dos espaços. Onde a gente constrói os movimentos plurais não queremos direcionar a coisa do PT, porém a gente pauta assim o Partido dos Trabalhadores porque a gente como militante acredita que o PT é um partido hoje que possa de fato fazer a mudança social, e que já vem fazendo,que o País,o Município e o Estado necessitam. GO - Eleitoralmente quais são FOTOS: ALCIVAN COSTA

GO - E o DCE,Max,como você avalia a sua gestão? Praticamente quanto tempo na função? MM - Oito meses.A gente tomou posse em março, a gestão de pés no chão, que é uma homenagem a Djalma Maranhão,um prefeito lá de Natal e que foi caçado na ditadura... GO - … foi um grande homem … MM - … um grande político do

Entrevista concedida ao jornalista Luís Juetê

os planos do PT? MM - O Partido dos Trabalhadores hoje conta com um mandato do vereador Luiz Carlos, na Câmara, foi uma grande vitória para o Partido dos Trabalhadores em 2012. A gente conseguiu... GO - … reconquistar o espaço … MM -… reconquistar o espaço do companheiro Luiz Carlos, que tambéméummilitantehistóriconacidade, foi fundador do Sinte e da Aduern, foi presidente das duas entidades,e então é assim, e com essa vitória desse campo mais progressista do PT nesse processo de eleição direta, a gente vai e fato conseguir ampliar a participação eleitoral nos espaços que venham a ter em 2014 e em 2016 também. GO - Como repórter político, a gente acompanha as sessões da Assembleia Legislativa,e o que observo é que o deputado estadual Fernando Mineiro hoje é o grande líder da oposição. Na sua opinião, ele é o nome do PT para disputar o Governo do Estado? MM - O deputado Fernando Mineiro é um quadro. Eu acho que é um grande companheiro, foi fundador do partido, a sua primeira eleição,ainda estudante de Biologia, saindo de um grande movimento grevista da Reitoria da UFRN, conseguiu se eleger oito vezes vereador da capital, e sempre com uma coerência fantástica. Eu sou um grande admirador do companheiro Fernando Mineiro, acredito que o trabalho que ele vem fazendo,no seu mandato como deputado estadual, é uma prestação de serviços ao Rio Grande do Norte. Os estudos que o mandato realiza, e, principalmente, é o cara que tem coragem de chegar à Assembleia e denunciar esses rombos que o Governo o Estado, que o Governo Rosalba Ciarlini vem fazendo. Então eu acho que ele é de fato o arauto da oposição hoje no Estado. E é um grande nome, que eu teria o maior prazer de fazer campanha para o companheiro Fernando Mineiro. GO - Ele manifestou recentemente que retirava o seu nome como pré-candidato. Você acredita que ele possa reavaliar essa posição? MM - Nada é para sempre. GO - … principalmente em política … MM - … pois é, assim, concreto. Acredito que a nota que ele soltou falando isso foi depois de uma reunião que foi feita em Brasília, onde estava presente ele e a companheira Fátima Bezerra também, e o diretório nacional naquele momento sinalizou que a prioridade no momento seria a candidatura da companheira deputada Fátima Bezerra ao Senado. Então, Mineiro de uma forma, acredito eu, extremamente responsável, disse que se fosse em prol da candidatura da companheira, ele retiraria o seu nome sem problema nenhum. Mas, porém, a base do partido e o próprio Mineiro já se disponibilizaram a trabalhar por uma candidatura chapa puro sangue, que é só do PT, como foi feita agora em Natal, na campanha a prefeito. Que foi um fenômeno. Ele tava com 3% nas pesquisas, sendo que não foi para o segundo turno por causa de 1.500 votos. Então eu acredito que a militância do Partido dos Trabalhadores saiu muito fortalecida, desse momento do companheiro Fernando Mineiro em Natal, e está disposta de fato a ir para rua com o nome dele para candidato a Governo do Estado.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Expressão Opinião

Gonzaga, de pai para filho Filme foi eleito pela Academia Brasileira de Cinema como o melhor do ano de 2012

Ney Lopes REPRODUÇÃO

Grande Prêmio do Cinema Brasileiro consagrou "Gonzaga - De Pai para Filho" como melhor filme do ano de 2012. Indicado em 15 categorias,o filme de Breno Silveira ganhou cinco prêmios: Melhor Som, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Diretor, Melhor Ator e o principal, Melhor Longa-Metragem. "Heleno" faturou quatro prêmios, seguido por "2 Coelhos", "Raul - O início, o fim e o meio", e "Febre do Rato" que levaram três Troféus Grande Otelo cada um. Dira Paes e Julio Andrade ganharam os prêmios de Melhor Atriz por "À Beira do Caminho" e Melhor Ator por "Gonzaga - De Pai para Filho". Emocionados, eles agradeceram Breno Silveira, diretor dos dois filmes, pelos personagens. Grande ausência da noite, o diretor não compareceu à cerimônia, pois está participando de um festival em Madri. "Breno Silveira é meu pé de coelho!",brincou Dira ao fim do discurso.Júlio, por sua vez, cantou um trecho da música "E Vamos à Luta" de Gonzaguinha, personagem que lhe rendeu o prêmio,e arrancou aplausos da plateia. Nas categorias com votação aberta ao público,

O

nl@neylopes.com.br

Mudanças na lei de patentes De pai para filho: emoção do início ao fim

"Febre do Rato" levou o prêmio de Melhor LongaMetragem de Ficção. Os filmes "Raul - O início, o fim e o meio" e "Intocáveis" são unanimidade: conquistaram, respectivamente, os prêmios de Melhor LongaMetragem Documentário e Melhor Longa-Metragem Estrangeiro tanto na votação do público quanto dos membros da Academia. Como o tema deste ano destacava a importância das comédias para o cinema nacional,a cerimônia foi apresentada pelos atores Letícia Isnard, Antônio Fragoso e Érico Brás,que interpretaram Dercy Gonçalves,Os-

carito e Grande Otelo respectivamente. Maior premiação do cinema nacional, o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro teve mais uma vez a direção artística de Ivan Sugahara, com cenografia de Nello Marrense e iluminação de Paulo César Medeiros. Um dos momentos mais emocionantes ficou reservado para o encerramento da festa. Aos 92 anos, Ruth de Souza foi homenageada pela Academia Brasileira de Cinema. Chamada ao palco após a exibição de uma cena do filme "Sinhá Moça", a atriz, mesmo com a voz embargada, revelou

que gostaria de voltar aos sets de filmagens. "Eu já fiz muito filmes, mas quero fazer mais... e quero você na direção Roberto!", disse brincando com Roberto Farias, presidente da Academia e seu diretor em "O Assalto ao Trem Pagador" (1962). Dona Ruth foi ainda reverenciada por um grupo de jovens atores negros que subiram ao palco para celebrar junto a atriz negra considerada pioneira no teatro, no cinema e na televisão. Entre eles, Lázaro Ramos, Maria Ceiça, Camila, Rocco e Antonio Pitanga, Juliana Alves, André Ramiro e outros.

Novos Poetas A POESIA Se hoje fosse possível, Viveria de escrever, Escrever é fazer história É gritar em silêncio É chorar através das palavras... A poesia é simples E ao mesmo tempo complexa, A poesia é o amor Que atinge os outros em forma de flecha A poesia tem sabor... A poesia é tudo, é escrever Ainda que não se crie nenhuma palavra. Kennedy Fernandes Poeta

SERENIDADE

EU Eu tudo suporto tudo sofro tudo vivo! E não vivo por viver Nunca passa nada em vão Eu canso de ser legal Eu errei Eu perdoei Mais nunca fui perdoado Eu amei Mas nunca fui verdadeiramente amado Eu cresci Mas não mudei Eu sei quem sou Mas e vocês? Sabem quem são? Nathanael Silva Poeta

Invades-me, serenidade meiga amiga dos momentos de triste solidão De quão perdida me encontro, isolada na multidão És uma luz nos momentos sombrios Acalmas uma mente desajeitada, um coração inútil Não fosse ele estar preso aos becos de saudade Do que fomos, do que sentimos, do que vivemos

I

Não podemos sempre ficar, quando o movimento nos pede Quando a necessidade nos acolhe num lugar diferente Quando nos sentimos unicamente obrigados Pensamentos de quem esta descontente É o fado da vida no qual queremos vingar Fugindo do desprezo do real, no acolher Deste lugar ao qual não pertenço e que tanto me faz sonhar

Passou loiras, morenas, Altas e baixas, Vi passar vários pensamentos, Alguns vão sorrindo, outros focados só no celular, Todos os dias estou no mesmo lugar, Ali sentado, vendo você passar.

Joana Fernandes Poetisa

Romário Silva Souza Poeta

O Brasil alterará em à verdadeira intenção do breve a legislação para legislador (intentio legis) proteção de patentes. A ao aprovar a garantia de decisão é do ministro do patentes em 1996, após Desenvolvimento, Fer- mais de quatro anos de nando Pimentel, justa- intensos debates. Para julgar pendênmente na hora em que o embaixador brasileiro cias no Judiciário, ou alRoberto Carvalho de terar as regras legais viAzevedo ocupa a direção gentes, existem fatos ainda inéditos até hoje, que geral da OMC. A ideia central será in- a relatoria geral da protroduzir o "uso público posta originária acompanão comercial" de paten- nhou em detalhes no te de fármacos para per- Congresso. A verdade é que não se mitir que o governo utilize uma inovação de me- pode analisar a patente no dicamento, arbitrando o momento, como no final valor devido a ser pago do século XX, em que pese considerá-la útil à inoao pesquisador. vação tecnológica. A O que é patente? Atualmente, pesqui- maior dúvida se refere à sadores do Instituto Bu- concessão de patentes de tantan, em São Paulo, medicamentos, na forma descobriram 30 molécu- definitiva de direito exclulas no veneno em três es- sivo e temporário. Afinal, a globalização pécies de cobras, inclusive a jararaca, que pas- aproxima os países, com a finalidasaram por de do cumtestes em primento ratos e do princíapresenpio asset a r a m Para julgar gurado na condições Declarade compendências no ção Unibater a hiversal dos pertenJudiciário, ou Direitos são, o que Humanos dá potenalterar as regras (artigo cial para, legais vigentes, XXV), que no futuro, reconhece s e r e m existem fatos ainda todo ser usados humano em mediinéditos até hoje, ter direito camentos a um a um de comque a relatoria padrão de bate a vida capaz pressão geral da proposta de asseguarterial. rar-lhe, e a Nessa originária sua famísituação, lia, saúde e os cientisacompanhou bem-estar, tas regisi n c l u s ive trarão o em detalhes cuidados invento médicos. no Instino Congresso” O acestuto de so à mediPropriecamentos dade Indas popudustrial (INPI) para que ninguém lações carentes desafia faça uma cópia e saia por não apenas os governos aí comercializando e se nacionais, mas também os grandes conglomeradizendo um gênio. Como nos direitos au- dos econômicos (multitorais (músicas p.e.), a nacionais), que para sofunção da patente é dá se- breviver precisam dos gurança aos inventores mercados e regras legais de que o seu trabalho não estáveis. Como garantir será pirateado por outras estabilidade sociopolítica, diante de convulsões pessoas. O autor deste artigo, sociais iminentes? O debate está aberto, na condição à época de deputado federal, foi o tanto no STF, que tem relator geral do projeto matéria pendente sobre de lei aprovado pelo a constitucionalidade da Congresso Nacional e le- legislação de patente navado à sanção do execu- cional, quanto no Contivo (Lei nº 9.279, de 14 gresso, a quem caberá rede maio de 1996). Por tal definir os limites para esmotivo pretende contri- se instituto de proteção à buir com o debate inicia- inovação. Aguardemos. do, sobretudo em relação


