Page 1

AZETA G

SEM MEIAS PALAVRAS. NEM MEIAS VERDADES.

gazetadooeste @gazetaoeste

D O

O E S T E

Ano 37 — Nº 9.482— Mossoró-RN, DOMINGO, 6 de outubro de 2013

X BARAÚNAS ENFRENTA O LUVERDENSE (MT) NO NOGUEIRÃO ESPORTE, 9

www.gazetadooeste.com.br

WILSON MORENO

E S P E C I A L

NOS JARDINS

WILSON MORENO

Monalisa Cardoso destaca ação para arrecadar ‘sorrisos’ EXPRESSÃO, 4 e 5

Campanha Outubro Rosa segue estimulando a busca pelo diagnóstico precoce do câncer de mama. Em Mossoró houve aumento dos casos da doença. Veja também o drama da descoberta e a luta para vencer o câncer. MOSSORÓ, 6 e 7

ENSINO SUPERIOR

Modalidade de educação à distância cresce Já é realidade também em Mossoró a modalidade de educação à distância, em instituições como a Universidade Federal Rural do Semiárido. MOSSORÓ, Capa

CAMPEONATO

BRASILEIRO 2013 X

X

FLAMENGO VASCO

INTERNACIONAL FLUMINENSE

Rio de Janeiro - 16h

Porto Alegre - 16h

X

X

NÁUTICO CRUZEIRO

ATLÉTICO-MG CORINTHIANS

Recife - 16h

Belo Horizonte - 16h

GAZETA TV

MARIA FLOR FALA SOBRE A ESTREIA DA SEGUNDA TEMPORADA DE ‘DO AMOR’

Petistas trabalham candidatura própria ao governo estadual O Partido dos Trabalhadores poderá lançar o deputado estadual Fernando Mineiro ao Governo do Estado. O presidente regional da sigla, Eraldo Paiva, confirmou a GAZETA que trabalha essa possibilidade. Página 3

g

WILSON MORENO

POLÍCIA

TV, 12 TV PRESS

Protesto pede paz e segurança no trânsito População do bairro Aeroporto e adjacências saiu às ruas, sexta-feira, em protesto às mortes no trânsito. Alunos usaram cartazes pedindo paz. MOS-

Falta de estrutura atinge polícia no interior do RN MOSSORÓ, 9

X

X

ATLÉTICO-PR CORITIBA

BAHIA PONTE PRETA

Curitiba - 16h

SAlvador - 18h30

Protesto foi realizado por estudantes pedindo segurança e paz no trânsito

PASSAGENS DE ÔNIBUS INTERESTADUAIS TÊM AUMENTO

MOSSORÓ, 3

MP AJUÍZA AÇÃO SOBRE SINAL FECHADO CIDADES, Capa

BUSCA POR EMPREGO RESULTA EM PORTAL CIDADES, Capa

FALE COM A GENTE: 3314-1687 — redação@gazetadooeste.com.br; comercial@gazetadooeste.com.br — ESTA EDIÇÃO TEM 72 páginas — PREÇO DESTA EDIÇÃO R$ 2,00


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Opinião Circulando em OFF

Espaço Dorian Jorge Freire CONSTITUIÇÃO CIDADÃ: 25 ANOS DEPOIS

Gilberto de Sousa

Paulo Afonso Linhares - Advogado

gilberto@gazetadooeste.com.br diretorderedacao@gazetadooeste.com.br gilberto-de-sousa@hotmail.com

OLHEM OS DÓLARES CHEGANDO Vejo no portal do governo estadual que a governadora Rosalba Ciarlini e a diretora do Banco Mundial para o Brasil, Deborah Wetzel, assinaram, na sexta-feira, o contrato de financiamento para diversos projetos de desenvolvimento que serão implantados no Estado dentro do programa "RN Sustentável". Dentro de trinta dias,depois de cumpridas as formalidades de praxe do Banco Mundial, que trabalha em parceria com a Procuradoria Geral da República, será liberado o primeiro valor, de USD 360 milhões. A partir dessa data, será iniciado um novo processo para liberação dos USD 160 milhões restantes. Amanhã, às 15h, a Governadora Rosalba Ciarlini e a equipe técnica do Governo do Estado darão uma entrevista coletiva, no auditório da Governadoria, para explicar à imprensa os detalhes do contrato de financiamento do Banco Mundial. É aguardar melhoras na gestão. Tá precisando. ENCONTRO O governador pernambucano Eduardo Campos, presidente do PSB, será a grande atração do Encontro Regional do partido em Mossoró, dia 11 às 10 horas na Câmara Municipal.Um dia para se ouvir os rumos dos socialistas.

PROS NA PAUTA

WILSON MORENO

REFORMA JÁ As badaladas reformas,principalmente a política, nunca saíram do campo das promessas e das articulações. Bem que o momento exige que sejam feitas amplas reformas nos três poderes. Mas estamos no Brasil, onde é preciso atender a muitos interesses e aí é onde esbarra o processo das reformas. Um xuá de bom. O presidente da Assembleia Legislativa já fez do PROSum partido grande no Rio Grande do Norte

RUMOS O deputado Ezequiel Ferreira de Souza, atropelado pelos rosalbista no PTB, desde o ano passado, filiou-se ao PMDB, para onde levou seu aliado José Lins, exprefeito de Currais Novos. O cenário estadual está em ebulição.

A QUEM INTERESSAR POSSA "Quem queimou a língua nunca esquece de soprar a sopa".

NOS JARDINS Quem está hoje na seção Nos jardins da Gazeta é a jornalista Monalisa Cardoso, colaboradora da campanha de arrecadação de brinquedos, promovida através do projeto Gazeta Cidadã. Ela fala da campanha que visa arrecadar mil brinquedos para crianças assistidas pelo Lar da Criança Pobre. PARA REFLETIR "Fraude, corrupção e violência fazem parte da condição humana", já dizia Patrus Ananias. POLÍTICA DO ABSURDO O secretário de Segurança do Estado, Aldair Rocha, é o novo presidente estadual do PTB, atendendo convocação do chefe de gabinete, Carlos Augusto. Os meios políticos ficaram atônitos por dois entre tantos motivos: Ele foi importado da Polícia Federal do Ceará e aqui pouco conhece os bastidores políticos;Vai ter que dividir seu tempo entre o PTB e a segurança, que aliás está mal das pernas, mesmo que todo tempo do secretário fosse exclusivo para o setor.

RELAX

tivas infraconstitucionais, fato é que a Constituição de 1988 nasceu como uma das mais avançadas das últimas cinco décadas, a começar pela definição de uma pauta de direitos fundamentais antes mesmo das disposições que cuidam da organização do Estado. Embora autoaplicáveis suas disposições, a Carta de 1988 necessitava da regulamentação de quase trezentas normas infraconstitucionais, muitas das quais ainda estão pendentes após passado um quarto de século de omissões do Congresso Nacional, a começar pelo aborto que se tornou o processo revisional previsto no artigo 3° do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias ("A revisão constitucional será realizada após cinco anos, contados da promulgação da Constituição, pelo voto da maioria absoluta dos membros do Congresso Nacional, em sessão unicameral"), quando importantes reformas, sobretudo, a reforma política, deixaram de ser feitas. Apesar das 6 emendas de revisão e de outras 72 emendas constitucionais, a Constituição de 1988 carece de muitos ajustes para adaptá-la às novas demandas sociais, econômicas, políticas e ambientais. Se a promulgação da Constituição de 1988 representou o ápice do processo de ascensão dos direitos fundamentais no Brasil, o momento atual, vinte e cinco anos depois, é marcado por uma tendência de acentuada precarização desse elenco de direitos de berço constitucional, inclusive a partir da atuação de um Poder Judiciário cada fez mais dominado pelo ativismo judicial e da omissão constante do Congresso Nacional, que sistematicamente deixa de produzir marcos regulatórios em diversos domínios,isto sem falar num Poder Executivo hipertrofiado e imperial. Enfim, Poderes desarmônicos de um Estado federal marcado por crescentes desigualdades sociais e regionais, no que resulta quase nada a comemorar nestas bodas de prata da vigente Constituição.

Charge

IDEAL O que todos queremos é que antigos vícios eleitorais não sejam mais aceitos, e quiçá não mais praticadas. Melhor para todos. Ou não?

PROS Quem nasce grande é o Partido Republicano da Ordem Social,comandado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Mota, que levou mais quatro deputados e o prefeito de Assu, Ivan Júnior.

Despertava o Brasil de um pesadelo de mais de duas décadas de regime autoritário, de supressão das liberdades civis e políticas,quando veio a lume a Constituição Federal de 5 de outubro de 1988, estatuto político e jurídico representativo da correlação das forças que participaram do embate renhido que teve como palco a Assembleia Constituinte instalada em 1° de fevereiro de 1987. De princípio um grave vício de origem: não se tratava de uma constituinte exclusiva, isto é, uma assembleia formada por representantes eleitos cuja finalidade precípua seria a de elaborar a nova Constituição, mas, de um Congresso Constituinte, isto é, os 559 deputados federais e senadores,eleitos em novembro de 1986, acumulariam as funções de congressistas e de constituintes; findos os trabalhos da Constituinte, continuariam a atuar no parlamento bicameral ordinário.Essa grave circunstância,todavia,foi minimizada pelo alargamento da participação dos diversos segmentos sociais em várias fases do processo, a partir da aprovação de um regimento interno ampliativo das iniciativas populares. A verdade é que, graças à atuação de lideranças do porte de Ulysses Guimarães, o presidente da Assembleia Constituinte, o processo que teve uma origem espúria (um Congresso ordinário transformado em Constituinte) e com enorme déficit de legitimidade, adquiriu enorme representatividade social e política nos tensos vinte meses que se seguiram. E foi tal que, solenemente promulgada em 5 de outubro de 1988, a nova Constituição revestia-se de inegável legitimidade. A despeito das tantas objeções levantadas contra a nova lei fundamental e suprema do Brasil,o parâmetro maior de validade a todas as demais espécies normativas, ademais de ser a chave de abóbada do ordenamento jurídico, como de ser muito detalhista e de albergar matérias que deveriam ser próprias de espécies norma-

PSOL EM MOSSORÓ O ex-reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte(UERN),Milton Marques de Medeiros recebeu convite para ingressar no PSOL e sair candidato a deputado federal ou estadual. Mas preferiu não aceitar, justificando que no momento, sua família quer vê-lo distante da idéia de entrar na vida pública. CACIFE ALTO Assim como o PSOL, outros partidos têm assediado Milton Marques, diante do seu alto cacife como um nome sempre em cotação para disputar qualquer cargo eletivo. E com larga chance de vitória, diga-se de passagem. PINHEIRO NO SOLIDARIEDADE Falar em cacife alto, o ex-prefeito de Apodi,médico José Pinheiro Bezerra,que comandou o município de Apodi por três vezes, ingressou no partido Solidariedade, que pé comandado no estado pelo seu genro, deputado estadual Kelps Lima. LÍDER Considerada hoje a maior liderança de todos os tempos no município Apodi, Pinheiro passou 30 anos no PMDB e desde 2007 estava no PR, onde, atualmente, era o presidente do diretório municipal. MEDICINA No momento, apenas atuando nos bastidores políticos, Pinheiro tem se dedicado integralmente a profissão, atendendo nos municípios de Severiano Melo,Felipe Guerra e no Hospital Regional de Apodi.

"Mas tanto faz!/Já me esqueci de te esquecer porque!/O teu desejo é meu melhor prazer/E o meu destino é querer sempre mais/A minha estrada corre prro seu mar..." MARISA MONTE

POR: LAÉRCIO EUGÊNIO

Artigo ESQUEMAS Rubens Coelho - Jornalista Vive-se numa sociedade moral e espiritualmente carente de valores, onde a ética há muito caiu em desuso, o que vale são os resultados, ou seja, os frutos ensejados pela atitude de alguém tomada em benefício próprio ou de quem estiver sob sua influência ou proteção. A meritocracia é substituída pelo protecionismo. Esse critério não é como muitos pensam existir somente na política e no poder administrativo. Não, está presente em todos os setores sociais, do mais simples ao mais sofisticado. Na área pública ou privada, todas são extremamente influenciadas pela filosofia utilitarista de que o bom é que a ação seja imediatamente útil a quem provocou ou produziu. Não importando se o beneficiário fez jus ao resultado, o mais importante é ter satisfeito ao agente ou agentes indutores do ato realizado. São esquemas dos quais ninguém escapa, seja na política, no trabalho, na cultura, na arte, nas instituições sociais, até mesmo em grupos religiosos não se está livre dessa realidade social sufocante para aqueles que não querem se submeter a tais paradigmas. Os excluídos do lugar comum, anarquistas insubmissos ao convencional. São os malucos belezas de que falava Raul Seixas. Infelizes criaturas

que viveram ou vivem em inconformidade com o "normal" do seu tempo, geralmente considerados loucos, como fora o grande artista Vicent Van Gogh, um dos maiores pintores de todos os tempos,mas em vida um fracasso completo, só conseguiu vender um dos seus quadros ao irmão que o adquiriu mais por compaixão do que mesmo pela sublime arte do autor. Hoje os excepcionais quadros do neerlandês Van Gogh valem milhões de dólares cada um. Esse é o sistema prevalecente, nem sempre o que aparece tem o valor que se apresenta, mas surge na crista da onda pelo que representa no momento para os interesses de um esquema previamente delimitado. É a estória de que nem tudo que reluz é ouro. São valores criados de maneira circunstancial, artificial, que o tempo trata de apagar como nuvem passageira dissipada pelo vento. Apesar de tudo,não devemos nos angustiar,pois os verdadeiros valores cedo ou tarde aparecerão enquanto o brilho de lantejoula só dura uma noite de falsa luminosidade. A história é pontilhada de episódios marcantes de acontecimentos dessa natureza. "Vaidade de vaidades, diz o pregador, tudo é vaidade. (Eclesiastes 12.8)".

Gazeta do Oeste www.gazetadooeste.com.br

Um produto da C. Q. Organização Gráfica e Editorial Ltda. Fundada em 30 de abril de 1977 por Canindé Queiroz

Diretor CANINDÉ QUEIROZ

Diretor-adjunto PAULO LINHARES

Diretor de Redação GILBERTO DE SOUSA

Editora DANIELE SILVEIRA

Av. Cunha da Mota, 96/100 – Centro – Mossoró/RN – Fone: 3314-1687 Site: www.gazetadooeste.com.br – e-mail: gazeta@gazetadooeste.com.br AS MATÉRIAS ASSINADAS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES

Diretor Comercial LEÔNIDAS TERCEIRO


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Política

Sandra fez viagens pagas pela Câmara que coincidem com ações da campanha de Larissa FOTOS: CEDIDAS

Deputada usou verba pública em 56 passagens aéreas para locais onde ocorreram articulações políticas

decisão da juíza da 34ª Zona,Ana Clarisse Arruda Pereira, que cassou o mandato da prefeita Cláudia Regina (DEM) com base em suposto uso excessivo do avião do Governo do Estado pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM), durante o período eleitoral do ano passado, levantou o ainda mais o debate em torno do polêmico tema. É que a candidata que perdeu as eleições, Larissa Rosado (PSB), também teve apoiadores "voando" além da conta durante o período eleitoral. Informações oficiais, que estão no Portal da Transparência da Câmara dos Deputados, mostram que a deputada federal Sandra Rosado (PSB), mãe de Larissa,usou verba pública para pagar passagens aéreas de forma intensa durante os meses que antecederam a campanha eleitoral e também durante o período de disputa. Em 84 dias, a deputada federal Sandra Rosado fez 56 viagens pagas com recursos públicos. Muitos dos destinos coincidem

A

O instituto até então era desconhecido no cenário político do Rio Grande do Norte. No período da campanha eleitoral,Sandra Rosado também usou verba da Câmara dos Deputados para fazer viagens ao Rio de Janeiro (RJ). Na capital carioca, por coincidência, reside o deputado federal Romário (PSB), ex-jogador de futebol e que também veio a Mossoró participar da campanha de Larissa Rosado. Executiva do PT em São Paulo forçou o apoio a Larissa; Sandra esteve na capital paulista

Deputada esteve em Recife em agosto e depois Eduardo Campos veio para a campanha de Larissa

Sandra Rosado também foi ao Rio de Janeiro e depois Romário veio fazer campanha em Mossoró

Sandra Rosado, deputada federal, gastou mais de R$ 60 mil em passagens aéreas no período eleitoral

com endereços onde foram costuradas articulações para atrair apoios para a campanha de Larissa Rosado. É o caso da cidade de São Paulo, onde a parlamentar esteve em diversos momentos no mês de maio, sem que conste agenda oficial da Câmara para essa cidade no período. A executiva nacional do Partido dos Trabalhadores

deputada estadual Larissa Rosado. No mês de agosto do ano passado, Sandra Rosado usou passagem aérea paga pela Câmara dos Deputados para viajar a Recife (PE). Na capital pernambucana está o comando do partido dela, o PSB, com o governador Eduardo Campos. Também no mês de agosto, após essa viagem,

está sediada em São Paulo (SP). Coincidentemente, após as viagens de Sandra, nesse mesmo mês de maio, o PT nacional determinou a "morte" da candidatura própria à Prefeitura de Mossoró, que havia sido aprovada pelo diretório municipal com o nome de Josivan Barbosa. Os petistas foram forçados a apoiar a candidatura da

foi anunciada a vinda de Campos a Mossoró, para participar da campanha de Larissa Rosado. Também depois dessa viagem de Sandra Rosado a Recife, no mês de agosto, foi anunciada a divulgação de pesquisas em Mossoró, a partir de um instituto sediado na capital pernambucana, chamado por Cipec.

EDNILTO NEVES

Presidente do PT lança Mineiro para o Governo do Rio Grande do Norte O presidente do Partido dos Trabalhadores no Rio Grande do Norte, vereador Eraldo Paiva, lançou a candidatura do deputado estadual Fernando Mineiro ao Governo do Estado. Entrevistado pela editoria de Política da GAZETA DO OESTE, o dirigente petista afirmou que vai trabalhar dentro de todas as instâncias partidária no sentido de viabilizar o nome de Mineiro. "Eu defendo e vou trabalhar fortemente para que o deputado Fernando Mineiro seja o candidato do PT ao Governo do Estado", diz. Eraldo Paiva elogiou a atuação do único representante do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa. "O deputado estadual Fernando Mineiro é o melhor parlamentar da história da Assembleia Legisla-

tiva",avaliou o presidente do PT,acrescentando que a participação do parlamentar no processo eleitoral do ano passado na capital do Estado serviu para credenciá-lo como postulante à chefia do Executivo do RN. "Nas eleições do ano passado em Natal, o deputado Fernando Mineiro por muito pouco não foi para o segundo turno.Temos que analisar a trajetória de sua candidatura que começou com 3% e cresceu substancialmente no decorrer do processo, ficando em terceira posição geral na disputa e isso, o credenciou como o nome do PT", garante Paiva. O petista assinalou que Fernando Mineiro tem experiência suficiente para administrar o Rio Grande do Norte. Eraldo Paiva historiou a trajetória política do depu-

tado petista, lembrando que ele teve experiência como vereador da capital do Estado e atualmente ocupa o seu terceiro mandato como deputado estadual. "Não tenho dúvidas que o deputado estadual Fernando Mineiro tem experiência para administrar o Estado", assinalou Eraldo Paiva,argumentando que vai defender a discussão neste sentido, tanto em nível estadual quanto na esfera nacional da agremiação. De acordo com o presidente do Partido dos Trabalhadores no Rio Grande do Norte, a candidatura da deputada federal Fátima Bezerra também representa um ponto de convergência partidária. "Como disse, eu defendo as discussões no PT em torno da candidatura do deputado Mineiro ao Governo do Estado,mas tenho que

dizer que em se tratando de questão majoritária,o Partido dos Trabalhadores está muito bem, pois o que estamos vendo é uma posição muito boa da deputada Fátima Bezerra como um nome para o Senado da República no pleito de 2014",ilustrou Paiva. Questionado a respeito das relações entre o PT e o Partido Socialista Brasileiro no Rio Grande do Norte após a ruptura das duas agremiações no plano nacional, o dirigente petista informou que em nível estadual existe uma relação amistosa e de simpatia entre PT e PSB. Ele revela que não houve conversa entre os membros das legendas para tratar do afastamento. "O meu desejo é que o PSB apoie a reeleição da presidente Dilma Rousseff. Sei que esse é um processo que

AGENDA O relatório do Portal da Transparência da Câmara dos Deputados mostra que em algumas datas a deputada federal Sandra Rosado teve que se desdobrar para a quantidade de viagens aéreas. Por exemplo, no dia 30 de maio de 2012, no calor das últimas articulações para fechamento de alianças para a campanha eleitoral, ela saiu de Natal duas vezes para o Aeroporto Internacional de Brasília. Na mesma data consta uma passagem em nome dela de Brasília para Natal. Outra de Brasília para o Rio de Janeiro e outras duas do Rio de Janeiro para Natal. Ao todo, as 56 passagens aéreas emitidas em nome de Sandra Rosado representam uma viagem da parlamentar a cada um dia e meio. O custo dessas viagens para o contribuinte, em pleno período eleitoral (quando o ritmo de trabalho do Congresso Nacional se torna mais suave), foi de R$ 62.579,00.

Eraldo disse que o parlamentar será o nome do PT ao Governo

está sendo conduzido pelo diretório nacional, mas nós vamos conversar com a exgovernadora Wilma de Faria, pois gostaríamos de saber qual a sua posição a respeito da sucessão e assim debatermos as eleições com os nossos aliados", ressaltou Eraldo Paiva, acrescentando que o PT norte-riograndense tem realizado seminários temáticos, discutindo as potencialidades e

vocações econômicas do Estado. Segundo ele, a intenção é, ao final dos seminários, produzir uma plataforma governamental para o candidato do PT, caso a legenda apresente uma postulação ao governo estadual. "Caso o PT não dispute o governo, o documento será a contribuição do Partido dos Trabalhadores para o candidato que contar com o nosso", reiterou.


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Política

Propaganda da presidente Dilma na TV mira governos de oposição A um ano das eleições, o Governo Federal lançou ofensiva para apresentar na TV vídeos regionais com propagandas específicas de ações de Dilma Rousseff (PT) pa-

ra cada Estado. Foram criados até quatro vídeos para cada unidade da Federação, numa espécie de prestação de contas de investimentos nas áreas social e de infraestrutura.

Cinco Estados foram escolhidos para a estreia, no mês passado,sendo três deles de governadores de oposição ou que se afastaram do Planalto--Pernambuco, de Eduardo Campos (PSB), Minas Gerais, de

Antonio Anastasia (PSDB), e Paraná, de Beto Richa (PSDB). Os outros contemplados são Bahia, de Jaques Wagner (PT); e Rio de Janeiro, de Sérgio Cabral (PMDB). Esses vídeos atualmente no ar coincidem também com as propagandas partidárias de PSB e PSDB, protagonizadas por Campos e Aécio, ambos pré-candidatos à Presidência em 2014. A presidente Dilma não aparece nem é citada nesses programas, que têm duração de de cerca de um minuto cada e que devem ficar no ar pelo período de um mês. A temática do primeiro vídeo sobre Pernambuco, por exemplo, é um contraponto à propaganda de Eduardo Campos:enquanto o pernambucano apresenta o programa Ganhe o Mundo, que leva estudantes para fazer intercâmbio no exterior, o Governo Federal divulga o Ciência Sem Fronteiras,destinado a universitários. Em outra inserção,o governo federal reivindica para si a atração de uma fábrica da montadora Fiat para o Estado e menciona investimentos no complexo industrial e portuário de Suape, cujo desenvolvi-

mento é uma das principais bandeiras do governador socialista. "As ações do governo federal estão dando um novo impulso a Pernambuco", dizem os apresentadores dos programas. "O trabalho do governo federal já mudou e segue mudando muita coisa em Pernambuco", afirmam.

TUCANOS No caso do PSDB, enquanto Aécio Neves critica em seu programa os recursos que o Governo Federal pretende investir no trembala entre Rio e São Paulo e cobra que o dinheiro seja destinado ao transporte "para todos os brasileiros", o programa do Planalto pontua obras de mobilidade que faz em Minas. "O trabalho do Governo Federal segue melhorando a vida de muita gente em Minas", diz o programa de Dilma. No Paraná, onde a ministra petista Gleisi Hoffmann (Casa Civil) deve disputar a eleição contra o tucano Beto Richa, os vídeos de Dilma procuram "carimbar" as obras com financiamento do Governo fFederal, como rodovias, unidades de saúde e creches,muitos delas executados pela administração paranaense.

Ministro ligado a governador Cid Gomes (CE) pede demissão do Governo Federal O ministro Leônidas Cristino (Portos) deixou anteontem o cargo, após conversar pela primeira vez pessoalmente com a presidente Dilma Rousseff desde o desembarque do PSB do governo, no último dia 19. Em reunião de aproximadamente uma hora, ele entregou seu cargo, que será ocupado interinamente pelo economista Antonio Henrique Pinheiro Silveira, secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda e atualmente uma estrela em ascensão no governo. Cristino era da cota do governador cearense, Cid Gomes, que deixou o PSB na semana passada. A expectativa é que ele, junto de seu irmão, o ex-ministro Ciro Gomes, se filie ao recémcriado Pros. À presidente Cristino relatou ter saído do PSB seguindo orientação de seu principal fiador. Leônidas explicou a Dilma, segundo apurou a Folha, que era preciso deixar o cargo para preservar a imagem de seu grupo político. Desde o desembarque do PSB, promovido pelo presidente da legenda, Eduardo Campos, os irmãos Gomes vinham sendo acusados,nos bastidores, de defender o apoio ao Planalto somente por interesse na manutenção de seu espaço na Esplanada.


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Opinião Artigo

PETROBRAS 60 ANOS - MOSSORÓ FAZ PARTE DESTA HISTÓRIA ELVIRO REBOUÇAS - Economista e empresário Foi o notável gaúcho Getúlio Dornelles Vargas, presidente da República, que pela Lei nº. 2004, de 03 de outubro de 1953 quem criou a Petróleo Brasileiro S.A. ou simplesmente Petrobras , ainda hoje sediada no Rio de Janeiro, opera atualmente em 28 países, no segmento de energia, prioritariamente nas áreas de exploração, produção, refino, comercialização e transporte de petróleo e seus derivados. O primeiro presidente da Petrobras foi o cearense Juraci Montenegro Magalhães, que fez vida pública na Bahia, tendo sido Governador daquele Estado, e posteriormente ministro de Estado de Minas e Energia e das Relações Exteriores. A empresa estava em 2011 no quinto lugar na classificação das maiores petrolíferas de capital aberto do mundo. Em valor de mercado, é a segunda maior empresa do continente Americano e a quarta maior do mundo, no ano de 2010. Em setembro de 2010, passou a ser a segunda maior empresa de energia do mundo, sempre em termos de valor de mercado, segundo dados da Bloomberg e da Agência Brasil. Ficou famosa mundialmente por ter efetuado em outubro de 2010 a maior capitalização em capital aberto de toda história da humanidade: US$ 72,8 bilhões (R$ 161 bilhões), praticamente o dobro do recorde até então, a dos correios do Japão (Nippon Telégrafos e Telefonia), com US$ 36,8 bilhões capitalizados, em 1987. Em 2006 chegou a produzir 2 milhões e 200 mil barris dia, num recorde bem comemorado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Brasil consome atualmente (2013) 2,9 milhões de barris dia, portanto a nossa proclamada autossuficiência, com o crescimento da frota de veículos, num país que tem pouco transporte de carga marítima, e quase nada fluvial, e uma rede ferroviária precária e insignificante para as dimensões geográficas de uma nação continental, já não mais existe. Somos forçados a importar mais de 500 mil barris diários de petróleo para abastecer a nossa super frota e à indústria pesada. Em 1956, três anos após ser criada, a Petrobras perscrutou um dos seus primeiros poços em todo o Brasil, já que em 1955 operou a primeira perfuração na selva amazônica, e encontrou na localidade de Gangorra, a menos de 20 quilômetros de Mossoró, através de geólogos e engenheiros americanos - o Brasil na época não tinha técnicos ou doutores em petróleo - abundante jazida do ouro negro. Lembro o nome do chefe da missão que fincou bases aqui, Dr. Massai, que, inclusive, matrimoniou-se com uma mossoroense, regressando, ao fim do trabalho, com sua esposa, para fixar residência nos Estados Unidos. Nascida sob o lema "o petróleo é nosso", a Petrobras faz 60 anos com inúmeros desafios diante da dimensão limitada dos resultados exploratórios em terra, a empresa partiu para o desafio no mar, iniciado em águas rasas do Nordeste, chegando à descoberta de campos gigantes na Bacia de Campos e culminando com a descoberta de petróleo e gás no pré-sal das bacias de Santos e Campos, consideradas uma das maiores dos últimos anos no mundo. Estas descobertas fizeram da empresa a detentora da mais avançada tecnologia de exploração e produção em águas profundas e ultraprofundas. É pena que a produção de petróleo no Rio Grande do Norte tenha diminuído nos últimos dois anos. Já chegamos a produzir aqui 130 mil barris por dia, hoje números oficiais chegam a pouco mais da metade disto. A Petrobras contratou, em 1960, o geólogo norte-americano Walter Link para comandar o departamento de Exploração da empresa. Após a avaliação das bacias brasileiras, o geólogo produziu o que ficou conhecido como "Relatório Link". Nos documentos, ele afirmava que não existia acúmulo considerável de petróleo e gás nas bacias sedimentares terrestres brasileiras, e questionava a validade dos projetos de exploração, o que não era verdadeiro. A Petrobras é atualmente presidida pela competente e séria Maria das Graças Silva Foster, e vem sofrendo forte interferência política, partindo do Palácio do Planalto, coisa que antes da era do PT, diga-se de passagem, nunca existiu. A estatal sempre teve autonomia nos seus planos ,objetivos e orçamento, hoje tem dívida fabulosa em dólar americano, quase inviabilizada em investimentos, e vem importando petróleo por preço elevado, em relação ao repassado às distribuidoras no nosso território. Não se pode negar que hoje a zona do pré-sal - da costa norte do Espírito Santo até o sul de São Paulo -, aonde estudos oficiais mostram a existência de uma bacia de até 15 bilhões de barris de óleo, só que a uma profundidade média de 7,5 mil metros, abaixo do nível do mar, o que dificulta muito e encarece bastante a perfuração e prospecção - é a jóia rara da coroa. A magnitude das nossas reservas petrolíferas são tão significativas que sexta-feira, dia 04 de outubro, o Governo do Estado de Sergipe informou preliminarmente a descoberta de um vasto campo, a cerca de 100 quilômetros da sua costa marítima, com aferição preliminar de até 1,5 bilhões de barris de petróleo. O anúncio oficial, segundo a agência de notícias Reuters, será feito no dia 26 próximo, em Aracaju, pelo ministro de Minas e Energia, Edison Lobão e pela Presidente da estatal.Dificuldades à parte, ontem, como hoje, e mais ainda amanhã, cabe a cada brasileiro repetir Getúlio Vargas "O PETRÓLEO É NOSSO".

Penso, logo...

Canindé Queiroz

Rubens Coelho rubensfcoelho@hotmail.com A GENTE QUER ACREDITAR E é importante fazê-lo, acreditar na importância da política, dos políticos e das organizações partidárias que os congregam. Pois a existência desses três fatores é que dão origem a uma sociedade moderna e civilizada, de princípios democráticos. São condições sine quibus non para assim ser considerada. Eleições e voto são elementos complementares desses conceitos civilizatórios. Como democrata, reconhecemos como arcabouço da democracia: a política, os políticos e os partidos. No entanto, o nível de degeneração chegou a ponto tal nessa esfera que impede o cidadão de bem encarála com respeito e indulgência. Como na música Geni, de Chico Buarque de Holanda, todos querem lhe jogar pedra. Tamanha é a indignação pela irresponsabilidade, fisiologismo, incoerência e até improbidade prevalecente no seio político-partidário brasileiro, que se transformou num negócio rendoso à custa do contribuinte. Isso é péssimo para a sociedade e mais ainda para o processo democrático. A solução para o problema não é destruí-lo como muitos pensam, mas lutar por uma profunda reforma política, que alijam do meio, os vícios e a corrupção dos valores praticados pelos maus políticos. IMAGINAVA-SE Uma coisa acontece outra. Pensavase que a ida de Ricardo Motta e mais cinco deputados para o Partido da República da Ordem Social (PROS) significava rompimento do presidente da Assembleia e seus companheiros com a governadora. Que nada, com a filiação de Rosalba ao partido de Ricardo Motta como se está anunciando, termina ficando tudo como antes na casa do seu Abrantes. Manobrar é como esse povo mesmo. FILIOU-SE AO PMDB OdeputadoEzequielFerreirabalançouse para o PROS, mas terminou filiando-se ao PMDB, quase no último minuto do segundo tempo, sexta-feira passada, o prazo para o troca-troca partidário terminou sábado, 5. TERMINOU SÁBADO Terminou ontem, 5, o prazo para troca de partido para quem for candidato nas eleições de 2014.O furdunço de troca-troca foi grande nos dias que antecederam o prazo final. Noticia-se que mais de 100 deputados e dois senadores trocaram de partido até o último dia da debandada. É CURIOSO Na reunião do senador José Agripino com os deputados do DEM, José Adécio, Getúlio Rêgo e Leonardo Nogueira, não se teve notícia da presença do ex-deputado Carlos Augusto nem de Rosalba. Aliás, vimos uma foto tirada na ocasião, onde aparecem somente o senador e os três deputados mencionados. Então parece ter fundamento a ida do casal Rosado para o PROS. NO VAI E VEM Da Prefeitura de Mossoró, somente terça-feira, 8, quando o colegiado de desembargadores do TJRN julgar

o processo contra a prefeita afastada Cláudia Regina é que se vai saber verdadeiramente o que acontecerá. Querer antecipar o resultado é mera especulação resultante do desejo no consciente de quem o expressa. TRECHO DA NOTA Do Rede Sustentabilidade, de Marina Silva, depois de ter seu registro recusado pelo TSE. Rede Sustentabilidade continuará processo de criação do partido. "A votação de ontem do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), contrária à criação da Rede Sustentabilidade, não representa uma derrota nem aos seus membros nem a população brasileira que apoia uma nova forma de fazer política no país. Isso resulta tão somente em um atraso no processo irreversível de reformas do país. "Já somos partido político, sim". Se agora não temos o registro legal, temos o registro moral perante a sociedade brasileira", avalia a ex-senadora Marina Silva, uma das idealizadoras do Rede. OPINIÃO DO DEPUTADO Alfredo Sirkis (PV/RJ) sobre o não registro do Rede Sustentabilidade no TSE. "O Brasil da secular burocracia pombalina, do corporativismo estreito e da hipocrisia político cartorial falou pela voz da maioria esmagadora do tribunal. A ministra relatora [Laurita Vaz] fez uma defesa quase sindicalista de seus cartórios de sua 'lisura'". MAIS VAGA O reitor Pedro Fernandes, furão como ele só, aproveitou a presença da presidenta Dilma Rousseff no Estado e conseguiu se aproximar da mandatária e solicitá-la apoio para ampliação de vagas para a Faculdade de Medicina da Uern. O apoio da presidente à iniciativa foi imediato e efusivo. O reitor retornou a Mossoró fagueiro e feliz. É isso aí, quem não acorda cedo não vê o sol nascer. ASSEMBLEIA PERMANENTE Os policiais civis e servidores do Itep, em greve há quase dois meses, se reuniram no Sinpol sexta-feira passada e decidiram que ficarão em assembleia permanente à espera de convocação do Governo para o diálogo, visto que a assessoria de comunicação estadual divulgou que teria audiência com os representantes das categorias na sexta ou sábado. DISPOSIÇÃO PARA O DIÁLOGO O sindicato observa que os servidores estão dispostos a voltar ao trabalho, desde que entrem em acordo com relação a pontos ainda pendentes, tais como a tabela salarial da Polícia Civil e data para envio do projeto que criará a Lei Orgânica e Estatuto do Itep para a Assembleia Legislativa. Sobre os demais pontos, as categorias esperam que as sinalizações de avanço por parte do Estado sejam confirmadas através de formalização das contrapropostas. FRASE "É necessário que os princípios de uma política sejam justos e verdadeiros". (Demóstenes - grande orador e político grego, 384 a.C)


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Sociais Karenine Fernandes

UMA SAUDADE IMENSA... A Diocese de Santa Luzia de Mossoró convida a comunidade cristã para missa de 4 anos de falecimento de Monsenhor Américo Simonetti. A missa será celebrada hoje, às 16h, por Padre Walter Collini, no

karenine_f@hotmail.com twitter: @kareninefernand site: www.kareninefernandes.com

Santuário do Coração de Jesus, Centro de Mossoró. Monsenhor Américo faleceu às 4h30, do dia 5 de outubro de 2009. Todos os fiéis estão sendo convidados. CEDIDA

CEDIDA

MARCHA NUPCIAL A nutricionista Kaline Melo Chaves trocará alianças com o advogado Rodolfo Barbosa. A cerimônia acontecerá no dia 12 de outubro, na Igreja São Vicente, às 19h30. Os noivos receberão os convidados após a cerimônia no Salão Cristal do Garbos Recepções. Um viva aos noivos!