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Expressão O conselheiro do

CRIME

MARCELO HESSEL Crítica de cinema Do omelete.com.br os romances de fronteira do escritor Cormac McCarthy, como Meridiano de Sangue e Onde os Velhos Não têm Vez, as explosões de violência são uma forma de meditar sobre a morte, porque quando um evento moral se inicia, mesmo ao acaso, não há nada que impeça seu desfecho violento - tentar evitar essas explosões seria como tentar driblar a própria morte. O Conselheiro do Crime, filme dirigido por Ridley Scott a partir de um roteiro original de McCarthy, fun-

N

ciona sob o mesmo raciocínio. O tal conselheiro é um advogado (Michael Fassbender) seduzido pelo extravagante Reiner (Javier Bardem) a entrar num negócio milionário de drogas que estão chegando ao Texas pela fronteira com Juárez, cidade mexicana com uma das maiores taxas de homicídio do mundo. É curioso que chamem o personagem de conselheiro, porque quem mais recebe conselhos é justamente o advogado: todos avisam do perigo que é mexer com

tráfico, cartéis, empresários exuberantes, etc. A decisão do conselheiro - aceitar ou não uma participação na encomenda - é o evento moral que McCarthy coloca no caminho dos protagonistas, e o desfecho é de um fatalismo antevisto e esperado, desde o diálogo da primeira cena do filme. O Conselheiro do Crime soa muito estranho para os padrões dos suspenses hollywoodianos porque o seu miolo não envolve viradas constantes de roteiro. McCarthy descreve o encontro de duas linhas retas rumo à ruína, e desconcerta o espectador o fato de, pelo caminho, termos pouco mais de meia dúzia de

monólogos sobre moral e perversão, cheios de gravidade, como se os personagens já estivessem, sem saber, conversando durante um funeral. O elenco estrelado (Cameron Diaz dá um show) e a premissa de thriller talvez não sugiram, mas O Conselheiro do Crime é basicamente um filme-ensaio sobre o valor da morte e as decisões que levam a ela. Então boa parte da graça é identificar o que diferencia essas duas retas destinadas a se cruzar: os mandantes

Destaque

Filme-ensaio de Cormac McCarthy e Ridley Scott descreve o choque de duas realidades em linha reta

Cinema Iuska Freire iuskafreire@gmail.com twitter: @Iuska

oje meu destaque vai para a cinebiografia "Gainsbourg - o homem que amava as mulheres". O filme usa a fábula para contar a história de um ícone da cultura francesa - Serge Gainsbourg. O autor de Je T'aime teve uma vida extraordinária e excêntrica. Sedutor e boêmio, ele não tinha os atributos físicos que o tornassem belo, mas seu ar de deboche, sua arte, audácia e personalidade o tornaram irresistível. Entre suas conquistas amorosas estão Brigitte Bardot e Juliette Gréco, além de ter casado com a cantora inglesa Jane Birkin, que divide com ele o vocal de Je T´aime. O filme passeia pela infância de Gainsbourg e enfatiza a mente criativa do cantor,compositor,cineasta, artista plástico e ator. Uma das cenas mais deliciosas é a dança de Brigitte Bardot para Serge. O filme foi lançado em 2010 e não sei por que demorei tanto tempo para assisti-lo. Muito bom.

H

do golpe de um lado, com seus hobbies, seus diamantes e seus drinques, e os executores do golpe do outro, a gente suada da fronteira,

anônimos de uma grande família cor de poeira, literalmente cobertos de fezes até a tampa. McCarthy sempre foi conhecido pela sua capacidade de descrever um cenário, desde a origem geológica das rochas do deserto texano.O Conselheiro do Crime pode até dever em termos de ação, mas é um filme nitidamente mccarthyano no sentido em que pinta - sob o perfeccionismo cenográfico que caracteriza os filmes de Scott - com detalhes uma paisagem de tons tão distin-

tos quanto aquela que divide os EUA e o México. E ao espectador (a quem McCarthy obviamente entende que não tem contas a prestar) resta a desconfortável posição de testemunha da explosão de violência,como as pessoas borrifadas de sangue enquanto assistem a uma morte lenta no filme. No mais, O Conselheiro do Crime daria uma ótima sessão dupla com o documentário Narco Cultura, que também compara a realidade em Juárez com as cidades americanas de população mestiça, ao Sul do País. Ambos os filmes ilustram bem como o mundo de mimos consumistas e mitos masculinos dos EUA (o gangsta rap no documentário, os veículos de grife e os garanhões de McCarthy/Scott) influencia o que acontece nos dois lados da fronteira.

Marcelo Hessel Crítico de cinema Do Omelete.com.br

AMOR BANDIDO É muito invejável o aproveitamento do ator Tye Sheridan: três filmes no currículo, todos com selo de qualidade de festivais, A Árvore da Vida (2011), este Amor Bandido (2012) e Joe (2013). O adolescente completa 17 anos neste mês, mas em anos de cinema já é quase um veterano, porque Hollywood insiste em dar a ele histórias de formação. É como se a especialidade de Sheridan fosse passar à vida adulta, repetidas vezes. E Amor Bandido não perde tempo e já oferece a ele um pacote: é sobre o despertar do sexo e, ao mesmo tempo, sobre o fim das ilusões com o amor. Sheridan vive Ellis, filho de 14 anos de um casal que está se divorciando. Ele passa tardes passeando de barco por um afluente do rio Mississippi,e numa dessas desembarca numa ilha onde encontra o misterioso Mud (Matthew McConaughey), foragido da justiça que tenta se reunir com sua amada, Juniper (Reese Witherspoon). Ellis resolve ajudar o estranho porque, inconscientemente, tenta refazer com Mud e Juniper o amor partido de seus pais. Como em O Abrigo, o filme anterior do roteirista e diretor Jeff Nichols, Amor Bandido se organiza em simbolismos com as forças da natureza; em O Abrigo era a tempestade que representava literalmente a crise econômica, e aqui temos, do início ao fim do filme, a foz que deságua no imenso Mississippi, símbolo da infinidade de opções que a vida dá a quem se encoraja a navegá-la.

JOGOS VORAZES A grande estreia deste final de semana é "Jogos Vorazes: em chamas". O filme se passa num futuro distante, onde boa parte da população é controlada por um regime totalitário. Na disputa entre os 12 distritos e para salvar sua irmã caçula, a jovem Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) se oferece como voluntária para representar seu distrito na competição. CAPITÃO PHILLIPS Cotado com um dos fortes concorrentes ao Oscar 2014, "Capitão Phillips", estrelado por Tom Hanks, já está em cartaz nos cinemas do País. Na quinta-feira,14,quando fechei esta coluna,não constava na programação de estreias do Multicine. No filme,Richard Phillips (Tom Hanks) é um comandante naval experiente,que aceita trabalhar com uma nova equipe na missão de entregar mercadorias e alimentos para o povo somaliano. O navio é atacado por piratas e inicia-se uma longa negociação. OSCAR O ótimo filme "O Som ao Redor" foi escolhido para representar o Brasil na disputa ao Oscar 2014. O Ministério da Cultura escolheu o longa como candidato brasileiro ao prêmio de filme estrangeiro. A última vez que um filme nacional disputou a estatueta foi em 1999, quando "Central do Brasil", de Walter Salles, foi finalista ao lado de "A Vida É Bela", do diretor

Roberto Benigni. O PÚBLICO TEM RAZÃO Na escolha popular do "Grande Prêmio do Cinema Brasileiro" o melhor filme de ficção foi o pernambucano "A Febre do Rato", dirigido por Cláudio Assis. Já o premiado pelo Júri foi a cinebiografia "Gonzaga De pai para filho", que conquistou também os prêmios de Melhor Direção, Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor montagem de ficção e Melhor Som. FEBRE DO RATO Não que "Gonzaga" não merecesse o reconhecimento, mas "Febre do Rato" é um filme bem superior, um dos melhores do cinema nacional de todos os tempos. "Febre do Rato" também ficou com os prêmios de melhor roteiro original, para Hilton Lacerda, e atriz coadjuvante, para Ângela Leal. NINFOMANIAC O polêmico filme "Ninfomaniac",do diretor Lars Von Trier, deve ser lançado em janeiro no Brasil. Com 5 horas de duração, o filme será cortado em 4 horas e dividido em duas partes, cada uma com duas horas. Entre as atrizes do longa, estão Uma Thurman e Charlotte Gainsbourg. CURTA CANOA A nona edição do "Curta Canoa" será realizada de 26 de novembro a 1º de dezembro, em Canoa Quebrada.A programação ainda não foi divulgada.

POESIA, DIÁLOGOS E IMAGENS "Nós somos os filhos do meio da história, sem propósito ou lugar. Não tivemos Grande Guerra, não tivemos Grande Depressão. Nossa grande guerra é a guerra espiritual,nossa grande depressão é a nossa vida.Fomos criados pela televisão para acreditar que um dia seríamos ricos e estrelas de cinema. Mas não seremos. E estamos aos poucos aprendendo isso. E estamos muito, muito revoltados". Clube da Luta, 1999.


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Sociais Now!

CEDIDA

“ ”

Alguns falam pra você ficar bem. Outros simplesmente te fazem ficar bem.

Diego Pinheiro diegobradok@hotmail.com twitter e instagram: @diegolpinheiro www.colunistadiegopinheiro.blogspot.com

MUITO OBRIGADO!

Se você não tiver a quem agradecer, a vida perde o sentido. Hoje, 31 anos após o meu nascimento, só tenho que pedir obrigado por todo o caráter que adquiri durante este tempo. Honestidade que vejo em meu pai, sobriedade e honradez que provo de minha mãe. O sucesso dos meus irmãos, a perspectiva de meus sobrinhos. O amor da namorada, o carinho dos amigos. É assim, amigo leitor, tendo a quem pedir obrigado que a vida segue cheia de felicidade. E, como é fácil ser feliz. Não estou aqui por acaso, vim com uma missão, como cada um de vocês, basta que a execute da maneira mais respeitosa possível. Ame os seus, cuide do coração de cada um, que com certeza, em dias assim, você sempre terá pelo que agradecer. Bom domingo! CEDIDA

E MAIS... *Está agendado para o dia 10 de janeiro a noite Verão das Antigas. Promete ser boa como nos anos anteriores. *Muito boa a lei proposta pelo vereador Francisco Carlos, que cria políticas de combate à obesidade. *Dia 21, o Thermas Hotel vai promover um evento especialmente organizado para apresentar as conquistas e novidades do hotel para convidados, imprensa e clientes.

Minha querida amiga Munique Bessa, festejada da semana

*O Tráfego Look está com inscrições abertas até 29 de novembro. Inscrições no Mossoró West Shopping.

A Tradicional Festa do 12 de Dezembro ganhou mais uma atração e que atração, hein? Nada mais, nada menos do que Jorge & Mateus, uma das melhores duplas sertanejas do país. Portanto, agora, além de se despedir do Chiclete com Banana, ainda teremos a dupla e mais Solteirões do Forró,André Luví e Soanata. O evento ocorre no Espaço Villa e as senhas já estão à venda.

BOA AÇÃO Os alunos da Facene/RN arrecadaram mais de uma tonelada de alimentos. A ação foi promovida dentro do projeto "Gincana Interdisciplinar", onde os estudantes foram divididos em dois grupos e participaram de uma disputa bem saudável. Os alimentos arrecadados serão doados para instituições sem fins lucrativos de Mossoró e região que prestam serviços sociais. Parabenizo a todos. Vamos sempre fazer o bem.

*A Segunda Prévia do Rock Grande do Norte terá a banda Kiss Cover em cima do palco do Seléct Nouveau. Próximo sábado. *Nas redes já é assunto que a banda Jota Quest estará em Tibau durante o veraneio. Será?

NA BOCA DO POVO

André Luví com a esposa Kalianne Carlos

A aniversariante de amanhã, Isabelita Lima. Parabéns!!

VEM VINDO O ROCK GRANDE Faltam 13 dias para o Rock Grande do Norte, evento que vai reunir todos os estilos de rock and roll no Restaurante Ôba. A atração principal dispensa apresentações, até porque tem um dos melhores baixistas do país e um dos melhores letristas da atualidade. Falo da Banda Catedral, que está confirmadíssima para o dia 30 de novembro. Cantará o seu novo show “Sucessos”. E como a banda tem sucessos... Vamos? CEDIDA

Rodrigo Oliveira e Isabeline Mendes em noite ‘Celebre’

NÍVER(ES)

BARRACAS DA FESTA DE SANTA LUZIA A Comissão responsável pelas Barracas Populares da Festa de Santa Luzia reúne os interessados no próximo dia 22, às 16h, no Centro Catequético 1 (CC1), localizado no centro da cidade (Próximo à Biblioteca Municipal). Serão disponibilizadas em torno de 120 barracas, já incluindo os vendedores ambulantes. O período de inscrições será de 25 a 29 de novembro, na Praça Vigário Antônio Joaquim, no prédio onde funcionava a Rádio Rural. CEDIDA

CEDIDA

AMANHÃ Isabelita Lima Carla Renata Rafael Klainer Talita Barbosa Júnior Fernandes Max Medeiros Brena Sayara Lúcia Lopes

*A Doces & Salgados está com diversos tipos de pães lights. Provei e aprovei os diversos sabores. Bacana mesmo. *Obrigado a todos os colegas que lembraram da data de hoje. Recebo o parabéns de cada um com total carinho. Recíproca cada palavra.

HOJE Andreza Rodrigues Francisco Sales Eliana Medeiros Caio César

TERÇA-FEIRA Allan Erick Ana Luiza André Henrique Viviane Serrano Edilana Carlos Wilson Martins Flávia Regiane Aldo Fernandes

Casal Aline Linhares e Raílson Carlos, sempre felizes

THE END “Até quando a gente vai viver a ilusão?/Até onde o nosso amor vai morar numa canção?/O meu coração pequeno já parou de esperar/Quando é que a gente vai parar de se machucar?/Quando é que você vai começar a me enxergar/Até onde o meu amor vai poder te alimentar/Você é a minha ausência a razão do meu querer/Você é tudo que sinto e não sei explicar/Eu quero o teu amor sem direção/Sem regras e rancor sem condição/Eu quero flutuar sobre você/Eu quero teu amor/Vem pra mim/Ah e quantos sonhos sem realizar/Quantos desejos presos no olhar/Quantas vezes te chamei na mais fria solidão/Quantas promessas ditas sem pensar/Quantos momentos perdidos no ar/Quantas vezes eu pensei não ouvir meu coração”, Kim. Bye! (DP).

Para cada minuto que você se aborrece você perde sessenta segundos de felicidade.

QUARTA-FEIRA Rafaella Émilli Patrícia Cabral Maria Vanuza Festejada de amanhã, Carla Renata, com o maridão Sávio

QUINTA-FEIRA Munique Bessa


ZAPPING

2 Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Olhos de farol FLÁVIA ALESSANDRA VALORIZA OS CONFLITOS E A HISTÓRIA PRÓPRIA DA INDEPENDENTE HELOÍSA, DE "ALÉM DO HORIZONTE"

QUESTÃO DE COSTUME 9

''CRIA'' DOS PALCOS, PAULA BRAUN SE ADAPTA AO TEMPO CORRIDO DA TEVÊ EM "AMOR À VIDA"

O universo do fictício cabaré Pacheco Leão em "Joia Rara" nunca foi muito distante de Aninha Lima


2 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Zapping

FORMAÇÃO DE ELENCO A Globo segue escalando seus atores para "Doutora Priscila'', série de Aguinaldo Silva com previsão de estreia para 2014.Além de Gloria Pires no papel principal, José Mayer, Paulo Rocha e Nívea Maria também integram o elenco da produção. A direção será de Marcos Schechtman,que coordenou os trabalhos de "Salve Jorge". DONA DA HISTÓRIA A nova série de Heloísa Périssé já tem parte de seu elenco definido. A produção contará com nomes como Dan Stulbach, que terá o papel de protagonista,José Loreto,como um corretor em início de carreira e que sonha em ser ator, Zezeh Barbosa e Elizângela. A série tem estreia prevista para 2014 e tem autoria de Heloísa e supervisão de texto de João Emanuel Carneiro. MÃOS À OBRA A Record trabalha na produção de "Milagres de Jesus", sua próxima minissérie bíblica. A emissora já tem toda a cidade cenográfica erguida na Zona Oeste do Rio de Janeiro e uma equipe paralela produzindo externas na região de Guarapuava, no Paraná, e com outras viagens agendadas, como para o Piauí. MISTÉRIO NO AR Apesar da estreia recen-

Editor do suplemento: Maxwell Ferreira - maxwell_ferreira@hotmail.com Fotos: Jorge Rodrigues Jorge, Luiza Dantas e Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias

NA TRILHA DO SOM O universo musical e dançante do fictício cabaré Pacheco Leão em "Joia Rara" nunca foi muito distante de Aninha Lima. A intérprete da vedete Zilda já atuou como ''backing vocal'' da banda do músico Gabriel O Pensador. Não é à toa que a atriz não teme caso tenha de cantar em cena durante o folhetim de Thelma Guedes e Duca Rachid. "Se precisar cantar, eu canto sem problema. Já fiz isso em outras novelas.Estou sempre cantando em casa,no carro ou no chuveiro", brinca. Dedicada exclusivamente à televisão e à sua empresa de comida light, a atriz não cogita uma volta aos palcos cantando. "Não dá mais para montar uma banda e fazer shows. Às vezes, sinto falto do palco, mas isso posso suprir com o teatro", ressalta.

TOQUE DE CAIXA A próxima novela das seis da Globo, "Meu Pedacinho de Chão", já tem seus trabalhos adiantados. Benedito Ruy Barbosa escreveu 113 dos 115 capítulos do folhetim. A história é um "remake" do próprio autor de um texto original de 1971. A produção irá substituir "Joia Rara" e conta com a direção de Luiz Fernando Carvalho. ADEUS FINAL Marina Ruy Barbosa, a Nicole de "Amor à Vida", deixou a trama de Walcyr Carrasco para que o autor pudesse dar uma guinada na história de Thales, papel de Ricardo Tozzi, e Natasha, interpretada por Sophia Abrahão. No entanto, a atriz poderá voltar na reta final do folhetim.

NAS GRAÇAS Encarnar tipos cômicos e ingênuos na televisão tem se tornando uma constante na carreira de Anderson Di Rizzi. Na pele do divertido Carlito, de "Amor à Vida", o ator não teme ficar rotulado pelos personagens ligados ao núcleo de comédia. "Não é algo que eu busquei na minha carreira.Foi acontecendo. As pessoas me veem na comédia e me chamam para os mesmos tipos de papéis", explica Anderson, que tem vontade de interpretar personagens mais densos na tevê. "Um dia eu vou querer fazer. Pode ser daqui a 10 anos, mas uma hora eu faço", torce ele, que também planeja direcionar mais sua carreira para o cinema e o teatro.

te, ''Joia Rara" já tem alguns dos seus desfechos definidos. As autoras Thelma Guedes e Duca Rachid devem recorrer ao clássico recurso do "Quem matou?" na reta final da novela. Sílvia, personagem de Nathalia Dill, será assassinada misteriosamente. Assim, o suspense deve manter o telespectador cativo até o fim da novela, previsto para março. LONGA RELAÇÃO Aguinaldo Silva aumentou seu compromisso com a Globo. O autor de sucessos, como "Senhora do Destino" e "Fina Estampa", renovou seu contrato com a emissora até 2019.Além de sua nova série, "Doutora Priscila", ele também irá emplacar uma novela na faixa das 21 h no próximo ano.O folhetim irá substituir "Em Família", de Manoel Carlos.Cogita-se que,até o fim de seu contrato, Aguinaldo entregue mais três novelas à Globo. PRIMEIROS DETALHES A Record trabalha em ritmo avançado na próxima novela da emissora, com estreia prevista para 2014. Com título provisório de ''Vitória'', a produção teve a sinopse concluída e, recentemente, Cristiane Fridman entregou o capítulo de estreia. Alguns nomes estão cotados para o folhetim, como Letícia Medina, Caio Junqueira, Dado Dolabella e Victor Pecoraro. FAMOSA DEMISSÃO No próximo ano,a Record deve dar sequência ao "reality show" "O Aprendiz". No entanto, a temporada de 2014 não será com jovens profissionais em busca de um emprego.Roberto Justus irá montar um "casting" de aprendizes com celebridades. O formato já foi utilizado por Donald Trump, o grande idealizador do programa.


Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Sobre a mídia

Aline Linhares

alineolinhares@hotmail.com Twitter: @alinelinhares Site: www.alinelinhares.com.br

COLUNA ESPECIAL Olá, pessoas! Hoje peço licença para falar neste espaço sobre meus trabalhos, meus 13 anos de comunicação. Digo isso por ser um final de semana especial, esticadão, e que tenho a alegria de ter outras pessoas escrevendo aqui. Falo com o coração cheio de alegria sobre Railson Carlos, parceiro de tantos anos, e Luís Flávio Batista, amigo que trago no coração. Eles falaram sobre os meus três anos escrevendo na GAZETA DO OESTE e sobre os oito anos do site. Semana que vem traremos outras histórias sobre minha atuação no rádio e na TV. Desde já, obrigada, meninos! TERCEIRO ANO - por Railson Carlos Em 2010, Aline chegava a primeira década de carreira na comunicação. Havia trabalhado como locutora, repórter, técnica de master na televisão, produtora, apresentadora, diretora de imagens e outras funções. Apesar de ter trabalhado em jornal impresso como repórter e colunista interina, pleiteava um espaço seu, uma coluna semanal. "Após conversas e acertos com o diretor de Redação da GAZETA DO OESTE, Gilberto de Sousa, o espaço estava garantido. Uma felicidade imensa", diz a colunista. Aline iniciava nas páginas de um dos mais importantes jornais do RN, no caderno TV Gazeta, há três anos. Um espaço com a cara e o jeito da comunicóloga que ama e vive comunicação. A coluna leva o nome da radialista, tem como tema principal os profissionais da mídia, as empresas de comunicação, o que acontece no país em relação à área e as novidades da imprensa. "O mais legal é saber que quase todos os profissionais da área leem a coluna para saber das novidades sobre a comunicação local. Quase sempre tem um 'furo' como costumamos dizer quando a notícia é exclusiva. Ficam perguntando como eu sei dessas informações todas", conta, sorrindo. A coluna sai todo domingo, encartado na GAZETA DO OESTE, e chega a quase todos os municípios do Estado. E em meio as comemorações aos oito anos do site, a colunista, radialista, apresentadora de TV e blogueira também inclui a alegria de fazer parte da competente equipe do jornal GAZETA DO OESTE nesses três anos. "O aniversário da coluna acontece no mês de agosto, mas a satisfação de escrever nestas páginas e poder contribuir de alguma forma para a comunicação é renovada a cada semana", diz Aline, sobre a coluna semanal. O INFINITO DE PÉ - por Luís Flávio Batista Diz a poesia que o número 8, se for escrito, desenhado deitado, torna-se o símbolo do infinito. Essa é apenas uma das representações que este número tem para os seres humanos. Dessa forma poética, cheia de magia e mistérios que Aline Linhares, radialista, apresentadora de TV, blogueira, colunista e o que mais imaginar dentro da comunicação, festeja os oito anos do site que leva seu nome. "São anos de experiência, alegria e muito aprendizado", diz Aline, com brilho nos olhos. Criativa, dedicada e cheia de ideias para colocar em prática, a loira dedica várias horas do dia ao site, ao webleitor que acompanha as informações, as notícias e novidades do espaço virtual criado por ela em 2005. A página principal, que é conhecida como BLOG, é atualizada todo dia, várias horas por dia, com a intenção de bem informar a quem acessa o www.alinelinhares.com.br, que só veio ganhar essa nomenclatura depois de dois anos que estava na internet. Com o tempo o espaço foi crescendo e ganhando forma e 'vida' própria. "A partir de um comentário de Giovanne Rodigheri, na época diretor de programação da TCM, que dizia que demorava demais para achar o blog por causa do nome que tinha, porque eu não colocava meu nome. Assim seria mais fácil encontrá-lo na internet. Passei um tempo para amadurecer a ideia, mas vi que ele estava certo", conta a blogueira. Dois anos mais tarde, Aline começava a enxergar o blog de forma mais pessoal e quis personalizá-lo. "Quis colocar, literalmente, a minha cara na página virtual. Para isso fui pesquisar e aprender a mexer em HTML e outras funções dos blogs 'prontos'. Mas o resultado até que foi bom". Esse 2013 traz os festejos dos oito anos do site da loira no ar.

TVGazeta do Oeste 3


4 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Raio-x

Túnel do tempo Renato Góes vive mais um personagem de época como o Nuno de "Joia Rara" BELISA TAAM TV PRESS

O

processo de composição e a busca por trejeitos característicos de um personagem são alguns elementos que acompanham a vida de um ator. Ainda mais quando se trata de tipos de época. Para Renato Góes, que vive o contador Nuno de "Joia Rara", estar inserido em uma trama que se passa nas déca-

das de 1930 e 1940 é algo que o estimula bastante. "Tudo é feito com mais cuidado, desde a forma de agir até falar", opina. Renato também reencontra o texto de Duca Rachid e Thelma Guedes após a atuação em "Cordel Encantado", na pele do divertido Fausto. "Os dois trabalhos são incríveis, mas faço tipos completamente diferentes", conta. Na trama, Nuno se demite da Fundição Hauser após

saber sobre as falcatruas da empresa. "O meu personagem não quer prejudicar ninguém, mas não aguenta ver tanta maldade". Diante da oportunidade de contracenar com José de Abreu, que vive Ernest, o poderoso dono da fábrica, Renato coleciona as dicas do veterano para um bom entrosamento diante às câmaras. "O Zé conversou muito sobre os papéis e ressaltou a importância do Nu-

Lucca Diniz Nome: Renato Góes de Oliveira. Data de Nascimento: Em 19 de dezembro de 1986, em Recife. O primeiro trabalho na tevê: Antônio Carlos, de "Pé na Jaca", de 2006. Atuação inesquecível: "As cenas com Marcos Caruso em 'Cordel Encantado'". Interpretação memorável: Marcos Frota em "Mulheres de Areia", de 1993. Um momento marcante na carreira: "Minha estreia no cinema, em 'Solidões', longa de Oswaldo Montenegro". A que gosta de assistir: "Bons filmes de qualquer gênero". A que nunca assistiria: "Odeio programas sensacionalistas". O que falta na televisão: "Mais séries brasileiras". O que sobra na televisão: "Apelo aos belos corpos femininos para atrair a atenção do telespectador". Ator favorito: Marcos Caruso. Atriz predileta: Fernanda Montenegro. Com quem gostaria de contracenar: "Com Tony Ramos. Além de ser o ator que é, todos os colegas ressaltam sua generosidade". Se não fosse ator, o que seria: "Um espectador assíduo do teatro". Humorista: Marcelo Adnet. Novela preferida: "A Próxima Vítima", de 1995. Vilão marcante: Timóteo, de "Cordel Encantado", de 2011. Personagem mais difícil de compor: Nuno, de "Joia Rara". Papel que mais teve retorno do público: Fausto, de "Cordel Encantado". Melhor bordão da tevê: "Stop, take it easy. Me poupe, me economize, Salgadinho", de Lucineide, interpretada por Regina Dourado em "Explode Coração", de 1995. Melhor programa de humor: "Tapas & Beijos". Que novela gostaria de ser reprisada: "O Rei do Gado", de 1996. Que papel gostaria de representar: "Tenho vontade de montar algo relacionado ao Charles Chaplin". Par romântico inesquecível: "Com Luana Martau em 'Cordel Encantado'". Com quem gostaria de fazer par romântico: Débora Falabella. Filme: "Dançando no Escuro", de Lars Von Trier. Livro de cabeceira: "Pulp", de Charles Bukowski. Autor predileto: Woody Allen. Diretor favorito: Bernardo Bertolucci. Projeto: "Trabalhar como ator até não poder mais".

no. Ele me deixou muito à vontade", elogia. Mas, agora, o personagem abandona o tom mais sério e se volta para o núcleo de humor. Isso porque surge uma oportunidade de emprego no cabaré. "Nuno é a cabeça pensante do lugar como estabelecimento financeiro", avalia.


TVGazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Bastidores

Entre o início e o fim ESPECIAL DA RECORD FALA DE FORMA LEVE SOBRE O AMOR E A MORTE

ANNA BITTENCOURT TV PRESS

O

amor mata, mas também pode salvar.É com essa premissa que a Record prepara "O Amor e A Morte" para exibir junto com a sua programação especial de fim de ano. O telefilme, assinado por Marcílio Moraes, é baseado na temática de quatro contos de Thomas Mann: "A Morte", "Desejo de Felicidade", "A Queda" e "Anedota". A escolha dos textos de Mann, vencedor do prêmio Nobel de Literatura de 1929,foi uma opção de Marcílio. "A emissora veio com a proposta de homenagear os 150 anos da presença alemã no Brasil. Então, eu tinha de escolher um autor alemão para trabalhar.Decidi por ele por ser admirador dessa figura de grande destaque", valoriza o autor. Para a estética do telefilme,Marcílio se inspirou em outro grande nome alemão, Bertolt Brecht. "Mantive uma construção épica, mas deixando as cenas mergulharem em um tom dramático, transportando o telespectador para dentro da ação e não contrapondo o telespectador a ela. Como fazia Bretch", analisa. A relação de Thomas Mann com o Brasil também favoreceu a escolha. "A mãe dele era de Paraty, no Rio de Janeiro. E os temas que ele trata, com toda linguagem sutilmente irônica, me agradam muito", diz Marcílio. O protagonista da história é Henrique, interpretado por Floriano Peixoto, um diretor que faz um misterioso convite aos amigos. Em uma noite, ele

convida Maria, Thomas, Becker e Ronaldo,de Adriana Garambone, Gabriel Gracindo, Giuseppe Oristanio e Thelmo Fernandes, para dar-lhes a sombria notícia de que irá morrer no próximo dia. Apesar do tema, Marcílio garante que o especial não será mórbido."Será repleto de delicadeza, humor e ironia",avisa.Apesar da notícia ser trágica, os amigos a recebem como uma grande brincadeira e começam a especular o motivo de tanta certeza. "Com os amigos chutando motivos, ele explica que há mais de 20 anos tem plena convicção de que irá morrer no dia 13 de outubro de 2013", explica Floriano. O reduzido elenco, com apenas cinco atores, foi uma escolha de Marcílio. "Participei da seleção. Inclusive,fiz uma coisa que não costumo fazer. Geralmente, não penso em atores para escrever. Mas, dessa vez, escrevi a Maria para a Adriana Garambone", conta. O cenário é decorado com roupas e objetos antigos e ainda um piano de cauda.Enquanto o diretor Marco Altberg comanda o posicionamento dos dois trilhos usados para sustentar as câmaras, os atores passa-

vam a cena e se divertiam com o texto de Marcílio,presente no "set"."Os homens são realmente uma lástima", lia Adriana Garambone no roteiro e concordava com a fala de sua personagem, provocando risadas em todos no estúdio. Para tentar dissuadir Henrique e fazê-lo esquecer da história de sua planejada morte no próximo dia, os convidados começam a contar histórias que envolvem amor e morte,acreditando que a possível morte do protagonista tem ligação com as dores do amor. "O amor pode ser tão fatal como uma arma", recitava Garambone,mais uma vez acreditando nas palavras de sua personagem e arrancando gargalhadas de Marcílio. Os relatos de histórias que misturam tragédias românticas e amores interrompidos leva a uma calorosa discussão entre os convidados que só será finalizada ao badalar da meia-noite. Para Giuseppe Oristanio,intérprete de Becker, um frustrado e tristonho escritor, o telefilme levará o telespectador a uma profunda reflexão sobre os temas."Estamos vivendo dias intensos de gravação e isso será refletido no produto final", valoriza. Já para Gabriel Gracin-

do, o clima de suspense misturado com o romance vai fazer a diferença em "O Amor e A Morte". "Não vai ser apenas aquela contação de história.Para cada história contada,vai ter um 'flashback',uma lembrança visual do passado", adianta. Ainda sem data definida para ir ao ar, "O Amor e A Morte" segue a linha dos outros especiais da Record. Assim como "Nova Família Trapo","Pa Pe Pi Po Pu", "Tá Tudo em Casa", "Noite de Arrepiar" e "Casamento Blindado",o telefilme de Marcílio Moraes é uma parceria com uma produtora independente, neste caso, a Indiana. "Antes das gravações nos estúdios do RecNov,passamos um tempo ensaiando no estúdio da Indiana,que fica no bairro do Cosme Velho, no Rio de Janeiro", conta Floriano Peixoto.


6 TVGazeta do Oeste

Entrevista até hoje. Estou sempre tentando melhorar. Essa procura é um te ma inesgotável. Todo ser huma no busca a felicidade, a cara me tade e emagrecer (risos).