FEIJOADA E EVANGELIZAÇÃO A partir do meio-dia, quem desejar comer uma deliciosa feijoada, deve comparecer à sede do movimento de Cursilhos de Cristandade, ao lado da Igreja de São Paulo, no Nova Betânia. Por lá, uma equipe de cursilhistas se reversa para atender os irmãos e irmãs que colaboram com o movimento e mais uma vez abraçam este projeto, que tem como finalidade a reforma do piso do espaço aberto da sede. Decolores!

DETOX NO TENDA Darliene Couto,a bambambã do Complexo Tenda,nos informa que esta semana começa o programa Detox. Darliane Couto convidou a nutricionista Kamila Melo para coordenar o programa, que será totalmente diferenciado. O Detox do Tenda será personalizado e, segundo Kamila, cada paciente terá uma alimentação específica de acordo com suas necessidades. Outro diferencial é o fato de que o programa pode ser estendido indefinidamente, dependendo da vontade do paciente, para isso, o Tenda vai elaborar um cardápio especial. Vamos nessa!

Colunista e baladeiro dos bons, Clístenes Carlos, em festa pela vida, celebra com amigos nas melhores baladas do Alto-Oeste. Felicidades! RICARDO LOPES

RAPIDINHAS...

CEDIDA

A semana começa em festa, celebrando a toda linda, simpática, doce e amiga colunista Lizana Lima. Aqui num flash perfeito de Ricardo Lopes

REFLETINDO Foi presença no 40º Congresso Brasileiro de Angiologia e de Cirurgia Vascular, o dr. Isac Axel, especialista em Cirurgia Vascular

Amigos da Cifrão comemoram o aniversário de Everton Monteiro. Na foto, ao lado da filha Sophia Ellen

Aprendi algumas coisas, sim, outras trazem uma luta enorme dentro de mim, e não sei quantas quedas e quantos levantares serão necessários para que eu aprenda, mas não desisto!

*Os preparativos para a edição 2013 da "Celebre" já estão a mil. A festa que marca os nove anos de colunismo social de Lizana Lima no jornal O Mossoroense traz novidades. *Além dos quitutes finos de Socorro Paiva e seu Requinte Buffet, o bolo celebrativo trará a assinatura de Luzete Duarte, especialista no assunto. A doceira acaba de retornar de Curitiba, no Paraná, após participar de curso de bolos decorativos e promete por em prática tudo o que aprendeu em sua obra gastronômica na Celebre 2013. *Na próxima semana, os mossoroenses irão conferir a campanha publicitária da festa, sendo circulada pelas ruas da cidade, em parceria com as empresas Edmilson Serigrafia e Planos Outdoor. *O vestido da anfitriã Lizana Lima tem a produção do estilista Wagner Kallieno, grande destaque nos editoriais de moda das principais revistas do país. A peça faz parte das araras exclusivas da Maison Tráfego. *Ninguém é perfeito, não cobre de você mesmo a perfeição, pois ela não existe, o importante é que você viva dentro dos princípios e valores morais, esforçandose a cada dia para contribuir pra um mundo melhor. O que lhe parece pouco, pode ser muito perante à vida.


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Opinião Neto Queiroz netoqueiroz@uol.com.br

PARA REFLETIR NÓ CÉLIO DUARTE

Durante a semana que passou, Robinson Faria apresentou um grande trunfo para seu projeto de disputar o Governo do Estado. Carlos Eduardo Alves, prefeito de Natal, sinalizou para ele. Mas pediu que ele unisse as oposições. Parece difícil neste momento, Robinson ainda não está sendo devidamente levado a sério por outras lideranças.

O DEM QUER TIRAR BETINHO A decisão da Executiva Nacional do DEM de ingressar na justiça para tirar o mandato do deputado Betinho Rosado merece uma leitura mais apurada. Há mais coisas por trás da decisão. Ultrapassa os interesses partidários.

A maioria das opiniões são que Rosalba não era candidata de modo algum, visto a grande possibilidade do projeto eleitor se configurar em completo insucesso nas urnas.

Por outro lado tem a própria questão partidária, o DEM sabe que Rosalba está sendo isolado e o partido sofre com isso. O DEM terá que fazer uma escolha. E por fim, outra declaração de Carlos Augusto dá o que falar. Ele disse que não vê problema nenhum em disputar e perder, mas vê problema em não disputar.

UMA RAZÃO PARA FAZER ISSO O DEM não tinha necessidade de pedir o mandato na Justiça. Para entregá-lo a quem? O DEM não tem nenhum suplente de deputado federal no RN que possa suceder Betinho. Caso consiga reaver o mandato, será para entregá-lo de bandeja ao PSDB de Rogério Marinho. INTERESSE É OUTRO Então fica claro que o DEM não tem interesse no mandato em si. Mas parece que José Agripino tem interesse em derrotar Betinho e por consequência, Carlos Augusto Rosado, que planejou junto com o irmão sua saída do partido. DISPUTA ENTRE CARLOS E AGRIPINO O que está por trás da saída de Betinho do DEM é um interesse particular de Carlos Augusto e Betinho de derrotarem o deputado Felipe Maia nas urnas. O próprio Betinho já havia declarado que se ficasse no DEM não seria candidato, pois não iria servir de esteira para eleger Felipe Maia. FELIPE VERSUS BETINHO E Betinho saiu do DEM e isolou Felipe que hoje tem obstáculos pela frente para tentar a reeleição. Agripino identificou a rasteira e preparou o contragolpe. Mesmo sem suplente para indicar, o DEM quer o mandato de Betinho. CLIMA ESTÁ RUIM O resumo da briga é que José Agripino não senta mais à mesa com Rosalba e Carlos Augusto. E neste momento, mantendo o controle do DEM, tem um único objetivo: salvar a reeleição de Felipe. Mesmo que para isso sacrifique o grupo que está no governo.

• ALIANÇA - Fátima Bezerra é hoje a voz dentro do PT que acena para uma aliança com o PMDB no Estado. Fátima trabalha essa aliança. • EXIGE - A única condição de Fátima é que na composição da chapa à vaga para o Senado seja do PT, pra ela própria ser candidata. • TAMBÉM - Acontece que o PSB não está abrindo mão dessa posição na chapa e faz a mesma reivindicação: quer indicar o Senado. • IDEAL - Na composição que o PMDB está idealizando, PSB e PT preencheriam as duas vagas restantes na chapa majoritária. • PREFERE - Havendo conflito e impossibilidade de aliança, o PMDB terá que fazer uma escolha. O PSB nessa hora, ganha vantagem.

aumento do movimento processual em Natal e Mossoró. Entre 2010 e 2012,a 1ª Vara de Goianinha recebeu uma média de 787 novos processos, o que significa uma média de 16 processos por semana ou três processos por pauta de audiência, considerando-se a realização de cinco sessões semanais. Em Ceará-Mirim,os números são semelhantes.Nos anos de 2010, 2011 e 2012, a Vara do Trabalho da cidade recebeu uma média de 729 novas ações nesse período,ou seja,15 processos por semana ou apenas três por dia de audiência. Em Natal, a média é de 1.500 processos novos por ano e, nas Varas de Mossoró, esse volume chega a 1.432 ações iniciais. ALCIVAN COSTA

Vara do Trabalho será instalada no Fórum Silvério Soares de Souza C M A P

Tenho escutado opiniões divergentes sobre a possibilidade de Rosalba disputar ou não seu direito à reeleição no pleito do ano que vem.

Outro detalhe é que tanto Carlos Augusto como Rosalba dão sinais de estarem imunes às pressões das ruas e ao revés continuado que o governo sofre a cada dia.

TRT Mossoró ganha 4ª Vara do Trabalho nesta semana A 4ª Vara do Trabalho de Mossoró será instalada no Fórum Silvério Soares de Souza na próxima terçafeira, 8, às 10h. O presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN),desembargador José Rêgo Júnior,participará da solenidade. Assim como a 11ª Vara de Natal, que foi instalada nesta semana e estava prevista para Goianinha, a 4ª Vara de Mossoró estava prevista para Ceará-Mirim. A transferência das varas foi aprovada, por unanimidade, pelos desembargadores do TRT-RN que consideraram a queda considerável no volume de novas reclamações nas jurisdições de Goianinha e Ceará-Mirim, contra um

NOTAS GERAIS

Mas há um fator que deve ser considerado nesta análise. As declarações dadas por Carlos Augusto Rosado de que não deixará a rosa ser massacrada nos palanques adversários.

RÁPIDAS

Em uma reunião de pais numa escola de periferia, a diretora incentivava o apoio que os pais deveriam dar aos filhos. Colocava esta diretora também que os mesmos deveriam se fazer presentes para os filhos; entendiam que, embora soubesse que a maioria dos pais e mães daquela comunidade trabalhassem fora, deveriam achar um tempinho para se dedicar e atender às crianças. Ela ficou muito surpresa quando um pai se levantou e explicou, na sua maneira humilde, que ele não tinha tempo de falar com o filho, nem de vêlo durante a semana, pois quando ele saía para trabalhar era muito cedo e o filho ainda esta dormindo, e quando voltava do trabalho, o garoto já havia deitado, porque era muito tarde. Explicou, ainda,que tinha de trabalhar assim para poder prover o sustento da sua família. Porém, ele contou também que isso o deixava angustiado por não ter tempo para o filho, mas que tentava se redimir, indo beijá-lo todas as noites quando chegava em casa e, para que o filho soubesse de sua presença, ele dava um nó na ponta do lençol que o cobria. Isso acontecia, religiosamente, todas as noites quando ia beijá-lo. Quando este acordava e via o nó, sabia através dele que o pai havia estado ali e o havia beijado. O nó era o elo de comunicação entre eles. Mais surpresa ainda a diretora ficou, quando constatou que o filho desse pai era um dos melhores alunos da sala. Esta estória faz-nos refletir muitas e muitas maneiras de um pai se fazer presente,de se comunicar com o filho, e esse pai encontrou a maneira dele. E o mais importante: "A criança percebe isso". "E você,já deu um nó no lençol de seu filho hoje?".

PLUGADO


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Esportes

Fla espera clássico ‘nervoso’contra oVasco SITE OFICIAL DO FLAMENGO

Apesar dos bons resultados no meio de semana, os dois times lutam para ficar longe da zona de rebaixamento

s dois times conseguiram bons resultados no meio de semana, mas mesmo assim continuam ameaçados pelo risco de rebaixamento. Portanto, ao que tudo indica o clássico entre Flamengo e Vasco, programado para hoje, às 16 horas (de Brasília),no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro tem tudo para ser muito nervoso. Isso porque o perdedor vai voltar a conviver em uma clima de cobrança e perder a tranquilidade conquistada recentemente. Os flamenguistas realmente estão esperando um jogo nervoso e equilibrado. O time venceu os dois últimos jogos, goleando o Criciúma por 4 a 1 e fazendo 2 a 0 no Coritiba, quebrando um jejum de 15 anos sem

O

Flamengo vem de duas vitórias consecutivas, mas segue ameaçado pela zona de rebaixamento

derrotar o rival no Paraná. Portanto, estão cientes de que um tropeço no clássico, mesmo não levando o time para a zona de rebaixamento, vai acabar com o clima de paz na Gávea. "O Flamengo entende que o jogo deste domingo vai ser marcado por um forte equilíbrio, pois nenhuma das equipes vai querer ficar exposta e dar brecha para o adversário ganhar por conta de um erro. Sendo assim, teremos um confronto decidido no detalhe, em uma lance isolado ou até mesmo

em uma jogada de bola parada. É importante o máximo de atenção para não sermos surpreendidos",disse o zagueiro Chicão. Dentro de campo o elenco se reapresentou na manhã de sexta-feira no Ninho do Urubu, mas apenas os reservas foram a campo disputar um coletivo contra o time de juniores. Os atletas considerados titulares ficaram na academia reforçando a musculatura. Assim, ainda é cedo para definir a formação que vai a campo. O técnico Jayme de

Almeida, porém, vai promover uma alteração na equipe. O goleiro Felipe, que cumpriu suspensão contra o Coritiba, reaparece na vaga de Paulo Victor. Sendo assim a tendência é o time rubro-negro atuar com: Felipe, Leonardo Moura, Wallace, Chicão e João Paulo; Amaral, Elias, André Santos e Carlos Eduardo; Paulinho e Hernane. Neste sábado os jogadores treinam pela manhã no Ninho do Urubu e depois a delegação embarca para a capital federal.

Luxemburgo ‘dribla’ desfalques para armar time do Fluminense contra Inter O técnico do Fluminense, Vanderlei Luxemburgo, teve que ignorar a forte chuva que castigou o Rio de Janeiro na manhã de sextafeira e comandou um treino tático nas Laranjeiras para esboçar o time que vai enfrentar o Internacional, hoje, às 16 horas (de Brasília), no Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS), pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Isso porque o treinador está tendo que driblar uma série de desfalques para tentar mandar a campo um time competitivo. Vanderlei Luxemburgo não poderá contar com o zagueiro Gum, com o volante

Edinho e com o meia Felipe, todos suspensos por acúmulo de cartões amarelos,já que foram advertidos no empate por 1 a 1 com o Botafogo no meio de semana.O lateral esquerdo Carlinhos,que sofreu uma desinserção parcial do tendão do músculo adutor da coxa esquerda, está vetado e corre o risco de só voltar a jogar futebol em 2014. O goleiro Diego Cavalieri vai ter que se apresentar à Seleção Brasileira que vai disputar amistosos na Ásia e também perderá o confronto com o Colorado. Pelo que se viu no treino de sexta-feira, Anderson vai entrar na zaga, compon-

do o setor com Leandro Euzébio. Nas laterais, Bruno e Igor Julião, que cumpriram suspensão contra o Botafogo, reaparecem, sendo que o segundo vai atuar de maneira improvisada na esquerda. No meio-de-campo, Fábio Braga, filho do técnico Abel Braga, vai atuar ao lado de Jean e de Rafinha, que volta ao meio-decampo depois de ter sido improvisado na lateral direita diante dos botafoguenses. Wágner completa o setor. Biro-Biro e Rafael Sobis permanecem no ataque. Assim,a única dúvida parece estar no gol.Kléver é visto como reserva imediato,

mas Vanderlei Luxemburgo tem ficado muito impressionado com o desempenho nos treinos do goleiro Felipe Garcia, contratado junto ao Náutico. Os dois disputam posição. Sendo assim, o esboço de time para domingo é o seguinte: Kléver (Felipe Garcia), Bruno, Leandro Euzébio,Anderson e Igor Julião; Fábio (Diguinho), Jean, Rafinha e Wágner;Biro Biro e Rafael Sobis. Após o treino desta sexta-feira a delegação embarcou para o Rio Grande do Sul. O Fluminense aparece na oitava colocação do Campeonato Brasileiro, com 34 pontos conquistados.

Próximo ranking indicará cabeças de chave A Fifa definiu os critérios que usará para determinar os cabeças de chave dos grupos da Copa do Mundo. De forma bem simples, a entidade apontou que as sete primeiras seleções do seu ranking que será divulgado no dia 17 de outubro se juntarão ao Brasil no pote 1 do sorteio do dia 6 de dezembro, na Costa do Sauípe. No ranking de setembro as sete primeiras seleções no

ranking eram, pela ordem: Espanha, Argentina, Alemanha, Itália, Colômbia, Bélgica e Uruguai. Destas, apenas Argentina e Itália garantiram vaga. Entre as outras cinco apenas o Uruguai está em situação delicada nas eliminatórias, mas ainda assim deve garantir vaga ao menos na repescagem. "Quanto ao procedimento para o sorteio final para a Copa do Mundo, o pote 1,

com as seleções cabeças de chave, vai incluir o Brasil e as sete equipes mais bem colocadas no ranking de outubro. Os potes restantes serão baseados em critérios geográficos e esportivos. O próximo ranking da Fifa será anunciado em 17 de outubro de 2013", disse a Fifa em nota referente às decisões tomadas reunião executiva da entidade nesta sexta-feira. A Fifa explicou que não

usará o ranking de novembro porque nem todas as seleções jogarão partidas oficiais de eliminatórias, o que comprometeria o posicionamento de seleções que se classificaram antecipadamente para o Mundial."Daria às equipes envolvidas nos próximos play-off uma vantagem injusta", explicou a Fifa, citando os jogos de repescagem que serão jogados em novembro.


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Esporte Pela Série C,Baraúnas encerra participação em casa diante do Luverdense-MT

Cantinho da recordação Olismar Lima

WILSON MORENO

penas para cumprir tabela na Série C do Campeonato Brasileiro, o Baraúnas enfrenta, na tarde de hoje, às 16h, no Estádio Nogueirão, em Mossoró, o Luverdense-MT, em partida válida pela 17ª rodada da competição. O Tricolor mossoroense, que após a derrota para o Santa Cruz, por 3 a 1, na 15ª rodada, perdeu o meio-campista Radames, e o lateral esquerdo George (pediram para ir embora), ganhou mais três desfalques para a partida durante o decorrer desta semana. O volante Fidélis pediu para sair e não participa assim dos dois últimos jogos do clube na competição. O zagueiro Pedrosa, com uma lesão na virilha, também não deve ir a campo contra a equipe mato-grossense. O volante Batata, suspenso, é mais um desfalque do Baraúnas na partida. Com a situação do clube irreversível na Série C, a diretoria do Baraúnas aguarda por uma resposta do atual presidente, Eudes Fernandes, para começar a planejar o ano de 2014. Caso Eudes mantenha a decisão de deixar a presidência do Baraúnas, o planejamento só será iniciado quando o Tricolor tiver um novo comandante. O gerente de futebol, Zezinho Mossoró, admitiu que o desgaste de ficar à frente do Tricolor mossoroense é muito grande, mas afirmou que espera que Eudes permaneça. Sobre as duas últimas partidas que o Baraúnas tem na Série C (Luverdense e

A

PEDROSA PEDROSA: atleta que conquistou a admiração da imensa torcida do Leão do Oeste

Jogadores do Baraúnas treinaram durante semana para último jogo diante da torcida em 2013

CRB), Zezinho garantiu determinação dos atletas. "Determinação. Pode ter certeza que não vai faltar. Infelizmente fomos prejudicados em muitos jogos pela arbitragem. Não temos poder de federação. Vamos trabalhar e terminar com dignidade. Serve de aprendizado", disse. Apesar de ainda aguardar a definição do novo presidente, é certo que alguns jogadores do elenco atual já conversam para renovar o contrato para o ano de 2014, mesmo que de forma informal. É o caso do lateral esquerdo Renatinho Carioca. Fidélis, que deixou o clube no início desta semana, também pode voltar já no Campeonato Estadual da de 2014.

O jogador revelou que tem o desejo de voltar à equipe mossoroense. "Existe a conversa do dia a dia, mas só pode ser real com a definição do presidente. Vamos esperar a decisão

de Eudes", disse Zezinho. Após enfrentar o Luverdense-MT, o Baraúnas encerra a sua participação na Série C, diante do CRB, no Estádio Rei Pelé, no dia 13 de outubro.

CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE C GRUPO A

TIME 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

Santa Cruz Fortaleza Treze Brasiliense CRB Luverdense Águia de M. Sampaio C. Cuiabá Baraúnas Rio Branco

PG

J

V

E

CEDIDA D GP GC SG

31 18 9 4 5 30 18 9 3 6 30 18 9 3 6 30 18 8 6 4 29 18 8 5 5 28 18 8 4 6 28 18 8 4 6 26 17 7 5 5 26 18 7 5 6 13 18 4 1 13 6 19 2 0 17

29 35 24 19 20 26 25 28 28 15 7

18 11 20 15 28 -4 17 2 13 7 20 6 22 3 15 13 19 9 40 -25 44 -37

Atacante Tozin não enfrenta tricolor mossoroense neste domingo Titular absoluto no ataque do Luverdense na temporada,o atacante Tozin ficou fora da lista dos relacionados para o jogo contra o Baraúnas, hoje, pela 17ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, e tem a permanência no clube ameaçada. Mesmo com uma lesão nas costas, Tozin participou normalmente do treinos

REPRODUÇÃO

desta semana e era presença certa no confronto. Em entrevista por telefone,o presidente do Verdão do Norte, Helmute Lawisch, não descartou que o jogador deixe a equipe, mas afirmou problemas internos relacionados ao atleta. "O Tozin não viajou com a equipe para o Rio Grande do Norte. Ele ficou aqui em

Lucas do Rio Verde", disse. Contratado no início da temporada, Tozin foi o artilheiro do Luverdense no Campeonato Matogrossense com quatro gols, ao lado de Marcelo Maciel e Gilson.Muito contestado pela torcida nos últimos jogos da Série C por perder gols importantes, o atacante é também o artilheiro do Verdão

do Norte na Série C, com oito gols marcados em 18 jogos. O elenco do Luverdense chegou embarcou para o Rio Grande do Norte na madrugada da última sextafeira. Baraúnas e Luverdense jogam neste domingo, às 15h (de MT), no Estádio Nogueirão, pela 17ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Visando registrar a presença dos craques que o nosso futebol conheceu,ao longo da sua existência, reservamos para esta edição um pouco da trajetória de Pedrosa, atleta que atuou pelo Baraúnas nas temporadas de 2005, 2006, 2007, 2008, 2011, tendo retornado este ano, onde se destaca na zaga do Leão do Oeste. O seu nome completo é Pedrosa Virgulino Júnior, tendo nascido na cidade de Garanhuns-PE, Estado em que defendeu o Clube Náutico Capibaribe, em 2004, tendo,no alvirrubro do bairro Conselheiro Rosa e Silva, conquistado o título de campeão pernambucano de futebol, em 2004. A estreia do nosso focalizado,vestindo a jaqueta do Baraúnas,aconteceu no dia 02 de fevereiro de 2005, por ocasião do jogo válido pela Copa do Brasil,oportunidade em que, no "mundão" do Nova Betânia, o mais querido derrotou o América de Minas Gerais,pelo placar de dois tentos a um. Confira a súmula do referido encontro. Baraúnas: - Isaías; Da Silva, Pedrosa, Ronaldo (Mike) e Agnaldo; Célio, Amarildo, Álvaro e Cléber; Cícero Ramalho (Edinho) e Paulo Júnior (Fábio besouro). América (MG):- Ricardo; Marcelinho, Paulão, Matheus e Bigu; Juaci, Ewerton, Maycom (Diego) e Tarcísio (Ânderson); Francismar e Tiago (Daniel).Os gols do clássico foram assinalados através de Cícero Ramalho e Paulo Júnior, para o Leão do Oeste, cabendo a Francismar descontar para o América (MG). Árbitro do

jogo: Marcos Antônio de Vasconcelos (PB),assistido as bandeiradas por José Getúlio de Moura e José Nilman de Lima, ambos integrantes do quadro de arbitragem da Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF). Renda do espetáculo: R$ 39.040,00 para um público pagante de 4.557 torcedores. Dado o desempenho apresentado, durante toda a temporada de 2005, coube a diretoria do Baraúnas não medir esforços, visando renovar o vínculo contratual de Pedrosa,com vista ao certame estadual de 2006, que ao seu final, permitiu ao mais querido a conquista, pela primeira vez, do título de campeão do Rio Grande do Norte, na memorável data de 17 de junho, ao empatar com o Potiguar,no Estádio Prof. Manoel Leonardo Nogueira, sem abertura do placar. Observe a súmula do clássico. Baraúnas (Campeão):- Isaías; Cláudio Ribeiro, Índio, Pedrosa e César Romero;Pantera,Célio, Robinho (Agnaldo) e Chiquinho (Jackson);Henrique (Tiago) e Eli Thadeu. Potiguar:- Pacato; Luiz Carlos, Ricardo Schomberger, Michel e Leandro;Everton (Ricardo Lima), Adeilson (Marcelo Martinelli),Jânio e Paulinho; Berg e Richarlysson. Árbitro:- Suélson Diógenes de França,assistido por Milton Otaviano dos Santos e Luiz Carlos Câmara.Renda:R$ 28.720,00. Portanto,por tudo quanto proporcionou ao nosso futebol,Pedrosa merece a nossa homenagem, no Cantinho da Recordação.


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Gerais

Sergipe anuncia‘maior descoberta de petróleo’ O Ministério de Minas e Energia nega a informação do Governo de Sergipe

U

ma visita do ministro Edison Lobão, no próximo dia 23 a Sergipe, confirmado pelo governo daquele Estado e pela assessoria do Ministérios de Minas e Energia,poderá ser palco do anúncio de mais uma grande descoberta de petróleo no país.

Na página do site do governo sergipano,o governador interino, Jackson Barreto (PMDB),antecipa que Lobão irá anunciar "a maior descoberta de petróleo no mundo em 2013", o que foi negado pela assessoria do ministro. A prática não é usual na indústria do petróleo.Qualquer descoberta tem que ser primeiro comunicada à ANP (Agência Nacional do Petróleo). No caso de uma companhia aberta, como a Petrobras, que seria a responsável pela descoberta, segundo o governo de Sergipe, a comunicação também precisa ser feita à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) por ser um fato re-

levante para a companhia. O Ministério de Minas e Energia nega a informação do Governo de Sergipe, afirmando que Lobão não tem conhecimento de nenhuma nova descoberta no Estado, "a não ser as já anunciadas pela Petrobras". A Petrobras também não confirma o anúncio, informando que não consta até o momento na agenda da presidente, Graça Foster, uma viagem ao Estado no dia 23. No site do Estado de Sergipe,uma nota diz que o ministro Lobão faria o anúncio na companhia da diretora-geral da ANP, Magda Chambriard.Na ANP,também não há informação so-

bre o assunto. Porém, consta na agenda da executiva uma viagem a Sergipe na mesma data para a divulgação da 12ª rodada de licitações de áreas de gás convencional e não convencional. Os rumores de uma nova descoberta na bacia Sergipe-Alagoas surgiram após a Petrobras descobrir uma nova província petrolífera naquele Estado. De acordo com a presidente da Petrobras,Graça Foster,em Sergipe foi feita uma "bela descoberta",mas ainda não há uma estimativa oficial sobre o campo, que está em fase de perfuração (fase antes do desenvolvimento para chegar à produção).

A província petrolífera é formada por várias acumulações de hidrocarbonetos (petróleo e gás), com destaque para Moita Bonita, Barra, Farfan e Muriú. Segundo especialistas, as reservas de petróleo e gás na área poderiam ultrapassar 1 bilhão de barris, volume semelhante a outros grandes campos do país,como Marlim e Roncador, na bacia de Campos, porém bem abaixo dos reservatórios do pré-sal da bacia de Santos. O campo de Libra, por exemplo,no pré-sal de Santos,que será leiloado no próximo dia 21, tem estimativa de reservas entre 8 e 12 bilhões de barris de óleo

equivalente (petróleo e gás). Oficialmente, a Petrobras não confirma o volume descoberto, informando que a província, onde desde 2008 já foram feitos 16 poços, sendo que 13 tinham petróleo, ainda está sendo delimitada. A empresa e seus sócios no consórcio que explora a região,a IBV Brasil,formada pelas indianas Bharat Petroleum (BPCL) e a Videocon Industries já encaminharam oito PADs (Plano de Avaliação de Descoberta) para a ANP (Agência Nacional do Petróleo),com três já em execução,além de ter declarado comercialidade do campo de Piranema, dentro da província.


Gazeta do Oeste

Mossoró

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Editora: Monalisa Cardoso mossorogazetadooeste@gmail.com

EVANGÉLICOS

ESPECIAL

Marcha para Jesus acontecerá em novembro

Outubro Rosa incentiva diagnóstico precoce

2

6e7

CRESCE NÚMERO DE MATRÍCULAS NA

EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA WILSON MORENO

Dados nacionais do Censo da Educação Superior são confirmados na cidade; ensino presencial ainda é modalidade com maior número de alunos

O

aumento percentual no número de matrículas em cursos superiores, através da Educação à Distância (EAD) superou o de matrículas em cursos presenciais de 2011 para 2012. No período foi registrado um crescimento de 12,2% nas matrículas da EAD, enquanto a educação presencial teve um aumento de 3,1%, segundo dados Censo da Educação Superior de 2012, divulgados este mês pelo Ministério da Educação (MEC). Apesar disso, o ensino à distância ainda representa 15,8% das matrículas. A realidade nacional é refletida em Mossoró. Na Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), por exemplo, o reitor da instituição, José Arimateia de Matos informa que apesar de a universidade possuir EAD, a modalidade é muito pequena em relação ao ensino presencial. No momento, a Ufersa conta com um curso de Licenciatura em Matemática funcionando em três polos - Natal, Caraúbas e Grossos. No Campus Central de Mossoró não existe um polo, pois o Governo Federal orientou que a construção dos polos deveria ficar a cargo do município, por isso, as aulas à distância são voltadas às cidades onde há polos. Apesar disso, o reitor informa que há demanda local e alunos de Mossoró chegam a se deslocar para outros municípios para ter acesso à EAD. Mas a tendência de aumento na procura se confirma, segundo a coordenadora do Núcleo de Educação à Distância da Ufersa, professora Kátia Cilene da Silva. Um levantamento feito pela universidade mostrou que entre a primeira e a segunda, a procura pela graduação registrou um aumento de, aproximadamente, 230%. Segundo ela, em novembro serão abertas 150 vagas para licenciatura em Matemática, válidas para 2014. Ainda para o próximo ano serão ofertadas duas novas graduações à distância - Física, com oferta de 250 vagas, e Computação, também com oferta de 250 vagas. A coordenadora explica que 40% dessas vagas são destinadas a professores da rede pública, através da Plataforma Freire,e os outros 60% são voltados para a demanda social, através do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Mas embora a modalidade seja denominada Educação à Distância, Kátia Cilene da Silva explica que existem aulas presenciais, com encontros marcados para, praticamente, todos os sábados. Entre as instituições de ensino superior da rede privada, a Universidade Potiguar (UnP) oferece em Mossoró três cursos de Bacharelado - Administração,Ciências Contábeis e Serviço Social, quatro cursos tecnólogos (com duração de dois anos) - Marketing, Gestão Pública, Gestão Comercial e Recursos Humanos e um curso de Licenciatura em Pedagogia. De acordo com o gerente comercial da Área de Educação à Distância, Valdecir de Oliveira, as atividades são 100% on-line,à exceção das provas,que são realizadas presencialmente, por uma determinação do próprio MEC. O material é disponibilizado em uma Central do Aluno, acessado pelo aluno através do login e senha, tudo via internet. É na rede virtual que os alunos têm acesso aos conteúdos, trabalhos e aos próprios professores, com os quais se conectam por meio de fóruns. São os alunos que organizam o seu horário de estudos. Valdecir de Oliveira lembra que a Educação à Distância requer disciplina dos alunos. Todos os cursos, segundo ele, possuem o mesmo formato, e ao final do curso o diploma recebido pelo estudante na modalidade EAD é igual ao diploma conquista-

Realidade nacional da procura pela modalidade é refletida em Mossoró

do pelo estudante na modalidade presencial. Apesar da procura, o ensino presencial ainda representa a parcela mais significativa do alunado. "O presencial é o que nós temos maior volume", afirma o gerente. PÓS-GRADUAÇÃO E CURSOS TÉCNICOS Os cursos de graduação não são os únicos a serem ofertados pela Educação à Distância. De acordo com a coordenadora do Núcleo de Educação à Distância da Ufersa, professora Kátia Cilene da Silva, a partir de outubro será possível aos professores das redes públicas municipal e estadual ingressarem em cursos de extensão, aperfeiçoamento e especialização. Esse ingresso será possibilitado através do Sistema Nacional de Formação Continuada (SINAFOR), do Governo Federal. Serão cinco especializações, quatro aperfeiçoamentos e duas extensões, totalizando 2.700 vagas.

Kátia Cilene da Silva diz que o acesso dos professores será por meio da Plataforma Freire, para isso, basta autorização do secretário de Educação. Já o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) em Mossoró oferece dois cursos de nível técnico - Segurança no Trabalho e Turismo -, como informa o diretor acadêmico do campus local, Hélio Henrique da Cunha Pinheiro. A primeira turma foi iniciada em 2012.1 e a cada semestre uma nova turma ingressa através da modalidade. Segundo o diretor acadêmico, existe uma procura razoável pelos cursos. Mas ele comenta que a Educação à Distância ainda é um grande desafio, tendo em vista que as pessoas não estão acostumadas. Além disso, é preciso muita disciplina e atenção. No passado, o IFRN já ofereceu o curso de Gestão Ambiental em nível superior, que hoje é presencial.


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Mossoró

Festival Halleluya divulga atrações CEDIDA

Evento é promovido pela Comunidade Católica Shalom, em várias localidades do País

A

primeira edição do Festival Halleluya em Mossoró será marcada pela diversidade de ritmos musicais.O evento,que será realizado nos dias 25 e 26 de outubro, na Estação das Artes Elizeu Ventania,reunirá no palco seis shows de artistas nacionais e locais, além de apresentações de teatro e dança, como informa a assessoria de comunicação do evento.Grupos de rock e pagode, entre outros estilos da música,se apresentarão nos dois dias do festival. A programação será iniciada às 18h30,com celebra-

ção eucarística presidida pelo bispo diocesano Dom Mariano Manzana."Em seguida virão os shows com as bandas Tautobios (CE), PJSamba (RN) e Adoração e Vida (SP). O segundo dia do Festival também terá início às 18h30, outra vez com missa presidida por Dom Mariano.Os shows do sábado, 26, serão de Suely Façanha (CE), Missionário Shalom (CE) e Cosme (RJ)", informa a assessoria. Alguns desses nomes da música estarão na cidade pela primeira vez. São eles o grupo Adoração e Vida, o cantor Cosme e a banda Tautobios. O Festival Halleluya é promovido pela Comunidade Católica Shalom, em várias localidades do País,mas essa é a primeira vez que o evento é realizado no interior do Rio Grande do Norte, segundo a assessoria de comunicação. Em Fortaleza, o evento ocorre há 16 anos e em 2013 reuniu um público superior a um milhão de pessoas. A perspec-

Tautobios, do Ceará, é uma das atrações do evento

tiva é de que, em Mossoró, por noite, cinco mil pessoas passem pela Estação durante o Festival. A entrada no evento é franca,mas,pelo próprio cunho social do evento, a organização está incentivando a solidariedade e, por isso, pede que os participantes possam contribuir com a doação de um quilo de alimento não perecível. Outra iniciativa neste sentido é a parceria firmada com o Hemocentro de Mossoró, cuja unidade móvel estará presente, na tentativa de alcançar doações sanguíneas.

O Halleluya é um festival de arte, cujo objetivo é reunir o público jovem em uma cultura de paz, proporcionando uma diversão saudável. A assessoria de comunicação do Festival informa o perfil de cada uma das seis atrações musicais que sobem ao palco do Festival. TAUTOBIOS O grupo apresenta um rock regional, misturando punk, hardcore, metal e hiphop com ritmos nordestinos como embolada, baião, coco e maracatu cearense. As

letras resgatam a simplicidade do coração de fé do homem nordestino, que mesmo tendo uma existência sofrida conserva em seu interior a crença e a esperança de um mundo melhor com Deus no centro de sua vida.

dimensão missionária. Em 1990, participou de sua primeira gravação profissional. Nos últimos 15 anos, Suely tem viajado pelo Brasil e até fora do país, levando ao Evangelho da Paz através da música.

PJ SAMBA O PJSamba é uma banda do Projeto Juventude Shalom de Mossoró, que conta com mais de dez componentes e expressa o Louvor a Deus através do swingão e do pagode.

MISSIONÁRIO SHALOM Criado em 1998, o Missionário Shalom é o ministério que representa o segmento artístico da Comunidade Católica Shalom em todo o Brasil.É formado por jovens consagrados a Deus que investiram suas vidas e talentos na evangelização.

ADORAÇÃO E VIDA Adoração e Vida é um ministério de música, fundado em 2005 pelo músico Walmir Alencar, que se tornou conhecido como compositor e cantor da banda Vida Reluz, seguiu carreira solo, lançando quatro CDs. SUELY FAÇANHA Iniciou seu ministério em 1985, animando grupos de oração e missas de sua Paróquia em Fortaleza. Com seu ingresso na Comunidade Shalom, a música tomou

COSME Nascido no Rio de Janeiro, ele não se considera cantor,mas animador.Segundo ele, seu ministério expressa a alegria de ser uma testemunha viva da misericórdia de Deus, que o resgatou do mundo das drogas nos morros cariocas, onde viveu no seio de uma família pobre e desestruturada.Ele viaja por todo o Brasil, com seu testemunho de vida.

Evangélicos preparam Marcha para Jesus WILSON MORENO

Evangélicos de Mossoró preparam a 9ª edição da Marcha para Jesus, que acontecerá no dia 9 de novembro. O pastor do Ministério Internacional Nova Jerusalém (MINJ), Jessé Santana, falou que a concentração começará às 15h, na Avenida Presidente Dutra, onde seguirão em caminhada até a Estação das Artes Elizeu Ventania. "Será um momento de muita oração e intercessão com a presença de todas as igrejas evangélicas, mas está aberto a todos que queiram participar", afirma Jessé. Durante a descida do Alto de São Manoel, os fiéis louvarão ao som da banda Expresso Louvadeira de Recife/PE. Ao chegar à Estação das Artes, a banda Território Sagrado, de Fortale-

za/CE, comandará a festa. A preparação para o dia ocorre com as pré-marchas. A primeira já aconteceu e a segunda será realizada hoje, 5, às 19h, no Teatro Dixhuit Rosado.A Companhia de Dança Tribo Soul animará o evento. Nos dias 18 de outubro e 2 de novembro, mais duas pré-marchas serão realizadas, ambas no Memorial da Resistência com a presença do Ministério de Louvor da MINJ. A marcha também contará com atividades para as crianças.Jessé Santana conta ainda que haverá um "trenzinho" para as crianças participarem do momento de oração. A organização do evento espera levar cerca de 3 mil pessoas para a Marcha para Jesus. "A Bíblia fala muito dessas ma-

Pastor Jessé Santana fala sobre o momento de louvor

nifestações.O povo de Israel sempre organizava marcha

de louvor.Este é um ato profético", declara.

CONVITE MISSA DE 7º DIA DE FALECIMENTO JOSÉ ADALBERTO TÔRRES DE LIMA (NEGO)

Os familiares de JOSÉ ADALBERTO TÔRRES DE LIMA, (Nego), ainda consternados com seu falecimento, convidam parentes e amigos para missa de 7º dia que será realizada no dia 6 de outubro, na matriz de Nossa Senhora da Conceição, em Apodi, às 8h. Às 7h, na Igreja São Francisco, no Abolição III e, às 17h, na Igreja São Pedro, no Abolição IV. Desde já agradecem a todos que se fizerem presentes a este ato de fé e solidariedade cristã.


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Mossoró

Passagens de interestaduais estão mais caras EDNILTO NEVES

EDNILTO NEVES

Autorização de aumento nas tarifas para percursos superiores a 75 km foi de 6,98%

A

s tarifas de ônibus interestaduais e internacionais, em percursos superiores a 75 quilômetros do local da origem, estão 6,98% mais caras. O aumento foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e passou a valer desde a quinta-feira, 3. Algumas empresas aderiram ao reajuste desde o primeiro dia. "Houve aumento desde ontem [anteontem, 3]", informou Carlos Henrique, operador de vendas da Viação São Geraldo. Uma passagem da empresa para São Paulo que custava R$ 451,14 está sendo vendida agora a R$ 482,39. O bilhete para Feira de Santana, na Bahia, está custando R$ 180,71 (o valor anterior era de R$ 168,92). Para viajar para

Uma passagem para São Paulo que custava R$ 451,14 está sendo vendida a R$ 482,39

Carlos Henrique detalha os valores antigos e atuais das passagens

Cajazeiras, na Paraíba, o passageiro deve desembolsar R$ 46,86 (o preço antigo era R$ 43,80). Até a manhã de ontem a Viação Nordeste ainda não havia feito o reajuste nas tarifas. As passagens continuam com os preços antigos (R$ 67,50 para João PessoaPB; R$ 38,41 para Fortaleza e para Natal, dentro do próprio Rio Grande do Norte, o valor é de R$ 48,38).

vos valores, listando os coeficientes tarifários (CT) em reais por passageiro que devem ser multiplicados pelos quilômetros percorridos. Por exemplo, para o transporte interestadual com serviço convencional (com sanitário), com pavimento tipo I (há vários tipos, como pavimentado, implantado ou leito natural), o coeficiente é de 0,135. O coeficiente tarifário é

Quem não gostou do aumento foram os passageiros. "É uma pena aumentar o preço e a gente não ver retorno em serviço, em qualidade dos ônibus. Quem não tem outro jeito acaba indo de ônibus mesmo", comentou Manoel Ribeiro, que estava no Terminal Rodoviário Diran Ramos do Amaral enviando uma encomenda para a capital do Ceará.

A autorização do aumento foi dada diante 'da necessidade de manter o equilíbrio econômico-financeiro das permissionárias e autorizatárias do transporte rodoviário interestadual e internacional de passageiros', de acordo com a resolução da agência publicada no Diário Oficial da União (DOU) da quartafeira, 2. A ANTT divulgou os no-

12 de outubro é mais um feriado que deixará comércio fechado Mais uma vez, o comércio mossoroense sofrerá alterações no seu funcionamento devido a um feriado. No sábado que vem, dia 12, dedicado a Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, todas as lojas estarão fechadas. Assim como aconteceu nos dois últimos feriados (Dia 30 de setembro e 3 de outubro), os supermercados e mercantis limitaram

seus horários. Estes estabelecimentos vão abrir as portas das 7h às 13h com o pagamento da diária em dobro aos funcionários escalados para trabalhar nesta data. No Mossoró West Shopping, as lojas estarão abertas das 14h às 20h e a praça de alimentação das 11h às 22h. O Multicine terá sessões de filmes das 14h às 22h, e o boliche funciona

das 11h à meia-noite. Os funcionários também recebem diárias em dobro. O acordo do funcionamento diferenciado foi feito pelo Sindicato dos Empregados no Comércio de Mossoró (SECOM) e Sindicato do Comércio Varejista (SINDIVAREJO) na convenção coletiva deste ano. O presidente do Secom, Carlos Antônio da Silva,

disse que equipes do sindicato e da Delegacia Regional do Trabalho (DRT) estarão fiscalizando o cumprimento do acordo. "Nós recebemos denúncias anteriores e fomos conversar com os comerciantes e empresários explicando que o acordo tem que ser respeitado. Nos últimos feriados, o pessoal tem sido tranquilo. O pessoal tem respeitado", explicou.

calculado com base no índice de reajuste do óleo diesel, do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e do Índice de Preços ao Consumidor - Amplo (IPCA). Sobre ele incidem impostos, tarifas de pedágio cobradas em rodovias cedidas em concessão para a definição do preço final da passagem paga pelo usuário do serviço, de acordo com a ANTT. EDNILTO NEVES

Supermercados e mercantis funcionam das 7h às 13h


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Mossoró Fé & Vida

“ ”

Eu te guardarei da hora da

Joscelito Marques

provação.

joscelitomarques@hotmail.com site: www.jocelitomarques.blogspot.com

(Ap 3,10)

Refletindo o evangelho "SENHOR AUMENTA A NOSSA FÉ". Lucas 17, 5-10 "Os apóstolos disseram ao Senhor: Aumenta-nos a fé!" (Lc 17, 5) "Aumenta a nossa fé!" (v. 5). Esta é a súplica dos apóstolos, os enviados. A fé é fundamentalmente adesão à pessoa de Jesus Cristo e, em razão dessa adesão, ela se transforma em testemunho. Tendo já sido enviados em missão (9,1-6), os apóstolos experimentaram a necessidade de uma comunhão estreita com Jesus. Sem esta relação estreita, o "sucesso" da missão fica comprometido. A fé oferece a possibilidade de fazer tudo em Deus, sem se deixar seduzir pelo prestígio, nem desanimar pelo fracasso. A fé está ligada à missão. Diante da súplica dos Doze, que também é a nossa, Jesus responde: "Se tivésseis fé, mesmo pequena como um grão de mostarda, poderíeis dizer a esta amoreira: 'Arranca-te daqui e planta-te no mar', e ela vos obedeceria" (v. 6). A fé, dizemos nós, remove montanhas! É a confiança no poder de Deus, na palavra de Cristo, que pode transformar a realidade tanto pessoal como social.É Deus quem age, não importa qual seja a nossa fé ou o nosso grau de confiança nele. "Somos simples servos…" (v. 10). Quando a ação do discípulo no desempenho de sua missão é feita em nome do evangelho, não há nada que seja impossível. "Para Deus tudo é possível", dirá o Anjo Gabriel a Maria (1,37). Para o discípulo apoiado na palavra de Jesus Cristo, não há nada que possa desencorajá-lo. O servo está totalmente nas mãos do seu Senhor. Assim seja!

GENTE DE FÉ

BOM JESUS Termina hoje a Festa do Bom Jesus, na comunidade homônima. A procissão pelas ruas do bairro acontecerá, às 17h, seguida de missa solene de encerramento, presidida pelo Padre Ricardo Rubens. FEIJOADA DO CURSILHO Não podemos perder a feijoada de hoje promovida pelo Cursilho de Cristandade.Começa às 12h,na sede do Movimento, à Rua João Pedro da Costa, 01, vizinho à Matriz da Paróquia São Paulo Apóstolo, no bairro Nova Betânia. Vamos prestigiar, gente! CASAMENTO COLETIVO A equipe dos cinco do Encontro de Casais com Cristo da Paróquia Santa Luzia preparou e teve a graça de levar ao altar mais cinco casais do ECC. A Celebração aconteceu na Catedral de Santa Luzia e foi presidida por Padre Walter Collini. Belo trabalho!

Neste domingo homenageamos um sacerdote querido, o Padre Carlos César. Além de sua missão na Paróquia São Paulo Apóstolo, ele ainda encontra tempo para evangelizar visitando os doentes nos hospitais e residências. Pe. Carlos é gente de fé que sabe utilizar todos os seus dons para servir ao Reino de Deus. Do canto à oração ele é gente que faz o bem. Tudo de bom, amigo! CEDIDA

Pe. Carlos César e Pe. Robson

PREPARAÇÃO Padre Augusto Lívio se prepara para estudar em Roma. Sagradas escrituras. Provavelmente irá em fevereiro.

Rainha, de 16 a 20 de outubro, em sua sede na Mal.Hermes,345,Bom Jardim. O Tema central da festa será: "Vivenciando o Ano da Fé, caminhamos com o exemplo da Mãe Rainha".Maravilha! 1º ENCHEIVOS A missão Fides in Deum, excelente grupo de jovens que evangeliza através da música e da pregação da Palavra de Deus promoverá dia 20 de outubro o "1º Enchei-vos". O evento acontecerá no Colégio Sagrado Coração de Maria, das 8h às 12h. O Fides in Deum (Fé em Deus) pertence à Paróquia de Santa Luzia.Mais informações pelo fone: 8838-3818 e 9936-1688. EXPECTATIVA Toda Mossoró e Região na expectativa do Halleluya,promovido pela Comunidade Shalom! Serão dois dias de bênçãos: 25 e 26 de outubro, a partir das 18h30, na Estação das Artes Elizeu ventania. Estaremos lá!

ROMARIAS Dia 12 de outubro acontecerá a Romaria de Nossa Senhora Aparecida e a 2ª Romaria da Pastoral da Criança ao Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, no Lima, em Patu.

CAMPANHA "Mude o mundo de uma criança, transforme brinquedos em sorrisos". Com este slogan a GAZETA DO OESTE fez uma campanha memorável de arrecadação de brinquedos que serão doados às crianças do Lar da Criança Pobre de Mossoró. Mais uma vez, Maria Emília e sua equipe se mostram atentos às necessidades de nossa gente. Parabéns e avante, amigos!

VISITA PASTORAL Dom Mariano inicia hoje visita pastoral à Paróquia de São João Batista.Na oportunidade se encontrará com Acólitos,Infância Missionaria,Catequistas e famílias da Comunidade. Durante a visita, que seguirá até o dia 13, nosso bispo conhecerá todas as comunidades, movimentos e serviços da Paróquia, levando seu carisma e presença acolhedora aos fieis. Sucesso, Dom Mariano!

RETIRO A Paróquia de Nossa Senhora de Fátima trará a Mossoró o Padre Luís Mosconi, conhecido em todo País por seu grande trabalho de animação missionária. O sacerdote vem para assessorar um Retiro Missionário Paroquial que ocorrerá na Matriz, no Abolição II, nos dias 29, 30 e 1º de dezembro. O tema central do Retiro será: "A vida é missão, sempre!" Seja bem-vindo!

FELICITAÇÕES Aproveito para desejar a Dom Mariano muita saúde e perseverança na missão. Nossas felicitações pelo seu natalício, 13/10, e posse em nossa Diocese, 17/10/2004. Avante!

BEATIFICAÇÃO Papa Francisco anunciou a canonização dos Papas João Paulo II e João XXIII. Será dia 27 de abril de 2014, II Domingo de Páscoa e da Divina Misericórdia.

MÃE RAINHA O Terço dos Homens Mãe Rainha prepara festa para celebrar os dez anos de caminhada em nossa Diocese. E para tal realizará a Festa em honra à Mãe

PARA REFLETIR "Os maiores males que afligem o mundo são o desemprego dos jovens e a solidão em que os idosos são deixados". (Papa Francisco)

Cabeleireira dá dicas de mudança no visual WILSON MORENO

Profissional revela que algumas mulheres chegam ao salão procurando 'consertar' o efeito da química

M

udar o look, repaginar o visual, desejo comum, principalmente,entre as mulheres. Na hora de colocar o plano em prática, geralmente, a mudança começa pelos cabelos. Diminuir o tamanho, inovar no corte e na tonalidade das madeixas são algumas das alternativas para quem está insatisfeito com a aparência. Quando o resultado acontece segundo o previsto a satisfação é quase certa, mas o que fazer quando a mudança não agrada? De acordo com a cabeleireira Zuleide Pires,em relação ao corte, não há muito o que disfarçar. Por isso, a dica é optar por mechas que valorizem o corte. Ela considera que as tonalidades claras caem bem em cabelos curtos. Já quem optou pela química para mudar a cor dos

cabelos e se arrependeu pode adotar algumas medidas, mas é importante que isso seja feito de forma responsável,respeitando as características e resistência dos fios. Zuleide Pires diz que é comum as mulheres chegarem ao seu salão procurando 'consertar' o efeito da química. A frequência é tamanha que ela brinca em transformar o nome do estabelecimento de salão para hospital, já que faz tantos reparos. Esta semana mesmo, ela conta que corrigiu várias mechas. Um dos exemplos é o de pessoas que tentam dar mechas platinadas,uma espécie de louro bem mais claro que os demais e acabam obtendo tons dourados. De acordo com a cabeleireira, esse resultado inesperado ocorre por erro no tempo de permanência do pó descolorante nos fios. O correto seria esperar mais um pouco, quando o profissional fez a lavagem cedo demais. Segundo a cabeleireira, uma das alternativas para quem pintou e não gostou do resultado é aplicar o banho de brilho na mesma tonalidade da cor natural do cabelo. Isso porque esse tipo de tratamento possui uma química menos 'pesada' e, por essa razão, agri-

Alternativa para quem pintou o cabelo e não gostou é aplicar um banho de brilho

de menos a fibra do cabelo. Ela explica que a aplicação do banho de brilho pode ser feita a cada 15 dias. Para as mulheres que insistem em refazer as mechas, é preciso avaliar, depois do banho de brilho, como o cabelo ficou. O diagnóstico é importante para saber se os fios suportarão uma nova

descoloração. Sem o diagnóstico e os cuidados necessários os estragos podem ser grandes e irreversíveis. Zuleide Pires diz que,como profissional,quando observa que as madeixas não resistirão a uma nova química é clara com a cliente, que fica à vontade para procurar outro salão.

Quando há como tentar novamente, o trabalho é refeito. Mas, em todos os casos, os fios recebem certa agressão. Por isso, a cabeleireira orienta um tratamento de cauterização a base de queratina, produto que tem o poder de recuperar o fio na área em que foi agredido.

Com cuidado, o cabelo vai recuperando brilho e, principalmente, força. Porém a atenção deve começar antes de chegar ao salão. Zuleide Pires diz que, primeiro, a mulher precisa ter certeza do que quer fazer e se informar sobre tendências e as diferenças entre cada uma delas.


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Opinião Déjà Vu

lipe, presente, participante e atenta. 2013 - Lúcia Musmée Fernandes Pedrosa de Lima, desprendida, imparcial, zelosa e íntegra. PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO - PROEG 2005-2009 - Francisca Glaudionora da Silveira 2009- 2011 - João Batista Xavier, cheio de ideal, participante e bom político. 2011-2013 - Moêmia Gomes de Oliveira Miranda, atenta, colaboradora e profícua.

Milton Marques de Medeiros milton@tcm10.com.br

PRÓ-REITORES DA UERN - 2005-2013 Dia 28 de setembro p.p., no Teatro Dix-huit Rosado, houve a posse do novo reitor e vice-reitor da Uern,respectivamente,os professores Pedro Fernandes Ribeiro Neto e Aldo Gondim Fernandes. O nome dos pró-reitores que ocuparam cargos na gestão anterior, ou seja, de 2005 a 2013, não foram citados no discurso do reitor que estava saindo, embora estivesse escrito no conteúdo do mesmo, por uma única razão, disciplina de tempo. Hoje, por dever de justiça, a relação dos pró-reitores está sendo publicada, embora em documento não oficial, mas para todos os efeitos tão importante quanto a anterior, pela contribuição que todos deram para o crescimento e o desenvolvimento da Instituição por tão longo período. É um reconhecimento e aplauso de público àqueles que tanto contribuíram para Uern. TESTEMUNHOS As pessoas que estiveram à frente das Próreitorias da Uern, nesse último período, trabalharam com total liberdade para se movimentar por si mesmas. Havia um PDI - Plano de Desenvolvimento Institucional - como balizamento de metas administrativas, é verdade, mas o reitor sempre deu total independência para que cada equipe se comportasse através de suas próprias ações, podendo acrescer ou subtrair qualquer projeto programado desde que fosse para elevar ou melhorar o desempenho da Instituição. Testemunhos podem ser dados pelos próprios pró-reitores. SUCESSÃO Com o tempo, alguns tiveram que ser substituídos por mera evolução comum dos processos sucessórios, outras vezes por próprias decisões pessoais, poucas vezes por coerência política, nestes casos, amplamente conversado entre as partes. O mais importante foi o desprendimento e a atenção de todos em servir de for-

ma franca, competente, dedicada, desprendida e sábia, cada um ao seu modo, por dever e fidelidade aos seus próprios cargos e/ou funções. VICE-REITOR 2005 - 2013 - Aécio Cândido de Souza, companheiro, grande colaborador, fiel, conhecedor, culto e bom. CHEFIA DE GABINETE 2005 - 2008 - Francisco das Chagas da Silva, espécie de enciclopédia viva da Uern, construtor da Facs, competente, íntegro, desprendido e amigo. 2008 - Lauro Gurgel de Brito, sério, dedicado, probo e leal. 2009 - Francisco das Chagas da Silva 2010 - David de Medeiros Leite, compenetrado, estudioso e orientador. 2010-2013 - Francisca Glaudionora da Silveira, conhecedora, disponível, franca, colaboradora, conselheira, humana e mãe. PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROAD 2005- 2007 - Francisco Hélio da Costa, simples, honesto e atencioso. 2007-2010 - Francisco Severino Neto, inteligente, ativo e dinâmico. 2010-2013 - Lauro Gurgel de Brito PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN 2010-2012 - Francisco Severino Neto e Genivalda C. de Souza, muito responsável, trabalhadora e fiel. 2012-2013 - Fábio Lúcio Rodrigues, conhecedor, disciplinado e correto. PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS ESTUDANTIS - PRORHAE 2005-2012 - Joana Darc Lacerda Alves Fe-

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓSGRADUAÇÃO - PROPEG 2005-2009 - Carlos Antônio Lopes Ruiz, autêntico, moderado e correto. 2009-2013 - Pedro Fernandes Ribeiro Neto, competente,inovador,resoluto,corajoso e produtivo. 2013 - Wogelsanger Oliveira Pereira, conhecedor, concentrado e focado. PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PROEX 2005-2009 - Ana Maria Morais, compreensiva, decidida e cordial. Geovânia da Silva Toscano (interinamente) colaboradora. 2009-2013 - Francisco Vanderlei de Lima,próprio, autêntico e leal. DIVERSAS ASSESSORIAS: Francisco Soares de Lima, Olga de Oliveira Freire, Sirleyde Dias de Almeida, Lucrécia Maria Brito Nascimento, Maria Fátima Araújo. Berioska Souza Loya de Medeiros, Celestina Salem Miranda, Eve Maria Souza e Silva, José Cristovam de Lima, Iram Maciel, Paulo de Medeiros Fernandes, Luiz Alberto Lima, Isolina Maria Tavares Melo, Carlos Moisés Rebouças Wanderley, Walterlin Lopes, Marcelino Pereira S. Silva, José Neto de Queiroz, Iuska Freire, Ricardo Alves da Silva, professor Nicodemos e mais diretores de unidades e campi, coordenadores de Núcleos, Fórum dos Diretores, Fórum dos Chefes de Departamentos, Chefias de Departamentos, Sindicatos e DCE, chefes de setores como Cemad, Dare, DAE, Chefias de Mestrados e Doutorados, Nead, Comperve, Prática Jurídica, Deca, Complexo Cultural, Dain e outros que a minha memória no momento me omite. A estes peço desculpas. Todos sintam-se reconhecidos pelo enorme trabalho prestado à Uern. MOTORISTA PAULO SÉRGIO RODRIGUES Durante os oito anos na Reitoria, o caso mais

pitoresco que ficou na minha memória se deu por ocasião de uma viagem que fizemos, eu e "Seu Paulo", motorista, numa tardinha de sol como qualquer outra, pela BR-304, em direção a cidade de Assu. Era dia de inauguração de uma obra da Uern no Campus Walter de Sá Leitão.Em Mossoró, tinha sido um dia com muitos compromissos. Saímos na última hora. MUDANÇA DE VEÍCULO Seu Paulo, ao chegar à minha residência, informou que o transporte da Uern não oferecia segurança para aquela viagem. A solução seria deixar o transporte oficial e apanhar o carro particular do reitor. Assim foi feito. Quando passamos uns 10 km de Zé de Volta, de imediato, ouvimos um "pipoco", como um pneu ao estourar. - "Furou um pneu", falou Seu Paulo, e foi logo se deslocando para o acostamento. Até aí, tudo bem. Ao abrir a porta, Seu Paulo recebeu aos berros a ordem de levantar os dois braços. De imediato saiu do mato,dos dois lados da rodovia,uma quantidade enorme de policiais, todos fardados com metralhadora em punho, alguns apontando-as e gritando para não reagir. Seu Paulo começou a gritar: - Não atirem. É o reitor. Desça do carro, doutor, senão eles atiram. Ponha as mãos na cabeça. Sinceramente,na ocasião não tive um pingo de medo. Mas reconheço que foi por não dar tempo. Logo, os policiais que eram de Mossoró reconheceram-nos e foram logo baixando as armas. Depois que nos identificaram,pediram muitas desculpas. Posteriormente recebemos justificativas com desculpas por parte dos comandantes da polícia e até do secretário de Segurança do Estado. Tudo superado. POR QUE OS TIROS NO PNEU? Naquele dia havia acontecido um assalto no Alto-Oeste e, segundo as informações dadas à polícia, o carro em que os bandidos fugiam, e que provavelmente se dirigiriam a Natal naquele horário, tinha exatamente as mesmas características, ou melhor, era igualzinho ao nosso. Ora, placa particular, veículo em velocidade para chegar na hora certa em Assu e vez por outra parando no acostamento para se comunicar com os cerimonialistas, pois a linha do celular estava horrível, tudo isso deu pista suficiente para a polícia confundir. Pior é que há poucos dias o ex-prefeito de Grossos havia sido metralhado, na mesma BR por engano da polícia. Quando tudo passou foi que percebemos o risco. Descontraído, sempre digo que a minha felicidade foi a sorte de Seu Paulo, que por osmose me salvou. Grande e bom amigo.

Festival sobre Meio Ambiente ocorre este mês Mais de 300 alunos participarão da 3ª edição do Festival de Talento Infantil para o Meio Ambiente

S

erá realizada nos dias 10 e 11 deste mês a terceira edição do Festival de Talento Infantil para o Meio Ambiente, que acontecerá no período das 8h às 17h, no Teatro Municipal Dix-huit Rosado. De acordo com o subsecretário de Gestão Ambiental,Mairton França,a ideia para este ano é ampliar o número de crianças participantes.Por isso,esta edição do evento será realizada em dois dias e contará com a participação de um número maior de Unidades de Educação Infantil (UEI). Serão 24 UEIs, totalizando pouco mais de 300 alunos e 50 professores, que vêm

ASCOM

trabalhando a temática ambiental desde o início do ano. O objetivo, segundo ele, é despertar a conscientização e a sensibilização ambiental em crianças de até cinco anos de idade. Para tanto, não há uma temática fechada. Os temas são diversificados e escolhidos pelas próprias UEIs, que se planejam e escolhem o formato de trabalho a ser apresentado - música, teatro, dança e jograis. O subsecretário afirma que o trabalho não é pontual. A ideia repassada para as UEIs é de que as questões relacionadas ao meio ambiente sejam trabalhadas o ano todo para serem reunidas durante o festival. A participação das crianças no evento, segundo França, é fantástica e o público lota o teatro. Para controlar o acesso,o ingresso ao Dix-huit durante o evento será feito mediante distribuição de ingressos. Parte das senhas será destinada às Unidades de Educação Infantil, para serem distribuídas entre os familiares das crianças, a outra

parte ficará na Subsecretaria de Gestão Ambiental, para serem entregues aos interessados.A distribuição dos ingressos será feita a partir de amanhã, 7, e vai até a quarta-feira, 9. Serão distribuídas senhas para os horários da manhã e tarde. Os interessados também podem entrar em contato por e-mail,através do endereço eletrônico diretoriadeeducacaoambiental@gmail.com. O projeto faz parte do Programa Municipal de Educação Ambiental (PMEA), que dentro de do programa educacional formal desenvolve ações para o ensino fundamental,com a criação dos Núcleos de Educação Ambiental (NEAs), para a educação infantil, através do festival. Mairton França comenta que em três anos de desenvolvimento do trabalho já é possível perceber a mudança de comportamento das crianças e a desmistificação de que, pela pouca idade, elas não têm condições de absorver o conteúdo. CANOEIRO

Evento acontecerá no Teatro Dix-huit Rosado e reunirá estudantes da educação infantil

AMBIENTAL Este ano, o Canoeiro Ambiental será realizado no dia 16 de novembro, na Barragem das Barrocas, com a participação de 18 canoeiros da Colônia de Pescadores Z-55. Mairton França informa que, na

mesma data ocorrerá a 1ª Caminhada Ecológica do Rio Mossoró, que será desenvolvida através de uma parceria entre a Subsecretaria de Gestão Ambiental, a Secretaria de Serviços Urbanos e a Secretaria de Educação. A pro-

gramação contará ainda com o apoio da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) e Universidade Potiguar (UnP).


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Especial Mastologista reforça importância do diagnóstico precoce

Campanha incentiva busca pelo diagnóstico precoce do câncer de mama WILSON MORENO

LUCIANA ARAÚJO Da Redação

P

ara as mulheres,o décimo mês do ano tem um significado especial. É o período em que uma luz se acende,no intuito de chamar a atenção do público feminino para a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama,que,quanto mais cedo for descoberto, maiores as chances de cura.Com esse objetivo,em todo o mundo é realizada a campanha 'Outubro Rosa'. Em Mossoró, a iniciativa é desenvolvida com o apoio das voluntárias da Associação de Apoio aos Portadores de Câncer de Mossoró e Região (AAPCMR), do grupo Toque de Mama e das samaritanas de todas as lojas maçônicas de Mossoró. A diretora administrativa da AAPCMR, Ana Clébea Nogueira, explica que o objetivo é fazer com que as mulheres se conscientizem, procurem um mastologista e realizem a mamografia anualmente, pois outras campanhas chamam a atenção para a importância do autoexame, mas, sozinho, ele não é capaz de diagnosticar o câncer de mama em sua fase inicial, o que é o ideal para o sucesso do tratamento. Foi o diagnóstico precoce que fez com que a voluntária da AAPCMR, Neide Melo, não precisasse ser mastectomizada para retirar o tumor. "Eu fazia acompanhamento, praticamente, todos os anos por prevenção", conta. Em fevereiro de 2009 ela sentiu um nódulo no seio. Na data, estava em passeio com a família em outra cidade e já tinha uma consulta marcada em Mossoró. Ao chegar, após a consulta, realizou a biopsia, que diagnosticou que se tratava de um tumor maligno. Além da cirurgia localizada para retirada do nódulo, Neide Melo passou pelos tratamentos de quimio e radioterapia. Ao contrário de muitas mulheres, o tratamento não lhe fez perder o cabelo. "Eu ti-

Ana Clébea Nogueira explica o objetivo da campanha

ve tanta sorte que não caiu nenhum cabelo meu", diz ela. Hoje, em fase de controle, Neide vai ao médico a cada três meses para realizar exames. Se tivesse detectado o tumor em sua fase pré-clínica, Maria do Socorro Souza de Melo, que também é

voluntária na AAPCMR, talvez não precisasse retirar toda a mama esquerda, aos 54 anos, quando descobriu a doença. "Eu fiz mastectomia total da mama esquerda, em dezembro de 2004", diz ela. Mas Socorro Melo não era relapsa com a saúde,

embora o intervalo de tempo entre uma mamografia e outra fosse superior ao recomendado. Antes de descobrir o tumor, ela realizava o exame a cada dois anos. O alerta, no entanto, veio quando ela observou uma calcificação na mama. Procurou o clínico geral, fez uma mamografia, mas, segundo ela, o exame não apresentou nada. Mesmo assim, continuou observando o endurecimento em parte do seio. Foi quando resolveu mostrar o exame ao profissional de medicina especializado no caso, o mastologista. "Eu jamais imaginei que eu teria nada na mama", comenta. Ao procurar o mastologista, ela mostrou o exame e contou o que vinha observando. "Na mesma hora, ele já sabia que era maligno", afirma. "Para minha surpresa, ele pediu uma biopsia para o outro dia", acrescenta. O diagnóstico veio em agosto de 2004. "Quando

eu olhei para ele e ele disse, acabou o mundo."Eu fiquei desesperada",lembra. Na época, nem todos os exames eram oferecidos em Mossoró,como tem uma irmã em Natal, a convite da mesma,resolveu permanecer na capital para o tratamento. "Foi muito difícil. Para mim foi muito difícil e acredito que seja para todo mundo", comenta. O tumor já estava com mais de três centímetros. "Quando eu descobri já estava grande, eu não entendia", diz ela. Por isso, era preciso diminuir o tamanho do nódulo, através de sessões de quimioterapia, antes de fazer a retirada do tumor. Foram três meses de quimio. Depois de alcançar a diminuição do tamanho do nódulo, o caso de Socorro foi discutido em uma mesa-redonda, composta por médicos, que acharam que o mais seguro para a sua saúde era retirar todo o seio. WILSON MORENO

Toque de Mama se reúne para preparar apresentações no mês da campanha Outubro Rosa

O mastologista Dennys Fowler Teixeira ressalta que, na realidade, o Outubro Rosa é um momento de estimular a detecção precoce, pois quanto mais cedo a descoberta do tumor, mais possibilidades de sucesso no tratamento. Ele explica que, como rotina, a mamografia deve ser feita a partir dos 40 anos de idade e, segundo orientação da Sociedade Brasileira de Mastologia, o exame deve ser repetido, anualmente. A indicação da mamografia antes dos 40 anos de idade vai depender do exame clínico, mas, em geral, antes dessa idade os exames indicados para detectar o câncer de mama são o ultrassom e os exames físicos. Com o diagnóstico precoce,as chances de cura são superiores a 30%. O médico explica que os casos de câncer de mama o fator cura é relativo, por isso os médicos preferem usar o termo 'sob controle' para se referir ao tumor. Quanto mais rápido o diagnóstico maiores também as chances de preservar a mama. Dennys Fowler Teixeira explica que a mastectomização depende de vários fatores,desde o tamanho do tumor, o tamanho da mama, até o desejo do próprio paciente. Com relação à possibilidade de o nódulo não ser perceptível na mamografia, ele explica que o que acontece é que, muitas vezes, o exame é apresentado a um clínico geral ou a outro profissional que não tem conhecimento aprofundado do assunto e, por isso, ele não percebe a presença do tumor. Mas o médico ressalta que este é o exame indicado para diagnosticar a doença precocemente. De acordo com o mastologista, o acesso ao exame não é tão difícil, mas existem alguns fatores que dificultam a procura pelo exame de mamografia. O primeiro deles é o mito de que o exame causa danos ao paciente,mas o médico garante que isso não existe e menciona que a mamografia é o exame que emite menos radiação, em comparação a outros.Outro fator que dificulta é o desconhecimento acerca da questão. Segundo Dennys Fowler Teixeira, às vezes os pacientes desconfiam que há alguma coisa errada e solicitam o exame, mas, por desconhecimento, o profissional de saúde acha que não é necessário. Ele afirma que, muitas vezes, ministra palestras, mas nem os próprios médicos comparecem. O profissional afirma que, em geral, a entrega dos exames demora cerca de dez dias.