OLHORSOL DE FA

ra valoriza os Flávia Alessand stória própria conflitos e a hi te Heloísa, de da independen onte" Ho "Além do riz

C

om jeito de que sabe o que quer, Flávia Alessandra mostra-se acostumada ao esquema industrial,e por vezes efêmero, da tevê. Seguindo o raciocínio de que a única certeza do veículo é que depois de uma novela sempre haverá outra,a atriz garante que parou de sofrer com a ansiedade de fazer a personagem "acontecer" dentro da trama."Busco propostas instigantes, mas não depende só de mim. Novela é um trabalho extremamente coletivo", conta,já totalmente recuperada de sua morna participação na controversa "Salve Jorge".De olho no futuro, Flávia agora mergulha nos conflitos e na maturidade de Heloísa, de "Além do Horizonte". "Minha personagem tem dilemas próprios e centrados no eixo principal da novela. Fora isso, é carregada do humor e do romantismo bem característicos das novelas das sete, horário que eu conheço bem", resume. Natural de Arraial do Cabo, Região dos Lagos do Rio de Janeiro, Flávia estreou na tevê aos 14 anos. Na época, venceu um concurso de novos talentos do "Domingão do Faustão" e entrou para o elenco de "Top Model", de 1989. Hoje, aos 39, é uma das atrizes mais requisitadas da Globo. "Batalhei minha carreira aos poucos e sempre variei muito de núcleo, até quando era casada com o Marcos Paulo, que era diretor da emissora", analisa. Ao

longo dos últimos anos, Flávia tem estado cada vez mais disposta a experimentar na tevê. À vontade na pele de mocinhas em tramas como "Porto dos Milagres" e "Caras & Bocas",ela assume sua predileção por personagens multifacetadas, em especial, a perversa e passional Cristina de "Alma Gêmea" e a sensual Alzira de "Duas Caras". "Quanto mais diferente e distante de mim for a personagem, mais caminhos e possibilidades de atuação eu tenho", acredita. P - "Salve Jorge" acabou em abril e, no mesmo mês, você já começou a se preparar para "Além do Horizonte". Estava nos seus planos voltar às novelas tão rápido? R - Não esperava.Marquei minhas férias com a certeza de que só voltaria ao ar em novelas na próxima do Aguinaldo (Silva), que está prevista para o final do próximo ano. Mas, na televisão, a gente escolhe mais a equipe do que o trabalho em si. Estava indo viajar com a família e o Ricardo (Waddington, diretor de núcleo de "Além do Horizonte") me ligou falando sobre o "status" inovador do projeto. Aí, não resisti e topei. P - O que tornou o convite tão irresistível? R - A força da personagem. A Heloísa tem um lado emocional

muito intenso. Ela sofre um grande abalo da vida. O marido some, vai em busca de algo que ninguém sabe exatamente o que é,desaparece e é dado como morto pela Justiça.Ela fica com aquela sensação estranha de dúvida. Afinal,o corpo nunca foi achado.Como consequência,Heloísa tem de criar a filha sozinha em meio a uma sociedade emergente e cruel. Para proteger a filha dos traumas, afirma que o pai dela morreu e pronto. Anos depois, aparecem indícios de que esse cara está vivo.E o conflito familiar se instaura. Para o horário das sete, me impressiona a qualidade do drama dessa história. P - Como assim? R - Acho que os autores conseguiram ousar bastante. Lógico que tem a leveza típica do horário e que eu já pude experimentar algumas vezes, como em "Pé na Jaca" e "Caras & Bocas". Mas existe o algo mais. O Marcos (Bernstein) e o Carlos (Gregório) tocam em "feridas" pertinentes, questionam valores e a própria busca da felicidade.Tivemos muito pouco tempo de preparação para a novela, mas, durante esse processo, lembrei muito de quando tinha lá meus 14 anos e tentava me encontrar dentro do universo. Achei que isso seria uma fase, que logo depois estaria segura das minhas escolhas e feliz.Mas as perguntas perduram

P - Na contramão do emagrecimento, sua personagem é apresentadora de um programa de culinária. A cozinha é um território que você domina? R - Precisei de um apoio (ri sos). É claro que eu cozinho em casa, mas não levo isso de forma profissional. Como ela tem um programa, a coisa muda de fi gura. Na tevê, é preciso ter uma certa postura até na hora de co zinhar (risos). Tive ajuda espe cífica nesse sentido. Mas tam bém fui buscar inspiração em apresentadoras que já existem. A tevê paga é um vasto univer so sobre programas do tipo. Fo quei em nomes como a Kate Lee e a Nigella Lawson, que são mu lheres muito elegantes e não se "desmontam" quando estão co zinhando. Elas continuam divas e chiques (risos). P - Em "Além do Horizonte", você volta a fazer par romântico com Alexandre Borges, 11 anos depois de "O Beijo do Vampiro". De alguma forma, bisar uma parceria facilita na hora de gravar? R - Depende de como foi o trabalho anterior (risos). No ca so do Alexandre, é uma alegria reencontrá-lo. A gente mudou, amadureceu como intérprete envelheceu! Engraçado é que personagens vão e vêm e a gen te acaba esquecendo de algumas coisas. Fui parada na rua por uma fã que me disse: "Que lin do, de novo Rodrigo e Lívia!". Respondi: "Que Rodrigo?". Aí, ela veio me falar que adorava "O Beijo do Vampiro" e que é um casal inesquecível para ela. Eu nem lembrava mais. P - Antes de seu nome ser confirmado para a atual novela das sete,cogitou-se que você entraria em "Amor à Vida".O que aconteceu? R - Cheguei a conversar com o Walcyr (Carrasco, autor), mas eu tinha acabado de sair de "Sal


tando um teumaa me-

emaem granha é domi-

io (riho em orma m um de fir uma de coespetamo em stem. verFoe Lee o muão se ão codivas

onar roges, jo do ma, ta na

oi o No cagria udou, ete, é que a genumas a por e linvia!". Aí, a "O é um a. Eu

me ser vela cê enO que

r com mas "Sal-

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

ve Jorge" e estava analisando o convite do Ricardo. Acabou que nem fiquei sabendo muitos detalhes do que eu iria fazer em "Amor à Vida". Em conjunto com a emissora, ficou decidido que eu iria para a novela das sete. Foi uma pena não voltar a trabalhar com o Walcyr. Desde "Morde & Assopra" que não faço nada dele. Ao mesmo tempo em que é legal trabalhar com autores novos. P - Vocês fez trabalhos de grande repercussão sob o texto do Walcyr. É seu autor preferido? R - Seria injusto falar só dele. Aguinaldo Silva também já me deu papéis maravilhosos. No entanto,de alguma forma,o Walcyr sempre tenta me estimular como atriz. Fiz a grande vilã da minha carreira com ele, em "Alma Gêmea", que foi um papel muito importante para conseguir novas oportunidades dentro da Globo. Anos depois, com a Dafne de "Caras & Bocas", fiz uma mocinha deliciosa e leve. Em 2011, veio a maior surpresa, uma personagem dupla, onde fiz uma robô. Gosto do atípico, do que não é comum. De certa forma, em "Além do Horizonte",estou bem amparada nesse sentido. P - A Cristina de "Alma Gêmea" é um "divisor de águas" na sua trajetória. Você acha que o fato de ser uma vilã foi importante para o êxito desse trabalho? R - Não sei se foi só o fato de ser vilã.Uma antagonista bem escrita e bem interpretada é tão interessante quanto uma mocinha com dilemas realistas. Já estive nas duas posições.E acho que sucesso de crítica e repercussão de público é uma junção de fatores. A Cristina ainda é a personagem mais forte da minha carreira pela força e carisma que ela tinha. Fiz outras personagens adoráveis e populares depois, mas nenhuma usava um batom tão vermelho (risos). P - Além do convite para entrar em "Amor à Vida", você já estava gravando uma participação em "Pé na Cova". E, por

causa do trabalho em "Além do Horizonte", teve de ser substituída pela Giovanna Antonelli. Como lida com as escolhas de sua carreira e até que ponto você tem autonomia dentro da emissora? R - Sou uma funcionária. Eu sei bem o que quero para a minha carreira, mas tenho de respeitar esse vínculo com a emissora. Tenho uma excelente relação com a Globo. Quando recebo um convite, analiso junto com a direção. E, se eu não gostar, eles vão respeitar. Outros eu aposto no risco e na ousadia, como é o caso de "Além do Horizonte". Adoraria ter feito "Pé na Cova", assisto e me divirto muito com o seriado. E só não "rolou" mesmo por conflitos de agenda de gravações e também porque a exibição seria muito próxima da estreia da novela. Falei para o Miguel (Falabella, autor) que quero participar da próxima temporada. P - "Além do Horizonte" acaba em maio, época em que a próxima trama de Aguinaldo Silva deve entrar em pré-produção. Ser disputada por diversos núcleos da Globo a deixa lisonjeada? R - Sem dúvida. Ao mesmo tempo em que eu sei que preciso parar um pouco e dar uma respirada.O público não me vê ininterruptamente na tevê, pois a novela acaba junto com a pré-produção da outra. E só alguns meses depois eu reapareço no vídeo. Então, eu é que sei o trabalho que dá em me reformular e fugir do semelhante a cada personagem. Preciso de uma pausa até mesmo para não comprometer o meu desempenho. Sou uma defensora de personagens diferentes, não quero ficar conhecida como a atriz de um papel só.

TVGazeta do Oeste 7

VIDAS POR UM FIO Muito além da composição e inspiração, cada nova personagem de Flávia Alessandra precisa de um novo cabelo. "É um passo importante da minha reciclagem entre um trabalho e outro", define. Na primeira fase da carreira, em tramas como "Mico Preto", de 1990, e "Pátria Minha", de 1994, a atriz de fios naturalmente castanhos mudava mais o corte. A partir de "Meu Bem Querer", descobriu-se loura e passou a ousar mais. "Acho que fico melhor loura. Mas já estive ruiva em 'Pé na Jaca' e morena para 'Duas Caras'. É bom ter essa versatilidade para ter outro visual. Eu me entrego", acredita. Para "Além do Horizonte", a atriz precisou alongar os fios e ficar mais loura ainda do que estava em "Salve Jorge". "Não decido o visual da personagem sozinha. É a primeira vez que sou mãe de uma pessoa com mais de 20 anos. Junto com a equipe de caracterização e a direção, resolvemos que uma mãe enxuta e moderna tem de ser loura, muito loura", conta, aos risos. PLANO B Durante os anos 1990, diante das dificuldades em ser escalada para novelas, Flávia Alessandra chegou mesmo a pensar em se afastar das Artes Cênicas. Como segunda opção profissional, decidiu cursar a faculdade de Direito. Pouco tempo depois de se formar e já com a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil em mãos, foi chamada para um teste em "A Indomada", de 1997, onde deu vida à sensível Dorothy, seu primeiro papel de maior visibilidade. "Foi um trabalho de muitas alegrias. Pela primeira vez, li boas críticas e o público começou a se aproximar. A partir de 'A Indomada', vieram outros convites e oportunidades. Mas não largo o Direito! Pago minhas mensalidades da OAB até hoje", assume.