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Especial WILSON MORENO

Possibilidade de ajudar a conscientizar as mulheres anima o grupo

Números de casos sobem de 71 para 109 em um ano Em Mossoró, o número de casos da doença tem aumentado muito, segundo Dennys Fowler Teixeira. Dados do Registro Hospitalar de Câncer do Centro de Oncologia e Hematologia de Mossoró (COHM), revelam que de janeiro a dezembro de 2011 foram diagnosticados 71 casos de câncer de mama no COHM. No mesmo período de 2012 o número de diagnóstico de novos casos subiu para 109.Este ano,só no período de janeiro a abril foram 33 novos casos da doença. Mas a quantidade de pacientes com diagnóstico inicial também tem crescido, pois as mulheres têm procurado mais os consultórios médicos. Ainda assim, e apesar do acesso mais facilitado às informações, a maior parte dos casos de câncer é descoberta quando já existe o tumor e não na fase pré-clínica, o que seria o ideal. O ideal seria que não houvesse diagnóstico de

câncer de mama, mas como as mulheres não têm como evitar a doença, quanto mais rápido o diagnóstico, melhor para a saúde da mulher.Ele explica que não há como evitar a doença porque não existe uma razão para desenvolver o câncer de mama. De acordo com o mastologista, o câncer é uma duplicação anômala da célula, ou seja, a célula diferenciada se duplica de forma desordenada. Os sintomas da doença são: presença de um tumor, ou nódulos,geralmente endurecido e um pouco móvel; alterações na pele; alterações na estrutura da mama; eliminação de líquido pela mama e alteração na mamografia. Embora não haja como prevenir o câncer de mama, o médico fala da importância de adoção de hábitos para favorecer a saúde, entre eles, a prática de exercícios físicos,a adoção de uma alimentação saudável, baseada em frutas e legumes e evitar as práticas danosas

como o tabagismo.Em mama, o médico explica ainda que o fator hormonal pode contribuir para desenvolver a doença, no que se refere às mulheres que fazem reposição hormonal. Já em relação ao uso de anticoncepcionais, o médico explica que não há um consenso. Alguns estudos afirmam que o uso da pílula aumenta o risco,outros dizem que não. Particularmente, ele não considera interessante para a mulher o uso prolongado do anticoncepcional e lembra que existem outras formas de prevenir a gravidez.

O drama da descoberta e os aliados na batalha contra a doença "Foi muito difícil, mas houve muita preparação. Antes e até o momento de eu me internar eu fiquei desesperada", desabafa Socorro Melo. "Foi uma tempestade. Quando a gente descobre que tem CA é uma tempestade", confirma Neide Melo. No processo contra a doença, Socorro Melo encontrou conforto na fé, sua maior aliada no tratamento. "Com certeza", diz ela, que se entregou a Deus. "Eu fui para a sala de cirurgia segurando na mão de Deus", conta. Após o procedimento cirúrgico, ainda foram nove meses de quimioterapia. A quimio, segundo ela, é a etapa mais difícil do tratamento. Neide concorda: "Foi a primeira quimioterapia", afirma. Mas Socorro Melo conta que depois que se entregou a Deus, aceitou cada passo do tratamento. "Eu agradeço a Deus toda hora por ele ter me deixado aqui", comenta. A retirada da mama diante da chance de continuar vivendo

não deixou nessa mulher vencedora sequelas psicológicas. "Eu me troco diante de qualquer pessoa, mesmo só com uma mama. Eu agradeço a Deus na frente do espelho",afirma. Socorro Melo também descobriu que a vida não acabou após o diagnóstico. "Depois da dor vem a alegria", comenta, lembrando a música. Para Neide, a fé e o apoio das pessoas queridas também ajudaram. "A fé que você vai ficar boa. A família em si ajuda muito", revela. Ela também descobriu que o diagnóstico não era o fim. "É difícil quando a gente descobre, mas depois a gente vai vendo que têm coisas piores", revela. A batalha contra a doença fez com que algumas coisas mudassem em sua vida e hoje ela vive mais em função de si mesma. O mastologista Dennys Fowler Teixeira comenta que existem fases do diagnóstico de câncer que levam a vários medos, inclusive o da morte, que é o pior. Mas lembra que o diagnóstico não é o fim da viWILSON MORENO

da e que hoje em dia existem vários tratamentos que aumentam a sobrevida e mesmo as chances de cura do paciente. Do ponto de vista da mastologia, Mossoró oferece 100% dos serviços necessários ao tratamento dos pacientes com câncer. Com as lembranças frescas de toda a batalha enfrentada, Socorro Melo chama a atenção das outras mulheres para a importância da atenção constante com a saúde. "Vigie", alerta. "Eu acho que a mulher de hoje deve ser mais alerta do que há de dez anos", comenta, acrescentando que, atualmente, o acesso à informação é mais fácil e as campanhas mais comuns. Neide Melo reforça o conselho e orienta as mulheres a se cuidarem, a procurar um médico e fazer uma mamografia. Para quem já descobriu a doença, as palavras são de encorajamento. "O conselho que eu dou é que as pessoas não desanimem, que a vida continua", afirma. WILSON MORENO

DIAGNÓSTICOS DE CÂNCER DE MAMA EM MOSSORÓ Janeiro - dezembro (2011) = 71 Janeiro - dezembro (2012) = 109 Janeiro - abril (2013) = 33

Diagnóstico precoce ajudou no tratamento de Neide Melo contra o câncer

Socorro Melo perdeu todo o cabelo, mas recuperou os fios após vencer a doença

CEDIDA

PROGRAMAÇÃO DO OUTUBRO ROSA A abertura aconteceu na sexta-feira passada, 4, com palestra da mastologista Carolina Diógenes, na Loja Maçônica União Mossoroense, e programção vai até o dia 29 •Dia 8 - 8h - Apresentação do grupo Toque de Mama no Centro de Oncologia e Hematologia de Mossoró (COHM) •Dia 16 - 15h - Apresentação do grupo Toque de Mama no Grupo de Idosos •Dia 19 - 8h - Pit stop em frente à Estação das Artes Elizeu Ventania •Dia 22 - 8h - Ação na Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) •Dia 24 - 19h - Palestra com Dennys Fowler Teixeira na Maçonaria Jerônimo Rosado •Dia 25 - 8h - Palestra sobre câncer de mama na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Passagem de Pedra •Dia 26 - 8h - Caminhada das Batalhadoras, saindo do Teatro Dix-huit Rosado •Dia 28 - 14h - Trabalho feito com as pacientes da Terapia de grupo (participação da Universidade Potiguar - UnP), na unidade adulto da AAPCMR •Dia 29 - 14h - Técnicas de massagens com pacientes da fisioterapia (participação da Universidade Potiguar - UnP), na unidade adulto da AAPCMR Este ano, a programação conta com o apoio do Lions, Rotary, das Maçonarias e do grupo de voluntárias da AAPCMR. Caminhada das Batalhadoras é uma das atividades que compõem a programação da campanha


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Mossoró

2.500 agricultores aguardam o Garantia Safra WILSON MORENO

Lista de contemplados com o programa deverá sair ainda neste mês

A

gricultores de Mossoró aguardam a lista de beneficiários do Garantia Safra 2012/2013. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Lavoura de Mossoró, Francisco Gomes, já foi concluído o pagamento referente a 2011/2012. No mês passado foi enviado para Brasília o laudo de verificação de colheita e até o dia 20 deste mês deverá sair a relação dos contemplados. Em Mossoró devem ser beneficiados cerca de 2.500 agricultores. O total de famílias atendidas pelo sindicato chega a 5.500, mas Francisco explica que muitas não são contempladas devido aos critérios do programa. No site do Ministério do Desenvolvimento Agrário diz que para ser beneficiado com o programa o trabalhador do cam-

po deve ser agricultor familiar, conforme definido pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF); não ter renda familiar mensal superior a 1,5 (um e meio) salário mínimo. Efetuar a adesão antes do plantio e não detiver área superior a 4 módulos fiscais. A área total a ser plantada não pode superar cinco hectares. Cada trabalhador beneficiado deve receber cerca de R$ 650,00 divididos em cinco parcelas. Para o presidente do sindicato, o valor é muito pequeno em comparação com o prejuízo dos agricultores, mas é algo que ajuda ao homem do campo que nos últimos dois anos vem enfrentando a seca em todo o Estado. Em uma conversa anterior, Francisco Gomes afirmou que por causa da falta de chuvas muitos moradores de comunidades rurais estão conseguindo sobreviver apenas de rendas provenientes de aposentadoria e programas sociais, como Bolsa Família. Além da seca, a falta de estrutura na assistência técnica também prejudica o homem do campo. A Emater é responsável por dar auxílio às comunidades rurais e o Instituto de Colonização e Reforma Agrária (IN-

Francisco Gomes diz que valor é pouco, mas é a única ajuda para o homem do campo

CRA) é responsável pelos assentamentos. Na sexta-feira passada, em reunião realizada entre os agricultores e o superin-

tendente do Incra no Estado, Valmir, Alves, este ficou de enviar uma equipe para cadastrar agricultores nos assentamos rurais. Somen-

Ufersa abre seleção de projetos para Bolsas do Pibid Diversidade A Universidade Federal Rural do Semiárido, por meio da Pró-Reitoria de Graduação, abriu inscrições até o dia 13 deste mês para seleção de novos subprojetos vinculados aos Cursos de Licenciaturas da Ufersa para integrar o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência para a Diversidade (PIBID Diversidade), da Capes. Os projetos deverão ser voltados para as es-

colas públicas de educação básica. O objetivo do Pibid Diversidade é melhorar a formação aos licenciandos, do semiárido potiguar, através da atuação conjunta de docentes e estudantes do referido curso de licenciatura com professores da Educação Básica que atuem na rede pública de ensino. A vigência dos subprojetos é de 12 meses, com o início das atividades em

1º de março de 2014. Cada subprojeto terá no mínimo 15 e no máximo 20 licenciados, considerado que cada supervisor deve orientar no mínimo 5 e no máximo 10 alunos. A coordenação dos subprojetos será feita por professores universitários da Ufersa. Os valores das bolsas são variáveis de acordo com a função, sendo de R$ 1.400,00 para coordena-

dor de área (professor da Ufersa); R$ 765,00, supervisores (professores de escolas públicas) e, R$ 400,00. Iniciação à Docência (estudantes universitários). O valor máximo da verba de custeio a ser concedida para o subprojeto, a cada período de 12 (doze) meses, é de R$ 30.000,00 (trinta mil reais). Cada bolsista deverá cumprir carga horária de 30 horas semanais.

te na Maisa são cerca de 350 pessoas que ainda não estão na relação de beneficiários e que por isso estão fora de benefícios do Pronaf.

"A conversa foi muito proveitosa. Estamos muito satisfeitos e esperamos que a promessa seja cumprida", ressalta Francisco Gomes. EDNILTO NEVES

Ufersa abre vagas para projetos para iniciação à docência


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Polícia CG NA MÍDIA

População protesta contra insegurança no trânsito e mortes no bairro Aeroporto FOTOS: WILSON MORENO

M

oradores, e em especial os familiares das vítimas do acidente ocorrido na noite de sexta-feira, 27 de setembro, na Rua Aderson Dutra, bairro Aeroporto II, onde três pessoas de uma mesma família foram atropeladas e mortas foram para as ruas na tarde de sexta-feira, 4, para protestar contra a violência no trânsito no bairro. A mobilização foi marcada por muita revolta pela forma como as três vítimas foram mortas após serem atropeladas por um motorista em alta velocidade que não prestou socorro aos feridos. Entre as vítimas estavam o menino Erick Cristian da Silva, 7 anos, que foi arremessado por vários metros e morreu no local. As outras vítimas do atropelamento foram: Ediene Alves da Silva, 73 anos,e Maria Adélia Alves, 69 anos. Os pais de Erick se dizem inconformados e revoltados pela forma trágica que o filho morreu. "Meu filho era tudo pra mim, ele morreu e o meu coração foi junto e agora tudo o que eu quero é justiça", desabafou Edilson da Silva, pai de Erick. A mãe de Erick disse que espera que o motorista que atropelou seu filho,sua mãe e sua tia seja punido pelas mortes. "Eu sinto uma dor profunda e nem sei como explicar como é perder três pessoas de minha família desse jeito. Tudo o que quero agora é que se faça justiça",declarou Cristiane Maria da Silva, mãe de Erick. No protesto várias mães pediam providências às autoridades para conter a violência no trânsito no local. A Rua Aderson Dutra, onde aconteceu o atropelamento e as mortes, é a principal rua do bairro e o tráfego de veículos é muito intenso no trecho.Segundo os manifestantes, os motoris-

Viaturas com pneus carecas é uma realidade no município

Falta de estrutura dificulta trabalho da PM no interior do RN

Edilson da Silva e Cristiane Maria, pais do menino Erick, morto no acidente

tas não respeitam a sinalização e vários acidentes já foram registrados no local. Professores e estudantes da escola onde o garoto Erick estudava também participaram da mobilização para pedir paz no trânsito do bairro.Com faixas,cartazes e bandeiras os pedidos se resumiam em revolta e pedidos e justiça e paz. Um carro de som foi utilizado para chamar os moradores a fazerem parte do protesto e com isso chamar a atenção das autoridades para o problema no bairro Aeroporto II,em especial na Rua Aderson Dutra, onde aconteceu o acidente da sexta-feira, 27/09. O ACIDENTE Na noite de sexta-feira, 27 de setembro, três pessoas da mesma família foram atropeladas e mortas quando saíam de uma igreja evangélica no bairro Aeroporto II, em Mossoró. O responsável pelo atropelamento conduzia um Fiat Uno de cor prata e após o acidente fugiu sem prestar socorro às vítimas, que ain-

mento pessoal e testemunhal, bem como pericial, a fim de comprovar os fatos alegados. O desembargador ressaltou que, dentro dos limites traçados pela ordem jurídica, o juiz tem autonomia na análise das provas, examinando não apenas aquelas que foram incluídas aos autos, como também ponderando acerca da necessidade ou não de produção de novas provas, devendo decidir de acordo com seu convencimento. Desta forma, a decisão considerou o princípio da livre convicção motivada,

car em trafegar pela BR-226. Na rodovia vem sendo registrado vários casos de assaltos e a polícia não dispõe de pessoal e viaturas adequadas para garantir a segurança da população. A Companhia de Polícia Militar de Campo Grande não dispõe sequer de um telefone fixo. A sede da companhia foi alvo de uma vistoria do Corpo de Bombeiros no início deste ano, solicitada pelo comandante da companhia. As viaturas estão com os pneus carecas.O GTO do 10º BPM locado em Campo Grande tem uma única viatura para atender a toda a região. (Informações CG na Mídia).

Fim de semana começa com duas mortes violentas

População protestou pelas vítimas da violência no trânsito

da foram socorridas, mas morreram momentos depois de dar entrada no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM). As vítimas do atropelamento foram: Ediene Alves da Silva, 73 anos, natural de Patu; Maria Adélia Al-

ves, 69 anos, natural de Almino Afonso; e Erick Cristian da Silva, 7 anos, natural de Mossoró. As mulheres eram irmãs e a criança neta de Maria Adélia. Os três moravam na Rua Professor Rosa Freire, bairro Aeroporto II, em Mossoró.

Justiça defende indenização por morte O desembargador Expedito Ferreira, presidente da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, julgou mais uma demanda relativa a uma suposta responsabilidade civil do Estado por eventuais danos sofridos, pela mãe do autor da ação, que morreu enquanto estava custodiada nas dependências da Penitenciária Estadual do Seridó, na cidade de Caicó. O autor do recurso argumentou, dentre outros pontos, que não teria ocorrido a ausência de audiência instrutória, para colher depoi-

A falta de estrutura da Polícia Militar no interior do Rio Grande do Norte vem contribuindo para o aumento da violência. Um exemplo dessa situação pode ser constatado nos municípios de Janduís, Campo Grande, Triunfo Potiguar e Paraú, onde a polícia não dispõe de estrutura básica para combater a violência cada vez mais crescente na região. Em Janduís, por exemplo, a situação é mais grave, a cidade se transformou em um local isolado, ninguém entra ninguém sai, e a situação se agrava ainda mais a noite, quando a população prefere não se arris-

que permite ao juiz que, entendendo suficiente o conjunto probatório reunido, dispensar de outros elementos, julgando a lide no estado em que se encontra, de forma que não há configuração de cerceamento de defesa. "Não se verificando, por óbvio, ofensa aos preceitos preservados pelos artigos 5º, incisos LIV e LV, da Constituição Federal e artigo 330, I, do Código de Processo Civil", ressalta o desembargador, que manteve a sentença inicial. A decisão destacou ainda que não há nenhuma indicação médica atestando

a necessidade da então custodiada realizar tratamento domiciliar ou de internação hospitalar e verificase, ainda, que conforme o auto de exibição e apreensão, a mãe do autor da ação estava de posse dos medicamentos que utilizava em seu tratamento e que foi atendida no estabelecimento prisional pelo profissional médico que a acompanhava. Além disso, não há demonstração nos autos de que o ente estatal deixou de prestar qualquer assistência médico-hospitalar para a genitora do apelante.

O fim de semana começou com duas mortes violentas em Mossoró. Na noite de sexta-feira, por volta das 23h30,no Projeto de Assentamento São Romão,localizado nas proximidades da comunidade de Pau Branco, o agricultor Ronaldo Pereira dos Santos, 25, foi morto com golpes de faca peixeira na região abdominal. De acordo com informações repassadas à GAZETA DO OESTE, o autor dos golpes foi um agricultor residente nas proximidades do local do crime e encontra-se detido. Ronaldo,segundo dados fornecidos no local do crime, após receber as cutiladas de faca peixeira, ainda conseguiu se deslocar por, aproximadamente 200 metros.A vítima, que é natural de Brejo do Cruz (PB),morreu sen-

tado em uma cadeira enquanto esperava atendimento médico. Ronaldo chegou a ser atendido por uma ambulância do assentamento Eldorado dos Carajás, mas já havia falecido. EXECUÇÃO Já nas primeiras horas de sábado, o flanelinha Francisco das Chagas da Silva, o "Toquinho",27,foi executado quando chegava em sua residência, localizada à Rua das Flores, Alto de São Manoel. De acordo com informações policiais, a vítima era usuária de entorpecentes, fato esse que serve de elemento para investigação em torno do crime.Moradores na área próxima ao local do crime informaram que apenas escutaram os disparos, mas sem identificar a autoria do crime. O CÂMERA

Ronaldo (detalhe) morreu sentado esperando atendimento médico


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Mossoró

Sinai se reúne para definir cronograma WILSON MORENO

Durante o encontro do dia 1º nenhuma proposta foi apresentada aos servidores

A

manhã, 7, dirigentes das categorias de base do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta (SINAI) se reúnem em Natal para elaborar uma agenda de assembleias no Estado. A iniciativa foi pensada após uma reunião dos representantes do sindicato com o responsável pela Secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos (SEARH), Álber da Nóbrega, realizada na terça-feira passada, 1º, e a tentativa de um ato público durante a semana, como informa o coordenador regional do Sinai em Mossoró, Hermes Oliveira. Segundo ele, durante o encontro do dia 1º nenhu-

ma proposta foi apresentada aos servidores. Na quarta-feira,2,representantes do Sinai se somaram a dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores na Educação (SINTE) e do setor da Segurança Pública no intuito de realizar um ato público em Natal, em virtude do atraso no pagamento de alguns servidores,mas se depararam com as portas da Secretaria de Administração fechadas. De acordo com Hermes Oliveira, o Governo alega que está com dificuldades financeiras, mas ele lembra que há mais de três décadas não havia atraso no pagamento dos salários e questiona a arrecadação do Estado. Segundo o coordenador regional do Sinai, embora a maior parte dos servidores tenha recebido seus salários, entre aqueles que compõem a base do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta, apenas os que recebem até R$ 3 mil receberam seus salários,os demais receberão até o dia 10. "Está muito confuso esse pagamento do Estado", comenta Oliveira. "Ainda não é certo que o 13º

seja pago na data que o pessoal espera", acrescenta o coordenador do Sinai. Agora, os servidores deve se reunir para avaliar a situação, "A gente vai fazer essa chamada para assembleia. Quem decide greve é a própria categoria", informa. O secretário-geral do Sinai, Santino Arruda, não descarta a possibilidade de greve. "Há sim, há possibilidade", confirma. Segundo ele, o encontro contará com coletivos de vários órgãos, no intuito de analisar o quadro atual considerado pelo secretáriogeral como muito ruim. Ele afirma que o Governo não fez qualquer menção de melhoria em nenhum dos pontos apresentados pela categoria. "Vai encerrar o terceiro ano de Governo sem nenhuma negociação com os setores que são base do Sinai", diz Santino Arruda. Ele acrescenta ainda que os Planos de Cargos dos servidores estão judicializados. "Os serviços públicos do Estado já foram destruídos em boa parte", afirma Santino Arruda. "A sociedade precisa dizer alguma coisa",

Hermes Oliveira, coordenador regional do Sinai, fala sobre elaboração de agendas de assembleias

complementa. Em entrevista anterior à GAZETA DO OESTE, Hermes Oliveira comentou que cada categoria de base do Sinai tem sua pauta específica, mas todas foram entregues na mesma

data e incluem pontos como melhoria nas condições de trabalho. Como exemplo de falta de estrutura para o desenvolvimento profissional, ele citou a questão do Instituto de Assistência Técnica e Ex-

tensão Rural (EMATER) em Mossoró, onde não há internet e não há transporte, pois os veículos, mesmo quando novos,em sua maioria, estão sem combustível ou sem condições de circular por outros fatores. REPRODUÇÃO

Museu do Petróleo reabre para visitação WILSON MORENO

O Museu do Petróleo que funciona na Estação das Artes Elizeu Ventania foi reaberto no dia 25 de setembro, após ter ficado mais de seis meses fechado. A estrutura reabre com instalações adaptadas às normas de acessibilidade e inovações, como painéis 3D que contam a história da Petrobras no Rio Grande do Norte e no Brasil. No período em que esteve fechado, o prédio passou por reformulações nos seus painéis de exposição que agora são em 3D (três dimensões) e também em sua estrutura física que está mais acessível para os deficientes. Ainda foi aberta uma entrada voltada para a Avenida Rio Branco - antes o único acesso era por dentro da Estação das Artes. O local dispõe de uma exposição permanente e au-

Uma das novidades é o painel com visualização em 3D

Local está aberto de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h e das 13h às 17h

toexplicativa que conta a história da descoberta do petróleo e da companhia e mostra todas as fases de exploração, produção, transporte e refino do produto.

A estrutura está aberta para visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Nos finais de semana e feriados, o museu funciona por meio de

agendamento pelos telefones (84) 3315-5174 ou 3317-5183. O equipamento funciona devido a uma parceria entre a Petrobras e a Prefeitu-

ra de Mossoró. Na solenidade de reabertura,o gerente-geral da Unidade de Operações de Exploração e Produção da Petrobras no Rio Grande do Norte e Ceará, Luiz Ferradans Mato, destacou os investimentos da companhia para o desenvolvimento da cultura. "A Petrobras acredita que incentivar a cultura contribui para o desenvolvimento do nosso país, desta forma a companhia man-

tém o Museu de Petróleo de Mossoró e patrocina outros projetos na região, como o Programa de Criança Petrobras,que mostrou seu trabalho nesta noite e também o Espaço do Conhecimento, que em breve proporcionará ambientes adequados para o estudo das ciências em duas escolas públicas de Mossoró:O Centro de Educação Integrada Professor Eliseu Viana e Escola Estadual Professor Abel Freire Coelho", ressaltou.


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Cidades

OPORTUNIDADE

Ufersa oferece bolsas para estudantes

Editora: Kalidja Sibéria cidades@gazetadooeste.com.br

PARAZINHO 5

Cidade tem maior capacidade eólica

5

Jovens criam portal de busca por empregos DIVULGAÇÃO

Estudantes do Instituto Federal do RN Natal têm uma experiência vitoriosa no empreendedorismo iago Santos, Kauê Pereira e Katyanna Moura. Esses três jovens, que estão terminando o curso técnico integrado ao ensino médio no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), campus Natal Zona Norte, têm uma experiência vitoriosa no empreendedorismo. Eles criaram e administram, há três anos, os mecanismos de busca Estágios RN e Empregos RN. O Estágios RN conta com mais de um milhão de acessos, e Empregos RN já divulgou 5,3 mil vagas. A história começou assim: em 2010, Tiago Santos, então com 16 anos, foi procurar vaga de estágio na cidade e não encontrou nenhum portal. Ele estava no primeiro ano do curso técnico em comércio integrado ao ensino médio, que

T

Tiago Santos, Kauê Pereira e Katyanna Moura administram portais na internet

tem duração de quatro anos. Decidiu então criar a página Estágios RN, em sociedade com Kauê Pereira, colega de curso. "Um começo difícil",diz Tiago. Junto com Kauê, foi buscar vagas em classificados,revistas,na internet,para alimentar a página. Desde o início, quando ambos tinham 16 anos de idade,até

hoje, a divulgação de vagas é gratuita para estudantes e empresas. O que mudou é o reconhecimento do portal, que se tornou fonte de busca por alunos e espaço de divulgação para empresas. Nos contatos, os estudantes descobriram que além de vagas os candidatos também precisavam de outras informações, e en-

TRT-RN promove palestra sobre a importância da Segurança Estratégica O TRT-RN reuniu seus agentes de segurança, na sexta-feira, 4, na Escola Judicial,em Natal,para discutir a importância da segurança como área estratégica na estrutura orgânica do Poder Judiciário. As palestras foram ministradas para duas turmas pelo chefe do Departamento de Segurança do TRT da 5ª Região (BA), Fabiano Drummond, que destacou os aspectos fundamentais para a atuação do serviço de segurança em órgãos públicos. "É necessário que as administrações invistam em treinamento, pois os agentes devem estar preparados para uma abordagem pautada pela proporcionalida-

de e pela razoabilidade, além de conhecer as suas atribuições e estarem aparelhados tecnologicamente", explicou Fabiano. Para ele, é fundamental unificar procedimentos em todos os Tribunais do Trabalho do país. "Já existe um manual que é adotado em muitos regionais e a intenção é trazer também para a 21ª Região. A partir desse manual, buscamos realizar uma segurança de modo institucional e não apenas regional, para que as pessoas entrem em qualquer tribunal do país e sintam-se seguros da mesma forma", acrescentou. O chefe da Seção de Segurança Institucional do

TRT-RN, Yonaldo Carlos da Costa, acredita que as palestras vão motivar os servidores. "O objetivo é a troca de experiência, além de buscar informações e exemplos a serem seguidos. Fabiano trouxe a experiência do TRT5, que é maior que o nosso, e isso vai nos ajudar em questões importantes como método adequado, uso de material e postura a ser seguida na execução das nossas atribuições",enumerou Yonaldo. Cerca de 40 agentes de segurança participaram do encontro, entre eles, servidores da Justiça Federal que foram convidados para o encontro. CEDIDA

Encontro promovido pelo TRT-RN ocorreu na Escola Judicial, em Natal

riqueceram o site com dicas sobre estágio - direitos e deveres, jornada de trabalho, remuneração, a lei de estágios -, a importância da entrevista, como se apresentar ao entrevistador, modelos de currículo. EMPREGOS RN Em dezembro de 2010, Tiago e Kauê observaram

que a procura por emprego era maior que a busca por estágio e decidiram criar o Empregos RN. Hoje, o portal informa vagas na capital e no interior do Rio Grande do Norte. Só nos três primeiros dias de outubro, a página eletrônica divulgou 50 vagas em diversas áreas profissionais. Vagas e também informações complementares, como nível de formação exigido, salário, local e jornada de trabalho, vales refeição e transporte, currículo. Há sete meses, a equipe foi ampliada com Katyanna Moura, 20 anos, que é colega dos jovens no instituto federal. Toda a construção dos dois portais teve amparo na formação que Tiago e Kauê adquiriram no curso técnico.Marketing,criação e gestão de empresas, matemática financeira, tudo isso os ajudou a buscar uma posição no mercado. "Nosso curso tem que ser valorizado,porque ele oferece os instrumentos teóricos e práticos para o empreendedor", observa Tiago. Em 2013, a equipe está expandindo o trabalho com a criação de sites de busca de emprego e estágios para Pernambuco e

Paraíba. Tiago explica que não é um site nacional, mas um para cada estado. O objetivo dos sócios é manter a forma de atendimento direto, responder dúvidas sobre as oportunidades, dar dicas. "Não queremos concorrer com sites nacionais de busca que têm dez anos de atividade, mas conquistar o público", diz Tiago. Para tocar as páginas eletrônicas, cada membro da equipe trabalha cerca de seis horas por dia, muitas vezes de madrugada, explica Kauê, que é o gestor e administrador das finanças do empreendimento. Eles trabalham em casa e trocam ideias sempre, seja no instituto, na faculdade, no shopping ou numa feira de empreendedorismo. Os recursos que entram são do aluguel de espaços para as empresas colocarem anúncios de produtos e serviços. Prestes a concluir o ensino técnico - Tiago termina o curso no final de 2013 e Kauê, em julho de 2014 os dois já estão na universidade. Tiago faz administração de empresas e Kauê,tecnologia da informação,ambos na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

MP ajuíza mandado de segurança para garantir provas da Sinal Fechado O Ministério Público Estadual ajuizou mandado de segurança contra o pronunciamento do juiz de Direito convocado, Gustavo Marinho, por terem sido cometidas ilegalidades na apreciação do habeas corpus (nº 2012.017549-0) impetrado pela defesa do ex-governador Iberê Paiva Ferreira de Souza, no curso da Ação Penal (n° 2012.017549-0) que trata da Operação Sinal Fechado, para excluir parte das interceptações telefônicas e trancar o processo. A tese principal do habeas corpus alega que parte das interceptações foi realizada fora do prazo legal determinado,tentando,com isso, desqualificar toda a investigação da Operação Sinal Fechado,que desvendou suposto esquema fraudulento montado para a implantação da inspeção veicular no Rio Grande do Norte. Por meio de acórdão foi denegada a ordem para o habeas corpus pleiteado.O Ministério Público se manifestou e por dois votos a um foi favorável o entendimento do Ministério Público, denegando o recurso. Restou demonstrado pelo MP que a tese defendida pela defesa está equivocada, uma vez que os prazos para início das interceptações se dão quando

as operadoras iniciam o monitoramento e não na data da autorização judicial. A defesa do ex-governador entrou com embargos de declaração, o juiz Gustavo Marinho mudou o voto e foram acolhidos os embargos com efeitos infringentes para determinar o desentranhamento das interceptações.Ocorre que nesse acórdão,o Ministério Público Estadual não foi sequer intimado para impugnar os efeitos infringentes.E depois de proferido o acórdão,o MPRN também não foi intimado para tomar conhecimento de seu conteúdo. Além disso, o pedido feito pela defesa do ex-governador Iberê foi diretamente junto ao Tribunal de Justiça, sem submeter previamente ao juiz natural do processo, suprimindo a primeira instância. Isso impediu que o juiz criminal e os promotores do Patrimônio Público tomassem conhecimento da medida para exclusão de provas. No entendimento do Ministério Público, foi cometido ato ilegal que consiste em não dar o conhecimento dos atos processuais que resultaram na modificação do julgamento anterior. Com isso, o MP pediu, nos autos, a declaração de nulidade absoluta do referido acórdão,

bem como de todos os atos processuais posteriores. Embora recebida e quando já criada a expectativa de ser apreciada em seu mérito, a Petição de Nulidade do Ministério Público teve sua apreciação negada pelo juiz convocado Gustavo Marinho, que resultou no envio do habeas corpus para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), de maneira irregular. O Ministério Público requer no mandado de segurança assinado pelo procuradorgeral de Justiça, Rinaldo Reis Lima,que sejam suspensos os efeitos da decisão proferida no habeas corpus nº 2012.017549-0,evitando o envioequivocadodoprocessoao STJ para julgamento de um processo nulo,tendo em vista que ainda está pendente de julgamento a Petição de Nulidade impetrada pelo MPRN. O MP requer também que, caso já tenham sido os autos enviados ao STJ, após a suspensão dos efeitos da decisão proferida no habeas corpus, seja expedida comunicação ao STJ solicitando devolução da petição de nulidade. O Ministério Público requer, ainda, que o juiz convocado Gustavo Marinho seja notificado para prestar informações, no prazo de dez dias; e requer vista dos autos para emissão de parecer.


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Alto-Oeste Soraya Vieira sorayavieiraf@gmail.com twitter: @sorayavieiraf site: www.sorayavieira.com.br

A VIDA CONTA... Oração de São Francisco Senhor, fazei-me o instrumento de Vossa paz Onde houver ódio Que eu leve o amor Onde houver ofensas Que eu leve o perdão Onde houver discórdia Que eu leve a união Onde houver trevas Que eu leve a luz Onde houver erro Que eu leve a verdade Onde houver desespero Que eu leve a esperança Onde houver tristeza Que eu leve alegria Onde houver dúvidas Que eu leve a fé Ó Mestre, fazei que eu procure mais Consolar que ser consolado Compreender que ser compreendido Amar que ser amado Pois é dando que se recebe É perdoando que se é perdoado E é morrendo que se vive para vida eterna.

Sociais

“ ”

O corpo existe tão somente para que o Espírito se manifeste.

Allan Kardec

AGENDA CIDADÃ O Chá Social Lisboa Batista Dia 20 outubro No Kandice Buffet Horário: 18h30 Em prol do Credd

FOTOS: WWW.SORAYAVIEIRA.COM.BR

Palestrante da noite na Maçonaria, dr. Hallison Castro com o tema cálculo renal

Buquê de flores com cheirinho de felicidades para o médico Francisco Figueiredo

ECOS DA SEMANA

A informação no templo maçônico se estende ao lar Sessão conjunta na Loja Maçônica Francisco Sales do Nascimento, Manoel Reginaldo e 13 de Setembro, em Pau dos Ferros

•O empresário Márcio Oliveira assumiu a empresa MN sozinho. Nilton com novos projetos pela Realize, empresa de construção civil; e Márcio com a MN e MN Store com projetos a mil por hora nas serras potiguares. •Só um susto João Patrício passou, mas já em casa com os cuidados de Gracinha e todos os filhos. •Tudo tem limites e esta greve dos bancos está demais, a sociedade paga um preço alto em vários seguimentos, este então é número um. •Só avaliamos o valor da água quando estamos prestes a ficar sem ela, e de fato, o que está sendo feito para atender a população urbana no colapso eminente deste líquido precioso? •A comunidade carente pau-ferrense vai pegar água em que local?

NOTÍCIAS DO TWITTER

Presença das samaritanas das três lojas

Buquê de flores com cheirinho de felicidades vai para o ex-prefeito de Portalegre, Antonino Rêgo

•@Estadao Facebook fica no ar: rede social retirou comentários ofensivos em defesa de modelo e seu cão http://oesta.do/1fMP0QS. •@mineiropt Nenhuma surpresa ao saber q médicos cearenses q chamaram os cubanos de escravos se filiaram ao PSDB. Coerência recíproca. •@tjrnnoticias Três campanhas do TJRN são finalistas do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça http://ow.ly/puCNy.


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Natal Rodrigo Loureiro rodrigo_sloureiro@hotmail.com twitter: @loureirorn site: www.rodrigoloureiro.com.br

Sociais MAIS JOCIL A coluna de hoje continua mostrando a sucesso que foi o evento que a Jocil Decorações pilotou para os arquitetos de Natal. Foi uma verdadeira festa, bons papos e claro todos deslumbrados com a nova Jocil. Vitrine de encher os olhos, peças exclusivas e, claro, a simpatia de Nilton Dantas que recebia todos os convidados com aquele sorriso que é sua marca. Evento com a grife Casa de Ideias, do amigo Chrystian de Saboya.

FOTOS: ALEXANDRE LAGO

Socorro Galvão, Nilton Dantas e Michele Mendonça

Em pose: André Lira, Kleyne Rondelly e Geizeanne Lira

Queridão Nilton Dantas com Nadiedja Melo e André Lira

Chrystian de Saboya faz pose ao lado de Vânia Bezerra

Nilton Dantas e a nossa eterna miss RN Olga Portela

Nilton Dantas agora com Rita e Pollyana Albuquerque

Régia Nobre prestigiando a noite Jocil com Mirtha Vargas

Marco Antônio, José de Almeida, Huda Andrade e Nilton Dantas

Camila Aguiar, Arthur Seabra, Rayanne Ximenes e André Lira

Carla Rufino e Leila Araújo fazem pose para as lentes

Nilton Dantas, Eliene Linhares e José Ricardo

Eliane Rosa, Altair Rosa e a amiga Raquel Louvain


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Sociais CESIMAR OLIVEIRA cesimardeoliveira@yahoo.com.br cesimaroliveira@bol.com.br gentedeumarizal.blogspot.com

Gente de Umarizal

Procure dar conta integralmente do serviço pequenino que lhe foi confiado

O NIVER DE AILTON FARIAS Dia 2,à noite,na área de lazer da Pousada Vai&Vem, a festeira Leônia Oliveira reuniu grupo animado em torno de muita comida, bebidas, doces, guloseimas e bolo para festejar o aniversário natalício do amado Aílton Farias, ocorrido no dia 20 de setembro passado. Um grupo musical animava a todos, com repertório eclético, e os presentes elogiavam a recepção e a receptividade do casal. Foi uma noite pra lá de dez! As fotos são do fotógrafo expert Ricardo Pereira. FOTOS: RICARDO PEREIRA

Casal promoter Aílton Farias/Leônia. Ela aniversaria amanhã, dia 7, e a coluna antecipa votos se sempre felicidade à estimada amiga

Também na residência de Aílton Farias/Leônia, quinta-feira passada, o casal lojista Émerson Amorim/Geine Cellis

Casal empresário Zezé Cardoso/Margarida. Ele de idade nova hoje, recebendo felicitações da coluna. Tintim, amigo!

Casal empresário Hérico Ferreira/Patrícia participando das comemorações de Aílton Farias

Gestora escolar Cida Lima recebendo votos de parabéns antecipados por conta do seu niver amanhã, segunda-feira. Tudo de bom!

Colunista social e blogueiro pau-ferrense Clístenes Carlos aniversaria hoje e com certeza será muito felicitado. Muitos parabéns!


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Cidades Ufersa oferece aos alunos 475 bolsas no Programa de Permanência EDNILTO NEVES

A

Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) abriu inscrições para estudantes no Programa Institucional de Permanência com vagas para os quatro campi da instituição - Mossoró,Angicos,Caraúbas e Pau dos Ferros. A bolsa tem por finalidade minimizar as desigualdades sociais e contribuir para a permanência e a diplomação dos estudantes de graduação em situação de vulnerabilidade socioeconômica.As inscrições do processo seletivo serão realizadas no período de 7 a 17 de outubro. MOSSORÓ Na Ufersa Mossoró estão sendo oferecidas 213 vagas para o semestre letivo de 2013.2, distribuídas nas seguintes modalidades do Programa Institucional Permanência:Bolsa Permanência Acadêmica - 57 vagas; Bolsa Apoio ao Esporte - 07 vagas;Auxílio Moradia - 31 vagas para discentes do sexo feminino e 10 vagas para discentes do sexo masculino;Auxílio ao Portador de Necessidades Especiais - 05 vagas; Auxílio Transporte 22 vagas; Auxílio DidáticoPedagógico - 20 vagas; Auxílio Creche - 06 vagas; Moradia Estudantil - 27 vagas para discentes do sexo masculino e 28 vagas para discentes do sexo feminino, na Vila Acadêmica Vingt-un Rosado localizada na Ufer-

Liszt Madruga lisztmadruga@hotmail.com

CEDIDA

ria de Fátima. SETURDE NA FECERN III A Secretaria de Turismo de Natal (SETURDE) participa do evento que se encerra na noite de hoje, com um estande liderando a preferência dos frequentadores. No local foi instalado um aquário com cavalos marinhos.O Aquário de Natal funcionando em sede própria na Avenida Litorânea,1091,Praia da Redinha Nova, é o melhor do Nordeste e é aberto ao público. A empresária Adilene é a proprietária. Ao lado do ministro da Defesa do Brasil, Celso Amorim, o CMG Allan Kardec Mota Vagas no Programa Institucional de Permanência estão disponíveis para estudantes nos quatro campi da instituição

sa - campus Mossoró. ANGICOS NaUfersaAngicossão128 vagas,distribuídas nas modalidades do Programa Institucional Permanência: Bolsa Permanência Acadêmica - 17 vagas; Auxílio Moradia - 32 vagas; Auxílio ao Portador de Necessidades Especiais - 01 vaga; Auxílio Alimentação 39 vagas; Auxílio Transporte - 15 vagas; Auxílio DidáticoPedagógico - 23 vagas; Auxílio Creche - 01 vagas. PAU DOS FERROS Na Ufersa Pau dos Ferros estão sendo disponibilizadas 54 vagas,distribuídas nas modalidades de bolsas/auxílios:Bolsa Apoio ao Espor-

te - 01; Auxílio Moradia 25; Auxílio Alimentação 18; Auxílio Transporte - 10. CARAÚBAS A Ufersa Caraúbas oferece 80 vagas,nas modalidades: Bolsa Permanência Acadêmica - 09 vagas; Bolsa Apoio ao Esporte - 04 vagas;Auxílio Moradia - 22 vagas; Auxílio ao Portador de Necessidades Especiais - 01 vaga; Auxílio Alimentação - 34 vagas;Auxílio Transporte - 06 vagas; Auxílio Didático-Pedagógico - 3 vagas; Auxílio Creche - 01 vaga.Todas as informações necessárias e procedimentos para a realização da inscrição estão disponíveis no Edital disponível no site da Ufer-

Parazinho é a cidade brasileira com maior capacidade eólica instalada REPRODUÇÃO

Com a autorização dada esta semana aos parques da Energisa, o município de Parazinho, no Rio Grande do Norte, passa a contar com 16 parques eólicos já construídos, alcançando 465,2 MW. Além disso, há ainda outros 175,98 MW de seis parques que se encontram na fase de construção. Os 16 parques já construídos são de propriedade de três grandes empresas:CPFL Renováveis (187,2 MW, composto pelos parques Santa Clara I ao VI + Eurus VI); Countour Global (128 MW, dos parques de Asa Branca IV ao VIII) e Energisa (150 MW, composto pelo parque Ventos São Miguel + Renascença I ao IV). Um detalhe é que apesar de Parazinho ser a cidade número 1 do Brasil em potência eólica já instalada, nenhuma energia foi ainda conectada à rede, devido ao atraso na construção da linha de transmissão da Chesf que interligará esta região ao sistema nacional. Os parques construídos advêm da participação do RN nos leilões federais de energia de 2009 e 2010,quan-

Turismo, Cultura e Lazer

DE NATAL PARA TURQUIA Foi realizada a cerimônia de ativação da Adidância de Defesa, Naval, do Exército e Aeronáutica na Turquia (importante destino turístico internacional), com a inauguração das instalações do escritório, no mesmo prédio da Embaixada do Brasil em Ankara. DE NATAL PARA TURQUIA II A cerimônia de ativação foi presidida pelo ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim, que realizou o descerramento de placa comemorativa alusiva ao evento, juntamente com o embaixador do Brasil na Turquia, Antônio Luís Espínola Salgado. DE NATAL PARA TURQUIA III Integrando a comitiva do ministro da Defesa,o vice-chefe de Assuntos Estratégicos no Ministério da Defesa, major-brigadeiro-doar Nilson Soilet Carminati; o diretor de Gestão de Projetos Estratégicos da Marinha do Brasil, vice-almirante Antônio Carlos Frade Carneiro;e o diretor do Departamento de Catalogação do Ministério da Defesa, generalde-divisão Aderico Visconte Pardi Mattioli. DE NATAL PARA TURQUIA IV Diversas autoridades turcas estiveram presentes ao evento, entre elas o vice-ministro da Defesa, Hasan Kemal Yardimci; o diretorgeral para as Américas, Ali Savut, embaixador junto ao Ministério das Relações Exteriores da Turquia; os embaixadores do Chile e do Peru na Turquia, Jorge Patrício Arancibia e Jorge Abarca Del Carpio, respectivamente; o vice-subsecretário de Indústria de Defesa junto ao Ministério da Defesa Nacional da Turquia, Sedat Güldogan; além dos adidos militares de diversos países, cônsules honorários das cidades turcas de Adana, Bursa e Nevsehir, juntamente com diplomatas e funcionários locais da representação diplomática brasileira em Ankara. DE NATAL PARA TURQUIA V As autoridades realizaram visita às instalações do escritório, onde houve a entrega de brasões da Adidância ao embaixador Celso Amorim e ao embaixador Antônio Salgado. Na ocasião, assumiu o cargo de Adido de Defesa, Naval, do Exército e Aeronáutico o capitão-de-mar-e-guerra Alan Kardec Mota (amigo deste colunista), que já exerceu em Natal o cargo de capitão dos Portos do Rio Grande do Norte, realizando notável gestão pública.

São 16 parques já construídos e outros seis em construção

do superamos todos os Estados brasileiros em energia eólica ofertada e vencedora. A região do Mato Grande, onde se localiza Parazinho (além de João Câmara e Pedra Grande),tinha sua economia praticamente depen-

dente do Bolsa Família e da agricultura de subsistência. As eólicas mudaram o perfil econômico da região,e agora cabe aos governos locais e ao governo estadual saber perenizar e consolidar a atividade econômica resultante.

SETURDE NA FECERN A Secretaria de turismo de Natal participa ativamente da XII FECERN - Feira do Comércio e Empreendimentos da Zona Norte de Natal. O significativo evento teve início no dia 27 do mês passado e termina hoje, movimento o trade turístico e todos os seguimentos que envolvem as atividades econômicas do Rio Grande do Norte a alhures. SETURDE NA FECERN II A Fecern é chancelada pela Associação dos Comerciantes e Profissionais Autônomos da Zona Norte de Natal (ASCONORT) fundada no dia18 de abril de 2011. Está literalmente consolidada. Sua atual diretoria é formada por: Alderi Mendes, Izulamar Barros, José Pereira,Ilvo Tenório,Mara Aureni e Ma-

SETURDE NA FECERN IV Carlos Eduardo, prefeito de Natal, proporcionou os meios necessários para o funcionamento da Fecern. Por duas vezes "in loco", no dia da abertura e na noite de quinta-feira,quando foi literalmente aplaudido pelos participantes do show evangélico promovido pelo Semear Brasil.Carlos Eduardo foi homenageado pelos evangélicos, recebendo aplausos dos deputados Fernando Mineiro, Antônio Jácome, vereadores, secretários municipais e principalmente do povão. A governadora Rosalba Ciarlini não marcou presença na Feira. SETURDE NA FECERN V Falando à Rádio Feira e outras emissoras no Centro Cultural da Zona Norte, Fernando Bezerril, secretário de Turismo de Natal, ressaltou a importância do evento afirmando que a Prefeitura do Natal, através da Sesturde, estará sempre pronta para colaborar com a Fecern, que hoje é uma importante referência nos eventos realizados em Natal,alavancando e consolidando o desenvolvimento turístico da Zona Norte que hoje é um dos principais "points" do comércio, da indústria e de outros setores que movimentam a nossa economia. MILHÕES PARA O TURISMO O setor turístico do Rio Grande do Norte terá disponível no próximo ano a bagatela de R$ 108 milhões, oriundos dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento (FNE). A verba é gerida pelo Banco do Nordeste. Outras linhas de financiamento têm sido discutidas entre a Secretaria de Estado do Turismo e o BNB. BNB AJUDA O TURISMO Segmentos governamentais do Rio Grande do Norte estiveram reunidos com representantes do BNB propondo estratégias, programas e projetos do governo para o orçamento total para 2014, de R$ 13,1 bilhões, representando um aumento de R$ 1,6 bilhão em relação a 2013. BNB AJUDA O TURISMO II Além dos milhões já acordados para o setor de turismo, o titular da Setur, Renato Fernandes, disse existe um trabalho no BNB, iniciado na gestão do ex-presidente José Maria Vilar, para liberação de uma verba de R$ 5 mil, destinada a modernização e aquisição de novos equipamentos e mobiliários para cada apartamento da rede hoteleira potiguar. BNB AJUDA O TURISMO III "Essa verba está praticamente aprovada. E temos ainda conversado junto ao superintendente do BNB para o RN, Francisco Carlos Cavalcanti, uma linha de financiamento para renovação da frota de buggies. Esta discussão também está adiantada e mostra a parceria sempre presente do BNB com o turismo do nosso Estado", disse Renato Fernandes. BNB AJUDA O TURISMO IV A proposta apresentada na reunião será submetida à aprovação das Agências em 8 deste mês, e será apresentada por uma Videoconferência Final e Fechamento dos Planos Estaduais de Aplicação, no auditório da Superintendência do BNB, com representantes do Banco do Nordeste, dos governos, setores produtivos, da sociedade civil organizada e demais parceiros.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Cidade Interativa Cartão-Postal

AG:L&T

ESTAGIÁRIO O Ministério Público do Rio Grande do Norte publicou, na terça-feira, dia 1º/10, no Diário Oficial do Estado, Edital n° 063/2013, abrindo inscrições para o X Concurso de Credenciamento de Estagiários do Curso de Direito. As inscrições podem ser feitas, exclusivamente via internet, no endereço eletrônico da Instituição (www.mp.rn.gov.br). Inscrições começaram dia 02/10, e vão até o próximo dia 16. O concurso é para cadastro de reserva. FINANCIAMENTO A governadora Rosalba Ciarlini e a diretora do Banco Mundial para o Brasil, Deborah Wetzel, assinaram no final da manhã da sexta-feira, 4, o contrato de financiamento para diversos projetos de desenvolvimento que serão implantados no Estado dentro do programa "RN Sustentável". O pedido de financiamento, que tem o respaldo e as garantias financeiras do Governo Federal, foi feito há dois anos pela governadora Rosalba Ciarlini,na sede do Banco Mundial, em Washington.

No Rio Guaju está a vila de pescadores de Barra de Camaratuba, aproximadamente a 110 km de João Pessoa-PB e a 120 km de Natal-RN

RECONHECIMENTO A Prefeitura de Martins, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cras realizou, na área de lazer do Centro Educacional Professora Rita Baliza Alves (CERBA),evento em comemoração ao Dia Nacional do Idoso.O evento contou com uma grande participação de idosos de todas as comunidades que fazem parte das reuniões semanais dos grupos de idosos.

AG:L&T

AG:L&T

Prefeita Bernadete Rêgo, Riacho da Cruz

AG:L&T

Dinâmica realizada pela psicóloga com o grupo da melhor idade em Coronel João Pessoa

Alcimar Aquino, da Prefeitura de São Miguel, com Zé Nilton Gonçalves AG:L&T

TE CÉLIO DUAR

AG:L&T

A coluna antecipa os parabéns para Crisany Sthephany Duarte, que aniversaria nesta terça, dia 8. Na foto com as irmãs Sarauany e Mariana Duarte Ariany Girliany e Francisco Queiroz, da Prefeitura de Venha-Ver

EDNILTO NE

Equipe Rio Grande, Distribuidora e Supermercados em Pau dos Ferros: Renatinha, Rômulo, Paulinho

VES AG:L&T

AG:L&T

Concurso de Beleza Estudantil, em Governador Dix-sept Rosado

A equipe GAZETA DO OESTE parabeniza a mais nova funcionária desta casa Jucilene Mendes, que aniversaria nesta segunda. Desejamos muita paz e saúde!!

Parabéns a Taís Belém, da Casabela Imóveis, que aniversariou ontem


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Expressão

25 ANOS DA CONSTITUIÇÃO Editor: Mário Gerson mario.gerson@folha.com.br

Antônio Capistrano escreve sobre a carta magna do País

CONCURSO LITERÁRIO

3

Escritores potiguares Thiago Gonzaga lançará, no próximo dia 5 de novembro, às 18h, na sede da Academia Norte-rio-grandense de Letras, a obra Impressões digitais, escritores potiguares contemporâneos FOTOS: CEDIDAS

mpressões digitais poderia ser um livro, tando nomes como Câmara Cascaso trouxesse, apenas, aqueles resu- cudo,Antônio Marinho,Martins mos biográficos sobre autores, seus li- de Vasconcelos,Polycarpo Feitovros,suas andanças,etc.Mas não é.Im- sa, Henrique Castriciano, Ferreipressões digitais,como o próprio nome diz, ra Itajubá, Auta de Souza, Aurétraz muito mais do que os depoimentos,traz lio Pinheiro, Adelle de Oliveira, a vida de seus autores, vidas narradas pe- Jorge Fernandes, Palmyra Wanlos próprios aventureiros da palavra. São derley, Othoniel Menezes, entre entrevistas que falam acerca de literatura, muitos outros.Um livro com uma obsessões, fobias, manias, livros publica- reunião de nomes como esses,hodos, algumas polêmicas. Será, certamen- je em dia, seria um tesouro de vate, um livro que entrará para a história re- lor incalculável", explica. cente da pesquisa literária no Estado, pois Segundo o autor, este é o prireúne 40 escritores contemporâneos. meiro volume de uma série de Para Thiago Gonzaga, organizador do três, que ele pretende concluir até livro, "Impressões digitais 2015."Reconhe- escritores potiguares ço que outros contemporâneos - é uma nomes ficaram obra que tem como motide fora do voluEnquanto lia vo maior o desejo de regisme 1, e quero trar, para as gerações futumuito entrevistá-los.Acho cialização em Literatura e Cultura Potiguar várias entrevistas ras, um relato de como é, que nunca se produziu e pela UFRN. É autor dos livros "Literatura e de quem faz a vida litelançou tantos livros no Es- etc.Conversas com Manoel Onofre Júnior", concedidas, rária no Rio Grande do tado como tem acontecido e "A felicidade é uma arma quente" (conco-autor da obra Nei Leandro Norte, neste início de séna atualidade. Tenho lido tos), é imaginei como culo XXI", fala. muita gente nova, e muita de Castro 50: anos de atividades literárias. Tem inéditos os trabalhos: Compêndio Ele salienta que a ideia gente de qualidade tamseria interessante do livro surgiu mais precibém. Para o segundo vo- de contos potiguares (em parceria com samente ano passado, lume,já tenho algumas en- Cleudivan Jânio),e Avenida poesia (em parreunir um grupo quando ele estava organitrevistas prontas, e tenho ceria com Chumbo Pinheiro). Palestrante e animador cultural,gravou, zando um livro em homecontatado outros escritode escritores e nagem ao escritor Manoel res para participar do volu- dirigiu e editou o documentário Limites Onofre Jr. "Enquanto lia me dois, inclusive alguns invisíveis: escritores potiguares em solo paentrevistá-los” várias entrevistas concedide Mossoró, que já está raibano, onde relata, com depoimentos, a das,imaginei como seria inbem representada neste viagem de 17 escritores potiguares para teressante reunir um grupo primeiro volume, com no- um lançamento coletivo na Paraíba. Thiago Gonzaga Como pesquisador da literatura do Rio de escritores e entrevistámes como David de Melos, com assuntos de aspectos biográficos, deiros Leite, Clauder Arcanjo, Aécio Cân- Grande do Norte, criou o blog: 101 livros literários e sobre a vida cultural-literária dido, Mário Gerson, Edilson Pinto, entre do RN (que você precisa ler), onde divulga autores e livros potiguares, sob os mais no Estado. Como pesquisador, sempre ti- outros", frisa. ve vontade de saber um pouco mais sobre A ideia teve o apoio do escritor Manoel diversos aspectos. a literatura potiguar do passado, de como Onofre Júnior, era a vida literária na província e a opinião como lembra o ordos nossos escritores dentro do contexto de ganizador. "A sua época.Na mesma situação,sempre pen- princípio, comsei o quanto seria interessante se naquele partilhei minha tempo algum autor houvesse organizado ideia com o Maum livro de noel Onofre Jr., entrevistas que apoiou de com quem imediato. Onofre m e l h o r Jr. é um pesquisaproduzia dor que está semliteratura pre atento às e cultura questões literárias n o locais, e tem a Esta- preocupação de d o , deixar registrado jun- os nossos livros e escritores para os pesquisadores e Thiago Gonzaga: segunda obra do organizador reúne entrevistas estudantes de um com 40 autores contemporâneos do Estado futuro próximo. Também tive o apoio dos amigos Abimael Silva, Aluísio Azevedo Jr., Lívio Oliveira, David Leite, Marcos Medeiros e IMPRESSÕES DIGITAIS Chumbo Pinheiro, além, claro, da colaboração e incentivo de todos os escritores com quem compartilhei a ideia. Todos foram muito receptivos", destaca. Quando: dia 5 de novembro Onde: Sede da ANRL O AUTOR Horário: 18h Thiago Gonzaga nasceu em Natal. Possui graduação em Letras pela UnP e EspeCEDIDA

I

FNAC quer revelar novos talentos literários

'Cada escritor é um universo, um mundo diferente' Boa parte das entrevistas são longas... De acordo com Thiago Gonzaga, são verdadeiros relatos de uma época, de uma geração. "São muitas histórias sobre livros, sobre pessoas, amigos e o universo literário do Estado. Muitos nomes lembrados, muitos citados, muitas surpresas, polêmicas, confidências, risos, enfim, tem de tudo um pouco. Para se ter uma ideia da diversidade e beleza do livro, basta citar que ele tem relatos de Pery Lamartine, escritor que já está com quase 90 anos, até o mais jovem que é Leonam Cunha, revelação poética de Areia Branca com apenas 17 anos", diz. Segundo ele, o livro custou tempo e dedicação. "Eu era consciente que para fazer um livro de entrevistas,de uma forma inédita no Estado, me custaria tempo e dedicação.Então comecei a pesquisar alguns nomes que produziam literatura e cultura na atualidade, tentando dar um enfoque e espaço para quem surgiu no início do século, e também alguns que colaboraram bastante no passado e hoje precisam ser reconhecidos pela nova geração.Escolhido os nomes, passei a estudá-los,ler os textos,as obras, e fui preparado uma série de perguntas para cada um. Fiz mais de mil perguntas para os 40 escritores", explica. O número de 40 autores corresponde ao de cadeiras na Academia de Letras. "Foi coincidência. A minha intenção inicial era fazer um livro com apenas 20 escritores. Mas fui me envolvendo com o trabalho e, quando vi, já tinha um número amplo de entrevistas realizadas.Esclareço também que muitos escritores convidados para participar e responder as entrevistas,por motivos diversos, não atenderam o meu apelo. Então, da minha parte, eu até gostaria que tivessem mais pessoas inclusas. Porém, os que estão inclusos deram um verdadeiro show com os relatos, com as entrevistas, as histórias", salienta. Ele destaca que grande parte das entrevistas foi feita por e-mail. "Em alguns casos, fiz pessoalmente, em outros, também, o escritor respondeu de próprio punho, como foi o caso dos poetas Paulo de Tarso Correia de Melo e Jarbas Martins. Outros escreveram à máquina como Manoel Onofre Jr.e Abimael Silva... Cada escritor é um universo, um mundo diferente. Mas tive a felicidade e a sorte de me dar bem com todos. Claro que tem sempre alguns que a gente espera que eles falem mais,se abram mais... Existem os mais fechados, introspectivos; já outros são mais prolixos", fala.

6


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Expressão

N

Questão de Prosa

A Velhice

O notório convidado

Francisco Obery Rodrigues - Cronista

Clauder Arcanjo - Professor

natureza, para mim, pare- para prolongar-lhe o sofriceu transformada, experi- mento. Perdia o meu mementei como que um vazio lhor amigo, depois do meu no meu coração.Tanto que, pai. Acompanhei o féretro alguns dias depois, José, que ia levá-lo a Mossoró, meu irmão, me chamou pa- nossa terra amada, para ser ra dar umas voltas no seu sepultado na mesma tumba carro; pareceu-me estar onde jaziam nossos pais, noutra cidade, tudo estra- seu filho e onde foram denho aos meus olhos. Essa positadas as cinzas de sua sensação deprimeira esmorou a deposa. Ainda saparecer; hoje sinto sua foi passando perda, cada Outro fato foi aos poucos. dia mais, poMas, confesrém na ocaso, não cho- quando assassinaram, sião, apenas rei. contive as láem novembro de Outro fagrimas. Hou1965, um sobrinho ve outras perto foi quando assassinadas pungentes meu, de apenas 21 para mim: ram, em novembro de anos, filho daquele duas das três 1965, um soirmãs, mas meu irmão brinho meu, também não de apenas 21 chorei,emboanos, filho ra hajam feito daquele meu com que refleirmão. Fui o primeiro a vê- tisse sobre a transitoriedade lo morto, despido, em cima da vida. de uma cama, com a marAgora,atualmente,não. ca de um tiro no peito: pa- Se alguém, porventura, me recia estar dormindo. Esse contar algo que seja trágiquadro demorou muito a co e emocionante, apenas sair dos meus olhos. Senti lamento; mas se eu for reimensamente a sua morte passar esse fato a alguém, assim tão trágica, ele tão jo- não me contenho. Isso vem vem; mas não chorei. acontecendo comigo há alEm dezembro de 1995, guns anos. Não sei se é confoi a vez de ver morto, de- sequência da solidão,sobrepois de haver acompanha- tudo decorrente da doendo todo o seu sofrimento, ça, essa malfadada doença admirando a sua conforma- de Alzheimer que atacou ção, o meu referido irmão, Brasília,minha esposa já há vítima de um câncer no es- mais de 6 anos e que, protômago.Vi-o morto,com as gressivamente a invalida conarinas feridas pelas sondas mo companheira para suaque colocaram no hospital vizar a minha velhice,situa-

ão sei se é porque já estou velho (ah! como chegou depressa!), qualquer coisa, agora, me emociona. Uma simples história que eu vá contar a alguém e que contenha uma lição de resignação perante a dor, física ou moral; ou um episódio de alguém na sua conformação com o sofrimento, sinto que a minha voz embarga, a ponto de ter que parar antes que o interlocutor, a pessoa com quem esteja falando, perceba a minha emoção, até mesmo, em alguns casos, os olhos avermelharem-se; tenho que falar devagar. Antes, quando eu era moço, isso não acontecia.Não era porque não me sensibilizasse, pois sempre fui uma pessoa muita emotiva. Uma leitura comovente, um filme emocionante, por vezes me abalavam. Certa vez, levei para o meu veraneio em Búzios,em 1986,alguns livros, entre eles a história, contada por ele próprio, das torturas sofridas na última ditadura militar, pelo autor (por sinal um norte-riograndense que era tabelião no Rio e, vítima de uma trama do destino, foi preso e torturado brutalmente).Era lendo e chorando, e assim passei a noite, levantandome, ao amanhecer do dia com as estruturas abaladas. Já contei como a morte do meu pai - eu tinha, então, 30 anos - foi como se o mundo tivesse parado. A

Colaborador

ção agravada pela doença, uma cardiopatia que me acompanha desde 2008, também apareceu nos olhos uma diplopia, visão dupla, que sinto agravar-se a cada dia. Ultimamente quase não saio de casa; vivo engaiolado nesse AP,quase incapacitado de sair. Ainda bem que Deus, generosamente, me permite ler e, também, a mexer com este computador onde vou absorvendo,acompanhado de boa música, as horas dos dias, não sei se breves ou longos, até que chegue o último, que deve estar marcado no Seu calendário. Costuma-se dizer,inclusive alguns filósofos,que vamos aprendendo com os anos e, até ao se alcançar a velhice, que se ganha sabedoria. Quanto a mim, não sei se a ganhei; ganhei, sim, experiência, estudando o comportamento das pessoas e analisando os acontecimentos durante tanto tempo.Isso eu ganhei.E ganhei mais, por misericórdia de Deus, a preservação de minha lucidez. Preciso dizer, ao encerrar esta crônica, que também cometi erros na minha vida, e que esses erros também me trouxeram experiência. Para finalizar,esclareço que quem me vê falando tanto na velhice, pode supor uma inconformação. Não. Estou apenas advertindo os jovens sobre o que, provavelmente, lhes estará reservado se chegarem até lá.

Reminiscências

Jaime Hipólito Wilson Bezerra de Moura - Professor emérito da Uern bia repassar conhecimento dade de pôr em prática sua de que era possuidor. En- capacidade intelectual, em tre outras disciplinas que le- especial na imprensa escricionou estava uma chama- ta e falada através de prograda Taquigrafia, que inclusi- mas na emissora Radio Tave fui seu alupuyo. Hono dessa mamem simples, téria, que era retraído, mas O professor e usada no jorde bastante redoutor Jaime nalismo deslacionamento tinada a enas pesHipólito Dantas, com trevistas soas,conquisnascido em quando esta tou muitos era feita sem EstaCaicó, conquistou amigos. ajuda de gratura média e importante vador. A Tade grandeza quigrafia, de espírito, espaço social, p o r t a n t o, cuidava com educacional, uma forma zelo de sua rápida de esmãe, dona político e crever. Eufrásia, resprofissional em O profesponsável pela sor e doutor sua formação Mossoró Jaime Hipómoral adquilito Dantas, rida pelos ennascido em Caicó,conquis- sinamentos familiares. tou importante espaço soJaime Hipólito Dantas cial, educacional, político e era afeito a leituras e releiprofissional em Mossoró, turas de grandes autores nacidade onde teve oportuni- cionais. Tinha-os como

De repente ao passar pela Rua Machado de Assis, onde por algum tempo pensou-se em mudar o nome para Jaime Hipólito Dantas, resolvi falar sobre essa figura que foi notável na cidade onde morou até sua morte. Principalmente folheando as páginas amareladas do jornal O Mossoroense,edição de dezembro de 1978, reforçou a ideia de comentar sobre o mesmo. O conheci bastante. Foi meu professor na Escola Técnica de Comércio União Caixeiral. Ele teve passagem no magistério em outros colégios atingindo a universidade, onde se destacou pela sua capacidade e intelectualidade.Exerceu o Ministério Público durante décadas, depois de passar pela banca de advocacia. Bom advogado, mas eu o destaco pelo conceito próprio que faço sob ele como excelente professor que sa-

guia para seu procedimento e estilo que melhor se enquadrava na sociedade nos mais diferentes aspectos. Poeta modernista,contista, conferencista. Era tido como excelente contista de estória curta e diálogos ricos de autenticidade. Foi nisso e sobre isso que ele veio a se credenciar para escrever seu primeiro livro intitulado o Aprendiz de Camelô. "Ainda hoje essa obra consta de meu pequeno acervo bibliográfico com a dedicatória que conservo na memória: "Ao Wilson, o Poeta do Trem de Ferro", inspirada essa dedicatória ao fato de que trabalhávamos na estrada de ferro que existiu naquele tempo em Mossoró e região. Era assim o Jaime que o conheci e aprendi com seus ensinamentos. Está em bom lugar por haver produzido bons frutos aqui na terra.

Entraram na sala os dois: Gil Rastilho, com a sua conhecida eloquência, e um convidado. Este, de paletó escuro, gravata preta, pasta de couro, óculos de tartaruga, barba escanhoada, cabelo na brilhantina, porte altivo e com um olhar sobranceiro, por sobre todos. Um grupo de pessoas já os esperava, ansiosamente. - Como falei, e prometi, estou aqui. - cuidou de quebrar o silêncio Gil Rastilho. Trago a solução para os problemas que vocês me reportaram. Nossa empresa é sobremaneira competente e, principalmente, comprometida e alinhada com os objetivos estratégicos e táticos dos clientes. Nosso lema principal é servir, e resolver, é claro. Sem sombra de dúvida, uma augusta missão. E para demonstrar tal compromisso, trago-lhes hoje um notório convidado:Mister Benjamin Oxslowly Stopper. Um das mais renomadas autoridades internacionais na temática da nossa reunião, meus senhores. Todos se entreolharam. A mesa grande ao centro; sobre ela, as xícaras de café fumegante e os copos com água. Mas ninguém se servia de nada. O gerente da fábrica, por fim, resolveu trazer o problema à baila. Detalhou o histórico das falhas, dando todos os detalhes acerca da indisponibilidade do equipamento e dos prejuízos provenientes da não operação contínua e segura do maquinário. - Senhor Alfredo, tudo isso agora fará parte do passado, acredite. Durante semanas nos debruçamos sobre as causas básicas, montamos uma árvore de falhas, investigamos o material e a tecnologia envolvida. Estamos hoje aqui para demonstrar que o problema tem solução e que vocês voltarão a ter continuidade no seu sistema fabril. Como disse, é nossa missão servir. Augusta missão, diga-se a bem da verdade. Os gerentes e supervisores da fábrica presentes entreolharamse, no entanto nada disseram. Todos puseram os olhos no gerente maior, aguardando seu posicionamento. Como ele permaneceu calado, com a agenda aberta e uma caneta disposta sobre a mesa, Rastilho emendou: - Senhor Alfredo, permita-me, vou começar a minha explanação. Serei breve, pois sou um amante apaixonado da concisão. Tempo é ouro, bem sei. "Time is money!"; valho-me dessa máxima em língua inglesa. Riu uma risada protocolar. Como ninguém lhe fez coro, ajustou o cós da calça, pigarreou seguidas vezes e voltou à exposição. - O problema de oxidação no eixo do motor principal da turbina D-003-B é um caso de fluxo de ondas extrarradicular. Efeito similar se dá quando a correnteza dos rios passa por entre os pilares de uma ponte. E a solução nós fomos colher com os pescadores do Mangue da Jurupemba. Eles nos relataram como fazem para pescar os melhores cardumes na proximidade dessas pontes, ajudados pelo citado efeito. O notório convidado não mexia um músculo sequer da face. O nariz adunco e pronunciado, impávido. Os olhos arregalavam-se um pouco, contudo permaneciam fitando a janela, altaneiro, distante de tudo. Quando Gil Rastilho fez menção de abrir uma planta sobre a mesa, com um croqui do projeto, o gerente da fábrica bateu sobre a mesa, interrompendo-o. - Fluxo de ondas extrarradicular? Mangue da Jurupemba? Solução de pescador? Isso foi demonstrado em bases científicas, meu caro? Em que trabalho técnico foi divulgada essa nova 'tec-no-lo-gi-a'? - disparou, a ranger os dentes, mordendo as sílabas e os lábios, com os olhos em fúria. Nessa hora, o ambiente mergulhou numa quietude pesada. Alguém bateu à porta, e pediu licença. Era o chefe de manutenção da seção das turbinas. Esbaforido, todo sujo de graxa, invadiu o recinto e nem deu pela presença dos visitantes. - A coisa piorou, chefe! O eixo rompeu. Silêncio. Gil Rastilho levantou-se de mansinho, e fez sinal, com o queixo, para o notório convidado para saírem. Ao se levantarem, deram pela ordem do gerente Alfredo. - Cuide, então, de levar esse maldito eixo para o Mangue da Jurupemba, meu caro; os dois nobres senhores que aqui estão lhe mostrarão o caminho. O notório convidado, homenzarrão de dois metros, tirou os óculos, o paletó e a gravata, socando tudo dentro da pasta de grife, dirigiuse em direção a Gil Rastilho, jogando tudo no seu colo. Antes de sair, anunciou em voz firme: - Vou é cuidar dos meus caranguejos, seu dotô!