TRAJETÓRIA TELEVISIVA # "Top Model" (Globo, 1989) - Tânia. # "Mico Preto" (Globo, 1990) - Francisca. # "Sonho Meu" (Globo, 1993) - Inês. # "Pátria Minha" (Globo, 1994) - Cláudia. # "História de Amor" (Globo, 1995) - Soninha. # "A Indomada" (Globo, 1997) - Dorothy. # "Meu Bem Querer" (Globo, 1998) - Lívia. # "Aquarela do Brasil" (Globo, 2000) - Beatriz. # "Porto dos Milagres" (Globo, 2001) - Lívia / Iemanjá. # "O Beijo do Vampiro" (Globo, 2002) - Lívia / Princesa Cecília. # "Sítio do Picapau Amarelo" (Globo, 2004) - Branca Flor. # "Da Cor do Pecado" (Globo, 2004) - Lena. # "Alma Gêmea" (Globo, 2005) - Cristina. # "Pé na Jaca" (Globo, 2006) - Vanessa. # "Os Amadores" (Globo, 2006) - Camila. # "Duas Caras" (Globo, 2007) - Alzira. # "Nada Fofa" (Globo, 2008) - Solange. # "Casos e Acasos" (Globo, 2008) - Gilda. # "Caras & Bocas" (Globo, 2009) - Dafne. # "Morde & Assopra" (Globo, 2011) - Naomi / Naomi Robô. # "Salve Jorge" (Globo, 2012) - Érica. # "Além do Horizonte" (Globo, 2013) - Heloísa.


8 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Crônica

Atrás do próprio rabo "AMOR À VIDA" APOSTA EM TRAMAS REPETITIVAS E VILÃO CARISMÁTICO

LUANA BORGES TV PRESS

É

comum que, em certo momento, o ritmo de uma novela fique linear. Para quebrar o marasmo, artifícios como passagem de tempo e revelação de mistérios esquecidos são bastantes utilizados. Isso acontece demais na atual fase de "Amor à Vida".A dois meses do fim,a trama de Walcyr Carrasco ganhou um novo gás com a resolução de uma questão crucial na história: como a filha de Paloma, interpretada por

Paolla Oliveira, desapareceu após o parto. Desde o primeiro capítulo, o espectador sabe que foi Félix, vilão de Mateus Solano, quem abandonou a bebê em uma caçamba de lixo. Mas precisou exibir 80% da novela para que os personagens resolvessem buscar uma resposta. A mais interessada no assunto - a mocinha -, no entanto, se manteve apática e pouco fez ao longo de todos esses capítulos. A missão ficou mesmo nas mãos de César e Bruno, de Antonio Fagundes e Malvino Salvador.O que rendeu,aliás,boas cenas a um protagonista que não tem tido grande visibilidade. Apesar da reviravolta de "Amor à Vida", as tramas ainda se movimentam em círculos. A impressão que se tem é que cada núcleo gira em torno de uma mesma situação

até que ela fique esvaziada. Quando muito, surge um novo conflito que é explorado até não ter mais graça. É o caso de Perséfone, interpretada por Fabiana Karla. O preconceito que a personagem sofre por estar acima do peso já foi deveras desgastado. Assim como o amor entre Valdirene e Carlito - de Tatá Werneck e Anderson Di Rizzi -, que não pode ser concretizado porque a "periguete" prefere a estabilidade financeira ao lado de um homem rico. Mas, de uns tempos para cá, o folhetim tem explorado outros personagens até então deixados de escanteio. Como a novela acabou sendo esticada por algumas semanas, começaram a "pipocar" novas histórias. Uma delas foi a de Vivian, dona do bar onde alguns personagens se

encontram, vivida por Angela Dip, que se descobriu alcoólatra - mas não levou seu estabelecimento à falência. O ápice da novela acontece mesmo quando Mateus Solano entra em cena. Apesar do texto bobo de Félix - o que se repete em quase todos os personagens -, o ator consegue transmitir humor e segurança. Resultado de um trabalho de composição minucioso. Os embates entre o vilão e César também rendem sequências de tirar o chapéu. Em meio aos diálogos infantilizados de "Amor à Vida", Solano e Fagundes têm carregado nas costas os melhores momentos da novela.


TVGazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Close

QUESTÃO DE COSTUME ''CRIA'' DOS PALCOS, PAULA BRAUN SE ADAPTA AO TEMPO CORRIDO DA TEVÊ EM "AMOR À VIDA"

CAROLINE BORGES TV PRESS

É

comum que atores com maior experiência nos palcos tenham dificuldades para se adequar ao ritmo veloz da televisão. Original do teatro independente, Paula Braun iniciou sua carreira profissional aos 14 anos no grupo Arte Atroz, que surgiu dentro do Núcleo de Teatro Experimental de Blumenau, em Santa Catarina. Hoje, aos 34 anos, interpreta a dedicada médica Rebeca, de "Amor à Vida",e tenta se acostumar com o tempo corrido das câmaras em seu primeiro papel fixo na tevê - ela já participou de "Tudo Novo de Novo" e "Malhação". "Você tem de estar mais preparado, sem dúvida. O ritmo de gravações é muito intenso. São várias sequências por dia. A personagem evolui junto com você. Tenho bons parceiros de cena para me ajudar e bater o texto antes. Isso me dá mais segurança", afirma. Na história, a médica judia ganhou destaque na trama após iniciar um romance com o neurologista palestino Pérsio, papel de Mouhamed Harfouch. Para o amor dar certo, os dois precisam superar suas diversidades étnicas. No entanto, Paula acredita que a história do casal vá muito além das diferenças religiosas. "A ideia de um palestino e uma judia é só um pretexto para falar de diferenças. O objetivo é abordar o respei-

to ao próximo e falar onde mora o amor nas pessoas. Está no que elas vestem ou acreditam?", indaga. Assim como boa parte do elenco da novela das nove, Paula passou por um processo de preparação e laboratórios para interpretar uma profissional da saúde. Durante algumas semanas,acompanhou o dia a dia de médicos e algumas cirurgias.Além disso,utilizou referências do período de preparação para o filme "Amanhã Nunca Mais'', em que deu vida a uma enfermeira. Já para o conflito religioso, a atriz conversou com amigos e parentes da família de seu marido, o ator Mateus Solano, que também é judeu e interpreta o vilão Félix na trama."Minha sogra me ajudou a esclarecer muitas questões.Procurei pessoas que tiveram empecilhos amorosos. Pessoas que namoravam escondido por conta da religião ou da família ser contra", ressalta. Natural de Blumenau, em Santa Catarina, Paula sempre teve a certeza de que iria trabalhar com algo relacionado às artes. Desde criança, praticava as mais diversas aulas,como piano, canto e teatro. No entanto,aos 18 anos,optou por seguir apenas uma vertente artística e foi para São Paulo se aperfeiçoar no teatro. "Chega uma hora da vida que todo mundo faz escolhas. Tive o apoio da minha família para me sustentar em São Paulo enquanto as coisas não deslanchavam", lembra ela, que preferiu começar a produzir peças para complementar a renda. "Teatro é muito difícil nesse país. Em vez de ficar em casa esperando, eu vou lá e produzo", completa. Com 13 montagens teatrais e sete filmes no currículo, Paula sempre prezou pela diversidade em sua carreira.

Tanto é que a tevê nunca foi seu único foco e sim um caminho natural, onde um veículo acabou levando ao outro. "Alguém vê você em uma peça e convida para o cinema e assim vai... Não planejei nada. Vim fazer tevê porque tive a oportunidade. Com atriz, está sendo uma experiência enriquecedora", aponta ela, que foi convidada por Walcyr

Carrasco para integrar o elenco do folhetim global. "Gosto muito dos textos dele. Novela é da cultura do brasileiro. Tinha de ter essa experimentação", argumenta.


10 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Resumo

ALÉM DO HORIZONTE

MALHAÇÃO

JOIA RARA

GLOBO - 17H:50

GLOBO - 18H:15

GLOBO - 19H:10

Segunda (18/11) - Meg sofre com a notícia de que sua gravidez nunca existiu. Caetano tenta convencer Bernardete a usar produtos mais baratos e montar uma rede produtora de angu. Claudio conta para Sidney que seu casamento com Maura acabou porque ele se apaixonou por outra pessoa. Meg não consegue contar a verdade e diz à família que perdeu o bebê, sob os olhares de reprovação de Micaela. Ben culpa Sofia pela suposta perda de seu filho. Anita deixa escapar para Antônio que sabe sobre sua antiga procura pelo pai e o menino se desespera. Antônio acusa Hernandez de ter escondido cartas de seu pai, assim como Maura fez com Sidney. Claudio apresenta seu companheiro, Lars, a Sidney.

Segunda (18/11) - Amélia se desespera com a possibilidade de perder a guarda de Pérola. Toni recebe o bilhete de Hilda concordando em fugir com ele. Franz sente ciúmes ao encontrar Manfred na casa de Amélia. Pérola vai morar na mansão de Ernest contra a sua vontade. Mundo desconfia de Zefinha ao saber que ela arrumou um bom emprego. Pérola foge da mansão e vai à casa de Amélia.

Segunda (18/11) - William passa o número de seu celular para o vendedor. Celina registra as fotos das vítimas da Besta, antes de entregá-las para Kléber. Nilson tenta alegrar Klaus. William vai para a casa de Guto ao perceber que está sendo seguido pelo "motoboy".Lili fala para Priscila que Rafa a convidou para ir à reunião de seu grupo. William recebe um telefonema suspeito. Inês pede para Marcelo continuar observando Thomaz. William se encontra com Líder Jorge, que o chama para a reunião do grupo. Celina tenta conversar com José e João sobre a mãe de Fátima. Lili e William saem de casa para ir ao local da reunião. Celina pede para conversar com Vó Tita sobre a mãe de Fátima.Rafa pergunta se Lili e William se conhecem.

Terça (19/11) - Sidney não aceita a verdade sobre seu pai. Sofia conta para Anita tudo o que fez contra Meg, mas afirma que jamais jogaria a menina da escada.Sidney revela para Maura que conheceu o companheiro de seu pai e a mãe o consola. Notícias sobre Claudio se espalham pelo Grajaú e Micaela é solidária com Sidney na escola. Clara se sente culpada por ter esquecido o skate que provocou a queda de Meg e Vitor a apoia. Soraia se preocupa com o estado depressivo de Bernardete.Maura incentiva Sidney a correr atrás do dinheiro do pai.Micaela exige que Meg conte a verdade para a família. Antônio diz a Anita que está apaixonado por ela. Quarta (20/11) - Anita não deixa que Antônio a beije. Anita ouve Ronaldo e Vera falando sobre a dificuldade financeira e decide ir até a Barra.Claudio procura Sidney e os dois desabafam sobre suas vidas. Paulino apoia Luiza contra o homem responsável pela falência de sua família, sem saber que se trata de Caetano. Vera recebe uma encomenda de bolo para uma atriz famosa. Abelardo avisa a Caetano sobre um processo contra ele. Vera é entrevistada na festa de casamento da atriz para quem fez o bolo. Sidney se impõe contra as ofensas de Maura e Zelândia aprova. Anita e Sofia quitam a conta do hospital e lá descobrem a verdade sobre a gravidez de Meg. Sidney veste uma saia para ir ao colégio. Sofia revela para a família que Meg nunca esteve grávida. Quinta (21/11) - Todos ficam chocados com a revelação da falsa gravidez e Meg tenta se explicar. Zureta, Minhoca e Junior não entendem o comportamento de Sidney. Giovana e Micaela apoiam Meg. Os alunos são hostis com Sidney e Virgilio defende o rapaz. Meg diz que voltará para os Estados Unidos e Giovana se recusa a aceitar a decisão.Ronaldo conhece Andressa enquanto se exercita. Antônio pede para ajudar Anita em um trabalho. Tita ouve quando Antônio diz que desistiu de procurar seu pai. Caetano presenteia Bernardete. Giovana pede para Clara acolher Meg em sua casa. Ben se desculpa com Sofia. Caetano procura Zelândia. Meg é ríspida com Antônio, que é agressivo com a menina. Sexta (22/11) - Meg consegue se desvencilhar de Antônio, que finge nada ter acontecido. Zelândia exige que Caetano a receba em sua casa. Antônio encontra o material do projeto de moda de Sofia e pensa em sabotá-la. Hernandez evita comer para não dar mais despesas e Ben percebe. Ronaldo se exercita com Andressa novamente e os dois flertam. Luciana vê Ronaldo com Andressa. As roupas do projeto de Sofia são destruídas pelo fogo e a menina acusa Meg. Bernardete decide voltar a trabalhar. Antônio desenha uma grande explosão e afirma que agora seu pai o encontrará.