Canto Poético Mágoas

(Versos do Parnaso) Mágoas são ferimentos abstratos Causados em noss'alma, por alguém Sem piedade! Por gente que não tem] Alma nem coração! E por maus tratos! Por obras contra quem, aos desacatos, Irresistente! Mágoas se nos não Cicatrizam, jamais nunca, não, Quando causadas são, essencialmente, Por palavras ou frases malfelizes, Partidas só de quem nos faz felizes; E nos doem, em nós, infelizmente, Mais que as físicas dores, certamente! - Mágoas matam ao mais profundo amor, Porque nos doem mais que qualquer dor! J. F. da Costa Rêgo Poeta


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Expressão 25 anos da Constituição Cidadã Todos os reitores das universidades brasileiras foram convidados a participar dessa sessão solene de promulgação da nova Constituição

Mário Gerson mario.gerson@folha.com.br

FOTOS: REPRODUÇÃO

ANTÔNIO CAPISTRANO Ex-reitor da Uern e filiado ao PCdoB Especial para o Expressão companhei de perto os trabalhos da constituinte que elaborou a Constituição Cidadã de 1988, como também estive presente no ato de sua promulgação, no dia 5 de outubro de 1988. Foi uma sessão histórica. Guardo, como relíquia, o convite para participar dessa sessão, como também guardo o crachá que permitia o meu acesso às comissões. Eu estava autorizado, como um dos membros do Conselho de Reitores, a acompanhar os trabalhos da Constituinte,principalmente, a comissão de educação. Lembro as palavras do deputado Ulisses Guimarães, no fechamento do seu discurso no ato de promulgação da nova Constituição, ele, que foi o líder maior de todo o processo constituinte,finalizou o seu pronunciamento dizendo: "A sociedade foi Rubens Paiva, não os facínoras que o mataram. Foi a sociedade mobilizada nos colossais comícios das Diretas-Já, que, pela transição e pela mudança, derrotou o Estado usurpador. Termino com as palavras que comecei esta fala: a Nação quer mudar. A Nação deve mudar. A Nação vai mudar. A Constituição pretende ser a voz, a letra, a vontade política da sociedade rumo à mudança.Que a promulgação seja nosso grito: Mudar para vencer! Muda, Brasil!". Eu estava lá, vi e ouvi. Convidado como reitor da Uern, não poderia faltar,

A

A

era um momento singular para todos que lutaram contra o Estado autoritário. Todos os reitores das universidades brasileiras foram convidados a participar dessa sessão solene de promulgação da nova Constituição. Era um momento de suma importância para os destinos do nosso País e de grande significado histórico para o nosso povo. Aquele ato representava o enterro do Estado autoritário e arbitrário que tinha se instalado no Brasil com o golpe militar de 1964, que prendeu, torturou e assassinou milhares de brasileiros. Fui testemunha ocular desse fato histórico, que ocorreu no dia 5 de outubro de 1988.Portando, no dia 5 de outubro deste ano da graça de 2013, completam 25 anos da promulgação da nova Carta

Magna do País. Tenho um exemplar da primeira edição dessa Constituição, autografada pelo 2º vice-presidente, deputado Jorge Arbage. Recebi esse exemplar, no mesmo dia da promulgação,no gabinete do deputado do Estado do Pará, com quem fiz grande amizade, ele como 2º vice-presidente era quem controlava o acesso às comissões e a visitação aos trabalhos no plenário. No exemplar que recebi tem uma bela apresentação do presidente da Constituinte,deputado Ulisses Guimarães, que transcrevo abaixo: A CONSTITUIÇÃO CORAGEM O homem é o problema da sociedade brasileira:sem salário,analfabeto,sem saúde, sem casa. Portanto, sem cidadania.

Ulisses Guimarães exibe um exemplar do projeto da Constituição

A Constituição luta contra os bolsões de miséria que envergonham o País. Diferentemente das sete Constituições anteriores começa com o homem. Graficamente testemunha a primazia do homem, que foi escrita para o homem, que o homem é seu fim e sua esperança. É a Constituição Cidadã. Cidadão é o que ganha,come,sabe,mora,pode se curar. A Constituição nasce do parto de profunda crise que abala as instituições e convulsiona a sociedade. Por isso mobiliza, entre outras, novas forças para o exercício do governo e a administração dos impasses.O governo será praticado pelo Executivo e o Legislativo. Eis a inovação da Constituição de 1988: dividir competências para vencer dificuldades, contra a ingovernabilidade concentrada em um, possibilita a governabilidade de muitos. É A CONSTITUIÇÃO CORAGEM Andou, imaginou, inovou, ousou, ouviu, viu, destroçou tabus,tomou partido dos que só se salvam pela lei. A Constituição durará com a democracia e só com a democracia sobrevivem, para o povo, a dignidade, a liberdade e a justiça.

Rodapé TEU NOME SERÁ SEMPRE ALICE A procura do amor, a descrição da angústia do desencontro, a viagem da sensualidade, as facetas da experiência erótica, no sentido mais elevado da expressão, informam de maneira poderosa a literatura de todos os séculos. É a partir da aventura amorosa, da busca do outro, que, no limite, se confunde com a realização da própria identidade, que se localizam os contos de Eros Grau em Teu nome será sempre Alice. Não se trata de uma celebração festiva da carne: pelo contrário, Grau parece estar perfeitamente consciente de que, como seres condenados à linguagem, a fuga da solidão essencial esbarra num imenso muro de palavras. As personagens do livro confrontam o amor por meio de uma miríade de imagens, por intermédio da jornada através da memória, em experimentos de voyeurismo, em reflexões sobre a natureza das relações humanas. Assim, há o fotógrafo que escreve sua história de amor através de suas lentes (a fotografia aparece de forma decisiva nos contos de Grau), o cadáver que, ao molde de Brás Cubas, se compraz em falar sobre a própria morte, musas buscadas e perdidas, ciúmes e vidas falhadas. Poemas, trechos de diários, digressões filosóficas, uma variedade surpreendente de técnicas narrativas são empregadas pelo autor. Assim, muito informados e repletos de citações da tradição filosófica, da literatura, e das artes plásticas, os contos de Eros Grau se debatem, numa narrativa tortuosa e por vezes angustiante, no limite entre a prosa e o ensaio, como a relembrar que a forma mesma de expressão deve ser forçada em seus limites para que possa enfrentar as contradições poderosas da busca essencial do outro. Buscar o amor, enfrentar os percalços da paixão, confunde-se, portanto, com uma das indagações mais primitivas do espírito humano: aquela que anseia pelo sentido da existência. Autor: Eros Grau Editora: Globo

Folha de São Paulo desta semana traz reportagem sobre livros escritos por crianças. "Muitas crianças têm o sonho de escrever um livro e ter sua história publicada. Porém, realizar esse desejo pode ser difícil. Algumas iniciativas tentam facilitar esse processo, como o recém lançado Clubinho de Autores. A plataforma é gratuita e permite ao autor publicar sua obra na internet ou em papel. Basta o escritor colocar o livro no site, escolher o quanto deseja receber por venda e disponibilizá-lo na loja", diz a reportagem. "Uma vez lá, todo e qualquer usuário pode adquiri-lo via comércio eletrônico. O objetivo é dar espaço a jovens escritores e difundir a literatura entre as crianças. Além do site, será criado também o Prêmio Clubinho de Autores da Literatura Infantil, com lançamento previsto para o ano que vem",eis uma boa ideia. FILMES De Antônio Capistrano recebo filmes literários. Encontro com autores e entrevistas. Coisas que verei esta semana e que, adianto, são ótimas, em se tratando do gosto do velho Capistra.Ele esteve por estes lados,durante as comemorações da Uern. Posse de Pedro Fernandes e Aldo Gondim, reitor e vice da Uern. Capistrano, seja sempre bem-vindo! THIAGO GONZAGA O pesquisador Thiago Gonzaga se prepara para o lançamento de seu novo trabalho,intitulado Impressões digitais - escritores potiguares contemporâneos. Será dia 5 de novembro,nas dependências da Academia Norte-riograndense de Letras,a partir das 18h. PRAZER EM AJUDAR Deste lado, Thiago pode contar conosco. Tive prazer em participar deste trabalho,mesmo não me considerando um contista, ou poeta ou qualquer outra coisa que o valha, pois de rótulos bastam os produtos de supermercados. Foi bom responder aos seus questionamentos, inclusive apontando algumas coisas que muitos calam por conveniência de suas predileções. LITERATURA O RN tem uma literatura pulsante, mas ainda necessitada de olhar para si mesma com autocrítica. Nem todo poeta é excelente,como pregam,e nem todo contista sabe o que é uma personagem, como dizem.Daqui,as coisas me impedem de ir mais além, porque o espaço do jornal - esta fita métrica de notas - é pequeno. Infelizmente. FELICITAÇÕES... Daqui, envio as felicitações ao novo reitor da Uern, professor doutor Pedro Fernandes e ao seu vice, professor Aldo Gondim. Duas figuras. Conheço-os. Pessoas óti-

mas. Aldo, um homem de bem com a vida e com todos. Pedro, um cidadão preocupado com os rumos da Uern. Vejo boas perspectivas. Não seria diferente, pois tiveram ótimo antecessor, o professor Milton Marques. Caminho pronto. Passagem aberta. LIVROS DEFASADOS A Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte continua com livros muito defasados, segundo chega à coluna.Um leitor fala, outra vez, do caso. De acordo com ele, muitas obras simplesmente estão "caindo aos pedaços" e livros novos são poucos. Pouco investimento em literatura. Infelizmente, meu caro, muitos não estão preocupados com essa parte. As festividades são melhores. Um circo é mais interessante. Espero que a tendência não seja piorar. SÉTIMO LEITOR Pelo Centro, encontro o corretor de imóveis George Filgueira que me diz acompanhar, aos domingos, este espaço e ser leitor do caderno Expressão. Obrigado, George. E sucesso na carreira. J. D. SALINGER E o cinema trará a história do escritor J.D.Salinger para o público. Previsão de lançamento é este dia. Mas, por estes lados, não sei quando chegará. Espero que o cinema do shopping o exiba. No aguardo. Estarei na primeira fila. O VELHO BOCAGE Temo que a minha ausência e desventura Vão na tua alma, docemente acesa, Apoucando os excessos da firmeza, Rebatendo os assaltos da ternura. (Manuel Bocage em Receios de mudança no objeto amado, Antologia Poética, Editorial Verbo, Lisboa, 1977)


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Nos Jardins

MONALISA CARDOSO

O jornal GAZETA DO OESTE, através do projeto GAZETA CIDADÃ, realiza este ano mais uma edição da campanha de arrecadação de brinquedos a serem destinados às crianças assistidas pelo Lar da Criança Pobre. A jornalista Monalisa Cardoso, colaboradora da campanha, fala como estão as ações e sobre a expectativa das crianças. A iniciativa visa arrecadar mil brinquedos para assegurar mil sorrisos. Confira a entrevista:

GAZETA DO OESTE - Monalisa Cardoso, mais uma edição da campanha da arrecadação de brinquedos. E como está essa campanha? MONALISA CARDOSO Bem, é a nossa terceira edição, começamos em 2011 com a meta de alcançar mil sorrisos. Ultrapassamos esses 1000 sorrisos e chegamos a 1.400. No segundo ano, 2012, nós tivemos a meta maior que foi 1.500 sorrisos, e batemos essa meta também. Conseguimos os 1.500 sorrisos, brinquedos que se transformaram em sorrisos. E este ano nós estamos com a proposta de mil sorrisos. Os brinquedos serão doados para as crianças atendidas pelo Lar da Criança Pobre. GO - Nas outras edições,também foi para o Lar da Criança Pobre.Por que essa escolha Monalisa?

MC - A escolha pelo Lar da Criança Pobre foi um consenso entre os funcionários da Gazeta do Oeste, que buscaram a instituição que atendesse a mais crianças na cidade. E nós escolhemos o Lar da Criança Pobre por se tratar de uma instituição que atende a mais de mil crianças. Em 2012 agregamos mais duas instituições, que foi a Funcern e a Casa do Caminho.

ças numa faixa etária de seis a 16 anos. Sendo que a campanha engloba crianças de seis a 12 anos. Mas o Lar da Criança Pobre hoje ele tem quatro escolas em Mossoró. Quando a gente começou, na primeira campanha, eram sete escolas, em Mossoró, mais Baraúna e Apodi. Hoje são quatro escolas em Mossoró, uma em Apodi e uma em Baraúna.

GO - O Lar da Criança Pobre, composto por escolas, atende crianças até uma faixa etária e, também trabalha muito nessa área de assistência social. Como é o Lar da Criança Pobre? Ele recebe essas crianças oriundas de outras escolas ou têm matrícula, mantém convênio com a Prefeitura ou coisa assim? MC - O Lar da Criança Pobre funciona como escola, uma unidade filantrópica, e atende a crian-

GO - Da abnegada irmã Helen que é a diretora, uma pessoa que já é cidadã mossoroense inclusive? MC - Isso. Tudo sob os cuidados de irmã Helen. Ela que é diretora das quatro escolas. Cada uma tem a sua direção, mas irmã Helen ela, fecha o círculo e comanda todas as cinco. GO - E voltando para a campanha dos brinquedos. A campanha começou quando e vai terminar quando? Qual é o período? Ou vai ter uma elasticidade, no caso? MC - Este ano nós começamos um pouco mais tarde. Nós costumamos começar no começo de agosto, no início do mês. Só que este ano a gente iniciou em setembro, e por isso os mil brinquedos e não os 1.500 como no ano passado. Porque foi um tempo mais curto. Mas essa campanha, a proposta seria ir até quarta-feira, 4 de outubro. Sendo que até agora não conseguimos nos aproximar da meta. Por isso vamos prolongar até o dia 15, pois a proposta é que no próximo dia 16 fazermos a entrega desses brinquedos. GO - Monalisa,e para este ano, como é que está sendo feita a arrecadação? As pessoas que querem doar, como é o procedimento? MC - Quem quiser doar, pode vir deixar um ou mais brinquedos, tanto pra menina quanto pra menino, numa faixa etária de seis a 12 anos de idade, aqui na recepção do jornal GAZETA DO OESTE, das 7h às 19h. GO - São apenas brinquedos novos. Não é, Monalisa? MC - Sim, apenas brinquedos novos. A campanha visa brinque-

dos novos pra essas crianças. Porque anão adianta dar brinquedo usado. A gente chega com um brinquedo usado, e às vezes é um bonequinho que vem faltando uma perna, e aí é tão triste a criança abrir um papel de presente e chega lá é um bonequinho faltando a perna. Se pesquisar, tem brinquedo de R$ 3,00, de R$ 5,00. E brinquedo bom, que eu daria às minhas filhas, com certeza. GO - É brinquedinho de R$ 1,00, que tem nessas lojas ... MC - … tem. Tem muito brinquedo bom e com preço acessível. Tem muito brinquedo que custa menos de R$ 5,00. Mas isso não quer dizer que se a pessoa quiser dar um brinquedo um pouco mais caro,não possa. Desde que seja um brinquedo novo,pode ser de qualquer valor. GO - O importante é participar? MC - Isso, é participar. O importante é contribuir para mudar a vida das crianças carentes pelo menos com a surpresa do Dia da Criança. GO - E como é que está a arrecadação? Já tem quantos brinquedos? Está perto de atingir a meta? MC - Nós estamos com uma média de 600 brinquedos, sendo que nós temos com um número muito alto de brinquedos para meninos. E a demanda das escolas, ela é bem maior para meninas. Então você que não doou ainda, que quer doar o seu brinquedo, se quiser comprar um brinquedinho para menina, porque já temos um grande número de brinquedos para meninos, e como eu já falei, a demanda é maior de meninas nas escolas. GO - Nas campanhas anteriores algumas empresas chegavam com grande quantidade de brinquedos. Este ano já chegou alguma empresa com alguma quantidade de brinquedos? MC - Já sim. Já temos como parceiro a Nossa Clínica e a F. Souto, que já chegaram junto mesmo com muitos brinquedos, a Escola Estadual Aída Ramalho. Não pode-

mos deixar de citar os alunos do Aída Ramalho, que são quem alavancam mesmo, quem abraçam a campanha. Eles vêm e cada um traz três brinquedos. É uma campanha educativa que um dos professores faz na escola, e todos os anos. Eles são peças fundamentais na arrecadação dos brinquedos. GO - No dia da entrega desses brinquedos, normalmente a GAZETA faz uma festinha, uma brincadeira? Como é? MC - Será no dia 16, a partir das 8h, na Escola Santa Elizabeth. Que fica na Avenida Alberto Maranhão, no bairro Barrocas. Estamos preparando muita diversão para as crianças de lá. GO - As pessoas que doaram, podem participar? MC - Com certeza. Nós estamos programando uma manhã de atividades de lazer, recreativas, incluindo lanches, pipoca, algodão doce, e muitas brincadeiras para as crianças. E quem doou, se quiser participar, é muito bem-vindo. Quem não doou brinquedo, mas souber desenvolver brincadeiras, jogos que animem as crianças no dia da festinha, também podem entrar em contato conosco aqui na GAZETA. GO - E as crianças? Quais as expectativas delas quando vão receber? Porque normalmente, são crianças carentes e não são acostumados a receber brinquedos nesse período. Qual a expectativa delas? Como é que elas ficam? MC - A melhor possível. As crianças ficam esperando esses brinquedos. A gente vai com antecedência às escolas, para explicar o dia que vamos deixar, a hora; explicar um pouquinho da programação. Porque também a gente deixa umas coisas de surpresa pra eles. E a expectativa é a melhor. E eles dizem: "Ah!. Eu quero um carrinho assim", a menina diz: "eu quero uma boneca assim!, E ficam, segundo a irmã Hellen, aguardando, esperando mesmo. E quando a gente chega lá com o sacolão de brinquedos, parece que vem um monte de Papai Noel, a alegria é imensa. Seja lá o que for que eles recebam, é como se fosse o melhor presente do mundo. São crianças carentes que muitas vezes o pai ou a mãe não tem condições e dar um presente no Dia das Crianças. E então quando a gente chega com aquele produto em balado, é uma felicidade, demais. É tanto que os próprios funcionários do jornal GAZETA DO OESTE fazem questão de abraçar essa campanha, por eles irem lá entregar e ver os sorrisos das crianças. Ver que a ideia é realmente trocar brinquedos por sorrisos. GO - Monalisa, há três anos com essa arrecadação de brinquedos. E a gente nota que a efervescência no jornal,dos funcionários. Qual é a participação dos funcionários? Como é que você está coordenando essa campanha? MC - A participação dos funcionários da GAZETA é cem por cento. Uns ficam na atividade de ir nas empresas, procurar parceiros, pedir mesmo. Bater na porta e dizer, "você pode doar um brinquedo? Você pode doar dois, três, quatro? Pode doar uma quantia pra comprar brinquedos?". Outros chegam e encontram a redação cheia de brinquedos e já chega e embala um, embala dois, embala dez. Depende do tempo que


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

s da Gazeta ele tenha. Outros já pedem aos amigos, pedem aos vizinhos, e se preocupam, "quantos brinquedos já tem? Vamos buscar mais!". Colocam nas redes sociais pedindo que as pessoas ajudem. A participação dos funcionários da GAZETA é muito boa. E tem também a participação da administração do jornal GAZETA DO OESTE, que dá toda a logística, desde a embalagem, do papel de presente, até a viabilização da campanha como um todo. Com uma grande parceria da Personal Marketing, para viabilização dessa campanha. Porque a Personal Marketing é quem idealiza a campanha publicitária. E a ideia do Gazeta Cidadã do Dia das Crianças, surgiu de Jane, uma funcionária da Personal Marketing ...

to que chega até as comunidades, para receber o que as pessoas têm para nos falar sobre o seu bairro, sobre sua cidade e sobre tudo que eles estão vendo ali naquele cenário do dia a dia. E para realizar atividades solidárias como essa.

GO - E é como se fosse a participação do jornal, dentro da responsabilidade social, no caso. O jornal, além dele noticiar, além dele informar, dele ter opinião, também tem que ter esse gancho, agregar essa valor da responsabilidade social, que também nós somos responsáveis por isso. E o projeto Gazeta Cidadã foi criado exatamente com essa condição. Mas é isso. E você que trabalha muito também na área de assistência social, como você vê hoje as polítiGO - ... Jane cas públicas em Diógenes? relação à crianMC - Jane ça e ao adolesDiógenes. Ela cente em Mosidealizou a camsoró? panha voltada MC - Eu O Gazeta Cidadã para o Dia das acredito que as Crianças. É a políticas públié um projeto que chega cas estejam sim, Gazeta acolheu, colocando de uma forma em prática as satisfatória. Eu até as comunidades, atividades de ciacredito que taldadania. vez falte uma para receber o que maior divulgaGO - Hoje, o ção do que é ofeprojeto Gazeta recido para as as pessoas têm para Cidadã é coorfamílias. Pordenado pelo que o que nós nos falar sobre o seu jornalista Mávemos hoje é rio Gerson. Voque, no sentido cê está com a municipal, cobairro, sobre sua cidade mo você está campanha de arrecadação de querendo coloe sobre tudo que eles b r i n q u e d o s. car, que é na Mas você já área que a gencoordenou o te vive mesmo, estão vendo ali naquele projeto Gazeta no dia a dia aqui Cidadã. É grada cidade de cenário do dia a dia. tificante, MoMossoró, eu nalisa, esse traacredito que a balho? parte social do MC - É muimunicípio, ela to gratificante. tenha oferecido É o papel do jorpara as crianças. nalista chegar A gente vê a até a comunidaquestão das de. Não só de denunciar o que es- Unidades de Convivência da Fatá acontecendo, de elogiar o que mília, que tem cada vez mais autem de bom naquilo, mas também mentado o número de crianças asde estar próximo, de estar perto. sistidas com programas sociais, O Gazeta Cidadã ele é um proje- com coisas que realmente têm ti-

rado a criança do mundo das drogas, a crianças da situação de trabalho infantil e tem trazido para um cenário de realidade infantil. De brincadeiras, de estudos e de coisas que realmente sejam voltadas para a criança.

quiser doar, mas não quiser se identificar, não tem problema também. Não é? MC - De forma alguma. Tem muita gente que traz o brinquedo, mas que não quer se identificar. Não tem problema.

GO - Monalisa, voltando à questão da arrecadação dos brinquedos. Você disse que ainda falta uma boa quantidade. E pra reforçar essa doação, como é que está sendo a estratégia de doar? O que fazer para conseguir esse número o mais rápido possível? MC - Pois é. A gente tem feito uma programação de visitação aos empresários à cidade, que são as pessoas que realmente podem nos ajudar. Todas as pessoas podem doar um presente, dois brinquedos ou três. Só que nós reconhecemos que os empresários, eles podem doar um número maior. A gente pede que as pessoas doem, as crianças, os pais de família, mas estamos também com a força-tarefa para sair no empresariado local, e chamar para participar com a gente, chamar para fazer parcerias com a gente e somar, no sentido de chegar ao nosso objetivo que são os mil brinquedos, para serem transformados nos mil sorrisos.

GO - Porque normalmente tem gente que quer fazer a boa ação, mas não quer aparecer. Têm outras pessoas que até, digamos, têm uma empresa, podem fazer o marketing da própria empresa. A gente fotografa a entrega, faz uma matéria. Num é isso? MC - Isso. Todas as empresas que doam uma certa quantidade de brinquedos,nós fazemos a matéria, o texto, informando quantos brinquedos foram doados e colocamos num bom espaço no jornal. Como uma forma até, de agradecer, não só de fazer só o marketing, a propaganda daquela determinada empresa mas uma forma de agradecer e mostrar à sociedade que as pessoas estão realmente ajudando.

GO - Quer dizer que não precisa a pessoa ir lá, comprar os brinquedos e doar. Também pode dar uma certa quantia que a equipe se encarrega de comprar esses brinquedos? MC - Pode sim. Têm algumas pessoas dizem assim: "olha, eu não sei comprar. Eu não sei como é que vocês preferem. Não sei onde é que tem preço bom". E pra comprar isso, tudo a gente já sabe...

GO - Você vem desde a primeira edição desta campanha de arrecadação de brinquedos. Tem crescido a participação? Como é que tem sido envolvimento desde o primeiro? Como foi o primeiro e o segundo? MC - Tem crescido sim.Tem cres-

GO - ... já tem o macete ... MC - ... isso. A gente recebe a quantia, e depois, quando a gente compra, manda a notinha fiscal para a pessoa que entregou o dinheiro. Para que ela saiba o que foi comprado e o que foi feito com o dinheiro que ela doou.

GO - Se a pessoa, digamos,

cido a participação dos empresários. Na primeira, ela foi mais acanhada. Mas no ano passado já foi muito boa a participação e, neste ano os empresários procuram. A gente vai atrás, mas também têm aqueles que vêm e diz: "olha, como é a campanha?", liga e diz: "como é?. Eu tenho que doar quantos brinquedos? Tem valor os brinquedos que a gente vai dar? Tem valor financeiro estipulado?" E a gente diz que não. É a quantidade que quiser,no valor que eles puderem doar. E eles chegam junto e doam mesmo.

FOTOS: ALCIVAN COSTA

Tem crescido a participação dos empresários. Na primeira, ela foi mais acanhada. Mas no ano passado já foi muito boa a participação e, neste ano os empresários procuraram Entrevista concedida aos jornalistas Gilberto de Sousa e Luís Juetê


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Expressão FNAC lança concurso de contos Os dez melhores contos serão publicados em um livro; Para participar, é preciso ter mais de 16 anos

Ney Lopes REPRODUÇÃO

FNAC está procurando novos talentos em literatura. O Prêmio FNAC Novos Talentos da Literatura selecionará dez contos para fazer parte de um livro a ser lançado em abril de 2014, pela Editora Novo Século. De acordo com Mariana Manita, gerente de Comunicação & Marketing da FNAC Brasil, "a FNAC tem tradição em apoiar novos talentos no Brasil e na Europa. Já criamos concursos na área de fotografia, de música e de quadrinhos, todos com resultados brilhantes. A leitura é um dos alicerces da marca FNAC e, por isso, queremos prestigiar com este novo concurso os novos talentos da literatura". Para participar, é preciso ter mais de 16 anos, residir no Brasil e ser um escritor inédito, ou seja, nunca ter tido um conto publicado. Cada candidato poderá concorrer somente com a apresentação de um conto de tema livre, com as seguintes especificações: fonte: Times New Roman, tamanho de fonte (corpo): 12, espaçamento entrelinhas:1,5,alinhamento:justificado, recuo de parágrafo: padrão Word de primeira linha (1,75cm),tamanho do papel: A4, margens: pa-

A

drão Normal do Word (superior de 2,5cm; inferior de 2,5cm; esquerda de 3,0cm; direita de 3,0cm), formato do arquivo: PDF e número máximo de caracteres: 15.000, com espaços. Os candidatos devem preencher um formulário de inscrição no Blog FNAC (www.blog.fnac.com.br). O formulário e o conto devem ser enviados para o email fnacnovostalentos@fnac.com.br, em formato pdf..As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de outubro. Os vencedores serão divulgados no dia 04 de dezembro,depois dos 30 finalistas serem analisados pela comissão julgadora formada por André Vianco (escritor),Pedro Paulo Senna Madureira (editor) e Luiz Vasconcelos (Presidente do grupo Novo Século). Os quesitos de avaliação são Trama,Estilo e Originalidade. CONHEÇA A FNAC A FNAC é a maior varejista mundial de produtos de cultura e informação.O mix de produtos da FNAC é único no mundo: livros, CDs, DVDs,equipamentos de áudio,vídeo,telefonia,fotografia, informática e serviços. Fundada há 59 anos na França e presente há 14 anos no Brasil, cada FNAC é um lugar onde todas as culturas são

Não sou poeta. De seus braços, abraços apertados de afago Que surrupio versos. Não sou poeta, querida. És tu, criatura e criador. Desalento e acalanto. És tu, a poetisa por detrás deste marginal. Matias Oliveira Poeta

POR QUANTO TEMPO TE AMAREI

nl@neylopes.com.br

Manda quem pode e ...

Prêmio será destinado a novos autores

compartilhadas e todas as paixões são estimuladas e enriquecidas. Estar numa FNAC é uma empolgante experiência que aguça a curiosidade, dada a imensa possibilidade de escolhas, o aconselhamento personalizado, de espírito engajado e inovador, cujas opiniões e pontos de vista ajudam o consumidor na sua decisão de compra. Em todas as lojas, há espaços dedicados a exposições fotográficas e eventos culturais gratuitos. Atualmente, são 11 lojas no Brasil,três em São Paulo (Fnac Paulista, Fnac Pinheiros e Fnac Morumbi, no MorumbiShopping), uma em Campinas

(Shopping Parque Dom Pedro), uma em Ribeirão Preto (RibeirãoShopping), uma no Rio de Janeiro (Barra Shopping), uma em Curitiba (Park Shopping Barigui), uma em Belo Horizonte (BH Shopping), uma em Brasília (Park Shopping), uma em Goiânia (Flamboyant Shopping) e outra em Porto Alegre (BarraShoppingSul), além do site www.fnac.com.br.Até o momento, a rede FNAC, tem 170 grandes lojas na França, Suíça, Espanha, Portugal, Bélgica e Brasil,empregando cerca de 17 mil funcionários. Em 2012, o faturamento da rede foi de € 4,06 bilhões.

Novos Poetas GATUNO

Opinião

TEU CORPO É VERSO Ele sorria enquanto me dedilhava; Enquanto me sugava e Eriçava-me com seus pelos. Ele sorria enquanto eu me despia e Desfazia-me em verso... Ele ficou em minha roupa, Em meu cabelo, Em minha pele... Como um poema que, por força, Fica na memória, enquanto não for escrito. Ele ficou-me. Sabe lá Deus quando vai deixar-me. Rayane Medeiros Poetisa

DESEJO FÍSICO DA ALMA

Por quanto tempo te amarei? Não sei, O tempo não me fala a verdade, Não me mostra os fatos, Não me fala ao coração. Por quanto tempo te amarei? Não sei, Vivo buscando sonhos, Recriando versos, Em noites frias de verão. Por quanto tempo te amarei? Não sei, O barco segue rumo ao sul, O peregrino rumo ao norte, E nossos caminhos nada seguem, Nesses passos, Tantos espaços, Rasos, Lados, Vácuos.

Desejo do corpo. Necessidade da alma. Tortura consentida... Uma coisa boa que me fez mal, Algo ruim que no fundo me fez muito bem, me fez viva, me fez livre... O bem e o mal, O certo e o errado, O sim e o não, O doce e o amargo, O remédio e o veneno... A fatalidade da dose errada. Faltaram doses de você, Sobraram doses de bebidas. Existe saudade, mas não há tristeza... O amor é sublime demais para ser substituído por sofrimento!

Suziany Santos Poetisa

Simone Genuíno Poetisa

Melancólica a realida- bandeiras, nada valem. de político-eleitoral brasiEnquanto isto contileira. Vem eleição e sai nua a "farra" partidária,ineleição, nada é aprovado felizmente com a justiça para mudar esse quadro eleitoral liberando novas caótico. siglas. Dir-se-á que é a perA sociedade se aco- missão da lei vigente. moda. Todavia, os tribunais Os chamados "compe- quando lhes interessa tentes" (????) deitam e ro- dão interpretações à lei, lam, com manobras para priorizando, por exemjuntar azeite com água. plo, o interesse público Ninguém sabe mais o que e a lisura eleitoral. Por é governo, nem oposição. que não fazem isso para O negócio rentável em "brecar" novos partidos todos os sentidos passou e "cancelar o registro" a ser "juntar", direta ou in- dos picaretas de algumas diretamente, partidos an- siglas atuais? tagônicos em coligação e Na Alemanha, os parassegurar a eleição dos tidos, para existirem, pre"mesmos". "Vale tudo" cisam ter três por cento do para permanecer o quadro total do colegiado. Como atual e garantir as reelei- lá são 640 deputados, preções dos detentores de cisam de 19 deputados.O mandatos. Partido DEM Verde fic o m cou 14 PMDB e anos eleindiretagendo dois Inventaram essa m e n t e ou três decom o PT; putados e história de coligar P S D B por tal mocom PSB e tivo não a s s i m existia. na proporcional e vai…. EsN o ses acorBrasil não coligar na dos são feiqualquer tos com reum pode gistro na ser "dono" majoritária. justiça eleide partido toral, ou p o l í t i c o. Encontraram a por debaiUm verdaxo do padeiro bem forma de ludibriar no, sabop r i v a d o, tando candeclarado didaturas no IR.O o eleitor desavisado. que cololucro fiquem em nanceiro é Ideologia, risco a vireceber ditória dos nheiro pú"escolhib l i c o princípios, dos previaanualmente". mente e bandeiras, Em almais o guns estaacesso à dos, quantelevisão nada valem do a cam"gratuita". panha coNa eleimeça já se ção, "alusaberá quem ganha para gam" o tempo e em troca governador, senador e de- cargos nos governos. Toputado. Até as "zebras" do mundo sabe disso. são sufocadas, com anteNão se observa absolucedência. Os pré-can- tamente nada para mudar didatos que se oponham a esse quadro caótico. No essa imoralidade não te- prazo fatal terminado onrão legenda. Os seus pró- tem, 5, o Congresso Naprios partidos vetam, pe- cional sepultou definitivalo acordo consumado. mente qualquer esperanO eleitor não tem op- ça de mudança eleitoral e ção para discordar e votar política para 2014. contra o acordão. O "chaFazer o que? pão" oficializado,ou clanCom certeza, a essa destino, é montado como altura as garrafas de um rolo compressor, que champanhe já espocaretira horizontes de mui- ram em Brasília e os artos idealistas de boa fé. quitetos deste caos antiInventaram essa histó- nacional já bradaram aos ria de coligar na propor- quatro ventos: "manda cional e não coligar na quem pode e obedece majoritária. Encontra- quem tem juízo"! ram a forma de ludibriar Só resta a nós pobres o eleitor desavisado. mortais exclamar: "ChoIdeologia, princípios, ro por ti Brasil!"


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Expressão Cinema Iuska Freire iuskafreire@gmail.com twitter: @Iuska

Salvo MARCELO HESSEL Crítica de cinema Do omelete.com.br

rande prêmio da Semana da Crítica no Festival de Cannes, o filme italiano Salvo, estreia em longas dos diretores Fabio Grassadonia e Antonio Piazza, faz uma interessante variação dentro do subgênero dos matadores sensíveis - aque-

G

les assassinos profissionais que, por terem os sentidos mais aguçados, respondem dramaticamente aos estímulos do mundo. Salvo (Saleh Bakri) é motorista e guarda-costas de um chefe da Máfia em Palermo. O filme abre com uma emboscada, que Salvo percebe no retrovisor do carro. Os olhos do ator palestino são iluminados de forma quase barroca - imagem que foi parar no pôster do filme e já anuncia a disposição dos diretores para tratar Salvo como uma criatura não só hipersensí-

vel, mas também glamourizada. Seus olhos têm a tristeza dos anti-heróis condenados. Terminada a emboscada, Salvo consegue extrair de um bandido a identidade do mandante. A cena seguinte é um plano-sequência de dez minutos em que o protagonista invade a casa do mandante e encontra lá uma garota cega, Rita (Sara Serraiocco), cuja vi-

da Salvo poupa, misteriosamente. A relação entre Salvo e Rita - cada um deles, hipersensível a seu modo - se torna então o objeto do filme. Ambientar um filme policial desse tipo no meio da Sicília é, desde o começo, o principal atrativo de Salvo. A luz extrema do Mediterrâneo já estimula os sentidos por si só, mas nas ruas de Palermo há muito mais: barulhos de cães, de motores, de cozinhas, de tiros. Aos poucos percebemos que o que cega Rita é justamente a forma como

Premiado filme de máfia italiano cria conto de fadas sensorial ela é exposta a esses elementos - uma exposição que o matador profissional já aprendeu a dominar. Grassadonia e Piazza filmam essa história do único jeito possível: como uma experiência à flor da pele, jogando bastante com o extracampo (não só os sons da cidade, mas também a ação frequentemente fica fora do quadro). O resultado mais impressiona do que necessariamente cativa, porém. Passado o impacto inicial - o planosequência na casa do mandante, que vai do breu à luz total, é um milagre de iluminação de cena - a mão pesada torna um pouco esquemático esse exercício de estilo (como no clímax, em que o extracampo, os barulhos e a poeira na usina já soam exagerados). No plano final, além do barulho do mar que mal conseguimos ver, chegam sons de crianças brincando. Isso não deixa de ser curioso, porque as escutamos, mas mal vemos crianças no longa inteiro. É nesse ponto que Salvo se mostra diferente de Gomorra, por

Destaque

exemplo, que expunha crianças a seu registro determinista da Máfia de Palermo. A intenção de Salvo é outra: partir da realidade e saturá-la, criar um con-

to de fadas com donzelas e cavaleiros, fabular enfim uma realidade para si. Em Salvo não aparecem crianças porque as crianças, naquilo que têm de inocência ou de crueldade, estão representadas pelos adultos. E o que é descobrir o mundo pelo tato, pela visão e pela audição como se fosse pela primeira vez, senão uma coisa da infância.

primeiro filme que assisti no cinema, ainda no Cine Cid, foi o clássico "Os saltimbancos trapalhões", uma verdadeira obra de arte. Com uma iniciação tão marcante é natural que eu fosse fisgada por essa arte tão mágica e encantadora como o cinema. Os filmes dos Trapalhões tinham uma inocência e um tom chapliano marcantes. Esse, em especial, tinha uma trilha maravilhosa de Chico Buarque, como esquecer Lucinha Lins cantando "A história de uma gata"? Outro filme que marcou minha infância foi "Os Goonies", dirigido por Steven Spielberg. Diversão e aventura garantidas, o filme tem personagens inesquecíveis como "Bocão", "Gordo" e "Slot", sem falar a música de Cindy Lauper. Já imaginei como seria um remake desse clássico dos anos 1980,como ocorreu com "A fantástica fábrica de chocolates". Essas lembranças me ocorreram devido à proximidade do Dia das Crianças. Na próxima semana farei uma coluna especial e trarei uma seleção de filmes infantis.

O

ANTÔNIO CAPISTRANO Sempre muito atencioso, o amigo Antônio Capistrano garimpou alguns tesouros na capital e os trouxe para mim: "Hitchcock", "Nouvelle Vague", "O som ao redor", "Fellini" e "John Ford". Uma riqueza! Muitíssimo obrigada, meu querido. BRUNO NO CINEMA O amigo Bruno Viana, que atualmente mora no Rio de Janeiro, está compartilhando, através de um blog, suas impressões do Festival de Cinema do Rio. Queria muito estar lá, mas, como não posso, vou lendo as postagens de Bruno. O endereço do blog é: http://eunocine.blogspot.com.br/. FESTIVAL DO RIO Por falar no Festival do Rio,uma manifestação na quinta-feira (2) causou o cancelamento de sessões no Cine Odeon.Apesar do incidente, a vasta programação segue até o dia 10 de outubro.

Marcelo Hessel Crítico de cinema Do Omelete.com.br

UM EPISÓDIO NA VIDA DE UM CATADOR DE FERRO-VELHO É sempre estranho quando um ator não profissional sai premiado de festivais por interpretar, basicamente, a si mesmo. Foi assim em Berlim 2013, quando Nazif Mujic ganhou um Urso de Prata pela vida desgraçada que leva em Um Episódio na Vida de um Catador de Ferro-Velho, do diretor Danis Tanovic. O filme bósnio se enquadra na linhagem dos docudramas que ignoram velhas separações entre ficção e realidade.Nazif mora com mulher e duas filhas numa aldeia de ciganos no interior, e seu sustento vem, como diz o título, de desmanchar carros e catar sucata para revender. Quando a mulher sofre um aborto espontâneo e precisa de cauterização, porém, Nazif se vê atado, porque não tem seguro nem dinheiro para pagar a cirurgia. Embora a neve que cai insistentemente lembre situações de filmes iranianos como Tempo de Embebedar Cavalos (2000) - em que o homem é incapaz de lidar com a natureza determinista que o esmaga - Um Episódio na Vida de um Catador de Ferro-Velho é inequivocamente um filme sobre uma ex-república soviética. Tanovic despontou no cenário mundial falando de História em Terra de Ninguém (2001), e agora retorna ao holofote (Episódio... saiu de Berlim também com o Grande Prêmio do Júri) com um novo formato, mas tratando do mesmo assunto.

MULTICINE A programação do Multicine está uma beleza. Para a criançada as opções são: "Tá chovendo hambúrguer 2" e "Aviões". Nesta semana estrearam duas produções nacionais: "O tempo e o vento" e a comédia "Mato sem cachorro". Continuam em cartaz: "Elysium" e "As bem armadas". TOY STORY Saudades da turma de Woody e Buzz? Um curta-metragem de terror do

Toy Story vai ao ar nos Estados Unidos no dia 16 de outubro. Assisti o clipe e já estou ansiosa pra ver o curta. TED 2 Essa eu li no Uol: A comédia "Ted 2", escrita, dirigida e estrelada por Seth MacFarlane, será lançada no dia 26 de junho de 2015. A continuação do primeiro filme do polêmico ursinho de pelúcia Ted terá mais uma vez Mark Wahlberg e Mila Kunis no elenco. GRAVIDADE Muito ansiosa para a estreia de "Gravidade", agendado para entrar em cartaz no Multicine no dia 11 de outubro. Com George Clooney e Sandra Bullock no elenco, esse filme de ficção científica vem arrebatando as plateias. Pelo trailer, o filme é de tirar o fôlego. Vejam a sinopse abaixo. SINOPSE DE GRAVIDADE A dra. Ryan Stone (Sandra Bullock) é uma brilhante engenheira em sua primeira missão espacial, com o astronauta veterano Matt Kowalsky (George Clooney). Mas, durante um passeio espacial, aparentemente rotineiro, ocorre um acidente. A nave é destruída, deixando Stone e Kowalsky completamente sozinhos, dependendo um do outro em um ambiente de total escuridão. O silêncio ensurdecedor confirma que eles perderam qualquer ligação com a Terra.

POESIA, DIÁLOGOS E IMAGENS "Nunca tinha me ocorrido que nossas vidas que estavam tão intimamente entrelaçadas, pudessem se desemaranhar tão rapidamente. Se eu soubesse, talvez tivesse me mantido junto a eles e não deixasse fatos ocultos nos separarem." (Não me abandone jamais, 2010).


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Sociais Now!

CEDIDA

“ ”

Não espere o incentivo de outros. O primeiro a acreditar no seu sonho tem que ser você.

Diego Pinheiro diegobradok@hotmail.com twitter e instagram: @diegolpinheiro www.colunistadiegopinheiro.blogspot.com

SOU JUSTO...

Eu fico olhando pra você, aqui com meu copo de vinho, e você fala que o mundo inteiro será nosso, diz sobre como é bom me abraçar. Relata da maneira mais verdadeira possível o quanto temos tudo em comum. Sinto seu carinho dos olhos ao coração, algo tão raro e promissor: mal dá para acreditar. É tanto, mas tanto carinho que as vezes paro para absorver tudo, para não deixar sobrar nada. Fico em silêncio e deixo tudo entrar, esse sentimento bonito. Muito obrigado, obrigado mesmo, por existir em minha vida e fazer parte dos melhores momentos dela. Eu não seria justo se não escrevesse sobre você, não seria justo se não pensasse sempre em você. Eu não seria justo se não agradecesse. Enfim, agradeça, amigo leitor, o empenho daqueles que te amam. CEDIDA

E MAIS...

Hoje, às 11h, haverá uma feijoada dançante bem bacana na Loja Maçônica Jerônimo Rosado, no bairro Alto São Manoel.Quem anima é o cantor Darlan Dias e o Forró Mais Eu. A promoção é da turma de Direito do oitavo período, da UnP. Vai ser muito bacana.

*A nutricionista Roberta Brito, que atende na clínica Seres em Mossoró, vai formar uma nova turma para o seu Detox Gourmet. O período do programa será de 14 a 18 de outubro.

VAQUEJADA

*A Fiern irá promover cursos gratuitos durante a Casa Mix, que ocorrerá dia 21 de outubro. Boa oportunidade!

De 10 a 13 de outubro será realizada mais uma edição da Vaquejada do Porcino Park Center e as atrações da sexta são Wesley Safadão e Garota Safada, Forró da Curtição e Gabriel Diniz;sábado é a vez de Solteirões do Forró, Farra de Rico e Silvanno Salles. Fechando, no domingo, Banda Encantu’s.Senhas à venda na Casa Porcino.

*Estive em Tibau abraçando meu amigo Lobato. Homem de bem, bom pai e esposo. Gente das melhores. *A nutricionista Kaline Melo Chaves e o advogado Rodolfo Barbosa trocam alianças no dia 12 de outubro, na Igreja São Vicente, em Mossoró. Logo após, recebem amigos no Garbos Recepções. Felicidades ao casal. *Um abraço a nossa colega de trabalho, aniversariante de amanhã, jornalista Jucilene Mendes.

FEIJOADA BACANA

Débora Menezes concorre ao título de ‘Garota Vaquejada’

ROCK GRANDE DO NORTE TERÁ CATEDRAL O Rock Grande do Norte, nosso maior evento musical do gênero, terá oito atrações, dentre as quais a banda Catedral, uma das mais importantes do pop rock brasileiro. O evento será realizado no sábado, 30 de novembro. A maioria das letras do “The End” desta coluna são compostas pelo vocalista/letrista da banda, Kim, no qual tenho profunda admiração. Quem quiser ouvir música boa, reserve o dia 30 de novembro. MASTER

INTERINO

Minha irmã, Fernanda Pinheiro, e seu marido, Edson Ribeiro. Ela comemora idade nova hoje. Um beijo grande de seu irmão

Prefeito interino, Francisco José Júnior tomou posse garantindo manter o sistema administrativo de Cláudia Regina. Os dois têm afinidade.

Edson Jr. comemorou o aniversário do amor, Suzy Freitas

NÍVER(ES)

MARILENE FAZ A FESTA Os convites para a grande noite de Marilene Paiva já estão circulando em Mossoró e região. A festa “Gente fina, elegante e sincera”, que terá a produção da Master Produções e Eventos, acontece no próximo dia 11, no Requinte Buffet. Marilene convocou um time de peso para animar a noite dos seus convidados, com o show “Elas cantam brega” as cantoras Renata Falcão, Nida Lira, Symara Tâmara e Dayane Nunes. CEDIDA

CEDIDA

*A Secretaria da Educação e a Subsecretaria da Gestão Ambiental realizam, nos dias 10 e 11 de outubro, a 3ª edição do Festival do Talento Infantil para o Meio Ambiente. A programação será desenvolvida no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, das 8h às 17h. *Sejam felizes!

HOJE Fernanda Pinheiro Roldão Nunes Clístenes Carlos Neilton Diego Carlos Click Pablo Moreno AMANHÃ Emanuela Rodrigues Francisco Simone Marília Cordeiro Jeska Albuquerque TERÇA-FEIRA Nadja Frederico Lucas Vitor Antônia Solange

Nathane com o aniversariante festejado, Fred do Rosário

THE END “Eu não tenho medo de dizer não/Eu não tenho medo do que sinto/Eu não tenho medo da solidão/Eu vivo a vida com os meus pés no chão/Eu não tenho medo da morte/Eu não acredito na sorte/Eu quero é ter Deus do meu lado/Sobre o que penso não vou ficar calado/Tenho asas e não tenho medo de voar/Tenho sede e a vontade eu tenho de beber/Do conhecimento do meu prazer de ter/O teu amor, o teu amor/Vem e mê dê a mão/Tudo faz parte de um sonho/Que já não sonhamos mais/Perto do coração/Quando o amor acontece/É difícil dizer: não!”, Kim. Bye! (DP).

QUARTA-FEIRA Daniely Morais Ozaneide Ferreira

É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante. A quinta-feira é toda dela. Antecipo os parabéns Amanda Feitosa

QUINTA-FEIRA Amanda Feitosa Crys Queiróz Fanny Guimarães Marcos Rosado Espedito Paulo Léo Oliver Wellington Filho Francisco Alexandre


INSIDE Maria Flor fala sobre a estreia da segunda temporada 12 de "Do Amor" Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

SÓ DE

MAL DA DE PALOMA DUARTE COMEMORA INTERPRETAR SUA PRIMEIRA VILÃ EM "PECADO MORTAL"

GRAÇA IMPREVISTA 9

NO AR EM "TAPAS & BEIJOS", FERNANDA DE FREITAS NUNCA PENSOU QUE PODERIA FAZER HUMOR


2 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Zapping

NOVO TRABALHO Elizabeth Jhin já trabalha em um novo projeto de novela para a faixa das 18 h na Globo. A autora entregou recentemente uma sinopse para a alta cúpula da emissora. O trabalho, que vem de alguns meses de dedicação, já tinha alguns pontos definidos no mês de julho. O folhetim será ambientado no fim do século XIX e nos dias atuais. O último trabalho de Elizabeth foi a novela "Amor Eterno Amor''. GENTE QUE CHEGA Aos poucos, a próxima novela de Felipe Miguez e Izabel de Oliveira vai ganhando forma na Globo. A direção da emissora já definiu alguns membros da equipe. A direção-geral ficará a cargo de Denise Saraceni, que encerrou os trabalhos de ''Saramandaia'' recentemente e irá reeditar a parceria de sucesso com os autores, já que ela foi a diretora de núcleo de ''Cheias de Charme''. Além disso, Marcelo Dias foi escalado para a caracterização dos personagens e Gogóia Sampaio para o figurino. NOVOS VOOS De folga da tevê desde a primeira temporada de "Rebelde", onde colaborou ao lado de Margareth Boury, Renê Belmonte tem projetos para emplacar na Record. Apesar de nenhum deles ter data de produção agendada, sabe-se que, caso aprovados, os mesmos devem ser feitos no esquema de coprodução. O autor tem experiência no cinema com os filmes, "Assalto ao Bando Central" e "Se Eu Fosse Você".

Editor do suplemento: Maxwell Ferreira - maxwell_ferreira@hotmail.com Fotos: Jorge Rodrigues Jorge, Luiza Dantas e Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias

DE OUTROS CARNAVAIS O bom desempenho em um trabalho pode gerar diversos frutos. Não foi à toa que após participar de "Ti-TiTi",Julio Oliveira foi chamado por Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari para integrar o elenco de ''Sangue Bom''. Após a dupla de autores assistir ao espetáculo teatral "Ecos",o intérprete do sensível Peixinho foi conversar com o produtor de elenco da novela. "De cara, ele me apresentou ao papel.A Maria Adelaide tinha pedido para me colocarem na novela", afirma o ator, que se considera bem pé no chão com o sucesso e a repercussão do personagem. "É um exercício diário de humildade. Tudo é muito tentador o tempo todo. Você é convidado para vários lugares", explica.

HORA DO TCHAU Contratado desde 2010 pela RedeTV!, Mário Frias rescindiu seu compromisso com a emissora, que venceria apenas em 2015. O apresentador estava sem função no canal desde julho, quando o programa "O Último Passageiro" foi retirado da grade. Mário conta com duas propostas para voltar à tevê. Uma para uma produção na tevê fechada e outra para retornar às novelas. TRABALHEIRA Depois de vencer a guerra de braço com o grupo Abril, a Viacom, nova dona da MTV, ficará com o acervo da MTV Brasil e terá de colocar no computador todo o conteúdo de 33 mil fitas betacam.Em 23 anos de história, a emissora musical produziu quase 25 mil videoclipes, centenas de shows e edições de programas. Apesar disso, de todo esse acervo, apenas 10% está digitalizado.

SÓ NO GOGÓ A onda dos ''reality shows'' musicais não cessou no Brasil. Após programas como "American Idol","The Voice" e "Got Talent" ganharem versões nacionais, agora um novo formato de show de calouros pode desembarcar no Brasil. A produtora Fremantle está negociando com a Record e mais uma rede aberta a produção de uma edição brasileira de "The X Factor". As cantoras Sandy, Wanessa e Joelma podem ser fortes candidatas ao posto de juradas da competição. DANÇA DAS CADEIRAS Em sua nova gestão, sob comando de Carlos Henrique Schroder, a Globo está focando em renovação e audiência. Por isso, deverá mexer em seu seleto time de autores, os medalhões que só escrevem para a faixa das 21h. A emissora estuda promover novos autores para o seu principal horário de novelas e puxar alguns autores das 21h para produzir tramas para as faixas das 18 h e 19 h. AMOR QUE NÃO SE MEDE O ritmo intenso das gravações de "Amor à Vida" não permite que Maria Casadevall se dedique à sua companhia de teatro "Os Satyros". Tratase de um grupo experimental de teatro, que tem como tradição montar diversas peças colaborativas, onde todo mundo ajuda todo mundo. Enquanto grava as sequências da trama de Walcyr Carrasco, a atriz evita se envolver com os ensaios e projetos para não atrapalhar o andamento da companhia. "Eu tenho um amor gigante pelo grupo. Sempre que vou para São Paulo, vou correndo ver como estão as coisas lá. Meu vínculo com eles é muito maior do que estar em um projeto do momento", valoriza.


Sobre a mídia

Aline Linhares

alineolinhares@hotmail.com Twitter: @alinelinhares Site: www.alinelinhares.com.br

REGISTROS Segundo informações do jornalista Lauro Jardim - Veja On Line - as principais rádios do País vão se unir em uma megacampanha publicitária para tentar recuperar a audiência que despenca ano após ano. O Grupo, batizado de +Rádio, fará uma série de ações conjuntas - entre elas, um show de 12 horas no ano que vem com transmissão coletiva de todas as estações. # O jornalista Andrey Ricardo retomou trabalhos no jornal De Fato. Agora ele faz parte da equipe de coordenação do portal www.defato.com. # O jornalista Carlos Pedro, diretor do programa Conexão da TCM (TV Cabo Mossoró), entrou de férias e a produtora Kena Adna assume a função até o dia 15 deste mês. # As edições do programa estadual Justiça & Trabalho são exibidas na TV Mossoró, nas quartas (21h30) e aos sábados (14h30). #Jorge Witt - RPC - está feliz da vida com o ingresso no curso de Comunicação Social na Uern. Daqui parabenizamos Witt. # Marilene Paiva - TV Mossoró/De Fato - na expectativa da sua festa 'Gente fina, elegante e sincera', dia 11, no Requinte Buffet. # Railson Carlos - 93 FM/TV Mossoró - vai virar colunista do jornal O Mossoroense. Vai falar sobre entretenimento a convite do editor-geral Cid Augusto. A coluna ainda não tem previsão de estreia. # Diassis Linhares - 93 FM - avisa que o programa Lance de Goal, que tem veiculação diária na emissora, continua das 6h às 7h; já o Musibol, programa dominical que completa 37 anos no ar, ganhou mais uma hora, veiculado das 7h às 10h.

TVGazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Celebrar!/Como se amanhã o mundo fosse acabar/Tanta coisa boa a vida tem pra te dar/O pensamento leve faz a gente mudar./Se acostume com a felicidade/Seja inteiro e não pela metade!". Compositores: Levi Lima e Manno Goes.x

SOBRE FOTO RODRIGUES Esta semana Ismael Sousa, blogueiro, perguntou em sua página no Facebook quem era o senhor que está sempre com uma câmera na mão registrando momentos importantes de Mossoró. O jornalista cinematográfico Marcelino Neto e a jornalista Lúcia Rocha 'apresentaram' o senhor em questão. Faço então o registro aqui. QUEM É FOTO RODRIGUES?

José Rodrigues da Costa ou simplesmente Foto Rodrigues ou ainda Rodrigues do Foto, tem um estúdio há mais de 40 anos, funcionando na Rua 30 de Setembro, ao lado do Banco do Brasil, no Centro; e na Rua José Rodrigues, no bairro Dom Jaime Câmara, no Alto de São Manoel. Assim como Manoelito, Galego do foto, finado Erasmo, Seu Nequim, Zé Rodrigues tem uma longa história sobre a fotografia e a imagem de Mossoró. No interior do RN provavelmente ninguém tem tamanho acervo fotográfico e de vídeo. Suas imagens analógicas, mais antigas, foram todas transferidas para DVS e as atuais são captadas em pequenas câmeras digitais. Ele tem um jornal mensal mais voltado para o turismo, onde ele publica as fotos que faz. José Rodrigues já fotografou a capa de um dos LPs do Trio Mossoró, nas salinas de Areia Branca. É amigo de infância de Carlos André. Dois episódios de Foto Rodrigues que são marcantes. Em 1992, a população de Areia Branca invadiu a delegacia e matou dois estupradores a pauladas e pedradas: Rodrigues registrou e o SBT estreou o Aqui e Agora com 48 minutos de imagens, sem cortes, de Zé Rodrigues. No final dos anos 80, ele gravou a morte de uma pessoa conhecida como Falcone, durante uma tentativa de assalto ao Banorte. A Rede Globo exibiu as imagens de Rodrigues, que filmou até o fogo que saiu da bala que matou Falcone. Filmagem de eventos sociais em Mossoró começou por volta de 1985/86 e Rodrigues é o único que permanece filmando. Na época só tinha Roger's Vídeo, Elias Júnior, Color Filmes e Zé Rodrigues. Ainda permanecem João Batista "Foto Flex" e Marcelino Neto.


4 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Raio-x

Mera consequência Cria do teatro e no ar em "Copa Hotel", Paulo Verlings não foi em busca de trabalhos na tevê LUANA BORGES TV PRESS

T

rabalhar na televisão parecia uma realidade distante para Paulo Verlings. No ar na pele de Bill, em "Copa Hotel", seriado do GNT,o ator acreditava não ter o perfil necessário para o veículo. Por isso mesmo, nunca investiu, de fato, na área. E, muito menos, preparou material de divulgação - com fotos e vídeos - para deixar nas emissoras em busca de opor-

tunidades para participar de testes. Foi ao teatro que ele sempre se dedicou com afinco, seja atuando ou produzindo. "Eu costumo dizer que a vida fica um pouco mais fácil quando você entende qual é o seu objetivo. E o meu sempre foi ser ator",afirma Paulo,que há 10 anos faz parte da companhia Teatro Independente, que formou com colegas da Escola de Teatro Martins Pena.Foram,justamente,os palcos que acabaram rendendo convites para trabalhos na te-

vê, como em "Força-Tarefa", "Suburbia" e a atual produção do GNT. "Agradeço muito por poder fazer teatro pelo Brasil afora. Já pisei nos 27 estados. E a televisão surgiu porque as pessoas começaram a conhecer meu trabalho no teatro", frisa. Na segunda temporada de "Copa Hotel", Paulo precisou encontrar um outro tom para seu personagem. Afinal, as equipes que assinam roteiro, direção de arte e direção-geral mudaram, além de novos

personagens terem entrado na história. Consequentemente, a trama de Bill sofreu algumas modificações. Agora, o personagem está casado e precisa lidar com uma série de situações em seu dia a dia. "Na primeira temporada,o Bill servia quase como um alívio cômico. Nessa, ele passa a ter um pouco mais de conflito próprio e está um pouco menos 'fanfarrão'", analisa.

Paulo Sandro Nome: Paulo Sandro Verlings da Silva. Nascimento: Em 24 de setembro de 1985, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. O primeiro trabalho na tevê: "Força-Tarefa", da Globo. Interpretação memorável: "Fernanda Montenegro em 'Central do Brasil'". Atuação inesquecível: Como o Lila de "Suburbia", série exibida pela Globo em 2012. Momento marcante na carreira: "A minha entrada na Escola de Teatro Martins Pena". A que gosta de assistir na tevê: "Sou bem eclético. Gosto de ação, suspense, comédia romântica...". A que nunca assiste: "Não tenho isso porque acho que faz parte da profissão. Acho que a gente tem de ver tudo porque tudo se torna uma referência". O que falta na tevê: "Programas com mais identidade, com uma aposta maior na questão da linguagem". O que sobra na tevê: "Programas que ligam nada a lugar nenhum". Ator: Tony Ramos. Atriz: Fernanda Montenegro Se não fosse ator, o que seria: "Infeliz". Vilão: Odete Roitman, vivida por Beatriz Segall em "Vale Tudo", exibida pela Globo em 1988. Personagem mais difícil de compor da sua carreira: "No espetáculo 'Rebu'. O Matias foi um dos personagens mais difíceis de encontrar, foi bem complexo". Com quem gostaria de fazer par romântico: "Tem atrizes muito boas. A Nathalia Dill e a Marjorie Estiano são atrizes ótimas e acho que seria uma troca boa". Par romântico inesquecível: "Mateus Solano e Alinne Moraes em 'Viver a Vida'". Filme: "O Fabulso Destino de Amélie Poulain", de Jean-Pierre Jeunet. Livro de cabeceira: "O Matador", de Patrícia Melo. Mania: "De tomar café na cozinha". Autor: Jô Bilac. Diretor favorito: Luiz Fernando Carvalho. Medo: "A gente tem tantos... Na Martins Pena, a gente brincava que tinha medo de dormir e acordar cego. É um medo mais concreto". Projeto: "Estou viajando com o espetáculo 'Maravilhoso' e estou em cartaz de sexta a domingo, até 25 de novembro, com a peça 'Conselho de Classe', com a Companhia dos Atores".


TVGazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Bastidores

VIDA DEPOIS DELA COM ARES DE SUSPENSE, HÁ 35 ANOS IA AO AR O PRIMEIRO CAPÍTULO DE "A SUCESSORA", DA GLOBO

GERALDO BESSA TV PRESS

A

grande máxima do universo da teledramaturgia é que, depois de uma novela, sempre haverá outra. No entanto, algumas conseguem a proeza de marcar o inconsciente coletivo. Seja pelo valor artístico, o primor de seu elenco ou a força e repercussão de sua história.Dirigida pelo falecido Herval Rossano e exibida há 35 anos,"A Sucessora" reuniu em sua espinha dorsal todos esses elementos e foi um grande sucesso do horário das seis. Além de ser lembrada até hoje,a adaptação de Manoel Carlos para o livro homônimo de Carolina Nabuco é tida como uma das pioneiras na abordagem do suspense em telenovelas. "A sofisticação do texto original fez com que o folhetim tivesse também esse clima diferente. Trabalhei o típico romance do horário, mas pude ir além ao desenvolver uma trama recheada de suspense. O sucesso foi tanto que, de vez em quando,a Globo me pede para fazer um 'remake'", admite Manoel Carlos. O tom de mistério de "A Sucessora" já começa com a história por trás dos bastidores da criação do livro, publicado no Brasil em 1934.Almejando repercussão e publicação internacional, a escritora enviou uma cópia do texto para um agente literário dos Estados Unidos, com indicações para que o livro também fosse publicado por alguma editora da Inglaterra. Sem resposta, Carolina Nabuco só voltou a fa-

lar com o agente depois de ler e perceber semelhanças de sua criação com "Rebecca", livro publicado pela inglesa Daphne du Maurier, em 1937 - e adaptado por Alfred Hitchcock para o cinema três anos depois. Mesmo sem qualquer resposta do editor, a escritora brasileira não chegou a processar ele e Daphne por plágio. "Carolina estava com quase 90 anos na época que a novela foi adaptada para a tevê. Ela foi fundamental para a ambientação histórica da produção, que se passa nos anos 1920.Me deu dicas preciosas sobre os personagens principais e o Brasil da Belle Époque", conta a historiadora e produtora de arte Ana Maria Magalhães. Indo a fundo nas obsessões humanas,"A Sucessora" retrata os dramas e frustrações da inocente e interiorana Marina, de Susana Vieira. Recémcasada com o viúvo rico Roberto, de Rubens de Falco, ela tem de lidar com a memória ainda viva e espalhada por toda a mansão da falecida esposa de seu marido. Vista como uma intrusa pela maioria das

pessoas que cercam o casal, a protagonista sofre mesmo é nas mãos da governanta da casa, a maléfica Juliana, de Nathalia Timberg. "Marina é uma das minhas personagens preferidas e fez meu nome ser reconhecido dentro e fora do Brasil. A novela foi vendida para muitos países e me fez viajar por vários lugares. Foi um trabalho épico e muito bem feito",valoriza Susana Vieira,sobre a comercialização da novela para mais de 50 países.Entre eles, Holanda, Itália, Suíça, Peru e a extinta União Soviética. Fiel à memória de sua antiga patroa e apaixonada por Roberto, a personagem de Timberg abusou de humilhações e armadilhas para separar o casal principal e foi uma das grandes vilãs da carreira da atriz."Eram cenas muito tensas, um papel pesado de se carregar. E o que ficou para mim foi o prazer de ter participado desse projeto", relembra a intérprete. Entre os personagens paralelos, Arlete Salles chamou atenção na pele da moderna

Germana, que, declaradamente, sustentava seu namorado anos mais jovem, Vasco, papel de Kadu Moliterno. "Se ainda hoje existe o preconceito entre casais da ficção um pouco mais diferentes, imagina naquela época? A Germana influenciou o resto da minha trajetória de maneira muito intensa", destaca Arlete. Outro que lembra com carinho da produção é Paulo Figueiredo, intérprete de Miguel, o primo eternamente apaixonado por Marina. "Foi meu primeiro trabalho na Globo. Saí de São Paulo rumo ao Rio de Janeiro apenas para fazer a novela e fiquei 30 anos na cidade.Sinto falta desse tipo de teledramaturgia, onde todos os ingredientes da trama estão a favor da qualidade do trabalho. Hoje, é tudo muito veloz", analisa Paulo.


6 TVGazeta do Oeste

Entrevista

Só de MALDADE Paloma Duarte comemora interpretar sua primeira vilã em "Pecado Mortal"

P

aloma Duarte cansou de interpretar mocinhas. Sejam elas as mais densas ou as que pecam pela fragilidade. Com "status" de atriz de primeiro escalão na Record, ela garante que encarnar a antagonista Dorotéia em "Pecado Mortal" foi uma escolha. "Já tinha feito muitos personagens dúbios. De dúbia, ela não tem nada. Ela é má mesmo", conta, aos risos. Na estreia do autor Carlos Lombardi na emissora,a novela usa o Rio de Janeiro dos anos 1970 como pano de fundo para contar o universo do jogo do bicho e a disputa das famílias envolvidas com a contravenção. Nesse contexto, a personagem funciona como o cérebro da família Ashcar, que rivaliza com o clã de Michelle, interpretado por Luiz Guilher-

me. "Ela quer tomar o Morro do Pinguim, controlado pelo rival. E não vai sossegar enquanto não conseguir", revela. Influenciada pelas fortes raízes artísticas na família, Paloma - que é filha de Débora Duarte e neta de Lima Duarte - começou a carreira de atriz muito cedo, aos 14 anos, no seriado "O Grande Pai", exibido pelo SBT. Dois anos mais tarde, estreou na Globo em "Renascer", fazendo seu primeiro papel de destaque. Depois de onze anos na emissora, atuando em importantes novelas como "Terra Nostra" e "Mulheres Apaixonadas", a atriz decidiu mudar de ares. "Estava precisando de novos desafios. Fui para a Record com a missão de levantar uma emissora", valoriza.

P - Carlos Lombardi frisou muito que você escolheu interpretar a Dorotéia em "Pecado Mortal". Sentiu que estava na hora de dar vida a uma vilã? R - Me apaixonei na hora que li a sinopse. Na verdade, acredito que a Dorotéia que me escolheu. Ela foge completamente das coisas que já fiz e estou muito satisfeita com isso. Acho que a primeira coisa que o público percebe é se o ator está satisfeito com o personagem. E eu não poderia estar mais. É minha primeira vilã, uma coisa que eu nunca tinha feito. Já fiz as heroínas, que são pessoas mais dúbias. Além disso, é incrível fazer, finalmente, um personagem que não chora. (risos)

P - E você teve alguma inspiração para compor um tipo tão forte? R - Tem várias vilãs marcantes que eu amo. Mas tenho dificuldade com essa coisa de buscar inspiração. Às vezes, tenho tanta admiração pela atriz ou pelo personagem em si, que eu travo. O momento da construção, para mim, é muito solitário. P - E como se deu a construção da Dorotéia? R - Eu sempre começo em um processo de fora para dentro. Procuro cheiros, música, faço uma trilha sonora... São pequenos detalhes. Por exemplo, o perfume que uso para gravar é o Guilty, que significa culpa. E também tem umas coisas que eu faço mais baseadas na atuação. Sou muito marcada pelo meu sorriso. A Dorotéia não ri, apenas sorri. Eu guardo meus 570 dentes para sorrir nas cenas com o irmão dela, Danilo, interpretado pelo Gustavo Machado. Apenas com ele, ela é mais solta. Aliás, rola uma relação meio incestuosa. P - Como assim? R - Ela é quase uma ninfomaníaca. Se não for totalmente. Ela não se envolve com ninguém, só com os seus funcionários e empregados.Não diria que ela é uma sedutora, só é rica e pode mandar e desmandar. E é assim que lida com suas relações sexuais. Com o irmão é uma relação com tons de tramas de Nelson Rodrigues. P - Você acha que essa relação possa causar algum tipo de repercussão negativa com o público? R - Acho que não. Porque não é mútuo, é só da parte dela. A relação dela com o irmão brinca com o incesto. Acho que, por ser um tema muito pesado, não vai chegar a ter nenhuma relação física. P - A história de "Pecado Mortal" é contada a partir final dos anos 1970. Exatamente em 1977, ano em que você nasceu. Como é retratar uma épo-


Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

ca tão distante? Que referências tem do período? R - Quando se fala nessa época, é impossível não lembrar do cenário político. O Brasil passava por uma dura ditadura militar e esse é o pensamento de todo brasileiro quando se fala nessa década. Apesar disso, eu adoro fazer novelas de época. A gente está tão "high tech", tão moderno, que apresentar um produto onde você dá um passo atrás e revisita o passado, coloca o que está acontecendo em perspectiva. Em "Cidadão Brasileiro" (2006), que se passava nos anos 1950, era muito mais radical do que aqui. P - Recentemente, o canal pago Viva reprisou "Renascer" (1993), seu primeiro trabalho em novelas. Qual sua principal lembrança desse trabalho? R - O frio na barriga. Foi uma novela especialíssima. Marcou a estreia do Luiz Fernando Carvalho na direção e tinha todo um cuidado. Era um trabalho que permitia aos atores um tempo cênico. Naquela época, o silêncio era bem vindo na televisão. O espectador tinha tempo de pensar entre uma cena e outra. Agora, não. É tudo imediato, frenético, quase não tem pausa entre a fala de um ator e outro. Mas lembro com muito amor.Até por causa da minha mãe, do meu avô. Como era minha primeira novela, a equipe estava toda do meu lado, na torcida. P - Você critica o excesso de ação na dramaturgia, mas agora está no ar em uma novela do Lombardi. Como encara o ritmo de "Pecado Mortal"? R - Acho que tudo depende da linguagem. Eu fiz três novelas do Lauro César Muniz porque gosto da linguagem dele. E essa rapidez é um traço muito marcante nas tramas do Lombardi. O que me interessa é o jeito orgânico com que ele cria. E isso não é para qualquer um, não pode ser uma regra estabelecida. É a primeira vez que trabalho com ele. Sou fã e me divirto com a forma com que ele escreve as sequências. É uma das poucas coisas que deixei de dí-

vida quando saí da Globo. P - Apesar de ter começado cedo, você construiu uma carreira na Globo. O que mais motivou a deixar a emissora e ir para Record? R - Eu precisava de um desafio pessoal, de novos ares, conquistar novas coisas. Quando eu vim, há oito anos, meu objetivo era construir,levantar uma emissora. Assim como a minha mãe e meu avô fizeram nas extintas Tupi e Excelsior. Em "Cidadão Brasileiro", minha primeira novela aqui,eu tive de me mudar para São Paulo.E a cidade cenográfica era a duas horas e meia de lá.Aquilo me encantava,era muito artesanal, feito na garra. Eu dormia maravilhada. Sentia que estava vivendo a história. A Record vem crescendo cada vez mais e aprendendo a se comportar como indústria televisiva. Mas tenho muita gratidão por tudo que vivi na Globo, fui muito feliz lá. Não tenho nada para falar de ruim. É uma emissora incrível. P - Em sete anos de Record, este é seu quinto trabalho na emissora. Como você acha que sua carreira vai se desenhar daqui para frente? R - Eu tenho 27 anos de carreira. Não sei qual é a brincadeira que está me esperando. E eu preciso estar apaixonada pelo meu ofício. A novela sempre foi minha maior tara como atriz. Gosto de gravar 30 cenas por dia. Tenho o vício da adrenalina nessa indústria, mas meu contrato vai até 2015. E, pode ser que, no fim do meu contrato, me proponham alguma coisa que eu não fiz. Até lá, só penso em entrar em cena e fazer o meu trabalho. Depois, não sei. É uma possibilidade priorizar outras coisas.