Terça (19/11) - Hilda se casa com Toni. Ernest tenta levar a filha para casa, mas ela o rejeita. Gertrude avisa a Ernest que Pérola desapareceu. Fabrício pede Lola em casamento. Amélia e Mundo levam Pérola de volta para a mansão. Joel liga para Manfred, disfarçando a voz,e diz que Aurora está com outro homem na confeitaria. Mundo leva Volpina à força para a delegacia e a obriga a falar a verdade sobre o seu acidente. Quarta (20/11) - Volpina confessa ao delegado tudo o que viu na noite em que foi planejado o atentado contra Mundo. Amélia teme que Pérola se afaste dela se Ernest for incriminado. Valter diz a Volpina que não vai mais protegê-la. Manfred destrata Davi ao vê-lo com Aurora. Fabrício acolhe Volpina, a pedido de Mundo. Ernest maltrata os amigos de Pérola. Amélia pede aos monges que fiquem perto de Pérola para protegê-la.Valter e Ernest são intimados a comparecer à delegacia. Quinta (21/11) - Ernest diz a Valter que perdeu a confiança nele. Lola fica com ciúme ao ver Volpina na casa de Fabrício. Venceslau protege Volpina de Benito e acaba apanhando dele. Ernest diz a Venceslau que não fará mal a Volpina se ela mudar o depoimento. Ela diz ao delegado que foi forçada por Mundo a mentir e afirma que Ernest é inocente. Sexta (22/11) - Mundo fica revoltado com a declaração de Volpina. Iolanda passa mal e Franz a leva para o hospital. Ernest expulsa Mundo do quarto de hospital. Franz diz a Mundo que Iolanda corre risco de morrer. Aurora demite Joel, que se hospeda na pensão de Conceição. Iolanda conta para Mundo que perdeu o filho dele. Sábado (23/11) - Mundo não consegue perdoar Iolanda por não ter lhe contado que o filho que esperava era dele.Rubens diz a Davi que existem novos métodos que podem ajudá-lo na sua reabilitação. Manfred planeja com Ernest uma forma de prejudicar a candidatura de Mundo. Tenpa diz a Sonan que Matilde nutre um sentimento por ele e aconselha o monge a ficar atento. Manfred ameaça Davi por causa de Aurora. Mundo é interrompido em seu comício por Rosa, que, aos berros, diz que tem uma filha com ele.

Terça (19/11) - William não conta para Rafa que já conhecia Lili. Assis fala para Marlon e Paulinha que eles serão levados para conhecer o Grande Mentor. Vó Tita conta a história de Ana Rosa, sua filha, para Celina. Lili fica interessada na opinião que Líder Jorge tem sobre William. Lili adormece com uma foto de seu pai nas mãos.William explica para Sandra por que está sumido de casa.Lili conta para Priscila que encontrou William na reunião do grupo. Inês provoca Heloísa. Thomaz desiste de tentar se envolver com Heloísa ao pensar no relacionamento de seus filhos. LC se apresenta para Paulinha e Marlon como o Grande Mentor. Quarta (20/11) - Marlon e Paulinha ficam encantados com LC. Lili fica confusa com as palavras de Líder Jorge.William tenta falar com Lili,mas estranha seu comportamento. Marlon questiona LC sobre Tereza e Paulinha o repreende. Assis leva Marlon e Paulinha para conhecerem a Comunidade.Lili termina seu noivado. Flávio tenta animar Júlia para ir à festa de seus amigos do colégio. Marcelo finge estar bem com o rompimento do noivado. Quinta (21/11) - Assis consente que Marlon fale com Tereza. Lili pede para André contar o que sabe sobre o desaparecimento de seu pai.Marlon conversa com Tereza e Paulinha os observa. Kléber e Edu combinam de receber as mercadorias à noite. Júlia fica horrorizada com seus amigos de colégio.Acontece um blecaute em Tapiré e todos correm assustados. Celina tenta convencer Keila de que não existe nenhum fantasma.Ela decide sair pelas ruas para investigar o blecaute e não percebe que está sendo seguida. Tereza vai até a Central de Energia da Comunidade. Líder Jorge avisa a Tereza que a filha de LC é a mais nova integrante do Grupo. Sexta (22/11) - Celina se surpreende ao descobrir que foi levada por Matias. William demonstra sua mágoa para Lili.Líder Jorge explica a Tereza por que ela não foi informada de que Lili estava no novo Grupo. Matias conta sua história para Celina. A luz volta em Tapiré. Sandra conhece Osvaldo, seu novo vizinho. Heloísa fica perturbada com a visita de Thomaz. Marcelo chora por causa de Lili e Priscila o consola. Júlia conta para Flávio sobre seu encontro com Paulo. Sandra descobre que Osvaldo é hipocondríaco. Edu pede para Kleber aumentar sua porcentagem nos negócios. Sábado (23/11) - Lili fica magoada com Heloísa.LC supervisiona o carregamento dos jipes e caminhões que chegam à Comunidade. Celina procura por Matias e deixa Kléber intrigado.Matias pede para Celina não falar para as pessoas que é a mulher que supostamente foi levada pelo garimpeiro fantasma. LC pensa em se comunicar com Lili e Tereza o desencoraja. William impressiona Líder Jorge e Lili com um depoimento durante a palestra. Álvaro se enfurece com Marcelo. Heloísa faz as pazes com Lili. Marcelo chega em casa embriagado e Inês decide ir à casa de Heloísa tirar satisfações.


TVGazeta do Oeste 11

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Resumo PECADO MORTAL

AMOR A VIDA

RECORD - 22H

GLOBO - 21 H

Segunda (18/11) - Carlão discute com Patrícia e insiste em levar ela e os filhos para a casa dos Vêneto. Patrícia cede e aceita ir com Carlão. Picasso prende Danilo. Donana vai para o apartamento de Getúlio. Carlão, Patrícia e os filhos se ajeitam na casa dos fundos. Patrícia diz para Carlão que ouviu o pai e os capangas tramando um ataque aos Ashcar. Carlão aproveita a conversa e se declara para Patrícia, que fica desconcertada. Carlão usa Ilana para fazer ciúmes em Patrícia, que cai no golpe e discute com a moça. A briga é interrompida por barulhos de sirene. Vegetal interrompe briga e diz que o morro foi invadido.

Segunda (18/11) - César revela para a família que Félix tirou Paulinha dos braços de Paloma e a jogou em uma caçamba. Guto e Silvia chegam ao motel antes de Michel e Patrícia. Amarilys entrega a avaliação superfaturada de sua corretora para Niko. Bruno leva Efigênio e Márcia para confirmar a presença do cunhado no bar onde Paloma teve sua filha, mas a comerciante desmente sua versão.Niko não se conforma com a avaliação feita pela corretora amiga de Amarilys.César mostra o laudo feito na echarpe e Paloma fica transtornada. Márcia se oferece para ajudar Félix. Pilar se recusa a falar com Félix.

Terça (19/11) - Helena e Patrícia mexem na gaveta de Michele, curiosas sobre registros do bicheiro. Carlão fica em choque ao saber que Picasso sequestrou seus filhos a mando de Donana. Carlão cobra explicações e Picasso confirma que Donana foi mandante do sequestro. Carlão mostra escuta escondida embaixo da camisa para Patrícia e diz que gravou a história do sequestro dos filhos. Patrícia escuta gravação. Carlão diz que quer Picasso preso e Patrícia concorda em investigá-lo. Otávio pergunta para Stella se ele é mesmo seu filho. Stella afirma e diz se arrepender de tê-lo abandonado. Carlão liga para Dorotéia, que o alerta sobre possível ataque do tio aos Vêneto.

Terça (19/11) - Félix fica arrasado com o desprezo de Pilar.Carlito assina um contrato com um empresário. Leila tenta convencer Thales a aplicar em Natasha o mesmo golpe que deram contra Nicole. Pilar exige que Félix renuncie à presidência do hospital. Pilar avisa a César que votará nele para presidente do San Magno. Silvia pede para Bruno reavaliar o apartamento de Niko. Atílio entrega a Félix as provas dos desvios monetários feitos por César. Anjinho é preso. Amarilys reclama ao saber que Niko pediu para Bruno fazer uma nova avaliação do apartamento. Pilar expulsa Félix de casa.

Quarta (20/11) - Carlão corre atrás do carro onde estão Rafaela e Rodolfo. Veludo atira, tentando parar o carro. Carlão consegue acertar o sequestrador e salva os filhos. Donana discute com Patrícia, que não se intimida e ameaça prendê-la. Carlão e Dorotéia conversam,planejando alguma maneira de acabar com a guerra entre as famílias. Carlão convence Otávio a participar do plano. Omar manda Danilo ir até a casa dos Vêneto para matar Otávio e Carlão. Carlão conta para Stella que Donana mandou sequestrar as crianças.Stella fica furiosa e vai até apartamento de Getúlio atrás de Donana.Stella arrasta Donana para fora do apartamento e as duas brigam.A luz acaba na casa dos Vêneto e Carlão desconfia de ataque. Quinta (21/11) - Carlão fica em alerta, esperando por algum sinal de ataque. Desconfiado, ele fala para Patrícia que eles devem fugir com as crianças. As luzes se acendem. Carlão volta para a casa grande e diz que geradores foram danificados por alguém. Otávio e Carlão pegam suas armas,se preparando para o ataque. Veludo rapta Patrícia. Veludo ameaça Patrícia e a leva até Carlão. Carlão entra em pânico ao ver a esposa nas mãos de Veludo. Carlão consegue se esquivar e Otávio atira em Veludo. Picasso e Ramiro chegam à casa dos Vêneto e atiram contra Danilo. Danilo e os capangas fogem. Carlão e Otávio se disfarçam de seguranças, entram na casa e encurralam Danilo e Omar. Sexta (22/11) - Carlão coloca canivete no pescoço de Danilo enquanto Otávio aponta arma para Omar. Danilo confirma que seu tio mandou que ele matasse os dois.Dorotéia tenta retomar plano de reconciliação e Carlão a ajuda. Carlão exige um acordo escrito assinado por Omar para por fim à guerra. Patrícia conversa com Stella e diz que tem medo que Carlão vire bicheiro como o pai. Stella a aconselha a voltar para casa com o marido. Carlão pede para Patrícia que eles fiquem na casa dos Vêneto por mais um tempo. Patrícia diz que vai voltar com os filhos para casa e não aceita que ele vá junto. Ele arma uma explosão na frente da casa para impedir Patrícia de ir embora.