TVGazeta do Oeste 7

DUPLO EXPEDIENTE Além de estar no ar em "Pecado Mortal", Paloma também marca presença na tevê a cabo. A partir do dia 16 de outubro, a atriz estará em "Se Eu Fosse Você", na Fox. A nova série é baseada no filme homônimo de Daniel Filho e conta com ela e Heitor Martinez nos papéis principais. "Diferentemente do roteiro original, eles não são casados. São sócios que se odeiam e acabam trocando de corpo", explica. A primeira temporada da série - que tem 13 capítulos - já está toda gravada. Paloma, no entanto, guarda segredo sobre uma possível continuação. "Acho que conseguimos entregar um novo entretenimento, com qualidade. Apesar disso, o futuro é incerto", esconde. Paloma afirma que ficou temerosa quando recebeu o convite para atuar na produção, que conta com a assinatura do diretor Paulo Fontenelle. Grande parte da tensão se deveu ao fato de recontar uma história protagonizada no cinema por Tony Ramos e Gloria Pires. "Senti medo de ficar me podando, me comparando", admite. No entanto, uma conversa com Martinez e Fontenelle bastou para que a atriz esquecesse tudo. "Vimos qual era o nosso papel nessa brincadeira e o que queríamos fazer disso", conta. Um detalhe, porém,ainda tira seu sossego."O problema maior,para mim, não é fazer a personagem de um jeito mais masculino. E, sim, de uma forma mais feminina", brinca, às gargalhadas. OUTROS VOOS Focada em seus trabalhos na tevê, Paloma quer voltar a se dedicar ao teatro e ao cinema. "A tevê é o que mais em empolga em termos de trabalho. Mas acho importante passear em tudo", afirma. Nas telonas, o último trabalho da atriz foi no premiado "Teus Olhos Meus". Já para o teatro, Paloma tem planos para 2014."Estou com dois projetos quase engatilhados. Um para atuar e outro para dirigir", adianta.

TRAJETÓRIA TELEVISIVA # "Grande Pai" (SBT, 1991) - Ana # "Renascer" (Globo, 1993) - Teresa Cristina. # "Tropicaliente" (Globo, 1994) - Amanda. # "O Fim do Mundo" (Globo, 1996) - Letícia. # "Anjo de Mim" (Globo, 1996) - Maria Elvira. # "Hilda Furacão" (Globo, 1998) - Leonor. # "Pecado Capital" (Globo, 1998) - Vilminha. # "Terra Nostra" (Globo, 1999) - Angélica. # "Porto dos Milagres" (Globo, 2001) - Dulce. # "Os Normais" (Globo, 2001) - Roberta. # "Mulheres Apaixonadas" (Globo, 2003) - Marina. # "Começar de Novo" (Globo, 2004) - Carmen. # "Cidadão Brasileiro" (Record, 2006) - Luiza. # "Luz do Sol" (Record, 2007) - Verônica. # "Poder Paralelo" (Record, 2009) - Fernanda. # "Máscaras" (Record, 2012) - Nameless. # "Pecado Mortal" (Record, 2013) - Dorotéia.


8 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Crônica

Valor da ousadia "PECADO MORTAL" PROMETE BOA FASE NA DRAMATURGIA DA RECORD

LUANA BORGES TV PRESS

A

ssistir aos capítulos de "Pecado Mortal" é uma experiência surpreendente. Logo à primeira vista, é possível notar que o alto investimento da Record na novela foi bem aplicado. Com um custo de R$ 500 mil por capítulo, o folhetim de Carlos Lombardi apresenta uma fotografia solar pensada nos mínimos detalhes. Além de uma história instigante, capaz de capturar a atenção por sua maneira ágil de ser desenvolvida.Um grande acerto para a dramaturgia da emissora. O esmero é perceptível des-

de o prólogo, que se passa nos anos 1940. Desta vez com um ar predominantemente soturno,os 18 minutos iniciais mostraram bem o perfil dos personagens principais que carregarão a trama central até os últimos capítulos. Logo em seguida, há uma mudança significativa no clima com a chegada dos anos 1970. É quando entram em cena figurinos com estampas florais e calças bocas de sino. E ainda carros comuns da época, como Brasília, Corcel e Chevette, entre outros. Tudo embalado por uma trilha condizente com a década. As equipes de caracterização,cenografia e direção de arte não poderiam estar mais afinadas. As sequências de ação são predominantes, principalmente as de luta. Mas as coreografias de briga, que poderiam soar fora do tom e até falsas, na verdade, apresentam um resultado bastante natural no ar. E a história acompa-

nha o ritmo frenético tão comum nas obras de Carlos Lombardi. A diferença é que, em "Pecado Mortal", o autor aproveita para explorar mais o melodrama. E também consegue pincelar em todos os personagens sua típica ironia. Nem a patrulha do politicamente correto que tomou conta das telenovelas parece causar qualquer influência em Lombardi, que capricha em suas "tiradas" nada ortodoxas. O resultado no ar é uma novela ágil, interessante e inovadora. A direção, sob o comando de Alexandre Avancini,não fica para trás. Tanto em relação à imagem - muito mais próxima à do cinema por conta das câmaras Arri Alexa utilizadas - como na direção do elenco. De uma maneira geral, os atores estão entrosados em cena. Simone Spoladore e Fernando Pavão, na pele de Patrícia e Carlão, encontraram o tom do casal que representa mui-

to mais um amor carnal do que romântico,algo também já explorado em outras tramas do autor,como "Quatro por Quatro". Carlos Lombardi marca sua estreia na nova emissora em grande estilo. Mesmo depois de sete anos sem lançar um folhetim, ele se mantém fiel à sua assinatura - com direito a "descamisados" a cada dois minutos - que o consagrou. Depois de folhetins de menor repercussão, como "Máscaras" e "Balacobaco", a teledramaturgia da Record volta a dar sinais de vida. Tanto que a Globo - principal concorrente na área e onde Lombardi trabalhou durante cerca de 30 anos - já sentiu os efeitos: "Amor à Vida" tem terminado bem mais tarde que o de costume - quase às 23 h em alguns dias da semana.


TVGazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Close

GRAÇA IMPREVISTA NO AR EM "TAPAS & BEIJOS", FERNANDA DE FREITAS NUNCA PENSOU QUE PODERIA FAZER HUMOR

AMANDA ROLIM TV PRESS

A

comédia nunca esteve nos planos de Fernanda de Freitas. Há dois anos no elenco de "Tapas & Beijos", da Globo, a intérprete da neurótica Flavinha confessa que nunca imaginou que teria o "timing" necessário para fazer o público rir. No entanto, o humor tomou conta de sua carreira quase por acaso. Hoje, aos 33 anos, a atriz paulistana traz em sua trajetória diversas produções de viés cômico, como a novela "Bang Bang", a série "Decamerão - A Comédia do Sexo" e o seriado "S.O.S. Emergência". E mesmo com tanta experiência bem-humorada na televisão, ela garante que só se descobriu engraçada nos palcos. "Quando o João Falcão me convidou para fazer o espetáculo 'Ensina-me a Viver', fiquei receosa. Mas, quando entrava em cena e tinha como resposta direta do público um monte de gargalhada, eu percebi que sabia fazer humor. Me sentia uma palhaça", brinca, aos risos. Em "Tapas & Beijos", Fernanda dá vida à neurótica Flavinha, uma funcionária da loja Djalma Noivas que se apaixona e acaba se casando com o patrão,interpretado por Otávio Müller.Quando entrou para o elenco da série, a atriz não tinha muita informação sobre seu papel.O que dificultou um pouco a composição da personagem, já que ela teve de construí-la ao poucos, conforme

eram apresentados os episódios da produção. Entretanto, Fernanda frisa que, desde o início, havia uma preocupação da direção do programa em passar veracidade no amor que a vendedora sente pelo marido, Djalma. "Eles não queriam que a Flavinha caísse no clichê da empregada que se apaixona pelo patrão por causa da situação financeira dele. Queriam que o público acreditasse de verdade nessa paixão que os dois sentem um pelo outro. Então, tive isso como maior referência no começo da série", explica. Apesar de estar cercada de grandes nomes do universo da televisão, como Andrea Beltrão, Fernanda Torres, Fábio Assunção e Otávio Müller, Fernanda garante que nunca se sentiu intimidada nas gravações. A atriz usou toda a experiência de seus colegas de elenco a seu favor.Tanto observando suas performances, quanto absorvendo o máximo possível de seus conselhos.Ela, inclusive, atribui a boa recep-

ção do público por sua personagem à parceria com Otávio. "Acredito que o casal Flavinha e Djalma deu certo porque Otávio é um ator generoso em cena. Até porque, além de atuar, ele também é diretor. Então, sempre me deu muitas dicas durante as gravações", revela. Diferentemente da maioria dos atores, que dizem sonhar com a carreira artística desde a infância, Fernanda não tem receio em admitir que a interpretação nunca fez parte de seus planos. Dedicada ao balé desde a infância, ela até almejava trabalhar na televisão. Mas não como atriz. "Meu maior sonho era ser paquita. Então, me inscrevi para o concurso 'Garota do Zodíaco', do programa 'TV Xuxa', e fui chamada", recorda. Na época empresária da Xuxa, Marlene Mattos estimulava as assistentes de palco da apresentadora a entrar para cursos de teatro para que pudessem conquistar maior desenvoltura à frente das câ-

maras. E foi assim que Fernanda descobriu que queria seguir a carreira de atriz. "Quando saí da minha primeira aula de teatro, já sabia que era isso que queria fazer. Liguei para o meu pai na hora para contar que ia me dedicar às Artes Cênicas", relembra. Mesmo investindo na dramaturgia,a dança nunca ficou em segundo plano na vida de Fernanda. Além de usar a consciência corporal adquirida com o balé na hora de compor suas personagens, a atriz também planeja estrear um espetáculo de dança em um futuro próximo. "Eu vejo o balé como minha segunda profissão. Pratico todos os dias. Por isso, quero que meu próximo espetáculo seja voltado para a dança", admite.


10 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Resumo

SANGUE BOM

MALHAÇÃO

JOIA RARA

GLOBO - 17H:50

GLOBO - 18H:15

GLOBO - 19H:10

Segunda (07/10) - Sofia afirma a Flaviana que convencerá Caetano a tirar Anita do Grajaú. Ben e Anita namoram na praia, quando Meg liga para Ben. Vitor faz uma nova encomenda a Minhoca. Ben e Anita decidem contar para todos que estão namorando.Ronaldo estranha o sumiço do dinheiro de sua carteira. Flaviana manda para Martin uma mensagem pelo celular de Micaela. Ronaldo pergunta a Vitor pelo dinheiro que sumiu de sua carteira e se surpreende com sua irritação. Giovana encontra o produto que Vitor comprou de Minhoca. Ben e Anita chegam da praia dispostos a contar para a família sobre seu namoro, mas são surpreendidos pela chegada de Meg, que se apresenta como namorada de Ben.

Segunda (07/10) - Amélia agradece Franz por deixar Pérola morar com ela.Sílvia finge constrangimento e tenta culpar Viktor por tê-la beijado. Odilon vê os monges na praia e pega os pertences deles.Manfred sugere a Ernest que tire Pérola de Franz e Amélia. Manfred adverte Venceslau para não esbanjar dinheiro e levantar a suspeita de Ernest sobre os desfalques na empresa. Dália se desespera ao saber que seu irmão Davi morreu na guerra. Jampa, Sonan e Tenpa são confundidos com moradores de rua e vão presos. Pérola chega à casa de Amélia para morar com ela.

Segunda (07/10) - Irene foge depois de discutir com Bárbara. Dorothy, Kevin e Luz ficam arrasados com a história que Bárbara lhes conta. Perácio faz um acordo com Brenda. Bolivar fica aliviado ao saber que Bárbara escondeu a verdade de um de seus filhos.Natan pede para Willy Bob assistir à apresentação de Verônica. Perácio vai ao Cantaí com Bluma e Rosemere fica abalada. Érico beija Cléo para atingir Verônica. Fabinho encontra Irene. Willy Bob convida Verônica para se profissionalizar como cantora. Verônica aceita se tornar cantora profissional com o nome de Palmira Valente e Érico se emociona. Érico se desculpa com Renata. Fabinho ouve Socorro afirmar que Amora sabotou o bufê de festas do Wilson.

Terça (08/10) - Meg abraça Ben e Anita fica enciumada. Martin descobre toda a armação de Flaviana e Micaela e promete vingança. Martin pega Micaela na praça e vai com ela até o local do encontro. Bruna avisa a Flaviana que Micaela e Martin chegaram ao local da vingança. Vitor implora que Giovana não conte nada para Ronaldo. Flaviana inicia a sessão de cinema com o filme gravado dentro da cabana onde estão Micaela e Martin, deixando Anita indignada e fazendo Paulino ir embora. Martin dá um fora em Flaviana e todos a olham com desprezo. Micaela se desculpa com Martin. Anita reclama da presença de Meg em sua casa. Bernardete decide deixar Caetano. Meg avisa a Ben que está esperando um filho dele. Quarta (09/10) - Ben fica atordoado com a notícia que recebe de Meg. Soraia manda Omar deixar seu quarto para abrigar Bernardete.Anita não consegue ficar tranquila na presença de Meg. Vitor pega outro produto que tinha escondido. Ben pede para conversar com Anita. Fábio fica intrigado com a empolgação de Vitor durante o jogo.Ben conta para Anita que Meg está grávida. Vitor passa mal e Zico o ajuda. Martin fala com Vera sobre Micaela e aconselha Paulino a fazer as pazes com ela. Sofia encontra uma mulher para participar do seu projeto de moda. Ben decide desabafar com Ronaldo. Vitor mexe na mochila de Minhoca escondido.Ronaldo repreende Ben por ter engravidado Meg. Quinta (10/10) - Ronaldo diz a Ben que ficou assustado com a gravidez de Meg, mas que o filho pode contar com ele.Júnior se oferece para levar Zelândia para conhecer a praia. Vitor passa mal na frente de Clara, que se desespera. Júnior e Omar disputam Zelândia. Caetano pede para Abelardo convencer Bernardete a voltar para casa.Virgílio fica comovido com a disposição de Julia em ajudá-lo com as diversas comunidades carentes. Martin tenta convencer Micaela a não continuar usando as roupas que usava antes de sua transformação. Fábio estranha a agressividade de Vitor em quadra.Vitor passa mal e desmaia na quadra. Ben toma uma decisão e resolve contar para Anita. Sexta (11/10) - Anita e Ben tentam conversar, mas Meg os atrapalha. Júnior e Omar não gostam de ver Zelândia passear com Caetano. Ben pergunta se Meg quer morar no Brasil. Anita sofre pensando nos momentos com Ben. Martin e Micaela fazem um acordo. Ronaldo avisa a Vera que está no hospital com Vitor.Meg decide aceitar o pedido de Ben para ficar no Brasil. Com a ajuda de Fábio,Ronaldo conta para a família o que Vitor estava fazendo. Julia fica sem graça com os elogios que recebe de Frédéric. Serguei provoca Julia para que ela tente conquistar Frédéric.Meg vê uma foto de Ben e Anita juntos. Ben anuncia para a família que vai ser pai.

Terça (08/10) - Pérola diz a Amélia que um dia elas ficarão com Franz novamente. Ernest desiste do pedido de guarda de Pérola depois que Franz ameaça se afastar dele. Odilon é preso com os documentos dos monges, que preferem não acusá-lo. Rosarinho avisa a Arlindo que reabrirá o cabaré com o dinheiro deixado pelo marido. Tavinho pergunta a Laura por que Valter não gosta dele. Franz leva Amélia ao fórum para lhe entregar oficialmente a guarda de Pérola. Quarta (09/10) - Sílvia diz a Manfred que tem um plano para impedir a reaproximação de Franz e Amélia. Sonan, Jampa e Tenpa se hospedam na pensão de Conceição. Toni pede a Franz um emprego na fábrica. Sílvia conta a Ernest que Franz deu a guarda de Pérola para Amélia. Viktor mostra seus quadros a Sílvia e pede que ela guarde segredo. Arlindinho comunica às coristas que o cabaré vai reabrir.Volpina pede uma joia a Valter. Franz se encontra com os monges. Quinta (10/10) - Ernest agradece aos monges por terem salvo Franz nos Himalaias.Manfred destrata Lola. Tenpa diz a Franz que vieram para encontrar a criança em que Ananda reencarnou. Artur pergunta a Viktor se ele está apaixonado por Sílvia. Julieta incentiva Hilda a fazer o teste para cantora no cabaré. Manfred e Sílvia planejam uma forma de tirar Pérola de Amélia. Benito procura Manfred e exige seu emprego na fundição de volta. Laura atropela Peteleco por acidente. Sonan se lembra de Ananda no momento em que é apresentado a Pérola. Sexta (11/10) - Pérola logo fica amiga dos monges. Laura se prontifica a acompanhar o tratamento de Peteleco no hospital. Hilda chora por não conseguir cantar no teste do cabaré. Décio chega de viagem e hostiliza Tavinho. Matilde e Serena são contratadas por Arlindo.Aurora decide ir para o Brasil à procura de Décio. Pérola conta para Amélia que sonhou ser Ananda.Laura vê Iolanda e Mundo se beijando. Uma baleira contratada por Manfred aborda Apolônio e Pérola na fila do cinema e lhes oferece bombom. Apolônio passa mal e desmaia. A baleira leva a menina para um local ermo e a deixa lá sozinha. Sábado (12/10) - Sílvia observa Pérola, mas não a ajuda. Mundo diz a Amélia que ainda ama Iolanda. Amélia se desespera ao saber que Pérola sumiu. Sílvia mente para Manfred e Ernest dizendo que Pérola não estava no lugar combinado com a baleira. Pérola se lembra do sonho e tem a certeza de que Sonan vai achá-la. Manfred descobre que Sílvia deixou Pérola sozinha.Com medo de ir para o orfanato, Peteleco diz a Laura que Odilon é seu tio. Ernest culpa Amélia pelo sumiço de Pérola. Hilda consegue um emprego de camareira no cabaré. Sonan encontra Pérola e a leva para o cortiço.

Terça (08/10) - Malu defende Fabinho e deixa Maurício e Bento irritados. Amora vê André observando a discussão entre ela e Fabinho e forja uma expressão de medo. André conta para Simone que viu Fabinho ameaçar Amora. Silvério e Margot contam para Giane que estão juntos. Plínio deixa Irene tentar ajudar Fabinho. Giane exige que o namorado se afaste de Amora. Bento fala com Amora sobre a sua consulta com o ginecologista. Maurício diz a Bento que Malu garante que Fabinho é seu verdadeiro irmão. Amora pede para Tábata ajudá-la a armar para culpar Fabinho pela perda de seu falso bebê. Malu conta para Bento que Socorro trocou seu exame de DNA pelo de Fabinho. Quarta (09/10) - Bento não acredita em Malu.Giane se prepara para dar uma entrevista para o "Luxury". Amora provoca Fabinho, que a agride na frente da vizinhança e ela simula um mal-estar. Perácio leva Bento às pressas para o hospital em que a esposa foi internada. Fabinho tenta se explicar para Margot e Silvério. Giane descobre o plano de Amora e Fabinho se declara para ela. Maurício repreende Malu por tentar inocentar Fabinho. Amora se faz de vítima para o marido, que a consola.Bento decide pedir um adiantamento de sua herança para Plínio para comprar uma casa para Amora. Bento vai à casa de Margot para falar com Fabinho. Quinta (10/10) - Giane não consegue impedir Bento de agredir Fabinho. Fabinho e Giane tentam convencer Bento de que ele foi enganado por Amora. Bárbara fica satisfeita com o resultado do plano de Amora. Silvério implora que Bento não denuncie Fabinho. Maurício e Malu contam para Plínio e Irene que Amora fingiu a gravidez e o aborto. Vinny conta para Rosemere que Fabinho não é o espião da Crash Mídia. Amora afirma a Socorro que perdeu o bebê que estava esperando por causa de Fabinho. Sexta (11/10) - Amora finge sentir falta de seu suposto bebê. Amora fica atônita quando vê Malu entrar em casa com Zezão. Amora ameaça Malu e Socorro fica horrorizada. Malu é empurrada de uma escada por uma pessoa e cai desacordada na rua. Amora vibra com o acidente da irmã. Luz, Kevin e Dorothy vão com Bárbara visitar Malu. Giane se produz na Para Sempre. Amora tenta saber notícias de Malu. Giane teme que Fabinho seja acusado pelo acidente de Malu. Madá e Bento encontram um anel igual ao de Amora no local onde Malu foi empurrada. Sábado (12/10) - Bárbara defende Amora. Malu decide contar a verdade sobre o exame de DNA para Plínio. Giane tenta convencer Socorro a revelar o que sabe contra Amora. Bento acredita que quem empurrou Malu foi Wilson.Socorro confessa que trocou os exames de DNA a mando de Amora. Irene fica radiante com a notícia de que Fabinho é seu filho. Amora pensa em sequestrar Madá para chantagear Malu, mas Giane a salva. Cléo conta para Érico que Edu seduziu Júlia para espionar a Crash Mídia. Charlene avisa a Salma que Bento foi atrás de Wilson na casa de Glória.


TVGazeta do Oeste 11

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Resumo PECADO MORTAL

AMOR A VIDA

RECORD - 22H

GLOBO - 21 H

Segunda (07/10) - Carlão tenta se livrar da corda. Dorotéia destrata Otávio e o deixa irritado. Picasso e Patrícia procuram por Carlão. Carlão consegue se desamarrar e bate em Ernesto. Carlão se joga no mar e se agarra no barco. Picasso prende Carlão novamente. Pedro agride um apontador do jogo do bicho e diz que agora irá trabalhar no esquema.Omar procura Michelle para tirar satisfação. Picasso diz a Carlão que sabe quem ele é. Omar e Michelle negociam a paz. Patrícia tenta defender Carlão na televisão. Vergueiro pede a Leila que ela dê em cima de Otávio.Donana diz a Otávio que Michelle está se encontrando com Stella.

Segunda (07/10) - Perséfone expulsa Leila de sua casa. Eudóxia manda seu mordomo servir cachorroquente para Jonas e Márcia fica indignada. Rafael avisa a Atílio que ele vai sair da cadeia. Valdirene sente falta de Carlito. Rafael avisa Thales e Leila que Nicole pode ter uma irmã. Niko e Eron falam para Amarilys que vão registrar Fabrício em nome deles. Gina e Herbert se beijam. Aline pede ajuda a Bruno para encontrar a casa que ela quer comprar. Paloma convence César a investir em um ambulatório para pacientes carentes. Félix faz a cabeça de Pilar contra Paloma. O vilão fala para Silvia que César vai comprar uma mansão para Aline. Márcia espera Atílio na porta da penitenciária.

Terça (08/10) - Patrícia ajuda Carlão a lutar contra Veludo. Veludo foge e Carlão se fere. Getúlio desconfia de Ramiro, ele acha que o reconhece de algum lugar. Vegetal imobiliza Ramiro após Getúlio reconhecê-lo. Rosa diz a Carlão que conhece Josimar. Com a ajuda de Rosa, Carlão vai até ao apartamento de Josimar. Laerte diz a Patrícia que ela foi suspensa. Getúlio e Vegetal continuam torturando Ramiro. Pedro e Paulo tentam se soltar desesperadamente. Michelle faz visita surpresa a Omar. Carlão fica decidido a ir até a casa dos Ascar. Picasso diz a Monet que Carlão é o homem que tentou dedurar Michelle no passado. Quarta (09/10) - Patrícia fica surpresa com o sumiço de Carlão. Laura se assusta ao ver Veludo no pronto socorro.Dorotéia confessa que é a mandante da farsa. Juliano e Donana conversam sobre Ricardo Rocha. Pedro, Paulo e Ramiro continuam fugindo de Otávio. Ramiro beija Tônia e se esconde de Otávio. Norma atende Veludo no pronto socorro.Carlão bate em Danilo e deixa Dorotéia desesperada. Picasso ajuda Veludo a se recuperar do ferimento. Carlão pensa em um plano para surpreender Dorotéia e Danilo. Donana estranha o comportamento triste de Michele. Stella consegue achar Michele. Quinta (10/10) - Michele anda na direção de Stella, que se surpreende com sua determinação. Dorotéia e Danilo conversam ao telefone. Donana olha para a foto de Carlão brigando com os fotógrafos. Já Lili o provoca, como se realmente não ligasse para ele. Carlão localiza os dois seguranças que falam nervosos um com o outro. Ele ajeita o caixote de frutas no ombro para esconder mais o rosto. Picasso dorme espalhado na cama. Xuxú se veste para sair quando batem à porta. Ela se assusta. Juliano chega da praia com sua prancha. Patrícia e Carlão se beijam. Carlão volta da cozinha trazendo uma camisa sua e troca por outra com o amigo militar. Sexta (11/10) - Carlão puxa Dorotéia pela bolsa e a leva debaixo do braço. Otávio empurra Juliano e gera briga. Juliano não quer machucá-lo, apenas imobilizálo. Patrícia e Helena estão com o carro parado no posto. Dorotéia consegue abrir a porta do carro. Lili dança um pouco e, de repente, ela se volta como se adivinhasse que Danilo estava de olho nela. Ramiro acaba de ajeitar a roupa. Pedro pega um copo de uísque e o reconhece.Dorotéia,nervosa,não para de se mexer.Danilo não gosta das novidades. Picasso entra com sua chave e leva um susto: Veludo espera por ele, no meio do quarto. Stella entra no restaurante e Michele faz sinal para os músicos começarem a tocar. Ele a beija e ela acaba cedendo.Carlão leva uma paulada na nuca e cai no chão.

Terça (08/10) - Márcia leva Atílio para a casa de Eudóxia e se irrita ao vê-lo flertar com ela. Aline elogia Bruno e faz insinuações maldosas sobre Paloma. Félix orienta Pilar a fingir que aceita a proposta de César. Carlito visita a filha e Ignácio não gosta. Amarilys ameaça contar a verdade a Niko se seu nome não for colocado no registro de Fabrício. Paulinha sai para patinar com Ninho e não conta para Bruno. Bruno fala para César que vai negociar com o proprietário da casa que Aline quer comprar. Ordália pede para conhecer o namorado de Gina.Bruno exige que Paulinha conte por que está mentindo para ele. Quarta (09/10) - Bruno não acredita na explicação que recebe de Paulinha.Félix mostra as fotos que Maciel tirou de Bruno e Aline e acusa Paloma de ser aliada de César.Niko pede para Eron ir ao abrigo de menores para conhecer Jayme.Perséfone pede para Lutero entrar com ela na igreja. Aline mostra a casa que César comprou para ela e Mariah. Eron conhece Jayme. César demite Atílio.Chega o dia do casamento de Perséfone e Daniel. Neide e Amadeu sentam na primeira fila da igreja contrariados. Patrícia e Guto dividem o altar com Silvia e Michel. Perséfone entra com Lutero na igreja. Quinta (10/10) - Michel, Patrícia, Guto e Silvia discutem no altar. Thales vê Natasha na igreja e deixa Leila sozinha. Daniel e Perséfone dançam a valsa dos noivos. Michel chama Patrícia para dançar. Guto toma um drinque com Silvia. Ignácio pensa em registrar a filha de Valdirene e Carlito fica arrasado. Patrícia dá um fora em Michel. Guto marca de se encontrar com Silvia.Priscila flagra Pérsio e Rebeca na cama.Amadeu leva Rafael para visitar Linda. Thales pede para Olenka ajudá-lo a conversar com o espírito de Nicole. Sexta (11/10) - Priscila diz que não pode votar contra César. Félix descobre o romance de Rebeca e Pérsio. Vega afirma que dará seu voto para Pilar. Olenka fala para Thales que Nicole tem uma mensagem para ele. Amarilys garante a Eron que não vai abrir mão de Fabrício. Niko fica comovido com Jayme. Ordália fala para Herbert não decepcionar sua nova namorada. Paloma descobre que a filha escondeu dela e de Bruno que suas aulas têm terminado mais cedo. Paulinha marca de se encontrar com Ninho depois do colégio. Herbert leva Gina a um restaurante refinado. Rebeca pede um tempo a Pérsio para contar a sua família sobre seu romance. Sábado (12/10) - Paulinha não conta de quem ganhou o "tablet",mas aceita conversar com Paloma em seu consultório.Félix pede para Glauce descobrir o endereço de Rebeca. Ignácio oferece dinheiro para Carlito deixálo registrar Marijeyne. Atílio procura Vega e acaba ficando com ela. Neide convida Daniel para jantar em sua casa. Rafael encontra Linda na lanchonete. Silvia beija Guto. Olenka ajuda Nicole a se comunicar com Thales. Ignácio conta para Valdirene e Márcia que Carlito registrou Marijeyne.Paulinha conta para Paloma que tem se encontrado com Ninho.

CHIQUITITAS SBT - 20H:30 Segunda (07/10) - Até o fechamento desta edição, a emissora não divulgou o capítulo. Terça (08/10) - Até o fechamento desta edição, a emissora não divulgou o capítulo. Quarta (09/10) - Até o fechamento desta edição, a emissora não divulgou o capítulo. Quinta (10/10) - Até o fechamento desta edição, a emissora não divulgou o capítulo. Sexta (11/10) - Até o fechamento desta edição, a emissora não divulgou o capítulo.


12 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 6 de outubro de 2013

Inside

TEMPO DE RECOMEÇAR MARIA FLOR FALA SOBRE A ESTREIA DA SEGUNDA TEMPORADA DE "DO AMOR"

ANNA BITTENCOURT TV PRESS

N

o bate-papo, Maria Flor é uma mulher de poucas palavras. Mas, quando se trata de colocar suas ideias no papel,a atriz desenvolve maiores raciocínios e constrói sólidos personagens. A segunda temporada de "Do Amor" é a prova viva disso. A série, que volta ao ar na quinta-feira,dia 10 de outubro, no Multishow, conta com o argumento da atriz, assim como aconteceu no primeiro ano da produção. Além de colaborar com o roteiro, Maria Flor ainda dá vida à protagonista Lulu. "O início deste novo ano marca a separação de Lulu e Pio (interpretado por Armando Babaioff, que teve de deixar a produção) e a volta dela de Berlim para o Rio de Janeiro", adianta. A saída de Babaioff do elenco,no entanto,não é a única novidade na nova temporada de "Do Amor". Para Maria Flor, as mudanças foram fruto de uma transformação natural, proveniente do crescimento individual dos personagens. "Estão todos mais maduros,buscando novas coisas na vida. Lena, Eva e Tomás,por exemplo,já estão tendo filhos", adianta, se referindo aos personagens de Lucia Bronstein, Julia Lund e João Velho. Além disso, dois novos nomes entraram na produção. Jonathan Haagensen dá vida a Tiê e Emanuel Aragão interpreta Bráz, que se envolverá emocionalmente com Lu-

lu.Os novos personagens é que dão o tempero e pautam a história da temporada."Jonathan é meu amigo e pediu para entrar na série. E, com ele, veio o contexto de contar uma história com o Vidigal como pano de fundo",explica.Em "Do Amor",Lulu conhece Bráz durante um ocupação artística que Tiê organiza na favela carioca. "Foi muito tranquilo gravar lá. O Vidigal é a favela que mais 'aconteceu',tanto artisticamente quanto em questões de desenvolvimento", valoriza. Com muitas mudanças relacionadas ao conteúdo da série, a parte técnica se mantém a mesma.Os argumentos criados pela atriz são sustentados com o roteiro de Bia Salgado e Manuela Bernardi. A direção continua por conta de Márcia Leite, mãe de Maria Flor. "É muito bom trabalhar com ela. Nós somos muito próximas, amigas... Mas divergimos muito quanto ao processo criativo", admite, aos risos. Participar de todos os detalhes da série é quase que uma lei para a atriz, que se sente confortável na missão por ter ajudado a criar a história. "Tenho liberdade completa. E gosto de mudar tudo, o tempo todo. Não só as falas, que vão se modificando conforme os ensaios. Mas também sugiro locações e dou vários pitacos", admite. Sem atuar na tevê aberta desde 2012, quando fez uma participação em "A Grande Família",Maria Flor tem vontade de voltar a trabalhar em novelas."Gosto do formato de série, de fazer as coisas menos corridas. Mas tenho saudade das novelas", conta. Outro desejo da atriz é levar suas produções para fora dos canais fechados. "Tenho muita vontade de montar um texto para a tevê aberta. Mas acho que é

um processo meio complicado. Até porque a Globo não costuma terceirizar a produção de séries", lamenta ela, que, no momento, não está contratada da emissora. Enquanto esse dia não chega, Maria Flor se prepara para dirigir "Aos Vinte", que deve entrar na grade do Multishow em 2014. "Vai ser uma série bem feminina sobre quatro meninas que moram juntas", revela. Com uma extensa carreira no cinema, incluindo longas como "Xingu", de Cao Hamburguer, e "360", de Fernando Meirelles, Maria Flor vai rodar dois filmes até o final do ano. O primeiro, "Infân-

cia", é uma autobiografia do cineasta Domingos de Oliveira. "Como ele era de uma família burguesa, foi para a escola tarde e teve várias professoras em casa. Eu faço a Adalgisa, que representa todas elas", adianta. Para o outro, a atriz ficará um mês em Portugal. "O João Botelho é um excelente diretor português e me convidou para interpretar a Maria Eduarda na leitura dele de 'Os Maias'", finaliza.

Edição de 06/10/2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you