Quarta (20/11) - Félix se desespera e Pilar manda que Maciel e Wagner o mantenham afastado de seu quarto. Jonathan apoia Félix. Pilar sofre por causa do filho. Aline fica decepcionada quando César decide guardar sua procuração no cofre. Amarilys faz a cabeça de Eron contra Niko.Bruno acusa César de ter armado para ficar com a presidência do hospital e Paloma o contraria.Pilar conta para Herbert o que seu filho fez com Paulinha e Ordália ouve a conversa. Maciel tenta consolar Pilar, mas ela o repele. Félix descobre que seu cartão de crédito foi bloqueado. Quinta (21/11) - Félix decide ir para a casa de Glauce, que se recusa a ajudá-lo. Daniel reclama do regime de Perséfone. Eudóxia convida Gigi para jantar em sua casa. Paloma solicita que César antecipe a reunião para a escolha do novo presidente do hospital. Félix fala com Rafael para tirar Anjinho da cadeia. Perséfone é internada às pressas.Maciel tenta se aproximar de Pilar. Aline procura Bruno em seu trabalho. Patrícia e Michel repreendem Daniel por impor que sua esposa emagreça.Thales vê Natasha beijar Rogério e fica incomodado. Amarilys pede para Bruno superfaturar a avaliação do apartamento. Félix mostra o relatório feito por Atílio sobre César na reunião para a escolha do presidente do San Magno. Sexta (22/11) - César é humilhado na reunião e discute com Félix. Bruno revela a Niko que Amarilys queria convencê-lo a superfaturar a avaliação do apartamento. Carlito afirma a Valdirene que se tornará um cantor famoso. Paloma é eleita a nova presidente do San Magno e Aline tenta fazer a cabeça de César contra a filha. Niko sofre depois de comprar parte do apartamento de seu ex-companheiro.Perséfone pede para conversar com Daniel. Gina afirma a Paulinha que não está namorando Elias.Gigi se insinua para Ignácio. Sábado (23/11) - Félix implora que Pilar pague sua conta no restaurante. Maciel leva Félix para se hospedar em um hotel simples. Valdirene e Murilo armam para conseguir dinheiro com Ignácio e virarem celebridades.Valentim impede Vivian de beber.Rebeca avisa a Pérsio que marcou um jantar para apresentá-lo à sua família. Paloma cancela a dívida de Amarilys no hospital. Pilar marca de sair para jantar com Jacques. Ninho convida Félix para morar com ele e os dois armam uma vingança contra César. Luciano pede para Paloma ajudá-lo a conseguir uma residência no hospital.

CHIQUITITAS SBT - 20H:30 Segunda (18/11) - Mili esclarece para Vivi que Mosca é apenas seu amigo. A menina diz não acreditar na órfã e pede para que ela procure Duda e não Mosca. Tobias conta aos amigos que Maria Cecília terminou o namoro com ele. Beto acredita que, com o fim do relacionamento, Tobias não queira levar adiante a história de Tomás Ferraz. No entanto, Tobias surpreende e diz que irá investir na carreira do fictício cantor português. No pátio,Cris e Pata tentam acalmar Mili.Mosca chega para conversar com a pequenina. Ele diz que gosta de Mili e que a namorada está com um comportamento chato. Junior liga para Mili e a convida para ir à sua casa visitar Gabi. Terça (19/11) - Os órfãos chegam da escola e encontram Duda na sala. Mosca não gosta de ver o garoto no orfanato e todos percebem sua irritação. No shopping, as Top 3 levam Vivi para almoçar. As "patricinhas" só falam mal dos outros. Na sala, os meninos e Pata mostram a Chico o seu perfil no site de relacionamento,que está cadastrado como Brigadeirão.No shopping, Débora diz a Vivi que as "patricinhas" a querem no grupo, mas, para que ela entre, terá de cumprir um desafio.As Top 3 pedem à órfã que vá falar com um garoto que está no local e peça o seu FrendiBuqui. Junior vai à sala de José Ricardo e recebe a noticia de que Maria Cecília pediu demissão. Cintia sugere ao empresário colocar Carol na vaga de Maria Cecília. Quarta (20/11) - Vivi desce para o café da manha e pega apenas uma maçã. Chico aconselha a menina a pegar outro alimento, mas a pequenina é grossa com o cozinheiro.Mosca termina o namoro com Vivi.A garota fala que o órfão está tomando essa decisão por Mili. Mosca pede para Vivi parar de perseguir a amiga. Em seu escritório, José Ricardo explica para Carol que este é um cargo de confiança e que será temporário. Carol fica em dúvida se aceita a proposta de José Ricardo. Junior afirma que também estranhou o pai ter oferecido um novo cargo para Carol. Vivi expulsa Michelle das Top 3. As "patricinhas" avisam à órfã que, para permanecer no grupo,tem de seguir três leis:ser sempre magra, ter um namorado e estar sempre na moda. Quinta (21/11) - Na cozinha, Chico avisa aos meninos que já está conversando com uma pessoa pelo site de relacionamento. Vivi entra na cozinha e destrata todos. A pequenina conta que Michelle não pertence mais do grupo das Top 3. Mili se empolga com os comentários que fizeram em seu vídeo.Porém, perde a esperança ao ler que nenhum comentário fala sobre seus pais. Na sala, as chiquititas conversam e a campainha toca. Ao ver Mili, uma mulher se emociona e a chama de filha. Mili se surpreende com a moça que se apresenta como Estefânia. A mulher diz ter visto o vídeo de Mili pela internet e há anos está à sua procura. Mosca pergunta a Mili como ela está em relação a Estefânia. Ela confessa que está confusa. Sexta (22/11) - No karaoquê, Tomás Ferras faz sucesso com as fãs. No orfanato, Vivi vê Mosca e Mili voltando juntos do pátio. Carol é chamada ao palco e pede para que Junior a acompanhe. Envergonhado, o rapaz e a namorada cantam juntos. No quarto, as chiquititas questionam Mili sobre o que está sentindo agora que achou sua mãe. Vivi torce para que a pequenina vá embora do orfanato. As crianças dizem a Chico que não gostaram de Estefânia e confessam que Mili não está à vontade com a moça. Na penitenciária, Cícero pergunta para Cintia como estão Vivi e Tati. O rapaz diz que pensa muito nas filhas. A diretora diz a Cicero que as meninas sentem muito a falta do pai. O homem confessa a diretora que foi um péssimo pai para as meninas.A diretora diz a Cícero que,quando ele sair da prisão, poderá revê-las.


12 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de novembro de 2013

Inside

MUDANÇA DE ARES ZECA CAMARGO ESTREIA COMO APRESENTADOR DO "VÍDEO SHOW" COM PLATEIA E ATÉ NÚMEROS VOCAIS

MÁRCIO MAIO TV PRESS

A

rotina intensa de viagens ao exterior de Zeca Camargo está comprometida. O jornalista, que deu expediente na Globo ao longo de 18 anos no dominical "Fantástico",se prepara para estrear como âncora do novo "Vídeo Show", na mesma emissora,a partir desta segunda. Com formato de auditório e até banda no estúdio, o programa passa a apostar mais em temas específicos por edição e em uma dinâmica que, embora pouco adiantada pelo apresentador e pelo diretorgeral, Ricardo Waddington, parece lembrar um pouco o que se vê hoje no "Amor & Sexo" e no "Encontro com Fátima Bernardes"."Não terei um 'script' a seguir. Vai ser a plateia, um assunto, convidados e ver o que vai rolar", resume Zeca, que fez 50 anos em 2013 e admite que, acompanhado de uma banda, vai também soltar a voz nas gravações. "Não sou cantor,mas acho que uso bem a minha voz na tevê. E não estou no 'The Voice'. A proposta é ser lúdico, um diferencial para o programa",explica, referindo-se à competição musical das noites de quinta da Globo. As conversas para sua saída do "Fantástico" e a ida para o "Vídeo Show" começaram em junho. Um convite que, assume, mexeu com seu ego,mas também mostrou que a emissora poderia ter planos diferentes dos que ele mesmo

esperava. Há alguns meses, Zeca trabalhava em cima da reformulação do próprio "Fantástico", uma mudança prevista para 2014."Fiquei envaidecido com a ideia de ter um programa só meu. Mas também encarei isso como uma sinalização da Globo por uma necessidade de mudança para mim. Afinal, foram 18 anos e isso é bastante tempo", avalia Zeca,que também apresentou o "No Limite", primeiro "reality show" produzido pela Globo e que teve quatro edições, em 2000, 2001, 2002 e 2009. A mudança implicou na troca de contrato de Zeca com a Globo. Antes, ele era funcionário da Central Globo de Jornalismo (CGJ). Agora, passa a integrar o quadro de pessoas da Central Globo de Produção (CGP).Uma troca que amplia suas possibilidades de ganhos financeiros, já que os jornalistas não podem ter a imagem atrelada a qualquer produto. Como apresentador de variedades,ele não só pode fazer comerciais como também deve participar de ações de merchandising no programa.Mas esse é um assunto que o deixa visivelmente incomodado. "Nunca se preocuparam com o quanto eu ganhava no 'Fantástico', por que se preocupam agora? Poder fazer propaganda não quer dizer que esse seja o meu foco e muito menos que isso vá acontecer. Antes,precisam me chamar e não tive nenhum convite",desconversa. A possibilidade de se reinventar aos 50 anos e de abordar os bastidores da emissora em que trabalha são as motivações apontadas por Zeca Camargo nesta nova fase.O apresentador sempre expôs seu apreço pela teledramaturgia. Chegou a montar esquemas que facilitavam o entendimen-

to de "Avenida Brasil", novela exibida no ano passado,e apresentá-los, na época, no próprio "Vídeo Show" e no "Mais Você", de Ana Maria Braga. A diferença agora é que assistir à programação da emissora deixou de ser uma diversão para se tornar trabalho. "Novelas das seis, por exemplo, eram as que eu não acompanhava tanto. Agora, entraram para a minha rotina",conta.O fato de ter uma boa abertura com a parte de jornalismo da emissora também favorece o aumento de pautas voltadas a área no programa, mas Zeca assume que esse não é o foco da revista eletrônica das tardes da Globo. "O que as pessoas mais querem ver é novela", atesta. Para se inspirar e tentar buscar novas ideias para o formato do "Vídeo Show", Zeca assistiu a programas de variedades da tevê a cabo e aberta internacional. O que foi fácil para ele, já que tem o hábito de

aproveitar qualquer período possível para viajar pelo exterior.Foi isso,inclusive,que fez ao sair do "Fantástico",no primeiro final de semana em muitos anos que não precisou trabalhar, mesmo sem desfrutar de período de férias. "Quando você passa muito tempo naquela rotina, é complicado mudar. Eu não sabia o que fazer e deu esse estalo. Peguei um avião e fui", diz, sem revelar o destino escolhido e assumindo que pretende, aos poucos, inserir algumas pautas internacionais no "Vídeo Show". "Podemos aproveitar gravações de uma novela em outro país ou mesmo uma entrevista com um astro da música ou de Hollywood", exemplifica.


Edição de 17/11/2013